DR SPED

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "www.audicgroup.com.br DR SPED"

Transcrição

1 DR SPED

2 a EMPRESA A Audic Group no Brasil tem o compromisso com os seus clientes de buscar a satisfação por eles desejada, para tanto dedica-se na identificação dos problemas, na apresentação de soluções efetivas e na ajuda para implementa-las, permitindo que os nossos clientes fiquem livres, para concentrar esforços no seu negócio. Nossos profissionais seguem as mais modernas metodologias de trabalho, e atuam dentro dos mais rigorosos preceitos de integridade, confidencialidade e ética. Para a satisfação dos seus clientes, a Audic Group julga-se comprometida com o negócio de cada cliente, consistindo na seguinte abrangência: Conhecer o ambiente empresarial do cliente; Manter profissionais qualificados para o atendimento e esclarecimento de dúvidas nas áreas contratadas; Divulgar e discutir à aplicação de alterações na Legislação Tributária que afetam o negócio do cliente.

3 o objetivo do SPED Promover a atuação integrada dos fiscos federal, estaduais e, futuramente, municipais, mediante a padronização e racionalização das informações e o acesso compartilhado à escrituração digital de contribuintes por pessoas legalmente autorizadas.

4 abrangência do projeto Escrituração Contábil Digital (ECD); Escrituração Fiscal Digital (EFD); Nota Fiscal Eletrônica (NF-e); Escrituração das Instituições Financeiras; Livro de Apuração do Lucro Real (e-lalur); Conhecimento de Transporte Eletrônico (CT-e); Nota Fiscal de Serviços Eletrônica (NFS-e); Central de Balanços; Integração de Sistemas.

5 Livros Contábeis: Diário Razão Livros Fiscais: Entradas Saídas Inventário Outros: DIF-Papel Imune DIPJ DIRF DCPMF IPI Apuração do IPI DIPJ DNF DIF-Cigarros DIF-Bebidas DCP Selos de controle IRPJ LALUR CSLL Apuração de CSLL PIS/Cofins Dacon ICMS Apuração ICMS GIA

6 sped Fiscal A EFD, também conhecida como Sped Fiscal, é um arquivo digital onde se escritura os documentos fiscais, registra a apuração de impostos do ICMS e IPI e outras informações de interesse dos fiscos federais e estaduais. Para atender a legislação da EFD, a empresa deve enviar mensalmente um arquivo digital ao ambiente SPED, o qual substitui : Registro de Entradas, Registro de Saídas, Registro de Inventário, Registro de Apuração do IPI, Registro de Apuração do ICMS e Controle de Crédito de ICMS do Ativo Permanente CIAP.

7 sped Fiscal Multa 1. Podem-se considerar as multas por não-entrega de qualquer arquivo (SPED Fiscal) magnético digital: multas 0,5% do valor da receita bruta da pessoa jurídica no período, multa de 5% sobre o valor da operação correspondente, aos que omitirem ou prestarem incorretamente as informações solicitadas, limitada a 1% da receita bruta da pessoa jurídica no período; e multa equivalente a 0,2% por dia de atraso, calculada sobre a receita bruta da pessoa jurídica no período, até o máximo de um por cento dessa, aos que não cumprirem o prazo estabelecido para apresentação dos arquivos e sistemas do projeto SPED Fiscal. 2. A Receita Federal poderá impedir a emissão da NF-e e também poderá arbitrar a empresa pela não entrega do SPED FISCAL.

8 sped Contábil Conhecido também como Sped Contábil, a ECD é a escrituração formal da empresa que substituiu a escrituração em papel. Para atender a legislação da ECD, a empresa deve enviar os arquivos digitais ao ambiente SPED: Diário e Razão; Balancetes Diários e Balanços; Diário com Escrituração Resumida; Diário Auxiliar; Razão Auxiliar.

9 sped Contábil Prazo e Multa A entrega é anual e o prazo é até as 23h59m59 do último dia útil do mês de junho do ano seguinte aos fatos contábeis. Em caso de cisão, incorporação ou fusão os arquivos devem ser entregues até o último dia útil do mês subsequente ao do evento. A não apresentação acarretará a aplicação de multa no valor de R$ 5.000,00 por mêscalendário ou fração

10 sped Contribuições A EFD-Contribuições trata de arquivo digital instituído no Sistema Publico de Escrituração Digital SPED, a ser utilizado pelas pessoas jurídicas de direito privado na escrituração da Contribuição para o PIS/Pasep e da Cofins, nos regimes de apuração não-cumulativo e/ou cumulativo, com base no conjunto de documentos e operações representativos das receitas auferidas, bem como dos custos, despesas, encargos e aquisições geradores de créditos da não-cumulatividade.

11 sped Contribuições Prazo e Multa A entrega é mensal e o arquivo digital deverá ser transmitido até o 10º (décimo) dia útil do 2º (segundo) mês subsequente ao mês de referência da escrituração digital. Redução da multa pela não entrega da EFD-Contribuições, ou entrega fora do prazo, para R$ 500,00 (para as pessoas jurídicas tributadas pelo lucro presumido) e R$ 1.500,00 (para as pessoas jurídicas tributadas pelo lucro real) conforme disposto na Lei nº , de 27 de dezembro de 2012.

12 sped FCont O FCONT Controle Fiscal Contábil de Transição é a escrituração cujo objetivo é apurar o lucro com base nos métodos e critérios vigentes em 31/12/2007 para fins tributários, neutralizando todo e qualquer efeito da aplicação da nova Lei das S/A e das normas de contabilidade internacional. As pessoas jurídicas com tributação baseado no Lucro Real, mesmo não havendo lançamentos com base em métodos e critérios diferentes dos prescritos na legislação tributária (ajustes), deverão transmitir os arquivos do FCont. Opcional para os anos de 2008 e 2009, de acordo com informação da DIPJ entregue em 16/10/2009, o FCONT será passou a ser obrigatório a partir de 2010.

13 sped FCont Prazo e Multa Nos casos de extinção, cisão parcial, cisão total, fusão ou incorporação, o FCont deverá ser entregue pelas pessoas jurídicas extintas, cindidas, fusionadas, incorporadas e incorporadoras até o último dia útil do mês subsequente ao do evento. A entrega é anual e o prazo é até as 23h59m59 do último dia útil do mês de junho do ano seguinte aos fatos contábeis. A multa para quem não entregar a FCont no prazo é de R$ 5 mil, por mês-calendário ou fração.

14 fique Atento! A validação de um arquivo pelo PVA, mesmo que concluída sem evidências de erro, não é suficiente para garantir que as informações enviadas ao Fisco estão corretas.

15 a nossa solução O DR SPED foi desenvolvido com o objetivo de atender as obrigatoriedades do SPED: fiscal contribuições contábil fcont audin A EFD, também conhecida como Sped Fiscal, é um arquivo digital onde se escritura os documentos fiscais, registra a apuração de impostos do ICMS e IPI e outras informações de interesse dos fiscos federais e estaduais. EFD-Contribuições - Escrituração Fiscal Digital (SPED Fiscal) da Contribuição para PIS/PASEP e da Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins). É a substituição da escrituração em papel pela Escrituração Contábil Digital - ECD, também chamada de SPED Contábil. O FCONT Controle Fiscal Contábil de Transição É uma escrituração, das contas patrimoniais e de resultado, em partidas dobradas, que considera os métodos e critérios contábeis vigentes em Conforme disciplina a Instrução Normativa RFB nº 949/09. SPED Audin deve ser utilizado pelas pessoas jurídicas obrigadas a manter à disposição da Secretaria da Receita Federal os arquivos digitais e sistemas, nos termos do art. 11 da Lei 8.218/91 (alterado pela Medida Provisória nº , de 24/08/2001).

16 pontos importantes Para que o SPED funcione, é preciso entender; Importância da integração das áreas da empresa Mudança nos processos Funcionamento do novo sistema impactos na empresa Ajustes nos sistemas de base Dados unificados Validação dos dados pré-remessa Elevação do nível de exposição fiscal Assinatura digital do contribuinte e contador Restrição a manipulação e acesso aos dados

17 o objetivo Auxiliar o cliente na implementação; Parametrização da Solução DR SPED; Consultoria fiscal e Contábil para adequação da empresa ao SPED; Identificar possíveis divergências de informações; Orientação para as devidas correções; análise impacto Fazer o levantamento do ambiente (sistêmico e procedimento), a fim de identificar potenciais consequências e estimar o que deve ser alterado para realizar a implantação do SPED. Identificar e sugerir adequação aos processos atuais da empresa que direta ou indiretamente afetam os registros a serem informados no SPED.

18 customizações e sistemas legados Recepção de informações do Sistema ERP através de interfaces padrões Geração dos arquivos magnéticos obedecendo ao leiaute definido pela legislação para o SPED. atividades a serem desenvolvidas Resolução dos Pontos de Atenção encontrados; Adequação das interfaces do Sistema; Parametrização do DR SPED nos pacotes SPED específicos; Validação cadastrais; Treinamento do usuário; Entrega em conjunto do 1º. Arquivo oficial do SPED. Identificar legados e customizações em atividade, ou que se façam necessários para atendimento ao SPED. Implantar e auxiliar o cliente na parametrização do Sistema DR SPED.

19 integrando aplicações JDBC SSH ODBC SQL

20 sistema operacional

21 sistema operacional

22 como é comercializado 1. Licença de Uso A solução é instalada no ambiente do cliente; 2. DR SPED Remoto A solução fica instalada no nosso Data Center no conceito de Nuvem; 3. BPO SPED A nossa equipe recebe todos os dados necessário e devolve o arquivo SPED pronto para transmissão;

23

24 Parceiros

ECF (Escrituração Contábil Fiscal)

ECF (Escrituração Contábil Fiscal) ECF (Escrituração Contábil Fiscal) ECD (Escrituração Contábil Digital) Regras Novas 2014 Maria Ilene Imlau Winter Informações Gerais Obrigatoriedade (inclusive Lucro Presumido, Imunes e Isentas) Obrigações

Leia mais

Emenda Constitucional nº. 42 (19/03/2003)

Emenda Constitucional nº. 42 (19/03/2003) EVOLUÇÃO Emenda Constitucional nº. 42 (19/03/2003) Art. 37 da Constituição Federal... XXII as administrações tributárias da União dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios,... e autuarão de forma

Leia mais

Legislação e regras da ECF

Legislação e regras da ECF ECF Legislação e regras da ECF Definição ECF Escrituração Contábil Fiscal (novo nome da EFD-IRPJ) de acordo com o disposto na Instrução Normativa RFB nº 1.422, de 19 de dezembro de 2013 DOU 20.12.2013.

Leia mais

Terceiro Setor. Apresentação da ECF

Terceiro Setor. Apresentação da ECF Terceiro Setor e Apresentação da ECF 1 PALESTRANTES Marcone Hahan de Souza, contador, mestre em Economia, com ênfase em Controladoria, professor universitário e membro da Comissão de Estudos do Terceiro

Leia mais

ANO XXIII ª SEMANA DE JUNHO DE 2012 BOLETIM INFORMARE Nº 23/2012 ASSUNTOS CONTÁBEIS IMPOSTO DE RENDA PESSOA JURÍDICA

ANO XXIII ª SEMANA DE JUNHO DE 2012 BOLETIM INFORMARE Nº 23/2012 ASSUNTOS CONTÁBEIS IMPOSTO DE RENDA PESSOA JURÍDICA ANO XXIII - 2012-1ª SEMANA DE JUNHO DE 2012 BOLETIM INFORMARE Nº 23/2012 ASSUNTOS CONTÁBEIS ESCRITURAÇÃO CONTÁBIL DIGITAL - ECD - NORMAS GERAIS Introdução - Obrigatoriedade de Adoção da ECD - Sociedades

Leia mais

Objetivos e Módulos do SPED. Dulcineia L. D. Santos

Objetivos e Módulos do SPED. Dulcineia L. D. Santos Objetivos e Módulos do SPED Dulcineia L. D. Santos Sistema Público de Escrituração Digital SPED Decreto n. 6.022, de 22/01/2007 Objetivos do SPED: unificar as atividades de recepção, validação, armazenamento

Leia mais

SPED na Prá*ca. Caso Verdemar. Carlos Furia*

SPED na Prá*ca. Caso Verdemar. Carlos Furia* SPED na Prá*ca Caso Verdemar Carlos Furia* Apresentação Verdemar Contexto SPED Preparação Organizacional para sua Implantação O SPED (Sistema Público de Escrituração Digital) passa a exigir das organizações

Leia mais

SPED CONTÁBIL E FISCAL

SPED CONTÁBIL E FISCAL SPED CONTÁBIL E FISCAL Os Desafios da Implementação Uma Abordagem Prática Ricardo Lopes Cardoso Sócio Subdivisões do Projeto SPED Sistema Público de Escrituração Digital SPED Sistema Público de Escrituração

Leia mais

SPED. Cruzamento das Informações: CRUZAMENTOS: Aspectos conceituais 24/09/2009. Acompanhamento Diferenciado: DACON DIRF DIPJ DCOMP DCTF DARF

SPED. Cruzamento das Informações: CRUZAMENTOS: Aspectos conceituais 24/09/2009. Acompanhamento Diferenciado: DACON DIRF DIPJ DCOMP DCTF DARF Cruzamento das Informações: DACON DIRF SPED DCTF DIPJ DCOMP DARF Palestrante: Thamara Jardim CRUZAMENTOS: Aspectos conceituais Acompanhamento Diferenciado: Art. 2º O acompanhamento diferenciado deverá

Leia mais

02/02/2017. Prof. Marcos Lima

02/02/2017. Prof. Marcos Lima Prof. Marcos Lima Contador, graduado pela Universidade Estadual do Ceará - UECE Especialista em Auditoria (UNIFOR) Consultor Tributário e Contábil Independente Diretor Executivo da Fortes Educação Professor

Leia mais

ANO XXV ª SEMANA DE MAIO DE 2014 BOLETIM INFORMARE Nº 18/2014

ANO XXV ª SEMANA DE MAIO DE 2014 BOLETIM INFORMARE Nº 18/2014 ANO XXV - 2014-1ª SEMANA DE MAIO DE 2014 BOLETIM INFORMARE Nº 18/2014 IMPOSTO DE RENDA PESSOA JURÍDICA DIPJ 2014 - PESSOAS JURÍDICAS E EQUIPARADAS - DISPOSIÇÕES GERAIS... Pág. 276 SIMPLES NACIONAL DASN-SIMEI

Leia mais

rios (a partir de 2008) Setembro 2009

rios (a partir de 2008) Setembro 2009 Inovação das Práticas Contábeis e Efeitos Tributários rios (a partir de 2008) Setembro 2009 LEI 11.941/2009 MP - Medida Provisória nº. 449 de 03.12.2008 Convertida na Lei nº 11.941, de 27.05.2009 Altera

Leia mais

Ferramenta Fiscal e Tributária para pequenas e médias Empresas

Ferramenta Fiscal e Tributária para pequenas e médias Empresas Ferramenta Fiscal e Tributária para pequenas e médias Empresas Redução de exposição fiscal, processos automatizados, ganho de produtividade e economia fiscal que a sua empresa precisa. Thomson Reuters

Leia mais

TRABALHOS TÉCNICOS Divisão Jurídica DECLARAÇÃO DE INFORMAÇÕES ECONÔMICO-FISCAIS DA PESSOA JURÍDICA (DIPJ) LEI Nº /2009

TRABALHOS TÉCNICOS Divisão Jurídica DECLARAÇÃO DE INFORMAÇÕES ECONÔMICO-FISCAIS DA PESSOA JURÍDICA (DIPJ) LEI Nº /2009 TRABALHOS TÉCNICOS Divisão Jurídica DECLARAÇÃO DE INFORMAÇÕES ECONÔMICO-FISCAIS DA PESSOA JURÍDICA (DIPJ) LEI Nº 11.941/2009 Jorge Cézar Moreira Lanna Advogado Muitos contribuintes estão reivindicando

Leia mais

FCONT- Controle Fiscal Contábil de Escrituração. Controladoria 2 CTB/ATF Novembro de 2009

FCONT- Controle Fiscal Contábil de Escrituração. Controladoria 2 CTB/ATF Novembro de 2009 1 FCONT- Controle Fiscal Contábil de Escrituração Controladoria 2 CTB/ATF Novembro de 2009 2 FCONT- Controle Fiscal Contábil de Transição ÍNDICE I) Regime Tributário de Transição - RTT II) FCONT Controle

Leia mais

Como antecipar riscos através do cruzamentos de arquivos digitais?

Como antecipar riscos através do cruzamentos de arquivos digitais? Como antecipar riscos através do cruzamentos de arquivos digitais? Contexto Tributário Brasileiro A evolução da administração pública em gerir tributos UNIVERSO EMPRESARIAL* + de 4 MI Formais + de 2 MI

Leia mais

GUIA DIÁRIO DE ALTERAÇÕES ICMS Santa Catarina Não foi publicada nenhuma alteração até o fechamento dessa edição do Guia.

GUIA DIÁRIO DE ALTERAÇÕES ICMS Santa Catarina Não foi publicada nenhuma alteração até o fechamento dessa edição do Guia. GUIA DIÁRIO DE ALTERAÇÕES 19.10.2015 1. ICMS Santa Catarina Não foi publicada nenhuma alteração até o fechamento dessa edição do Guia. 2. Legislação Federal SOLUÇÃO DE CONSULTA DISIT/SRRF07 Nº 7045, DE

Leia mais

ANO XXVII ª SEMANA DE JUNHO DE 2016 BOLETIM INFORMARE Nº 26/2016

ANO XXVII ª SEMANA DE JUNHO DE 2016 BOLETIM INFORMARE Nº 26/2016 ANO XXVII - 2016-4ª SEMANA DE JUNHO DE 2016 BOLETIM INFORMARE Nº 26/2016 IMPOSTO DE RENDA PESSOA JURÍDICA DECLARAÇÃO SOBRE A OPÇÃO DE TRIBUTAÇÃO DE PLANOS PREVIDENCIÁRIOS DPREV 2016 INFORMAÇÕES GERAIS...

Leia mais

Iob.com.br folhamatic.com.br. Índice

Iob.com.br folhamatic.com.br. Índice Índice MÓDULO BÁSICO Central Folhamatic... 06 Cadastro de Empresas... 07 Aba Básico... 07 Aba E-Fiscal... 08 Cadastros... 09 Responsável... 09 Contador... 10 Saldos... 11 ICMS e IPI... 11 PIS/PASEP, COFINS,

Leia mais

ECF (Escrituração Contábil / Fiscal) x Saldo Negativo IRPJ/CSLL

ECF (Escrituração Contábil / Fiscal) x Saldo Negativo IRPJ/CSLL ECF (Escrituração Contábil / Fiscal) x Saldo Negativo IRPJ/CSLL 1. Da formação do Saldo Negativo. O saldo negativo de IRPJ e CSLL é formado quando, ao final do ano-calendário, a pessoa jurídica, apurar

Leia mais

SPED PIS/Cofins. Escrita Fiscal Tutorial

SPED PIS/Cofins. Escrita Fiscal Tutorial 1 SPED PIS/Cofins Conforme Instrução Normativa RFB nº 1.052, de 5 de julho de 2010 (D.O.U. 7.7.2010), que institui a Escrituração Fiscal Digital do PIS/Pasep e da Cofins - EFD-PIS/Cofins (Alterada pela

Leia mais

IMPOSTO DE RENDA 2ª PARTE

IMPOSTO DE RENDA 2ª PARTE IMPOSTO DE RENDA 2ª PARTE TABELA DO IMPOSTO DE RENDA NA FONTE INCIDENTE SOBRE RENDIMENTOS DO TRABALHO E OUTROS TABELA PROGRESSIVA MENSAL VALIDADE PARA O EXERCÍCIO 2015 - ANO-CALENDÁRIO DE 2014 Base de

Leia mais

BOLETIM INFORMATIVO Nº 35/2013 ANO X (23 de agosto de 2013)

BOLETIM INFORMATIVO Nº 35/2013 ANO X (23 de agosto de 2013) BOLETIM INFORMATIVO Nº 35/2013 ANO X (23 de agosto de 2013) 01. IN SRF 1.387/2013 - PRORROGA OBRIGATORIEDADE DE APRESENTAÇÃO DA EFD CONTRIBUIÇÕES PARA PESSOAS JURÍDICAS REFERIDAS NOS 6º, 8º e 9º DO ART.

Leia mais

Manual de geração do Arquivo para o Sped ECF Escrituração Contábil Fiscal. Introdução

Manual de geração do Arquivo para o Sped ECF Escrituração Contábil Fiscal. Introdução Manual de geração do Arquivo para o Sped ECF Escrituração Contábil Fiscal Introdução A Escrituração Contábil Fiscal (ECF) substitui a Declaração de Informações Econômico-Fiscais da Pessoa Jurídica (DIPJ),

Leia mais

SOFOLHA SOLUÇÕES CORPORATIVAS CONSULTORIA TRIBUTÁRIA. Projeto SPED x SFFISCAL Lucro Presumido

SOFOLHA SOLUÇÕES CORPORATIVAS CONSULTORIA TRIBUTÁRIA. Projeto SPED x SFFISCAL Lucro Presumido Projeto SPED x SFFISCAL Lucro Presumido Legislação Conforme instituído pela Instrução Normativa RFB nº 1.052, de 5 de julho de 2010, sujeitam à obrigatoriedade de geração de arquivo da Escrituração Fiscal

Leia mais

ANO XXV ª SEMANA DE OUTUBRO DE 2014 BOLETIM INFORMARE Nº 41/2014

ANO XXV ª SEMANA DE OUTUBRO DE 2014 BOLETIM INFORMARE Nº 41/2014 ANO XXV - 2014-2ª SEMANA DE OUTUBRO DE 2014 BOLETIM INFORMARE Nº 41/2014 IMPOSTO DE RENDA PESSOA JURÍDICA CONTROLE FISCAL CONTÁBIL DE TRANSIÇÃO (FCONT) - NORMAS GERAIS... Pág.573 REGIME TRIBUTÁRIO DE TRANSIÇÃO

Leia mais

EFD-Reinf 29/06/2016. Apresentação. I -O que é o EFD-Reinf

EFD-Reinf 29/06/2016. Apresentação. I -O que é o EFD-Reinf EFD-Reinf Escrituração Fiscal Digital das Retenções e Informações da Contribuição Previdenciária Substituída O que vem por ai??? Danilo Lollio Estaapresentaçãoé de propriedade da Wolters Kluwer Prosoft.

Leia mais

FCONT. Geração do Arquivo

FCONT. Geração do Arquivo 1 FCONT Geração do Arquivo 2 Sumário 1. Geração do arquivo FCONT:... 3 1.1. Blocos do arquivo de importação do FCONT:... 3 1.2. Descrição das informações referentes aos registros:... 3 1.3. Exemplo de

Leia mais

Sistema Público de. Próximos passos. São Paulo, 15 de julho de 2010.

Sistema Público de. Próximos passos. São Paulo, 15 de julho de 2010. Sistema Público de Escrituração Digital (SPED) Próximos passos São Paulo, 15 de julho de 2010. NOVOS PROJETOS AGENDA e-ciap (Bloco G do SPED Fiscal) e-lalur e FCONT SPED Fiscal de PIS e Cofins e-fopag

Leia mais

Cape contabilidade DCTF

Cape contabilidade DCTF DCTF (Fatos geradores ocorridos a partir de 2011) 1. O QUE DEVE SER DECLARADO Através da Declaração de Débitos e Créditos Tributários Federais (DCTF), o contribuinte prestará informações relativas aos

Leia mais

Escrituração Contábil Fiscal (ECF)

Escrituração Contábil Fiscal (ECF) Escrituração Contábil Fiscal (ECF) Introdução A Escrituração Contábil Fiscal (ECF) substitui a Declaração de Informações Econômico-Fiscais da Pessoa Jurídica (DIPJ), a partir do ano-calendário 2014, com

Leia mais

e-lalur/e-lacs Conceito.

e-lalur/e-lacs Conceito. e-lalur/e-lacs Conceito. Cada imposto tem sua forma de apuração, ICMS temos os livros que apuram o débito ou crédito e informamos na DIME e no SPED ICMS/IPI, o IPI por sua vez tambem é apurado pelo livro

Leia mais

Agenda Tributária: de 16 a 22 de Fevereiro de 2012

Agenda Tributária: de 16 a 22 de Fevereiro de 2012 Agenda Tributária: de 16 a 22 de Fevereiro de 2012 Dia: 16 SP - Guia de Informação e Apuração - GIA - Regime mensal - I.E. finais 0 e 1 Os contribuintes com a inscrição estadual final 0 ou 1, deverão apresentar

Leia mais

Diário Oficial da União Seção 1 - Nº 81, sexta-feira, 29 de abril de 2011 MINISTERIO DA FAZENDA SECRETARIA DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL

Diário Oficial da União Seção 1 - Nº 81, sexta-feira, 29 de abril de 2011 MINISTERIO DA FAZENDA SECRETARIA DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL Diário Oficial da União Seção 1 - Nº 81, sexta-feira, 29 de abril de 2011 MINISTERIO DA FAZENDA SECRETARIA DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 1149 DE 28 DE ABRIL DE 2011 Aprova o programa

Leia mais

RTT: IN RFB / 2013 e Perspectivas para Outubro de Claudio Yano

RTT: IN RFB / 2013 e Perspectivas para Outubro de Claudio Yano RTT: IN RFB 1.397 / 2013 e Perspectivas para 2014 Outubro de 2013 Claudio Yano IN RFB 1.397 / 2013 Publicada no DOU de 17 de setembro de 2013; Pode ser dividida em duas partes: Criação da Escrituração

Leia mais

Revisão de Procedimentos Fiscais FIEMG. Âmbito Federal

Revisão de Procedimentos Fiscais FIEMG. Âmbito Federal Revisão de Procedimentos Fiscais FIEMG Âmbito Federal Cenário Tributário Complexo 1.Grande número de tributos e contribuições 2. Variedade e complexidade das obrigações acessórias + multas de 75% ou até

Leia mais

Sistema Fiscal. Integração via Chave de Acesso XML. Menu

Sistema Fiscal. Integração via Chave de Acesso XML. Menu Soluções Sistema Fiscal Integração via Chave de Acesso XML Sistema Fiscal Importação de XML em Lote Sistema Fiscal Integração via Portal XML-e Sistema Fiscal Mapa de Apuração / Fechamento Tratamento por

Leia mais

AGENDA TRIBUTÁRIA: DE 09 A 15 DE JUNHO DE 2016

AGENDA TRIBUTÁRIA: DE 09 A 15 DE JUNHO DE 2016 AGENDA TRIBUTÁRIA: DE 09 A 15 DE JUNHO DE 2016 Até: Quinta-feira, dia 9 Histórico: Substituição tributária Imposto devido por substituição tributária relativamente à seguinte mercadoria: - energia elétrica

Leia mais

Prosoft Auditor Fiscal Versão 6.0

Prosoft Auditor Fiscal Versão 6.0 Prosoft Auditor Fiscal Versão 6.0 Nova Versão do Prosoft Auditor Fiscal Sabemos da importância que o usuário dá para recursos que sejam simples de utilizar e que permitam atingir os objetivos com comodidade

Leia mais

Slide 1 O CRUZAMENTO DE INFORMAÇÕES FISCAIS ATRAVÉS DAS OBRIGAÇÕES ACESSÓRIAS. Slide 2. Slide 3 DADOS DISPONÍVEIS AO FISCO

Slide 1 O CRUZAMENTO DE INFORMAÇÕES FISCAIS ATRAVÉS DAS OBRIGAÇÕES ACESSÓRIAS. Slide 2. Slide 3 DADOS DISPONÍVEIS AO FISCO Slide 1 O CRUZAMENTO DE INFORMAÇÕES FISCAIS ATRAVÉS DAS OBRIGAÇÕES ACESSÓRIAS Nilson José Goedert Contador 2016 Slide 2 Obrigações Federais para Pessoas Jurídicas em Geral: 1. SPED Sistema Público de Escrituração

Leia mais

ECD PONTOS CRITICOS Debate e Principais Pontos de Dúvidas

ECD PONTOS CRITICOS Debate e Principais Pontos de Dúvidas ECD PONTOS CRITICOS Debate e Principais Pontos de Dúvidas Palestrante: Gisleise Nogueira Especialista Fiscal e Tributário da ALIZ, palestrante, instrutora. Contadora atuando há 15 anos na área fiscal e

Leia mais

CIRCULAR Nº 13/2012. Ref.: SISCOSERV Informações de transações efetuadas por residentes no Brasil e no exterior. São Paulo, 12 de setembro de 2012.

CIRCULAR Nº 13/2012. Ref.: SISCOSERV Informações de transações efetuadas por residentes no Brasil e no exterior. São Paulo, 12 de setembro de 2012. São Paulo, 12 de setembro de 2012. CIRCULAR Nº 13/2012 Prezado Cliente, Ref.: SISCOSERV Informações de transações efetuadas por residentes no Brasil e no exterior A Lei nº 12.546/2011 instituiu a obrigação

Leia mais

REDF Rio de Janeiro F.E.C.P DARJ /ICMS DARJ /F.EC.P DECLAN Livro de ISS GIA Nota Carioca...

REDF Rio de Janeiro F.E.C.P DARJ /ICMS DARJ /F.EC.P DECLAN Livro de ISS GIA Nota Carioca... REDF... 114 Rio de Janeiro... 115 F.E.C.P... 115 DARJ /ICMS... 116 DARJ /F.EC.P... 117 DECLAN... 118 Livro de ISS... 119 GIA... 120 Nota Carioca... 121 Rio Grande do Sul... 122 Livro de ISS... 122 GMB...

Leia mais

Onde são informadas atualmente?

Onde são informadas atualmente? EFD-Reinf O que é EFD-Reinf? Escrituração Fiscal Digital das Retenções e Informações da Contribuição Previdenciária Substituída (CPRB). A EFD-Reinf abarca todas as retenções do contribuinte sem relação

Leia mais

Índice. Menu Movimentos Lançamentos Fiscais (Comércio e Indústria) Iob.com.br folhamatic.com.br

Índice. Menu Movimentos Lançamentos Fiscais (Comércio e Indústria) Iob.com.br folhamatic.com.br Índice Central Folhamatic...06 Menu Arquivos...07 Cadastro de Empresas... 07 Aba Básico... 07 Aba E-Fiscal... 08 Cadastros... 11 Filas... 11 Clientes e Fornecedores... 12 Sócios... 13 Serviços... 14 Código

Leia mais

OBRIGAÇÕES FISCAIS SOCIAIS DA APM

OBRIGAÇÕES FISCAIS SOCIAIS DA APM COMUNICADO FDE / DRA Nº 001/2017 OBRIGAÇÕES FISCAIS E SOCIAIS DA APM 2 0 1 7 Página 1 de 9 O objetivo deste texto é informar aos dirigentes das Associações de Pais e Mestres APMs de Escolas Estaduais conveniadas

Leia mais

Palestra. SPED Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) e Escrituração Fiscal Digital (EFD) Outubro Elaborado por: Gisleise Nogueira de Aguiar

Palestra. SPED Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) e Escrituração Fiscal Digital (EFD) Outubro Elaborado por: Gisleise Nogueira de Aguiar Conselho Regional de Contabilidade do Estado de São Paulo Tel. (11) 3824-5400, 3824-5433 (teleatendimento), fax (11) 3824-5487 Email: desenvolvimento@crcsp.org.br web: www.crcsp.org.br Rua Rosa e Silva,

Leia mais

1 Menu Controle Fiscal Contábil de Transição (Fcont)

1 Menu Controle Fiscal Contábil de Transição (Fcont) 1 O Controle Fiscal de Transição FCONT, surgiu para atender as necessidades do Regime Tributário de Transição RTT, sendo aprovado pela Medida Provisória 449/09. Para o Fcont, a empresa deverá apresentar

Leia mais

TREINAMENTO DOS SISTEMAS PROSOL

TREINAMENTO DOS SISTEMAS PROSOL TREINAMENTO DOS SISTEMAS PROSOL Paulo Sérgio de Almeida Gonçalves Administrador, Contador, Consultor, Palestrante, Professor Universitário, MBA pela FGV RJ em Gestão Estratégica de Pessoas, Presidente

Leia mais

Portal Fiscal. É uma ferramenta voltada para o. Armazenamento e Auditoria de Documentos. Fiscais desde NF-e e Ct-e até Arquivos do Projeto

Portal Fiscal. É uma ferramenta voltada para o. Armazenamento e Auditoria de Documentos. Fiscais desde NF-e e Ct-e até Arquivos do Projeto O que é o Portal Fiscal? É uma ferramenta voltada para o Armazenamento e Auditoria de Documentos Fiscais desde NF-e e Ct-e até Arquivos do Projeto SPED e outras Obrigações anteriores, Como GIA, Sintegra,

Leia mais

Treinamento Presencial CISS Contábil & Fiscal

Treinamento Presencial CISS Contábil & Fiscal Treinamento Presencial CISS Contábil & Fiscal Livros Contábeis e Fiscais Conforme disposto nas Leis 6.404/76 e 11.638/07 e RIR/99, as empresas estão obrigadas a manter escriturados os seguintes livros:

Leia mais

Escrituração Fiscal Digital EFD - PIS/COFINS. Florianópolis/SC, novembro de 2011

Escrituração Fiscal Digital EFD - PIS/COFINS. Florianópolis/SC, novembro de 2011 Escrituração Fiscal Digital EFD - PIS/COFINS Florianópolis/SC, novembro de 2011 CONFIGURAÇÕES DA ESCRITURAÇÃO DIGITAL: SPED NF-e [2008] SPED Contábil [2008] SPED Fiscal (ICMS) [2009] SPED Fiscal (FCONT)

Leia mais

Escrituração Contábil Fiscal - ECF

Escrituração Contábil Fiscal - ECF EMPRESAS LUCRO REAL As empresas que são tributadas pelo Lucro Real, pagam o IRPJ e a CSLL com base no lucro obtido em sua contabilidade, ajustado de receitas e despesas que não devem ser consideradas,

Leia mais

O SUBSECRETÁRIO DA RECEITA ESTADUAL, no uso de atribuição que lhe confere o artigo

O SUBSECRETÁRIO DA RECEITA ESTADUAL, no uso de atribuição que lhe confere o artigo INSTRUÇÃO NORMATIVA RE Nº 094/11 (DOE 26/12/2011) Porto Alegre, 21 de dezembro de 2011. Introduz alteração na Instrução Normativa DRP nº 45/98, de 26/10/98. O SUBSECRETÁRIO DA RECEITA ESTADUAL, no uso

Leia mais

Sistema Público de Escrituração Digital. Folha de Pagamento Digital. Reunião Cofis, 17 de dezembro de 2009

Sistema Público de Escrituração Digital. Folha de Pagamento Digital. Reunião Cofis, 17 de dezembro de 2009 Folha de Pagamento Digital Reunião Cofis, 17 de dezembro de 2009 Objetivos Tratar todas as Informações Sociais de Trabalhadores, com ou sem vínculo empregatício, e demais fatos geradores de contribuições

Leia mais

Orientações Consultoria de Segmentos Registros 1300 e 1700 da EFD Contribuições.docx

Orientações Consultoria de Segmentos Registros 1300 e 1700 da EFD Contribuições.docx Registros.docx 04/10/2013 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas Apresentadas pelo Cliente... 3 3. Análise da Consultoria... 5 3.1. Parecer da Receita Federal... 6 4. Conclusão... 7 5. Informações

Leia mais

PEPC 2016 CAPACITADORA: 100 % AUDIT (PE-00028) CONTATO: EPC Auditores QTG BCB SUSEP. EPC Responsável Técnico.

PEPC 2016 CAPACITADORA: 100 % AUDIT (PE-00028) CONTATO: EPC Auditores QTG BCB SUSEP. EPC Responsável Técnico. CAPACITADORA: 100 % AUDIT (PE-00028) CONTATO: 3242-2406 COACH CONTÁBIL PE-01023 40h 40 40 40 0 CAPACITADORA: 4M TREINAMENTOS EMPRESARIAIS E ASESSORIA (PE-00022) CONTATO: 3465.7495 CREDITOS PIS/PASEP E

Leia mais

Aspectos fiscais decorrentes das alteraçõ. ções SUFIS na Lei das S/A COFIS. Ricardo de Souza Moreira. Subsecretaria de Fiscalização - SUFIS

Aspectos fiscais decorrentes das alteraçõ. ções SUFIS na Lei das S/A COFIS. Ricardo de Souza Moreira. Subsecretaria de Fiscalização - SUFIS Aspectos fiscais decorrentes das alteraçõ ções SUFIS na Lei das S/A COFIS Ricardo de Souza Moreira As opiniões apresentadas são s o pessoais e, portanto, não n o representam o posicionamento de qualquer

Leia mais

PROJECT Informática Ltda. Rua Giordano Bruno, 100 Bairro Rio Branco Porto Alegre-RS CEP Fone: (51) Vendas: (51)

PROJECT Informática Ltda. Rua Giordano Bruno, 100 Bairro Rio Branco Porto Alegre-RS CEP Fone: (51) Vendas: (51) SPED PIS/COFINS O SPED (Sistema Público de Escrituração Digital) PIS/COFINS é um módulo opcional que está habilitado para funcionar com a versão 7 do Oryon. A licença é habilitada pelo número de série

Leia mais

BOLETIM INFORMATIVO Nº 21/2016 ANO XIII (11 de julho de 2016)

BOLETIM INFORMATIVO Nº 21/2016 ANO XIII (11 de julho de 2016) BOLETIM INFORMATIVO Nº 21/2016 ANO XIII (11 de julho de 2016) 01. ECF: RFB LIBERA CONSOLIDAÇÃO DE PERGUNTAS FREQUENTES Consolidação das perguntas frequentes da ECF das últimas quatro semanas. 1 Mesmo tendo

Leia mais

SPED Escrituração Contábil Fiscal (ECF)

SPED Escrituração Contábil Fiscal (ECF) SPED Escrituração Contábil Fiscal (ECF) Este tutorial destina-se a empresas de Regime Lucro Real. A exportação para o SPED Escrituração Contábil Fiscal (ECF) no Sistema LedWin, deverá ser feita da seguinte

Leia mais

Entendendo o Sped como um projeto de investimento em competitividade

Entendendo o Sped como um projeto de investimento em competitividade Entendendo o Sped como um projeto de investimento em competitividade Somente se melhora o que se pode medir, Vicente Falconi Campos por: prof. Roberto Dias Duarte Apresentação "Conheço apenas a minha ignorância

Leia mais

SUMÁRIO INTRODUÇÃO...02

SUMÁRIO INTRODUÇÃO...02 SUMÁRIO INTRODUÇÃO...02 1 DÚVIDAS DE GERAÇÃO DO ARQUIVO DA ECF E CARGA NO PVA...02 1.1 Dúvidas na geração do arquivo no pacote 3820 (geração da ECF)...02 1.2 Mensagem ao carregar o arquivo da ECF do programa

Leia mais

Grupo IOB Folhamatic EBS > Sage Escrita Fiscal 4

Grupo IOB Folhamatic EBS > Sage Escrita Fiscal 4 Cadastro de Sócios... 77 Digitações de Sócios... 78 Digitações de Empresas... 79 Dados dos Impostos... 80 Impressão de Guias de Recolhimento... 81 ICMS- GARE... 81 ICMS - ST... 82 DARF... 83 DARF em Quotas...

Leia mais

Manual do cliente Pessoa Jurídica

Manual do cliente Pessoa Jurídica Manual do cliente Pessoa Jurídica Autenticação da Escrituração Contábil Digital em Cartório (SPED) Realização O que é o SPED? Da obrigatoridade da autenticação dos livros em cartório de pessoa jurídica.

Leia mais

ANALISTA FISCAL E TRIBUTÁRIO. Conhecimentos e Práticas Tributárias e Fiscais

ANALISTA FISCAL E TRIBUTÁRIO. Conhecimentos e Práticas Tributárias e Fiscais ANALISTA FISCAL E TRIBUTÁRIO Conhecimentos e Práticas Tributárias e Fiscais Objetivos do Workshop 1 Conhecer e Atualizar os Conhecimentos acerca da Legislação Tributária e Fiscal Vigente 2 Adotar Procedimentos

Leia mais

Parecer PGFN 202/2013

Parecer PGFN 202/2013 Parecer PGFN 202/2013 Julho de 2013 Aspectos a serem abordados Contextualizando a discussão Entendimento do Parecer PGFN 202/2013 Entendimento divergente Impactos da aplicação do Parecer e pontos não enfrentados

Leia mais

SUMÁRIO. Apresentação, xiii

SUMÁRIO. Apresentação, xiii SUMÁRIO Apresentação, xiii 1 A Contabilidade e a Gestão Tributária, 1 1.1 Introdução, 1 1.2 Os objetivos da atividade de gestão tributária, 1 1.3 Características profissionais exigidas para o cargo de

Leia mais

ENCERRAMENTO DAS DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS 17/01/2013 LUCIANO PERRONE

ENCERRAMENTO DAS DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS 17/01/2013 LUCIANO PERRONE ENCERRAMENTO DAS DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS 17/01/2013 LUCIANO PERRONE Introdução Enquadramento conforme as Novas Normas Contábeis IFRS. SOCIEDADES ANÔNIMAS DE CAPITAL ABERTO SOCIEDADES DE GRANDE PORTE

Leia mais

SPED Um ano de grandes mudanças

SPED Um ano de grandes mudanças SPED 2016 - Um ano de grandes mudanças Palestra: ECD/ECF: UM PROJETO SOB PRESSÃO Vera Lúcia Gomes Abril 2016 1 Pauta Principais mudanças para 2016 Dados recuperados e não recuperados Demonstrações contábeis

Leia mais

O cruzamento de informações sob a ótica dos órgãos de controle A VISÃO DO FISCO

O cruzamento de informações sob a ótica dos órgãos de controle A VISÃO DO FISCO O cruzamento de informações sob a ótica dos órgãos de controle A VISÃO DO FISCO Como você produz e formata suas informações? Qual a qualidade dessas informações? Elas são consistentes? Houve mudanças/evolução

Leia mais

SPED Um ano de grandes mudanças

SPED Um ano de grandes mudanças SPED 2016 - Um ano de grandes mudanças Palestra: EFD-REINF Luis Claudio Palese Março 2016 O que é EFD-Reinf? Quem está obrigado? Blocos EFD-Reinf esocial vs. EFD-Reinf Estrutura EFD-Reinf vs esocial Integração

Leia mais

Treinamentos do Programa de Educação Profissional Continuada do CRC

Treinamentos do Programa de Educação Profissional Continuada do CRC Treinamentos do Programa de Educação Profissional Continuada do CRC Temas Ativos 2017 Pontuação Geral Categoria(s) Pontuadas(s) ÁREA CONTÁBIL 1 Análise das Demonstrações Contábeis (Com Foco em Preparadores

Leia mais

Assunto: Contabilização do pagamento da Contribuição ao Programa de Integração Social e de Formação do Patrimônio do Servidor Público PIS/PASEP

Assunto: Contabilização do pagamento da Contribuição ao Programa de Integração Social e de Formação do Patrimônio do Servidor Público PIS/PASEP Nota Técnica n 003/2012/GECON Vitória, 08 de Março de 2012. Assunto: Contabilização do pagamento da Contribuição ao Programa de Integração Social e de Formação do Patrimônio do Servidor Público PIS/PASEP

Leia mais

Guia Prático de. Cruzamento de Obrigações Acessórias

Guia Prático de. Cruzamento de Obrigações Acessórias Guia Prático de Cruzamento de Obrigações Acessórias Sumário Apresentação... 19 1 Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) 1.1. Conceito e Informações Gerais... 21 1.2. Manual de Integração - Contribuinte... 21 1.3.

Leia mais

Lei nº /2014 REGULAMENTAÇÃO. Novembro de Instrução Normativa RFB nº 1.492/2014 e Instrução Normativa RFB nº 1.493/2014

Lei nº /2014 REGULAMENTAÇÃO. Novembro de Instrução Normativa RFB nº 1.492/2014 e Instrução Normativa RFB nº 1.493/2014 Lei nº 12.973/2014 REGULAMENTAÇÃO Instrução Normativa RFB nº 1.492/2014 e Instrução Normativa RFB nº 1.493/2014 Novembro de 2014 Agenda Objetivo Regime Tributário de Transição RTT Instrução Normativa RFB

Leia mais

SPED Um ano de grandes mudanças

SPED Um ano de grandes mudanças SPED 2016 - Um ano de grandes mudanças Palestra: ECD/ECF: Um projeto sob pressão Vera Lúcia Gomes Março 2016 1 Pauta Principais mudanças para 2016 Dados recuperados e não recuperados Demonstrações contábeis

Leia mais

SPED ECF - Como importar as informações do registro U182 referente ao cálculo da CSLL para empresa Imune/ Isenta?

SPED ECF - Como importar as informações do registro U182 referente ao cálculo da CSLL para empresa Imune/ Isenta? SPED ECF - Como importar as informações do registro U182 referente ao cálculo da CSLL para empresa Imune/ Isenta? Esta opção estará disponível somente para empresas com forma de tributação de lucro: Imune/Isenta.

Leia mais

SPED Sistema Público de Escrituração de Documentos

SPED Sistema Público de Escrituração de Documentos SPED SPED Sistema Público de Escrituração de Documentos A Escrituração Fiscal Digital EFD é um arquivo digital, que se constitui de um conjunto de escriturações de documentos fiscais e de outras informações

Leia mais

TABELA DE OBRIGAÇÕES ANUAIS

TABELA DE OBRIGAÇÕES ANUAIS TABELA DE OBRIGAÇÕES ANUAIS OBRIGAÇÕES FEDERAIS PERIODICIDADE PRAZO DATAS MULTA BASE LEGAL 1 - Advertência; 2 - Multa de 1% do valor da operação; COAF - Conselho de Controle de Atividades Financeiras 24

Leia mais

Manual da ECF (Escrituração Contábil Fiscal)

Manual da ECF (Escrituração Contábil Fiscal) Manual da ECF (Escrituração Contábil Fiscal) ALDENIR ORTIZ RODRIGUES Contabilista, advogado, especialista em tributos diretos, contribuição para o PIS/Cofins e legislação societária. Coautor de livros

Leia mais

Instrução Normativa RFB nº 1.252, de 1º de março de 2012

Instrução Normativa RFB nº 1.252, de 1º de março de 2012 Instrução Normativa RFB nº 1.252, de 1º de março de 2012 DOU de 2.3.2012 Dispõe sobre a Escrituração Fiscal Digital da Contribuição para o PIS/Pasep, da Contribuição para o Financiamento da Seguridade

Leia mais

Tributação sobre o lucro (%) IRPJ 25 Contribuição Social 9 Dividendos 0 === 34 WALCRIS ROSITO - IMPOSTO DE RENDA PESSOA JURÍDICA 2006

Tributação sobre o lucro (%) IRPJ 25 Contribuição Social 9 Dividendos 0 === 34 WALCRIS ROSITO - IMPOSTO DE RENDA PESSOA JURÍDICA 2006 Tributação sobre o lucro (%) IRPJ 25 Contribuição Social 9 Dividendos 0 === 34 1 Tributação sobre o lucro (%) Lucro Real Lucro Presumido Lucro Arbitrado 2 Tributação sobre o lucro Lucro Real Obrigatoriedade:

Leia mais

BÔNUS DE ADIMPLÊNCIA FISCAL

BÔNUS DE ADIMPLÊNCIA FISCAL BÔNUS DE ADIMPLÊNCIA FISCAL Instituído pela Lei nº 10.637, de 2002 1) CONTRIBUIÇÃO SOCIAL SOBRE O LUCRO LÍQUIDO (CSLL) * Silvério das Neves * Adherbal Corrêa Bernardes 1.1) Alíquotas O art. 6º da Medida

Leia mais

Palestra. expert PDF. Trial. e-social - Atualidades Práticas. Agosto Elaborado por:

Palestra. expert PDF. Trial. e-social - Atualidades Práticas. Agosto Elaborado por: Conselho Regional de Contabilidade do Estado de São Paulo Tel. (11) 3824-5400 - ramal 1529 (núcleo de relacionamento) Email: desenvolvimento@crcsp.org.br web: www.crcsp.org.br Rua Rosa e Silva, 60 Higienópolis

Leia mais

Janeiro/ Minas Gerais. Rio Grande do Sul. Santa Catarina São Paulo. Federal Santa Catarina. Minas Gerais MG - DAPI 1; ICMS-MG

Janeiro/ Minas Gerais. Rio Grande do Sul. Santa Catarina São Paulo. Federal Santa Catarina. Minas Gerais MG - DAPI 1; ICMS-MG Janeiro/ 2014 02 03 ICMS-MG GIA/SN Gia de Informação e Apuração do ICMS Simples Nacional; GIA/ Serviço Aeroviário Regular; ICMS/ Débito Próprio Refinarias de Petróleo; ICMS/ Débito Próprio Cimento; ICMS/Débito

Leia mais

TUTORIAL SPED ECF. Apresentação. Tabela de Alterações. Sumário. Apresentação Conhecendo o ECF (Escrituração Contábil Fiscal)...

TUTORIAL SPED ECF. Apresentação. Tabela de Alterações. Sumário. Apresentação Conhecendo o ECF (Escrituração Contábil Fiscal)... Sumário Apresentação... 1 1. Conhecendo o ECF (Escrituração Contábil Fiscal)... 2 2. Procedimentos iniciais... 4 3. Cadastrar Plano de Contas... 4 4. Atualizar tabelas... 6 5. Configuração de Exercício...

Leia mais

Instrução Normativa RFB nº 1.199, de 14 de outubro de 2011

Instrução Normativa RFB nº 1.199, de 14 de outubro de 2011 Instrução Normativa RFB nº 1.199, de 14 de outubro de 2011 DOU de 17.10.2011 Dispõe sobre procedimentos fiscais dispensados aos consórcios constituídos nos termos dos arts. 278 e 279 da Lei nº 6.404, de

Leia mais

Í N D I C E A N A L Í T I C O

Í N D I C E A N A L Í T I C O Í N D I C E A N A L Í T I C O I - REGRAS GERAIS... 15 I.1 - Introdução... 15 I.2 - Conceitos e definições... 15 I.2.1 - Restituição... 15 I.2.2 - Compensação... 16 I.2.3 - Ressarcimento... 16 I.2.4 - Reembolso...

Leia mais

PLANILHA ORIENTATIVA/REFERENCIAL PARA FIXAÇÃO DE HONORÁRIOS SERVIÇOS DE CONTABILIDADE

PLANILHA ORIENTATIVA/REFERENCIAL PARA FIXAÇÃO DE HONORÁRIOS SERVIÇOS DE CONTABILIDADE PLANILHA ORIENTATIVA/REFERENCIAL PARA FIXAÇÃO DE HONORÁRIOS SERVIÇOS DE CONTABILIDADE PERÍODO DE VIGÊNCIA: 01 de janeiro de 2017 a 31 de dezembro de 2017. INTRODUÇÃO: A presente planilha orientativa/referencial

Leia mais

Usiminas Validação e Estratégia das Operações para o Pis e Cofins

Usiminas Validação e Estratégia das Operações para o Pis e Cofins Usiminas Validação e Estratégia das Operações para o Pis e Cofins 15/06/2011 Agenda Usiminas quem somos? SPED e Usiminas tudo a ver! O Projeto Pis e Cofins Um olhar sobre o SPED Passado, presente, futuro

Leia mais

Sistema Fiscal. Integração via Chave de Acesso XML. Menu

Sistema Fiscal. Integração via Chave de Acesso XML. Menu Soluções Sistema Fiscal Integração via Chave de Acesso XML Sistema Fiscal Importação de XML em Lote Sistema Fiscal Integração via Portal XML-e Sistema Fiscal Mapa de Apuração / Fechamento Tratamento por

Leia mais

Depreciação de Bens do Ativo Imobilizado

Depreciação de Bens do Ativo Imobilizado Depreciação de Bens do Ativo Imobilizado Contabilmente a depreciação de bens do ativo imobilizado corresponde à redução do valor dos mesmos tendo em vista o desgaste pelo uso, ação da natureza ou obsolescência

Leia mais

Confederação Nacional das Empresas de Seguros Gerais, Previdência Privada e Vida, Saúde Suplementar e Capitalização (CNseg)

Confederação Nacional das Empresas de Seguros Gerais, Previdência Privada e Vida, Saúde Suplementar e Capitalização (CNseg) TAX Confederação Nacional das Empresas de Seguros Gerais, Previdência Privada e Vida, Saúde Suplementar e Capitalização (CNseg) Instrução Normativa 1.515/14 Janeiro/2015 Celso P. Alcantara, calcantara@kpmg.com.br

Leia mais

SPED PIS/COFINS e Cordilheira Software Contábil

SPED PIS/COFINS e Cordilheira Software Contábil SPED PIS/COFINS e Cordilheira Software Contábil Bloco 0 Abertura do arquivo Operações de serviços Bloco A Operações de CTRC e outros serviços com ICMS Apuração dos valores dos impostos Fechamento do arquivo

Leia mais

SPED CONTÁBIL ECD (Geração e transmissão)

SPED CONTÁBIL ECD (Geração e transmissão) SPED CONTÁBIL ECD (Geração e transmissão) Conteúdo: 1. Dados do responsável e contabilista 2. Emissão de balancete para conferência 3. Gerando arquivo ECD no sistema JOTEC 4. Utilizando o programa validador

Leia mais

Palestra: SPED ECF- Escrita Contábil Fiscal Regulamentada pela:

Palestra: SPED ECF- Escrita Contábil Fiscal Regulamentada pela: Página 1 Palestra: SPED ECF- Escrita Contábil Fiscal Regulamentada pela: Instrução Normativa RECEITA FEDERAL DO BRASIL - RFB nº 1.353 de 30.04.2013 Instrução Normativa RECEITA FEDERAL DO BRASIL - RFB nº

Leia mais

Retenção na fonte de CSLL, PIS e COFINS FGTS

Retenção na fonte de CSLL, PIS e COFINS FGTS TRIBUTOS CÓDIGOS VENCIMENTO PERIODICIDADE PIS PIS - FOLHA DE PAGAMENTO DARF 8301 25º (vigésimo quinto) dia do mês subsequente ao mês de ocorrência dos fatos geradores. COFINS COFINS - Somente sobre as

Leia mais

Índice Analítico I REGRAS GERAIS... 15

Índice Analítico I REGRAS GERAIS... 15 Índice Analítico I REGRAS GERAIS... 15 I.1 Introdução... 15 I.2 Conceitos e de nições... 15 I.2.1 Restituição... 15 I.2.2 Compensação... 16 I.2.3 Ressarcimento... 16 I.2.4 Reembolso... 17 I.3 Legislação

Leia mais

Seminário. SPED: EFD - Contribuições. Outubro Elaborado por: José Sérgio Fernandes de Mattos

Seminário. SPED: EFD - Contribuições. Outubro Elaborado por: José Sérgio Fernandes de Mattos Conselho Regional de Contabilidade do Estado de São Paulo Tel. (11) 3824-5400, 3824-5433 (teleatendimento), fax (11) 3824-5487 Email: desenvolvimento@crcsp.org.br web: www.crcsp.org.br Rua Rosa e Silva,

Leia mais