VeigaFoco. Moda. Educação

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "VeigaFoco. Moda. Educação"

Transcrição

1 UVA Universidade Veiga de Almeida VeigaFoco em Nº 25 ABRIL 2008 ANO 7 UNIVERSIDADE VEIGA DE ALMEIDA TIJUCA BARRA CABO FRIO Esportes radicais ganham espaço na UVA Incentivar o turismo de aventura e formar profissionais que atuem com esportes radicais. Este é o objetivo do novo curso de Educação Física do Campus Cabo Frio da UVA. Aulas ao ar livre, como as de rapel e surfe, prometem convencer os alunos de que a distância entre faculdade e natureza pode ser mais curta do que se imagina. pág.6 e 7 Saúde Caminho para a boa forma Centro de Saúde oferece novo método para emagrecimento A Clínica de Emagrecimento é o mais novo serviço oferecido pelo Centro de Saúde Veiga de Almeida (CSVA). O diferencial desta facilidade está no fato de ela integrar algumas das principais áreas da saúde, como medicina ortomolecular, fisioterapia, nutrição e psicologia. Segundo o diretor do CSVA, Antônio Carvalho, o serviço é pioneiro e único em universidades do Rio de Janeiro. pág.9 Atualidades Rio Capital da Moda Você acredita que o Rio de Janeiro tem potencial para ser a capital da moda e beleza brasileira? Alguns dos nossos alunos e funcionários deram suas opiniões. Confira as respostas. pág.10 Cultura Cultura Premiações do XIV Festival de Teatro do Rio UVA premia as melhores apresentações durante o XIV Festival de Teatro do Rio. Além disso, conheça o Overmundo, um site dedicado exclusivamente à cultura nacional. pág.11 Moda Moda Formatura Arquitetura Afetiva encanta platéia na Unidade Barra com exposição de jóias e desfile de moda Modelos, jóias, novos talentos, trabalhos bem elaborados, amigos e familiares na torcida. Entre desfile e exposição o público ficou encantado com a grandiosidade dos trabalhos apresentados a partir do tema. Assim foi a noite da formatura dos alunos dos Cursos de Design de Jóias e Design de Moda, com um total de 39 estudantes apresentando suas obras. O evento, que aconteceu na Unidade Barra, contou com a presença de diversos profissionais da área de criação e premiou as peças que se destacaram. Confira os principais acontecimentos deste evento, que reuniu visões particulares e criativas dos novos designers da UVA. Esta edição também destaca as criações dos alunos dos 1º, 2º e 3º períodos da área de Design, no evento que já integra o calendário oficial da UVA, o Movimento em Moda. pág.12 Educação Educação Patrimônio cultural Biblioteca da UVA comemora uma década de existência Dez anos se passaram desde a inauguração da Biblioteca Central da UVA. A diretora da biblioteca e professora Maria José Vianna, funcionária da Veiga de Almeida há mais de 30 anos, conta um pouco da história deste patrimônio cultural, que se confunde com a história da própria universidade. Além de explicar o que significa um Ex libris, a professora adianta os planos de expandir o acervo da biblioteca e o projeto de um novo software que facilitará as pesquisas dos alunos, ainda para o ano de pág.8

2 2 Editorial Vivemos o rigor do tempo e sua inexorável mar- Reitoria cha. Dar as costas a ele é perder o ritmo acelerado de suas passadas e ser irremediavelmente espectador e não ator. Tempos Outros Não há espaço, nos dias atuais, para a inércia. Inexiste o tempo a perder. A velocidade exigida cada vez maior, parece surpreender-nos. Entretanto, ela passou a integrar nossas vidas. Ela só não pode ser tomada como desculpa para a imperfeição de nossos atos. Ser veloz não é sinônimo de ser apressado, afobado, de fazer as coisas de maneira afoita e, conseqüentemente, mal feitas. Ser veloz é colocar com habilidade lado a lado tempo e qualidade. É fazer o certo na hora certa. É não permitir que a rapidez esvazie os planos de atualização e aperfeiçoamento. A tecnologia ora posta à disposição, ajuda-nos sobremodo a conquistar espaços, expor novas idéi- as, divulgar novas conquistas, pôr em exercício novos sonhos, tudo isso em tempo real. Não vemos divórcio entre tempo e qualidade. Ao contrário, é dueto afinado posto a serviço dos bons ouvidos. Em outras palavras, é a aliança do desejo com a realização. Não abonamos o adiamento a não ser que ele escorra da necessidade de melhor pensarmos no a ser feito ou ao esbarrarmos com tropeços que acabam por desfigurar o projetado. Vivemos o rigor do tempo e sua inexorável marcha. Dar as costas a ele é perder o ritmo acelerado de suas passadas e ser irremediavelmente espectador e não ator. Enfim, os tempos são outros, as idéias são outras, permanece apenas o dever de colocá-los em vigor no dinâmico e insaciável universo acadêmico, para regozijo de todos aqueles que fazem parte desse rico, mimético e responsável cenário. Mario Veiga de Almeida Júnior Reitor da UVA Uma Triste Realidade Papo Acadêmico A copiosa legislação educacional é um dos mais fortes complicadores do ensino superior brasileiro. Não bastassem os inúmeros decretos, portarias e resoluções, os choques entre esses documentos legais são visíveis e crescem vertiginosamente. As guinadas em várias direções encarregam-se de estabelecer o caos, cabendo à Instituição de Ensino Superior garimpar o que há de comum entre elas. E ainda buscar entender o restante que se acha em evidente conflito. Parece até mesmo que a legislação tem o objetivo de dificultar o seu uso. Passou a ser comum, após a publicação no Diário Oficial da União, haver correção e até mesmo revogação. Entendemos o dinamismo e a vitalidade próprios da educação, o sentido evolutivo por ela requerido, o que não entendemos é a falta de cuidado na ação de seus caminhos. Atitudes sem consulta aos órgãos pertinentes geram, indubitavelmente, após divulgação, emendas e anulações. É inevitável o preço pago por ações inopinadas. Atitudes sem consulta aos órgãos pertinentes geram, indubitavelmente, após divulgação, emendas e anulações. É inevitável o preço pago por ações inopinadas. A desconfiança e o descrédito passam a rondar essas publicações. Chegamos até mesmo a dizer felizmente o erro foi corrigido a tempo. Entretanto, o atual quadro mostra que a desconfiança ganha corpo e a credibilidade perde espaço. Não podemos deixar que o pessimismo tome corpo e, por isso mesmo, queremos crer que os aborrecimentos pelos equívocos cometidos ditam um basta. Busquemos restaurar a realidade traduzida em legislação elaborada cuidadosamente, fruto de debates entre os setores por ela atingidos direta e indiretamente, desobrigada de um passo atrás. Tarquínio Prisco Lemos da Silva Vice-Reitor da UVA UVA Universidade Veiga de Almeida em VeigaFoco Este espaço é seu Aqui você pode mostrar seu talento. Envie sua charge ou fotografia para com seu nome e telefone. Reitor Dr. Mario Veiga de Almeida Júnior Vice-Reitor Prof. Tarquínio Prisco Lemos da Silva Pró-Reitor Acadêmico Arlindo Cadarett Vianna Pró-Reitor Comunitário Dr. Antônio Augusto de Andrade Magaldi Diretor Administrativo- Financeiro Mauro Ribeiro Lopes Diretor de Planejamento Arlindo Cardarett Vianna Diretor do Campus Tijuca Prof. Abílio Gomes de Carvalho Júnior Diretora da Unidade Barra Profa. Dra. Kátia Cristina Montenegro Passos Diretor do Campus Cabo Frio Prof. Silas Costa Pereira Jornalistas responsáveis Gabriel Sobreira Luciana Parreiras Estagiárias Sandro Miranda Verônica Garcia Projeto Gráfico / Diagramação Felipe Daniel Fotografia Assessoria de Imprensa da UVA Revisão e Edição Vivianne Gomes Tiragem 5 mil exemplares Assessoria de Imprensa e Redação Rua Ibituruna, 108 Maracanã RJ CEP Tel.(21) Fax. (21) Lívia Ayd Aluna de Comunicação Social - Campus Tijuca

3 Campus 3 UVA vai transformar São Cristóvão em um Arranjo Produtivo Local Que o Rio de Janeiro é fashion todo mundo sabe, mas o bairro de São Cristóvão? É verdade. O bairro é muito fashion e quase ninguém sabe disso, exceto a Universidade Veiga de Almeida e o Sebrae, que desenvolveram o projeto Arranjo Produtivo Local, com o apoio do Instituto Pereira Passos (IPP). O projeto, que visa à implantação do Arranjo Produtivo Local (APL), surgiu após um levantamento feito no início de 2007 pelo Núcleo de Empreendedorismo (NE) da UVA. A pesquisa constatou que o bairro possui cerca de 300 empresas do segmento da moda, ainda não integradas. Com o resultado, a UVA e o Sebrae contataram o Instituto Pereira Passos, que realizou o mapeamento da região. Empresários donos de marcas como Osklen, Oh! Boy, Sacada, Gang, Maria Bonita, Cavendish entre outras já co- nhecem e aprovam o projeto. O gestor no NE da UVA, Celso Leonardo, destaca que as empresas que ainda não estão em São Cristóvão já se deslocam para o futuro arranjo. Com o Estado do Rio de Janeiro sendo, hoje, o terceiro maior exportador de moda do País, uma das vantagens da implantação do APL é impulsionar a exportação e fazê-la de forma conjunta. Além disso, está prevista a criação de um Centro de Capacitação de Profissionais, que vai suprir a falta de mão-de-obra especializada, como costureiras e bordadeiras, além de profissionais com formação superior, como gerentes de produção, carência citada pelos empresários locais, segundo o gestor do NE. O projeto de revitalização do bairro de São Cristóvão uniu o Governo Federal e as prefeituras do Rio de Janeiro e Paris para a comemoração de 200 anos da chegada da Família Real ao Brasil. A revitalização veio ao encontro do projeto idealizado pela UVA e Sebrae, além da necessidade dos empresários do setor da moda. A UVA faz parte do Conselho Gestor do APL, junto com o Sebrae, Prefeitura do Rio de Janeiro, Centro de Serviço de Moda, Centro de Vocação tecnológica em moda, representantes do APL e a associação local. A previsão é de que o APL seja inaugurado até a próxima edição do Fashion Rio, que será realizada em julho deste ano. Melhorias no Campus Tijuca Elevador prestes a se tornar realidade UVA recebe representantes da Procter & Gamble Company no CSVA O Campus Tijuca ganhará este semestre um presente: um elevador, que atenderá aos blocos A, C e D. O equipamento já está em processo de fabricação, e sua instalação está prevista para junho. A novidade beneficia alunos e professores em geral, principalmente os que possuem algum tipo de restrição física. A instalação do elevador é a conclusão do projeto de acessibilidade que a UVA vem implantando na universidade, instalando rampas e passarelas de forma a facilitar a locomoção de pessoas com necessidades especiais. E a preocupação da universidade não foi só com o bem-estar da comunidade acadêmica. A UVA escolheu um elevador panorâmico com torre em estrutura metálica, garantindo um belo cenário, compondo com o tradicional estilo arquitetônico do Campus Tijuca. A arquiteta responsável, Cecília Fadel, garante que as obras não atrapalharão o bom funcionamento da universidade: Não haverá nenhuma alteração na rotina. Cecília presta ainda mais alguns importantes esclarecimentos sobre o modelo de elevador escolhido: É um elevador próprio para portadores de necessidades especiais, possui até boto- Imagem do projeto do elevador eiras em braile, é de fácil instalação e total segurança conclui. O local para a construção foi escolhido estrategicamente. Será na fachada do bloco C, voltada para a vila, o que permitirá a intercomunicação com os blocos A e D. O diretor Antônio de Carvalho recebeu o presidente da Oral - B, Michael Sudzina, e equipe no Centro de Saúde da UVA O diretor-geral da Procter & Gamble Company e também presidente da Oral-B, Michael Sudzina, visitou a UVA no dia 10 de dezembro de Em rápida passagem pelo Brasil, o presidente esteve acompanhado da diretora regional de Comunicação e Relações Científicas, Lília Mondragów, e dos gerentes de Relações Profissionais Carlos Kemel, Alessandra Martins e Aline Bravo. No Centro de Saúde Veiga de Almeida (CSVA), Sudzina foi recebido pelo diretor-geral, Antônio de Carvalho, pelo coordenador do Curso de Graduação em Odon- tologia da UVA, Maurício Santa Cecília, e pelo professor da UVA Henrique da Cruz Pereira. Convidado para conhecer o Campus Tijuca, Sudzina foi recebido pelo reitor Dr. Mario Veiga de Almeida Júnior, e pelo vice-reitor, professor Tarquínio Prisco Lemos da Silva, que mostraram algumas dependências do campus. Escolhemos a UVA pelo prestígio acadêmico e pelo seu reconhecimento na área odontológica, afirmou Kemel. Para o coordenador Maurício Santa Cecília, a visita representa a importância do Brasil na Odontologia. Michael Sudzina veio ao país para conhecer a Odontologia brasileira. Eles tiveram a melhor impressão possível, comemorou o coordenador. Santa Cecília também revelou que a companhia demonstrou grande interesse em firmar parceria com a UVA na construção de um auditório, no quarto andar do prédio do CSVA. Para Kemel, esse tipo de visita vai ao encontro do interesse da companhia, que é o de estreitar os laços com os centros universitários. Estamos com uma visão positiva das instalações da Veiga de Almeida, finalizou.

4 4 Campus Comemorações dos 200 anos da vinda da Família Real O bicentenário da vinda da Família Real portuguesa para o Brasil foi no dia 8 de março de 2008, mas a coordenação do Curso de Graduação em História da UVA iniciou a comemoração bem antes: no primeiro semestre de Com atividades técnicas, como o corredor cultural realizado na Praça XV, Centro do Rio de Janeiro, os alunos visitaram o local que se transformou em espaço de poder com a chegada da Família Real. No corredor cultural, chamamos a atenção dos alunos para o casario que restou do Rio Antigo, igrejas, ruas, monumentos, destacou a professora Vera Lúcia Moraes. A atividade incluiu, também, uma visita técnica guiada pela Igreja do Carmo e a palestra A Transferência da Corte e a Gravura, ministrada pela professora Renata Santos, autora do livro o Álbum de Gravuras do Rio de Janeiro, que está sendo lançado em 2008, junto com uma série de outros livros sobre o assunto. O ano de 1808, quando a Família Real chegou ao Brasil, é considerado um marco pela história, porque assinala o início do processo de construção do estado nacional brasileiro. A colônia ganhou aparência de metrópole, e Portugal ficou em segundo plano. Foi assim que ocorreu a chamada Inversão Brasileira, uma posição política importante para o Brasil. Quando D. João VI retornou a Portugal e as Cortes Por- D. João VI tuguesas exigiram a recolonização do Brasil, o processo de independência foi acelerado, resultando no 7 de setembro de Cursos de História e de Figurino e Carnaval participaram da celebração Alunos do Curso de Pós-Graduação em Figurino e Carnaval na criação das fantasias Por tudo isso, não só os alunos de História da UVA, mas o carioca em geral está em clima de comemoração. Somente no carnaval deste ano, quatro escolas de samba do Grupo Especial, quatro do Grupo de Acesso e nove escolas mirins levaram para a Sapucaí enredos inspirados na chegada da Família Real ao Rio. O carro Banquete a Dom João VI, de uma das escolas do grupo de acesso, foi confeccionado pelos alunos do Curso de Pós-Graduação em Figurino e Carnaval da UVA. Alunos e professores, além de colocarem a mão na massa, foram para o Sambódromo desfilar. É um privilégio nosso. Não deixaríamos essa data passar em branco. Nós cariocas, como todo brasileiro, sabemos valorizar a história do nosso estado e do nosso país, disse o aluno da UVA Thiago Valle. A prefeitura do Rio de Janeiro lançou um calendário de comemorações, anunciado no Paço Imperial, primeira residência da Família Real no país. O calendário conta com lançamentos de livros, filme, coleção de revista em quadrinhos, exposição, palestras, peças de teatro entre outros. A UVA também continuará com as comemorações, inseridas no corredor cultural, que é um evento semestral do Curso de Graduação em História. Perfil profissional Mercado de trabalho exige profissional cada vez mais qualificado Saiba mais Desembargador Carpena Amorin: Novo coordenador geral do Ensino Jurídico da UVA Iniciativa, pontualidade e assiduidade, hoje em dia, apesar da importância, não são suficientes para garantir o emprego. Em um mundo tecnológico em constante mudança, o perfil profissional exigido é o mais qualificado possível. Candidatos com melhores níveis de escolaridade conquistam cargos mais elevados e melhor remunerados. Segundo dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), o número de estudantes no ensino superior cresceu 13,2% em Grande parte deste crescimento pode ser creditado à oferta de bolsas do Programa Universidade para Todos (ProUni), que tornou possível o ingresso de muitos jovens na faculdade. Mas cursar a graduação já não tem sido o único objetivo. Com a competitividade do mercado de trabalho, profissionais das mais variadas áreas têm buscado um grau de especialização cada vez maior. Dessa forma, cresce a cada ano a procura por cursos em nível de pós-graduação. O que antes era requisito apenas para professores de uni- Prof. João Galan Júnior Profa. Renata Weiss versidades ou institutos de pesquisa, agora é exigência de muitas empresas na tentativa de qualificar seus funcionários. Para João Galan Júnior, professor e ex-diretor de Pós-Graduação e Pesquisa da UVA, programas de mestrado e doutorado são necessários para preparar alunos para um mercado que exige sempre mais. O mercado de trabalho está cada vez mais competitivo em todas as áreas do conhecimento. Na pós-modernidade, a tendência é uma vertiginosa necessidade de adaptação às novas informações, aos treinamentos e à capacitação, diz Galan. Desenvolver competências complementares às que já se possui e adotar um comportamento empreendedor, para Renata Weiss, coordenadora de Pós-Graduação e Extensão da UVA, são os meios mais seguros de elevar a empregabilidade e aumentar as chances de os profissionais terem seu espaço. Vivemos hoje na sociedade da informação e do conhecimento, em que o grande diferencial no mercado é o capital intelectual. Os cursos e titulações, antes mais valorizados pela área acadêmica, hoje são diferenciais no currículo que contribuem na avaliação das organizações na hora de contratar. Afinal, parte-se do pressuposto de que, ao fazer cursos de especialização (lato ou strictu sensu), o profissional está desenvolvendo novas competências, atualizando-se e trocando experiências com outros profissionais do mercado (network), o que é extremamente salutar, pois ajuda a oxigenar suas idéias e criatividade, afirma a coordenadora. Natural de Pelotas, Rio Grande do Sul, Carpena Amorin atua na área jurídica desde o início dos anos 60, quando ingressou, por meio de concurso público, na Defensoria Pública e no Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro. Nascido em 12 de julho de 1936, o desembargador mora na cidade do Rio de Janeiro desde Militou na advocacia cível e criminal de 1957 a 1965, nos antigos Estados da Guanabara e no Rio de Janeiro. No Ensino Superior, foi professor de Direito Constitucional, de Direito Político e de Direito Penal da UFRJ. Sempre atuante, o desembargador participou de diversos Congressos Nacionais e Internacionais, seminários, fóruns e simpósios sobre Direito Penal, Direito Civil, Direito Comercial, Direito Internacional Público e Direito Constitucional, muitas vezes como palestrante. Além de Promotor de Justiça, Defensor Público e Promotor Público, foi assessor jurídico da Secretaria de Governo do Estado do Rio de Janeiro. Carpena como é conhecido, também escreve para diversas publicações especializadas e tem dois livros publicados. Carpena cursou na França Direito Comunitário e Jurisdição Supranacional e, em Portugal, Formação de Juízes formadores. Foi condecorado, entre outras honrarias, com a Medalha Tiradentes da Assembléia Legislativa do Estado, Medalha D. João VI da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro, Medalha do Corpo de Bombeiros do Estado do Rio de Janeiro, Troféu D. Quixote, ofertado pela Revista Justiça e Cidadania, Medalha do Liceu de Artes e Ofícios do Rio de Janeiro. O desembargador foi o idealizador e apresentador do programa da Escola da Magistratura do Estado do Rio de Janeiro (EMERJ-Brasil), veiculado pela Rede Vida de TV para todo o território nacional, e também do programa Justiça Sem Fronteiras, exibido semanalmente na TVE Rede Brasil.

5 Campus Fique por dentro Ciência da Computação Nos dias 17 e 18 de maio, o Campus Tijuca sediará o Dia D RPG Brasil. O evento conta com mesas de RPG, torneio de cards, exibição de filmes, workshop e palestras. O objetivo principal desta realização Biologia História Nos dias 4 e 5 de junho, acontece no auditório do Campus Tijuca o Colóquio de História 1968: Entre impasses e utopias. O evento conta com profissionais renomados da área Administração Psicologia Engenharia de Produção O XIII Encontro Nacional de Coordenadores de Engenharia de Produção ENCEP será realizado nos dias 15 e 16 de maio. O evento acontece no Hotel Windsor Guanabara Palace e vai Acontece nos dias 28 e 29 de agosto o III Simpósio Internacional em Fonoaudiologia. O evento contará com profissionais renomados da àrea, ministrando workshops, conferências e mesas-redondas. O III simpósio será realiza- é criar espaço para debates e trocas de experiências, além de mostrar como o RPG pode ser utilizado como suporte no processo educacional. Coordenador Luiz Antonio Monteiro - Tijuca Dia 8 de abril acontece no auditório do Campus Tijuca, às 19h, uma palestra com a doutora Aspásia Camargo. Ela falará das mais recentes informações sobre processo de destruição ambiental e elucidará as questões das políticas de preservação do meio ambiente. A entrada é franca. Coordenadora Vera Lúcia - Tijuca e tem como meta discutir os fatos históricos ocorridos durante o ano de 1968 no Brasil e no mundo. A entrada é franca. Coordenador Paulo Sérgio - Tijuca O Campus Cabo Frio terá, dos dias 5 a 9 de maio, a II Jornada Acadêmica. As palestras e os debates serão ministrados pelos próprios docentes e discentes, sobre temas de administração e gestão. Alguns dos assuntos serão apresentados por meio de monografias defendidas por alunos no final do semestre passado. Coordenador Marco Antônio - Cabo Frio Nos dias 10, 11 e 12 de julho, acontecerá na UVA a 2ª Mostra Regional de Práticas em Psicologia, evento promovido pelo Conselho Regional de Psicologia do Rio de Janeiro. Nos três dias, a programação será das 8h às 18h. Coordenadora adjunta: Solan- ge de Oliveira Souto - Tijuca tratar o tema A Contribuição da Engenharia de Produção para a Inteligência Sócio-Ambiental Estratégica da Indústria. Coordenador Sérgio Baltar Fand ndiño - Tijuca Mestrado Profissional em Fonoaudiologia do no Auditório do Campus Tijuca. Os alunos da graduação e do mestrado em Fonoaudiologia, terão uma ótima oportunidade de aprofundarem conhecimentos. Coordenadora Mônica de Britto Pereira Novos Cursos Novidades nos três campi Como todo início de ano geralmente chega com novidades, a UVA providenciou algo diferente para os três campi. Devido à procura dos vestibulandos, a universidade está expandindo a cobertura dos cursos, e oferece a partir deste semestre (primeiro semestre de 2008) os Cur- Campus Tijuca Para climatização de todas as salas do Campus Tijuca, será necessária a ampliação da subestação existente. Na busca incessante de melhoria da qualidade das instalações, os serviços serão iniciados imediatamente pelo bloco C, dentro da capacidade de carga ainda disponível na subestação. O bloco foi escolhido para ser o primeiro a receber a climatização através de pesquisa que envolveu professores e alunos. Os quatro novos laboratórios multimídia, instalados nas salas 217, 218, 219 e 220 do bloco A, tiveram seus serviços de climatização concluídos no dia 20 de fevereiro. O campus tem mais novidades: está sob a direção do professor Abílio Gomes de Carvalho Júnior, e lançou os Cursos de Graduação Tecnológica em Design de Carnaval e Processos Gerenciais em de Negócios de Alimentação e Bebidas. Design de Jóias Oferecido desde 2003 na Barra, o Curso de Design de Jóias na Tijuca contará com uma parceria com o Senai, onde serão realizadas as aulas práticas, no laboratório de Ourivesaria. Com duração de dois anos, o curso inclui disciplinas teóricas e práticas, em que os alunos têm contato com a história da joalheira, estética, semiótica e estrutura de materiais, além de desenvolverem peças por meio de vários suportes de pesquisa, incluindo o desenho técnico e o computadorizado. Com foco na criação, a UVA é a única universidade do Rio de Janeiro que oferece graduação tecnológica em Jóias. Aglaíze Damasceno e Regina Machado são as coordenadoras acadêmica e técnica do curso, respectivamente. Design Gráfico Pioneirismo e inovação são marcas também do Curso de Graduação Tecnológica em Design Gráfico Ilustração e Animação Digital 3D. Unidade Barra e Campus Cabo Frio Os dois campi passam a oferecer o Curso de Graduação em Engenharia de Produção, um dos mais procurados nos últimos três anos. Com a coordenação geral do professor Sérgio Baltar, o curso é voltado para a área de Finanças, e é oferecido desde 1999 no Campus Tijuca. Na Barra, vai atender alunos que moram ou trabalham no bairro, e, em Cabo Frio, atenderá toda a Região dos Lagos, onde será a primeira universidade a oferecer o curso. Segundo o coordenador sos de Design de Jóias e de Design Gráfico - Ilustração e Animação Digital 3D também no Campus Tijuca, e Engenharia de Produção, já oferecido na Tijuca, também na Barra e em Cabo Frio. As vagas são para os turnos manhã e noite. Além disso, para atender à solicitação feita pelos alunos na última Avaliação Institucional, feita no final de 2007, segundo o prefeito do Campus Tijuca, Antônio Jorge, dentro das providências previstas para 2008, será dada continuidade aos serviços de climatização nos campi Tijuca, Barra e Cabo Frio. O curso prepara os alunos para atuação nos mais diversos setores, da indústria do entretenimento à elaboração de peças 3D para arquitetura, engenharia ou medicina. Cerca de 70% do corpo discente é absorvido pelo mercado de trabalho já no terceiro período. Ao oferecer o curso no Campus Tijuca, o objetivo é atender alunos que moram nas zonas Sul, Norte e no Centro. O curso conta com a coordenação do professor Paulo Andrade. de Engenharia de Produção, a Região dos Lagos sofre com a ausência de mão-de-obra qualificada para atuar neste setor, cujos profissionais são cada vez mais requisitados pelo mercado por conta da sua flexibilidade. 5 Comunicação Social Acontece entre os dias 13 a 16 de maio, na Universidade Federal Fluminense (UFF), em Niterói, o VI Congresso Nacional de História da Mídia, com o Design de Jóias O Curso de Design de Jóias apresentará, neste semestre, um ciclo de palestras, mesasredondas e exposições relacionadas à área de conhecimento de jóias. A cada primeira segun- tema 200 Anos de Mídia no Brasil: historiografias e tendências. Imperdível! Coordenadora Andréa Gorito Cabo Frio da-feira do mês, será escolhido um assunto para discussão com professores e especialistas convidados. Coordenadora Aglaíze Damasceno - Barra

6 6 Esportes Radicais Nas ondas da UVA Esportes Radicais Curso de Educação Física é o primeiro do Brasil voltado para as atividades ligadas aos esportes radicais e a natureza uem disse que praia e estudos não têm nada a ver? O Campus Cabo Frio prova que esta pode ser uma combinação perfeita, aliando o útil ao agradável. A partir deste ano, os alunos de graduação em Educação Física terão, além das disciplinas básicas, aulas de rapel, escalada, trekking, sandboarding, parapente, caminhada de educação, surfe, mergulho, iatismo, Alunos na praia após aula prática Ao formar profissionais que possam atuar no mercado dos esportes de aventura, a UVA busca atender a uma necessidade cada vez mais constante na área: qualificação. Há um grande número de novos praticantes se aventurando a cada dia, e estas pessoas precisam ser bem acompanhadas. É justamente a esta demanda que o curso pretende atender. A prática de esportes radicais exige muita técnica e segurança. Por isso, é importante formar mão-de-obra qualificada. Os alunos ainda na graduação encontram rápida inserção no mercado de trabalho, afirma o coordenador do curso, Mauro de Macedo. Outras atividades também são realizadas durante o curso, como gincanas esportivas e competições de diversas modalidades. Os alunos ainda atendem à população local em eventos, fazendo avaliações físicas e dando orientações sobre a prática segura dos esportes. As aulas são divididas em Esportes de Praia (frescobol, futebol de areia, vôlei de praia, peteca, canoa havaiana, rugby e surfe), Esportes de Vela (windsurf e iatismo), Esportes de Aventura (rapel, escalada, trekking, corrida de orientação, sandboarding e skate) e Mergulho. O local escolhido não poderia ser mais apropriado. A Região dos Lagos contém todas as condições para a realização de atividades naturais. Para as aulas práticas, a UVA tem parceria com clubes e instituições de Cabo Frio, como o Yatch Clube, onde acontecem as aulas de iatismo, e o Instituto Tridente, que fornece toda a estrutura e material para as aulas de mergulho, e permite que os alunos saiam da faculdade como instrutores de mergulho. windsurf entre outros esportes. Foto: Felipe Daniel A proposta do curso, além de inovadora, também representará uma nova perspectiva de trabalho, não apenas na área de Educação Física, mas no próprio setor de Turismo. Existem no Brasil mais de 600 centros de esportes de aventura, clubes de escalada, escolas de mergulho, equipes de corrida de orientação, entre outros, que comercializam o turismo de aventura e precisam de profissionais. O Curso de Graduação em Educação Física é oferecido desde 2003, com duração de quatro anos. Ele integra uma série de disciplinas que interagem de modo interdisciplinar, levando o aluno a um conhecimento generalizado sobre o ser humano nos âmbitos biológico, psicológico e social. O curso formou sua primeira turma em dezembro de Aluno da UVA treinando sandboard Surfe, uma das atividades mais simples para o carioca Todas as modalidades devem aliar técnica e segurança

7 7 E por falar em aventura... O Núcleo de Estudos Turísticos (NETUR) da UVA, além de auxiliar os alunos da Graduação em Turismo do Campus Tijuca, oferece cursos em práticas de turismo de aventura. Montanhismo, caminhadas, escaladas, rapel, rafting, vôo livre, cicloturismo e mergulho são algumas das atividades oferecidas. Estes projetos abrangem desde o treinamento dos alunos até a certificação nas modalidades, reconhecida pela Associação Brasileira das Empresas de Turismo de Aventura (ABETA) e pelo Instituto Nacional de Metereologia (Inmetro). Segundo o professor Raphael Raine, algumas das principais lições ensinadas aos alunos são o respeito ao meio ambiente e os cuidados com a segurança: Nossos alunos aprendem sistema de implementação de gestão em segurança, análise de riscos e perigos e suas conseqüências, reflorestamento, ações de mínimo impacto em ambientes naturais, segurança e condução em atividades de montanhismo. Todos estes conhecimentos são ministrados dentro das normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). A UVA é pioneira no trabalho de turismo de aventura no Rio de Janeiro e a única universidade com um núcleo direcionado exclusivamente para a área. Temos tudo em alto nível profissional e com as melhores empresas do ramo, aliás, as únicas que podem homologar e certificar o turismo de aventura no Brasil, lembra o professor, com mais de 15 anos de experiência em escalada. Raphael Raine, além de professor, é membro do Comitê Técnico em Montanhismo da Associação Carioca de Turismo de Aventura (ACTA) e coordena o segmento de Ecoturismo no projeto da Área de Proteção Ambiental do Morro da Babilônia, no Leme, Zona Sul do Rio de Janeiro. Turismo de Aventura é uma das oficinas oferecidas pelo NETUR que agregam conhecimentos teóricos e práticos à Graduação em Turismo. O curso, que é reconhecido pelo MEC desde 1983, tem a duração de 3 anos e meio e, além de oficinas, oferece aulas de campo, visitas técnicas a empreendimentos da área, realização de eventos, e conta com as disciplinas obrigatórias Empreendedorismo e Gestão Ambiental. Vôo livre, uma das atividades oferecidas pelo NETUR

UVV POST Nº74 10 a 16/11 de 2014 UVV POST. Publicação semanal interna Universidade Vila Velha - ES Produto da Comunicação Institucional

UVV POST Nº74 10 a 16/11 de 2014 UVV POST. Publicação semanal interna Universidade Vila Velha - ES Produto da Comunicação Institucional UVV POST Publicação semanal interna Universidade Vila Velha - ES Produto da Comunicação Institucional 15 ANOS DE NACOM Agência experimental da UVV-ES faz aniversário e comemora sua história vitoriosa com

Leia mais

InfoReggae - Edição 32 Inclusão Digital 11 de abril de 2014. Coordenador Executivo José Júnior

InfoReggae - Edição 32 Inclusão Digital 11 de abril de 2014. Coordenador Executivo José Júnior O Grupo Cultural AfroReggae é uma organização que luta pela transformação social e, através da cultura e da arte, desperta potencialidades artísticas que elevam a autoestima de jovens das camadas populares.

Leia mais

Comissão de Avaliação divulga resultados da pesquisa

Comissão de Avaliação divulga resultados da pesquisa COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO DA FACULDADE PIAGET CPA Edição nº 01 Abril de 2015 Comissão de Avaliação divulga resultados da pesquisa Alunos, docentes e funcionários avaliaram a instituição. Veja o resultado

Leia mais

RELATÓRIO SÍNTESE DA CPA (COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO) - 2014

RELATÓRIO SÍNTESE DA CPA (COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO) - 2014 A CPA (Comissão Própria De Avaliação) apresentou ao MEC, em março de 2015, o relatório da avaliação realizada no ano de 2014. A avaliação institucional, realizada anualmente, aborda as dimensões definidas

Leia mais

CURSO EXCLUSIVO IBECO

CURSO EXCLUSIVO IBECO PÓS-GRADUAÇÃO EM DOCÊNCIA DO ENSINO SUPERIOR EM ESTÉTICA CURSO EXCLUSIVO IBECO Destinado aos docentes que atuam ou que pretendem atuar no ensino superior e profissionalizante da área estética, o curso

Leia mais

UVV POST Nº84 23/03 a 05/04 de 2015 UVV. Publicação semanal interna Universidade Vila Velha - ES. Produto da Comunicação Institucional

UVV POST Nº84 23/03 a 05/04 de 2015 UVV. Publicação semanal interna Universidade Vila Velha - ES. Produto da Comunicação Institucional UVV POST Publicação semanal interna Universidade Vila Velha - ES Produto da Comunicação Institucional SOU UVV O Serviço é um projeto que a UVV-ES oferece aos alunos O Serviço de Orientação ao Universitário

Leia mais

FACULDADE SETE LAGOAS - FACSETE COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO / CPA RELATÓRIO DAS ATIVIDADES DA CPA NO ANO DE 2013

FACULDADE SETE LAGOAS - FACSETE COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO / CPA RELATÓRIO DAS ATIVIDADES DA CPA NO ANO DE 2013 FACULDADE SETE LAGOAS - FACSETE COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO / CPA RELATÓRIO DAS ATIVIDADES DA CPA NO ANO DE 2013 Sete Lagoas Março de 2014 Sumário 1. DADOS DA INSTITUIÇÃO... 4 1.1. Composição da Comissão

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 026/2012 CONSEPE (Alterada pela Resolução nº 019/2013 - CONSEPE) (Alterada pela Resolução n 043/2014 CONSEPE)

RESOLUÇÃO Nº 026/2012 CONSEPE (Alterada pela Resolução nº 019/2013 - CONSEPE) (Alterada pela Resolução n 043/2014 CONSEPE) RESOLUÇÃO Nº 026/2012 CONSEPE (Alterada pela Resolução nº 019/2013 - CONSEPE) (Alterada pela Resolução n 043/2014 CONSEPE) Regulamenta as atividades complementares nos cursos de graduação da UDESC. O Presidente

Leia mais

1. PRÁTICA EFICAZ DE GESTÃO EDUCACIONAL. 1.1. Histórico da Prática Eficaz

1. PRÁTICA EFICAZ DE GESTÃO EDUCACIONAL. 1.1. Histórico da Prática Eficaz Nome da Instituição: Universidade Feevale Segmento: IES - Instituições de Ensino Superior Categoria: Gestão Administrativa, de Pessoas ou Financeira Nome da Prática Eficaz de Gestão Educacional: Programa

Leia mais

ATIVIDADES COMPLEMENTARES: REGULAMENTO CONCLUINTES EM 2015/1

ATIVIDADES COMPLEMENTARES: REGULAMENTO CONCLUINTES EM 2015/1 CENTRO UNIVERSITÁRIO BELAS ARTES DE SÃO PAULO CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL Publicidade e Propaganda Rádio e Televisão Relações Públicas ATIVIDADES COMPLEMENTARES: REGULAMENTO CONCLUINTES EM 2015/1 DEFINIÇÃO

Leia mais

CONTATOS: FASHION TEEN

CONTATOS: FASHION TEEN CONTATOS: FASHION TEEN End: QI 13 Bloco E Loja 08 Lago Sul Brasília DF Tel: + 55 61.3366.2277/ 61.8533.2515 E-mail: contato@fashionteen.com.br Web: www.fashionteen.com.br APRESENTAÇÃO CURSO FASHIONTEEN

Leia mais

Regulamenta a validação e registro das Atividades Complementares dos cursos de Graduação das Faculdades Projeção.

Regulamenta a validação e registro das Atividades Complementares dos cursos de Graduação das Faculdades Projeção. RESOLUÇÃO Nº 01/2011 Regulamenta a validação e registro das Atividades Complementares dos cursos de Graduação das Faculdades Projeção. O Conselho Superior da Faculdade Projeção, com base nas suas competências

Leia mais

Portaria nº 64, de 24 de março de 2010

Portaria nº 64, de 24 de março de 2010 Portaria nº 64, de 24 de março de 2010 O PRESIDENTE DA COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR CAPES, no uso das atribuições conferidas pelo art. 26, inciso IX, do Decreto nº 6.316,

Leia mais

MANUAL DO CANDIDATO. Extensão

MANUAL DO CANDIDATO. Extensão MANUAL DO CANDIDATO Extensão Prezado(a) Candidato(a), Agradecemos o interesse pelos nossos cursos. Este manual contém informações básicas pertinentes ao curso, tais como: objetivos do curso e das disciplinas,

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE LICENCIATURA EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE LICENCIATURA EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE LICENCIATURA EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Muzambinho, 2010 REITOR DO IFSULDEMINAS Sérgio Pedini DIRETOR DO CAMPUS MUZAMBINHO - IFSULDEMINAS Luiz Carlos Machado

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO AUTÔNOMO DO BRASIL CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO PROFESSOR ME. ORLEI JOSÉ POMBEIRO REGULAMENTO ATIVIDADES COMPLEMENTARES

CENTRO UNIVERSITÁRIO AUTÔNOMO DO BRASIL CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO PROFESSOR ME. ORLEI JOSÉ POMBEIRO REGULAMENTO ATIVIDADES COMPLEMENTARES CENTRO UNIVERSITÁRIO AUTÔNOMO DO BRASIL CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO PROFESSOR ME. ORLEI JOSÉ POMBEIRO REGULAMENTO ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURITIBA 2015 1 REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE CENTRO DE COMUNICAÇÃO E LETRAS Coordenação do Curso de Jornalismo REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE CENTRO DE COMUNICAÇÃO E LETRAS Coordenação do Curso de Jornalismo REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES Regulamenta as Atividades Complementares do Curso de Jornalismo do Centro de Comunicação e Letras da Universidade Presbiteriana Mackenzie CAPÍTULO I DA DEFINIÇÃO

Leia mais

RESPONSABILIDADE SOCIAL (SIM OU NÃO)

RESPONSABILIDADE SOCIAL (SIM OU NÃO) Início(mm/aa) PERÍODO Final (mm/aa) 01/2012 12/2012 01/2012 12/2012 24/01/2012 21/12/2012 01/02/2012 03/02/2012 ATIVIDADE Núcleo de Prática Jurídica Integradas do UNI-RN. nutricional em Nutrição Clínica

Leia mais

LICENCIATURA EM HISTÓRIA. fgv.br/vestibular

LICENCIATURA EM HISTÓRIA. fgv.br/vestibular LICENCIATURA EM HISTÓRIA fgv.br/vestibular IDEALISMO, EXCELÊNCIA E CREDIBILIDADE A Fundação Getulio Vargas surgiu em 20 de dezembro de 1944 com o objetivo de preparar profissionais qualificados em Administração

Leia mais

EDUCAÇÃO GRUPO POSITIVO

EDUCAÇÃO GRUPO POSITIVO EDUCAÇÃO 38 GRUPO POSITIVO Contribuição para o desenvolvimento Positivo trabalha para que sua contribuição ao ensino de O qualidade extrapole suas unidades e alcance de forma construtiva toda a sociedade.

Leia mais

Marilene Sinder (Universidade Federal Fluminense) Renato Crespo Pereira (Universidade Federal Fluminense)

Marilene Sinder (Universidade Federal Fluminense) Renato Crespo Pereira (Universidade Federal Fluminense) A Pesquisa com Egressos como Fonte de Informação Sobre a Qualidade dos Cursos de Graduação e a Responsabilidade Social da Instituição Universidade Federal Fluminense (UFF) Eixo II Indicadores e instrumentos

Leia mais

Universidade. Estácio de Sá. Turismo, Hotelaria e Gastronomia

Universidade. Estácio de Sá. Turismo, Hotelaria e Gastronomia Universidade Estácio de Sá Turismo, Hotelaria e Gastronomia A Estácio Hoje reconhecida como a maior instituição particular de ensino superior do país, a Universidade Estácio de Sá iniciou suas atividades

Leia mais

INFORME UVV-ES Nº21 29/07-04/08 de 2013 UVV POST. Publicação semanal interna Universidade Vila Velha - ES Produto da Comunicação Institucional

INFORME UVV-ES Nº21 29/07-04/08 de 2013 UVV POST. Publicação semanal interna Universidade Vila Velha - ES Produto da Comunicação Institucional UVV POST Publicação semanal interna Universidade Vila Velha - ES Produto da Comunicação Institucional EDITAIS DE MONITORIA E ESTÁGIO Até o dia 16 de agosto de 2013, estão abertas as inscrições para o preenchimento

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM DESIGN DE MODA

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM DESIGN DE MODA CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM DESIGN DE MODA Nome IES: UNIVERSIDADE DE CUIABÁ - UNIC 1 Curso Superior em Tecnologia em Design de Moda Dados de identificação da Universidade de Cuiabá - UNIC Dirigente

Leia mais

INFORME UVV-ES Nº15 29/05-02/06 de 2013 UVV POST. Publicação semanal interna Universidade Vila Velha - ES Produto da Comunicação Institucional

INFORME UVV-ES Nº15 29/05-02/06 de 2013 UVV POST. Publicação semanal interna Universidade Vila Velha - ES Produto da Comunicação Institucional UVV POST Publicação semanal interna Universidade Vila Velha - ES Produto da Comunicação Institucional VEST UVV-ES 2013/2 CONHEÇA OS CURSOS OFERTADOS NO VEST UVV-ES 2013/2 Nas próximas edições do UVV Post,

Leia mais

No ritmo da criação OPORTUNIDADE

No ritmo da criação OPORTUNIDADE Shutterstock POR BRUNO MORESCHI No ritmo da criação Nosso país ainda caminha a passos lentos quando o assunto é economia criativa. Mas as incubadoras podem ajudar a recuperar o tempo perdido Da música

Leia mais

Universidade Federal de São Paulo

Universidade Federal de São Paulo Universidade Federal de São Paulo Sintunifesp Titulo: Universidade Cidadã para a Sociedade São Paulo 2014 Sintunifesp Proposta: Apresentada pelo Grupo de Técnico Administrativo do Sintunifesp. São Paulo

Leia mais

As nossas propostas de atuação para a Gestão 2013-2017 estão pautadas na Consolidação e expansão do Campus Centro-Oeste Dona Lindu.

As nossas propostas de atuação para a Gestão 2013-2017 estão pautadas na Consolidação e expansão do Campus Centro-Oeste Dona Lindu. As nossas propostas de atuação para a Gestão 2013-2017 estão pautadas na Consolidação e expansão do Campus Centro-Oeste Dona Lindu. Nosso Compromisso é trabalhar, junto à Reitoria, Discentes, Docentes

Leia mais

CARTILHA DO INGRESSANTE U N I V E R S I D A D E E S T A D U A L D E C A M P I N A S

CARTILHA DO INGRESSANTE U N I V E R S I D A D E E S T A D U A L D E C A M P I N A S CARTILHA DO INGRESSANTE U N I V E R S I D A D E E S T A D U A L D E C A M P I N A S Bem-vindo a U N I V E R S I D A D E E S TA INTRODUÇÃO Prezado Servidor, Estamos felizes em tê-lo conosco, pois a partir

Leia mais

Respostas dos alunos sobre o curso

Respostas dos alunos sobre o curso Respostas dos alunos sobre o curso Aplicação INDICADOR: ENSINO QUESTÃO: EM TERMOS DE PRÁTICA PEDAGÓGICA, QUE ATIVIDADES VOCÊ CITARIA COMO UM DIFERENCIAL DO CURSO? FACULDADE: PÇL - NÚCLEO DE ARTE E TECNOLOGIA

Leia mais

Curso de Pós-Graduação Teoria e Prática em Educação de Nível Superior Edição ESPM Rio de Janeiro

Curso de Pós-Graduação Teoria e Prática em Educação de Nível Superior Edição ESPM Rio de Janeiro Curso de Pós-Graduação Teoria e Prática em Educação de Nível Superior Edição ESPM Rio de Janeiro Período de realização: 2013/2014 12 de setembro de 2014: Enfim formados! Este foi o brinde dos dez estudantes

Leia mais

PLANO DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL 2014-2018 PROPOSTAS DE METAS, AÇÕES E INDICADORES

PLANO DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL 2014-2018 PROPOSTAS DE METAS, AÇÕES E INDICADORES PLANO DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE MINAS GERAIS PROPOSTAS DE METAS, AÇÕES E INDICADORES CAMPUS CONGONHAS DEZEMBRO - 2013 INFRA-ESTRUTURA Objetivo

Leia mais

SERVIÇOS. Captação de Recursos. Infraestrutura e Produção de Eventos Estruturação de Equipes de Produção. Análise Técnica e Financeira de Projetos

SERVIÇOS. Captação de Recursos. Infraestrutura e Produção de Eventos Estruturação de Equipes de Produção. Análise Técnica e Financeira de Projetos Empresas coligadas: SERVIÇOS Elaboração e Produção de Projetos Culturais, Sociais e Esportivos Infraestrutura e Produção de Eventos Estruturação de Equipes de Produção Assessoria Técnica e Consultoria

Leia mais

Pronac Nº 1111032 Você em Cenna é um concurso cultural que irá eleger atores e atrizes amadores de todo o país, que enviarão vídeos de suas performances para votação popular e de júri especializado. Os

Leia mais

PROJETOS COMUNITÁRIOS DA ULBRA

PROJETOS COMUNITÁRIOS DA ULBRA PROJETOS COMUNITÁRIOS DA ULBRA PROJETOS COMUNITÁRIOS DA ULBRA 01 Projetos Comunitários da ULBRA Sob a égide do Programa Violência e Direitos Humanos, projetos comunitários, ações extensionistas e estágios

Leia mais

CEFAPAM - Centro de Extensão da Faculdade de Pará de Minas. Regulamento

CEFAPAM - Centro de Extensão da Faculdade de Pará de Minas. Regulamento CONFRARIA NOSSA SENHORA DA PIEDADE DA PARÓQUIA NOSSA SENHORA DA PIEDADE Faculdade de Pará de Minas - FAPAM Reconhecida pelo Decreto 79090, de 04/01/77 Rua Ricardo Marinho, 110 - São Geraldo - Pará de Minas/MG

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE CENTRO DE COMUNICAÇÃO E LETRAS Coordenação do Curso de Publicidade e Propaganda

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE CENTRO DE COMUNICAÇÃO E LETRAS Coordenação do Curso de Publicidade e Propaganda REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES Regulamenta as Atividades Complementares do Curso de Publicidade e Propaganda do Centro de Comunicação e Letras da Universidade Presbiteriana Mackenzie CAPÍTULO

Leia mais

EDITAL N º 18/2014 DE INSCRIÇÃO PARA O PROCESSO SELETIVO DE 2014 (CAMPUS TIJUCA, CAMPUS BARRA DA TIJUCA, CAMPUS BARRA DOWNTOWN E UNIDADE CENTRO)

EDITAL N º 18/2014 DE INSCRIÇÃO PARA O PROCESSO SELETIVO DE 2014 (CAMPUS TIJUCA, CAMPUS BARRA DA TIJUCA, CAMPUS BARRA DOWNTOWN E UNIDADE CENTRO) A Pró-reitoria de Graduação da Universidade Veiga de Almeida, no uso de suas atribuições estatutárias e regimentais e, devidamente autorizada pelo Conselho Universitário, faz saber, por meio do presente

Leia mais

ATIVIDADES COMPLEMENTARES INSTRUÇÃO NORMATIVA 001/2014

ATIVIDADES COMPLEMENTARES INSTRUÇÃO NORMATIVA 001/2014 CURSO DE ADMINISTRAÇÃO ESCOLA DE NEGÓCIOS ATIVIDADES COMPLEMENTARES INSTRUÇÃO NORMATIVA 001/2014 Rev.: 9 18/09/2014 CURITIBA - PR, 2014 SUMÁRIO CAPITULO I DAS ATIVIDADES... 2 CAPITULO II - DO APROVEITAMENTO

Leia mais

INFORME UVV-ES Nº19 24-30/06 de 2013 UVV POST. Publicação semanal interna Universidade Vila Velha - ES Produto da Comunicação Institucional

INFORME UVV-ES Nº19 24-30/06 de 2013 UVV POST. Publicação semanal interna Universidade Vila Velha - ES Produto da Comunicação Institucional UVV POST Publicação semanal interna Universidade Vila Velha - ES Produto da Comunicação Institucional UVV POST ENTRA DE FÉRIAS Mais um semestre chega ao m e o UVV Post entra de férias junto com quem ele

Leia mais

MÓDULO Tópicos de Processo Civil I: Conhecimento, Tutelas de Urgência e Cautela. Tópicos de Processo Civil II: Execução. Processo Eletrônico

MÓDULO Tópicos de Processo Civil I: Conhecimento, Tutelas de Urgência e Cautela. Tópicos de Processo Civil II: Execução. Processo Eletrônico A Universidade Candido Mendes tem como mantenedora a Sociedade Brasileira de Instrução, a mais antiga instituição particular de ensino superior do país, fundada em 1902 pelo Conde Candido Mendes de Almeida,

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO SUL E SUDESTE DO PARÁ CONCURSO PÚBLICO PARA A CARREIRA DE TÉCNICO-ADMINISTRATIVO EM EDUCAÇÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO SUL E SUDESTE DO PARÁ CONCURSO PÚBLICO PARA A CARREIRA DE TÉCNICO-ADMINISTRATIVO EM EDUCAÇÃO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO SUL E SUDESTE DO PARÁ CONCURSO PÚBLICO PARA A CARREIRA DE TÉCNICO-ADMINISTRATIVO EM EDUCAÇÃO EDITAL N.º 51/2014 UNIFESSPA, DE 21 DE JULHO DE 2014 ANEXO I

Leia mais

UVV POST Nº54 19-25/05 de 2014 UVV POST. Publicação semanal interna Universidade Vila Velha - ES Produto da Comunicação Institucional

UVV POST Nº54 19-25/05 de 2014 UVV POST. Publicação semanal interna Universidade Vila Velha - ES Produto da Comunicação Institucional UVV POST Publicação semanal interna Universidade Vila Velha - ES Produto da Comunicação Institucional WORKSHOP DE DESIGN PARAMÉTRICO COM GRASSHOPPER Evento voltado para alunos de Arquitetura e Urbanismo

Leia mais

11º PRÊMIO DESTAQUE EM COMUNICAÇÃO SINEPE/RS Categoria: Gestão de Comunicação e Relacionamento Programa Marketing Interno

11º PRÊMIO DESTAQUE EM COMUNICAÇÃO SINEPE/RS Categoria: Gestão de Comunicação e Relacionamento Programa Marketing Interno 11º PRÊMIO DESTAQUE EM COMUNICAÇÃO SINEPE/RS Categoria: Gestão de Comunicação e Relacionamento Programa Marketing Interno 1 APRESENTAÇÃO 1.1 A Universidade Feevale Reconhecida por sua inovação e qualidade

Leia mais

DURAÇÃO APROXIMADAMENTE 15 MESES

DURAÇÃO APROXIMADAMENTE 15 MESES GRUPO SANTA RITA INSCRIÇÕES ABERTAS! PÓS-GRADUAÇÃO ESPECIALIZAÇÃO LATO SENSU CONTAÇÃO DE MENSALIDADE R e R$ MEC CURSOS AUTORIZADOS s o lu ç ã o C N E /C n ES 1, º. 7 129, /2 6 / 8 HISTÓRIAS música, dança,

Leia mais

INFORME UVV-ES Nº40 09-15/12 de 2013 UVV POST. Publicação semanal interna Universidade Vila Velha - ES Produto da Comunicação Institucional

INFORME UVV-ES Nº40 09-15/12 de 2013 UVV POST. Publicação semanal interna Universidade Vila Velha - ES Produto da Comunicação Institucional UVV POST Publicação semanal interna Universidade Vila Velha - ES Produto da Comunicação Institucional RENOVAÇÃO DE MATRÍCULA 2014/1 Con ra os prazos de renovação de matrícula e de outros procedimentos

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS PRÓ-REITORIA DE GESTÃO DE PESSOAS E DO TRABALHO Coordenadoria de Desenvolvimento de Recursos Humanos

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS PRÓ-REITORIA DE GESTÃO DE PESSOAS E DO TRABALHO Coordenadoria de Desenvolvimento de Recursos Humanos ANEXO 1 CRITÉRIOS PARA AVALIAÇÃO DO FATOR IV PRODUTIVIDADE 1 A avaliação do Fator Produtividade será realizada de acordo com as atividades de Ensino, Pesquisa, Extensão e Produção Intelectual, e Gestão,

Leia mais

Ass. de Comunicação www.ptexto.com.br. Veículo: Jornal de Brasília Data: 22/08/2009 Seção: Sociedade Pág.: 49 Assunto: Great Place to Work

Ass. de Comunicação www.ptexto.com.br. Veículo: Jornal de Brasília Data: 22/08/2009 Seção: Sociedade Pág.: 49 Assunto: Great Place to Work Veículo: Jornal de Brasília Data: 22/08/2009 Seção: Sociedade Pág.: 49 Assunto: Great Place to Work Veículo: Site Revista Making Of Data: 20/08/2009 Seção: Marketing Pág.: www.revistamakingof.com.br Assunto:

Leia mais

Envolver. Edição V Ano II Outubro de 2012. Um caso. de sucesso

Envolver. Edição V Ano II Outubro de 2012. Um caso. de sucesso Envolver Edição V Ano II Outubro de 2012 Um caso de sucesso 1 editorial primeiras letras O ano de 2012 vai chegando ao fim com boas notícias para Pedro Leopoldo. As várias ações de investimento social

Leia mais

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM SERVIÇO SOCIAL E SAÚDE TURMA 2015 PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM SERVIÇO SOCIAL E SAÚDE TURMA 2015 PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO UERJ CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS FACULDADE DE SERVIÇO SOCIAL CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM SERVIÇO SOCIAL E SAÚDE EDITAL CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM SERVIÇO SOCIAL E

Leia mais

FESURV UNIVERSIDADE DE RIO VERDE CPA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO RELATÓRIO DE AUTOAVALIAÇÃO 2009-2010

FESURV UNIVERSIDADE DE RIO VERDE CPA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO RELATÓRIO DE AUTOAVALIAÇÃO 2009-2010 FESURV UNIVERSIDADE DE RIO VERDE CPA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO RELATÓRIO DE AUTOAVALIAÇÃO 2009-2010 1 Fragilidade resultado inferior a 50% Ponto a ser melhorado 50% e 59,9% Potencialidade igual ou

Leia mais

CONSTRUINDO UM PROJETO DE VOLUNTARIADO

CONSTRUINDO UM PROJETO DE VOLUNTARIADO CONSTRUINDO UM PROJETO DE VOLUNTARIADO ExpedieNte TEXTO Kátia Regina Gonçalves Paulo de Camargo Priscila Cruz COORDENAÇÃO DO PROJETO Sílnia Nunes Martins Prado PROJETO GRÁFICO Linea Creativa ILUSTRAÇÃO

Leia mais

Segunda-feira, 22 de abril de 2013

Segunda-feira, 22 de abril de 2013 Segunda-feira, 22 de abril de 2013 22/04/2013 07h00 - Atualizado em 22/04/2013 07h00 Empresários dão dicas de como empreender após a aposentadoria Professora aposentada montou empresa de reforma de calçadas.

Leia mais

1º Prêmio de Reabilitação e Readaptação Profissional

1º Prêmio de Reabilitação e Readaptação Profissional Instituição: Lar Escola São Francisco - São Paulo - SP Categoria: Parceria Público/Privado Trabalho Serviço de Orientação e Empregabilidade Resumo do trabalho Case Janssen-Cilag O case Janssen-Cilag iniciou-se

Leia mais

FEFISA Faculdades Integradas de Santo André CURSO DE BACHARELADO EM FISIOTERAPIA MANUAL DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES (AACC)

FEFISA Faculdades Integradas de Santo André CURSO DE BACHARELADO EM FISIOTERAPIA MANUAL DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES (AACC) FEFISA Faculdades Integradas de Santo André CURSO DE BACHARELADO EM FISIOTERAPIA MANUAL DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES (AACC) 2012 / 2013 Prezado(a) aluno(a), É com muito orgulho e satisfação que oferecemos

Leia mais

ATIVIDADES COMPLEMENTARES: REGULAMENTO CONCLUÍNTES EM 2014/1

ATIVIDADES COMPLEMENTARES: REGULAMENTO CONCLUÍNTES EM 2014/1 CENTRO UNIVERSITÁRIO BELAS ARTES DE SÃO PAULO CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL Publicidade e Propaganda Rádio e Televisão Relações Públicas ATIVIDADES COMPLEMENTARES: REGULAMENTO CONCLUÍNTES EM 2014/1 DEFINIÇÃO

Leia mais

DIRETRIZES CURRICULARES PARA OS CURSOS DE BACHARELADO E LICENCIATURA DA UTFPR

DIRETRIZES CURRICULARES PARA OS CURSOS DE BACHARELADO E LICENCIATURA DA UTFPR Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Pró-Reitoria de Graduação e Educação Profissional DIRETRIZES CURRICULARES PARA OS CURSOS DE BACHARELADO E LICENCIATURA DA UTFPR Resolução

Leia mais

INFORME UVV-ES Nº51 14-20/04 de 2014 UVV POST. Publicação semanal interna Universidade Vila Velha - ES Produto da Comunicação Institucional

INFORME UVV-ES Nº51 14-20/04 de 2014 UVV POST. Publicação semanal interna Universidade Vila Velha - ES Produto da Comunicação Institucional UVV POST Publicação semanal interna Universidade Vila Velha - ES Produto da Comunicação Institucional CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS Seis alunos da Universidade zeram intercâmbio em vários países Recém-chegados

Leia mais

Comissão avalia qualidade de ensino da FABE

Comissão avalia qualidade de ensino da FABE CPA / PESQUISA Comissão avalia qualidade de ensino da FABE Avaliação positiva: A forma de abordagem dos objetivos gerais dos cursos também foi bem avaliada e a qualidade do corpo docente continua em alta.

Leia mais

Resolução nº 2/2006 3/2/2006 RESOLUÇÃO CNE Nº 2, DE 2 DE FEVEREIRO DE 2006 DOU 03.02.2006

Resolução nº 2/2006 3/2/2006 RESOLUÇÃO CNE Nº 2, DE 2 DE FEVEREIRO DE 2006 DOU 03.02.2006 Resolução nº 2/2006 3/2/2006 RESOLUÇÃO CNE Nº 2, DE 2 DE FEVEREIRO DE 2006 DOU 03.02.2006 Institui as Diretrizes Curriculares Nacionais para o curso de graduação em Engenharia Agrícola e dá outras providências.

Leia mais

NÚCLEO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES (NAC) REGULAMENTO

NÚCLEO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES (NAC) REGULAMENTO SOCIEDADE DE EDUCAÇÃO E ASSISTÊNCIA REALENGO SEARA NÚCLEO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES (NAC) REGULAMENTO E-1/12 FACULDADES SÃO JOSÉ NÚCLEO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES REGULAMENTO I - DA NATUREZA DAS ATIVIDADES

Leia mais

PLANO DE TRABALHO CAMPUS DE FRANCISCO BELTRÃO QUATRIÊNIO 2016-2019

PLANO DE TRABALHO CAMPUS DE FRANCISCO BELTRÃO QUATRIÊNIO 2016-2019 PLANO DE TRABALHO CAMPUS DE FRANCISCO BELTRÃO QUATRIÊNIO 2016-2019 Candidato Gilmar Ribeiro de Mello SLOGAN: AÇÃO COLETIVA Página 1 INTRODUÇÃO Considerando as discussões realizadas com a comunidade interna

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 028/2011 CONSEPE (Revogada pela Resolução n 026/2012 CONSEPE)

RESOLUÇÃO Nº 028/2011 CONSEPE (Revogada pela Resolução n 026/2012 CONSEPE) RESOLUÇÃO Nº 028/2011 CONSEPE (Revogada pela Resolução n 026/2012 CONSEPE) Regulamenta as Atividades Complementares nos Cursos de Graduação da UDESC. A Presidente do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão

Leia mais

MEDICINA PROJETO POLÍTICO-PEDAGÓGICO DO CURSO DE MEDICINA (SÍNTESE)

MEDICINA PROJETO POLÍTICO-PEDAGÓGICO DO CURSO DE MEDICINA (SÍNTESE) PROJETO POLÍTICO-PEDAGÓGICO DO CURSO DE (SÍNTESE) Ao longo de mais de cinco décadas, a Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC Minas) estruturou um ambiente acadêmico intelectualmente rico

Leia mais

APRESENTAÇÃO. Este projeto se constitui em modelo de distribuição e exibição do filme Sua Vida, Nossa Vida! em municípios do Rio Grande do Sul.

APRESENTAÇÃO. Este projeto se constitui em modelo de distribuição e exibição do filme Sua Vida, Nossa Vida! em municípios do Rio Grande do Sul. APRESENTAÇÃO Este projeto se constitui em modelo de distribuição e exibição do filme Sua Vida, Nossa Vida! em municípios do Rio Grande do Sul. Foi testado no município de Guaporé, em uma parceria da Promotoria

Leia mais

PROPOSTA DE ESTRUTURAÇÃO

PROPOSTA DE ESTRUTURAÇÃO U N I R I O UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO REITORA MALVINA TUTTMAN PROPOSTA DE ESTRUTURAÇÃO COORDENAÇÃO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL (COMSO) Fernanda Soares Coordenadora Gabriel Melo Assistente

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 13, DE 24 DE NOVEMBRO DE 2006 (*)

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 13, DE 24 DE NOVEMBRO DE 2006 (*) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 13, DE 24 DE NOVEMBRO DE 2006 (*) Institui as Diretrizes Curriculares Nacionais do Curso de Graduação em Turismo

Leia mais

2º RELATÓRIO PARCIAL DE AUTOAVALIAÇÃO INSTITUCIONAL

2º RELATÓRIO PARCIAL DE AUTOAVALIAÇÃO INSTITUCIONAL 2º RELATÓRIO PARCIAL DE AUTOAVALIAÇÃO INSTITUCIONAL COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL - CPA Mantenedora: Fundação Presidente Antônio Carlos Mantida: Faculdade Presidente Antônio Carlos de Araguari

Leia mais

UVV POST Nº64 01 a 07/09 de 2014 UVV POST. Publicação semanal interna Universidade Vila Velha - ES Produto da Comunicação Institucional

UVV POST Nº64 01 a 07/09 de 2014 UVV POST. Publicação semanal interna Universidade Vila Velha - ES Produto da Comunicação Institucional UVV POST Publicação semanal interna Universidade Vila Velha - ES Produto da Comunicação Institucional PÓS UVV PREMIUM Inscrições abertas para 15 cursos em diversas áreas do conhecimento A UVV-ES está com

Leia mais

PUC MINAS. Uma universidade em sintonia com o futuro

PUC MINAS. Uma universidade em sintonia com o futuro PUC MINAS Uma universidade em sintonia com o futuro No mapa de Minas Gerais, a Pontifícia Universidade Católica está presente em importantes regiões do Estado, através de uma estrutura multicampi composta

Leia mais

PLANO DE AÇÃO PARA O DIÁLOGO E A COOPERAÇÃO EM CULTURA ENTRE BRASIL E URUGUAI

PLANO DE AÇÃO PARA O DIÁLOGO E A COOPERAÇÃO EM CULTURA ENTRE BRASIL E URUGUAI PLANO DE AÇÃO PARA O DIÁLOGO E A COOPERAÇÃO EM CULTURA ENTRE BRASIL E URUGUAI Aos 26 dias do mês de julho de 2011, as autoridades de Cultura da República Federativa do Brasil e da República Oriental do

Leia mais

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM SERVIÇO SOCIAL E SAÚDE TURMA 2014 PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM SERVIÇO SOCIAL E SAÚDE TURMA 2014 PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO - UERJ CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS FACULDADE DE SERVIÇO SOCIAL CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM SERVIÇO SOCIAL E SAÚDE EDITAL CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM SERVIÇO SOCIAL

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO PARECER HOMOLOGADO(*) (*) Despacho do Ministro, publicado no Diário Oficial da União de 16/05/2005 (*) Portaria/MEC nº 1.625, publicada no Diário Oficial da União de 16/05/2005 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO

Leia mais

PREZADO CANDIDATO. Maria Eliza de Aguiar e Silva Diretoria Geral

PREZADO CANDIDATO. Maria Eliza de Aguiar e Silva Diretoria Geral PREZADO CANDIDATO Este talvez seja o momento mais importante na definição dos caminhos e rumos da sua vida. Lembre-se que esta escolha é só sua e pelo resto da vida. A construção de um bom profissional

Leia mais

Primeiro escritório de inclusão social da América Latina

Primeiro escritório de inclusão social da América Latina Primeiro escritório de inclusão social da América Latina 18 de setembro Nós do Centro: mais uma ação para a comunidade do Grupo Orsa O Grupo Orsa, por meio da Fundação Orsa, inaugura um espaço inovador

Leia mais

2009, um ano de grandes realizações e conquistas

2009, um ano de grandes realizações e conquistas 2009, um ano de grandes realizações e conquistas 2009 foi um ano de grandes realizações e conquistas para o Serviço Social da Indústria (SESI), entidade que integra o Sistema Federação das Indústrias no

Leia mais

A essa altura, você deve estar se perguntando qual é a diferença entre cinema e vídeo, audiovisual e multimídia, não é mesmo?

A essa altura, você deve estar se perguntando qual é a diferença entre cinema e vídeo, audiovisual e multimídia, não é mesmo? Pré-Vestibular Social Grupo SOA Suporte à Orientação Acadêmica Ela faz cinema Ela faz cinema Ela é demais (Chico Buarque) CINEMA Chegou o momento de escolher um curso. Diante de tantas carreiras e faculdades

Leia mais

Universidade. Estácio de Sá. Artes, Design e Moda

Universidade. Estácio de Sá. Artes, Design e Moda Universidade Estácio de Sá Artes, Design e Moda A Estácio Hoje reconhecida como a maior instituição particular de ensino superior do país, a Universidade Estácio de Sá iniciou suas atividades em 1970,

Leia mais

COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO FACULDADE UNIÃO

COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO FACULDADE UNIÃO COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO FACULDADE UNIÃO A avaliação institucional tem sido objeto de discussões na Faculdade Educacional de Ponta Grossa - Faculdade União e sempre foi reconhecida como um instrumento

Leia mais

Instituto Rubem Alves Plano Anual 2015

Instituto Rubem Alves Plano Anual 2015 Instituto Rubem Alves Plano Anual 2015 Proponente: Instituto Rubem Alves CNPJ nº 17.030.336/0001-08 Período: 01/01/2015 a 31/12/2015 Segmento: Patrimônio Cultural Preservação de acervos - Plano Anual Lei

Leia mais

Lúmini Art Centro de Pesquisa, Cultura e Ação Social. O Projeto Social Luminando

Lúmini Art Centro de Pesquisa, Cultura e Ação Social. O Projeto Social Luminando Lúmini Art Centro de Pesquisa, Cultura e Ação Social O Projeto Social Luminando O LUMINANDO O Luminando surgiu como uma ferramenta de combate à exclusão social de crianças e adolescentes de comunidades

Leia mais

QS UNIVERSITY RANKINGS LATIN AMÉRICA 2013 64ª da América Latina, 19ª do Brasil, 5ª Estadual do Brasil e 1ª Estadual do Paraná

QS UNIVERSITY RANKINGS LATIN AMÉRICA 2013 64ª da América Latina, 19ª do Brasil, 5ª Estadual do Brasil e 1ª Estadual do Paraná 2012-2013 Referência no Brasil e destaque entre as universidades latino-americanas, a Universi-dade Estadual de Londrina- UEL foi fundada em 1971, com a junção de faculdades isoladas das áreas de Letras,

Leia mais

Centro Universitário De Belo Horizonte (Uni-Bh) Atividades Complementares De Graduação (ACGS)

Centro Universitário De Belo Horizonte (Uni-Bh) Atividades Complementares De Graduação (ACGS) 1 Centro Universitário De Belo Horizonte (Uni-Bh) Atividades Complementares De Graduação (ACGS) 1. Das Atividades Complementares De Graduação Entende-se como Atividades Complementares de Graduação (ACGs)

Leia mais

EVENTOS. Use os links abaixo ou as setas na barra do rodapé da página e conheça um pouco mais da Arena Multiuso. ÍNDICE. Navegue por aqui. 1.

EVENTOS. Use os links abaixo ou as setas na barra do rodapé da página e conheça um pouco mais da Arena Multiuso. ÍNDICE. Navegue por aqui. 1. Use os links abaixo ou as setas na barra do rodapé da página e conheça um pouco mais da Arena Multiuso. EVENTOS 1. Sumário 2. Introdução 3. Espaços 4. Contato Navegue por aqui 1. S U M Á R I O E V E N

Leia mais

Prepare-se para Faculdade. Leticia Bechara Pedagoga e Coordenadora Trevisan Escola de Negócios

Prepare-se para Faculdade. Leticia Bechara Pedagoga e Coordenadora Trevisan Escola de Negócios Prepare-se para Faculdade Leticia Bechara Pedagoga e Coordenadora Trevisan Escola de Negócios Sucesso $$$ sonho habilidade Passos para Faculdade 1- Conhecer você mesmo. 2- Características da faculdade.

Leia mais

ATIVIDADES ASSISTENCIAIS E COMUNITÁRIAS

ATIVIDADES ASSISTENCIAIS E COMUNITÁRIAS ATIVIDADES ASSISTENCIAIS E COMUNITÁRIAS O compromisso social da Universidade está presente na sua atuação assistencial junto à comunidade interna e externa visando a melhoria da qualidade de vida das pessoas.

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO UNIRIO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO UNIRIO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO UNIRIO Centro de Ciências Humanas e Sociais Curso de Pós-Graduação Lato Sensu Especialização em Docência na Educação Infantil PROCESSO SELETIVO DISCENTE

Leia mais

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO ATIVIDADES COMPLEMENTARES INSTRUÇÃO NORMATIVA 001/2015. Rev.: 10 10/02/2015

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO ATIVIDADES COMPLEMENTARES INSTRUÇÃO NORMATIVA 001/2015. Rev.: 10 10/02/2015 CURSO DE ADMINISTRAÇÃO ATIVIDADES COMPLEMENTARES INSTRUÇÃO NORMATIVA 001/2015 Rev.: 10 10/02/2015 CURITIBA 2015 1 SUMÁRIO CAPITULO I DAS ATIVIDADES... 2 CAPITULO II - DO APROVEITAMENTO DAS ATIVIDADES...

Leia mais

Dalcídio Jurandir inspira projeto teatral Por Luciana Medeiros, colaboradora do Guiart

Dalcídio Jurandir inspira projeto teatral Por Luciana Medeiros, colaboradora do Guiart Dalcídio Jurandir inspira projeto teatral Por Luciana Medeiros, colaboradora do Guiart Ponta de Pedras, ilha do Marajó, Pará, 10 de janeiro de 1909. Nasce ali e naquela data uma das maiores expressões

Leia mais

GUIA DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES. Departamento de Ciências Exatas e Gerenciais

GUIA DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES. Departamento de Ciências Exatas e Gerenciais DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS EXATAS E GERENCIAIS 2012 GUIA DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES Departamento de Ciências Exatas e Gerenciais CURSOS ADMINISTRAÇÃO CIÊNCIAS ATUARIAIS CIÊNCIAS DA COMPUTAÇÃO CIÊNCIAS

Leia mais

Programacao. programacao de aniversario

Programacao. programacao de aniversario Programacao programacao de aniversario Teatro de Tabuas comemora 13 anos com temporada em Campinas Duas estruturas itinerantes estarao em atividade O grupo Teatro de Tábuas, sediado na cidade de Campinas,

Leia mais

CURSO DE EDUCAÇÃO FISICA ATIVIDADES EXTRA CURRICULARES

CURSO DE EDUCAÇÃO FISICA ATIVIDADES EXTRA CURRICULARES CURSO DE EDUCAÇÃO FISICA ATIVIDADES EXTRA CURRICULARES Com a crescente produção de conhecimento e ampliação das possibilidades de atuação profissional, o curso proporciona atividades extra curriculares

Leia mais

PROPOSTAS DE PLANO DE GESTÃO IFSP CAMPUS CATANDUVA - 2015-2017

PROPOSTAS DE PLANO DE GESTÃO IFSP CAMPUS CATANDUVA - 2015-2017 PROPOSTAS DE PLANO DE GESTÃO IFSP CAMPUS CATANDUVA - 2015-2017 DAS DISPOSIÇÕES GERAIS CAPÍTULO I DO OBJETIVO A palavra viva é diálogo existencial. Expressa e elabora o mundo, em comunicação e colaboração.

Leia mais

15. Escola Superior da Magistratura

15. Escola Superior da Magistratura 15. Escola Superior da Magistratura 15.1 Introdução No decorrer do biênio 2013-2015, a Gestão da Escola Superior da Magistratura do Estado Ceará (Esmec), sob direção do Desembargador Haroldo Correia de

Leia mais

RELATÓRIO DE TRABALHO DOCENTE SETEMBRO DE 2012 EREM JOAQUIM NABUCO

RELATÓRIO DE TRABALHO DOCENTE SETEMBRO DE 2012 EREM JOAQUIM NABUCO UNIVERSIDADE CATÓLICA DE PERNAMBUCO PIBID PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA CÍCERO WILLIAMS DA SILVA EMERSON LARDIÃO DE SOUZA MARIA DO CARMO MEDEIROS VIEIRA ROBERTO GOMINHO DA SILVA

Leia mais

PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, PÓS-GRADUAÇÃO E INOVAÇÃO

PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, PÓS-GRADUAÇÃO E INOVAÇÃO PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, PÓS-GRADUAÇÃO E INOVAÇÃO PESQUISA, PÓS-GRADUAÇÃO E INOVAÇÃO As ações de pesquisa do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amazonas constituem um processo educativo

Leia mais

Gaveta de Letras 1. Trabalho submetido ao XXII Prêmio Expocom 2015, na Categoria Produção Transdisciplinar, modalidade Produção Multimídia.

Gaveta de Letras 1. Trabalho submetido ao XXII Prêmio Expocom 2015, na Categoria Produção Transdisciplinar, modalidade Produção Multimídia. Gaveta de Letras 1 Maria Anna leal MARTINS 2 Ana Roberta Amorim da SILVA 3 Edmilson Rodrigues de Souza FILHO 4 Lara TORRÊS 5 Matheus Fábio da SILVA 6 Pedro Alves Ferreira JÚNIOR 7 Arlene Carvalho de Souza

Leia mais

ID e Versão: MNL AC 007 v.1 Processo: Regulamento de atividade complementar Data da versão: 01/02/2015

ID e Versão: MNL AC 007 v.1 Processo: Regulamento de atividade complementar Data da versão: 01/02/2015 As atividades complementares são consideradas componentes pedagógicos próprios ao processo de ensinoaprendizagem, constituindo-se um espaço livre para a personalização curricular pelos graduandos em função

Leia mais