Manual de Montagem e Manutenção de Cancelas PPA. Cancela com acionamento mecânico por sistema biela Modelo Rekta

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Manual de Montagem e Manutenção de Cancelas PPA. Cancela com acionamento mecânico por sistema biela Modelo Rekta"

Transcrição

1 Manual de Montagem e Manutenção de Cancelas PPA Cancela com acionamento mecânico por sistema biela Modelo Rekta

2 1.1- Motor e Redutor Peça única conjugada conforme ilustra a Figura a seguir. MOTOR ½ HP 6 POLOS 1.2- Eixo do Redutor, Anel e Chavetas A figura a seguir ilustra o eixo que é envolvido pelo redutor, o lado do eixo de maior diâmetro sustenta a biela e não é envolvido pelo redutor, enquanto o lado de menor diâmetro passa todo por dentro do redutor e é travado por um anel, fazendo também a sustentação dos cames(sensores de fim de curso). Eixo do Redutor REDUTOR REKTA P 1/60 Chavetas ½ Lua 8 mm Trava E 30 (anel) 2

3 1.3- Base Base que fixa o motorredutor e o Mancal é fixado sobre o corpo da cancela Furos para fixação dos batentes Furo para passagem da haste da mola Furo para passagem do cabo de alimentação do motor 3

4 1.4- Mancal, Chavetas, Parafusos de fixação e Cola Treebond Chaveta ½ Lua 8mm Mancal montado Cola Treebond para Fixação Parafuso sext 7/16 X 1 ¼ para fixação do mancal na base 1.5- Leque O suporte da mola é fixado no eixo do Mancal através de parafuso e chaveta, e determina onde a barreira da cancela deve parar, tanto na abertura como no fechamento da cancela Chicote do Termostato Chicote do Termostato que alimenta o ventilador interno da cancela mostrado na figura 1(este cabo é diferente do cabo de alimentação do motor que está ilustrado na figura2 4

5 Chicote do Termostato Cabo de Alimentação do Motor Figura 1 Figura Mola de Balanceamento CAPA da Mola, Tirante da Mola Tirante da Mola mola de balanceamento Capa da Mola Guia da mola Capa da mola 5

6 1.8- Batedores (batentes), Came (sensores de fins de curso) Came (sensor de fim de curso) Batedor (batente) 1.9- Micro Switch Na figura 2 marcada com o círculo, a peça plástica da micro Switch corre sobre o Came, dando contato aberto ou fechado dependendo do movimento do Came, as figuras 1 e 3 mostram as duas micro switchs separadas por um suporte que será fixado na base logo atrás do eixo do redutor onde ficam posicionados os cames. Figura 1 Figura 2 Figura 3 6

7 1.10- Biela Único contato físico existente entre o eixo do redutor e o eixo do Mancal. O motor exerce o comando sobre o eixo do redutor que transmite a força para o eixo do Mancal através da biela para movimentar o braço da cancela. O braço menor da biela vai parafusado no eixo do redutor, enquanto o braço maior vai parafusado no eixo do Mancal. Eixo do Mancal Eixo do Redutor Suporte de fixação da Barreira da Cancela Este suporte é parafusado no suporte em L que segura a barreira da cancela e fixado através de chaveta e parafuso no eixo do Mancal Suporte em L do Braço da Cancela 7

8 Este suporte é parafusado no suporte de fixação da Barreira e fixado no eixo do Mancal, o furo mostrado na figura com um círculo é para a passagem de um parafuso chamado Pino da Articulação, que faz com que o braço da cancela gire 90 graus, para evitar danos como quebra do braço em caso de impacto. Na parte interna de ambos os lados do suporte, existe uma VELCRO INDUST 170 pinos, que casa com o VELCRO INDUST 400 pinos da barreira(braço da cancela) Central de Alimentação e Placa de Comando Placa de Comando Central 2.3 Chicote do Termostato O chicote do termostato é ligado em um termostato normalmente aberto que alimenta um cooler(micro ventilador) para refrigeração do motor(o trabalho do cooler é mandar o ar quente para fora do corpo da cancela). 8

9 Figura 2.3 chicote do termostato ligado no termostato no motor 2.5- Colocar o Suporte da Micro Switch Verificar: Aperto do parafuso do terminal olhal, e do parafuso da Micro Switch O PARAFUSOS SEXT M4 X 45 é utilizado para fixar as duas micro Switchs no suporte que vai preso na base do redutor. 9

10 Figura 2.5 fixando o suporte das micro switchs na base 2.6- Colocar o Leque Figura 2.6.a colocando o suporte da mola no eixo do mancal Dica: para se colocar o suporte da mola é necessário que a base do redutor esteja sobre o corpo da cancela para se facilitar o trabalho, se antes da colocação do leque a base for fixada no corpo da cancela, se torna inviável a colocação do leque, pois não há espaço físico suficiente para a passagem do leque entre o corpo da cancela e o eixo do mancal. 10

11 Figura 2.6.b- colocando o suporte da mola no eixo do mancal, base do redutor apenas apoiada no corpo da cancela, sem parafusos. Figura 2.6.c suporte da mola já montado 11

12 Figura 2.6.d- posição de fixação da corrente no leque A corrente deve passar no furo da base do redutor (ver Figura c) e ser fixada no furo existente no leque com a emenda da corrente. Para se travar a emenda da corrente no suporte da mola é necessário que se pressione a mola, o suporte da mola tem que estar totalmente encostado no batente de fim de curso (Figura 2.6.e). Figura 2.6.e colocando a emenda da corrente. A chave de fenda é utilizada para pressionar a mola e dar apoio para esta montagem. 12

13 2.7 Colocar os batedores (batentes do fim de curso) Existe um batedor para finalizar o fim de curso do suporte da mola sobre o eixo do Mancal e outro batedor abaixo do eixo do Mancal (batente inferior). Os batedores são utilizados para eliminar a oscilação e amortecer a barreira quando esta chega a posição horizontal a vertical da cancela, (esta oscilação pode danificar os rolamentos e a bucha do redutor). A figura 2.7.a ilustra o posicionamento dos batedores em relação ao leque, a figura 2.7.b ilustra a fixação dos batedores na base do redutor. As porcas utilizadas na rosca do batedor são do tipo M12. Para a regulagem dos batedores ver seção 3.1 e regulagem vertical e horizontal da barreira. Figura 2.7.a posicionamento dos batedores em relação ao leque Batente superior Batente inferior Figura 2.7.b posição de fixação do batedor na base do redutor 13

14 2.8 Apertando a base no corpo da cancela Depois de colocadas todas as peças na base do redutor, é a hora de fixar a base no corpo da cancela. São usados quatro PARAFUSOS SEXT M10 X 30, e quatro PORCAS M10, utilizar cola Treebond para travamento dos parafusos. Figura 2.8 assentando a base do redutor no corpo da cancela 2.9- Colocar as Bielas Verificar: parafusos trava E 17 do rolamento, rolamento, rasgo e aperto dos A biela é fixada nos eixos do redutor e do mancal, o braço maior(biela motriz) vai no eixo do mancal, e o braço menor da biela(biela motora), é fixado no eixo do redutor. O sentido de movimento das bielas é muito importante, ver fig 3.3.C. A figura 2.9.a, ilustra a montagem das bielas com rolamentos e anéis. 14

15 Figura 2.9.a- montagem das bielas A figura 2.9.b ilustra a posição da biela em relação ao eixo do mancal e eixo do redutor, perceba que a biela motora é colocada voltada para cima. Figura 2.9.b posicionamento da biela A figura 2.9.c ilustra a fixação da biela nos eixos, tanto a biela motriz quanto a biela motora possui rasgos para o encaixe nas chavetas, as bielas devem ficar rentes às extremidades dos eixos para determinar o seu alinhamento. 15

16 A figura 2.9.d ilustra o travamento das bielas com parafusos alen e cola Treebond, a rosca está na própria peça, não necessitando de porcas. Figura 2.9.c- fixando as bielas Figura 2.9.d- parafusando as bielas Verificar: rasgo, aperto dos parafusos O suporte de fixação da barreira é a peça responsável por unir o suporte L com o eixo do Mancal A figura 2.10.a ilustra o posicionamento deste suporte móvel no eixo do Mancal. Figura 2.10.a - Colocar e posicionar o suporte no eixo do mancal O suporte é chavetado e fixado no eixo do mancal com PARAFUSO ALEN C/ CAB M8 X 40, a cola Treebond também é utilizada nesta fixação. O suporte possui quatro furos para Figura 2.10.b colocação do suporte em L 16

17 fixação do suporte em L que segura a barreira da cancela, a figura 2.10.b ilustra a fixação do suporte em L. A figura 2.10.c ilustra a fixação do suporte em L no suporte de fixação, são utilizados quatro PARAFUSOS ALEN C/ CAB M8 X 25 e cola Trebond, não se usam porcas, pois a rosca é feita no suporte em L. Figura 2.10.c travamento dos suportes de fixação da barreira e L 2.11 Colocar a barreira da Cancela Velcro indust 170 pinos Verificar: encaixe no eixo sem bater. O braço da cancela é colocado no suporte em L. No furo existente nas duas peças passa um PINO DE ARTICULAÇÃO que permite que o braço da 17

18 cancela seja escamoteado para que não se danifique quando no caso de impacto. (Na falta de Energia também pode ser escamoteado para liberação da pista) A figura 2.11.a ilustra o braço da cancela sendo escamoteado, enquanto a figura 2.11.b ilustra o posicionamento do suporte de fixação da barreira, suporte L e barreira da cancela. Figura 2.11.a barreira da cancela escamoteado No interior de cada superfície do suporte em L existe um VELCRO INDUST 170 PINOS, que se une a um VELCRO INDUST 400 PINOS existente na barreira da cancela, estando a barreira da cancela na posição normal, há a união dos velcros, estando a barreira da cancela escamoteado, também há a união dos velcros. DICA: independente da posição do braço da cancela, para promover a união dos velcros, observe a fig. 3.3.ª importante.. Figura 2.11.b montagem da barreira da cancela 18

19 2.12- Colocar Came O Came é o sensor de fim de curso, dependendo de sua posição haverá ou não o contato da micro Switch na central. A figura 2.12 ilustra a fixação dos cames no eixo do redutor. Para sua regulagem ver ação 3.1 regulagem vertical e 3.2 e horizontal da barreira. Figura 2.12 colocando os cames no eixo do redutor Colocar Central e Placa de Comandos Verificar ligações das três fases, retorno do motor, foto célula, flat-cable. A figura 2.13.a ilustra a central dentro da caixa plástica de proteção. 19

20 Figura 2.13.a central na caixa de proteção A figura 2.13.c ilustra o diagrama em blocos da placa central de alimentação da cancela com respectivas ligações. Figura 2.13.c diagrama em blocos da placa central P1 - ajuste do tempo abertura/fechamento P2 - ajuste do tempo de pausa CN2 conector flat cable do receptor (alimentação e comando) CN3 - conector para inserção do módulo Circuito luz de garagem ou trava 20

21 J1 A modo automático (com pausa) S modo semi -automático (usado pela COMPSIS) Eletromagnética (opcional) NOTA 1 quando a opção for 380 V (TRIF), deve-se retirar o jumper que está ligado na posição 4 e 5 e fazer a ligação neutro(terra) na posição 4(N) conforme indicado. NOTA 2 quando a opção for 220V (MONOF), deve-se colocar um capacitor de partida 12 mf conforme indicado, sendo o pino central do conector de saída para o motor indicado como comum (AM). 3 Problemas e Soluções PROBLEMA ENCONTRADO SOLUÇÕES 1- barreira não descreve ângulo de 90º. - Regular os cames do fim de curso nas microswitchs(figura 3.1) - Ajustar o suporte L da barreira (figura 3.2) 2 barreira oscilando muito quando para fechada - ver item ajustar o pino da articulação da barreira(eliminar a folga) 3 sistema de ventilação não acionando - verificar conexões do chicote e os plugs - faça a ligação do ventilador direto na rede, se der certo então o termostato está com problemas. Troque-o. 4 parafusos se soltando ou afrouxando - todos os parafusos recebem uma aplicação de fixador anaeróbico(cola Treebond)contra vibrações, portanto caso seja necessário algum reaperto, também será necessária a reaplicação da cola. 5 não se consegue o balanceamento da mola 6 quando o equipamento foi instalado, ao primeiro acionamento, a barreira desceu e parou no meio do percurso e não obedeceu a mais nenhum comando. - verifique se todos os passos da manutenção preventiva descritos no item 3.4 foram seguidos, cuidado, existe um limite de no máximo 4 cm que a porca pode comprimir a mola, caso ultrapasse esta medida, troque a mola. - a barreira não aceita mais comandos porque a biela executou o movimento contrário e desligar os 2 micros switches ao mesmo tempo. (ler seção 3.3, pág. 47) 7 a cancela não funciona após a instalação. - verificar a ligação na central de comando - verificar os fusíveis da central. - Verificar disjuntores da rede ou similares. 21

22 3.1 Regulagem Vertical da Barreira Micro switch Came Batedor Superior leque Batedor inferior Figura regulagem vertical do braço da cancela 1 Recue todo o batente inferior 2 Regule o came que desliga o micro switch de abertura até obter a posição desejada da barreira. 3 Avance novamente o batente inferior de modo que o suporte da mola encoste no batente ao mesmo tempo que o micro é desligado. Esta condição faz com que a Barreira não tenha grandes oscilações quando pára. Nunca deixe o equipamento funcionar sem antes conseguir esta condição, pois isto danifica o os rolamentos e a bucha do eixo do redutor. 22

23 3.2 Regulagem Horizontal da Barreira Idem a regulagem vertical, porém utilizando o Batente Superior e o micro switch de fechamento. OBS: Soltando os 4 parafusos obtém-se um pequeno deslocamento lateral do suporte L para auxiliar na regulagem dos 90º. Após a regulagem utilize um fixador anaeróbico(cola Treebond) para a fixação dos parafusos e aperte-os bem. A figura 3.2 ilustra a peça suporte em L e suporte removível. Figura 3.2 posição dos suportes para que não haja folga na barreira 23

24 Todos os parafusos utilizam fixador anaeróbico médio torque para evitar afrouxamento por vibrações. Portanto quando necessitar retirar os parafusos, é obrigatória a reaplicação deste produto. 3.3 Instalação da cancela com acionamento mecânico por sistema biela Para instalação destas cancelas, o instalaor deve observar os seguintes passos para obter um perfeito funcionamento do equipamento. 1- Fixação do corpo na base de concreto. 2- Fixação da barreira no suporte, como mostra a figura 3.3.a. Apertar bem o pino da barreira para eliminar a folga do encaixe, mas sem prjudicar o giro da mesma. Nunca ligar o equipamento sem antes fixar a barreira, ou a barreira desarmada. 3- Fazer a ligação do sistema de ventilação, conforme figura 3.3.b. 4- Determinação do sentido correto do giro do motor conforme figura 3.3.c. Figura 3.3.a movimento da barreira no pino de articulação IMPORTANTE: uma vez desarmada a barreira, para reaver novamente a conexão entre os velcros, aproxime a barreira de modo que os 24

25 velcros se aproximem suavemente, e então exerça uma força até que ocorra um estalo. Este barulho indica que houve a conexão dos velcros, sem ocorrer a deformação dos pinos. Ligação do Sistema de Ventilação Figura 3.3.b ligação do sistema de ventilação - Para retirar a tampa superior, desconectar primeiramente os plugs ligar fios preto e amarelo na rede 220V. - conectar os terminais. O sentido de giro do motor é importante para que as bielas trabalhem conforme a figura 3.3.c. Para obter este giro correto no primeiro acionamento, caso a barreira se movimente para baixo e pare no meio do percurso não obedecendo a mais nenhum comando, proceda da seguinte forma: Retire o fio vermelho do micro Switch na central, inverta os fios da rede e acione a contatora. A barreira ficará com movimento contínuo de abre/fecha, então acione novamente a contatora e quando a barreira parar recoloque o fio vermelho na posição original. A micro switch que está ligada no fio amarelo é de fechamento, e no fio vermelho é de abertura. Os excêntricos (roldana plástica que entra em contato com o came) que desligam estas micros só devem ser manuseados caso haja necessidade de regular a posição horizontal e vertical da barreira. 25

26 Figura 3.3.c movimento correto executado pelas bielas. A biela motora deve sempre estar voltada para cima durante o funcionamento 3.4 Manutenção Preventiva da cancela A cada acionamentos verificar: - aperto dos parafusos das bielas, do suporte da barreira, do redutor, dos mancais de rolamento e o pino de fixação da barreira. - O termostato deve estar bem fixado no redutor, pois ele é o responsável pelo acionamento do sistema de ventilação(temperatura de acionamento = 50º C ) - A mola de balanceamento. Para retirá-la basta deixar a cancela em posição de abertura(barreira levantada), e soltar a porca por baixo do tubo de proteção. Verifique o balanceamento do equipamento. 26

27 - Coloque a mola. - Retire o conjunto de bielas. - Ajuste o aperto da mola de modo que a sua força equilibre a barreira em um ângulo de 45º. Caso não consiga este ajuste, ou seja, a barreira sempre abaixa quando é solta, então troque a mola, e execute estes 3 passos novamente. Existe um máximo de aperto da mola para não deformá-la. A porca deve ir até no máximo a 4cm da extremidade da rosca. - Recoloque o conjunto de bielas e aperte bem os parafusos. - A corrente do sistema de balanceamento, se está bem lubrificada para evitar oxidação. 3.5 Dimensão da Base de Fixação da Cancela sobre o Piso (300 X450) mm NOTA: para um bom funcionamento do equipamento, todos os itens acima devem ser seguidos rigorosamente, com atenção especial ao balanceamento do equipamento. Caso este item não for atendido adequadamente a vida útil do equipamento estará prejudicada. A figura a seguir apresenta uma cancela expandida com números em cada peça que estão descritos em um adendo logo após. Os códigos e siglas foram cedidos pelo fabricante. 27

28 28

CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS

CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS Página 1 de 9 Informativo nº 9 VENTILADOR DE MESA 30cm VENTNK1200 ASSUNTO: Lançamento. CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS Alimentação: Cor: Potência do aparelho: Consumo de energia: Característica diferencial: Período

Leia mais

MANUAL TÉCNICO ELÉTRICO MUNDI ÔNIBUS RODOVIÁRIO APLICAÇÕES INSTALAÇÃO MANUTENÇÃO

MANUAL TÉCNICO ELÉTRICO MUNDI ÔNIBUS RODOVIÁRIO APLICAÇÕES INSTALAÇÃO MANUTENÇÃO MANUAL TÉCNICO ELÉTRICO MUNDI ÔNIBUS RODOVIÁRIO APLICAÇÕES INSTALAÇÃO MANUTENÇÃO 2 IMPORTANTE A BRAPAX e seus Distribuidores Autorizados advertem que a seleção imprópria, falha ou uso incorreto dos produtos

Leia mais

Seção 12 Conjunto do motor

Seção 12 Conjunto do motor Seção 12 Conjunto do motor Página CONJUNTO DO MOTOR... 164 Instalação do virabrequim... 164 Instale o pistão e a biela... 164 Instalação do eixo de cames... 164 Instalação da bomba de óleo... 165 Instalação

Leia mais

A manutenção preventiva é de suma importância para prolongar a vida útil da máquina e suas partes. Abaixo, algumas dicas de manutenção preventiva:

A manutenção preventiva é de suma importância para prolongar a vida útil da máquina e suas partes. Abaixo, algumas dicas de manutenção preventiva: Manutenção Preventiva e Corretiva de Rosqueadeiras Manual de Manutenção: Preventivo / Corretivo Preventivo: Toda máquina exige cuidados e manutenção preventiva. Sugerimos aos nossos clientes que treinem

Leia mais

ZJ20U93 Montagem e Operacional

ZJ20U93 Montagem e Operacional www.zoje.com.br ZJ20U93 Montagem e Operacional ÍNDICE 1. Aplicação...2 2. Operação segura...2 3. Cuidados antes da operação...2 4. Lubrificação...2 5. Seleção da agulha e do fio...3 6. A Inserção da agulha...3

Leia mais

AJUSTADORES AUTOMÁTICOS DE FREIO JUNHO 2012

AJUSTADORES AUTOMÁTICOS DE FREIO JUNHO 2012 AJUSTADORES AUTOMÁTICOS DE FREIO JUNHO 2012 Conheça o funcionamento, diagnóstico e reparo do ajustador de freio automático, um componente primordial para segurança, aplicado em veículos pesados. Que a

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO E MANUTENÇÃO

MANUAL DE INSTALAÇÃO E MANUTENÇÃO MANUAL DE INSTALAÇÃO E MANUTENÇÃO 2 IMPORTANTE BMP-PROAR e seus Distribuidores Autorizados advertem que a seleção imprópria, falha ou uso incorreto dos produtos descritos neste manual, podem causar acidentes,

Leia mais

MOVIMENTADOR PARA PORTAS DE ENROLAR

MOVIMENTADOR PARA PORTAS DE ENROLAR MOVIMENTADOR PARA PORTAS DE ENROLAR www.mastertec.ind.br 1 ÍNDICE 1. Recursos:... 3 2. Condições de funcionamento:... 3 3. Características técnicas:... 3 4. Características construtivas:... 3 5. Diagrama

Leia mais

Máquina de Costura Industrial Reta ZJ-9600. Manual de Montagem

Máquina de Costura Industrial Reta ZJ-9600. Manual de Montagem Máquina de Costura Industrial Reta ZJ-9600 Manual de Montagem ÍNDICE . Instalação do Reservatório de Óleo Primeiramente fixe as duas borrachas diretamente na mesa usando os pregos, conforme a figura. Em

Leia mais

EXAUSTOR MUNTERS MANUAL DE INSTALAÇÃO EXAUSTOR MUNTERS REV.00-11/2012-MI0047P

EXAUSTOR MUNTERS MANUAL DE INSTALAÇÃO EXAUSTOR MUNTERS REV.00-11/2012-MI0047P MANUAL DE INSTALAÇÃO EXAUSTOR MUNTERS REV.00-11/2012-MI0047P 0 SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 2 IMPORTANTE... 3 SEGURANÇA... 3 CUIDADOS AO RECEBER O EQUIPAMENTO... 4 1) Instalação dos exaustores... 5 2) Instalação

Leia mais

1.1 SISTEMA DE PORTAS 1.1.1 INTRODUÇÃO - SISTEMA DE PORTAS IRIZAR I6

1.1 SISTEMA DE PORTAS 1.1.1 INTRODUÇÃO - SISTEMA DE PORTAS IRIZAR I6 Regulagem de portas 1.1 SISTEMA DE PORTAS 1.1.1 INTRODUÇÃO - SISTEMA DE PORTAS IRIZAR I6 O sistema de portas dos veículos Irizar é projetado para realizar as operações de abertura e fechamento de porta

Leia mais

SPIRIT WIND 203 e 303 MANUAL TÉCNICO E TERMO DE GARANTIA

SPIRIT WIND 203 e 303 MANUAL TÉCNICO E TERMO DE GARANTIA SPIRIT WIND 203 e 303 MANUAL TÉCNICO E TERMO DE GARANTIA www.ventiladorspirit.com.br 30% mais vento maior prêmio de design europeu ecológico e econômico resistente e durável CUIDADOS DE LIMPEZA E MANUTENÇÃO

Leia mais

APRESENTAÇÃO RELAÇÃO DE COMPONENTES

APRESENTAÇÃO RELAÇÃO DE COMPONENTES Manual de Instalação Linha Máximo Fotos ilustrativas. Ventiladores de Teto Nesta marca você pode confiar APRESENTAÇÃO Os ventiladores de teto da LINHA MÁXIMO são desenvolvidos para oferecer ao usuário

Leia mais

PV-2200 MANUAL DE INSTRUÇÃO

PV-2200 MANUAL DE INSTRUÇÃO Pág.:1 MÁQUINA: MODELO: NÚMERO DE SÉRIE: ANO DE FABRICAÇÃO: O presente manual contém instruções para instalação e operação. Todas as instruções nele contidas devem ser rigorosamente seguidas do que dependem

Leia mais

Rosqueadeiras. Manual de Instruções

Rosqueadeiras. Manual de Instruções Manual de Instruções 2 NOMAQ Roscar/Cortar/Escarear Modelos para tubos de ½ a 6 Modelo NQ-R2 NQ-R2A NQ-R4 NQ-R6 Roscas Tubos 1/2, 3/4, 1, 2 1/2, 3/4, 1, 2 1/2, 3/4, 1, 2, 2.1/2, 4 2.1/2, 4, 5, 6 Roscas

Leia mais

Manual PORTA PLACAS. Rev 00-12/07/2012 pág - 1 de 21

Manual PORTA PLACAS. Rev 00-12/07/2012 pág - 1 de 21 Rev 00-12/07/2012 pág - 1 de 21 Manual PORTA PLACAS Rev 00-12/07/2012 pág - 2 de 21 Índice CERTIFICADO ISO 9001:2008 DESENHO DE OPERAÇÃO MANUAL DE OPERAÇÃO DESENHO DE CONJUNTO TABELAS DIMENSIONAIS Histórico

Leia mais

Seção 9 PISTÕES - ANÉIS - BIELAS

Seção 9 PISTÕES - ANÉIS - BIELAS Seção 9 PISTÕES - ANÉIS - BIELAS Índice da seção Página Bielas Montagem da biela no pistão... 4 Verificação Instalação... 7 Remoção Torque... 8 Pistões Montagem do pistão na biela... 4 Verificação do desgaste

Leia mais

INTRODUÇÃO CARACTERÍSTICAS. MODELO FE 45 CAPACIDADE DE PERFURAÇÃO Ø 45 mm PROFUNDIDADE DE CORTE TIPO DE ENCAIXE CM 2 MEDIDAS DE SEGURANÇA

INTRODUÇÃO CARACTERÍSTICAS. MODELO FE 45 CAPACIDADE DE PERFURAÇÃO Ø 45 mm PROFUNDIDADE DE CORTE TIPO DE ENCAIXE CM 2 MEDIDAS DE SEGURANÇA 1 INTRODUÇÃO As Furadeiras de Base Magnética Merax caracterizam-se por serem robustas, porém leves e de fácil transporte. Utilizam qualquer tipo de broca, preferencialmente as brocas anulares. Trabalham

Leia mais

Extensômetro de Alto Alongamento AHX800 Manual Title

Extensômetro de Alto Alongamento AHX800 Manual Title Extensômetro de Alto Alongamento AHX800 Manual Title Additional Manual do Information Produto be certain. 100-238-343 A Informações sobre Direitos Autorais Informações sobre Marca Registrada Informação

Leia mais

Sumário Serra Fita FAM

Sumário Serra Fita FAM Sumário Serra Fita FAM 1 Componentes... 1 Painel de controle... 1 Sensores de segurança... 2 Especificações... 2 Instalação... 3 Condições Gerais do Local... 3 Rede Elétrica... 3 Instalação da Tomada...

Leia mais

Manual de Instruções Tupias TPA-740; TPA-890

Manual de Instruções Tupias TPA-740; TPA-890 Manual de Instruções Tupias TPA-740; TPA-890 Figura 1: VISTA DA TUPIAS (IMAGEM MERAMENTE ILUSTRATIVA) Advertência: Não execute nenhuma operação com o equipamento antes de ler atentamente este manual. Este

Leia mais

2. CARACTERÍSTICAS 1. INTRODUÇÃO

2. CARACTERÍSTICAS 1. INTRODUÇÃO 1. INTRODUÇÃO O estabilizador portátil de câmera Tedi Cam é um equipamento de avançada tecnologia utilizado para filmagens de cenas onde há a necessidade de se obter imagens perfeitas em situações de movimento

Leia mais

Carolina Vilanova. 26/12/13 www.omecanico.com.br/modules/revista.php?action=printout&recid=423. Desmontagem e dicas da caixa VW

Carolina Vilanova. 26/12/13 www.omecanico.com.br/modules/revista.php?action=printout&recid=423. Desmontagem e dicas da caixa VW Desmontagem e dicas da caixa VW Vamos apresentar nessa reportagem as características, dicas de manutenção, desmontagem e montagem da caixa de câmbio MQ200, que em suas várias aplicações, equipa a maioria

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES DO ACIONADOR DE PORTA CORREDIÇA

MANUAL DE INSTRUÇÕES DO ACIONADOR DE PORTA CORREDIÇA MANUAL DE INSTRUÇÕES DO ACIONADOR DE PORTA CORREDIÇA (MODELOS NUM. 1071.101 e 1071.102) Guarde este manual com cuidado para mantê-lo em boas condições para uso futuro. Cuidado Assegure-se de que o acionador

Leia mais

Estas informações são importantes para a segurança e eficiência na instalação e operação do aparelho.

Estas informações são importantes para a segurança e eficiência na instalação e operação do aparelho. 0 IMPORTANTE LEIA E SIGA AS SEGUINTES INSTRUÇÕES Estas informações são importantes para a segurança e eficiência na instalação e operação do aparelho. ATENÇÃO Atenção indica uma situação potencialmente

Leia mais

Manutenção Preventiva do MIX RACK

Manutenção Preventiva do MIX RACK Manutenção Preventiva do MIX RACK a. Introdução Neste guia iremos demonstrar os processos para manutenção preventiva do módulo MIX RACK da linha Venue. Este sistema é composto basicamente de um Rack central

Leia mais

Instruções para uso do peso de bater automático

Instruções para uso do peso de bater automático Este equipamento foi desenvolvido com as finalidades de: 1) Agilizar e otimizar o tempo necessário para os testes de penetração de solo; 2) Melhorar a ergonomia do procedimento, evitando esforços físicos

Leia mais

11/06 119-32/00 012807 REV.0. www.britania.com.br sac@britania.com.br Manual de Instruções

11/06 119-32/00 012807 REV.0. www.britania.com.br sac@britania.com.br Manual de Instruções 11/06 119-32/00 012807 REV.0 www.britania.com.br sac@britania.com.br Manual de Instruções CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS INTRODUÇÃO Tensão Corrente Potência/Consumo Freqüência Rotações Diâmetro Área de ventilação

Leia mais

Manual de Instruções e Lista de Peças

Manual de Instruções e Lista de Peças Manual de Instruções e Lista de Peças Linha Overloque de Alta Velocidade 321C- 131M-04 132M-015 133M-04 /TF 134M-04 241M-24 / 25 243M-24 / TF 244M-24 251M-35 251M-55 251H-56 Singer é uma marca registrada

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES CONJUNTO DIESEL PARA SOLDA ELÉTRICA MODELO O - MOTOR PERKINS

MANUAL DE INSTRUÇÕES CONJUNTO DIESEL PARA SOLDA ELÉTRICA MODELO O - MOTOR PERKINS Consulte as Assistências Técnicas Autorizadas acesse: www.bambozzi.com.br/assistec.xls ou ligue: +55 (16) 33833806 / 33833807 MANUAL DE INSTRUÇÕES BAMBOZZI PRODUTOS ESPECIAIS LTDA. Av. XV de Novembro,

Leia mais

MANUAL DE OPERAÇÕES DO ALINHADOR ALD300

MANUAL DE OPERAÇÕES DO ALINHADOR ALD300 MANUAL DE OPERAÇÕES DO ALINHADOR ALD300 1. Introdução O Alinhador ALD300 foi desenvolvido para verificação e ajuste do sistema de direção de veículos automotivos leves, através do sistema ótico. O sistema

Leia mais

SISTEMA DE VENTILAÇÃO MINÍMA (INLETS)

SISTEMA DE VENTILAÇÃO MINÍMA (INLETS) SISTEMA DE VENTILAÇÃO MINÍMA (INLETS) REV.3-01/2015 - MI0012P MANUAL DE INSTALAÇÃO SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 3 IMPORTANTE... 4 SEGURANÇA... 4 1) RESUMO DA INSTALAÇÃO DO SISTEMA... 5 2) MONTAGEM DOS COMPONENTES...

Leia mais

Para peças de reposição e Discos de Plantio acesse nossa Loja Virtual: www.knapik.com.br

Para peças de reposição e Discos de Plantio acesse nossa Loja Virtual: www.knapik.com.br Para peças de reposição e Discos de Plantio acesse nossa Loja Virtual: www.knapik.com.br INDÚSTRIA MECÂNICA KNAPIK LTDA - EPP Rua Prefeito Alfredo Metzler, 480 - Bairro Santa Rosa - Porto União - SC Site:

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO

MANUAL DE INSTALAÇÃO MANUAL DE INSTALAÇÃO Revisão 03 INSTALAÇÃO DO DISCO SOLAR Parabéns por adquirir um dos mais tecnológicos meios de aquecimento de água existentes no mercado. O Disco Solar é por sua natureza uma tecnologia

Leia mais

MANUAL DE MONTAGEM PLATAFORMAS

MANUAL DE MONTAGEM PLATAFORMAS MANUAL DE MONTAGEM PLATAFORMAS ALTOSUL INDÚSTRIA DE EQUIPAMENTOS LTDA Fone /Fax (47) 3533-5330 Rua Presidente Nereu, 1300 Ituporanga-sc - Cep 88400-000 Sumario Sumario... 1 A Empresa... 2 Contatos... 2

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES CONJUNTO DIESEL PARA SOLDA ELÉTRICA MODELO OL MODELO OL - MOTOR PERKINS

MANUAL DE INSTRUÇÕES CONJUNTO DIESEL PARA SOLDA ELÉTRICA MODELO OL MODELO OL - MOTOR PERKINS Consulte as Assistências Técnicas Autorizadas acesse: www.bambozzi.com.br/assistec.xls ou ligue: +55 (16) 33833806 / 33833807 MANUAL DE INSTRUÇÕES BAMBOZZI PRODUTOS ESPECIAIS LTDA. Av. XV de Novembro,

Leia mais

AUTOMATISMO PARA PORTA SECCIONADA INDUSTRIAL MANUAL DE UTILIZAÇÃO E INSTALAÇÃO

AUTOMATISMO PARA PORTA SECCIONADA INDUSTRIAL MANUAL DE UTILIZAÇÃO E INSTALAÇÃO AUTOMATISMO PARA PORTA SECCIONADA INDUSTRIAL MANUAL DE UTILIZAÇÃO E INSTALAÇÃO Por favor leia atentamente o manual antes da instalação e utilização Rev..2 7/03/20 O cadernal foi projectado apenas para

Leia mais

Manual de Instruções e Lista de Peças

Manual de Instruções e Lista de Peças Manual de Instruções e Lista de Peças Máquina de Costura Reta Eletrônica Direct Drive de Alta Velocidade 9K 0 / 0F 30 / 30F Singer é uma marca registrada da The Singer Company Limited ou suas afiliadas

Leia mais

MANUAL TÉCNICO POTENZA ANALÓGICA. Rev. 0

MANUAL TÉCNICO POTENZA ANALÓGICA. Rev. 0 Rev. 0 MANUAL TÉCNICO POTENZA ANALÓGICA ÍNDICE INSTRUÇÕES IMPORTANTES DE SEGURANÇA Instruções importantes de segurança...3 Características técnicas...4 Ferramentas necessárias para instalação...5 Instalação

Leia mais

Ari Jr 23-03-2012. Diogo DATA 23-03-2012. Folheto de Instruções / User Manual 811-09-05 23-03-2012. Liberação do Arquivo. Ari Jr.

Ari Jr 23-03-2012. Diogo DATA 23-03-2012. Folheto de Instruções / User Manual 811-09-05 23-03-2012. Liberação do Arquivo. Ari Jr. N MODIFICAÇÃO POR DATA 0 Liberação do Arquivo Ari Jr 23-03-2012 1 Alteração do Controle Remoto Ari Jr 05-04-2012 2 Acrescentado informação sobre não tocar as pás durante o funcionamento. Dieli 13-07-2012

Leia mais

MANUAL SUSPENSÃO MECÂNICA SENSOR DE ÂNGULO

MANUAL SUSPENSÃO MECÂNICA SENSOR DE ÂNGULO 2015 MANUAL SUSPENSÃO MECÂNICA SENSOR DE ÂNGULO SUSPENSÃO MECÂNICA SENSOR DE ÂNGULO Passo 1: O primeiro passo é determinar qual versão do Sensor de Ângulo foi incluído no seu kit. Existe uma versão Direita

Leia mais

3 pás. Parabéns! Você acabou de adquirir um ventilador de teto com luminária, especialmente criado para trazer mais conforto e beleza aos ambientes.

3 pás. Parabéns! Você acabou de adquirir um ventilador de teto com luminária, especialmente criado para trazer mais conforto e beleza aos ambientes. 3 pás Parabéns! Você acabou de adquirir um ventilador de teto com luminária, especialmente criado para trazer mais conforto e beleza aos ambientes. Com design diferenciado o Efyx Lunik3 é pré-montado.

Leia mais

Manual Técnico e Certificado de Garantia

Manual Técnico e Certificado de Garantia Parabéns! Você acabou de adquirir um ventilador de teto com luminária, especialmente criado para trazer mais conforto e beleza aos ambientes. Com design diferenciado o Efyx Nauta é pré-montado. Siga todas

Leia mais

Manual de Instruções e Certificado de Garantia SERRA DE FITA SF 1,30 - SF 1,74 - SF 2,55 - SF 2,82 SF 2,82 S - SF 3,15 S

Manual de Instruções e Certificado de Garantia SERRA DE FITA SF 1,30 - SF 1,74 - SF 2,55 - SF 2,82 SF 2,82 S - SF 3,15 S Manual de Instruções e Certificado de Garantia SERRA DE FITA SF 1,30 - SF 1,74 - SF 2,55 - SF 2,82 SF 2,82 S - SF 3,15 S Sumário 1 - Introdução 1.1 - Segurança 1.2 - Principais Componentes 1.3 - Características

Leia mais

MANUAL DO CONSUMIDOR VENTILADOR DE TETO

MANUAL DO CONSUMIDOR VENTILADOR DE TETO VENTILADOR DE TETO MODELOS: AIRES, LUMIAR FÊNIX, FÊNIX CONTR PETIT Obrigado por adquirir o VENTISOL. Antes de utilizar o seu produto leia atentamente este manual de instruções. Após a leitura guarde-o

Leia mais

AFIADOR ELÉTRICO 511 A Manual de Instruções

AFIADOR ELÉTRICO 511 A Manual de Instruções AFIADOR ELÉTRICO 511 A Manual de Instruções ESTE MANUAL CONTÉM INFORMAÇÕES IMPORTANTES SOBRE MONTAGEM, OPERAÇÃO, MANUTENÇÃO E SEGURANÇA REFERENTES AO AFIADOR ELÉTRICO DE BANCADA OREGON 511A. FAVOR LER

Leia mais

MANUAL AUTOMATIZADORES LINHA AC CERTIFICAÇÕES AUTOMATIZADORES V - 2012. Desenho ilustrativo WWW.NEWAUTOMATIZADORES.COM.BR. 50,00 mm.

MANUAL AUTOMATIZADORES LINHA AC CERTIFICAÇÕES AUTOMATIZADORES V - 2012. Desenho ilustrativo WWW.NEWAUTOMATIZADORES.COM.BR. 50,00 mm. V - 2012 ME G A A G E AUTOMATIZADORES MANUAL WWW.NEWAUTOMATIZADORES.COM.BR AUTOMATIZADORES LINHA AC CERTIFICAÇÕES 50,00 mm 22,50 mm Management System CNAS C117-Q AUTOMATIZADORES LINHA AC COMPONENTES: 1

Leia mais

CM 9000. evolux. Peças e Partes

CM 9000. evolux. Peças e Partes CM 9000 evolux Peças e Partes IITEM ÍNDICE DESCRIÇÃO PÁGINA 1,0 ESTRUTURA E PARTES E EXTERNAS 1.1 GABINETE 2/3 1.2 TAMPA 4/5 1.3 SUPORTE E MONITOR 6/7 1.4 MECANISMO DA PORTA 8/9 2,0 TANQUE DA REFRIGERAÇÃO

Leia mais

Relê. Suporte A. Suporte B. Suporte C do Farol de Neblina Esquerdo. Suporte C do Farol de Neblina Direito. 23 Abraçadeiras de Fixação

Relê. Suporte A. Suporte B. Suporte C do Farol de Neblina Esquerdo. Suporte C do Farol de Neblina Direito. 23 Abraçadeiras de Fixação MANUAL DE INSTALAÇÃO Acessório FAROL DE NEBLINA Modelo Aplicável HONDA FIT 2007 No. da publicação Data de emissão fev/06 Moldura Farol de Neblina Esquerdo Relê Moldura Farol de Neblina Direito Suporte

Leia mais

O kit da discadora MED CALL contém: 1 discadora 1 controle remoto 1 adaptador bivolt 1 antena 1 cabo para linha telefônica 1 chave de fenda

O kit da discadora MED CALL contém: 1 discadora 1 controle remoto 1 adaptador bivolt 1 antena 1 cabo para linha telefônica 1 chave de fenda Introdução A discadora MED CALL tem diversas aplicações, como emergências médicas, coação em caso de assalto, crianças sozinhas em casa, ou qualquer outra aplicação que necessite de uma discagem automática

Leia mais

Informativo de Assistência Técnica

Informativo de Assistência Técnica Prezado Instalador, O Fiat Stilo é um veículo com um grande volume de tecnologia eletrônica e a utilização de ferramental inadequado pode causar sérios danos ao sistema elétrico. IMPORTANTE: Antes de começar

Leia mais

R O B Ó T I C A. Sensor Smart. Ultrassom. Versão Hardware: 1.0 Versão Firmware: 1.0 REVISÃO 1211.13. www.robouno.com.br

R O B Ó T I C A. Sensor Smart. Ultrassom. Versão Hardware: 1.0 Versão Firmware: 1.0 REVISÃO 1211.13. www.robouno.com.br R O B Ó T I C A Sensor Smart Ultrassom Versão Hardware: 1.0 Versão Firmware: 1.0 REVISÃO 1211.13 Sensor Smart Ultrassom 1. Introdução Os sensores de ultrassom ou ultrassônicos são sensores que detectam

Leia mais

How To de instalação de chicotes para farol de neblina Vectra C

How To de instalação de chicotes para farol de neblina Vectra C Este How to apresenta instruções de instalação de chicotes e outros componentes do sistema de farol de neblina. Foi instalado em um Vectra Expression 2008-09. Materiais Kit completo farol de neblina, código

Leia mais

Seção 9 Cilindros e protetores/reservatórios do cárter

Seção 9 Cilindros e protetores/reservatórios do cárter Seção 9 Cilindros e protetores/reservatórios do cárter Página CILINDROS... 150 Inspeção e medição... 150 Retificação de cilindros... 150 Acabamento... 151 Limpeza... 151 MANCAIS DE MOTOR... 152 Mancal

Leia mais

TREINAMENTO DE CERTIFICAÇÃO QTEK Bomber

TREINAMENTO DE CERTIFICAÇÃO QTEK Bomber TREINAMENTO DE CERTIFICAÇÃO QTEK Bomber O QTEK Bomber é um dispositivo de separação de camada independente, projetado para remover ou adicionar camadas de produtos sobre um palete. O Bomber também pode

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES E OPERAÇÃO. DPE Desmontadora de Pneus Elétrica

MANUAL DE INSTRUÇÕES E OPERAÇÃO. DPE Desmontadora de Pneus Elétrica MANUAL DE INSTRUÇÕES E OPERAÇÃO DPE Desmontadora de Pneus Elétrica 01 - Cabeçote Fixador 02 Garras 03 Bicos de Pato Deslocador 04 Haste Móvel 05 Braço Deslocador 06 Trava da Haste Móvel 07 Mola 08 Bico

Leia mais

TERMO DE GARANTIA. clickautomatizadores.com.br

TERMO DE GARANTIA. clickautomatizadores.com.br TERMO DE GARANTIA MOTOPPAR - INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE AUTOMATIZADORES LTDA, Localizada na Avenida Dr. Labieno da Costa Machado nº3526, Distrito Industrial, Garça/ SP, CEP 17.400-000, CNPJ 52.605.821/0001-55,

Leia mais

1 - AUTOMATIZADOR: Utilizado exclusivamente em portas de enrolar de aço. Existem diversas capacidades e tamanhos. Verifique sempre o peso e o tamanho

1 - AUTOMATIZADOR: Utilizado exclusivamente em portas de enrolar de aço. Existem diversas capacidades e tamanhos. Verifique sempre o peso e o tamanho 1 ME-01 REV00 13 3 1 2 14 9 10 12 4 5 6 7 11 8 1 - AUTOMATIZADOR: Utilizado exclusivamente em portas de enrolar de aço. Existem diversas capacidades e tamanhos. Verifique sempre o peso e o tamanho da porta

Leia mais

Manual Técnico CAIXA DE JUNÇÃO. CIA-10 e CIA-10P

Manual Técnico CAIXA DE JUNÇÃO. CIA-10 e CIA-10P Manual Técnico CAIXA DE JUNÇÃO CIA-10 e CIA-10P Versão 1.0-30_11_2012 Pág. 1/13 Rua Icaraí, 242 - Bairro do Tatuapé - São Paulo - SP CEP.: 3071-050 Site: www.aephbrasil.com.br E-mail: vendas@aephbrasil.com.br

Leia mais

Projeto de retífica motor MPLM 301 Javali CBT

Projeto de retífica motor MPLM 301 Javali CBT Projeto de retífica motor MPLM 301 Javali CBT Análise de falas e comparativo com motores Bloco de cilindros: O bloco de cilindros do Javali é do tipo construtivo Bloco Cilíndrico, onde o cilindro é usinado

Leia mais

Manual de Instruções e Lista de Peças. Máquina de Costura Reta de Alta Velocidade

Manual de Instruções e Lista de Peças. Máquina de Costura Reta de Alta Velocidade Manual de Instruções e Lista de Peças Máquina de Costura Reta de Alta Velocidade 191D 20 / 20C 30 / 30C 70 / 70C Singer é uma marca registrada da The Singer Company Limited ou suas afiliadas. 2009 Copyright

Leia mais

TF-830 MOTOCICLETA. Leia cuidadosamente antes do uso

TF-830 MOTOCICLETA. Leia cuidadosamente antes do uso TF-830 MOTOCICLETA Leia cuidadosamente antes do uso Leia este manual cuidadosamente antes de usar este produto. O manual o informará como operar e montar o produto de uma forma correta para que nenhuma

Leia mais

bambozzi MANUAL DE INSTRUÇÕES CONJUNTO DIESEL USINEIRO

bambozzi MANUAL DE INSTRUÇÕES CONJUNTO DIESEL USINEIRO bambozzi MANUAL DE INSTRUÇÕES BAMBOZZI PRODUTOS ESPECIAIS LTDA. Av. XV de Novembro, 155 - Centro - CEP 15990-630 - Matão (SP) - Brasil Fone (16) 3383-3800 - Fax (16) 3382-4228 bambozzi@bambozzi.com.br

Leia mais

SEÇÃO 7C Alternadores

SEÇÃO 7C Alternadores SEÇÃO 7C Alternadores Índice da Seção Página ALTERNADORES Tabela nº... Identificação, Descrição dos Sistemas... Teste de Saída de Tensão - Somente CA... 0 Teste de Saída de Tensão - Somente CC... 9 / A...

Leia mais

Eletroímã VERSÃO DO MANUAL

Eletroímã VERSÃO DO MANUAL Eletroímã VERSÃO DO MANUAL 1.4 de 19/02/2013 3045 Sumário 1. Apresentação... 3 2. Itens que Acompanham... 3 2.1. FECHBEM SUPER FS 150 e FS 200... 3 2.2. AUTOMAG F300 E F600... 4 3. Especificações Técnicas...

Leia mais

COLOCAÇÃO DO VENTILADOR NO RUP280/340 E ER280/340

COLOCAÇÃO DO VENTILADOR NO RUP280/340 E ER280/340 COLOCAÇÃO DO VENTILADOR NO RUP280/340 E ER280/340 Maracanaú, 30 de Maio de 2005 Caso o Refrigerador Esmaltec (RUP280/340 e ER280/340) apresente sudação interna, faz-se necessário a colocação do ventilador,

Leia mais

Para garantir uma operação segura, leia cuidadosamente este manual antes de usar a talha.

Para garantir uma operação segura, leia cuidadosamente este manual antes de usar a talha. ÍNDICE I. Componentes básicos... 3 II. Instalação... 3 III. Requisitos elétricos... 7 IV. Segurança... 7 V. Manutenção... 12 VI. Inspeções diárias... 12 VII. Inspeções mensais... 13 VIII. Inspeções anuais...

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO CERTIFICADO DE GARANTIA

MANUAL DO USUÁRIO CERTIFICADO DE GARANTIA Prazer em dirigir. MANUAL DO USUÁRIO CERTIFICADO DE GARANTIA www.edrive.ind.br Prazer em dirigir. PARABÉNS PELA AQUISIÇÃO DE SEU E-DRIVE! A manutenção e os cuidados corretos ajudarão a otimizar a durabilidade

Leia mais

X20 30 36 AC GEARLESS

X20 30 36 AC GEARLESS 3141 pt - 02.1999 / a Este manual deve ser entregue ao usuário final X20 30 36 AC GEARLESS Manual de instalação e manutenção Com o objetivo de obter o máximo de desempenho de sua nova máquina GEARLESS,

Leia mais

www.reinhausen.com Eixo de transmissão Instruções de serviço BA 042/07

www.reinhausen.com Eixo de transmissão Instruções de serviço BA 042/07 www.reinhausen.com Eixo de transmissão Instruções de serviço BA 042/07 NOTA! O produto pode ter sido modificado depois de este documento ter sido enviado para impressão. Reservamo-nos expressamente o direito

Leia mais

MANUAL DE MONTAGEM. Revisão 10 MONTAGEM DO DISCO SOLAR PARA AQUECIMENTO DE ÁGUA

MANUAL DE MONTAGEM. Revisão 10 MONTAGEM DO DISCO SOLAR PARA AQUECIMENTO DE ÁGUA MANUAL DE MONTAGEM Revisão 10 MONTAGEM DO DISCO SOLAR PARA AQUECIMENTO DE ÁGUA Parabéns por adquirir um dos mais tecnológicos meios de aquecimento de água existentes no mercado. O Disco Solar é por sua

Leia mais

RACK AUDIENCE TO GO K 3255 RACK AUDIENCE TO GO KR 3255

RACK AUDIENCE TO GO K 3255 RACK AUDIENCE TO GO KR 3255 RACK AUDIENCE TO GO K 3255 RACK AUDIENCE TO GO KR 3255 INSTRUÇÕES DE MONTAGEM Imagens Ilustrativas AUDIENCE TO GO KR 3255 AUDIENCE TO GO K 3255 50 Kg Carga Máxima www.aironflex.com INSTRUÇÕES DE MONTAGEM

Leia mais

RETA ELETRÔNICA ZJ- 9700 MF-RS-PF

RETA ELETRÔNICA ZJ- 9700 MF-RS-PF RETA ELETRÔNICA ZJ- 9700 MF-RS-PF 02-01 1 - Enchedor De Bobina Enchedor de bobina e o tensor estão ilustrados na figura a baixo 2 - Especificações Aplicação Velocidade Máxima de Costura Comprimento Máximo

Leia mais

Galoneira Industrial série ZJ-W562

Galoneira Industrial série ZJ-W562 Galoneira Industrial série ZJ-W562 Instruções de Segurança IMPORTANTE Antes de utilizar sua máquina, leia atentamente todas as instruções desse manual. Ao utilizar a máquina, todos os procedimentos de

Leia mais

Acoplamento. Uma pessoa, ao girar o volante de seu automóvel, Conceito. Classificação

Acoplamento. Uma pessoa, ao girar o volante de seu automóvel, Conceito. Classificação A U A UL LA Acoplamento Introdução Uma pessoa, ao girar o volante de seu automóvel, percebeu um estranho ruído na roda. Preocupada, procurou um mecânico. Ao analisar o problema, o mecânico concluiu que

Leia mais

Variadores e redutores de velocidade e manutenção de engrenagens

Variadores e redutores de velocidade e manutenção de engrenagens Variadores e redutores de velocidade e manutenção de engrenagens A UU L AL A Um conjunto de engrenagens cônicas pertencente a uma máquina começou a apresentar ruídos estranhos. O operador da máquina ficou

Leia mais

Verano. guarda-sóis manual de troca de corda

Verano. guarda-sóis manual de troca de corda Verano guarda-sóis manual de troca de corda Verano guarda-sóis manual de troca de corda Instruções gerais e de segurança Leia as instruções de montagem Apesar dos produtos Stobag serem de fácil montagem,

Leia mais

Manual de Instruções e Termo de Garantia

Manual de Instruções e Termo de Garantia Manual de Instruções e Termo de Garantia 1.Identificação dos itens. 2.Marque na porta a altura do centro da maçaneta (sugestão: 1,10m em relação ao piso). 4.Com auxílio de ferramentas (formão, furadeira,

Leia mais

2. ORIENTAÇÕES DE SEGURANÇA

2. ORIENTAÇÕES DE SEGURANÇA MANUAL DE INSTRUÇÕES COMPRESSOR DE AR ÍNDICE 1. PREPARAÇÃO 2. ORIENTAÇÕES DE SEGURANÇA 3. PRECAUÇÕES 4. DESCRIÇÃO BREVE 5. VISÃO GERAL E COMPONENTES PRINCIPAIS 6. PRINCIPAIS PARÂMETROS TÉCNICOS 7. VISÃO

Leia mais

Manual de Usuário. (Y-200, Y-300, Y-400, Y-500, Y-550, Y- 600, Y-700, Y-850, Y-1200, Y-1500 e Y- 2000)

Manual de Usuário. (Y-200, Y-300, Y-400, Y-500, Y-550, Y- 600, Y-700, Y-850, Y-1200, Y-1500 e Y- 2000) AUTOMATIZADORES PARA PORTAS DE ENROLAR IMPORTAÇÃO E SUPORTE TÉCNICO NA INSTALAÇÃO Manual de Usuário (Y-200, Y-300, Y-400, Y-500, Y-550, Y- 600, Y-700, Y-850, Y-1200, Y-1500 e Y- 2000) SAC: 55 + 11 3088

Leia mais

Manual de Instruções e Lista de Peças. Máquina de Corte Circular de Tecido 950C

Manual de Instruções e Lista de Peças. Máquina de Corte Circular de Tecido 950C Manual de Instruções e Lista de Peças Máquina de Corte Circular de Tecido 950C 104A 104B Singer é uma marca registrada da The Singer Company Limited ou suas afiliadas. 2009 Copyright The Singer Company

Leia mais

MÁQUINA PARA COSTURAR BOCA DE SACO

MÁQUINA PARA COSTURAR BOCA DE SACO MANUAL DE INSTRUÇÃO MÁQUINA PARA COSTURAR BOCA DE SACO MODELO: SS-26-1W - 1 - MÁQUINA PARA COSTURAR BOCA DE SACO Leia atentamente as instruções antes de iniciar o uso: a) Verificar se a voltagem está correta

Leia mais

MANUAL TÉCNICO ELÉTRICO ULTRA ÔNIBUS URBANO APLICAÇÕES INSTALAÇÃO MANUTENÇÃO

MANUAL TÉCNICO ELÉTRICO ULTRA ÔNIBUS URBANO APLICAÇÕES INSTALAÇÃO MANUTENÇÃO MANUAL TÉCNICO ELÉTRICO ULTRA ÔNIBUS URBANO APLICAÇÕES INSTALAÇÃO MANUTENÇÃO 2 IMPORTANTE A BRAPAX e seus Distribuidores Autorizados advertem que a seleção imprópria, falha ou uso incorreto dos produtos

Leia mais

Disjuntor a Vácuo uso Interno

Disjuntor a Vácuo uso Interno Disjuntor a Vácuo uso Interno D27 - U 1 Sumário 1. Aplicação... 3 2. Condições Normais de Serviço... 4 3. Principais Parâmetros Técnicos... 4 4. Estrutura e Operação do Disjuntor... 5 4.1. Estrutura Geral:...

Leia mais

Desnatadeiras. Casa das MANUAL DE INSTRUÇÃO DAS DESNATADEIRAS MOD. GR. Obs: Todas com Vasilhame A o Inox. Op o para Motor Monofásico ou Trif

Desnatadeiras. Casa das MANUAL DE INSTRUÇÃO DAS DESNATADEIRAS MOD. GR. Obs: Todas com Vasilhame A o Inox. Op o para Motor Monofásico ou Trif MANUAL DE INSTRUÇÃO DAS DESNATADEIRAS MOD. GR 9 GR - 50 LITROS / HORAS 18 GR - 100 LITROS / HORAS 36 GR - 225 LITROS / HORAS 154 GR - 275 LITROS / HORAS 108 GR - 650 LITROS / HORAS 29 GR - 1000 LITROS

Leia mais

Instruções de Instalação do Rack

Instruções de Instalação do Rack Instruções de Instalação do Rack Revise a documentação fornecida com o gabinete do rack para obter informações de segurança e cabeamento. Antes de instalar o servidor em um gabinete do rack, revise as

Leia mais

CORTINA DE AR INTERNATIONAL

CORTINA DE AR INTERNATIONAL CORTINA DE AR INTERNATIONAL A: MANUTENÇÃO PERIÓDICA DE CORTINA DE AR 3 TAMPA PONTA 2 TAMPA CENTRAL 4 1 FIG. 01 TAMPA DO MOTOR TELAS DE SUCÇÃO DE AR A) LIMPEZA DA TELA DE SUCÇÃO DE AR ( 4 ) A.1) - SUJEIRA

Leia mais

MINI COOPER. Vermelho

MINI COOPER. Vermelho Manual de Montagem e Instruções de Uso Manual do brinquedo e do controle remoto. Brinquedo com marcha frente/ ré e duplo comando: controle remoto para um adulto direcionar os movimentos do brinquedo. Controle

Leia mais

Manual de Instruções e Operação Moinhos USI-180

Manual de Instruções e Operação Moinhos USI-180 USIFER A Solução em Moagem Indústria Metalúrgica Ltda. Rua Vêneto, n 969 Bairro Nova Vicenza CEP 95180-000 Farroupilha RS Fones: (54) 3222 5194 Vendas (54) 3261 7356 Fábrica e-mail: usifermoinhos@usifermoinhos.com.br

Leia mais

Descarregador Bateria RX / TX. Funcionamento

Descarregador Bateria RX / TX. Funcionamento Descarregador Bateria RX / TX Funcionamento Você conectará os terminais das baterias RX e TX ao descarregador observando a polaridade correta, positivo (+) vermelho e o negativo (-) preto do seu pack de

Leia mais

bambozzi MANUAL DE INSTRUÇÕES CONJUNTO DIESEL PARA SOLDA ELÉTRICA MODELO OL-DUPLO - SEMI FECHADO

bambozzi MANUAL DE INSTRUÇÕES CONJUNTO DIESEL PARA SOLDA ELÉTRICA MODELO OL-DUPLO - SEMI FECHADO A SSISTÊNCIAS T ÊCNICASAUTORIZADAS acesse: www.bambozzi.com.br/assistencias.html ou ligue: +55 (16) 33833806 / 33833807 bambozzi MANUAL DE INSTRUÇÕES BAMBOZZI PRODUTOS ESPECIAIS LTDA. Av. XV de Novembro,

Leia mais

AUTOMATISMO PARA PORTA SECCIONADA INDUSTRIAL MANUAL DE UTILIZAÇÃO E INSTALAÇÃO

AUTOMATISMO PARA PORTA SECCIONADA INDUSTRIAL MANUAL DE UTILIZAÇÃO E INSTALAÇÃO AUTOMATISMO PARA PORTA SECCIONADA INDUSTRIAL MANUAL DE UTILIZAÇÃO E INSTALAÇÃO Por favor leia atentamente o manual antes da instalação e utilização Rev..2 7/03/20 O cadernal foi projectado apenas para

Leia mais

Caderno Técnico (Como Resolver 01) Diagnóstico e solução sobre embreagens

Caderno Técnico (Como Resolver 01) Diagnóstico e solução sobre embreagens Caderno Técnico (Como Resolver 01) Diagnóstico e solução sobre embreagens 1 dificuldade de engate, pouco tempo após a troca da embreagem Veículos de maior incidência: KOMBI e FUSCA análise técnica: Trata-se

Leia mais

Instruções de Instalação do Rack

Instruções de Instalação do Rack Instruções de Instalação do Rack Revise a documentação fornecida com o gabinete do rack para obter informações de segurança e cabeamento. Antes de instalar o servidor em um gabinete do rack, revise as

Leia mais

Utilizem sempre peças originais, para que possam ter garantida a performance e vida útil do seu equipamento. ALGODEN INDÚSTRIA E COMÉRCIO LTDA

Utilizem sempre peças originais, para que possam ter garantida a performance e vida útil do seu equipamento. ALGODEN INDÚSTRIA E COMÉRCIO LTDA ALGODEN INSTRUÇÕES GERAIS Antes de colocar em operação o equipamento, este deve funcionar em vazio durante algum tempo. Neste período deve se dar atenção nos diferentes pontos de lubrificação. Durante

Leia mais

bambozzi Manual de Instruções TMC 370 E +55 (16) 33833818 S.A.B. (Serviço de Atendimento Bambozzi) 0800 773.3818 sab@bambozzi.com.

bambozzi Manual de Instruções TMC 370 E +55 (16) 33833818 S.A.B. (Serviço de Atendimento Bambozzi) 0800 773.3818 sab@bambozzi.com. A SSISTÊNCIAS T ÊCNICAS AUTORIZADAS acesse: www.bambozzi.com.br/assistencias.html ou ligue: +55 (16) 33833818 bambozzi Manual de Instruções BAMBOZZI SOLDAS LTDA. Rua Bambozzi, 522 Centro CEP 15990-668

Leia mais

bambozzi Manual de Instruções TN5 B/56 +55 (16) 33833818 S.A.B. (Serviço de Atendimento Bambozzi) 0800 773.3818 sab@bambozzi.com.

bambozzi Manual de Instruções TN5 B/56 +55 (16) 33833818 S.A.B. (Serviço de Atendimento Bambozzi) 0800 773.3818 sab@bambozzi.com. A SSISTÊNCIAS T ÊCNICAS AUTORIZADAS acesse: www.bambozzi.com.br/assistencias.html ou ligue: +55 (16) 33833818 bambozzi Manual de Instruções BAMBOZZI SOLDAS LTDA. Rua Bambozzi, 522 Centro CEP 15990-668

Leia mais

Guia técnico de instalação UDMOTORS

Guia técnico de instalação UDMOTORS Guia técnico de instalação UDMOTORS 1 Instalação Elétrica - Motores UDM35R / UDM45R 1.1 Motores com acionamento por controle remoto Ligação modelo para es 127V Preto Verde Verde Branco Neutro Ligação modelo

Leia mais

Acadmix. Executivo. Top

Acadmix. Executivo. Top Acadmix Executivo Top Índice Apresentação Descrição de peças e componentes Montagem Guia de exercícios Dicas de segurança Garantia Tabela de medidas de parafusos 2 3 4, 5 e 6 7 e 8 9 9 Contra capa 1 Apresentação

Leia mais

PROCEDIMENTO DE MONTAGEM PASSO A PASSO

PROCEDIMENTO DE MONTAGEM PASSO A PASSO 3189P RETENTOR APLICADO NO CUBO DE RODA TRASEIRO DO EIXO MÉRITOR 1) Após desmontagem e limpeza do cubo, verificar o estado do alojamento do mesmo. 5) O retentor deverá ser aplicado até o encosto final

Leia mais