DOMOVOX. Elizabete Munzlinger Prof.: Dr. Carlos Henrique Q. Forster

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "DOMOVOX. Elizabete Munzlinger Prof.: Dr. Carlos Henrique Q. Forster"

Transcrição

1 DOMOVOX Elizabete Munzlinger Prof.: Dr. Carlos Henrique Q. Forster ITA Instituto Tecnológico de Aeronáutica Divisão de Ciência da Computação Mestrado em Engenharia Eletrônica e Computação

2 Roteiro Aplicação Funcionamento Arquitetura Composição IBMSDK Java Tecnology Tecnologia ASR JSGF Demonstração

3 Aplicação Sistema DOMOVOX Sistema domótico para controle de ambiente via interface por voz

4 Aplicação Sistema DOMOVOX Características do sistema Controle via voz e mouse ASR com reconhecimento de comandos Gramática Independente de usuário Controle local ou remotamente via internet Client Server Acompanhamento visual Webcam Resposta visual on-line

5 Aplicação Interface com o sistema Domovox Recognizer ParallelPort port = [01,32], action = (true false)

6 Roteiro Aplicação Funcionamento Arquitetura Composição IBMSDK Java Tecnology Tecnologia ASR JSGF Demonstração

7 Sistema DOMOVOX Funcionamento do sistema: Local Port [4], Action [true] Por favor, ligue a lâmpada! 1 on

8 Sistema DOMOVOX Funcionamento do sistema: Cliente/Servidor Port [4], Action [true] Por favor, ligue a lâmpada! 1 on

9 Roteiro Aplicação Funcionamento Arquitetura Composição IBMSDK Java Tecnology Tecnologia ASR JSGF Demonstração

10 Arquitetura Cliente-Servidor Client Application DomoVox Application Server Application DomoVox Application Voice Command DomoVox Interface Parallel Port Control Recognizer RMI DomoVox Interface Parallel Port Control Parallel Port Ambient Control AV Receive Log RTP Socket Adapter Speech Plataform Technology Internet RTP/RTCP protocol AV Transmit RTP Socket Adapter WebCam Capture Interpreter ASR Webcam Grammars

11 Roteiro Aplicação Funcionamento Arquitetura Composição IBMSDK Java Tecnology Tecnologia ASR JSGF Demonstração

12 Composição Composição do Sistema DOMOVOX Client DomoVox.java AVReceive3, IBM JS, JMF, Systray4J ControlRecognizer.java IBM JS, RMI InterfaceParallelPort.java RMI AVReceive3.java RTPSocketAdapter JMF, RTP JMF, RTP Grammar.gram DomoVox Client.jar DomoVox.txt

13 Composição Composição do Sistema DOMOVOX Client - Classe DomoVox.java public static void main(string[] args) Método inicial. Recebe a entrada do Host/IP do servidor public void actionperformed(actionevent actionevent) Executar ações da janela oculta atualizar os menus atualizando o menu private void createmenu() Criar todo o menu de execuções no ícone do systray private void enablerecognizer() Aloca recursos para o reconhecimento e associa a gramática respectiva

14 Composição Composição do Sistema DOMOVOX Client - Classe DomoVox.java public void iconleftclicked(systraymenuevent systraymenuevent) Ao clicar uma vez com o botão esquerdo habilita ou desabilita o reconhecedor e atualiza o menu e o ícone public void iconleftdoubleclicked(systraymenuevent systraymenuevent) Ao clicar duas vezes com o botão esquerdo atualiza o menu public void menuitemselected(systraymenuevent systraymenuevent) Verifica qual item do menu foi selecionado: porta, vídeo, etc e chama a ação.

15 Composição Composição do Sistema DOMOVOX Client - Classe DomoVox.java public void setcheckablemenuitem(int numberitem, boolean state) Atribui o estado alterado na respectiva porta e chama a atualização do menu principal do sistema private void updatemenu() Atualiza todo o menu de execuções no ícone do systray private void disablerecognizer() Desaloca recursos do reconhecimento

16 Composição Composição do Sistema DOMOVOX Client - Classe ControlRecognizer.java public boolean[] getvalueparallelport() Retorna os estados de todas as portas do controlador public void resultaccepted(resultevent resultevent) Recebe as 2 tags reconhecidas na gramática e executar a ação. Percorre os tokens reconhecidos e concatena em uma string para gravar no log private void updatemenu() Atualizar o menu de execuções no ícone do systray

17 Composição Composição do Sistema DOMOVOX Client - Classe ControlRecognizer.java public void setbytesonport(int port, boolean mode) Ativar ou desativar o dispositivo solicitado public void setbytesonports(boolean mode) Ativar ou desativar todos os dispositivos public boolean saveonfile(string port, boolean mode, String text) Prepara o texto para ser gravado no arquivo de Log public void saveonfile(string text) Grava no arquivo de LOG o comando executado no sistema

18 Composição Composição do Sistema DOMOVOX Client - Interface InterfaceParallelPort.java public boolean setbytesonport(int port, boolean mode) Define a interface do método de comunicação para com a classe ControlParallelPort (server)

19 Composição Composição do Sistema DOMOVOX Client - Classe AVReceive3.java public synchronized String start() Cria uma sessão RTP para transmitir o vídeo para um especifico IP e Porta e inicia a transmissão de vídeo para os clientes private String createprocessor() Configura o formato de saída de todas as trilhas na mídia para o formato suportado por RTP private String createtransmitter() Usar o RTPManager para criar sessões para cada mídia do processador de controle de fluxo de dados. public void stop() Finalizar a transmissão de vídeo para os clientes

20 Composição Composição do Sistema DOMOVOX Client - Classe RTPSocketAdapter public PushSourceStream getdatainputstream() Retorna o endereço da porta de conexão do cliente para receber os dados do RTP. public OutputDataStream getdataoutputstream() Retorna o endereço da porta de conexão do servidor para enviar os dados do RTP. public PushSourceStream getcontrolinputstream() Retorna o endereço do controlador da porta de conexão do cliente, para receber os dados do RTP. public OutputDataStream getcontroloutputstream() Retorna o endereço do controlador da porta de conexão do servidor, para receber os dados do RTP.

21 Composição Composição do Sistema DOMOVOX Client - Classe RTPSocketAdapter public synchronized void start() Inicializa o processo de envio do vídeo public synchronized void kill() Finaliza o processo de envio do vídeo public void close() Fecha todos as conexões RTP e RTCP

22 Composição Composição do Sistema DOMOVOX Client Gramática grammar br.ita.domovox; public <command> = <polite>* <action> <complement>* <object> <polite>*; <action> = <true> <false>; <true> = ( ligar ligue ativar ative ascender ascenda ) {true}; <false> = ( desligar desligue desativar desative apagar apague ) {false}; <complement> = (definite) (preposition); <object> = <port>; <definite> = o a os as; <preposition> = esse essa este esta aquele aquela aquilo todos; <port> = <port00> <port01> <port02> <port03> <port04> <port05>; <port00> = ( tudo dispositivos aparelhos ) {0}; <port01> = ( luz lâmpada ) {1}; <port02> = ( ventilador aparelho ventilador ) {2}; <port03> = ( tv tevê televisão televisor Aparelho de TV aparelho televisor ) {3}; <port04> = ( abajur luminária candelabro ) {4}; <port05> = ( teste ) {5}; <polite> = sistema eu quero por favor faz favor por gentileza por obséquio;

23 Composição Composição do Sistema DOMOVOX Client Arquivo de Log //<! > //<!-- Nova Sessão do DomoVox --> //<! > [25/01/2007][14:54:53] - Comando: Ativar 1 - por favor ligue luz [25/01/2007][14:54:59] - Comando: Ativar 3 - por favor ligar tv [25/01/2007][14:55:03] - Comando: Ativar 2 - ligue ventilador por favor [25/01/2007][14:55:09] - Comando: Desativar 2 - desligue ventilador [25/01/2007][14:55:14] - Comando: Desativar 1 - desligar lâmpada [25/01/2007][14:55:23] - Comando: Desativar 3 - desligar tevê //<! > //<!-- Nova Sessão do DomoVox --> //<! > [25/01/2007][14:58:04] - Comando: Ativar 3 - ligar tevê [25/01/2007][14:58:14] - Comando: Ativar 1 - ligar lâmpada por favor [25/01/2007][14:58:27] - Comando: Desativar 1 - por favor desligar lâmpada [25/01/2007][14:58:48] - Comando: Desativar 3 - por favor desligue televisor por favor

24 Composição Composição do Sistema DOMOVOX Server DomoVox.java AVTransmit3, RMI, Systray4J ControlParallelPort.java Parport, RMI InterfaceParallelPort.java RMI AVTransmit3.java RTPSocketAdapter JMF, RTP JMF, RTP DomoVox Server.jar JMI.bat (rmiregistry )

25 Composição Composição do Sistema DOMOVOX Server - Classe DomoVox.java public static void main(string[] args) Método inicial do sistema DomoVox. private void createmenu() Criar todo o menu de execuções no ícone do systray public void menuitemselected(systraymenuevent systraymenuevent) Verifica qual item do menu foi selecionado: porta, vídeo, etc e chama a ação private void starttransmit() Inicializar a transmissão de vídeo para os clientes

26 Composição Composição do Sistema DOMOVOX Server - Classe ControlParallelPort.java private int getporthex(int port) Retorna o valor da porta do CI manipulada em hexadecimal (1 0x01 2 0x02 3 0x04 4 0x08 5 0x10 6 0x20 7 0x40 8 0x80) private int getportvalue(int control, int porthex, boolean mode) Retorna o valor a ser inserido na porta de um dos 4 CI s public boolean setbytesonport(int port, boolean mode) Verifica qual CI é responsável pela porta selecionada (1º CI 1-8 0x0A 2º CI x09 3º CI x0F 4º CI x03) private void setbytesonport(int portvalue, int control) Insere os bytes na porta do CI selecionado

27 Composição Composição do Sistema DOMOVOX Server - Interface InterfaceParallelPort.java public boolean setbytesonport(int port, boolean mode) Define a interface do método de comunicação para com a classe ControlParallelPort (server)

28 Composição Composição do Sistema DOMOVOX Server - Classe AVTransmit3.java public synchronized String start() Cria uma sessão RTP para transmitir o vídeo para um especifico IP e Porta e inicia a transmissão de vídeo para os clientes private String createprocessor() Configura o formato de saída de todas as trilhas na mídia para o formato suportado por RTP private String createtransmitter() Usar o RTPManager para criar sessões para cada mídia do processador de controle de fluxo de dados. public void stop() Finalizar a transmissão de vídeo para os clientes

29 Composição Composição do Sistema DOMOVOX Server - Classe RTPSocketAdapter public PushSourceStream getdatainputstream() Retorna o endereço da porta de conexão do cliente para receber os dados do RTP public OutputDataStream getdataoutputstream() Retorna o endereço da porta de conexão do cliente para enviar os dados do RTP public PushSourceStream getcontrolinputstream() Retorna o endereço do controlador da porta de conexão do servidor, para receber os dados do RTP public OutputDataStream getcontroloutputstream() Retorna o endereço do controlador da porta de conexão do servidor, para enviar os dados do RTP

30 Composição Composição do Sistema DOMOVOX Server - Classe RTPSocketAdapter public synchronized void start() Inicializa o processo de envio do vídeo public synchronized void kill() Finaliza o processo de envio do vídeo public void close() Fecha todos as conexões RTP e RTCP

31 Roteiro Aplicação Funcionamento Arquitetura Composição IBMSDK Java Tecnology Tecnologia ASR JSGF Demonstração

32 IBMSDK Java Tecnology IBM Speech Development Kit Java Tecnology Pacote de desenvolvimento Descrição Incorpora tecnologia de fala à aplicações Java É uma customização da API Java Speech (JSAPI) Provê acesso à tecnologia de Voz IBM Via Voice O SDK suporta reconhecimento de comandos, ditado, e síntese de voz, baseados na tecnologia IBM Via Voice Java Speech API é uma API de Voz (plataforma) desenvolvida pela Sun Microsystems Inc. em colaboração com a IBM e outras companhias de tecnologia de Voz (Apple, AT&T, Dragon, Novell, Philips e Texas)

33 IBMSDK Java Tecnology IBM Speech Development Kit Java Tecnology Pacote de desenvolvimento Distribuição Gratuita para desenvolvimento acadêmico Versão para Windows e Linux É uma implementação para a versão 1.0 da API Java Speech Disponível em

34 IBMSDK Java Tecnology IBM Speech Development Kit Java Tecnology Pacote de desenvolvimento Instalação Instalação prévia do JDK (Java Development Kit) Descompressão dos arquivos Modificação do CLASSPATH para incluir dir\lib\ibmjs.jar Modificação do PATH para incluir o diretório dir\lib Execução do script de instalação install.bat para registrar os engines IBM no sistema

35 IBMSDK Java Tecnology IBM Speech Development Kit Java Tecnology Pacote de desenvolvimento Uso Requer instalação do Via Voice Copiar o arquivo de propriedades speech.properties para os diretórios: %USER_PROFILE%/ %JAVA_HOME%/lib/ #Sat Nov 04 14:19:34 BRST 2006 com.ibm.speech.recognition.enginecentral=com.ibm.speech.recognition.ibmenginecentral com.ibm.speech.synthesis.enginecentral=com.ibm.speech.synthesis.ibmenginecentral TextSynthEngineCentral=com.sun.speech.engine.synthesis.text.TextEngineCentral FreeTTSSynthEngineCentral=com.sun.speech.freetts.jsapi.FreeTTSEngineCentral com.acme.recognizer.enginecentral=com.acme.recognizer.acmeenginecentral

36 IBMSDK Java Tecnology IBM Speech Development Kit Java Tecnology Descrição do pacote ibmjs

37 IBMSDK Java Tecnology IBM Speech Development Kit Java Tecnology Classes utilizadas DomoVox.java javax.speech.central; javax.speech.recognition.recognizer; javax.speech.recognition.rulegrammar; ControlRecognizer.java javax.speech.recognition.finalruleresult; javax.speech.recognition.result; javax.speech.recognition.resultadapter; javax.speech.recognition.resultevent;

38 IBMSDK Java Tecnology IBM Speech Development Kit Java Tecnology Descrição das classes Classe Central javax.speech.central Controla a interação entre a API e a entrada e saída de áudio préprocessado pelo Via Voice Instancia os objetos sintetizadores e reconhecedores Tem acesso ao núcleo (engine.exe - motor do reconhecimento e da síntese de voz) através da implementação da interface javax.speech.engine // Cria um reconhecedor junto a classe Central. recognizer = Central.createRecognizer(null);

39 IBMSDK Java Tecnology IBM Speech Development Kit Java Tecnology Descrição das classes Classe Recognizer javax.speech.recognition.recognizer Está no núcleo do engine que converte fala para texto implementação da interface javax.speech.engine // Cria o objeto de reconhecimento do sistema DomoVox. private static Recognizer recognizer; // Aloca os recursos para a instância de reconhecimento. recognizer.allocate(); // Desaloca os recursos para a instância de reconhecimento. recognizer.deallocate();

40 IBMSDK Java Tecnology IBM Speech Development Kit Java Tecnology Descrição das classes utilizadas Classe RuleGrammar javax.speech.recognition.rulegrammar Carrega a gramática de regras associada ao reconhecimento // Carrega o arquivo com as regras da gramática. RuleGrammar rulegrammar = recognizer.loadjsgf( new FileReader("br/ita/domovox/SimpleGrammar.gram")); // Habilita a gramática aberta. rulegrammar.setenabled(true);

41 IBMSDK Java Tecnology IBM Speech Development Kit Java Tecnology Descrição das classes utilizadas Classe FinalRuleResult javax.speech.recognition.finalruleresult Recebe o resultado da tag retornada pela gramática // finalruleresult: Recebe o identificador da gramática dita pelo usuário. FinalRuleResult finalruleresult = (FinalRuleResult) resultevent.getsource(); // Recebe a "tag" do identificador da gramática dita pelo usuário. String tags[] = finalruleresult.gettags(); // Verifica se o número de elementos da tag é iqual a dois.

42 IBMSDK Java Tecnology IBM Speech Development Kit Java Tecnology Descrição das classes utilizadas Classe Result javax.speech.recognition.result Recebe o valor de cada token quando aceito / Recebe o resultado do que o usuário solicitou. Result result = (Result) resultevent.getsource();

43 IBMSDK Java Tecnology IBM Speech Development Kit Java Tecnology Descrição das classes utilizadas Classe ResultAdapter javax.speech.recognition.resultadapter Usado por convenção, por ela estender Result Listener //<! > //<!-- Classe: ControlRecognizer --> //<! > public class ControlRecognizer extends ResultAdapter {

44 IBMSDK Java Tecnology IBM Speech Development Kit Java Tecnology Descrição das classes utilizadas Classe ResultEvent javax.speech.recognition.resultevent É o tipo de objeto recebido pelo ResultAcepted public void ResultAccepted (ResultEvent resultevent)

45 Roteiro Aplicação Funcionamento Arquitetura Composição IBMSDK Java Tecnology Tecnologia ASR JSGF Demonstração

46 ASR Tecnologia Automatic Speech Recognition Reconhecimento automático de fala IBM Via Voice Desktop Dictation Reconhecimento e síntese Ditados e comandos Dependente de usuário IBM Via Voice Runtime Dictation

47 Roteiro Aplicação Funcionamento Arquitetura Composição IBMSDK Java Tecnology Tecnologia ASR JSGF Demonstração

48 JSGF Java Speech Grammar Format Gramática DictationGrammar: Sequência de texto Abrange domínios (direito, medicina, computação, etc) Ditribuida pela IBM Dictation Grammar Text de uso geral RuleGrammar Formada por regras Suporta o diálogo discreto Acesso à arquivo através do objeto reader Retorna um resultado result

49 JSGF Java Speech Grammar Format Gramática Regras com: Definições de texto pré-estabelecidas Conjunto de possibilidades Estabelece uma correspondência entre a entrada de som e a gramática associada Pode ser usado direto (dictationgrammar.addword( ligar");) ou ter acesso a um arquivo de texto.gram

50 JSGF Java Speech Grammar Format Gramática Descrição da Classe javax.speech.recognition.rulegrammar Tem um ouvidor ligado a gramática. Interpreta o que foi dito e determina qual processo se refere ao reconhecimento. Gera um resultado com informações sobre o que ouviu // Carrega o arquivo com as regras da gramática. RuleGrammar rulegrammar = recognizer.loadjsgf( new FileReader( pasta/subpasta/filegrammar.gram")); // Habilita a gramática aberta. rulegrammar.setenabled(true); // Faz associação de um "ouvidor" do processo de reconhecimento. recognizer.addresultlistener(controlrecognizer);

51 JSGF Java Speech Grammar Format Gramática Arquivo.gram Regra + Sentença + comando grammar x;... <regra 01> = Abrir programa. {open}; <regra 02> = Fechar programa. {close};...

52 JSGF Java Speech Grammar Format Gramática SimpleGrammar.gram grammar br.ita.domovox; public <command> = [<polite>] [<sujeito>] <action> [<polite>] <object> [<polite>]; <action> = <true> <false>; <true> = ( ligar ligue ativar ative ascender ascenda ) {true}; <false> = ( desligar desligue desativar desative apagar apague ) {false}; <object> = [<definite>] [<preposition>] <port>; <definite> = o a os as; <preposition> = esse essa este esta aquele aquela aquilo todos; <port> = <port00> <port01> <port02> <port03> <port04> <port05>; <port00> = ( tudo dispositivos aparelhos ) {0}; <port01> = ( luz lâmpada ) {1}; <port02> = ( ventilador aparelho ventilador ) {2}; <port03> = ( tv tevê televisão televisor Aparelho de TV aparelho televisor ) {3}; <port04> = ( abajur luminária candelabro ) {4}; <port05> = ( teste ) {5}; <polite> = por favor faz favor faz favor de por gentileza por obséquio também inclusive agora já; <sujeito> = eu quero eu preciso eu vou;

53 JSGF Java Speech Grammar Format Gramática SimpleGrammar.gram Recursos computacionais

54 grammar br.ita.domovox; public <command> = [<introdução>] <action> [<complemento>] <object> [<complemento>] [<conclusão>]; <introdução> = [<educação>] [<complemento>] [<quem>]; <action> = <ação>; <complemento> = [<posse>] [<outros>] [<onde>] [<tempo>] [<educação>] [<outros>]; <object> = [<indica>] [<posse>] <dispositivo>; <conclusão> = [<introdução>]; <educação> = [<outros>] [<tratamento>] [<sistema>] [<tratamento>] [<complemento>]; <quem> = [<sujeito>] [<desejo>]; <posse> = [<outros>] [<possessivo>] [<outros>] [<sujeito>] [<outros>]; <onde> = [<lugar>] [<outros>]; <tempo> = [<quando>] [<outros>]; <tratamento> = por favor faz favor por gentileza por obséquio faça a gentileza faça o favor fazer o favor fazer a gentileza; <sistema> = pc computador notebook máquina sistema domovox sistema domovox sistema de voz sistema de fala meu cara bicho mano maluco; <sujeito> = eu tu ele ela nós vós eles elas você vocês mim gente; <desejo> = [<querer>] [<desejar>] [<precisar>] [<necessitar>] [<ir>] [<poder>]; <querer> = quero queres quer queremos quereis querem querendo; <desejar> = desejo desejas deseja desejamos desejais desejam desejando; <precisar> = preciso precisas precisa precisamos precisais precisam precisando; <necessitar> = necessito necessitas necessita necessitamos necessitais necessitam necessitando; <ir> = vou vais vai vamos vão; <poder> = pode podes; <ação> = <verdadeiro> <falso>; <verdadeiro> = (ligar ligue ativar ative ascender ascenda) {true}; <falso> = (desligar desligue desativar desative apagar apague) {false} JSGF Java Speech Grammar Format Gramática SimpleGrammar.gram

55 JSGF Java Speech Grammar Format Gramática SimpleGrammar.gram Recursividade na gramática <educação> = [<outros>] [<tratamento>] [<sistema>] [<tratamento>] [<complemento>]; <complemento> = [<posse>] [<outros>] [<onde>] [<tempo>] [<educação>] [<outros>];

56 JSGF Java Speech Grammar Format Gramática SimpleGrammar.gram Recursos computacionais

57 JSGF Java Speech Grammar Format Gramática grammar br.ita.domovox; public <command> = <polite>* <action> <complement>* <object> <polite>*; <action> = <true> <false>; <true> = ( ligar ligue ativar ative ascender ascenda ) {true}; <false> = ( desligar desligue desativar desative apagar apague ) {false}; <complement> = (definite) (preposition); <object> = <port>; <definite> = o a os as; <preposition> = esse essa este esta aquele aquela aquilo todos; <port> = <port00> <port01> <port02> <port03> <port04> <port05>; <port00> = ( tudo dispositivos aparelhos ) {0}; <port01> = ( luz lâmpada ) {1}; <port02> = ( ventilador aparelho ventilador ) {2}; <port03> = ( tv tevê televisão televisor Aparelho de TV aparelho televisor ) {3}; <port04> = ( abajur luminária candelabro ) {4}; <port05> = ( teste ) {5}; <polite> = sistema eu quero por favor faz favor por gentileza por obséquio;

58 JSGF Java Speech Grammar Format Gramática SimpleGrammar.gram Recursos computacionais

59 Roteiro Aplicação Funcionamento Arquitetura Composição IBMSDK Java Tecnology Tecnologia ASR JSGF Demonstração

60 Instituto Tecnológico de Aeronáutica Divisão de Ciência da Computação IEC Programa de Pós-Graduação em Engenharia Eletrônica e Computação Área de Informática PG/EEC-I

Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação

Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação ISSN - 0103-2569 ESTUDO E DESENVOLVIMENTO DE APLICAÇÕES JAVA COM RECONHECIMENTO E SÍNTESE DE VOZ José Fernando Rodrigues Júnior Prof. Dr. Dilvan de Abreu

Leia mais

SpeechOO: Uma Extensão de Ditado para o LibreOffice

SpeechOO: Uma Extensão de Ditado para o LibreOffice SpeechOO: Uma Extensão de Ditado para o LibreOffice Pedro Batista 1, William Colem 2, Rafael Oliveira 1, Hugo Santos 1, Welton Araújo 1, Nelson Neto 1, Aldebaro Klautau 1 1 Laboratório de Processamento

Leia mais

Prof. Esp. Adriano Carvalho

Prof. Esp. Adriano Carvalho Prof. Esp. Adriano Carvalho Um arquivo contendo uma sequência de comandos em uma linguagem de programação especifica Esses comandosrespeitam regras de como serem escritos e quais são as palavras que podem

Leia mais

Um pouco do Java. Prof. Eduardo

Um pouco do Java. Prof. Eduardo Um pouco do Java Prof. Eduardo Introdução A tecnologia JAVA é composta pela linguagem de programação JAVA e pela plataforma de desenvolvimento JAVA. Os programas são escritos em arquivos-texto com a extensão.java.

Leia mais

Tutorial de Computação Programação em Java para MEC1100 v2010.10

Tutorial de Computação Programação em Java para MEC1100 v2010.10 Tutorial de Computação Programação em Java para MEC1100 v2010.10 Linha de Equipamentos MEC Desenvolvidos por: Maxwell Bohr Instrumentação Eletrônica Ltda. Rua Porto Alegre, 212 Londrina PR Brasil http://www.maxwellbohr.com.br

Leia mais

NETALARM GATEWAY. Manual do Usuário

NETALARM GATEWAY. Manual do Usuário Índice 1. Introdução...3 2. Requisitos Mínimos de Instalação...3 3. Instalação...3 4. Inicialização do Programa...5 5. Abas de Configuração...6 5.1 Aba Serial...6 5.2 Aba TCP...7 5.2.1 Opções Cliente /

Leia mais

EN3611 Segurança de Redes Prof. João Henrique Kleinschmidt Prática Wireshark Sniffer de rede

EN3611 Segurança de Redes Prof. João Henrique Kleinschmidt Prática Wireshark Sniffer de rede EN3611 Segurança de Redes Prof. João Henrique Kleinschmidt Prática Wireshark Sniffer de rede Entregar um relatório contendo introdução, desenvolvimento e conclusão. A seção desenvolvimento pode conter

Leia mais

STK (Start Kit DARUMA) Realizando Comunicação através do TERMINAL SERVER Windows 2008 (Utilizando a DarumaFramework.dll)

STK (Start Kit DARUMA) Realizando Comunicação através do TERMINAL SERVER Windows 2008 (Utilizando a DarumaFramework.dll) STK (Start Kit DARUMA) Realizando Comunicação através do TERMINAL SERVER Windows 2008 (Utilizando a DarumaFramework.dll) Este STK dividiu-se em três etapas, que são: Configuração do Windows 2008 server;

Leia mais

Criando sua primeira aplicação JAVA com o Eclipse

Criando sua primeira aplicação JAVA com o Eclipse Criando sua primeira aplicação JAVA com o Eclipse Fernando Boaglio Instalou o Eclipse mas não sabia por onde começar? Aqui você encontra uma breve explicação de como criar sua primeira aplicação JAVA no

Leia mais

Como usar o bluej. Laboratório I Prof.ª Vera Alves

Como usar o bluej. Laboratório I Prof.ª Vera Alves Como usar o bluej O BlueJ é um IDE (Integrated Development Environment), ou seja, um ambiente para desenvolvimento de programas na linguagem Java. Você pode fazer o download do BlueJ, gratuitamente, no

Leia mais

Noções de. Microsoft SQL Server. Microsoft SQL Server

Noções de. Microsoft SQL Server. Microsoft SQL Server Noções de 1 Considerações Iniciais Basicamente existem dois tipos de usuários do SQL Server: Implementadores Administradores 2 1 Implementadores Utilizam o SQL Server para criar e alterar base de dados

Leia mais

Instalação do TOTVS ESB. Guia de Instalação do TOTVS ESB

Instalação do TOTVS ESB. Guia de Instalação do TOTVS ESB Guia de Instalação do TOTVS ESB Copyright 2011 TOTVS S.A. Todos os direitos reservados. Nenhuma parte deste documento pode ser copiada, reproduzida, traduzida ou transmitida por qualquer meio eletrônico

Leia mais

LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO ESTRUTURADA CAPÍTULO 1 APRESENTANDO O C#

LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO ESTRUTURADA CAPÍTULO 1 APRESENTANDO O C# LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO ESTRUTURADA CAPÍTULO 1 APRESENTANDO O C# 1.1 - Apresentação Quando fazemos nossas compras em um supermercado, é comum encontrarmos um código de barras impresso nos produtos expostos

Leia mais

Java - Introdução. Professor: Vilson Heck Junior. vilson.junior@ifsc.edu.br

Java - Introdução. Professor: Vilson Heck Junior. vilson.junior@ifsc.edu.br Java - Introdução Professor: Vilson Heck Junior vilson.junior@ifsc.edu.br Agenda O que é Java? Sun / Oracle. IDE - NetBeans. Linguagem Java; Maquina Virtual; Atividade Prática. Identificando Elementos

Leia mais

UFG - Instituto de Informática

UFG - Instituto de Informática UFG - Instituto de Informática Especialização em Desenvolvimento de Aplicações Web com Interfaces Ricas EJB 3.0 Prof.: Fabrízzio A A M N Soares professor.fabrizzio@gmail.com Aula 3 Invocação de Objetos

Leia mais

Guia Rápido ClaireAssist

Guia Rápido ClaireAssist Guia Rápido ClaireAssist Informações do Evento Nossa equipe de Operações enviará por email todos os dados para o evento. Você receberá dois numeros de acesso, um para moderador e outro para os participantes,

Leia mais

Sintaxe Básica de Java Parte 1

Sintaxe Básica de Java Parte 1 Sintaxe Básica de Java Parte 1 Universidade Católica de Pernambuco Ciência da Computação Prof. Márcio Bueno poonoite@marcioubeno.com Fonte: Material da Profª Karina Oliveira Estrutura de Programa Um programa

Leia mais

Criando extensões para o BrOffice.org usando Java e NetBeans

Criando extensões para o BrOffice.org usando Java e NetBeans Criando extensões para o BrOffice.org usando Java e NetBeans 16 de setembro de 2009 William D. Colen M. Silva Engenharia da Computação Poli USP 2002-2006 Mestrando Ciência da Computação IME USP 2009 Desenvolvedor

Leia mais

Guia de Instalação do vspace

Guia de Instalação do vspace EA3 TECNOLOGIA Av. Mônaco, 760 Imbiribeira Recife/PE CEP: 51180-180 Fone: (81) 3061-2670 E-mail: sac@ea3tecnologia.com.br www.ea3tecnologia.com.br Guia de Instalação do vspace Versão 6.5.1 Guia de Instalação

Leia mais

1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO

1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO 1 ÍNDICE 1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO... 3 1.1 REQUISITOS BASICOS DE SOFTWARE... 3 1.2 REQUISITOS BASICOS DE HARDWARE... 3 2 EXECUTANDO O INSTALADOR... 3 2.1 PASSO 01... 3 2.2 PASSO

Leia mais

Manual de Download e Instalação da IDE Intellij e ferramentas necessárias para programação android:

Manual de Download e Instalação da IDE Intellij e ferramentas necessárias para programação android: Manual de Download e Instalação da IDE Intellij e ferramentas necessárias para programação android: Instalação do INTELLIJ: Vá até a página oficial do INTELLIJ: https://www.jetbrains.com/idea/download/,

Leia mais

Eclipse IDE Dá-se importância aos antepassados quando já não temos nenhum. Francois Chateaubriand

Eclipse IDE Dá-se importância aos antepassados quando já não temos nenhum. Francois Chateaubriand Eclipse IDE Dá-se importância aos antepassados quando já não temos nenhum. Francois Chateaubriand O Eclipse O Eclipse (www.eclipse.org) e uma IDE (integrated development environment). Diferente de uma

Leia mais

Prof. M.Sc. Fábio Procópio Prof. M.Sc. João Maria Criação: Fev/2010

Prof. M.Sc. Fábio Procópio Prof. M.Sc. João Maria Criação: Fev/2010 Prof. M.Sc. Fábio Procópio Prof. M.Sc. João Maria Criação: Fev/2010 Primeira Dica Afirmação O que é Java? Características do Java Como Java Funciona Plataforma Java Edições Java Java SE Java EE Java ME

Leia mais

Aula 1 - Introdução e configuração de ambiente de desenvolvimento

Aula 1 - Introdução e configuração de ambiente de desenvolvimento Aula 1 - Introdução e configuração de ambiente de desenvolvimento Olá, seja bem-vindo à primeira aula do curso para desenvolvedor de Android, neste curso você irá aprender a criar aplicativos para dispositivos

Leia mais

Informática. Aula 03 Sistema Operacional Linux. Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte Campus Currais Novos

Informática. Aula 03 Sistema Operacional Linux. Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte Campus Currais Novos Prof. Diego Pereira Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte Campus Currais Novos Informática Aula 03 Sistema Operacional Linux Objetivos Entender

Leia mais

Instalação do Java SDK (Software Development Kit)

Instalação do Java SDK (Software Development Kit) ESCOLA POLITÉCNICA DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO Departamento de Engenharia Mecatrônica e de Sistemas Mecânicos PMR 2300 Computação para Automação 1 o Semestre 2005 Instalação do Java SDK (Software Development

Leia mais

PHP() é uma linguagem de integração de servidor que permite a criação de paginas dinâmicas. Como todas

PHP() é uma linguagem de integração de servidor que permite a criação de paginas dinâmicas. Como todas O que é PHP? Acrônimo de PHP: Hipertext Language PostProcessor Inicialmente escrita para o desenvolvimento de aplicações Web Facilidade para iniciantes e recursos poderosos para programadores profissionais

Leia mais

Tutorial RMI (Remote Method Invocation) por Alabê Duarte

Tutorial RMI (Remote Method Invocation) por Alabê Duarte Tutorial RMI (Remote Method Invocation) por Alabê Duarte Este tutorial explica basicamente como se implementa a API chamada RMI (Remote Method Invocation). O RMI nada mais é que a Invocação de Métodos

Leia mais

O que é conexão de área de trabalho remoto?

O que é conexão de área de trabalho remoto? O que é conexão de área de trabalho remoto? Conexão de Área de Trabalho Remota é uma tecnologia que permite sentar-se ao computador e conectar-se a um computador remoto em um local diferente. Por exemplo,

Leia mais

Security Shop MRS. Media Relay System. Manual do Usuário

Security Shop MRS. Media Relay System. Manual do Usuário Página 1 de 20 Security Shop MRS Media Relay System Manual do Usuário Página 2 de 20 Conteúdos: Conteúdos:... 2 Figuras:... 3 1. Introdução... 4 1.1 Âmbito do Documento... 4 1.2 Terminologia... 4 2. GERAL...

Leia mais

Utilizando VNC em conjunto com VRVS

Utilizando VNC em conjunto com VRVS Utilizando VNC em conjunto com VRVS 1) O pacote VNC O pacote VNC é utilizado para o compartilhamento do desktop de um usuário/host para outros usuários/hosts de forma remota. Esta ferramenta possibilita

Leia mais

Manual de instalação

Manual de instalação Conteúdo Declaração de Propriedade Intelectual 3 Contato 3 A quem se destina 3 FAC - Perguntas mais frequentes 3 Antes de começar a instalação Netcontroll 4 Instale o.net Framework 4.5.1 (Verificar a versão

Leia mais

Sistema Operacional Unidade 13 Servidor Samba. QI ESCOLAS E FACULDADES Curso Técnico em Informática

Sistema Operacional Unidade 13 Servidor Samba. QI ESCOLAS E FACULDADES Curso Técnico em Informática Sistema Operacional Unidade 13 Servidor Samba Curso Técnico em Informática SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 3 INSTALANDO O SAMBA... 3 Verificando a versão... 3 Criando uma cópia do servidor samba original... 3 COMPARTILHAMENTOS

Leia mais

Tutorial de uso Nitrus Voice Flux

Tutorial de uso Nitrus Voice Flux Tutorial de uso Nitrus Voice Flux Introdução Este software foi desenvolvido para fazer com que comandos do computador pudessem responder a comandos de voz. Ao abrir o Nitrus Voice Flux encontra-se uma

Leia mais

Manual de instalação e configuração da Ferramenta Android SDK

Manual de instalação e configuração da Ferramenta Android SDK Trabalho de Programação para Dispositivos Móveis Turma: 1011 Camila Botelho camilacunhabotelho@gmail.com Manual de instalação e configuração da Ferramenta Android SDK Introdução O Android é uma ferramenta

Leia mais

Configuração e Partilha de Pastas / ICS

Configuração e Partilha de Pastas / ICS Configuração e Partilha de Pastas / ICS 1. Comunicação entre 2 máquinas. 1.1 Windows Xp Clicar no símbolo de rede no canto inferior direito. 1.2 Ligação área Local No separador Geral Clicar em propriedades.

Leia mais

b 1 Copyright 2008-2012 In9 Mídia Soluções Digitais Inc. All rights reserved.

b 1 Copyright 2008-2012 In9 Mídia Soluções Digitais Inc. All rights reserved. b 1 Conteúdo Capítulo 1... 3 Instalando o Neonews... 3 Neonews no Linux... 6 Capítulo 2... 7 Configurando o NeoNews... 7 Capítulo 3... 13 Teclas de Atalho do NeoNews Player... 13 2 Capítulo 1 Instalando

Leia mais

Aula 09 Introdução à Java. Disciplina: Fundamentos de Lógica e Algoritmos Prof. Bruno Gomes http://www.profbrunogomes.com.br/

Aula 09 Introdução à Java. Disciplina: Fundamentos de Lógica e Algoritmos Prof. Bruno Gomes http://www.profbrunogomes.com.br/ Aula 09 Introdução à Java Disciplina: Fundamentos de Lógica e Algoritmos Prof. Bruno Gomes http://www.profbrunogomes.com.br/ Agenda da Aula Java: Sintaxe; Tipos de Dados; Variáveis; Impressão de Dados.

Leia mais

O Servidor de impressão DP-300U atende a seguinte topologia: Podem ser conectadas 2 impressoras Paralelas e 1 USB.

O Servidor de impressão DP-300U atende a seguinte topologia: Podem ser conectadas 2 impressoras Paralelas e 1 USB. O Servidor de impressão DP-300U atende a seguinte topologia: Podem ser conectadas 2 impressoras Paralelas e 1 USB. 1 1- Para realizar o procedimento de configuração o DP-300U deve ser conectado via cabo

Leia mais

O Servidor de impressão DP-301U atende a seguinte topologia: Com o DP-301U pode ser conectada uma impressora USB.

O Servidor de impressão DP-301U atende a seguinte topologia: Com o DP-301U pode ser conectada uma impressora USB. O Servidor de impressão DP-301U atende a seguinte topologia: Com o DP-301U pode ser conectada uma impressora USB. 1 1- Para realizar o procedimento de configuração o DP-301U deve ser conectado via cabo

Leia mais

Data: 22 de junho de 2004. E-mail: ana@lzt.com.br

Data: 22 de junho de 2004. E-mail: ana@lzt.com.br Data: 22 de junho de 2004. E-mail: ana@lzt.com.br Manual do Suporte LZT LZT Soluções em Informática Sumário VPN...3 O que é VPN...3 Configurando a VPN...3 Conectando a VPN... 14 Possíveis erros...16 Desconectando

Leia mais

DESENVOLVIMENTO DE UM CLIENTE SOFIA2 (KP) SEGUINDO A ARQUITETURA KP-MODELO

DESENVOLVIMENTO DE UM CLIENTE SOFIA2 (KP) SEGUINDO A ARQUITETURA KP-MODELO DESENVOLVIMENTO DE UM CLIENTE SOFIA2 (KP) SEGUINDO A ARQUITETURA KP-MODELO JUNHO 2014 Versão 1 ÍNDICE ÍNDICE... 2 PASSO 1 FAMILIARIZAR-SE COM OS CONCEITOS BÁSICOS DE SOFIA2... 3 PASSO 2 - OBTER CREDENCIAIS

Leia mais

Universidade Federal da Fronteira Sul Campus Chapecó Sistema Operacional

Universidade Federal da Fronteira Sul Campus Chapecó Sistema Operacional Universidade Federal da Fronteira Sul Campus Chapecó Sistema Operacional Elaboração: Prof. Éverton Loreto everton@uffs.edu.br 2010 Objetivo Conhecer as características e recursos do Sistema Operacional

Leia mais

Cliente Microsoft Outlook do Avaya Modular Messaging Versão 5.0

Cliente Microsoft Outlook do Avaya Modular Messaging Versão 5.0 Cliente Microsoft Outlook do Avaya Modular Messaging Versão 5.0 Importante: as instruções contidas neste guia só serão aplicáveis se seu armazenamento de mensagens for Avaya Message Storage Server (MSS)

Leia mais

STK (Start Kit DARUMA) Utilizando conversor Serial/Ethernet com Mini-Impressora DR600/DR700.

STK (Start Kit DARUMA) Utilizando conversor Serial/Ethernet com Mini-Impressora DR600/DR700. STK (Start Kit DARUMA) Utilizando conversor Serial/Ethernet com Mini-Impressora DR600/DR700. Neste STK mostraremos como comunicar com o conversor Serial/Ethernet e instalar o driver Genérico Somente Texto

Leia mais

4 Avaliação do Código Gerado

4 Avaliação do Código Gerado Referencial Teórico 4 Avaliação do Código Gerado Nós fizemos alguns exemplos para avaliar a eficiência da especificação proposta, tanto em termos de velocidade de execução quanto de diminuição do tamanho

Leia mais

ECD1200 Equipamento de Consulta de Dados KIT DE DESENVOLVIMENTO

ECD1200 Equipamento de Consulta de Dados KIT DE DESENVOLVIMENTO Equipamento de Consulta de Dados KIT DE DESENVOLVIMENTO Versão do documento: 1.1 1. Introdução...3 2. Documentação...3 2.1. DOCUMENTAÇÃO DE REFERÊNCIA... 3 2.2. DESCRIÇÃO FUNCIONAL... 4 2.2.1. INTERFACE...

Leia mais

TeamViewer 9 Manual Management Console

TeamViewer 9 Manual Management Console TeamViewer 9 Manual Management Console Rev 9.2-07/2014 TeamViewer GmbH Jahnstraße 30 D-73037 Göppingen www.teamviewer.com Sumário 1 Sobre o TeamViewer Management Console... 4 1.1 Sobre o Management Console...

Leia mais

Apêndice A. Manual do Usuário JSARP

Apêndice A. Manual do Usuário JSARP Apêndice A Manual do Usuário JSARP A.1. Introdução JSARP é um simulador e analisador de Redes de Petri. É um aplicativo que permite desenhar uma rede, fazer análises, verificar propriedades e simular sua

Leia mais

Wireshark Lab: Iniciando

Wireshark Lab: Iniciando Wireshark Lab: Iniciando Versão 1.1 2005 KUROSE, J.F & ROSS, K. W. Todos os direitos reservados 2008 BATISTA, O. M. N. Tradução e adaptação para Wireshark. Conte-me e esqueço. Mostre-me e eu lembro. Envolva-me

Leia mais

Mobile Command. Diego Armando Gusava. Orientador: Mauro Marcelo Mattos

Mobile Command. Diego Armando Gusava. Orientador: Mauro Marcelo Mattos Mobile Command Diego Armando Gusava Orientador: Mauro Marcelo Mattos Roteiro Introdução Objetivos Fundamentação teórica Desenvolvimento Implementação Conclusão Extensões Introdução O que me motivou? Solução

Leia mais

Invocação de Métodos Remotos

Invocação de Métodos Remotos Invocação de Métodos Remotos Java RMI (Remote Method Invocation) Tópicos Tecnologia RMI Introdução Modelo de camadas do RMI Arquitetura Fluxo de operação do RMI Passos para implementação Estudo de caso

Leia mais

( TIAGO DOS SANTOS MENDES ) PROGRAMAÇÃO DISPOSITIVOS MOVEIS ANDROID STUDIO

( TIAGO DOS SANTOS MENDES ) PROGRAMAÇÃO DISPOSITIVOS MOVEIS ANDROID STUDIO Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial E.E.P. Senac Pelotas Centro Histórico Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego Curso Técnico em Informática ( TIAGO DOS SANTOS MENDES ) PROGRAMAÇÃO

Leia mais

Descrição. Implementação. Departamento de Informática e Estatística Universidade Federal de Santa Catarina LAB 4 Transferência de Arquivos

Descrição. Implementação. Departamento de Informática e Estatística Universidade Federal de Santa Catarina LAB 4 Transferência de Arquivos Departamento de Informática e Estatística Universidade Federal de Santa Catarina LAB 4 Transferência de Arquivos Descrição Implemente nesta atividade de laboratório um programa em Java utilizando threads

Leia mais

Nome N Série: Ferramentas

Nome N Série: Ferramentas Nome N Série: Ferramentas Competências: Identificar e utilizar técnicas de modelagem de dados; Habilidades: Utilizar ferramentas de apoio ao desenvolvimento de software; Bases Tecnológicas: Metodologias

Leia mais

Programação por Objectos

Programação por Objectos Programação por Objectos Java: instalação, configuração e ferramentas MEEC@IST Java 1/21 Ferramentas revisão J2SE JDK (última vs, pelo menos vs 5.0) http://java.sun.com/javase/downloads/index.jsp Eclipse,

Leia mais

Manual do Desenvolvedor Criptografia de Arquivos do WebTA

Manual do Desenvolvedor Criptografia de Arquivos do WebTA Manual do Desenvolvedor Criptografia de Arquivos do WebTA Versão 1.4 Índice 1. Objetivo..3 2. Processo..3 3. API de Criptografia - Biblioteca Java..4 3.1 WEBTACryptoUtil..4 3.1.1 decodekeyfile..4 3.1.2

Leia mais

Threads e Sockets em Java. Threads em Java. Programas e Processos

Threads e Sockets em Java. Threads em Java. Programas e Processos Threads em Java Programas e Processos Um programa é um conceito estático, isto é, um programa é um arquivo em disco que contém um código executável por uma CPU. Quando este programa é executado dizemos

Leia mais

TRBOnet MDC Console. Manual de Operação

TRBOnet MDC Console. Manual de Operação TRBOnet MDC Console Manual de Operação Versão 1.8 ÍNDICE NEOCOM Ltd 1. VISÃO GERAL DA CONSOLE...3 2. TELA DE RÁDIO...4 2.1 COMANDOS AVANÇADOS...5 2.2 BARRA DE FERRAMENTAS...5 3. TELA DE LOCALIZAÇÃO GPS...6

Leia mais

AJUSTANDO SEU NAVEGADOR PARA ACESSAR CORRETAMENTE A INTERNET NA REDE UERN

AJUSTANDO SEU NAVEGADOR PARA ACESSAR CORRETAMENTE A INTERNET NA REDE UERN AJUSTANDO SEU NAVEGADOR PARA ACESSAR CORRETAMENTE A INTERNET NA REDE UERN O primeiro aspecto a ser considerado é Navegador de Internet que deve ser utilizado. A UPD recomenda sempre o uso do navegador

Leia mais

ANDRÉ ALENCAR 1 INFORMÁTICA INTERNET EXPLORER 9

ANDRÉ ALENCAR 1 INFORMÁTICA INTERNET EXPLORER 9 ANDRÉ ALENCAR 1 INFORMÁTICA INTERNET EXPLORER 9 1. JANELA PADRÃO Importante: O Internet Explorer não pode ser instalado no Windows XP. 2. INTERFACE MINIMALISTA Seguindo uma tendência já adotada por outros

Leia mais

Manual do Usuário Android Neocontrol

Manual do Usuário Android Neocontrol Manual do Usuário Android Neocontrol Sumário 1.Licença e Direitos Autorais...3 2.Sobre o produto...4 3. Instalando, Atualizando e executando o Android Neocontrol em seu aparelho...5 3.1. Instalando o aplicativo...5

Leia mais

TRBOnet Standard. Manual de Operação

TRBOnet Standard. Manual de Operação TRBOnet Standard Manual de Operação Versão 1.8 NEOCOM Ltd ÍNDICE 1. TELA DE RÁDIO 3 1.1 COMANDOS AVANÇADOS 4 1.2 BARRA DE FERRAMENTAS 5 2. TELA DE LOCALIZAÇÃO GPS 6 2.1 MAPLIB 6 2.2 GOOGLE EARTH 7 2.3

Leia mais

Instalando o J2SE 5.0 JDK no Windows 2000/XP

Instalando o J2SE 5.0 JDK no Windows 2000/XP Instalando o J2SE 5.0 JDK no Windows 2000/XP Fabricio Leonard Leopoldino Descreve o processo de download, instalação e configuração do J2SE 5.0 JDK, no Windows 2000 e no Windows XP. 1 - Introdução Para

Leia mais

Satélite. Manual de instalação e configuração. CENPECT Informática www.cenpect.com.br cenpect@cenpect.com.br

Satélite. Manual de instalação e configuração. CENPECT Informática www.cenpect.com.br cenpect@cenpect.com.br Satélite Manual de instalação e configuração CENPECT Informática www.cenpect.com.br cenpect@cenpect.com.br Índice Índice 1.Informações gerais 1.1.Sobre este manual 1.2.Visão geral do sistema 1.3.História

Leia mais

ITALC - Intelligent Teaching and Learning with Computers

ITALC - Intelligent Teaching and Learning with Computers ITALC - Intelligent Teaching and Learning with Computers Italc Ensino e aprendizado inteligente em computadores Antônio Ricardo Leocádio Gomes, Prof. Centro Universitário de Belo Horizonte UNI-BH Manual

Leia mais

Para desenvolver a atividade a atividade desta aula utilizaremos o ambiente de desenvolvimento integrado NetBeans.

Para desenvolver a atividade a atividade desta aula utilizaremos o ambiente de desenvolvimento integrado NetBeans. 1 - Criando uma classe em Java Para desenvolver a atividade a atividade desta aula utilizaremos o ambiente de desenvolvimento integrado NetBeans. Antes de criarmos a(s) classe(s) é necessário criar o projeto

Leia mais

Software Ativo. Operação

Software Ativo. Operação Software Ativo Operação Página deixada intencionalmente em branco PROTEO MANUAL OPERAÇÃO SUMÁRIO 1 - INSTALAÇÃO DO SOFTWARE ATIVO... 5 2 CRIANDO PROJETO UVS/ TMS PROTEO... 10 2.1 - Estrutura do Projeto...

Leia mais

Pacote de gerenciamento de servidores Intel. Guia do Usuário

Pacote de gerenciamento de servidores Intel. Guia do Usuário Pacote de gerenciamento de servidores Intel Guia do Usuário Declarações de Caráter Legal AS INFORMAÇÕES CONTIDAS NESTE DOCUMENTO SÃO RELACIONADAS AOS PRODUTOS INTEL, PARA FINS DE SUPORTE ÀS PLACAS PARA

Leia mais

Manual do Radioserver

Manual do Radioserver Manual do Radioserver Versão 1.0.0 Alex Farias (Supervisão) Luiz Galano (Comercial) Vinícius Cosomano (Suporte) Tel: (011) 9393-4536 (011) 2729-0120 (011) 2729-0120 Email: alex@smartptt.com.br suporte@smartptt.com.br

Leia mais

ANTES DE TUDO, FAÇA ISTO...

ANTES DE TUDO, FAÇA ISTO... ATENÇÃO PARA SAT DIMEP: o EXISTEM 2 TIPOS DE SAT DIMEP. o O DE COR BRANCA QUE DEVE SER USADO PARA FAZER DEMONSTRAÇÕES. CASO A REVENDA DESEJE APARELHO PARA DEMONSTRAÇÃO, É ESTE QUE DEVE SER ADQUIRIDO o

Leia mais

Manual de Utilização de Webcams no. Desenvolvimento de Aplicativos Java

Manual de Utilização de Webcams no. Desenvolvimento de Aplicativos Java Manual de Utilização de Webcams no Desenvolvimento de Aplicativos Java Coordenador: Hemerson Pistori Manual desenvolvido no âmbito do projeto Plataforma de Apoio ao Desenvolvimento de Sistemas para Inclusão

Leia mais

Persistência de Classes em Tabelas de Banco de Dados

Persistência de Classes em Tabelas de Banco de Dados UTFPR DAELN - Disciplina de Fundamentos de Programação II ( IF62C ). 1 Persistência de Classes em Tabelas de Banco de Dados 1) Introdução! Em algumas situações, pode ser necessário preservar os objetos

Leia mais

Exercício 1 : As classes abaixo serão utilizadas neste exercício: public class Ponto { int x; int y; public Ponto(int x, int y){ this.

Exercício 1 : As classes abaixo serão utilizadas neste exercício: public class Ponto { int x; int y; public Ponto(int x, int y){ this. Exercício 1 : As classes abaixo serão utilizadas neste exercício: public class Ponto { int x; int y; public Ponto(int x, int y){ this.x = x; this.y = y; public String tostring(){ return "(" + x + "," +

Leia mais

Introdução à Linguagem Java

Introdução à Linguagem Java Introdução à Linguagem Java Histórico: Início da década de 90. Pequeno grupo de projetos da Sun Microsystems, denominado Green. Criar uma nova geração de computadores portáveis, capazes de se comunicar

Leia mais

Manipulação de Banco de Dados com Java 1. Objetivos

Manipulação de Banco de Dados com Java 1. Objetivos Manipulação de Banco de Dados com Java 1. Objetivos Demonstrar os fundamentos básicos para a manipulação de banco de dados com Java; Apresentar a sintaxe de comandos SQL usados em Java. 2. Definições A

Leia mais

Roteiro 11: Roteamento /acesso remoto / redirecionamento de diretórios

Roteiro 11: Roteamento /acesso remoto / redirecionamento de diretórios Roteiro 11: Roteamento /acesso remoto / redirecionamento de diretórios Objetivos: Ativar e gerenciar o serviço de roteamento; Ativar e gerenciar serviços de terminal remoto; Redirecionar diretórios através

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO. para tv TV101

MANUAL DO USUÁRIO. para tv TV101 MANUAL DO USUÁRIO adaptador android para tv TV101 Índice Exibição do Produto 03 Instruções para Uso 03 Menu Principal 04 Configurações de Wi-Fi 04 Navegando por Arquivo ou Pasta 05 Conexão USB 06 Instalando/

Leia mais

Documento de Instalação e Configuração do InfoGrid

Documento de Instalação e Configuração do InfoGrid Documento de Instalação e Configuração do InfoGrid Tecgraf/PUC Rio infogrid@tecgraf.puc rio.br 1.Introdução O objetivo deste documento é podermos registrar em um único local todas as informações necessárias

Leia mais

Guia de Atualização Release FoccoERP 2014

Guia de Atualização Release FoccoERP 2014 Guia de Atualização Release FoccoERP 2014 02/06/2014 Índice ÍNDICE... 2 APRESENTAÇÃO... 3 INTRODUÇÃO... 4 PROCESSO DE INSTALAÇÃO... 4 ATUALIZANDO UM SEGUNDO AMBIENTE... 21 Página 2 de 22 Apresentação Este

Leia mais

Manual do Usuário. Gold Lock Enterprise Encriptação de nível Militar Para Symbian OS 9.2 e acima S60 3ed Edition, FP1 e FP2

Manual do Usuário. Gold Lock Enterprise Encriptação de nível Militar Para Symbian OS 9.2 e acima S60 3ed Edition, FP1 e FP2 Manual do Usuário Gold Lock Enterprise Encriptação de nível Militar Para Symbian OS 9.2 e acima S60 3ed Edition, FP1 e FP2 1 ÍNDICE: 1. Avisos de Seguran ça...3 2. Instala ção...3 3. Configura ção...4

Leia mais

Instalando o IIS 7 no Windows Server 2008

Instalando o IIS 7 no Windows Server 2008 Goiânia, 16/09/2013 Aluno: Rafael Vitor Prof. Kelly Instalando o IIS 7 no Windows Server 2008 Objetivo Esse tutorial tem como objetivo demonstrar como instalar e configurar o IIS 7.0 no Windows Server

Leia mais

Manual Software CMS. Introdução:

Manual Software CMS. Introdução: Introdução: O CMS é uma central de gerenciamento de DVRs, é responsável por integrar imagens de DVRs distintos, com ele é possível realizar comunicação bidirecional, vídeo conferência, função mapa eletrônico

Leia mais

Instalando o IIS 7 no Windows Server 2008

Instalando o IIS 7 no Windows Server 2008 Goiânia, 16/09/2013 Aluno: Rafael Vitor Prof. Kelly Instalando o IIS 7 no Windows Server 2008 Objetivo Esse tutorial tem como objetivo demonstrar como instalar e configurar o IIS 7.0 no Windows Server

Leia mais

APOSTILA LINUX EDUCACIONAL

APOSTILA LINUX EDUCACIONAL MUNICÍPIO DE NOVO HAMBURGO DIRETORIA DE INCLUSÃO DIGITAL DIRETORIA DE GOVERNO ELETRÔNICO APOSTILA LINUX EDUCACIONAL (Conteúdo fornecido pelo Ministério da Educação e pela Pró-Reitoria de Extensão da UNEB)

Leia mais

Cartilha do Voip. Manual do Usuário Manual de Instalação do Windows Manual de Instalação do Linux

Cartilha do Voip. Manual do Usuário Manual de Instalação do Windows Manual de Instalação do Linux Cartilha do Voip Manual do Usuário Manual de Instalação do Windows Manual de Instalação do Linux Cartilha do Voip Manual do Usuário Manual de Instalação do Windows Manual de Instalação do Linux 2 CARTILHA

Leia mais

Sistemas Operacionais Aula 03: Estruturas dos SOs. Ezequiel R. Zorzal ezorzal@unifesp.br www.ezequielzorzal.com

Sistemas Operacionais Aula 03: Estruturas dos SOs. Ezequiel R. Zorzal ezorzal@unifesp.br www.ezequielzorzal.com Sistemas Operacionais Aula 03: Estruturas dos SOs Ezequiel R. Zorzal ezorzal@unifesp.br www.ezequielzorzal.com OBJETIVOS Descrever os serviços que um sistema operacional oferece aos usuários e outros sistemas

Leia mais

Informática Aplicada

Informática Aplicada Informática Aplicada SO Windows Aula 3 Prof. Walteno Martins Parreira Jr www.waltenomartins.com.br waltenomartins@yahoo.com 2014 APRESENTAÇÃO Todo computador precisa de um sistema operacional. O Windows

Leia mais

Manual de Instalação: Agente do OCS Inventory NG

Manual de Instalação: Agente do OCS Inventory NG Manual de Instalação: Agente do OCS Inventory NG Abril 2013 Sumário 1. Agente... 1 2. Onde instalar... 1 3. Etapas da Instalação do Agente... 1 a. Etapa de Instalação do Agente... 1 b. Etapa de Inserção

Leia mais

Notas de Aplicação. Utilizando o servidor de comunicação SCP Server. HI Tecnologia. Documento de acesso público

Notas de Aplicação. Utilizando o servidor de comunicação SCP Server. HI Tecnologia. Documento de acesso público Notas de Aplicação Utilizando o servidor de comunicação SCP Server HI Tecnologia Documento de acesso público ENA.00024 Versão 1.02 dezembro-2006 HI Tecnologia Utilizando o servidor de comunicação SCP Server

Leia mais

SISTEMAS OPERACIONAIS LIVRES GERENCIAMENTO DE SERVIÇOS NO WINDOWS. Professor Carlos Muniz

SISTEMAS OPERACIONAIS LIVRES GERENCIAMENTO DE SERVIÇOS NO WINDOWS. Professor Carlos Muniz SISTEMAS OPERACIONAIS LIVRES GERENCIAMENTO DE SERVIÇOS NO WINDOWS Se todos os computadores da sua rede doméstica estiverem executando o Windows 7, crie um grupo doméstico Definitivamente, a forma mais

Leia mais

MODEM USB 3G+ WM31. Manual do Usuário

MODEM USB 3G+ WM31. Manual do Usuário MODEM USB 3G+ WM31 Manual do Usuário 2 Tabela de Conteúdo 1 Introdução... 3 2. Instalação... 5 3. Descrição da interface do cliente... 6 4. Conexão... 10 5.SMS... 11 6.Contatos... 14 7.Estatística... 18

Leia mais

COMPARTILHAMENTO DO DISCO E PERMISSÕES DE REDE PÚBLICAS E DE GRUPOS DE TRABALHO.

COMPARTILHAMENTO DO DISCO E PERMISSÕES DE REDE PÚBLICAS E DE GRUPOS DE TRABALHO. COMPARTILHAMENTO DO DISCO E PERMISSÕES DE REDE PÚBLICAS E DE GRUPOS DE TRABALHO. 1. Compartilhar a máquina servidor clicando com o botão direito do mouse em disco local e no menu de contexto não pção Propriedades.

Leia mais

Ambiente de Programação dos Painéis de Operação. Incon Eletrônica Ltda. Rua Alfeo Ambrogi, 735 CEP 13570-540 São Carlos SP

Ambiente de Programação dos Painéis de Operação. Incon Eletrônica Ltda. Rua Alfeo Ambrogi, 735 CEP 13570-540 São Carlos SP Ambiente de Programação dos Painéis de Operação Incon Eletrônica Ltda. Rua Alfeo Ambrogi, 735 CEP 13570-540 São Carlos SP Índice 1)Introdução...2 2)Instalação do Oppe...3 3)Descrição do OPPE...4 3.1 Selecionar

Leia mais

É o UniNorte facilitando a vida de nossos docentes e discentes.

É o UniNorte facilitando a vida de nossos docentes e discentes. ACESSO REMOTO Através do Acesso Remoto o aluno ou professor poderá utilizar em qualquer computador que tenha acesso a internet todos os programas, recursos de rede e arquivos acadêmicos utilizados nos

Leia mais

Adriano Reine Bueno Rafael Barros Silva

Adriano Reine Bueno Rafael Barros Silva Adriano Reine Bueno Rafael Barros Silva Introdução RMI Tecnologias Semelhantes Arquitetura RMI Funcionamento Serialização dos dados Criando Aplicações Distribuídas com RMI Segurança Exemplo prático Referências

Leia mais

Para que o NSBASIC funcione corretamente em seu computador, você deve garantir que o mesmo tenha as seguintes características:

Para que o NSBASIC funcione corretamente em seu computador, você deve garantir que o mesmo tenha as seguintes características: Cerne Tecnologia www.cerne-tec.com.br Conhecendo o NSBASIC para Palm Vitor Amadeu Vitor@cerne-tec.com.br 1. Introdução Iremos neste artigo abordar a programação em BASIC para o Palm OS. Para isso, precisaremos

Leia mais

CURSO BÁSICO DE INFORMÁTICA. Microsoft Windows XP

CURSO BÁSICO DE INFORMÁTICA. Microsoft Windows XP CURSO BÁSICO DE INFORMÁTICA Microsoft Windows XP William S. Rodrigues APRESENTAÇÃO WINDOWS XP PROFISSIONAL O Windows XP, desenvolvido pela Microsoft, é o Sistema Operacional mais conhecido e utilizado

Leia mais

EIC. Projecto I. Manual do Utilizador. Vídeo Vigilância Abordagem Open Source. Curso: Engenharia de Informática e Comunicações Ano Lectivo: 2005/2006

EIC. Projecto I. Manual do Utilizador. Vídeo Vigilância Abordagem Open Source. Curso: Engenharia de Informática e Comunicações Ano Lectivo: 2005/2006 EIC Engenharia de Informática e Comunicações Morro do Lena, Alto Vieiro Apart. 4163 2401 951 Leiria Tel.: +351 244 820 300 Fax.: +351 244 820 310 E-mail: estg@estg.iplei.pt http://www.estg.iplei.pt Engenharia

Leia mais