Tecnologia e Segurança na Ponta dos Dedos. Manual. Autorizador

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Tecnologia e Segurança na Ponta dos Dedos. Manual. Autorizador"

Transcrição

1 Tecnologia e Segurança na Ponta dos Dedos Manual UP Autorizador UP

2 Índice Divulgação do sistema Autorizador para os beneficiários... 3 Cadastro da digital do beneficiário... Justificativa de falha na autenticação biométrica... Atendimento bloqueado... Validação da digital do beneficiário... Justificativa de falha na autenticação biométrica... Atendimento bloqueado Validação da digital do beneficiário Conhecendo a biometria

3 Divulgação do sistema autorizador para os beneficiários A UNIMED PAULISTANA está modernizando o seu atendimento nos consultórios médicos, conheça a nossa nova tecnologia. Quando for realizada a primeira consulta em nosso novo sistema Autorizador, a secretária irá solicitar que o paciente faça o cadastro da biometria. Caso o beneficiário possua algum problema com o dedo indicado, a aplicação retornará a mensagem: Imagem com baixa qualidade, neste caso é possível selecionar outro dedo clicando em Escolher outro Dedo. Unimed Paulistana 3 3

4 O beneficiário deverá posicionar o dedo indicado no sensor biométrico 02 (duas) vezes. Após a confirmação dos dados capturados, os dados biométricos do beneficiário serão armazenados e a aplicação será liberada para a utilização. 4 4

5 Se mesmo ao selecionar outro dedo o erro persistir, após a segunda tentativa de escolha de outro dedo para a efetivação do cadastro o sistema liberará o botão Anular Etapa de Cadastro da Digital após selecioná-lo será verificado o histórico do beneficiário e retornará uma mensagem, indicando o que deverá ser efetuado. Caso seja identificado que a validação da biometria possa ser cancelada mediante uma justificativa, será necessário informar o motivo e a justificativa para o cancelamento da validação e liberação para realizar a solicitação. Caso seja identificado que o beneficiário não possa mais ter a validação biométrica cancelada, o sistema retornará uma mensagem para que o mesmo seja orientado a entrar em contato urgente com a Central de Atendimento da Unimed Paulistana para a regularização do cadastro dos dados biométricos e não será liberada a realização da solicitação. Unimed Paulistana Ao efetuar a Segunda tentativa de cancelamento da verificação biométrica o sistema retornará a seguinte mensagem: 5 5

6 Na Terceira tentativa de Validação Biométrica sem sucesso o sistema retornará a seguinte mensagem: 6 6

7 Caso a validação seja efetuada com sucesso, o sistema será liberado para a realização da Solicitação. Após o Cadastramento do Dedo. A partir do momento que o beneficiário já possuir os dados biométricos cadastrados, o sistema verificará se existe alguma Regra de Isenção da necessidade de validação biométrica, caso encontre, exibirá uma mensagem informando que o beneficiário está desobrigado da validação biométrica e liberará o acesso para a utilização do Autorizador UP. Caso não existam regras que o isentem, a aplicação solicitará a validação. Unimed Paulistana 7 7

8 Será solicitado que o beneficiário coloque o dedo indicado no sensor biométrico. No caso de não reconhecimento biométrico do beneficiário, a aplicação retornará uma mensagem de falha e habilitará uma nova leitura para o mesmo dedo, até o limite de três tentativas. 8 8

9 Após a terceira tentativa de validação Sem Sucesso, o sistema verificará o histórico do beneficiário e retornará uma mensagem, indicando o que deverá ser efetuado. Caso seja identificado que a validação da biometria possa ser cancelada mediante uma justificativa, será solicitado para que informe o motivo e a justificativa para o cancelamento da validação e liberação para realizar a solicitação. Caso seja identificado que o beneficiário não possa mais ter a validação biométrica cancelada, o sistema retornará uma mensagem para que o mesmo seja orientado a entrar em contato urgente com a Central de Atendimento da Unimed Paulistana para a regularização do cadastro dos dados biométricos e não será liberada a realização da solicitação. Unimed Paulistana Ao efetuar a Segunda tentativa de cancelamento da verificação biométrica o sistema retornará a seguinte mensagem: 9 9

10 Na Terceira tentativa de Validação Biométrica sem sucesso o sistema retornará a mensagem abaixo e não será liberada a realização da solicitação

11 Após a Validação efetuada com sucesso, o sistema será liberado para a realização da Solicitação. A secretária deverá orientar ao beneficiário que compareça nas Unidades da Unimed Paulistana, ou CPA s para regularização da digital. No atendimento presencial a atendente deverá verificar o motivo do bloqueio da digital. Constado o erro, caso o beneficiário encontre alguma impossibilidade de recadastrar a digital deverá a atendente solicitar o preenchimento do formulário de isenção biométrica. Observação: Os Beneficiários acima de 65 anos não terão isenção automática, caso ocorra algum erro de leitura e gravação esta isenção poderá ser efetuada na própria aplicação ou através da central de atendimento, sem o comparecimento do Unimed Paulistana beneficiário em uma das unidades próprias. Estarão isentos automaticamente da Leitura Biométrica crianças até 6 anos de idade. 11

12 Conhecendo a biometria. O que é Biometria? Biometria é uma tecnologia que permite a identificação do indivíduo por características físicas únicas para determinar ou verificar identidade. O que é o Sistema de Autorização Digital da Unimed Paulistana e como funciona? É um sistema que autoriza procedimentos médicos através da validação da digital do beneficiário. Esta tecnologia não captura a imagem da digital, apenas gera uma identificação única para cada beneficiário que é armazenada como um dado numérico criptografado. Toda vez que o beneficiário passar pela verificação biométrica, é realizado uma comparação entre os dados biométricos do beneficiário em questão com os dados armazenados anteriormente. Qual o objetivo principal da Biometria? O objetivo principal do Sistema se resume em uma palavra: SEGURANÇA. Segurança para o médico: Assegura que o atendimento está sendo prestado ao beneficiário da Unimed Paulistana, evitando a eventual prescrição de exames e medicamentos baseados no prontuário de outra pessoa, no caso de atender a um paciente que não seja beneficiário Unimed. Segurança para o beneficiário: Assegura que no caso da perda do cartão magnético o mesmo não será usado por outra pessoa, evitando que consultas e exames indevidos sejam incluídos no seu prontuário médico. Segurança para Unimed Paulistana: Mitiga as fraudes na utilização do sistema, impedindo que as pessoas não associadas à Unimed utilizem os serviços médicos. O beneficiário poderá efetuar algum procedimento médico sem o uso do cartão da Unimed Paulistana? Não. A biometria não dispensa o uso do cartão porque nele constam informações indispensáveis para a autorização de procedimentos. A identificação pela impressão digital funcionará como assinatura ou senha pessoal do beneficiário, impedindo assim que outra pessoa faça uso de seu cartão

13 Para qual beneficiário é necessário capturar a impressão digital? O cadastramento e a validação da digital são obrigatórios para os beneficiários da Unimed Paulistana (0333) com idade entre 6 (seis) e 65 (sessenta e cinco) anos e para as demais Unimeds quando solicitado. Os beneficiários que estejam na faixa entre 6 e 65 anos e que, por motivo de saúde, não possam capturar a digital, ficarão temporariamente dispensados de capturar e validar a digital. Como será efetuado o cadastramento da digital? O beneficiário deverá posicionar o dedo indicado sobre o leitor biométrico por duas vezes para a captura da digital. As secretárias nos consultórios irão orientá-lo Como proceder quando retornar a Mensagem: Digital Incompatível? A mensagem de Digital Incompatível pode ocorrer nas seguintes situações: O cliente pode ter cadastrado a digital de um determinado dedo e estar colocando o dedo errado. Nesse caso, certifique-se de qual dedo foi cadastrada a digital; No momento de capturar a digital, para fazer a comparação, o beneficiário pode ter colocado o dedo de maneira errada. Nesse caso, tente novamente por no mínimo três vezes; A pessoa que está sendo atendida não é a dona do cartão magnético. Nesse caso, procure identificar a pessoa (solicitando um documento de identificação com foto) e se for constatado que a mesma não é a dona do cartão entre em contato urgente com a Central de Atendimento da Unimed Paulistana; Qual dedo deve ser utilizado na captura da impressão digital? Como padrão, recomenda-se que seja utilizado o dedo indicador da mão direita. Na impossibilidade de utilizar o indicador direito, solicite a utilização do dedo indicador esquerdo. Na impossibilidade da leitura siga as instruções apontadas na página, pois outro dedo poderá ser cadastrado. Unimed Paulistana 13

14 O beneficiário terá que cadastrar a digital em cada um dos estabelecimentos credenciados da Unimed Paulistana? Não. O cadastro será efetuado uma única vez. Assim que a digital do beneficiário for capturada ela será registrada em um banco de dados da Unimed Paulistana que estará interligado a toda a rede credenciada. Dessa forma, a sua identificação será automaticamente reconhecida por todos os estabelecimentos onde a Biometria já tenha sido instalada. Onde é feito o cadastramento oficial das impressões digitais? O cadastramento será efetuado no momento do atendimento do beneficiário nos consultórios, clínicas, laboratórios credenciados e hospitais da Unimed Paulistana ou no Atendimento Presencial da Unimed Paulistana

15 Atendimento ao Cliente Informações, dúvidas, sugestões e orientações Linha exclusiva para deficientes de audição e de fala Autorizações e outras solicitações Fax ANS - n

:: BIOMETRIA IAPEP SAÚDE Versão 2.0 Manual do Usuário do Sistema

:: BIOMETRIA IAPEP SAÚDE Versão 2.0 Manual do Usuário do Sistema :: BIOMETRIA IAPEP SAÚDE Versão 2.0 Manual do Usuário do Sistema Sumário APRESENTAÇÃO... 3 BIOMETRIA... 4 CADASTRO DA DIGITAL... 4 AUTENTICAÇÃO BIOMÉTRICA... 10 RECADASTRAMENTO DE DIGITAIS... 11 DISPENSA

Leia mais

Procedimentos para Utilização do SAVI

Procedimentos para Utilização do SAVI Procedimentos para Utilização do SAVI 1. Acessando o sistema Para acessar o sistema é necessário ter instalado em seu sistema o navegador Firefox. Uma vez que ele esteja disponível acesse o link: HTTP://

Leia mais

SISTEMA HILUM PRESTADORES

SISTEMA HILUM PRESTADORES SISTEMA HILUM PRESTADORES 2014 Tecnologia da Informação - TI Unimed Cascavel MANUAL HILUM 4.0 - PRESTADORES A ANS estabeleceu um padrão de Troca de Informação em Saúde Suplementar - TISS para registro

Leia mais

SISTEMA HILUM CONSULTÓRIOS

SISTEMA HILUM CONSULTÓRIOS SISTEMA HILUM CONSULTÓRIOS 2014 Tecnologia da Informação - TI Unimed Cascavel MANUAL HILUM 4.0 - CONSULTÓRIOS A ANS estabeleceu um padrão de Troca de Informação em Saúde Suplementar - TISS para registro

Leia mais

Guia Rápido. Copyright 2011 - Todos os direitos reservados.

Guia Rápido. Copyright 2011 - Todos os direitos reservados. Guia Rápido Copyright 2011 - Todos os direitos reservados. SUMÁRIO 1. Informações Gerais...5 1.1 EasyPass... 5 1.2 Vantagens do uso... 6 1.3 Necessidade do re-cadastro... 6 2. Conceitos Básicos...7 2.1

Leia mais

SISTEMA HILUM TERAPIAS

SISTEMA HILUM TERAPIAS SISTEMA HILUM TERAPIAS 2014 Tecnologia da Informação - TI Unimed Cascavel MANUAL HILUM 4.0 TERAPIAS (Psicoterapias, Fonoaudiologia, Nutrição). A ANS estabeleceu um padrão de Troca de Informação em Saúde

Leia mais

Unimed do Brasil Unidade de Serviços às Singulares Página 1 de 119. Unimed HILUM - Versão 3.0.0

Unimed do Brasil Unidade de Serviços às Singulares Página 1 de 119. Unimed HILUM - Versão 3.0.0 Página 1 de 119 Unimed HILUM - Versão 3.0.0 1 HILUM... 4 1.1 Consulta... 6 1.1.1 Execução... 6 1.2 SADT... 11 1.2.1 Solicitação... 11 1.2.2 Execução... 18 1.2.3 Execução On-Line... 26 1.2.4 Outras Despesas...

Leia mais

Sistema de Autorização Unimed

Sistema de Autorização Unimed Diretoria de Gestão Estratégica Departamento de Tecnologia da Informação Divisão de Serviços em TI Sistema de Autorização Unimed MANUAL DO USUÁRIO DIVISÃO DE SERVIÇOS EM TI A Divisão de Serviços em TI

Leia mais

MAN - Manual de Instalação e Utilização do CAT. CAT - Controle de Aula Teórica

MAN - Manual de Instalação e Utilização do CAT. CAT - Controle de Aula Teórica CAT - Controle de Aula Teórica Índice Analítico 1. Introdução 3 2. Instalação do CAT 3 3. Utilização do CAT 6 MAN - Manual de Instalação e Utilização do CAT 1. Introdução O documento descreve os procedimentos

Leia mais

SISTEMA HILUM FISIOTERAPIAS

SISTEMA HILUM FISIOTERAPIAS SISTEMA HILUM FISIOTERAPIAS 2014 Tecnologia da Informação - TI Unimed Cascavel MANUAL HILUM 4.0 - FISIOTERAPIA A ANS estabeleceu um padrão de Troca de Informação em Saúde Suplementar - TISS para registro

Leia mais

Manual do Usuário Certificado Digital AC PRODERJ

Manual do Usuário Certificado Digital AC PRODERJ Manual do Usuário Certificado Digital AC PRODERJ ÍNDICE 1. Emissão dos Certificados... 3 2. Documentos Necessários para Emissão dos Certificados... 3 3. Responsabilidades... 3 4. Agendamento da Validação

Leia mais

SISTEMA HILUM HOSPITAIS

SISTEMA HILUM HOSPITAIS SISTEMA HILUM HOSPITAIS 2014 Tecnologia da Informação - TI Unimed Cascavel MANUAL HILUM 4.0 - HOSPITAIS A ANS estabeleceu um padrão de Troca de Informação em Saúde Suplementar - TISS para registro e intercâmbio

Leia mais

Unimed do Brasil Unidade de Serviços às Singulares Página 1 de 79. Unimed HILUM - Versão 1.7.4.18.1

Unimed do Brasil Unidade de Serviços às Singulares Página 1 de 79. Unimed HILUM - Versão 1.7.4.18.1 Página 1 de 79 1 HILUM... 3 1.1 Consulta... 5 1.1.1 Execução... 5 1.1.2 Tp Saída / CID... 10 1.1.3 Pesquisa CID10... 11 1.2 SP - SADT... 12 1.2.1 Solicitação... 12 1.2.2 Execução... 19 1.2.3 Outras Despesas...

Leia mais

CAPÍTULO 1.0 PADRÃO UNIMED CUIABÁ DE AUTORIZAÇÃO EMULADOR BIOMETRIA 5 CAPÍTULO 2.0 - COMO INICIAR O EMULADOR 5 CAPÍTULO 3.0 AUTORIZAÇÃO DE CONSULTA 8

CAPÍTULO 1.0 PADRÃO UNIMED CUIABÁ DE AUTORIZAÇÃO EMULADOR BIOMETRIA 5 CAPÍTULO 2.0 - COMO INICIAR O EMULADOR 5 CAPÍTULO 3.0 AUTORIZAÇÃO DE CONSULTA 8 1 2 SUMÁRIO CAPÍTULO 1.0 PADRÃO UNIMED CUIABÁ DE AUTORIZAÇÃO EMULADOR BIOMETRIA 5 CAPÍTULO 2.0 - COMO INICIAR O EMULADOR 5 CAPÍTULO 3.0 AUTORIZAÇÃO DE CONSULTA 8 CAPÍTULO 4.0 REIMPRIMINDO O EXTRATO DA

Leia mais

SISTEMA INFORMATIZADO DE REGULAÇÃO E CONTROLE DO ICS

SISTEMA INFORMATIZADO DE REGULAÇÃO E CONTROLE DO ICS SISTEMA INFORMATIZADO DE REGULAÇÃO E CONTROLE DO ICS MANUAL DO PRESTADOR DE SERVIÇOS DE SADT ELETIVO (FASCÍCULO DO SADT ELETIVO) VERSÃO I - 2013 Instituto Curitiba de Saúde ICS - Plano Padrão ÍNDICE APRESENTAÇÃO

Leia mais

Manual para a coleta dos dados biométricos do beneficiário

Manual para a coleta dos dados biométricos do beneficiário Manual para a coleta dos dados biométricos do beneficiário Setor de Tecnologia da Informação Unimed Três Corações 1 Para procedimento de coleta dos dados biométricos dos beneficiários, deve-se seguir os

Leia mais

GUIA PARA HABILITAÇÃO DAS BIOMETRIAS LINEAR (SÉRIE LN) NO SOFTWARE HCS 2010 V9.0 (BETA 3) 11/06/2014

GUIA PARA HABILITAÇÃO DAS BIOMETRIAS LINEAR (SÉRIE LN) NO SOFTWARE HCS 2010 V9.0 (BETA 3) 11/06/2014 GUIA PARA HABILITAÇÃO DAS BIOMETRIAS LINEAR (SÉRIE LN) NO SOFTWARE HCS 2010 V9.0 (BETA 3) 11/06/2014 A partir da versão 9.0 (BETA 3) do Software HCS 2010 é possível monitorar e gerenciar as biometrias

Leia mais

SISTEMA INFORMATIZADO DE REGULAÇÃO E CONTROLE DO ICS

SISTEMA INFORMATIZADO DE REGULAÇÃO E CONTROLE DO ICS SISTEMA INFORMATIZADO DE REGULAÇÃO E CONTROLE DO ICS MANUAL DO PRESTADOR DE SERVIÇOS CONSULTÓRIOS/CLÍNICAS CREDENCIADAS PARA ATENDIMENTO ELETIVO (FASCÍCULO DO ATENDIMENTO ELETIVO) VERSÃO I - 2013 Instituto

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MODULO OPERACIONAL

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MODULO OPERACIONAL MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MODULO OPERACIONAL 1 Índice Passo 1: Visão Geral... 3 Passo 2: Como acessar o Consultório Online?... 3 Passo 3: Recursos Disponíveis... 5 Guias Consulta / SADT (Solicitação, Execução

Leia mais

Consultório Online. Manual de Utilização do Módulo Operacional. índice. Guias consulta / SADT (Solicitação, Execução com Guia e Autogerada): 4

Consultório Online. Manual de Utilização do Módulo Operacional. índice. Guias consulta / SADT (Solicitação, Execução com Guia e Autogerada): 4 índice Passo 1: Visão geral 3 Passo 2: Como acessar o Consultório Online? 3 Passo 3: Recursos disponíveis 4 Guias consulta / SADT (Solicitação, Execução com Guia e Autogerada): 4 Pesquisa de histórico

Leia mais

Manual do Usuário CFCWeb BA

Manual do Usuário CFCWeb BA ÍNDICE Acesso ao sistema... 2 Tela Principal... 3 Cadastro de Candidatos... 5 Agenda Teórico... 6 Agenda Prático... 7 Consulta Agendamentos do Candidato por Serviço... 9 Cadastro de Grade Horária... 10

Leia mais

Manual do Prestador. Autorizador Web

Manual do Prestador. Autorizador Web Manual do Prestador Autorizador Web Instruções Gerais Quando houver a realização de consultas que os beneficiários estiverem sem o cartão de identificação, ou quando este cartão não for reconhecido na

Leia mais

WorkFlow WEB Caberj v20150127.docx. Manual Atendimento Caberj

WorkFlow WEB Caberj v20150127.docx. Manual Atendimento Caberj Manual Atendimento Caberj ÍNDICE CARO CREDENCIADO, LEIA COM ATENÇÃO.... 3 ATENDIMENTO... 3 FATURAMENTO... 3 ACESSANDO O MEDLINK WEB... 4 ADMINISTRAÇÃO DE USUÁRIOS... 5 CRIANDO UM NOVO USUÁRIO... 5 EDITANDO

Leia mais

produção MANUAL APRESENTAÇÃO

produção MANUAL APRESENTAÇÃO MANUALWEB 1 APRESENTAÇÃO MANUAL da produção online Conheça as funções, características e as facilidades para autorizar e faturar os atendimentos realizados aos beneficiários Unimed. Rio MANUALWEB 2 SUMÁRIO

Leia mais

Guia de Utilização. Índice. Sumário. Produção Online 3.0 - Cooperados

Guia de Utilização. Índice. Sumário. Produção Online 3.0 - Cooperados Índice Sumário 1. Apresentação... 2 2. Dúvidas Frequentes... 2 2.1. Não consigo acessar o Produção Online 3.0. O que fazer?... 2 2.2. Qual o meu login e senha de acesso ao Produção Online 3.0?... 2 2.3.

Leia mais

Página: 1. Revisão: 16/12/2008. G:\TI\Negocios\Manuais_WebGuias\WebGuias 1.08.doc

Página: 1. Revisão: 16/12/2008. G:\TI\Negocios\Manuais_WebGuias\WebGuias 1.08.doc Página: 1 Página: 2 INDICE EMISSÃO DE GUIAS VIA INTERNET... 3 WEBGUIAS...4 1. Página Inicial...5 2. Alterando a senha padrão fornecida pela Santa Casa Saúde:...6 3. Mensagens WEB...7 4. Autorização de

Leia mais

Caso já seja usuário do SCAW siga as instruções a partir da página X.

Caso já seja usuário do SCAW siga as instruções a partir da página X. Caso já seja usuário do SCAW siga as instruções a partir da página X. Para iniciar o sistema dê um duplo clique no ícone, que se encontra na área de trabalho. 1 Login do sistema. Esta é a tela de login

Leia mais

Manual Sistema de Autorização Online GW

Manual Sistema de Autorização Online GW Sistema de Autorização Online GW Sumário Introdução...3 Acesso ao sistema...4 Logar no sistema...4 Autorizando uma nova consulta...5 Autorizando exames e/ou procedimentos...9 Cancelamento de guias autorizadas...15

Leia mais

SEGURO DESEMPREGO ON-LINE.

SEGURO DESEMPREGO ON-LINE. SEGURO DESEMPREGO ON-LINE. GERAÇÃO DO ARQUIVO SEGURO DESEMPREGO NO SGRH: Depois de calcular a rescisão, acesse o menu Relatórios > Demissionais > Requerimento SD, selecione o empregado que será gerado

Leia mais

Manual do Usuário Certificado Digital AC PRODERJ

Manual do Usuário Certificado Digital AC PRODERJ Manual do Usuário Certificado Digital AC PRODERJ Guia CD-18 Público Índice 1. Emissão dos Certificados Digitais PRODERJ... 3 2. Documentos Necessários para Emissão dos Certificados... 3 3. Responsabilidades...

Leia mais

MANUAL AUTORIZADOR ON-LINE

MANUAL AUTORIZADOR ON-LINE MANUAL AUTORIZADOR ON-LINE ANS nº 34.600-4 AUTORIZADOR ON-LINE Para ter acesso ao autorizador on-line da Uniodonto Piracicaba siga os passos abaixo: 1 Acesse www.uniodontopiracicaba.com.br e clique em

Leia mais

http://www.certificado.caixa.gov.br

http://www.certificado.caixa.gov.br Exmo. Sr. Magistrado e, Sr. Servidor, Para obter a Identidade Digital através da Autoridade Certificadora CAIXA é necessário: Entrar no Site: http://www.certificado.caixa.gov.br e em Serviços on-line para

Leia mais

MANUAL SCCARD. Rev.00 Aprovação: 16/08/2010 Página 1 de 19

MANUAL SCCARD. Rev.00 Aprovação: 16/08/2010 Página 1 de 19 Rev.00 Aprovação: 16/08/2010 Página 1 de 19 UNIMED BLUMENAU COOPERATIVA DE TRABALHO MÉDICO SCCard Sistema de Autorização On-Line O SCCard é a interface web do sistema de autorização da Unimed Blumenau

Leia mais

Manual de operação. BS Ponto Versão 5.1

Manual de operação. BS Ponto Versão 5.1 Manual de operação BS Ponto Versão 5.1 conteúdo 1. Instalação do sistema Instalando o BS Ponto Configurando o BS Ponto 2. Cadastrando usuários Cadastro do usuário Master Alterando a senha Master Cadastro

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MODULO OPERACIONAL

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MODULO OPERACIONAL MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MODULO OPERACIONAL TISS 3.02.00 Setembro 2015 - Versão 3 Índice Passo 1: Visão Geral... 3 Passo 2: Como acessar o Consultório Online?... 3 Passo 3: Quais são os Recursos Disponíveis...

Leia mais

UNIMED-BH MANUAL DE AGENDAMENTO ON-LINE. acesse www.unimedbh.com.br/cooperados

UNIMED-BH MANUAL DE AGENDAMENTO ON-LINE. acesse www.unimedbh.com.br/cooperados UNIMED-BH MANUAL DE AGENDAMENTO ON-LINE acesse www.unimedbh.com.br/cooperados ÍNDICE Preparando para usar o sistema Como acessar o sistema 4 Inclusão de foto e currículo do médico cooperado (opcional)

Leia mais

RANKING DE INTERCÂMBIO

RANKING DE INTERCÂMBIO RANKING DE INTERCÂMBIO Ranking de Intercâmbio A Unimed do Brasil na busca pela qualificação dos processos operacionais do Sistema Unimed, vem trabalhando na modernização do Ranking de Intercâmbio, de forma

Leia mais

2. O cadastro é composto por quatro passos, sendo que, no primeiro, serão cadastrados dados pessoais, como: CPF, RG etc.

2. O cadastro é composto por quatro passos, sendo que, no primeiro, serão cadastrados dados pessoais, como: CPF, RG etc. Procedimento 1.1. Passo a Passo - Cadastro de Beneficiários 1. Primeiramente, deverá ser efetuado o cadastro do TITULAR do benefício. Somente após este preenchimento, será permitido cadastrar os dependentes.

Leia mais

Consultório On-line. Tudo o que você precisa em um só lugar.

Consultório On-line. Tudo o que você precisa em um só lugar. Índice 1) Acesso ao sistema 2) Recepção do paciente 3) Envio do atendimento para faturamento: consulta médica ou procedimentos simples 4) Envio do atendimento para faturamento: procedimentos previamente

Leia mais

Manual de Operação. Copyright 2011 - Todos os direitos reservados.

Manual de Operação. Copyright 2011 - Todos os direitos reservados. Manual de Operação Copyright 2011 - Todos os direitos reservados. SUMÁRIO 1. Informações Gerais...7 1.1 EasyPass... 7 1.2 Observações... 8 2. Conceitos Básicos...10 2.1 Captura de Imagem...10 2.2 Crop...10

Leia mais

MANUAL DE REGRAS E NORMAS TÉCNICAS PARA WEB GUIA E DEMONSTRATIVO DE PAGAMENTO

MANUAL DE REGRAS E NORMAS TÉCNICAS PARA WEB GUIA E DEMONSTRATIVO DE PAGAMENTO MANUAL DE REGRAS E NORMAS TÉCNICAS PARA WEB GUIA E DEMONSTRATIVO DE PAGAMENTO Este Manual tem por finalidade orientar os procedimentos de preenchimento da Web Guia do CREDENCIADO no atendimento aos beneficiários

Leia mais

ÍNDICE. 2.1. Funcionalidades... 5

ÍNDICE. 2.1. Funcionalidades... 5 ÍNDICE 1. PRIMEIRO ACESSO AO SITE... 3 2. MAPA DO SITE... 4 2.1. Funcionalidades... 5 3. ENVIO DE COBRANÇAS ELETRÔNICAS... 5 3.1. Solicitações... 7 3.1.1. Internação... 7 3.1.2. Prorrogação... 8 3.1.3.

Leia mais

Manual de Utilização Portal de Serviços do Inmetro nos Estados - PSIE

Manual de Utilização Portal de Serviços do Inmetro nos Estados - PSIE Manual de Utilização Portal de Serviços do Inmetro nos Estados - PSIE Sumário PRESTAÇÃO DE CONTAS DE ETIQUETAS DE REPARO...3 Figura 1.0...3 Figura 2.0...4 Figura 3.0...5 Figura 4.0...5 1. Proprietário

Leia mais

Manual das Secretárias. Manual do usuário. Módulo Secretárias

Manual das Secretárias. Manual do usuário. Módulo Secretárias Manual do usuário Módulo Secretárias 1. Login O login é único e permite o acesso exclusivo ao consultório médico. Será informado por email às secretária que enviaram os dados para cadastro. Obs: A senha

Leia mais

Pág. 5 - GERAÇÃO DE GUIAS PARA RECOLHIMENTO DO ISS

Pág. 5 - GERAÇÃO DE GUIAS PARA RECOLHIMENTO DO ISS Manual prático Pág. 2 - EMISSÃO DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA Pág. 5 - GERAÇÃO DE GUIAS PARA RECOLHIMENTO DO ISS Pág. 8 - ATRIBUIR UM CONTADOR A UMA EMPRESA Pág. 9 - VERIFICAR REGISTRO DE RPS Pág. 11 - TRANSMISSÃO

Leia mais

Como funciona? SUMÁRIO

Como funciona? SUMÁRIO SUMÁRIO 1. Introdução... 2 2. Benefícios e Vantagens... 2 3. Como utilizar?... 2 3.1. Criar Chave / Senha de Usuário... 2 3.2. Recursos da Barra Superior... 2 3.2.1. Opções... 3 3.2.1.1. Mover Para...

Leia mais

TUTORIAL. Instruções passo a passo do sistema de cursos presenciais

TUTORIAL. Instruções passo a passo do sistema de cursos presenciais Acessos: TUTORIAL Instruções passo a passo do sistema de cursos presenciais Via site do CRCMG: http://www.crcmg.org.br Link direto: http://cadastro.crcmg.org.br/curso_presencial ACESSO AO SISTEMA No primeiro

Leia mais

Por favor, entre em contato com nosso Departamento de Contabilidade para solicitar uma cópia do seu informe de rendimento através do fone

Por favor, entre em contato com nosso Departamento de Contabilidade para solicitar uma cópia do seu informe de rendimento através do fone CREDENCIADOS Como proceder para obter o informe de rendimento para declaração do imposto de renda? Assunto Imposto de Renda Por favor, entre em contato com nosso Departamento de Contabilidade para solicitar

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO CONSULTAS, SOLICITAÇÕES E EXECUÇÕES DE EXAMES (SADT) HILUM 4.0.5 TISS 3.02.00

MANUAL DE UTILIZAÇÃO CONSULTAS, SOLICITAÇÕES E EXECUÇÕES DE EXAMES (SADT) HILUM 4.0.5 TISS 3.02.00 MANUAL DE UTILIZAÇÃO CONSULTAS, SOLICITAÇÕES E EXECUÇÕES DE EXAMES (SADT) HILUM 4.0.5 TISS 3.02.00 1 APRESENTAÇÃO A ANS estabeleceu um padrão de Troca de Informação em Saúde Suplementar - TISS para registro

Leia mais

Orientações sobre a Utilização do Saúde Connect

Orientações sobre a Utilização do Saúde Connect Orientações sobre a Utilização do Saúde Connect Objetivo do Módulo Saúde Connect Acesso ao Módulo Saúde Connect Botões de Comando Envio de cobrança para a SPTrans Primeira opção: Digitar Guia Segunda opção:

Leia mais

ÍNDICE CAPÍTULO 1. INTRODUÇÃO...3 CAPÍTULO 2. ACESSO AO LEILÃO...3. 2. 1. Identificação do Usuário... 3. 2. 2. Primeiro acesso...

ÍNDICE CAPÍTULO 1. INTRODUÇÃO...3 CAPÍTULO 2. ACESSO AO LEILÃO...3. 2. 1. Identificação do Usuário... 3. 2. 2. Primeiro acesso... ÍNDICE CAPÍTULO 1. INTRODUÇÃO...3 CAPÍTULO 2. ACESSO AO LEILÃO...3 2. 1. Identificação do Usuário... 3 2. 2. Primeiro acesso... 3 2. 3. Servidor Iniciado... 3 2. 4. LEILÃO Agendado... 3 2. 5. LEILÃO Suspenso...

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA DIRETORIA DE FISCALIZAÇÃO PEDIDO DE USO DE ECF MANUAL DO USUÁRIO VERSÃO 1.0

SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA DIRETORIA DE FISCALIZAÇÃO PEDIDO DE USO DE ECF MANUAL DO USUÁRIO VERSÃO 1.0 SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA DIRETORIA DE FISCALIZAÇÃO PEDIDO DE USO DE ECF MANUAL DO USUÁRIO VERSÃO 1.0 Belém Agosto - 2013 1 SUMÁRIO 1. Introdução... 3 2. Identificação Acesso ao Sistema... 4 3. Painel

Leia mais

TOTVS Gestão Hospitalar Manual Ilustrado - Unidades de Diagnóstico 11.8. março de 2015. Versão: 2.0

TOTVS Gestão Hospitalar Manual Ilustrado - Unidades de Diagnóstico 11.8. março de 2015. Versão: 2.0 TOTVS Gestão Hospitalar Manual Ilustrado - Unidades de Diagnóstico 11.8 março de 2015 Versão: 2.0 1 Sumário 1 Objetivos... 4 2 Introdução... 4 3 Cadastros... 5 3.1 Cadastro de Departamentos do Laboratório...

Leia mais

Manual de utilização do Módulo Operacional

Manual de utilização do Módulo Operacional Manual de utilização do Módulo Operacional Consultório Online Rev. 00 O melhor plano de saúde é viver. O segundo melhor é Unimed. Índice Passo 1: Visão geral Passo 2: Como acessar o Consultório On-Line?

Leia mais

Cadastro de entes públicos

Cadastro de entes públicos Cadastro de entes públicos Primeiro passo É necessário que ente público (com ou sem certificação digital) se cadastre na Secretaria de Órgãos Julgadores (SOJ). Podem solicitar o cadastramento no sistema

Leia mais

ISSQN MANUAL DE. UTILIZAÇÃO DA NOTA FISCAL ELETRÔNICA (NFe) 1ª edição

ISSQN MANUAL DE. UTILIZAÇÃO DA NOTA FISCAL ELETRÔNICA (NFe) 1ª edição ISSQN MANUAL DE UTILIZAÇÃO DA NOTA FISCAL ELETRÔNICA (NFe) 1ª edição 1 O QUE É A NOTA FISCAL ELETRÔNICA NFe? São notas fiscais de serviços emitidas através de um microcomputador conectado a Internet através

Leia mais

Certificados Digitais

Certificados Digitais Certificados Digitais Cert-JUS Roteiro para obtenção de certificados digitais Cert-JUS emitidos pela AC CAIXA-JUS Certificado Digital Cert-JUS 1. O que é. O certificado digital é um documento eletrônico

Leia mais

SISTEMA INFORMATIZADO DE REGULAÇÃO E CONTROLE DO ICS

SISTEMA INFORMATIZADO DE REGULAÇÃO E CONTROLE DO ICS SISTEMA INFORMATIZADO DE REGULAÇÃO E CONTROLE DO ICS MANUAL DO PRESTADOR DE SERVIÇOS AMBULATORIAIS DE EMERGÊNCIA (FASCÍCULO DO PRONTO-SOCORRO E DO PRONTO ATENDIMENTO) VERSÃO I - 2013 ÍNDICE APRESENTAÇÃO

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÂO E OPERAÇÃO DO SOFTWARE

MANUAL DE INSTALAÇÂO E OPERAÇÃO DO SOFTWARE MANUAL DE INSTALAÇÂO E OPERAÇÃO DO SOFTWARE SPEED Instalação e configuração Belo Horizonte Agosto - 2007 INTRODUÇÃO Bem vindo ao sistema de consultas SPEED! O software SPEED é um sistema indispensável

Leia mais

Cadastro de solicitações com anexos

Cadastro de solicitações com anexos Cadastro de solicitações com O prestador poderá cadastrar as solicitações e incluir nas mesmas. Segue demonstrativo de cadastro de solicitações com anexo. Cadastro de solicitações com Acessar o site do

Leia mais

WorkFlow WEB Volkswagen v20140826.docx. Manual de Atendimento Volkswagen

WorkFlow WEB Volkswagen v20140826.docx. Manual de Atendimento Volkswagen Manual de Atendimento Volkswagen ÍNDICE CARO CREDENCIADO, LEIA COM ATENÇÃO.... 3 ATENDIMENTO... 3 FATURAMENTO... 3 ACESSANDO O MEDLINK WEB... 4 ADMINISTRAÇÃO DE USUÁRIOS... 5 CRIANDO UM NOVO USUÁRIO...

Leia mais

Manual de utilização do. sistema integrado de controle médico WWW.ISA.NET.BR

Manual de utilização do. sistema integrado de controle médico WWW.ISA.NET.BR Manual de utilização do sistema integrado de controle médico WWW.ISA.NET.BR Sistema integrado de controle médico Acesso... 3 Menu principal... 4 Cadastrar... 6 Cadastro de pacientes... 6 Convênios... 10

Leia mais

Manual do Sistema. SMARsa. Módulo WEB

Manual do Sistema. SMARsa. Módulo WEB Manual do Sistema SMARsa Módulo WEB Notas da Atualização do Manual Na versão 4.1 deste manual consta: 1º. Aguardando Recebimento: Adicionado o campo de digitação do numero de remessa para o recebimento.

Leia mais

Manual de PRODUÇÃO ONLINE. Autorização e Faturamento

Manual de PRODUÇÃO ONLINE. Autorização e Faturamento Manual de PRODUÇÃO ONLINE 2 APRESENTAÇÃO A Unimed-Rio desenvolveu seu sistema de Produção Online, criado para facilitar a rotina de atendimento de seus médicos cooperados. Este sistema é composto por dois

Leia mais

Atendimento de urgência (Pronto Atendimento)

Atendimento de urgência (Pronto Atendimento) 1 de 6 RESULTADO ESPERADO: 642 PROCESSOS RELACIONADOS: Apoio ao Cliente DESCRIÇÃO DO PROCEDIMENTO: AÇÃO RESPONSÁVEL REGISTROS DESCRIÇÃO DA AÇÃO 1. Atender o cliente Técnico de Enfermagem e Recepcionista

Leia mais

VOLUME 1 2012 MANUAL. Sistema Autorizador. Laboratórios de Análises Clínicas

VOLUME 1 2012 MANUAL. Sistema Autorizador. Laboratórios de Análises Clínicas VOLUME 1 2012 MANUAL Sistema Autorizador Laboratórios de Análises Clínicas ÍNDICE 1 Introdução 1 Definições Gerais 2 Intraestrutura e Componentes 3 Acessando o Sistema 5 Tela Inicial 6 Execução de Procedimento

Leia mais

Manual de liberação de Guias on-line para o Prestador Credenciado

Manual de liberação de Guias on-line para o Prestador Credenciado Manual de liberação de Guias on-line para o Prestador Credenciado 1 SUMÁRIO 1. Objetivo... 3 2. Acesso ao Sistema... 3 3. Descrição das Funcionalidades Menu Guias Liberação On-line.... 4 3.1 Liberação

Leia mais

CERTIDÕES UNIFICADAS

CERTIDÕES UNIFICADAS CERTIDÕES UNIFICADAS Manual de operação Perfil Cartório CERTUNI Versão 1.0.0 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA Departamento de Inovação Tecnológica Divisão de Tecnologia da Informação Sumário LISTA DE FIGURAS... 2

Leia mais

Agora todas as Unimeds vão falar uma só língua. Unimed do Brasil Federação São Paulo Portal Unimed

Agora todas as Unimeds vão falar uma só língua. Unimed do Brasil Federação São Paulo Portal Unimed Agora todas as Unimeds vão falar uma só língua. Unimed do Brasil Federação São Paulo Portal Unimed Folheto perguntas e respostas (15X15)cm.indd 1 9/25/08 4:38:13 PM E as primeiras palavras são inovação,

Leia mais

1.1. Usuários com e sem vínculos de representação. 1.3. Como consultar os dados do gestor de segurança e saber quem ele é

1.1. Usuários com e sem vínculos de representação. 1.3. Como consultar os dados do gestor de segurança e saber quem ele é Atualizado: 22 / 04 / 2013 - FAQ - AI 1. Gestor de segurança da empresa 1.1. Usuários com e sem vínculos de representação 1.2. O que significa ser gestor de segurança 1.3. Como consultar os dados do gestor

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO CORPO DE BOMBEIROS MILITAR SISTEMA INTEGRADO DE ATIVIDADES TÉCNICAS MANUAL DO USUÁRIO - CLIENTE

GOVERNO DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO CORPO DE BOMBEIROS MILITAR SISTEMA INTEGRADO DE ATIVIDADES TÉCNICAS MANUAL DO USUÁRIO - CLIENTE 1 GOVERNO DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO CORPO DE BOMBEIROS MILITAR SISTEMA INTEGRADO DE ATIVIDADES TÉCNICAS MANUAL DO USUÁRIO - CLIENTE 1º PASSO CADASTRO DE PROPRIETÁRIO E/OU RESPONSÁVEL Prezado cliente,

Leia mais

Portaria Catarina Modelos e Procedimentos. Sugestão Comissão de Obras Criação de Sala de Estar/Recepção Modelo

Portaria Catarina Modelos e Procedimentos. Sugestão Comissão de Obras Criação de Sala de Estar/Recepção Modelo Portaria Catarina Modelos e Procedimentos Sugestão Comissão de Obras Criação de Sala de Estar/Recepção Modelo 1 Alterações Físicas Para implementação desta alternativa a quantidade de alterações físicas

Leia mais

PROCESSO ELETRÔNICO PADRÃO TISS. Agosto/2014

PROCESSO ELETRÔNICO PADRÃO TISS. Agosto/2014 PROCESSO ELETRÔNICO PADRÃO TISS Agosto/2014 PADRÃO DE TROCA DE INFORMAÇÕES NA SAÚDE SUPLEMENTAR Padrão TISS Histórico e Consulta Pública nº 43 Padrão TISS - Versão 3.0 3 Histórico RN 305 09/10/2012 - Termo

Leia mais

Tutorial de Utilização do AMBIENTE DE CREDENCIAMENTO DE SOLUÇÕES TECNOLÓGICAS. Área de Operações Indiretas - AOI

Tutorial de Utilização do AMBIENTE DE CREDENCIAMENTO DE SOLUÇÕES TECNOLÓGICAS. Área de Operações Indiretas - AOI Tutorial de Utilização do AMBIENTE DE CREDENCIAMENTO DE SOLUÇÕES TECNOLÓGICAS Área de Operações Indiretas - AOI SUMÁRIO 1 ENTRADA NO SISTEMA... 1 2 UTILIZAÇÃO DO AUTOSERVIÇO DE TROCA DE SENHAS... 7 3 MODALIDADES

Leia mais

MANUAL VERSÃO 2.11 1

MANUAL VERSÃO 2.11 1 1 SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO... 3 2 O QUE É O EOL?... 3 3 ACESSO AO CLIENTE... 3 4 ACESSANDO O EOL... 3 5 TELA INICIAL... 4 6 EXAMES ADMISSIONAIS... 5 7 MUDANÇA DE FUNÇÃO... 7 8 EXAMES DEMISSIONAL E RETORNO

Leia mais

Atualização nos Campos de Digitais da Biometria

Atualização nos Campos de Digitais da Biometria Atualização nos s de Digitais da Biometria Ambiente : Plano de Saúde Plano : 000000036242009 Data da publicação : 16/02/09 Data da revisão : 16/02/09 Versões : Protheus 10 Países : Todos Sistemas operacionais

Leia mais

PORQUE SORRIR FAZ PARTE VIDA

PORQUE SORRIR FAZ PARTE VIDA PORQUE SORRIR FAZ PARTE DA VIDA PROCEDIMENTOS PARA CONSULTAS E CADASTROS DE ORÇAMENTOS VIA INTERNET Com mais de 10 anos e com profundo conhecimento sobre saúde bucal, a DENTALPAR destaca-se no mercado

Leia mais

Flex Acesso. Manual do Usuário. MHF SISTEMAS LTDA www.mhfsistemas.com.br mhfsistemas@mhfsistemas.com.br (11) 6091-9353

Flex Acesso. Manual do Usuário. MHF SISTEMAS LTDA www.mhfsistemas.com.br mhfsistemas@mhfsistemas.com.br (11) 6091-9353 Flex Acesso Manual do Usuário MHF SISTEMAS LTDA mhfsistemas@mhfsistemas.com.br (11) 6091-9353 Índice INTRODUÇÃO... 3 Solicitação de Identificação e Senha para Acesso ao Sistema... 3 ARQUIVOS... 4 PROCEDIMENTOS

Leia mais

MANUAL DO PRESTADOR WEB

MANUAL DO PRESTADOR WEB MANUAL DO PRESTADOR WEB Sumário 1. Guia de Consulta... 3 2. Guia de Procedimentos Ambulatoriais... 6 3. Guia de Solicitação de Internação... 8 4. Prorrogação de internação... 8 5. Confirmação de pedido

Leia mais

NFE Nota Fiscal eletrônica. Versão 2.0 (07/2012)

NFE Nota Fiscal eletrônica. Versão 2.0 (07/2012) NFE Nota Fiscal eletrônica Versão 2.0 (07/2012) Sumário INTRODUÇÃO... 2 COMO OBTER AUTORIZAÇÃO PARA EMISSÃO DA NOTA FISCAL ELETRÔNICA... 3 2º VIA DE SOLICITAÇÃO/AUTORIZAÇÃO DE IMPRESSÃO DE DOCUMENTOS FISCAIS...

Leia mais

Manual do Assistente do Certificado Digital

Manual do Assistente do Certificado Digital Manual do Assistente do Certificado Digital Índice Bem-vindo ao Assistente do Certificado Digital Serasa Experian 3 Iniciando o Assistente do Certificado Digital Serasa Experian 4 Renovação de Certificado

Leia mais

Dúvidas Freqüentes: Autorizador Web

Dúvidas Freqüentes: Autorizador Web Dúvidas Freqüentes: Autorizador Web 1. Como faço pedido de intercâmbio pelo autorizador? Acessando a página inicial do autorizador encontrará na barra de tarefas lateral a opção INTERCÂMBIO. Para intercâmbio,

Leia mais

MANUAL DO PRESTADOR DO WEDE ODONTOGROUP - 2010

MANUAL DO PRESTADOR DO WEDE ODONTOGROUP - 2010 Prezado (a) Prestador (a), Com o objetivo de melhorar os nossos serviços junto à rede credenciada e aos nossos beneficiários, estamos disponibilizando no portal www.odontogroup.com.br alguns serviços como:

Leia mais

Para acessar o edital de chamamento público e realizar o credenciamento no Plano SC Saúde, acesse o endereço scsaude.sea.sc.gov.br

Para acessar o edital de chamamento público e realizar o credenciamento no Plano SC Saúde, acesse o endereço scsaude.sea.sc.gov.br Para acessar o edital de chamamento público e realizar o credenciamento no Plano SC Saúde, acesse o endereço scsaude.sea.sc.gov.br Clique no centro da página onde consta o ícone "Prestador de serviço faça

Leia mais

MANUAL VERSÃO 2.13 1

MANUAL VERSÃO 2.13 1 1 SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 3 1. O QUE É O EOL?... 3 2. ACESSANDO O EOL... 3 3. TELA INICIAL... 4 4. EXAMES ADMISSIONAIS... 4 5. MUDANÇA DE FUNÇÃO... 6 6. EXAMES DEMISSIONAL E RETORNO AO TRABALHO... 7 7. EXAMES

Leia mais

MANUAL DO PERSUS OPERADORAS MÓDULO DE GESTÃO DE CONTAS ANS Agência Nacional de Saúde Suplementar

MANUAL DO PERSUS OPERADORAS MÓDULO DE GESTÃO DE CONTAS ANS Agência Nacional de Saúde Suplementar MANUAL DO PERSUS OPERADORAS MÓDULO DE GESTÃO DE CONTAS ANS Agência Nacional de Saúde Suplementar MANUAL DO PERSUS - OPERADORAS MÓDULO DE GESTÃO DE CONTAS Índice 1. INTRODUÇÃO...5 2. MÓDULO DE GESTÃO DE

Leia mais

MADIS RODBEL SOLUÇÕES DE PONTO E ACESSO LTDA

MADIS RODBEL SOLUÇÕES DE PONTO E ACESSO LTDA MADIS RODBEL SOLUÇÕES DE PONTO E ACESSO LTDA Manual de operação Relógio MD 5705 Revisão 1.02 Maio de 2010 1 Índice Apresentação... 3 Display de LCD... 3 Leitor de crachás... 3 Leitor biométrico... 3 Teclado...

Leia mais

MANUAL OPERACIONAL DE AUTORIZAÇÃO VIA WEB

MANUAL OPERACIONAL DE AUTORIZAÇÃO VIA WEB MANUAL OPERACIONAL DE AUTORIZAÇÃO VIA WEB Fortaleza 2014 Pag:1 GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ Governador Cid Ferreira Gomes Vice Governador Domigos Gomes de Aguiar Filho SECRETARIA DE PLANEJAMENTO E GESTÃO

Leia mais

GUIA PASSO A PASSO PARA REALIZAR A VOTAÇÃO VIA INTERNET. [SISTEMA DE VOTAÇÃO ON-LINE CFC/CRCs] Sistema para eleições dos CRCs

GUIA PASSO A PASSO PARA REALIZAR A VOTAÇÃO VIA INTERNET. [SISTEMA DE VOTAÇÃO ON-LINE CFC/CRCs] Sistema para eleições dos CRCs GUIA PASSO A PASSO PARA REALIZAR A VOTAÇÃO VIA INTERNET [SISTEMA DE VOTAÇÃO ON-LINE CFC/CRCs] Sistema para eleições dos CRCs Sumário PROCEDIMENTOS PARA EFETUAR O PROCESSO DE VOTAÇÃO... 3 1. TROCA DE SENHA

Leia mais

Colégio Notarial do Brasil - Seção São Paulo

Colégio Notarial do Brasil - Seção São Paulo 1) O que é assinatura digital? A assinatura digital é uma modalidade de assinatura eletrônica, resultado de uma operação matemática que utiliza criptografia e permite aferir, com segurança, a origem e

Leia mais

FAQ Sistema Eletrônico de Informações SEI-MP

FAQ Sistema Eletrônico de Informações SEI-MP FAQ Sistema Eletrônico de Informações SEI-MP 1. Quem pode obter o acesso ao SEI-MP? O SEI-MP está disponível apenas para usuários e colaboradores internos do MP. Usuários externos não estão autorizados

Leia mais

PASSO A PASSO PARA UTILIZAÇÃO DO AMBIENTE WEB

PASSO A PASSO PARA UTILIZAÇÃO DO AMBIENTE WEB PASSO A PASSO PARA UTILIZAÇÃO DO AMBIENTE WEB PREZADO ASSOCIADO Apresentamos, no texto que se segue uma, orientação quanto à utilização de nosso Ambiente WEB, criado para oferecer facilidade ao nosso associado,

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO COMISSÃO DE GESTÃO DO MPT DIGITAL PERGUNTAS E RESPOSTAS SISTEMA DE PETICIONAMENTO ELETRÔNICO DO MPT

MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO COMISSÃO DE GESTÃO DO MPT DIGITAL PERGUNTAS E RESPOSTAS SISTEMA DE PETICIONAMENTO ELETRÔNICO DO MPT MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO COMISSÃO DE GESTÃO DO MPT DIGITAL PERGUNTAS E RESPOSTAS SISTEMA DE PETICIONAMENTO ELETRÔNICO DO MPT Conteúdo 1. O QUE É O SISTEMA DE PETICIONAMENTO ELETRÔNICO DO MPT?...

Leia mais

Manual Operacional de Adesão ao FIES Técnico Procedimentos da Mantenedora

Manual Operacional de Adesão ao FIES Técnico Procedimentos da Mantenedora Manual Operacional de Adesão ao FIES Técnico Procedimentos da Mantenedora Brasília, março de 2012 Versão 1.0 SUMÁRIO 1. CONFIGURAÇÕES RECOMENDADAS... 3 2. ACESSO AO SISTEMA... 4 3. ADESÃO AO FIES... 5

Leia mais

V.1.0 SIAPAS. Sistema Integrado de Administração ao Plano de Assistência à Saúde. Contas Médicas

V.1.0 SIAPAS. Sistema Integrado de Administração ao Plano de Assistência à Saúde. Contas Médicas 2014 V.1.0 SIAPAS Sistema Integrado de Administração ao Plano de Assistência à Saúde Contas Médicas SIAPAS Sistema Integrado de Administração ao Plano de Assistência à Saúde Módulos CONTAS MÉDICAS Capa

Leia mais

Manual de Procedimentos do novo Módulo de Atendimento Técnico HELPDESK

Manual de Procedimentos do novo Módulo de Atendimento Técnico HELPDESK Manual de Procedimentos do novo Módulo de Atendimento Técnico HELPDESK Novembro/2008 Módulo de Atendimento Técnico HELPDESK 2 O acesso ao Módulo de Atendimento Técnico é feito através da internet (Mozilla)

Leia mais

Indicação de Distribuidores no Cartão BNDES

Indicação de Distribuidores no Cartão BNDES SOLICITANDO CARTÃO SOLICITANDO CARTÃO INDICAÇÃO DE DISTRIBUIDORES NO CARTÃO BNDES Indicação de Distribuidores no Cartão BNDES Atualizado em 02/07/14 Pág.: 1/7 Introdução Este manual destina-se a orientar

Leia mais

Manual do Usuário. SCA - Sistema de Controle de Acesso

Manual do Usuário. SCA - Sistema de Controle de Acesso Manual do Usuário SCA - Sistema de Controle de Acesso Equipe-documentacao@procergs.rs.gov.br Data: Julho/2012 Este documento foi produzido por Praça dos Açorianos, s/n CEP 90010-340 Porto Alegre, RS (51)

Leia mais

Novidades da Versão 3.0.0.30

Novidades da Versão 3.0.0.30 Novidades da Versão 3.0.0.30 Alteração Equipamento Unidade Instalação Inserida informação Telemetria na Tela de Alteração de Equipamento Unidade de Instalação (326). A informação Roaming Internacional

Leia mais