Apresentação para Investidores. Novembro de 2014

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Apresentação para Investidores. Novembro de 2014"

Transcrição

1 Apresentação para Investidores Novembro de

2 Agenda Diferenciais Gerdau Estratégia Destaques Operacionais e Financeiros Perspectivas

3 Diferenciais Gerdau Mais de 110 anos de atuação no mercado do aço - Nem uma única perda anual durante sua história. Entre as companhias mais competitivas do setor, com operações em 14 países - Maior produtora de aços longos na América e 2ª no mundo Operações verticalmente integradas com flexibilidade no processo produtivo - Principal produtora de baixo custo Participação de mercado relevante nos países onde opera e ampla gama de produtos por meio de unidades de transformação e corte e dobra Sólida estrutura de capital e geração de caixa Com mais de 120 mil acionistas e um volume médio diário negociado acima de US$ 80 milhões, as ações das empresas Gerdau são negociadas nas bolsa de valores de São Paulo, Nova York e Madri Fonte: Steel on the Net, Worldsteel 3

4 Player Global com Presença Regional Dominante Capacidade de Aços Longos Laminados Ranking por companhia (milhões de toneladas) Arcelor Mittal 54,4 Espanha Gerdau 25,5 Índia Evrazholding 18,1 Tata Corus 11,9 EUA & Canadá Republica Dominicana Nucor Group 11,0 México Guatemala Venezuela Colômbia Nippon Steel 10,9 Peru Brasil Riva Group 10,4 Chile Hebei Steel 9,1 Unidades Siderúrgicas Uruguai Empresas Associadas Argentina JFE Steel Group 8,7 Joint Ventures Celsa Group 8,7 Maior produtora de aços longos nas Américas e 2ª maior no mundo Operações em 14 países com market share relevante Fonte: Steel on the Net

5 Agenda Diferenciais Gerdau Estratégia Destaques Operacionais e Financeiros Perspectivas

6 Estratégia Operacional Verticalmente Integrada Upstream Aço Downstream Nível relevante de compra direta e sucata cativa (50%) 6,3 bilhões de toneladas de recursos de minério de ferro (autossuficiente em Ouro Branco) Produção de coque e reservas de carvão na Colômbia Geração própria de energia Foco no mercado de aço Estrutura de baixo custo Mini mills e usinas integradas Tecnologia de ponta Unidades de transformação (Fab Shops) Trefilados Rede de distribuição para os diversos produtos Produtos sob medida (~40% das vendas para a construção civil) Modelo de operação verticalmente integrada proporciona para a Gerdau uma posição competitiva ao longo da curva de custos 6

7 Operações Gerdau e mercados consumidores Produtos Placas, Blocos e Tarugos Aços Especiais Barras (SBQ) Comerciais Vergalhão Corte-Dobra Produtos Prontos para o uso Perfil Pesado Fio-Máquina Arames Pregos Bobinas Laminadas a Quente Minério de Ferro Brasil América do Norte América Latina Aços Especiais Minério de Ferro Residencial Infraestrutura Indústria e construções comerciais Agricultura Infraestrutura Não residencial Indústria Residencial Infraestrutura Indústria e construções Automotivo Indústria Naval Energia Matéria-prima para a Indústria do Aço Exportação de placas, comerciais blocos e tarugos 33% da Receita 31% da Receita 13% da Receita 20% da Receita 3% da Receita 52% do EBITDA 16% do EBITDA 9% do EBITDA 17% do EBITDA 6% do EBITDA Nota: Receita e EBITDA referente aos últimos doze meses findos em setembro de

8 Agenda Diferenciais Gerdau Estratégia Destaques Operacionais e Financeiros Perspectivas

9 Diversificação geográfica reduz volatilidade de resultados EBITDA & Margem EBITDA Consolidado ,5% 13,3% 11,3% 11,2% 11,4% EBITDA UDM: R$ milhões 3T13 4T13 1T14 2T14 3T14 EBITDA e Margem EBITDA por ON 23,5% 933 ON Brasil 17,4% 16,5% ON América do Norte 3,7% 7,8% 281 9,1% 337 9,2% ON América Latina 8,4% 7,6% 13,3% 273 ON Aços Especiais 10,5% 11,0% ,6% ON Minério de Ferro 24,5% ,8% 10 3T13 2T14 3T14 3T13 2T14 3T14 3T13 2T14 3T14 3T13 2T14 3T14 3T13 2T14 3T14 EBITDA (R$ milhões) Margem EBITDA (%) 9

10 Endividamento sofre impacto da variação cambial Dívida e Ratio Cronograma de Amortização da Dívida 15,5 R$ bilhões 16,3 16,4 16,4 18,1 R$ bilhões 11,2 2,8x 2,5x 2,5x 2,4x 2,7x 3,5 4,2 3,5 4,0 4,7 set.13 dez.13 mar.14 jun.14 set.14 Dívida Bruta (principal) 0,3 1,4 0,8 3,0 0,7 0,7 4T e após Caixa e Aplicações Financeiras Dívida Líquida/EBITDA¹ Custo Médio da Dívida: 6,5% Prazo Médio da Dívida: 7,2 anos (1) EBITDA dos últimos 12 meses. Prazo médio da dívida superior a sete anos 10

11 Investimentos somam R$ 438 milhões no 3T14 38% 9% 17% 20% 16% Brasil América do Norte América Latina Aços Especiais Minério de Ferro Principais projetos: Entrada em operação da linha de acabamento de bobinas a quente na Usina Ouro Branco (MG) Início da operação do novo lingotamento contínuo em St. Paul (Minnesota) Continuidade da instalação do novo forno de reaquecimento em Monroe (Michigan) Gerdau planeja desembolsar R$ 2,1 bi de CAPEX em

12 Agenda Diferenciais Gerdau Estratégia Destaques Operacionais e Financeiros Perspectivas

13 Operação de Negócio Brasil Investimentos em Infraestrutura UHE s e PCH s: Perspectiva de volume para o setor (t) PORTOS R$ 45 Bi FERROVIAS R$ 91 Bi (R$ 56 Bi em 5 anos e R$ 35 Bi em 25 anos) Km 1,5% - 2,4% AEROPORTOS R$ 5.5 Bi (PAC 2)* + concessão UHE S e PCH s R$ 55 Bi (até 2020) R$ 42 Bi (R$ 24 Bi em 5 anos e R$ 19 Bi em 20 anos) 7,5 R$40 Bi (R$ 25 Bi já investidos e também ESTRADAS mil Km EÓLICAS R$15 Bi até 2020) Concessão dos aeroportos de Guarulhos, Viracopos, Galeão e Confins Privatização e construção de estradas, ferrovias, portos e aeroportos objetivando melhorar a infraestrutura do país Altos investimentos em geração de energia para suprir a demanda crescente de consumo Principais projetos em andamento - GG EMPREENDIMENTO UF VOLUME DURAÇÃO UHE TELES PIRES MT t UHE BELO MONTE RO t Apresentação para Investidores 13

14 Operação de Negócio América do Norte Crescimento do PIB da América do Norte previsto para 2015: +3,1% Preço das Residências e Execuções Hipotecárias Índices de Manufatura e Não manufatura Institute of Supply Management (ISM): jan.03 a set.14 Execuções Hipotecárias nos EUA dado mensal Índice de Preço S&P case-shiller sem ajuste sazonal Índice ISM de Manufatura Índice ISM de Não Manufatura Acima de 50 indica expansão e vice-versa Abaixo de 42,7 sinaliza recessão Fonte: FMI, S&P Case-Shiller (preços), RealtyTrac (hipotécas) e ISM.

15 Operação de Negócio América Latina Crescimento do PIB da América Latina previsto para 2015: +2,2% Consumo Aparente de Aço Acabado (Mt) México 2 plantas Acesso ao mercado dos EUA Novo laminador (2014) +2,6% 42,6 43,7 5,8 5,9 19,7 21,0 +4,6% 45,7 6,0 21,8 2,8 2,7 3,4 2,9 3,0 3,1 3,5 3,9 4,0 2,7 2,6 2,6 5,1 4,7 4, (f) 2015 (f) Outros México Venezuela Peru Colômbia Chile Argentina Colômbia Recursos de carvão e produção de coque Peru Excelente Logística Forte crescimento Chile Mercado maduro Boa rede de distribuição Fonte: FMI e worldsteel (SRO out.14). 15

16 Operação de Negócio Aços Especiais Cobertura Global Segundo maior produtor mundial NAFTA: Produção Total de Veículos Leves kg Crescimento de 12 meses até setembro Produção total de veículos leves no NAFTA 150 kg Total de automóveis e caminhões leves NAFTA: Produção de Veículos 3 meses até setembro 12 meses até setembro Unidades (mil) Crescimento Unidades (mil) Crescimento NAFTA ,2% ,1% EUA ,6% ,9% Canadá 528-6,8% ,3% México 792 7,8% ,4% Apresentação para Investidores 16

17 Operação de Negócio Minério de Ferro Autossuficiência traz benefícios em custo para a unidade de Ouro Branco: Necessidade anual de minério de ferro: 6,5 MMt*. Projeto de expansão de capacidade sendo revisado. Sem compromisso de longo prazo (volumes e logística). CAPEX (US$ milhões) CAPACIDADE (milhões de ton) 11,5 110,9 4,4 481,0 Realizado Em andamento 1,5 5,6 Plantas de parceiros UTM I UTM II Capacidade CAPEX + Aquisição da Mina: US$ 44/t * Considerando 90% de utilização da capacidade. 17

18 Declaração Esta apresentação pode conter afirmações que constituem previsões para o futuro. Essas previsões são dependentes de estimativas, informações ou métodos que podem estar incorretos ou imprecisos e podem não se realizar. Essas estimativas também estão sujeitas a riscos, incertezas e suposições, que incluem, entre outras: condições gerais econômicas, políticas e comerciais no Brasil e nos mercados onde atuamos e regulamentações governamentais existentes e futuras. Possíveis investidores são aqui alertados de que nenhuma dessas previsões é garantia de futuro desempenho, pois envolvem riscos e incertezas. A empresa não assume, e especificamente nega, qualquer obrigação de atualizar quaisquer previsões, que fazem sentido apenas na data em que foram feitas. 13

19

Apresentação para Investidores. Março, 2009

Apresentação para Investidores. Março, 2009 Apresentação para Investidores Março, 2009 1 Filosofia Gerdau VISÃO Ser uma empresa siderúrgica global, entre as mais rentáveis do setor. MISSÃO O Grupo Gerdau é uma empresa com foco em siderurgia, que

Leia mais

Apresentação para Investidores

Apresentação para Investidores Apresentação para Investidores 1 Agenda Diferenciais Gerdau Estratégia Destaques Operacionais e Financeiros Perspectivas Diferenciais Gerdau Mais de 110 anos de atuação no mercado do aço - Nem uma única

Leia mais

Competitividade e Desafios da Indústria do Aço

Competitividade e Desafios da Indústria do Aço Competitividade e Desafios da Indústria do Aço Harley Scardoelli 25 de maio de 2014 As economias devem se recuperar de forma gradual ao longo dos próximos anos 6,0 5,0 4,0 3,0 3,2 5,1 3,0 4,7 3,6 4,9 3,9

Leia mais

Reunião Apimec São Paulo, 26 de novembro de 2009.

Reunião Apimec São Paulo, 26 de novembro de 2009. Reunião Apimec São Paulo, 26 de novembro de 2009. Reunião Apimec 26/11/2009 1 Agenda SETORIAL CORPORATIVO RESULTADOS FINANÇAS E MERCADO DE CAPITAIS Palestrantes: André Gerdau Johannpeter Diretor-Presidente

Leia mais

Negócios. Gerdau aprimora gestão para ampliar resultados operacionais. 18,5 milhões de toneladas

Negócios. Gerdau aprimora gestão para ampliar resultados operacionais. 18,5 milhões de toneladas Negócios Gerdau inicia produção própria de bobinas a quente na usina Ouro Branco (MG). DESEMPENHO DAS OPERAÇÕES Gerdau aprimora gestão para ampliar resultados operacionais Ao longo de 2013, as vendas físicas

Leia mais

Apresentação Institucional

Apresentação Institucional Apresentação Institucional A Gerdau no mundo Nossa empresa hoje 111 anos de história Unidades em 14 países, produtos comercializados para os cinco continentes Mais de 45 mil colaboradores Aço para a construção

Leia mais

Apresentação para Investidores. Março de 2012

Apresentação para Investidores. Março de 2012 Apresentação para Investidores Março de 2012 1 Perfil Mais de 110 anos de atuação no mercado do aço Entre as companhias mais competitivas do setor, com operações em 14 países Maior produtor de aços longos

Leia mais

Apresentação para Investidores. Março de 2013

Apresentação para Investidores. Março de 2013 Apresentação para Investidores Março de 2013 1 Perfil Mais de 110 anos de atuação no mercado do aço Entre as companhias mais competitivas do setor, com operações em 14 países Maior produtor de aços longos

Leia mais

Apresentação para Investidores. Junho, 2008

Apresentação para Investidores. Junho, 2008 Apresentação para Investidores Junho, 2008 1 Evolução da Produção Produção de Aço Bruto Em milhões de toneladas Crescimento nos últimos 10 anos: + 68% China: + 349% Estimado 2007-2012: +29,8% Crescimento

Leia mais

GERDAU S.A. Informações consolidadas 1T09 07/05/09

GERDAU S.A. Informações consolidadas 1T09 07/05/09 Visão Ser uma empresa siderúrgica global, entre as mais rentáveis do setor. Missão A Gerdau é uma empresa com foco em siderurgia, que busca satisfazer as necessidades dos clientes e criar valor para os

Leia mais

APIMEC São Paulo Rômel Erwin de Souza CEO. Apresentação Usiminas 2T11 - APIMEC. 12 de novembro de 2015 Classificação da Informação: Pública

APIMEC São Paulo Rômel Erwin de Souza CEO. Apresentação Usiminas 2T11 - APIMEC. 12 de novembro de 2015 Classificação da Informação: Pública APIMEC São Paulo Rômel Erwin de Souza CEO Apresentação Usiminas 2T11 - APIMEC 12 de novembro de 2015 Classificação da Informação: Pública Agenda Usiminas em linhas gerais Informações de Mercado Usiminas

Leia mais

40.000 empregados Em mais de 250 municípios Brasileiros Presença em mais de 20 países

40.000 empregados Em mais de 250 municípios Brasileiros Presença em mais de 20 países 42º SEMINÁRIO INTERNACIONAL DE ACIARIA 42º STEELMAKING SEMINAR - INTERNATIONAL NOVOS PROJETOS SIDERÚRGICOS Iran Oliveira de Medeiros GRUPO VOTORANTIM 1918 2010 Canadá Estados Unidos México Bahamas Colômbia

Leia mais

EXPOMONEY 2007. São Paulo, 28 de setembro de 2007

EXPOMONEY 2007. São Paulo, 28 de setembro de 2007 EXPOMONEY 2007 São Paulo, 28 de setembro de 2007 Afirmações sobre o Futuro Algumas das afirmações aqui contidas se baseiam nas hipóteses e perspectivas atuais da administração da Companhia que poderiam

Leia mais

Nov./Dez. 2006. Bruno Seno Fusaro Superintendente de Relações com Investidores

Nov./Dez. 2006. Bruno Seno Fusaro Superintendente de Relações com Investidores Nov./Dez. 2006 Bruno Seno Fusaro Superintendente de Relações com Investidores 1 Agenda Introdução à Usiminas Tendências da siderurgia mundial Tendências da siderurgia Brasileira Usiminas do futuro 2 Agenda

Leia mais

Indústria Brasileira do Aço Situação Atual e Principais Desafios

Indústria Brasileira do Aço Situação Atual e Principais Desafios Indústria Brasileira do Aço Situação Atual e Principais Desafios Marco Polo de Mello Lopes Presidente Executivo ABM Maio 2011 1 PIB x Consumo de Aço x Desenvolvimento Econômico 2 Conversa entre Lula e

Leia mais

Gerdau Day Maio de 2014

Gerdau Day Maio de 2014 Gerdau Day Maio de 2014 Agenda ESTRATÉGIA DESEMPENHO E PERSPECTIVAS USINA OURO BRANCO OPERAÇÃO DE NEGÓCIO MINÉRIO DE FERRO CONSIDERAÇÕES FINAIS Palestrantes: André B. Gerdau Johannpeter André Pires de

Leia mais

Apresentação da Companhia. Janeiro 2011

Apresentação da Companhia. Janeiro 2011 Apresentação da Companhia 1 Janeiro 2011 Notice Esta apresentação poderá conter considerações referentes a perspectivas futuras do negócio, estimativas de resultados operacionais e financeiros, e perspectivas

Leia mais

Siderurgia no Brasil

Siderurgia no Brasil www.pwc.com.br Siderurgia no Brasil Um panorama do setor siderúrgico brasileiro SICETEL Sindicato Nacional da Indústria de Trefilação e Laminação de Metais Ferrosos IABR Instituto Aço Brasil 1 Setor de

Leia mais

Reunião Pública 2013 Safra 13/14

Reunião Pública 2013 Safra 13/14 Reunião Pública 2013 Safra 13/14 Grupo São Martinho 300.000 ha Área agrícola de colheita 4 usinas São Martinho, Iracema, Santa Cruz e Boa Vista 21 milhões de tons Capacidade de processamento de cana de

Leia mais

Teleconferência de Resultados 4T14 e 2014. São Paulo, 12 de fevereiro de 2015

Teleconferência de Resultados 4T14 e 2014. São Paulo, 12 de fevereiro de 2015 Teleconferência de Resultados 4T14 e 2014 São Paulo, 12 de fevereiro de 2015 Ressalva sobre declarações futuras Esta apresentação contém declarações prospectivas. Tais informações não são apenas fatos

Leia mais

Apresentação de Resultados 2T13

Apresentação de Resultados 2T13 Apresentação de Resultados 2T13 Disclaimer Esta apresentação pode incluir declarações que apresentem expectativas da Administração da Companhia sobre eventos ou resultados futuros. Todas as declarações

Leia mais

DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS DO 1T15

DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS DO 1T15 Relações com Investidores DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS DO 1T15 Apresentação: José Rubens de la Rosa CEO José Antonio Valiati CFO & Diretor de Relações com Investidores Thiago Deiro Gerente Financeiro & de

Leia mais

SIDERURGIA MUNDIAL. » O Grupo Arcelor Mittal é o maior produtor mundial, com um volume que representa mais do dobro da produção do segundo colocado;

SIDERURGIA MUNDIAL. » O Grupo Arcelor Mittal é o maior produtor mundial, com um volume que representa mais do dobro da produção do segundo colocado; Siderurgia 9 SIDERURGIA MUNDIAL» A produção siderúrgica mundial cresceu 32% entre 24 e 21;» O Grupo Arcelor Mittal é o maior produtor mundial, com um volume que representa mais do dobro da produção do

Leia mais

Apresentação da Companhia. Setembro de 2010

Apresentação da Companhia. Setembro de 2010 Apresentação da Companhia Setembro de 2010 Comprovada capacidade de execução Visão geral da Inpar Empreendimentos por segmento (1) Modelo de negócios integrado (incorporação, construção e venda) Comercial

Leia mais

Teleconferência de Resultados 3T14

Teleconferência de Resultados 3T14 Teleconferência de Resultados 3T14 André B. Gerdau Johannpeter Diretor-Presidente e CEO André Pires de Oliveira Dias Vice-Presidente e Diretor de RI Construção de planta de perfis estruturais no México

Leia mais

GERDAU S.A. Informações consolidadas

GERDAU S.A. Informações consolidadas Visão Ser uma empresa siderúrgica global, entre as mais rentáveis do setor. Missão A Gerdau é uma empresa com foco em siderurgia, que busca satisfazer as necessidades dos clientes e criar valor para os

Leia mais

RE LATÓRIO ANUAL 2012 CONSTRUINDO OPORTUNIDADES

RE LATÓRIO ANUAL 2012 CONSTRUINDO OPORTUNIDADES RE LATÓRIO ANUAL 2012 CONSTRUINDO OPORTUNIDADES Gerdau CONSTRUINDO OPORTUNIDADES A Gerdau enfrenta os desafios do presente com um olhar no futuro. Por isso, busca sempre construir novas oportunidades de

Leia mais

A importância estratégica da Logística na Siderurgia Brasileira

A importância estratégica da Logística na Siderurgia Brasileira A importância estratégica da Logística na Siderurgia Brasileira CARLOS JR. GERENTE DE PLANEJAMENTO INTEGRADO Jun/2013 Jorge Carlos Dória Jr. Votorantim Siderurgia Votorantim Siderurgia O Grupo Votorantim

Leia mais

CENÁRIOS 2013: PERSPECTIVAS E O SETOR DE BKs 19/03/2013

CENÁRIOS 2013: PERSPECTIVAS E O SETOR DE BKs 19/03/2013 CENÁRIOS 2013: PERSPECTIVAS E O SETOR DE BKs 19/03/2013 CENÁRIO GLOBAL Crescimento global de 3,4 % em 2013 O mundo retoma a média histórica de crescimento (3,4% a.a) Zona do Euro sai da recessão Os EEUU

Leia mais

Incorporar o Controle de Riscos Críticos à Gestão de Saúde e

Incorporar o Controle de Riscos Críticos à Gestão de Saúde e Incorporar o Controle de Riscos Críticos à Gestão de Saúde e Segurança do Trabalho Carlos Augusto Failace Cardoso Gerente Corporativo de Segurança do Trabalho 24/04/2013 A Gerdau no mundo Nossa empresa

Leia mais

DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS DO 3T14

DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS DO 3T14 Relações com Investidores DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS DO 3T14 Apresentação: José Rubens de la Rosa CEO José Antonio Valiati CFO & Diretor de Relações com Investidores Thiago A. Deiro Gerente Financeiro &

Leia mais

Commodities Agrícolas - Market Share por Porto

Commodities Agrícolas - Market Share por Porto 1 Destaques 2009 OvolumedaALLnoBrasilcresceu5,8%em2009para35.631bilhõesdeTKU,apesardo difícil cenário de mercado, com forte queda na produção industrial e redução de 12% na produção de produtos agrícolas

Leia mais

Apresentação de Resultados 4T14

Apresentação de Resultados 4T14 Apresentação de Resultados 4T14 0 Aviso Geral Algumas afirmações nesta apresentação podem ser projeções ou afirmações sobre expectativas futuras. Tais afirmações estão sujeitas a riscos conhecidos e desconhecidos

Leia mais

Destaques do Trimestre

Destaques do Trimestre Resultados do 1T12 Disclaimer Esta apresentação pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos ou resultados futuros de acordo com a regulamentação de valores mobiliários brasileira

Leia mais

22 de novembro de 2007. Apresentação dos Resultados 4T07

22 de novembro de 2007. Apresentação dos Resultados 4T07 22 de novembro de 2007 Apresentação dos Resultados 4T07 Aviso Importante Declarações contidas nesta apresentação relativas às perspectivas dos negócios da Companhia, projeções de resultados operacionais

Leia mais

Teleconferência dos Resultados 3T2010 Gerdau S.A. Consolidado IFRS

Teleconferência dos Resultados 3T2010 Gerdau S.A. Consolidado IFRS Teleconferência dos Resultados 3T2010 Gerdau S.A. Consolidado IFRS André Gerdau Johannpeter Diretor-Presidente e CEO Osvaldo B. Schirmer Vice-presidente e Diretor de RI 05 de novembro de 2010 1 Contexto

Leia mais

PLANEJAMENTO INTEGRADO GERDAU. Dez/ 05

PLANEJAMENTO INTEGRADO GERDAU. Dez/ 05 PLANEJAMENTO INTEGRADO GERDAU Dez/ 05 Sinopse Nesta apresentação iremos abordar como a Gerdau realiza, de forma integrada, o planejamento de operações de suas usinas, conciliando os interesses das áreas

Leia mais

Teleconferência de Resultados 2T15. 23 de julho de 2015

Teleconferência de Resultados 2T15. 23 de julho de 2015 Teleconferência de Resultados 2T15 23 de julho de 2015 Aviso Legal As informações contidas nesta apresentação poderão incluir afirmações que representem "forward looking statements" nos termos do disposto

Leia mais

Agenda. Cenário Atual. Estratégia. Plano de Investimentos. Governança Corporativa / Sustentabilidade

Agenda. Cenário Atual. Estratégia. Plano de Investimentos. Governança Corporativa / Sustentabilidade ExpoMoney 9M09 Agenda Cenário Atual Estratégia Plano de Investimentos Governança Corporativa / Sustentabilidade 2 Cenário Atual 3 A Usiminas é a maior produtora de aços planos da América Latina e a 38

Leia mais

Destaques do 3º trimestre de 2015

Destaques do 3º trimestre de 2015 Destaques do 3º trimestre Principais Destaques Manutenção dos níveis de EBITDA consolidado e de margem EBITDA, apesar da sobreoferta de aço mundial e das adversidades econômicas no Brasil. Redução de 5,9%

Leia mais

RE LATÓRIO ANUAL 2013 FORÇA DA TRANSFORMAÇÃO

RE LATÓRIO ANUAL 2013 FORÇA DA TRANSFORMAÇÃO RE LATÓRIO ANUAL 2013 FORÇA DA TRANSFORMAÇÃO Gerdau FORÇA DA TRANSFORMAÇÃO Uma força que abre novos caminhos é o que move a Gerdau. Ela se manifesta na sua capacidade de superar desafios, transformar e

Leia mais

Crescimento de 11,2% na. Receita Líquida. Controladora R$ 2,2 bi. +11,2% Consolidado R$ 4,0 bi. +10,5% Crescimento de 18,5% no EBITDA

Crescimento de 11,2% na. Receita Líquida. Controladora R$ 2,2 bi. +11,2% Consolidado R$ 4,0 bi. +10,5% Crescimento de 18,5% no EBITDA Resultados 3T15 GMV Receita Líquida Crescimento SSS GMV alcançou R$ 4,9 bilhões Crescimento de 11,2% na Receita Líquida Receita Líquida mesmas lojas de 9% no Trimestre Controladora R$ 2,2 bi. +11,2% Consolidado

Leia mais

. 3. Indicadores de Execução do Plano de Negócios

. 3. Indicadores de Execução do Plano de Negócios APIMEC MPX 2011 Aviso Legal Esta apresentação contém algumas afirmações e informações prospectivas relacionadas a Companhia que refletem a atual visão e/ou expectativas da Companhia e de sua administração

Leia mais

2º Congresso de Supply Chain e Logística

2º Congresso de Supply Chain e Logística PERFIL INSTITUCIONAL 2015 O aço da Gerdau tem a força da transformação. Perfil 114 anos de história Maior produtora de aços longos das Américas Ações listadas nas Bolsas de São Paulo, Nova York e Madri

Leia mais

Programa Gerdau Germinar (MG) é uma das mais importantes iniciativas de educação ambiental da Empresa. Relatório Anual Gerdau 2014

Programa Gerdau Germinar (MG) é uma das mais importantes iniciativas de educação ambiental da Empresa. Relatório Anual Gerdau 2014 40 41 Programa Gerdau Germinar (MG) é uma das mais importantes iniciativas de educação ambiental da Empresa. MEIO AMBIENTE 42 Gerdau é reconhecida pela eficiência de suas práticas de proteção ao meio ambiente

Leia mais

Reunião Pública com Analistas e Investidores 2011. Relações com Investidores

Reunião Pública com Analistas e Investidores 2011. Relações com Investidores Reunião Pública com Analistas e Investidores 2011 Relações com Investidores A Tenaris Sobre a Tenaris Líder global na produção de tubos de aço e serviços para a indústria energética, automotiva e aplicações

Leia mais

Tecle ENTER para iniciar.

Tecle ENTER para iniciar. Tecle ENTER para iniciar. Energia Energias Renováveis Um mercado em ascensão Gerson CMS Raymundo São Paulo, Nov 2013 Agenda Allianz Investimentos e Seguros Informações necessárias para a contratação O

Leia mais

Reunião pública Dezembro, 2010

Reunião pública Dezembro, 2010 Reunião pública Dezembro, 2010 Agenda Conhecendo a Mills Divisões da Mills Plano de crescimento Mills Visão geral Liderança de mercado incontestável no fornecimento de formas para concretagem e estruturas

Leia mais

Apresentação de Resultados 1T13

Apresentação de Resultados 1T13 Apresentação de Resultados 1T13 Disclaimer Esta apresentação pode incluir declarações que apresentem expectativas da Administração da Companhia sobre eventos ou resultados futuros. Todas as declarações

Leia mais

Apimec Florianópolis. Dezembro 2013

Apimec Florianópolis. Dezembro 2013 Apimec Florianópolis Dezembro 2013 Exoneração de Responsabilidades Esta apresentação não constitui uma oferta, convite ou pedido de qualquer forma, para a subscrição ou compra de ações ou qualquer outro

Leia mais

Teleconferência de Resultados 1T15. 24 de abril de 2015

Teleconferência de Resultados 1T15. 24 de abril de 2015 Teleconferência de Resultados 1T15 24 de abril de 2015 Aviso Legal As informações contidas nesta apresentação poderão incluir afirmações que representem "forward looking statements" nos termos do disposto

Leia mais

Energias Renováveis. Seguros de Infraestrutura. Gerson CMS Raymundo. São Paulo, Junho 2013

Energias Renováveis. Seguros de Infraestrutura. Gerson CMS Raymundo. São Paulo, Junho 2013 Energias Renováveis Seguros de Infraestrutura Gerson CMS Raymundo São Paulo, Junho 2013 Contato Grandes Riscos Gerson CMS Raymundo (11) 3171-6637 (11) 9.9912-6944 gerson.raymundo@allianz.com.br Agenda

Leia mais

Resultados 1T15. 08 de maio de 2015

Resultados 1T15. 08 de maio de 2015 Resultados 1T15 08 de maio de 2015 2 Principais destaques do 1T15 Crescimento da receita líquida de 23%, sendo de 2 dígitos em todas unidades de negócio no comparativo ano vs. ano, favorecidas por 83%

Leia mais

No que diz respeito à siderurgia em nível mundial, podemos destacar como principais pontos:

No que diz respeito à siderurgia em nível mundial, podemos destacar como principais pontos: Setor Siderúrgico 1 O setor siderúrgico brasileiro passou por profundas transformações na década de 90, tendo como principal elemento de mudança o processo de privatização do setor, que desencadeou, num

Leia mais

Transferência da UHE Estreito para a Tractebel Energia

Transferência da UHE Estreito para a Tractebel Energia Transferência da UHE Estreito para a Tractebel Energia Conference Call 221 de dezembro de 2009 Aviso importante Este material pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos ou resultados

Leia mais

PLANEJAMENTO E EXECUÇÃO DE TRANSPORTE NA CADEIA DE SUPRIMENTO DA ARCELORMITTAL TM 8.0

PLANEJAMENTO E EXECUÇÃO DE TRANSPORTE NA CADEIA DE SUPRIMENTO DA ARCELORMITTAL TM 8.0 PLANEJAMENTO E EXECUÇÃO DE TRANSPORTE NA CADEIA DE SUPRIMENTO DA ARCELORMITTAL TM 8.0 Mar/2013 ArcelorMit t al Brasil Tópicos Institucional Fatores motivacionais e desafios O Projeto Cronograma e Landscape

Leia mais

COSAN DAY 2012. Julio Fontana

COSAN DAY 2012. Julio Fontana COSAN DAY 2012 Julio Fontana Disclaimer Esta apresentação contém estimativas e declarações sobre operações futuras a respeito de nossa estratégia e oportunidades de crescimento futuro. Essas informações

Leia mais

Brado Logística e Incorporação Standard. Atualização - 20 de dezembro de 2010

Brado Logística e Incorporação Standard. Atualização - 20 de dezembro de 2010 Ressalvas Este Documento é destinado aos acionistas da ALL América Latina Logística S.A. e tem por objetivo apresentar os mesmos fatos e eventos descritos no Fato Relevante divulgado no dia 20 de dezembro

Leia mais

Teleconferência de Resultados do 3T09

Teleconferência de Resultados do 3T09 Teleconferência de Resultados do 3T09 2 Destaques do trimestre O forte resultado do 3T09 demonstrou nossa confortável posição competitiva na indústria de proteínas e confirmou os resultados esperados de

Leia mais

Resultados 3T10 e 9M10. 12/11/2010 > Relações com Investidores

Resultados 3T10 e 9M10. 12/11/2010 > Relações com Investidores Resultados 3T10 e 9M10 12/11/2010 > Relações com Investidores 1 Aviso Importante Nós fazemos declarações sobre eventos futuros que estão sujeitas a riscos e incertezas. Tais declarações têm como base e

Leia mais

Teleconferência de Resultados 1T15. 8 de maio de 2015. Magazine Luiza

Teleconferência de Resultados 1T15. 8 de maio de 2015. Magazine Luiza Teleconferência de Resultados 8 de maio de 2015 Magazine Luiza Destaques do Vendas E-commerce Despesas Operacionais EBITDA Luizacred Lucro Líquido Ganhos de market share, principalmente em tecnologia Receita

Leia mais

Teleconferência de Resultados 4T14

Teleconferência de Resultados 4T14 Teleconferência de Resultados 4T14 André B. Gerdau Johannpeter Diretor-Presidente e CEO André Pires de Oliveira Dias Vice-Presidente Executivo Finanças e Controladoria Sobre oferta mundial de aço segue

Leia mais

Mercado de energia elétrica: condições atuais de atendimento à carga e tendências para 2015. Manoel Arlindo Zaroni Torres

Mercado de energia elétrica: condições atuais de atendimento à carga e tendências para 2015. Manoel Arlindo Zaroni Torres Mercado de energia elétrica: condições atuais de atendimento à carga e tendências para 2015 Manoel Arlindo Zaroni Torres São Paulo, 1 de outubro de 2014 Aviso importante Este material pode incluir declarações

Leia mais

BNDES Financiamento à Indústria de Base Florestal Plantada. Outubro de 2014

BNDES Financiamento à Indústria de Base Florestal Plantada. Outubro de 2014 BNDES Financiamento à Indústria de Base Florestal Plantada Outubro de 2014 Agenda 1. Aspectos Institucionais 2. Formas de Atuação 3. Indústria de Base Florestal Plantada 1. Aspectos Institucionais Linha

Leia mais

APIMEC. 23 de outubro de 2008

APIMEC. 23 de outubro de 2008 APIMEC 23 de outubro de 2008 1 Importante As informações e declarações sobre eventos futuros estão sujeitas a riscos e incertezas, as quais têm como base estimativas e suposições da Administração e informações

Leia mais

RESULTADOS BRASIL BROKERS

RESULTADOS BRASIL BROKERS RESULTADOS BRASIL BROKERS 3º Trimestre 2010 Esta apresentação não constitui uma oferta, convite ou pedido de qualquer forma, para a subscrição ou compra de ações ou qualquer outro instrumento financeiro,

Leia mais

DESAFIOS ATUAIS DESENVOLVIMENTO Cenários e Perspectivas DE REGIONAIS

DESAFIOS ATUAIS DESENVOLVIMENTO Cenários e Perspectivas DE REGIONAIS DESAFIOS ATUAIS DESENVOLVIMENTO Cenários e Perspectivas DE REGIONAIS AGENDA VISÃO GERAL SITUAÇÃO ATUAL DESAFIOS PERSPECTIVAS CONSIDERAÇÕES Avaliação das Empresas os de empresas: e fazem as coisas acontecerem,

Leia mais

Apresentação de Resultados 2T12

Apresentação de Resultados 2T12 Apresentação de Resultados 2T12 Disclaimer Esta apresentação pode incluir declarações que apresentem expectativas da Administração da Companhia sobre eventos ou resultados futuros. Todas as declarações

Leia mais

COMENTÁRIOS DO DESEMPENHO NO 3º TRIMESTRE E 9 MESES DE 2002

COMENTÁRIOS DO DESEMPENHO NO 3º TRIMESTRE E 9 MESES DE 2002 COMENTÁRIOS DO DESEMPENHO NO 3º TRIMESTRE E 9 MESES DE 2002 Desempenho Em ambiente de queda da atividade na indústria automobilística, a Iochpe-Maxion apresentou um crescimento de 8,4% nas vendas no terceiro

Leia mais

nas Américas e uma das principais fornecedoras de aços especiais do mundo. No Brasil, produz também aços planos e minério de ferro.

nas Américas e uma das principais fornecedoras de aços especiais do mundo. No Brasil, produz também aços planos e minério de ferro. Relatório anual 2014 força da transformação Gerdau FORÇA DA TRANSFORMAÇÃO A força de transformar desafios em oportunidades acompanha a Gerdau há mais de 100 anos. Desde o início de sua história, com uma

Leia mais

LIGHT ENERGIA S.A. 1º TRIMESTRE DE 2013

LIGHT ENERGIA S.A. 1º TRIMESTRE DE 2013 Rio de Janeiro, 10 de maio de 2013. LIGHT ENERGIA S.A. 1º TRIMESTRE DE 2013 Desempenho Operacional LIGHT ENERGIA (GWh) 1T13 1T12 % Venda no Ambiente de Contratação Regulada 263,7 1.052,0-74,9% Venda no

Leia mais

Apresentação de Resultados 4T10

Apresentação de Resultados 4T10 Apresentação de Resultados 4T10 Disclaimer Esta apresentação pode incluir declarações que apresentem expectativas da Administração da Companhia sobre eventos ou resultados futuros. Todas as declarações

Leia mais

Vendas e MercadosProdutos. serviços adequados às necessidades de cada cliente

Vendas e MercadosProdutos. serviços adequados às necessidades de cada cliente Vendas e MercadosProdutos e serviços adequados às necessidades de cada cliente A estrutura do Grupo Gerdau, segmentada em cinco operações siderúrgicas, agrega importantes vantagens competitivas na área

Leia mais

BRASIL BROKERS. Reunião Anual com Investidores APIMEC-Rio 2010

BRASIL BROKERS. Reunião Anual com Investidores APIMEC-Rio 2010 BRASIL BROKERS Reunião Anual com Investidores APIMEC-Rio 2010 2010 Brasil 2010 Brokers Brasil Brokers Todos os Direitos Todos os Reservados Direitos Reservados Esta apresentação não constitui uma oferta,

Leia mais

Abertura e Destaques 4T09 e 2009

Abertura e Destaques 4T09 e 2009 25 de Março de 2010 Abertura e Destaques 4T09 e 2009 Comentário de Abertura CEO Ricardo Valadares Gontijo Breve Histórico IPO Mercado em 2009: Programa Minha Casa, Minha Vida Estratégia Crescimento da

Leia mais

Press Release 9 de dezembro de 2007

Press Release 9 de dezembro de 2007 GOL Atualiza Projeções para Investidores São Paulo, - A GOL Linhas Aéreas Inteligentes S.A. (Bovespa: GOLL4 e NYSE: GOL), controladora das companhias aéreas brasileiras de baixo custo GOL Transportes Aéreos

Leia mais

Teleconferência de Resultados 2014 e 4T14. 27 de fevereiro de 2015. Magazine Luiza

Teleconferência de Resultados 2014 e 4T14. 27 de fevereiro de 2015. Magazine Luiza Teleconferência de Resultados 2014 e 4T14 27 de fevereiro de 2015 Magazine Luiza Destaques 2014 Vendas E-commerce Despesas Operacionais EBITDA Ajustado Luizacred Lucro Líquido Ajustado Crescimento da receita

Leia mais

São Paulo: múltiplas oportunidades que impulsionam seus negócios

São Paulo: múltiplas oportunidades que impulsionam seus negócios São Paulo: múltiplas oportunidades que impulsionam seus negócios A importância da economia paulista transcende as fronteiras brasileiras. O Estado é uma das regiões mais desenvolvidas de toda a América

Leia mais

Teleconferência de Resultados 4T11. 16 de fevereiro de 2012

Teleconferência de Resultados 4T11. 16 de fevereiro de 2012 Teleconferência de Resultados 4T11 Exoneração de Responsabilidade Teleconferência de Resultados 4T11 Página 2 As eventuais declarações que possam ser feitas durante essa teleconferência relativas à perspectiva

Leia mais

Release de Resultados 3T14. 22 de outubro de 2014

Release de Resultados 3T14. 22 de outubro de 2014 Release de Resultados 3T14 22 de outubro de 2014 Ressalvas As informações e declarações sobre eventos futuros estão sujeitas a riscos e incertezas, as quais têm como base estimativas e suposições da Administração

Leia mais

A indústria do aço no Brasil e no mundo Albano Chagas Vieira

A indústria do aço no Brasil e no mundo Albano Chagas Vieira A indústria do aço no Brasil e no mundo Albano Chagas Vieira Presidente do Conselho Diretor 1 2 3 Deterioração do Valor de Mercado Usiminas Market Cap (R$ bi) Gerdau Market Cap (R$ bi) 30 25 20 15 10 5

Leia mais

Siderurgia Ambiente Internacional de Negócios 50 Seminário de Laminação ABM

Siderurgia Ambiente Internacional de Negócios 50 Seminário de Laminação ABM Siderurgia Ambiente Internacional de Negócios 50 Seminário de Laminação ABM O FUTURO DA SIDERURGIA Manoel Vitor de Mendonça Filho Vice-Presidente da Operação de Negócios Gerdau Brasil Novembro 2013 Sumário

Leia mais

APIMEC-MG Belo Horizonte 26 de agosto de 2009

APIMEC-MG Belo Horizonte 26 de agosto de 2009 APIMEC-MG Belo Horizonte 26 de agosto de 2009 1 1 Ressalvas As informações e declarações sobre eventos futuros estão sujeitas a riscos e incertezas, as quais têm como base estimativas e suposições da Administração

Leia mais

CONSUMO APARENTE DE AÇO NO BRASIL DEVE VOLTAR AO PATAMAR DE

CONSUMO APARENTE DE AÇO NO BRASIL DEVE VOLTAR AO PATAMAR DE Aço AÇO BRASIL ABRIL I N F O R M A 28ª 28EDIÇÃO ABRIL 2015 CONSUMO APARENTE DE AÇO NO BRASIL DEVE VOLTAR AO PATAMAR DE 2007 O consumo aparente de aço no País deve fechar o ano de 2015 com queda de 7,8%

Leia mais

Willis Latin American Energy Conference

Willis Latin American Energy Conference Willis Latin American Energy Conference Planejamento Financeiro e Gestão de Riscos outubro 2012 Cátia Diniz Gerente Setorial de Seguros Internacionais Estas apresentações podem conter previsões acerca

Leia mais

Apresentação de Resultados 4T12

Apresentação de Resultados 4T12 Apresentação de Resultados 4T12 Disclaimer Esta apresentação pode incluir declarações que apresentem expectativas da Administração da Companhia sobre eventos ou resultados futuros. Todas as declarações

Leia mais

O volume em TKU aumentou 2,1% no 1T07 para 6.932 milhões de TKU, enquanto a receita caiu 0,7% para R$488,1 milhões no 1T07

O volume em TKU aumentou 2,1% no 1T07 para 6.932 milhões de TKU, enquanto a receita caiu 0,7% para R$488,1 milhões no 1T07 1 estaques do 1T07 O EBITDAR consolidado aumentou 60,9% no 1T07, atingindo R$195,3 milhões e a margem de EBITDAR cresceu 17,4 pontos, de 28,2% para 45,6%. O resultado líquido aumentou R$64 milhões no 1T07

Leia mais

Apresentação de Resultados 3T11

Apresentação de Resultados 3T11 Apresentação de Resultados 3T11 Disclaimer Esta apresentação pode incluir declarações que apresentem expectativas da Administração da Companhia sobre eventos ou resultados futuros. Todas as declarações

Leia mais

Apresentação d t ã de Resultados 3T07

Apresentação d t ã de Resultados 3T07 A t ã d Apresentação de Resultados 3T07 Agenda Eventos Recentes Destaques Estratégicos Destaques Financeiros Resultados Financeiros Guidance 2007 Guidance 2008 2 RESULTADOS 3T07 Os resultados referentes

Leia mais

O Mercado de Energia Eólica E e no Mundo

O Mercado de Energia Eólica E e no Mundo O Mercado de Energia Eólica E no Brasil e no Mundo Audiência Pública P - Senado Comissão de Meio Ambiente, Defesa do Consumidor e Fiscalização e Controle Brasília/DF 19 de junho de 2008 Energia: importância

Leia mais

Apresentação Institucional

Apresentação Institucional Apresentação Institucional Março de 205 Sumário A VIA VAREJO EM RESUMO B POSICIONAMENTO DA VIA VAREJO C DESTAQUES DO 4T4 2 Sumário A VIA VAREJO EM RESUMO B POSICIONAMENTO DA VIA VAREJO C DESTAQUES DO 4T4

Leia mais

Organizações internacionais Regionais

Organizações internacionais Regionais Organizações internacionais Regionais Percurso 4 Geografia 9ºANO Profª Bruna Andrade e Elaine Camargo Os países fazem uniões a partir de interesses comuns. Esses interesses devem trazer benefícios aos

Leia mais

Companhia Siderúrgica Nacional. Maio / 2011

Companhia Siderúrgica Nacional. Maio / 2011 Companhia Siderúrgica Nacional Maio / 2011 Histórico CSN Pioneirismo na Industrialização do Brasil Incorporada em 1941 - um marco no processo de industrialização brasileiro; Operações iniciadas em 1946;

Leia mais

Teleconferência de Resultados. Desempenho do 4T 2013 e de 2013. MAHLE Metal Leve S.A. 20 de março de 2014 12h00 (horário de Brasília) 1 MAHLE

Teleconferência de Resultados. Desempenho do 4T 2013 e de 2013. MAHLE Metal Leve S.A. 20 de março de 2014 12h00 (horário de Brasília) 1 MAHLE Teleconferência de Resultados Desempenho do 4T 2013 e de 2013 MAHLE Metal Leve S.A. 20 de março de 2014 12h00 (horário de Brasília) 1 Destaques 2013 Receita Líquida de Vendas de R$ 2.393,8 milhões em 2013,

Leia mais

Número de operações: 93

Número de operações: 93 APIMEC Maio de 2010 PRESENÇA GEOGRÁFICA 2 Número de operações: 93 Principais cidades São Paulo Rio de Janeiro Belo Horizonte Recife Brasília Manaus Curitiba Florianópolis Porto Alegre Guarulhos Ponta Grossa

Leia mais

Perspectivas, Desafios e Qualidade

Perspectivas, Desafios e Qualidade Perspectivas, Desafios e Qualidade 11. Encontro das Montadoras para a Qualidade Paulo Butori Presidente do Sindipeças e da Abipeças Sistemistas Tier 2 Tier 3 São Paulo, fevereiro novembro de de 2014 Agenda

Leia mais

Seminário Setorial de Construção Civil APIMEC SUL. Outubro de 2010

Seminário Setorial de Construção Civil APIMEC SUL. Outubro de 2010 Seminário Setorial de Construção Civil APIMEC SUL Outubro de 2010 Aviso Esta apresentação contém declarações prospectivas. Tais informações não são apenas fatos históricos, mas refletem as metas e as expectativas

Leia mais

Perspectiva de crescimento para América Latina Paulo Funchal

Perspectiva de crescimento para América Latina Paulo Funchal Perspectiva de crescimento para América Latina Paulo Funchal Foco na América Latina Grant Thornton International Business Report (IBR) Grant Thornton Global Dynamism Index (GDI) The Economist Intelligence

Leia mais

23 DE NOVEMBRO DE 2010

23 DE NOVEMBRO DE 2010 Reunião APIMEC - MG 23 DE NOVEMBRO DE 2010 ECORODOVIAS ESTRUTURA SOCIETÁRIA A EcoRodovias é uma das maiores empresas de infraestrutura logística integrada do Brasil, cujo foco é operar ativos de logística

Leia mais

Índice. RS no Brasil Nossa Empresa Governança Corporativa Nossos Números Análise Comparativa Sustentabilidade Projeções e Estimativas

Índice. RS no Brasil Nossa Empresa Governança Corporativa Nossos Números Análise Comparativa Sustentabilidade Projeções e Estimativas CICLO APIMEC 2010 Índice RS no Brasil Nossa Empresa Governança Corporativa Nossos Números Análise Comparativa Sustentabilidade Projeções e Estimativas 3 RS no Brasil DADOS DEMOGRÁFICOS RS BRASIL População

Leia mais