AS VERTICAIS DE NEGÓCIOS DA ACATE. 3 DADOS E ATIVIDADES POR VERTICAL. 4 VERTICAL AGRONEGÓCIOS. 4 VERTICAL CLOUD COMPUTING. 6 VERTICAL EDUCAÇÃO.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "AS VERTICAIS DE NEGÓCIOS DA ACATE. 3 DADOS E ATIVIDADES POR VERTICAL. 4 VERTICAL AGRONEGÓCIOS. 4 VERTICAL CLOUD COMPUTING. 6 VERTICAL EDUCAÇÃO."

Transcrição

1 Florianópolis, dezembro de 2014

2 AS VERTICAIS DE NEGÓCIOS DA ACATE... 3 DADOS E ATIVIDADES POR VERTICAL... 4 VERTICAL AGRONEGÓCIOS... 4 VERTICAL CLOUD COMPUTING... 6 VERTICAL EDUCAÇÃO... 8 VERTICAL ENERGIA VERTICAL GAMES VERTICAL GOVERNO VERTICAL MANUFATURA VERTICAL SAÚDE VERTICAL SEGURANÇA VERTICAL SUSTENTABILIDADE VERTICAL TELECOM VERTICAL TÊXTIL DIRETORIA VERTICAIS DE NEGÓCIOS PAINEL GERAL DADOS CONSOLIDADOS EM INDICADORES COLETA ANUAL DE INDICADORES VERTICALMOÇO CONTATOS... 42

3 As Verticais de Negócios da ACATE O presente relatório tem como objetivo divulgar as principais ações e os indicadores mais relevantes relacionados às atividades das Verticais de Negócios da Associação Catarinense de Empresas de Tecnologia - ACATE - durante o ano de As Verticais de Negócios reúnem empresas que atuam em mercados semelhantes e complementares, estimulando o associativismo e o relacionamento entre as empresas participantes. Atualmente, cerca de 126 empresas participam de pelo menos uma das 12 Verticais já estruturadas: O planejamento estratégico da ACATE prevê a criação de novas verticais, com o intuito de que todas as empresas associadas cerca de 420 empresas participem de pelo menos uma Vertical de Negócios. A sinergia gerada pela participação nas verticais, o networking entre os empresários, a realização de ações de interesse comum, o aumento da representatividade das empresas e a complementariedade de produtos e soluções, por si só, demonstram o sucesso deste movimento, que significa um novo modelo de interação entre a instituição e os seus associados: o Associativismo Inovador ACATE.

4 Dados e atividades por Vertical Vertical Agronegócios DADOS E ATIVIDADES POR VERTICAL PAINEL GERAL TOTAL Empresas participantes 11 Empresas participantes não associadas 0 Empresas com Termo de Adesão firmados à Vertical 10 Novas empresas aderidas em Empresas com adesão pendente 01 Reuniões ordinárias 09 Reuniões extraordinárias 03 Reuniões externas 0 Projetos em andamento 01 Visitas recebidas 0 Participação em eventos 0 Promoção de eventos 01 Empresas que mais participaram da Vertical em 2014: ÍNDICE DE PARTICIPAÇÃO* J. AUSÊNCIA PRESENTE PARIPASSU 42% 58% AGRINESS 33% 67% TNS KHOR TECNOLOGIA BORESTE *Representam 45,5% das empresas da Vertical

5 Projeto realizado: Desenvolvimento e lançamento do Anuário Agronegócio & Tecnologia SC 2014 que reúne, em uma única publicação, os principais dados referentes ao agronegócio do Estado. Promoção de Eventos: VerticAlmoço de lançamento do Anuário Agronegócio & Tecnologia SC 2014, realizado em 03/06/2014 em Florianópolis. O evento contou com 50 participantes, dentre eles representantes da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Santa Catarina, Associação dos Bananicultores de Corupá, Associação dos Fumicultores do Brasil, Softex, SEBRAE/SC, Secretária de Comunicação - São José/SC, Organização das Cooperativas do Estado de Santa Catarina, Secretaria de Estado da Agricultura e da Pesca, Sindicato Rural de São José, Associação de Maricultores de São José/SC e da Secretaria Municipal de Tecnologia. Outras atividades: Debates em reuniões ordinárias sobre a Lei nº , chamada Lei do Bem, realizados em 04 e 29/08/2014 Projetos em andamento: Desenvolvimento do Anuário Agronegócio & Tecnologia SC Registro de 2014: Diretor Clóvis Rossi no lançamento do Anuário Agronegócio & Tecnologia SC 2014 em 03/06/2014 no VerticAlmoço - Florianópolis/SC

6 Vertical Cloud Computing PAINEL GERAL TOTAL Empresas participantes 17 Empresas participantes não associadas 0 Empresas com Termo de Adesão Firmados à Vertical 15 Novas empresas associadas 02 Empresas com adesão pendente 02 Reuniões ordinárias 10 Reuniões extraordinárias e comissão de projetos 02 Reuniões externas 0 Projetos em andamento 01 Visitas recebidas 02 Participação em eventos 0 Promoção de eventos 01 Empresas que mais participaram da Vertical em 2014: TALLER SOFTPC DATA SPACE WOIT TECNOLOGIA RESULTADOS DIGITAIS ACT SISTEMAS BRAME AUTOMAÇÃO REAL TI ADEPTSYS 1 1 ÍNDICE DE PARTICIPAÇÃO* J. AUSÊNCIA PRESENTE 38% *Representam 53% das Empresas da Vertical

7 Visitas recebidas: Dr. Bruno Souto Alonso, escritório Guimarães&Santiago, em 16/10/2014, para o debate sobre tributação; Sr. Théo Orosco, CEO da empresa ExactSales, em 20/11/2014, para apresentação do método de vendas da empresa. Promoção de Eventos: Debate interno sobre Infraestrutura Cloud Computing, realizado no dia 24/04/2014, com apresentação dos Srs. Fabio Fraga e Andre Luís Pessetti (Data Space), mediação do Sr. Luciano Ferreira (Brame) e participação do convidado Marcelo Pamplona (Flin); Promoção da palestra Como a tecnologia Cloud Computing pode reduzir custos, aumentar a performance e preparar as empresas para o futuro, realizada no dia 02/12/2014 no VerticAlmoço, cujos palestrantes foram os seguintes membros da Vertical: Fabio Fraga Machado - Diretor de Tecnologia e Infraestrutura na Data Space Networks & TI, Ricardo Araújo - Sócio fundador da Cloud'n Codes, Infra.as e Real TI, e Sebastian Ferrari - CTO e Co-fundador da Taller. O evento contou com 60 participantes. Outras atividades: Debates em reuniões ordinárias sobre tributação, realizado em 16/10/2014, e sobre o método de vendas da empresa ExactSales, realizado no dia 20/11/2014. O método é utilizado na empresa Welle Tecnologia Laser, que foi indicada como a empresa de maior crescimento do Brasil em 2013 segundo revista EXAME PME e consultoria Deloitte; Desenvolvimento do material gráfico (pasta institucional e folders das empresas) da Vertical. Projetos em andamento: Alinhamento sobre as palestras que a Vertical irá promover em 2015 sobre cloud computing. Registro de 2014: Palestra Como a tecnologia Cloud Computing pode reduzir custos, aumentar a performance e preparar as empresas para o futuro em 02/12/2014 no VerticAlmoço Florianópolis/SC

8 Vertical Educação PAINEL GERAL TOTAL Empresas participantes 35 Empresas participantes não associadas 04 Empresas com Termo de Adesão Firmados à Vertical 29 Novas empresas associadas 08 Empresas com adesão pendente 06 Reuniões ordinárias 08 Reuniões extraordinárias e comissão de projetos 12 Reuniões externas 04 Projetos em andamento 02 Visitas recebidas 03 Participação em eventos 01 Promoção de eventos 03 Empresas que mais participaram da Vertical em 2014: MERITT GENNERA DUAL SYSTEM 180HUB GRUPOS INTERNET ADEPTSYS MOBILIZA MENTES BRILHANTES QI NETWORK AQUARELA VIA EDUCACIONAL OUTCLASS ILOG TECNOLOGIA LTDA FIVE MINDS COMPLEX 11% 11% *Representam 42,9% das Empresas da Vertical ÍNDICE DE PARTICIPAÇÃO* J. AUSÊNCIA PRESENTE 22% 33% 56% 56% 56% 67% 67% 67% 78% 78% 8 89%

9 Reuniões externas: Reunião no SENAI com algumas empresas da Vertical Educação para tratar de soluções de análise Big Data contra evasão de cursos, realizada em 01/08/2014; Reunião de apresentação das empresas da Vertical Educação aos consultores e às Secretarias (SDS e SED) para o Cluster de Inovação na Educação de SC, realizada em 18/08/2014; Reunião de co-criação entre empresários e educadores para definir conceitos e prioridades quanto a inovação nas escolas públicas. Etapa do Cluster de Inovação na Educação de SC, realizada em 08/10/2014. Visitas recebidas: Cônsul de Israel, em 27/07/2014, que apontou que existem oportunidades boas de intercâmbio entre os países na troca de conhecimento relacionado à inovação; Empresários da Catalunha - Espanha, em 27/08/2014, buscaram identificar sinergia com 03 empresas da Vertical Educação; Encontro com SDS, Fundação Telefônica, Instituto C&A, Fundação Lemann e Instituto Inspirare, em 06/11/2014. Promoção de Eventos: Evento com a Saraiva, realizado em 02/04/2014 no Centro de Visualizações Floripa Interativa, com participação dos Srs. Éktor Passini e Otello Bertolozzi Neto, da área de relações institucionais da Saraiva que conheceram algumas das empresas da Vertical; Encontro na Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina - FIESC, realizado em 12/05/2014, com presença de representantes do SESI, SENAI e IEL; Evento com a Fundação Telefônica, realizado em 29/05/2014. Outras atividades: Oportunidade de aproximação com a Cassol; Diagnóstico da Universidade Corporativa, realizado entre os meses de fevereiro a abril/2014, apontou as seguintes necessidades do setor de tecnologia: desenvolvimento de produtos, implantação, comercial/vendas, além de gestão em paralelo; Cluster de Inovação na Educação de Santa Catarina: - Lançamento do projeto no Seminário Ecossistema de Inovação na Educação, realizado em 19/03/2014; - Formalização do projeto no dia 07/05/2014 em reunião na Secretaria de Educação com Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável - SDS, ACATE, FIESC (SESI, SENAI e IEL) e SEBRAE/SC; - Mapeamento de boas práticas inovadoras na educação; - Mapeamento das empresas com soluções educacionais no Estado, cerca de 97 empresas, finalizado em setembro/2014; - Criação de um portal com os resultados do projeto: (mapeamento, quem somos, boas práticas, pesquisa de empresas e base conceitual para o portfólio de soluções); - Definição de três grandes grupos de soluções: a) Prototipação e Experimentação; b) Infraestrutura de Gestão e Acesso; c) Mobilidade, Autoria e Autonomia. - Definição de um portfólio inicial; - Definição do processo de implantação das soluções. Projetos em andamento: Desenvolvimento do Projeto Cluster de Inovação na Educação de SC, em parceria com a SDS e SED; Universidade Corporativa setorial da ACATE.

10 Registros de 2014: Evento com a Saraiva em 02/04/2014 no Centro de Visualizações Floripa Interativa Sapiens Parque Encontro na FIESC em 12/05/2014 Florianópolis/SC Reunião de co-criação em 08/10/2014 na sede da empresa 180hub Florianópolis/SC Vertical Energia

11 PAINEL GERAL TOTAL Empresas participantes 16 Empresas participantes não associadas 0 Empresas com Termo de Adesão Firmados à Vertical 15 Novas empresas associadas 0 Empresas com adesão pendente 01 Reuniões ordinárias 10 Reuniões extraordinárias 04 Reuniões externas 0 Projetos em andamento 02 Visitas recebidas 01 Participação em eventos 01 Promoção de eventos 01 Empresas que mais participaram da Vertical em 2014: ÍNDICE DE PARTICIPAÇÃO* J. AUSÊNCIA PRESENTE NETPRECISION AQTECH REIVAX 5 REASON TECNOLOGIA 2 6 LINK PRECISION 1 6 VIEIRA-ISHIKAWA 1 7 WAY * Representam 43,8% das Empresas da Vertical

12 Visitas recebidas: Sr. Rafael M. Bottós - Welle Tecnologia Laser, no dia 15/05/2014, que compartilhou sua experiência na área comercial da sua empresa. Participação em eventos: Workshop de apresentação dos resultados do mapeamento de fornecedores nacionais de TIC para Redes Elétricas Inteligentes, realizado em 11/06/2014 em Brasília, uma promoção da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI). Promoção de Eventos: Promoção do IV Energy Show, realizado nos dias 02 e 03/04/2014 no Jurerê Beach Village Florianópolis/SC, que contou com 142 participantes durante os dois dias, e palestras de representantes das seguintes entidades: CELESC, Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial - ABDI, Operador Nacional do Sistema Elétrico ONS, Tractebel Energia, Câmara de Comercialização de Energia Elétrica CCEE, Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia - COELBA, Universidade de São Paulo - USP, Universidade Federal de Santa Catarina UFSC e Eletronuclear. Outras atividades: Alinhamento do formato e contratação de consultoria para início do projeto Universidade Corporativa Energy Show (UCES), que visa capacitar o mercado comprador (e posteriormente a academia também) e tornar a Vertical Energia um centro de informação de qualidade para o setor. Projetos em andamento: Organização do V Energy Show, que será nos dias 16 e 17/04/2015 no Hotel Il Campanario - Florianópolis/SC; Desenvolvimento do projeto da Universidade Corporativa Energy Show (UCES). Registros de 2014: IV Energy Show, realizado nos dias 02 e 03/04/2014 no Jurerê Beach Village Florianópolis/SC

13

14 Vertical Games PAINEL GERAL TOTAL Empresas participantes 08 Empresas participantes não associadas 03 Empresas com Termo de Adesão Firmados à Vertical 04 Novas empresas associadas 0 Empresas com adesão pendente 04 Reuniões ordinárias 10 Reuniões extraordinárias e comissão de projetos 08 Reuniões externas 08 Projetos em andamento 01 Visitas recebidas 02 Participação em eventos 02 Promoção de eventos 02 Empresas que mais participaram da Vertical em 2014: ÍNDICE DE PARTICIPAÇÃO* J. AUSÊNCIA PRESENTE TECHFRONT 5 FIVE MINDS 5 CAMINO/CATARINA CRIATIVA 10 PALMSOFT 10 * Representam 5 das Empresas da Vertical

15 Visitas recebidas: Igor Brandão, representando a Apex Brasil, e Eliana Russi, representando a Associação Brasileira dos Desenvolvedores de Jogos Digitais Abragames, no dia 26/02/2014, encontro no qual foram discutidas as demandas das empresas da Vertical Games, bem como foram apresentadas informações sobre o BGD - Projeto Setorial de Exportação Brazilian Game Developers; Manoel Henrique Lino - Secretaria Municipal de Ciência, Tecnologia e Desenvolvimento Econômico Sustentável (SMCTDES), no dia 05/05/2014, que tratou do possível apoio da Prefeitura Municipal de Florianópolis ao evento que está sendo desenvolvido pela Vertical. Participação em eventos: Seminário Ecossistema de Inovação na Educação, realizado no dia 19/03/2014 no SEBRAE/SC, teve como foco Inovação e Educação, contando com a participação especial do Dr. Curtis Carlson - Presidente e CEO da SRI (Stanford Research Institute) International; I Mostra de Games do Instituto Federal de Santa Catarina - IFSC, realizada de 04 a 06/06/2014, no Campus Florianópolis/SC do IFSC. Houve uma pequena exposição dos games/produtos das empresas da Vertical no evento. Promoção de Eventos: Promoção do 10º Happy Hour Save the Game, realizado no dia 06/06/2014, que contou com apresentação do Diretor da Vertical Games, Dennis Kerr Coelho, sobre a Vertical e suas vantagens para o desenvolvedor local. Além disso, Sr. Marcello Lima também falou sobre a nova plataforma de distribuição de jogos da PSafe, assim como os planos de parcerias com o indie developer local; Promoção do 11º Happy Hour Save the Game, realizado no dia 23/10/2014, que contou com as apresentações: Projeto Catarina Criativa, através do diretor executivo Carlos Eduardo Somaggio, e Sound design: muito além do gosto pessoal, ministrada por João Selarim e Tiago Santos, ambos da Serenati. Outras atividades: Projeto para desenvolvimento de Programa, em parceria com o SEBRAE/SC, de games e tecnologias acessórias ao universo de games, que em dezembro/2014 estava em aprovação no SEBRAE Nacional. O programa contempla o seguinte: treinamentos técnicos (gamificação, inteligência artificial); Sebraetec no valor de R$24.000,00 por empresa que deve ser na linha dos cursos oferecidos (melhoramento de interface do produto, gamificação do mesmo, etc); pacote de cursos oferecidos pelo SEBRAE, como cursos de gestão, etc; 02 Missões empresariais nacionais; 01 Missão Internacional no último ano do programa; participação no evento do CentroSul, com estande do SEBRAE. Projetos em andamento: Organização do evento previsto para maio/2015 no CentroSul, em Florianópolis/SC.

16 Vertical Governo Atividades realizadas: Reestruturação da forma de atuação da Vertical, formalizada em reunião no dia 20/10/2014: Hoje a Vertical Governo atua de modo diferenciado das demais Verticais de Negócios da ACATE, a fim de atender as diferentes demandas dos associados. O objetivo é que a Vertical seja transversal a todas as demais, de maneira que sejam criados grupos de interesse conforme o tema a ser trabalhado. A ACATE fomenta, assim, a criação de grupos específicos, de no mínimo 02 associados, de interesses comuns que podem realizar reuniões para tratar especificamente do tema comum. A partir disso, irá demandar da ACATE e também efetuar ações como Vertical para obter algum posicionamento de interesse. A ideia desse novo modelo é dar mais dinamicidade ao processo e também ampliar as oportunidades de discussão de temas específicos, conforme interesse dos associados. As demandas para formação de grupos de trabalho devem ser endereçadas ao ou pelo grupo da Vertical Governo na Rede Social ACATE. Alinhamento da Pauta Política da ACATE, composta por 05 demandas relevantes para o setor de TIC: 1. Participação institucional da ACATE no aconselhamento e na construção conjunta de políticas de fomento, compras e investimentos em TICs e de ações de desenvolvimento tecnológico promovidas pelo Governo do estado de SC; 2. Criação de um fundo garantidor do estado de SC; 3. Ampliação de investimentos na formação de profissionais qualificados; 4. Maior acesso e transparência às informações financeiras do Governo; 5. Incremento do poder de compra de tecnologias pelo Governo. Outras atividades: Início das atividades do novo Diretor da Vertical Governo, Sr. Marcos Luiz Marchezan, em abril/2014.

17 Vertical Manufatura PAINEL GERAL TOTAL Empresas participantes 07 Empresas participantes não associadas 0 Empresas com Termo de Adesão Firmados à Vertical 06 Novas empresas associadas 0 Empresas com adesão pendente 01 Reuniões ordinárias 10 Reuniões extraordinárias e comissões de projetos 0 Reuniões externas 0 Projetos em andamento 0 Visitas recebidas 01 Participação em eventos 02 Promoção de eventos 01 Empresas que mais participaram da Vertical em 2014: ÍNDICE DE PARTICIPAÇÃO* J. AUSÊNCIA PRESENTE WELLE LASER 89% VIEIRA-ISHIKAWA 11% 67% LÓGICA E 5 HARBOR 44% 56% DIRECTA AUTOMAÇÃO 33% 67% BORESTE 11% 44% ADEPTMEC 33% 67% * Representam 10 das Empresas da Vertical

18 Visita recebida: Geraldo Tarasconi, em 12/09/2014, que compartilhou a experiência de internacionalização da sua empresa, a Contronics, que hoje atua em 65 países. Participação em eventos: Apresentação da Vertical Manufatura para a Câmara de Tecnologia da FIESC, realizada em 09/05/2014 na sede da FIESC, em Florianópolis/SC; Participação de representante da Vertical na reunião da Câmara de Desenvolvimento da Indústria Automotiva da FIESC com Sindipeças, realizada no dia 13/05/2014 em Joinville/SC. Promoção de Eventos: Promoção do VerticAlmoço, realizado em 30/09/2014, sobre Como maximizar o valor de mercado de sua empresa, palestra ministrada por Annalisa Blando Dal Zotto e Flávia Macedo dos Anjos da Par Mais Planejamento Financeiro. Outras atividades: Debates em reuniões ordinárias sobre o mercado brasileiro e perspectivas para a economia, realizados em 11/07 e 08/08/2014. Registro de 2014: Apresentação da Vertical Manufatura para a Câmara de Tecnologia da FIESC, realizada em 09/05/2014

19 Vertical Sa0úde PAINEL GERAL TOTAL Empresas participantes 18 Empresas participantes não associadas 0 Empresas com Termo de Adesão Firmados à Vertical 15 Novas empresas associadas 04 Empresas com adesão pendente 03 Reuniões ordinárias 10 Reuniões extraordinárias 03 Reuniões externas 02 Projeto em andamento 01 Visitas recebidas 04 Participação em eventos 02 Promoção de eventos 02 Empresas que mais participaram da Vertical em 2014: LABLINK GNTECH BIOKYRA PIXEON CONCEITUAL MANAGER SYSTEMS WAVETECH INPULSE BRASILRAD ÍNDICE DE PARTICIPAÇÃO* J. AUSÊNCIA PRESENTE * Representam 5 das Empresas da Vertical

20 Reuniões externas: Reunião ordinária da Vertical realizada em 10/02/2014, no Instituto de Apoio a Inovação e Tecnologia de Palhoça INAITEC, na qual o grupo discutiu a possibilidade de formalizar uma parceria entre o Instituto e a Vertical Saúde; Encontro na Secretaria Municipal da Saúde, realizado em 09/07/2014, com a participação do Secretário Adjunto Núlvio Lermen Júnior, no qual foi identificado que a Secretaria possui muitas demandas que a Vertical pode atender. Visitas recebidas: Luiz Gonzaga Coelho Diretor Executivo da SOS Cárdio e C-Pack, em 17/03/2014, que comentou sobre a sua visão do mercado e como as empresas podem auxiliar no desenvolvimento de novas soluções e futuras parcerias; Marcelo Deluca Núcleo Catarinense de Pesquisa (NCP), em 05/05/2014, que comentou sobre o trabalho do Núcleo, cujas principais áreas de atuação são: novos negócios, varejo, mobilidade urbana, saúde e qualidade de vida, indústria, tecnologia da informação (TI) e setor público. Gabriel Gallardo Agência Francesa para Investimentos Internacionais (AFII), em 21/08/2014. Com sede no Consulado Geral da França em São Paulo, essa agência é uma instituição nacional (dependendo do Ministério francês da Economia, das Finanças, e da Indústria) encarregada da promoção, da prospecção e da recepção dos investimentos estrangeiros na França; Marcelo Aguiar Axial Consult, em 06/10/2014, que trocou informações sobre investimentos na área da saúde e captação de recursos com fundos de Private Equity. Participação em eventos: Participação de empresários da Vertical nos encontros para desenvolvimento do processo de elaboração da Rota Estratégica para o setor de Saúde do Programa de Desenvolvimento Industrial Catarinense (PDIC) da FIESC, realizados em 03 e 04/06/2014 no Centro de Eventos da Federação; Participação no 36º Encontro Catarinense de Hospitais, realizado de 28 a 30/08/2014 no CentroSul Florianópolis/SC, através de um estande da Vertical Saúde na Feira de Tecnologia, Produtos e Serviços Médicos Hospitalares. Além disso, o Diretor da Vertical, Walmoli Gerber Jr., ministrou a palestra Consolidação de um polo de tecnologias inovadoras para a saúde em SC, no dia 28/08/2014. Promoção de Eventos: Promoção do VerticAlmoço sobre Importação de Produtos e Serviços, realizado em 06/05, palestra ministrada por Wolney Wilmar Andrade, empresário da área de Comércio Exterior e pós-graduado em Gestão Aduaneira; Organização e realização do 3º Seminário do Cluster de Tecnologias Inovadoras para Saúde, realizado no dia 26/11/2014, no Auditório da FAPESC Florianópolis/SC. O evento contou com 61 participantes, e palestrantes da Associação Brasileira da Indústria de Artigos e Equipamentos Médicos, Odontológicos, Hospitalares e de Laboratórios - ABIMO, FIESC, Hospital Baía Sul, Agência Nacional de Vigilância Sanitária ANVISA, Triaxis Capital, UFSC e Ministério da Saúde. Além de apoio da FIESC e FAPESC. Outras atividades: Desenvolvimento de uma apresentação institucional da Vertical e suas empresas que deverá ser complementada com uma pesquisa que será realizada em 2015 com as empresas aprovadas em editais da FAPESC, para verificar o andamento dos projetos. O material será apresentado à Fundação com o intuito de fomentar editais que permitam a participação das empresas do grupo; Debate em reunião ordinária sobre experiências comerciais das empresas, promovido no dia 02/06/2014.

21 Projeto em andamento: Mapeamento das empresas que receberam subvenção da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina FAPESC, para identificar o andamento dos seus projetos. Registros de 2014: Mesa Redonda do 3º Seminário do Cluster de Tecnologias Inovadoras para Saúde, realizado em 26/11/2014, no Auditório da FAPESC Florianópolis/SC Estande e palestra da Vertical no 36º Encontro Catarinense de Hospitais, realizado nos dias 28, 29 e 30/08/2014 no CentroSul Florianópolis/SC

22 Vertical Segurança PAINEL GERAL TOTAL Empresas participantes 10 Empresas participantes não associadas 0 Empresas com Termo de Adesão Firmados à Vertical 09 Novas empresas associadas 02 Empresas com adesão pendente 01 Reuniões ordinárias 14 Reuniões extraordinárias 0 Reuniões externas 0 Projetos em andamento 01 Visitas recebidas 0 Participação em eventos 01 Promoção de eventos 0 Empresas que mais participaram da Vertical em 2014: ÍNDICE DE PARTICIPAÇÃO* J. AUSÊNCIA PRESENTE AUTOMATIZA / INTELBRAS 14% 57% SEGWARE DO BRASIL 7% 64% ONIX TECNOLOGIA DO BRASIL 7% 71% SPECTO 79% OSTEC INTERNACIONAL CONTRONICS 7% 92% 93% CS ELETRÔNICA 10 * Representam 7 das Empresas da Vertical

23 Participação em eventos: Participação da Vertical na Ilha de Tecnologia da feira IACP Interseg 2014, realizada de 09 a 11/09/2014, no CentroSul Florianópolis/SC, e contou com a circulação de cerca de 20 mil pessoas. Outras atividades: Desenvolvimento do Planejamento Estratégico da Vertical, através da metodologia do planejamento Hoshin, uma consultoria do Sr. Carlos Fernando Martins - SENAI/SC. O planejamento identificou o objetivo macro do grupo que é aumentar a visibilidade da Vertical Segurança e integração entre as empresas participantes, e definiu ações que devem ser trabalhadas em 2015 para alcance do objetivo; Participação na pesquisa sobre como é trabalhada a gestão do conhecimento dentro das empresas, realizada de junho a outubro de 2014, pela pós doutoranda da Universidade Federal de Santa Catarina Ana Lucia Schmitz. O resultado da pesquisa apresentou uma sugestão de metodologia para implantação da gestão do conhecimento dentro das empresas; Participação na Pesquisa de Mercado - Salarial do SENAI/SC, em julho e agosto/2014. A pesquisa objetivou identificar os padrões de mercado, quanto a situação salarial do seu segmento, e é um dos itens que complementa a consultoria denominada Plano de Cargos e Salários; Eleição do novo Diretor da Vertical Segurança, Sr. Reginaldo Corrêa de Sousa, em reunião ordinária realizada no dia 08/09/2014. Projetos em andamento: Planejamento estratégico de Registro de 2014: Ilha de Tecnologia da feira IACP Interseg 2014, realizada de 09 a 11/09/2014, no CentroSul Florianópolis/SC

24 Vertical Sustentabilidade PAINEL GERAL TOTAL Empresas participantes 06 Empresas participantes não associadas 0 Empresas com Termo de Adesão Firmados à Vertical 06 Novas empresas associadas 0 Empresas com adesão pendente 0 Reuniões ordinárias 11 Reuniões extraordinárias 01 Reuniões externas 0 Projetos em andamento 01 Visitas recebidas 01 Participação em eventos 01 Promoção de eventos 0 Empresas que mais participaram da Vertical em 2014: ÍNDICE DE PARTICIPAÇÃO* J. AUSÊNCIA PRESENTE DÍGITRO 45% 45% AUDACES 18% 73% UMWELT 10 INSTITUTO NEXXERA/NEXXERA 10 * Representam 83,3% das Empresas da Vertical

25 Visitas recebidas: Leonardo A. Biazi InnovaSens Brasil, em 04/09/2014, que apresentou o Projeto Indústria 2015, do Ministério da Ciência Italiano, que propõe o desenvolvimento de uma casa totalmente autossustentável. Participação em eventos: Apresentação do projeto de indicadores de sustentabilidade para empresas de base tecnológica no Simpósio do PMI Project Management Institute, realizado em 08/10/2014 em Blumenau/SC. Outras atividades: Desenvolvimento do questionário de indicadores de sustentabilidade para empresas de base tecnológica, questões elaboradas pelos participantes da Vertical Sustentabilidade, usando como inspiração os indicadores GRI e Ethos, e adaptando à realidade das empresas de tecnologia. Os indicadores estão distribuídos entre as Dimensões Política/estratégica, Cultural, Econômica, Ambiental e Social. Projetos em andamento: Desenvolvimento da ferramenta para aplicação do questionário de sustentabilidade. Registro de 2014: Reunião de trabalho da Vertical sobre os indicadores de sustentabilidade, realizada em 07/08/2014, na sede da ACATE Florianópolis/SC

26 Vertical Telecom PAINEL GERAL TOTAL Empresas participantes 16 Empresas participantes não associadas 01 Empresas com Termo de Adesão Firmados à Vertical 14 Novas empresas associadas 0 Empresas com adesão pendente 02 Reuniões ordinárias 10 Reuniões extraordinárias e comissão de projetos 02 Reuniões externas 01 Projetos em andamento 01 Visitas recebidas 0 Participação em eventos 0 Promoção de eventos 01 Empresas que mais participaram da Vertical em 2014: ÍNDICE DE PARTICIPAÇÃO* J. AUSÊNCIA PRESENTE MULTICOM 25% 5 LINK PRECISION 18% 55% SIMB TECNOLOGIA 27% 64% MICROTECH 9% 64% FLIN / LINHA LIVRE 18% 64% CORDIA 27% 73% VIRTUAL OFFICE 18% 82% DÍGITRO TECNOLOGIA 9% 91% * Representam 5 das Empresas da Vertical

27 Reuniões externas: Reunião na Secretaria Estadual de Educação, realizada em agosto/2014 em conjunto com a Vertical Educação, para tratar das demandas para infraestrutura de acesso na área pedagógica. Promoção de Eventos: Promoção do VerticAlmoço sobre Metodologias colaborativas para equipes de trabalho, tema abordado pelo Diretor do SGB Lab (laboratório do programa Social Good Brasil) Guilherme Sarkis, em 01/07/2014. Projetos em andamento: Organização do Workshop com a Diretoria de Governo Eletrônico da Prefeitura Municipal de Florianópolis, previsto para março/15. Registro de 2014: Dinâmica realizada no VerticAlmoço sobre Metodologias colaborativas para equipes de trabalho, realizado no dia 01/07/2014 em Florianópolis/SC

28 Vertical Têxtil PAINEL GERAL TOTAL Empresas participantes 05 Empresas participantes não associadas 0 Empresas com Termo de Adesão Firmados à Vertical 05 Novas empresas associadas 0 Empresas com adesão pendente 0 Reuniões ordinárias 10 Reuniões extraordinárias 04 Reuniões externas 01 Projetos em andamento 01 Visitas recebidas 0 Participação em eventos 0 Promoção de eventos 01 Empresas que mais participaram da Vertical em 2014: ÍNDICE DE PARTICIPAÇÃO* J. AUSÊNCIA PRESENTE AUTOMATIS A 18% 36% FLORYSOFTT 91% AUDACES 9% 91% * Representam 6 das Empresas da Vertical

29 Reuniões externas: Participação de representantes da Vertical na reunião da Câmara de Desenvolvimento da Indústria da Moda da FIESC, realizada em 10/04/2014. Promoção de Eventos: Promoção do 1º Workshop das Indústrias do Vestuário do Oeste Catarinense, realizado em 18/09/2014 em São Miguel do Oeste/SC, que contou com apoio financeiro da FAPESC através da aprovação de proposta em edital do Proeventos da Fundação, e organização em conjunto com o Instituto Federal de Santa Catarina IFSC de São Miguel do Oeste e o Núcleo das Indústrias do Vestuário do Oeste Catarinense - NIVOC. O evento contou com cerca de 110 participantes. Outras atividades: Início das atividades do novo Diretor da Vertical Têxtil, Sr. José Carlos Jeske, em agosto/2014. Projetos em andamento: Alinhamento sobre a segunda edição do Workshop das Indústrias do Vestuário, previsto para maio/2015.

30 Diretoria Verticais de Negócios DIRETORIA VERTICAIS DE NEGÓCIOS Conforme o 20º artigo do Regimento Interno das Verticais de Negócios da ACATE, compete ao Diretor das Verticais: a) Cumprir e fazer cumprir o regimento; b) Mediar as reuniões das Verticais; c) Convocar reuniões ordinárias e extraordinárias; d) Reportar à Diretoria da ACATE o andamento das atividades nas Verticais; e) Executar as deliberações do Comitê de Ética e Regulação; f) Articular o relacionamento das verticais com empresas, instituições e indivíduos externos; g) Prestar atendimento aos representantes das empresas-membro das Verticais; h) Divulgar as ações e acontecimentos de interesse das Verticais. Neste sentido, a Diretoria da ACATE vem trabalhando intensamente na gestão e desenvolvimento das Verticais de Negócios. Para isso, no ano de 2014 foram realizadas 5 reuniões ordinárias de Diretoria, que visaram alinhar os objetivos de cada grupo e os projetos em andamento, bem como estabelecer estratégias conjuntas para a evolução das atividades e dos objetivos estratégicos da Associação. Dentre as estratégias delineadas, a que mais se destacou foi o alinhamento de projetos integradores entre todas as Verticais. Visando atingir essa necessidade, bem como um dos objetivos estratégicos da ACATE, deu-se andamento ao projeto da Universidade Corporativa ACATE. Através do diagnóstico realizado, pode-se identificar as seguintes necessidades das empresas de tecnologia: desenvolvimento de produtos, implantação, comercial/vendas, além de gestão em paralelo. Para 2015, pretende-se dar continuidade ao projeto, que tem sido apoiado pela Vertical Educação. Além disso, a Diretoria trabalhou em conjunto para a reestruturação da nova forma de atuação da Vertical Governo, que hoje é tida como uma transversal entre todas as Verticais. Foi também estabelecida a pauta política da ACATE, que concentra as principais demandas governamentais das empresas de base tecnológica. A Diretoria também discutiu sobre os meios de comunicação da ACATE, como site, hotsites das Verticais, Rede Social, etc, e está sendo desenvolvido um novo plano de comunicação da Associação, visando melhorar os aspectos destacados em reuniões, como maior divulgação das atividades das Verticais e da ACATE, e fomento a maior interação dos associados nas redes sociais em Destaca-se também, a alteração da Diretoria de três Verticais em 2014, sendo elas: Vertical Governo, com início do Diretor Marcos Luiz Marchezan em abril; Vertical Têxtil, com início do Diretor José Carlos Jeske em agosto; Vertical Segurança, com início do Diretor Reginaldo Corrêa de Sousa em setembro.

31 Mandato Diretores: VERTICAL ESTRUTURAÇÃO DIRETOR INÍCIO DO MANDATO Agronegócios out/2010 Clóvis Rossi mar/2013 Cloud Computing fev/2013 Adilson Silveira fev/2013 Educação ago/2010 Silvio Kotujansky ago/2010 Energia dez/2009 Ricardo Grassmann jun/2012 Games nov/2010 Dennis Kerr Coelho nov/2010 Governo fev/2011 Marcos Luiz Marchezan abr/2014 Manufatura fev/2013 Rafael Mantovani Bottós fev/2013 Saúde fev/2010 Walmoli Gerber Jr. out/2013 Segurança dez/2009 Reginaldo Corrêa de Sousa set/2014 Sustentabilidade out/2011 Gerson Luiz Zimmer out/2011 Telecom dez/2009 Anilton Valverde Domingos Jr. jan/2013 Têxtil set/2010 José Carlos Jeske ago/2014 Registro de 2014: Confraternização de Final de Ano em 12/12/2014 na Cantina Sangiovese

32 Painel Geral Dados Consolidados em 2014 PAINEL GERAL VERTICAIS DE NEGÓCIOS ACATE DADOS CONSOLIDADOS EM 2014 DADOS GERAIS TOTAL Total de participações 149 Total de empresas participantes 126 Empresas participantes não associadas* 08 Total de Termos de Adesão Firmados 128 Total de empresas formalmente aderidas ** 108 Empresas aderidas em mais de uma vertical 16 Novas empresas associadas à ACATE em função das Verticais 10 Novas adesões no ano 15 Reuniões ordinárias realizadas no ano 119 Reuniões extraordinárias realizadas no ano 60 Projetos em andamento 12 Visitas recebidas 14 Participação em eventos 10 Promoção de eventos (incluindo todos os VerticAlmoços) 19 * De acordo com o Regimento Interno das Verticais, empresas não associadas podem participar de até 3 reuniões ordinárias. ** Existem 16 empresas que participam de mais de uma Vertical, somando mais 20 termos de adesão.

33 Verticais de Negócios - INDICADORES 2014 INDICADORES 2014 Evolução das participações das empresas por vertical de 2013 para 2014: PARTICIPAÇÕES VERTICAIS Participações Verticais Dezembro/ Participações Verticais Dezembro/2014 Evolução das adesões das empresas por vertical de 2013 para 2014: ADESÕES VERTICAIS Adesões Verticais Dezembro/ Adesões Verticais Dezembro/

34 Total de empresas participantes das Verticais: 2014: EMPRESAS PARTICIPANTES DAS VERTICAIS 18 Total de Empresas Aderidas 108 Empresas Participantes ainda não Aderidas Número de reuniões ordinárias/extraordinárias e eventos realizados por vertical: VERTICAIS: REUNIÕES & EVENTOS Reuniões Ordinárias Reuniões Extraordinárias Participação em Eventos Promoção de Eventos

35 COLETA ANUAL DE INDICADORES COLETA ANUAL DE INDICADORES A Coleta de Indicadores das empresas participantes das Verticais de Negócios da ACATE é uma atividade anual que visa acompanhar o crescimento das empresas, bem como identificar os setores com maior crescimento, e aqueles cuja participação nas Verticais têm auxiliado no desenvolvimento das empresas. Além disso, é o principal instrumento de dados do setor da Associação, visto que hoje são poucos os dados públicos oferecidos pelo governo do Estado sobre o setor de Tecnologia da Informação e Comunicação. A pesquisa realizada em 2014, que coletou os dados de 2013 das empresas participantes, contou com o preenchimento de 89 empresas das Verticais, sendo que 67 delas haviam também preenchido a coleta do ano anterior, o que permitiu à ACATE evidenciar o crescimento dessas empresas acima da média do setor de tecnologia no Estado. A média de crescimento em faturamento das empresas de tecnologia em Santa Catarina considerando o período de 2012 a 2013 foi de 2, já as empresas participantes das Verticais tiveram um crescimento de quase 38%. O volume de recursos públicos captados como fomento para PD&I também cresceu, porém o número ainda é muito pequeno, e representa um dos gargalos do setor: a carência por mais recursos que estimulem o investimento em inovação nas diferentes fases da vida da empresa. Por outro lado, o levantamento mostrou expansão significativa nos investimentos privados realizados em PD&I, chegando a R$ 36,6 milhões em 2013, o que representa 78% dos investimentos das empresas em PD&I (+ 47,5% em relação ao ano anterior). Em contrapartida, quase não houve alteração no faturamento decorrente de exportação, de R$ 26,6 milhões em 2012 para R$ 26,7 milhões em O resultado ilustra uma perda de competitividade externa do país, já que no âmbito interno o crescimento no mesmo período foi considerado satisfatório. Entre 2012 e 2013, as empresas verticalizadas da ACATE também constaram crescimento de 9,7% no número de colaboradores, passando de colaboradores em 2012 para em Neste período, as organizações investiram R$183,7 milhões em seus colaboradores, o que significa também um ganho social. Mostra de 67 empresas participantes das Verticais que preencheram os indicadores de 2012 e 2013: DADO TAXA DE CRESCIMENTO Faturamento Bruto R$ 472,6 milhões R$ 651,2 milhões + 37,8 % Despesa Anual com Tributos (municipais, estaduais e federais) - R$ 59,1 milhões - Número de Colaboradores ,7% Despesa com Recursos Humanos (salários + encargos) - R$ 183,7 milhões - Investimentos realizados em PD&I R$ 24,8 milhões R$ 36,6 milhões + 47,5 % Recursos Públicos Captados como Fomento para PD&I R$ 4 milhões R$ 10,2 milhões + 153,3% Faturamento decorrente de exportação (26,9% das empresas são exportadoras) R$ 26,6 milhões R$ 26,7 milhões + 0,45 %

36 Dados de 2013 por Vertical de Negócios: FATURAMENTO BRUTO Têxtil (5) Telecom (8) Sustentabilidade (3) Segurança (4) Saúde (16) Manufatura (5) Games (3) Energia (15) Educação (18) Cloud Computing (13) Agronegócios (10) R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ * ( ) número de empresas respondentes Média de faturamento por empresa Têxtil (5) Telecom (8) Sustentabilidade (3) Segurança (4) Saúde (16) Manufatura (5) Games (3) Energia (15) Educação (18) Cloud Computing (13) Agronegócios (10) R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$

37 Verticais de Negócios - DESPESA ANUAL DA EMPRESA COM TRIBUTOS (MUNICIPAIS, ESTADUAIS E FEDERAIS) Têxtil (5) Telecom (8) Sustentabilidade (3) Segurança (4) Saúde (16) Manufatura (5) Games (3) Energia (15) Educação (18) Cloud Computing (13) Agronegócios (10) R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ NÚMERO TOTAL DE COLABORADORES Têxtil (5) Telecom (8) Sustentabilidade (3) Segurança (4) Saúde (16) Manufatura (5) Games (3) Energia (15) Educação (18) Cloud Computing (13) Agronegócios (10) MÉDIA DE COLABORADORES POR EMPRESA Têxtil (5) Telecom (8) Sustentabilidade (3) Segurança (4) Saúde (16) Manufatura (5) Games (3) Energia (15) Educação (18) Cloud Computing (13) Agronegócios (10)

38 DESPESA ANUAL COM RECURSOS HUMANOS (SALÁRIOS + ENCARGOS) Têxtil (5) Telecom (8) Sustentabilidade (3) Segurança (4) Saúde (16) Manufatura (5) Games (3) Energia (15) Educação (18) Cloud Computing (13) Agronegócios (10) R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ Sustentabilidade (3) Manufatura (5) Cloud Computing (13) Agronegócios (10) MÉDIA DE DESPESA ANUAL COM RECURSOS HUMANOS POR EMPRESA Têxtil (5) Telecom (8) Segurança (4) Saúde (16) Games (3) Energia (15) Educação (18) R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$

39 PD&I: INVESTIMENTOS REALIZADOS X RECURSOS CAPTADOS Têxtil (5) Telecom (8) Sustentabilidade (3) Segurança (4) Saúde (16) Manufatura (5) Games (3) Energia (15) Educação (18) Cloud Computing (13) Agronegócios (10) R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ 0 R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ Valor de recursos públicos captados como fomento para PD&I Investimentos realizados em PD&I FATURAMENTO DECORRENTE DE EXPORTAÇÕES Têxtil (2) Telecom (2) Sustentabilidade (0) Segurança (0) Saúde (3) Manufatura (2) Games (1) Energia (7) Educação (0) Cloud Computing (1) Agronegócios (4) R$ R$ R$ 0 R$ 0 R$ R$ R$ R$ 0 R$ R$ R$

40 VERTICALMOÇO VERTICALMOÇOS O VerticAlmoço é um evento mensal de networking promovido pela Associação, que visa promover a integração entre os associados, bem como trazer temas relevantes para discussão. Os encontros são compostos por uma hora de almoço, na qual é fomentado o networking entre os participantes, seguido de uma hora destinada à apresentação de um tema de interesse das empresas associadas, normalmente promovido por uma das Verticais de Negócios. Em 2014 foram promovidos 11 VerticAlmoços cuja média de participantes foi de 65 por evento. Participantes por VerticAlmoço 2014: PARTICIPANTES VERTICALMOÇOS Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro (02)Setembro (30) Outubro Dezembro DATA TEMA PALESTRANTE(S) 18/02 Bitributação de ISS no setor de tecnologia Marcelo Luz Filomeno, Diretor de Tributos Mobiliários da Secretaria Municipal da Fazenda 18/03 Inovação no International Stanford Research Institute Curtis R. Carlson, Ph.D., Presidente e CEO da International Stanford Research Institute (SRI) 01/04 Aniversário 28 Anos ACATE Glauco Arbix, Presidente da FINEP Sergio Gargioni, Presidente da FAPESC Secretário Paulo Bornhausen 06/05 Importação de Produtos e Serviços Wolney Wilmar Andrade, Empresário da área de Comércio Exterior e pós-graduado em Gestão Aduaneira 03/06 Lançamento do Anuário Agronegócio & Tecnologia SC 2014 Everton Gubert, Vice-presidente da ACATE Clóvis Rossi, Diretor da Vertical Agronegócios 01/07 Metodologias Colaborativas para Equipes de Trabalho Guilherme Sarkis, Diretor do SGB Lab (laboratório do programa Social Good Brasil) 05/08 Adequação dos empregadores ao esocial Venture Capital Tereza de Jesus Alves, Diretora do Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis, Assessoramento, Consultoria, Perícias, Informações e Pesquisas da Grande Florianópolis (Sescon) Humberto Matsuda, Sócio da gestora de fundos Performa Investimentos 02/09 Desafios e oportunidades da Lei do Bem Rafael Rocha Levy, Empresário e consultor da Allagi Open Innovation Services 30/09 Como maximizar o valor de mercado de sua empresa Annalisa Blando Dal Zotto e Flávia Macedo dos Anjos Par Mais Planejamento Financeiro 28/10 Oportunidade e Parcerias Sapiens Parque José Eduardo Fiates, Diretor Executivo do Sapiens Parque 02/12 Cloud Computing: reduza custos, aumente a performance e prepare a sua empresa para o futuro Fabio Fraga Machado, Diretor de Tecnologia e Infraestrutura na Data Space Networks & TI Ricardo Araújo, Sócio fundador da Cloud'n Codes, Infra.as e Real TI Sebastian Ferrari, CTO e Co-fundador da Taller

41 Registros de 2014: VerticAlmoço de 01/04/2014 em comemoração aos 28 anos da ACATE VerticAlmoço de 28/10/2014 sobre Oportunidade e Parcerias com o Sapiens Parque

42 CONTATOS CONTATOS Camila Ferreira (48)

RELATÓRIO DE ATIVIDADES

RELATÓRIO DE ATIVIDADES RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2014 1 índice 1) Palavra da Diretoria 2) A ACATE 2.1. Breve Histórico 2.2. Governança 2.3. Estrutura Organizacional 2.4. Missão, Visão, Valores 2.5. Planejamento Estratégico 3)

Leia mais

Ata da 2ª Reunião do Comitê de Petróleo e Gás do Sistema FIESC

Ata da 2ª Reunião do Comitê de Petróleo e Gás do Sistema FIESC Ata da 2ª Reunião do Comitê de Petróleo e Gás do Sistema FIESC Data: 18/04/2013 Horário: 14 às 17h30 Local: Sede do Sistema FIESC Objetivo do Comitê de Petróleo e Gás do Sistema FIESC: Incrementar e Promover

Leia mais

Apresentação Institucional IEL/SC

Apresentação Institucional IEL/SC Apresentação Institucional IEL/SC Natalino Uggioni Joaçaba, 12 de Maio de 2014 IEL NO BRASIL O Sistema Indústria Presente nos 26 estados brasileiros e no Distrito Federal, o Sistema Indústria é composto

Leia mais

ELETROELETRÔNICOS BRASIL

ELETROELETRÔNICOS BRASIL PROJETO SETORIAL ELETROELETRÔNICOS BRASIL O QUE É O PROJETO? O Projeto é uma parceria entre o SINDVEL (Sindicato das Indústrias de Aparelhos Elétricos, Eletrônicos e Similares do Vale da Eletrônica) e

Leia mais

10 anos do Parque Tecnológico da UFRJ XV Encontro da Rede de Incubadoras, Parques e Polos Tecnológicos do Estado do Rio de Janeiro ReINC

10 anos do Parque Tecnológico da UFRJ XV Encontro da Rede de Incubadoras, Parques e Polos Tecnológicos do Estado do Rio de Janeiro ReINC 10 anos do Parque Tecnológico da UFRJ XV Encontro da Rede de Incubadoras, Parques e Polos Tecnológicos do Estado do Rio de Janeiro ReINC Data: 17 e 18 de setembro de 2013 Local: Parque Tecnológico da UFRJ

Leia mais

SERVIÇO BRASILEIRO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS

SERVIÇO BRASILEIRO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS SERVIÇO BRASILEIRO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS PEQUENOS negócios no BRASIL 99% 70% 40% 25% 1% do total de empresas brasileiras da criação de empregos formais da massa salarial do PIB das exportações

Leia mais

APLs como Estratégia de Desenvolvimento: Inovação e conhecimento. CNI e o Projeto de APLs Petróleo e Gás

APLs como Estratégia de Desenvolvimento: Inovação e conhecimento. CNI e o Projeto de APLs Petróleo e Gás APLs como Estratégia de Desenvolvimento: Inovação e conhecimento CNI e o Projeto de APLs Petróleo e Gás Dezembro 2013 Tópicos Cenário P&G Rede de Núcleos de P&G - CNI e Federações Desenvolvimento de APLs

Leia mais

Associação P&D Brasil

Associação P&D Brasil Transformando conhecimento em riqueza, como fazer mais e mais rápido? Associação P&D Brasil Engº Luiz Francisco Gerbase Presidente AP&D Brasil Um país só tem sucesso se contar com uma infraestrutura física,

Leia mais

Apresentação da Proposta de Trabalho aos ICTs e as Empresas

Apresentação da Proposta de Trabalho aos ICTs e as Empresas Apresentação da Proposta de Trabalho aos ICTs e as Empresas 29 abril 2014 Fundamentação Lei da Inovação Nº 10.973, 02 Dez 2004 Regulamentada pelo Decreto Nº 5.563, 11 Out 2005 Artigo 20, do Decreto Nº

Leia mais

Seminário Em Busca da Excelência 2008

Seminário Em Busca da Excelência 2008 Seminário Em Busca da Excelência 2008 IEL/SC - Implementação de sistema de gestão com base nos fundamentos da excelência Natalino Uggioni Maio, 2008 1 IEL em Santa Catarina Integrante da FIESC Federação

Leia mais

NOTA TÉCNICA 0036_V1_2014 REALIZAÇÃO DO ENCONTRO NACIONAL DE COMÉRCIO EXTERIOR ENCOMEX 2014 JARAGUÁ DO SUL

NOTA TÉCNICA 0036_V1_2014 REALIZAÇÃO DO ENCONTRO NACIONAL DE COMÉRCIO EXTERIOR ENCOMEX 2014 JARAGUÁ DO SUL NOTA TÉCNICA 0036_V1_2014 REALIZAÇÃO DO ENCONTRO NACIONAL DE COMÉRCIO EXTERIOR Jaraguá do Sul (SC), Junho de 2014. ALINHAMENTO ESTRATÉGICO Jaraguá Ativa: Cidade inteligente e sustentável, cidade para pessoas.

Leia mais

Atuação das Instituições GTP- APL. Sebrae. Brasília, 04 de dezembro de 2013

Atuação das Instituições GTP- APL. Sebrae. Brasília, 04 de dezembro de 2013 Atuação das Instituições GTP- APL Sebrae Brasília, 04 de dezembro de 2013 Unidade Central 27 Unidades Estaduais 613 Pontos de Atendimento 6.554 Empregados 9.864 Consultores credenciados 2.000 Parcerias

Leia mais

ABDI A 2004 11.080) O

ABDI A 2004 11.080) O Atualizada em 28 de julho de 2010 Atualizado em 28 de julho de 2010 1 ABDI ABDI A Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial foi instituída em dezembro de 2004 com a missão de promover a execução

Leia mais

Inovação, Regulação e Certificação. I CIMES 1º Congresso de Inovação em Materiais e Equipamentos para Saúde

Inovação, Regulação e Certificação. I CIMES 1º Congresso de Inovação em Materiais e Equipamentos para Saúde Inovação, Regulação e Certificação I CIMES 1º Congresso de Inovação em Materiais e Equipamentos para Saúde São Paulo 11/04/2012 ABDI Criada pelo Governo Federal em 2004 Objetivo Objetivos Desenvolver ações

Leia mais

TIControle. Governança Corporativa e Gestão Estratégica no Senado Federal. Doris Peixoto Diretora Geral

TIControle. Governança Corporativa e Gestão Estratégica no Senado Federal. Doris Peixoto Diretora Geral TIControle Governança Corporativa e Gestão Estratégica no Senado Federal Doris Peixoto Diretora Geral 11/04/2012 Tópicos para nossa conversa de hoje A migração da Governança de TI para o nível corporativo

Leia mais

AGENDA. Impacto na Região Linhas Estratégicas

AGENDA. Impacto na Região Linhas Estratégicas AGENDA Como Surgiu Situação Atual Variáveis Importantes Governança Conquistas Impacto na Região Linhas Estratégicas Rodrigo Fernandes Coordenador Executivo da COMTEC Como Surgiu A T.I. surgiu para prover

Leia mais

INSTITUTO FACES DO BRASIL - PLANO DE AÇÃO 2006 DESAFIO 1: CONTRIBUIR PARA A CONSTRUCAO DO SISTEMA PÚBLICO DE CJES NO BRASIL

INSTITUTO FACES DO BRASIL - PLANO DE AÇÃO 2006 DESAFIO 1: CONTRIBUIR PARA A CONSTRUCAO DO SISTEMA PÚBLICO DE CJES NO BRASIL DESAFIO 1: CONTRIBUIR PARA A CONSTRUCAO DO SISTEMA PÚBLICO DE CJES NO BRASIL Faces protocolou no Conselho Nac. de Ecosol e demais órgãos competentes, a nova versão dos P&C's, e, o documento Sistema de

Leia mais

EBT nascente EBT transferida. EBT incubada EBT avaliada CERTI CELTA ACATE MIDI

EBT nascente EBT transferida. EBT incubada EBT avaliada CERTI CELTA ACATE MIDI : UNIVERSIDADE Seleção Competitiva INCUBADORA EBT nascente EBT transferida EBT incubada EBT avaliada PARQUE TECNOLÓGICO EBT (Graduada) Consolidada e Competitiva Pré - Incubação Processo de Incubação de

Leia mais

Com a sua atuação pró-ativa a SUCESU trouxe diversos benefícios em prol do setor que representa no Brasil, podendo destacar:

Com a sua atuação pró-ativa a SUCESU trouxe diversos benefícios em prol do setor que representa no Brasil, podendo destacar: Introdução É grande a parcela da população das nações mais desenvolvidas do mundo que está se organizando em sociedades e associações civis que defendem interesses comuns. Essas pessoas já perceberam que

Leia mais

Esse programa visa a organização contínua e a efetividade do Processo Único de Federação, que contará com a inserção de um edital.

Esse programa visa a organização contínua e a efetividade do Processo Único de Federação, que contará com a inserção de um edital. Esse programa visa a organização contínua e a efetividade do Processo Único de Federação, que contará com a inserção de um edital. Esse terá suas etapas e prazos muito bem definidos, garantindo um processo

Leia mais

FIESP - DECOMTEC INOVAÇÃO TECNOLÓGICA

FIESP - DECOMTEC INOVAÇÃO TECNOLÓGICA FIESP - DECOMTEC INOVAÇÃO TECNOLÓGICA Programa de Inovação Tecnologica FIESP CIESP - SENAI Sede Fiesp 2013 Chave para a competitividade das empresas e o desenvolvimento do país Determinante para o aumento

Leia mais

Instituto Euvaldo Lodi de Santa Catarina IEL/SC

Instituto Euvaldo Lodi de Santa Catarina IEL/SC Instituto Euvaldo Lodi de Santa Catarina IEL/SC Uma estrutura de apoio à Inovação Eliza Coral, Dr. Eng., PMP Outubro, 2010 Diretrizes Organizacionais Missão Contribuir para o desenvolvimento sustentável

Leia mais

Sistema Indústria. 28 Áreas de atuação 730 Unidades de Operação 4 Milhões de matrícula/ano (2014), mais de 57 milhões de alunos capacitados

Sistema Indústria. 28 Áreas de atuação 730 Unidades de Operação 4 Milhões de matrícula/ano (2014), mais de 57 milhões de alunos capacitados Sistema Indústria CNI 27 Federações de Indústrias 1.136 Sindicatos Associados 622.874 Indústrias SENAI SESI IEL 28 Áreas de atuação 730 Unidades de Operação 4 Milhões de matrícula/ano (2014), mais de 57

Leia mais

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL ASSOCIAÇÃO DAS EMPRESAS BRASILEIRAS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO, SOFTWARE E INTERNET ASSESPRO REGIONAL PARANÁ

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL ASSOCIAÇÃO DAS EMPRESAS BRASILEIRAS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO, SOFTWARE E INTERNET ASSESPRO REGIONAL PARANÁ APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL ASSOCIAÇÃO DAS EMPRESAS BRASILEIRAS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO, SOFTWARE E INTERNET ASSESPRO REGIONAL PARANÁ LUÍS MÁRIO LUCHETTA DIRETOR PRESIDENTE GESTÃO 2005/2008 HISTÓRICO

Leia mais

FACULDADE SETE LAGOAS - FACSETE COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO / CPA RELATÓRIO DAS ATIVIDADES DA CPA NO ANO DE 2013

FACULDADE SETE LAGOAS - FACSETE COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO / CPA RELATÓRIO DAS ATIVIDADES DA CPA NO ANO DE 2013 FACULDADE SETE LAGOAS - FACSETE COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO / CPA RELATÓRIO DAS ATIVIDADES DA CPA NO ANO DE 2013 Sete Lagoas Março de 2014 Sumário 1. DADOS DA INSTITUIÇÃO... 4 1.1. Composição da Comissão

Leia mais

TERMO DE ADESÃO. Para participação em Projetos de Promoção de Exportação

TERMO DE ADESÃO. Para participação em Projetos de Promoção de Exportação TERMO DE ADESÃO Para participação em Projetos de Promoção de Exportação A empresa..., de CNPJ n.º..., por seu(s) representante(s) legal(is), adere ao projeto BRAZILIAN PUBLISHERS, proposto à APEX-Brasil

Leia mais

CONSELHO TEMÁTICO DA MICRO, PEQUENA E MÉDIA INDÚSTRIA

CONSELHO TEMÁTICO DA MICRO, PEQUENA E MÉDIA INDÚSTRIA ASSUNTOS TRATADOS Cartilha sobre produtos e serviços bancários para Micro e Pequenos Empresários Apresentação dos cases de sucesso e fracasso no setor da Construção Civil Notícias sobre o Fórum Permanente

Leia mais

Da Ideia ao Recurso: apoio financeiro para Inovação Tecnológica

Da Ideia ao Recurso: apoio financeiro para Inovação Tecnológica Da Ideia ao Recurso: apoio financeiro para Inovação Tecnológica Christimara Garcia CEO Inventta+bgi São Paulo, 29 de abril de 2015 CONTEXTO BRASILEIRO APOIO DIRETO Captação de Recursos Evolução dos desembolsos

Leia mais

Inovação como Estratégia de Negócio. Filipe cassapo, Sistema FIEP Federação das Industrias do Estado do Paraná C2i Centro Internacional de Inovação

Inovação como Estratégia de Negócio. Filipe cassapo, Sistema FIEP Federação das Industrias do Estado do Paraná C2i Centro Internacional de Inovação Inovação como Estratégia de Negócio Filipe cassapo, Sistema FIEP Federação das Industrias do Estado do Paraná C2i Centro Internacional de Inovação Conteúdos Desafios da Competitividade Industrial no PR

Leia mais

Rede CIN CIN MS. Centro Internacional de Negócios FIEMS

Rede CIN CIN MS. Centro Internacional de Negócios FIEMS Rede CIN CIN MS Centro Internacional de Negócios FIEMS O que é a REDE CIN? Coordenada pela Confederação Nacional da Indústria - CNI, e criada com o apoio da Agência Nacional de Promoção de Exportações

Leia mais

Seleção de Empresas para participação em Missões Empresariais em Mercado Internacional:

Seleção de Empresas para participação em Missões Empresariais em Mercado Internacional: CHAMADA EMPRESARIAL N o 01/2014 Seleção de Empresas para participação em Missões Empresariais em Mercado Internacional: Canton Fair China e Feira SIAL Paris Dando continuidade às ações do Programa de Competitividade

Leia mais

Ata de Reunião. Data da Reunião: 02/07/2013 Horário: 10h00min às 18h00min Local: Apex Brasil.

Ata de Reunião. Data da Reunião: 02/07/2013 Horário: 10h00min às 18h00min Local: Apex Brasil. Ata de Reunião 1. IDENTIFICAÇÃO DA REUNIÃO Data da Reunião: 02/07/2013 Horário: 10h00min às 18h00min Local: Apex Brasil. Líder da Reunião: Regina Silvério Telefones: (61) 3426-0785 Ordem do dia: Reunião

Leia mais

Sua empresa mais competitiva! Projeto de Patrocínio EXPEN 2014

Sua empresa mais competitiva! Projeto de Patrocínio EXPEN 2014 Sua empresa mais competitiva! Projeto de Patrocínio EXPEN 2014 1ª FEIRA DO SUL DO BRASIL COM SOLUÇÕES COMPLETAS DE GESTÃO, SERVIÇOS E TECNOLOGIA PARA A SUA EMPRESA Na EXPEN 2014, você encontrará tecnologia,

Leia mais

PLANO DE CAPACITAÇÃO -2008

PLANO DE CAPACITAÇÃO -2008 Coordenadoria de Promoção e Proteção à Saúde-COPROM Núcleo de Vigilância Sanitária PLANO DE CAPACITAÇÃO -2008 PLANO DE CAPACITAÇÃO EM GESTÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS EM SERVIÇOS DE SAÚDE PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO

Leia mais

36 º 27 A 29 DE AGOSTO DE 2014

36 º 27 A 29 DE AGOSTO DE 2014 ENCONTRO 36 º 27 A 29 DE AGOSTO DE 2014 CATARINENSE DE HOSPITAIS GESTÃO HOSPITALAR COM FOCO NA SEGURANÇA DO PACIENTE LOCAL: CENTRO DE CONVENÇÕES CENTROSUL FLORIANÓPOLIS,SC INSCRIÇÕES ABERTAS WWW.AHESC-FEHOESC.COM.BR/ECH

Leia mais

PROGRAMA CATARINENSE DE INOVAÇÃO

PROGRAMA CATARINENSE DE INOVAÇÃO PROGRAMA CATARINENSE DE INOVAÇÃO PROGRAMA CATARINENSE DE INOVAÇÃO O Governo do Estado de Santa Catarina apresenta o Programa Catarinense de Inovação (PCI). O PCI promoverá ações que permitam ao Estado

Leia mais

DE INOVAÇÃO E TECNOLOGIA 52, 102, CEP

DE INOVAÇÃO E TECNOLOGIA 52, 102, CEP DADOS JURÍDICOS O Instituto SAVIESA DE INOVAÇÃO E TECNOLOGIA é uma associação, pessoa jurídica de direito privado, sem fins lucrativos, com sede no município de Vitória, Estado do Espírito Santo, à Rua

Leia mais

ESTRATÉGIA DE FIDELIZAÇÃO

ESTRATÉGIA DE FIDELIZAÇÃO ESTRATÉGIA DE FIDELIZAÇÃO PLANEJAMENTO, SEGMENTAÇÃO E AÇÕES DE PROMOÇÃO CASO ABIHPEC EIXOS ESTRATÉGICOS DO PROJETO DE (Resultado do Workshop out 2008) Objetivos Relacionados: 11 - AUMENTAR A DECLARAÇÃO

Leia mais

INOVA@SC Plataforma de Governo Eletrônico

INOVA@SC Plataforma de Governo Eletrônico INOVA@SC Plataforma de Governo Eletrônico José Eduardo Fiates Marcelo Luz Scheibel Maristela Denise Coelho INTRODUÇÃO INTRODUÇÃO SEGMENTO Tomadores de Decisão de Governo Necessidade de estabelecer planos

Leia mais

Conferência Estadual Paulista de C&TI 12 de abril de 2010 Mesa 1: P&D no setor privado. Sistema de Inovação... Como chegar ao P&D?

Conferência Estadual Paulista de C&TI 12 de abril de 2010 Mesa 1: P&D no setor privado. Sistema de Inovação... Como chegar ao P&D? Conferência Estadual Paulista de C&TI 12 de abril de 2010 Mesa 1: P&D no setor privado Sistema de Inovação... Como chegar ao P&D? Ronald M. Dauscha Agenda - Foco em maturidade de inovação - Serviços para

Leia mais

CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES INICIAIS

CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES INICIAIS LEI Nº 14.830, de 11 de agosto de 2009 Dispõe sobre a criação do Conselho Estadual do Artesanato e da Economia Solidária - CEAES, e adota outras providências. O GOVERNADOR DO ESTADO DE SANTA CATARINA,

Leia mais

Histórico do APL MMeA:

Histórico do APL MMeA: Histórico do APL MMeA: O APL MMeA, na sua recente história iniciada em 2003, tem pelos seus parceiros e empresários, enfrentado os desafios em torno de interesses comuns, sendo um referencial de trabalho,

Leia mais

APRESENTAÇÃO DIRETORIA DE INOVAÇÃO. OFICINA DA INOVAÇÃO

APRESENTAÇÃO DIRETORIA DE INOVAÇÃO. OFICINA DA INOVAÇÃO APRESENTAÇÃO DIRETORIA DE INOVAÇÃO. OFICINA DA INOVAÇÃO Página 1 de 18 ÍNDICE DA PROPOSTA Apresentação da Empresa... 3 Apresentação dos serviços da Oficina da Inovação... 6 Consultoria... 6 Capacitação...

Leia mais

7 Política de investimento direto no Brasil: a internacionalização da economia brasileira

7 Política de investimento direto no Brasil: a internacionalização da economia brasileira 7 Política de investimento direto no Brasil: a internacionalização da economia brasileira Alexandre Petry * A Apex foi criada em 2003, mas funcionava desde 1997 dentro da estrutura do Sebrae. Implementa

Leia mais

PROJETO SETORIAL ELETROELETRÔNICOS BRASIL

PROJETO SETORIAL ELETROELETRÔNICOS BRASIL PROJETO SETORIAL ELETROELETRÔNICOS BRASIL O QUE É O PROJETO? O Projeto é uma parceria entre o SINDVEL (Sindicato das Indústrias de Aparelhos Elétricos, Eletrônicos e Similares do Vale da Eletrônica) e

Leia mais

Instituto Euvaldo Lodi de Santa Catarina

Instituto Euvaldo Lodi de Santa Catarina Instituto Euvaldo Lodi de Santa Catarina Uma estrutura de apoio à Inovação Eliza Coral, Dra. Eng. Março, 2009 Áreas de atuação Estágio Responsável Gestão e Inovação Gestão e Inovação Benchmarking Industrial

Leia mais

Apresentação do APL de TI de Fortaleza 26/11/2008

Apresentação do APL de TI de Fortaleza 26/11/2008 Apresentação do APL de TI de Fortaleza 26/11/2008 Jorge Cysne Alexandre Galindo Roteiro - Panorama do Setor de TI - Principais Realizações - Caracterização do APL - Plano de Desenvolvimento do APL Panorama

Leia mais

REPRESENTAÇÃO REGIONAL DO MCT NO NORDESTE ReNE ORIGEM E PRINCIPAIS AÇÕES

REPRESENTAÇÃO REGIONAL DO MCT NO NORDESTE ReNE ORIGEM E PRINCIPAIS AÇÕES REPRESENTAÇÃO REGIONAL DO MCT NO NORDESTE ReNE ORIGEM E PRINCIPAIS AÇÕES PROPOSTA DE CRIAÇÃO DE UM CONSELHO CONSULTIVO IVON FITTIPALDI CONSECTI, FORTALEZA AGOSTO 2010 1 ORIGEM DECRETO Nº 5.886 DE 06 DE

Leia mais

Novo Mercado de Acesso no Brasil: Bovespa Mais e Bovespa Mais Nível 2

Novo Mercado de Acesso no Brasil: Bovespa Mais e Bovespa Mais Nível 2 Novo Mercado de Acesso no Brasil: Bovespa Mais e Bovespa Mais Nível 2 MERCADO jun/15 E O AMBIENTE PARA IPOS NO BRASIL Confidencial Restrita Confidencial Uso Interno X Público 1 HISTÓRICO DO MERCADO DE

Leia mais

Programa SEBRAE SP & SUCESU-SP de Competitividade da MPE de Software e Serviços da cidade de São Paulo. Organização e Realização

Programa SEBRAE SP & SUCESU-SP de Competitividade da MPE de Software e Serviços da cidade de São Paulo. Organização e Realização Programa SEBRAE SP & SUCESU-SP de Competitividade da MPE de Software e Serviços da cidade de São Paulo Organização e Realização Perfil do Público Alvo Empresários e executivos de MPE de Software e Serviços

Leia mais

2. Disseminar o conhecimento gerado no Instituto Federal do Amazonas.

2. Disseminar o conhecimento gerado no Instituto Federal do Amazonas. Extensão ETENSÃO A implementação da politica de Extensão, no Instituto Federal do Amazonas reafirma a missão deste Instituto e seu comprometimento com o desenvolvimento local e regional promovendo a integração

Leia mais

consultoria empresarial (Re)Estruturação Processos Finanças Estratégia

consultoria empresarial (Re)Estruturação Processos Finanças Estratégia consultoria empresarial (Re)Estruturação Processos Finanças Estratégia Quem Somos Constituída em 2006, no Rio Grande do Sul, a RM2 Consultoria atua em projetos nacionais e internacionais. Analisamos processos,

Leia mais

Gestão de Comunicação Assessoria de Promoção e Inteligência Competitiva

Gestão de Comunicação Assessoria de Promoção e Inteligência Competitiva Gestão de Comunicação Assessoria de Promoção e Inteligência Competitiva Monitoramento das Notícias da UNISUL Dia 30 de julho de 2015 Jornal: Diário do Sul Data: 30/07/15 Editoria: Geral Arilton Barreiros

Leia mais

1ª Conferência Estadual de APLs Oficina Inovação e Sustentabilidade Porto Alegre, 22 de novembro de 2012.

1ª Conferência Estadual de APLs Oficina Inovação e Sustentabilidade Porto Alegre, 22 de novembro de 2012. IEL/RS 1ª Conferência Estadual de APLs Oficina Inovação e Sustentabilidade Porto Alegre, 22 de novembro de 2012. IEL/RS Instituição criada em 1969, vinculada à Confederação Nacional da Indústria CNI. O

Leia mais

ATA DA OCTAGÉSIMA QUARTA REUNIÃO DO CONSELHO CURADOR DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DO NORTE FLUMINENSE DARCY RIBEIRO UENF

ATA DA OCTAGÉSIMA QUARTA REUNIÃO DO CONSELHO CURADOR DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DO NORTE FLUMINENSE DARCY RIBEIRO UENF 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 ATA DA OCTAGÉSIMA QUARTA REUNIÃO DO CONSELHO CURADOR DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DO NORTE FLUMINENSE DARCY RIBEIRO UENF

Leia mais

Experiência: Projeto Rede Nacional de Agentes de Comércio Exterior Redeagentes

Experiência: Projeto Rede Nacional de Agentes de Comércio Exterior Redeagentes Experiência: Projeto Rede Nacional de Agentes de Comércio Exterior Redeagentes Ministério do Desenvolvimento Indústria e Comércio Exterior em parceria com o Ministério do Trabalho e Emprego (através do

Leia mais

Respostas às perguntas frequentes: Chamada Pública MCT/FINEP/AT Inova Empresa PNI/Parques Tecnológicos 02/2013

Respostas às perguntas frequentes: Chamada Pública MCT/FINEP/AT Inova Empresa PNI/Parques Tecnológicos 02/2013 Respostas às perguntas frequentes: Chamada Pública MCT/FINEP/AT Inova Empresa PNI/Parques Tecnológicos 02/2013 Parte 1: Objetivos, instrumentos de apoio e quem pode participar Geral 1.1 Qual o objetivo

Leia mais

Programas de Apoio à Exportação

Programas de Apoio à Exportação INTERCÂMBIO COMERCIAL BRASIL / MERCOSUL Programas de Apoio à Exportação ENCOMEX JARAGUÁ DO SUL Flávio Martins Pimentel Coordenação-Geral de Programas de Apoio à Exportação MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO,

Leia mais

FACULDADES INTEGRADAS IPITANGA FACIIP UNIDADE BAIANA DE ENSINO PESQUISA E EXTENSÃO - UNIBAHIA PERÍODO 2015/2017. Lauro de Freitas - Bahia

FACULDADES INTEGRADAS IPITANGA FACIIP UNIDADE BAIANA DE ENSINO PESQUISA E EXTENSÃO - UNIBAHIA PERÍODO 2015/2017. Lauro de Freitas - Bahia FACULDADES INTEGRADAS IPITANGA FACIIP UNIDADE BAIANA DE ENSINO PESQUISA E ETENSÃO - UNIBAHIA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO - CPA PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DE AUTOAVALIAÇÃO PERÍODO 2015/2017 Lauro de Freitas

Leia mais

Painel Setorial Inmetro Desafios Atuais da Educação a Distância Módulo VI Educação a Distância: com parcerias se faz mais

Painel Setorial Inmetro Desafios Atuais da Educação a Distância Módulo VI Educação a Distância: com parcerias se faz mais Painel Setorial Inmetro Desafios Atuais da Educação a Distância Módulo VI Educação a Distância: com parcerias se faz mais Centro Operacional do Inmetro Xerém/RJ, 31 de julho de 2009 SENAI Grandes Números

Leia mais

APL-TIC/SC. PLATIC 2004-2008 e PLATIC 2010-2013. Valéria Arriero Pereira, M.Eng. Outubro, 2009

APL-TIC/SC. PLATIC 2004-2008 e PLATIC 2010-2013. Valéria Arriero Pereira, M.Eng. Outubro, 2009 APL-TIC/SC PLATIC 2004-2008 e PLATIC 2010-2013 Valéria Arriero Pereira, M.Eng. Outubro, 2009 Consolidação do APL-TIC/SC Ano 2000 Projeto Gargalos Prospecção de demandas para as Cadeias Produtivas de SC.

Leia mais

Manhã 09h00 09h30 Abertura e apresentação das empresas participantes Manhã 09h30 10h30 Painel: Oportunidades e Desafios para a Inovação no Estado de

Manhã 09h00 09h30 Abertura e apresentação das empresas participantes Manhã 09h30 10h30 Painel: Oportunidades e Desafios para a Inovação no Estado de Centro de Referência em Inovação Minas - 2011 Manhã 09h00 09h30 Abertura e apresentação das empresas participantes Manhã 09h30 10h30 Painel: Oportunidades e Desafios para a Inovação no Estado de Minas:

Leia mais

35ª Reunião do CAMARA SETORIAL DA CADEIA PRODUTIVA DA CACHAÇA

35ª Reunião do CAMARA SETORIAL DA CADEIA PRODUTIVA DA CACHAÇA 35ª Reunião do CAMARA SETORIAL DA CADEIA PRODUTIVA DA CACHAÇA Brasília, 22 de outubro de 2013 Convênio SENAC-SP - curso de formação do Sommelier especializado em Cachaças Capacitar Sommeliers com ênfase

Leia mais

Plano de Ação 2011-2012. Preparado para: Site da Apimec Rio Abr/2011

Plano de Ação 2011-2012. Preparado para: Site da Apimec Rio Abr/2011 Plano de Ação 2011-2012 Preparado para: Site da Apimec Rio Abr/2011 Sumário Introdução Resultados 2010 Estrutura Organizacional Plano de Ação 2011 Assuntos Gerais IPTU da Sede Contribuição Nacional Assessoria

Leia mais

Gestão 2013-2017. Plano de Trabalho. Colaboração, Renovação e Integração. Eduardo Simões de Albuquerque Diretor

Gestão 2013-2017. Plano de Trabalho. Colaboração, Renovação e Integração. Eduardo Simões de Albuquerque Diretor Gestão 2013-2017 Plano de Trabalho Colaboração, Renovação e Integração Eduardo Simões de Albuquerque Diretor Goiânia, maio de 2013 Introdução Este documento tem por finalidade apresentar o Plano de Trabalho

Leia mais

Fórum e Exposição Energias Renováveis e Alternativas no Cone Sul- ERACS

Fórum e Exposição Energias Renováveis e Alternativas no Cone Sul- ERACS Fórum e Exposição Energias Renováveis e Alternativas no Cone Sul- ERACS Apresentação O Fórum e Exposição Energias Renováveis e Alternativas no Cone Sul- ERACS ocorrerá nos dias 13, 14 e 15 de outubro de

Leia mais

A importância da representatividade empresarial na consolidação de Parques Tecnológicos: o caso do Parque Tecnológico de Belo Horizonte

A importância da representatividade empresarial na consolidação de Parques Tecnológicos: o caso do Parque Tecnológico de Belo Horizonte A importância da representatividade empresarial na consolidação de Parques Tecnológicos: o caso do Parque Tecnológico de Belo Horizonte Douglas A. G. Vieira; Matheus A. Brito; Henrique Pereira; Guilherme

Leia mais

O potencial do Rio Grande do Sul na indústria de Petróleo, Gás, Naval e Offshore. Comitê de Competitividade em Petróleo, Gás, Naval e Offshore

O potencial do Rio Grande do Sul na indústria de Petróleo, Gás, Naval e Offshore. Comitê de Competitividade em Petróleo, Gás, Naval e Offshore O potencial do Rio Grande do Sul na indústria de Petróleo, Gás, Naval e Offshore Comitê de Competitividade em Petróleo, Gás, Naval e Offshore Porto Alegre, 27 de julho de 2011 Panorama Brasileiro Novo

Leia mais

BALANÇO PARTICIPAÇÃO ABIMED FEIRA HOSPITALAR 2008 ÍNDICE

BALANÇO PARTICIPAÇÃO ABIMED FEIRA HOSPITALAR 2008 ÍNDICE 1 BALANÇO PARTICIPAÇÃO ABIMED FEIRA HOSPITALAR 2008 ÍNDICE 1. Apresentação 2. Plenária Abimed 3. Atividades no Estande Abimed - Perfil dos Visitantes 4. Outros Eventos Paralelos Jantar de 15 anos da Hospitalar

Leia mais

Seminário e ARENA DE SOLUÇÕES EM TECNOLOGIA EDUCACIONAL. Congresso e Arena de Soluções. Secretaria do Estado da Educação

Seminário e ARENA DE SOLUÇÕES EM TECNOLOGIA EDUCACIONAL. Congresso e Arena de Soluções. Secretaria do Estado da Educação Congresso e Arena de Soluções 12 13 de Fevereiro de 2014 - João Pessoa Paraíba Seminário e ARENA DE SOLUÇÕES EM TECNOLOGIA EDUCACIONAL SEMIN Objetivos do Evento Reunir Líderes em EDUCAÇÃOe TECNOLOGIA das

Leia mais

ATA DA REUNIÃO DA DIRETORIA EXECUTIVA DO IBRI - INSTITUTO BRASILEIRO DE RELAÇÕES COM INVESTIDORES, REALIZADA EM 27 DE OUTUBRO DE 2009, ÀS

ATA DA REUNIÃO DA DIRETORIA EXECUTIVA DO IBRI - INSTITUTO BRASILEIRO DE RELAÇÕES COM INVESTIDORES, REALIZADA EM 27 DE OUTUBRO DE 2009, ÀS ATA DA REUNIÃO DA DIRETORIA EXECUTIVA DO IBRI - INSTITUTO BRASILEIRO DE RELAÇÕES COM INVESTIDORES, REALIZADA EM 27 DE OUTUBRO DE 2009, ÀS 18h30, VIA TELECONFERÊNCIA. PARTICIPANTES: Geraldo Soares, Ricardo

Leia mais

Fundo Criatec II. Press Release. 1 O Projeto CRIATEC do BNDES. 2 O Fundo CRIATEC I. 3 O Fundo Criatec II. Rio de Janeiro, 14 de novembro de 2013

Fundo Criatec II. Press Release. 1 O Projeto CRIATEC do BNDES. 2 O Fundo CRIATEC I. 3 O Fundo Criatec II. Rio de Janeiro, 14 de novembro de 2013 1 O Projeto CRIATEC do BNDES Fundo Criatec II Press Release Rio de Janeiro, 14 de novembro de 2013 Em Dezembro de 2006, a Diretoria do BNDES aprovou a criação do Programa CRIATEC, focado no apoio às empresas

Leia mais

INSTRUMENTOS DE DESENVOLVIMENTO DAS MPEs OFERTADOS PELO SEBRAE. Palestra para o Conselho Regional de Administração

INSTRUMENTOS DE DESENVOLVIMENTO DAS MPEs OFERTADOS PELO SEBRAE. Palestra para o Conselho Regional de Administração INSTRUMENTOS DE DESENVOLVIMENTO DAS MPEs OFERTADOS PELO SEBRAE Palestra para o Conselho Regional de Administração 1 O QUE É O SEBRAE? 2 O Sebrae O Serviço de Apoio às Micros e Pequenas Empresas da Bahia

Leia mais

INSTITUTO NACIONAL DE TELECOMUNICAÇÕES COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL INTERNA

INSTITUTO NACIONAL DE TELECOMUNICAÇÕES COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL INTERNA INSTITUTO NACIONAL DE TELECOMUNICAÇÕES COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL INTERNA RELATÓRIO FINAL DE AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL INTERNA PERÍODO DE REFERÊNCIA: 2011 SANTA RITA DO SAPUCAÍ

Leia mais

Criação e Implantação de um Núcleo de Inteligência Competitiva Setorial para o Setor de Farmácias de Manipulação e Homeopatia.

Criação e Implantação de um Núcleo de Inteligência Competitiva Setorial para o Setor de Farmácias de Manipulação e Homeopatia. Criação e Implantação de um Núcleo de Inteligência Competitiva Setorial para o Setor de Farmácias de Manipulação e Homeopatia Elisabeth Gomes 6º Conferencia Anual de Inteligência Competitiva IBC São Paulo

Leia mais

Produto 06: Divulgação do Planejamento Estratégico

Produto 06: Divulgação do Planejamento Estratégico Produto 06: Divulgação do Planejamento Estratégico IFES Instituto Federal do Espírito Santo Vitória-ES, maio de 2014. 1. APRESENTAÇÃO O presente documento corresponde ao produto06 Evento de Divulgação

Leia mais

Este briefing contém atividades que deverão ser desenvolvidas durante o convênio supracitado.

Este briefing contém atividades que deverão ser desenvolvidas durante o convênio supracitado. Briefing Prestação de Serviços de Comunicação e Marketing para o Instituto Nacional do Plástico Programa de Incentivo à Exportação Think Plastic Brazil Introdução Este briefing propõe e organiza as ações

Leia mais

Projeto de Inovação Tecnológica - (PIT) da Câmara Brasileira da Indústria da Construção. Projeto 6 Capacitação para a Inovação

Projeto de Inovação Tecnológica - (PIT) da Câmara Brasileira da Indústria da Construção. Projeto 6 Capacitação para a Inovação Projeto de Inovação Tecnológica - (PIT) da Câmara Brasileira da Indústria da Construção Projeto 6 Capacitação para a Inovação Vicente Mattos Sinduscon-BA Coordenador Geral: Equipe Técnica Vicente Mattos

Leia mais

Centro Internacional de Inovação. Ronald Dauscha

Centro Internacional de Inovação. Ronald Dauscha Centro Internacional de Inovação Ronald Dauscha V Encontro da Rota MM (24.11.2010, CIETEP) C2i Centro Internacional de Inovação Ronald M. Dauscha, Sistema FIEP Federação das Indústrias do Estado do Paraná

Leia mais

ATA DA 28ª REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO DELIBERATIVO REALIZADA EM 25 DE JUNHO DE

ATA DA 28ª REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO DELIBERATIVO REALIZADA EM 25 DE JUNHO DE DATA, HORA E LOCAL: Às nove horas e doze minutos do vigésimo quinto dia do mês de junho do ano de dois mil e quinze, na sala de reuniões da sede da Funpresp-Exe. PRESENÇAS: Sr. Dyogo Henrique de Oliveira,

Leia mais

Workshop para Criação de Projetos para o Desenvolvimento de uma Indústria de Jogos Digitais no Brasil 28 e 29 de julho de 2011 Local:BNDES

Workshop para Criação de Projetos para o Desenvolvimento de uma Indústria de Jogos Digitais no Brasil 28 e 29 de julho de 2011 Local:BNDES Workshop para Criação de Projetos para o Desenvolvimento de uma Indústria de Jogos Digitais no Brasil 28 e 29 de julho de 2011 Local:BNDES MDIC/BNDES/FEEVALE Sumário Executivo Este documento apresenta

Leia mais

ARRANJO PRODUTIVO LOCAL DO SETOR METAL MECÂNICO DO GRANDE ABC

ARRANJO PRODUTIVO LOCAL DO SETOR METAL MECÂNICO DO GRANDE ABC ARRANJO PRODUTIVO LOCAL DO SETOR METAL MECÂNICO DO GRANDE ABC TERMO DE REFERÊNCIA Nº 002/2009 SERVIÇOS DE CONSULTORIA DE COORDENAÇÃO DO PROJETO Contatos Luiz Augusto Gonçalves de Almeida (Relações Institucionais)

Leia mais

Seminário e ARENA DE SOLUÇÕES EM TECNOLOGIA EDUCACIONAL. Congresso e Arena de Soluções. Secretaria do Estado da Educação

Seminário e ARENA DE SOLUÇÕES EM TECNOLOGIA EDUCACIONAL. Congresso e Arena de Soluções. Secretaria do Estado da Educação Congresso e Arena de Soluções 12 13 de Fevereiro de 2014 - João Pessoa Paraíba Seminário e ARENA DE SOLUÇÕES EM TECNOLOGIA EDUCACIONAL SEMIN Objetivos do Evento Reunir Líderes em EDUCAÇÃOe TECNOLOGIA das

Leia mais

NOTÍCIAS ACONTECE NOS ESCRITÓRIOS SETORIAIS DE GESTÃO ESTRATÉGICA

NOTÍCIAS ACONTECE NOS ESCRITÓRIOS SETORIAIS DE GESTÃO ESTRATÉGICA NOTÍCIAS ACONTECE NOS ESCRITÓRIOS SETORIAIS DE GESTÃO ESTRATÉGICA NOTÍCIAS ACONTECE NOS ESCRITÓRIOS SETORIAIS DE GESTÃO ES- TRATÉGICA Escritório Setorial de Gestão Estratégica da Diretoria Administrativa

Leia mais

Projeto 6 Capacitação para a Inovação

Projeto 6 Capacitação para a Inovação Projeto de Inovação Tecnológica - (PIT) da Câmara Brasileira da Indústria da Construção Projeto 6 Capacitação para a Inovação Vicente Mattos SINDUSCON-BA Equipe Técnica Coordenador Geral: Vicente Mário

Leia mais

RELATO DAS SESSÕES ESPAÇO EXPERIÊNCIA

RELATO DAS SESSÕES ESPAÇO EXPERIÊNCIA RELATO DAS SESSÕES ESPAÇO EXPERIÊNCIA ESPAÇO EXPERIÊNCIA EMPRESA Sala: 701 - Quinta-feira 26/10/2011 16:40 às 18:00 Coordenador: Leandro Antonio de Lemos - Diretor da Agência de Gestão de Empreendimentos

Leia mais

Como o CERNE foi construído?

Como o CERNE foi construído? Por que CERNE? O movimento brasileiro de incubadoras vem crescendo a uma taxa expressiva nos últimos dez anos, alcançando uma média superior a 25% ao ano. Atualmente, as incubadoras brasileiras apóiam

Leia mais

Resolução n o 01, de 6 de abril de 2011

Resolução n o 01, de 6 de abril de 2011 Serviço Público Federal MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR CONSELHO NACIONAL DE METROLOGIA, NORMALIZAÇÃO E QUALIDADE INDUSTRIAL CONMETRO Resolução n o 01, de 6 de abril de 2011

Leia mais

CENTRO PARA A COMPETITIVIDADE E INOVAÇÃO APL Aeroespacial e Defesa

CENTRO PARA A COMPETITIVIDADE E INOVAÇÃO APL Aeroespacial e Defesa CENTRO PARA A COMPETITIVIDADE E INOVAÇÃO APL Aeroespacial e Defesa 1 SUMÁRIO CECOMPI HISTÓRICO APL AERO COMPETÊNCIAS TECNOLOGIAS DE GESTÃO 2 CECOMPI Transformando conhecimento em negócio Organização Sem

Leia mais

Consultoria de estratégia empresarial e finanças corporativas

Consultoria de estratégia empresarial e finanças corporativas 1. Institucional Consultoria de estratégia empresarial e finanças corporativas Somos uma consultoria de estratégia empresarial e finanças corporativas, com soluções para decisões operacionais, societárias

Leia mais

MANUAL PARA O PROGRAMA DE INCUBAÇÃO INEAGRO-UFRRJ

MANUAL PARA O PROGRAMA DE INCUBAÇÃO INEAGRO-UFRRJ MANUAL PARA O PROGRAMA DE INCUBAÇÃO INEAGRO-UFRRJ 2009 Índice Introdução...3 O que é Base Tecnológica?...3 O que é o Programa de Incubação?...3 Para quem é o Programa de Incubação?...4 Para que serve o

Leia mais

Grupo 1. Oportunidades

Grupo 1. Oportunidades Grupo Todos nós, de forma direta ou indireta, possuímos relação com atividades, fornecendo produtos e/ou serviços a elas Aumento da carteira de clientes; Possibilidade de oferecer novos serviços/produtos

Leia mais

PROGRAMA ESTADUAL DE FOMENTO AOS ARRANJOS PRODUTIVOS LOCAIS DO ESTADO DE SÃO PAULO

PROGRAMA ESTADUAL DE FOMENTO AOS ARRANJOS PRODUTIVOS LOCAIS DO ESTADO DE SÃO PAULO PROGRAMA ESTADUAL DE FOMENTO AOS ARRANJOS PRODUTIVOS LOCAIS DO ESTADO DE SÃO PAULO Juliana Arnaut de Santana 1 Dalton Siqueira Pitta Marques 2 1 INTRODUÇÃO Com a finalidade de normatizar a atuação do estado

Leia mais

AÇÕES DESENVOLVIDAS PELA ACIAI 2014

AÇÕES DESENVOLVIDAS PELA ACIAI 2014 AÇÕES DESENVOLVIDAS PELA ACIAI 0 PARTICIPAÇÃO EM REUNIÕES/EVENTOS/CURSOS LOCAL PARTICIPANTE No. Part. /jan Assembléia Sicoob Curitiba Rogério /fev Reunião Unimed Aciai Rogerio/Simone 8/fev Pre Assembleia

Leia mais

Avaliação dos Resultados

Avaliação dos Resultados MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR SECRETARIA DE COMÉRCIO E SERVIÇOS FÓRUM PERMANENTE DAS MICROEMPRESAS E PEQUENAS DE PEQUENO PORTE Questionário para Identificação dos Gargalos

Leia mais

POLOS DE INOVAÇÃO Institutos Federais Brasília, junho de 2013

POLOS DE INOVAÇÃO Institutos Federais Brasília, junho de 2013 Ministério da Educação POLOS DE INOVAÇÃO Institutos Federais Brasília, junho de 2013 ATIVIDADE ECONÔMICA (organizações empresariais e comunitárias) IMPACTOS: PD&I Aumento da competitividade industrial

Leia mais

8. Excelência no Ensino Superior

8. Excelência no Ensino Superior 8. Excelência no Ensino Superior PROGRAMA: 08 Órgão Responsável: Contextualização: Excelência no Ensino Superior Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior - SETI O Programa busca,

Leia mais

ATA DA OITAVA REUNIÃO DO COMITÊ TEMÁTICO TECNOLOGIA E INOVAÇÃO

ATA DA OITAVA REUNIÃO DO COMITÊ TEMÁTICO TECNOLOGIA E INOVAÇÃO ATA DA OITAVA REUNIÃO DO COMITÊ TEMÁTICO TECNOLOGIA E INOVAÇÃO Aos doze dias do mês de julho de dois mil e um, reuniram-se no Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, na Esplanada

Leia mais

SELEÇÃO PÚBLICA INCUBADORA TECNOLÓGICA DE CAMPINA GRANDE ITCG/FUNDAÇÃO PARQUE TECNOLÓOGICO DA PARAÍBA 01/2013

SELEÇÃO PÚBLICA INCUBADORA TECNOLÓGICA DE CAMPINA GRANDE ITCG/FUNDAÇÃO PARQUE TECNOLÓOGICO DA PARAÍBA 01/2013 SELEÇÃO PÚBLICA INCUBADORA TECNOLÓGICA DE CAMPINA GRANDE ITCG/FUNDAÇÃO PARQUE TECNOLÓOGICO DA PARAÍBA 01/2013 PROGRAMA DE INCUBAÇÃO DE EMPRESAS INOVADORAS A Diretora Geral da Fundação Parque Tecnológico

Leia mais

REGIMENTO INTERNO. Art.2º - Designação O APL de Software do Oeste Paulista é composto por empresas

REGIMENTO INTERNO. Art.2º - Designação O APL de Software do Oeste Paulista é composto por empresas REGIMENTO INTERNO Este documento regula as relações entre os membros do Arranjo Produtivo Local ( APL) de Software do Oeste Paulista em conformidade com as seguintes normas: Art.1º - Visão e Objetivo O

Leia mais