MANUAL DE PREENCHIMENTO

Save this PDF as:

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MANUAL DE PREENCHIMENTO"

Transcrição

1 MANUAL DE PREENCHIMENTO CONDIÇÕES PARTICULARES DO CONTRATO BTN DE FORNECIMENTO DE ENERGIA ELÉCTRICA V 01/2012 TODOS OS CONTRATOS DEVEM SER PREENCHIDOS COM LETRA MAIÚSCULA E DE FORMA LEGÍVEL, RESPEITANDO O NÚMERO MÁXIMO DE CARACTERES EM CADA UM DOS CAMPOS. EXEMPLO: CAMPO PARA PREENCHIMENTO ATÉ 10 CARACTERES A B C D E CONDIÇÕES PARTICULARES DO CONTRATO BTN DE FORNECIMENTO DE ENERGIA ELÉCTRICA AGENTE COMERCIAL AGENTE COMERCIAL OBRIGATÓRIO FRENTE DO CARTÃO DE COLABORADOR 1. NOME/EMPRESA NIF/NIPC CAE 1 NECESSIDADES ESPECIAIS 2 PRIORITÁRIO 2 PESSOA DE CONTACTO TELEFONE 1 TELEFONE 2 FAX (1) Preenchimento obrigatório para clientes Empresa (2) Será necessário preencher o formulário associado a clientes com necessidades especiais/prioritários NOME/EMPRESA OBRIGATÓRIO CAMPO 2 FACTURA ACTUAL FORNECEDOR NIF/NIPC OBRIGATÓRIO CAMPO 2 FACTURA ACTUAL FORNECEDOR CAE OBRIGATÓRIO SE EMPRESA CERTIDÃO COMERCIAL NECESSIDADES ESPECIAIS OBRIGATÓRIO SE APLICÁVEL PREENCHER FORMULÁRIO AUXILIAR E ANEXAR PRIORITÁRIO OBRIGATÓRIO SE APLICÁVEL PREENCHER FORMULÁRIO AUXILIAR E ANEXAR PESSOA DE CONTACTO OBRIGATÓRIO / NOME DA PESSOA RESPONSÁVEL PELA NEGOCIAÇÃO TELEFONE 1 OBRIGATÓRIO / NOME DA PESSOA RESPONSÁVEL PELA NEGOCIAÇÃO TELEFONE 2 FAX MORADA PONTO DE FORNECIMENTO OBRIGATÓRIO SE APLICÁVEL CAMPO 4 FACTURA ACTUAL FORNECEDOR OBRIGATÓRIO CAMPO 4 FACTURA ACTUAL FORNECEDOR Nº DE PORTA OBRIGATÓRIO SE APLICÁVEL CAMPO 4 FACTURA ACTUAL FORNECEDOR PISO OBRIGATÓRIO SE APLICÁVEL CAMPO 4 FACTURA ACTUAL FORNECEDOR LADO OBRIGATÓRIO SE APLICÁVEL CAMPO 4 FACTURA ACTUAL FORNECEDOR HABITAÇÃO OBRIGATÓRIO SE APLICÁVEL CAMPO 4 FACTURA ACTUAL FORNECEDOR CÓDIGO POSTAL OBRIGATÓRIO CAMPO 4 FACTURA ACTUAL FORNECEDOR LOCALIDADE OBRIGATÓRIO CAMPO 4 FACTURA ACTUAL FORNECEDOR MORADA DE CORRESPONDÊNCIA IGUAL À MORADA PONTO DE FORNECIMENTO IGUAL À MORADA FORNECIMENTO OBRIGATÓRIO SE APLICÁVEL CAMPO 1 FACTURA ACTUAL FORNECEDOR OBRIGATÓRIO SE DIFERENTE DA MORADA DO PONTO DE FORNECIMENTO CAMPO 1 FACTURA ACTUAL FORNECEDOR OBRIGATÓRIO SE DIFERENTE DA MORADA DO PONTO DE FORNECIMENTO CAMPO 1 FACTURA ACTUAL FORNECEDOR Nº DE PORTA OBRIGATÓRIO SE DIFERENTE DA MORADA DO PONTO DE FORNECIMENTO CAMPO 1 FACTURA ACTUAL FORNECEDOR PISO OBRIGATÓRIO SE DIFERENTE DA MORADA DO PONTO DE FORNECIMENTO CAMPO 1 FACTURA ACTUAL FORNECEDOR LADO OBRIGATÓRIO SE DIFERENTE DA MORADA DO PONTO DE FORNECIMENTO CAMPO 1 FACTURA ACTUAL FORNECEDOR HABITAÇÃO OBRIGATÓRIO SE DIFERENTE DA MORADA DO PONTO DE FORNECIMENTO CAMPO 1 FACTURA ACTUAL FORNECEDOR CÓDIGO POSTAL OBRIGATÓRIO SE DIFERENTE DA MORADA DO PONTO DE FORNECIMENTO CAMPO 1 FACTURA ACTUAL FORNECEDOR LOCALIDADE OBRIGATÓRIO SE DIFERENTE DA MORADA DO PONTO DE FORNECIMENTO CAMPO 1 FACTURA ACTUAL FORNECEDOR Documento CONFIDENCIAL para uso exclusivo dos seus colaboradores IBERDROLA 1

2 MORADA SEDE IGUAL À MORADA PONTO DE FORNECIMENTO IGUAL À MORADA DE CORRESPONDÊNCIA IGUAL MORADA FORNECIMENTO IGUAL MORADA CORRESPONDÊNCIA OBRIGATÓRIO SE APLICÁVEL OBRIGATÓRIO SE APLICÁVEL OBRIGATÓRIO SE DIFERENTE DA MORADA PONTO DE FORNECIMENTO E CORRESPONDÊNCIA CERTIDÃO COMERCIAL OBRIGATÓRIO SE DIFERENTE DA MORADA PONTO DE FORNECIMENTO E CORRESPONDÊNCIA CERTIDÃO COMERCIAL Nº DE PORTA OBRIGATÓRIO SE DIFERENTE DA MORADA PONTO DE FORNECIMENTO E CORRESPONDÊNCIA CERTIDÃO COMERCIAL PISO OBRIGATÓRIO SE DIFERENTE DA MORADA PONTO DE FORNECIMENTO E CORRESPONDÊNCIA CERTIDÃO COMERCIAL LADO OBRIGATÓRIO SE DIFERENTE DA MORADA PONTO DE FORNECIMENTO E CORRESPONDÊNCIA CERTIDÃO COMERCIAL HABITAÇÃO OBRIGATÓRIO SE DIFERENTE DA MORADA PONTO DE FORNECIMENTO E CORRESPONDÊNCIA CERTIDÃO COMERCIAL CÓDIGO POSTAL OBRIGATÓRIO SE DIFERENTE DA MORADA PONTO DE FORNECIMENTO E CORRESPONDÊNCIA CERTIDÃO COMERCIAL LOCALIDADE OBRIGATÓRIO SE DIFERENTE DA MORADA PONTO DE FORNECIMENTO E CORRESPONDÊNCIA CERTIDÃO COMERCIAL 2. DADOS DO PONTO DE FORNECIMENTO CPE (CÓDIGO PONTO DE ENTREGA) POTÊNCIA CONTRATADA (KVA) DATA PRETENDIDA PARA INÍCIO DE FORNECIMENTO 3 1,15 5,75 17,25 CONTAGEM 6 2,30 6,90 20,70 TIPO DE INSTALAÇÃO 4 6 CICLO FASES DE RECEÇÃO 6 SIMPLES 3,45 10,35 27,60 TARIFA SOCIAL 5 DOMÉSTICO DIÁRIO MONOFÁSICO BIHORÁRIO 4,60 13,80 34,50 PROVISÓRIO SEMANAL TRIFÁSICO TRIHORÁRIO 41,40 (3) Data meramente indicativa. A entrada em fornecimento com a Iberdrola verificar se á quando estiverem reunidas as condições que resultem na activação do fornecimento. (4) Preenchimento obrigatório se cliente Doméstico ou CPE Provisório ou de Obras (5) Preenchimento obrigatório para cliente Pessoa Singular que tem ou pretende ter Tarifa Social (6) Preenchimento obrigatório se Entrada Directa ou se é pretendida uma alteração CPE (CÓDIGO PONTO DE ENTREGA) OBRIGATÓRIO INICIA POR PT0002,E TERMINA EM DUAS LETRAS, TOTAL 20 CARACTERES CAMPO 5 FACTURA ACTUAL FORNECEDOR DATA PRETENDIDA PARA INICIO DE FORNECIMENTO DATA MERAMENTE INDICATIVA. A ENTRADA EM FORNECIMENTO COM A IBERDROLA VERIFICAR SE Á QUANDO ESTIVEREM REUNIDAS AS CONDIÇÕES QUE RESULTEM NA ACTIVAÇÃO DO FORNECIMENTO. TIPO DE INSTALAÇÃO 4 OBRIGATÓRIO SE DOMÉSTICO TARIFA SOCIAL 5 PRODUTO AINDA NÃO PERMITE CONTRATOS EM TARIFA SOCIAL SUJEITO A VALIDAÇÃO DAS AUTORIDADES COMPETENTES CICLO 3 OBRIGATÓRIO SE É PRETENDIDA UMA ALTERAÇÃO FASES DE RECEPÇÃO 3 OBRIGATÓRIO SE É PRETENDIDA UMA ALTERAÇÃO CONTAGEM 3 OBRIGATÓRIO TER TARIFA SIMPLES NA FACTURA DO ACTUAL FORNECEDOR CAMPO 5 FACTURA ACTUAL FORNECEDOR POTÊNCIA CONTRATADA (KVA/KW) OBRIGATÓRIO ASSINALAR COM X A POTÊNCIA NA FACTURA DO ACTUAL FORNECEDOR CAMPO 5 FACTURA ACTUAL FORNECEDOR 3. CONDIÇÕES ECONÓMICAS Os preços unitários de fornecimento de energia eléctrica e do acesso às redes, bem como as promoções, descontos ou complementos aplicados, encontram se indicados no Anexo com a Referência: CONDIÇÕES ECONÓMICAS REFERÊNCIA DO CAMPANHA FOLHA DE CAMPANHA 6. FACTURAÇÃO E CONDIÇÕES DE PAGAMENTO A periodicidade de facturação e as condições de pagamento estão definidas no Anexo às presentes Condições Particulares, com a referência indicada no ponto 3.. FACTURAÇÃO ELECTRÓNICA DOMICILIAÇÃO BANCÁRIA IBAN FACTURAÇÃO ELECTRÓNICA OBRIGATÓRIO SE PRETENDER ADERIR À FACTURA ELECTRÓNICA OBRIGATÓRIO SE PRETENDER ADERIR À FACTURA ELECTRÓNICA DOMICILIAÇÃO BANCÁRIA OBRIGATÓRIO SE PRETENDE OU SE A CAMPANHA OBRIGA DOMICILIAÇÃO FOLHA DE CAMPANHA IBAN OBRIGATÓRIO SE PRETENDE OU SE A CAMPANHA OBRIGA DOMICILIAÇÃO COMPROVATIVO BANCÁRIO DO 7. URGÊNCIAS ELECTRICAS O cliente declara que pretende aderir ao Serviço de Urgências Eléctricas previsto nas Condições Gerais. URGÊNCIAS ELECTRICAS DISPONÍVEL PARA S DOMÉSTICOS E CONDOMNIOS, NIF S INICIADOS EM 1, 2, 3 E 9 EXCLUIDOS NIFS COLETIVOS E ENI CASO O DESEJE ESTE SERVIÇO É NECESSÁRIO ASSINAR ESTE CAMPO COMO BI. Documento CONFIDENCIAL para uso exclusivo dos seus colaboradores IBERDROLA 2

3 1. ACEITAÇÃO DAS CONDIÇÕES O declara ter recebido, conhecer e aceitar as Condições Gerais (SGPOR ) e o Anexo às presentes Condições Particulares com a referência indicada em 3.. O declara que ao fornecer o seu número internacional de identificação de conta bancária (IBAN), autoriza que o meio de pagamento utilizado seja o débito directo em conta. Como prova de conformidade, o assina o presente contrato composto pelas presentes Condições Particulares, Condições Gerais e Anexo. Em caso de discrepância entre as Condições Gerais e as Condições Particulares, prevalecerão estas sobre aquelas. Assinado em, a de de 20 IBERDROLA ASS.: YAGO R. GARCÍA GASALLA DIRECTOR DE VENDAS BI N.º: Os dados recolhidos são processados automaticamente e são da responsabilidade de IBERDROLA. Destinam se à gestão comercial e administrativa de contratos de fornecimento de energia eléctrica e de gás, prestação de serviços, prospecção em geral e marketing directo relacionado com os serviços de energia. Para efeitos de gestão, poderão ser transmitidos a prestadores de serviços à IBERDROLA. Caso não esteja de acordo com a comunicação e utilização dos dados recolhidos para fins de prospecção geral ou marketing, assinale com uma cruz. DATA DE ASSINATURA OBRIGATÓRIO DATA DE FORMALIZAÇÃO DO CONTRATO ASSINATURA OBRIGATÓRIO PELOS RESPONSÁVEL OU RESPONSÁVEIS DO CONTRATO IGUAL AO DNI (DOCUMENTO NACIONAL DE IDENTIFICAÇÃO) Nº DOCUMENTO IDENTIFICAÇÃO OBRIGATÓRIO CC/BI (CARTÃO CIDADÃO / BILHETE IDENTIDADE) CARIMBO OBRIGATÓRIO SE EMPRESA PROTECÇÃO DE DADOS CASO NÃO PRETENDA A UTILIZAÇÃO DOS DADOS PESSOAIS CONSULTAR FACTURA ACTUAL FORNECEDOR Documento CONFIDENCIAL para uso exclusivo dos seus colaboradores IBERDROLA 3

4 CAMPANHAS EM VIGOR ATÉ 31/12/2012 ANEXO AO CONTRATO BTN DE FORNECIMENTO DE ENERGIA ELÉCTRICA A CAMPANHA COMERCIAL INDICA OS PREÇOS DE ENERGIA, AS TARIFAS DE ACESSO ÀS REDES PARA O NÍVEL DE TENSÃO EM QUESTÃO E AS CONDIÇÕES DE PAGAMENTO A FOLHA DE CAMPANHA COMERCIAL SERVE PARA DAR CONHECIMENTO DAS CONDIÇÕES COMERCIAIS A CONTRATAR, DEVENDO SER APENAS ENTREGUE AO EM CONJUNTO COM A RESPECTIVA CÓPIA DO CONTRATO NA FOLHA DE CAMPANHA COMERCIAL CONSTA O CÓDIGO DE CAMPANHA COMERCIAL QUE TERÁ QUE SER PREENCHIDO NO CONTRATO (COMO REFERIDO ANTERIORMENTE) Documento CONFIDENCIAL para uso exclusivo dos seus colaboradores IBERDROLA 4

5 DOCUMENTAÇÃO OBRIGATÓRIA A ANEXAR AO CONTRATO BTN DE FORNECIMENTO DE ENERGIA ELÉCTRICA AMBAS AS CÓPIAS DO CONTRATO DEVEM SER UMA CÓPIA FIEL DA OUTRA, E SÓ PODERÃO SER ASSINADAS PELO CONTRATANTE APÓS PREENCHIDAS NA SUA GLOBALIDADE. DEVE HAVER CONSENTIMENTO ENTRE AS PARTES CONTRATANTES, E TEM QUE HAVER ACEITAÇÃO DOS DOIS LADOS QUANTO DO CONTRATANTE COMO DO CONTRATADO. NAS SITUAÇÕES EM QUE A INFORMAÇÃO DISPONIBILIZADA PELO PARA PREENCHIMENTO DO RESPECTIVO CAMPO TENHA UM NÚMERO DE CARACTERES SUPERIOR AO MÁXIMO PERMITIDO, DEVERÃO REDUZIR A INFORMAÇÃO, SEMPRE EM CONCORDÂNCIA COM O. SE APLICÁVEL, OS CONTRATOS DEVEM SER PREENCHIDOS DE FORMA RIGOROSA COM A INFORMAÇÃO DISPONÍVEL NA FACTURA DO ANTIGO COMERCIALIZADOR. DEVEM ANEXAR AOS CONTRATOS TODA A DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA E EXIGIDA PELA IBERDROLA PARA VALIDAÇÃO DOS MESMOS SERÃO CONSIDERADOS CONTRATOS VÁLIDOS, TODOS AQUELES QUE REÚNAM TODOS OS PARÂMETROS DE PREENCHIMENTO AQUI DESCRITOS. ANEXAR AO CONTRATO FACTURA ACTUAL FORNECEDOR CC/BI DO(S) SIGNATÁRIO(S) CARTÃO DE CONTRIBUINTE * COMPROVATIVO IBAN/NIB CERTIDÃO COMERCIAL CERTIEL OU CERT. EXP. DGEG ACTA DE PODERES FORMULÁRIO CORRESPONDENTE MUDANÇA COMERCIALIZADOR X X X X PARTICULARES TARIFA SOCIAL X X X X X NECESSIDADES ESPECIAIS X X X X X ENTRADA DIRECTA X X X X X MUDANÇA COMERCIALIZADOR X X X X X EMPRESAS PRIORITÁRIOS X X X X X X ENTRADA DIRECTA X X X X X X CONDOMÍNIOS MUDANÇA COMERCIALIZADOR X X X X X *COMPROVATIVO IBAN/NIB DEVE TER O NOME DO TITULAR DO CONTRATO ( EX. CÓPIA DO CABEÇALHO DO EXTRACTO BANCÁRIO) Documento CONFIDENCIAL para uso exclusivo dos seus colaboradores IBERDROLA 5

Solução Poupança Zurich Solução Investimento Zurich

Solução Poupança Zurich Solução Investimento Zurich olução Poupança Zurich olução Investimento Zurich Proposta de eguro (preencher com maiúsculas) Zonas de cor a preencher pela Zurich Cliente n.º Cliente Associado Mediador Proposta n.º Gestor egócio Cob.

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS E TERMOS DE UTILIZAÇÃO

CONDIÇÕES GERAIS E TERMOS DE UTILIZAÇÃO CONDIÇÕES GERAIS E TERMOS DE UTILIZAÇÃO AVISO AO UTILIZADOR Leia cuidadosamente este contrato. O acesso e uso desta plataforma implica, da sua parte uma aceitação expressa e sem reservas de todos os termos

Leia mais

Instruções para preenchimento de contratos

Instruções para preenchimento de contratos Instruções para preenchimento de contratos Este documento tem como objetivo esclarecer o correto preenchimento dos contratos de emissão e renovação dos certificados digitais qualificados fornecidos pela

Leia mais

Proposta de adesão ao Programa de Comparticipação nos Cuidados de Saúde 2012

Proposta de adesão ao Programa de Comparticipação nos Cuidados de Saúde 2012 澳 門 衛 特 別 生 行 政 局 區 政 府 Governo da Região Administrativa de Macau Serviços de Saúde Proposta de adesão ao Programa de Comparticipação nos Cuidados de Saúde 2012 (1.ª Parte) Unidades Privadas de Saúde que

Leia mais

Instruções para preenchimento de contratos

Instruções para preenchimento de contratos Instruções para preenchimento de contratos Este documento tem como objetivo esclarecer o correto preenchimento dos contratos de emissão e renovação dos certificados digitais qualificados fornecidos pela

Leia mais

proposta de adesão ao serviço facturação repartida (vpn)

proposta de adesão ao serviço facturação repartida (vpn) proposta de adesão ao facturação repartida (vpn) postal - Entre a TMN - Telecomunicações Móveis, S.A., e o cliente vigora um acordo de prestação de telefónico móvel, a que corresponde o cartão do plano

Leia mais

REGULAMENTO DA ACÇÃO ACTIVAÇÃO GIFT CARD Campanha promocional denominada: Oferta de 20 em Gift Cards

REGULAMENTO DA ACÇÃO ACTIVAÇÃO GIFT CARD Campanha promocional denominada: Oferta de 20 em Gift Cards REGULAMENTO DA ACÇÃO ACTIVAÇÃO GIFT CARD Campanha promocional denominada: Oferta de 20 em Gift Cards Artº 1º (Promotora) O Centro Comercial Parque Nascente leva a cabo a campanha promocional Oferta de

Leia mais

Instruções para preenchimento de contratos

Instruções para preenchimento de contratos Instruções para preenchimento de contratos Este documento tem como objetivo esclarecer o correto preenchimento dos contratos de emissão e renovação dos certificados digitais qualificados fornecidos pela

Leia mais

POLÍCIA DE SEGURANÇA PÚBLICA

POLÍCIA DE SEGURANÇA PÚBLICA POLÍCIA DE SEGURANÇA PÚBLICA DIRECÇÃO NACIONAL Plataforma eletrónica Versão 1.0 Departamento de Segurança Privada Abril de 2012 Manual do Utilizador dos Serviços Online do SIGESP Versão 1.0 (30 de abril

Leia mais

Atributos da Proposta e Preço Contratual

Atributos da Proposta e Preço Contratual Atributos da Proposta e Preço Contratual António José da Silva Coutinho, portador do cartão de cidadão nº. 08419828, com domicílio profissional na Rua Castilho, 165, 4º, 1070-050 Lisboa, na qualidade de

Leia mais

Proposta de protocolo Benefícios aos associados

Proposta de protocolo Benefícios aos associados Proposta de protocolo Benefícios aos associados A LUZBOA A LUZBOA Comercialização de Energia Lda é uma empresa de comercialização de electricidade no mercado liberalizado sedeada em Viseu, que opera para

Leia mais

anexo ao pedido de portabilidade e rescisão do contrato

anexo ao pedido de portabilidade e rescisão do contrato pedido de portabilidade e rescisão do contrato ORIGINAL (tmn) 2. INFORMAÇÃO DE CONTACTO Telemóvel contacto 3. DADOS DE PORTABILIDADE MÓVEL E-mail Informamos que, por motivos de portabilidade, pretendemos

Leia mais

Declaração de Instalação, Modificação e de Encerramento dos Estabelecimentos de Restauração ou de Bebidas

Declaração de Instalação, Modificação e de Encerramento dos Estabelecimentos de Restauração ou de Bebidas PRESIDÊNCIA DO CONSELHO DE MINISTROS E MINISTÉRIO DA ECONOMIA E DA INOVAÇÃO ANEXO Declaração de Instalação, Modificação e de Encerramento dos Estabelecimentos de Restauração ou de Bebidas abrangidos pelo

Leia mais

Elementos e documentação exigidos pelos prestadores para a celebração de contratos de serviço telefónico. PT Comunicações

Elementos e documentação exigidos pelos prestadores para a celebração de contratos de serviço telefónico. PT Comunicações http://www.anacom.pt/template12.jsp?categoryid=106159 Elementos e documentação exigidos pelos prestadores para a celebração de contratos de serviço telefónico PT Comunicações Os elementos e documentação

Leia mais

Registo de operadores económicos de Produtos Cosméticos

Registo de operadores económicos de Produtos Cosméticos Manual do Utilizador Registo de operadores económicos de Produtos Cosméticos Manual do Utilizador Manual do Utilizador ÍNDICE 1 INTRODUÇÃO......3 2 ÁREA DO UTILIZADOR... 4 2.1 REGISTO DO UTILIZADOR...

Leia mais

BALCÃO DIGITAL. Manual de Utilização

BALCÃO DIGITAL. Manual de Utilização BALCÃO DIGITAL Manual de Utilização BALCÃO DIGITAL 2 ÍNDICE COMO ADERIR ADESÃO À CARTEIRA DE SERVIÇOS DO BALCÃO DIGITAL ACTIVAÇÃO DA CARTEIRA DE SERVIÇOS DO BALCÃO DIGITAL Contratos Comunicar Leitura Adesão

Leia mais

N.º contrato ou N.º cliente

N.º contrato ou N.º cliente Formulário para a restituição da caução dos contratos dos serviços públicos essenciais (água, eletricidade e gás canalizado) Identificação / Morada de contato Exma. Senhora Diretora-Geral do Consumidor

Leia mais

PROPOSTA DE SEGURO TODOS OS RISCOS DESMONTAGEM, TRANSPORTE E MONTAGEM

PROPOSTA DE SEGURO TODOS OS RISCOS DESMONTAGEM, TRANSPORTE E MONTAGEM PROPOSTA DE SEGURO TODOS OS RISCOS DESMONTAGEM, TRANSPORTE E MONTAGEM INTERNATIONAL COMMERCIAL AND ENGINEERING ICE SEGUROS S.A. 141A Rua José Craveirinha Bairro de Polana Cidade de Maputo Moçambique INSTRUÇÕES

Leia mais

Restituição de cauções aos consumidores de electricidade e de gás natural Outubro de 2007

Restituição de cauções aos consumidores de electricidade e de gás natural Outubro de 2007 Restituição de cauções aos consumidores de electricidade e de gás natural Outubro de 2007 Ponto de situação em 31 de Outubro de 2007 As listas de consumidores com direito à restituição de caução foram

Leia mais

Notas sobre o formulário de pedido de inspecção de processo 1

Notas sobre o formulário de pedido de inspecção de processo 1 INSTITUTO DE HARMONIZAÇÃO NO MERCADO INTERNO (IHMI) Marcas, Desenhos e Modelos Notas sobre o formulário de pedido de inspecção de processo 1 1. Observações gerais 1.1 Utilização do formulário O formulário

Leia mais

contrato de adesão ao serviço faturação repartida, faturação repartida vpn, faturação repartida com diferenciação horária e agenda de contactos

contrato de adesão ao serviço faturação repartida, faturação repartida vpn, faturação repartida com diferenciação horária e agenda de contactos contrato de adesão ao serviço faturação repartida, faturação repartida vpn, faturação repartida com diferenciação horária e agenda de contactos Mod.C/1000127 A preencher pela tmn Nº conta Nº Solicitação

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DE VENDA ONLINE WWW.ZILIANCHOOSE.COM. Artigo 1.º. (Âmbito e Definições)

CONDIÇÕES GERAIS DE VENDA ONLINE WWW.ZILIANCHOOSE.COM. Artigo 1.º. (Âmbito e Definições) CONDIÇÕES GERAIS DE VENDA ONLINE WWW.ZILIANCHOOSE.COM Artigo 1.º (Âmbito e Definições) 1 As presentes condições gerais regulam a venda, incluindo o registo e a encomenda, de produtos através da página/sítio

Leia mais

Área Temática Unidades de Micro-Produção de Electricidade. A) Constituição Formal da Empresa. 1.Empresário em Nome Individual.

Área Temática Unidades de Micro-Produção de Electricidade. A) Constituição Formal da Empresa. 1.Empresário em Nome Individual. Área Temática Unidades de Micro-Produção de Electricidade A) Constituição Formal da Empresa 1.Empresário em Nome Individual Procedimentos: 1.º Passo Pedido de Certificado de Admissibilidade de Firma ou

Leia mais

Movimento Transfronteiriço de Resíduos Lista Verde Desmaterialização do Anexo VII

Movimento Transfronteiriço de Resíduos Lista Verde Desmaterialização do Anexo VII Movimento Transfronteiriço de Resíduos Lista Verde Desmaterialização do Anexo VII Versão 2.4 agosto de 2015 Perfil SILiAmb O perfil de utilizador 3. Pessoa que trata da transferência em Movimentos Transfronteiriços

Leia mais

EXERÍCIOS DE MODELAGEM DE BANCO DE DADOS

EXERÍCIOS DE MODELAGEM DE BANCO DE DADOS EXERÍCIOS DE MODELAGEM DE BANCO DE DADOS Exercício 1 Construa o modelo Entidades-Relacionamentos a partir da seguinte descrição do sistema: Uma empresa de venda de automóveis retende implementar um sistema

Leia mais

1. Objecto e âmbito de aplicação

1. Objecto e âmbito de aplicação As presentes Condições Gerais de Contratação são acordadas entre a Lusodidacta Sociedade Portuguesa de Material Didáctico, Lda, com o número de pessoa colectiva e matrícula na Conservatória do Registo

Leia mais

2. Duração do Passatempo O Passatempo Ainda se Lembra decorre de 4 de Novembro de 2013 a 1 de Dezembro de 2013 (inclusive).

2. Duração do Passatempo O Passatempo Ainda se Lembra decorre de 4 de Novembro de 2013 a 1 de Dezembro de 2013 (inclusive). 1.Passatempo Ainda se Lembra O promotor da presente promoção é a Mundicenter II Gestão de Espaços Comerciais, S.A., com sede no Spacio Shoppig, Rua Cidade de Bolama, Nº4 1800-079 Lisboa Portugal, doravante

Leia mais

ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE BANCOS GUIA PARA A MOBILIDADE DE SERVIÇOS BANCÁRIOS

ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE BANCOS GUIA PARA A MOBILIDADE DE SERVIÇOS BANCÁRIOS ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE BANCOS GUIA PARA A MOBILIDADE DE SERVIÇOS BANCÁRIOS simplifica Como nasce este Guia O presente Guia baseia-se nos Princípios Comuns Para a Mobilidade de Serviços Bancários", adoptados

Leia mais

OPÇÃO 1 - preenchimento electrónico (método aconselhado): 1. Na página inicial do site www.oreyitrade.com, clique no botão ABRA UMA CONTA REAL :

OPÇÃO 1 - preenchimento electrónico (método aconselhado): 1. Na página inicial do site www.oreyitrade.com, clique no botão ABRA UMA CONTA REAL : OPÇÃO 1 - preenchimento electrónico (método aconselhado): 1. Na página inicial do site www.oreyitrade.com, clique no botão ABRA UMA CONTA REAL : 2. De seguida terá acesso a um formulário, dividido em 4

Leia mais

REGULAMENTO DO CONCURSO: MACAU

REGULAMENTO DO CONCURSO: MACAU REGULAMENTO DO CONCURSO: MACAU 1.- Entidade organizadora. - A entidade organizadora deste concurso é a empresa Vacaciones edreams, S.L. Sociedad Unipersonal (a partir desde momento designada como edreams),

Leia mais

PLANO BÁSICO CASA/PME ANEXO AO CONTRATO BTN DE FORNECIMENTO DE ENERGIA ELÉTRICA

PLANO BÁSICO CASA/PME ANEXO AO CONTRATO BTN DE FORNECIMENTO DE ENERGIA ELÉTRICA PLANO BÁSICO CASA/PME ANEXO AO CONTRATO BTN DE FORNECIMENTO DE ENERGIA ELÉTRICA Parte III - FORNECIMENTO DE ELETRICIDADE VALENCIANO CATALÁN / MALLORQUÍN EUSKERA VALENCIANO CPE Consultar detalhe no contrato

Leia mais

Adesão ao Serviço MB WAY

Adesão ao Serviço MB WAY Adesão ao Serviço MB WAY 1) Objecto Pelo presente contrato, o Banco Santander Totta SA obriga-se a prestar ao Utilizador o Serviço MB WAY, nas condições e termos regulados nas cláusulas seguintes, e o

Leia mais

PROJECTO DE REGULAMENTO DE ATRIBUIÇÃO DO CARTÃO MUNICIPAL DO DEFICIENTE

PROJECTO DE REGULAMENTO DE ATRIBUIÇÃO DO CARTÃO MUNICIPAL DO DEFICIENTE PROJECTO DE REGULAMENTO DE ATRIBUIÇÃO DO CARTÃO MUNICIPAL DO DEFICIENTE NOTA JUSTIFICATIVA Art.º 1.º DEFINIÇÃO No âmbito das actividades de interesse municipal, compete às câmaras municipais prestar apoio

Leia mais

REGULAMENTO DO CONCURSO: MACAU

REGULAMENTO DO CONCURSO: MACAU REGULAMENTO DO CONCURSO: MACAU 1.- Entidade organizadora. - A entidade organizadora deste concurso é a empresa Vacaciones edreams, S.L. Sociedad Unipersonal (a partir desde momento designada como edreams),

Leia mais

GUIA PRÁTICO ARRENDAMENTO DE IMÓVEIS POR AJUSTE DIRETO

GUIA PRÁTICO ARRENDAMENTO DE IMÓVEIS POR AJUSTE DIRETO GUIA PRÁTICO ARRENDAMENTO DE IMÓVEIS POR AJUSTE DIRETO INSTITUTO DE GESTÃO FINANCEIRA DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P. Pág. 1/13 FICHA TÉCNICA TÍTULO Guia Prático Arrendamento de Imóveis por Ajuste Direto PROPRIEDADE

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE FIDELIZAÇÃO DO CARTÃO ZILIAN PROPRIEDADE E EMISSÃO

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE FIDELIZAÇÃO DO CARTÃO ZILIAN PROPRIEDADE E EMISSÃO REGULAMENTO DO PROGRAMA DE FIDELIZAÇÃO DO CARTÃO ZILIAN PROPRIEDADE E EMISSÃO 1. O CARTÃO ZILIAN é válido nos estabelecimentos comerciais Zilian, pertencentes ao Grupo Mar Capital, SGPS, SA, adiante designados

Leia mais

Documentos. Aplicável nos casos de pedidos de admissão a concurso para atribuição de licenças de guardas-nocturnos 11- Duas fotografias (tipo passe);

Documentos. Aplicável nos casos de pedidos de admissão a concurso para atribuição de licenças de guardas-nocturnos 11- Duas fotografias (tipo passe); (A preencher pelos serviços) Ex.mo(a) Senhor(a) Presidente da Câmara Municipal de Odivelas Processo n.º Pedido de Licenciamento da Actividade de Guarda-nocturno (Decreto-Lei n.º 310/2002, de 18/12, conjugado

Leia mais

SEGURO EMPREGADA DOMÉSTICA

SEGURO EMPREGADA DOMÉSTICA SEGURO EMPREGADA DOMÉSTICA Se tem empregada(o) doméstica(o) é legalmente responsável pelas consequências de qualquer acidente que lhe aconteça durante o período de trabalho em sua casa. Porque se trata

Leia mais

Perguntas e respostas frequentes. Extinção das Tarifas Reguladas Eletricidade e Gás Natural

Perguntas e respostas frequentes. Extinção das Tarifas Reguladas Eletricidade e Gás Natural Perguntas e respostas frequentes Extinção das Tarifas Reguladas Eletricidade e Gás Natural 1. O que significa a extinção das tarifas reguladas? A extinção de tarifas reguladas significa que os preços de

Leia mais

REGULAMENTO DO CONCURSO PARA OS NINHOS DE EMPRESAS DO PORTO

REGULAMENTO DO CONCURSO PARA OS NINHOS DE EMPRESAS DO PORTO REGULAMENTO DO CONCURSO PARA OS NINHOS DE EMPRESAS DO PORTO 1 ÂMBITO DO CONCURSO 1.1 O concurso é público e destina-se à ocupação dos gabinetes dos Ninhos de Empresas do Porto e de Lisboa. 1.2 Podem candidatar-se

Leia mais

Regulamento Concurso - O Futuro é Agora

Regulamento Concurso - O Futuro é Agora Concurso Publicitário nº 43/2015 autorizado pela Secretaria - Geral do Ministério da Administração Interna Prémios não convertíveis em dinheiro. Regulamento Concurso - O Futuro é Agora 1. Definições 1.1

Leia mais

REGULAMENTO PRÉMIO DE PINTURA COVIRAN-PORTUGAL

REGULAMENTO PRÉMIO DE PINTURA COVIRAN-PORTUGAL REGULAMENTO PRÉMIO DE PINTURA COVIRAN-PORTUGAL PRIMEIRA.- EMPRESA ORGANIZADORA COVIRAN SOCIEDADE COOPERATIVA ANDALUZA, SUCURSAL EM PORTUGAL (dorovante COVIRÁN PORTUGAL), Pessoa Colectiva n.º 980435161,

Leia mais

VISTO ORDINÁRIO (Pessoas Singulares ou Colectivas)

VISTO ORDINÁRIO (Pessoas Singulares ou Colectivas) VISTO ORDINÁRIO (Pessoas Singulares ou Colectivas) Documentos necessários: R G I ESTRNG e O Ã E Ç IRO Passaporte com validade superior a 9 meses e 2 folhas seguidas livres para a aposição do visto; S Duas

Leia mais

Certificação da Qualidade dos Serviços Sociais. Procedimentos

Certificação da Qualidade dos Serviços Sociais. Procedimentos Certificação da Qualidade dos Serviços Sociais EQUASS Assurance Procedimentos 2008 - European Quality in Social Services (EQUASS) Reservados todos os direitos. É proibida a reprodução total ou parcial

Leia mais

Garval - Sociedade de Garantia Mútua, S.A. 1 / 5

Garval - Sociedade de Garantia Mútua, S.A. 1 / 5 O preenchimento integral deste formulário, bem como o envio dos elementos solicitados, permite reduzir substancialmente o tempo de análise e pedidos adicionais de informações/elementos. A - IDENTIFICAÇÃO

Leia mais

ERP AIRC Pr P ocedi d men e tos de alteração das Taxas de IVA

ERP AIRC Pr P ocedi d men e tos de alteração das Taxas de IVA ERP AIRC Procedimentos de alteração das Taxas de IVA Tabela de conteúdos 1. Introdução 3 1.1 Âmbito 3 1.2 Versões mínimas requeridas 3 2. Procedimentos 4 2.1 Procedimento [1] 4 2.2 Procedimento [2] 5 2.3

Leia mais

Alteração do tipo de actividade ou ramo de comércio. Mudança da pessoa ou entidade titular da exploração

Alteração do tipo de actividade ou ramo de comércio. Mudança da pessoa ou entidade titular da exploração MINISTÉRIO DA ECONOMIA E DA INOVAÇÃO, DA AGRICULTURA, DO DESENVOLVIMENTO RURAL E DAS PESCAS, DO AMBIENTE, DO ORDENAMENTO DO TERRITÓRIO E DO DESENVOLVIMENTO REGIONAL E DA SAÚDE Declaração de Instalação,

Leia mais

PROPOSTA DE SEGURO RESPONSABILIDADE CIVIL INTERNATIONAL COMMERCIAL AND ENGINEERING ICE SEGUROS S.A.

PROPOSTA DE SEGURO RESPONSABILIDADE CIVIL INTERNATIONAL COMMERCIAL AND ENGINEERING ICE SEGUROS S.A. PROPOSTA DE SEGURO RESPONSABILIDADE CIVIL INTERNATIONAL COMMERCIAL AND ENGINEERING ICE SEGUROS S.A. 141A Rua José Craveirinha Bairro de Polana Cidade de Maputo Moçambique INSTRUÇÕES PARA PREENCHIMENTO

Leia mais

ORIENTAÇÃO SOBRE COMO GERAR E ENVIAR A PRESTAÇÃO DE CONTAS FINAL

ORIENTAÇÃO SOBRE COMO GERAR E ENVIAR A PRESTAÇÃO DE CONTAS FINAL ORIENTAÇÃO SOBRE COMO GERAR E ENVIAR A PRESTAÇÃO DE CONTAS FINAL Termina no próximo dia 6 de novembro o prazo para a entrega das prestações de contas finais dos candidatos que concorreram no primeiro turno

Leia mais

Índice. Como aceder ao serviço de Certificação PME? Como efectuar uma operação de renovação da certificação?

Índice. Como aceder ao serviço de Certificação PME? Como efectuar uma operação de renovação da certificação? Índice Como aceder ao serviço de Certificação PME? Como efectuar uma operação de renovação da certificação? Como efectuar uma operação de confirmação de estimativas? Como aceder ao Serviço de Certificação

Leia mais

PEDIDO DE EMISSÃO DE ALVARÁ DE LICENÇA/AUTORIZAÇÃO DE OPERAÇÕES URBANÍSTICAS

PEDIDO DE EMISSÃO DE ALVARÁ DE LICENÇA/AUTORIZAÇÃO DE OPERAÇÕES URBANÍSTICAS Registo de entrada RESERVADO AOS SERVIÇOS PEDIDO DE EMISSÃO DE ALVARÁ DE LICENÇA/AUTORIZAÇÃO DE OPERAÇÕES URBANÍSTICAS (Art.º 76º do D.L. 555/99 de 16 de Dezembro, com a redacção conferida pelo D.L. 177/2001

Leia mais

BOLSAS DE ESTUDO FORMULÁRIO DE CANDIDATURA ANO LETIVO 20 / 20

BOLSAS DE ESTUDO FORMULÁRIO DE CANDIDATURA ANO LETIVO 20 / 20 Nº da candidatura / FORMULÁRIO DE CANDIDATURA ANO LETIVO 20 / 20 1. IDENTIFICAÇÃO DO/A CANDIDATO/A Nome: Data de nascimento (aa/mm/dd): / / BI ou Cartão do Cidadão nº: válido até (aa/mm/dd) / / NIF (n.º

Leia mais

APOIO AO BENEFICIÁRIO - FEDER - - MAIS CENTRO - GUIA DE SUBMISSÃO ELECTRÓNICA DOS PEDIDOS DE PAGAMENTO

APOIO AO BENEFICIÁRIO - FEDER - - MAIS CENTRO - GUIA DE SUBMISSÃO ELECTRÓNICA DOS PEDIDOS DE PAGAMENTO APOIO AO BENEFICIÁRIO - FEDER - - MAIS CENTRO - GUIA DE SUBMISSÃO ELECTRÓNICA DOS PEDIDOS DE PAGAMENTO GUIA DE PREENCHIMENTO: - SUBMISSÃO ELECTRÓNICA DOS PEDIDOS DE PAGAMENTO - SUBMISSÃO DE CHECK-LIST

Leia mais

REGULAMENTO CLUBE DE VANTAGENS NUTRIMASTER

REGULAMENTO CLUBE DE VANTAGENS NUTRIMASTER REGULAMENTO CLUBE DE VANTAGENS NUTRIMASTER 1. O Clube de Vantagens Nutrimaster é um programa que objetiva estreitar o relacionamento entre Nutrimaster e seus participantes, oferecendo benefícios e/ou vantagens

Leia mais

para mim Caro(a) Cliente, Obrigado por contratar o casa total click e por confiar na EDP Comercial como seu fornecedor de energia.

para mim Caro(a) Cliente, Obrigado por contratar o casa total click e por confiar na EDP Comercial como seu fornecedor de energia. EDP Comercial 26/03 para mim Caro(a) Cliente, Obrigado por contratar o casa total click e por confiar na EDP Comercial como seu fornecedor de energia. Estamos a tratar de tudo por si.

Leia mais

CGA Directa. Manual do Utilizador. Acesso, Adesão e Lista de Subscritores

CGA Directa. Manual do Utilizador. Acesso, Adesão e Lista de Subscritores CGA Directa Manual do Utilizador Acesso, Adesão e Lista de Subscritores Versão 1.00 de 10 de Março de 2008 Índice Pág. Introdução 3 Capítulo 1 Capítulo 2 Capítulo 3 Acesso Acesso 4 Adesão Adesão 5 2.1

Leia mais

SINDICATO DOS ENFERMEIROS

SINDICATO DOS ENFERMEIROS PROTOCOLO SINDICATO DOS ENFERMEIROS E MGEN MUTUELLE GÉNÉRALE DE L'ÉDUCATION NATIONALE E LOSANGO - MEDIAÇÃO DE SEGUROS, LDA. Lisboa, 1 de Julho de 2015 PROTOCOLO DE ACORDO Entre Sindicato dos Enfermeiros,

Leia mais

Regulamento da promoção Recomende e ganhe Termos e Condições

Regulamento da promoção Recomende e ganhe Termos e Condições Regulamento da promoção Recomende e ganhe Termos e Condições 1. VIGÊNCIA A presente campanha estará em vigor entre o dia 25 de março e o dia 30 de maio de 2014. 2. ELEGIBILIDADE São considerados elegíveis

Leia mais

SUPER CLIENTE SHOPPING DA BAHIA REGULAMENTO

SUPER CLIENTE SHOPPING DA BAHIA REGULAMENTO SUPER CLIENTE SHOPPING DA BAHIA REGULAMENTO 1. Cadastramento no Programa 1.1 O Super Cliente Shopping da Bahia é um programa que objetiva oferecer benefícios e vantagens aos seus participantes, clientes

Leia mais

Formulário ORLA instruções de preenchimento

Formulário ORLA instruções de preenchimento Formulário ORLA instruções de preenchimento O formulário ORLA deverá ser utilizado para solicitar: Mudança de morada número confidencialidade Suspensão temporária Alteração na lista telefónica titularidade

Leia mais

INCENTIVO FISCAL AO ABATE DE VEÍCULOS EM FIM DE VIDA. Condições de acesso ao incentivo

INCENTIVO FISCAL AO ABATE DE VEÍCULOS EM FIM DE VIDA. Condições de acesso ao incentivo INCENTIVO FISCAL AO ABATE DE VEÍCULOS EM FIM DE VIDA Condições de acesso ao incentivo Pela Lei nº 82-D/2014, de 31 de dezembro (Lei da Fiscalidade Verde ), foi criado um regime excecional de atribuição

Leia mais

INSTRUÇÕES DE PREENCHIMENTO. Por favor leia atentamente este documento antes de começar o seu processo de candidatura.

INSTRUÇÕES DE PREENCHIMENTO. Por favor leia atentamente este documento antes de começar o seu processo de candidatura. INSTRUÇÕES DE PREENCHIMENTO Por favor leia atentamente este documento antes de começar o seu processo de candidatura. Só serão aceites as candidaturas submetidas através do formulário online, disponibilizado

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL

PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL SECRETARIA MUNICIPAL DE TRIBUTAÇÃO M A N U A L D A NOTA FISCAL AVULSA ÍNDICE 1. Acesso ao Portal do Sistema...6 2. Requerimento de Acesso para os novos usuários...6 2.1 Tipo

Leia mais

Procedimento de Registo Obrigatório ERS

Procedimento de Registo Obrigatório ERS Procedimento de Registo Obrigatório ERS Antes de iniciar o seu processo de registo, leia atentamente a Portaria 52/2011, de 27 de Janeiro e a Nota explicativa que se segue. Para a realização do Pedido

Leia mais

REGULAMENTO DO TRADIPLUS

REGULAMENTO DO TRADIPLUS REGULAMENTO DO TRADIPLUS 1. Generalidades e Definições 1.1 - O TRADIPLUS é o programa de cliente frequente da empresa Tradicampo, Casas de Campo Tradicionais, Lda, que disponibiliza aos seus membros a

Leia mais

PROGRAMA DE CRÉDITO EDUCATIVO - INVESTCREDE REGULAMENTO

PROGRAMA DE CRÉDITO EDUCATIVO - INVESTCREDE REGULAMENTO PROGRAMA DE CRÉDITO EDUCATIVO - INVESTCREDE 1. DAS INFORMAÇÕES GERAIS REGULAMENTO 1.1 - O presente regulamento objetiva a concessão de Crédito Educativo para estudantes devidamente Matriculados nos cursos

Leia mais

Artigo 1.º (Âmbito) Artigo 2.º (Empresas e Pró-Empresas) Artigo 3.º (Serviços Base) Artigo 4.º (Serviços Extra)

Artigo 1.º (Âmbito) Artigo 2.º (Empresas e Pró-Empresas) Artigo 3.º (Serviços Base) Artigo 4.º (Serviços Extra) REGULAMENTO O conceito de CENTRO DE EMPRESAS consiste na disponibilização de espaços destinados a empresas e pró-empresas, visando a promoção, desenvolvimento e consolidação das mesmas, com a finalidade

Leia mais

CÂMARA DO COMÉRCIO E INDÚSTRIA DE PONTA DELGADA. Rua Ernesto do Canto, 13/15 9504-531 PONTA DELGADA AÇORES

CÂMARA DO COMÉRCIO E INDÚSTRIA DE PONTA DELGADA. Rua Ernesto do Canto, 13/15 9504-531 PONTA DELGADA AÇORES CÂMARA DO COMÉRCIO E INDÚSTRIA DE PONTA DELGADA Rua Ernesto do Canto, 13/15 9504-531 PONTA DELGADA AÇORES E-MAIL: ccipd@ccipd.pt TEL. 296 30 50 00 FAX 296 30 50 50/30 50 40 ASSUNTO: CHEQUE PRENDA Exmo(s).

Leia mais

PROTOCOLO DE COLABORAÇÃO E PARCERIA. entre. Agrupamento Vertical de Escolas de Ferreira de Aves

PROTOCOLO DE COLABORAÇÃO E PARCERIA. entre. Agrupamento Vertical de Escolas de Ferreira de Aves PROTOCOLO DE COLABORAÇÃO E PARCERIA entre Agrupamento Vertical de Escolas de Ferreira de Aves e Caixa de Crédito Agrícola Mútuo do Vale do Dão e Alto Vouga, C.R.L. Cláusula 1ª (Intervenientes) Este Protocolo

Leia mais

PRÉMIOS CONSUMUS DIXIT FÓRUM DO CONSUMO

PRÉMIOS CONSUMUS DIXIT FÓRUM DO CONSUMO PRÉMIOS CONSUMUS DIXIT FÓRUM DO CONSUMO ETAPAS DO PROCESSO DE CANDIDATURA 1ª Etapa Candidaturas: 1 Out 2014 28 Fev 2015. O prémio Consumus Dixit é aberto a todos trabalhos profissionais, académicos, personalidades

Leia mais

PEDIDO DE EMISSÃO DO ALVARÁ DE LICENÇA DE OBRA DE EDIFICAÇÃO E/OU DEMOLIÇÃO

PEDIDO DE EMISSÃO DO ALVARÁ DE LICENÇA DE OBRA DE EDIFICAÇÃO E/OU DEMOLIÇÃO Registo n.º Data / / O Funcionário PEDIDO DE EMISSÃO DO ALVARÁ DE LICENÇA DE OBRA DE EDIFICAÇÃO E/OU DEMOLIÇÃO Exmo. Senhor Presidente da Câmara Municipal de Cascais IDENTIFICAÇÃO DO REQUERENTE (Preencher

Leia mais

Como Vender em Alemanha Uma acção à medida dos seus interesses

Como Vender em Alemanha Uma acção à medida dos seus interesses Como Vender em Alemanha Uma acção à medida dos seus interesses Ficha de Inscrição Encontre a resposta às suas dúvidas! Identifique a sessão pretendida: Porto AICEP (Rua António Bessa Leite, 1430-2.º andar)

Leia mais

Regulamento Acção Promocional McVitie s recheia a sua dispensa

Regulamento Acção Promocional McVitie s recheia a sua dispensa Regulamento Acção Promocional McVitie s recheia a sua dispensa 1. Definições 1.1 A Touch Lda, com sede na Rua do Pinhal, nº 178, térreo A 2775-354 Parede, pessoa colectiva nº 508984424 leva a efeito no

Leia mais

GUIA PARA COMPRA ONLINE

GUIA PARA COMPRA ONLINE GUIA PARA COMPRA ONLINE www.tipsal.pt QUEM SOMOS A TIPSAL - Técnicas Industriais de Protecção e Segurança, Lda foi fundada em 1980. Somos uma empresa de capitais exclusivamente nacionais com sede social

Leia mais

Goodyear Primavera 2014. Bases legais

Goodyear Primavera 2014. Bases legais Goodyear Primavera 2014 Bases legais I. DURAÇÃO A campanha: GOODYEAR PRIMAVERA 2014 tem por destinatários os utilizadores finais e uma duração apenas válida para compras efectuadas entre o dia 17 de Março

Leia mais

A7 - RELAÇÃO NOMINAL PESSOAL TÉCNICO

A7 - RELAÇÃO NOMINAL PESSOAL TÉCNICO A preencher pelos Serviços Código da Empresa: A7 - RELAÇÃO NOMINAL PESSOAL TÉCNICO 1. IDENTIFICAÇÃO DA PESSOA SINGULAR OU PESSOA COLETIVA NIF Firma ou Denominação Social 2. RELAÇÃO NOMINAL 2.1 Inicial

Leia mais

MECANISMO DE ATRIBUIÇÃO DA CAPACIDADE NO ARMAZENAMENTO

MECANISMO DE ATRIBUIÇÃO DA CAPACIDADE NO ARMAZENAMENTO MECANISMO DE ATRIBUIÇÃO DA CAPACIDADE NO ARMAZENAMENTO SUBTERRÂNEO DE GÁS NATURAL FEVEREIRO 2008 ENTIDADE REGULADORA DOS SERVIÇOS ENERGÉTICOS Rua Dom Cristóvão da Gama n.º 1-3.º 1400-113 Lisboa Tel.: 21

Leia mais

Tarifa Social na Eletricidade. Aspetos principais

Tarifa Social na Eletricidade. Aspetos principais Tarifa Social na Eletricidade Aspetos principais 1. Em que consiste a tarifa social no fornecimento de eletricidade? A tarifa social resulta da aplicação de um desconto na tarifa de acesso às redes de

Leia mais

Luxemburgo-Luxemburgo: Serviços de medicina geral a prestar a favor do gabinete médico do Parlamento Europeu em Estrasburgo 2014/S 114-199811

Luxemburgo-Luxemburgo: Serviços de medicina geral a prestar a favor do gabinete médico do Parlamento Europeu em Estrasburgo 2014/S 114-199811 1/5 O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:199811-2014:text:pt:html Luxemburgo-Luxemburgo: Serviços de medicina geral a prestar a favor do gabinete médico do Parlamento

Leia mais

Smart efficiency. O presente Regulamento estabelece as regras a que deve obedecer a disponibilização do serviço waterbeep da EPAL.

Smart efficiency. O presente Regulamento estabelece as regras a que deve obedecer a disponibilização do serviço waterbeep da EPAL. 1. Objeto O presente Regulamento estabelece as regras a que deve obedecer a disponibilização do serviço waterbeep da EPAL. 2. Âmbito O serviço waterbeep é disponibilizado a todos os clientes da EPAL, independentemente

Leia mais

Ambiente de Pagamentos

Ambiente de Pagamentos GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DA FAZENDA COORDENADORIA DA ADMINISTRAÇÃOTRIBUTÁRIA DIRETORIA DE INFORMAÇÕES Ambiente de Pagamentos Manual do Contribuinte Versão 26/09/2011 Índice Analítico 1.

Leia mais

ACORDO DE COLABORAÇÃO

ACORDO DE COLABORAÇÃO ACORDO DE COLABORAÇÃO ENTRE: Primeira outorgante: ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DAS AGÊNCIAS DE VIAGEM E TURISMO, pessoa colectiva nº 500 910 839 com sede na Rua Duque de Palmela, nº 2 1º Dtº - 1250 098 LISBOA,

Leia mais

1) São atividades próprias das agências de viagem e turismo: e) A recepção, transferência e assistência a turistas.

1) São atividades próprias das agências de viagem e turismo: e) A recepção, transferência e assistência a turistas. O conteúdo informativo disponibilizado pela presente ficha não substitui a consulta dos diplomas legais referenciados e da entidade licenciadora. FUNCHAL CAE 79110 AGÊNCIAS DE VIAGENS ÂMBITO: São agências

Leia mais

Manual para inscrição on-line dos alunos que se inscrevem pela 1ª vez

Manual para inscrição on-line dos alunos que se inscrevem pela 1ª vez Manual para inscrição on-line dos alunos que se inscrevem pela 1ª vez Processo de Matricula - Alunos 1º Ano 1ª Vez O processo de matrícula consiste em 3 passos: 1. Pagamento e entrega de documentos (nos

Leia mais

1. Programa de Fidelização Altis Blue&Green através do qual são concedidos benefícios aos clientes das suas unidades hoteleiras.

1. Programa de Fidelização Altis Blue&Green através do qual são concedidos benefícios aos clientes das suas unidades hoteleiras. REGULAMENTO T E R M O S E C O N D I Ç Õ E S 1. Programa de Fidelização Altis Blue&Green através do qual são concedidos benefícios aos clientes das suas unidades hoteleiras. 2. Podem ingressar no clube

Leia mais

1) Esta promoção é uma iniciativa da RWTECH e somente ela poderá se. pronunciar, estabelecer e modificar suas regras e formato, além de ser a

1) Esta promoção é uma iniciativa da RWTECH e somente ela poderá se. pronunciar, estabelecer e modificar suas regras e formato, além de ser a 1) Esta promoção é uma iniciativa da RWTECH e somente ela poderá se pronunciar, estabelecer e modificar suas regras e formato, além de ser a única a comunicar seus participantes. 2) Qualquer informação

Leia mais

Actualização. Versão 5.3.1

Actualização. Versão 5.3.1 Actualização Versão 5.3.1 Janeiro 2011 2 JURINFOR Rua de Artilharia 1, Nº 79 3º Dtº - 1250-038 LISBOA PORTUGAL 1 Índice 2 Facturação Certificada Conformidade de procedimentos... 4 2.1 Documentos Certificados...

Leia mais

ATRIBUIÇÃO DE BOLSAS DE ESTUDO NO DOMÍNIO DA MÚSICA

ATRIBUIÇÃO DE BOLSAS DE ESTUDO NO DOMÍNIO DA MÚSICA ATRIBUIÇÃO DE BOLSAS DE ESTUDO NO DOMÍNIO DA MÚSICA FORMULÁRIO DE CANDIDATURA INSTRUÇÕES PARA PREENCHIMENTO: Todos os campos são de preenchimento obrigatório. O Anexo ao formulário de candidatura deverá

Leia mais

Princalculo Contabilidade e Gestão

Princalculo Contabilidade e Gestão COMUNICAÇÃO EXTERNA Junho/2013 REGIME DOS BENS EM CIRCULAÇÃO A obrigação é a partir de quando? 1 de Julho de 2013 Quem está obrigado? Os que no ano anterior tiveram um volume de negócios superior a 100.000

Leia mais

Manual de Utilização do Portal de Suprimentos Rio 2016 Cadastro de Fornecedores

Manual de Utilização do Portal de Suprimentos Rio 2016 Cadastro de Fornecedores Manual de Utilização do Portal de Suprimentos Rio 2016 Cadastro de Fornecedores COMO PROCEDER PARA SE CADASTRAR NO PORTAL DE SUPRIMENTOS DO RIO 2016 O QUE VOCÊ VAI APRENDER NESTE TUTORIAL Inicio Pré-cadastro

Leia mais

FORMULÁRIO DE CANDIDATURA programa de apoio às pessoas colectivas de direito privado sem fins lucrativos do município de santa maria da feira

FORMULÁRIO DE CANDIDATURA programa de apoio às pessoas colectivas de direito privado sem fins lucrativos do município de santa maria da feira FORMULÁRIO DE CANDIDATURA programa de apoio às pessoas colectivas de direito privado sem fins lucrativos do município de santa maria da feira FORMULÁRIO DE CANDIDATURA PROGRAMA DE APOIO ÀS PESSOAS COLECTIVAS

Leia mais

TARIFÁRIO DE DIREITOS DE REPRODUÇÃO MECÂNICA

TARIFÁRIO DE DIREITOS DE REPRODUÇÃO MECÂNICA 1- INFORMAÇÃO GERAL SOBRE O DEP. DE DIREITOS MUSICAIS-SUPORTES FÍSICOS HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO Atendimento Geral: MANHÃ - 08:30 H / 12:30 H TARDE - 13:30 H / 17:00 H Pagamentos e Levantamento de Licenças:

Leia mais

instituições de comprovada valia social, o qual visa concretizar, especificando, o compromisso a que está vinculada.

instituições de comprovada valia social, o qual visa concretizar, especificando, o compromisso a que está vinculada. DECISÃO relativa ao programa para a atribuição de subsídio à aquisição de equipamentos de recepção das emissões de TDT por parte de cidadãos com necessidades especiais, grupos populacionais mais desfavorecidos

Leia mais

PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO(A) DE AGÊNCIAS DE VIAGENS E TRANSPORTES

PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO(A) DE AGÊNCIAS DE VIAGENS E TRANSPORTES PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO(A) DE AGÊNCIAS DE VIAGENS E TRANSPORTES PERFIL PROFISSIONAL Técnico/a de Agências de Viagens e Transportes Nível 3 CATÁLOGO NACIONAL DE QUALIFICAÇÕES 1/6 ÁREA DE ACTIVIDADE

Leia mais

PROCEDIMENTO OPERACIONAL AQUISIÇÃO / QUALIFICAÇÃO E AVALIAÇÃO DE FORNECEDORES

PROCEDIMENTO OPERACIONAL AQUISIÇÃO / QUALIFICAÇÃO E AVALIAÇÃO DE FORNECEDORES Histórico de Revisões Rev. Modificações 01 30/04/2007 Primeira Emissão 02 15/06/2009 Alteração de numeração de PO 7.1 para. Alteração do título do documento de: Aquisição para: Aquisição / Qualificação

Leia mais

ESTE DOCUMENTO SERVE APENAS PARA MOSTRAR MICROPROJECTOS CIÊNCIA VIVA SÓ SERÃO VALIDADAS AS CANDIDATURAS SUBMETIDAS

ESTE DOCUMENTO SERVE APENAS PARA MOSTRAR MICROPROJECTOS CIÊNCIA VIVA SÓ SERÃO VALIDADAS AS CANDIDATURAS SUBMETIDAS ESTE DOCUMENTO SERVE APENAS PARA MOSTRAR TODAS AS ETAPAS DO FORMULÁRIO DE SUBMISSÃO DE CANDIDATURAS AO CIÊNCIA NA HORA MICROPROJECTOS CIÊNCIA VIVA SÓ SERÃO VALIDADAS AS CANDIDATURAS SUBMETIDAS POR VIA

Leia mais

Registo n.º. Data / / O Funcionário

Registo n.º. Data / / O Funcionário Registo n.º Data / / O Funcionário LICENCIAMENTO SIMPLIFICADO E AUTORIZAÇÃO DE UTILIZAÇÃO DE INSTALAÇÃO DE ARMAZENAGEM DE PRODUTOS DE PETRÓLEO E DE POSTOS DE ABASTECIMENTO DE COMBUSTÍVEIS com realização

Leia mais

Os participantes deverão ser residentes em território nacional.

Os participantes deverão ser residentes em território nacional. REGULAMENTO DO PASSATEMPO Tens lata? 1. Promotora do Passatempo O passatempo aqui descrito é promovido pelo Banco Santander Totta, S.A. - Capital Social: 656.723.284 - C.R.C. Lisboa 1ª Secção, nº 500 844

Leia mais

COMISSÃO DA CARTEIRA PROFISSIONAL DE JORNALISTA

COMISSÃO DA CARTEIRA PROFISSIONAL DE JORNALISTA COMISSÃO DA CARTEIRA PROFISSIONAL DE JORNALISTA Manual para requisição de títulos profissionais e actos a eles associados (emissões, revalidações,...) por via electrónica www.ccpj.pt Com a entrada em funcionamento

Leia mais

Diário da República, 1.ª série N.º 44 3 de Março de 2008 1372-(13)

Diário da República, 1.ª série N.º 44 3 de Março de 2008 1372-(13) Diário da República, 1.ª série N.º 44 3 de Março de 2008 1372-(13) d) Livro de obra, com menção do termo de abertura; e) Plano de segurança e saúde. 2 Quando a emissão do alvará seja antecedida de deferimento

Leia mais