Primeiramente podemos classificar três diferentes tipos estruturais de

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Primeiramente podemos classificar três diferentes tipos estruturais de"

Transcrição

1 VITRINAS 1

2 INTRODUÇÃO Elegantes e essenciais, as vitrinas são elementos versáteis criados nas mais diversas versões e representam o ponto chave para apresentação do produto a ser vendido nos mais diferentes tipos de empreendimentos. Portanto todos os elementos envolvendo luzes, cores, materiais, distribuição dos produtos, etc. devem ser cuidadosamente planejados para que a vitrina se torne cativante. Se, até anos recentes, o trabalho de preparação de uma vitrina era papel do vitrinista, hoje em dia está, cada vez mais, essa função vem sendo desenvolvida pelo Visual Merchandiser, um profissional experiente em vários setores quais: iluminação, marketing, psicologia, design, etc. O objetivo desse profissional é o de transformar uma loja numa máquina para vender e, tendo em mente essa finalidade, ele estuda e organiza cada espaço com a finalidade de chamar a atenção do cliente sobre determinados objetos, juntando harmoniosamente estética e funcionalidade. Objetivo desse trabalho é ver como trabalha e Visual Merchandiser e fornecer uma orientação básica sobre a maneira melhor de desenvolver uma vitrina que capture a atenção do publico de maneira estratégica, assim como mostrar a importância da mesma para o sucesso do negócio. 2

3 Tipos de Vitrina e tendências atuais vitrina Primeiramente podemos classificar três diferentes tipos estruturais de Vitrinas semitapadas que, com seus suportes, apoios e fundos, escondem parcialmente o local. Com este tipo de vitrinas podemos ocultar certas áreas e revelar pontos desejados do estabelecimento chamando a atenção para um determinado local, grupo de produtos e assim por diante, causando também uma interação entre o cenário de fundo e a vitrina em si, de modo que ambos se complementem. Vitrinas abertas, que mostram completamente o interior do local expondo todos os produtos e qualidades do local. Neste tipo de local é indispensável causar uma sensação de unidade no interior da mesma; 3

4 consequentemente, além da vitrina, a própria loja será a sua própria vitrina. Nesse caso torna-se necessário organizar os elementos para auxiliar na mensagem que o local deseja transmitir Vitrinas tamponadas, que possuem o fundo fechado que não permite ver o interior do local: destarte modo a loja não comunica claramente com o exterior. Esse tipo de vitrina tem a responsabilidade de fazer imaginar ao cliente como será o interior do estabelecimento e como serão suas ofertas, estimulando assim sua curiosidade e levando o mesmo a desejar entrar no próprio. Esse tipo de vitrina oferece maior facilidade na exposição do produto, pois toda a atenção será concentrada no mesmo e nas promoções, ofertas ao próprio relacionado. A tendência da arquitetura promocional dos anos 2000 é optar por um desenho mais limpo, com mobiliário que faça do produto o personagem principal e que retrate o conceito da loja em cada detalhe, da vitrina à iluminação. O conceito de loja caminha em três direções. A primeira é a dos ambientes Clear, com iluminação difusa, forma geométricas, mobiliário de metal prateado e vidro. A segunda inclui as lojas com ar caseiro que abusam da madeira. E a terceira, os endereços voltados aos jovens, nos quais a cor, as imagens e a música criam um clima, junto posteres e peças de acrílico e metal. 4

5 Como fazer uma vitrina ideal. Inicialmente, as vitrinas, deverão ser cuidadosamente programadas e coordenadas em função dos pontos de animação e comunicação comercial, seja no interior que na fachada do estabelecimento. Assim serão criados focos para visualizar os produtos mais qualificados e pontos promocionais, inclusive pondo em destaque os itens menos nobres que não consigam chamar a atenção por si, embora mais baratos. Naturalmente, para que a mensagem transmitida por todos estes fatores de comunicação se torne inequívoca e coerente é necessário levar em conta diversos fatores como: as agregações, os volumes de ocupação, os artigos indispensáveis para tornar a mensagem mais abrangente e os critérios de composição das formas geométricas adotadas. Nesse sentido, para que haja uma comunicação eficiente, os produtos devem brilhar sempre com mais iluminação do que nas áreas de circulação. Não faz muito sentido discriminar entre vitrinas belas ou feitas, pois a eficiência de uma vitrina não esta baseada unicamente em seu valor estético ou como ela se apresenta de maneira abstrata para o observador. Portanto as vitrinas genericamente belas não tem grande valor sendo que não transmitem uma mensagem comercial e não geram vendas. A vitrina só tem sentido se é realmente funcional ou seja se consegue realizar os objetivos de mercado do ponto de venda, de mostrar os produtos e/ou os serviços oferecidos. Em outras palavras ela deve passar uma mensagem atrativa que leve o maior numero possíveis de clientes a visitar o estabelecimento. Vale a pena lembrar que a loja deve ser a continuação da vitrina Outro foco importante é a funcionalidade da vitrina para os vendedores que nela irão trabalhar. Em prática, deve ser de fácil acesso para permitir a rápida troca dos produtos e ajuste dos mesmos, inclusive renovar parcial ou totalmente o estoque dos produtos expostos. A beleza de uma vitrina depende, portanto, não de genéricas avaliações estéticas, e sim de quão gratificante ela é para seu público alvo. Logo, a fim de captar a atenção e o interesse, a mensagem de cada vitrina é diferente e particular, focada nas necessidades e gostos do cliente específico. Após atraído, precisa fortalecer o interesse convidando o observador a parar para analizá-la por mais tempo, identificando um determinado produto ou um grupo de produtos em particular, além da vitrina como um todo. È assim que será estimulado o desejo de entrar e comprar. 5

6 A melhor forma para alcançar este objetivo é seguir os seguintes dicas fundamentais: 1) visibilidade, 2) simplicidade, 3) originalidade, 4) univocidade, 5) limpeza, 6) variabilidade e, 7) flexibilidade. A visibilidade se realiza através de uma exposição clara e não sobrecarregada de produtos; muitos produtos amontoados e desordenados acabam tornando confusa e incompreensível a mensagem que a vitrina deseja passar. Em segundo lugar é obtida uma mensagem óbvia e coerente através de agregações lógicas de produtos. A luz deve ser usada de maneira controlada para por em foco os pontos importantes da vitrina sem causar reflexos desagradáveis. A mensagem da vitrina torna-se mais clara quando a mesma se baseia na simplicidade. Naturalmente isso não implica um conceito de pobreza, mas é necessário que os produtos falem por si próprios reduzindo os elementos decorativos supérfluos e desnecessários. Efetivamente a utilização de elementos não indispensáveis, irá apenas complicar a mensagem de apresentação, desgastando a comunicação que a vitrina quer passar ao cliente tornando-a menos eficiente. Na presente fase comercial assistimos, com frequência, ao fenômeno da falta de originalidade. A tendência é estandardizar os tipos de decoração quase independentemente das categorias de itens à venda. É útil lembrar que a originalidade da vitrina não deve ser entendida como valor absoluto, mas estrutural, ou seja apenas como fator de atração para a atenção do publico. Em outras palavras, o importante não é realizar estruturas complexas ou cheias de adornos, detalhes, etc., e sim conseguir com que a mensagem em si evidencie a diferença deste ponto de venda em relação a outros do mesmo produto. Muitas vitrinas passam inobservadas exatamente por este desejo de criar algo belo, porém similar demais a algo já existente. O resultado é geralmente satisfatório quando foca-se nas novidade do produto em si, mas carece no tema da comunicação. A univocidade na vitrina é obtida agregando produtos que tenham um utilizo semelhante e convergente, ou seja destinados a resolver uma mesma exigência do comprador. O conceito de limpeza implica que os mostruários, suportes e qualquer tipo de expositor e mobiliário devem ter uma unidade entre si e, por sua vez, integrar-se á infra-estrutura. Isso facilita a percepção da loja como um tudo, auxiliando na sensação de unidade e organização da mesma. A criação de uma constância nestes elementos ajuda na criação de uma linguagem simbólica, determinando uma imagem própria que ajuda a identificar a marca. Nesse caso arquitetura e decoração andam juntas de forma complementar. 6

7 A variabilidade da vitrina não consiste apenas na diferença dos produtos, e sim na constante renovação dos mesmos, seja apenas de suas posições como da troça total dos itens expostos: esta renovação precisa ser tanto mais intensa quanto mais pessoas passarem na frente da loja. Por este motivo é indispensável que a vitrina obedeça a critérios de flexibilidade e possa ser facilmente moldada tendo, por isso, suportes livres e de fácil utilizo para que, a cada mudança, novas propostas sejam mostradas. O ponto de venda vai sofrer assim uma renovação constante. Em realizar as vitrinas deve-se prestar particular atenção às cores não apenas dos produtos expostos mas também do ambiente e da luz. Muitos produtos, às vezes, perdem suas dotes de prestígio e interesse quando aparecem em vitrinas com condições de cor e luz desfavoráveis. Logo a composição das cores como um todo precisa ser cuidadosamente estudada, lembrando que as cores, quando unidas, influenciam umas às outras. Um efeito harmonioso de cores será extremamente importante para a eficiência funcional da vitrina, pois a valorização da mesma é de fato estreitamente ligada dos efeitos harmônicos que conseguirem ser criados em seu interior. O equipamento também necessita de uma atenção particular pois, além de sustentar os produtos serve para comunicar também a imagem estruturar interna e a lógica do estilo do local. Por isso o mesmo precisa ser totalmente funcional e, possivelmente, idêntico ou similar ao utilizado no interior do empreendimento para manter a harmonia como um todo, lembrando que é indispensável que os acessórios sejam totalmente flexíveis às mudanças e aptos a receber qualquer tipo de produtos. Enfim, não se pode esquecer da importância da a iluminação noturna, o ideal seria que mesmo após o fechamento do estabelecimento a vitrina continuasse iluminada, de maneira até mais intensa que durante o dia, criando assim uma atmosfera sedutora que restará impressa nos potenciais clientes de passagem. 7

8 CONCLUSÃO O ponto focal na realização de uma vitrina eficiente é medido mediante a percepção do impacto psicológico que a mesma terá sobre o cliente. Este será o ponto fundamental e decisivo para o sucesso do negocio. A sua comunicação ao ambiente exterior irá transmitir todos os eventos e as novidades em andamento dentro da loja. E não necessariamente a melhor vitrina será a mais cara e sofisticada, mas sim aquela que se adaptará melhor ao tema da venda. Visando realizar esses objetivos, torna-se portanto indispensável recorrer ao auxílio de um Visual Merchandiser, um experto da imagem, criativo e capaz de encontrar soluções originais. Ele saberá atrair um maior número de clientes, justamente em virtude daquela estranha vitrina, agradável de se ver e que transmite uma idéia de qualidade e segurança. Esse experto terá a capacidade de vender antecipando exatamente o que o público quer. E ninguém, além do Arquiteto de Interiores, possui a formação necessária para desenvolver com sucesso uma brilhante carreira de Visual Merchandiser. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS e&id=84:criando-uma-vitrina&catid=44:dicas-de-visual-merchandising&itemid=92 8

a) VISUAL MERCHANDISING

a) VISUAL MERCHANDISING a) VISUAL MERCHANDISING (1) Introdução Enquanto o marketing planeja, pesquisa avalia e movimenta o produto desde a sua fabricação até sua chegada ao ponto-de- venda, o merchandising representa o produto

Leia mais

SOLUÇÕES TECNOLÓGICAS SEBRAE-SP

SOLUÇÕES TECNOLÓGICAS SEBRAE-SP SOLUÇÕES TECNOLÓGICAS SEBRAE-SP SOLUÇÕES TECNOLÓGICAS SEBRAE-SP O SEBRAE SP desenvolveu um Programa de Soluções Tecnológicas, cujo objetivo é de aumentar a competitividades e sustentabilidade dos Pequenos

Leia mais

A importância do design nos negócios

A importância do design nos negócios A importância do design nos negócios SUMÁRIO Apresentação 4 A importância do Design 5 Design de Comunicação 13 A Escada do Design 6 Design Gráfico 14 O processo do Design 7 Logomarca 15 Design & Inovação

Leia mais

4. Tendências em Gestão de Pessoas

4. Tendências em Gestão de Pessoas 4. Tendências em Gestão de Pessoas Em 2012, Gerenciar Talentos continuará sendo uma das prioridades da maioria das empresas. Mudanças nas estratégias, necessidades de novas competências, pressões nos custos

Leia mais

DICAS DE COMO PARTICIPAR DE FEIRAS

DICAS DE COMO PARTICIPAR DE FEIRAS DICAS DE COMO PARTICIPAR DE FEIRAS VITÓRIA 2004 Dicas de como participar de feiras Introdução As feiras são eventos ricos em oportunidades de negócios. São ambientes privilegiados para o incremento das

Leia mais

www.startercomunicacao.com startercomunic@gmail.com

www.startercomunicacao.com startercomunic@gmail.com 7 DICAS IMPERDÍVEIS QUE TODO COACH DEVE SABER PARA CONQUISTAR MAIS CLIENTES www.startercomunicacao.com startercomunic@gmail.com As 7 dicas imperdíveis 1 2 3 Identificando seu público Abordagem adequada

Leia mais

ATENDIMENTO 3D O diferencial para o sucesso em vendas

ATENDIMENTO 3D O diferencial para o sucesso em vendas Perfil... Atuando há 20 anos em vendas Jean Oliveira já viveu na pele cada experiência que essa profissão promove, é especialista com MBA em Estratégias de Negócios e graduado em Tecnologia de Processamento

Leia mais

O papel do CRM no sucesso comercial

O papel do CRM no sucesso comercial O papel do CRM no sucesso comercial Escrito por Gustavo Paulillo Você sabia que o relacionamento com clientes pode ajudar sua empresa a ter mais sucesso nas vendas? Ter uma equipe de vendas eficaz é o

Leia mais

ENDOMARKETING DESIGN DE INFORMAÇÃO

ENDOMARKETING DESIGN DE INFORMAÇÃO A Píbola Comunicação é uma empresa jovem, conectada com as tendências atuais da comunicação com algumas habilidades especiais em foco: Branding Endomarketing esign de Informação Ilustração e esign Gráfico

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DO PROJETO

A IMPORTÂNCIA DO PROJETO Iluminação de Lojas Destacar uma vitrine, a arquitetura da fachada, os produtos e a decoração dos espaços internos tornando as lojas atraentes aos olhos do público, já não é possível sem a elaboração de

Leia mais

1- O que é um Plano de Marketing?

1- O que é um Plano de Marketing? 1- O que é um Plano de Marketing? 2.1-1ª etapa: Planejamento Um Plano de Marketing é um documento que detalha as ações necessárias para atingir um ou mais objetivos de marketing, adaptando-se a mudanças

Leia mais

Técnicas de Exposição de Produtos CONCEITO DE EXPOSIÇÃO DE PRODUTOS A idéia básica: Mostrar ou destacar alguma coisa. Mostrar também significa: Comunicar O produto deve atrair, seduzir, mexer com os sentidos

Leia mais

A importância de personalizar a sua loja virtual

A importância de personalizar a sua loja virtual A importância de personalizar a sua loja virtual Ter uma loja virtual de sucesso é o sonho de muitos empresários que avançam por esse nicho econômico. Porém, como as lojas virtuais são mais baratas e mais

Leia mais

Manual para iniciar um negócio criativo

Manual para iniciar um negócio criativo E book grátis Manual para iniciar um negócio criativo de sucesso Empreendedor Criativo Neste guia apresento informações básicas para que você empreenda com segurança, e para que tenha uma visão panorâmica

Leia mais

Juntos somos fortes! Calendário

Juntos somos fortes! Calendário Juntos somos fortes! Calendário 2015 Negociando em Tempos de Crise Lançamento do Programa Varejo Forte 2015. Revolução Constitucionalista Finanças Controle de Custos/Despesas Finanças Finanças Finanças

Leia mais

Curso de Design Linguagem Visual. Luciano Pedroza

Curso de Design Linguagem Visual. Luciano Pedroza Curso de Design Linguagem Visual Luciano Pedroza O Designer O designer, ao contrário do pensamento comum não é artista, mas utiliza elementos da arte no desenvolvimento do projeto. O artista, por definição,

Leia mais

MARKETING DE VENDAS. Maiêutica - Curso de Processos Gerenciais

MARKETING DE VENDAS. Maiêutica - Curso de Processos Gerenciais MARKETING DE VENDAS Alcioni João Bernardi Prof. Ivanessa Felicetti Lazzari Centro Universitário Leonardo da Vinci - UNIASSELVI Processos Gerenciais (EMD0130) Prática do Módulo IV 27/11/12 RESUMO Este trabalho

Leia mais

Pesquisa Etnográfica

Pesquisa Etnográfica Pesquisa Etnográfica Pesquisa etnográfica Frequentemente, as fontes de dados têm dificuldade em dar informações realmente significativas sobre a vida das pessoas. A pesquisa etnográfica é um processo pelo

Leia mais

Unidade de Projetos. Grupo Temático de Comunicação e Imagem. Termo de Referência para desenvolvimento da gestão de Marcas Setoriais.

Unidade de Projetos. Grupo Temático de Comunicação e Imagem. Termo de Referência para desenvolvimento da gestão de Marcas Setoriais. Unidade de Projetos de Termo de Referência para desenvolvimento da gestão de Marcas Setoriais Branding Agosto de 2009 Elaborado em: 3/8/2009 Elaborado por: Apex-Brasil Versão: 09 Pág: 1 / 8 LÍDER DO GRUPO

Leia mais

ATENDIMENTO AO CLIENTE

ATENDIMENTO AO CLIENTE ATENDIMENTO AO CLIENTE Tópicos a serem apresentados: O que é? Para que serve? Objetivos do Curso. Conteúdo Programático. Empresa As Pessoas O Produto O serviço Atendimento Competitividade Tipos de Clientes

Leia mais

Como Vender Mais e Melhor: Dia das Mães

Como Vender Mais e Melhor: Dia das Mães Como Vender Mais e Melhor: Dia das Mães Acerte no alvo e ganhe dinheiro... Quais itens vendem mais no Dia das MÃES??? amor CARINHO emoção... O Dia das Mães é a data mais afetiva e emocional de todas...

Leia mais

SEMIPRESENCIAL 2014.2 MATERIAL COMPLEMENTAR I DISCIPLINA: GESTÃO DE CARREIRA PROFESSORA/TUTORA: MONICA ROCHA

SEMIPRESENCIAL 2014.2 MATERIAL COMPLEMENTAR I DISCIPLINA: GESTÃO DE CARREIRA PROFESSORA/TUTORA: MONICA ROCHA SEMIPRESENCIAL 2014.2 MATERIAL COMPLEMENTAR I DISCIPLINA: GESTÃO DE CARREIRA PROFESSORA/TUTORA: MONICA ROCHA Gestão de Carreira Gestão de Carreira é um dos temas que mais ganhou destaque nesta última década,

Leia mais

Prepare sua Loja para Vender Mais

Prepare sua Loja para Vender Mais MERCHANDISING Prepare Sua Loja Para Vender Mais Questões Fundamentais 1 Como girar rapidamente os estoques no ponto de venda? Como tornar mais fácil e agradável o ato de compra de meus clientes? Como oferecer

Leia mais

MAISMKT - Ações em Marketing e uma empresa voltada para avaliação do atendimento, relacionamento com cliente, e marketing promocional.

MAISMKT - Ações em Marketing e uma empresa voltada para avaliação do atendimento, relacionamento com cliente, e marketing promocional. Empresa MAISMKT - Ações em Marketing e uma empresa voltada para avaliação do atendimento, relacionamento com cliente, e marketing promocional. Nossa filosofia e oferecer ferramentas de gestão focadas na

Leia mais

Unidade II MARKETING DE VAREJO E. Profa. Cláudia Palladino

Unidade II MARKETING DE VAREJO E. Profa. Cláudia Palladino Unidade II MARKETING DE VAREJO E NEGOCIAÇÃO Profa. Cláudia Palladino Preço em varejo Preço Uma das variáveis mais impactantes em: Competitividade; Volume de vendas; Margens e Lucro; Muitas vezes é o mote

Leia mais

ASSESSORIA DE IMPRENSA 1 Felipe Plá Bastos 2

ASSESSORIA DE IMPRENSA 1 Felipe Plá Bastos 2 ASSESSORIA DE IMPRENSA 1 Felipe Plá Bastos 2 RESUMO: O presente trabalho tem como objetivo saber como é desenvolvido o trabalho de Assessoria de Imprensa, sendo um meio dentro da comunicação que através

Leia mais

Design Estratégico. Profa. Dra. Cristianne Cordeiro Nascimento criscordeiro@uel.br Universidade Estadual de Londrina

Design Estratégico. Profa. Dra. Cristianne Cordeiro Nascimento criscordeiro@uel.br Universidade Estadual de Londrina Profa. Dra. Cristianne Cordeiro Nascimento criscordeiro@uel.br Universidade Estadual de Londrina Design Estratégico Vamos ver neste final de semana... Criatividade e inovação, design e sociedade contemporânea.

Leia mais

Musculação e Treinamento Personalizado: Marketing Pessoal & Fidelização de Clientes

Musculação e Treinamento Personalizado: Marketing Pessoal & Fidelização de Clientes Musculação e Treinamento Personalizado: Marketing Pessoal & Fidelização de Clientes Copyright 2011 Edvaldo de Farias Prof. Edvaldo de Farias, MSc. material disponível em www.edvaldodefarias.com Minha expectativa

Leia mais

Guia prático de como montar um planograma eficiente. www.pdvativo.com.br

Guia prático de como montar um planograma eficiente. www.pdvativo.com.br Guia prático de como montar um planograma eficiente www.pdvativo.com.br 1. INTRODUÇÃO 2. Por que preciso de um planograma? 3. COMO FAZER A DISTRIBUIÇÃO DOS PRODUTOS NA LOJA 4. EXPOSIÇÃO DOS PRODUTOS (LOCALIZAÇÃO

Leia mais

COMO TER SEU PRÓPRIO NEGÓCIO JUV Venha fazer história com a gente!

COMO TER SEU PRÓPRIO NEGÓCIO JUV Venha fazer história com a gente! COMO TER SEU PRÓPRIO NEGÓCIO JUV Venha fazer história com a gente! A MARCA A JUV é uma marca brasileira de Acessórios fundada em janeiro de 2012 A marca buscou inspiração na Venda Direta para trazer uma

Leia mais

Situação mercadológica hoje: Era de concorrência e competição dentro de ambiente globalizado.

Situação mercadológica hoje: Era de concorrência e competição dentro de ambiente globalizado. TECNICAS E TECNOLOGIAS DE APOIO CRM Situação mercadológica hoje: Era de concorrência e competição dentro de ambiente globalizado. Empresas já não podem confiar em mercados já conquistados. Fusões e aquisições

Leia mais

As sacolas das lojas são outdoors que circulam pelos shopping centers

As sacolas das lojas são outdoors que circulam pelos shopping centers ASSUNTO em pauta As sacolas das lojas são outdoors que circulam pelos shopping centers As lojas de shopping não estão explorando todo o potencial desta poderosa ferramenta de marketing. P o r Fábio Mestriner

Leia mais

Outdoor: Cantinho do Chocolate 1

Outdoor: Cantinho do Chocolate 1 Outdoor: Cantinho do Chocolate 1 Krislaine KUCHENBECKER 2 Nathália V. da SILVA 3 Gabriela Alexander ZABOENCO 4 Venilton REINERT 5 Cynthia Morgana Boos de QUADROS 6 Universidade Regional de Blumenau, FURB,

Leia mais

Agilizando o processo de compras para aumentar a eficiência e comprar melhor

Agilizando o processo de compras para aumentar a eficiência e comprar melhor Agilizando o processo de compras para aumentar a eficiência e comprar melhor Toda empresa privada deseja gerar lucro e para que chegue com sucesso ao final do mês ela precisa vender, sejam seus serviços

Leia mais

Introdução. 1. O que é e-commerce?

Introdução. 1. O que é e-commerce? Introdução As vendas na internet crescem a cada dia mais no Brasil e no mundo, isto é fato. Entretanto, dominar esta ferramenta ainda pode ser um mistério tanto para micro quanto para pequenos e médios

Leia mais

Desenvolvimento de Marcas Fortes. Criação de Brand Equity

Desenvolvimento de Marcas Fortes. Criação de Brand Equity Desenvolvimento de Marcas Fortes Criação de Brand Equity 1. O que é brand equity? Equity significa valor/patrimônio. Brand equity = valor da marca/patrimônio de marca. A American Marketing Association

Leia mais

3 - Projeto de Site:

3 - Projeto de Site: 3 - Projeto de Site: O site de uma empresa é como um cartão de visita que apresenta sua área de negócios e sua identidade no mercado, ou ainda, como uma vitrine virtual em que é possível, em muitos casos,

Leia mais

O ABC do Programa de Fidelização

O ABC do Programa de Fidelização O ABC do Programa de Fidelização COMO E POR QUÊ RETER CLIENTES? Diagnóstico As empresas costumam fazer um grande esforço comercial para atrair novos clientes. Isso implica Investir um alto orçamento em

Leia mais

O QUE FAZER PARA MELHORAR O PROCESSO DE COMPRAS 1

O QUE FAZER PARA MELHORAR O PROCESSO DE COMPRAS 1 O QUE FAZER PARA MELHORAR O PROCESSO DE COMPRAS 1 Matheus Alberto Cônsoli* Lucas Sciência do Prado* Marcos Fava Neves* As revendas agropecuárias devem considerar não apenas preços, mas também as oportunidades

Leia mais

Princípios e Conceitos de Marketing. Prof. Felipe A. Pires

Princípios e Conceitos de Marketing. Prof. Felipe A. Pires Princípios e Conceitos de Marketing Prof. Felipe A. Pires O que é Marketing? É a execução de um conjunto de atividades comerciais, tendo como objetivo final a troca de produtos ou serviços entre produtores

Leia mais

Quem ainda não tem um, provavelmente já pensou ou está pensando em ter, seja para fins pessoais ou profissionais.

Quem ainda não tem um, provavelmente já pensou ou está pensando em ter, seja para fins pessoais ou profissionais. Você sabia que o Whatsapp está presente em quase 50% dos smartphones no Brasil? O aplicativo virou febre rapidamente, seguindo a tendência de crescimento anual das vendas de smartphones no país. Quem ainda

Leia mais

PERFIL DO CORRETOR DE IMÓVEIS:

PERFIL DO CORRETOR DE IMÓVEIS: PERFIL DO CORRETOR DE IMÓVEIS: O QUE É PRECISO PARA SER UM CORRETOR DE SUCESSO gerenciador e site imobiliário Introdução O perfil do corretor de imóveis de sucesso Aprimorando os pontos fracos Conclusão

Leia mais

Universidade de Brasília. Faculdade de Ciência da Informação. Disciplina: Projeto de Implementação de Sistemas Arquivísticos. Profa.

Universidade de Brasília. Faculdade de Ciência da Informação. Disciplina: Projeto de Implementação de Sistemas Arquivísticos. Profa. Universidade de Brasília Faculdade de Ciência da Informação Disciplina: Projeto de Implementação de Sistemas Arquivísticos Profa. Lillian Alvares Produto É algo que pode ser oferecido para satisfazer um

Leia mais

DE JOIAS. Guia de Melhores Práticas FOTOGRAFIA. As 7 Melhores Práticas de Fotografia de Joias que Irão Impressionar os Seus Clientes

DE JOIAS. Guia de Melhores Práticas FOTOGRAFIA. As 7 Melhores Práticas de Fotografia de Joias que Irão Impressionar os Seus Clientes FOTOGRAFIA EDIÇÃO Nº 12 GRÁTIS DE JOIAS SOLUÇÕES PARA IMAGENS DE PRODUTO QUE CONQUISTARAM OS LÍDERES DO COMÉRCIO ELETRÔNICO Guia de Melhores Práticas As 7 Melhores Práticas de Fotografia de Joias que Irão

Leia mais

FERRAMENTAS DE CRIATIVIDADE MAPA MENTAL (MIND MAP)

FERRAMENTAS DE CRIATIVIDADE MAPA MENTAL (MIND MAP) FERRAMENTAS DE CRIATIVIDADE MAPA MENTAL (MIND MAP) 1. O que é Mapa Mental (Mind Map) é um diagrama usado para representar palavras, idéias, tarefas ou outros itens ligados a um conceito central e dispostos

Leia mais

Marketing não Sobrevive sem Endomarketing

Marketing não Sobrevive sem Endomarketing Marketing não Sobrevive sem Endomarketing Um ótimo serviço pode se tornar ruim se os funcionários não confiam em si mesmos. Uma endoentrevista sobre endomarketing. Troquemos de lugar! O título é, sem dúvida,

Leia mais

UM SUPERMERCADO E UM DESAFIO

UM SUPERMERCADO E UM DESAFIO SAIR DO LUGAR-COMUM PÃO DE AÇÚCAR UM SUPERMERCADO E UM DESAFIO Só em São Paulo, a associação que reúne os supermercados tem mais de 50 empresas cadastradas. As lojas se espalham com um volume impressionante.

Leia mais

COMUNICAÇÃO DE MARKETING

COMUNICAÇÃO DE MARKETING COMUNICAÇÃO DE MARKETING COMUNICAÇÃO INTEGRADA DE MARKETING Meio através do qual a empresa informa, persuadi e lembra os consumidores sobre o seu produto, serviço e marcas que comercializa. Funções: Informação

Leia mais

A compra de TI e as redes sociais

A compra de TI e as redes sociais Solicitada por A compra de TI e as redes sociais Como as redes sociais transformaram o processo de compras B2B e as melhores práticas para adaptar as suas estratégias de marketing à nova realidade BRASIL

Leia mais

NO ABRIR DA MINHA BOCA (EFÉSIOS 6:19) USO DO POWERPOINT

NO ABRIR DA MINHA BOCA (EFÉSIOS 6:19) USO DO POWERPOINT NO ABRIR DA MINHA BOCA (EFÉSIOS 6:19) USO DO POWERPOINT ACRESCENTANDO IMAGENS A APRESENTAÇÃO Algumas igrejas preferem o uso do multimídia para suas apresentações. Oferecendo a esses pastores uma apresentação

Leia mais

MARKETING DE RELACIONAMENTO

MARKETING DE RELACIONAMENTO MARKETING DE RELACIONAMENTO 1 O SEBRAE E O QUE ELE PODE FAZER PELO SEU NEGÓCIO Competitividade Perenidade Sobrevivência Evolução Orienta na implantação e no desenvolvimento de seu negócio de forma estratégica

Leia mais

Por isso, neste e-book, descrevemos 7 critérios importantes para você escolher o melhor serviço odontológico.

Por isso, neste e-book, descrevemos 7 critérios importantes para você escolher o melhor serviço odontológico. Todos nós precisamos das clínicas odontológicas seja para fazer uma restauração, limpeza, clareamento de dentes e outros serviços, que em determinados momentos pode ser até uma cirurgia. Já sabemos também

Leia mais

Dicas de design utilizando as ferramentas Jimdo. http://educacao.jimdo.com

Dicas de design utilizando as ferramentas Jimdo. http://educacao.jimdo.com Dicas de design utilizando as ferramentas Jimdo. http://educacao.jimdo.com Organize suas ideias Defina um plano de trabalho Estruture a informação Planeje as seções e o conteúdo de cada uma delas Defina

Leia mais

O QUE FUNCIONA EM PUBLICIDADE NO VAREJO. Paulo Secches Officina Sophia

O QUE FUNCIONA EM PUBLICIDADE NO VAREJO. Paulo Secches Officina Sophia O QUE FUNCIONA EM PUBLICIDADE NO VAREJO Paulo Secches Officina Sophia Realização organização O QUE FUNCIONA E O QUE NÃO FUNCIONA NA COMUNICAÇÃO DE VAREJO Julho / 2012 TRÊS QUESTÕES-CHAVE A Comunicação

Leia mais

Aprenda a vender VOCÊ, suas IDEIAS, PRODUTOS e SERVIÇOS

Aprenda a vender VOCÊ, suas IDEIAS, PRODUTOS e SERVIÇOS WORKSHOP COACHING APLICADO PARA O DESENVOLVIMENTO DE NEGÓCIOS - Comunicação, Marketing, Negociação e Vendas para Empresários, Vendedores e Profissionais Liberais Aprenda a vender VOCÊ, suas IDEIAS, PRODUTOS

Leia mais

AFIXAÇÃO DE PREÇOS. PROCON Campinas Orientações aos fornecedores

AFIXAÇÃO DE PREÇOS. PROCON Campinas Orientações aos fornecedores 2013 AFIXAÇÃO DE PREÇOS PROCON Campinas Orientações aos fornecedores AFIXAÇÃO DE PREÇOS - LEGISLAÇÃO A Lei Federal nº 10.962/2004 e o Decreto Federal nº 5.903/2006 que regulamenta a lei - regulam o direito/dever

Leia mais

ebook Aprenda como aumentar o poder de captação do seu site. por Rodrigo Pereira Publicitário e CEO da Agência Retina Comunicação

ebook Aprenda como aumentar o poder de captação do seu site. por Rodrigo Pereira Publicitário e CEO da Agência Retina Comunicação por Rodrigo Pereira Publicitário e CEO da Agência Retina Comunicação Sobre o Autor: Sempre fui comprometido com um objetivo de vida: TER MINHA PRÓPRIA EMPRESA. Mas assim como você, eu também ralei bastante

Leia mais

EXEMPLO DE QUIOSQUE COM MOBILIÁRIO INADEQUADO (sem elaboração de projeto específico, o que desvaloriza o espaço promocional e produtos)

EXEMPLO DE QUIOSQUE COM MOBILIÁRIO INADEQUADO (sem elaboração de projeto específico, o que desvaloriza o espaço promocional e produtos) c) Os materiais de acabamento de quiosques e áreas de exposição ou promoção devem fazer parte da arquitetura, compondo um conjunto harmônico com outros elementos da ambientação interna da edificação do

Leia mais

Antes. Depois. Escritórios Os escritórios são espaços físicos que correspondem às necessidades

Antes. Depois. Escritórios Os escritórios são espaços físicos que correspondem às necessidades CIANO MAGENTA AMARELOPRETO Casa & Construção É tempo de renovação A atmosfera é de renovação, regeneração, expectativas e esperanças. Páscoa vem do hebraico Pessach e significa passagem. A Ressurreição

Leia mais

Decor Store. Interiores. Loja de Decorações de Interiores. Cristiane Dal Prá Designer de Interiores

Decor Store. Interiores. Loja de Decorações de Interiores. Cristiane Dal Prá Designer de Interiores Decor Store Interiores Loja de Decorações de Interiores Cristiane Dal Prá Designer de Interiores Quem somos A Decor Store Interiores é uma loja que agrega em um único espaço vários itens relacionados a

Leia mais

Ser percebida como empresa referência em ações de marketing de atendimento.

Ser percebida como empresa referência em ações de marketing de atendimento. MAIS MARKETING Uma empresa voltada para pesquisa de avaliação do atendimento e relacionamento com cliente. Nossa filosofia é oferecer ferramentas de gestão focadas na qualidade do atendimento, apresentando

Leia mais

CONSULTORIA E PROJETOS ELÉTRICOS JÚNIOR

CONSULTORIA E PROJETOS ELÉTRICOS JÚNIOR Título do Case: Impulsionando a Captação de Projetos Através do Marketing Digital Categoria: Projeto Interno Temática: Mercado Resumo: Sabe-se que grande parte dos projetos realizados pelas empresas juniores

Leia mais

Palestrante Paulo Gerhardt Inspira, Motiva e Sensibiliza para Resultados Superiores

Palestrante Paulo Gerhardt Inspira, Motiva e Sensibiliza para Resultados Superiores Palestrante Paulo Gerhardt Inspira, Motiva e Sensibiliza para Resultados Superiores Com uma abordagem inovadora e lúdica, o professor Paulo Gerhardt tem conquistado plateias em todo o Brasil. Seu profundo

Leia mais

Freelapro. Título: Como o Freelancer pode transformar a sua especialidade em um produto digital ganhando assim escala e ganhando mais tempo

Freelapro. Título: Como o Freelancer pode transformar a sua especialidade em um produto digital ganhando assim escala e ganhando mais tempo Palestrante: Pedro Quintanilha Freelapro Título: Como o Freelancer pode transformar a sua especialidade em um produto digital ganhando assim escala e ganhando mais tempo Quem sou eu? Eu me tornei um freelancer

Leia mais

seu próprio marketing Vinícius Matos ensina como divulgar o trabalho de fotografia de casamento usando meios simples e baratos

seu próprio marketing Vinícius Matos ensina como divulgar o trabalho de fotografia de casamento usando meios simples e baratos Técnica&Prática Fotografia Social Saiba como fazer o seu próprio marketing Vinícius Matos ensina como divulgar o trabalho de fotografia de casamento usando meios simples e baratos Por Livia Capeli (texto)

Leia mais

Ponto de Venda para Vender FERRAMENTAS DE MARKETING - DIREITOS RESERVADOS

Ponto de Venda para Vender FERRAMENTAS DE MARKETING - DIREITOS RESERVADOS Ponto de Venda para Vender FERRAMENTAS DE MARKETING - DIREITOS RESERVADOS Como marca, fachada e merchandising podem se ajudar O DESAFIO Competindo com Competência Todos sabem que a competitividade do mercado

Leia mais

componentes e fatores condicionantes Modelo de Gestão de Pessoas: definição, elementos Glaucia Falcone Fonseca

componentes e fatores condicionantes Modelo de Gestão de Pessoas: definição, elementos Glaucia Falcone Fonseca Modelo de Gestão de Pessoas: definição, elementos componentes e fatores condicionantes Glaucia Falcone Fonseca Nos dias de hoje, em todas as organizações, seja ela voltada para serviços, ramo industrial

Leia mais

Projeto CAPAZ Banana Republic Posicionamento no Mercado

Projeto CAPAZ Banana Republic Posicionamento no Mercado 1 Introdução Ao assistir à aula você compreendeu o posicionamento da Banana Republic no mercado, a visão da marca e o público alvo no mercado internacional e brasileiro. Teve acesso a informações sobre

Leia mais

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL Confiabilidade Confiabilidade será nossa palavra-chave: todas as nossas ações serão no sentido de conquistar o reconhecimento da OniSat como uma grande empresa na área de rastreamento.

Leia mais

CONCURSO DE WEBSITES DE RAMOS ESTUDIANTIS DO IEEE. Traduzido por: Adjamilton Junior Equipe de Tradução Região 9

CONCURSO DE WEBSITES DE RAMOS ESTUDIANTIS DO IEEE. Traduzido por: Adjamilton Junior Equipe de Tradução Região 9 CONCURSO DE WEBSITES DE RAMOS ESTUDIANTIS DO IEEE Traduzido por: Adjamilton Junior Equipe de Tradução Região 9 Regras e instruções O objetivo de uma página web é transmitir informação de uma maneira útil

Leia mais

OBJETIVO VISÃO GERAL SUAS ANOTAÇÕES

OBJETIVO VISÃO GERAL SUAS ANOTAÇÕES OBJETIVO Combinar peças de mala direta criativas, concisas e sistemáticas com telefonemas, como um meio de formular uma estratégia de exploração e qualificação de prospects (clientes potenciais) mais eficaz

Leia mais

JORNADA DE COMPRA. O que é e sua importância para a estratégia de Marketing Digital VECTOR

JORNADA DE COMPRA. O que é e sua importância para a estratégia de Marketing Digital VECTOR O que é e sua importância para a estratégia de Marketing Digital 1 2 3 4 Já falamos muitas vezes sobre produção de conteúdo ser a base de uma estratégia de marketing digital de resultados para a sua empresa.

Leia mais

PLANO DE NEGÓCIOS Roteiro

PLANO DE NEGÓCIOS Roteiro Anexo 3 PLANO DE NEGÓCIOS Roteiro 1. Capa 2. Sumário 3. Sumário executivo 4. Descrição da empresa 5. Planejamento Estratégico do negócio 6. Produtos e Serviços 7. Análise de Mercado 8. Plano de Marketing

Leia mais

GERENCIAMENTO DE ESTOQUE NA FARMÁCIA

GERENCIAMENTO DE ESTOQUE NA FARMÁCIA GERENCIAMENTO DE ESTOQUE NA FARMÁCIA Em qualquer empresa que atua na comercialização de produtos, o estoque apresenta-se como elemento fundamental. No ramo farmacêutico, não é diferente, sendo o controle

Leia mais

&DPSDQKDV 3ODQHMDPHQWR

&DPSDQKDV 3ODQHMDPHQWR &DPSDQKDV 3ODQHMDPHQWR Toda comunicação publicitária visa atender a alguma necessidade de marketing da empresa. Para isso, as empresas traçam estratégias de comunicação publicitária, normalmente traduzidas

Leia mais

Copiright de todos artigos, textos, desenhos e lições. A reprodução parcial ou total desta aula só é permitida através de autorização por escrito de

Copiright de todos artigos, textos, desenhos e lições. A reprodução parcial ou total desta aula só é permitida através de autorização por escrito de 1 Nesta aula você aprenderá a diferenciar um desenhista de um ilustrador e ainda iniciará com os primeiros exercícios de desenho. (Mateus Machado) O DESENHISTA E O ILUSTRADOR Ainda que não sejam profissionais

Leia mais

www.snowx.com.br The Ultimate Design

www.snowx.com.br The Ultimate Design www.snowx.com.br +55-13 - 3473.3792 / ID 117*11741 Rua Mococa - nº 379 - Sala 2 - Boqueirão Praia Grande - SP - CEP 11701-100 Só atendemos com hora marcada. 09:00 às 12:00 / 13:30 às 17:00 Segunda a Sexta-Feira

Leia mais

Artigo 16 Como montar uma Cafeteira

Artigo 16 Como montar uma Cafeteira Artigo 16 Como montar uma Cafeteira O consumo de café é um hábito entre os brasileiros, seja em casa, no trabalho ou na rua. Esse hábito vem crescendo e se modificando também. O interesse pelos cafés finos

Leia mais

BENEFÍCIOS X CARACTERÍSITCAS DOS PRODUTOS

BENEFÍCIOS X CARACTERÍSITCAS DOS PRODUTOS BENEFÍCIOS X CARACTERÍSITCAS DOS PRODUTOS COMO CONQUISTAR O CORAÇÃO E A MENTE DOS CLIENTES Ter empatia com o cliente. Enxergar os benefícios da mesma maneira que o cliente. Tenha certeza de que o produto

Leia mais

ACORDAR SUAVE : AÇÃO DO DESIGN E SUSTENTABILIDADE CULTURAL

ACORDAR SUAVE : AÇÃO DO DESIGN E SUSTENTABILIDADE CULTURAL ACORDAR SUAVE : AÇÃO DO DESIGN E SUSTENTABILIDADE CULTURAL Geni Pereira dos Santos Mestre em Comunicação, genipereira2000@yahoo.combr Universidade Federal de Pernambuco Resumo: Este artigo discorre sobre

Leia mais

Empreenda! 9ª Edição Roteiro de Apoio ao Plano de Negócios. Preparamos este roteiro para ajudá-lo (a) a desenvolver o seu Plano de Negócios.

Empreenda! 9ª Edição Roteiro de Apoio ao Plano de Negócios. Preparamos este roteiro para ajudá-lo (a) a desenvolver o seu Plano de Negócios. Empreenda! 9ª Edição Roteiro de Apoio ao Plano de Negócios Caro (a) aluno (a), Preparamos este roteiro para ajudá-lo (a) a desenvolver o seu Plano de Negócios. O Plano de Negócios deverá ter no máximo

Leia mais

Como fazer marketing de relacionamento

Como fazer marketing de relacionamento Como fazer marketing de relacionamento O SEBRAE E O QUE ELE PODE FAZER PELO SEU NEGÓCIO Competitividade Perenidade Sobrevivência Evolução Orienta na implantação e no desenvolvimento de seu negócio de forma

Leia mais

Concurso Logotipo do Curso de Tecnologia em Sistemas para Internet. Segue, o Logotipo colorido, preto e branco e uma breve explicação de cada um.

Concurso Logotipo do Curso de Tecnologia em Sistemas para Internet. Segue, o Logotipo colorido, preto e branco e uma breve explicação de cada um. Concurso Logotipo do Curso de Tecnologia em Sistemas para Internet Prezados, Segue, o Logotipo colorido, preto e branco e uma breve explicação de cada um. LOGOTIPO - 01 DESCRIÇÃO: Com apelo visual forte,

Leia mais

2015 Manual de Parceiro de Educação. Suas soluções. Nossa tecnologia. Mais inteligentes juntos.

2015 Manual de Parceiro de Educação. Suas soluções. Nossa tecnologia. Mais inteligentes juntos. 2015 Manual de Parceiro de Educação Suas soluções. Nossa tecnologia. Mais inteligentes juntos. Prêmios Reais, a Partir de Agora Bem-vindo ao Intel Technology Provider O Intel Technology Provider é um programa

Leia mais

Como e por onde começar e os melhores formatos de conteúdo para você

Como e por onde começar e os melhores formatos de conteúdo para você Como e por onde começar e os melhores formatos de conteúdo para você A fim de criar, controlar, gerenciar sua reputação online e construir a carreira que você deseja, alguns ações são necessárias. A primeira

Leia mais

estão de Pessoas e Inovação

estão de Pessoas e Inovação estão de Pessoas e Inovação Luiz Ildebrando Pierry Secretário Executivo Programa Gaúcho da Qualidade e Produtividade Prosperidade e Qualidade de vida são nossos principais objetivos Qualidade de Vida (dicas)

Leia mais

A ousadia traz em si o gênio, o poder e a magia. - Goethe

A ousadia traz em si o gênio, o poder e a magia. - Goethe MÍDIA KIT 2015 A ousadia traz em si o gênio, o poder e a magia. - Goethe [ CONCEITO ] ALÉM DA NOTÍCIA muito mais do que informação, a Revista Ouse representa um estilo de vida de bom gosto e bem-estar

Leia mais

A comunicação de sites de clínicas de cirurgia plástica

A comunicação de sites de clínicas de cirurgia plástica Departamento de Comunicação Social A comunicação de sites de clínicas de cirurgia plástica Aluna: Juliana d Arêde Orientador: José Carlos Rodrigues Introdução A evolução de técnicas estéticas acompanha

Leia mais

GUIa Prático para enfrentar a concorrência no e-commerce

GUIa Prático para enfrentar a concorrência no e-commerce GUIa Prático para enfrentar a concorrência no e-commerce Você é do tipo que quer arrancar os cabelos toda vez que um concorrente diminui o preço? Então você precisa ler este guia rápido agora mesmo. Aqui

Leia mais

O que é promoção de vendas e para que serve?

O que é promoção de vendas e para que serve? 4 Para aumentar as vendas, ela precisa basicamente fazer com que os clientes atuais comprem mais ou trazer novos clientes para a loja. Nos dois casos, fica evidente que ela terá que oferecer mais benefícios

Leia mais

O design no comércio

O design no comércio O design no comércio SUMÁRIO O que é Comércio Alguns segmentos do Comércio Design no E-commerce Design no Comércio atacadista Design no Comércio de outlets Design no Shopping center Design no Minimercado

Leia mais

FATEC Cruzeiro José da Silva. Ferramenta CRM como estratégia de negócios

FATEC Cruzeiro José da Silva. Ferramenta CRM como estratégia de negócios FATEC Cruzeiro José da Silva Ferramenta CRM como estratégia de negócios Cruzeiro SP 2008 FATEC Cruzeiro José da Silva Ferramenta CRM como estratégia de negócios Projeto de trabalho de formatura como requisito

Leia mais

Modelo de CANVAS. Alexander Osterwalder

Modelo de CANVAS. Alexander Osterwalder Modelo de CANVAS Alexander Osterwalder Ferramenta de criação e gestão de modelos de negócio, simples e visual, que permite simplificar e reunir todos os pontos-chave do novo negócio ou negócio pré-existente.

Leia mais

Uma empresa só poderá vender seus bens/serviços aos consumidores se dois requisitos básicos forem preenchidos:

Uma empresa só poderá vender seus bens/serviços aos consumidores se dois requisitos básicos forem preenchidos: Módulo 4. O Mercado O profissional de marketing deverá pensar sempre em uma forma de atuar no mercado para alcançar os objetivos da empresa. Teoricamente parece uma tarefa relativamente fácil, mas na realidade

Leia mais

2015 Manual de Parceiro de Varejo. Suas soluções. Nossa tecnologia. Mais inteligentes juntos.

2015 Manual de Parceiro de Varejo. Suas soluções. Nossa tecnologia. Mais inteligentes juntos. 2015 Manual de Parceiro de Varejo Suas soluções. Nossa tecnologia. Mais inteligentes juntos. Prêmios reais, a partir de agora Bem-vindo ao Intel Technology Provider O Intel Technology Provider é um programa

Leia mais

Gestão. Práticas. Editorial. Geovanne. Acesse online: 01. Indicador de motivo de não venda 02. DRE (demonstração dos resultados do exercício) 03 e 04

Gestão. Práticas. Editorial. Geovanne. Acesse online: 01. Indicador de motivo de não venda 02. DRE (demonstração dos resultados do exercício) 03 e 04 Práticas de Gestão Editorial Geovanne. 02 01. Indicador de motivo de não venda 02. DRE (demonstração dos resultados do exercício) Como faço isso? Acesse online: 03 e 04 www. No inicio da década de 90 os

Leia mais

INTRODUÇÃO AO TRADE MARKETING Fazendo a diferença no Ponto de Venda. www.pdvativo.com.br

INTRODUÇÃO AO TRADE MARKETING Fazendo a diferença no Ponto de Venda. www.pdvativo.com.br Fazendo a diferença no Ponto de Venda EBOOK Sumário Revisão O que é Trade Marketing? Entenda o Comportamento de Compra do Consumidor O que é Merchandising? Revisão Para entender sobre Trade Marketing devemos

Leia mais

O que é Estudio Cosmica?

O que é Estudio Cosmica? Apresentacao O que é Estudio Cosmica? Criação e Concepção de Ideias e Projetos. Estudio Cosmica é um Estúdio de Criação e desenvolvimento de Ideias, Sempre Atento e antenado ao Mercado e novidades, buscando

Leia mais

Markes Roberto Vaccaro

Markes Roberto Vaccaro Markes Roberto Vaccaro Sumário 1 - CONHECER OS SEGREDOS DO MARKETING DIGITAL... 3 2 CRIAR UM BLOG DE NICHO... 4 3 - COMEÇANDO A ESTRATÉGIA DE MARKETING... 4 4 - PRODUTOS DIGITAIS... 5 5 OPTIMIZAÇÃO DE

Leia mais

Fotografe Curitiba - Uma Campanha de Incentivo ao Turismo

Fotografe Curitiba - Uma Campanha de Incentivo ao Turismo Fotografe Curitiba - Uma Campanha de Incentivo ao Turismo Daniel de Castro Brainer Pereira PIRES 1 Thatiane Oliveira de ALENCAR 2 Alessandra Oliveira ARAÚJO 3 Universidade de Fortaleza, Fortaleza, CE RESUMO

Leia mais