Cursos: Engenharia Elétrica e. Engenharia de Automação e Controle

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Cursos: Engenharia Elétrica e. Engenharia de Automação e Controle"

Transcrição

1 Regulamento das Atividades Complementares dos Cursos de Graduação em Engenharia Elétrica e Engenharia de Automação e Controle do Centro Universitário Salesiano de São Paulo Unidade Universitária de Americana Cursos: Engenharia Elétrica e Engenharia de Automação e Controle COORDENADOR DE CURSO José Eraldo Leite de Oliveira Centro Universitário Salesiano de São Paulo Americana SP 2010 Elaborado por: Antonio Carlos da Costa Telles, Carlos Alberto Medon Dias Ferraz, Fernando Oscar Runstein, José Eraldo Leite de Oliveira, Rubén Mario Nazzetta e Werner Martins Vieira. Aprovado pelo colegiado do curso em: 07 de novembro de 2009.

2 Sumário Introdução... 3 Atividades complementares... 3 Requerimento de aproveitamento Formulários de Solicitação de Validação de Atividade Complementar Regulamento das Atividades Complementares como Componente Curricular dos Cursos de Graduação do Centro Universitário Salesiano de São Paulo /23

3 Introdução Este documento estabelece procedimentos, normatiza e regulamenta a execução e o controle das atividades complementares nos cursos de Engenharia Elétrica e Engenharia de Automação e Controle, conforme Projeto Pedagógico destes cursos e com base Regulamento das Atividades Complementares dos Cursos de Graduação do Centro Universitário Salesiano de São Paulo, aprovado na Reunião do Conselho Universitário em 28/03/2009 através da Resolução CONSU nº 04/2009 (ANEXO 1). Os alunos devem cumprir a carga horária prevista na matriz curricular para as Atividades Complementares em atividades extra-curriculares até o final do período de integralização do curso sendo que o não cumprimento destas atividade dentro do período mínimo previsto para a integralização do currículo do respectivo curso impede a colação de grau. Atividades complementares A formação do aluno de Engenharia Elétrica e de Engenharia de Automação e Controle não deve se restringir apenas às atividades em salas de aula e estudos formais. Sua vida acadêmica deve ser mais ampla permitindo a convivência com os mais diversos setores da comunidade na qual está inserido. As atividades complementares são atividades extra-curriculares que visam contribuir para a formação integral deste futuro engenheiro. Desde o início do curso os estudantes são incentivados a participarem de diversas atividades complementares que visam incrementar tanto o seu histórico acadêmico quanto o seu crescimento e aprimoramento pessoal. A quantificação das atividades complementares seguindo o que está estabelecido nas tabelas a seguir, sua verificação e seu deferimento ou indeferimento serão feitos pela Coordenação do Curso ou outro responsável indicado pela mesma, nos termos constantes do ANEXO 1. 3/23

4 ATIVIDADES COMPLEMENTARES (AC) GRUPO 1 - ATIVIDADES DE ENSINO. ATIVIDADES Carga horária COMPROVANTES Estudos Orientados; 200 horas obrigatórias (20 horas por semestre) Entrega de 75% das atividades programadas para o semestre e nota mínima de 5 (cinco) em prova ao final do semestre. Monitoria no Núcleo de 30 horas por semestre (Máximo: 90 horas) Certificado Expedido pelo Núcleo de Estudos Orientados; Estudos Orientados, ao final do semestre. Monitorias voluntárias e 30 horas por semestre (Máximo: 90 horas) Relatório final da monitoria voluntária, tutorias em disciplinas com assinatura do professor-orientador. presenciais e a distância; Cursos realizados em outras Aquelas certificadas pelo organizador, no máximo 20 Certificado ou declaração emitida pela áreas afins (idiomas, por módulo (Máximo: 80 horas) instituição responsável pelo curso. gerenciamento, cursos à 4/23

5 distância, entre outros); Disciplinas de outros cursos ministrados pelo UNISAL (que Aquelas certificadas pelo organizador, no máximo 20 por módulo (Máximo: 60 horas) Histórico escolar ou declaração da Secretaria local. não integram o currículo do próprio curso); *atendendo ao decreto 5626/2005 Estágio facultativo supervisionado; 10 horas por semestre (Máximo: 60 horas) Relatório final de estágio, assinado pelo supervisor de estágio. GRUPO 2- ATIVIDADES DE PESQUISA E PRODUÇÃO CIENTÍFICA. ATIVIDADES Carga horária COMPROVANTES Pesquisa científica cadastrada na 40 horas por pesquisa concluída Declaração da Coordenação de Pesquisa Coordenação de Pesquisa; (Máximo: 80 horas) certificando a entrega e aprovação do relatório final da pesquisa. Iniciação científica (voluntária); 30 horas por pesquisa concluída Declaração do pesquisador-orientador, (Máximo: 60 horas) sobre a aprovação do relatório final e da 5/23

6 carga horária desenvolvida. Grupo de estudos científicos (registrado na Coordenação de Pesquisa); 30 horas (Máximo: 60 horas) Declaração da Coordenação de Pesquisa certificando a entrega e aprovação do relatório final do grupo de estudos. Produção científica/técnica/artística: publicação de artigos, sites, 1. Livro com ISBN. Horas atividade: 40 por livro publicado..2. Publicação em revista indexada. Horas atividade: 30 Deverá ser apresentado o produto científico/técnico/artístico em papel ou outra mídia. papers, capítulo de livro, softwares, hardwares, peças teatrais, composição musical, produção audiovisual, trabalhos publicados em anais etc; por artigo publicado..3. Publicação de capítulo de livro ou artigo em anais. Horas atividade: 30 por capítulo ou artigo..4. Publicação em revista especializada, mas não indexada, ou resumo em anais. Horas atividade: 10 por publicação ou resumo. 5. Produção e desenvolvimento de obras artísticas e/ou culturais autênticas e publicações de áreas distintas do curso, desde que posteriores ao ingresso no curso. Horas atividade: 5 horas por obra ou publicação. (Máximo: 80 horas) Apresentação de trabalhos em 30 horas Declaração da comissão organizadora. 6/23

7 eventos científicos ou similares; Estudos Desenvolvidos em Organizações Empresariais; 20 horas Apresentação do estudo, com visto da empresa. Monografias não curriculares; 20 horas Monografia, com visto do Coordenador de Curso. Premiação científica, técnica e 30 horas Premiação recebida. artística ou outra condecoração por relevantes serviços prestados; Participação em concursos, exposições e mostras não curriculares; 10 horas por evento (Máximo 30) Declaração do promotor do evento. GRUPO 3 - ATIVIDADES DE EXTENSÃO. ATIVIDADES Carga horária COMPROVANTES Comissão organizadora de 20 horas por evento organizado Declaração da Instituição/Organização eventos (científicos, técnicos, (Máximo: 60 horas) artístico-culturais, sociais, 7/23

8 esportivos e similares); Congressos, seminários, simpósios, mesas-redondas, oficinas e similares (participação, como expositor ou debatedor, assistente); 1. Participação em congresso: 1.1. Como participante: 10 horas por congresso Como expositor: 20 horas por congresso. 2. Participação em palestra ou debate: 2.1. Como participante. Horas atividade: 5 por palestra ou debate Como palestrante ou debatedor. Horas atividade: 10 por palestra ou debate. Certificado/atestado ou declaração da Instituição/Organização Assistência comprovada, de defesas de Monografias de conclusão do Curso de Graduação; (Máximo: 60 horas) 5 horas por monografia (Máximo: 10 horas) Atestado ou declaração de frequência. Visita técnica, excursões acadêmicas e similares; até 20 por visita (Máximo: 60 horas) Declaração do professor responsável pelo evento. 8/23

9 Participação em projetos sociais, trabalho voluntário em entidades vinculadas a compromissos sócio-políticos (OSIPS, ONGS, Projetos comunitários, Oratórios, Cesam, Creches, Asilos etc); 1. Participação em projetos de extensão mantidos pelo Centro UNISAL, certificados pela Coordenação da extensão em períodos determinados para cada projeto. Horas atividade: aquelas atribuídas pela Coordenação ao projeto, no máximo 30 horas. 2. Participação em atividades de extensão não vinculados aos programas de extensão universitária, certificados pela Coordenação da extensão após a conclusão da atividade. Horas atividade: máximo 10 horas por atividade, no máximo 50 horas no item. 3. Desenvolvimento de trabalho voluntário em entidade conveniada com o Centro UNISAL. Horas atividade: máximo 5 horas por atividade, no máximo 50 horas no item. 4. Aluno bolsista em projetos de extensão do Centro UNISAL. Horas atividade: máximo 10 horas por projeto; no máximo 40 horas no item. 5. Participação em atividades culturais, desenvolvidas Declaração, contendo o tipo de atividade e a carga horária desenvolvida, expedida Instituição/Organização. 9/23

10 institucionalmente pelo Centro UNISAL em geral ou pelos cursos, exigindo-se a participação direta e voluntária do discente. Horas atividade: máximo 10 horas por atividade; no máximo 40 horas no item. 6. Participação em atividades como membro efetivo da pastoral universitária. Horas atividade: aquelas certificadas pelo organizador, no máximo 40 horas por atividade. 7. Participação em atividades esportivas organizadas dentro do Centro UNISAL, através ou não de Atlética oficial. Horas atividade: máximo 5 horas por atividade; no máximo 20 horas no item. 8. Participação em programas do S.A.E. (Serviço de Atendimento ao Estudante) Horas atividade: aquelas certificadas pelo organizador, no máximo 5 horas por programa desenvolvido; no máximo 50 horas no item. Comissão organizadora de campanhas de solidariedade e cidadania; 20 horas por evento organizado (Máximo: 60 horas) Declaração da Instituição/Organização 10/23

11 Instrutor de cursos abertos à comunidade; 20 horas por curso (Máximo: 60 horas) Declaração da Instituição/Organização Participação em Programas de intercâmbio institucional, 30 horas Declaração da Instituição/Organização nacional e/ou internacional; Empresa Júnior ou projetos similares; 20 horas por semestre (Máximo: 60 horas) Declaração da Instituição/Organização Cursos de extensão universitária; 1. Participação em cursos de extensão no Centro UNISAL. Horas atividade: as atribuídas pela Declaração da Instituição/Organização organização, no máximo 20 horas. 2. Participação em cursos de extensão fora do Centro UNISAL. Horas atividade: as atribuídas pela organização, no máximo 10 horas. (Máximo: 40 horas) 11/23

12 GRUPO 4 - ATIVIDADES SÓCIO-CULTURAIS, ARTÍSTICAS E ESPORTIVAS. ATIVIDADES Carga horária COMPROVANTES Representação estudantil nos 1. Participação efetiva como representante discente, em Declaração da secretaria, presidência do órgãos colegiados, representação reunião dos colegiados estatutários do Centro UNISAL. conselho ou coordenador de curso. de turma; Horas atividade: 10 horas por semestre. 2. Participação efetiva como representante de turma eleito pelos seus pares. Horas atividade: 5 horas por mandato cumprido. 3. Participação no Grupo de Qualidade do Curso. Horas atividade: 5 horas por semestre. (Máximo: 30 horas) Participação em atividades sócioculturais, 5 horas por evento. Declaração da Instituição/Organização artísticas e esportivas (coral, música, dança, bandas, (Máximo: 20 horas) vídeos, cinema, fotografia, cineclubes, teatro, campeonatos esportivos etc. (não curriculares)). 12/23

13 Membro de diretoria de 5 horas por mandato cumprido. Declaração do UNISAL associações estudantis, culturais e (Máximo: 20 horas) esportivas (Associação atlética, Centro Acadêmico, Diretório Acadêmico, Comissão de formatura); GRUPO 5 OUTRAS ATIVIDADES previamente autorizadas pelo colegiado de curso. ATIVIDADES Carga horária COMPROVANTES Outras atividades previamente autorizadas como AC. 1. Realização de atividades interdisciplinares do curso, incluindo Projeto Integrado (PI). Horas atividade: 10 por relatório/documento final (semestral) aprovado. Comprovante determinado pelo Colegiado de curso. (Máximo: 80 horas) 13/23

14 Requerimento de aproveitamento O pedido de aproveitamento de atividade deverá ser formalizado junto à coordenação dos Cursos de Engenharia Elétrica e Engenharia de Automação e Controle, em formulário específico, um para cada solicitação. 14/23

15 Formulários de Solicitação de Validação de Atividade Complementar Curso: Centro Universitário Salesiano de São Paulo [ ] Engenharia Elétrica [ ] Engenharia de Automação e Controle Nome do aluno RA Semestre Preenchimento pelo Aluno Atividade Período da Atividade De / / a / / Descrição sucinta da atividade Justificativa da relevância da atividade Quantidade de Horas Assinatura do Aluno Data de entrega Coordenador Grupo da Atividade Professor Avaliador Deferido [ ] Assinatura do Professor Indeferido [ ] Professor Carga horária validada Data do parecer Justificativa do Parecer (Obrigatório se Indeferido) 15/23

16 ANEXO 1 Regulamento das Atividades Complementares como Componente Curricular dos Cursos de Graduação do Centro Universitário Salesiano de São Paulo O presidente do Conselho Universitário do UNISAL. RESOLVE: Art.1º A presente Resolução tem como finalidade regular as atividades complementares (AC) dos cursos de graduação do UNISAL e estabelecer os procedimentos para o seu acompanhamento e registro acadêmicos. Art.2º As AC têm como objetivo geral flexibilizar a formação acadêmica e profissional proporcionada pelos currículos dos cursos de graduação do UNISAL, oportunizando aos acadêmicos a possibilidade de aprofundamento temático e interdisciplinar, articulando os conteúdos teóricos e a prática. Art.3º As AC deverão ser realizadas durante a graduação, no total de carga horária prevista no projeto pedagógico e serão desenvolvidas na forma de estudos orientados e também de atividades extraclasse consideradas relevantes para a formação teórico-prática global do aluno, segundo parâmetros estabelecidos pelos respectivos projetos pedagógicos. 1º Em todos os cursos, os alunos deverão cumprir uma carga horária mínima de atividades complementares em Estudos Orientados, estabelecida no projeto pedagógico de cada curso. 2º Para a validação e o aproveitamento da carga horária de Estudos Orientados, o aluno deverá realizar, no mínimo, 75% (setenta e cinco por cento) das atividades de Estudos Orientados 16/23

17 programadas e obter nota mínima, 5 (cinco), na avaliação sobre o conteúdo das atividades, no final de cada semestre. de grau. Art.4º O cumprimento integral da carga horária das AC é requisito indispensável à colação Art.5º Os alunos podem realizar as AC desde o 1º semestre de matrícula no curso. AC. Parágrafo Único. No ato da matrícula inicial, o aluno será inscrito automaticamente nas Art.6º As AC podem ser realizadas a qualquer momento, inclusive durante as férias escolares, desde que respeitados os procedimentos estabelecidos nesta Resolução. Art.7º Não poderá ser aproveitada, para os fins dispostos nesta Resolução, a carga horária que ultrapassar o respectivo limite fixado para a carga horária total do curso no projeto pedagógico. Art.8º Não serão consideradas como AC as atividades computadas em estágio supervisionado ou atividades curriculares obrigatórias para todos os alunos no âmbito das disciplinas do currículo. Art.9º O aluno que ingressar por meio de transferência fica também sujeito ao cumprimento da carga horária de AC, podendo solicitar o aproveitamento da respectiva carga horária atribuída pela Instituição de origem. Art.10º Compete ao Coordenador de Curso: I. fazer a divulgação e orientação geral dos alunos do curso quanto ao cumprimento da carga horária relativa às AC; 17/23

18 II. III. IV. esclarecer o alunado a respeito das duas naturezas distintas das AC estudos orientados e demais atividades, respeitando os critérios de cada projeto pedagógico de curso; supervisionar as atividades complementares, no âmbito do próprio curso; encaminhar à Secretaria Local as informações necessárias sobre o cumprimento das atividades complementares, para fins de registro no Histórico Escolar de cada aluno. Art.11º Os documentos comprobatórios das AC, com a indicação do tipo e carga horária computada, após sua validação, serão devolvidos ao aluno, que terá a responsabilidade de guardálos em portfólio próprio, enquanto mantiver o vínculo de matrícula. Art.12º Ao aluno compete: I. informar-se acerca das Atividades Complementares oferecidas dentro ou fora da Instituição; II. inscrever-se nos programas e participar efetivamente deles; III. providenciar a documentação que comprove a sua participação; IV. apresentar ao UNISAL, nos prazos estabelecidos, cópia da documentação comprobatória das atividades realizadas; V. acumular carga horária de acordo com as normas estabelecidas na presente resolução; VI. guardar consigo, em portfólio próprio, até a data da colação de grau, a documentação comprobatória das Atividades Complementares e apresentá-la sempre que solicitado. Art.13º As AC a serem desenvolvidas e suas respectivas cargas horárias encontram-se em anexo a esta Resolução. Parágrafo Único. Objetivando maior qualidade e obedecidas às diretrizes desta Resolução, a tabela das AC poderá ser alterada a qualquer tempo pelo Pró-reitoria Acadêmica. Art.14º Atividades complementares não computadas em um determinado período letivo podem ser computadas no período letivo seguinte, exceto se o aluno estiver cursando o último semestre do curso. 18/23

19 Art.15º Os casos omissos serão resolvidos pela Pró-reitoria Acadêmica. Art.16º partir do 1º Semestre/ Os parágrafos 1º e 2º do artigo 3º somente se aplicam aos alunos ingressantes a Art.17º Esta resolução entra em vigor a partir de sua publicação, revogadas as disposições em contrário. Americana, 28 de março de P. Orivaldo Voltolini Reitor ATIVIDADES COMPLEMENTARES (AC) GRUPO 1 - ATIVIDADES DE ENSINO. ATIVIDADES Carga horária COMPROVANTES Estudos Orientados; Estabelecida no projeto Entrega de 75% das pedagógico atividades programadas para o semestre e nota mínima de 5 (cinco) em prova ao final do semestre. Monitoria no Núcleo de Estudos 30 horas Certificado Expedido pelo Orientados; Núcleo de Estudos Orientados, ao final do semestre. Monitorias voluntárias e tutorias Estabelecida no Relatório final da monitoria em disciplinas presenciais e a de voluntária, com assinatura distância; cada curso do professor-orientador. Cursos realizados em outras áreas Estabelecida no Certificado ou declaração afins (idiomas, gerenciamento, de emitida pela instituição cursos à distância, entre outros); cada curso responsável pelo curso. Disciplinas de outros cursos Estabelecida no Histórico escolar ou 19/23

20 ministrados pelo UNISAL (que não integram o currículo do de cada curso declaração da Secretaria local. próprio curso); *atendendo ao decreto 5626/2005 Estágio facultativo supervisionado; Estabelecida no de cada curso Relatório final de estágio, assinado pelo supervisor de estágio. GRUPO 2- ATIVIDADES DE PESQUISA E PRODUÇÃO CIENTÍFICA. ATIVIDADES Carga horária COMPROVANTES Pesquisa científica cadastrada na Estabelecida no Declaração da Coordenação Coordenação de Pesquisa; de Pesquisa certificando a entrega e aprovação do relatório final da pesquisa. Iniciação científica (voluntária); Estabelecida no Declaração do pesquisadororientador, sobre a aprovação do relatório final e da carga horária desenvolvida. Grupo de estudos científicos (registrado Estabelecida no Declaração da Coordenação na Coordenação de Pesquisa); de Pesquisa certificando a entrega e aprovação do relatório final do grupo de estudos. Produção científica/técnica/artística: Estabelecida no Deverá ser apresentado o publicação de artigos, sites, papers, produto capítulo de livro, softwares, hardwares, científico/técnico/artístico peças teatrais, composição musical, em papel ou outra mídia. produção audiovisual, trabalhos publicados em anais etc; 20/23

21 Apresentação de trabalhos em eventos científicos ou similares; Estabelecida no Declaração da comissão organizadora. Estudos Desenvolvidos em Organizações Empresariais; Estabelecida no Apresentação do estudo, com visto da empresa. Monografias não curriculares; Estabelecida no Monografia, com visto do Coordenador de Curso. Premiação científica, técnica e artística Estabelecida no Premiação recebida. ou outra condecoração por relevantes serviços prestados; Participação em concursos, exposições e mostras não curriculares; Estabelecida no Declaração do promotor do evento. GRUPO 3 - ATIVIDADES DE EXTENSÃO. ATIVIDADES Carga horária COMPROVANTES Comissão organizadora de eventos Estabelecida no Declaração da (científicos, técnicos, artístico-culturais, Instituição/Organização sociais, esportivos e similares); Congressos, seminários, simpósios, Estabelecida no Certificado/atestado ou mesas-redondas, oficinas e similares declaração da (participação, como expositor ou Instituição/Organização debatedor, assistente); Assistência comprovada, de defesas de Estabelecida no Atestado ou declaração de Monografias de conclusão do Curso de frequência. Graduação; Visita técnica, excursões acadêmicas e Estabelecida no Declaração do professor 21/23

22 similares; responsável pelo evento. Participação em projetos sociais, trabalho voluntário em entidades vinculadas a compromissos sóciopolíticos (OSIPS, ONGS, Projetos comunitários, Oratórios, Cesam, Estabelecida no Declaração, contendo o tipo de atividade e a carga horária desenvolvida, expedida Instituição/Organização. Creches, Asilos etc); Comissão organizadora de campanhas de solidariedade e cidadania; Estabelecida no Declaração da Instituição/Organização Instrutor de cursos abertos à comunidade; Estabelecida no Declaração da Instituição/Organização Participação em Programas de intercâmbio institucional, nacional e/ou internacional; Estabelecida no Declaração da Instituição/Organização Empresa Júnior ou projetos similares; Cursos de extensão universitária; Estabelecida no Estabelecida no Declaração da Instituição/Organização Declaração da Instituição/Organização GRUPO 4 - ATIVIDADES SÓCIO-CULTURAIS, ARTÍSTICAS E ESPORTIVAS. ATIVIDADES Carga horária COMPROVANTES Representação estudantil nos órgãos Estabelecida no Declaração da colegiados, representação de turma; secretaria, presidência do conselho ou 22/23

23 coordenador de curso. Participação em atividades sócioculturais, artísticas e esportivas (coral, música, dança, bandas, vídeos, cinema, Estabelecida no Declaração da Instituição/Organização fotografia, cineclubes, teatro, campeonatos esportivos etc. (não curriculares)). Membro de diretoria de associações estudantis, culturais e esportivas (Associação atlética, Centro Acadêmico, Diretório Acadêmico, Comissão de formatura); Estabelecida no Declaração do UNISAL GRUPO 5 OUTRAS ATIVIDADES previamente autorizadas pelo colegiado de curso ATIVIDADES Carga horária COMPROVANTES Outras atividades previamente Estabelecida no autorizadas como AC. de cada curso Comprovante determinado pelo Colegiado de curso. 23/23

Regulamento das Atividades Complementares dos Cursos de Graduação do Centro Universitário Salesiano de São Paulo.

Regulamento das Atividades Complementares dos Cursos de Graduação do Centro Universitário Salesiano de São Paulo. Regulamento das Atividades Complementares dos Cursos de Graduação do Centro Universitário Salesiano de São Paulo. Aprovado na Reunião do Conselho Universitário em 26/11/2011 através da Resolução CONSU

Leia mais

REGULAMENTO ATIVIDADES COMPLEMENTARES - UNINASSAU RECIFE

REGULAMENTO ATIVIDADES COMPLEMENTARES - UNINASSAU RECIFE REGULAMENTO ATIVIDADES COMPLEMENTARES - UNINASSAU 1 / 11 REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES CAPÍTULO I DAS CONSIDERAÇÕES PRELIMINARES Art. 1º A presente Resolução tem como finalidade regulamentar

Leia mais

REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES FACULDADE ATENEU. Faculdade Ateneu Criando Valores.

REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES FACULDADE ATENEU. Faculdade Ateneu Criando Valores. . REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES FACULDADE ATENEU Fortaleza, 2014 1 SUMÁRIO CAPÍTULO I... 3 DAS CONSIDERAÇÕES PRELIMINARES... 3 CAPÍTULO II... 3 DOS OBJETIVOS... 3 CAPÍTULO III... 3 DAS DISPOSIÇÕES

Leia mais

REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES - FACULDADE INTEGRADA DOS TAPAJÓS

REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES - FACULDADE INTEGRADA DOS TAPAJÓS REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES - FACULDADE 1 / 9 CAPÍTULO I DAS CONSIDERAÇÕES PRELIMINARES Art. 1º A presente Resolução tem como finalidade regulamentar as atividades complementares (AC) dos

Leia mais

Regulamento das Atividades Complementares do Curso de Administração do Centro Universitário Salesiano de São Paulo Unidade de Ensino de Americana

Regulamento das Atividades Complementares do Curso de Administração do Centro Universitário Salesiano de São Paulo Unidade de Ensino de Americana Regulamento das Atividades Complementares do de Administração do Centro Universitário Salesiano de São Paulo Unidade de Ensino de Americana Aprovado na Reunião de Colegiado do em 21/01/2015. Janeiro -

Leia mais

REGULAMENTO ATIVIDADES COMPLEMENTARES

REGULAMENTO ATIVIDADES COMPLEMENTARES REGULAMENTO ATIVIDADES COMPLEMENTARES Manaus/AM, 2013 1 Institui as regras para realização de atividades complementares na Faculdade Maurício de Nassau de Manaus CAPÍTULO I DAS CONSIDERAÇÕES PRELIMINARES

Leia mais

REGULAMENTO ATIVIDADES COMPLEMENTARES FACULDADE MAURÍCIO DE NASSAU - SALVADOR

REGULAMENTO ATIVIDADES COMPLEMENTARES FACULDADE MAURÍCIO DE NASSAU - SALVADOR 03/07/23 REGULAMENTO ATIVIDADES COMPLEMENTARES FACULDADE MAURÍCIO DE NASSAU - SALVADOR Salvador/BA -22 03/07/23 Institui as regras para realização de atividades complementares na Faculdade Maurício de

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES Art. 1º As Atividades Complementares (AC), doravante assim denominada, têm como objetivo geral flexibilizar e enriquecer a formação acadêmica e profissional proporcionada

Leia mais

CURSO DE DIREITO CAMPUS LICEU SALESIANO - CAMPINAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

CURSO DE DIREITO CAMPUS LICEU SALESIANO - CAMPINAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE DIREITO CAMPUS LICEU SALESIANO - CAMPINAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES No Curso de Direito as Atividades Complementares são obrigatórias e obedecem às Diretrizes Nacionais de Curso, Resolução CES/CNE

Leia mais

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO ATIVIDADES COMPLEMENTARES INSTRUÇÃO NORMATIVA 001/2015. Rev.: 10 10/02/2015

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO ATIVIDADES COMPLEMENTARES INSTRUÇÃO NORMATIVA 001/2015. Rev.: 10 10/02/2015 CURSO DE ADMINISTRAÇÃO ATIVIDADES COMPLEMENTARES INSTRUÇÃO NORMATIVA 001/2015 Rev.: 10 10/02/2015 CURITIBA 2015 1 SUMÁRIO CAPITULO I DAS ATIVIDADES... 2 CAPITULO II - DO APROVEITAMENTO DAS ATIVIDADES...

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE FISIOTERAPIA

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE FISIOTERAPIA UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ FACULDADE DE MEDICINA CURSO DE FISIOTERAPIA REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE FISIOTERAPIA CARGA HORÁRIA: 140 horas O Colegiado da Coordenação do Curso de

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DA UNIDADE UNIVERSITÁRIA DE PALMEIRAS DE GOIÁS

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DA UNIDADE UNIVERSITÁRIA DE PALMEIRAS DE GOIÁS UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS Unidade Universitária de Palmeiras de Goiás Rua S-7, s/ nº _ Setor Sul_ Palmeiras de Goiás-GO Fone/ Fax: (64) 3571-1198 (64) 3571-1173 REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO DO UNICEP

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO DO UNICEP 2 Centro Universitário Central Paulista REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO DO UNICEP Considerando que as Diretrizes Curriculares do Ministério da Educação entendem

Leia mais

CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES CAPÍTULO II DA ORGANIZAÇÃO E DO FUNCIONAMENTO DO NÚCLEO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES

CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES CAPÍTULO II DA ORGANIZAÇÃO E DO FUNCIONAMENTO DO NÚCLEO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES ARTIGO 1º - O presente Regulamento tem por finalidade disciplinar as atividades complementares como componentes curriculares obrigatórios para o Curso de Direito,

Leia mais

FACITEC - Faculdade de Ciências Sociais e Tecnológicas IESST Instituto de Ensino Superior Social e Tecnológico

FACITEC - Faculdade de Ciências Sociais e Tecnológicas IESST Instituto de Ensino Superior Social e Tecnológico RESOLUÇÃO CONSU Nº. 01/2009 DE 28/01/2009 Aprova o Regulamento das Atividades Complementares Científico-Culturais de Engenharia de Produção da Faculdade de Ciências Sociais e Tecnológicas - Facitec. O

Leia mais

REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES

REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES TÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º. O presente Regulamento tem por finalidade normatizar as atividades complementares que compõem o currículo pleno dos

Leia mais

FUNDAÇÃO EDUCACIONAL COMUNITÁRIA FORMIGUENSE CENTRO UNIVERSITÁRIO DE FORMIGA - UNIFOR

FUNDAÇÃO EDUCACIONAL COMUNITÁRIA FORMIGUENSE CENTRO UNIVERSITÁRIO DE FORMIGA - UNIFOR FUNDAÇÃO EDUCACIONAL COMUNITÁRIA FORMIGUENSE CENTRO UNIVERSITÁRIO DE FORMIGA - UNIFOR REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO (Ato de Aprovação: Resolução do Reitor nº

Leia mais

REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO 1 REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Regulamento de Atividades Complementares previstas para o Curso de Administração da Faculdade Del Rey. BELO HORIZONTE 2012 2 Regulamento

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES CURRICULARES COMPLEMENTARES DO CURSO DE AGRONOMIA

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES CURRICULARES COMPLEMENTARES DO CURSO DE AGRONOMIA Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul Diretoria de Ensino Curso de Agronomia - Câmpus Sertão

Leia mais

RESOLUÇÃO CONSEPE Nº 58/2009

RESOLUÇÃO CONSEPE Nº 58/2009 UNIVERSIDADE ESTADUAL DO SUDOESTE DA BAHIA-UESB Recredenciada pelo Decreto Estadual nº 9.996, de 02 de maio de 2006 CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO-CONSEPE RESOLUÇÃO CONSEPE Nº 58/2009

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES ACADÊMICO- CIENTÍFICO-CULTURAIS DO CURSO DE LETRAS DA FACULDADE VILLAS BOAS

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES ACADÊMICO- CIENTÍFICO-CULTURAIS DO CURSO DE LETRAS DA FACULDADE VILLAS BOAS REGULAMENTO DAS ATIVIDADES ACADÊMICO- CIENTÍFICO-CULTURAIS DO CURSO DE LETRAS DA FACULDADE VILLAS BOAS São Paulo, 2014 REGULAMENTO DAS ATIVIDADES ACADÊMICO-CIENTÍFICO-CULTURAIS CURSO DE LETRAS - LICENCIATURA

Leia mais

ATIVIDADES COMPLEMENTARES INSTRUÇÃO NORMATIVA 001/2014

ATIVIDADES COMPLEMENTARES INSTRUÇÃO NORMATIVA 001/2014 CURSO DE ADMINISTRAÇÃO ESCOLA DE NEGÓCIOS ATIVIDADES COMPLEMENTARES INSTRUÇÃO NORMATIVA 001/2014 Rev.: 9 18/09/2014 CURITIBA - PR, 2014 SUMÁRIO CAPITULO I DAS ATIVIDADES... 2 CAPITULO II - DO APROVEITAMENTO

Leia mais

REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL DO CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DE UBERABA - CESUBE CAPÍTULO I

REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL DO CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DE UBERABA - CESUBE CAPÍTULO I REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL DO CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DE UBERABA - CESUBE CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º O presente regulamento disciplina

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES ACADÊMICO-CIENTÍFICO-CULTURAIS

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES ACADÊMICO-CIENTÍFICO-CULTURAIS INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE PERNAMBUCO Diretoria de Educação a Distância REGULAMENTO DAS ATIVIDADES ACADÊMICO-CIENTÍFICO-CULTURAIS Art. 1º. As atividades acadêmico-científico-culturais

Leia mais

DIRETORIA ACADÊMICA COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES FARMÁCIA

DIRETORIA ACADÊMICA COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES FARMÁCIA DIRETORIA ACADÊMICA COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES FARMÁCIA CACOAL - RO 2011 Considerando as exigências da LEGISLAÇÃO EDUCACIONAL, no atinente às Atividades Complementares

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Estabelece normas operacionais para acompanhamento e registro das Atividades Complementares. O Colegiado do Curso de Administração da

Leia mais

Regulamento Institucional das Atividades Complementares dos Cursos de Graduação do UNASP

Regulamento Institucional das Atividades Complementares dos Cursos de Graduação do UNASP VOTO CONSU 2012-01 de 26/04/2012 Regulamento Institucional das Atividades Complementares dos Cursos de Graduação do UNASP Respeitada a legislação vigente, tanto para Licenciatura quanto para Bacharelado

Leia mais

Art. 1º - Aprovar o Regulamento das Atividades Complementares do Curso de Turismo da Faculdade de Sinop FASIP, nos termos abaixo expostos.

Art. 1º - Aprovar o Regulamento das Atividades Complementares do Curso de Turismo da Faculdade de Sinop FASIP, nos termos abaixo expostos. FACULDADE DE SINOP FASIP - Faculdade de SINOP Credenciada pela portaria: RESOLUÇÃO CAS Nº. 14/2007 DE 06/04/2007 Aprova o Regulamento das atividades complementares do Curso de Turismo da Faculdade de Sinop

Leia mais

Regulamento para as Atividades Acadêmicas Científico- Culturais para os Cursos de Licenciatura e Bacharelado* CAPITULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

Regulamento para as Atividades Acadêmicas Científico- Culturais para os Cursos de Licenciatura e Bacharelado* CAPITULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Regulamento para as Atividades Acadêmicas Científico- Culturais para os Cursos de Licenciatura e Bacharelado* CAPITULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1. º - As Atividades Acadêmicas Científico-Culturais

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE QUÍMICA, CAMPUS PATO BRANCO

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE QUÍMICA, CAMPUS PATO BRANCO Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Campus Pato Branco Coordenação do Curso Superior de Química: Bacharelado em Química Industrial e Licenciatura em Química REGULAMENTO DAS

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES ACADÊMICAS COMPLEMENTARES DO CURRICULO DOS CURSOS DE BACHARELADO E LICENCIATURA

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES ACADÊMICAS COMPLEMENTARES DO CURRICULO DOS CURSOS DE BACHARELADO E LICENCIATURA REGULAMENTO DAS ATIVIDADES ACADÊMICAS COMPLEMENTARES DO CURRICULO DOS CURSOS DE BACHARELADO E LICENCIATURA CAPITULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES ART.1º -O presente regulamento tem por finalidade normatizar

Leia mais

ANEXO II REGULAMENTO DAS ATIVIDADES CURRICULARES COMPLEMENTARES DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO - BACHARELADO

ANEXO II REGULAMENTO DAS ATIVIDADES CURRICULARES COMPLEMENTARES DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO - BACHARELADO ANEXO II REGULAMENTO DAS ATIVIDADES CURRICULARES COMPLEMENTARES DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO - BACHARELADO REGULAMENTO DAS ATIVIDADES CURRICULARES COMPLEMENTARES DO CURSO DE GRADUAÇÃO

Leia mais

Regulamento das Atividades Complementares

Regulamento das Atividades Complementares Regulamento das Atividades Complementares Curso de Design de Moda FACULDADE DE PRESIDENTE PRUDENTE - FAPEPE I. DISPOSIÇÕES PRELIMINARES O presente regulamento tem por finalidade normatizar as Atividades

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS COORDENAÇÃO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM RELAÇÕES INTERNACIONAIS

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS COORDENAÇÃO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM RELAÇÕES INTERNACIONAIS UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS COORDENAÇÃO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM RELAÇÕES INTERNACIONAIS Resolução CGRI/CCSA n o 002/2014 Estabelece normas para aproveitamento

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES ASCES

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES ASCES REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES ASCES DAS DISPOSIÇÕES GERAIS DOS PRINCÍPIOS NORTEADORES Art. 1º A ASCES, por meio deste Regulamento, contempla as Normas Gerais de Atividades complementares, permitindo

Leia mais

Universidade Federal do Ceará Engenharia da Computação Campus de Sobral. Regulamento de Programa de Atividades Complementares

Universidade Federal do Ceará Engenharia da Computação Campus de Sobral. Regulamento de Programa de Atividades Complementares Universidade Federal do Ceará Engenharia da Computação Campus de Sobral Regulamento de Programa de Atividades Complementares Abril de 2010 SUMÁRIO Sumário INTRODUÇÃO... 3 DISPOSIÇÕES PRELIMINARES... 3

Leia mais

Curso de Pedagogia REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

Curso de Pedagogia REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES Regulamenta as atividades complementares do curso de Pedagogia da UNINOVA. As atividades complementares previstas pela resolução n. 4 de 13 de julho de 2005, em

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DO INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR DO SUL DO MARANHÃO IESMA

REGULAMENTO GERAL DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DO INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR DO SUL DO MARANHÃO IESMA REGULAMENTO GERAL DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DO INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR DO SUL DO MARANHÃO IESMA CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º. O presente regulamento tem

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 1º. Este Regulamento define, no âmbito da Faculdade INEDI, as atividades complementares, bem como os procedimentos a serem

Leia mais

FACULDADE TRÊS PONTAS FATEPS RECONHECIDA PELA PORTARIA DO MEC Nº 68/14

FACULDADE TRÊS PONTAS FATEPS RECONHECIDA PELA PORTARIA DO MEC Nº 68/14 REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES E DAS ATIVIDADES ACADÊMICO-CIENTÍFICO-CULTURAIS. O presente regulamento, aprovado pela resolução CONSUP 05/2014, estabelece as normas atinentes ao cumprimento

Leia mais

REGULAMENTO PARA ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE ENGENHARIA BIOMÉDICA

REGULAMENTO PARA ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE ENGENHARIA BIOMÉDICA REGULAMENTO PARA ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE ENGENHARIA BIOMÉDICA I - INTRODUÇÃO Art. 1º Art. 2º O presente regulamento tem por finalidade normatizar as Atividades Complementares do Curso de

Leia mais

PORTARIA CE Nº 26, de 30 de junho de 2014.

PORTARIA CE Nº 26, de 30 de junho de 2014. PORTARIA CE Nº 26, de 30 de junho de 2014. Regulamenta o procedimento de concessão de créditos para as atividades complementares dos alunos dos Cursos de Graduação em Engenharia Industrial Madeireira ingressantes

Leia mais

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES SÃO CARLOS 2014 REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES 2015 Artigo 1 o : As Atividades Complementares (AC) do Curso de Graduação em Administração da Faculdade

Leia mais

ATIVIDADES COMPLEMENTARES

ATIVIDADES COMPLEMENTARES ATIVIDADES COMPLEMENTARES Atendendo a necessidade de flexibilização do currículo e para possibilitar que o aluno seja sujeito de sua formação profissional, são inseridas na grade curricular as denominadas

Leia mais

APEC - Associação Piauiense de Educação e Cultura CESVALE - Centro de Ensino Superior do Vale do Parnaíba

APEC - Associação Piauiense de Educação e Cultura CESVALE - Centro de Ensino Superior do Vale do Parnaíba RESOLUÇÃO Nº 07 DE 20/09/2004 Estabelece normas para a realização das Atividas Complementares nos cursos graduação do CESVALE. Art. 1 - Define como Ativida Complementar toda e qualquer ativida não prevista

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES PARA O CURSO DE GEOGRAFIAA DISTÂNCIA CAPÍTULO I CONSIDERAÇÕES GERAIS

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES PARA O CURSO DE GEOGRAFIAA DISTÂNCIA CAPÍTULO I CONSIDERAÇÕES GERAIS REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES PARA O CURSO DE GEOGRAFIAA DISTÂNCIA CAPÍTULO I CONSIDERAÇÕES GERAIS Art. 1º - Este Regulamento visa normatizar as Atividades Complementares do Curso de Pedagogia.

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES OBRIGATÓRIAS DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO. Carga Horária Total exigida no curso: 200 horas

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES OBRIGATÓRIAS DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO. Carga Horária Total exigida no curso: 200 horas REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES OBRIGATÓRIAS DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Carga Horária Total exigida no curso: 200 LONDRINA/PR 2014 REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES OBRIGATÓRIAS DO CURSO

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E EDUCAÇÃO REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE FISIOTERAPIA Junho/2011 REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES As atividades complementares são prática acadêmicas

Leia mais

ORIENTAÇOES GERAIS PARA A ORGANIZAÇÃO DAS ATIVIDADES ACADÊMICAS COMPLEMENTARES (AAC) Curso Geografia, modalidade: Licenciatura.

ORIENTAÇOES GERAIS PARA A ORGANIZAÇÃO DAS ATIVIDADES ACADÊMICAS COMPLEMENTARES (AAC) Curso Geografia, modalidade: Licenciatura. ORIENTAÇOES GERAIS PARA A ORGANIZAÇÃO DAS ATIVIDADES ACADÊMICAS COMPLEMENTARES (AAC) Curso Geografia, modalidade: Licenciatura. Art. 1º - As Atividades Acadêmicas Curriculares (AAC) são todas as atividades

Leia mais

RESOLUÇÃO FADISA Nº. 005/2006 CONSELHO SUPERIOR DA FACULDADE DE DIREITO SANTO AGOSTINHO FADISA

RESOLUÇÃO FADISA Nº. 005/2006 CONSELHO SUPERIOR DA FACULDADE DE DIREITO SANTO AGOSTINHO FADISA RESOLUÇÃO FADISA Nº. 005/2006 CONSELHO SUPERIOR DA FACULDADE DE DIREITO SANTO AGOSTINHO FADISA O Presidente do CONSELHO SUPERIOR DA FACULDADE DE DIREITO SANTO AGOSTINHO- FADISA, Professor Dr. ELTON DIAS

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES FACULDADE DINÂMICA DO VALE DO PIRANGA

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES FACULDADE DINÂMICA DO VALE DO PIRANGA REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES FACULDADE DINÂMICA DO VALE DO PIRANGA Art. 1º. O presente Regulamento tem por finalidade regulamentar as atividades complementares que compõem o currículo pleno

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DE INTEGRALIZAÇÃO CURRICULAR DO CURSO DE FARMÁCIA. CAPITULO I Dos Fins

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DE INTEGRALIZAÇÃO CURRICULAR DO CURSO DE FARMÁCIA. CAPITULO I Dos Fins REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DE INTEGRALIZAÇÃO CURRICULAR DO CURSO DE FARMÁCIA Aprovado na CamEx, na 80ª Sessão, realizada em 11 de junho de 2014, apreciada no CONSEPE, na 47ª Sessão, realizada

Leia mais

Regulamento das Atividades Complementares Obrigatórias ACO

Regulamento das Atividades Complementares Obrigatórias ACO Art. 1º. Este Regulamento tem por finalidade regular o aproveitamento e a validação das Atividades Complementares Obrigatórias ACO que compõem a Matriz Curricular do Curso de Graduação em Administração

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DO ICSP/FESP CAPÍTULO I CONSIDERAÇÕES GERAIS

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DO ICSP/FESP CAPÍTULO I CONSIDERAÇÕES GERAIS 1 FESP ICSP INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS DO PARANÁ Mantenedora: Fundação de Estudos Sociais do Paraná CGC/MF: 76.602.895/0001-04 Inscr. Estadual: Isento Rua General Carneiro, 216 Fone/Fax (0xx41) 264-3311

Leia mais

Regulamento das Atividades Complementares Obrigatórias ACO do Curso de Direito da Faculdade Arthur Thomas

Regulamento das Atividades Complementares Obrigatórias ACO do Curso de Direito da Faculdade Arthur Thomas Art. 1º. Este Regulamento tem por finalidade regular o aproveitamento e a validação das Atividades Complementares Obrigatórias ACO que compõem a Matriz Curricular do Curso de Graduação em Direito da Faculdade

Leia mais

Faculdade Metropolitana São Carlos Unidade: Quissamã RJ Credenciada pelo MEC por meio da Portaria Ministerial nº 368, DOU de 15/04/2009

Faculdade Metropolitana São Carlos Unidade: Quissamã RJ Credenciada pelo MEC por meio da Portaria Ministerial nº 368, DOU de 15/04/2009 DISPOSIÇÕES GERAIS As atividades complementares constituem ações que devem ser desenvolvidas ao longo dos períodos letivos de cada curso de Graduação desta Instituição, na qual o aluno comprovará as efetivas

Leia mais

Regulamento das. Atividades Complementares

Regulamento das. Atividades Complementares BACHARELADO EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS Regulamento das Atividades Complementares Osasco 2013 Apresentação Este documento apresenta um conjunto geral de normas e orientações sobre a realização das Atividades

Leia mais

MANUAL DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES

MANUAL DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES 1 MANUAL DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES PALMAS TO, 2014 2 1. AS ATIVIDADES COMPLEMENTARES Este manual define as orientações básicas da Escola Politécnica da Católica do Tocantins com a finalidade de normatizar

Leia mais

REGULAMENTO DO CURSO DE MEDICINA VETERINÁRIA PARA AS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

REGULAMENTO DO CURSO DE MEDICINA VETERINÁRIA PARA AS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DIRETORIA ACADÊMICA COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA COORDENAÇÃO DO CURSO DE MEDICINA VETERINÁRIA REGULAMENTO DO CURSO DE MEDICINA VETERINÁRIA PARA AS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CACOAL 2010 Considerando as exigências

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE COMUNICAÇÂO E EXPRESSÃO COORDENADORIA ESPECIAL DE ARTES CURSO GRADUAÇÃO EM CINEMA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE COMUNICAÇÂO E EXPRESSÃO COORDENADORIA ESPECIAL DE ARTES CURSO GRADUAÇÃO EM CINEMA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE COMUNICAÇÂO E EXPRESSÃO COORDENADORIA ESPECIAL DE ARTES CURSO GRADUAÇÃO EM CINEMA REGULAMENTO DE ATIVIDADES EXTRA-CURRICULARES CAPÍTULO 1 DA CARACTERIZAÇÃO

Leia mais

REGULAMENTO PARA ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE ENFERMAGEM

REGULAMENTO PARA ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE ENFERMAGEM ENFERMAGEM REGULAMENTO PARA ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE ENFERMAGEM CAPÍTULO I DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES E SUAS FINALIDADES Art. 1º. As atividades complementares, no âmbito do Curso de Enfermagem,

Leia mais

Faculdades Ibmec-MG. Regulamento de Atividades Complementares do Curso de Graduação em Relações Internacionais

Faculdades Ibmec-MG. Regulamento de Atividades Complementares do Curso de Graduação em Relações Internacionais Faculdades Ibmec-MG Regulamento de Atividades Complementares do Curso de Graduação em Relações Internacionais I. DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES: Art.1. O presente regulamento tem por finalidade estatuir

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO COLEGIADO DE CIÊNCIAS SOCIAIS RESOLUÇÃO Nº 01/2014

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO COLEGIADO DE CIÊNCIAS SOCIAIS RESOLUÇÃO Nº 01/2014 UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO COLEGIADO DE CIÊNCIAS SOCIAIS RESOLUÇÃO Nº 01/2014 Estabelece as Normas para Aproveitamento de Atividades Complementares ao Currículo (ACC) de acordo com as

Leia mais

RESOLUÇÃO nº 177, de 11 de setembro de 2015. R E S O L V E:

RESOLUÇÃO nº 177, de 11 de setembro de 2015. R E S O L V E: RESOLUÇÃO nº 177, de 11 de setembro de 2015. O Conselho Universitário CONSUNI, no uso de suas atribuições, em conformidade com Parecer nº 030, de 20 de agosto de 2015, R E S O L V E: Art. 1º - Aprovar

Leia mais

III REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES OBRIGATÓRIAS DO CURSO DE DIREITO DA FACULDADE DE DIREITO DE CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM

III REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES OBRIGATÓRIAS DO CURSO DE DIREITO DA FACULDADE DE DIREITO DE CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM III REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES OBRIGATÓRIAS DO CURSO DE DIREITO DA FACULDADE DE DIREITO DE CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM I Das Disposições Preliminares Art. 1º - O presente regulamento tem por

Leia mais

O CURSO DE MEDICINA VETERINÁRIA, no uso de suas atribuições, e CONSIDERANDO a importância do Princípio da Indissociabilidade, estabelecido pelo

O CURSO DE MEDICINA VETERINÁRIA, no uso de suas atribuições, e CONSIDERANDO a importância do Princípio da Indissociabilidade, estabelecido pelo REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DE INTEGRALIZAÇÃO CURRICULAR DO CURSO DE MEDICINA VETERINÁRIA Aprovado na CamEx, na 84 Sessão, realizada em 18 de março de 2015, apreciada no CONSEPE, na 54ª Sessão,

Leia mais

Parágrafo Único. As Atividades Complementares não se confundem com as disciplinas do Curso de Direito.

Parágrafo Único. As Atividades Complementares não se confundem com as disciplinas do Curso de Direito. REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE DIREITO Dispõe sobre as Atividades Complementares do Curso de Direito do Centro Universitário do Cerrado-Patrocínio UNICERP. Capítulo I Das Disposições

Leia mais

FACULDADES INTEGRADAS DO BRASIL CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO ATIVIDADES COMPLEMENTARES PERGUNTAS FREQUENTES

FACULDADES INTEGRADAS DO BRASIL CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO ATIVIDADES COMPLEMENTARES PERGUNTAS FREQUENTES FACULDADES INTEGRADAS DO BRASIL CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO ATIVIDADES COMPLEMENTARES PERGUNTAS FREQUENTES 1) Que norma regulamenta as Atividades Complementares do Curso de ENGENHARIA DE PRODUÇÃO da

Leia mais

ANEXO B REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES. Da caracterização

ANEXO B REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES. Da caracterização ANEXO B REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES Regulamento aprovado pela Comissão de Curso em 07 de outubro de 2014 Este anexo regulamenta as Atividades Acadêmica- Científico-Culturais do Curso de Engenharia

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE MEDICINA VETERINÁRIA CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE MEDICINA VETERINÁRIA CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE MEDICINA VETERINÁRIA CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º Designamos atividades complementares o conjunto de eventos oferecidos aos alunos de

Leia mais

ANEXO I REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES PARA FLEXIBILIZAÇÃO CURRICULAR DO CURSO DE BACHARELADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA

ANEXO I REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES PARA FLEXIBILIZAÇÃO CURRICULAR DO CURSO DE BACHARELADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA ANEXO I REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES PARA FLEXIBILIZAÇÃO CURRICULAR DO CURSO DE BACHARELADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA Aprovado pelo Colegiado do Curso de Bacharelado em Educação Física, em reunião

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DE INTEGRALIZAÇÃO CURRICULAR DA FACULDADE DE ENGENHARIA. Capítulo I Disposições Preliminares

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DE INTEGRALIZAÇÃO CURRICULAR DA FACULDADE DE ENGENHARIA. Capítulo I Disposições Preliminares REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DE INTEGRALIZAÇÃO CURRICULAR DA FACULDADE DE ENGENHARIA Disciplina as atividades complementares de integralização curricular, para os alunos da Faculdade de Engenharia,

Leia mais

DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES REGIMENTO INTERNO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS FADERGS - LAUREATE IINTERNATIONAL UNIVERSITIES O Coordenador do Curso Superior de

Leia mais

NORMAS ESPECÍFICAS DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES INDEPENDENTES

NORMAS ESPECÍFICAS DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES INDEPENDENTES NORMAS ESPECÍFICAS DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES INDEPENDENTES Art. 1º As Complementares Independentes integram o currículo do curso de graduação de Direito, objetivando sua flexibilização, sendo seu cumprimento

Leia mais

Fundação de Ensino Superior de Cajazeiras - FESC Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Cajazeiras - FAFIC

Fundação de Ensino Superior de Cajazeiras - FESC Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Cajazeiras - FAFIC REGULAMENTO DAS ATIVIDADES ACADÊMICO-CIENTÍFICO-CULTURAIS DO CURSO DE LICENCIATURA EM FILOSOFIA Art. 1º As atividades acadêmico-científico-culturais, denominadas atividades complementares, compreendem

Leia mais

Regulamentação das Atividades Complementares do Curso de Engenharia Ambiental e Urbana

Regulamentação das Atividades Complementares do Curso de Engenharia Ambiental e Urbana MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Universidade Federal de Alfenas. UNIFAL-MG R o d o vi a J o s é Aurél i o Vi l e l a, 11 9 9 9 (BR 2 6 7 Km 5 3 3 ) Ci d a d e U n i ve rs i tá ria - Poç o s d e C a l d a s /M G

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES ACADÊMICAS CURRICULARES COMPLEMENTARES PARA OS CURSOS DE ADMINISTRAÇÃO E CIÊNCIAS CONTÁBEIS

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES ACADÊMICAS CURRICULARES COMPLEMENTARES PARA OS CURSOS DE ADMINISTRAÇÃO E CIÊNCIAS CONTÁBEIS REGULAMENTO DAS ATIVIDADES ACADÊMICAS CURRICULARES COMPLEMENTARES PARA OS CURSOS DE ADMINISTRAÇÃO E CIÊNCIAS CONTÁBEIS EDITORIAL Profª. Dra. Lúcia Helena Vasques Diretora Acadêmica Prof. Me. Domingos Sávio

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM LOGÍSTICA FADERGS - LAUREATE IINTERNATIONAL UNIVERSITIES

REGIMENTO INTERNO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM LOGÍSTICA FADERGS - LAUREATE IINTERNATIONAL UNIVERSITIES REGIMENTO INTERNO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM LOGÍSTICA FADERGS - LAUREATE IINTERNATIONAL UNIVERSITIES A Diretora de Ensino da Faculdade de Desenvolvimento do Rio Grande

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS E LETRAS DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS JURÍDICAS PORTARIA Nº07/2010

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS E LETRAS DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS JURÍDICAS PORTARIA Nº07/2010 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS E LETRAS DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS JURÍDICAS PORTARIA Nº07/2010 Aprovar o Regulamento das Atividades Complementares. O Chefe

Leia mais

FACITEC - Faculdade de Ciências Sociais e Tecnológicas IESST Instituto de Ensino Superior Social e Tecnológico

FACITEC - Faculdade de Ciências Sociais e Tecnológicas IESST Instituto de Ensino Superior Social e Tecnológico RESOLUÇÃO CONSU Nº. 07/2012 DE 28/08/2012. Aprova o Regulamento Atividades complementares dos cursos de graduação da Faculdade de Ciências Sociais e Tecnológicas - Facitec. O DIRETOR DA FACULDADE DE CIÊNCIAS

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS DA UniRV UNIVERSIDADE DE RIO VERDE

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS DA UniRV UNIVERSIDADE DE RIO VERDE REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS DA UniRV UNIVERSIDADE DE RIO VERDE Artigo 1º O presente regulamento tem por finalidade normatizar as Atividades Complementares como

Leia mais

REGULAMENTO NÚCLEO FLEXÍVEL CURSO DE DIREITO REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

REGULAMENTO NÚCLEO FLEXÍVEL CURSO DE DIREITO REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES REGULAMENTO NÚCLEO FLEXÍVEL CURSO DE DIREITO Art. 1º O presente conjunto de regras tem por finalidade normatizar as atividades que compõem o núcleo flexível do Currículo de Graduação em Direito e cujo

Leia mais

FACULDADE SANTA TEREZINHA CEST CURSO DE DIREITO NORMAS ESPECÍFICAS DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES INDEPENDENTES

FACULDADE SANTA TEREZINHA CEST CURSO DE DIREITO NORMAS ESPECÍFICAS DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES INDEPENDENTES NORMAS ESPECÍFICAS DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES INDEPENDENTES Art. 1º As Complementares Independentes integram o currículo do curso de graduação de Direito, objetivando sua flexibilização, sendo seu cumprimento

Leia mais

Regulamento Atividades Complementares. Faculdade da Cidade de Santa Luzia - FACSAL

Regulamento Atividades Complementares. Faculdade da Cidade de Santa Luzia - FACSAL Regulamento Atividades Complementares Faculdade da Cidade de Santa Luzia - 2014 Regulamento das Atividades Complementares CAPÍTULO I DA CARACTERIZAÇÃO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES Artigo 1º - As Atividades

Leia mais

- CURSO DE DIREITO -

- CURSO DE DIREITO - REGULAMENTO AS ATIVIDADES COMPLEMENTARES - CURSO DE DIREITO - FACULDADE METROPOLITANA DE CAMAÇARI FAMEC SUMÁRIO... 3 DISPOSIÇÕES PRELIMINARES... 3... 3 DA CARGA HORÁRIA NO CURSO... 3... 3 DAS ATIVIDADES

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO AMBIENTAL

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO AMBIENTAL Faculdade de Ciências Biomédicas de Cacoal CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO AMBIENTAL REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO AMBIENTAL Cacoal RO REGULAMENTO

Leia mais

NORMAS PARA ATIVIDADES COMPLEMENTARES

NORMAS PARA ATIVIDADES COMPLEMENTARES NORMAS PARA ATIVIDADES COMPLEMENTARES CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º. O presente conjunto de normas tem a finalidade de regulamentar as Atividades Complementares para os cursos que as incluem

Leia mais

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO. Regulamento das Atividades Complementares

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO. Regulamento das Atividades Complementares 1 SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Regulamento das Atividades Complementares 2 SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Regulamento das Atividades Complementares Art. 1º - O presente regulamento tem por finalidade definir as Atividades

Leia mais

ATIVIDADES COMPLEMENTARES

ATIVIDADES COMPLEMENTARES ATIVIDADES COMPLEMENTARES Regulamento das Atividades Complementares dos Cursos de Graduação da Faculdade Barretos Art. 1º - O presente Regulamento tem por finalidade definir normas e critérios para a seleção

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES Art. 1º- A análise e registro das atividades complementares será realizada pela Coordenação das Atividades Complementares

Leia mais

FACULDADE SANTA TEREZINHA CEST CURSO DE ADMINISTRAÇÃO NORMAS COMPLEMENTARES ATIVIDADES COMPLEMENTARES INDEPENDENTES

FACULDADE SANTA TEREZINHA CEST CURSO DE ADMINISTRAÇÃO NORMAS COMPLEMENTARES ATIVIDADES COMPLEMENTARES INDEPENDENTES NORMAS COMPLEMENTARES ATIVIDADES COMPLEMENTARES INDEPENDENTES Art. 1º As Complementares Independentes são componente curricular do curso de Administração, objetivando a flexibilização da formação do aluno,

Leia mais

REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE SERVIÇO SOCIAL

REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE SERVIÇO SOCIAL REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE SERVIÇO SOCIAL Conforme determina o Regulamento das Atividades Complementares da Faculdade Visconde de Cairu FAVIC, este regulamento especifica como

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DO MARANHÃO CONSELHO DIRETOR. RESOLUÇÃO Nº. 27/2006, de 14 de julho de 2006.

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DO MARANHÃO CONSELHO DIRETOR. RESOLUÇÃO Nº. 27/2006, de 14 de julho de 2006. RESOLUÇÃO Nº. 27/2006, de 14 de julho de 2006. Aprova o Regulamento das Atividades Acadêmico-Científico- Culturais dos Cursos de Licenciatura do CEFET-MA. O PRESIDENTE DO DO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM DA FADERGS LAUREATE INTERNATIONAL UNIVERSITIES.

REGIMENTO INTERNO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM DA FADERGS LAUREATE INTERNATIONAL UNIVERSITIES. REGIMENTO INTERNO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM DA FADERGS LAUREATE INTERNATIONAL UNIVERSITIES. O Diretor da FADERGS Laureate International Universities, no uso de suas

Leia mais

FACULDADE DE TECNOLOGIA CÉSAR LATTES Rua Marco Aurélio Gatti, nº 59 Vila Santa Terezinha, Itu/SP Itu/SP - CEP: 13.310-391 www.uniesp.edu.

FACULDADE DE TECNOLOGIA CÉSAR LATTES Rua Marco Aurélio Gatti, nº 59 Vila Santa Terezinha, Itu/SP Itu/SP - CEP: 13.310-391 www.uniesp.edu. Manual de orientações para o cumprimento das horas de Atividades Complementares 2013 SUMÁRIO ATIVIDADES COMPLEMENTARES...04 OBJETIVOS...04 CONCEPÇÃO...04 COMPETE AO COORDENADOR/PROFESSOR RESPONSÁVEL COMPETE

Leia mais

ANEXO I: REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

ANEXO I: REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES ANEXO I: REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES Fixa normas para o funcionamento das Atividades Complementares para o curso de Administração da Universidade Federal de Mato Grosso, campus Rondonópolis/Mato

Leia mais

Faculdades Integradas de Taquara

Faculdades Integradas de Taquara CONSELHO SUPERIOR ACADÊMICO E ADMINISTRATIVO RESOLUÇÃO CSAA N 04/2015 Regulamenta as Atividades Complementares dos Cursos de Graduação das Faculdades Integradas de Taquara. O Presidente do Conselho Superior

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS 1 REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS Art.1º O presente regulamento tem por finalidade estabelecer normas para a realização e o registro das Atividades Complementares nos

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACULDADE CRISTO REI

REGULAMENTO GERAL DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACULDADE CRISTO REI REGULAMENTO GERAL DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACULDADE CRISTO REI 1 APRESENTAÇÃO O Presente Regulamento visa esclarecer ao acadêmico, a estrutura e o funcionamento das Atividades

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO BARRIGA VERDE

CENTRO UNIVERSITÁRIO BARRIGA VERDE CENTRO UNIVERSITÁRIO BARRIGA VERDE REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES 0 REGULAMENTO GERAL DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DO CENTRO UNIVERSITÁRIO BARRIGA VERDE UNIBAVE CAPÍTULO

Leia mais