Tubos sem costura e conexões

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Tubos sem costura e conexões"

Transcrição

1 Tubos sem costura e conexões

2 INTRODUÇÃO A Termomecanica é líder no setor de transformação de cobre e suas ligas, investindo permanentemente em tecnologias e inovações para a melhoria contínua de seus produtos e processos produtivos. Todo bom profissional de construção civil sabe que nada se compara ao cobre e suas ligas quando se trata de tubos e conexões para água quente e fria. O cobre é altamente resistente às variações de pressão e de temperatura, evitando, assim, intervenções e retrabalhos nas instalações. Portanto, na hora de construir, os tubos de cobre e conexões de cobre e latão da Termomecanica sempre serão a melhor opção.

3 BENEFÍCIOS DO COBRE Não derrete com a ação de água quente; Valoriza os imóveis e é mais acessível do que se imagina; Fácil manuseio, transporte, aplicação e soldagem, garantindo perfeita vedação e segurança à rede hidráulica; Boa resistência a pressões internas e a golpes de aríete; Higiene: o cobre possui ação bactericida e libera íons saudáveis ao corpo humano. Portanto, entre todos os tubos para água, o de cobre é o mais aconselhável para a saúde; Impermeabilidade: germes, fluídos, gases e raios ultravioletas são barrados pelas propriedades do cobre; Não pega fogo nem libera gases tóxicos em caso de incêndio; Representa a melhor relação custo x benefício, já que sua qualidade possibilita instalações definitivas, o que justifica o investimento; A IMPORTÂNCIA DO COBRE PARA A SAÚDE O cobre é um nutriente essencial para o organismo, sendo necessária a ingestão de 1 a 3 miligramas ao dia para a manutenção de uma dieta saudável. Sua falta pode causar doenças como a anemia profunda e problemas cardiovasculares. É possível ingerir o cobre por meio de uma grande variedade de alimentos frescos e pela água potável, sendo 2 miligramas de cobre por litro de água a quantidade recomendada pela Organização Mundial da Saúde. Além disso, o cobre possui ação bactericida e sua utilização nas tubulações diminui, de forma notável, a quantidade de bactérias carregadas pela água, propriedade não encontrada em outros materiais. Por estas razões, o cobre é utilizado nas mais diversas instalações hidráulicas, como residenciais, hospitalares e escolares, sendo recomendado para a condução de água fria, quente e sistemas de aquecimento solar. Resiste a altas temperaturas, à pressão, ao fogo e à ação do tempo, uma combinação única de vantagens; Vida útil permanente, quando tomados os devidos cuidados de uso e instalação.

4 APLICAÇÕES GERAIS: TUBOS E CONEXÕES TUBOS SEM COSTURA Excelente aplicação em instalações hidráulicas de água quente e fria, redes de combate a incêndio e de gases em geral, tubos de descarga de água, reservatórios, tanques, acumuladores de água quente, interligações de água quente, medidores, entre outros. Os tubos de cobre TM são fabricados sem costura, conforme a norma NBR 13206, garantindo mais segurança e qualidade na condução de fluídos, pois são altamente resistentes e não absorvem materiais orgânicos. ACONDICIONAMENTO E TRANSPORTE Os tubos devem ser separados de acordo com sua dimensão e classe, e seu acondicionamento deve ser realizado de forma que não provoque danos durante o manuseio e o transporte. Além disso, devem ser estocados em locais limpos e secos, sem que haja contato direto com o solo, com produtos químicos e com tubos de aço ou ferro. Devem-se evitar também choques mecânicos que possam amassá-los ou ovalizá-los. INSTALAÇÕES ENTERRADAS, CONFORME A NORMA NBR Os tubos devem receber proteção anticorrosiva por meio da aplicação de fitas adesivas específicas para tal finalidade, ou outras formas de proteção adequadas, sempre considerando o meio onde estão instalados e o material da própria instalação. Em situações em que for identificado qualquer tipo de agressão em potencial, recomenda-se prever meios que protejam os tubos, tais como: lajes, canaletas, envelopamento de concreto, etc. INSTALAÇÕES EMBUTIDAS, CONFORME A NORMA NBR Em paredes construídas em alvenaria, a tubulação deve ser fixada com argamassa de cimento e areia, evitando o contato com outros tipos de materiais. No caso de paredes pré-moldadas, sistemas dry wall e pisos elevados, a tubulação deve ser fixada por meio de suportes adequados que a mantenha permanentemente posicionada. Nas instalações embutidas em pisos, deve-se fazer proteção adequada para evitar que infiltrações de materiais de limpeza provoquem danos à tubulação. INSTALAÇÕES APARENTES, CONFORME A NORMA NBR As tubulações devem ser fixadas por meio de suportes de fixação adequados. INSTALAÇÕES MISTAS DE COBRE E AÇO, CONFORME A NORMA NBR Nas instalações, deve-se evitar a união de materiais metálicos com potenciais iônicos diferentes. Em fixações com abraçadeiras metálicas e união entre sistemas de metais diferentes, devem ser utilizados materiais isolantes entre si. Tubos de Cobre Flexíveis O tubo de cobre flexível de Ø 15 a 28 mm, sem costura, fabricado pela Termomecanica é produzido conforme a norma NBR e sinônimo de praticidade, rapidez e qualidade nas instalações. O uso dos tubos de cobre flexíveis permite a instalação de prumadas em edifícios com mais de 20 andares sem a realização de emendas, reduzindo muito o uso de conexões, solda, fluxo e permitindo a redução do tempo médio de instalação em até 10 vezes. Ou seja, maior produtividade e menor custo com grande redução de tempo. Por sua flexibilidade permite desenhos mais ousados nas instalações, podendo acompanhar a arquitetura do prédio. O reduzido número de conexões além de economia propicia também uma instalação menos suscetível a vazamentos. Excelentes para condução de água, também são altamente recomendados para condução de gás em edificações, pois a eliminação de emendas confere maior segurança e estanqueidade às instalações. Informações sobre equipamentos e técnicas para dobrar e endireitar os tubos de modo a obter uma instalação retilínea e com ótima estética podem ser obtidas com nosso corpo técnico.

5 TERMOTUBO E TERMOTUBO FLEX Termotubo Classe E ABNT NBR Diâmetro Diâmetro Externo x Peso Pressão de Nominal Espessura da Parede (kg/m) Serviço (mm) (mm) Mpa 15,00 15 x 0,50 0,203 4,25 22,00 22 x 0,60 0,360 3,46 28,00 28 x 0,60 0,460 2,70 35,00 35 x 0,70 0,672 2,52 42,00 42 x 0,80 0,923 2,40 54,00 54 x 0,90 1,338 2,09 66,70 66,7 x 1,00 1,840 1,88 79,40 79,4 x 1,20 2,628 1,90 104,80 104,8 x 1,20 3,481 1,43 Termotubo Classe A ABNT NBR Diâmetro Diâmetro Externo x Peso Pressão de Nominal Espessura da Parede (kg/m) Serviço (mm) (mm) Mpa 15,00 15 x 0,80 0,318 6,91 22,00 22 x 0,90 0,532 5,24 28,00 28 x 0,90 0,683 4,09 35,00 35 x 1,10 1,044 4,00 42,00 42 x 1,10 1,260 3,32 54,00 54 x 1,20 1,774 2,81 66,70 66,7 x 1,20 2,201 2,26 79,40 79,4 x 1,50 3,272 2,38 104,80 104,8 x 1,50 4,339 1,80 Termotubo Flex Classe 01 ABNT NBR Diâmetro Espessura Externo (mm) de Parede (mm) Nominal Médio Tolerância (+-) Nominal Tolerância (+-) 15 15,00 0,05 0,7 0, ,00 0,05 0,8 0, ,00 0,05 0,9 0,09 Termotubo Classe I ABNT NBR Diâmetro Diâmetro Externo x Peso Pressão de Nominal Espessura da Parede (kg/m) Serviço (mm) (mm) Mpa 15,00 15 x 1,00 0,392 8,73 22,00 22 x 1,10 0,644 6,46 28,00 28 x 1,20 0,900 5,50 35,00 35 x 1,40 1,317 5,12 42,00 42 x 1,40 1,592 4,25 54,00 54 x 1,50 2,205 3,52 66,70 66,7 x 1,50 2,733 2,84 79,40 79,4 x 1,90 4,123 3,03 104,80 104,8 x 2,00 5,757 2,40 Termotubo Flex Classe 02 ABNT NBR Diâmetro Externo (mm) Tubos para Aplicação Solar Espessura de Parede (mm) Nominal Médio Tolerância (+-) Nominal Tolerância (+-) 15 15,00 0,05 1,0 0, ,00 0,05 1,1 0, ,00 0,05 1,2 0,12 Diâmetro Diâmetro Externo x Peso Nominal Espessura da Parede (kg/m) (mm) (mm) 9,52 9,52 x 0,40 0,102 22,00 22,00 x 0,50 0,301

6 CONEXÕES Termofit CONEXÕES Para complementar a segurança e a qualidade dos tubos de cobre, a Termomecanica oferece, também, uma grande variedade de conexões soldáveis (sem anel de solda) e conexões rosqueáveis em latão. Com alta qualidade e precisão, as conexões TM são indicadas para aplicações que exigem vedações perfeitas e resistentes. ACONDICIONAMENTO E TRANSPORTE As conexões devem ser separadas de acordo com sua dimensão e tipo, e seu acondicionamento deve ser realizado de forma que não provoque danos durante o manuseio e o transporte, conforme determina a norma NBR A estocagem das conexões deve ser feita em locais limpos e secos, sem contato com produtos químicos e ferragens em geral. Conexões de latão O uso das conexões de latão TM para a instalação de água e gás com tubos de cobre, obedece aos requisitos da Norma ABNT NBR As conexões de latão seguem uma tendência mundial, pois estão de acordo com a Diretiva Rohs. Em muitos países da Europa o uso das conexões de bronze está proibido, devido à presença de chumbo em teores acima de 4%, o que é prejudicial à saúde. As conexões de latão trazem uma relação custo benefício muito interessante, dando a oportunidade de redução de custos sem perda de qualidade e dentro das normas. Além disso, o mercado tem consagrado seu uso tanto em instalações de água quanto de gás. LUVA 600 Cobre Dimensões (mm) Luva Passante 601 Cobre Dimensões (mm) Cotovelo 45 o 606 Cobre Dimensões (mm)

7 CONEXÕES Termofit soldáveis Cotovelo 90 o 607 Cobre Dimensões (mm) Conector Macho 604 Latão Dimensões (mm x pol) M 15 1/2 22 3/ / / / / Bucha de Redução Cobre Dimensões (mm) Ponta-a -b Cotovelo Macho Latão Dimensões (mm x pol) M 15 1/2 22 3/ / /2 Cotovelo Fêmea Latão Dimensões (mm x pol) F 15 1/2 (10) 22 1/2 (10) 22 3/4 (11) 22 1 (11) 28 1 (10) /4 (10) 15 3/ Curva de Transposição Cobre Dimensões (mm) Conector Fêmea 603 Latão Dimensões (mm x pol) F 15 1/2 22 3/ / / /2 15 3/4 22 1/2 28 1/

8 CONEXÕES Termofit SOLDÁVEIS Tê com Central 712 Latão Dimensões (mm x pol x mm) RF 15 1/ / Tê - Igual 611 Cobre Dimensões (mm x mm x mm) Tê de Redução com Fêmea Central 712-RC Latão Dimensões (mm x pol x mm) 22 1/ / Tê de Redução 611 RC Cobre Dimensões (mm x mm x mm) a b c União 733 Latão Dimensões (mm x mm) Tampão 617 Cobre Dimensões (mm) União Fêmea Latão Dimensões (mm x pol) (mm) (pol) 15 1/2 22 3/4 28 1

9 CONEXÕES Termofit ROSQUEÁVEIS Niple Duplo 602 Latão M M 1 1/2 1/2 1/2 1 3/4 1/2 3/4 3/4 3/ / /4 1 1/4 1 1/2 1 1/4 1 1/2 1 1/2 Plug 717 Latão Dimensões (pol) 1/2 3/4 1 Luva de Redução Latão 3/4 1/2 1 3/4 Curva 45 o R X R 709 Latão Dimensões (pol) 1/2 3/ /4 1 1/2 Luva com 700 Latão Dimensões (pol) 1/2 3/ /4 1 1/ /2 3 Prolongador 731 Latão 1/2 1/2 3/4 3/4 Comprimento: 30mm Prolongador 732 Latão 1/2 1/2 3/4 3/4 Comprimento: 50mm Prolongador Invertido 731-R Latão M F 1/2 3/4 Cotovelo 706 Latão Dimensões (pol) 1/2 3/ /4 1 1/2 2

10 CONEXÕES Termofit ROSQUEÁVEIS União com 744 Latão Dimensões (pol) 1/2 3/4 1 T Dupla Curva 744 Latão Dimensões (pol x mm x pol) 1/2 15 1/2 3/4 22 3/4 Tê Igual com 711 Latão 1/2 3/ /4 1 1/2 2 Tê de Redução Central 713 Latão Dimensões (pol x pol x pol) 3/4 1/2 3/4 1 1/2 3/4 1 1/2 1 3/ /4 1/2 1 1/4 1 1/4 3/4 1 1/4 1 1/2 1/2 1 1/2 1 1/2 3/4 1 1/2 Cotovelo Fêmea RR com Redução Latão F F 3/4 1/2 Bucha de Redução 730 Latão M F 3/4 1/2 1 3/4 1 1/2 1 1/4 1 1/2 1 1/4 1/2 1 1/4 3/4 1 1/ /2 3/4 1 1/ /2 1 1/4 2 1/ /2 Cotovelo Macho - Fêmea 90 o 708 Latão M F 1/2 1/2

11 CONEXÕES NPT Conector RF Diâmetro nominal (mm x pol.) Latão F x 15 x 1/2 22 x 1/2 22 x 3/4 Conector RM Diâmetro nominal (mm x pol.) Latão x M 15 x 1/2 22 x 3/4 Tê- Fem. Central Diâmetro nominal (mm x pol.) Latão x F x 15 x 1/2 x x 1/2 x x 3/4 x x 1 x 28 NPT NPT NPT Cotovelo RF Diâmetro nominal (mm x pol.) Latão x F 15 x 1/2 22 x 1/2 22 x 3/4 União Diâmetro nominal (mm x pol.) Latão F x 15 x 1/2 22 x 3/4 Cotovelo RM Diâmetro nominal (mm x pol.) Latão x M 15 x 1/2 22 x 3/4 NPT NPT NPT

12 ACESSÓRIOS PARA INSTALAÇÕES FLUXOS PARA SOLDA (Solúveis em Água) Os fluxos são aplicáveis em processos de solda branda e brasagem. Embora sejam solúveis em água, devem ser observadas as seguintes recomendações: Sempre aplicá-los em finas camadas, evitando excessos que possam ficar depositados na tubulação (interna ou externamente); Em redes de água, principalmente as de combate a incêndio, devem-se efetuar a limpeza e a drenagem ( flushing ) da tubulação depois do processo de soldagem, sempre dentro dos períodos estabelecidos pelas Normas de Segurança aplicáveis e exigidos pelo Corpo de Bombeiros, com o objetivo de preservar a tubulação. Sugere-se adotar esse procedimento a cada seis meses. Especificações / s: FBTM - 18: Para aplicação em solda branda, com temperatura de fusão inferior a 450º C (Sn/Cu 97/3). Apresentação: Frascos com 250g; FBTM - 03: Para aplicação em solda forte, com temperatura de fusão superior a 450º C (brasagem com Cu/P - 93/7 e solda prata). Apresentação: Potes com 100g. LIGA PARA SOLDA BRANDA (Isenta de Chumbo / Lead Free ) Indicada para a grande maioria das instalações de água e gás combustível em construções civis; em conformidade com a Diretiva ROHS; Solda Estanho/Cobre (97% SN; 3% Cu); Fornecida em carretéis, em formato de fio de 2,5mm de diâmetro; : SBTM-691; Apresentação: Carretéis com 500g. LIGA PARA SOLDA FORTE (Brasagem com Cu/P 93/7) Indicada para instalações de água, gases combustíveis e gases refrigerantes; em conformidade com a Diretiva ROHS; Excelente relação custo x benefício; Dispensa o uso de fluxo para uniões de cobre com cobre; Fornecida em varetas chatas que facilitam o manuseio e aumentam o rendimento; : Solda Foscoper Termomecanica; Apresentação: Caixas com 5 Kg.

13 ACESSÓRIOS PARA INSTALAÇÕES Tabela de Quantidade Aproximada de Solda e Fluxo por Junta Diâmetro Nominal (mm) Quantidade de Solda (g) Quant. de fluxo (Pasta para Solda) (g) 15 0,6 0, ,2 0, ,9 0, ,9 0, ,2 0, ,4 0, ,7 1, ,2 1, ,2 2,43 ISOLAMENTO TÉRMICO EM POLIETILENO EXPANDIDO Fundamental para instalações de água quente, proporcionando substancial redução do consumo de energia; Não propaga fogo por possuir antichama em sua composição; Fácil instalação em tubulações novas ou existentes; Também recomendado para tubulações de refrigeração e ar-condicionado; : Isolamento Térmico Termomecanica; Apresentação: Barras de dois metros; 100% reciclável. Uso de gás ecologicamente correto em sua fabricação. Obs.: As instalações em locais abertos devem ser revestidas por isolamento especial, que suporte raios UV. Item sob consulta. ISOLAMENTO TÉRMICO TERMOMECANICA Diâmetro nominal (mm) Espessura (mm) 15 5 ou ou ou Tabela de Economia de Energia com Uso do Isolante Térmico Metros de instalação Gás natural (m 3 ) Óleo combustível (l) Eletricidade (KWh) 5 8,78 6,98 85, ,56 13,96 170, ,34 20,95 255, ,12 27,93 340, ,90 34,91 425, ,68 41,89 510,38 Parâmetros Pré-fixados: Espessura do Isolamento: 10mm; Temperatura do Fluido Interno: 80 C; Temperatura Ambiente: 20 C; Diâmetro do Tubo: 22mm. Período considerado: 24 horas/dia em 30 dias. ESCOVA PARA LIMPEZA Com cerdas de aço inox, é recomendada para a limpeza dos pórticos / bolsas das conexões a serem utilizadas nas instalações de cobre. Fornecida nos diâmetros de 15, 22 e 28mm.

14 CUIDADOS GERAIS NA INSTALAÇÃO DAS TUBULAÇÕES PROCEDIMENTOS PARA UNIÃO DOS TUBOS E CONEXÕES DE COBRE 01 Corte Cortar o tubo em esquadro, no comprimento desejado. 02 Rebarbas e escareação Rebarbar e escarear a extremidade do tubo para remover todas as irregularidades internas e externas decorrentes do corte. 03 Limpeza Limpar a extremidade do tubo e a bolsa da conexão, eliminando os óxidos, a oleosidade e as sujeiras da superfície decorrentes do corte, da rebarba e da escareação. 04 Aplicação do fluxo Aplicar o fluxo com a ajuda de um pincel na extremidade do tubo e da bolsa. O fluxo é utilizado para dissolver e remover traços de óxidos das superfícies, protegendo contra possível oxidação durante o aquecimento e favorecendo o processo de solda. Atenção: o fluxo não deve ser aplicado com os dedos, pois os produtos químicos são potencialmente agressivos quando entram em contato com os olhos ou feridas abertas.

15 05 Conexão e fixação das partes para solda Inserir a extremidade do tubo na bolsa da conexão e deixá-la efetivamente encostada junto à base da bolsa. O conjunto formado deve ser fixado em lugar estruturalmente estável, de forma adequada para o prosseguimento da montagem. 06 Aquecimento e aplicação da solda Iniciar o aquecimento com a chama perpendicular ao tubo. As partes a serem unidas devem ser aquecidas por igual. A duração do aquecimento depende do diâmetro do tubo, e a experiência indicará o tempo necessário. Cuidado para não superaquecer a junta, pois isso compromete a eficácia do fluxo, impedindo que a solda penetre na junta de forma adequada. Após o aquecimento, encostar o arame de solda na folga entre o tubo e a conexão. O escoamento da solda fundida, que se dá por capilaridade, preenche o espaço existente, independentemente de a aplicação ter sido feita por baixo, por cima ou horizontalmente. As especificações das soldas a serem utilizadas estão indicadas na tabela 4 da norma NBR Resfriamento e limpeza Aguardar o resfriamento natural da junta e, posteriormente, remover o excesso de fluxo com um pano úmido. Os seguintes procedimentos devem ser seguidos para garantir a performance das tubulações nas redes de água quente e fria e redes de combate a incêndio: Água fora dos padrões de potabilidade definidos pelo Ministério da Saúde danifica a tubulação, chegando, até mesmo, a perfurá-la devido a corrosão; Deve-se evitar a presença de ar nas tubulações de água, principalmente em redes de combate a incêndio, em que a água fica parada por longos períodos. Essa ocorrência provoca graves perfurações nos tubos, pois a zona formada entre a camada de ar e a água é bastante agressiva. Dessa forma, sugere-se drenar o sistema, pelo menos, a cada 6 meses; O contato com metais ferrosos deve ser evitado. Caso não seja possível, deve-se isolá-los com material não- -condutivo. Não pode ser utilizada palha ou lã de aço; Devem-se evitar resíduos de pasta para solda e utilizar sempre fluxos solúveis em água. Recomenda-se usar quantidades reduzidas de fluxo, em finas camadas, minimizando os resíduos.

16 Garanta a qualidade da sua obra. Use tubos e conexões de cobre Termomecanica. Unidade de Treinamento Av. Caminho do Mar, Complemento 2700 CEP São Bernardo do Campo - SP Tel: (11) Fax: (11) Cat. Tubos e Conexões

SUMÁRIO TUBOS DE COBRE...

SUMÁRIO TUBOS DE COBRE... SUMÁRIO TUBOS DE COBRE... 02 CONEXÕES... Soldáveis e Rosqueáveis 03-08 ACESSÓRIOS PARA INSTALAÇÃO... Fluxo para Solda - Liga para Solda - Isolamento Térmico - Escova para Limpeza 09-10 01/10 TERMOTUBO

Leia mais

COBRE: TUBOS E OBRAS ARTESANAIS

COBRE: TUBOS E OBRAS ARTESANAIS COBRE: TUBOS E OBRAS ARTESANAIS EMPRESA PARANAPANEMA JULHO - 2013 COBRE INTRODUÇÃO - Fundamental no desenvolvimento das primeiras civilizações, o cobre mantém-se como o melhor e mais indicado material

Leia mais

AQUECEDORES DE ÁGUA SOLARES, ELÉTRICOS E A GÁS

AQUECEDORES DE ÁGUA SOLARES, ELÉTRICOS E A GÁS AQUECEDORES DE ÁGUA SOLARES, ELÉTRICOS E A GÁS Í ndice Apresentação 2 Código de defesa do consumidor 3 Boa instalação é com material adequado 4 O cobre e a saúde 5 1 ÁGUA FRIA 6 1.1 Entrada d água e torneira

Leia mais

Sistema de tubulação multicamada para instalação de gases combustíveis PExb X AL X PExb.

Sistema de tubulação multicamada para instalação de gases combustíveis PExb X AL X PExb. Sistema de tubulação multicamada para instalação de gases combustíveis PExb AL PExb. MEMBRO Sistema de tubulações multicamadas para instalações de gases combustíveis Conforme com as Normas 1. Após cortar

Leia mais

código de defesa do consumidor 2 boa instalação é com material adequado 3 o cobre e a saúde 3 1.1 entrada d água e torneira de lavagem 4

código de defesa do consumidor 2 boa instalação é com material adequado 3 o cobre e a saúde 3 1.1 entrada d água e torneira de lavagem 4 índice apresentação 2 código de defesa do consumidor 2 boa instalação é com material adequado 3 o cobre e a saúde 3 1. água fria 4 1.1 entrada d água e torneira de lavagem 4 1.2 sucção e recalque 5 1.3

Leia mais

MEMORIAL DE INSTALAÇÕES HIDROSANITÁRIAS

MEMORIAL DE INSTALAÇÕES HIDROSANITÁRIAS 1 MEMORIAL DE INSTALAÇÕES HIDROSANITÁRIAS A presente especificação destina-se a estabelecer as diretrizes básicas e definir características técnicas a serem observadas para execução das instalações da

Leia mais

Sistema de tubos em polipropileno de alta resistência para esgoto e águas pluviais. Maior segurança. Máxima resistência.

Sistema de tubos em polipropileno de alta resistência para esgoto e águas pluviais. Maior segurança. Máxima resistência. Sistema de tubos em polipropileno de alta resistência para esgoto e águas pluviais. Maior segurança. Máxima resistência. União deslizante de duplo lábio: maior segurança e facilidade de trabalho. O anel

Leia mais

Função: Conduzir água à temperatura ambiente nas instalações prediais de água fria; Aplicações: Instalações prediais em geral.

Função: Conduzir água à temperatura ambiente nas instalações prediais de água fria; Aplicações: Instalações prediais em geral. Função: Conduzir água à temperatura ambiente nas instalações prediais de água fria; Aplicações: Instalações prediais em geral. SETEMBRO/2011 Bitolas: 20, 25, 32, 40,50,60, 75, 85, 110 milímetros; Pressão

Leia mais

Sistemas Hidráulicos Sanitários. Água fria Água quente Esgoto Águas Pluviais Combate a incêndio Gás

Sistemas Hidráulicos Sanitários. Água fria Água quente Esgoto Águas Pluviais Combate a incêndio Gás Sistemas Hidráulicos Sanitários Água fria Água quente Esgoto Águas Pluviais Combate a incêndio Gás Sistemas Hidráulicos Sanitários Instalação hidro-sanitária água fria Processo Executivo 1) Colocar todas

Leia mais

MATERIAIS, EQUIPAMENTOS E ACESSÓRIOS

MATERIAIS, EQUIPAMENTOS E ACESSÓRIOS 6 MATERIAIS, EQUIPAMENTOS E ACESSÓRIOS Versão 2014 Data: Abril / 2014 6.1. Tubos e Conexões... 6.3 6.1.1. Sistema em aço... 6.3 6.1.1.1. Tubos... 6.3 6.1.1.2. Conexões... 6.3 6.1.2. Sistema em cobre rígido...

Leia mais

MANUAL TÉCNICO Amanco Ramalfort

MANUAL TÉCNICO Amanco Ramalfort Amanco Ramalfort Desenho e Dimensões Os tubos Amanco Ramalfort foram desenvolvidos para condução de água no trecho compreendido entre o ponto de derivação da rede de distribuição de água e o kit cavalete

Leia mais

MATERIAIS EMPREGADOS NAS REDES DE ESGOTOS SANITÁRIOS

MATERIAIS EMPREGADOS NAS REDES DE ESGOTOS SANITÁRIOS MATERIAIS EMPREGADOS NAS REDES DE ESGOTOS SANITÁRIOS 1 - INTRODUÇÃO. A escolha do material a empregar (tipo de tubulação) nas redes coletoras de esgotos sanitários é função das características dos esgotos,

Leia mais

FORMATO DA REDE. Basicamente existem dois formatos de rede: aberto ou em circuito fechado (anel). Formato Aberto: Formato Fechado:

FORMATO DA REDE. Basicamente existem dois formatos de rede: aberto ou em circuito fechado (anel). Formato Aberto: Formato Fechado: FORMATO DA REDE Basicamente existem dois formatos de rede: aberto ou em circuito fechado (anel). Formato Aberto: Quando não justifica fazer um anel, pode-se levar uma rede única que alimente os pontos

Leia mais

VEDAJÁ é um revestimento impermeável de alta aderência e de fácil aplicação.

VEDAJÁ é um revestimento impermeável de alta aderência e de fácil aplicação. Descrição VEDAJÁ é um revestimento impermeável de alta aderência e de fácil aplicação. Pode ser aplicado sobre concreto, alvenaria e argamassa. VEDAJÁ proporciona impermeabilidade, mesmo com a ocorrência

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO HIDRÁULICA

MANUAL DE INSTALAÇÃO HIDRÁULICA MANUAL DE INSTALAÇÃO HIDRÁULICA Esquema de Instalação Hidráulica RESIDENCIAL Atenção: Modelo meramente ilustrativo em casas térreas. Para sua segurança e garantia do bom funcionamento das tubulações de

Leia mais

Tubos e Conexões com Qualidade Schulz

Tubos e Conexões com Qualidade Schulz Linha ConectAR Tubos e Conexões com Qualidade Schulz O constante crescimento da indústria, dos processos tecnológicos e o forte impulso da automação industrial, exigem instalações de ar comprimido, eficientes,

Leia mais

VEDATOP é um revestimento modificado com polímeros acrílicos, de alta aderência e impermeabilidade.

VEDATOP é um revestimento modificado com polímeros acrílicos, de alta aderência e impermeabilidade. Descrição VEDATOP é um revestimento modificado com polímeros acrílicos, de alta aderência e impermeabilidade. Adere perfeitamente ao concreto, à alvenaria e à argamassa. VEDATOP não é tinta de acabamento,

Leia mais

SOLUÇÕES FORTLEV PARA CUIDAR DA ÁGUA

SOLUÇÕES FORTLEV PARA CUIDAR DA ÁGUA C A T Á L O G O T É C N I C O SOLUÇÕES FORTLEV PARA CUIDAR DA ÁGUA CAIXA D ÁGUA EM FIBRA DE VIDRO MUITO MAIS TECNOLOGIA E VERSATILIDADE PARA CUIDAR DA ÁGUA A FORTLEV é a maior empresa produtora de soluções

Leia mais

Cobresul Metais Ltda. semimanufaturados de cobre.

Cobresul Metais Ltda. semimanufaturados de cobre. Cobresul Metais Ltda. semimanufaturados de cobre. A Cobresul Metais Ltda., afiliada e controlada pela Plasinco Empreendimentos Ltda. proprietária das empresas Plasinco Ltda, Plasinco Importação e Exportação

Leia mais

guia de instalação cisterna vertical

guia de instalação cisterna vertical guia de instalação cisterna vertical FORTLEV CARACTERÍSTICAS FUNÇÃO Armazenar água pluvial ou água potável à temperatura ambiente. APLICAÇÃO Residências, instalações comerciais, fazendas, escolas ou qualquer

Leia mais

SOLUÇÕES FORTLEV PARA CUIDAR DA ÁGUA

SOLUÇÕES FORTLEV PARA CUIDAR DA ÁGUA C A T Á L O G O T É C N I C O SOLUÇÕES FORTLEV PARA CUIDAR DA ÁGUA CAIXA D ÁGUA EM POLIETILENO MUITO MAIS TECNOLOGIA E VERSATILIDADE PARA CUIDAR DA ÁGUA A FORTLEV é a maior empresa produtora de soluções

Leia mais

MUITO MAIS TECNOLOGIA E VERSATILIDADE PARA CUIDAR DA ÁGUA

MUITO MAIS TECNOLOGIA E VERSATILIDADE PARA CUIDAR DA ÁGUA MUITO MAIS TECNOLOGIA E VERSATILIDADE PARA CUIDAR DA ÁGUA A FORTLEV é a maior empresa de soluções para armazenamento de água no Brasil. Campeã de vendas no seu segmento, garante a liderança no mercado

Leia mais

Cobresul Metais Ltda. Plasinco Empreendimentos Ltda.

Cobresul Metais Ltda. Plasinco Empreendimentos Ltda. A Cobresul Metais Ltda., afiliada e controlada pela Plasinco Empreendimentos Ltda. proprietária das empresas Plasinco Ltda, Plasinco Importação e Exportação S/A, e acionista da CBL Laminação Brasileira

Leia mais

MÓDULO 4 4.5 - PROCEDIMENTOS DE REPARO

MÓDULO 4 4.5 - PROCEDIMENTOS DE REPARO Normas Aplicáveis MÓDULO 4 4.5 - PROCEDIMENTOS DE REPARO - NBR 15.979 Sistemas para Distribuição de Água e Esgoto sob pressão Tubos de polietileno PE 80 e PE 100 Procedimentos de Reparo - NBR 14.461 Sistemas

Leia mais

Power Pipe Line. Redes de Ar Comprimido

Power Pipe Line. Redes de Ar Comprimido Power Pipe Line Redes de Ar Comprimido Power Pipe Line - PPL - é um novo sistema de tubulação de encaixe rápido projetado para todo tipo de planta de ar comprimido, bem como para outros fluidos, gases

Leia mais

Apresentação. Apresentação. ltda. PABX: (31) 2535.7762

Apresentação. Apresentação. ltda. PABX: (31) 2535.7762 Apresentação Apresentação Fundada em 2003, a Masterfer é, hoje, uma renomada fornecedora de produtos para saneamento. Prima por possuir um atendimento de forma única e objetiva, o que a credencia apresentar

Leia mais

A t é 5 0 0 m m c a- TUPY OU SIMILAR/ CLASSE 10- ISO R-7 ABNT PO14 DIN 2999 (BSP)

A t é 5 0 0 m m c a- TUPY OU SIMILAR/ CLASSE 10- ISO R-7 ABNT PO14 DIN 2999 (BSP) GÁS COMBUSTÍVEL 9 --------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------- 9. GÁS COMBUSTÍVEL Todos os materiais e forma de instalação

Leia mais

Geotigre 1. CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS: Função: Exploração de águas subterrâneas em poços tubulares profundos;

Geotigre 1. CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS: Função: Exploração de águas subterrâneas em poços tubulares profundos; Geotigre Localização no Website Tigre: Obra Predial Poços GEOTIGRE Função: Exploração de águas subterrâneas em poços tubulares profundos; Aplicações: Completação de poços tubulares totalmente ou parcialmente

Leia mais

Sistema Enterrado de Combate a Incêndio com Tubulações e Conexões de PP-R TECNOLOGIA APLICADA NA EXECUÇÃO DE INSTALAÇÕES

Sistema Enterrado de Combate a Incêndio com Tubulações e Conexões de PP-R TECNOLOGIA APLICADA NA EXECUÇÃO DE INSTALAÇÕES Sistema Enterrado de Combate a Incêndio com Tubulações e Conexões de PP-R TECNOLOGIA APLICADA NA EXECUÇÃO DE INSTALAÇÕES SISTEMA ENTERRADO DE COMBATE A INCÊNDIO COM TUBULAÇÕES E CONEXÕES DE PP-R O Sistema

Leia mais

PROJETO EXECUTIVO MEMORIAL DESCRITIVO

PROJETO EXECUTIVO MEMORIAL DESCRITIVO PROJETO EXECUTIVO MEMORIAL DESCRITIVO DAS INSTALAÇÕES HIDRÁULICAS DO RESTAURANTE E VESTIÁRIOS Rev. 0: 09/01/13 1. INTRODUÇÃO Este memorial visa descrever os serviços e especificar os materiais do projeto

Leia mais

Sistema de condução para redes de ar comprimido, com união por termofusão. A revolução em sistema de condução para redes de ar comprimido

Sistema de condução para redes de ar comprimido, com união por termofusão. A revolução em sistema de condução para redes de ar comprimido Sistema de condução para redes de ar comprimido, com união por termofusão. A revolução em sistema de condução para redes de ar comprimido MEMBRO A tecnologia e segurança do PP-R, agora também para redes

Leia mais

MANUAL TÉCNICO Amanco PBAfort

MANUAL TÉCNICO Amanco PBAfort Amanco PBAfort Os tubos Amanco PBAfort constituem a linha em PVC rígido utilizada na construção de redes enterradas para condução de água. São resistentes à corrosão tanto em relação à água transportada

Leia mais

Caixa d água Brasilit

Caixa d água Brasilit Caixa d água Brasilit Catálogo Técnico TECNOLOGIA CRFS: CIMENTO REFORÇADO COM FIO SINTÉTICO. A ALTERNATIVA SEGURA DA BRASILIT PARA A SUBSTITUIÇÃO DEFINITIVA DO AMIANTO. Seguindo uma tendência mundial,

Leia mais

E-mail: vendas@bratal.com.br

E-mail: vendas@bratal.com.br CENTRAL DE VENDAS Consulte-nos pelo fone/fax : (19) 341.0081 E-mail: vendas@bratal.com.br 603 - Tubos 01 ESCOLHA ADEQUADA DA TUBULAÇÃO.... 1 DIAGRAMA TEÓRICO PARA CÁLCULO DE TUBULAÇÕES...........................

Leia mais

INFORMATIVO TÉCNICO BRASAGEM DOS PASSADORES DE COMPRESSORES 1 - INTRODUÇÃO 2 - BRASAGEM OXIACETILÊNICA

INFORMATIVO TÉCNICO BRASAGEM DOS PASSADORES DE COMPRESSORES 1 - INTRODUÇÃO 2 - BRASAGEM OXIACETILÊNICA 1 - INTRODUÇÃO A brasagem de tubos é uma etapa que faz parte do procedimento de instalação de compressores em novos produtos ou do procedimento de troca de compressores quando da manutenção de um sistema

Leia mais

CONEXÕES PARA ÁGUA FRIA EM PVC

CONEXÕES PARA ÁGUA FRIA EM PVC CONEXÕES PARA ÁGUA FRIA EM PVC Tubos e Conexões de PVC, para Água Fria, com Junta Soldável Norma Regulamentadora: ABNT NBR 5648 / jan 1999. Campo de Aplicação: Sistemas Prediais, condominiais e pequenas

Leia mais

Conectores / Adaptadores

Conectores / Adaptadores Conectores / Adaptadores Rev.10 1/20 ÍNDICE CONECTORES/ADAPTADORES PARA SOLDA CBW CFSW CW LBW LW TSW UDS UFSW UMSW USW TÓPICO PÁGINAS CBW CONECTOR PARA SOLDA DE TOPO 4 CFSW CONECTOR FÊMEA PARA SOLDA DE

Leia mais

GeoTigre. Características Técnicas. Função e Aplicação. Benefícios. Irrigação GeoTigre

GeoTigre. Características Técnicas. Função e Aplicação. Benefícios. Irrigação GeoTigre Seguindo sua tradição de suprir os setores de recursos hídricos e saneamento com soluções técnicas e econômicas, a TIGRE disponibiliza no mercado a linha, filtros e tubos de revestimento para poços tubulares

Leia mais

Placostil - Wall Paredes

Placostil - Wall Paredes 0 0 Placostil - Wall Paredes Conceitos Sistema Placostil Wall Paredes É um sistema de paredes de vedações internas constituídas por uma estrutura metálica de chapa de aço galvanizado, sobre a qual se aparafusam,

Leia mais

TUBOS DE PROTEÇÃO TUBOS DE PROTEÇÃO

TUBOS DE PROTEÇÃO TUBOS DE PROTEÇÃO TUBOS METÁLICOS São feitos em metal (normalmente aço inox), fechado em uma das extremidades através de solda ou caldeamento, e, quase sempre rosqueado na outra parte e fixo ao. TUBOS CERÂMICOS São muito

Leia mais

A GAMA COMPLETA DE ISOLAMENTO PARA UMA POUPANÇA EFECTIVA DE ENERGIA

A GAMA COMPLETA DE ISOLAMENTO PARA UMA POUPANÇA EFECTIVA DE ENERGIA A GAMA COMPLETA DE ISOLAMENTO PARA UMA POUPANÇA EFECTIVA DE ENERGIA Tubolit O sistema de isolamento robusto e fiável para reduzir as perdas de calor em tubagens de aquecimento e fornecimento de água. Tubolit

Leia mais

Mantas de PVC. Sistemas especiais para impermeabilização de estruturas e coberturas industriais

Mantas de PVC. Sistemas especiais para impermeabilização de estruturas e coberturas industriais Sistemas especiais para impermeabilização de estruturas e coberturas industriais Sistemas de Manta de PVC Soluções completas para impermeabilização A MC-BAUCHEMIE apresenta ao mercado da construção um

Leia mais

Resistente à altas pressões hidrostáticas, tanto positivas quanto negativas; Não altera a potabilidade da água, sendo atóxico e inodoro;

Resistente à altas pressões hidrostáticas, tanto positivas quanto negativas; Não altera a potabilidade da água, sendo atóxico e inodoro; VIAPLUS BRANCO 1. Descrição Revestimento impermeabilizante, semiflexível, bicomponente (A+B), à base de cimentos especiais, aditivos minerais e polímeros de excelentes características impermeabilizantes.

Leia mais

NPT 029 COMERCIALIZAÇÃO, DISTRIBUIÇÃO E UTILIZAÇÃO DE GÁS NATURAL

NPT 029 COMERCIALIZAÇÃO, DISTRIBUIÇÃO E UTILIZAÇÃO DE GÁS NATURAL Outubro 2011 Vigência: 08 Janeiro 2012 NPT 029 Comercialização, distribuição e utilização de gás natural CORPO DE BOMBEIROS BM/7 Versão: 01 Norma de Procedimento Técnico 5 páginas SUMÁRIO 1 Objetivo 2

Leia mais

Centro de Suporte Técnico 0800 015 1500 projetos@valemam.com.br Canaletas de Alumínio - Linha Frog CONTEÚDOS 1. Linha 2. Acessórios de acabamento 3. Acessórios complementares 4. Suporte para Equipamentos

Leia mais

SOLUÇÕES FORTLEV PARA CUIDAR DA ÁGUA

SOLUÇÕES FORTLEV PARA CUIDAR DA ÁGUA C A T Á L O G O T É C N I C O SOLUÇÕES FORTLEV PARA CUIDAR DA ÁGUA FILTRO PARA CAIXA D ÁGUA MUITO MAIS TECNOLOGIA E VERSATILIDADE PARA CUIDAR DA ÁGUA A FORTLEV é a maior empresa produtora de soluções para

Leia mais

Normas Atendidas. Tubos de aço carbono, sem costura, trefilados a frio, para permutadores de calor ou condensadores.

Normas Atendidas. Tubos de aço carbono, sem costura, trefilados a frio, para permutadores de calor ou condensadores. 4 Empresa Certificada ISO 9001 Distribuição de Tubos em Aço Carbono Tubos sem Costura Tubos de aço sem costura são utilizados em aplicações como cilindros hidráulicos, componentes de transmissão, oleodutos,

Leia mais

Soluções Amanco. Linha Amanco Novafort

Soluções Amanco. Linha Amanco Novafort Linha Amanco Novafort Linha Amanco Novafort s o l u ç õ e s a m a n c o i n f r a e s t r u t u r a Linha Amanco Novafort para Redes Coletoras de Esgotos e Águas Pluviais para Infraestrutura A linha Amanco

Leia mais

Comparativo quantidade de operações / tipo operação / quantidade material

Comparativo quantidade de operações / tipo operação / quantidade material 1 Introdução 2 Objetivo do Estudo 3 otivação / Justificativa 4 etodologia 5 Visita Técnica (Case de Estudo) 6 ateriais 7 Análise de preservação do material 7.1 Armazenamento (desejos + realidade) (Norma

Leia mais

Gesso Acartonado CONCEITO

Gesso Acartonado CONCEITO CONCEITO As paredes de gesso acartonado ou Drywall, são destinados a dividir espaços internos de uma mesma unidade. O painel é composto por um miolo de gesso revestido por um cartão especial, usado na

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO CHAPAS DE POLICARBONATO ALVEOLARES

MANUAL DE INSTALAÇÃO CHAPAS DE POLICARBONATO ALVEOLARES MANUAL DE INSTALAÇÃO CHAPAS DE POLICARBONATO ALVEOLARES CHAPAS DE POLICARBONATO ALVEOLARES As chapas de policarbonato alveolares, possuem em um dos lados, tratamento contra o ataque dos raios ultravioletas,

Leia mais

Memorial de Projeto: Instalações Hidráulicas

Memorial de Projeto: Instalações Hidráulicas Pág. 1 Memorial de Projeto: Instalações Hidráulicas Cliente: Unidade: Assunto: Banco de Brasília - BRB Agência SHS Novas Instalações Código do Projeto: 1641-11 Pág. 2 Índice 1. Memorial Descritivo da Obra...3

Leia mais

Primeira Edição. Manual Técnico

Primeira Edição. Manual Técnico Primeira Edição Manual Técnico 1 Índice 2 3 4 A maior experiência em sistemas para condução de gás da América Latina. O Sistema de tubulação flexível para condução de gás, com montagem mais rápida, simples

Leia mais

Recomendações para instalação de rede interna e de equipamentos a gás.

Recomendações para instalação de rede interna e de equipamentos a gás. Recomendações para instalação de rede interna e de equipamentos a gás. USO DE GÁS NATURAL CANALIZADO NORMAS E LEGISLAÇÃO: ABNT NBR 14570 ABNT NBR 13103 COSCIP código de segurança - decreto estadual nº

Leia mais

Manual do produto coletor solar. MC Evolution MC Evolution Pro. Coletor solar MC Evolution 1

Manual do produto coletor solar. MC Evolution MC Evolution Pro. Coletor solar MC Evolution 1 Manual do produto coletor solar MC MC Pro Coletor solar MC 1 Índice 1. Indicações / Recomendações de segurança... 4 1.1 Perigo no caso de trabalhos sobre telhado... 4 1.2 Instalação... 4 1.3 Perigo de

Leia mais

Desenho e Projeto de Tubulação Industrial

Desenho e Projeto de Tubulação Industrial Desenho e Projeto de Tubulação Industrial Módulo IV Aula 04 Isolamento térmico AQUECIMENTO DE TUBULAÇÕES Motivos Manter em condições de escoamento líquidos de alta viscosidade ou materiais que sejam sólidos

Leia mais

isto é Magnet! 50 anos priorizando a qualidade,

isto é Magnet! 50 anos priorizando a qualidade, Catálogo 2012 50 anos priorizando a qualidade, isto é Magnet! Em 2012, a Magnet completa 50 anos de atividades, história que começou com a sua fundação, em 1962, na cidade de São Paulo, com uma produção,

Leia mais

5. Limitações: A argamassa Matrix Assentamento Estrutural não deve ser utilizada para assentamento de blocos silicocalcário;

5. Limitações: A argamassa Matrix Assentamento Estrutural não deve ser utilizada para assentamento de blocos silicocalcário; A argamassa Matrix Assentamento Estrutural é uma mistura homogênea de cimento Portland, agregados minerais com granulometria controlada e aditivos químicos. 3. Indicação: Excelente para assentamento de

Leia mais

Caixa de Inspeção e Interligação

Caixa de Inspeção e Interligação Caixa de Inspeção e Interligação Localização no website Tigre: Obra predial Esgoto CAIXA DE INSPEÇÃO e/ou Obra predial Águas Pluviais CAIXA DE INTERLIGAÇÃO Função/Aplicação: Caixa de Inspeção: destinada

Leia mais

MANUAL TÉCNICO Amanco Ductilfort Desenho e Dimensões

MANUAL TÉCNICO Amanco Ductilfort Desenho e Dimensões Amanco Ductilfort Desenho e Dimensões Os tubos Amanco Ductilfort são uma linha em PVC dúctil utilizada na construção de redes para condução de água. Perfeitamente intercambiáveis às tubulações de ferro

Leia mais

CATÁLOGO DE PRODUTOS

CATÁLOGO DE PRODUTOS CATÁLOGO DE PRODUTOS A PLASTUBOS é uma empresa do Grupo Empresarial DVG, especializada na produção de tubos rígidos e conexões de PVC para água e esgoto predial, infra-estrutura, irrigação e eletricidade.

Leia mais

Aprova Alterações na Norma Técnica nº 005/2000-CBMDF, sobre a Central Predial de Gás Liqüefeito de Petróleo do Distrito Federal, que especificam.

Aprova Alterações na Norma Técnica nº 005/2000-CBMDF, sobre a Central Predial de Gás Liqüefeito de Petróleo do Distrito Federal, que especificam. DODF Nº 237 de 14 de dezembro de 2000. CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DO DISTRITO FEDERAL PORTARIA Nº 68/2002-CBMDF, DE 27 DE DEZEMBRO DE 2002 Aprova Alterações na Norma Técnica nº 005/2000-CBMDF, sobre a

Leia mais

POLICARBONATO COMPACTO

POLICARBONATO COMPACTO POLICARBONATO COMPACTO Chapa em policarbonato compacto, com tratamento em um dos lados contra o ataque dos raios ultravioleta (garantia de 10 anos contra amarelamento). Por sua alta transparência, a chapa

Leia mais

Viaplus 7000 Revestimento Impermeabilizante Cimentício Flexível com Fibras Sintéticas

Viaplus 7000 Revestimento Impermeabilizante Cimentício Flexível com Fibras Sintéticas Ficha Técnica de Produto Versão 20-08-2015 Viaplus 7000 1 /5 Viaplus 7000 Revestimento Impermeabilizante Cimentício Flexível com Fibras Sintéticas 1. Descrição Revestimento impermeabilizante, flexível,

Leia mais

INSTALAÇÕES HIDRO-SANITÁRIAS

INSTALAÇÕES HIDRO-SANITÁRIAS INSTALAÇÕES HIDRO-SANITÁRIAS Prof. MSc. Eng. Eduardo Henrique da Cunha Engenharia Civil 8º Período Turma C01 Disc. Construção Civil II ÁGUA QUENTE 1 UTILIZAÇÃO Banho Especiais Cozinha Lavanderia INSTALAÇÕES

Leia mais

Fabrico tubo inox FÁBRICA DE TUBOS E PERFIS, S.A. TEL: 234600890 FAX: 234600899 3750-753 TRAVASSÔ ÁGUEDA PORTUGAL. - GSP Junho 2009 1/58

Fabrico tubo inox FÁBRICA DE TUBOS E PERFIS, S.A. TEL: 234600890 FAX: 234600899 3750-753 TRAVASSÔ ÁGUEDA PORTUGAL. - GSP Junho 2009 1/58 Tubos de Aço Inox - GSP Junho 2009 1/58 Apresentação dos produtos Qualidade de aço inox standard AISI 304 (DIN 14301) e AISI 316 (DIN 14401) ou outros por encomenda. Formatos: redondo, oval, quadrado e

Leia mais

10. 12. 13. 14. 15. 16. 17. 18. 19. 20. 22. 23. 24. 25. 28. 31.

10. 12. 13. 14. 15. 16. 17. 18. 19. 20. 22. 23. 24. 25. 28. 31. Oitava Edição 6. 8. 9. 10. 12. 13. 14. 15. 16. 17. 18. 19. 20. 22. 23. 24. 25. 28. 31. Características do Sistema. Descrição Técnica e aprovações. Vantagens do Sistema. União por Termofusão. Tabelas complementares.

Leia mais

Soluções FORTLEV para a Sua Obra

Soluções FORTLEV para a Sua Obra Soluções FORTLEV para a Sua Obra 1 2 3 6 9 8 7 5 Soluções para Cuidar da Água 1. Caixa de Polietileno FORTLEV 2. Tanque Fortplus FORTLEV 3. Filtro de Entrada FORTLEV Soluções para Cuidar do Meio Ambiente

Leia mais

Internacional SOLUTIONS

Internacional SOLUTIONS Internacional SOLUTIONS SILICONE NEUTRO Silicone neutro Impermeabilizante de uso profissional. Inodoro e com fungicida. ADERE EM: Madeira, concreto, tijolo, vidro, PVC, plástico, alumínio, etc. APLICAÇÃO:

Leia mais

V Á L V U L A S. MANIFOLD Série 2700 LAMINADO

V Á L V U L A S. MANIFOLD Série 2700 LAMINADO V Á L V U L A S MANIFOLD Série 2700 LAMINADO Índice Informações gerais... 02 Manifold de 2 vias... 04 Manifold de 3 vias... 09 Manifold de 5 vias... 12 Suporte... 15 1 As modernas válvulas Manifold Série

Leia mais

Desenho e Projeto de Tubulação Industrial Nível II

Desenho e Projeto de Tubulação Industrial Nível II Desenho e Projeto de Tubulação Industrial Nível II Módulo V Aula 08 1. Introdução A proteção contra incêndio abrange o transporte e uso de materiais tais como espuma, dióxido de carbono (CO 2 ), produtos

Leia mais

Manutenção, temperatura da água, conexões e facilidade de instalar definem qual o melhor tubo para cada uso

Manutenção, temperatura da água, conexões e facilidade de instalar definem qual o melhor tubo para cada uso Como escolher as tubulações Manutenção, temperatura da água, conexões e facilidade de instalar definem qual o melhor tubo para cada uso As instalações hidráulicas abrangem não apenas as redes de abastecimento

Leia mais

ÍNDICE. 11. Instalação do CONTROLADOR ELETRO ELETRÔNICO E SENSORES...31. 13. Capa TÉRMICA...33

ÍNDICE. 11. Instalação do CONTROLADOR ELETRO ELETRÔNICO E SENSORES...31. 13. Capa TÉRMICA...33 ÍNDICE 1. PRODUTO SORIA...04 2. ALGUMAS VANTAGENS...05 3. PRODUTO SORIA...06 4. ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS...07 5. KIT DE INSTALAÇÃO...08 6. ACESSÓRIOS...09 7. DIMENSIONAMENTO DOS COLETORES...10 8. Dimensionamento

Leia mais

CONTEÚDO: Capítulo 4. Válvulas Industriais. Email: vendas@jefferson.ind.br Fone: 016 3622-5744/3622-9851 Site: www.jefferson.ind.

CONTEÚDO: Capítulo 4. Válvulas Industriais. Email: vendas@jefferson.ind.br Fone: 016 3622-5744/3622-9851 Site: www.jefferson.ind. CONTEÚDO: Capítulo 4 Válvulas Industriais Email: vendas@jefferson.ind.br Fone: 016 3622-5744/3622-9851 Site: 1 VÁLVULAS DEFINIÇÃO: DISPOSITIVOS DESTINADOS A ESTABELECER, CONTROLAR E INTERROMPER O FLUXO

Leia mais

Dados Técnicos Sobre Tubos

Dados Técnicos Sobre Tubos www.swagelok.com Dados Técnicos Sobre Tubos Índice Serviço de Gás.......................... 2 Instalação.............................. 2 Tabelas de Pressão de Trabalho Sugeridas Tubos em Aço Carbono.....................

Leia mais

Eletroduto de PVC Rígido Roscável

Eletroduto de PVC Rígido Roscável Eletroduto de PVC Rígido Roscável Localização no Website TIGRE: Obra Predial Eletricidade Eletroduto roscável Função: Proteção mecânica para instalações elétricas embutidas. Aplicação: instalações elétricas

Leia mais

Conexões para união de tubos de cobre por soldagem ou brasagem capilar - Requisitos

Conexões para união de tubos de cobre por soldagem ou brasagem capilar - Requisitos ABRIL/2010 Conexões para união de tubos de cobre por soldagem ou brasagem capilar - Requisitos APRESENTAÇÃO 1) Este 1º Projeto de Revisão foi elaborado pela Comissão de Estudo de Tubos e Conexões de Cobre

Leia mais

Manual Técnico. Linha Amanco Gás

Manual Técnico. Linha Amanco Gás Manual Técnico Linha Mexichem Brasil A Mexichem Brasil é a subsidiária brasileira do Grupo Mexichem, com atuação nos setores de tubos e conexões e de geotêxteis nãotecido e detentora das marcas comerciais

Leia mais

Componentes para telhas Brasilit

Componentes para telhas Brasilit Componentes para telhas Brasilit Selamax Selante Selante elástico para elástico colagem para e vedação colagem e vedação SolarMaxxi Manta impermeável, térmica e acústica LitFoil e LitFoil Plus Mantas térmicas

Leia mais

O bom funcionamento de um Grupo Gerador depende fundamentalmente de sua instalação.

O bom funcionamento de um Grupo Gerador depende fundamentalmente de sua instalação. INSTALAÇÃO DE GRUPO MOTOR GERADOR INTRODUÇÃO O bom funcionamento de um Grupo Gerador depende fundamentalmente de sua instalação. Se o Grupo Gerador for instalado dentro dos parâmetros recomendados e se

Leia mais

Tubagens e Acessórios

Tubagens e Acessórios Tubagens e Acessórios Tubo Multicapa e Acessórios 7 Tubo Pex e Acessórios 17 Tubo PPR e Acessórios 26 Tubo Cobre e Acessórios 33 Tubo Inox e Acessórios 59 Tubo PVC e Acessórios 69 Tubo Polietileno e Acessórios

Leia mais

VEDAPREN cobre a estrutura com uma membrana impermeável e elástica.

VEDAPREN cobre a estrutura com uma membrana impermeável e elástica. Descrição VEDAPREN cobre a estrutura com uma membrana impermeável e elástica. Características Densidade: 1,02 g/cm 3 Aparência: Cor preta Composição básica: emulsão asfáltica modificada com elastômeros

Leia mais

Instruções de montagem

Instruções de montagem Instruções de montagem Indicações importantes relativas às instruções de montagem VOSS O desempenho e a segurança mais elevados possíveis no funcionamento dos produtos VOSS só serão obtidos se forem cumpridas

Leia mais

membrana impermeabilizante

membrana impermeabilizante 01 Descrição: votomassa é uma impermeável flexível e antifissura resistente a cargas, que dispensa o uso de telas, para aplicação em diversos substratos. 02 Classificação técnica: ANTES Hydro Ban votomassa

Leia mais

Sprinklers, Válvulas e Acessórios

Sprinklers, Válvulas e Acessórios A Argus é uma empresa brasileira, especializada em segurança e proteção contra incêndio, com sede em Vinhedo/SP. Embora nova, a Argus é uma empresa com muita experiência. Seus sócios em conjunto somam

Leia mais

E-mail: vendas@unicompbrasil.com.br Site: www.unicompbrasil.com.br

E-mail: vendas@unicompbrasil.com.br Site: www.unicompbrasil.com.br UNICOMP COM. DE EQUIPAMENTOS PNEUMÁTICOS LTDA. Rua Leopoldo de Passos Lima, 238 Jardim Santa Fé. CEP.: 05271-000 São Paulo SP. Telefones: (11) 3911-4665 / 4682 E-mail: vendas@unicompbrasil.com.br Site:

Leia mais

Manual de instruções LINHA. Ar puro como sempre deve estar

Manual de instruções LINHA. Ar puro como sempre deve estar Manual de instruções LINHA Ar puro como sempre deve estar Sistema em PPR para Ar Comprimido Normas e Certificados O Sistema AirKap é produzido em material inerte e resistente à corrosão e por ter uma superfície

Leia mais

Sika Manta PS Tipo II 3mm Alumínio. Manta asfáltica com acabamento em alumínio para impermeabilização. 10 metros 1 metro. 3 mm.

Sika Manta PS Tipo II 3mm Alumínio. Manta asfáltica com acabamento em alumínio para impermeabilização. 10 metros 1 metro. 3 mm. Ficha do Produto Edição 16/09/2015 Sika Manta PS Tipo II 3mm Alumínio Manta asfáltica com acabamento em alumínio para impermeabilização. Descrição do Produto Sika Manta PS Tipo II 3mm Alumínio é uma manta

Leia mais

MATERIAIS BÁSICOS PARA INSTALAÇÕES ELÉTRICAS

MATERIAIS BÁSICOS PARA INSTALAÇÕES ELÉTRICAS IFSC- JOINVILLE SANTA CATARINA DISCIPLINA DESENHO TÉCNICO CURSO ELETRO-ELETRÔNICA MATERIAIS BÁSICOS PARA INSTALAÇÕES ELÉTRICAS 2011.2 Prof. Roberto Sales. MATERIAIS BÁSICOS PARA INSTALAÇÕES ELÉTRICAS A

Leia mais

Técnicas da Construção Civil. Aula 02

Técnicas da Construção Civil. Aula 02 Técnicas da Construção Civil Aula 02 Necessidades do cliente e tipos de Estruturas Taciana Nunes Arquiteta e Urbanista Necessidades do Cliente Função ou tipo de edificação? Como e quanto o cliente quer

Leia mais

Grupo 30.24 - Material hidráulico

Grupo 30.24 - Material hidráulico O catálogo do grupo 30.24 contém as especificações de material hidráulico. Os itens que estão destacados com a mesma coloração significam que possuem a mesma descrição, no entanto, possuem diferentes unidades

Leia mais

SOLUÇÃO FORTLEV PARA ENGENHARIA

SOLUÇÃO FORTLEV PARA ENGENHARIA CATÁLOGO TÉCNICO SOLUÇÃO FORTLEV PARA ENGENHARIA TANQUES ESPECIAIS MUITO MAIS TECNOLOGIA E VERSATILIDADE PARA ARMAZENAR PRODUTOS ESPECIAIS. A FORTLEV é a maior empresa produtora de soluções para armazenamento

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO, ORÇAMENTO E PROJETO DO ACESSO PRINCIPAL E IDENTIFICAÇÃO DA UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE FRONTEIRA

MEMORIAL DESCRITIVO, ORÇAMENTO E PROJETO DO ACESSO PRINCIPAL E IDENTIFICAÇÃO DA UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE FRONTEIRA MEMORIAL DESCRITIVO, ORÇAMENTO E PROJETO DO ACESSO PRINCIPAL E IDENTIFICAÇÃO DA UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE FRONTEIRA Orçamento Unidade Básica de Saúde - Fronteira Estrutura para o acesso e identificação do

Leia mais

Unisalesiano Centro Universitário Católico Salesiano Auxilium Curso de Engenharia Civil. Construção Civil II. Impermeabilização. Prof. André L.

Unisalesiano Centro Universitário Católico Salesiano Auxilium Curso de Engenharia Civil. Construção Civil II. Impermeabilização. Prof. André L. Unisalesiano Centro Universitário Católico Salesiano Auxilium Curso de Engenharia Civil Construção Civil II Impermeabilização Prof. André L. Gamino Normalização ABNT: Termos Gerais NBR 9575 (2010): Impermeabilização

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO DE BATENTES E PORTAS CORTA-FOGO

MANUAL DE INSTALAÇÃO DE BATENTES E PORTAS CORTA-FOGO INSTALAÇÃO DOS BATENTES A instalação dos batentes é simples porém, são necessários alguns cuidados básicos para obter uma porta em perfeitas condições: Para a fixação do batente, levantam-se as grapas

Leia mais

Portaria n.º 114, de 14 de março de 2014. CONSULTA PÚBLICA

Portaria n.º 114, de 14 de março de 2014. CONSULTA PÚBLICA Serviço Público Federal MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, QUALIDADE E TECNOLOGIA-INMETRO Portaria n.º 114, de 14 de março de 2014. CONSULTA

Leia mais

Portfólio de Produtos

Portfólio de Produtos www.isorecort.com.br Portfólio de Produtos Faça o download de um leitor de QR Code na loja virtual do seu celular ou tablet e baixe nosso catálogo. Qualidade em suas Diversas Formas Qualidade Quando o

Leia mais

Características de Isolamento

Características de Isolamento CONSTRUÇÃO CIVIL - COBERTURAS E FECHAMENTOS Características de Isolamento EPS (poliestireno expandido) O EPS é um plástico celular rígido, resultante da expansão do estireno com o auxílio de vapor d água.

Leia mais

CONE CONCÊNTRICO E ANEL DE CONCRETO PARA POÇOS DE VISITA E DE INSPEÇÃO

CONE CONCÊNTRICO E ANEL DE CONCRETO PARA POÇOS DE VISITA E DE INSPEÇÃO CONE CONCÊNTRICO E ANEL DE CONCRETO PARA POÇOS DE VISITA E DE INSPEÇÃO ETM 006 VERSÃO 02 Jundiaí 2015 ETM Especificação Técnica de Material CONE CONCÊNTRICO E ANEL DE CONCRETO PARA POÇOS DE VISITA E DE

Leia mais