CONCÍLIO VATICANO II. Relevância e Atualidade

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CONCÍLIO VATICANO II. Relevância e Atualidade"

Transcrição

1 CONCÍLIO VATICANO II Relevância e Atualidade

2 Dogma concepção Imaculada de Maria Syllabus Convocação Concilio PIO IX ( ) Vaticano I

3 Renovação Interna da Igreja Decretos Papais Divulgados em Boletins PIO X ( ) Papa da Liturgia e da Eucaristia

4 Só a Igreja capaz de salvar a humanidade Preocupou com trabalho organizado dos leigos PIO XI ( ) Defensor direitos humanos

5 Preocupou com a Paz Dogma da Assunção de Maria A Igreja em ordem PIO XII ( )

6 Semana da Unidade 25/01/1959 Abadia de São Paulo fora dos muros Papa João XXIII

7 Convocação do Concílio Fruto de uma convicção pessoal do Papa. Decisão autorizada e irrevogável no trimestre seguinte à eleição ao pontificado. Sala Capitular da Abadia de São Paulo Fora dos Muros

8 Parecer de alguns Cardeais Este santo homem não se dá conta de que está se metendo num vespeiro. Cardeal Montini

9 Parecer de alguns Cardeais Julgava uma imprudência tal convocação. Cardeal Lercaro

10 Parecer de alguns Cardeais Cardeal Ottaviani Concebia a Igreja como uma pirâmide hierárquica, bem tratada, sociedade perfeita, com poderes divinos. O primado de Roma tinha poderes absolutos e prevalentes.

11 Objetivos do Concílio A)Participação da Igreja na busca de uma humanidade melhor; B)Apresentação da mensagem cristã; C)Preparação dos Espíritos para Unidade dos Cristãos.

12 Perspectivas do Concílio A) Um olhar da Igreja sobre si mesma (reflexões e discuções sobre sua fé prática pastoral, disciplina, governo institucional a fim de se conhecer melhor) B) Igreja inserida na atualidade, na contemporaneidade, na modernidade.

13 Perspectivas do Concílio C) Igreja em relação à vida, à história, ao pensar e agir dos homens e das mulheres de nossos dias. D) A Igreja como a luz de um grande exemplo. E) A Igreja mergulhada nas fontes da Escritura e Tradição.

14 Documentos Vaticano II Os 16 documentos conciliares, constituições, decretos e declarações, vieram fundamentar e dinamizar a ação evangelizadora da Igreja.

15 Documentos Conciliares Constituição indica textos que expõem verdades ou princípios fundamentais de doutrina, de pastoral, de liturgia etc. Decreto refere-se a documentos com disposições disciplinares. Declaração é um juízo sobre determinado estado de coisas ou sobre um problema concreto.

16 CONSTITUIÇÕES 1 - Constituição Dogmática sobre a Igreja Lumen Gentium: oferece aos católicos, aos outros cristãos e a todo mundo um ensinamento mais preciso sobre a natureza e a missão da Igreja de Cristo. 2 - Constituição Dogmática sobre a Revelação Divina Dei Verbum: expõe a verdadeira doutrina a respeito da Revelação Divina (Palavra de Deus) e sua transmissão através das gerações..

17 CONSTITUIÇÕES 3 - Constituição Pastoral sobre a Igreja no Mundo de Hoje Gaudium et Spes. Como o próprio nome diz, esta Constituição tem como objetivo a presença da Igreja no mundo hoje. 4 - Constituição sobre a Sagrada Liturgia Sacrosanctum Concilium: foi o primeiro documento do Concilio Vatican II. Relembra os princípios e estabelece as normas praticas para a renovação e o incremento da liturgia.

18 DECRETOS 1 - Sobre o Ecumenismo Unitatis Redintegratio: propõe a todos os católicos os meios, os caminhos e os modos para restaurar a unidade entre todos os cristãos. 2 - Sobre as Igrejas Orientais Católicas Orientalium Ecclesiarum: estabelece alguns pontos principais para que essas Igrejas floresçam e realizem com novo vigor sua missão.

19 DECRETOS 3 - Sobre a Atividade Missionária da Igreja Ad Gentes: delineia os princípios que devem reger toda a ação missionária. 4 - Sobre a Função dos Bispos na Igreja Christus Dominus: determina com maior precisão a missão pastoral dos bispos na Igreja.

20 DECRETOS 5 - Sobre o Ministério e a Vida dos Presbíteros Presbyterorum Ordinis: trata de forma ampla e profunda sobre a vida dos presbíteros a fim de exercerem da melhor forma seu ministério. 6 - Sobre a Atualização dos Religiosos Perfectare Caritatis: apresenta orientações sobre a vida e a disciplina dos institutos religiosos.

21 DECRETOS 7 - Sobre a Formação Sacerdotal Optatam Totiu: proclama a suma importância da formação sacerdotal e declara alguns de seus princípios básicos. 8 - Sobre o Apostolados dos Leigos Apostolicam Actuositatem: aprofunda a natureza do apostolado dos leigos, sua índole e possibilidade e enuncia os princípios fundamentais e as instruções pastorais para uma ação mais eficiente.

22 DECRETOS 9 - Sobre os Meios de Comunicação Social Inter Mirifica: aborda as principais questões relativas aos meios de comunicação social e lhes propõe a doutrina da Igreja como orientação.

23 DECLARAÇÕES 1 - Sobre a Educação Cristã Gravissimum Educationis: orienta os católicos a respeito de como educar cristãmente as pessoas.

24 DECLARAÇÕES 2 - Sobre a Liberdade Religiosa Dignitatis Humanae: desenvolve a doutrina sobre os direitos invioláveis da pessoa humana e a ordenação jurídica da sociedade.

25 DECLARAÇÕES 3 - Sobre as Relações da igreja com as Religiões não Cristãs Nostra Aetate: a Igreja considera mais atentamente qual deve ser a sua atitude para com as religiões não cristãs. No seu dever de promover a unidade e a caridade entre todos os seres humanos e entre os povos, considera o que é comum aos homens e os move a viver juntos o seu destino (NA,1).

26 OS TEMAS ABORDADOS PELO CONCILIO VATICANO II 1 - A IGREJA QUE SE ANALISA E SE DEFINE COMO POVO DE DEUS. O documento mais importante do Concílio Vaticano II é a Constituição Dogmática Lumen Gentium. Esta constituição oferece aos católicos, aos outros cristãos e a todo mundo um ensinamento mais preciso sobre a natureza e a missão da Igreja de Cristo. Em oito capítulos, procura analisar e descrever a Igreja de Cristo. Paulo VI a Igreja tomou consciência de sua identidade.

27 OS TEMAS ABORDADOS PELO CONCILIO VATICANO II O passo decisivo foi dado no capitulo II, quando a Igreja se auto definiu com a figura de Povo de Deus. A Igreja é enfocada como Povo de Deus, em continuidade com o povo escolhido do Antigo Testamento, Israel. Essa definição de Igreja é muito importante porque evita restringir a tarefa profética, real e sacerdotal da Igreja somente ao papa, os bispos e padres. Dessa definição deduz-se também a profunda igualdade entre os cristãos.

28 OS TEMAS ABORDADOS PELO CONCILIO VATICANO II 2 - A COLEGIALIDADE DOS BISPOS. Dentro da Lumen Gentium merece destaque especial o capitulo III. A hierarquia está a serviço do Povo de Deus e não vice-versa, como freqüentemente se pensava antes do concilio. Trata-se da relação entre o papa e os demais bispos da Igreja, bem como da relação dos bispos entre si, enquanto participantes do colégio episcopal.

29 OS TEMAS ABORDADOS PELO CONCILIO VATICANO II 3 - A LIBERDADE RELIGIOSA O documento Dignitatis Humanae desenvolve a doutrina sobre os direitos invioláveis da pessoa humana e a ordenação jurídica da sociedade. O concilio quis dizer que as obrigações religiosas diante de Deus são tão importantes e tão pessoais, que ninguém pode ser impedido de cumprir essas obrigações, como cada um acha que deve cumpri-las, segundo sua consciência.

30 OS TEMAS ABORDADOS PELO CONCILIO VATICANO II 4 - A QUESTÃO DOS JUDEUS. O Concilio editou um documento sobre as Relações da Igreja com as Religiões não cristas Nostra Aetate A Igreja considera mais atentamente qual deve ser a sua atitude para com as religiões não cristãs. No seu dever de promover a unidade e a caridade entre todos os seres humanos e entre os povos, considera o que é comum aos homens e os move a viver juntos o seu destino (NA, 1)

31 OS TEMAS ABORDADOS PELO CONCILIO VATICANO II 5 - O ECUMENISMO Por ecumenismo se entende a intenção e o esforço de se procurar a união de todos os cristãos, ressaltando tudo aquilo que já nos une em torno da fé em Jesus Cristo, do mesmo respeito à Palavra de Deus, do mesmo batismo e do mesmo serviço aos homens em suas necessidades e procurando superar o que ainda nos afasta uns dos outros.

32 OS TEMAS ABORDADOS PELO CONCILIO VATICANO II 6 - A IGREJA NO MUNDO MODERNO. A constituição Pastoral sobre a Igreja no Mundo de Hoje Gaudium et Spes. O próprio nome diz, esta constituição tem como objetivo a presença da Igreja no mundo hoje.

33 AS IDÉIAS-FORTES DO CONCÍLIO 1 - A RENOVAÇÃO O concílio foi convocado para renovar a Igreja. Era preciso colocar em dia a Igreja. João XXIII foi o papa do aggiornamento, isto é, da atualização, da revisão e da modernização da Igreja. A Igreja precisa acompanhar os tempos, porque é lá que se encontram os homens que ela deve reunir e salvar. Era preciso que a Igreja encontrasse maneiras de agir, formas e leis adequadas para os tempos de hoje.

34 AS IDÉIAS-FORTES DO CONCÍLIO 2 - ADAPTAÇÃO INCULTURAÇÃO A Igreja não pode agir da mesma maneira em todas os lugares. É necessário que se adapte às diferentes circunstâncias. Uma das motivações do concilio é que devemos conservar na Igreja a unidade, mas não impor, para tanto, a uniformidade.

35 AS IDÉIAS-FORTES DO CONCÍLIO 3 - DESCENTRALIZAÇÃO O concílio encontrou o caminho certo desta descentralização. A Igreja se organiza não só em torno do Papa, mas também em torno dos bispos.

36 AS IDÉIAS-FORTES DO CONCÍLIO 4 - SERVIÇO A Igreja está a serviço dos homens. A Igreja tem uma missão a cumprir, para o bem da humanidade. Precisa acompanhar os homens, nas suas diversas culturas, para que os homens a entendam e possam acolher sua mensagem.

37 AS IDÉIAS-FORTES DO CONCÍLIO 5 - PARTICIPAÇÃO A Igreja é de todos e não só de alguns. O concílio foi redescobrir a rica noção bíblica, de que a Igreja é um povo e não uma elite.

38 Muito agradecido por sua participação.

Celebrar e viver o Concílio Vaticano II

Celebrar e viver o Concílio Vaticano II Celebrar e viver o Concílio Vaticano II Nota Pastoral da Conferência Episcopal Portuguesa Celebrar os 50 anos da abertura do Concílio no Ano da Fé 1. Na Carta apostólica A Porta da Fé, assim se exprime

Leia mais

VATICANO II HOJE POR UM OLHAR MARIANO. Prof. Dr. Ir. Francisco das Chagas Costa Ribeiro, fms

VATICANO II HOJE POR UM OLHAR MARIANO. Prof. Dr. Ir. Francisco das Chagas Costa Ribeiro, fms VATICANO II HOJE POR UM OLHAR MARIANO Prof. Dr. Ir. Francisco das Chagas Costa Ribeiro, fms INTRODUÇÃO. "O exame de consciência [preparação para o terceiro milênio] não pode deixar de incluir também a

Leia mais

ITAICI Revista de Espiritualidade Inaciana

ITAICI Revista de Espiritualidade Inaciana ITAICI Revista de Espiritualidade Inaciana 93 ISSN - 1517-7807 9!BLF@FB:VWOOUWoYdZh outubro 2013 Que a saúde se difunda sobre a terra Escatologia e Exercícios Espirituais Pedro Arrupe, homem de Deus 1

Leia mais

Marista e Vaticano II: Eles não têm mais vinho? Márcio L. de Oliveira

Marista e Vaticano II: Eles não têm mais vinho? Márcio L. de Oliveira Marista e Vaticano II: Eles não têm mais vinho? Márcio L. de Oliveira 1. Celebrar e (Re) Pensar Ensina-nos a contar os nossos dias, para que venhamos a ter um coração sábio (Sl 90,12). As palavras do salmista

Leia mais

TRADIÇÃO. Patriarcado de Lisboa JUAN AMBROSIO / PAULO PAIVA 2º SEMESTRE ANO LETIVO 2013 2014 1. TRADIÇÃO E TRADIÇÕES 2.

TRADIÇÃO. Patriarcado de Lisboa JUAN AMBROSIO / PAULO PAIVA 2º SEMESTRE ANO LETIVO 2013 2014 1. TRADIÇÃO E TRADIÇÕES 2. TRADIÇÃO JUAN AMBROSIO / PAULO PAIVA 2º SEMESTRE ANO LETIVO 2013 2014 1. TRADIÇÃO E TRADIÇÕES 2. A TRANSMISSÃO DO TESTEMUNHO APOSTÓLICO 3. TRADIÇÃO, A ESCRITURA NA IGREJA Revelação TRADIÇÃO Fé Teologia

Leia mais

A Apostolicidade da Fé

A Apostolicidade da Fé EMBARGO ATÉ ÀS 18H30M DO DIA 10 DE MARÇO DE 2013 A Apostolicidade da Fé Catequese do 4º Domingo da Quaresma Sé Patriarcal, 10 de Março de 2013 1. A fé da Igreja recebemo-la dos Apóstolos de Jesus. A eles

Leia mais

BIÊNIO 2012-2013. Tema Geral da Igreja Metodista "IGREJA: COMUNIDADE MISSIONÁRIA A SERVIÇO DO POVO ESPALHANDO A SANTIDADE BÍBLICA. Tema para o Biênio

BIÊNIO 2012-2013. Tema Geral da Igreja Metodista IGREJA: COMUNIDADE MISSIONÁRIA A SERVIÇO DO POVO ESPALHANDO A SANTIDADE BÍBLICA. Tema para o Biênio 1 IGREJA METODISTA PASTORAL IMED PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO E PLANO DE AÇÃO BIÊNIO 2012-2013 Tema Geral da Igreja Metodista "IGREJA: COMUNIDADE MISSIONÁRIA A SERVIÇO DO POVO ESPALHANDO A SANTIDADE BÍBLICA

Leia mais

Repasse da 76a. Assembléia da CNBB Sul I Aparecida de 10 a 12/06/2013

Repasse da 76a. Assembléia da CNBB Sul I Aparecida de 10 a 12/06/2013 Repasse da 76a. Assembléia da CNBB Sul I Aparecida de 10 a 12/06/2013 1. Finalidade do Ano da Fé; 2. O que é a Fé; 3. A transmissão da Fé enquanto professada, celebrada, vivida e rezada; 4. O conteúdo

Leia mais

A história da Igreja e sua problemática A história da Igreja na Idade Antiga

A história da Igreja e sua problemática A história da Igreja na Idade Antiga SUMÁRIO Introdução... 11 A história da Igreja e sua problemática... 17 A. Alguns pressupostos e indicações básicos antes de começar o caminho... 17 Trata-se de um ramo da ciência histórica ou da ciência

Leia mais

MÍSTICA E CONSTRUÇÃO Por que pensar em Mística e Construção?

MÍSTICA E CONSTRUÇÃO Por que pensar em Mística e Construção? MÍSTICA E CONSTRUÇÃO Espiritualidade e profecia são duas palavras inseparáveis. Só os que se deixam possuir pelo espírito de Deus são capazes de plantar sementes do amanhã e renovar a face da terra. Todo

Leia mais

REGULAMENTO DAS PASTORAIS ESCOLARES E UNIVERSITÁRIAS - ESTRUTURA, COMPETÊNCIA E FUNCIONAMENTO -

REGULAMENTO DAS PASTORAIS ESCOLARES E UNIVERSITÁRIAS - ESTRUTURA, COMPETÊNCIA E FUNCIONAMENTO - REGULAMENTO DAS PASTORAIS ESCOLARES E UNIVERSITÁRIAS - ESTRUTURA, COMPETÊNCIA E FUNCIONAMENTO - INTRODUÇÃO O Colégio Episcopal da Igreja Metodista, no uso de suas atribuições (Cânones, Art. 63, item XVII)

Leia mais

Carta Pastoral. Diaconato Permanente. sobre. Dom Luiz Mancilha Vilela, ss.cc. Arcebispo da Arquidiocese de Vitória - ES

Carta Pastoral. Diaconato Permanente. sobre. Dom Luiz Mancilha Vilela, ss.cc. Arcebispo da Arquidiocese de Vitória - ES Carta Pastoral sobre Diaconato Permanente Dom Luiz Mancilha Vilela, ss.cc Arcebispo da Arquidiocese de Vitória - ES Carta: 0003-11/2006 Caríssimos irmãos (ãs), leigos (as), religiosos (as) diáconos e

Leia mais

Ficha 1 História: O QUE É UM CONCÍLIO?

Ficha 1 História: O QUE É UM CONCÍLIO? Ficha 1 História: O QUE É UM CONCÍLIO? A palavra Concílio significa assembleia reunida por convocação e, na Igreja, um concílio sempre teve como objetivo discutir, definir e deliberar sobre questões de

Leia mais

COMUNIDADE DE COMUNIDADES: UMA NOVA PARÓQUIA. Estudo 104 CNBB

COMUNIDADE DE COMUNIDADES: UMA NOVA PARÓQUIA. Estudo 104 CNBB COMUNIDADE DE COMUNIDADES: UMA NOVA PARÓQUIA Estudo 104 CNBB ASPECTOS GERAIS DO DOCUMENTO PERSPECTIVAS PASTORAIS TEXTOS BASES DESAFIOS FUNÇÕES DA PARÓQUIA PERSPECTIVA TEOLÓGICA MÍSTICA DO DOCUMENTO PERSPECTIVA

Leia mais

A Exortação Apostólica Verbum Domini

A Exortação Apostólica Verbum Domini A Exortação Apostólica Verbum Domini Texto escrito por Cássio Murilo Dias da Silva 1, em janeiro de 2011. Informação de copyright: Este texto pode ser utilizado para fins educacionais e não comerciais.

Leia mais

CONGRESSO EUCARÍSTICO. 1º ponto: O padre e a Eucaristia 2º ponto: Congresso Eucarístico

CONGRESSO EUCARÍSTICO. 1º ponto: O padre e a Eucaristia 2º ponto: Congresso Eucarístico CONGRESSO EUCARÍSTICO 1º ponto: O padre e a Eucaristia 2º ponto: Congresso Eucarístico O PADRE E A EUCARISTIA Eucaristia e Missão Consequência significativa da tensão escatológica presente na Eucaristia

Leia mais

São Paulo, Ano I, n. 01, jan./abr. de 2014 ISSN 2358-0224. Podemos falar de ética nas práticas de consumo?

São Paulo, Ano I, n. 01, jan./abr. de 2014 ISSN 2358-0224. Podemos falar de ética nas práticas de consumo? São Paulo, Ano I, n. 01, jan./abr. de 2014 ISSN 2358-0224 9 772358 022003 Podemos falar de ética nas práticas de consumo? São Paulo, Ano I, n. 01, jan./abr. de 2014 164 A teologia católica e a ética no

Leia mais

As Conferências Episcopais Latino-Americanas têm o mesmo DNA do Concílio Vaticano II 1 O Concílio Vaticano II

As Conferências Episcopais Latino-Americanas têm o mesmo DNA do Concílio Vaticano II 1 O Concílio Vaticano II 1 As Conferências Episcopais Latino-Americanas têm o mesmo DNA do Concílio Vaticano II 1 O Concílio Vaticano II O Concílio Vaticano II (11.10.1962-08.12.1965) é considerado por Teólogos, Religiosos e especialistas

Leia mais

DOCUMENTOS POR ORDEM ALFABÉTICA

DOCUMENTOS POR ORDEM ALFABÉTICA DOCUMENTOS POR ORDEM ALFABÉTICA Documento N. Data Pág. A alegria do Evangelho... 228... 2013-11-24... 2375 A colaboração dos leigos no ministério dos sacerdotes... 165... 1997-08-15... 1489 A Comunhão

Leia mais

TOMADA DE POSSE DO NOVO PÁROCO - CELEBRAÇÃO (cf. Cerimonial dos Bispos, nn. 1185-1198) DIOCESE DE CRUZEIRO DO SUL AC/AM

TOMADA DE POSSE DO NOVO PÁROCO - CELEBRAÇÃO (cf. Cerimonial dos Bispos, nn. 1185-1198) DIOCESE DE CRUZEIRO DO SUL AC/AM Página 1 TOMADA DE POSSE DO NOVO PÁROCO - CELEBRAÇÃO (cf. Cerimonial dos Bispos, nn. 1185-1198) DIOCESE DE CRUZEIRO DO SUL AC/AM 01. Canto de Entrada 02. Saudação inicial do celebrante presidente 03. Leitura

Leia mais

CURSO PARA CAPACITAÇÃO DE LIDERANÇA E COORDENADORES DE GRUPOS JOVENS

CURSO PARA CAPACITAÇÃO DE LIDERANÇA E COORDENADORES DE GRUPOS JOVENS CURSO PARA CAPACITAÇÃO DE LIDERANÇA E COORDENADORES DE GRUPOS JOVENS Apresentação A JUVENTUDE MERECE ATENÇÃO ESPECIAL A Igreja Católica no Brasil diz que é preciso: Evangelizar, a partir de Jesus Cristo,

Leia mais

5.1. A QUESTÃO ECUMÊNICA HOJE

5.1. A QUESTÃO ECUMÊNICA HOJE 5.1. A QUESTÃO ECUMÊNICA HOJE José Bizon dcj@casadareconciliacao.com.br 1. RESUMO E OBJETIVO Resumo O ecumenismo é parte integrante da ação evangelizadora. De acordo com o Decreto Unitatis redintegratio,

Leia mais

José Eduardo Borges de Pinho. Ecumenismo: Situação e perspectivas

José Eduardo Borges de Pinho. Ecumenismo: Situação e perspectivas José Eduardo Borges de Pinho Ecumenismo: Situação e perspectivas U n i v e r s i d a d e C a t ó l i c a E d i t o r a L I S B O A 2 0 1 1 Índice Introdução 11 Capítulo Um O que é o ecumenismo? 15 Sentido

Leia mais

Diocese de Aveiro IGREJA DIOCESANA RENOVADA NA CARIDADE É ESPERANÇA NO MUNDO

Diocese de Aveiro IGREJA DIOCESANA RENOVADA NA CARIDADE É ESPERANÇA NO MUNDO Diocese de Aveiro IGREJA DIOCESANA RENOVADA NA CARIDADE É ESPERANÇA NO MUNDO Plano Diocesano de Pastoral para o quinquénio 2008-2013 A PALAVRA DO SR. BISPO PONTO DE PARTIDA 1. INICIAMOS UMA NOVA PERSPECTIVA

Leia mais

SEMANA DE FORMAÇÃO TEOLÓGICA PARÓQUIA SANTO ANTONIO Itapira SP

SEMANA DE FORMAÇÃO TEOLÓGICA PARÓQUIA SANTO ANTONIO Itapira SP SEMANA DE FORMAÇÃO TEOLÓGICA PARÓQUIA SANTO ANTONIO Itapira SP CREIO (N)A SANTA IGREJA CATÓLICA I CRER DE MODO ECLESIAL NO CONTEÚDO DA FÉ CRISTÃ. A PROFISSÃO DE FÉ DA IGREJA A FÉ BATISMAL A PROFISSÃO DE

Leia mais

A IGREJA DO ESPÍRITO DE DEUS QUE NASCE NO CORAÇÃO DO POVO. A

A IGREJA DO ESPÍRITO DE DEUS QUE NASCE NO CORAÇÃO DO POVO. A Lukas Lui A IGREJA DO ESPÍRITO DE DEUS QUE NASCE NO CORAÇÃO DO POVO. A relevância e o desafio do sensus fidei na Constituição dogmática Lumen Gentium do Vaticano II Dissertação de Mestrado Dissertação

Leia mais

O Deus testemunhado por Jesus Cristo o Pai. Objetivos 12/4/2012. Identidade e relevância da cristologia. Cláudio Ribeiro

O Deus testemunhado por Jesus Cristo o Pai. Objetivos 12/4/2012. Identidade e relevância da cristologia. Cláudio Ribeiro O Deus testemunhado por Jesus Cristo o Pai Cláudio Ribeiro Objetivos Avaliar a doutrina de Trindade suas raízes, premissas fundamentais, ênfases e mudanças no contexto global da história da Igreja e as

Leia mais

Diocese de Amparo - SP

Diocese de Amparo - SP Formação sobre o documento da V Conferência do Episcopado da América Latina e do Caribe Diocese de Amparo - SP INTRODUÇÃO De 13 a 31 de maio de 2007, celebrou-se em Aparecida, Brasil, a V Conferência Geral

Leia mais

Catecumenato Uma Experiência de Fé

Catecumenato Uma Experiência de Fé Catecumenato Uma Experiência de Fé APRESENTAÇÃO PARA A 45ª ASSEMBLÉIA DA CNBB (Regional Nordeste 2) www.catecumenato.com O que é Catecumenato? Catecumenato foi um método catequético da igreja dos primeiros

Leia mais

Tema ASCENSÃO DO SENHOR

Tema ASCENSÃO DO SENHOR Encontro n. 6 ema ASCENSÃO DO SENHOR I. ACOLHIDA Ambiente: Lenço branco sobre a mesa, como sinal de despeida; uma cadeira vazia ou um banco próximo ao altar. Bíblia sobre o altar, vela acesa, com flores.

Leia mais

ESCOLA DE PASTORAL CATEQUÉTICA ESPAC

ESCOLA DE PASTORAL CATEQUÉTICA ESPAC ESCOLA DE PASTORAL CATEQUÉTICA ESPAC 1. ESPAC O QUE É? A ESPAC é uma Instituição da Arquidiocese de Fortaleza, criada em 1970, que oferece uma formação sistemática aos Agentes de Pastoral Catequética e

Leia mais

DOCUMENTOS DO CONCÍLIO VATICANO II

DOCUMENTOS DO CONCÍLIO VATICANO II CEPMTA / ISCAL Londrina 2013 DOCUMENTOS DO CONCÍLIO VATICANO II Assessor: Pe. Audinei Carreira da Silva 3ª PARTE: COMPÊNDIO DO VATICANO II constituições, decretos e declarações - 21º Edição Introdução

Leia mais

Educar hoje e amanhã uma paixão que se renova. Prof. Humberto S. Herrera Contreras

Educar hoje e amanhã uma paixão que se renova. Prof. Humberto S. Herrera Contreras Educar hoje e amanhã uma paixão que se renova Prof. Humberto S. Herrera Contreras O que este documento nos diz? Algumas percepções iniciais... - O título já é uma mensagem espiritual! tem movimento, aponta

Leia mais

FACULDADE MISSIONEIRA DO PARANÁ

FACULDADE MISSIONEIRA DO PARANÁ CURSO DE EXTENSÃO EM TEOLOGIA PARA LEIGOS A FAMIPAR tem como objetivo promover e criar cursos de Teologia, apropriado para atender leigos e religiosos, em vista dos ministérios diversos. O presente Curso

Leia mais

SUGESTÃO PARA A REALIZAÇÃO DA ASSEMBLEIA PAROQUIAL ORAÇÃO INICIAL

SUGESTÃO PARA A REALIZAÇÃO DA ASSEMBLEIA PAROQUIAL ORAÇÃO INICIAL SUGESTÃO PARA A REALIZAÇÃO DA ASSEMBLEIA PAROQUIAL ORAÇÃO INICIAL 1 Ivocação ao Espirito Santo (oração ou canto) 2- Súplica inicial. (Em 2 coros: H- homens; M- mulheres) H - Procuramos para a Igreja/ cristãos

Leia mais

Paróquia, torna-te o que tu és!

Paróquia, torna-te o que tu és! Paróquia, torna-te o que tu és! Dom Milton Kenan Júnior Bispo Aux. de S. Paulo. Vigário Episcopal para Reg. Brasilândia Numa leitura rápida da Carta Pastoral de Dom Odilo, nosso Cardeal Arcebispo, à Arquidiocese

Leia mais

REUNIÃO DE LIDERANÇAS

REUNIÃO DE LIDERANÇAS REUNIÃO DE LIDERANÇAS 08/02/2015 PAUTA: 1) Oração Inicial 2) Abertura 3) Apresentação de 03 dimensões de Ação Pastoral para o ano de 2015 4) Plenária / Definições 5) Oração Final 6) Retirada de Materiais

Leia mais

A iniciação cristã como pedagogia de vida comunitária

A iniciação cristã como pedagogia de vida comunitária A iniciação cristã como pedagogia de vida comunitária A evangelização nos dá a alegria do encontro com a Boa Nova da Ressurreição de Cristo. A maioria das pessoas procura angustiada a razão de sua vida

Leia mais

Conferência Nacional dos Bispos do Brasil PLANO DE PASTORAL DE CONJUNTO 1966 1970

Conferência Nacional dos Bispos do Brasil PLANO DE PASTORAL DE CONJUNTO 1966 1970 Conferência Nacional dos Bispos do Brasil PLANO DE PASTORAL DE CONJUNTO 1966 1970 1 Apresentação da Edição de 2004 Em 1962, ainda antes do início do Concílio Vaticano II, a CNBB lançava o Plano de Emergência

Leia mais

Pastoral da Comunicação Diálogo entre fé e cultura

Pastoral da Comunicação Diálogo entre fé e cultura BOAS VINDAS! Pastoral da Comunicação Diálogo entre fé e cultura Bodas de Ouro da comunicação Miranda Prorsus, Pio XII, 1957 Fonte: Pastoral da Comunicação, diálogo entre fé e cultura, Puntel/Corazza, Paulinas-Sepac,

Leia mais

EVANGELIZAR COM PAPA FRANCISCO

EVANGELIZAR COM PAPA FRANCISCO EVANGELIZAR COM PAPA FRANCISCO DOm Benedito Beni dos Santos EVANGELIZAR COM PAPA FRANCISCO Comentário à EVANGELII GAUDIUM Direção editorial: Claudiano Avelino dos Santos Assistente editorial: Jacqueline

Leia mais

Dia a dia. com o Evangelho 2016. Texto e comentário Ano C São Lucas

Dia a dia. com o Evangelho 2016. Texto e comentário Ano C São Lucas 7 8 9 Dia a dia 10 com o Evangelho 2016 11 12 Texto e comentário Ano C São Lucas 13 14 15 16 17 18 19 20 21 Direção editorial: Claudiano Avelino dos Santos Assistente editorial: Jacqueline Mendes Fontes

Leia mais

Índice Introdução... 13 Abreviaturas... 17 1. Natureza da liturgia cristã... 21 1.1. O termo liturgia... 21 1.1.1. No helenismo... 22 1.1.2. No Antigo Testamento... 22 1.1.3. No Novo Testamento... 23 1.1.4.

Leia mais

PASTORAL É O HOJE DA IGREJA

PASTORAL É O HOJE DA IGREJA PASTORAL É O HOJE DA IGREJA As mudanças sociais são desafios à Evangelização. A atualização da mensagem cristã nas diversas realidades e em diferentes tempos fez surgir a Pastoral. Hoje em nossas paróquias

Leia mais

DIRECTÓRIO GERAL DA CATEQUESE - SDCIA/ISCRA -2 Oração inicial Cântico - O Espírito do Senhor está sobre mim; Ele me enviou para anunciar aos pobres o Evangelho do Reino! Textos - Mc.16,15; Mt.28,19-20;

Leia mais

Aspetos inclusivos e exclusivos na fé nova-apostólica

Aspetos inclusivos e exclusivos na fé nova-apostólica Igreja Nova Apostólica Internacional Aspetos inclusivos e exclusivos na fé nova-apostólica Depois de, na última edição, termos abordado os aspetos inclusivos e exclusivos no Antigo e no Novo Testamento,

Leia mais

Referências Bibliográficas

Referências Bibliográficas Referências Bibliográficas Juliano Alves Dias SciELO Books / SciELO Livros / SciELO Libros DIAS, JA. Sacrificium Laudis: a hermenêutica da continuidade de Bento XVI e o retorno do catolicismo tradicional

Leia mais

Diferença entre a Bíblia Católica e a Protestante

Diferença entre a Bíblia Católica e a Protestante Diferença entre a Bíblia Católica e a Protestante Hugo Goes A Bíblia é formada por duas partes: o Antigo Testamento e o Novo Testamento. Em relação ao Novo Testamento, não há nenhuma diferença entre a

Leia mais

O MAGISTÉRIO DA IGREJA NA FORMAÇÃO

O MAGISTÉRIO DA IGREJA NA FORMAÇÃO O MAGISTÉRIO DA IGREJA NA FORMAÇÃO ENCONTRO NACIONAL DO MINISTÉRIO DE FORMAÇÃO - 2013 3 PILARES DA REVELAÇÃO PÚBLICA (Catec. 65) Sagrada Escritura - Palavra de Deus dirigida ao Homem por inspiração e escrita

Leia mais

Comissão Episcopal Pastoral para o Serviço da Caridade da Justiça e da Paz

Comissão Episcopal Pastoral para o Serviço da Caridade da Justiça e da Paz Comissão Episcopal Pastoral para o Serviço da Caridade da Justiça e da Paz Cardeal Sebastião Leme Grito por justiça Dom Helder Câmara Não deixe morrer o profetismo Dom Luciano Mendes de Almeida Não esqueçam

Leia mais

Bispo Sr. Dr. Gebhard Fürst. O ESPÍRITO É VIVIFICADOR Desenvolver a Igreja em muitos lugares

Bispo Sr. Dr. Gebhard Fürst. O ESPÍRITO É VIVIFICADOR Desenvolver a Igreja em muitos lugares Bispo Sr. Dr. Gebhard Fürst O ESPÍRITO É VIVIFICADOR Desenvolver a Igreja em muitos lugares Carta Pastoral dirigida às igrejas da diocese de Rotemburgo-Estugarda na Quaresma Pascal de 2015 Bispo Sr. Dr.

Leia mais

Carta Pastoral 2013-2014

Carta Pastoral 2013-2014 Carta Pastoral 2013-2014 O Sínodo Diocesano. Em Comunhão para a Missão: participar e testemunhar Estamos no momento decisivo do Sínodo da nossa diocese de Viseu. Pela sua importância, para o presente e

Leia mais

PAPEL DA LIDERANÇA NA IGREJA

PAPEL DA LIDERANÇA NA IGREJA PAPEL DA LIDERANÇA NA IGREJA Em qualquer organização social existe a necessidade de um líder ou de uma equipe de liderança. A Igreja, não diferente das demais organizações, surgiu a partir de um líder.

Leia mais

Congregação dos Sagrados Estigmas de Nosso Senhor Jesus Cristo A INTEGRAÇÃO DA PASTORAL VOCACIONAL COM A CATEQUESE

Congregação dos Sagrados Estigmas de Nosso Senhor Jesus Cristo A INTEGRAÇÃO DA PASTORAL VOCACIONAL COM A CATEQUESE Congregação dos Sagrados Estigmas de Nosso Senhor Jesus Cristo 1 o Curso por Correspondência às Equipes Vocacionais Paroquiais SEXTO TEMA: A INTEGRAÇÃO DA PASTORAL VOCACIONAL COM A CATEQUESE E A PASTORAL

Leia mais

CARTA DE PRINCÍPIOS, CRENÇAS E VALORES 1 ALIANÇA CRISTÃ EVANGÉLICA BRASILEIRA Aliança Evangélica. A unidade na fé a caminho da missão

CARTA DE PRINCÍPIOS, CRENÇAS E VALORES 1 ALIANÇA CRISTÃ EVANGÉLICA BRASILEIRA Aliança Evangélica. A unidade na fé a caminho da missão CARTA DE PRINCÍPIOS, CRENÇAS E VALORES 1 ALIANÇA CRISTÃ EVANGÉLICA BRASILEIRA Aliança Evangélica A unidade na fé a caminho da missão Nossa Visão Manifestar a unidade da igreja por meio do testemunho visível

Leia mais

18 Estudos Bíblicos para Evangelismo e Discipulado

18 Estudos Bíblicos para Evangelismo e Discipulado LIÇÃO 1 - EXISTE UM SÓ DEUS 18 Estudos Bíblicos para Evangelismo e Discipulado A Bíblia diz que existe um único Deus. Tiago 2:19, Ef. 4 1- O Deus que Criou Todas as coisas, e que conduz a sua criação e

Leia mais

Artigos do Pe. Ademilson publicados no site de Marília

Artigos do Pe. Ademilson publicados no site de Marília Artigos do Pe. Ademilson publicados no site de Marília CONCÍLIO VATICANO II 50 ANOS DE SUA ABERTURA No dia 11 de outubro de 1962 teve início a abertura do 21º Concílio Ecumênico, o mais participativo de

Leia mais

PALESTRAS DO XVI CONGRESSO TEOLÓGICO DE ANÁPOLIS- GO MAIO DE 2012

PALESTRAS DO XVI CONGRESSO TEOLÓGICO DE ANÁPOLIS- GO MAIO DE 2012 PALESTRAS DO XVI CONGRESSO TEOLÓGICO DE ANÁPOLIS- GO MAIO DE 2012 O CONCÍLIO VATICANO II À LUZ DAS MENSAGENS E OUTROS DOCUMENTOS PONTIFÍCIOS INTRODUÇÃO Pe. Michael Silberer, ORC Quando, no dia 25 de janeiro

Leia mais

CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA

CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA curso livre CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA Programa: Prof. Pe. Me. Audinei Carreira da Silva 1) INTRODUÇÃO Guardar o depósito da fé é MISSÃO confiada pelo Senhor da Igreja. O Vaticano II quis evidenciar

Leia mais

Por ocasião da Marcha para Jesus, o deputado Wasny de Roure. (PT-DF) pronuncia o seguinte discurso: No próximo dia 11 de

Por ocasião da Marcha para Jesus, o deputado Wasny de Roure. (PT-DF) pronuncia o seguinte discurso: No próximo dia 11 de 1 06.06.05 Por ocasião da Marcha para Jesus, o deputado Wasny de Roure (PT-DF) pronuncia o seguinte discurso: No próximo dia 11 de junho teremos mais uma Marcha para Jesus em Brasília, evento que acontece

Leia mais

CONSTITUIÇÃO DA IGREJA EPISCOPAL ANGLICANA DO BRASIL CERTIFICADO

CONSTITUIÇÃO DA IGREJA EPISCOPAL ANGLICANA DO BRASIL CERTIFICADO CONSTITUIÇÃO DA IGREJA EPISCOPAL ANGLICANA DO BRASIL CERTIFICADO Certificamos que o presente texto é a nova Constituição da Igreja Episcopal Anglicana do Brasil aprovado na 26ª Reunião do Sínodo da Igreja

Leia mais

MARIA, MÃE DA MISERICÓRDIA! INTRODUÇÃO

MARIA, MÃE DA MISERICÓRDIA! INTRODUÇÃO MARIA, MÃE DA MISERICÓRDIA! INTRODUÇÃO A pessoa de Maria foi desde os primeiros séculos do cristianismo uma grade fonte de inspiração para o povo cristão. De fato nas catacumbas de Roma, onde os cristãos

Leia mais

O CÂNON Sagrado compreende 46 Livros no ANTIGO TESTAMENTO e 27 Livros no NOVO TESTAMENTO.

O CÂNON Sagrado compreende 46 Livros no ANTIGO TESTAMENTO e 27 Livros no NOVO TESTAMENTO. Ao contrário do que parece à primeira vista, a Bíblia não é um livro único e independente, mas uma coleção de 73 livros, uma mini biblioteca que destaca o a aliança e plano de salvação de Deus para com

Leia mais

Aula 33 Creio na Igreja Católica - 9

Aula 33 Creio na Igreja Católica - 9 Aula 33 Creio na Igreja Católica - 9 1 - A Igreja é Apostólica (CIC 857-865). 1.1 - Como entender? A Igreja, desde o seu nascimento, nunca duvidou que Jesus a fundou sobre os Apóstolos. Eles são, por assim

Leia mais

Grandes Santos de Deus.

Grandes Santos de Deus. Grandes Santos de Deus. Grupo de da IBRVN 2010 2010 John Wyckliff (1320 31 /12/1384) A estrela Matutina da Reforma. Valoroso campeão da Verdade! Foi professor da Universidade de Oxford, teólogo e reformador

Leia mais

REFORMA E CONTRARREFORMA. Professor Sebastião Abiceu 7º ano Colégio Marista de Montes Claros

REFORMA E CONTRARREFORMA. Professor Sebastião Abiceu 7º ano Colégio Marista de Montes Claros REFORMA E CONTRARREFORMA Professor Sebastião Abiceu 7º ano Colégio Marista de Montes Claros INTRODUÇÃO A Reforma Religiosa e o Renascimento ocorreram na mesma época e expressam a grande renovação de ideias

Leia mais

Reabertura da Catedral Homilia 8 de dezembro de 2015

Reabertura da Catedral Homilia 8 de dezembro de 2015 1 Reabertura da Catedral Homilia 8 de dezembro de 2015 Desde o lançamento da pedra fundamental este é um lugar sagrado onde a Assembleia, a Igreja, Comunidade de Fé, Comunidade de Esperança, Comunidade

Leia mais

ANO DA FÉ A VIRGEM MARIA PARTE 2

ANO DA FÉ A VIRGEM MARIA PARTE 2 ANO DA FÉ A VIRGEM MARIA PARTE 2 1- MARIA, MÃE DE DEUS (CONTINUAÇÃO) Maria é verdadeiramente Mãe de Deus, visto ser a Mãe do Filho Eterno de Deus feito homem, que é ele mesmo Deus (CIC 509). Santo Agostinho:

Leia mais

IGREJA METODISTA DE VILA ISABEL

IGREJA METODISTA DE VILA ISABEL 1 IGREJA METODISTA DE VILA ISABEL Discípulos e Discípulas no Caminho da Missão PLANO MISSIONÁRIO 2012-2016 1 APRESENTAÇÃO: A Igreja local, pelos nossos documentos, é vista e entendida como a agência básica

Leia mais

HOMILIA: A CARIDADE PASTORAL A SERVIÇO DO POVO DE DEUS (1 Pd 5,1-4; Sl 22; Mc 10, 41-45) Amados irmãos e irmãs na graça do Batismo!

HOMILIA: A CARIDADE PASTORAL A SERVIÇO DO POVO DE DEUS (1 Pd 5,1-4; Sl 22; Mc 10, 41-45) Amados irmãos e irmãs na graça do Batismo! HOMILIA: A CARIDADE PASTORAL A SERVIÇO DO POVO DE DEUS (1 Pd 5,1-4; Sl 22; Mc 10, 41-45) Amados irmãos e irmãs na graça do Batismo! A vida e o ministério do padre é um serviço. Configurado a Jesus, que

Leia mais

Capitulo 3 ESPIRITUALIDADE DA RENOVAÇÃO CARISMÁTICA CATÓLICA

Capitulo 3 ESPIRITUALIDADE DA RENOVAÇÃO CARISMÁTICA CATÓLICA Capitulo 3 ESPIRITUALIDADE DA RENOVAÇÃO CARISMÁTICA CATÓLICA Deus nos alerta pela profecia de Oséias de que o Povo dele se perde por falta de conhecimento. Cf. Os 4,6 1ª Tm 4,14 Porque meu povo se perde

Leia mais

VISITA PASTORAL NA ARQUIDIOCESE DE MARIANA

VISITA PASTORAL NA ARQUIDIOCESE DE MARIANA VISITA PASTORAL NA ARQUIDIOCESE DE MARIANA A Vista Pastoral constitui-se em momento privilegiado de contato do Arcebispo com o povo santo de Deus, confiado aos seus cuidados de pastor, com a preciosa colaboração

Leia mais

Documento 62 - CNBB. Missão e Ministérios dos Cristãos Leigos e Leigas APRESENTAÇÃO

Documento 62 - CNBB. Missão e Ministérios dos Cristãos Leigos e Leigas APRESENTAÇÃO Documento 62 - CNBB Missão e Ministérios dos Cristãos Leigos e Leigas APRESENTAÇÃO O Documento 62 Missão e Ministérios dos Cristãos Leigos e Leigas é um marco na reflexão do Magistério da Igreja no Brasil.

Leia mais

DECRETO DE APROVAÇÃO DA CONGREGAÇÃO

DECRETO DE APROVAÇÃO DA CONGREGAÇÃO DECRETO DE APROVAÇÃO DA CONGREGAÇÃO A Sociedade Pia sob a denominação de Ressurreição de Nosso Senhor Jesus Cristo, fundada em Paris em 1836 por alguns jovens poloneses, se espalhou em pouco tempo, por

Leia mais

DISCÍPULOS E SERVIDORES DA PALAVRA DE DEUS NA MISSÃO DA IGREJA

DISCÍPULOS E SERVIDORES DA PALAVRA DE DEUS NA MISSÃO DA IGREJA DISCÍPULOS E SERVIDORES DA PALAVRA DE DEUS NA MISSÃO DA IGREJA DEUS SE REVELA Revelação é o diálogo entre Deus e seus filhos, cuja iniciativa vem de Deus (8). A Palavra de Deus não se revela somente para

Leia mais

3ª Catequese: O SACERDÓCIO APOSTÓLICO

3ª Catequese: O SACERDÓCIO APOSTÓLICO 3ª Catequese: O SACERDÓCIO APOSTÓLICO Introdução Não é possível compreender a Igreja, sem esta forma especial de presença de Cristo nela, querida por Ele próprio, que é o sacerdócio apostólico, hoje presente

Leia mais

Vendo Jesus as multidões, subiu ao monte e, como se assentasse, aproximaram-se os seus discípulos; e Ele passou a ensiná-los dizendo... Mateus 5.

Vendo Jesus as multidões, subiu ao monte e, como se assentasse, aproximaram-se os seus discípulos; e Ele passou a ensiná-los dizendo... Mateus 5. Vendo Jesus as multidões, subiu ao monte e, como se assentasse, aproximaram-se os seus discípulos; e Ele passou a ensiná-los dizendo... Mateus 5.1-2 E na minha nação excedia em judaísmo a muitos da minha

Leia mais

A ESCOLA CATÓLICA, UMA INSTITUIÇAO DE ENSINO COM MÍSTICA EVANGELIZADORA

A ESCOLA CATÓLICA, UMA INSTITUIÇAO DE ENSINO COM MÍSTICA EVANGELIZADORA A ESCOLA CATÓLICA, UMA INSTITUIÇAO DE ENSINO COM MÍSTICA EVANGELIZADORA A escola católica será uma instituiçao com mística evangelizadora UMA ESCOLA A SERVIÇO DA PESSOA E ABERTA A TODOS UMA ESCOLA COM

Leia mais

Celebração do Dia Nacional do Catequista 30 de agosto de 2015

Celebração do Dia Nacional do Catequista 30 de agosto de 2015 Celebração do Dia Nacional do Catequista 30 de agosto de 2015 Introdução: Educar na fé, para a paz, a justiça e a caridade Este ano a Igreja no Brasil está envolvida em dois projetos interligados: a lembrança

Leia mais

LUMEN GENTIUM E A NOVA CONSCIÊNCIA DA IGREJA. PERSPECTIVAS E ESPERANÇAS

LUMEN GENTIUM E A NOVA CONSCIÊNCIA DA IGREJA. PERSPECTIVAS E ESPERANÇAS SIMPÓSIO DE TEOLOGIA 2012 TERCEIRO DIA LUMEN GENTIUM E A NOVA CONSCIÊNCIA DA IGREJA. PERSPECTIVAS E ESPERANÇAS João Gabriel Galhoti Pinto, SDB 1 Introdução No dia 9 de março de 2012, o professor Geraldo

Leia mais

Retiro de Revisão de Metas do Querigma

Retiro de Revisão de Metas do Querigma Pe. Marco Antonio Guerrero Guapacho - Colômbia 1. Evangelização Evangelizar é um verbo, derivado de evangelho, que faz referência à proclamação, ao anúncio de Jesus Cristo e da sua mensagem. No propósito

Leia mais

Ambiência escolar Marista: desafios da educação popular na evangelização

Ambiência escolar Marista: desafios da educação popular na evangelização Ambiência escolar Marista: desafios da educação popular na evangelização Adriano de Souza Viana 1 A práxis pastoral no ambiente educativo é sempre desafiante. Melhor dizendo, toda ação educativa é sempre

Leia mais

ARQUIDIOCESE DE SANTA MARIA DE BELÉM DO GRÃO PARÁ

ARQUIDIOCESE DE SANTA MARIA DE BELÉM DO GRÃO PARÁ ARQUIDIOCESE DE SANTA MARIA DE BELÉM DO GRÃO PARÁ PLANO DE PASTORAL 2012-2016 APRESENTAÇÃO O Plano de Pastoral da Arquidiocese de Belém para o quadriênio 2012-2016, foi construído a partir da avaliação

Leia mais

O Antigo Testamento tem como seus primeiros livros a TORÀ, ou Livro das leis. É um conjunto de 5 livros.

O Antigo Testamento tem como seus primeiros livros a TORÀ, ou Livro das leis. É um conjunto de 5 livros. O Antigo Testamento tem como seus primeiros livros a TORÀ, ou Livro das leis. É um conjunto de 5 livros. A Torá é o texto mais importante para o Judaísmo. Nele se encontram os Mandamentos, dados diretamente

Leia mais

Centro Pastoral - Paróquia Imaculada Conceição de Nossa Senhora. Pastoral dos Acólitos

Centro Pastoral - Paróquia Imaculada Conceição de Nossa Senhora. Pastoral dos Acólitos 1 Centro Pastoral - Paróquia Imaculada Conceição de Nossa Senhora Pastoral dos Acólitos Seminarista Thiago Medeiros 1. Encontro de Formação: Ministérios: o que são e para que servem. Nome do Candidato:

Leia mais

Comissão Episcopal Pastoral para a Comunicação. Projeto Paroquial da Pastoral da Comunicação

Comissão Episcopal Pastoral para a Comunicação. Projeto Paroquial da Pastoral da Comunicação Comissão Episcopal Pastoral para a Comunicação Projeto Paroquial da Pastoral da Comunicação 2 Barra do Choça, 11 de abril de 2015. 1. Contextualização O Projeto Nacional da Pastoral da Comunicação Pascom,

Leia mais

A PALAVRA DE DEUS É VIVA E EFICAZ

A PALAVRA DE DEUS É VIVA E EFICAZ A PALAVRA DE DEUS É VIVA E EFICAZ Dom Juventino Kestering Pois a Palavra de Deus é viva, eficaz e mais penetrante que qualquer espada de dois gumes. Penetra até dividir alma e espírito, articulações e

Leia mais

(Contemporânea) 23 Teologia Moral I (Fundamentos) 04 60 - - 04 60 24 Teologia da Espiritualidade 04 60 - - 04 60

(Contemporânea) 23 Teologia Moral I (Fundamentos) 04 60 - - 04 60 24 Teologia da Espiritualidade 04 60 - - 04 60 CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JOINVILLE PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE TEOLOGIA Matriz Curricular vigente a partir de 2012/1 Fase Cód. Disciplina I II III IV Pré Req. Carga Horária

Leia mais

VATICANO II 50 anos de ecumenismo na Igreja católica

VATICANO II 50 anos de ecumenismo na Igreja católica VATICANO II 50 anos de ecumenismo na Igreja católica Coleção Marco Conciliar Vaticano II 50 anos de ecumenismo na Igreja católica, Elias Wolff Doutrina Social da Igreja e o Vaticano II, Luiz Gonzaga Scudeler

Leia mais

Igreja em estado permanente de missão

Igreja em estado permanente de missão Igreja em estado permanente de missão Igreja : lugar da animação bílblica da vida e da pastoral A conversão pastoral da paróquia Urgência da conversão Pastoral Toda conversão supõe um processo de transformação

Leia mais

Aula 34 Creio na Igreja Católica - 10. Fiéis Leigos, o Grande Povo de Deus (CIC 897-913) 1 - Introdução

Aula 34 Creio na Igreja Católica - 10. Fiéis Leigos, o Grande Povo de Deus (CIC 897-913) 1 - Introdução Aula 34 Creio na Igreja Católica - 10 Fiéis Leigos, o Grande Povo de Deus (CIC 897-913) 1 - Introdução Tratar o tema que aborda os leigos na Igreja é mais complicado do que pode parecer à primeira vista.

Leia mais

n.1 Linhas fundamentais para

n.1 Linhas fundamentais para n.1 Linhas fundamentais para uma redescoberta, na vida da Igreja, da Palavra Divina, Fonte de constante renovação, Com a esperança de que a mesma se torne cada vez mais O coração de toda a atividade eclesial.

Leia mais

ESCOPO GERAL. - Resultado da 52ª Assembleia Geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) -Aparecida/SP30deabrila9de maio de 2014.

ESCOPO GERAL. - Resultado da 52ª Assembleia Geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) -Aparecida/SP30deabrila9de maio de 2014. ESCOPO GERAL - Resultado da 52ª Assembleia Geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) -Aparecida/SP30deabrila9de maio de 2014. - Composição: 1) Apresentação de Dom Leonardo Steiner. 2) Introdução.

Leia mais

REQUERIMENTO. Ao Excelentíssimo e Reverendíssimo Senhor Dom OSVINO JOSÉ BOTH Arcebispo Militar do Brasil

REQUERIMENTO. Ao Excelentíssimo e Reverendíssimo Senhor Dom OSVINO JOSÉ BOTH Arcebispo Militar do Brasil REQUERIMENTO Ao Excelentíssimo e Reverendíssimo Senhor Dom OSVINO JOSÉ BOTH Arcebispo Militar do Brasil Documento elaborado de próprio punho. Eu, inscrito no CPF sob o nº e no RG nº aluno da Escola Diaconal

Leia mais

Todos Batizados em um Espírito

Todos Batizados em um Espírito 1 Todos Batizados em um Espírito Leandro Antonio de Lima Podemos ver os ensinos normativos a respeito do batismo com o Espírito Santo nos escritos do apóstolo Paulo, pois em muitas passagens ele trata

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 065-PROEC/UNICENTRO, DE 25 DE ABRIL DE 2011.

RESOLUÇÃO Nº 065-PROEC/UNICENTRO, DE 25 DE ABRIL DE 2011. RESOLUÇÃO Nº 065-PROEC/UNICENTRO, DE 25 DE ABRIL DE 2011. Aprova a continuidade do Projeto de Extensão Escola de Teologia para leigos Nossa Senhora das Graças, na modalidade de Curso de Extensão, na categoria

Leia mais

O Ensino Religioso nas Escolas : Formação Moral ou Doutrinação?

O Ensino Religioso nas Escolas : Formação Moral ou Doutrinação? 1 O Ensino Religioso nas Escolas : Formação Moral ou Doutrinação? Prof. Dr. Thomé Eliziário Tavares Filho (*) RESUMO Este trabalho faz uma abordagem sobre o contexto histórico da Educação Religiosa no

Leia mais