Sistemas de Inicialização. Universidade Tuiuti do Paraná Faculdade de Ciências Exatas

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Sistemas de Inicialização. Universidade Tuiuti do Paraná Faculdade de Ciências Exatas"

Transcrição

1 Universidade Tuiuti do Paraná Faculdade de Ciências Exatas RUNLEVEL NÍVEIS DE EXECUÇÃO 15/08/11 1 Profº André Luiz

2 15/08/11 2 Profº André Luiz

3 Durante o boot o Linux executa diversos processos em uma ordem programada chamada de nível de execução ou RunLevel. Utilizando o comando init, pode-se indicar ao Sistema Operacional, qual nível deseja executar. Então o init é o primeiro processo a ser executado? 15/08/11 3 Profº André Luiz

4 # ps -aux grep init root ? Ss Aug01 0:12 init [2] # pstree -p 1 Init(1) # runevel # init <n> 15/08/11 4 Profº André Luiz

5 Em sistemas Linux são utilizados 7 níveis de execução diferentes, enumerados de 0 a 6: Debian 6.0 RedHat 5 / SLES 11 SP1 / CentOS 5 / OpenSuse 11.4 # Runlevel 0 is halt. # 0 - halt (Do NOT set initdefault to this) # Runlevel 1 is single-user. # 1 - Single user mode # Runlevels 2-5 are multi-user. # 2 - Multiuser, without NFS (not have networking) # Runlevel 6 is reboot. # 3 - Full multiuser mode # 4 unused Sistemas utilizando o SYSTEMD: # 5 X11 - Ubuntu # 6 - reboot (Do NOT set initdefault to this) - Ubuntu Server 15/08/11 5 Profº André Luiz

6 O arquivo /etc/inittab, define o Runlevel padrão. id:n:initdefault Obs: O valor 0 ou 6 em n, o que faria? 15/08/11 6 Profº André Luiz

7 O arquivo /etc/inittab também é responsável por configurar a inicialização dos consoles (/dev/ttyx) e pela associação de teclas de funções como CRTL+ALT+DEL. 15/08/11 7 Profº André Luiz

8 Quando o Linux inicia, uma série de scripts são executados a partir do diretório /etc/rcs.d rc.local Arquivo usado para carga do sistema, montado pelo administrador. /etc/init.d/ Diversos scripts para carga do sistema. 15/08/11 8 Profº André Luiz

9 O scripts em /etc/init.d por padrão tem uma estrutura de decisão que permite a execução de inicio (start), parada (stop), restart (stop-start) e releitura (reload) dos serviços: case $1 in start) bloco de comandos... ;; stop) bloco de comandos... ;; reload) bloco de comandos... ;; restart) stop start ;; 15/08/11 9 Profº André Luiz

10 A estrutura dos arquivos em /etc/init.d permite uma chamada direta, ou utilizando-se dos utilitários invoke-rc.d e service. Exemplos: Chamada direta Utilitário service # /etc/init.d/apache2 start # service apache2 start # /etc/init.d/sshd stop # service sshd stop # /etc/init.d/bind9 reload # service bind9 reload # /etc/init.d/squid restart # service squid restart Utilitário invoke-rc.d Outras opções: # invoke-rc.d apache2 start force-reload # invoke-rc.d sshd stop status # invoke-rc.d bind9 reload start-htcacheclean # invoke-rc.d squid restart... 15/08/11 10 Profº André Luiz

11 OS níveis de serviços são definidos nos diretório /etc/rc<n>.d. Neste diretório encontra-se o que será executado em cada um dos níveis de serviços. 15/08/11 11 Profº André Luiz

12 O GNU/Linux possuí um padrão para definir se uma ligação simbólica em /etc/rc[0-6].d iniciará ou interromperá a execução de um serviço em /etc/init.d : Se um link é iniciado com a letra K (kill), quer dizer que o serviço será interrompido naquele nível de execução. O que ele faz na verdade, é executar o script do serviço em questão em /etc/init.d seguido da opção stop. Se um link é iniciado com a letra S (start), quer dizer que o serviço será iniciado naquele nível de execução. Isto fará com que o script do serviço em questão em /etc/init.d seja invocado seguido da opção start. 15/08/11 12 Profº André Luiz

13 Por ordem, os links com a letra K são executado primeiro seguido pelos que iniciam pela letra S. A ordem com que são executados, depende também do valor numérico que acompanha o link, por exemplo, os seguintes arquivos são executados em sequência: S10sysklogd S12kerneld S20inetd S20linuxlogo S20lprng S89cron S99xdm 15/08/11 13 Profº André Luiz

14 Para inserir ou remover scripts nos runlevels é interessante utilizar a ferramenta update- rc.d, que é a maneira correta (eu até diria: essa é a forma mais elegante) para controlar o uso dos scripts de inicialização. Exemplos de uso: # update-rc.d ssh defaults Insere o serviço ssh (/etc/ini.d/ssh) em todos os runlevels para iniciar e parar de foma correta dependendo de cada runlevel. # update-rc.d ssh start Insere o serviço ssh (/etc/ini.d/ssh) apenas no runlevel 2 para iniciar. # update-rc.d -f ssh remove Remove o serviço ssh (/etc/ini.d/ssh) de todos os runlevels em que está registrado. 15/08/11 14 Profº André Luiz

15 No Debian 6.0 todos os scripts de inicialização "/etc/init.d/" foram convertidos para ordenar a sequencia de boot baseado em um padrão especificado na Base Standard de Linux (LSB)*. Com o aderimento a esse padrão agora existe um cabeçalho em todos os scripts de inicialização onde são indicadas as dependências que ele necessita para poder ser executa, fazendo com que o script inicie só depois de tais dependências. * 15/08/11 15 Profº André Luiz

16 Quando usamos a opção defaults ou o insserv é obedecida as definições do autor do script, essas definições são colocadas logo no início do script: #! /bin/sh ### BEGIN INIT INFO # Provides: cups # Required-Start: $syslog $remote_fs # Required-Stop: $syslog $remote_fs # Should-Start: $network avahi # Should-Stop: $network # Default-Start: # Default-Stop: 1 # Short-Description: CUPS Printing spooler and server ### END INIT INFO 15/08/11 16 Profº André Luiz

17 Provides: cups Required-Start: Dependência requeridas para o start do serviço atual. Required-Stop: Dependência requeridas para o stop do serviço atual. Should-Start: Scripts que poderão ser iniciados antes do o start do serviço atual. Should-Stop: Scripts que poderão ser parados antes do o stop do serviço atual. Default-Start: Níveis de execução em que o serviço irá iniciar por padrão. Default-Stop: Níveis de execução em que o serviço irá parar por padrão. Short-Description: Descrição curta 15/08/11 17 Profº André Luiz

18 INSSERV Para adicionar/remover serviços da inicialização no Debian 6.0 não se usa mais o "update-rc.d" e sim o "insserv". Adicionando o cron na inicialização do sistema: # insserv -v cron Removendo o cron ta inicialização do sistema: # insserv -rv cron 15/08/11 18 Profº André Luiz

19 CHKCONFIG Nos sistemas baseados em RedHat GNU/Linux, CentOS e Suse o utilitário padrão é o chkconfig: # chkconfig <serviço> on off # chkconfig sshd on # chkconfig sshd off Obs.: O mesmo utilitário pode ser utilizado no Debian, porém o padrão é o insserv. 15/08/11 19 Profº André Luiz

20 Serviços INETD Super Servidor de Internet O super servidor é capaz de criar vários conectores (sockets) para uma série de serviços de rede e ouvir todas as portas de rede simultaneamente. Exemplo: Arquivo de configuração - etc/inetd.conf #:STANDARD: These are standard services. # <serviço> <tipo> <protocolo> <nowait> <usuário> <servidor> <linha de comando> telnet stream tcp nowait root /usr/sbin/tcpd /usr/sbin/in.telnetd #:BOOT: TFTP service is provided primarily for booting. Most sites # run this only on machines acting as "boot servers." tftp dgram udp wait nobody/usr/sbin/tcpd /usr/sbin/in.tftpd /srv/tftp 15/08/11 20 Profº André Luiz

21 INVOKE-RC.D & SERVICE O termo técnico para parar e reiniciar um serviço é reciclar, o que precisamos saber é que muitas vezes é necessário parar, iniciar, reler aquivos de configuração de algum daemon sem ter que reiniciar a máquina. Para essa função existem dois utilitários que podem ser usados: # invoke-rc.d sshd start / stop / restart / force-restart / reload ou # service sshd start / stop / restart / force-restart / reload 15/08/11 21 Profº André Luiz

22 SYSV-RC-CONF Um utilitário muito interessante para gerenciar os RunLevels seria o sysv-rcconf. Instalando: # apt-get install sysv-rc-conf Utilizando: # sysv-rc-conf 15/08/11 22 Profº André Luiz

23 # shutdown [opções] horário [mensagem] Usado para desligar ou reiniciar a máquina. Opções -r Reinicia o sistema -h Paraliza o sistema -k Manda mensagem de desligamento -f Carga rápida no sistema -F Força a checagem do disco quando inicializar 15/08/11 23 Profº André Luiz

24 Exemplos: #shutdown r now #shutdown r 06:00 Haverá troca de hardware #shudown h 10 15/08/11 24 Profº André Luiz

25 Você pode: Atribuição-Compartilhamento pela mesma licença 2.5 (http://creativecommons.org/licenses/by-sa/2.5/deed.pt) copiar, distribuir, exibir e executar a obra criar obras derivadas fazer uso comercial da obra Sob as seguintes condições: Atribuição. Você deve dar crédito ao autor original, da forma especificada pelo autor ou licenciante. Compartilhamento pela mesma Licença. Se você alterar, transformar, ou criar outra obra com base nesta, você somente poderá distribuir a obra resultante sob uma licença idêntica a esta. Para cada novo uso ou distribuição, você deve deixar claro para outros os termos da licença desta obra. Qualquer uma destas condições podem ser renunciadas, desde que Você obtenha permissão do autor. Qualquer direito de uso legítimo (ou "fair use") concedido por lei, ou qualquer outro direito protegido pela legislação local, não são em hipótese alguma afetados pelo disposto acima. Este é um sumário para leigos da Licença Jurídica (na íntegra: Termo de exoneração de responsabilidade: Profº André Luiz

Sistemas Operacionais

Sistemas Operacionais Sistemas Operacionais Sistema de Inicialização BOOT 15/10/09 08:58 PM Prof. André Luiz 1 Sistema de Boot POST e BIOS Responsáveis pela inicialização do Hardware. Após realizar os testes iniciais (POST)

Leia mais

INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO DO ZABBIX PROXY EM AMBIENTE DEBIAN

INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO DO ZABBIX PROXY EM AMBIENTE DEBIAN INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO DO ZABBIX PROXY EM AMBIENTE DEBIAN Carlos Alberto Teixeira Magalhães carlos.alberto.tm@gmail.com - LinkedIn: http://va.mu/empc.: Última Alteração: 30/MAR/2014 :. (0) NOÇÕES QUE

Leia mais

Acesso Re sso R moto

Acesso Re sso R moto Acesso Remoto Introdução Em um ambiente de rede, é sempre importante salientar o uso de ferramentas que possam facilitar procedimentos de manutenção, gerenciamento e execução de procedimentos em uma determinada

Leia mais

838 - Linux - administração. Administração avançada do Linux

838 - Linux - administração. Administração avançada do Linux 838 - Linux - administração Administração avançada do Linux Processo INIT O processo init é o primeiro processo iniciado no Linux, após o carregamento do kernel do sistema. Quando é disparado, o init continua

Leia mais

Gerenciamento de Processos

Gerenciamento de Processos - Um Processo é um Programa em Execução com todos os recursos necessários para este fim. - Cada Processo, quando em execução, enxergar como sendo possuidor de todos os recursos do sistema. - O Linux é

Leia mais

Debian 7 (versão 3.2.46) 64 bits

Debian 7 (versão 3.2.46) 64 bits INSTALL 2015-02-23 ============================================================================ Instalando e Executando o Siprev em Ambiente Linux Debian 7 (3.2.46) 64 bits ============================================================================

Leia mais

Sistemas Embarcados. Filesystem Hierarchy Standard (FHS) Root filesystem. Aula 06

Sistemas Embarcados. Filesystem Hierarchy Standard (FHS) Root filesystem. Aula 06 Introdução Sistemas Embarcados Root File System Linux (kernel) é apenas uma parte de um sistema embarcado Preciso executa a inicialização do sistema e de aplicações Necessário montar o sistema de arquivos

Leia mais

O processo init. O processo init

O processo init. O processo init 7 O processo init O processo init é o primeiro programa executado pelo kernel de qualquer sistema operacional Linux/Unix na sua inicialização. Neste capítulo serão mostradas as diferenças de inicialização

Leia mais

Formação de Administradores de Redes Linux LPI level 1. Aula 6 SENAC TI Fernando Costa

Formação de Administradores de Redes Linux LPI level 1. Aula 6 SENAC TI Fernando Costa Formação de Administradores de Redes Linux LPI level 1 Aula 6 SENAC TI Fernando Costa Agenda Objetivo 101.2 Início (boot) do sistema (/var/log/messages, dmesg, BIOS, bootloader, kernel, init) Objetivo

Leia mais

Compilação de Programas a partir do código-fonte:

Compilação de Programas a partir do código-fonte: Compilação de Programas a partir do código-fonte: Descompactação do pacote com: # tar xvzf pacote.tar.gz (zipado) ou # tar xvjf pacote.tar.bz (bzipado) legenda: x: extrai (todo.tar é um saco de arquivos

Leia mais

Tutorial de Instalação

Tutorial de Instalação Tutorial de Instalação Instalação do Sneplivre 1.3.8 (fonte) em Asterisk 1.4.44 Distribuição Linux Debian Squeeze 6.0.5 (64 bits) Elaborado por: Urik B. da Silva E-mail: urikbs@gmail.com Atualizado em:

Leia mais

Mini curso de GNU/Linux

Mini curso de GNU/Linux Rudson Ribeiro Alves Mestre em Física (Semi Condutores) Usuário Unix de 1991 1998 Usuário Slackware deste 1994 Professor da UVV deste 1998 Mini curso de GNU/Linux Noções básicas sobre GNU/Linux Plataforma

Leia mais

Universidade Tuiuti do Paraná Especialização em Redes de Computadores. Módulo LPI Aula 5. Meu Deus do Shell! Porque eu não optei pelo Linux antes?

Universidade Tuiuti do Paraná Especialização em Redes de Computadores. Módulo LPI Aula 5. Meu Deus do Shell! Porque eu não optei pelo Linux antes? Universidade Tuiuti do Paraná Especialização em Redes de Computadores Módulo LPI Aula 5 Meu Deus do Shell! Porque eu não optei pelo Linux antes? 1 [1] NEVES, Júlio César Gerenciamento de Pacotes Por que

Leia mais

Por: Rafael Nink de Carvalho www.linuxeducacional.com www.rafaelnink.com

Por: Rafael Nink de Carvalho www.linuxeducacional.com www.rafaelnink.com L I N2 U0 X0 9 Manual de Instalação do Linux Educacional 3.0 Por: Rafael Nink de Carvalho ü Configurando o SETUP do computador ü Rodando a versão Live CD ü Instalando o Linux www.linuxeducacional.com Educacional

Leia mais

O Upstart substitui o Sys V Init e acelera a inicialização do sistema

O Upstart substitui o Sys V Init e acelera a inicialização do sistema SYSADMIN O Upstart substitui o Sys V Init e acelera a inicialização do sistema Inicialização em um pulo O lento processo de inicialização do Linux vem incomodando os usuários há alguns anos. Agora, o projeto

Leia mais

Gerenciamento de Boot

Gerenciamento de Boot - Gerenciamento de Boot é um meio de você configurar e trabalhar com diversos sistemas operacionais instalados. - Gerenciador de Boot é um pequeno software instalado no Master Boot Record (MBR) nas trilhas

Leia mais

Manual. Configuração Samba. tutorial de instalação. Samba - Linux. Francisco Willian Saldanha Analista de Teste de Sistemas MEC/SEED/DITEC/CETE

Manual. Configuração Samba. tutorial de instalação. Samba - Linux. Francisco Willian Saldanha Analista de Teste de Sistemas MEC/SEED/DITEC/CETE Manual Configuração Samba tutorial de instalação Samba - Linux Francisco Willian Saldanha Analista de Teste de Sistemas MEC/SEED/DITEC/CETE Manual Configuração Samba tutorial de instalação Samba - Linux

Leia mais

Tutorial para Instalação do Ubuntu Server 10.04

Tutorial para Instalação do Ubuntu Server 10.04 Tutorial para Instalação do Ubuntu Server 10.04 Autor: Alexandre F. Ultrago E-mail: ultrago@hotmail.com 1 Infraestrutura da rede Instalação Ativando o usuário root Instalação do Webmin Acessando o Webmin

Leia mais

Administração de Sistemas GNU/Linux

Administração de Sistemas GNU/Linux Administração de Sistemas GNU/Linux Sistema de Inicialização do Linux e os Runlevels GRACO - Gestores da Rede Acadêmica de Computação Instrutor: Ibirisol Fontes Ferreira Monitor:

Leia mais

Gerenciamento do Processo de Inicialização do Linux

Gerenciamento do Processo de Inicialização do Linux Gerenciamento do Processo de Inicialização do Linux Material desenvolvido por Rafael Fernando Diorio Última revisão em 04/08/2013 www.diorio.com.br rafael@diorio.com.br Tópicos Inicialização do sistema

Leia mais

Manual de Instalação do Linux Educacional 1.0

Manual de Instalação do Linux Educacional 1.0 2007 Manual de Instalação do Linux Educacional 1.0 Por: Rafael Nink de Carvalho Web site: 2 Manual de Instalação do Linux Educacional 1.0 Por: Rafael Nink de Carvalho Machadinho D Oeste RO Agosto 2007

Leia mais

Disciplina: Sistemas Operacionais Professor: Cristiano Mariotti procrismar@globo.com

Disciplina: Sistemas Operacionais Professor: Cristiano Mariotti procrismar@globo.com Disciplina: Sistemas Operacionais Professor: Cristiano Mariotti procrismar@globo.com Equivalente a inicializar um computador ; Durante o bootstrapping, o kernel é carregado na memória principal e começa

Leia mais

Gerenciamento de Processos

Gerenciamento de Processos - Um Processo é um Programa em Execução com todos os recursos necessários para este fim. - Cada Processo, quando em execução, enxergar como sendo possuidor de todos os recursos do sistema. - O Linux é

Leia mais

Firewall Iptables - Impasses

Firewall Iptables - Impasses Firewall Iptables - Impasses Prof. Andrei Carniel Universidade Tecnológica Federal do Paraná UTFPR E-mail: andreicarniel@utfpr.edu.br / andrei.carniel@gmail.com 2 Impasses Um dos principais motivos de

Leia mais

Instalação e configuração Linux CentOS 6.x

Instalação e configuração Linux CentOS 6.x Instalação e configuração Linux CentOS 6.x Objetivo: Instalar e configurar o sistema operacional Linux CentOS e efetuar suas configurações iniciais. 1- Abra o Virtuabox e clique em novo, e configure conforme

Leia mais

Linux System Administration 455

Linux System Administration 455 Linux System Administration 455 Nome do curso que é modificado no Slide Mestre Slide 1 2 Nome do curso que é modificado no Slide Mestre Slide 1 3 Os serviços de rede podem ser divididos em três tipos básicos:

Leia mais

Universidade Tuiuti do Paraná. Faculdade de Ciências Exatas. Sistemas de LOG

Universidade Tuiuti do Paraná. Faculdade de Ciências Exatas. Sistemas de LOG Universidade Tuiuti do Paraná Faculdade de Ciências Exatas Sistemas de LOG 25/08/11 1 Profº André Luiz Arquivo de LOG, é uma designação dada aos arquivos que são utilizados pelos programas do sistema para

Leia mais

Como é o Funcionamento do LTSP

Como é o Funcionamento do LTSP Instalação e configuração do LTSP 5 no Ubuntu 11.04 Funcionamento do LTSP e Instalação do Servidor Como é o Funcionamento do LTSP O primeiro requisito para que o LSTP funcione bem é ter uma rede de boa

Leia mais

Configurando o TFTP em plataformas do NMS

Configurando o TFTP em plataformas do NMS Configurando o TFTP em plataformas do NMS Índice Introdução Pré-requisitos Requisitos Componentes Utilizados Convenções Procedimento para AIX /etc/inetd.conf - smit Procedimento para HP-UX /etc/inetd.conf

Leia mais

Clonando Discos. Manual. Clonagem de Discos. Regiane S. de Carvalho Engenheira da Computação MEC/SEED/DITEC/CETE

Clonando Discos. Manual. Clonagem de Discos. Regiane S. de Carvalho Engenheira da Computação MEC/SEED/DITEC/CETE Manual Clonando Discos Clonagem de Discos Clonagem de HDs via rede utilizando o UDPCast. Regiane S. de Carvalho Engenheira da Computação MEC/SEED/DITEC/CETE Manual Clonando Discos Clonagem de Discos Clonagem

Leia mais

Sistema Operacional Unidade 13 Servidor Samba. QI ESCOLAS E FACULDADES Curso Técnico em Informática

Sistema Operacional Unidade 13 Servidor Samba. QI ESCOLAS E FACULDADES Curso Técnico em Informática Sistema Operacional Unidade 13 Servidor Samba Curso Técnico em Informática SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 3 INSTALANDO O SAMBA... 3 Verificando a versão... 3 Criando uma cópia do servidor samba original... 3 COMPARTILHAMENTOS

Leia mais

Administrando o sistema linux TCP/IP

Administrando o sistema linux TCP/IP TCP/IP Principais Ferramentas para Redes - ifconfig Configura Interfaces (ethernet, atm, tun, pppoe e etc.) Ex.: ifconfig eth0 192.168.0.10 netmask 255.255.255.0 ifconfig eth0 ifconfig eth0 up ifconfig

Leia mais

Universidade Tuiuti do Paraná Faculdade de Ciências Exatas Introdução a Computação - CSTA. Classificação / Licenciamento de Software

Universidade Tuiuti do Paraná Faculdade de Ciências Exatas Introdução a Computação - CSTA. Classificação / Licenciamento de Software Universidade Tuiuti do Paraná Faculdade de Ciências Exatas Introdução a Computação - CSTA Classificação / Licenciamento de Software MATERIAL PARA ESTUDO PRIMEIRO BIMESTRE Componentes de um Sistema Computacional

Leia mais

Sistema de Atendimento v1.3 Manual de Instalação v1.0

Sistema de Atendimento v1.3 Manual de Instalação v1.0 Sistema de Atendimento v1.3 Manual de Instalação v1.0 Brasília, 29 de junho de 2010 Sumário Licença deste Documento...3 Introdução ao Sistema de Atendimento...4 Características e módulos...4 Arquitetura...5

Leia mais

#20 Migração Servidor Curupira de Sarge para Etch

#20 Migração Servidor Curupira de Sarge para Etch #20 Migração Servidor Curupira de Sarge para Etch VITEC Versão 1.2.2 Julho/2006 1 Revisões Versão Data Descrição 1.0.0 06/09/2007 Elaboração do Manual. Página 2 de 7 Índice 1 REVISÕES...2 2 COLETANDO OS

Leia mais

Para testar se as variáveis foram carregadas, utilize o comando #export

Para testar se as variáveis foram carregadas, utilize o comando #export Configurando Proxy Debian Abra o arquivo /etc/profile: #nano /etc/profile No final do arquivo, adicione as seguintes linhas: export http_proxy=http://172.16.3.1:3128 export https_proxy=http://172.16.3.1:3128

Leia mais

Instalação em Dual Boot

Instalação em Dual Boot Manual Instalação em Dual Boot tutorial de instalação Dual boot Windows XP e o Linux Educacional 2.0 Francisco Willian Saldanha Analista de Teste de Sistemas MEC/SEED/DITEC/CETE Manual Instalação em Dual

Leia mais

Instalação do Sistema. Treinamento OTRS Help Desk

Instalação do Sistema. Treinamento OTRS Help Desk Instalação do Sistema Treinamento OTRS Help Desk Sumário Instalação... 3 Recomendações...3 Requisitos de Instalação...5 Preparando a Instalação no CentOS 6.5 (64 bits)...5 Preparando a Instalação no Ubuntu

Leia mais

HOWTO de LTSP v4.1 no Debian Sarge : * LTSP como Servidor de Terminais GNU/Linux:

HOWTO de LTSP v4.1 no Debian Sarge : * LTSP como Servidor de Terminais GNU/Linux: HOWTO de LTSP v4.1 no Debian Sarge : * LTSP como Servidor de Terminais GNU/Linux: O LTSP (Linux Terminal Server Project) é uma solução que agrega um conjunto de serviços, de forma que máquinas clientes

Leia mais

Correção Linux Lixux Educacional

Correção Linux Lixux Educacional Manual Correção Linux Lixux Educacional tutorial de correção de Bugs Instalação em HDs IDEs Francisco Willian Saldanha Analista de Teste de Sistemas MEC/SEED/DITEC/CETE Manual Correção Linux Educacional

Leia mais

COORDENAÇÃO DE TECNOLOGIA (COTEC) MAIO/2010

COORDENAÇÃO DE TECNOLOGIA (COTEC) MAIO/2010 PROCEDIMENTOS PARA INSTALAÇÃO DO SERVIÇO POSTGRES NO SISTEMA OPERACIONAL LINUX - DEBIAN COORDENAÇÃO DE TECNOLOGIA (COTEC) MAIO/2010 Rua do Rouxinol, N 115 / Salvador Bahia CEP: 41.720-052 Telefone: (71)

Leia mais

Tutorial de Instalação

Tutorial de Instalação Tutorial de Instalação Instalação do Sneplivre 1.3.8 (fonte) em Asterisk 1.4.44 Distribuição Ubuntu Server 12.04 LTS (64 bits) Elaborado por: Urik B. da Silva E-mail: urikbs@gmail.com Atualizado em: 30/10/2012

Leia mais

Ferramenta para gerenciamento de impressão CURUPIRA

Ferramenta para gerenciamento de impressão CURUPIRA #20 Ferramenta para gerenciamento de impressão CURUPIRA VITEC Versão 1.0 Agosto/2007 1 Revisões Versão Data Descrição 1.0.0 03/08/2007 Elaboração do Manual. Página 2 de 18 Índice 1 REVISÕES... 2 2 PRÉ-REQUISITOS...

Leia mais

LINUX. Da Teoria à Prática. Antonio Carlos Feitosa Costa (antonio@cbpf.br) CDI - Informática 1

LINUX. Da Teoria à Prática. Antonio Carlos Feitosa Costa (antonio@cbpf.br) CDI - Informática 1 LINUX Da Teoria à Prática Antonio Carlos Feitosa Costa (antonio@cbpf.br) CDI - Informática 1 Prefácio Há alguns anos, a mentalidade dos usuários de computador se resumia apenas em ligá-lo e usar alguns

Leia mais

#apt-get install make flex gcc gpp apache2 php5 php5-pgsql postgresql-8.4 libapache2-mod-php5 php5-gd php-net-socket postgres

#apt-get install make flex gcc gpp apache2 php5 php5-pgsql postgresql-8.4 libapache2-mod-php5 php5-gd php-net-socket postgres no Debian 6.0 Instalação do Zabbix (Sistema de Gerenciamento de Rede) Utilizando o terminal do linux digite o comando abaixo: #apt-get install make flex gcc gpp apache2 php5 php5-pgsql postgresql-8.4 libapache2-mod-php5

Leia mais

Virtualização. Hardware Virtual? Máquina Virtual? Software ou Hardware? Profº André Luiz andreluizsp@gmail.com

Virtualização. Hardware Virtual? Máquina Virtual? Software ou Hardware? Profº André Luiz andreluizsp@gmail.com Virtualização Hardware Virtual? Máquina Virtual? Software ou Hardware? Profº André Luiz andreluizsp@gmail.com O problema...... os departamentos de TI passaram a ter consciência de que os recursos como

Leia mais

Nível 3 Sistema Operacional

Nível 3 Sistema Operacional Nível 3 Sistema Operacional Universidade Tuiuti do Paraná UTP Faculdade de Ciências Exatas - FACET Tecnologia de Análise e Desenvolvimento de Sistemas Organização de Computadores Prof. André Luiz 1 Nível

Leia mais

OpenSSH WWW.LINUXCLASS.COM.BR

OpenSSH WWW.LINUXCLASS.COM.BR OpenSSH WWW.LINUXCLASS.COM.BR OpenSSH: Introdução: O projeto OpenSSH veio para substituir antigos métodos inseguros de comunicação e autenticação, podemos dizer que o OpenSSH é um substituto direto do

Leia mais

Tópicos Especiais em Redes de Computadores. Super Servidor (Xinetd) Professor: Alexssandro Cardoso Antunes

Tópicos Especiais em Redes de Computadores. Super Servidor (Xinetd) Professor: Alexssandro Cardoso Antunes Tópicos Especiais em Redes de Computadores Super Servidor (Xinetd) Professor: Alexssandro Cardoso Antunes Roteiro Objetivos Instalação (projeto) Definições e Características Vantagens Possíveis Desconfortos

Leia mais

Linux Educacional: Navegando na Internet com Iceweasel

Linux Educacional: Navegando na Internet com Iceweasel Linux Educacional: Navegando na Internet com Iceweasel Rafael Nink de Carvalho www.rafaelnink.com Julho/2007 SUMÁRIO Linux: Navegando na internet... 03 Iceweasel... 03 Abrindo o Iceweasel... 03 Conhecendo

Leia mais

Lista de exercícios - P2

Lista de exercícios - P2 Lista de exercícios - P2 1 - Sabemos que o arquivo /etc/inittab possui algumas linhas que definem eventos capturados pelo sistema de inicialização. Pensando em um servidor de produção, estável e que não

Leia mais

Autor: Armando Martins de Souza Data: 12/04/2010

Autor: Armando Martins de Souza <armandomartins.souza at gmail.com> Data: 12/04/2010 http://wwwvivaolinuxcombr/artigos/impressoraphp?codig 1 de 12 19-06-2012 17:42 Desvendando as regras de Firewall Linux Iptables Autor: Armando Martins de Souza Data: 12/04/2010

Leia mais

LISTA DE COMANDOS DO LINUX 1

LISTA DE COMANDOS DO LINUX 1 LISTA DE COMANDOS DO LINUX 1 Comandos para manipulação de diretório 1. ls Lista os arquivos de um diretório. 2. cd Entra em um diretório. Você precisa ter a permissão de execução para entrar no diretório.

Leia mais

Manual ETHERNET - WIRELESS. Configuração de redes - wireless. Produzido por: Sergio Graças Giany Abreu Desenvolvedores do Projeto GNU/Linux VRlivre

Manual ETHERNET - WIRELESS. Configuração de redes - wireless. Produzido por: Sergio Graças Giany Abreu Desenvolvedores do Projeto GNU/Linux VRlivre Manual Configuração de Rede ETHERNET - WIRELESS Configuração de redes - wireless Produzido por: Sergio Graças Giany Abreu Desenvolvedores do Projeto GNU/Linux VRlivre Manual Configuração de Rede ETHERNET

Leia mais

IX Técnicas Básicas para Trabalhar com Redes ( ifconfig, route ) Apêndice C Gerenciando distribuições baseadas em Red Hat

IX Técnicas Básicas para Trabalhar com Redes ( ifconfig, route ) Apêndice C Gerenciando distribuições baseadas em Red Hat I Por que Administrar? II Gerenciando Usuários III Entendendo o Diretório /etc IV Trabalhando com o LILO V Fazendo Backups VI Recompilando e Adaptando o Kernel VII Agendando Processos crontab & at VIII

Leia mais

Procedimentos Operacionais Ambiente Microsoft Windows 2000 Server Máquina Smart02 ADM

Procedimentos Operacionais Ambiente Microsoft Windows 2000 Server Máquina Smart02 ADM Procedimentos Operacionais Ambiente Microsoft Windows 2000 Server Máquina Smart02 ADM Destinada para GSSOF A máquina Smart02 destina-se ao ambiente de produção do projeto SmartCard e garante a comunicação

Leia mais

SISTEMAS OPERACIONAIS ABERTOS Prof. Ricardo Rodrigues Barcelar http://www.ricardobarcelar.com.br

SISTEMAS OPERACIONAIS ABERTOS Prof. Ricardo Rodrigues Barcelar http://www.ricardobarcelar.com.br - Módulo 2 - GERÊNCIA DE MEMÓRIA A memória é um recurso importante que deve ser gerenciado com cuidado. Para isso a maioria dos computadores tem uma hierarquização de memória, como visto na disciplina

Leia mais

Gerenciamento de Redes de Computadores. Pfsense Introdução e Instalação

Gerenciamento de Redes de Computadores. Pfsense Introdução e Instalação Pfsense Introdução e Instalação Introdução A utilização de um firewall em uma rede de computadores possui o objetivo básico de proteção relacionado a entrada e saída de dados. Introdução O pfsense é um

Leia mais

Implantação de Sistemas de Segurança com Linux

Implantação de Sistemas de Segurança com Linux LSI TEC (c) 2000 1 Implantação de Sistemas de Segurança com Linux Volnys Borges Bernal Frank Meylan Adilson Guelfi Matteo Nava {volnys,meylan,guelfi,ilnava}@lsi.usp.br Núcleo de Segurança e Redes de Alta

Leia mais

Documento de Instalação e Configuração do InfoGrid

Documento de Instalação e Configuração do InfoGrid Documento de Instalação e Configuração do InfoGrid Tecgraf/PUC Rio infogrid@tecgraf.puc rio.br 1.Introdução O objetivo deste documento é podermos registrar em um único local todas as informações necessárias

Leia mais

Planejamento e Implantação de Servidores

Planejamento e Implantação de Servidores Planejamento e Implantação de Servidores Professor Nataniel Vieira nataniel.vieira@gmail.com Aula 01 - Servidores Abordagem geral Teoria e práticas Servidores Linux Comandos Linux 2 Bibliografias da apoio

Leia mais

Cluster Computing: Estudo de Caso no LCCV/CTEC

Cluster Computing: Estudo de Caso no LCCV/CTEC Cluster Computing: Estudo de Caso no LCCV/CTEC Baltazar Tavares Vanderlei Laboratório de Computação Científica e Visualização - LCCV/UFAL 22 de Maio de 2009 Sumário 1 Hardware 2 3 4 Sumário 1 Hardware

Leia mais

Tutorial configurando o dhcp no ubuntu ou debian.

Tutorial configurando o dhcp no ubuntu ou debian. Tutorial configurando o dhcp no ubuntu ou debian. Pré requisitos para pratica desse tutorial. Saber utilizar maquina virtual no virtual Box ou vmware. Saber instalar ubuntu ou debian na maquina virtual.

Leia mais

Arquiteturas de Computadores Paralelos

Arquiteturas de Computadores Paralelos Universidade Tuiuti do Paraná UTP Faculdade de Ciências Exatas - FACET Tecnologia de Análise e Desenvolvimento de Sistemas Organização de Computadores Prof. André Luiz 1 Paralelismo O estudo de paralelismo

Leia mais

Comandos remotos via agente Zabbix

Comandos remotos via agente Zabbix Comandos remotos via agente Zabbix Aécio Pires e Willeson Souza JOÃO PESSOA-PB OUT/2013 1 Histórico de Atualizações Data Versão Responsável Alterações 22 out 2013 1.0 Aécio Pires e Willeson Souza Versão

Leia mais

INSTALAÇÃO PRINTERTUX Tutorial

INSTALAÇÃO PRINTERTUX Tutorial INSTALAÇÃO PRINTERTUX Tutorial 2 1. O Sistema PrinterTux O Printertux é um sistema para gerenciamento e controle de impressões. O Produto consiste em uma interface web onde o administrador efetua o cadastro

Leia mais

SOFTWARE LIVRE. Distribuições Live CD. Kernel. Distribuição Linux

SOFTWARE LIVRE. Distribuições Live CD. Kernel. Distribuição Linux SOFTWARE LIVRE A liberdade de executar o programa, para qualquer propósito. A liberdade de estudar como o programa funciona, e adaptá-lo para as suas necessidades. Acesso ao código-fonte é um pré-requisito

Leia mais

Sistemas Operacionais de Redes I - Linux Recursos, Redes e Samba Sistemas Operacionais de Redes I - Linux Módulo III Módulo III

Sistemas Operacionais de Redes I - Linux Recursos, Redes e Samba Sistemas Operacionais de Redes I - Linux Módulo III Módulo III 1 Pós Graduação em Projeto e Gerencia de Redes de Computadores Sistemas Operacionais de Redes I - Linux Prof.: Nelson Monnerat Recursos, Redes e Samba 1 Sistemas Operacionais de Redes I - Linux Módulo

Leia mais

Usuário Unix de 1991 1998 Usuário Slackware deste 1994 Professor da UVV deste 1998

Usuário Unix de 1991 1998 Usuário Slackware deste 1994 Professor da UVV deste 1998 Rudson Ribeiro Alves Mestre em Física (Semi Condutores) Usuário Unix de 1991 1998 Usuário Slackware deste 1994 Professor da UVV deste 1998 Mini curso de GNU/Linux Aula 04 Noções básicas sobre GNU/Linux

Leia mais

01 - Entendendo um Firewall. Prof. Armando Martins de Souza E-mail: armandomartins.souza@gmail.com

01 - Entendendo um Firewall. Prof. Armando Martins de Souza E-mail: armandomartins.souza@gmail.com 01 - Entendendo um Firewall. Prof. Armando Martins de Souza E-mail: armandomartins.souza@gmail.com O que são Firewalls? São dispositivos constituídos por componentes de hardware (roteador capaz de filtrar

Leia mais

Instalação do PHP no Linux

Instalação do PHP no Linux Instalação do PHP no Linux O código PHP está embutido diretamente nos documentos XHTML, embora esses segmentos de script sejam interpretados pelo servidor antes de serem entregues para o cliente, o que

Leia mais

Linux Network Servers

Linux Network Servers NFS A sigla NFS, do inglês Network File System, significa Sistema de Arquivos de Rede. Através de programas específicos no servidor e nas máquinas clientes, podemos fazer com que esses clientes acessem

Leia mais

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO CONTEÚDO PROGRAMÁTICO LINUX ESSENTIALS Presencial (40h) - À distância (48h) Conhecendo um Novo Mundo Introdução ao GNU/Linux Distribuições GNU/Linux Linux Inside: Instalação Desktop Debian e CentOS Primeiros

Leia mais

LABORATÓRIO VIII. Introdução ao SNMP e Logging pt. I Documento versão 0.1. Aluno: Paulo Henrique Moreira Gurgel #5634135

LABORATÓRIO VIII. Introdução ao SNMP e Logging pt. I Documento versão 0.1. Aluno: Paulo Henrique Moreira Gurgel #5634135 LABORATÓRIO VIII Introdução ao SNMP e Logging pt. I Documento versão 0.1 Aluno: Paulo Henrique Moreira Gurgel #5634135 Orientado pela Professora Kalinka Regina Lucas Jaquie Castelo Branco Agosto / 2010

Leia mais

Introdução ao Linux. Kernel Boot loaders: lilo e grub. Arranque do sistema. José Pedro Oliveira (jpo@di.uminho.pt)

Introdução ao Linux. Kernel Boot loaders: lilo e grub. Arranque do sistema. José Pedro Oliveira (jpo@di.uminho.pt) (jpo@di.uminho.pt) Grupo de Sistemas Distribuídos Departamento de Informática Escola de Engenharia Universidade do Minho Sistemas Operativos 2005-2006 1 2 3 4 1 2 3 4 1 BIOS 2 Loader 3 4 Init 5 kernel

Leia mais

Projeto e Instalação de Servidores Introdução a Servidores

Projeto e Instalação de Servidores Introdução a Servidores Projeto e Instalação de Servidores Introdução a Servidores Prof.: Roberto Franciscatto Introdução Perguntas iniciais O que você precisa colocar para funcionar? Entender a necessidade Tens servidor específico

Leia mais

ATENÇÃO: Este manual foi feito para usuários que tenham conhecimentos de administrador Linux.

ATENÇÃO: Este manual foi feito para usuários que tenham conhecimentos de administrador Linux. INSTALL 2014-08-12 ================================================== Instalando e Executando o Siprev em Ambiente Linux ATENÇÃO: Este manual foi feito para usuários que tenham conhecimentos de administrador

Leia mais

Aula 4 Comandos Básicos Linux. Prof.: Roberto Franciscatto

Aula 4 Comandos Básicos Linux. Prof.: Roberto Franciscatto Sistemas Operacionais Aula 4 Comandos Básicos Linux Prof.: Roberto Franciscatto Prompt Ao iniciar o GNU/Linux, a primeira tarefa a ser executada é o login no sistema, o qual deve ser feito respondendo

Leia mais

Manual de Resoluções de Problemas de Hardware e do Sistema Operacional Linux nos Computadores do Beija-Flor

Manual de Resoluções de Problemas de Hardware e do Sistema Operacional Linux nos Computadores do Beija-Flor Manual de Resoluções de Problemas de Hardware e do Sistema Operacional Linux nos Computadores do Beija-Flor 1 1. Introdução. O objetivo desta documentação é ajudar o leitor a identificar os problemas físicos,

Leia mais

Sistema Operacional Unidade 8.2 Instalação de aplicativos. QI ESCOLAS E FACULDADES Curso Técnico em Informática

Sistema Operacional Unidade 8.2 Instalação de aplicativos. QI ESCOLAS E FACULDADES Curso Técnico em Informática Sistema Operacional Unidade 8.2 Instalação de aplicativos Curso Técnico em Informática SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 3 GERENCIAMENTO DE PACOTES DEBIAN... 3 #apt-get... 3 #apt-get update... 3 #apt-get upgrade...

Leia mais

Julgue os itens a seguir referentes a conceitos de software livre e licenças de uso, distribuição e modificação.

Julgue os itens a seguir referentes a conceitos de software livre e licenças de uso, distribuição e modificação. Julgue os itens a seguir referentes a conceitos de software livre e licenças de uso, distribuição e modificação. 1.Todo software livre deve ser desenvolvido para uso por pessoa física em ambiente com sistema

Leia mais

Manual. Configuração D-Link. Módulo - Configuração. Renato Lopes da Silva Técnico em Prospecção MEC/SEED/DITEC/CETE

Manual. Configuração D-Link. Módulo - Configuração. Renato Lopes da Silva Técnico em Prospecção MEC/SEED/DITEC/CETE Manual Configuração D-Link Módulo - Configuração Renato Lopes da Silva Técnico em Prospecção MEC/SEED/DITEC/CETE Manual Configuração D-Link Módulo - Configuração Produzido por: Renato Lopes da Silva Técnico

Leia mais

Configurando um servidor DHCP

Configurando um servidor DHCP Configurando um servidor DHCP OBS.: Esse documento retrata uma configuração em uma rede do tipo rede local (192.168.xx.xx), onde existe um servidor contendo duas interfaces de rede, eth0 e eth1. Hoje em

Leia mais

Confguração básica da rede

Confguração básica da rede Confguração básica da rede www.4linux.com.br - Sumário Capítulo 1 Confguração básica da rede...3 1.1. Objetivos... 3 1.2. Mãos a obra...4 Capítulo 2 Gerenciando... 13 2.1. Objetivos... 13 2.2. Troubleshooting...

Leia mais

PROVA DE PRÉ-REQUISITO

PROVA DE PRÉ-REQUISITO PROVA DE PRÉ-REQUISITO 1 O usuário neo, deseja se conectar na máquina remota 10.0.0.1 via ssh. Qual a sintaxe correta? a) ssh -L neo 10.0.0.1 b) ssh -u neo 10.0.0.1 c) ssh neo@10.0.0.1 d) ssh neo@10.0.0.1:

Leia mais

Instalando e Configurando um bom Servidor GNU/Linux. Luiz Eduardo Guaraldo software.livre@terra.com.br

Instalando e Configurando um bom Servidor GNU/Linux. Luiz Eduardo Guaraldo software.livre@terra.com.br Instalando e Configurando um bom Servidor GNU/Linux Luiz Eduardo Guaraldo software.livre@terra.com.br Índice Particionamento padrão Configuração do MTA Criando um Swapfile Pacotes adicionais Configuração

Leia mais

Administração de Redes I Linux Prof: Frederico Madeira Lista de Exercícios 3

Administração de Redes I Linux Prof: Frederico Madeira <fred@madeira.eng.br> Lista de Exercícios 3 Administração de Redes I Linux Prof: Frederico Madeira Lista de Exercícios 3 1. Qual dos seguintes comandos linux não inclui a capacidade de listar o PID das aplicações que estão

Leia mais

Curso GNU/Linux. Instalação do Linux...2 O HD não possui nenhuma partição...3. Existe apenas uma partição com espaço livre...3

Curso GNU/Linux. Instalação do Linux...2 O HD não possui nenhuma partição...3. Existe apenas uma partição com espaço livre...3 Cesar Kállas - cesarkallas@gmx.net Curso GNU/Linux Realização CAECOMP Puc Campinas 2004 Capítulo 3 Instalação do Linux...2 O HD não possui nenhuma partição...3 O HD tem espaço livre não particionado...3

Leia mais

Protocolo FTP. Professor Leonardo Larback

Protocolo FTP. Professor Leonardo Larback Protocolo FTP Professor Leonardo Larback Protocolo FTP O FTP (File Transfer Protocol) é um protocolo de transferência de arquivos. Atualmente, o FTP é definido pela RFC 959 File Transfer Protocol (FTP)

Leia mais

Administração de redes Servidor FTP

Administração de redes Servidor FTP Administração de redes Servidor FTP FTP (File Transfer Protocol - Protocolo de transferência de arquivos) é um tipo de protocolo utilizado para a transferência de arquivos entre computadores em rede. Para

Leia mais

Sistemas Operacionais de Rede. Configuração de Rede

Sistemas Operacionais de Rede. Configuração de Rede Sistemas Operacionais de Rede Configuração de Rede Conteúdo Programático! Interfaces de rede! Ethernet! Loopback! Outras! Configuração dos parâmetros de rede! Dinâmico (DHCP)! Manual! Configuração de DNS

Leia mais

GNU/Linux Debian Servidor DNS

GNU/Linux Debian Servidor DNS GNU/Linux Debian Servidor DNS Neste tutorial, será apresentado a configuração do serviço de rede DNS (Domain Name System) utilizando o sistema operacional GNU/Linux, distribuição Debian 7.5. Antes de começamos

Leia mais

Administração de Sistemas Livres

Administração de Sistemas Livres Administração de Sistemas Livres Introdução a Comandos GNU/Linux Prof. Lais Farias Alves Comandos GNU/Linux O Linux (na verdade, GNU/Linux), assim como qualquer sistema operacional moderno, é perfeitamente

Leia mais

por enquanto, não precisam jogar fora. Para iniciar todos os componentes exigidos o mais rápido possível,

por enquanto, não precisam jogar fora. Para iniciar todos os componentes exigidos o mais rápido possível, CAPA CAP CA A Ini Inicialização In cia aliz lizaçã aç ção rá rrápida ápi a co ápida com Sy S Systemd ste temd md Inicialização do sistema com systemd CAPA Veloz desde o início O systemd é um conjunto de

Leia mais

Brincando de Backup com rsync.

Brincando de Backup com rsync. Brincando de Backup com rsync. Autoria de Thiago J. Ruiz (Neo) 25/09/2006 Última Atualização 06/10/2006 A necessidade de se manter um backup de todas as informações/dados dos clientes se faz cada vez mais

Leia mais

ESET Remote Administrator ESET EndPoint Solutions ESET Remote Adminstrator Workgroup Script de Logon

ESET Remote Administrator ESET EndPoint Solutions ESET Remote Adminstrator Workgroup Script de Logon AGENDA 1. Download dos pacotes de instalação ESET Remote Administrator 2. Download dos pacotes de instalação ESET EndPoint Solutions 3. Procedimento de instalação e configuração básica do ESET Remote Adminstrator

Leia mais

Informática Fácil NOÇÕES DE LINUX. Prof.: Adelson Gomes Ferraz Antonio Carlos Reis

Informática Fácil NOÇÕES DE LINUX. Prof.: Adelson Gomes Ferraz Antonio Carlos Reis Informática Fácil NOÇÕES DE LINUX Prof.: Adelson Gomes Ferraz Antonio Carlos Reis Cronologia 1. 1969 Univ Berkeley, Califórnia, cria-se o SO UNIX para uso geral em grandes computadores 1. Década de 70

Leia mais

PROCESSOS COMPONENTES DE UM PROCESSO. A execução de um processo possui vários componentes. PID e PPID

PROCESSOS COMPONENTES DE UM PROCESSO. A execução de um processo possui vários componentes. PID e PPID PROCESSOS Um processo é um canal de comunicação entre os programas que estão sendo executados no sistema operacional e o usuário, ou seja um processo é um programa que está sendo executado. No Linux /

Leia mais

Como Instalar Programas no GNU/Linux. Elexsandro Rangel dos Santos elexsandro.rangel@yahoo.com.br

Como Instalar Programas no GNU/Linux. Elexsandro Rangel dos Santos elexsandro.rangel@yahoo.com.br Como Instalar Programas no GNU/Linux Elexsandro Rangel dos Santos elexsandro.rangel@yahoo.com.br Sumário O que é um pacote? Principais formatos de pacotes no GNU/Linux Sistema de Gerenciamento de Pacotes

Leia mais