ITR Municípios Conveniados - Orientações Gerais

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ITR Municípios Conveniados - Orientações Gerais"

Transcrição

1 O que fazer para: ITR Municípios Conveniados - Orientações Gerais 1 - Acessar o Portal ITR Municípios Conveniados. 1.1 O Portal ITR está disponível exclusivamente para Municípios Conveniados, no e-cac, a partir do Portal de Serviços ITR Convênios com Municípios e Distrito Federal, disponível no sítio da RFB na internet. Para acessá-lo, é necessário utilizar certificado e-cnpj da Prefeitura. 2 - Formalizar Opção para Celebração de Convênio. 2.1 Para formalizar adesão ao convênio entre Municípios e Distrito Federal e a Secretaria da Receita Federal do Brasil (RFB) para efeito de delegação das atribuições de fiscalização, lançamento de ofício e cobrança do Imposto sobre a Propriedade Territorial Rural - ITR, é necessário assinar o Termo de Opção para Celebração de Convênio.

2 2.2 Assinado o Termo de Opção para Celebração de Convênio, é preciso aguardar sua publicação, no Diário Oficial da União, pela Receita Federal. A opção produzirá efeitos a partir do primeiro dia útil do segundo mês subsequente à data de sua realização (Art. 10, 2º do Decreto nº 6.433, de 15 de abril de 2008, atualizado pelo Decreto nº 6.770, de 10 de fevereiro de 2009). 2.3 É necessário ainda preencher o formulário com os dados do responsável legal pela Prefeitura, tal como registrado no sistema de cadastro da Receita Federal (responsável perante o CNPJ da Prefeitura). Preencher os campos da ficha "Cadastro ou troca de responsável legal" conforme abaixo: Nome Preferencial: campo obrigatório. O primeiro nome do servidor. Matricula: campo obrigatório. A matrícula funcional do cargo do servidor. Telefone: campo obrigatório. Incluir o número de telefone com DDD. campo obrigatório. institucional do servidor. Cargo Efetivo: campo obrigatório. O cargo para o qual o servidor exerce suas atividades. Cargo em Comissão: campo opcional. Cargo de chefia ou assessoramento para o qual o servidor foi nomeado. Ato Legal de Nomeação: campo obrigatório. Ato legal que nomeou o servidor para o exercício da função do cargo efetivo. Data do ato legal de nomeação: campo obrigatório. Data em que o ato legal de nomeação foi publicado.

3 Este mesmo formulário será utilizado para cadastrar o novo responsável legal pela prefeitura quando houver a sua alteração na base CNPJ da Receita Federal. A partir deste cadastro o responsável legal está apto para acessar o Portal ITR e solicitar a habilitação dos servidores. 3 - Solicitar Habilitação de Servidores para Acesso ao Portal ITR Municípios Conveniados 3.1 Concluído o prazo para a efetivação da opção pelo convênio, o responsável legal poderá acessar o Portal ITR para Municípios Conveniados ( com seu e-cpf, a fim de cadastrar e solicitar habilitação dos servidores municipais para acesso aos módulos Imóvel Rural, Cobrança e Fiscalização (Conforme passo a passo a seguir) 3.2 Concluídos os procedimentos previstos no Passo a Passo, o aplicativo possibilitará a geração da "Solicitação de Habilitação" em arquivo formato.pdf, que deverá ser impresso, assinado pelo responsável legal e enviado para a unidade da Receita Federal do Brasil mais próxima do município, acompanhado de ofício e cópia do certificado de conclusão e aprovação no treinamento fornecido pela Escola Superior de Administração Fazendária (ESAF). 3.3 A Receita Federal comunicará à Prefeitura, por meio de ofício, se as solicitações de habilitação foram aceitas ou não. A Prefeitura poderá consultar o andamento da solicitação encaminhada por meio do Portal ITR. 3.4 Os servidores do município deverão possuir e-cpf para acessar e trabalhar no Portal ITR Municípios Conveniados. 4 - Passo a passo para solicitar habilitação Menu Usuário Disponível exclusivamente para o responsável legal pelo CNPJ da prefeitura. Apresenta três opções: Cadastrar Servidor; Habilitar/Desabilitar Servidor; Consultar Solicitação. Acessar a opção Cadastrar Servidor

4 4.2 - Cadastrar Servidor Preencher os campos da ficha "Dados do Servidor" conforme abaixo: CPF: Campo obrigatório. O CPF do servidor que será cadastrado para usar o sistema. Matrícula: Campo obrigatório. A matrícula funcional do cargo do servidor. Telefone: Campo obrigatório. Incluir o numero de telefone com DDD. Campo obrigatório. institucional do servidor. Cargo Efetivo: Campo obrigatório. O cargo para o qual o servidor exerce suas atividades. Cargo em Comissão: Campo opcional. Cargo de chefia ou assessoramento para o qual o servidor foi nomeado. Ato Legal de Nomeação: Campo obrigatório. Ato legal que nomeou o servidor para o exercício da função do cargo efetivo. Data do ato legal de nomeação: Campo obrigatório. Data em que o ato legal de nomeação foi publicado. Após concluído esse cadastro, já pode ser solicitada a habilitação do servidor. Acessar opção Habilitar/Desabilitar Servidor Habilitar/Desabilitar Servidor Informar o CPF do servidor que deve ser habilitado/desabilitado nos sistemas e escolha o botão VALIDAR USUÁRIO.

5 Na tela seguinte selecionar uma das opções: Habilitação: para conceder acesso ao sistema a um servidor. Desabilitação: para retirar o acesso ao sistema de um servidor. Dentre os SISTEMAS DISPONÍVEIS (Portal ITR, Cafir Imóvel Rural, ITRCOB cobrança, Fiscalização), selecionar em quais sistemas o servidor deve ser habilitado/desabilitado. Atenção: apenas a habilitação no perfil PORTAL não é suficiente para que o servidor tenha acesso aos sistemas. Alem do perfil PORTAL, é necessário ter habilitação em algum dos sistemas disponiveis. Ex: Solicitar habilitação no PORTAL e COBRANÇA. Os sistemas selecionados serão listados na tabela ESPECIFICAÇÃO DOS SISTEMAS E PERFIS. São esses sistemas que serão gravados na solicitação.

6 No final, escolher o botão GRAVAR SOLICITAÇÃO. Neste momento, a solicitação é registrada. O aplicativo apresentará a mensagem "Solicitação criada com sucesso. Aguarde a geração da solicitação em PDF." e será disponibilizado um formulário contendo os dados da solicitação. Esse formulário deve ser encaminhado para a unidade da RFB, por meio de ofício da prefeitura, acompanhado do certificado de conclusão do treinamento fornecido pela ESAF.

7 4.4 - Consultar Solicitação Informar o CPF do servidor e escolha o botão buscar para consultar as solicitações que foram feitas para ele. O resultado será disponibilizado em uma tabela contendo todas as solicitações que foram feitas para o CPF informado na tela anterior. Na coluna EXIBIR é possível visualizar os detalhes da solicitação ou reimprimir o formulário para envio para a RFB. Ex: 5 - Cadastrar dados do Órgão da Administração Tributária Municipal para utilização nos Termos do Procedimento Fiscal. Para dar início aos procedimentos necessários à fiscalização do ITR, além das providências descritas nos itens anteriores, é necessário cadastrar os dados do Órgão da Administração Tributária Municipal, para que sejam apresentados nos documentos que integram o procedimento fiscal: Termo de Intimação, Edital, Termo de Constatação e Intimação e Notificação de Lançamento. Se esses dados não forem cadastrados, o sistema não vai gerar os documentos e, por conseguinte, o município conveniado não poderá executar o trabalho. Se esses dados forem cadastrados com erro, o trabalho executado poderá ser perdido, por vício (erro) nos documentos emitidos. Para cadastrar os dados do Órgão da Administração Tributária Municipal, o responsável legal pela Prefeitura deve acessar a opção "Órgão Municipal", disponível no menu de operações:

8 Deve ainda preencher os campos da ficha "Cadastro do Órgão Municipal", conforme apresentados abaixo: Nome do Titular: nome do Titular do Órgão da Administração Tributária Municipal (exemplos: nome do Secretário Municipal de Fazenda, Secretário Municipal de Finanças, Secretário de Finanças e Orçamento) Matrícula do Titular: número de matrícula na prefeitura do Titular do Órgão da Administração Tributária Municipal Cargo: nome, na prefeitura, do cargo do Titular do Órgão da Administração Tributária Municipal (exemplos: Secretário Municipal de Fazenda, Secretário Municipal de Finanças, Secretário de Finanças e Orçamento) Código do Cargo: código, na prefeitura, do cargo do Titular do Órgão da Administração Tributária Municipal Portaria de Nomeação: identificação (número e ano) da Portaria ou Ato Público que nomeou o Titular do Órgão da Administração Tributária Municipal

ITR Municípios Conveniados - Orientações Gerais

ITR Municípios Conveniados - Orientações Gerais O que fazer para: ITR Municípios Conveniados - Orientações Gerais 1 - Acessar o Portal ITR Municípios Conveniados. 1.1 O Portal ITR está disponível exclusivamente para Municípios Conveniados, no e-cac,

Leia mais

Manual para emissão do CPF na CRC Nacional versão 1.1

Manual para emissão do CPF na CRC Nacional versão 1.1 Normatização: Manual para emissão do CPF na CRC Nacional versão 1.1 Instrução Normativa Receita Federal Brasileira nº 1548/2015 Art. 3º Estão obrigadas a inscrever-se no CPF as pessoas físicas: V - registradas

Leia mais

PASSO A PASSO PARA EMISSÃO DE CERTIFICADO DIGITAL

PASSO A PASSO PARA EMISSÃO DE CERTIFICADO DIGITAL PASSO A PASSO PARA EMISSÃO DE CERTIFICADO DIGITAL 1. Acesse http://siops.datasus.gov.br, opção Certificação Digital. 1.1. Acesse a 1ª ETAPA - Orientações Gerais e leia as informações para ter uma visão

Leia mais

EDITAL ESAF/CEEAD Nº 01/2013 CURSO SOBRE O IMPOSTO TERRITORIAL RURAL PARA MUNICÍPIOS CONVENIADOS

EDITAL ESAF/CEEAD Nº 01/2013 CURSO SOBRE O IMPOSTO TERRITORIAL RURAL PARA MUNICÍPIOS CONVENIADOS EDITAL ESAF/CEEAD Nº 01/2013 CURSO SOBRE O IMPOSTO TERRITORIAL RURAL PARA MUNICÍPIOS CONVENIADOS A Escola de Administração Fazendária - ESAF torna público que estão abertas as inscrições para o Curso sobre

Leia mais

Manual do DEC Domicílio Eletrônico do Contribuinte

Manual do DEC Domicílio Eletrônico do Contribuinte GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DA FAZENDA Coordenadoria da Administração Tributária Diretoria Executiva da Administração Tributária Manual do DEC Domicílio Eletrônico do Contribuinte Manual

Leia mais

Simples Nacional. Principais Roteiros e o Comunicado 11

Simples Nacional. Principais Roteiros e o Comunicado 11 Simples Nacional Principais Roteiros e o Comunicado 11 Simples Nacional Roteiro de acesso aos aplicativos Menu Roteiro para acesso ao Certificado Digital Roteiro para acesso ao e-cac Roteiro para Habilitação

Leia mais

Poder Judiciário Tribunal de Justiça do Estado de Roraima. AGIS Gerenciamento Eletrônico de Documentos

Poder Judiciário Tribunal de Justiça do Estado de Roraima. AGIS Gerenciamento Eletrônico de Documentos AGIS Gerenciamento Eletrônico de Documentos 1 SUMÁRIO 1. Definições 3 1.1 Apresentação 3 1.2 Disposição do Sistema 3 2. Acessando o Sistema 4 2.1 Procedimento para regularizar o primeiro acesso 4 2.2 Procedimento

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO WEB SIGAP - SISTEMA GESTOR DE ATENDIMENTOS E PROCESSOS

MANUAL DO USUÁRIO WEB SIGAP - SISTEMA GESTOR DE ATENDIMENTOS E PROCESSOS MANUAL DO USUÁRIO WEB SIGAP - SISTEMA GESTOR DE ATENDIMENTOS E PROCESSOS Sumario Sumario... 2 1 Introdução... 3 2 Eventos Gerais... 3 Trâmite dos Processos... 3 Consulta Ao Andamento do Processo... 4 Ícones

Leia mais

Receber intimações: poderão receber intimações em processos eletrônicos nos quais estejam vinculados.

Receber intimações: poderão receber intimações em processos eletrônicos nos quais estejam vinculados. INTRODUÇÃO O tribunal de Justiça de Santa Catarina, em um processo de evolução dos serviços disponíveis no portal e-saj, passa a disponibilizar a peritos, leiloeiros, tradutores e administradores de massas

Leia mais

Sistema de Controle de Processos ON-LINE-Versão 1.0 Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) Unidade Municipal de Tecnologia da Informação (UMTI)

Sistema de Controle de Processos ON-LINE-Versão 1.0 Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) Unidade Municipal de Tecnologia da Informação (UMTI) O SISTEMA DE CONTROLE DE PROCESSOS ON-LINE O Sistema de Controle de Processos ON-LINE é um Sistema de Protocolo desenvolvido pela da que tem como finalidade gerenciar os processos e solicitações de serviços

Leia mais

Tutorial Módulo Frequência

Tutorial Módulo Frequência Tutorial Módulo Frequência Sumário 1. Módulo Frequência... 2 1.1. Perfis Envolvidos... 2 2. Operações realizadas pelo Servidor... 2 2.1 Solicitar Afastamento... 2 2.2 Consultar Afastamentos... 4 2.3. Enviar

Leia mais

Manual do DEC Domicílio Eletrônico do Contribuinte

Manual do DEC Domicílio Eletrônico do Contribuinte GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DA FAZENDA Coordenadoria da Administração Tributária Diretoria Executiva da Administração Tributária Manual do DEC Domicílio Eletrônico do Contribuinte Manual

Leia mais

SEGURO DESEMPREGO ON-LINE.

SEGURO DESEMPREGO ON-LINE. SEGURO DESEMPREGO ON-LINE. GERAÇÃO DO ARQUIVO SEGURO DESEMPREGO NO SGRH: Depois de calcular a rescisão, acesse o menu Relatórios > Demissionais > Requerimento SD, selecione o empregado que será gerado

Leia mais

NOTA TÉCNICA Nº 16/2014

NOTA TÉCNICA Nº 16/2014 NOTA TÉCNICA Nº 16/2014 Brasília, 11 de Julho de 2014. ÁREA: Finanças TÍTULO: Adesão do Imposto Territorial Rural. REFERÊNCIA(S): Portal Receita Federal do Brasil (RFB) Lei nº 11.250, de 27 de dezembro

Leia mais

Boletim Técnico. Empresa. Vagas. Central de Estágio. Desenvolvimento/Procedimento. Acesse Atividades Acadêmicas Estágio Empresa

Boletim Técnico. Empresa. Vagas. Central de Estágio. Desenvolvimento/Procedimento. Acesse Atividades Acadêmicas Estágio Empresa Boletim Técnico Central de Estágio Produto : TOTVS Educacional 11.83.52 Processo : Central de Estágio Subprocesso : Não se aplica Data da publicação : 12/11/2013 A funcionalidade de Central de Estágio

Leia mais

Manual do REC. Sistema de Registro de Categorias

Manual do REC. Sistema de Registro de Categorias Manual do REC Sistema de Registro de Categorias (Usuário Externo) Atualizado em Dezembro/2013 Versão 2.0 ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO... 6 2. FLUXO DO SISTEMA... 6 3. AUTENTICAÇÃO... 7 4. VINCULAR REPRESENTANTE/REPRESENTADO...

Leia mais

SISCOAF Sistema de Controle de Atividades Financeiras

SISCOAF Sistema de Controle de Atividades Financeiras P á g i n a 1 SISCOAF Sistema de Controle de Atividades Financeiras Manual Operacional Cadastro e Habilitação P á g i n a 2 SUMÁRIO 1 Orientações gerais... 3 1.1 O que são Pessoas Obrigadas?... 4 1.2 O

Leia mais

Ferramenta de Pré-agendamento Online Tutorial de Utilização para Usuários TUTORIAL P R É A G E N D A M E N T O O N L I N E.

Ferramenta de Pré-agendamento Online Tutorial de Utilização para Usuários TUTORIAL P R É A G E N D A M E N T O O N L I N E. TUTORIAL P R É A G E N D A M E N T O O N L I N E. P á g i n a 1 26 Carta de Apresentação Prezados Parceiros, A SEED Business Group traz uma inovação em seu atendimento, com o intuito de facilitar o processo

Leia mais

ORIENTAÇÕES GERAIS PARA CADASTRO DE AÇÃO DE EXTENSÃO DO LOGIN AO FORMULÁRIO DE CADASTRO... 3

ORIENTAÇÕES GERAIS PARA CADASTRO DE AÇÃO DE EXTENSÃO DO LOGIN AO FORMULÁRIO DE CADASTRO... 3 TUTORIAL SIEX ORIENTAÇÕES GERAIS PARA CADASTRO DE AÇÃO DE EXTENSÃO DO LOGIN AO FORMULÁRIO DE CADASTRO... 3 1. Como acessar ao formulário de inscrição de proposta... 3 2. Quais os passos de preenchimento

Leia mais

Eventos Anulação e Retificação

Eventos Anulação e Retificação MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE GESTÃO ESTRATÉGICA DA INFORMAÇÃO Portal dos Convênios SICONV Eventos Anulação e Retificação

Leia mais

Ministério da Cultura

Ministério da Cultura Ministério da Cultura MANUAL DO PROPONENTE: ADMINISTRATIVO VERSÃO 1.0 HISTÓRICO DE REVISÃO Data Versão Descrição Autor 08/01/2013 1.0 Criação do documento. Aline Oliveira - MINC 3 ÍNDICE 1. APRESENTAÇÃO...

Leia mais

TUTORIAL FERRAMENTA DE PRÉ-AGENDAMENTO ONLINE. MAPLO

TUTORIAL FERRAMENTA DE PRÉ-AGENDAMENTO ONLINE. MAPLO TUTORIAL FERRAMENTA DE PRÉ-AGENDAMENTO ONLINE. MAPLO Carta de Apresentação Prezados Parceiros, A Maplo traz uma inovação em seu atendimento, com o intuito de facilitar o processo de pré-matrícula em nossos

Leia mais

Domicílio Tributário Eletrônico DTE DT- Domicílio Tributário Eletrônico MANUAL DO USUÁRIO VERSÃO 1.0.0

Domicílio Tributário Eletrônico DTE DT- Domicílio Tributário Eletrônico MANUAL DO USUÁRIO VERSÃO 1.0.0 Domicílio Tributário Eletrônico DTE DT- Domicílio Tributário Eletrônico MANUAL DO USUÁRIO VERSÃO 1.0.0 Setembro/2015 Domicílio Tributário Eletrônico DT-e MANUAL MÓDULO CONTRIBUINTE SUMÁRIO DOMICÍLIO TRIBUTÁRIO

Leia mais

Sistema de Gestão do Programa Bolsa Família

Sistema de Gestão do Programa Bolsa Família Sistema de Gestão do Programa Bolsa Família Desde o dia 01 de dezembro, o novo sistema de Gestão do Programa Bolsa Família (SIGPBF) do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) está disponível para os

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO. Tutorial para utilização do Sistema de Transferência de Informações - STI TERCEIRIZAÇÃO

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO. Tutorial para utilização do Sistema de Transferência de Informações - STI TERCEIRIZAÇÃO Tutorial para utilização do Sistema de Transferência de Informações - STI TERCEIRIZAÇÃO outubro/2011 Sumário Utilização do sistema... 3 Tela inicial... 3 Opção Enviar Arquivo... 4 Opção Consultar... 13

Leia mais

Manual Cadastro Completo

Manual Cadastro Completo Manual Cadastro Completo Índice 1. Objetivo... 3 2. O Projeto e-suprir... 3 3. Fluxo do Processo de Cadastro... 3 4. Cadastro Simples... 4 5. Recebendo Usuário e Senha... 7 6. Cadastro Completo... 7 7.

Leia mais

Portal dos Convênios - Siconv. Disponibilização de Programas. Manual do Usuário Versão 2

Portal dos Convênios - Siconv. Disponibilização de Programas. Manual do Usuário Versão 2 MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS Portal dos Convênios - Siconv Disponibilização de Programas

Leia mais

MANUAL DE MOVIMENTAÇÃO WEB POR FORMULÁRIO

MANUAL DE MOVIMENTAÇÃO WEB POR FORMULÁRIO Este manual tem o objetivo de orientar o preenchimento do formulário de Movimentação Web disponibilizado na área de Movimentação de beneficiários por formulário que fica na área restrita da empresa no

Leia mais

Portal dos Convênios - Siconv. Credenciamento do Proponente. Manual do Usuário

Portal dos Convênios - Siconv. Credenciamento do Proponente. Manual do Usuário MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS Portal dos Convênios - Siconv Credenciamento do Proponente Manual

Leia mais

Para realizar a validação, deve-se seguir o seguinte roteiro: 1- Selecionar, no menu horizontal superior, o link Análise dos Dados.

Para realizar a validação, deve-se seguir o seguinte roteiro: 1- Selecionar, no menu horizontal superior, o link Análise dos Dados. Validar Dados A validação é o processo de verificação de possíveis erros nos dados cadastrados no Transparência Copa 2014. É realizada em um momento anterior à publicação dos dados na Seção COPA 2014 do

Leia mais

Manual do Usuário Sistema APR Web. Aprovação de Projeto Elétrico e Análise de Carga na Rede via Web

Manual do Usuário Sistema APR Web. Aprovação de Projeto Elétrico e Análise de Carga na Rede via Web Manual do Usuário Sistema APR Web Aprovação de Projeto Elétrico e Análise de Carga na Rede via Web Belo Horizonte Novembro de 2015 SUMÁRIO APR Web 1 Introdução... 5 2 Objetivo... 5 3 Acessar o sistema

Leia mais

Manual Xerox capture EMBRATEL

Manual Xerox capture EMBRATEL Manual Xerox capture EMBRATEL Versão 2 Junho/2011 Tópicos 1) Instalação do Xerox Capture 2) Utilização do Xerox Capture 2.1) Capturar pacotes de imagens pelo scanner 2.2) Importar pacote de imagens a partir

Leia mais

VIAÇÃO SÃO BENTO LTDA.

VIAÇÃO SÃO BENTO LTDA. VIAÇÃO SÃO BENTO LTDA. SISTEMA AUTOMÁTICO DE BILHETAGEM ELETRÔNICA MANUAL DO VTWEB CLIENT CADASTROS /PEDIDOS E PROCEDIMENTOS Resumo Esse manual tem como o seu objetivo principal a orientação de uso do

Leia mais

PORTARIA No- 432, DE 5 DE ABRIL DE 2013

PORTARIA No- 432, DE 5 DE ABRIL DE 2013 PORTARIA No- 432, DE 5 DE ABRIL DE 2013 Dispõe sobre a Segurança e o Controle de Acesso Lógico de Responsáveis e Representantes Legais aos Sistemas de Comércio Exterior da Secretaria da Receita Federal

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL

PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL SECRETARIA MUNICIPAL DE TRIBUTAÇÃO M A N U A L D A NOTA FISCAL AVULSA ÍNDICE 1. Acesso ao Portal do Sistema...6 2. Requerimento de Acesso para os novos usuários...6 2.1 Tipo

Leia mais

Manual do Usuário Sistema APR Web. Aprovação de Projeto Elétrico e Análise de Carga na Rede via Web

Manual do Usuário Sistema APR Web. Aprovação de Projeto Elétrico e Análise de Carga na Rede via Web Manual do Usuário Sistema APR Web Aprovação de Projeto Elétrico e Análise de Carga na Rede via Web Belo Horizonte Março de 2015 SUMÁRIO APR Web 1 Introdução... 5 2 Objetivo... 5 3 Acessar o sistema APR

Leia mais

CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DO DISTRITO FEDERAL. CERBERUS Manual do sistema Versão 1.0

CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DO DISTRITO FEDERAL. CERBERUS Manual do sistema Versão 1.0 CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DO DISTRITO FEDERAL CERBERUS Manual do sistema HISTÓRICO DA REVISÃO Data Versão Descrição Autor 07/08/2014 1.0 Criação do documento Antonio Rogério da Costa Silva LISTA DE FIGURAS

Leia mais

SISTEMA PATRIMÔNIO WEB

SISTEMA PATRIMÔNIO WEB UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO Subcomissão de Patrimônio - GEFIM REITORIA DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO COMPATRIM/GEFIM SISTEMA PATRIMÔNIO WEB Manual do usuário v.1.1 Sumário Introdução... 4 Fluxo das Principais

Leia mais

Portal dos Convênios SICONV. Ajuste do Plano de Trabalho, Termo Aditivo e Prorroga de Ofício Perfis de Convenente e Concedente.

Portal dos Convênios SICONV. Ajuste do Plano de Trabalho, Termo Aditivo e Prorroga de Ofício Perfis de Convenente e Concedente. MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS Portal dos Convênios SICONV Ajuste do Plano de Trabalho, Termo

Leia mais

Portal Sindical. Manual Operacional Empresas/Escritórios

Portal Sindical. Manual Operacional Empresas/Escritórios Portal Sindical Manual Operacional Empresas/Escritórios Acesso ao Portal Inicialmente, para conseguir acesso ao Portal Sindical, nos controles administrativos, é necessário acessar a página principal da

Leia mais

Escritório Virtual Administrativo

Escritório Virtual Administrativo 1 Treinamento Módulos Escritório Virtual Administrativo Sistema Office Instruções para configuração e utilização do módulo Escritório Virtual e módulo Administrativo do sistema Office 2 3 1. Escritório

Leia mais

SUAP Módulo Protocolo Manual do Usuário DTI DIRETORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO SEÇÃO DE PROJETOS, SISTEMAS E PROCESSOS DE NEGÓCIO

SUAP Módulo Protocolo Manual do Usuário DTI DIRETORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO SEÇÃO DE PROJETOS, SISTEMAS E PROCESSOS DE NEGÓCIO SUAP Módulo Protocolo Manual do Usuário DTI DIRETORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO SEÇÃO DE PROJETOS, SISTEMAS E PROCESSOS DE NEGÓCIO SUMÁRIO 1. APRESENTAÇÃO... 1 1.1. ACESSO AO SISTEMA... 1 1.2. TELA INICIAL

Leia mais

Plataforma Brasil Versão 3.0

Plataforma Brasil Versão 3.0 Plataforma Brasil Versão 3.0 Histórico de Revisão do Manual Versão do Sistema 3.0 Autor Data Descrição Assessoria Plataforma Brasil 29/06/2015 Criação do Documento OBS: Para sugestões, a fim de aprimorar

Leia mais

SICON Cronograma Físico Financeiro Perfil - Fiscal de Contrato

SICON Cronograma Físico Financeiro Perfil - Fiscal de Contrato MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO. SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA SICON Cronograma Físico Financeiro Perfil - Fiscal de Contrato MANUAL DO USUÁRIO

Leia mais

Sistema de Informações ao Judiciário. InfoJud. Manual do Usuário

Sistema de Informações ao Judiciário. InfoJud. Manual do Usuário Coordenação-Geral de Tecnologia da Informação Coordenação de Sistemas de Informação Divisão de Sistemas Corporativos Tributários Sistema de Informações ao Judiciário InfoJud Manual do Usuário Página 1

Leia mais

Portal dos Convênios - Siconv. Credenciamento do Proponente. Manual do Usuário

Portal dos Convênios - Siconv. Credenciamento do Proponente. Manual do Usuário MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS Portal dos Convênios - Siconv Credenciamento do Proponente Manual

Leia mais

Processo Digital Gerir Combustível Manual do Usuário

Processo Digital Gerir Combustível Manual do Usuário Governo do Estado do Rio de Janeiro Secretaria de Estado da Casa Civil Subsecretaria de Gestão Superintendência de Gestão do Processo Digital Processo Digital Gerir Combustível Manual do Usuário Histórico

Leia mais

P á g i n a 1. SISCOAF Sistema de Controle de Atividades Financeiras. Manual Operacional

P á g i n a 1. SISCOAF Sistema de Controle de Atividades Financeiras. Manual Operacional P á g i n a 1 SISCOAF Sistema de Controle de Atividades Financeiras Manual Operacional P á g i n a 2 1 SUMÁRIO 2 Orientações gerais... 3 2.1 Perfis de acesso... 4 2.2 Para acessar todas as funcionalidades

Leia mais

Plano de Carreira Sistema de Apoio à Gestão de Planos de Carreira

Plano de Carreira Sistema de Apoio à Gestão de Planos de Carreira Plano de Carreira Sistema de Apoio à Gestão de Planos de Carreira Manual do Usuário Página1 Sumário 1 Configurações Recomendadas... 4 2 Objetivos... 4 3 Acesso ao Sistema... 5 3.1. Acessar 6 3.2. Primeiro

Leia mais

Portal dos Convênios - SICONV. Credenciamento de Proponente. Manual do Usuário

Portal dos Convênios - SICONV. Credenciamento de Proponente. Manual do Usuário MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE GESTÃO ESTRATÉGICA DA INFORMAÇÃO Portal dos Convênios - SICONV Credenciamento de Proponente

Leia mais

MATRÍCULAS ABERTAS PARA

MATRÍCULAS ABERTAS PARA Olá, você acessou o Manual para Inscrição de Matrículas de Alunos Novos do Colégio Medianeira. Leia atentamente as orientações abaixo. Elas vão facilitar o correto preenchimento de seu Cadastro que é OBRIGATÓRIO

Leia mais

Cadastro de Atividades Econômicas da Pessoa Física. Projeto Matrícula CEI Ajustes nos Cadastros da RFB (PUC 05)

Cadastro de Atividades Econômicas da Pessoa Física. Projeto Matrícula CEI Ajustes nos Cadastros da RFB (PUC 05) Cadastro de Atividades Econômicas da Pessoa Física Projeto Matrícula CEI Ajustes nos Cadastros da RFB (PUC 05) Projeto Matrícula CEI Ajustes nos Cadastros da RFB (PUC 05) Brasília, 27 de julho de 2014

Leia mais

Passo a Passo Módulo INTRANET

Passo a Passo Módulo INTRANET SISTEMA HOMOLOGNET SECRETARIA DE RELAÇÕES DO TRABALHO Passo a Passo Módulo INTRANET Versão 1.0 Multiplicadores das SERET s Visão Geral do HomologNet: Módulos INTERNET E INTRANET As Empresas enviam informações

Leia mais

Guia de instruções passo a passo para o registro de Projetos de Pesquisa na PRPPG

Guia de instruções passo a passo para o registro de Projetos de Pesquisa na PRPPG UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO DEPARTAMENTO DE PESQUISA Guia de instruções passo a passo para o registro de Projetos de Pesquisa na PRPPG O Sistema de Acadêmico

Leia mais

Registro de Usuários MT-611-00010 Última Atualização 25/04/2012

Registro de Usuários MT-611-00010 Última Atualização 25/04/2012 Registro de Usuários MT-611-00010 Última Atualização 25/04/2012 I. Objetivos Após este módulo de capacitação você será capaz de: 1. Modificar suas informações gerais, Informações de contato e de configurações

Leia mais

Passo a Passo do Orçamentos de Entrada no SIGLA Digital

Passo a Passo do Orçamentos de Entrada no SIGLA Digital Passo a Passo do Orçamentos de Entrada no SIGLA Digital Página 1 de 9 Este é um dos principais módulos do SIGLA Digital. Utilizado para dar entrada de produtos no estoque, essa ferramenta segue a seguinte

Leia mais

Governo do Estado do Rio Grande do Sul Secretaria da Fazenda Receita Estadual MANUAL DO DTE

Governo do Estado do Rio Grande do Sul Secretaria da Fazenda Receita Estadual MANUAL DO DTE MANUAL DO DTE Domicílio Tributário Eletrônico Sumário 1. Apresentação... 3 2. Credenciamento... 3 3. Legislação... 3 4. Informações Gerais... 3 5. Cientificação... 3 6. Logins e formas de acesso à caixa

Leia mais

Passo a Passo para utilização do Sistema de Registro Integrado REGIN. Contadores

Passo a Passo para utilização do Sistema de Registro Integrado REGIN. Contadores Passo a Passo para utilização do Sistema de Registro Integrado REGIN Contadores Maio / 2008 Índice Introdução... 3 Pedido de Consulta da Viabilidade... 4 Acompanhamento do Pedido de Viabilidade... 11 Registro

Leia mais

SISCOAF Sistema de Controle de Atividades Financeiras. Cadastro e Habilitação Declaração de Inocorrência

SISCOAF Sistema de Controle de Atividades Financeiras. Cadastro e Habilitação Declaração de Inocorrência SISCOAF Sistema de Controle de Atividades Financeiras Cadastro e Habilitação Declaração de Inocorrência Sumário ORIENTAÇÕES GERAIS... 3 O que são Pessoas Obrigadas... 4 O que é o SISCOAF... 4 Quem deve

Leia mais

PORTAL B2B USUÁRIO FORNECEDOR

PORTAL B2B USUÁRIO FORNECEDOR PORTAL B2B USUÁRIO FORNECEDOR RMS Software S.A. - Uma Empresa TOTVS Todos os direitos reservados. A RMS Software é a maior fornecedora nacional de software de gestão corporativa para o mercado de comércio

Leia mais

MANUAL Credenciados SGMC Sistema de Gestão de Modalidades de Credenciamento

MANUAL Credenciados SGMC Sistema de Gestão de Modalidades de Credenciamento MANUAL Credenciados SGMC Sistema de Gestão de Modalidades de Credenciamento SEBRAE-GO 1 Sumário Introdução... 3 1) Acesso ao Sistema... 4 1.1. LOGIN... 4 1.2. ALTERAR SENHA... 7 1.3. RECUPERAR SENHA...

Leia mais

Manual SAGe Versão 1.2 (a partir da versão 12.08.01)

Manual SAGe Versão 1.2 (a partir da versão 12.08.01) Manual SAGe Versão 1.2 (a partir da versão 12.08.01) Submissão de Relatórios Científicos Sumário Introdução... 2 Elaboração do Relatório Científico... 3 Submissão do Relatório Científico... 14 Operação

Leia mais

SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO ACADÊMICA

SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO ACADÊMICA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO TRIÂNGULO MINEIRO SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO ACADÊMICA MÓDULO PROTOCOLO MANUAL DO USUÁRIO VERSÃO: SETEMBRO/2010 SUMÁRIO Introdução...

Leia mais

CADASTRO DE INSTITUIÇÕES E USUÁRIOS - NOTIVISA PERGUNTAS FREQUENTES

CADASTRO DE INSTITUIÇÕES E USUÁRIOS - NOTIVISA PERGUNTAS FREQUENTES CADASTRO DE INSTITUIÇÕES E USUÁRIOS - NOTIVISA PERGUNTAS FREQUENTES 01. Como cadastrar uma... 2 02. Quem é o Responsável Legal de uma... 2 03. Como associar o Responsável Legal a uma... 2 04. Como Desassociar

Leia mais

Registro de Notificação

Registro de Notificação MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE GESTÃO ESTRATÉGICA DA INFORMAÇÃO Portal dos Convênios SICONV Registro de Notificação Convenente

Leia mais

Portal dos Convênios SICONV. Execução Cotação Eletrônica de Preços. Entidades Privadas sem Fins Lucrativos. Manual do Usuário

Portal dos Convênios SICONV. Execução Cotação Eletrônica de Preços. Entidades Privadas sem Fins Lucrativos. Manual do Usuário MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS Portal dos Convênios SICONV Execução Cotação Eletrônica de Preços

Leia mais

1. Escritório Virtual... 5. 1.1. Atualização do sistema...5. 1.2. Instalação e ativação do sistema de Conexão...5

1. Escritório Virtual... 5. 1.1. Atualização do sistema...5. 1.2. Instalação e ativação do sistema de Conexão...5 1 2 Índice 1. Escritório Virtual... 5 1.1. Atualização do sistema...5 1.2. Instalação e ativação do sistema de Conexão...5 1.3. Cadastro do Escritório...5 1.4. Logo Marca do Escritório...6...6 1.5. Cadastro

Leia mais

Portal dos Convênios SICONV. Orientações/Passo a Passo. Credenciamento de Proponente

Portal dos Convênios SICONV. Orientações/Passo a Passo. Credenciamento de Proponente Portal dos Convênios SICONV Orientações/Passo a Passo Credenciamento de Proponente Administração Pública Estadual, Municipal ou do Distrito Federal, Consórcio Público, Entidade Privada sem fins lucrativos

Leia mais

Coordenação-Geral de Tecnologia e Segurança da Informação Coordenação de Sistemas de Informação Divisão de Sistemas Corporativos Tributários

Coordenação-Geral de Tecnologia e Segurança da Informação Coordenação de Sistemas de Informação Divisão de Sistemas Corporativos Tributários Coordenação-Geral de Tecnologia e Segurança da Informação Coordenação de Sistemas de Informação Divisão de Sistemas Corporativos Tributários Sistema de Informações ao Judiciário InfoJud Manual do Usuário

Leia mais

Para envio de Termos de Contrato, Editais de Licitação e Atos de Pessoal TCM-GO SUPERINTENDÊNCIA DE INFORMÁTICA

Para envio de Termos de Contrato, Editais de Licitação e Atos de Pessoal TCM-GO SUPERINTENDÊNCIA DE INFORMÁTICA Para envio de Termos de Contrato, Editais de Licitação e Atos de Pessoal TCM-GO SUPERINTENDÊNCIA DE INFORMÁTICA :: Acesso Inicial ( p/ acessar o módulo de Envio e Cadastro) Clique no link Portal dos Jurisdicionados,

Leia mais

A pessoa que tenha imóvel cadastrado no Sistema Nacional de Cadastro Rural SNCR.

A pessoa que tenha imóvel cadastrado no Sistema Nacional de Cadastro Rural SNCR. QUEM PODE ACESSAR A DECLARAÇÃO ELETRÔNICA. A pessoa que tenha imóvel cadastrado no Sistema Nacional de Cadastro Rural SNCR. QUAIS TIPOS DE ATUALIZAÇÕES PODERÃO SER FEITAS Alteração por Aquisição de área

Leia mais

Cadastro de Pessoa Jurídica

Cadastro de Pessoa Jurídica Fundação de Apoio à Universidade de São Paulo Cadastro de Pessoa Jurídica CADASTRAMENTO NO NOVO SISTEMA Novembro/2012 2 Índice 1 Introdução 03 2 Entrando no sistema de cadastro 03 3 Cadastramento eletrônico

Leia mais

COMUNICADO SIAD - PORTAL DE COMPRAS 41/2010

COMUNICADO SIAD - PORTAL DE COMPRAS 41/2010 SECRETARIA DE ESTADO DE PLANEJAMENTO E GESTÃO Rodovia Prefeito Américo Gianetti, s/n Edifício Gerais - Bairro Serra Verde CEP: 31630-901 - Belo Horizonte - MG COMUNICADO SIAD - PORTAL DE COMPRAS 41/2010

Leia mais

1. Objetivos do curso 2. 2 Comunicação Interna (CI) 13 3 Ofício 18 4 DEFINIÇÕES GERAIS 23 5 CONCLUSÃO 27

1. Objetivos do curso 2. 2 Comunicação Interna (CI) 13 3 Ofício 18 4 DEFINIÇÕES GERAIS 23 5 CONCLUSÃO 27 1. Objetivos do curso 2 Introdução 2 Funções do Sistema: 2 Da Comunicação Interna: 3 o Enviadas: 3 o Recebidas: 3 o Com Cópia Pessoal: 3 Ofícios 4 o Enviados: 4 o Recebidas com Cópia: 5 Contatos Externos:

Leia mais

MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS

MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS DIVULGAÇÃO DE COMPRAS COTAÇÃO ELETRÔNICA MANUAL DO USUÁRIO

Leia mais

Portal dos Convênios SICONV. Ajuste do Plano de Trabalho, Termo Aditivo e Prorroga de Ofício Perfis de Convenente e Concedente.

Portal dos Convênios SICONV. Ajuste do Plano de Trabalho, Termo Aditivo e Prorroga de Ofício Perfis de Convenente e Concedente. MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS Portal dos Convênios SICONV Ajuste do Plano de Trabalho, Termo

Leia mais

Antes de começar, o Solicitante e outros envolvidos dentro do projeto (Orientador, Coordenador ou outro Responsável Técnico) devem verificar:

Antes de começar, o Solicitante e outros envolvidos dentro do projeto (Orientador, Coordenador ou outro Responsável Técnico) devem verificar: SOLICITAÇÃO DE FOMENTO on-line MANUAL DO USUÁRIO 1 CONTATOS... 2 2 ANTES DE COMEÇAR... 2 3 ENTRAR NO SISTEMA INFAPERJ... 3 3.1 ACESSO AO SISTEMA...3 3.2 LOGIN...4 4 APRESENTAÇÃO GERAL DA INTERFACE... 5

Leia mais

e-ouv Passo-a-passo Sistema de Ouvidorias do Poder Executivo Federal Junho, 2015 Controladoria-Geral da União

e-ouv Passo-a-passo Sistema de Ouvidorias do Poder Executivo Federal Junho, 2015 Controladoria-Geral da União e-ouv Passo-a-passo Sistema de Ouvidorias do Poder Executivo Federal Junho, 2015 Sumário 1. Acesso ao sistema... 3 2. Funcionalidades do sistema... 5 3. Como tratar manifestações... 14 3.1 Detalhar...

Leia mais

PORTAL DE GERENCIAMENTO DE INSPEÇÃO VEICULAR

PORTAL DE GERENCIAMENTO DE INSPEÇÃO VEICULAR PORTAL DE GERENCIAMENTO DE INSPEÇÃO VEICULAR ORIENTAÇÕES GERAIS - EMPRESAS DE TRANSPORTE A partir de 1º de outubro de 2013 entrou em vigor a Resolução da METROPLAN nº 083, de 24 de maio de 2013, estabelecendo

Leia mais

Procedimento Documentado. Sistema de Homologação de Cobrança. Versão 1.0. Departamento de Produtos e Serviços Página 1

Procedimento Documentado. Sistema de Homologação de Cobrança. Versão 1.0. Departamento de Produtos e Serviços Página 1 Procedimento Documentado Sistema de Homologação de Cobrança Versão 1.0 Departamento de Produtos e Serviços Página 1 Histórico Data Versão Descrição Responsável 14/03/2014 1.0 Criação do Procedimento Documentado

Leia mais

Procedimentos para Solicitação Registro na Jucesp do Ato Cancelamento de Microempreendedor Individual - MEI. (via Capa Marrom )

Procedimentos para Solicitação Registro na Jucesp do Ato Cancelamento de Microempreendedor Individual - MEI. (via Capa Marrom ) Procedimentos para Solicitação Registro na Jucesp do Ato Cancelamento de Microempreendedor Individual - MEI (via Capa Marrom ) Versão 21/05/2013 Sumário Instruções ao usuário... 2 Documentos que devem

Leia mais

ROTEIRO DE REQUERIMENTO COM E-PROCESSO (NA IRF/SPO A PARTIR DE 02/05/2011)

ROTEIRO DE REQUERIMENTO COM E-PROCESSO (NA IRF/SPO A PARTIR DE 02/05/2011) ROTEIRO DE REQUERIMENTO COM E-PROCESSO (NA IRF/SPO A PARTIR DE 02/05/2011) Este roteiro orienta a como preparar os documentos referentes à IN SRF 650/2006 e à IN RFB 1098/2010, na IRF/SP, de acordo com

Leia mais

LABORATÓRIO DE CONTABILIDADE

LABORATÓRIO DE CONTABILIDADE LABORATÓRIO DE CONTABILIDADE 2015 PROCESSO DE BAIXA Centro Virtual de Atendimento ao Contribuinte - e-cac) 1 Como visto anteriormente sobre o processo de baixa de empresa, o procedimento inicial diante

Leia mais

PMAT. Sistema de Análise e Acompanhamento de Operações. Manual. Desenvolvido pelo BNDES AS/DEGEP

PMAT. Sistema de Análise e Acompanhamento de Operações. Manual. Desenvolvido pelo BNDES AS/DEGEP PMAT Sistema de Análise e Acompanhamento de Operações Manual 1 Índice 1. O que é o Sistema de Análise e Acompanhamento de Operações PMAT... 3 2. Acessando o sistema pela primeira vez Download... 3 3. Fluxogramas

Leia mais

PROCESSO JUDICIAL ELETRÔNICO PJe

PROCESSO JUDICIAL ELETRÔNICO PJe PROCESSO JUDICIAL ELETRÔNICO PJe TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5ª REGIÃO MANUAL DO SERVIDOR 1ºGRAU MÓDULO 3 Sumário 1 Cadastros Básicos3 11 Documento3 111 Modelo3 112 Tipo6 12 Pessoa10 121 Conciliador10

Leia mais

ESTADO DE GOIÁS SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA SUPERINTENDÊNCIA DA RECEITA ESTADUAL GERÊNCIA DE INFORMAÇÕES ECONÔMICO-FISCAIS MANUAL DO DTE

ESTADO DE GOIÁS SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA SUPERINTENDÊNCIA DA RECEITA ESTADUAL GERÊNCIA DE INFORMAÇÕES ECONÔMICO-FISCAIS MANUAL DO DTE MANUAL DO DTE Domicílio Tributário Eletrônico PERFIL CREDENCIADO NOVEMBRO DE 2012 (VERSÃO 1.0) Av. Vereador José Monteiro, nº. 2233, Setor Nova Vila - Bloco A - CEP: 74.650-900 Goiânia Goiás 1 MANUAL DE

Leia mais

AdminIP. Manual do Usuário Módulo Administrador IES

AdminIP. Manual do Usuário Módulo Administrador IES 2 AdminIP Manual do Usuário Módulo Administrador IES Brasília 2012 SUMÁRIO APRESENTAÇÃO... 4 1 SISTEMA ADMINIP... 4 1.1 O que é o AdminIP?... 4 1.2 Quem opera?... 4 1.3 Onde acessar?... 5 1.4 Como acessar?...

Leia mais

PAG CONTAS CARNÊ Agora ficou mais fácil pagar suas contas. PAG CONTAS CARNÊ. Geração de Boletos MANUAL DO USUÁRIO

PAG CONTAS CARNÊ Agora ficou mais fácil pagar suas contas. PAG CONTAS CARNÊ. Geração de Boletos MANUAL DO USUÁRIO PAG CONTAS CARNÊ Geração de Boletos MANUAL DO USUÁRIO MANUAL DE GERAÇÃO DE BOLETOS EMPRESAS CONVENIADAS 1) REQUISITOS DO SISTEMA: Primeiramente devemos possuir seguintes itens abaixo: - Microcomputador

Leia mais

05. Quem é o Gestor de Segurança de uma Instituição? 08. O que são e como cadastrar usuários de uma Instituição?

05. Quem é o Gestor de Segurança de uma Instituição? 08. O que são e como cadastrar usuários de uma Instituição? CADASTRO DE USUÁRIOS - NOTIVISA PERGUNTAS FREQUENTES 05. Quem é o Gestor de Segurança de uma Instituição? O Gestor de Segurança é a pessoa que será responsável por administrar os usuários relacionados

Leia mais

Passos e Orientações para solicitação de credenciamento como emissor de NF-e. Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo

Passos e Orientações para solicitação de credenciamento como emissor de NF-e. Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo Passos e Orientações para solicitação de credenciamento como emissor de NF-e Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo Versão 1.0 23/07/2009 Passos e Orientações para solicitação de credenciamento como

Leia mais

Manual de Utilização. Sistema. Recibo Provisório de Serviço

Manual de Utilização. Sistema. Recibo Provisório de Serviço Manual de Utilização Sistema Recibo Provisório de Serviço Versão 1.0 17/08/2011 Sumário Introdução... 5 1. Primeiro Acesso... 7 2. Funções do e-rps... 8 2.1 Menu Superior... 8 2.1.1 Arquivo......8 2.1.2

Leia mais

Passo-a-passo para alteração de representante legal no CNPJ

Passo-a-passo para alteração de representante legal no CNPJ Passo-a-passo para alteração de representante legal no CNPJ Fundamentação legal: A entidade estará obrigada a atualizar no CNPJ qualquer alteração referente aos seus dados cadastrais até o último dia útil

Leia mais

SISUTEC. Procedimentos para Matrículas dos Candidatos Selecionados

SISUTEC. Procedimentos para Matrículas dos Candidatos Selecionados SISUTEC Procedimentos para Matrículas dos Candidatos Selecionados CONFIRMAÇÃO DA MATRÍCULA DOS CANDIDATOS SELECIONADOS Para confirmar as matrículas dos candidatos selecionados no Sisutec, um usuário devidamente

Leia mais

P á g i n a 1. SISCOAF Sistema de Controle de Atividades Financeiras. Manual Operacional

P á g i n a 1. SISCOAF Sistema de Controle de Atividades Financeiras. Manual Operacional P á g i n a 1 SISCOAF Sistema de Controle de Atividades Financeiras Manual Operacional P á g i n a 2 SUMÁRIO 1 Orientações gerais... 4 1.1 O que são Pessoas Obrigadas?... 4 1.2 Perfis de acesso... 4 1.3

Leia mais

Guia de Preenchimento Cadastro de Operadores

Guia de Preenchimento Cadastro de Operadores Guia de Preenchimento Cadastro de Operadores Data 07/2013 SUMÁRIO I. Introdução... 3 1. Sistema Cadastro de Operadores... 3 2. Código ANBIMA de Regulação e Melhores Práticas Negociação de Instrumentos

Leia mais

SIGECORS. Sistema de Gerenciamento de Resíduos Sólidos Industriais

SIGECORS. Sistema de Gerenciamento de Resíduos Sólidos Industriais SIGECORS Sistema de Gerenciamento de Resíduos Sólidos Industriais Outubro 2008 Índice 1. Registrando Usuários 2. Acesso ao Sistema 3. Logar no Sistema 4. Esquecimento de Senha 5. Alteração de Senha 6.

Leia mais