MEDICINA NUCLEAR Lidia Vasconcellos de Sá 2011

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MEDICINA NUCLEAR Lidia Vasconcellos de Sá 2011"

Transcrição

1 MEDICINA NUCLEAR Lidia Vasconcellos de Sá 2011

2 APLICAÇÕES NA ÁREA MÉDICA RADIODIAGNÓSTICO RADIOTERAPIA MEDICINA NUCLEAR

3 USO DE FONTES DE RADIAÇÃO NA ÁREA MÉDICA RAIOS-X DIAGNÓSTICO: equipamentos emissores RADIOTERAPIA: equipamentos emissores e fontes seladas MEDICINA NUCLEAR: fontes não seladas

4 MEDICINA NUCLEAR Medicina Nuclear: especialidade médica que utiliza substâncias radioativas, também denominadas radiofármacos, na forma de fontes não seladas, para administração a pacientes in vivo ou uso por técnicas in vitro com finalidade diagnóstica ou terapêutica. Serviço de Medicina Nuclear: instalação médica específica para aplicação de radiofármacos em pacientes com propósitos diagnósticos e/ou terapêuticos. Radiofármaco + fármaco + radionuclídeo

5 MEDICINA NUCLEAR TRATAMENTO RADIOTERÁPICO IODOTERAPIA TUMORES NEUROENDÓCRINOS INFLAMAÇÕES, DORES ÓSSEAS DIAGNÓSTICO GAMACÂMARAS PLANARES GAMACÂMARAS TOMOGRÁFICAS POR FÓTON ÚNICO - SPECT GAMACÂMARAS TOMOGRÁFICAS POR COINCIDÊNCIA PET FUSÃO DE IMAGENS COM CT E MRI

6 MEDICINA NUCLEAR Serviços de Medicina Nuclear REGIÃO NORTE 1% REGIÃO NORDESTE 16% REGIÃO CENTRO 7% REGIÃO SUL 16% REGIÃO SUDESTE 59% Total ~340 Instalações

7 INSTALAÇÕES DE MEDICINA NUCLEAR Total: ~ 340 instalações no país Quartos Terapêuticos: ~ 90 ( 131 I, 177 Lu) SMN com Tomografia por emissão de fóton único SPECT: ~ 300 SMN com Tomografia por emissão de pósitron PET: ~ 50 em operação SMN com Cíclotron para produção de radiofármacos: ~ 10 em operação Cíclotrons da CNEN IPEN(2), IEN(2), CDTN(1), CRCN-NE(1)

8 MEDICINA NUCLEAR DIAGNÓSTICO TERAPIA INSTRUMENTAÇÃO TIPOS/APLICAÇÕES CONTROLES RADIOFÁRMACO PRODUÇÃO ESPECIFICIDADE CONTROLE DE QUALIDADE DOSE PROTEÇÃO RADIOLÓGICA PACIENTES IOE PÚBLICO

9 Radionuclídeos para MN moderna Radionuclídeos para diagnóstico Para SPECT emissores ( kev) 99m Tc, 123 I, 201 Tl Para PET Emissores β + 11 C, 13 N, 15 O, 18 F Radionuclídeos para terapia (in-vivo) emissores β - ( 67 Cu, 90 Y, 131 I, 153 Sm, 177 Lu) emissores α ( 212 Bi, 211 At, 223 Ra ) emissores de elétron Auger ( 51 Cr, 75 Se, 77 Br, 125 I )

10 IMAGENS EM MEDICINA NUCLEAR Imagens detectam as propriedades funcionais do tecido humano. A imagem é feita pelo acompanhamento da distribuição do radiofármaco (traçador) no corpo com uma gamacâmara.

11 CINTILOGRAFIA ÓSSEA

12 VARREDURA DA TIREÓIDE

13 CINTILOGRAFIA DA TIREÓIDE

14 FLUXO CEREBRAL Normal Doença de ALZHEIMER

15 FUNÇÃO RENAL ( 99m Tc-DMSA)

16 PERFUSÃO DO MIOCÁRDIO ESTRESSE REPOUSO

17 IMAGEM MULTIMODAL PET CT SPECT/CT PET/MRI

18 RADIOFÁRMACOS MODOS DE PRODUÇÃO Por reator Por acelerador de partículas Por geradores

19 INFRA-ESTRUTURA PARA MARCAÇÃO Células de processamento

20 INSTRUMENTAÇÃO EM MEDICINA NUCLEAR Medidor de Atividade Medidores de Radiação Contadores de amostras Sistemas de Sonda simples e múltiplas Gamacâmara - Tomografia Computadorizada por emissão de fóton único (SPECT) - Tomografia por emissão de pósitron (PET)

21 PLANAR GAMACÂMARA SPECT 2 cabeças SPECT 1 cabeça

22 PET/CT GE Medical System Discovery LS Siemens/CT Biograph GE Medical System Discovery ST Philips/ADAC GEMINI

23 FUSÃO DE IMAGENS

24 LINHAS DE TRABALHO/PESQUISAS PROTEÇÃO RADIOLÓGICA OCUPACIONAL EM MN Avaliações para controle regulatório Impacto de novas tecnologias Simulações por Monte Carlo PROTEÇÃO DO PACIENTE Níveis de referência de diagnóstico Otimização de protocolos de diagnóstico Imagens Híbridas: PET/CT, SPECT/CT Dosimetria clínica Simulações por Monte Carlo PROTEÇÃO RADIOLÓGICA DO PÚBLICO E MEIO AMBIENTE Rejeitos e efluentes em MN associação com ambiental Dose em familiares e acompanhantes para novos radiofármacos Contaminação radioativa

25 LINHAS DE TRABALHO/PESQUISAS CONTROLE DE QUALIDADE PET/CT SPECT/CT CALIBRADOR DE DOSE SONDAS DE CAPTAÇÃO: Cirúrgica e Iodoterapia NOVOS DETECTORES

26 O FUTURO Métodos de Diagnóstico Novos radiofármacos baseados em emissores de pósitrons. Radiofármacos com alta especificidade. Programas de reconstrução de imagem mais rápidos e avançados que possibilitem aumentar a sensibilidade e especificidade do exame.

27 O FUTURO Métodos de Terapia Radiofármacos mais específicos Dosimetria individualizada Nanotecnologia

28 EVOLUÇÃO

29 OBRIGADA

Tomografia por Emissão de Pósitrons (PET-CT)

Tomografia por Emissão de Pósitrons (PET-CT) Universidade Federal do Rio Grande do Sul Instituto de Biociências Departamento de Biofísica Biofísica Biomédica III BIO10016 Tomografia por Emissão de Pósitrons (PET-CT) Franciele Giongo e Luíza Fortes

Leia mais

PROCEDIMENTOS DE MEDICINA NUCLEAR Princípios e Aplicações

PROCEDIMENTOS DE MEDICINA NUCLEAR Princípios e Aplicações PROCEDIMENTOS DE MEDICINA NUCLEAR Princípios e Aplicações VIII Encontro de Técnicos de Radiologia da Alta Noroeste Marco Antônio de Carvalho Físico Médico e Supervisor de Radioproteção em Medicina Nuclear

Leia mais

O estado da arte na produção de radiofármacos no Brasil

O estado da arte na produção de radiofármacos no Brasil O estado da arte na produção de radiofármacos no Brasil Jair Mengatti Diretor de Produtos e Serviços IPEN-CNEN/SP " XI ENAN 26 de novembro de 2013 Recife, Pernambuco Radiofármaco De acordo com a RDC nº

Leia mais

Licenciamento e Controle de Instalações Medicinas

Licenciamento e Controle de Instalações Medicinas Prática Medicina Nuclear Autorização para Construção / Autorização para Modificação Itens Importantes à Segurança (conforme Norma CNEN-NN-6.02) A Autorização para Construção /Modificação deverá ser solicitada

Leia mais

Tainá Olivieri Física Médica - UFRJ Supervisora de Proteção Radiológica em Medicina Nuclear CNEN Especialista em Radiodiagnóstico - ABFM Mestre em

Tainá Olivieri Física Médica - UFRJ Supervisora de Proteção Radiológica em Medicina Nuclear CNEN Especialista em Radiodiagnóstico - ABFM Mestre em Tainá Olivieri Física Médica - UFRJ Supervisora de Proteção Radiológica em Medicina Nuclear CNEN Especialista em Radiodiagnóstico - ABFM Mestre em Radioproteção em Dosimetria IRD/CNEN Quem é o (sico médico?

Leia mais

Tema: Uso do pet scan em pacientes portadores de câncer

Tema: Uso do pet scan em pacientes portadores de câncer Data: 27/11/2012 Nota Técnica 23/2012 Medicamento Material Procedimento X Cobertura Solicitante: Bruna Luísa Costa de Mendonça Assessora do Juiz da 2ª Vara Cível Numeração Única: 052512020931-3 Tema: Uso

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DO PET/CT NO DIAGNÓSTICO PRECOCE DO CÂNCER THE IMPORTANCE OF PET / CT DIAGNOSTIC EARLY CANCER

A IMPORTÂNCIA DO PET/CT NO DIAGNÓSTICO PRECOCE DO CÂNCER THE IMPORTANCE OF PET / CT DIAGNOSTIC EARLY CANCER Centro de Imagem e Saúde CIMAS São Paulo SP A IMPORTÂNCIA DO PET/CT NO DIAGNÓSTICO PRECOCE DO CÂNCER THE IMPORTANCE OF PET / CT DIAGNOSTIC EARLY CANCER Juliana Thaina Lopes Pinéo Fone: (85)8737-6812 Endereço:

Leia mais

IMPLANTAÇÃO DE UM BANCO DE DADOS DE PACIENTES DE MEDICINA NUCLEAR (DOSIMED)

IMPLANTAÇÃO DE UM BANCO DE DADOS DE PACIENTES DE MEDICINA NUCLEAR (DOSIMED) 2009 International Nuclear Atlantic Conference - INAC 2009 Rio de Janeiro,RJ, Brazil, September27 to October 2, 2009 ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ENERGIA NUCLEAR - ABEN ISBN: 978-85-99141-03-8 IMPLANTAÇÃO

Leia mais

Discussão do atual estágio de desenvolvimento tecnológico da produção de energia nuclear no país

Discussão do atual estágio de desenvolvimento tecnológico da produção de energia nuclear no país Discussão do atual estágio de desenvolvimento tecnológico da produção de energia nuclear no país José Soares Junior Presidente da SBBMN (Sociedade Brasileira de Biologia, Medicina Nuclear e Imagem Molecular)

Leia mais

Luciano Santa Rita Oliveira Mestre em Radioproteção e Dosimetria Tecnólogo em radiologia

Luciano Santa Rita Oliveira Mestre em Radioproteção e Dosimetria Tecnólogo em radiologia Luciano Santa Rita Oliveira Mestre em Radioproteção e Dosimetria Tecnólogo em radiologia www.lucianosantarita.pro.br tecnologo@lucianosantarita.pro.br Motivação Conceitos fundamentais sobre radioproteção

Leia mais

Data: 07/12/2012. Medicamento X Material Procedimento Cobertura. TEMA: Pet CT no câncer de colon e no câncer gástrico

Data: 07/12/2012. Medicamento X Material Procedimento Cobertura. TEMA: Pet CT no câncer de colon e no câncer gástrico NT 43/2012 Solicitante: Ilma Dra Jacqueline de Souza Toledo e Dutra Juíza de Direito do 2º JESP do Juizado Especial da Comarca de Pouso Alegre Numeração: 0162231-94.2012.8.13.0525 Data: 07/12/2012 Medicamento

Leia mais

ASPECTOS E AVANÇOS DO PROGRAMA DE INSPEÇÃO REGULATÓRIA EM SERVIÇOS DE MEDICINA NUCLEAR DO BRASIL

ASPECTOS E AVANÇOS DO PROGRAMA DE INSPEÇÃO REGULATÓRIA EM SERVIÇOS DE MEDICINA NUCLEAR DO BRASIL Carlos Eduardo Gonzalez Ribeiro Alves ASPECTOS E AVANÇOS DO PROGRAMA DE INSPEÇÃO REGULATÓRIA EM SERVIÇOS DE MEDICINA NUCLEAR DO BRASIL Dissertação de Mestrado INSTITUTO DE RADIOPROTEÇÃO E DOSIMETRIA Rio

Leia mais

Há momentos na vida em que os segundos parecem horas, principalmente quando o assunto é saúde. Por isso seriedade, qualidade e agilidade são

Há momentos na vida em que os segundos parecem horas, principalmente quando o assunto é saúde. Por isso seriedade, qualidade e agilidade são Há momentos na vida em que os segundos parecem horas, principalmente quando o assunto é saúde. Por isso seriedade, qualidade e agilidade são fundamentais no processo de um laboratório, levando até cada

Leia mais

Comissão Nacional de Energia Nuclear Segurança nos Institutos da CNEN

Comissão Nacional de Energia Nuclear Segurança nos Institutos da CNEN Comissão Nacional de Energia Nuclear Segurança nos Institutos da CNEN Jose Augusto Perrotta Diretoria de Pesquisa e Desenvolvimento DPD/CNEN Tópicos abordados nesta apresentação Institutos da CNEN Principais

Leia mais

Resolução CFBM Nº 234 DE 05/12/2013

Resolução CFBM Nº 234 DE 05/12/2013 Resolução CFBM Nº 234 DE 05/12/2013 Publicado no DO em 19 dez 2013 Dispõe sobre as atribuições do biomédico habilitado na área de imagenologia, radiologia, biofísica, instrumentação médica que compõe o

Leia mais

Sérgio Altino de Almeida

Sérgio Altino de Almeida Project and Uses of PET Scan LAS ANS SYMPOSIUM 2005 Sérgio Altino de Almeida Hospital Samaritano - Clínica Radiológica Luiz Felippe Mattoso Rio de Janeiro - Junho - 2005 Geração e Interpretação das Imagens

Leia mais

Cintilografia Cerebral LARYSSA MARINNA RESIDENTE DE ENFERMAGEM EM NEONATOLOGIA

Cintilografia Cerebral LARYSSA MARINNA RESIDENTE DE ENFERMAGEM EM NEONATOLOGIA Cintilografia Cerebral LARYSSA MARINNA RESIDENTE DE ENFERMAGEM EM NEONATOLOGIA A cintilografia tomográfica da perfusão cerebral (SPECT) detecta alterações da perfusão sanguínea cerebral inclusive na ausência

Leia mais

CONTROLE DE QUALIDADE DE IMAGEM EM TOMOGRAFIA POR EMISSÃO DE PÓSITRONS. Lidia Vasconcellos de Sá

CONTROLE DE QUALIDADE DE IMAGEM EM TOMOGRAFIA POR EMISSÃO DE PÓSITRONS. Lidia Vasconcellos de Sá COPPE/UFRJ CONTROLE DE QUALIDADE DE IMAGEM EM TOMOGRAFIA POR EMISSÃO DE PÓSITRONS Lidia Vasconcellos de Sá Tese de Doutorado apresentada ao Programa de Engenharia Nuclear, COPPE, da Universidade Federal

Leia mais

Princípio de radiotraçador Observação não invasiva de processos fisiológicos

Princípio de radiotraçador Observação não invasiva de processos fisiológicos Exame de diagnóstico II: Técnicas Cintilográficas Princípio de radiotraçador Observação não invasiva de processos fisiológicos Algumas datas marcantes na história da Medicina Nuclear 1896 - Descobrimento

Leia mais

No caso de alimentos, a irradiação é realizada para retardar o apodrecimento, principalmente no caso de frutos, para inibir brotamento,

No caso de alimentos, a irradiação é realizada para retardar o apodrecimento, principalmente no caso de frutos, para inibir brotamento, 7 1. INTRODUÇÃO Poucas áreas da ciência tiveram um desenvolvimento tão rápido e um campo de aplicação tão abrangente quanto ao da energia nuclear. Aplicações que beneficiam toda a sociedade e que vão da

Leia mais

Radiopharmaceuticals: Status and Trends for Modern Medicine

Radiopharmaceuticals: Status and Trends for Modern Medicine November 24-29, 2013 Recife, Brazil Radiopharmaceuticals: Status and Trends for Modern Medicine Celso Darío Ramos Sociedade Brasileira de Medicina Nuclear, presidente. Serviço de Medicina Nuclear da UNICAMP,

Leia mais

VARIAÇÃO DE DOSE NO PACIENTE EM VARREDURAS DE TC DE CRÂNIO USANDO UM FANTOMA FEMININO

VARIAÇÃO DE DOSE NO PACIENTE EM VARREDURAS DE TC DE CRÂNIO USANDO UM FANTOMA FEMININO 2013 International Nuclear Atlantic Conference - INAC 2013 Recife, PE, Brazil, November 24-29, 2013 ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ENERGIA NUCLEAR - ABEN ISBN: 978-85-99141-05-2 VARIAÇÃO DE DOSE NO PACIENTE

Leia mais

GLOSSÁRIO DE TERMOS USADOS EM ENERGIA NUCLEAR

GLOSSÁRIO DE TERMOS USADOS EM ENERGIA NUCLEAR GLOSSÁRIO DE TERMOS USADOS EM ENERGIA NUCLEAR A Acelerador Aparelho para aumentar a velocidade e a energia de partículas elementares carregadas, como elétrons e prótons, utilizando campos elétricos e/ou

Leia mais

Tomografia por emissão de pósitrons (PET) Pedro Bastos Costa

Tomografia por emissão de pósitrons (PET) Pedro Bastos Costa Tomografia por emissão de pósitrons (PET) Pedro Bastos Costa Introdução Na Tomografia por Emissão de Pósitrons (PET), diferentemente dos exames de Raio-x ou CT, a emissão da radiação é realizada diretamente

Leia mais

OFERTA/DEMANDA DO RADIOISÓTOPO 99 MO NO BRASIL: UMA NECESSIDADE SOCIAL.

OFERTA/DEMANDA DO RADIOISÓTOPO 99 MO NO BRASIL: UMA NECESSIDADE SOCIAL. 2013 International Nuclear Atlantic Conference - INAC 2013 Recife, PE, Brazil, November 24-29, 2013 ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ENERGIA NUCLEAR - ABEN ISBN: 978-85-99141-05-2 OFERTA/DEMANDA DO RADIOISÓTOPO

Leia mais

O USO DO PROTETOR DE OLHOS PARA REDUÇÃO DA DOSE VARREDURAS DE TC DE CRÂNIO

O USO DO PROTETOR DE OLHOS PARA REDUÇÃO DA DOSE VARREDURAS DE TC DE CRÂNIO IX Latin American IRPA Regional Congress on Radiation Protection and Safety - IRPA 2013 Rio de Janeiro, RJ, Brazil, April 15-19, 2013 SOCIEDADE BRASILEIRA DE PROTEÇÃO RADIOLÓGICA - SBPR O USO DO PROTETOR

Leia mais

O SUS na medicina nuclear do Brasil: avaliação e comparação dos dados fornecidos pelo Datasus e CNEN *

O SUS na medicina nuclear do Brasil: avaliação e comparação dos dados fornecidos pelo Datasus e CNEN * Artigo Original Pozzo L et al. / O SUS na medicina nuclear do Brasil O SUS na medicina nuclear do Brasil: avaliação e comparação dos dados fornecidos pelo Datasus e CNEN * SUS in nuclear medicine in Brazil:

Leia mais

II CONGRESSO DE FÍSICA MÉDICA DA UNICAMP. Para além da Radioterapia Atuação do Físico Médico na Proteção Radiológica. Clarice Cardoso Xavier

II CONGRESSO DE FÍSICA MÉDICA DA UNICAMP. Para além da Radioterapia Atuação do Físico Médico na Proteção Radiológica. Clarice Cardoso Xavier II CONGRESSO DE FÍSICA MÉDICA DA UNICAMP Para além da Radioterapia Atuação do Físico Médico na Proteção Radiológica Clarice Cardoso Xavier Trajetória Graduação Atividades extra-curriculares 5º ano - Estágio

Leia mais

Nuclear; XII - providenciar o recolhimento das fontes radioativas fora de uso no Serviço de Medicina Nuclear; XIII - notificar à CNEN, imediatamente

Nuclear; XII - providenciar o recolhimento das fontes radioativas fora de uso no Serviço de Medicina Nuclear; XIII - notificar à CNEN, imediatamente NEXO NORM CNEN NN 3.05 REQUISITOS DE SEGURNÇ E PROTEÇÃO RDIOLÓGICPR SERVIÇOS DE MEDICIN NUCLER Dispõe sobre os requisitos de segurança e proteção radiológica em Serviços de Medicina Nuclear in vivo. CPITULO

Leia mais

Aspectos Metrológicos na Estimativa da Atividade Administrada em Pacientes de Medicina Nuclear

Aspectos Metrológicos na Estimativa da Atividade Administrada em Pacientes de Medicina Nuclear Aspectos Metrológicos na Estimativa da Atividade Administrada em Pacientes de Medicina Nuclear A Ruzzarin 1,AM Xavier 2, A Iwahara 1, L Tauhata 1 1 Laboratório Nacional de Metrologia das Radiações Ionizantes/Instituto

Leia mais

CENTRO DE MEDICINA NUCLEAR Manual de Normas, Rotinas e Procedimentos Sumário

CENTRO DE MEDICINA NUCLEAR Manual de Normas, Rotinas e Procedimentos Sumário CENTRO DE MEDICINA NUCLEAR Sumário NORMAS OPERACIONAIS Fluxograma dos Pacientes Fluxo de Pacientes antes ou após Cintilografia sem Ergometria e/ou Acompanhantes Fluxo de Pacientes após Ergometria Protocolo

Leia mais

RESOLUÇÃO CFM Nº 1890/2009

RESOLUÇÃO CFM Nº 1890/2009 RESOLUÇÃO CFM Nº 1890/2009 (Publicada no D.O.U. de 19 jan 2009, Seção I, pg. 94-5) Define e normatiza a Telerradiologia O CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA, no uso das atribuições conferidas pela lei nº. 3.

Leia mais

http://biosafety-level.wikispaces.com/radiação

http://biosafety-level.wikispaces.com/radiação Profa. Katia Aquino http://biosafety-level.wikispaces.com/radiação Radiação ionizante Arranca elétrons da matéria não ionizante Excitação da matéria partícula http://blogtecrad.blogspot.com/2010_09_01_archive.html

Leia mais

FUNDAÇÃO PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS - FUPAC

FUNDAÇÃO PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS - FUPAC FUNDAÇÃO PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS - FUPAC FACULDADE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS DE UBERLÂNDIA Imagenologia: Técnicas Radiológicas II Prof. Msc Ana Paula de Souza Paixão Biomedicina 5º P Método de diagnóstico

Leia mais

GUIA PET-CT DEPARTAMENTO DE MEDICINA MOLECULAR TOMOGRAFIA POR EMISSÃO DE POSITRÕES COM TOMOGRAFIA COMPUTORIZADA MEDICINA DE EXCELÊNCIA E INOVAÇÃO

GUIA PET-CT DEPARTAMENTO DE MEDICINA MOLECULAR TOMOGRAFIA POR EMISSÃO DE POSITRÕES COM TOMOGRAFIA COMPUTORIZADA MEDICINA DE EXCELÊNCIA E INOVAÇÃO GUIA PET-CT TOMOGRAFIA POR EMISSÃO DE POSITRÕES COM TOMOGRAFIA COMPUTORIZADA DEPARTAMENTO DE MEDICINA MOLECULAR MEDICINA DE EXCELÊNCIA E INOVAÇÃO TOMOGRAFIA POR EMISSÃO DE POSITRÕES COM TOMOGRAFIA COMPUTORIZADA

Leia mais

Energia Nuclear. Apostila educativa. Por ELIEZER DE MOURA CARDOSO Colaboradores: Ismar Pinto Alves Claudio Braz Sonia Pestana

Energia Nuclear. Apostila educativa. Por ELIEZER DE MOURA CARDOSO Colaboradores: Ismar Pinto Alves Claudio Braz Sonia Pestana Aplicações da Energia Nuclear Por ELIEZER DE MOURA CARDOSO Colaboradores: Ismar Pinto Alves Claudio Braz Sonia Pestana Rua General Severiano, 90 - Botafogo - Rio de Janeiro - RJ - CEP 22290-901 www.cnen.gov.br

Leia mais

Comissão Nacional de Energia Nuclear

Comissão Nacional de Energia Nuclear II workshop International ENUMAs 2010 Comissão Nacional de Energia Nuclear Nilson Dias Vieira Junior 19/08/2010 A ÁREA NUCLEAR BRASILEIRA Presidência da República Ministério da Ciência e Tecnologia Institutos

Leia mais

TECNOLÓGICAS ESTUDO DE DOSIMETRIA EM EXAMES DE MEDICINA NUCLEAR

TECNOLÓGICAS ESTUDO DE DOSIMETRIA EM EXAMES DE MEDICINA NUCLEAR 1 UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS UNIDADE UNIVERSITÁRIA DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLÓGICAS CURSO DE LICENCIATURA EM FÍSICA ESTUDO DE DOSIMETRIA EM EXAMES DE MEDICINA NUCLEAR Halaine Cristine Mariano Silva

Leia mais

Reconstrução de Imagens em Radiologia Médica. M.Sc. Walmor Cardoso Godoi http://www.walmorgodoi.com

Reconstrução de Imagens em Radiologia Médica. M.Sc. Walmor Cardoso Godoi http://www.walmorgodoi.com Reconstrução de Imagens em Radiologia Médica M.Sc. Walmor Cardoso Godoi http://www.walmorgodoi.com Agenda 1. Reconstrução Tomográfica em TC e MN 1. Retroprojeção e Filtros 2. Visualização Científica na

Leia mais

TERRITÓRIO E POLÍTICAS DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E

TERRITÓRIO E POLÍTICAS DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E TERRITÓRIO E POLÍTICAS DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO EM SAÚDE: ABORDAGEM A PARTIR DE UMA CIRCULARIDADE PRODUTIVA LIGADA À MEDICINA NUCLEAR NA ARGENTINA E NO BRASIL Fabíola Lana Iozzi CALLASS 2014 SESSÃO

Leia mais

Radiações Radiação corpuscular Radiação eletromagnética

Radiações Radiação corpuscular Radiação eletromagnética Radiações Quando se fala em radiação, as pessoas geralmente associam esta palavra com algo perigoso. O que elas não sabem é que estamos expostos diariamente à radiação. Radiação nada mais é do que a emissão

Leia mais

Estado da Arte e Segurança dos Serviços de Radiodiagnóstico no Brasil - Visão da Física Médica -

Estado da Arte e Segurança dos Serviços de Radiodiagnóstico no Brasil - Visão da Física Médica - Estado da Arte e Segurança dos Serviços de Radiodiagnóstico no Brasil - Visão da Física Médica - Fís. Adriano Oliveira dos Santos Goulart Especialista em Administração Hospitalar e Negócios em Saúde Especialista

Leia mais

Data: 22/07/2014. NT 153/2014 Solicitante: Liliane Antunes de Souza Escrivã judicial em substituição. Medicamento Material Procedimento x Cobertura

Data: 22/07/2014. NT 153/2014 Solicitante: Liliane Antunes de Souza Escrivã judicial em substituição. Medicamento Material Procedimento x Cobertura NT 53/204 Solicitante: Liliane Antunes de Souza Escrivã judicial em substituição Número do processo: 433.4.025693-7 Data: 22/07/204 Medicamento Material Procedimento x Cobertura TEMA: PET TC SUMÁRIO. RESUMO

Leia mais

DESENVOLVIMENTO DE UM SISTEMA COMPUTACIONAL PARA GERENCIAMENTO DE DADOS DE MONITORAÇÃO IN VIVO DE RADIONUCLÍDEOS NO CORPO HUMANO

DESENVOLVIMENTO DE UM SISTEMA COMPUTACIONAL PARA GERENCIAMENTO DE DADOS DE MONITORAÇÃO IN VIVO DE RADIONUCLÍDEOS NO CORPO HUMANO International Joint Conference RADIO 2014 Gramado, RS, Brazil, Augustl 26-29, 2014 SOCIEDADE BRASILEIRA DE PROTEÇÃO RADIOLÓGICA - SBPR DESENVOLVIMENTO DE UM SISTEMA COMPUTACIONAL PARA GERENCIAMENTO DE

Leia mais

Resolução CFM Nº 2107 DE 25/09/2014 Publicado no DO em 17 dez 2014

Resolução CFM Nº 2107 DE 25/09/2014 Publicado no DO em 17 dez 2014 Resolução CFM Nº 2107 DE 25/09/2014 Publicado no DO em 17 dez 2014 Define e normatiza a Telerradiologia e revoga a Resolução CFM nº 1890/09, publicada no D.O.U. de 19 janeiro de 2009, Seção 1, p. 94-5p

Leia mais

Diretriz para tratamento da dor óssea metastática com radioisótopos

Diretriz para tratamento da dor óssea metastática com radioisótopos Diretriz para tratamento da dor óssea metastática com radioisótopos Contribuição : Alexandre Barbosa Cancela Moreira Revisão : Bárbara Juarez Amorim Edição : Elba Cristina Sá de Camargo Etchebehere I.

Leia mais

Boletim nº. 003 Resumo de Termos e procedimentos, usado com radiações ionizantes em diagnóstico médico

Boletim nº. 003 Resumo de Termos e procedimentos, usado com radiações ionizantes em diagnóstico médico Boletim nº. 003 Resumo de Termos e procedimentos, usado com radiações ionizantes em diagnóstico médico Colaboração: Paulo Mota Craveiro - Docente da Faculdade de Marília Igor R. de Castro Bienert Médico

Leia mais

2 Imagens Médicas e Anatomia do Fígado

2 Imagens Médicas e Anatomia do Fígado 2 Imagens Médicas e Anatomia do Fígado Neste capítulo são apresentados os tipos de dados utilizados neste trabalho e a anatomia do fígado, de onde foram retiradas todas as heurísticas adotadas para segmentação

Leia mais

EXPOSIÇÕES OCUPACIONAIS

EXPOSIÇÕES OCUPACIONAIS EXPOSIÇÕES OCUPACIONAIS Silvia Maria Velasques de Oliveira INSTITUTO DE RADIOPROTEÇÃO E DOSIMETRIA PROGRAMA DE PÓS GRADUAÇÃO EM BIOLOGIA, UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO EXPOSIÇÃO OCUPACIONAL

Leia mais

PACS. III Encontro Sul Brasileiro de Engenharia Clínica. Santa Casa de Porto Alegre, RS. 24 de Novembro de 2012

PACS. III Encontro Sul Brasileiro de Engenharia Clínica. Santa Casa de Porto Alegre, RS. 24 de Novembro de 2012 PACS III Encontro Sul Brasileiro de Engenharia Clínica Santa Casa de Porto Alegre, RS 24 de Novembro de 2012 III Encontro Sul Brasileiro de Engenharia Clínica PACS - Agenda Histórico Workflow Modalidades

Leia mais

Faculdade de Tecnologia Saint Pastous Curso Superior de Tecnologia em Radiologia Médica

Faculdade de Tecnologia Saint Pastous Curso Superior de Tecnologia em Radiologia Médica Faculdade de Tecnologia Saint Pastous Curso Superior de Tecnologia em Radiologia Médica Parecer de Aprovação MEC n 3.607, de 3 de dezembro de 2003 -D.O.U 4/12/2003 Diretora da Faculdade: Profª Vera Lucia

Leia mais

Portaria MEC/Inep nº 230 de 13 de julho de 2010

Portaria MEC/Inep nº 230 de 13 de julho de 2010 Portaria MEC/Inep nº 230 de 13 de julho de 2010 Diário Oficial da União nº 133, de 14 de julho de 2010 (quarta-feira) Seção 1 Pág. 839/840 Educação INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS

Leia mais

Apenas coparticipação em exames de alta complexidade R$ 30,00

Apenas coparticipação em exames de alta complexidade R$ 30,00 R$,00 121 R$,00 122 R$,00 Reajuste: ABRIL 123 R$,00 CREFITO 1 CARÊNCIAS PLANO UNIMED Redução Parcial de Carência para Clientes com Plano Anterior CONTRATUAL ADESÃO PME INDIVIDUAL 1 2 3 4 5 6 7 8 A - Urgência

Leia mais

NOVAS RECOMENDAÇÕES DA IAEA PARA EXPOSIÇÕES MÉDICAS: IMPACTO EM MEDICINA NUCLEAR NO BRASIL

NOVAS RECOMENDAÇÕES DA IAEA PARA EXPOSIÇÕES MÉDICAS: IMPACTO EM MEDICINA NUCLEAR NO BRASIL IX Latin American IRPA Regional Congress on Radiation Protection and Safety - IRPA 2013 Rio de Janeiro, RJ, Brazil, April 15-19, 2013 SOCIEDADE BRASILEIRA DE PROTEÇÃO RADIOLÓGICA - SBPR NOVAS RECOMENDAÇÕES

Leia mais

Presença de agentes biológicos com risco potencial à saúde pública e ao meio ambiente.

Presença de agentes biológicos com risco potencial à saúde pública e ao meio ambiente. Classificação Os resíduos de Serviço de Saúde são classificados por grupo e tipo, com base na Resolução CONAMA 5-5/8/93, complementada pela Resolução Federal 283-12/7/2001 Grupo A: INFECTANTES Presença

Leia mais

Academia Nacional de Medicina. Data: 07/04/2011 Hora: 18:00h

Academia Nacional de Medicina. Data: 07/04/2011 Hora: 18:00h Academia Nacional de Medicina Data: 07/04/2011 Hora: 18:00h Aplicabilidade Clínica da Medicina Nuclear Cláudio Tinoco Mesquita Conflito de interesse (CFM nº 1.595/00 de 18/5/2000 e ANVISA nº 120/2000 de

Leia mais

CNEN NE 3.05 abril/1996 REQUISITOS DE RADIOPROTEÇÃO E SEGURANÇA PARA SERVIÇOS DE MEDICINA NUCLEAR

CNEN NE 3.05 abril/1996 REQUISITOS DE RADIOPROTEÇÃO E SEGURANÇA PARA SERVIÇOS DE MEDICINA NUCLEAR CNEN NE 3.05 abril/1996 REQUISITOS DE RADIOPROTEÇÃO E SEGURANÇA PARA SERVIÇOS DE MEDICINA NUCLEAR 2 Requisitos de Radioproteção e Segurança para Serviços de Medicina Nuclear Resolução CNEN 10/96 Publicação:

Leia mais

CURSO TÉCNICO EM RADIOLOGIA MÓDULO II

CURSO TÉCNICO EM RADIOLOGIA MÓDULO II CURSO TÉCNICO EM RADIOLOGIA MÓDULO II BASES CIENTÍFICAS E TECNOLÓGICAS PARA AS AÇÕES DO TÉCNICO EM RADIOLOGIA NOS PROCEDIMENTOS DE DIAGNÓSTICO POR IMAGEM (704 HORAS TEÓRICO-PRÁTICAS + 500 HORAS DE ESTÁGIO)

Leia mais

Tendências e Desafios na Gestão de Negócios

Tendências e Desafios na Gestão de Negócios Tendências e Desafios na Gestão de Negócios Fernando Narvaez Diretor Divisão de Imagem Siemens Healthcare Seminário Setorial de Saúde Mar/2014 Answers for life. Agenda Macro-tendências e como aumentar

Leia mais

TNR.ADRIANO LIMA E SILVA

TNR.ADRIANO LIMA E SILVA TNR.ADRIANO LIMA E SILVA HISTÓRICO CRIAÇÃO DA PROFISSÃO Lei n.º 7.394/85 REGULAMENTAÇÃO Decreto n.º 92.790/86 HISTÓRICO ATÉ 1990 PRATICAMENTE INEXISTIAM ESCOLAS NO PAÍS 1 Escola Técnica no RS 1991 inicio

Leia mais

Licenciamento de Instalações Produtoras de Radiofármacos no Brasil

Licenciamento de Instalações Produtoras de Radiofármacos no Brasil Licenciamento de Instalações Produtoras de Radiofármacos no Brasil facure@cnen.gov.br ciclotron@cnen.gov.br Alessandro Facure, D.Sc. DIACO/CGMI - CNEN Comissão Nacional de Energia Nuclear Planeja, orienta

Leia mais

O Centro Regional de Treinamento do IRD/IAEA IRD/IAEA Simpósio Minérios & Radioatividade

O Centro Regional de Treinamento do IRD/IAEA IRD/IAEA Simpósio Minérios & Radioatividade O Centro Regional de Treinamento do Simpósio Minérios & Radioatividade 18 a 20 de Agosto de 2014 Almir Faria Clain almir@ird.gov.br Centro Regional de Treinamento do O Centro Regional de Ensino e Treinamento:

Leia mais

Juíz de Direito do 3º JESP do Juizado Especial da Comarca de Pouso Alegre

Juíz de Direito do 3º JESP do Juizado Especial da Comarca de Pouso Alegre NT 40/2013 Solicitante: NAPOLEÃO DA SILVA CHAVES Juíz de Direito do 3º JESP do Juizado Especial da Comarca de Pouso Alegre Data: 04/04/2013 Medicamento Material Procedimento x Cobertura Numeração: 004561-6/13

Leia mais

Física Médica Pós-Graduação Stricto Sensu

Física Médica Pós-Graduação Stricto Sensu Física Médica Pós-Graduação Stricto Sensu Divanizia N Souza Universidade Federal de Sergipe Processo Seletivo O processo varia de acordo com a instituição Currículo para análise Provas de línguas Projeto

Leia mais

PROJETO DE UM SISTEMA INTEGRADO DE INFORMAÇÃO PARA CONTROLE REGULATÓRIO DO INVENTÁRIO DE REJEITOS RADIOATIVOS DE INSTALAÇÕES RADIATIVAS

PROJETO DE UM SISTEMA INTEGRADO DE INFORMAÇÃO PARA CONTROLE REGULATÓRIO DO INVENTÁRIO DE REJEITOS RADIOATIVOS DE INSTALAÇÕES RADIATIVAS PROJETO DE UM SISTEMA INTEGRADO DE INFORMAÇÃO PARA CONTROLE REGULATÓRIO DO INVENTÁRIO DE REJEITOS RADIOATIVOS DE INSTALAÇÕES RADIATIVAS Marília T. Christóvão 1,2, Tarcísio P. Ribeiro de Campos 1 1 Curso

Leia mais

Antonie - Henri Becquerel

Antonie - Henri Becquerel FUNDAÇÃO LUSÍADA CENTRO UNIVERSITÁRIO LUSÍADA TECNÓLOGO EM RADIOLOGIA MEDICINA NUCLEAR MEDICINA NUCLEAR TRABALHO DE ELABORADO NO CURSO TÉCNOLOGIA EM RADIOLOGIA COMO PARTE DE AVALIAÇÃO DA DISCIPLINA DE

Leia mais

MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO GABINETE DO MINISTRO. PORTARIA n 518, de 4 de abril de 2003

MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO GABINETE DO MINISTRO. PORTARIA n 518, de 4 de abril de 2003 MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO GABINETE DO MINISTRO PORTARIA n 518, de 4 de abril de 2003 Revoga a Portaria 496, de 11 de dezembro de 2002. O MINISTRO DO TRABALHO E EMPREGO, no uso das competências que

Leia mais

ÍCONES ORGANIZADORES ATENÇÃO AVALIAÇÃO DEFINIÇÃO/CONCEITO SAIBA MAIS. Olá!

ÍCONES ORGANIZADORES ATENÇÃO AVALIAÇÃO DEFINIÇÃO/CONCEITO SAIBA MAIS. Olá! Manual do aluno Sumário ÍCONES ORGANIZADORES... 3 EMENTA... 4 Objetivo do curso... 5 Público-alvo... 5 Pré Requisitos... 5 Carga-horária... 6 Dicas para estudo... 6 Exercícios de fixação e Avaliação...

Leia mais

Dr. Jefferson Mazzei Radiologista Instituto do Câncer Arnaldo Vieira de Carvalho

Dr. Jefferson Mazzei Radiologista Instituto do Câncer Arnaldo Vieira de Carvalho Dr. Jefferson Mazzei Radiologista Instituto do Câncer Arnaldo Vieira de Carvalho Objetivo da aula; Diagnóstico, estadiamento, acompanhamento, prevenção e pesquisa clínica; Limitações do método. Definição

Leia mais

II Seminário de Seguros de Responsabilidade Civil Utilização de radioisótopos na indústria. Palestrante: Luiz Carlos de Miranda Júnior

II Seminário de Seguros de Responsabilidade Civil Utilização de radioisótopos na indústria. Palestrante: Luiz Carlos de Miranda Júnior II Seminário de Seguros de Responsabilidade Civil Utilização de radioisótopos na indústria Palestrante: Luiz Carlos de Miranda Júnior AGENDA A bomba atômica. A geração da energia atômica. RI efeitos sobre

Leia mais

Nome da Instituição: SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL. Saúde - Subárea Radiologia Médica. Especialização Profissional de Nível Técnico em

Nome da Instituição: SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL. Saúde - Subárea Radiologia Médica. Especialização Profissional de Nível Técnico em Nome da Instituição: SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL SENAC - SP CNPJ: 03.709.814/0001-98 Data: 03 de abril de 2003. Número do Plano: 76 Área do Plano: Saúde - Subárea Radiologia Médica PLANO

Leia mais

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA FACULDADE UNB GAMA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA BIOMÉDICA - MESTRADO

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA FACULDADE UNB GAMA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA BIOMÉDICA - MESTRADO UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA FACULDADE UNB GAMA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA BIOMÉDICA - MESTRADO AVALIAÇÃO DO PROGRAMA DE CONTROLE DE QUALIDADE E SEGURANÇA DOS EQUIPAMENTOS PET INSTALADOS EM REGIÕES

Leia mais

Medicina Nuclear. Cintilografia

Medicina Nuclear. Cintilografia Medicina Nuclear Cintilografia Conheça o serviço Corredor de Acesso Porta Entrada Sala Quente Espera Sala Injeção Injetados Espera Injetados Teste Ergométrico Conheça o Serviço Comando Sala de Exames Composição

Leia mais

CONSTRUÇÃO DE UM CONJUNTO DE INDICADORES DE DESEMPENHO APLICADOS A UMA RADIOFARMÁCIA HOSPITALAR

CONSTRUÇÃO DE UM CONJUNTO DE INDICADORES DE DESEMPENHO APLICADOS A UMA RADIOFARMÁCIA HOSPITALAR CONSTRUÇÃO DE UM CONJUNTO DE INDICADORES DE DESEMPENHO APLICADOS A UMA RADIOFARMÁCIA HOSPITALAR Priscilla BRUNELLI PUJATTI, Débora SILVA GONÇALVES e Jayda EIRAS RAMIM Endereço Profissional: Radiofarmácia

Leia mais

Humanização em radiologia pediátrica

Humanização em radiologia pediátrica Humanização em radiologia pediátrica TATIANA FAZECAS CHEFE DO SERVIÇO DE IMAGEM DO HOSPITAL MUNICIPAL JESUS MEMBRO DA SOCIEDADE LATINO AMERICANA DE RADIOLOGIA PEDIÁTRICA - SLARP CDPI CRIANÇA HOSPITAL PASTEUR

Leia mais

Tomografia e Radiografia Industrial. Walmor Cardoso Godoi, M.Sc. http://www.walmorgodoi.com

Tomografia e Radiografia Industrial. Walmor Cardoso Godoi, M.Sc. http://www.walmorgodoi.com Tomografia e Radiografia Industrial Walmor Cardoso Godoi, M.Sc. http://www.walmorgodoi.com contato@walmorgodoi.com Agenda Ensaios Não Destrutivos (END) Inspeção Radiográfica Industrial Radioscopia Industrial

Leia mais

Curso de Aperfeiçoamento Médico em Radiologia e Diagnóstico por Imagem Subespecialidades para níveis 4 e 5

Curso de Aperfeiçoamento Médico em Radiologia e Diagnóstico por Imagem Subespecialidades para níveis 4 e 5 1. Coordenador: Dr. Douglas J. Racy 2. Para Médicos Radiologistas: 2.1 Pré-requisitos: Graduação no curso de medicina realizado no Brasil e Residência médica credenciada ou estágio de no mínimo 3 anos

Leia mais

PARECER COREN-DF Nº 001/2013

PARECER COREN-DF Nº 001/2013 PARECER COREN-DF Nº 001/2013 SOLICITANTE: Sindate DF Sindicato dos auxiliares e técnicos de enfermagem do Distrito Federal. ASSUNTO: Competência do profissional técnico de enfermagem nos procedimentos

Leia mais

AS OPORTUNIDADES PARA O BRASIL COM A MINERAÇÃO DE TÁLIO. Vladimir Aps

AS OPORTUNIDADES PARA O BRASIL COM A MINERAÇÃO DE TÁLIO. Vladimir Aps AS OPORTUNIDADES PARA O BRASIL COM A MINERAÇÃO DE TÁLIO Vladimir Aps AGENDA A ITAOESTE DESCOBERTA DA JAZIDA DE TÁLIO O METAL TÁLIO E SUAS APLICAÇÕES DESENVOLVIMENTO DE PROCESSO HIDROMETALÚRGICO OPORTUNIDADES

Leia mais

INFORMAÇÕES GERAIS PARA O EXAME DE SPECT CEREBRAL

INFORMAÇÕES GERAIS PARA O EXAME DE SPECT CEREBRAL INFORMAÇÕES GERAIS PARA O EXAME DE SPECT CEREBRAL Importante: A cintilografia NÃO deve ser realizada em mulheres grávidas! Caso haja qualquer dúvida de risco de gestação, é melhor realizar antes um teste

Leia mais

Instrumentação em Medicina Nuclear

Instrumentação em Medicina Nuclear Instrumentação em Medicina Nuclear Prof. Osvaldo Sampaio UCB - Medicina Objetivo Detectar a radiatividade emitida pelo paciente de forma a permitir uma localização espacial e temporal, necessária para

Leia mais

104 transmitida, em 100%, por partícula emitida (MeV/g por partícula simulada); A é a atividade estimada da fonte em MBq; e, Af é a atividade que produz dose máxima no tecido cardíaco de 14 Gy. 6.7.1.2

Leia mais

Raios X. Riscos e Benefícios. Faculdade Novaunesc. Rosa de Hiroshima. Ney Matogrosso. Tecnologia em Radiologia. Turma: 2011.1

Raios X. Riscos e Benefícios. Faculdade Novaunesc. Rosa de Hiroshima. Ney Matogrosso. Tecnologia em Radiologia. Turma: 2011.1 Rosa de Hiroshima Ney Matogrosso Pensem nas crianças Mudas telepáticas Pensem nas meninas Cegas inexatas Pensem nas mulheres Rotas alteradas Pensem nas feridas Como rosas cálidas Mas, oh, não se esqueçam

Leia mais

A RADIAÇÃO IONIZANTE. O que é? Fontes de radiação Efeitos biológicos

A RADIAÇÃO IONIZANTE. O que é? Fontes de radiação Efeitos biológicos A RADIAÇÃO IONIZANTE O que é? Fontes de radiação Efeitos biológicos Palestra introdutória Curso de Física da Radiação I -2004/1 Resp.: Prof. Stenio Dore O que é radiação? Def. abrangente: É o transporte

Leia mais

8ª série / 9º ano U. E. 16

8ª série / 9º ano U. E. 16 8ª série / 9º ano U. E. 16 Radiação O dicionário de física descreve radiação como: Designação genérica da energia que se propaga de um ponto a outro do espaço, no vácuo ou em um meio material, mediante

Leia mais

APLICAÇÕES DA CIÊNCIA NUCLEAR E O ENSINO DE DISCIPLINAS

APLICAÇÕES DA CIÊNCIA NUCLEAR E O ENSINO DE DISCIPLINAS APLICAÇÕES DA CIÊNCIA NUCLEAR E O ENSINO DE DISCIPLINAS 1 INTRODUÇÃO Wellington Antonio Soares soaresw@cdtn.br Ministério da Ciência e Tecnologia - MCT Comissão Nacional de Energia Nuclear - CNEN Centro

Leia mais

Imagem da Semana: Radiografia, Tomografia computadorizada

Imagem da Semana: Radiografia, Tomografia computadorizada Imagem da Semana: Radiografia, Tomografia computadorizada Figura 1: Radiografia de tórax em incidência póstero anterior Figura 2: Tomografia computadorizada de tórax com contraste em corte coronal e sagital

Leia mais

Orientações sobre procedimentos em Medicina Nuclear. Ortopedia

Orientações sobre procedimentos em Medicina Nuclear. Ortopedia Orientações sobre procedimentos em Medicina Nuclear Ortopedia Este documento foi elaborado conforme orientações da Sociedade Brasileira de Biologia e Medicina Nuclear, visando aproximar ainda mais nossa

Leia mais

Cursos de Aperfeiçoamento Médico - Subespecialidades para níveis 4 e 5 Radiologia e Diagnóstico por Imagem / Ultrassonografia / Medicina Nuclear

Cursos de Aperfeiçoamento Médico - Subespecialidades para níveis 4 e 5 Radiologia e Diagnóstico por Imagem / Ultrassonografia / Medicina Nuclear 1. Coordenador: Dr. Douglas J. Racy 2. Para Médicos Radiologistas: 2.1 Pré-requisitos: Graduação no curso de medicina realizado no Brasil e Residência médica credenciada ou estágio de no mínimo 3 anos

Leia mais

Agenda. Nódulo da Tireóide. Medicina Nuclear. Medicina Nuclear em Cardiologia 17/10/2011

Agenda. Nódulo da Tireóide. Medicina Nuclear. Medicina Nuclear em Cardiologia 17/10/2011 Agenda Medicina Nuclear Endocrinologia Walmor Cardoso Godoi, M.Sc. http://www.walmorgodoi.com O objetivo desta aula é abordar a Medicina nuclear em endocrinologia (notadamente aplicações Câncer de Tireóide).

Leia mais

Diretrizes ANS para realização do PET Scan / PET CT. Segundo diretrizes ANS

Diretrizes ANS para realização do PET Scan / PET CT. Segundo diretrizes ANS Diretrizes ANS para realização do PET Scan / PET CT Segundo diretrizes ANS Referencia Bibliográfica: Site ANS: http://www.ans.gov.br/images/stories/a_ans/transparencia_institucional/consulta_despachos_poder_judiciari

Leia mais

CÁLCULO DE BLINDAGEM PARA PET/CT (TOMOGRAFIA POR EMISSÃO DE PÓSITRON)

CÁLCULO DE BLINDAGEM PARA PET/CT (TOMOGRAFIA POR EMISSÃO DE PÓSITRON) UNIVERSIDADE CATÓLICA DE BRASÍLIA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO Curso de Física CÁLCULO DE BLINDAGEM PARA PET/CT (TOMOGRAFIA POR EMISSÃO DE PÓSITRON) Autor: Alessandra Keiko

Leia mais

Química Nuclear e Radiofarmácia

Química Nuclear e Radiofarmácia Licenciatura em Engenharia Biomédica Química Nuclear e Radiofarmácia T 7 AC Santos - 2008/2009 Outros radiometais para marcação de radiofármacos Os radiofármacos baseados em metais deram um grande contributo

Leia mais

DESENVOLVIMENTO DE UM MODELO COMPUTACIONAL DE EXPOSIÇÃO EXTERNA PARA ESTUDO DA DOSE DE ENTRADA NA PELE PARA RADIOGRAFIAS DE TÓRAX E COLUNA

DESENVOLVIMENTO DE UM MODELO COMPUTACIONAL DE EXPOSIÇÃO EXTERNA PARA ESTUDO DA DOSE DE ENTRADA NA PELE PARA RADIOGRAFIAS DE TÓRAX E COLUNA International Joint Conference RADIO 2014 Gramado, RS, Brazil, Augustl 26-29, 2014 SOCIEDADE BRASILEIRA DE PROTEÇÃO RADIOLÓGICA - SBPR DESENVOLVIMENTO DE UM MODELO COMPUTACIONAL DE EXPOSIÇÃO EXTERNA PARA

Leia mais

CONTROLE DA QUALIDADE DE RADIOFÁRMACOS

CONTROLE DA QUALIDADE DE RADIOFÁRMACOS CONTROLE DA QUALIDADE DE RADIOFÁRMACOS Instituto Nacional de Câncer José de Alencar Gomes da Silva Rio de Janeiro - RJ Rio de Janeiro, 14 de agosto de 2015 DE RADIOFÁRMACOS CONCEITOS FUNDAMENTAIS RADIOFARMÁCIA

Leia mais

CINTILOGRAFIA E PET/CT NAS NEOPLASIAS MALÍGNAS

CINTILOGRAFIA E PET/CT NAS NEOPLASIAS MALÍGNAS UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL RAFAEL STORTE TONIN CINTILOGRAFIA E PET/CT NAS NEOPLASIAS MALÍGNAS 333333333 Porto Alegre 2011 RAFAEL STORTE TONIN CINTILOGRAFIA E PET/CT NAS NEOPLASIAS MALIGNAS

Leia mais

Ministério da Saúde Agência Nacional de Vigilância Sanitária RESOLUÇÃO Nº 38, DE 4 DE JUNHO DE 2008

Ministério da Saúde Agência Nacional de Vigilância Sanitária RESOLUÇÃO Nº 38, DE 4 DE JUNHO DE 2008 ADVERTÊNCIA Este texto não substitui o publicado no Diário Oficial da União Ministério da Saúde Agência Nacional de Vigilância Sanitária RESOLUÇÃO Nº 38, DE 4 DE JUNHO DE 2008 Dispõe sobre a instalação

Leia mais

II Congresso de Física Médica da UNICAMP

II Congresso de Física Médica da UNICAMP II Congresso de Física Médica da UNICAMP Atuação do físico médico em empresas de grande porte Ana Celia Sobreira Campinas, agosto de 2010 Becquerel Marie Curie Hevesy NOSSA EMPRESA REM Indústria e Comércio

Leia mais

Nota referente às unidades de dose registradas no prontuário eletrônico radiológico:

Nota referente às unidades de dose registradas no prontuário eletrônico radiológico: Nota referente às unidades de dose registradas no prontuário eletrônico radiológico: Frente aos potenciais riscos envolvidos na exposição à radiação ionizante e com a reocupação de manter um controle transparente

Leia mais

RESOLUÇÃO CFM Nº 2.107/2014

RESOLUÇÃO CFM Nº 2.107/2014 RESOLUÇÃO CFM Nº 2.107/2014 (Publicado no D.O.U. de 17 dez 2014, Seção I, p. 157-158) Define e normatiza a Telerradiologia e revoga a Resolução CFM nº 1890/09, publicada no D.O.U. de 19 janeiro de 2009,

Leia mais