A EFICÁCIA DA FISIOTERAPIA NO TRATAMENTO DAS COMPLICAÇÕES FÍSICO-FUNCIONAIS DE MEMBRO SUPERIOR NA MASTECTOMIA UNILATERAL TOTAL: ESTUDO DE CASO

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "A EFICÁCIA DA FISIOTERAPIA NO TRATAMENTO DAS COMPLICAÇÕES FÍSICO-FUNCIONAIS DE MEMBRO SUPERIOR NA MASTECTOMIA UNILATERAL TOTAL: ESTUDO DE CASO"

Transcrição

1 A EFICÁCIA DA FISIOTERAPIA NO TRATAMENTO DAS COMPLICAÇÕES FÍSICO-FUNCIONAIS DE MEMBRO SUPERIOR NA MASTECTOMIA UNILATERAL TOTAL: ESTUDO DE CASO GUIZELINI, L.H.; PEREIRA, N.T.C. RESUMO A mastectomia pode causar o aparecimento de complicações em membro superior homolateral a cirurgia. O estudo tem como objetivo avaliar a eficácia da fisioterapia nas complicações de ombro em uma paciente pós-cirurgia. Foi avaliada uma paciente com mastectomia radical unilateral e realizado fisioterapia com base na cinesioterapia convencional. Houve ganho em movimento de ombro. Conclui-se que após as 10 sessões realizadas, houve melhora das amplitudes de movimento de ombro homolateral a cirurgia. Palavras-Chave: Mastectomia; fisioterapia; complicações físico-funcionais. ABSTRACT The mastectomy can cause the appearance of complications upper limb ipsilateral to the surgical. The study aims to evaluate the effectiveness of physiotherapy in shoulder complications in a patient after surgery. We evaluated a patient with radical unilateral mastectomy. And physical therapy treatment based on conventional kinesio. There were gains in shoulder motion. We concluded that 10 sessions performed had improved the range of ipsilateral shoulder movement. Keywords: Mastectomy; physical therapy; physical-functional complications.

2 INTRODUÇÃO O câncer de mama está entre uma das principais doenças que acometem e leva a morte no mundo todo. A etiologia ainda é desconhecida, são considerados alguns fatores de risco como: hereditariedade, idade, pois após os 40 anos a mulher esta mais susceptível, menarca precoce, ou seja, antes dos 11 anos de idade ou menopausa tardia, após os 55 anos de idade, reposição hormonal, entre outros. (FREITAS, et al, 2001) Sabe-se que a mastectomia pode causar o aparecimento de complicações físico-funcionais em membro superior homolateral ao procedimento devido à dissecção dos linfonodos axilares. Em questão de melhores exercícios para esta fase, Baracho (2007) relata um maior enfoque em: alongamentos da musculatura cervical, da cintura escapular e dos membros superiores. O tratamento fisioterapêutico tem como base para melhora físico-funcional a combinação de movimentos que favoreçam a amplitude de movimento de ombro e cintura escapular. O tratamento fisioterapêutico após a cirurgia de câncer de mama deve ser empregado a todas pacientes, com o objetivo de manter os resultados obtidos na cirurgia e evitar complicações futuras principalmente em questão funcional de membro superior. (BARACHO, 2007). REFERENCIAIS TEÓRICO-METODOLÓGICOS Esta pesquisa caracteriza-se como descritiva, do tipo relato de caso, no qual participou uma paciente com 56 anos, de pós-operatório tardio de câncer de mama. O estudo foi realizado nas dependências da Clínica Escola de Fisioterapia e Nutrição Dra. Sônia Gusman, da Faculdade de Apucarana FAP, na cidade de Apucarana- Paraná. A paciente foi submetida à avaliação fisioterapêutica, constando história da moléstia, antecedentes familiares, ginecológicos entre outros. Já no exame físico foi realizada a avaliação da amplitude de movimento através da goniometria do ombro com a utilização do goniômetro (CARCI), e avaliação funcional de ombro com o questionário de Escala traduzida e adaptada à língua portuguesa sistema de pontuação da UCLA.

3 Segundo Oku, et al. (2006) a escala consiste na avaliação físico-funcional do ombro e a percepção da paciente perante suas limitações. A mesma possui cinco classes de perguntas que irão avaliar a dor, função, flexão anterior ativa, força de flexão anterior ativa através do teste de resistência manual e satisfação do paciente no momento da avaliação. Para o escore da escala cada item possui um valor de pontuação, onde o valor do escore varia de 0 totalmente incapaz e insatisfeito a 35 pontos totalmente capaz e satisfeito. E a pontuação é classificada da seguinte forma pontos indicam resultados excelentes, bons, razoáveis e 0-20 ruins. Foi observada a melhora significativa da amplitude de movimento na paciente estudada. Baseado nos estudos de Leites, et al. (2010), Bregagnol (2010) e Rezende, et al. (2006), a intervenção fisioterapêutica realizada com exercícios de cinesioterapia dando enfoque nos alongamentos de flexores, extensores, adutores e abdutores de ombro, mobilização passiva de cintura escapular e fortalecimento dessa musculatura através de exercícios com halteres, bastão, e movimentos em diagonais associado com pesos. A associação de exercícios que envolvam a mobilidade passiva de ombro e o fortalecimento muscular traz bons resultados quando se trata de ganho de amplitude de movimento e melhora das atividades de vida diária. CONCLUSÃO Após a execução das terapias a paciente foi avaliada e foi possível observar a melhora da amplitude de movimento. Em relação à avaliação inicial e a final, a paciente obteve melhoras significativas em movimentos de ombro. De acordo com a avaliação utilizando o goniômetro, houve ganho de 20º em movimento de flexão de ombro, 1º graus em extensão de ombro, 10º em abdução de ombro, a adução se manteve, 10º graus em rotação interna de ombro e 8º graus em rotação externa. Na avaliação inicial e final da UCLA viu-se que em requisito dor e função a pontuação era de 4 e 6, na avaliação final foi 8 e 10 pontos, sendo 1 a mais insuportável e sem função e 10 nenhuma dor e função normal. Na avaliação

4 inicial em flexão anterior ativa foi de 4 pontos e na avaliação final manteve-se em 4, sendo que a pontuação 0 indica menos de 30 graus de flexão e 5 pontos 150 graus ou mais de flexão ativa. Na avaliação inicial da força de flexão anterior ativa (teste de força manual), encontrou-se 4 pontos, classificado como boa, e na final manteve-se em 4, sendo que a pontuação 0 indica grau 0 e ausência de contração e pontuação 5 força muscular normal, grau 5. Em quesito a satisfação da paciente o resultado inicial foi 0 (insatisfeito e pior) e final foi 5 pontos (satisfeito e melhor). Portanto conclui-se que o tratamento fisioterapêutico após o tratamento cirúrgico de câncer de mama, tem resultado em pacientes que há diminuição de amplitude de movimento de ombro homolateral a cirurgia. Sendo assim um método preventivo para essas disfunções físico-funcionais como também de tratamento.

5 REFERÊNCIAS BARACHO, Elza; Fisioterapia Aplicada à Obstetricia, Uroginecologia e Aspectos de Mastologia. 4. Ed. Rio de Janeiro: Editora Guanabara Koogan. Gen., BASTOS, D. C. Álvaro; Ginecologia. 10 Ed. São Paulo: Atheneu Editora São Paulo LTDA, BREGAGNOL, K. Rafael; DIAS, S. Alexandre; Alterações Funcionais em Mulheres Submetidas à Cirurgia de Mama com Linfadenectomia Axilar Total. Revista Brasileira de Cancerologia 2010; 56(1): FREITAS, Fernando, et al. Rotinas em Ginecologia. 4. Ed. Porto Alegre: Editora Artmed Editora, LEITES, T. Gabriela, et al. Fisioterapia em oncologia mamária: qualidade de vida e evolução clínico funcional. Rev Ciência & Saúde. 2010;3(1): OKU, C. Elaine, et al. Tradução e adaptação cultural do Modified-University of California at Los Angeles Shoulder Rating Scale para a língua portuguesa. Rev. Bras. Reumatol., v. 46, n.4, p , jul/ago, REZENDE, F. Laura, et al. Exercícios Livres versus Direcionados nas Complicações Pós-Operatórias de Câncer de Mama. Ver. Assoc. Med. Bras. 2006; 52(1):

RESUMO. Palavras- chave: Fisioterapia. Câncer de Mama. Câncer de Mama Avaliação. INTRODUÇÃO

RESUMO. Palavras- chave: Fisioterapia. Câncer de Mama. Câncer de Mama Avaliação. INTRODUÇÃO AVALIAÇÃO DE MEMBRO SUPERIOR EM MULHERES MASTECTOMIZADAS Mara Vania Guidastre - m_risaguist@hotmail.com Marcela Da Silva Mussio - marcela_mussio@hotmail.com Ana Cláudia De Souza Costa - anaclaudia@unisalesiano.edu.br

Leia mais

FISIO. Programa de fortalecimento muscular direcionado a pacientes portadores de carcinoma de mama no pós-operatório tardio

FISIO. Programa de fortalecimento muscular direcionado a pacientes portadores de carcinoma de mama no pós-operatório tardio FISIO ISIOTERAPIA Programa de fortalecimento muscular direcionado a pacientes portadores de carcinoma de mama no pós-operatório tardio Georgia Camila de Faria Pischel Pesquisadora Silvia Regina Graziani

Leia mais

EFEITO DA CINESIOTERAPIA NA FORÇA MUSCULAR DE MULHERES MASTECTOMIZADAS

EFEITO DA CINESIOTERAPIA NA FORÇA MUSCULAR DE MULHERES MASTECTOMIZADAS 163 EFEITO DA CINESIOTERAPIA NA FORÇA MUSCULAR DE MULHERES MASTECTOMIZADAS Andressa Carvalho Viscone 1, Mariana Romanholi Palma 1, Mariane Fátima da Silva Araújo 1, Ana Paula Rodrigues Rocha 1, Lara Nery

Leia mais

EFEITOS DA CINESIOTERAPIA NA FORÇA MUSCULAR E AMPLITUDE DE MOVIMENTO EM PACIENTES MASTECTOMIZADAS

EFEITOS DA CINESIOTERAPIA NA FORÇA MUSCULAR E AMPLITUDE DE MOVIMENTO EM PACIENTES MASTECTOMIZADAS UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA CAMPUS I CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE CURSO DE GRADUAÇÃO EM FISIOTERAPIA ALINE FERREIRA DE ARAÚJO JERÔNIMO EFEITOS DA CINESIOTERAPIA NA FORÇA MUSCULAR E AMPLITUDE

Leia mais

Avaliação Fisioterapêutica da Coluna Cervical Departamento de Fisioterapia, Fonoaudiologia e Terapia Ocupacional

Avaliação Fisioterapêutica da Coluna Cervical Departamento de Fisioterapia, Fonoaudiologia e Terapia Ocupacional Avaliação Fisioterapêutica da Coluna Cervical Departamento de Fisioterapia, Fonoaudiologia e Terapia Ocupacional Profa. Dra. Sílvia Maria Amado João 1. Anatomia Aplicada A coluna cervical consiste em diversas

Leia mais

Relato de Experiência. Projeto Reabilta-ação Fisioterapia Oncológica. PICIN, Celis i e COPETTI, Solange M. B. ii Faculdade de Pato Branco FADEP

Relato de Experiência. Projeto Reabilta-ação Fisioterapia Oncológica. PICIN, Celis i e COPETTI, Solange M. B. ii Faculdade de Pato Branco FADEP Relato de Experiência Projeto Reabilta-ação Fisioterapia Oncológica PICIN, Celis i e COPETTI, Solange M. B. ii Faculdade de Pato Branco FADEP RESUMO A intenção em produzir um material informativo a respeito

Leia mais

Avaliação das alterações posturais em pacientes submetidas à mastectomia radical. modificada 1. Resumo

Avaliação das alterações posturais em pacientes submetidas à mastectomia radical. modificada 1. Resumo Avaliação das alterações posturais em pacientes submetidas à mastectomia radical modificada 1 Fernanda Bulgarelli 2 Karina Brongholi 3 Melissa Medeiros Braz Resumo No contexto atual da sociedade em que

Leia mais

EFEITOS DE UM PROGRAMA DE FISIOTERAPIA AQUÁTICA NA AMPLITUDE DE MOVIMENTO DE MULHERES MASTECTOMIZADAS

EFEITOS DE UM PROGRAMA DE FISIOTERAPIA AQUÁTICA NA AMPLITUDE DE MOVIMENTO DE MULHERES MASTECTOMIZADAS EFEITOS DE UM PROGRAMA DE FISIOTERAPIA AQUÁTICA NA AMPLITUDE DE MOVIMENTO DE MULHERES MASTECTOMIZADAS EFEITOS DE UM PROGRAMA DE FISIOTERAPIA AQUÁTICA NA AMPLITUDE DE MOVIMENTO DE MULHERES MASTECTOMIZADAS

Leia mais

COMPARAÇÃO DA AMPLITUDE DE FLEXÃO E ABDUÇÃO DO OMBRO NO PÓS- OPERATÓRIO TARDIO DE MASTECTOMIA E QUADRANTECTOMIA

COMPARAÇÃO DA AMPLITUDE DE FLEXÃO E ABDUÇÃO DO OMBRO NO PÓS- OPERATÓRIO TARDIO DE MASTECTOMIA E QUADRANTECTOMIA 16 COMPARAÇÃO DA AMPLITUDE DE FLEXÃO E ABDUÇÃO DO OMBRO NO PÓS- OPERATÓRIO TARDIO DE MASTECTOMIA E QUADRANTECTOMIA AMPLITUDE COMPARISON OF THE FEXING AND OPENING IN THE SHOULDER OF THE PRE-OPERATIVE OF

Leia mais

EFEITOS DO EXERCÍCIO FÍSICO NA POSTURA DE MULHERES COM CÂNCER DE MAMA SUBMETIDAS À MASTECTOMIA

EFEITOS DO EXERCÍCIO FÍSICO NA POSTURA DE MULHERES COM CÂNCER DE MAMA SUBMETIDAS À MASTECTOMIA UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA CAMPUS I CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE CURSO DE GRADUAÇÃO EM FISIOTERAPIA MICAELA CAVALCANTI DE MOURA FARIAS EFEITOS DO EXERCÍCIO FÍSICO NA POSTURA DE MULHERES

Leia mais

AVALIAÇÃO DE MORBIDADES E ATUAÇÃO FISIOTERAPÊUTICA EM MULHERES COM CÂNCER DE MAMA: ANÁLISE RETROSPECTIVA DE 2008 A 2012

AVALIAÇÃO DE MORBIDADES E ATUAÇÃO FISIOTERAPÊUTICA EM MULHERES COM CÂNCER DE MAMA: ANÁLISE RETROSPECTIVA DE 2008 A 2012 UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA-UnB FACULDADE DE CEILÂNDIA-FCE CURSO DE FISIOTERAPIA DEBORAH COSTA TEIXEIRA PELUCIO SILVA AVALIAÇÃO DE MORBIDADES E ATUAÇÃO FISIOTERAPÊUTICA EM MULHERES COM CÂNCER DE MAMA: ANÁLISE

Leia mais

AVALIAÇÃO FUNCIONAL PRÉ E PÓS-CIRURGIA CONSERVADORA DA MAMA E LINFADENECTOMIA AXILAR: RELATO DE CASO 1

AVALIAÇÃO FUNCIONAL PRÉ E PÓS-CIRURGIA CONSERVADORA DA MAMA E LINFADENECTOMIA AXILAR: RELATO DE CASO 1 Disciplinarum Scientia. Série: Ciências da Saúde, Santa Maria, v. 15, n. 1, p. 55-64, 2014. Recebido em: 22.05.2013. Aprovado em: 08.11.2013. ISSN 2179-6890 AVALIAÇÃO FUNCIONAL PRÉ E PÓS-CIRURGIA CONSERVADORA

Leia mais

OS EFEITOS DO TRATAMENTO FISIOTERAPÊUTICO NA BIOMECÂNICA MORFOFUNCIONAL NO PÓS-OPERATÓRIO DO CÂNCER DE MAMA

OS EFEITOS DO TRATAMENTO FISIOTERAPÊUTICO NA BIOMECÂNICA MORFOFUNCIONAL NO PÓS-OPERATÓRIO DO CÂNCER DE MAMA Artigo Original Pós-graduação Latu-Sensu em Fisiologia do Exercício e Avaliação-Morfofuncional Universidade Gama Filho OS EFEITOS DO TRATAMENTO FISIOTERAPÊUTICO NA BIOMECÂNICA MORFOFUNCIONAL NO PÓS-OPERATÓRIO

Leia mais

AVALIAÇÃO DA CAPACIDADE DE EXERCÍCIO DE IDOSOS COM LOMBALGIA E SUA INTERFERÊNCIA NA QUALIDADE DE VIDA

AVALIAÇÃO DA CAPACIDADE DE EXERCÍCIO DE IDOSOS COM LOMBALGIA E SUA INTERFERÊNCIA NA QUALIDADE DE VIDA 1 AVALIAÇÃO DA CAPACIDADE DE EXERCÍCIO DE IDOSOS COM LOMBALGIA E SUA INTERFERÊNCIA NA QUALIDADE DE VIDA FEITOSA P. O. ; FELIPE D. M. Resumo: Entre os declínios fisiológicos relacionados ao envelhecimento

Leia mais

ANÁLISE DO COMPORTAMENTO ARTICULAR DO OMBRO HOMOLATERAL EM PACIENTES SUBMETIDAS A MASTECTOMIA RADICAL MODIFICADA

ANÁLISE DO COMPORTAMENTO ARTICULAR DO OMBRO HOMOLATERAL EM PACIENTES SUBMETIDAS A MASTECTOMIA RADICAL MODIFICADA ANÁLISE DO COMPORTAMENTO ARTICULAR DO OMBRO HOMOLATERAL EM PACIENTES SUBMETIDAS A MASTECTOMIA RADICAL MODIFICADA Acadêmicos de Fisioterapia da UCB: Janaína de Abreu e Silva Rodrigo Silva Rodrigues RESUMO

Leia mais

Apesar de ser um tumor maligno, é uma doença curável se descoberta a tempo, o que nem sempre é possível, pois o medo do diagnóstico é muito grande,

Apesar de ser um tumor maligno, é uma doença curável se descoberta a tempo, o que nem sempre é possível, pois o medo do diagnóstico é muito grande, Cancêr de Mama: É a causa mais frequente de morte por câncer na mulher, embora existam meios de detecção precoce que apresentam boa eficiência (exame clínico e auto-exame, mamografia e ultrassonografia).

Leia mais

Avaliação Fisioterapêutica do Ombro Departamento de Fisioterapia, Fonoaudiologia e Terapia Ocupacional-FMUSP

Avaliação Fisioterapêutica do Ombro Departamento de Fisioterapia, Fonoaudiologia e Terapia Ocupacional-FMUSP Avaliação Fisioterapêutica do Ombro Departamento de Fisioterapia, Fonoaudiologia e Terapia Ocupacional-FMUSP Profa. Dra. Sílvia Maria Amado João 1. Anatomia Aplicada Articulação esternoclavicular: É uma

Leia mais

Alteração da força muscular respiratória após tratamento radioterápico em mulheres com diagnóstico de câncer de mama: revisão de literatura

Alteração da força muscular respiratória após tratamento radioterápico em mulheres com diagnóstico de câncer de mama: revisão de literatura Alteração da força muscular respiratória após tratamento radioterápico em mulheres com diagnóstico de câncer de mama: revisão de literatura Camila Viana Benzoni 1, Jeniffer Lascala Alves 1, Júlio César

Leia mais

Fisioterapia e complicações físico-funcionais após tratamento cirúrgico do câncer de mama

Fisioterapia e complicações físico-funcionais após tratamento cirúrgico do câncer de mama Fisioterapia e complicações físico-funcionais após tratamento cirúrgico do câncer de mama Physical therapy and physical-functional complications after breast cancer surgical treatment Adriane Pires Batiston

Leia mais

FISIOTERAPIA EM PACIENTE AMPUTADO DE MEMBRO INFERIOR PRÉ E PÓS PROTETIZAÇÃO

FISIOTERAPIA EM PACIENTE AMPUTADO DE MEMBRO INFERIOR PRÉ E PÓS PROTETIZAÇÃO FISIOTERAPIA EM PACIENTE AMPUTADO DE MEMBRO INFERIOR PRÉ E PÓS PROTETIZAÇÃO LARISSA BARRETO 1, NATÁLIA DOS ANJOS MENEZES 1, Profa. Dra. DEISE ELISABETE DE SOUZA 2. 1- Acadêmica do Curso de Fisioterapia

Leia mais

Avaliação Goniométrica no contexto do Exame Fisioterapêutico

Avaliação Goniométrica no contexto do Exame Fisioterapêutico Avaliação Goniométrica no contexto do Exame Fisioterapêutico Departamento de Fisioterapia, Fonoaudiologia e Terapia Ocupacional Profa. Dra. Sílvia Maria Amado João 1. Visão Global de uma Avaliação Musculoesquelética

Leia mais

Departamento de Fisioterapia, Fonoaudiologia e Terapia Ocupacional. Profa. Dra. Sílvia Maria Amado João

Departamento de Fisioterapia, Fonoaudiologia e Terapia Ocupacional. Profa. Dra. Sílvia Maria Amado João Avaliação Fisioterapêutica do Quadril Departamento de Fisioterapia, Fonoaudiologia e Terapia Ocupacional Profa. Dra. Sílvia Maria Amado João 1. Anatomia Aplicada Articulação do Quadril: É uma articulação

Leia mais

Benefícios da fisioterapia para o tratamento da disfunção do ombro no pós-operatório de quadrantectomia

Benefícios da fisioterapia para o tratamento da disfunção do ombro no pós-operatório de quadrantectomia Benefícios da fisioterapia para o tratamento da disfunção do ombro no pós-operatório de quadrantectomia Cinthia Regina de Freitas Carvalho 1 cinthiafisio@hotmail.com Dayana Priscila Maia Mejya 2 Pós-Graduação

Leia mais

ANÁLISE DO COMPORTAMENTO MOTOR DE UMA PACIENTE SUBMETIDA À MASTECTOMIA RADICAL

ANÁLISE DO COMPORTAMENTO MOTOR DE UMA PACIENTE SUBMETIDA À MASTECTOMIA RADICAL ANÁLISE DO COMPORTAMENTO MOTOR DE UMA PACIENTE SUBMETIDA À MASTECTOMIA RADICAL Analysis of the motor behavior of a patient submitted to radical mastectomy Relato de Caso RESUMO Objetivo: Analisar o comportamento

Leia mais

ANÁLISE DA EFICACIA DO USO DA CINESIOTERAPIA NO TRATAMENTO PÓS OPERATÓRIO DE LESÃO DO LIGAMENTO CRUZADO ANTERIOR ESTUDO DE CASO

ANÁLISE DA EFICACIA DO USO DA CINESIOTERAPIA NO TRATAMENTO PÓS OPERATÓRIO DE LESÃO DO LIGAMENTO CRUZADO ANTERIOR ESTUDO DE CASO 1 ANÁLISE DA EFICACIA DO USO DA CINESIOTERAPIA NO TRATAMENTO PÓS OPERATÓRIO DE LESÃO DO LIGAMENTO CRUZADO ANTERIOR ESTUDO DE CASO MARTINS, L.C.: ANDOLFATO, K.R. Resumo: A lesão do ligamento cruzado anterior

Leia mais

ATUAÇÃO FISIOTERAPÊUTICA EM PACIENTES PÓS-CIRURGIA DO CÂNCER DE MAMA: UMA REVISÃO BIBLIOGRÁFICA

ATUAÇÃO FISIOTERAPÊUTICA EM PACIENTES PÓS-CIRURGIA DO CÂNCER DE MAMA: UMA REVISÃO BIBLIOGRÁFICA 23 ATUAÇÃO FISIOTERAPÊUTICA EM PACIENTES PÓS-CIRURGIA DO CÂNCER DE MAMA: UMA REVISÃO BIBLIOGRÁFICA RESUMO Denilson de Queiroz Cerdeira Thaís Teles Veras Nunes Amene Cidrão Lima Marphisa Rachel de Siqueira

Leia mais

Abdução do quadril Posição inicial Ação Extensão do quadril em rotação neutra Posição inicial Ação

Abdução do quadril Posição inicial Ação Extensão do quadril em rotação neutra Posição inicial Ação 12) Abdução do quadril - músculos comprometidos da articulação do quadril: glúteo médio, glúteo mínimo, tensor da fascia lata e os seis rotadores externos; da articulação do joelho: quadríceps (contração

Leia mais

Pré e pós operatório imediato Seguimento

Pré e pós operatório imediato Seguimento III Workshop de Fisioterapia no Câncer de Mama Sessão 2 - Fisioterapia no Câncer de Mama: Quais as evidências e as recomendações atuais no pré e no pós-operatório imediato e tardio? Pré e pós operatório

Leia mais

MANUAL DO LIAN GONG. Lian Gong, ginástica chinesa criada há mais de 40 anos, faz bem para o corpo e para a saúde.

MANUAL DO LIAN GONG. Lian Gong, ginástica chinesa criada há mais de 40 anos, faz bem para o corpo e para a saúde. MANUAL DO LIAN GONG Lian Gong, ginástica chinesa criada há mais de 40 anos, faz bem para o corpo e para a saúde. A ginástica Lian Gong (pronuncia-se "liam cum") foi desenvolvida na China, pelo Dr. Zhuang

Leia mais

AVALIAÇÃO DO PADRÃO RESPIRATÓRIO EM MULHERES SUBMETIDAS A CIRURGIAS PARA TRATAMENTO DO CÂNCER DE MAMA

AVALIAÇÃO DO PADRÃO RESPIRATÓRIO EM MULHERES SUBMETIDAS A CIRURGIAS PARA TRATAMENTO DO CÂNCER DE MAMA AVALIAÇÃO DO PADRÃO RESPIRATÓRIO EM MULHERES SUBMETIDAS A CIRURGIAS PARA TRATAMENTO DO CÂNCER DE MAMA Débora Sanfelice Zanon¹, Deise Lentz de Abreu¹, Melissa Medeiros Braz² ¹ Acadêmicas do curso de Fisioterapia

Leia mais

AS PRINCIPAIS ABORDAGENS FISIOTERAPÊUTICAS EM PACIENTES MASTECTOMIZADAS RESUMO

AS PRINCIPAIS ABORDAGENS FISIOTERAPÊUTICAS EM PACIENTES MASTECTOMIZADAS RESUMO 43 Alumni Revista Discente da UNIABEU AS PRINCIPAIS ABORDAGENS FISIOTERAPÊUTICAS EM PACIENTES MASTECTOMIZADAS Lilian Kênia Neves Vieira Pereira 1 Tatiane Serrano da Hora 2 Rafael Luzes 3 Maria Izabell

Leia mais

Olhar fisiológico, patológico e funcional da SEXOLOGIA CLÍNICA FEMININA E MASCULINA

Olhar fisiológico, patológico e funcional da SEXOLOGIA CLÍNICA FEMININA E MASCULINA Olhar fisiológico, patológico e funcional da SEXOLOGIA CLÍNICA FEMININA E MASCULINA SEXOLOGIA CLÍNICA Rafaela Prado M. Fleury Fisioterapeuta em Urologia, Ginecologia, Obstetrícia e recuperação pós retirada

Leia mais

Dados Pessoais: História social e familiar. Body Chart. Questões especiais Exames Complementares Rx (23/08/2012) placa de fixação interna a nível da

Dados Pessoais: História social e familiar. Body Chart. Questões especiais Exames Complementares Rx (23/08/2012) placa de fixação interna a nível da Dados Pessoais: Nome: M. Idade: 29 Morada: Contacto: Médico: Fisioterapeuta: Profissão: Técnica de comunicação Diagnóstico Médico: Síndrome de Kienbock História Clínica: 2009-1 mês após uma mudança de

Leia mais

Departamento de Fisioterapia, Fonoaudiologia e Terapia Ocupacional-FMUSP. Profa. Dra. Sílvia Maria Amado João

Departamento de Fisioterapia, Fonoaudiologia e Terapia Ocupacional-FMUSP. Profa. Dra. Sílvia Maria Amado João Avaliação Fisioterapêutica do Cotovelo Departamento de Fisioterapia, Fonoaudiologia e Terapia Ocupacional-FMUSP Profa. Dra. Sílvia Maria Amado João 1. Anatomia Aplicada Articulação ulnoumeral ou troclear:

Leia mais

CÂNCER DE MAMA: MASTECTOMIA E SUAS COMPLICAÇÕES PÓS- OPERATÓRIAS Um enfoque no Linfedema e na Drenagem Linfática Manual/ DLM

CÂNCER DE MAMA: MASTECTOMIA E SUAS COMPLICAÇÕES PÓS- OPERATÓRIAS Um enfoque no Linfedema e na Drenagem Linfática Manual/ DLM 1 CÂNCER DE MAMA: MASTECTOMIA E SUAS COMPLICAÇÕES PÓS- OPERATÓRIAS Um enfoque no Linfedema e na Drenagem Linfática Manual/ DLM RESUMO Ana Paula Braga Vasconcelos. ¹ Francilene Gonçalves Ribeiro. ¹ Milly

Leia mais

UNIVERSIDADE CATÓLICA DE BRASÍLIA. Avaliação da qualidade de vida em mastectomizada- Estudo de caso

UNIVERSIDADE CATÓLICA DE BRASÍLIA. Avaliação da qualidade de vida em mastectomizada- Estudo de caso UNIVERSIDADE CATÓLICA DE BRASÍLIA Pró-Reitoria de Graduação e Pesquisa Lato Sensu em Fisioterapia Ortopédica e traumatológica Trabalho de Conclusão de Curso Avaliação da qualidade de vida em mastectomizada-

Leia mais

ORIENTAÇÃO E REABILITAÇÃO CARTILHA DE EXERCÍCIOS FISIOTERAPÊUTICOS PARA PACIENTES EM PÓS-OPERATORIO DE CÂNCER DE MAMA

ORIENTAÇÃO E REABILITAÇÃO CARTILHA DE EXERCÍCIOS FISIOTERAPÊUTICOS PARA PACIENTES EM PÓS-OPERATORIO DE CÂNCER DE MAMA ORIENTAÇÃO E REABILITAÇÃO CARTILHA DE EXERCÍCIOS FISIOTERAPÊUTICOS PARA PACIENTES EM PÓS-OPERATORIO DE CÂNCER DE MAMA Seguindo todas essas dicas, você terá uma vida melhor. Vai previnir o linfedema e complicações,

Leia mais

Estudo sobre a intervenção fisioterapêutica precoce e tardia na morbidade de membro superior póstratamento

Estudo sobre a intervenção fisioterapêutica precoce e tardia na morbidade de membro superior póstratamento ANGELA GONÇALVES MARX Estudo sobre a intervenção fisioterapêutica precoce e tardia na morbidade de membro superior póstratamento de câncer de mama Tese apresentada à Faculdade de Medicina da Universidade

Leia mais

UNILUS CENTRO UNIVERSITÁRIO LUSÍADA PLANO ANUAL DE ENSINO ANO 2010

UNILUS CENTRO UNIVERSITÁRIO LUSÍADA PLANO ANUAL DE ENSINO ANO 2010 UNILUS CENTRO UNIVERSITÁRIO LUSÍADA PLANO ANUAL DE ENSINO ANO 2010 CURSO: Fisioterapia DEPARTAMENTO: Fisioterapia DISCIPLINA: Fisioterapia Uroginecológica e Obstetrica SÉRIE: 4º. Ano PROFESSOR RESPONSÁVEL:

Leia mais

A PREVALÊNCIA DE CÂNCER DE MAMA NOS PACIENTES DO NUTEC DE RONDONÓPOLIS

A PREVALÊNCIA DE CÂNCER DE MAMA NOS PACIENTES DO NUTEC DE RONDONÓPOLIS RESUMO A PREVALÊNCIA DE CÂNCER DE MAMA NOS PACIENTES DO NUTEC DE RONDONÓPOLIS Laura Beatriz Rodrigues Alves 1, Walkiria Shimoya-Bittencourt 2 ; Marcos Adriano Salício 3, Viviane Aparecida Martins Mana

Leia mais

Fisioterapeuta, membro da Equipe de Fisioterapia do Instituto de Ginecologia e Mastologia do Hospital Beneficência Portuguesa 2

Fisioterapeuta, membro da Equipe de Fisioterapia do Instituto de Ginecologia e Mastologia do Hospital Beneficência Portuguesa 2 Artigo Original Protocolo de fisioterapia pós-mastectomia Artigo submetido em 19/03/04; aceito para publicação em 06/08/04 Avaliação de protocolo de fisioterapia aplicado a pacientes mastectomizadas a

Leia mais

Título: Modelo Bioergonomia na Unidade de Correção Postural (Total Care - AMIL)

Título: Modelo Bioergonomia na Unidade de Correção Postural (Total Care - AMIL) Projeto: Unidade de Correção Postural AMIL Título: Modelo Bioergonomia na Unidade de Correção Postural (Total Care - AMIL) Autores: LACOMBE,Patricia, FURLAN, Valter, SONSIN, Katia. Instituição: Instituto

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO NORTE DO PARANÁ - UENP INSTITUTO BRASILEIRO DE THERAPIAS E ENSINO - IBRATE

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO NORTE DO PARANÁ - UENP INSTITUTO BRASILEIRO DE THERAPIAS E ENSINO - IBRATE UNIVERSIDADE ESTADUAL DO NORTE DO PARANÁ - UENP INSTITUTO BRASILEIRO DE THERAPIAS E ENSINO - IBRATE 1 ASPECTOS DA MASTOLOGIA ONCOLÓGICA E OS BENEFÍCIOS DA APLICAÇÃO PRECOCE DA FISIOTERAPIA REVISÃO BIBLIOGRÁFICA

Leia mais

Avaliação Fisioterapêutica do Tornozelo e Pé Departamento de Fisioterapia, Fonoaudiologia e Terapia Ocupacional

Avaliação Fisioterapêutica do Tornozelo e Pé Departamento de Fisioterapia, Fonoaudiologia e Terapia Ocupacional Avaliação Fisioterapêutica do Tornozelo e Pé Departamento de Fisioterapia, Fonoaudiologia e Terapia Ocupacional Profa. Dra. Sílvia Maria Amado João 1. Anatomia Aplicada Retropé: Articulação Tibiofibular

Leia mais

ATENDIMENTO DOMICILIAR FISIOTERAPEUTICO PARA PORTADOR DE ACIDENTE VASCULAR CEREBRAL NO ESTÁGIO AGUDO

ATENDIMENTO DOMICILIAR FISIOTERAPEUTICO PARA PORTADOR DE ACIDENTE VASCULAR CEREBRAL NO ESTÁGIO AGUDO ATENDIMENTO DOMICILIAR FISIOTERAPEUTICO PARA PORTADOR DE ACIDENTE VASCULAR CEREBRAL NO ESTÁGIO AGUDO Ana Coely Araujo Vieira¹; Fernanda Naiene Rodrigues Valadares²; Rebecca Pessoa de Almeida Lima³; Joventina

Leia mais

FISIOTERAPIA COMPLEXA DESCONGESTIVA NO LINFEDEMA CONSEQUENTE DO TRATAMENTO DO CÂNCER DE MAMA: REVISÃO DE LITERATURA

FISIOTERAPIA COMPLEXA DESCONGESTIVA NO LINFEDEMA CONSEQUENTE DO TRATAMENTO DO CÂNCER DE MAMA: REVISÃO DE LITERATURA 1 FISIOTERAPIA COMPLEXA DESCONGESTIVA NO LINFEDEMA CONSEQUENTE DO TRATAMENTO DO CÂNCER DE MAMA: REVISÃO DE LITERATURA COMPLEX DECONGESTIVE PHYSIOTHERAPY CONSEQUENTIAL TREATMENT OF BREAST CANCER: LITERATURE

Leia mais

Perfil das mulheres encaminhadas à fisioterapia no pósoperatório

Perfil das mulheres encaminhadas à fisioterapia no pósoperatório Perfil das mulheres encaminhadas à fisioterapia no pósoperatório de câncer de mama por Cristiane Ferraz Mesquita Dissertação apresentada com vistas à obtenção do título de Mestre em Ciências na área de

Leia mais

Desvios da Coluna Vertebral e Algumas Alterações. Ósseas

Desvios da Coluna Vertebral e Algumas Alterações. Ósseas Desvios da Coluna Vertebral e Algumas Alterações Ósseas DESVIOS POSTURAIS 1. LORDOSE CERVICAL = Acentuação da concavidade da coluna cervical. CAUSA: - Hipertrofia da musculatura posterior do pescoço CORREÇÃO:

Leia mais

TÍTULO: EFICÁCIA DO KINESIO-TAPING NO TRATAMENTO DA LOMBALGIA EM GESTANTES: ESTUDO DE CASOS

TÍTULO: EFICÁCIA DO KINESIO-TAPING NO TRATAMENTO DA LOMBALGIA EM GESTANTES: ESTUDO DE CASOS TÍTULO: EFICÁCIA DO KINESIO-TAPING NO TRATAMENTO DA LOMBALGIA EM GESTANTES: ESTUDO DE CASOS CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E SAÚDE SUBÁREA: FISIOTERAPIA INSTITUIÇÃO: FACULDADE ANHANGUERA

Leia mais

Faculdades Adamantinenses Integradas (FAI) www.fai.com.br

Faculdades Adamantinenses Integradas (FAI) www.fai.com.br Faculdades Adamantinenses Integradas (FAI) www.fai.com.br LEITE, Gisele Bueno da Silva; MOURA, Karla Senger Pinto de; DORNELAS, Lilian Maria Candido de Souza; BORGES, Juliana Bassalobre Carvalho. Atuação

Leia mais

Avaliação Fisioterapêutica da Coluna Lombar Departamento de Fisioterapia, Fonoaudiologia e Terapia Ocupacional

Avaliação Fisioterapêutica da Coluna Lombar Departamento de Fisioterapia, Fonoaudiologia e Terapia Ocupacional Avaliação Fisioterapêutica da Coluna Lombar Departamento de Fisioterapia, Fonoaudiologia e Terapia Ocupacional Profa. Dra. Sílvia Maria Amado João 1. Anatomia Aplicada Existem 2 tipos de artic. encontradas

Leia mais

12º CONGRESSO DE MEDICINA DE FAMÍLIA E COMUNIDADE

12º CONGRESSO DE MEDICINA DE FAMÍLIA E COMUNIDADE 12º CONGRESSO DE MEDICINA DE FAMÍLIA E COMUNIDADE A Importância dos Grupos de Reabilitação em Dor Crônica Realizados pela Equipe NASF AUTOR THANYTA STELLA DE CAMPOS HISTÓRICO COMO SURGIU A IDÉIA DO TRABALHO?

Leia mais

ConScientiae Saúde ISSN: 1677-1028 conscientiaesaude@uninove.br Universidade Nove de Julho Brasil

ConScientiae Saúde ISSN: 1677-1028 conscientiaesaude@uninove.br Universidade Nove de Julho Brasil ConScientiae Saúde ISSN: 1677-1028 conscientiaesaude@uninove.br Universidade Nove de Julho Brasil Tirolli Rett, Mariana; Carvalho Rabelo Mendonça, Andreza; Valença Porto Santos, Rebeca Maria; Santos de

Leia mais

OS MÉTODOS PILATES E RPG NO TRATAMENTO DA LOMBALGIA NA GRAVIDEZ: UMA REVISÃO DE LITERATURA

OS MÉTODOS PILATES E RPG NO TRATAMENTO DA LOMBALGIA NA GRAVIDEZ: UMA REVISÃO DE LITERATURA 22 OS MÉTODOS PILATES E RPG NO TRATAMENTO DA LOMBALGIA NA GRAVIDEZ: UMA REVISÃO DE LITERATURA Clarice Amarante Scipiao 1 Joelma Gomes da Silva 2 RESUMO O período gestacional, é marcado por profundas modificações

Leia mais

A INTERVENÇÃO DA FISIOTERAPIA NA QUALIDADE DE VIDA DE MULHERES NO CLIMATÉRIO RESUMO

A INTERVENÇÃO DA FISIOTERAPIA NA QUALIDADE DE VIDA DE MULHERES NO CLIMATÉRIO RESUMO A INTERVENÇÃO DA FISIOTERAPIA NA QUALIDADE DE VIDA DE MULHERES NO CLIMATÉRIO Bruna de Moraes Perseguim - bruna_kimi@yahoo.com.br Fernanda Aline de Alencar - fernandinha24_aline@hotmail.com Ana Cláudia

Leia mais

Sexualidade e Câncer de Mama

Sexualidade e Câncer de Mama Sexualidade e Câncer de Mama LÚCIO FLAVO DALRI GINECOLOGIA MASTOLOGIA CIRURGIA PÉLVICA MÉDICO EM RIO DO SUL - SC PRESIDENTE DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE MASTOLOGIA REGIONAL DE SC CHEFE DO SERVIÇO DE MASTOLOGIA

Leia mais

CÂNCER DE MAMA PREVENÇÃO TRATAMENTO - CURA Novas estratégias. Rossano Araújo

CÂNCER DE MAMA PREVENÇÃO TRATAMENTO - CURA Novas estratégias. Rossano Araújo CÂNCER DE MAMA PREVENÇÃO TRATAMENTO - CURA Novas estratégias Rossano Araújo Papiro do Edwin Smith (Egito, 3.000-2.500 A.C.) Papiro Edwin Smith (Egito, 3000 2500 A.C.) Tumores Protuberantes da Mama Se você

Leia mais

XI Encontro de Iniciação à Docência

XI Encontro de Iniciação à Docência 6CCSDFTMT12 RESUMO PROPOSTA DE FICHA DE AVALIAÇÃO GONIOMÉTRICA E DE TESTE DE FORÇA MUSCULAR PARA A CLÍNICA ESCOLA DE FISIOTERAPIA. Wínea Leila Ribeiro Vasconcelos 1 ; Ana Paula de Jesus Tomé-Pereira 4

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO DE CARATINGA

CENTRO UNIVERSITÁRIO DE CARATINGA CENTRO UNIVERSITÁRIO DE CARATINGA RELAÇÃO DE RESUMOS DE MONOGRAFIAS E ARTIGOS DE PÓS- GRADUAÇÃO Lato sensu - Daniela Cristina dos Santos Alves O Uso do Spray de Fluorometano no Tratamento Prof. D. Sc.

Leia mais

LEVANTAMENTO DOS PRINCIPAIS FATORES DE RISCO DE NEOPLASIA MAMÁRIA EM MULHERES INDÍGENAS.

LEVANTAMENTO DOS PRINCIPAIS FATORES DE RISCO DE NEOPLASIA MAMÁRIA EM MULHERES INDÍGENAS. UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO - UFES LEVANTAMENTO DOS PRINCIPAIS FATORES DE RISCO DE NEOPLASIA MAMÁRIA EM MULHERES INDÍGENAS. Franciéle Marabotti Costa Leite emaildafran@ig.com.br Laysa Pignaton

Leia mais

Fisioterapeuta. Mestre em Ciências da Saúde pela UFS. Aracaju (SE), Brasil. E-mail: andrezinharabelo@yahoo.com.br. 4

Fisioterapeuta. Mestre em Ciências da Saúde pela UFS. Aracaju (SE), Brasil. E-mail: andrezinharabelo@yahoo.com.br. 4 Artigo Original Qualidade de Vida Pós-Cirurgia de Ca. de Mama Artigo submetido em 1/4/13; aceito para publicação em 13/6/13 Qualidade de Vida e Movimento do Ombro no Pós-Operatório de Câncer de Mama: um

Leia mais

FÓRUM Câncer de Mama. Políticas Públicas: Tratamento e Apoio Dra. Nadiane Lemos SSM-DAS/SES-RS

FÓRUM Câncer de Mama. Políticas Públicas: Tratamento e Apoio Dra. Nadiane Lemos SSM-DAS/SES-RS FÓRUM Câncer de Mama Políticas Públicas: Tratamento e Apoio Dra. Nadiane Lemos SSM-DAS/SES-RS Análise Situacional Marcadores das ações em saúde envolvendo a saúde da mulher na atual gestão: Pré-natal -

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PUC - SP. Fabiana Peixoto Giacon

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PUC - SP. Fabiana Peixoto Giacon PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PUC - SP Fabiana Peixoto Giacon O papel da fisioterapia no pós-operatório do câncer de mama: avaliação da percepção das pacientes e equipe de saúde MESTRADO

Leia mais

Serviço de Medicina Física e Reabilitação INSTITUTO PORTUGUÊS DE ONCOLOGIA DE FRANCISCO GENTIL GUIA DA MULHER SUBMETIDA A CIRURGIA DA MAMA

Serviço de Medicina Física e Reabilitação INSTITUTO PORTUGUÊS DE ONCOLOGIA DE FRANCISCO GENTIL GUIA DA MULHER SUBMETIDA A CIRURGIA DA MAMA Serviço de Medicina Física e Reabilitação INSTITUTO PORTUGUÊS DE ONCOLOGIA DE FRANCISCO GENTIL GUIA DA MULHER SUBMETIDA A CIRURGIA DA MAMA AUTORES: FT. GONÇALO SOARES FT. STELA FRAZÃO LISBOA, NOVEMBRO

Leia mais

Palavras-chave Esvaziamento axilar, câncer de mama, estadiamento patológico

Palavras-chave Esvaziamento axilar, câncer de mama, estadiamento patológico ARTIGO / Article Estadiamento Patológico Linfonodal versus Níveis de Esvaziamento Axilar no Câncer de Mama Pathological Lymph Node Staging versus Axillary Dissection Levels in Breast Cancer Arthur Leopoldo

Leia mais

Dra Adriana de O Marinho Reumatologia e Clínica Médica Fone 3223-3830

Dra Adriana de O Marinho Reumatologia e Clínica Médica Fone 3223-3830 Dra Adriana de O Marinho Reumatologia e Clínica Médica Fone 3223-3830 O que é Osteoporose? A osteoporose é uma doença freqüente que é definida como diminuição absoluta da quantidade de osso e desestruturação

Leia mais

FISIOTERAPIA APLICADA À FASE PÓS-OPERATÓRIA DE CÂNCER DE MAMA: O QUE CONSIDERAR 1

FISIOTERAPIA APLICADA À FASE PÓS-OPERATÓRIA DE CÂNCER DE MAMA: O QUE CONSIDERAR 1 FISIOTERAPIA PÓS-OPERATÓRIA DE CÂNCER DE MAMA 295 FISIOTERAPIA APLICADA À FASE PÓS-OPERATÓRIA DE CÂNCER DE MAMA: O QUE CONSIDERAR 1 POST-OPERATIVE PHYSIOTHERAPY FOR BREAST CANCER PATIENTS: WHAT TO CONSIDER

Leia mais

PESQUISA ORIGINAL. Simony Lira do Nascimento 1, Riza Rute de Oliveira 1, Mariana Maia Freire de Oliveira 1, Maria Teresa Pace do Amaral 2

PESQUISA ORIGINAL. Simony Lira do Nascimento 1, Riza Rute de Oliveira 1, Mariana Maia Freire de Oliveira 1, Maria Teresa Pace do Amaral 2 PESQUISA ORIGINAL Complicações e condutas fisioterapêuticas após cirurgia por câncer de mama: estudo retrospectivo Complications and physical therapeutic treatment after breast cancer surgery: a retrospective

Leia mais

ABORDAGEM HIDROTERAPÊUTICA EM PACIENTES SUBMETIDOS À ARTROPLASTIA TOTAL DE QUADRIL - UM ESTUDO MULTICASO

ABORDAGEM HIDROTERAPÊUTICA EM PACIENTES SUBMETIDOS À ARTROPLASTIA TOTAL DE QUADRIL - UM ESTUDO MULTICASO ABORDAGEM HIDROTERAPÊUTICA EM PACIENTES SUBMETIDOS À ARTROPLASTIA TOTAL DE QUADRIL - UM ESTUDO MULTICASO Guilherme Silva Nunes 1 Micheline Henrique Araújo da Luz Koerich 1,2 Fábio Sprada de Menezes 1,2

Leia mais

OS PRINCIPAIS FATORES DE RISCO REFERENTES AO CÂNCER DE MAMA ENTRE AS PACIENTES SUBMETIDAS À CIRURGIA, NO PERÍODO DE 01 DE

OS PRINCIPAIS FATORES DE RISCO REFERENTES AO CÂNCER DE MAMA ENTRE AS PACIENTES SUBMETIDAS À CIRURGIA, NO PERÍODO DE 01 DE OS PRINCIPAIS FATORES DE RISCO REFERENTES AO CÂNCER DE MAMA ENTRE AS PACIENTES SUBMETIDAS À CIRURGIA, NO PERÍODO DE 01 DE AGOSTO DE 2002 A 01 DE AGOSTO DE 2003, NO HOSPITAL NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO DE

Leia mais

MANUTENÇÃO DE ARCO DE MOVIMENTO DE MEMBROS INFERIORES EM PACIENTES IDOSOS COM TRAÇÃO ESQUELÉTICA RESTRITOS AO LEITO

MANUTENÇÃO DE ARCO DE MOVIMENTO DE MEMBROS INFERIORES EM PACIENTES IDOSOS COM TRAÇÃO ESQUELÉTICA RESTRITOS AO LEITO MANUTENÇÃO DE ARCO DE MOVIMENTO DE MEMBROS INFERIORES EM PACIENTES IDOSOS COM TRAÇÃO ESQUELÉTICA RESTRITOS AO LEITO Acadêmicos de Fisioterapia: Renato José Maria e Wallace Luiz Cardoso Professores Orientadores:

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTÁCIO DE SÁ ISIS MAIA DE CASTRO RAQUEL MAIA MONIQUE ABREU

UNIVERSIDADE ESTÁCIO DE SÁ ISIS MAIA DE CASTRO RAQUEL MAIA MONIQUE ABREU UNIVERSIDADE ESTÁCIO DE SÁ ISIS MAIA DE CASTRO RAQUEL MAIA MONIQUE ABREU A Importância dos Exercícios Linfomiocinéticos em Pacientes Portadores de Linfedema no Membro Superior. Rio de Janeiro 2007 ISIS

Leia mais

PELA SAÚDE DOS VOSSOS OMBROS

PELA SAÚDE DOS VOSSOS OMBROS PELA SAÚDE DOS VOSSOS OMBROS por Hoje em dia as circunstâncias da vida quotidiana forçam-nos a passar muito tempo sentados em posturas que não são as mais adequadas. Neste preciso momento enquanto estão

Leia mais

CADERNO TÉCNICO CIENTÍFICO

CADERNO TÉCNICO CIENTÍFICO parte integrante da revista nacional de reabilitação - REAÇÃO - ED. Nº 83 CADERNO TÉCNICO CIENTÍFICO Nº 83 NOV/DEZ 2011 A FISIOTERAPIA E A SÍNDROME DE DOWN VOLUME 73 Página 2 ATUAÇÃO DA FISIOTERAPIA NO

Leia mais

Consultório : Rua das Goiabeiras, 400 A Bairro Jardim Santo André SP

Consultório : Rua das Goiabeiras, 400 A Bairro Jardim Santo André SP Os efeitos do Método Bad Ragaz em piscina terapêutica na paraparesia espástica de um paciente adulto portador do vírus HTLV I Priscilla Brigante, Fisioterapeuta especialista em Piscina Terapêutica pela

Leia mais

Qualidade de vida em mulheres mastectomizadas com limitação articular do ombro: Uma revisão bibliográfica

Qualidade de vida em mulheres mastectomizadas com limitação articular do ombro: Uma revisão bibliográfica 1 Resumo Qualidade de vida em mulheres mastectomizadas com limitação articular do ombro: Uma revisão bibliográfica Raymara Santos de Souza 1 raymaras@gmail.com Dayana Priscila Maia Meija 2 Pós-graduação

Leia mais

ANÁLISE DA QUALIDADE DE VIDA DE PACIENTES COM DOENÇA DE PARKINSON SUBMETIDOS AO TRATAMENTO FISIOTERAPÊUTICO NO SOLO E NA ÁGUA

ANÁLISE DA QUALIDADE DE VIDA DE PACIENTES COM DOENÇA DE PARKINSON SUBMETIDOS AO TRATAMENTO FISIOTERAPÊUTICO NO SOLO E NA ÁGUA ISBN 978-85-61091-05-7 V EPCC Encontro Internacional de Produção Científica Cesumar 27 a 30 de outubro de 2009 ANÁLISE DA QUALIDADE DE VIDA DE PACIENTES COM DOENÇA DE PARKINSON SUBMETIDOS AO TRATAMENTO

Leia mais

UNILUS CENTRO UNIVERSITÁRIO LUSÍADA PLANO ANUAL DE ENSINO ANO 2010

UNILUS CENTRO UNIVERSITÁRIO LUSÍADA PLANO ANUAL DE ENSINO ANO 2010 UNILUS CENTRO UNIVERSITÁRIO LUSÍADA PLANO ANUAL DE ENSINO ANO 2010 CURSO: Fisioterapia DEPARTAMENTO: Fisioterapia DISCIPLINA: Uroginecologia e Obstetrícia SÉRIE: 3º. Ano PROFESSOR RESPONSÁVEL: Prof. Esp.

Leia mais

Reumatismos de Partes Moles Diagnóstico e Tratamento

Reumatismos de Partes Moles Diagnóstico e Tratamento Reumatismos de Partes Moles Diagnóstico e Tratamento MARINA VERAS Reumatologia REUMATISMOS DE PARTES MOLES INTRODUÇÃO Também denominado de reumatismos extra-articulares Termo utilizado para definir um

Leia mais

ANÁLISE DOS EFEITOS DA CINESIOTERAPIA NA HERNIA DE DISCO LOMBAR. Machado, J. R. Naira; Andolfato, R. K

ANÁLISE DOS EFEITOS DA CINESIOTERAPIA NA HERNIA DE DISCO LOMBAR. Machado, J. R. Naira; Andolfato, R. K ANÁLISE DOS EFEITOS DA CINESIOTERAPIA NA HERNIA DE DISCO LOMBAR Machado, J. R. Naira; Andolfato, R. K Resumo: A palavra hérnia significa projeção ou saída através de uma fissura ou orifício, de uma estrutura

Leia mais

A Evidência da Intervenção Precoce da Fisioterapia em Mulheres Mastectomizadas: Estudo Comparativo

A Evidência da Intervenção Precoce da Fisioterapia em Mulheres Mastectomizadas: Estudo Comparativo A Evidência da Intervenção Precoce da Fisioterapia em Mulheres Mastectomizadas: Estudo Comparativo Paula Picaró*; Fátima Perloiro** * paulapic@netvisão.pt ** fperloiro@ess.ips.pt * Licenciada em Fisioterapia

Leia mais

TERAPIA MANUAL AQUÁTICA UMA PROPOSTA DE TRATAMENTO DESTINADA A PACIENTES EM FASE DE PÓS- OPERATÓRIO DE MASTECTOMIA COM ESVAZIAMENTO AXILAR

TERAPIA MANUAL AQUÁTICA UMA PROPOSTA DE TRATAMENTO DESTINADA A PACIENTES EM FASE DE PÓS- OPERATÓRIO DE MASTECTOMIA COM ESVAZIAMENTO AXILAR UNIVERSIDADE DO EXTREMO SUL CATARINENSE - UNESC CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU - ESPECIALIZAÇÃO EM TERAPIA MANUAL- ELOISA PIOVESAN KESTERING TERAPIA MANUAL AQUÁTICA UMA PROPOSTA DE TRATAMENTO DESTINADA

Leia mais

ESTUDO COMPARATIVO DA QUALIDADE DE VIDA DE MULHERES MENOPAUSADAS PARTICIPANTES E NÃO PARTICIPANTES DE UM GRUPO DE PROMOÇÃO À SAÚDE

ESTUDO COMPARATIVO DA QUALIDADE DE VIDA DE MULHERES MENOPAUSADAS PARTICIPANTES E NÃO PARTICIPANTES DE UM GRUPO DE PROMOÇÃO À SAÚDE ESTUDO COMPARATIVO DA QUALIDADE DE VIDA DE MULHERES MENOPAUSADAS PARTICIPANTES E NÃO PARTICIPANTES DE UM GRUPO DE PROMOÇÃO À SAÚDE Autores: Gilmara Morais de Araújo 1. Co-autores: Eva Jeminne de Lucena

Leia mais

CAPSULITE ADESIVA OU OMBRO CONGELADO. A capsulite adesiva ou ombro congelado é uma doença de causa

CAPSULITE ADESIVA OU OMBRO CONGELADO. A capsulite adesiva ou ombro congelado é uma doença de causa CAPSULITE ADESIVA OU OMBRO CONGELADO A capsulite adesiva ou ombro congelado é uma doença de causa desconhecida. Por vezes os doentes associam o seu inicio a um episódio traumático. Outros doentes referiam

Leia mais

A Importância na Identificação dos Fatores de Risco para Prevenção do Câncer de Mama

A Importância na Identificação dos Fatores de Risco para Prevenção do Câncer de Mama A Importância na Identificação dos Fatores de Risco para Prevenção do Câncer de Mama Felipe A. de A. Souza Universidade Severino Sombra,Acd. de medicina faandrades@hotmail.com Juliana L. Fernandes Universidade

Leia mais

COMPLICAÇÕES DECORRENTES DA DIABETES: RELATO DE CASO

COMPLICAÇÕES DECORRENTES DA DIABETES: RELATO DE CASO COMPLICAÇÕES DECORRENTES DA DIABETES: RELATO DE CASO Adelita Iatskiu (UNICENTRO), Amanda Constantini (UNICENTRO), Carolina G. de Sá (UNICENTRO), Caroline M. Roth ((UNICENTRO), Cíntia C. S. Martignago (UNICENTRO),

Leia mais

de nódulos axilares e sintomas como desconforto e dor, são importantes para o diagnóstico e conduta a serem tomados em cada caso. Há exames de imagem

de nódulos axilares e sintomas como desconforto e dor, são importantes para o diagnóstico e conduta a serem tomados em cada caso. Há exames de imagem ANEXO MINISTÉRIO DA SAÚDE SECRETARIA DE ATENÇÃO À SAÚDE DEPARTAMENTO DE ATENÇÃO ESPECIALIZADA COORDENAÇÃO-GERAL DA MÉDIA E ALTA COMPLEXIDADE SAF Sul, lotes 5/6, Ed. Premium, Torre II, Sala 23 CEP: 7.7-6

Leia mais

AVALIAÇÃO DO QUADRIL

AVALIAÇÃO DO QUADRIL AVALIAÇÃO DO QUADRIL 1. Anatomia Aplicada Articulação do Quadril: É uma articulação sinovial esferóidea com 3 graus de liberdade; Posição de repouso: 30 de flexão, 30 de abdução, ligeira rotação lateral;

Leia mais

AVALIAÇÃO DO OMBRO ANATOMIA DO OMBRO ANATOMIA DO OMBRO ANATOMIA DO OMBRO ANATOMIA DO OMBRO ANATOMIA DO OMBRO Articulação Sinovial Forma de sela Três graus de liberdade Posição de Repouso Posição de aproximação

Leia mais

INSTITUTO POLITÉCNICO DA GUARDA ESCOLA DE SAÚDE DESCRIÇÃO DA UNIDADE CURRICULAR

INSTITUTO POLITÉCNICO DA GUARDA ESCOLA DE SAÚDE DESCRIÇÃO DA UNIDADE CURRICULAR INSTITUTO POLITÉCNICO DA GUARDA ESCOLA DE SAÚDE DESCRIÇÃO DA UNIDADE CURRICULAR Unidade Curricular: Enfermagem de Saúde Materna e Obstétrica Módulo de Enfermagem V Área Científica: ENFERMAGEM CÓDIGO: 723

Leia mais

Núcleo de Atenção Integral à Saúde Unimed São José dos Campos

Núcleo de Atenção Integral à Saúde Unimed São José dos Campos Núcleo de Atenção Integral à Saúde Unimed São José dos Campos Núcleo de Atenção Integral à Saúde da Unimed SJC O Núcleo de Ação Integral à Saúde (NAIS) é o setor responsável pela promoção da saúde e prevenção

Leia mais

Manoela de Assis Lahoz 1, Samantha Maria Nyssen 1, Grasiéla Nascimento Correia 2, Ana Paula Urdiales Garcia 1, Patricia Driusso 3

Manoela de Assis Lahoz 1, Samantha Maria Nyssen 1, Grasiéla Nascimento Correia 2, Ana Paula Urdiales Garcia 1, Patricia Driusso 3 Artigo Original Mastectomia: Função e Qualidade de Vida Artigo submetido em 28/4/10; aceito para publicação em 2/8/10 Capacidade Funcional e Qualidade de Vida em Mulheres Pós- Mastectomizadas Functional

Leia mais

Enfermagem em Oncologia e Cuidados Paliativos

Enfermagem em Oncologia e Cuidados Paliativos Prof. Rivaldo Assuntos Enfermagem em Oncologia e Cuidados Paliativos Administração e Gerenciamento de Enfermagem Enfermagem na Atenção à Saúde da Mulher e da Criança Enfermagem nas Doenças Transmissíveis

Leia mais

A EFETIVIDADE DA REABILITAÇÃO VESTIBULAR NA SÍNDROME LABIRÍNTICA PERIFÉRICA IRRITATIVA

A EFETIVIDADE DA REABILITAÇÃO VESTIBULAR NA SÍNDROME LABIRÍNTICA PERIFÉRICA IRRITATIVA A EFETIVIDADE DA REABILITAÇÃO VESTIBULAR NA SÍNDROME LABIRÍNTICA PERIFÉRICA IRRITATIVA ZANDOMENIGHI, P. M. C.; LOPES, J. Resumo: A reabilitação vestibular com o uso do protocolo de Cawthorne-Cooksey (PCC)

Leia mais

CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA: CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E SAÚDE SUBÁREA: FISIOTERAPIA INSTITUIÇÃO: UNIVERSIDADE ANHEMBI MORUMBI

CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA: CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E SAÚDE SUBÁREA: FISIOTERAPIA INSTITUIÇÃO: UNIVERSIDADE ANHEMBI MORUMBI TÍTULO: REAVALIAÇÃO DOS RESULTADOS APÓS UM ANO DO TÉRMINO DO PROTOCOLO DE FISIOTERAPIA PÉLVICA EM MULHERES COM INCONTINÊNCIA URINÁRIA DE ESFORÇO E INCONTINÊNCIA URINÁRIA MISTA CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA:

Leia mais

O IMPACTO DO PROGRAMA DE GINÁSTICA LABORAL NO AUMENTO DA FLEXIBILIDADE

O IMPACTO DO PROGRAMA DE GINÁSTICA LABORAL NO AUMENTO DA FLEXIBILIDADE O IMPACTO DO PROGRAMA DE GINÁSTICA LABORAL NO AUMENTO DA FLEXIBILIDADE UM ESTUDO QUANTO À APLICABILLIDADE DO PROGRAMA PARA COLETORES DE LIXO DO MUNICÍPIO DE NITERÓI ALESSANDRA ABREU LOUBACK, RAFAEL GRIFFO

Leia mais

TIPOS DE TRATAMENTOS ONCOLÓGICOS CIRURGIA QUIMIOTERAPIA SISTÊMICA

TIPOS DE TRATAMENTOS ONCOLÓGICOS CIRURGIA QUIMIOTERAPIA SISTÊMICA TIPOS DE TRATAMENTOS ONCOLÓGICOS Prof a Dra. Nise H. Yamaguchi Prof a Dra Enf a Lucia Marta Giunta da Silva Profª. Dra. Enf a Maria Tereza C. Laganá A abordagem moderna do tratamento oncológico busca mobilizar

Leia mais

TÍTULO: ABORDAGEM FISIOTERAPÊUTICA NA PREVENÇÃO DA OSTEOPOROSE CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA: CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E SAÚDE SUBÁREA: FISIOTERAPIA

TÍTULO: ABORDAGEM FISIOTERAPÊUTICA NA PREVENÇÃO DA OSTEOPOROSE CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA: CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E SAÚDE SUBÁREA: FISIOTERAPIA Anais do Conic-Semesp. Volume 1, 2013 - Faculdade Anhanguera de Campinas - Unidade 3. ISSN 2357-8904 TÍTULO: ABORDAGEM FISIOTERAPÊUTICA NA PREVENÇÃO DA OSTEOPOROSE CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA: CIÊNCIAS

Leia mais

DEFORMIDADES DA COLUNA VERTEBRAL: avaliação postural em adolescentes da faixa etária entre 11 a 16 anos

DEFORMIDADES DA COLUNA VERTEBRAL: avaliação postural em adolescentes da faixa etária entre 11 a 16 anos DEFORMIDADES DA COLUNA VERTEBRAL: avaliação postural em adolescentes da faixa etária entre 11 a 16 anos CAROLINE GONSALEZ FLAVIO PILOTO CIRILLO JULIANA THIEMI IMANO KAMILLA FERNANDES LINS SP 2009 DEFORMIDADES

Leia mais