Jornal. Em 2009, não há necessidade de lay-off mas 2010 exigirá flexibilidade. 30 de Setembro - Segunda reunião geral de informação 2009.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Jornal. Em 2009, não há necessidade de lay-off mas 2010 exigirá flexibilidade. 30 de Setembro - Segunda reunião geral de informação 2009."

Transcrição

1 Jornal Jornal mensal para todos os colaboradores da Volkswagen Autoeuropa Notícias entre 15 de Setembro e 15 de Novembro distribuição gratuita OUTUBRO NOVEMBRO a 27 Setembro - Frankfurt Motor Show. Presença em stand dos carros produzidos na nossa fábrica 22 de Setembro - Entrega de Scirocco a atletas portugueses com medalhas de ouro, Carlos Lopes, Fernanda Ribeiro e Nélson Évora Em 2009, não há necessidade de lay-off mas 2010 exigirá flexibilidade 30 de Setembro - 2ª Reunião de Comunicação 2009 entre a Administração e os colaboradores 13 de Outubro - Entrevista ao Director- Geral, Andreas Hinrichs, à RTP - Radar de Negócios 29 de Outubro - Tomada de Posse da Presidente da Câmara de Palmela, Dr.ª Ana Teresa Vicente. Presença do Director da Área de Prensas, Francisco Fialho e da Directora de R.P. e Assuntos Governamentais, Carmo Jardim 30 de Outubro - Entrevista à revista País Económico, edição de Novembro, do Director-Geral, Andreas Hinrichs 30 de Outubro - Entrevista à rádio TSF do Director-Geral, Andreas Hinrichs, por ocasião dos 20 anos da queda do muro de Berlim. 30 de Outubro - 1ª Conferência Técnica de Instrumentação e Controlo organizada pela ISA Portugal e patrocinada pela Volkswagen Autoeuropa com a presença dos engenheiros Luís Páscoa e Fausto Santos 3 de Novembro - Visita de equipa da VW Coaching / Wanderjahre Program 7 de Novembro - 1º Encontro de Scirocco dos colaboradores da Volkswagen Autoeuropa. 30 de Setembro - Segunda reunião geral de informação Em Setembro e Outubro, a nossa fábrica lucrou em termos de encomendas com os incentivos governamentais em vários países europeus. Todavia, Março, Abril e início de Maio de 2010 serão meses de baixa produção. Depois, prevê-se um pico nos meses imediatos... Só com o argumento forte de fl exibilidade podemos consolidar a nossa estratégia de fábrica multi-produto perante a casa-mãe. adiantou Andreas Hinrichs, Director Executivo. pag. 04 Cartão de Natal da nossa empresa Daqui ao Natal é um pulinho,, e a nossa fábrica já tem um cartão de Natal para enviar às instituições, fornecedores, etc. Pela primeira vez, e em nome da solidariedade social e de uma atitude ecológica, abdicámos dos car- tões de papel e optámos por uma cartão digital, que pode ser enviado via . O mesmo montante que foi dispendido em 2008 com os postais tradicionais reverterá este ano a favor do Centro Social de Palmela. Se quiseres enviar este postal para os teus contactos profi ssionais, ele está disponível na Intranet para descarregar. FELIZ NATAL para todos os colaboradores e suas famílias!

2 2 Caixa de perguntas: as respostas Antes da segunda Reunião Geral de Informação da Administração, e em consonância com uma atitude de transparência e de comunicação efectiva, foi colocada de novo na cantina uma caixa par, anonimamente, os colaboradores escreverem as suas questões e dúvidas sobre o funcionamento da empresa. Foram recolhidas 82 questões, maioritariamente relacionadas com os temas recursos humanos, condições laborais ; situação actual da fábrica, compensação dos quadros da empresa, infra-estruturas e A-vision. Uma carta com vários pontos de uma equipa da Área de Qualidade foi entregue à Direcção da Área. Muitas das questões servem de reflexão para as chefias da empresa promoverem melhorias nos processos e políticas. 1 Como é possível que os colaboradores tenham que esperar 20 minutos na cantina para serem servidos, quando a pausa para refeição é só de 30 min? 2 - Porque é que as roupas de trabalho da Montagem Final não estão incluídas no serviço de lavandaria, como na Manutenção. Carroçarias, Qualidade e Fáb. Piloto? Temos que lavar as roupas em casa. 1 O serviço de refeição não pode ter um tempo de espera de vinte minutos. Caso ocorra uma situação como a descrita, solicitamos que nos seja reportada, por forma a podermos actuar de imediato na sua resolução. - Adélia Felício, Chefe de Divisão de Administração e Relações Laborais, Área de Recursos Humanos. 2 Na reunião de Comunicação da Área de Montagem Final de 15 de Outubro já foi comunicado aos colaboradores que está em curso a negociação para a colocação das T-shirts no contrato de leasing, tal como já acontece com as calças. - Rui Baptista, Director da Área de Montagem Final. Scirocco a biogás! Scirocco a gás metano O objectivo: demonstrar que se pode competir com combustíveis ecológicos. Ulrich Kackenberg, membro do Conselho de Administração do Grupo Volkswagen e responsável pelo departamento de Pesquisa e Desenvolvimento da marca Volkswagen participou no circuito de competição de 24h Nurburgring*, Alemanha, num Scirocco Gt24-CNG (Compressed Natural Gas). Um autêntico carro de competição com 310 CV mas alimentado a gás metano. No lugar do tradicional depósito a gasolina estão duas grandes botijas de 22kg cada com gás natural (biogás). Biogás produzido a partir de estrume de porco permite ao Scirocco atingir os 240 km/hora! É uma inovação sueca apresentada na feira Nordic Climate Solutions (Soluções Climáticas Nórdicas) que decorreu em Setembro no Bella Center de Copenhaga. É o primeiro VW Scirocco alimentado a excrementos de porco, ou seja, tecnologia turbogás. O projecto é da empresa sueca e.on. A diferença em relação a um veículo biogás convencional é que este tem um turbo com uma entrada de ar menor: 38 mm em vez dos 100mm normais. Este modelo não utiliza gasolina na ignição, funciona sempre a biogás e vai dos 0 aos 100km em 4,5 segundos. O motor é de dois litros com 1998 cm3 e 280 cavalos de potência. A Volkswagen Motorsport tem participado com o Scirocco STCC em algumas corridas na Suécia, competindo com carros normais. Ou seja, um carro de competição que não emite um único grama de CO2! O Scirocco GT24 (2.0L) a gasolina que se estreou em 2009 foi o 15º classificado, e o modelo a metano ficou em 17º. Os técnicos estão convencidos que em 2010 conseguem colmatar as duas voltas que separam os dois veículos! Características: Motor: 4 cilindros TSI EcoFuel-Ottomotor com injecção (Intakte Manifold Injection), Turbocharger, Intercooler, 4 válvulas por cilindro (1984 cm³). Potência: ca. 207 kw (282 PS) Torque: 330Nm. O que é o circuito de Nurburgring *- As 24 horas de Nurburgring realizam-se anualmente no mítico traçado de Nordschleife, um circuito antigo adjacente ao Grande Prémio. Situado nos bosques de Eifel, esta pista tem um traçado perigoso, imprevisível, cheio de curvas e inclinações. É considerado o mais difícil circuito do mundo. Dado o seu perímetro longo e complexo, quem o domar ganha o estatuto de Mestre do Ring (Ringmeister). OUTUBRO NOVEMBRO 09

3 3 Editorial Made in Portugal Há alguns dias ofereceram-me o livro Vende-se Portugal, de Henrique Agostinho e li uma entrevista que o autor concedeu este mês a um jornal regional. O interesse da refl exão sobre o tema prende-se com o facto de ter muito, também, a ver connosco: Made in Portugal. O autor descreve a selectividade da aplicação do selo Made in Portugal, em particular por parte dos fabricantes de produtos tecnológicos, que evitam a indicação da origem portuguesa. As razões indicadas pelo autor correspondem à antiga imagem de Portugal, são pouco lisonjeadoras: baixa qualifi cação, fraca qualidade, instabilidade governamental e uma sociedade muito orientada para o passado. Mas importa agora destacar e falar sobre o Portugal de hoje e, obviamente, sobre nós, sobre a Volkswagen Autoeuropa, entre outros temas. Nós também somos uma parte de Portugal, uma parte da economia e sociedade portuguesas. Nós somos a Volkswagen Excerto do artigo publicado a no Jornal de Leiria (autoria de Raquel Sousa Silva). Entrevista com Henrique Agostinho, publicada a no Jornal de Leiria (autoria de Raquel Sousa Silva). Autoeuropa e produzimos modelos da Volkswagen em Portugal! Quando pensam em nós, associam-nos provavelmente a: Autoeuropa, empresa portuguesa do Grupo Volkswagen, empresa jovem, colaboradores qualifi cados, motivados e orgulhosos, líder nacional de exportações, tecnologia e know-how, etc. Curiosamente verifi co junto de amigos e conhecidos que apenas o Sharan é associado a nós enquanto produto. São poucos os que sabem que o Eos e o Scirocco são Made in Portugal e apenas em Portugal ainda mais porque têm um design jovem e arrojado associado à mais moderna tecnologia. Estranho! A opinião pública portuguesa possui uma imagem muito pouco defi nida sobre a Volkswagen em Portugal. Há muitos aspectos positivos, mas, de certa maneira, há também um certo desalento sobre até quando é que isto dura. Temos de fazer algo! E sobre este aspecto os especialistas em Marketing já assumiram as máximas da publicidade: «Faz bem e fala sobre isso!», porque «Quem não se dá a conhecer, morre!». Nós fazemos imenso: fazemos muita coisa boa e, em todo o caso, mais do que outros. Temos uma forte cultura de empresa implementada, uma Cultura de Excelência, que comprovamos actualmente e perante as dúvidas sobre as competências nacionais, e que temos de a divulgar. Possuímos uma identidade forte. Somos a Volkswagen Autoeuropa e neste momento 2 milhões de pessoas no mundo conduzem os nossos carros Made in Portugal! Julius von Ingelheim Director da Área de Recursos Humanos Ficha Técnica Publicação de: Autoeuropa - Automóveis, Lda. Quinta da Marqueza Quinta do Anjo Responsável: Julius von Ingelheim Fotografia, pesquisa, redacção e visualização: Isabel Carimbo Cartoons: Alberto Pereira Colaboradores directos nesta edição: (ver junto dos artigos) Maquetização, fotocomposição e impressão: AlexandreGest, Lda. Tiragem: exemplares

4 4 Workshop de CP8 Observar para corrigir: a atitude principal para produzirmos com qualidade No dia 23 de Outubro, Miguel Sanches, Director Geral de Produção, convocou vários Especialistas, Chefes de Departamento e Directores de Área para um segundo workshop orientado para a qualidade em CP8. Observação ao pormenor Entre as 8 e as 20h, os responsáveis pelas áreas de Produção, Qualidade e Planeamento, com a colaboração de especialistas de Logística e da Fábrica Piloto, observaram todas as rejeições em CP8 no MPV, no Eos e no Scirocco, e partiram para os diversos pontos de inspecção CP7, CP6, CP5A e CP5 e para as linhas de produção, na perspectiva de encontrarem acções para melhorarem os índices de qualidade. A sua convicção é de que os responsáveis de várias áreas, quando completamente disponíveis para a observação dos processos de inspecção e construção dos nossos carros, sejam capazes de entender quais os pontos fracos e de estabelecer um plano de melhorias na forma como operamos no dia a dia. Fizemos algumas perguntas a Miguel Sanches. O workshop inclui várias rondas de observação dos carros em CP8 (Scirocco, Eos, e Sharan/Alhambra). Os defeitos encontrados são anotados para investigação nos vários pontos de inspecção e nas linhas de produção. Os grupos reúnem-se várias vezes durante o workshop, depois de estarem na linha a verificar o processo. Aqui partilham as suas opiniões e críticas, e escrevem as sugestões num quadro. As sugestões são depois compiladas e transformadas num plano de acções a implementar. O que é que esperas destes workshops? Miguel Sanches- Identifi car acções para melhorar a qualidade dos nossos carros, quer nos diversos pontos de inspecção, quer no processo produtivo. Estes workshops baseiam-se na observação activa. Para além das melhorias nos processos, um outro objectivo é o de fortalecer o espírito de equipa entre os vários departamentos envolvidos, da Produção à Qualidade, passando pelo Planeamento. Que sugestões/acções surgiram que consideras importante concretizar? Por que razões? A melhoria na recolha e no tratamento dos dados nos diversos pontos de inspecção, e o respectivo seguimento das acções de contenção e das acções correctivas, para que seja dada resposta aos vários problemas de qualidade de forma mais efi ciente. Apenas é possível corrigir algo quando se consegue caracterizar bem qual o problema. E o nosso problema actualmente não é a falta de informação, mas sim o que se faz com ela. Nas auditorias de qualidade internas (Audit) por vezes os carros têm boas pontuações, noutras vezes têm mais pontos de demérito do que o objectivo. O que falta fazer para que os resultados sejam sempre constantes? Tornar mais robustos os processos de inspecção e produção dos nossos carros, aprendendo com os fracassos e dando pequenos passos de cada vez, nunca deixando de fazer o que se implementou anteriormente com sucesso. OUTUBRO NOVEMBRO 09

5 5 Podemos conduzir com alguma visibilidade agora. Mas para a frente há pouca clareza 30 de Setembro Segunda Reunião Geral de Informação de Foram apresentados os resultados de desempenho fabril nos primeiros oito meses e seu impacto no Prémio de Objectivos; a situação dos 208 ex-colaboradores em Formação na ATEC e a sua eventual reintegração; o status da formação LegoLine e esclareceu-se quais os factores de competitividade entre fábricas que foram tidos em conta na última reunião estratégica a cinco anos do Grupo Volkswagen (Plannungsrunde 58). Mas a mensagem mais reforçada foi a de que Apesar de não termos que recorrer ao lay-off e apesar do nosso desempenho dar sinais de uma certa vitalidade para o Prémio de Objectivos deste ano, em 2010 há problemas para resolver a nível do volume previsto e dos custos associados. - resumiu Andreas Hinrichs, Director -Geral. Programas de incentivo à indústria automóvel Nos nossos principais mercados, os programas de incentivo governamentais ao abate de carros usados e compra de carros novos terminam em Dezembro. Sem esses incentivos ao consumidor, a incógnita de como o mercado se vai comportar em 2010 constitui um desafi o para as marcas. No EUA, apesar do prémio de incentivo Cash for clunkers, as vendas do Grupo Volkswagen nos primeiros oito meses desceram 10% em relação a 2008 (nos primeiros oito meses do ano). A principal ameaça que paira sobre nós Enquanto Director-Geral desta empresa tenho o dever de ressalvar as garantias, mas também de não ocultar os riscos. A principal ameaça que paira sobre nós é o reduzido aproveitamento da capacidade instalada. A Volkswagen Autoeuropa utiliza apenas 40% da sua capacidade, e isto é um risco elevado para qualquer empresa. A estratégia de uma fábrica multiproduto depende da fl exibilidade das infra-estruturas e da fl exibilidade dos recursos humanos. Precisamos de pelo menos quatro produtos diferentes e necessitamos de uma maior fl exibilidade. Em comparação com os nossos concorrentes europeus, o custo do trabalho extraordinário em Portugal é exorbitante! Este facto retira-nos muita fl exibilidade quando se trata de responder a fl utuações mais intensas na procura. Os últimos produtos que conseguimos trazer para Palmela, o Eos e o Scirocco, bem como os investimentos que estão em curso, vieram porque provámos ser capazes de aplicar, por consenso entre a Administração e a comissão de Trabalhadores, ferramentas de fl exibilidade adequadas aos novos tempos. O facto de sermos capazes de adoptar níveis de fl exibilidade e remuneração de trabalho extraordinário de nível europeu irá aumentar, e muito, as nossas hipóteses de receber um quarto produto, de que precisamos urgentemente para superar este subaproveitamento da capacidade instalada. ( ) Um sistema combinado de fl exibilidade, comum á Volkswagen Autoeuropa e aos seus fornecedores de proximidade, permitir-nos-ia respirar com o mercado. Excerto do artigo de opinião de Andreas Hinrichs publicado no jornal Público de 27 de Julho de Como vês o futuro da Volkswagen Autoeuropa? A minha esperança é de que a Volkswagen continue a apostar na nossa fábrica que tem feito esforços para se manter no topo. Assim como nós apostámos na Volkswagen, queremos que a Volkswagen aposte em nós! - José Bolrão, Operador de Manutenção, Área de Carroçarias. Hoje o mercado muda muito rapidamente. Não apenas devido à crise económica actual- mas acima de tudo porque temos que responder com qualidade e dentro dos prazos aos nossos clientes. E sempre que recebemos volumes adicionais, devemos produzi-los o mais rapidamente possível. E nestas alturas poderíamos aplicar o exemplo da semana de seis dias quando o cliente quer os carros e a semana de quatro dias quando as encomendas são reduzidas. Temos de respirar de acordo com as necessidades do mercado sem ter sempre custos adicionais. Gostava que se continuasse a apostar nas condições de trabalho e gostava que houvesse lançamentos de mais carros. Temos um bom espírito de trabalho aqui e vamos ultrapassar a crise. Vamos continuar a ser uma fábrica optimista! - Jacqueline Gaspar, Ergonomista. Área de Planeamento, Ambiente e Infra-estruturas.

6 6 Scirocco e Eos brilharam em Frankfurt Estivemos presentes mais uma vez na I.A.A.*, a maior Feira europeia do sector automóvel, com quatro Scirocco e dois Eos. Sob o tema A moving experience ( uma experiência em movimento ou uma experiência emotiva ) a Volkswagen apresentou a nova geração Bluemotion dos Golf, Polo e Passat, os carros mais económicos do mundo nas suas categorias. Apresentou também três carros-conceito que prevêem ainda consumos mais baixos no futuro próximo: o L1 e as versões E-Up e Golf-e de tecnologia híbrida, impulsionados por um motor convencional e outro eléctrico. Uma abordagem totalmente ecológica. *IAA (Internationalen Automobil-Ausstellung) A zona Scirocco do imenso stand da Volkswagen. Marcaram presença um Scirocco R20, cor Rising Blue, 2,0 L de 195Kw automático; um Scirocco Rline, Candy White, 2.0 L de 155KW automático, um Scirocco BlueMotion, Relex Silver, 1.4L de 90KW Manual e um Scirocco (OZ), Refl ex Silver, motor 2.0L, 103KW TDI, manual. Também o nosso Eos esteve presente, com dois modelos: o Eos GT, Shadow Blue, 1.4L de 118KW manual e o Eos Bluemotion, Refl ex Silver, 1.4L 118KW manual. No stand da SEAT, esteve exposta a nossa Alhambra Bluemotion, Candy White, 2.0L 103KW TDI manual. VW L 1: 70 km com um só litro de combustível. Vai ser assim em Apresentado pela 1ª vez em 2002, surge agora de novo -com linhas mais arrojadas- o conceito do carro mais poupadinho do Grupo Volkswagen. Previsto para sair em 2013, este é o protótipo do carro híbrido de dois lugares, o L1 que consome 1L aos 78 Km/média. Pesa somente 380 kg, e o seu comprimento é semelhante ao do Fox, (3,813m) e a altura ao do Lamborghini Murciélago (1,143m). A largura é de 1,200m e a sua aerodinâmica é incomparável no espectro actual de automóveis. As suas emissões de Co2 aos 160Km/h serão de apenas 36g/km. O motor TDI, o motor eléctrico e a DSG de 7 velocidades estão instaladas na traseira. P L1 consegue uma aceleração dos 0 aos 100km/h em 14,3, atingindo a velocidade máxima de 160km/h. O L1 vem equipado naturalmente com o sistema Stop-Start, que desliga automaticamente em modo de paragem e rearranca quando o condutor pressiona o pedal do motor a gasóleo ou do motor eléctrico. Os colegas destacados pela Direcção de Produção/Fábrica Piloto/ Carros para jornalistas e eventos, para a preparação dos carros do stand: Paulo Gonçalves, Patrício Luz e Ricardo Coelho. Inexcedíveis nos pormenores e no rigor! OUTUBRO NOVEMBRO 09

7 7 Reuniões da Direcção da fábrica: decisão rápida, gestão efectiva Sérgio Russo, Assessor do Director-Geral, elucida-nos sobre como funciona o novo modelo de gestão da decisão na nossa fábrica. O Conselho de Gerência e o OPC introduziram algumas altreações que visam uma optimização da informação, comunicação e processo de decisão. Do que se trata, precisamente? Sérgio Russo: Por um lado, foi alterada a sequência das reuniões semanais de direcção. Primeiro tem lugar a reunião da Administração, depois a do OPC e em terceiro lugar a da Direcção. Entre outros, os pontos de discussão são agora preparados de uma forma mais estandardizada do que até aqui. Deverão ser descritos resumidamente numa única folha de decisão o tópico; a situação actual; as alternativas existentes; as acções que se sugerem e os seus impactos a nível fi nanceiro e qualitativo; o prazo de implementação, etc. No fi nal, deve sintetizar a proposta e justifi car a escolha. Este procedimento, todavia, não substitui os canais e circuitos de comunicação já existentes para processar, por exemplo, as nossas ideias e sugestões de melhoria. Estas três reuniões semanais já existem há muito tempo (ver quadro). O que é que falhava, em termos de comunicação? S. R.: A nova sequência de reuniões por si só concede agora uma ordem e lógica que aponta para o fl uxo de decisão e de informação. Existem pontos que a Administração deve discutir e decidir, no seu âmbito de responsabilidades e existem outros pontos que devem ser discutidos e também decididos no âmbito mais alargado das reuniões de OPC ou da Direcção. Tendo por base uma única folha de decisão, conseguimos, de certa maneira, uma forma de comunicação mais transparente, rápida e efi caz de chegar ao cerne das questões. equipas até aos Operadores de linha do que se passou semanalmente nestas reuniões. Pretende-se um fl uxo de comunicação mais rápido e efi caz, que resulte num conhecimento concreto dos assuntos da fábrica por parte de todos os trabalhadores, de forma a evitar rumores, especulações e informações erradas. As reuniões de decisão na nossa fábrica 3ªF, 11.30h h - Board meeting - Reunião da Administração reunião dos três directores do Conselho de Gerência (A.Hinrichs, D.J.Kamiske, J. v. Ingelheim) 3ªF, 15.30h h - OPC* meeting, - Reunião do OPC reunião dos Directores das Áreas de Produção e Não Produção 4ªF, 17.00h h - Management meeting Reunião de Direcção reunião com os três directores do Conselho de Gerência; os Directores de Áreas (Liderança estratégica) e os Directores de Produção, Chefes de Divisão, Chefes de Departamento, Superintendentes (Liderança Operacional). * OPC- Operating Committee O que é que passou a acontecer a partir de Outubro? Que vantagens traz este processo? S.R.: Passou a haver este procedimento de preenchimento prévio de uma folha de decisão. A vantagem imediata é uma melhor preparação das reuniões, onde só passam a ser discutidos pontos que estejam devidamente suportados pela respectiva documentação. Para a reunião das 3ªF do Board, são analisadas todas as propostas que chegam até à 6ªF anterior, dando tempo para que possam ser analisadas em detalhe pelo Board. Depois, o Board e o OPC analisam a documentação e discutemna nas reuniões da 3ªF. As decisões e as informações relevantes são depois passadas ao resto das chefi as, na reunião das 4ªF. Porém, o processo de cascata da passagem informação não termina nesta Management Meeting. A Liderança Operacional -Superintendentes, Chefes de Departamento, etc.- tem o dever de informar todas as Formato da Folha de decisão para apresentação de assuntos nas reuniões de decisão da nossa fábrica. A caminho dos nossos clientes A responsabilidade dos carros que produzimos termina com a entrega no Gate Release, no fi nal da nave de Montagem Final, com a operação de aceitação para despacho. Depois, cabe à Volkswagen Logistics a distribuição até aos concessionários ou importadores. Cerca de 80% dos carros vão de comboio até ao porto de Setúbal, e entram dentro de navios. Os restantes 20% seguem por camião, para os pontos de distribuição em Portugal, Espanha, e França e ainda para os portos marítimos de Barcelona e Cádiz, de onde saem para os países do Mediterrâneo e ilhas Canárias. São carregados 20 a 30 camiões diariamente. Os navios que partem do porto de Setúbal têm como destino Sheerness (Inglaterra), Civitavecchia (Itália), Cork (Irlanda) e, principalmente (cerca de 85%), para Emden (Alemanha), de onde são encaminhados para os clientes fi nais não só da Alemanha, mas também Estados Unidos, China, Japão, etc. Entre Emdem e Setúbal circulam dois navios fretados pela Volkswagen Logistics que fazem o vaivém: o Sea Vénus e o African Highway. Levam os carros aqui produzidos e trazem os modelos importados do grupo Volkswagen. António de Oliveira é o representante em Portugal da Volkswagen Logistics, e o escritório fi ca no fi nal da nave de Montagem Final.

8 8 O que é importante saber sobre o Grupo Volkswagen Primeiro Volkswagen híbrido: Touareg em 2010 Entrevista à revista alemã Stern Com que fabricantes de baterias estão a operar? Com a Sanyo, Toshiba e a chinesa BYD. São parceiros de alto nível tecnológico. O que é claro é que as baterias a iões-lítio serão o futuro e nos próximos anos haverá grandes progressos. Quando é que a Volkswagen têm um modelo híbrido? No próximo ano. É um Touareg. Será apresentado na feira de Detroit, EUA. E já estamos a trabalhar na hibridização de modelos mais pequenos. Porque não um Polo ou um Golf? Tem a ver com os custos. Um cliente que compra hoje um Touareg pode comportar comprar um Touareg híbrido. Além disso, consideramos que os nossos modelos BlueMotion são mais efi cientes. Excertos de entrevistas do Dr. Ulrich Hackenberg, membro do Conselho de Administração da marca Volkswagen com o pelouro do Desenvolvimento Técnico da marca. Primeiro Volkswagen eléctrico: VW up em 2013 Entrevista ao Jornal da Volkswagen Autogramm, Agosto 2009 Pararam com o desenvolvimento de motores a diesel e a gasolina? O carro eléctrico é a porta do futuro? Bem, isso é uma previsão um pouco acelerada Os nossos modelos com motores BlueMotion com motores TDI ou TSI combinados com a caixa dual DSG reduzem o consumo de combustível já em 20%! E o continuarmos a desenvolver motores a combustão vai ajudar-nos a ainda maiores economias. As funções híbridas por si só reduzem os consumos em mais 10%. Por isso o motor de combustão ainda tem muita vida pela frente. Claro que o desenvolvimento de motores eléctricos também tem muita importância para nós. Estamos a trabalhar com fabricantes para o desenvolvimento de baterias atractivas e económicas para os futuros híbridos e mesmo para veículos com um motor totalmente eléctrico. Então ainda temos que esperar algum tempo até termos carros eléctricos no mercado? Muitos defendem que dentro de dois ou três anos seremos capazes de conduzir um carro puramente eléctrico com o mesmo desempenho de um veículo com motor a combustão e somente com custos adicionais de 2000 ou 2500 euros. Mas isto não é realístico. No actual nível de tecnologia não temos o know-how nem orçamento para produzir um carro a este nível. Prevejo que a Volkswagen disponibilize o seu primeiro veículo eléctrico a partir de Como pode estar tão certo de que não será mais cedo? A nossa experiência indica-nos que não há mudanças súbitas de sistema. Calculamos que em 2020, cerca de 1 a 1,5% dos veículos na estrada sejam eléctricos. Os veículos eléctricos e híbridos actualmente representam menos de 0,1%. O sucesso de um veículo totalmente eléctrico vai residir principalmente no progresso que for feito na área de tecnologia de baterias. Para que isso aconteça, e os seus preços se tornem convidativos, essa tecnologia terá que ser mais desenvolvida e industrializada em escala. Qual será o primeiro carro eléctrico da Volkswagen? Será uma versão do up! Mas o motor será desenvolvido proporcionalmente para poder ser utilizado em modelos maiores. Já cancelaram projectos devido à crise? Não podemos nunca pôr um travão em projectos importantes em desenvolvimento. Tudo tem a ver com o encontrar o equilíbrio certo para decidir que projecto deve ser executado, e em que altura. As inovações técnicas são uma parte crucial da Volkswagen- e temos que continuar em frente. O Desenvolvimento de Produto também está a optimizar recursos? Claro. Por exemplo, cortámos na produção de protótipos, optimizando os grupos (pools) de carros, utilizando mais simulações e mais testes comparativos de componentes. E também queremos integrar os parceiros e fornecedores no desenvolvimento de projectos logo desde uma fase inicial. Todos os carros podem ter todas as tecnologias? Sim, como fabricante global, é nosso desejo oferecer variantes para todas as necessidades. Por exemplo o Golf. Deverá haver Golf a gás natural, eléctrico, híbrido, a gasolina, a gasóleo, etc... E também o modelo de plug-in que possa ser carregado numa fi cha de parede... MQB: o sistema modular de construção de carros que vai ser comum a todas as fábricas Volkswagen Entrevista à revista alemã Automotor Sport, Qual é o segredo do sistema de construção modular transversal (Modularen Querbaukasten)? O importante é termos uma arquitectura automóvel constante. Os agregados, os eixos e, por exemplo, o sistema de ar condicionado pertencem a uma arquitectura base. O importante é a posição do motor perante os eixos e a posição do meio dos eixos para o sistema de pedais. Estas medidas são sempre iguais. Mas assim este sistema modular permite variações? A fl exibilidade é muito maior do que através de uma plataforma. Podemos variar o carro em termos de largura, comprimento, rodas, pneus, etc. E a linha de produção também o permite? Sim. Com este sistema modular podemos desenvolver diferentes segmentos de veículos, do cabrio a uma limusine ou a um SUV. Qual a percentagem de coisas idênticas nos carros? Dentro desta arquitectura está 65% a 70% do carro, à qual pertencem os sistemas de accionamento, ar condicionado, os bancos. Mas esta estrutura modular é muito mais abrangente, e inclui por exemplo os puxadores de portas ou manípulos das janelas. A construção das portas é universal, bem como as fases de construção as carroçarias. No futuro, todos os modelos podem ser produzidos em todas as fábricas? Esse é exactamente o plano. A fábrica de Wolfsburg vai também ser alterada? Wolfsburg é a mãe de todas as fábricas. Será adaptada 100% ao sistema MQB. E este sistema modular também permite produzir carros híbridos? O MQB está projectado para gás, CNG, LPG e até para os combustíveis da América do Sul que obrigam à montagem de grandes depósitos. E naturalmente está adaptado para produzir carros híbridos ou eléctricos com o correspondente conjunto de baterias. Quantos modelos podem ser construídos com o MQB? Isso depende de como os mercados se desenvolverem, mas penso que serão cerca de 60. Quais são as vantagens económicas do MQB? Falamos de economia em custos de materiais, desenvolvimento e produção e também na melhoria das capacidades de utilização das fábricas. Alguns modelos especiais, pela sua especifi cidade e volumes só serão mesmo possíveis (= rentáveis) porque podem ser produzidos neste sistema modular ( ). Neste momento estamos ainda a desenvolver o MQB. O novo Polo BlueMotion é o carro mais ecológico do planeta: consome 3,3l de diesel aos 100 km e debita somente 87 gr de dióxido de carbono. OUTUBRO NOVEMBRO 09

9 9 Scirocco R. um grande carro, um grande orgulho! 15 de Outubro. O Golf R e o Scirocco R forão lançados no mercado para os condutores exigentes em termos desportivos. Baseado quase a cem por cento no Scirocco GT24 que foi desenhado para competição, o novo Scirocco R é uma poderosa motorização de 2.0 TSI, com um design único, tracção dianteira e equipamento exclusivo. Ou seja, uma bomba. Apesar da grande potência tem um reduzido consumo de combustível. Uma média de 8 L (DSG) de Super Plus por 100 Km fl ui nas câmaras de combustão via injecção directa, correspondendo a 187 g/km de CO2 de emissões. Em Maio, comprovou o seu sucesso nas 24horas de Nurburgring e agora já está nos concessionários a partir de Scirocco R: características Potência: 2.0TSI 195kW/265 PS 0-100km/h: 5.8 segundos(dq); 6.0 segundos (MQ) Torque: 350 metros Newton (entre 2,500 e 5,000 rpm) Consumo médio de gasolina: 8.0 litros (DSG) de Super Plus / 100 km Velocidade máxima: 250 km/h (limitada electronicamente) Emisões CO2: 187 g/km 33,475 (Alemanha). Os especialistas da Volkswagen Individual desenharam a R Line, que inclui equipamento exclusivo. E o Scirocco R está também a ser um sucesso no mundo virtual. Em somente 3 meses, a aplicação da iphone Competição 24 h Scirocco R atingiu mais de 1 milhão de descarregamentos e foi o número um dos jogos de competição de alta velocidade em 32 países. Pedais em aço escovado, com protecção anti derrapante. O espelho lateral é negro e tem as luzes de pisca integradas. Um design desportivo que permite grande visibilidade no trânsito. Bancos desportivos com forro Kyalami a fornecer pela Volkswagen Individual. Logo R bordado nos encostos de cabeça. Volante em pele, mutifunções, com persponto em cinza. O painel de instrumentos combinado tem os ponteiros a azul é de fácil leitura. Os dois tubos de escape cromados. Párachoques da cor do carro. O spoiler do tejadilho na cor do carro optimiza a aerodinâmica do Scirocco R e reforça o design desportivo. Por encomenda à Volkswagen Individual: jantes de metal leve Talladega de 19 em design R. com formato 8 J x 19 com pneus 235/35R. De série: 18 com pneus 235/40 R 18.: Um pormenor de classe: o logo R incrustado no aro dos travões!

10 10 Sistema de Produção Volkswagen KVP Cascata Onda 2 Estas duas páginas são dedicadas ao Sistema de Produção Volkswagen, nomeadamente à metodologia e descrição das ideias dos colaboradores que participam nos workshops de melhoria contínua KVP Cascata. O objectivo do KVP Cascata é assegurar um processo produtivo robusto e estandardizado que melhore a qualidade e aumente a produtividade, através da identificação de práticas que acrescentem valor, da redução de desperdício e de um equilíbrio eficaz das operações. A selecção de conteúdos destas duas páginas é da responsabilidade do Departamento de Sistemas de Produção (Director Executivo). * K.V.P. Kontinuierliches Verbesserungsprogramm. Processo de Melhoria Contínua Decorrido um ano desde o início das actividades relacionadas com a Onda 2, que afecta as actividades indirectas da fábrica (não produção), o projecto Top-Down encontra-se actualmente na fase de implementação que decorrerá ainda durante Considera três actividades principais: a introdução dos novos processos e da nova estrutura organizacional; a transferência de colaboradores para novos projectos; a confi rmação do impacto fi nanceiro. Ponto da situação Em Outubro de 2009, estão já concretizadas 68% das ideias previstas realizar para este ano. 45% delas já foram confi rmadas fi nanceiramente, ou seja, o seu impacto positivo já foi repercutido no relatório fi nanceiro da empresa. O projecto Onda 2, Top-down, está a decorrer em diferentes fábricas do Grupo Volkswagen. Foram já realizadas várias reuniões do Conselho de Administração do Grupo, onde o nosso Director Executivo, Sr. Andreas Hinrichs, tem apresentado algumas reestruturações já levadas a efeito na Volkswagen Autoeuropa. Internamente, os grupos de trabalho têm reunido regularmente com a equipa nuclear da Onda 2 e com os consultores externos, com o objectivo de ofi cializar todas as alterações. No dia 4 de Novembro, os Directores das Áreas reuniram-se em OPC, (Operating Committee) e analisaram o plano das ideias a concretizar até ao fi m de De acordo com o objectivo assumido pelos responsáveis dos grupos de trabalho, teremos 100% de implementação a 31 de Dezembro de Transferência de colaboradores Paralelamente à actividade de optimização da estrutura de indirectos da fábrica, decorre o programa de preenchimento das vagas em novos projectos. Em primeira instância são identifi cados projectos que, por uma questão estratégica, têm que ser concretizados em 2009 e A Área de Recursos Humanos, em conjunto com as diferentes Áreas da fábrica, identifi ca os projectos e os recursos humanos necessários e respectiva qualifi cação para o desempenho da função. Todos os projectos são alvo de análise técnica e fi nanceira por parte do Conselho de Administração, que dará ou não autorização para avançarem. Posteriormente, e tendo em consideração os recursos humanos disponíveis na fábrica e o potencial dos colaboradores, decorre o processo de selecção e transferência para projectos previamente aprovados. Nesta fase, e caso o perfi l do candidato não corresponda inteiramente ao perfi l desejado, será preparado um plano de desenvolvimento individual que inclui formação em sala e/ou formação no posto de trabalho. NF - novos eventuais projectos; SPPM- equipa de gestão temporária deste fornecedor do Parque Industrial; Perlenkette - equipa dedicada ao desenvolvimento do processo de produção sincronizada; Insourcing de actividades assimilação de negócios entregues a fornecedores externos Projecto Top Down: um caso prático. Grupo AF3 O actual Departamento Sistema de Produção é um exemplo das alterações provenientes do Projecto Top Down. Nele foram projectadas ideias de optimização. Eis alguns exemplos: fusão de departamentos decorrente de sinergias; redução de colaboradores devido a cancelamento e/ ou rebalanceamento de actividades administrativas; transferência de novos colaboradores devido ao lançamento de novas actividades com valor acrescentado para a fábrica, etc.. Esta mudança teve como principais intervenientes, Bruno Torres, responsável do Grupo AF3 (grupo de trabalho 3-Processos Planeamento); Knut Godulla e António Norberto, responsáveis pelas equipas envolvidas e o Conselho de Administração, A. Hinrichs, D.J. Kamiske, J.von Ingelheim, que autorizou a criação de uma nova actividade/equipa na Volkswagen Autoeuropa. Paralelamente, a Área de Finanças e a de Recursos Humanos prestaram o apoio necessário para a concretização de todas as mudanças. OUTUBRO NOVEMBRO 09

11 08 Sistema de Produção Volkswagen KVP Cascata 11 Organograma do Departamento Sistema de Produção Antes Actualmente (desde 1 de Novembro) O porquê da mudança O Departamento Sistema de Produção e o Departamento de Engenharia Industrial Estratégica tinham o mesmo foco de actividades, tendo sido identifi cado potencial para criar sinergias (produtividade). A fábrica necessita de criar novos grupos de trabalho (ex: Perlenkette, SPPM, etc.) para os quais necessita de Especialistas e Técnicos indirectos, mas não tem autorização para aumentar o número de recursos humanos (manpower). O que mudou Integração da equipa do Departamento Engenharia Industrial Estratégica no Departamento Sistema de Produção, com a respectiva redução de uma posição de Direcção. António Norberto, assume a responsabilidade pelo novo departamento Gestão do Sistema de Produção e Produtividade, reportando directamente ao Director Executivo. Knut Godulla regressou à AUDI AG, Ingolstadt, na função de Director do Centro de preparação de carros para clientes. 3P, Onda 3 - Criação de uma equipa internacional de moderadores de 3P, para apoio às fábricas em fase de lançamento de novos produtos. A criação desta nova equipa na estrutura organizacional do Dep. Sistema de Produção é compensada pela optimização realizada na Área de Montagem Final pelo grupo de trabalho AF1 (Manutenção), que tem como responsável João Pereira (Director da Área da Pintura) e Fernando Pinéu como facilitador. Sofia Silva, Especialista na Área de Montagem Final até Dezembro de 2008, foi transferida para o Departamento Sistema de Produção. Optimização registada no Dep. Engenharia Industrial Estratégica, devido a uma gestão mais criteriosa dos relatórios a emitir tanto internamente como para Wolfsburg. A automatização de relatórios/correcta utilização com sistemas informáticos, aliado á uniformização de conhecimentos (formação técnica em sala e no posto de trabalho) possibilitou um aumento de fl exibilidade na equipa. Anabela Dias, Ana Melão e Joana Domingues desempenham as actividades que anteriormente eram realizadas por quatro Especialistas. Sinergia entre a Volkswagen Autoeuropa e VW AG, com o destacamento de colaboradores para o Grupo Sistema de Produção K-PPD-P em Wolfsburg Raquel Ferreira, anteriormente Especialista do Dep. Engenharia Industrial Estratégica, é agora Especialista do Dep. Sistema de Produção, substituindo Tiago Pereira, o qual foi expatriado para Wolfsburg para desempenhar funções de Moderador na Volkswagen na equipa K-PPD-P, por um período de 3 anos. Processo de Produção Sincronizada Constituição de uma equipa projecto para a qual foram deslocados dois colaboradores, vindos da Área de Logística. Ana Paula Verdes, é responsável pelo projecto vulgarmente chamado de Perlenkette, que tem como objectivo implementar de modo efectivo um processo de produção sincronizada. Dois Operadores do controle de produção receberam o convite para participar neste projecto. A saída das funções anteriores só foi possível após a implementação da ideia relativa ao Model Mix, oriunda do AF6 (Grupo de trabalho 6 - Controlo de Produção/Seguimento de Peças) que tem como responsável João Melo e Margarida Pereira como facilitador. Sandra Estriga e Hélder Rodrigues, vão usar o conhecimento adquirido nas funções anteriores para melhorar os processos de sequenciação, antecipando e reduzindo alguns dos inibidores com que actualmente a produção é confrontada.

12 12 Dez anos de casa! 21 de Junho de 1999 a 13 de Dezembro de Em 2009 realizaram-se três almoços de confraternização e o último foi no dia de S.Martinho, 11 de Novembro. Todos receberam das mãos de Julius von Ingelheim um Certificado de reconhecimento e também um voucher para compras, das mãos da Directora da Área de Finanças, Julia Dinah Kamiske. O Director de Recursos Humanos proferiu um discurso emblemático: ( ) Li alguns jornais Autoeuropa antigos para descobrir o que de mais importante se passou em 1999, quando entraram para a nossa equipa e passaram a ser Autoeuropeus. Em 1999, a Autoeuropa produziu quinhentas mil unidades do MPV. E vejam, em 2009, ainda produzimos a Sharan e a Alhambra! É um sinal de que estes dois modelos escreveram uma história de sucesso! E foi também em 1999, que a Volkswagen comprou a parte da Ford e a Autoeuropa passou a ser uma fábrica cem por cento Volkswagen. ( ) A Autoeuropa transforma-se numa fl exível fábrica multi-produto Prata da casa Colega premiado pela Microsoft (MVP) Jorge Paulino, 34 anos, está na nossa fábrica desde Actualmente é Técnico de Software na Área de Montagem Final. No seu dia a dia, apoia a equipa de manutenção a resolver problemas de software de equipamentos - desde manipuladores a máquinas de enchimento, transportadores, etc. Nesta área há sempre novas tecnologias que tenho e que gosto de aprender. Além da automação industrial, dedico-me também a desenvolver aplicações. Desenvolvi o S.G.M., Sistema de Gestão de Manutenção da Área de Montagem Final, que permite gerir todas as intervenções correctivas, rotinas de manutenção preventiva e predictiva, calibrações, etc. O bichinho da informática estende-se para lá das horas de trabalho. Já fi z várias aplicações de gestão de condomínios, clubes de vídeo, organização da correspondência de empresas, etc.. Apesar de só ter o 12º ano, e de estar a tirar uma licenciatura de Gestão de Sistemas de Informação, tornou-se autodidacta e estudou muito sobre programação Agora é uma paixão! Participa online em várias comunidades técnicas onde se discutem dúvidas e questões relacionadas com a programação. É moderador de uma comunidade portuguesa de programação, ou seja, de um fórum de discussão: Aqui sou responsável pelos conteúdos e dinamização de Visual Basic, mas tenho também conhecimentos em outras áreas como ASP.NET, VBA, SQL, C#, etc. Tenho ainda um blog relacionado com o Visual Basic, onde tento ajudar quem quer aprender: como todos os produtos sob o mesmo processo de produção, numa linha única. É importante não esquecer os postos de trabalhos que suportam este sistema, não apenas enquanto número, mas acima de tudo do ponto de vista da qualifi cação. Actualmente o nosso objectivo é a manutenção dos postos de trabalho. Vamos ver quando a recessão passar se a Autoeuropa e o seu Parque Industrial irão viver uma nova fase de crescimento. ( ) Produtividade e Qualidade são os dois trabalhos de casa que temos de fazer todos os dias para mantermos o bom desempenho. Actualmente temos apresentado muito bons resultados nestes dois pontos a Wolfsburg e mais importante ainda, aos nossos clientes, porque são eles que nos exigem a melhor qualidade ao preço mais baixo. ( ) No próximo ano, se conseguirmos reunir condições para receber um quarto produto, que tanto precisamos, a Volkswagen Autoeuropa estará numa plataforma mais segura para celebrarmos mais cedo ou mais o próximo jubileu com todos vós. Em Visual Basic sou o único português premiado pela Microsoft neste momento!. Um prémio da Microsoft Quem participa nestas comunidade técnicas pela Internet (online) ou em palestras, livros, etc.(offl ine), e que tenha bons conhecimentos num produto específi co da Microsoft, contribuindo para a sua divulgação à comunidade, pode ser um potencial candidato a receber o prémio anual desta empresa denominado O profi ssional de maior valor (Most Valuable Professional - MVP). Em Julho deste ano recebi um da Microsoft a dar-me os parabéns e a dizer-me que eu tinha ganho o prémio!. Se continuar activo na divulgação e apoio deste programa, pode ver o seu prémio renovado ao fi m de um ano. Regalias que poucos têm Logo em Julho apareceu a minha foto com o meu CV na página da Microsoft em Portugal Depois de assinar um acordo de confi dencialidade, passei a ter acesso a conteúdos exclusivos da Microsoft, programas grátis (MSDN Subscription), testes a novas versões beta, por exemplo o Offi ce 2010, Visual Studio 2010), vídeos de formação, livros, etc. Recebo também vários convites para ir a feiras e eventos. E o troféu de cristal e o seu welcome pack já ninguém lhos tira: Agora faço parte de uma lista internacional de programadores, incluindo da Microsoft, que se reúne virtualmente em net meetings, para discutir problemas, soluções, melhores práticas, etc. Existem cerca de 17 portugueses que actualmente estão neste programa, em outras tecnologias: ASP. NET, C#, Outlook, Offi ce System, Excel, etc. Mas mais importante do que os prémios, é o prestígio e o reconhecimento deste gigante mundial!. Visual Basic: linguagem de programação produzida pela empresa Microsoft que é parte integrante do pacote Microsoft Visual Studio. Permite criar uma ampla gama de aplicativos Web, mobile, Windows e Offi ce. OUTUBRO NOVEMBRO 09

13 13 Área de Carroçarias Novas antenas de leitura de TAG*: um projecto de grande alcance Está a ser iniciada a instalação das novas antenas RFID-UHF de leitura dos dispositivos TAG. Substitui a tecnologia actualmente obsoleta RFID-HF e traz vantagens. Devido à sua criticidade e de forma a evitar paragens de produção, a operação de substituição decorrerá por etapas. Numa primeira fase, as duas tecnologias- TAG actuais HF e TAG novas UHF -correrão nas linhas de produção. Para isto suceda, é necessária uma duplicação dos dados a inserir electronicamente (BIN) e uma duplicação física dos dispositivos TAG. A substituição é progressiva nos vários locais de escrita e de leitura que existem ao longo das linhas da nave de carroçarias, e os dois sistemas são colocados em paralelo nas estações mais críticas. Será uma integração bastante delicada devido à rampa do futuro lançamento e à descontinuação do modelo e das linhas do VW Sharan /Seat Alhambra. Com as novas antenas, teve que ser desenvolvido um novo armário de controlo para interface entre Controladores; sistema FIS* e Automação. A substituição das antenas será feita gradualmente e deverá ficar completa no início de Até lá, viajam dois tags no carro para possibilitar o funcionamento em paralelo tanto da antena actual como da nova antena A equipa Este complexo projecto de substituição das antenas de leitura de dispositivos TAG é liderado por Luis Rocha (Área de Finanças/ Tecnologias de Informação); Paula Ferreira (Área de P.A.I./ Planeamento de Carroçarias) e Paulo Ventura (Área de Carroçarias/ Engenharia de Equipamento). Ausente: João Paixão, Área de Finanças/ Tecnologias de Informação, agora em serviço na nova fábrica nos EUA). As vantagens Equipadas com tecnologia de *UHF Ultra Alta-frequência, as novas antenas de leitura dos dispositivos TAG em comparação com as actuais, permitem ler o tipo de carroçaria que vem na linha a uma maior distância e com uma grande velocidade de transmissão de dados. A natureza do campo da antena permite que ela leia dispositivos TAG instalados em qualquer posição. Devido às variantes dos modelos de veículos que produzimos e ao facto das características desses veículos terem de ser lidas em diversos pontos da linha, a vantagem das antenas terem um maior alcance é determinante para a transmissão nas várias estações de leitura. Também o seu desempenho melhorado, permite mais fi abilidade no ambiente industrial da nave de Carroçarias, repleto de grandes equipamentos e superfícies metálicas. O B.I. de cada carro * TAG - Palavra inglesa que signifi ca etiqueta. Dispositivo electrónico móvel, portador de dados com as características de cada veículo. Estas características estão associadas ao BIN* que está inserido electronicamente no TAG. * BIN - Body Identifi cation Number Número de Identifi cação da Carroçaria. * RFID - Radio-Frequency Identifi cation Dispositivo de Identifi cação por Radiofrequência. * HF - High Frequency Alta-frequência. * UHF - Ultra-High Frequency Ultra Alta-frequência. * FIS - Fertigungs-, Informations-, und Steuerungs-System Sistema de Produção, Informação e Controlo * PLC - Programmable Logic Controller Controlador Lógico Programável Na estação do Scirocco (SCI), Marcos Silva fi xa o dispositivo TAG na longarina de cada nova carroçaria. Antes de o fazer, coloca-o alguns instantes sobre uma mesa equipada com uma das antenas de escrita. Carrega num botão e o ciclo de gravação do TAG é iniciado: o número de identifi cação da carroçaria (BIN) é introduzido electronicamente e passa automaticamente a fi car associado a todas as características do veículo. Existe uma destas estações para o Eos e outra para o MPV na nave de carroçarias. Ao longo das linhas, o dispositivo TAG vai ser lido por cerca de 40 antenas na Área de Carroçarias, 20 na Área de Pintura, e 15 na Área de Montagem Final. Mediante as características transmitidas à automação, o equipamento (*PLC; robôs; etc.) executa o processo requerido de produção (operações de soldadura, montagem, etc.). Os Operadores são informados do processo que devem executar ou peças que devem montar (que estofos, que motor, que cor, etc.), via monitores e indicadores luminosos existentes nas várias estações. Peixes-bébés na Área de Prensas Parece uma contradição mas não é. Na sala de refeições da equipa de Manutenção da Área de Prensas sente-se bem o piso a tremer e o brutal som de fundo das enormes prensas, no seu trabalho de estampagem de peças. Mas este ambiente não prejudicou em nada o delicado nascimento de peixes-bébé no aquário da sala dos Manufs. Ricardo Correia é o mentor deste aquário. Recreou nele o habitat e biótipo do lago Malawi, na Tanzânia, África. Num fundo de pedras e plantas, vivem harmoniosamente (às vezes.) cinco casais de Labidochromis Zebroide e de Cinotylhapia Hara e Labeotropheus Trewavasae Chilumba. São ciclídeos africanos que têm uma particularidade curiosa: as fêmeas incubam de boca, ou seja, depois de fertilizados, os ovos permanecem dentro da boca das fêmeas durante 21 dias. No fi m, ela liberta-os para a água para as crias nascerem. Dois dos casais tiveram agora 12 e 5 fi lhos, ao fi m de três meses aqui. Mas fui eu que, com uma pinça, tive que retirar os ovos de dentro da boca das mães, porque senão seriam devorados pelos outros Coloquei-os num pequeno aquário-incubadora, para irem crescendo - explica Ricardo Correia. Os colegas da equipa gostam de olhar para os peixes, durante os intervalos de trabalho. Ajuda a concentrar-nos e a pensarmos nas coisas que temos que fazer. contam. Uma maravilha!

14 14 Área de Carroçarias Equipamentos novos para melhorar desempenho Quem passar pela nave de Carroçarias vai certamente reparar que existem várias zonas com muitas instalações em curso. As novas linhas para os eventuais novos produtos estão a ser construídas e os 512 robôs passaram a 638, depois do shutdown de Verão! Temos mais 126 robôs novos Antes e durante o shutdown, procedeu-se à instalação de novos equipamentos e robôs nas zonas do Scirocco e foram criadas novas linhas sub montagens manuais e automáticas de piso, laterais, portas, portas ao carro- para o eventual novo produto. Na linha do Eos, entraram mais dois robôs para as estações das longarinas. Foi ainda instalado um segundo aparelho Perceptron de medição dimensional a laser da carroçaria do Scirocco no fi nal das estações de soldadura do piso, para além do existente no fi nal da linha de estrutura (Framing). Na sequência de um KVP Cascata, na est do Eos/Scirocco, foram redistribuídos por outras estações os pontos manuais de soldadura que eram dados no cockpit. Na estação do piso II AFO 9020 (Eos) substituíram os aparelhos que lêem o posicionamento da mesa (encoders) por outros que permitem maior estabilidade na leitura dimensional. As linhas As linhas dos VW Sharan e Seat Alhambra vão ser todas desmanteladas no fi m de produção do actual MPV. Linha do Eos independente Linha principal do Scirocco e do eventual novo produto vai ser comum no piso e estrutura (Framing) e haverá linhas independentes para os subgrupos, para o piso, portas e para os painéis laterais Na zona do Metal Finish: uma linha para todos os modelos Já existiam uma cabine de soldadura da carroçaria por laser na linha do Scirocco e duas na linha do Eos. Agora, para a bagageira do eventual novo produto, foi instalado uma nova cabine, com um sistema de soldadura laser por díodos, mais compacto, com o mesmo nível de geração de energia mas consumindo menos e ocupando também menos espaço na linha. OUTUBRO NOVEMBRO 09

15 15 Área de Qualidade / Aceitação Final Fomos dar apoio no lançamento do VW Polo A05 em Pamplona 24 de Agosto a 11 de Setembro O pedido de apoio surgiu do Sr. Junitz, responsável da Área de Qualidade de Volkswagen Navarra, para fazer face ao elevado volume de produção dos novos VW Polo: quase 1400 carros por dia, a três turnos. A partilha de experiências e informações tornou a investigação e a resolução de problemas mais céleres. Diariamente criávamos acções de contenção e introduziamos processos mais robustos para que aparecessem menos rejeições, reparações e defeitos ao longo da cadeia de produção. E com isto conseguimos melhorar os indicadores de Qualidade e Produtividade. Todo este nosso apoio da Área de Qualidade e também de outros Autoeuropeus das Áreas de Carroçarias e Montagem Final que por lá têm passado nesta fase de lançamento, foi elogiado pelos responsáveis da VW Pamplona, incluindo os que conhecemos bem: o Director de Produção, Ramon Bultó e o Director de Fábrica, Emílio Saenz. Depois de nós e entre 14 de Setembro e 2 de Outubro estiveram destacados José Ferreira e João Marcelino, ambos do Departamento de Aceitação Final. Na foto, da esquerda para a direita: Jose Endurain (Pamplona); Vitor Martins (Volkswagen Autoeuropa); Alberto Fernandez (Pamplona); João Marcelino (Volkswagen Autoeuropa); Valeriano Escudero (Pamplona); Jose Labairu (Pamplona); Javier Muñoz (Pamplona) e Raul Porfírio (Volkswagen Autoeuropa). Foi uma experiência muito positiva que possibilitou o intercâmbio de diferentes procedimentos e a aquisição de novos conhecimentos, nomeadamente do novo sistema F.I.S.* e Q.S.* também a utilização dos P.D.A.* para detecção de defeitos e validação de reparações. - elucidou Raul Porfírio, Líder de equipa destacado para o CP8 *. Os colegas Raúl Porfírio e João Marcelino (CP8) foram destacados para a Inspecção Final de CP8 em Pamplona, enquanto eu integrei uma equipa para o Centro Técnico de Qualidade, que tinha elementos da Fábrica Piloto de Wolfsburg, e de vários Departamentos de Pamplona: Schablonenbau*, Processo, Produção e Peças Compradas. O objectivo para todos nós era tornar rápida a resolução de ocorrências que surgiam na frente (Front end), traseira (Heckend), portas, tampa da mala (Hecklape), capô e cockpit. Texto de: Vitor Martins, Área de Qualidade/ Departamento de Aceitação Final Foi muito interessante assistir a uma rampa de lançamento que rapidamente passou para 1360 carros por dia - comentou João Marcelino, Líder de equipa também destacado para o CP8. * C.P. 8: Check point 8. Zona de inspecção de qualidade aos carros fi nalizados. Situa-se no fi m da nave de Montagem Final * F.I.S.: Fahrzeug Information System. Sistema de controlo da sequenciação de peças dos carros na linha. * Q.S².: Quality System. Base de dados de defeitos ocorridos nos vários pontos de inspecção da fábrica. A partir de 2010 passará a ser substituído por FISeQS * P.D.A.: Personal Data Systems ou Hand Data Terminal. Agenda electrónica portátil ligada à rede e aos sistemas centrais da empresa que permite com total mobilidade introduzir e validar os defeitos nos variados pontos de inspecção. * Schablonenbau: designação em alemão para construção de galgas. Em Pamplona este Departamento efectua o mesmo que a nossa Fábrica Piloto, no que respeita a problemas de produção e a construção de galgas de controlo dimensional. Auditorias Qualidade e Ambiental: resultado positivo! 28 Setembro -2 Outubro Estão de parabéns as equipas envolvidas nas auditorias de seguimento aos sistemas de Qualidade (ISO TS ) e Ambiental (ISO 14001). A nossa fábrica foi recertifi cada pela Agência de Certifi cação Automóvel (V.C.A.). Auditoria aos processos ambientais sob a responsabilidade da Área de Recursos Humanos: formação; Centro Médico; quartel de Bombeiros; cantina e A-Vision, Unidade de Negócios de Frota Sistemas de Qualidade Depois da norma ISO 9001:2000 e depois da ISO TS 16949:2002 passámos agora para um nível de maior exigência, o da norma ISO TS 16949:2009. Próxima auditoria: Novembro de

16 16 Área de Prensas Precisavam, pensaram, fizeram Não se esqueceram sequer de identifi car devidamente quer a moto quer o atrelado. No fi nal, a equipa fi cou com uma moto -que está como novinha- e, em atrelado, segue um carrinho com as condições necessárias para movimentar as peças que trabalham diariamente. Uma nota fi nal importante: o valor de uma moto destas no mercado é de Texto de: Joaquim Escoval, Área de Prensas/ coordenador de TPM Para desempenhar o seu trabalho, a equipa de retrabalhos (rework) da Área de Prensas tem por vezes de transportar de um lado para o outro peças de chapa -portas, capôs, laterais - para as retrabalhar, analisar ou pintar. Esse transporte era efectuado pelos MAFI, uns pequenos carros eléctricos movidos a bateria, pertencentes à equipa de Automação. Contudo, estes carros não reuniam as condições necessárias para um transporte adequado das peças Na Área, havia uma moto Bradsaw desactivada e alguns carros de automação que foram fi cando obsoletos. As equipas de retrabalho -João Pereira, Manuel Silva, Custódio Carvalho, Paulo Ramos, Paulo Batista e Pedro Aires- pensaram em juntar estes dois equipamentos e, durante dois meses, aproveitaram os tempos mortos e recuperaram, alteraram, pintaram e voltaram a montar. O Pepe Legal, o Calimero, o Zé Colmeia, o Obélix A camaradagem dentro das equipas é uma constante nas várias áreas de produção. Mas muitas vezes ultrapassa o sentido de entreajuda e amizade. Em alguns casos, as equipas constroem uma cumplicidade sã e irónica entre eles. É o caso da URQ 1.3, turno B do MPV, na Área de Montagem Final. O Líder da equipa, Luis Campos, dono de grande poder de observação, retirou da Internet os desenhos de personagens da banda desenhada que se identifi cavam melhor com os seus colegas. E Judite Pereira, uma artista da casa, agora na equipa de retrabalhos, pintou-os um a um em T-shirts. Agora, no dia a dia já não se tratam entre si por João Medinas, Vitor Ramos, José Pousadas, Mário Fernandes, Paulo Rosa, Jorge Rosado ou Alexandre Loureiro, etc., mas sim por Pepe Legal, Calimero, Tintin, Crazy Frog, Cebolinha, Zé Colmeia ou Obélix. Até o chefe, o Superintendente Paulo Machado, é o Inspector Gadget. No dia 21 de Agosto trouxeram a sua T-shirt para a foto e para demonstrarem a todos a sua cumplicidade e boa disposição. Uma equipa com boa onda! OUTUBRO NOVEMBRO 09

17 17 Área de Compras e Logística Um americano aprende connosco A nossa fábrica, métodos de trabalho, equipamentos e sistemas são, em grande parte, modelo para serem assimilados por outras fábricas do Grupo. É o caso da fábrica que está em construção nos Estados Unidos, em Chattanooga, Tennessee. Área de Recursos Humanos A equipa de Relações Laborais esclarece Iniciamos esta coluna dedicada a questões legais do âmbito laboral. Estatuto de trabalhador-estudante 20 de Setembro - 3 de Outubro Eric Reilly veio aprender com a equipa de Pré-séries da Divisão de Logística como funciona o processo de disponibilidade das peças e sua certifi cação para o lançamento de um novo carro. Recebeu formação em TEVON, PROMON e KEYMONO, sistemas informáticos que permitem acompanhar o envio atempado de peças dos fornecedores de forma a passarem por todas as fases de certifi cação, controlo de qualidade e de funcionalidade antes do seu lançamento em produção. Estão a fazer o mesmo que nós fi zemos há 17 anos, quando tivemos que criar e adaptar a nossa fábrica aos sistemas e processos da Ford e da Volkswagen. Hoje em dia, gerimos todas as peças antes da entrada em produção de série. São já no total 8500 peças do Eos, 7100 do Scirocco e do Sharan e Alhambra. Incluem-se as peças estampadas, alguns componentes, peças JIT e as peças compradas. - explicou José França, Especialista de Pré-séries. - Percebi que há muita informação para assimilarmos. A fábrica é fabulosa, realmente. Foi o vosso anterior Director de Departamento de Pré-Séries, Axel Sobottka, que é actualmente o nosso em Chattanooga, quem me propôs vir aqui aprender. Estou ansioso por começar os meus próprios processos e de ensinar a minha pequena equipa. contou Eric Reilly. Fábrica Volkswagen Chattanooga Terá nave de Carroçarias, Pintura e Montagem Final. As peças virão estampadas de um fornecedor externo. Em Outubro de 2009 conta com 100 colaboradores mas serão cerca de 2200 no lançamento (Start of Production) em Janeiro de O modelo a fabricar tem um nome de código NMS (New Midsize Sedan) e dirige-se ao mercado americano. Produção inicial: 500 unidades /dia. Capacidade: 150 mil unidades/ano. Conceito inovador da construção: caminho curto. Proximidade física para melhor comunicação entre as Áreas de Compras, Desenvolvimento, Qualidade e Montagem Final. Director Geral: Frank Fischer. Director da Área de Recursos Humanos: Hans- Herbert Jagla, que foi nosso Director de Recursos Humanos entre 1992 e Como se pode beneficiar do estatuto de trabalhador-estudante? Para poder benefi ciar do regime previsto na lei, o trabalhador estudante deve apresentar ao empregador: Comprovativo da sua condição de estudante, com indicação do nome do curso, ano e disciplinas em que está inscrito Horário escolar carimbado pela instituição de ensino Comprovativo de aproveitamento escolar, no fi nal de cada ano lectivo O formulário Drhcs370, preenchido e assinado, do Pedido de concessão do estatuto de trabalhador Estudante que se encontra na drive X:\SGQ\Docs_Ofi ciais - AUTOEUROPA -\DRH (Depart. Recursos Humanos)\C - Administração Empregados e Serviços\Formatos Quantas horas semanais podemos usufruir para assistência a aulas? Benefi cia de dispensa de trabalho até seis horas semanais, caso o seu horário escolar coincida com o seu horário laboral. Deverá apresentar, juntamente com a comunicação de ausência, uma declaração de presença na aula, assinada e carimbada pela instituição de ensino. Quantos dias podemos usufruir para prestar provas de avaliação? Para prestação de provas de avaliação, o colaborador tem direito a faltar justifi cadamente ao trabalho até um total de 4 dias/ ano por disciplina. Por prova, pode usufruir até dois dias, sendo um deles o da realização da prova e o outro o dia imediatamente anterior. No caso de provas em dias consecutivos ou no caso de mais de uma prova no mesmo dia, os dias anteriores são tantos quantas as provas de avaliação a efectuar, e em que sábados, domingos e feriados são contabilizados. Juntamente com a comunicação de ausência, o colaborador deve apresentar ao empregador uma declaração de presença na prova, assinada e carimbada pela instituição de ensino. Para mais esclarecimentos: Volkswagen nos EUA Mercado EUA: no 1º semestre de 2009, o Grupo Volkswagen vendeu veículos na América do Norte, contra em igual período do ano passado (-3,1%), num mercado que se retraiu somente em 13%, devido aos incentivos governamentais. O objectivo do Grupo Volkswagen até 2018 (Mach 18) é de comercializar 800 mil carros ano nos EUA em Cláudio Marinho, Relações Laborais das Áreas de Montagem Final, Director Executivo e Direcção de Produção Telefone:

18 18 O Barómetro de opinião continua a funcionar! Entre Março e Maio de 2010, todas as fábricas do Grupo Volkswagen vão de novo realizar um questionário de satisfação aos seus colaboradores o Barómetro de Opinião. Área de Qualidade. Pequenas intervenções para melhorar o trabalho e a satisfação Em Março de 2009, realizámos o primeiro Barómetro de Opinião com um elevado índice de participação. Desde essa altura, as respostas dos colaboradores foram detalhadamente estudadas pelas chefias. Estas responsabilizaram-se em optimizar no terreno situações decorrentes de respostas que, segundo as regras do Grupo Volkswagen, são de intervenção prioritária ou seja, as que obtiveram mais de 33% de resultados amarelos, laranjas e vermelhos. Praticamente transversais a todas as Áreas, as questões Considero-me bem informado sobre a empresa e os projectos em curso e Falhas e problemas são rapidamente solucionados na minha área/equipa têm sido foco para melhorias. Eis um exemplo. Os 80 colaboradores das equipas de Soldadura, Teste de estrada, Aceitação Final e Mercados Especiais que reportam a José Machado no Departamento Aceitação Final (Área de Qualidade), tiveram 93% de assiduidade ao Barómetro de Opinião. Algumas intervenções para melhorar a comunicação, as condições, a motivação estão já a ser efectivadas, de acordo com José Machado. Comunicação. Duas reuniões semanais de equipa e uma reunião mensal com José Machado para ser inteirarem do que se passa na fábrica. A opinião dos colaboradores conta. Colocação de duas caixas para sugestões, opiniões, reclamações. É para os colaboradores colocarem lá o que lhes vai na alma, anonimamente. Procuramos depois analisar as situações. Mas uma das sugestões lá colocadas já originou um KVP². Tem a ver com a eliminação de um perno (stud) que é desnecessário no compartimento do motor do Scirocco e que vai gerar poupança! Infra-estruturas de apoio. Contratação de um sistema de leasing para tratar as roupas de trabalho destes colaboradores que não tinham serviço de lavagem de roupa. Desburocratização. Alteração pelas entidades ofi ciais do Instituto de Mobilidade de Transportes do processo de matrículas dos carros que saem para o teste de estrada externo diário (road test). Juntamente com os colegas da Área de Recursos Humanos foi possível alterar a legislação para podermos agilizar o nosso processo de saída de carros da fábrica, evitando o preenchimento moroso das guias de itinerário. Passou a existir um logbook simples de preencher. Simultaneamente alteraram-se as chapas de matrícula desses carros. Em vez das vermelhas, ostensivas, com a palavra Autoeuropa passaram a ser semelhantes às normais. Os eventuais novos produtos também já podem fazer o teste de estrada em Portugal em vez de em Espanha, com estas novas matrículas. Vespistas ganhadores Atrás da Vespa vencedora, os Vespistas ganhadores : da esqª para a dtª Quirino, Valente, Silva e Ricardo. Aos que gostarem deste tipo de veículo, das concentrações e das competições que eles proporcionam, o Valente e o Silva aconselham a consulta dos seguintes sites (www. vesparacing.pt). O Silva e o Valente estavam lá, em Oiã. Dois Autoeuropeus da Área de Prensas e uma Vespa, no meio de centenas de Vespas reunidas para o Nacional Vespas Racing. O Valente, da Automação de Prensas, prepara e dá assistência à máquina, uma respeitável Vespa de 75 cc fabricada em Ao Silva do Rework e a mais dois outros pilotos externos à Volkswagen Autoeuropa cabe o papel de puxar por ela ao máximo, em turnos de meia hora, levando-a ao topo da corrida para assim conseguirem olhar todos os adversários por cima do ombro. Só assim o lugar cimeiro do podium será deles. E foi mesmo. Em Oiã, no passado dia 26 de Outubro eles trouxeram todos os prémios maiores da corrida nacional de Vespas: o primeiro prémio da categoria e o de vencedores absolutos desta competição. Uma verdadeira equipa ganhadora. Este prémio de âmbito nacional decorre em quatro provas. Em 2009 já decorreram em Glória do Ribatejo (prova citadina de 3horas); Leiria (kartódromo, 6 horas); Abrantes (kartódromo, 24 horas) e no kartódromo de Oiã, 6horas. As corridas são organizadas em classes 1 e 2. A classe 2, onde concorrem os nossos campeões, são máquinas completamente originais enquanto as Vespas da classe 1 já admitem todo o tipo de alterações. Geralmente competem vinte e cinco destas saudosas máquinas às quais os respectivos pilotos e assistentes dedicam todo o seu saber e empenho para as manter com a sua beleza original e também competitivas. Às renhidas provas, seguem-se concentrações de mais de 800 máquinas deste tipo tornando bem coloridos, vivos e sonoros os espaços onde decorrem. Proporcionam bons momentos de convívio e de troca de experiências entre os vespistas participantes. Texto de : Joaquim Escoval, Área de Prensas/ coordenador de TPM OUTUBRO NOVEMBRO 09

19 19 O meu trabalho Os pinheirinhos do Dia da Porta Aberta É preciso ser tão cuidadoso como numa ourivesaria Francisco Lopes, 35 anos, entrou em Operador da Linha de dobragem e rebordagem (Clinching) /Scirocco, Área de Carroçarias. Com a pistola manual de soldadura, soldo 15 pontos no painel interior das portas dianteiras, coloco reforços da porta no dispositivo de fi xação (jig) para o robô a soldar e vou para outra estação soldar Mig Mag em reforços das portas. No fi m da linha, coloco o painel exterior da porta no jig e o robô junta-o automaticamente ao painel interior. Vou ver se há mossas e se houver reparo-as. No capô, também controlo o painel interior e exterior que vai a soldar no robô e no fi m da linha passo com o treme, a lixadora, para aparar as pontas antes de irem para o jig da linha de portas (doors to body). No portão traseiro, coloco vários reforços no painel interior e soldo-os em três mesas diferentes. Colocamo-lo no robô para fazer a junção com o painel exterior que vem estampado da Área de Prensas. Aqui há também um trabalho meticuloso de qualidade no fi nal quando temos que passar a lixadora e bolear as pequenas mossas das auréolas causadas pela soldadura. Porque é que gostas do teu trabalho? Porque antes, durante 16 anos, gostei de trabalhar numa ourivesaria e isto aqui, embora não seja tão delicado, obriga a ter muita atenção ao pormenor e a ter muito cuidado nas operações. Tenho muito orgulho no meu trabalho e na Área de Prensas Leontina Reis, 50 anos, entrou em É responsável pelo Planeamento de Produção da Área de Prensas, com o apoio de três Técnicos. Todos os dias, assim que chego, consulto no sistema Press2 o que aconteceu nos três turnos do dia anterior. Verifi co se foram cumpridos os objectivos de Produção planeados e elaboramos o novo plano de produção para os dias seguintes. O sistema calcula os tempos para cada lote de produção com base no histórico das últimas oito produções de cada peça. Ao todo, planeamos cerca de 213 conjuntos de ferramentas. Não nos podemos esquecer que, de momento também é da nossa responsabilidade o planeamento de peças (5 sets ) para PMS do Golf e 3 sets para o novo Polo. Assisto à reunião diária de produção às 7.30h. Às 8.15h já estou a reunir com os fornecedores das novas ferramentas do eventual novo produto, para planear os respectivos testes. Às 8.30h é a reunião do Planeamento de Produção com todos os Líderes de Equipa, onde é apresentado o plano diário de Produção e informação para o dia seguinte. É da minha responsabilidade o cálculo para o relatório confi dencial Harbour Report, assim como a elaboração mensal do relatório Konzern Benchmark para o Grupo Volkswagen sobre o desempenho das nossas Prensas: o tempo que levam a trocar a ferramenta as peças por hora, etc. Tudo entra em competição dentro do Grupo Volkswagen e dentro do sector automóvel (Harbour report)! Sou ainda responsável pelo planeamento de peças de serviço para reposição, por exemplo, em carros acidentados. E há ainda a calendarização, sempre que é necessário antecipar produção para ganharmos capacidade e stocks. O inventário anual geral também é da nossa responsabilidade. Porque é que gostas do teu trabalho? Porque dá luta, e porque gosto de contribuir para a Organização e Objectivos da minha Área! Quem veio ao Dia da Porta Aberta de 29 de Junho de 2003 recordase certamente de levar para casa um pequeno vaso com um pinheirobébé, oferta de um dos muitos fornecedores da Área de Carroçarias que participaram neste evento público na nossa fábrica. Foram mais de quatro mil os pinheiros distribuídos. E dois deles, sabemos agora onde estão: no Casal da Mata, em Dornes, numa das encostas do rio Zêzere. Branco de Sousa, nosso colega da Área de Prensas/Cunhos e Cortantes, fi cou feliz ao saber que o dono lhes chama os pinheiros da Autoeuropa. E, tal como a nossa fábrica, também os pinheiros estão em pleno crescimento em terreno íngreme... Embaixador da Alemanha 23 de Setembro de 2009 A visita à nossa fábrica do Embaixador da Alemanha em Portugal, Sr. Helmut Elfenkämper e do Conselheiro para os Assuntos Económicos, Dr. Philipp Deichmann (ao centro) teve como ponto fulcral uma reunião com o nosso Director Executivo, Andreas Hinrichs e com Julius von Ingelheim, Director da Área de Recursos Humanos, em que na agenda estiveram assuntos relacionados com a situação da indústria automóvel em geral, as perspectivas da Volkswagen Autoeuropa perante o difícil cenário actual e as possibilidades que existem para reforçar o cluster automóvel em Portugal. Flash do P.A.I.! Maria João Galvão, Secretária de Bruno Torres, Director da Área de Planeamento, Ambiente e Infra-estruturas,, edita quinzenalmente uma folha de informações com pequenas notícias específi cas que envia por para os seus colegas da Área. Objectivo: melhorar a comunicação!

20 Participa no concurso de fotografia Este é o nosso carro O resto é paisagem! Esta é a fotografi a vencedora do jornal nº 135 (Outubro 2009). O nosso Seat Alhambra com a lindíssima vila beirã de Piódão em fundo (a visitar!). Foi tirada pelo colega António Morais, da Área de Montagem Final. Parabéns! Autoeuropeus de gema Frases filosóficas (segundo os colegas) Eh pá, não posso acreditar quando está sob stress. Carrrapau e Sarrrdinha por ser de Setúbal, utiliza muitas vezes estas expressões. Então vá! quando termina uma conversa pelo telefone. Temos de verifi car isso! quando fala sobre problemas da linha. Patrocinador do concurso de fotografia. O que fotografar? O nosso MPV (VW Sharan ou Seat Alhambra), o VW Eos ou o VW Scirocco, juntos ou separados, têm que estar sempre na foto! Num ângulo interessante, num cenário especial, numa situação fora do comum. A cores ou a preto e branco. Escolha da melhor A fotografi a vencedora é seleccionada pela redacção do Jornal Autoeuropa. Todas as fotografi as enviadas permanecem a concurso, jornal após jornal. Prémio Para o vencedor, a empresa patrocinadora BES - oferece um voucher para a estadia de duas pessoas numa noite com pequeno almoço bufffet num dos Hotéis de 4 estrelas Vila Galé em Portugal. Para levantar o voucher, o vencedor deve contactar o Sr. Rui Correia na agência do BES na Volkswagen Autoeuropa. Para concorrer Somente os colaboradores da Volkswagen Autoeuropa podem concorrer. As fotos devem ser entregues a Isabel Carimbo, Rec. Humanos, Comunicação Interna, edif.10, 1º andar, ext. 2776, ou enviadas por autoeuropa.pt). Junto à foto deve constar o nome do colaborador e sua Área de trabalho e local onde foi tirada. Ponto Electrão: deita aqui o que já não funciona! Ao abrigo de um protocolo celebrado entre a Volkswagen Autoeuropa e a Amb3E, entidade gestora dos resíduos de equipamentos eléctricos e electrónicos, foram colocados dois Pontos Electrão na fábrica. Nos Pontos Electrão podes colocar aparelhos eléctricos e pequenos electrodomésticos que já não funcionam, ou que deixaram de ter utilidade. Onde estão? Portaria Principal (Main Gate) no acesso ao parque de estacionamento e ao parque Edifício 10, junto à recepção. Ao utilizares os Pontos Electrão tens a garantia de que todos os resíduos são adequadamente reciclados. Evitas que acabem em aterros. E proteges o Ambiente! PODES DEPOSITAR: - varinhas mágicas - ferros de engomar - aspiradores - material informático - telemóveis - aquecedores - torradeiras - brinquedos - candeeiros (sem as lâmpadas) - ferramentas - equipamentos de som e imagem - etc. NÃO PODES DEPOSITAR: lâmpadas de qualquer tipo - pilhas - baterias Nome: Paulo Machado Idade: 45 anos Função: Superintendente de Produção da linha do MPV na Área de Montagem Final Carro que guia actualmente: EOS 2.0 TDI Um carro de sonho é: Ferrari 599 Nasceu em: Setúbal Reside em: Setúbal Signo: Peixe Agregado familiar: A mulher Candy e os fi lhos, Duarte, 12 anos e a Inês, 6 anos. O que anda a ler: O sétimo selo do José Rodrigues dos Santos Receita preferida: Acho que são várias, mas sem dúvida aquele com o qual não posso passar muito tempo sem ele, é um bom almoço de peixe assado. Grande paixão: A família, os amigos, o sol, o mar a areia a actividade desportiva. Dia perfeito: O conjugar destas paixões Desporto que pratica: Natação e jogging durante a semana e ténis com o meu fi lho ao fi m- de-semana Clube favorito: O Vitória de Setúbal, sempre! O que lhe traz calma: A actividade desportiva no fi nal do dia O que lhe faz perder as estribeiras: A falta de educação e respeito, a hipocrisia, desonestidade, etc Virtude que mais aprecia: A honestidade, a modéstia, a integridade. Pior hábito (ou defeito): Deixo essa avaliação para os amigos. Música que prefere: O leque é bem variado passando pelo fl a- mengo e acabando na tecno. Filme da sua vida: Era uma vez na América Arte (artista, ou obra de arte, etc.): Amália Rodrigues Actriz e actor preferidos: Robert de Niro e Meryl Streep Na vida real, admira: Ninguém em particular, muita gente em diferentes contextos. Locais de sonho: A serra da Arrábida vista do mar numa manhã de Verão. O que fazia se saísse o euromilhões: Desligava o despertador das 5:45h da manhã

intra Perfil do Gestor

intra Perfil do Gestor Perfil do Gestor 35 Entrevista Dinah J. Kamiske, Autoeuropa A internacionalização economia obriga as empresas a tornarem-se mais competitivas. Entrevista de José Branco Dados publicados recentemente prevêem

Leia mais

Inovação TECNOLÓGICA DAS MOTORIZAÇÕES

Inovação TECNOLÓGICA DAS MOTORIZAÇÕES Inovação EVOLUÇÃO TECNOLÓGICA DAS MOTORIZAÇÕES DOSSIER 13 JORGE LIZARDO NEVES O futuro é sem dúvida eléctrico Vem aí a Era de motores menos poluentes e mais eficientes. Quem o diz é o Jorge Lizardo Neves,

Leia mais

GAMA FIAT GPL BI-FUEL: PROJECTADA, FABRICADA E GARANTIDA PELA FIAT

GAMA FIAT GPL BI-FUEL: PROJECTADA, FABRICADA E GARANTIDA PELA FIAT GAMA FIAT GPL BI-FUEL: PROJECTADA, FABRICADA E GARANTIDA PELA FIAT GPL Euro 5 da Fiat Segurança Economia Tecnologia Ecologia A Gama Fiat GPL Bi-Fuel 1 GPL Euro 5 da Fiat A nova oferta GPL Euro 5 da Fiat

Leia mais

Tenho de mudar. o meu estilo de. vida?

Tenho de mudar. o meu estilo de. vida? Tenho de mudar o meu estilo de vida? E se eu quiser percorrer mais quilómetros? Que distância posso percorrer só com bateria? Por que razão a electricidade é a energia do futuro? O Eléctrico com uma autonomia

Leia mais

Novo Audi A3. Sportback é lançado. A estreia será no Paris Motor Show e estará também no salão do Automóvel de São Paulo

Novo Audi A3. Sportback é lançado. A estreia será no Paris Motor Show e estará também no salão do Automóvel de São Paulo 63ª Edição Novo Audi A3 Sportback é lançado A estreia será no Paris Motor Show e estará também no salão do Automóvel de São Paulo Panamera Sport Turismo promete consumo de 28,6 km/l Conceito tem sistema

Leia mais

Na fase de lançamento, o GLK estará disponível com três motorizações V6, duas a gasolina e uma Diesel, que apresentam os seguintes preços:

Na fase de lançamento, o GLK estará disponível com três motorizações V6, duas a gasolina e uma Diesel, que apresentam os seguintes preços: Mercedes-Benz GLK Lançamento em Portugal a 16 de Outubro de 2008 nos Concessionários Oficiais da Marca Classe GLK Edition 1 produzido em exclusivo para o seu lançamento A Mercedes-Benz apresentará no próximo

Leia mais

Os pneus de qualidade Premium são um melhor investimento a longo-prazo do que os Low-Budget

Os pneus de qualidade Premium são um melhor investimento a longo-prazo do que os Low-Budget Comunicado de imprensa Os pneus de qualidade Premium são um melhor investimento a longo-prazo do que os Low-Budget Hannover, Junho de 2008. Relatório do Utilizador A WLS Spedition, sedeada em Steinhagen,

Leia mais

PRIMAVERA BUSINESS SOFTWARE SOLUTIONS, SA

PRIMAVERA BUSINESS SOFTWARE SOLUTIONS, SA PRIMAVERA BUSINESS SOFTWARE SOLUTIONS, SA Introdução Nesta edição do Catálogo de Serviços apresentamos os vários tipos de serviços que compõe a actual oferta da Primavera na área dos serviços de consultoria.

Leia mais

Os acordos laborais da Autoeuropa no enquadramento competitivo do grupo Volkswagen

Os acordos laborais da Autoeuropa no enquadramento competitivo do grupo Volkswagen Os acordos laborais da no enquadramento competitivo do grupo Volkswagen Conferência NEXT 20 Março 2009 Julius von Ingelheim Director de Recursos Humanos O grupo Volkswagen Exemplo de competitividade global

Leia mais

Inovações Tecnológicas em Veículos

Inovações Tecnológicas em Veículos Especialização em Transportes e Vias de Comunicação Sistemas e Tecnologias Inteligentes de Transportes Painel Lisboa 10 outubro 2012 Inovações Tecnológicas em Veículos Pedro Paula Pinto (Director Pós-Venda

Leia mais

Press Release. 8 de Maio, 2008 PI 6234 RB Pr/Vi

Press Release. 8 de Maio, 2008 PI 6234 RB Pr/Vi Press Release Desenvolvimento positivo continuou em todo o Mundo: Bosch atinge o volume de vendas e os resultados esperados Bom início para 2008 / " largo espectro de crescimento " 8 de Maio, 2008 PI 6234

Leia mais

Bem-vindos à Volkswagen Autoeuropa Encontro com a Imprensa 20 de março de 2013. Volkswagen Autoeuropa

Bem-vindos à Volkswagen Autoeuropa Encontro com a Imprensa 20 de março de 2013. Volkswagen Autoeuropa Bem-vindos à Encontro com a Imprensa 20 de março de 2013 Intervenção do eng.º António de Melo Pires Diretor-Geral Agenda Resultados do Grupo Volkswagen Resultados da Recursos Humanos A estratégia do Grupo

Leia mais

A família Volkswagen está a aumentar. A gama de modelos do construtor

A família Volkswagen está a aumentar. A gama de modelos do construtor A família Volkswagen está a aumentar. A gama de modelos do construtor cresce e dificilmente algum nicho ficará de fora. Para além de novos carros, a marca germânica aposta na introdução de tecnologia inovadora.

Leia mais

FUSO A Daimler Group Brand NOVA CANTER ECO HYBRID. Green light for efficiency

FUSO A Daimler Group Brand NOVA CANTER ECO HYBRID. Green light for efficiency FUSO A Daimler Group Brand NOVA CANTER ECO HYBRID Green light for efficiency RENTABILIDADE E SUSTENTABILIDADE AMBIENTAL Quando os desafios e tarefas dos transportes modernos se juntam às exigências europeias

Leia mais

Portugueses lideram desenvolvimento de novo conceito para carroçarias de autocarros

Portugueses lideram desenvolvimento de novo conceito para carroçarias de autocarros Página Web 1 de 6 As Ciências A Revista Fóruns Dossiers Podcast Classificados Contactos Guia do Ensino Superior Guia Prático Ministros da Competitividade aprovam orçamento para Instituto Europeu de Tecnologia

Leia mais

Gama Honda. Conseguir uma identidade única é o que justifica a existência da Honda. Soichiro Honda

Gama Honda. Conseguir uma identidade única é o que justifica a existência da Honda. Soichiro Honda Gama Honda Conseguir uma identidade única é o que justifica a existência da Honda. Soichiro Honda A Honda Portugal, S.A., reserva-se o direito de mudar ou modificar equipamentos, especificações técnicas

Leia mais

Mudança tecnológica na indústria automotiva

Mudança tecnológica na indústria automotiva ESTUDOS E PESQUISAS Nº 380 Mudança tecnológica na indústria automotiva Dyogo Oliveira * Fórum Especial 2010 Manifesto por um Brasil Desenvolvido (Fórum Nacional) Como Tornar o Brasil um País Desenvolvido,

Leia mais

Uma forma de reduzir o consumo de combustível. Existe outra! www.ecodrive.org

Uma forma de reduzir o consumo de combustível. Existe outra! www.ecodrive.org Uma forma de reduzir o consumo de combustível Existe outra! ECO-CONDUÇÃO modo de condução eficiente e equipamentos de bordo Aumenta a segurança rodoviária, reduz o consumo de combustível, reduz custos

Leia mais

Agricube Standard Utilidades Ligeiras

Agricube Standard Utilidades Ligeiras Standard Agricube Standard A nova Série Agricube Standard, com motores Iveco F5C, nasce para combinar as características de Desempenho, Qualidade e Fiabilidade, à Versatilidade das suas variadas utilizações.

Leia mais

Apresentação PowerPoint. Optimização e Integração de métodos de produção. Bruno Lameiro 2005/2006

Apresentação PowerPoint. Optimização e Integração de métodos de produção. Bruno Lameiro 2005/2006 Apresentação PowerPoint Optimização e Integração de métodos de produção Bruno Lameiro 2005/2006 NOTA: Imprimir a cores 1 Texto a preto Títulos informativos do conteúdo no slide Texto a azul Texto para

Leia mais

Sistema de Incentivos à Inovação e I&DT (Sector Automóvel) Quadro de Referência Estratégico Nacional [QREN]

Sistema de Incentivos à Inovação e I&DT (Sector Automóvel) Quadro de Referência Estratégico Nacional [QREN] Sistema de Incentivos à Inovação e I&DT (Sector Automóvel) Quadro de Referência Estratégico Nacional [QREN] Frederico Mendes & Associados Sociedade de Consultores Lda. Frederico Mendes & Associados é uma

Leia mais

PHC Workflow CS. O controlo e a automatização de processos internos

PHC Workflow CS. O controlo e a automatização de processos internos PHC Workflow CS O controlo e a automatização de processos internos A solução que permite que um conjunto de acções a executar siga uma ordem pré-definida, de acordo com as normas da empresa, aumentando

Leia mais

Dados Técnicos e Equipamentos. Polo

Dados Técnicos e Equipamentos. Polo Dados Técnicos e Equipamentos Polo POLO Motores 1.2 (60cv) 1.2 (70cv) 1.2 TSI (90cv) 1.2 TSI (105cv) 1.4 TSI (140cv) 1.4 TSI (180cv) com sistema ACT Motor, Tipo de motor 3 cilindros, Gasolina 3 cilindros,

Leia mais

Aluguer Operacional e Gestão de Frotas

Aluguer Operacional e Gestão de Frotas the world leading fleet and vehicle management company LeasePlan Portugal Lagoas Park - Edifício 6-2740-244 Porto Salvo Ed. Cristal Douro - R. do Campo Alegre, nº 830 - sala 35-4150-171 Porto Tel.: 707

Leia mais

Seminário Mobilidade Eléctrica : o Veículo

Seminário Mobilidade Eléctrica : o Veículo Seminário Mobilidade Eléctrica : o Veículo 8 de Março de 2010 Regulamentação técnica para a aprovação de veículos eléctricos 1 ÍNDICE 1 2 3 4 5 6 7 HOMOLOGAÇÃO DE VEÍCULOS ELÉCTRICOS - ENQUADRAMENTO LEGAL

Leia mais

Comunicado à imprensa

Comunicado à imprensa Comunicado à imprensa Reduzir os custos da frota com pneus Continental A influência dos pneus sobre os custos de um veículo médio / pesado é bem conhecida. No entanto, os preços do crude, as portagens

Leia mais

Projecto Eco-condução Portugal

Projecto Eco-condução Portugal Projecto Eco-condução Portugal Apresentação e Principais Actividades Hélder Pedro, ACAP 20 de Maio 2009 Introdução O conceito de Eco-condução tem nos últimos anos sido alvo de muito interesse em toda a

Leia mais

Senhor Presidente do Instituto da Mobilidade e dos. Senhor Vereador da Câmara Municipal de Lisboa. Senhor Vereador da Câmara Municipal do Porto

Senhor Presidente do Instituto da Mobilidade e dos. Senhor Vereador da Câmara Municipal de Lisboa. Senhor Vereador da Câmara Municipal do Porto Senhor Presidente do Instituto da Mobilidade e dos Transportes Terrestres Senhor Vereador da Câmara Municipal de Lisboa Senhor Vereador da Câmara Municipal do Porto Senhores representantes das associações

Leia mais

RIPCURL PRO PORTUGAL 2011

RIPCURL PRO PORTUGAL 2011 RIPCURL PRO PORTUGAL 2011 Memória Descritiva O ASP World Tour é o circuito correspondente à primeira divisão do surf mundial masculino e feminino. O Rip Curl Pro Search, chegou a Peniche em 2009, sendo

Leia mais

PHC TeamControl CS. A gestão de equipas e de departamentos

PHC TeamControl CS. A gestão de equipas e de departamentos PHC TeamControl CS A gestão de equipas e de departamentos A solução que permite concretizar projectos no tempo previsto e nos valores orçamentados contemplando: planeamento; gestão; coordenação; colaboração

Leia mais

são mesmo o futuro? Pedro Meunier Honda Portugal, S.A.

são mesmo o futuro? Pedro Meunier Honda Portugal, S.A. Automóveis Híbridos: H são mesmo o futuro? Pedro Meunier Honda Portugal, S.A. Veículos em circulação por região Biliões de Veículos 2.5 2 1.5 1 0.5 0 2000 2010 2020 2030 2040 2050 Total África América

Leia mais

RFID CASE STUDY THROTTLEMAN. Hugo Pedro hugo.pedro@sybase.pt 91 879 88 54

RFID CASE STUDY THROTTLEMAN. Hugo Pedro hugo.pedro@sybase.pt 91 879 88 54 RFID CASE STUDY THROTTLEMAN Hugo Pedro hugo.pedro@sybase.pt 91 879 88 54 A TECNOLOGIA RFID A HISTÓRIA A TECNOLOGIA Identificação por Rádio Frequência permite identificar unicamente um objecto, usando ondas

Leia mais

Saab BioPower Hybrid Concept Adiciona Transmissão Híbrida de Dois Modos

Saab BioPower Hybrid Concept Adiciona Transmissão Híbrida de Dois Modos Informação Julho de 2006 Saab BioPower Hybrid Concept Adiciona Transmissão Híbrida de Dois Modos O primeiro híbrido do mundo capaz de funcionar só com combustível renovável puro Transmissão híbrida de

Leia mais

Este vai ser um ano óptimo para fazer negócio 30 de Janeiro de 2009, por FILIPE PACHECO

Este vai ser um ano óptimo para fazer negócio 30 de Janeiro de 2009, por FILIPE PACHECO 25 de Maio de 2009 PUBLICIDADE Este vai ser um ano óptimo para fazer negócio 30 de Janeiro de 2009, por FILIPE PACHECO Miguel Blanc, CEO do grupo FinagenceAFinagence, que detém a L Agence, Addvoices, Scriptmakers

Leia mais

FleetBoard: Sobre nós.

FleetBoard: Sobre nós. Uma empresa da Daimler AG FleetBoard: Sobre nós. A Daimler FleetBoard GmbH, com sede em Estugarda, oferece serviços de Internet apoiados na telemática para a gestão inteligente dos veículos e transportes

Leia mais

Software de Gestão Manutenção e Produção

Software de Gestão Manutenção e Produção Software de Gestão Manutenção e Produção Parceiro global para toda a área de Tecnologias da sua empresa ENQUADRAMENTO A ALIDATA e a SENDYS são empresas 100% portuguesas, no mercado há mais de 30 anos,

Leia mais

Apresentação da empresa Setembro de 2013

Apresentação da empresa Setembro de 2013 Apresentação da empresa Setembro de 2013 1 ORGANIZAÇÃO DA R&C SGPS R&C, SGPS 80% RARI 80% CEDI 78% OVO Solutions 80% VSD 100% RARI GmbH 100% OVO Solutions S.L 100% OVO Service 2 HISTÓRIA DA R&C SGPS A

Leia mais

Grupo Pestana. suporta crescimento da área de venda directa no CRM. O Cliente

Grupo Pestana. suporta crescimento da área de venda directa no CRM. O Cliente Grupo Pestana suporta crescimento da área de venda directa no CRM. O trabalho de consolidação de informação permitiu desde logo abrir novas possibilidades de segmentação, com base num melhor conhecimento

Leia mais

28 DOSSIER MODELO DE NEGÓCIO PERSPECTIVAS DE GESTÃO NO

28 DOSSIER MODELO DE NEGÓCIO PERSPECTIVAS DE GESTÃO NO 28 DOSSIER MODELO DE NEGÓCIO PERSPECTIVAS DE GESTÃO NO APÓS-VENDA DOSSIER 29 JORGE ZÓZIMO DA FONSECA Se fosse um concessionário, o meu negócio era o após-venda Ao longo das duas últimas décadas o mercado

Leia mais

Business Process Management

Business Process Management 1 Business Process Management O imperativo da eficiência operacional Na constante busca pelo aumento da eficiência operacional e diminuição dos custos, as organizações procuram optimizar os seus processos

Leia mais

PLANO DE ACTIVIDADES 2014

PLANO DE ACTIVIDADES 2014 PLANO DE ACTIVIDADES 2014 A - INTRODUÇÃO O ano de 2013 que agora termina, foi decisivo para a continuidade da Fundação do Desporto. O Governo, através do Sr. Ministro-Adjunto e dos Assuntos Parlamentares,

Leia mais

GAMA TT COMPACT TT35 TT40 TT45

GAMA TT COMPACT TT35 TT40 TT45 GAMA TT COMPACT TT35 TT40 TT45 O DERRADEIRO EQUIPAMENTO DE TRABALHO VERSÁTIL. AMBIENTE DO OPERADOR CONCEBIDO COM UM PROPÓSITO FUNCIONAL A forma segue a função na nova gama TT Compact, com instrumentos

Leia mais

O caso Volkswagen Autoeuropa

O caso Volkswagen Autoeuropa Ciclo de Conferências Factores de competitividade na Economia Portuguesa: «Ferrovia, Logística e competitividade na Economia Portuguesa» O caso Sandra Augusto 15 de Maio de 2012 Agenda 1 Breve apresentação

Leia mais

Civic Type R. Sem competição a Honda não existe

Civic Type R. Sem competição a Honda não existe Civic Type R Sem competição a Honda não existe Soichiro Honda Honda Portugal, S.A. Abrunheira 2714-506 SINTRA Tel: 219 155 300 Fax: 219 258 887 e-mail: honda.automoveis@honda-eu.com www.honda.pt qual o

Leia mais

Premier. Quando os últimos são os Primeiros

Premier. Quando os últimos são os Primeiros Premier Quando os últimos são os Primeiros Fundada em 1997 Especializada no desenvolvimento de soluções informáticas de apoio à Gestão e consultoria em Tecnologias de Informação. C3im tem como principais

Leia mais

PRESS info. Vantajoso para a ecologia e economia Ecolution by Scania. P10902PT / Per-Erik Nordström 22 de Setembro de 2010

PRESS info. Vantajoso para a ecologia e economia Ecolution by Scania. P10902PT / Per-Erik Nordström 22 de Setembro de 2010 PRESS info P10902PT / Per-Erik Nordström 22 de Setembro de 2010 Vantajoso para a ecologia e economia Ecolution by Scania Ecolution by Scania é uma nova linha de produtos e serviços verdes com que os operadores

Leia mais

Entrevista ao Engº José Carlos Ramos, Director de Franchising da Explicolândia Centros de Estudo

Entrevista ao Engº José Carlos Ramos, Director de Franchising da Explicolândia Centros de Estudo Entrevista ao Engº José Carlos Ramos, Director de Franchising da Explicolândia Centros de Estudo Criada em Setembro de 2005 em Sacavém, a Explicolândia Centros de Estudo tem sido ao longo dos anos, uma

Leia mais

PRESS info. P14901PT / Örjan Åslund. 24 de setembro de 2014. A Scania na IAA: A Scania foca-se nos benefícios e na sustentabilidade para o cliente

PRESS info. P14901PT / Örjan Åslund. 24 de setembro de 2014. A Scania na IAA: A Scania foca-se nos benefícios e na sustentabilidade para o cliente PRESS info P14901PT / Örjan Åslund 24 de setembro de 2014 A Scania na IAA: A Scania foca-se nos benefícios e na sustentabilidade para o cliente Scania Citywide com sistema híbrido Scania Novas inovações

Leia mais

Brochura GrowUpServices

Brochura GrowUpServices Brochura GrowUpServices 1. O QUE FAZEMOS 1. Quem Somos 03-12-2015 3 1. Quem Somos A GROWUPSERVICES é uma marca da GROWUPIDEAS e que actua na área da consultoria de negócios. Entre os seus sócios acumulam-se

Leia mais

ESTUDO DA PEGADA CARBÓNICA NO SECTOR FINANCEIRO EM PORTUGAL

ESTUDO DA PEGADA CARBÓNICA NO SECTOR FINANCEIRO EM PORTUGAL ESTUDO DA PEGADA CARBÓNICA NO SECTOR FINANCEIRO EM PORTUGAL Agosto de 2010 ÍNDICE ÍNDICE... 2 ENQUADRAMENTO... 3 O IMPACTE DO SECTOR FINANCEIRO NAS ALTERAÇÕES CLIMÁTICAS... 4 PEGADA CARBÓNICA DO SECTOR

Leia mais

O aumento da força de vendas da empresa

O aumento da força de vendas da empresa PHC dcrm O aumento da força de vendas da empresa O enfoque total na actividade do cliente, através do acesso remoto à informação comercial, aumentando assim a capacidade de resposta aos potenciais negócios

Leia mais

A Scania na feira Interschutz 2010 Veículos especiais para operações de socorro e combate a incêndios

A Scania na feira Interschutz 2010 Veículos especiais para operações de socorro e combate a incêndios P10600PT / Per-Erik Nordström Junho 2010 1 (8) PRESS info A Scania na feira Interschutz 2010 Veículos especiais para operações de socorro e combate a incêndios Na feira Interschutz 2010, que decorre entre

Leia mais

Dados Técnicos e Equipamentos. Scirocco. Nota: Reservado o direito de alterações

Dados Técnicos e Equipamentos. Scirocco. Nota: Reservado o direito de alterações Dados Técnicos e Equipamentos Scirocco Nota: Reservado o direito de alterações Motores 1.4 TSI (122cv) 1.4 TSI (160cv) 2.0 TSI (210cv) 2.0 TSI (265cv) Motor, Tipo de motor 4 cilindros, Gasolina 4 cilindros,

Leia mais

Uma Chamada para a Ação: 10 medidas chave para conseguir mais pessoas a utilizar a bicicleta com maior frequência na Europa

Uma Chamada para a Ação: 10 medidas chave para conseguir mais pessoas a utilizar a bicicleta com maior frequência na Europa Uma Chamada para a Ação: 10 medidas chave para conseguir mais pessoas a utilizar a com maior frequência na Europa Manifesto da ECF para as eleições para o Parlamento Europeu de 2014 - Versão breve ECF

Leia mais

QuartelOnline Rev. 1.1

QuartelOnline Rev. 1.1 www.decimal.pt/qo ÍNDICE Introdução... 3 Login Entrada na Aplicação... 4 Frontoffice - Acesso... 5 Backoffice - Detalhes... 5 Backoffice - Tabelas... 5 Tabela - Bombeiros... 5 Tabela Bombeiros (continuação)...

Leia mais

Antecipação Activa Scania o novo cruise control poupa combustível, utilizando os dados do GPS

Antecipação Activa Scania o novo cruise control poupa combustível, utilizando os dados do GPS P11Z01PT / Per-Erik Nordström 2 de Dezembro de 2011 Antecipação Activa Scania o novo cruise control poupa combustível, utilizando os dados do GPS A Scania é pioneira num novo e avançado sistema de cruise

Leia mais

PHC dcrm. Aumente o potencial da força de vendas da sua empresa, ao aceder remotamente à informação comercial necessária à sua actividade

PHC dcrm. Aumente o potencial da força de vendas da sua empresa, ao aceder remotamente à informação comercial necessária à sua actividade O módulo PHC dcrm permite aos comerciais da sua empresa focalizar toda a actividade no cliente, aumentando a capacidade de resposta aos potenciais negócios da empresa. PHC dcrm Aumente o potencial da força

Leia mais

PRESS info. Ecolution by Scania. Produtos e serviços para um melhor resultado económico

PRESS info. Ecolution by Scania. Produtos e serviços para um melhor resultado económico PRESS info 22/10/2013 Ecolution by Scania Produtos e serviços para um melhor resultado económico Ecolution by Scania é um novo modelo de negócio para as empresas de transporte preocupadas com os custos

Leia mais

Vantagem Garantida PHC

Vantagem Garantida PHC Vantagem Garantida PHC O Vantagem Garantida PHC é um aliado para tirar maior partido das aplicações PHC A solução que permite à empresa rentabilizar o seu investimento, obtendo software actualizado, formação

Leia mais

Comissão Europeia Livro Branco dos Transportes. Transportes 2050: Principais desafios e medidas-chave

Comissão Europeia Livro Branco dos Transportes. Transportes 2050: Principais desafios e medidas-chave Razões da importância deste sector Os transportes são fundamentais para a economia e a sociedade. A mobilidade é crucial em termos de crescimento e criação de emprego. O sector dos transportes representa

Leia mais

AGENDA 21 LOCAL CONDEIXA-A-NOVA

AGENDA 21 LOCAL CONDEIXA-A-NOVA AGENDA 21 LOCAL CONDEIXA-A-NOVA PLANO DE COMUNICAÇÃO E DIVULGAÇÃO Deliverable 4 Fase 2 Novembro 2008 1 P á g i n a Índice 1. Objectivos... 3 2. Públicos-alvo... 4 3. Estratégia de Comunicação... 5 3.1

Leia mais

CONHECER O COMISSARIADO DA AUDITORIA

CONHECER O COMISSARIADO DA AUDITORIA CONHECER O COMISSARIADO DA AUDITORIA PARTE I - MISSÃO, VALORES, VISÃO E LINHAS DE ORIENTAÇÃO ESTRATÉGICA DO COMISSARIADO DA AUDITORIA O Comissariado da Auditoria (CA) funciona como órgão independente na

Leia mais

o SEU clube de aluguer de DVD s na internet. BluePlanetDVD.com Study Case 2003 - IDEF/ISEG www.blueplanetdvd.com 1

o SEU clube de aluguer de DVD s na internet. BluePlanetDVD.com Study Case 2003 - IDEF/ISEG www.blueplanetdvd.com 1 BluePlanetDVD.com Study Case www.blueplanetdvd.com 1 A Ideia Necessidades não satisfeitas para o cliente; Uma IDEIA; Dois anos a amadurecer a ideia, de forma a ser inovadora, tecnologicamente avançada,

Leia mais

Estudo de caso. A Brunner AG transita para o Cross-Media. Janeiro de 2011. Empresa suíça avança com equipamento digital de produção

Estudo de caso. A Brunner AG transita para o Cross-Media. Janeiro de 2011. Empresa suíça avança com equipamento digital de produção Estudo de caso Janeiro de 2011 Empresa suíça avança com equipamento digital de produção Comentários ou dúvidas? Índice Introdução... 3 Da impressão em offset para serviços de marketing em cross media...5

Leia mais

www.kaeser.com Compressores Portáteis MOBILAIR M 200 Com o mundialmente reconhecido PERFIL SIGMA Caudal: 14,5 a 21,2 m³/min.

www.kaeser.com Compressores Portáteis MOBILAIR M 200 Com o mundialmente reconhecido PERFIL SIGMA Caudal: 14,5 a 21,2 m³/min. www.kaeser.com Compressores Portáteis MOBILAIR M 200 Com o mundialmente reconhecido PERFIL SIGMA Caudal: 14,5 a 21,2 m³/min. Made in Germany Os MOBILAIR compressores portáteis da KAESER COMPRESSORES são

Leia mais

PHC Recursos Humanos CS

PHC Recursos Humanos CS PHC Recursos Humanos CS A gestão total dos Recursos Humanos A solução que permite a optimização da selecção e recrutamento, a correcta descrição de funções, a execução das avaliações de desempenho e a

Leia mais

A eficiência do laser. The Bend The Combi The Laser The Punch The System The Software

A eficiência do laser. The Bend The Combi The Laser The Punch The System The Software A eficiência do laser The Bend The Combi The Laser The Punch The System The Software Inovação e experiência Econômica e ecológica A máquina de corte a laser PLATINO Fiber 2D tem perfeito balanço entre

Leia mais

Robótica e Automação em PMEs

Robótica e Automação em PMEs J. Norberto Pires Departamento de Engenharia Mecânica Universidade de Coimbra Email: norberto@robotics.dem.uc.pt Web: http://robotics.dem.uc.pt/norberto Robótica e Automação em PMEs Vantagens e dificuldades

Leia mais

ESQUENTADORES SENSOR GREEN

ESQUENTADORES SENSOR GREEN ESQUENTADORES SENSOR GREEN SOLUÇÕES DE ÁGUA QUENTE Índice A eficiência na produção de água quente em grandes quantidades 03 Aplicações e Utilizações 05 Benefícios para o Instalador 06 Líder em Tecnologia

Leia mais

Frankfurt consolida a geração dos motores menores e mais potentes

Frankfurt consolida a geração dos motores menores e mais potentes 1 de 5 28/9/2011 14:36 globo.com notícias esportes entretenimento vídeos e-mail Globomail Pro Globomail Free Criar um e-mail central globo.com assine já todos os sites 21/09/2011 07h21 - Atualizado em

Leia mais

Opel Corsavan. Sistema de travagem antibloqueio. Carga útil máxima até 475 kg. Volume máximo do compartimento de carga: 0,92 m 3

Opel Corsavan. Sistema de travagem antibloqueio. Carga útil máxima até 475 kg. Volume máximo do compartimento de carga: 0,92 m 3 Opel Corsavan Opel Corsavan Com uma aparência desportiva excepcional, o Opel Corsavan é uma clara afirmação de estilo para qualquer empresa que se preocupe com a imagem. Apresenta um design dianteiro

Leia mais

VI Jornadas técnicas de segurança no trabalho da AEVA

VI Jornadas técnicas de segurança no trabalho da AEVA VI Jornadas técnicas de segurança no trabalho da AEVA Agenda Volkswagen Autoeuropa em Portugal Produtos e produção Recursos Humanos Boas práticas preventivas 2/32 Volkswagen Autoeuropa em Portugal 3/32

Leia mais

Salário de E-commerce Director pode chegar aos 75.000

Salário de E-commerce Director pode chegar aos 75.000 Salário de E-commerce Director pode chegar aos 75.000 Outras conclusões: Recrutamento na área de Marketing Digital registou crescimento de 15%. Área de E- commerce cresceu 6% Remuneração dos profissionais

Leia mais

8º GRANDE PREMIO FREI GIL

8º GRANDE PREMIO FREI GIL 8º GRANDE PREMIO FREI GIL REGULAMENTO CHAIMITE REGULAMENTO GERAL a) Não poderão participar no concurso membros do júri. b) As equipas deverão ser constituídas por um professor e por 2 (mínimo) a 5 (máximo)

Leia mais

Capítulo Descrição Página

Capítulo Descrição Página MANUAL DA QUALIIDADE ÍNDICE Capítulo Descrição Página 1 Apresentação da ILC Instrumentos de Laboratório e Científicos, Lda Dados sobre a ILC, sua história, sua organização e modo de funcionamento 2 Política

Leia mais

Programa de Formação

Programa de Formação Programa de Formação Aspectos gerais Conteúdo Aspectos gerais 1. Desenvolvimento da formação básica.................................. 1 2. Tecnologia básica de reboque.......................................

Leia mais

Regulamento. Regulamento do 13º encontro de clássicos e desportivos do Clube automóvel da Marinha Grande. 06 de Abril de 2013

Regulamento. Regulamento do 13º encontro de clássicos e desportivos do Clube automóvel da Marinha Grande. 06 de Abril de 2013 CLUBE AUTOMÓVEL DA MARINHA GRANDE Regulamento Regulamento do 13º encontro de clássicos e desportivos do Clube automóvel da Marinha Grande 06 de Abril de 2013 02 02 2013 Índice 1. Introdução e objectivos...

Leia mais

PROJECTO DE FUSÃO. Marinha Grande, 24 de Abril de 2007

PROJECTO DE FUSÃO. Marinha Grande, 24 de Abril de 2007 Este documento, apresentado como Modelo de Projecto de Fusão, resulta de um caso (processo de fusão) real. Na conjuntura actual, em que as entidades empresariais cada vez mais encaram processos de reorganização

Leia mais

PHC dintranet. A gestão eficiente dos colaboradores da empresa

PHC dintranet. A gestão eficiente dos colaboradores da empresa PHC dintranet A gestão eficiente dos colaboradores da empresa A solução ideal para a empresa do futuro, que necessita de comunicar de modo eficaz com os seus colaboradores, por forma a aumentar a sua produtividade.

Leia mais

1. (PT) - Turisver, 20/09/2012, Pedro Duarte 1. 3. (PT) - Diário Económico, 25/09/2012, Unicer antecipa crescimento de 15% das vendas em Angola 5

1. (PT) - Turisver, 20/09/2012, Pedro Duarte 1. 3. (PT) - Diário Económico, 25/09/2012, Unicer antecipa crescimento de 15% das vendas em Angola 5 Tema de pesquisa: Internacional 25 de Setembro de 2012 Revista de Imprensa 25-09-2012 1. (PT) - Turisver, 20/09/2012, Pedro Duarte 1 2. (PT) - Jornal de Negócios - Negócios Mais, 25/09/2012, Bluepharma

Leia mais

Filtros de Partículas Diesel

Filtros de Partículas Diesel Introdução A presente nota informativa pretende esclarecer as questões mais frequentes sobre Filtros de Partículas Diesel e as respectivas normas europeias de emissões. Durante as últimas duas décadas

Leia mais

12 ANOS CONSECUTIVOS DE LIDERANÇA RENAULT AINDA MAIS LÍDER DO MERCADO PORTUGUÊS

12 ANOS CONSECUTIVOS DE LIDERANÇA RENAULT AINDA MAIS LÍDER DO MERCADO PORTUGUÊS COMUNICADO DE IMPRENSA 15 de Janeiro 2009 12 ANOS CONSECUTIVOS DE LIDERANÇA RENAULT AINDA MAIS LÍDER DO MERCADO PORTUGUÊS Com uma quota de mercado de 11,9% (Veículos de Passageiros + Comerciais Ligeiros)

Leia mais

VW Autoeuropa Case Study. IV Seminário Plataformas Logísticas Ibéricas

VW Autoeuropa Case Study. IV Seminário Plataformas Logísticas Ibéricas VW Autoeuropa Case Study IV Seminário Plataformas Logísticas Ibéricas Indicadores Sociais: Número de Colaboradores Colaboradores: VW Autoeuropa 3 028 Fornecedores Parque Industrial 2 400 Fornecedores na

Leia mais

Indicadores Ambientais

Indicadores Ambientais Indicadores Ambientais / Desempenho Em, publicámos o nosso primeiro Relatório Ambiental, como forma de divulgar os nossos esforços e resultados na área da protecção ambiental. A presente publicação deve

Leia mais

METRO DO PORTO. Melhoria da mobilidade. Foto do site da Bombardier

METRO DO PORTO. Melhoria da mobilidade. Foto do site da Bombardier METRO DO PORTO Melhoria da mobilidade Foto do site da Bombardier Rui Site: Rodrigues www.maquinistas.org (Ver Opinião) Email rrodrigues.5@netcabo.pt Data: Público, 15 de Dezembro de 2003 METRO DO PORTO

Leia mais

Cidade de Grenoble testa sistema público de partilha de viaturas Toyota i-road e Toyota COMS

Cidade de Grenoble testa sistema público de partilha de viaturas Toyota i-road e Toyota COMS Cidade de Grenoble testa sistema público de partilha de viaturas Toyota i-road e Toyota COMS # Grenoble, a cidade inteligente a partir de Outubro com a 'Citélib by Ha:mo', uma inovação recorrendo as últimas

Leia mais

ITIL v3 melhora Gestão de Serviço de TI no CHVNG/Espinho

ITIL v3 melhora Gestão de Serviço de TI no CHVNG/Espinho Centro Hospitalar Vila Nova de Gaia/Espinho ITIL v3 melhora Gestão de Serviço de TI no CHVNG/Espinho Sumário País Portugal Sector Saúde Perfil do Cliente O Centro Hospitalar Vila Nova de Gaia/Espinho envolve

Leia mais

Tecnologia híbrida no centro das atenções da TOYOTA RACING para 2014

Tecnologia híbrida no centro das atenções da TOYOTA RACING para 2014 011 30/01/2014 Tecnologia híbrida no centro das atenções da TOYOTA RACING para 2014 A TOYOTA Racing revelou os primeiros detalhes da participação no Campeonato do Mundo de Endurance FIA 2014 (WEC), no

Leia mais

Esta sessão explora o papel das TIC (parte do problema ou da solução?), debatendo, nomeadamente, as seguintes questões:

Esta sessão explora o papel das TIC (parte do problema ou da solução?), debatendo, nomeadamente, as seguintes questões: CONGRESSO DAS COMUNICAÇÕES 08 - TIC E ALTERAÇÕES CLIMÁTICAS - 11 NOVEMBRO 09H00 10H30 ABERTURA OFICIAL DO CONGRESSO ALTERAÇÕES CLIMÁTICAS E O FUTURO Segundo o Relatório Stern, caso nada seja feito, os

Leia mais

http://videos.sapo.cv/z3iir8nz8qrawhf9epcm

http://videos.sapo.cv/z3iir8nz8qrawhf9epcm http://videos.sapo.cv/z3iir8nz8qrawhf9epcm Memória Descritiva O Rip Curl Pro realizou-se em Peniche já por 2 ocasiões: Ripcurl Pro Search 2009 Ripcurl Pro Portuhal 2010 O ASP World Tour é o circuito correspondente

Leia mais

INTERVENÇÃO Dr. José Vital Morgado Administrador Executivo da AICEP ****

INTERVENÇÃO Dr. José Vital Morgado Administrador Executivo da AICEP **** INTERVENÇÃO Dr. José Vital Morgado Administrador Executivo da AICEP **** Gostaria de começar por agradecer o amável convite da CIP para participarmos nesta conferência sobre um tema determinante para o

Leia mais

XI Mestrado em Gestão do Desporto

XI Mestrado em Gestão do Desporto 2 7 Recursos Humanos XI Mestrado em Gestão do Desporto Gestão das Organizações Desportivas Módulo de Gestão de Recursos Rui Claudino FEVEREIRO, 28 2 8 INDÍCE DOCUMENTO ORIENTADOR Âmbito Objectivos Organização

Leia mais

PHC dteamcontrol Interno

PHC dteamcontrol Interno PHC dteamcontrol Interno A gestão remota de projectos em aberto A solução via Internet que permite acompanhar os projectos em aberto em que o utilizador se encontra envolvido, gerir eficazmente o seu tempo

Leia mais

Serviços Eletrónicos Portfólio de Produtos e Serviços Estação de Serviços da Ibéria

Serviços Eletrónicos Portfólio de Produtos e Serviços Estação de Serviços da Ibéria Serviços Eletrónicos Portfólio de Produtos e Serviços Estação de Serviços da Ibéria 1 Bosch Electronic Service Worldwide A nossa estação de serviço Por mais de 125 anos, os produtos e sistemas inovadores

Leia mais

SISTEMAS DE IDENTIFICAÇÃO PARA GESTÃO DE RESÍDUOS

SISTEMAS DE IDENTIFICAÇÃO PARA GESTÃO DE RESÍDUOS SISTEMAS DE IDENTIFICAÇÃO PARA GESTÃO DE RESÍDUOS Sistemas de identificação para gestão de resíduos - RFID Os nossos sistemas oferecem hardware profissional e soluções de software para a gestão da eliminação

Leia mais

Serviços. Conquistar. quando identificou a oportunidade de negócio que constituía a Internet enquanto meio para agilizar

Serviços. Conquistar. quando identificou a oportunidade de negócio que constituía a Internet enquanto meio para agilizar Serviços Conquistar um lugar à mesa nas reservas on-line Até há bem pouco tempo Portugal não contava com um serviço especializado para reservar mesas em restaurantes através da Internet. Este ano ganhou

Leia mais

Conselho Regulador da Entidade Reguladora para a Comunicação Social. Deliberação 1/PUB/2008

Conselho Regulador da Entidade Reguladora para a Comunicação Social. Deliberação 1/PUB/2008 Conselho Regulador da Entidade Reguladora para a Comunicação Social Deliberação 1/PUB/2008 Queixa de Joana Leal contra o jornal Diário de Notícias e a SIC, a propósito de uma notícia sobre o modelo Scirocco

Leia mais

Relatório de atribuição do Certificado off7. Observatório Português de Boas práticas Laborais

Relatório de atribuição do Certificado off7. Observatório Português de Boas práticas Laborais Relatório de atribuição do Certificado off7 Observatório Português de Boas práticas Laborais Ano: 2011 1. Índice 1. ÍNDICE... 2 2. SUMÁRIO EXECUTIVO... 3 3. INTRODUÇÃO... 5 4. MEDIR... 8 4.1. METODOLOGIA

Leia mais

SERVIÇO DA MERCAL CONSULTING GROUP PARA VENDA OU ASSOCIAÇÃO ( JOINT VENTURE OU MERGER ) DA SUA EMPRESA

SERVIÇO DA MERCAL CONSULTING GROUP PARA VENDA OU ASSOCIAÇÃO ( JOINT VENTURE OU MERGER ) DA SUA EMPRESA SERVIÇO DA MERCAL CONSULTING GROUP PARA VENDA OU ASSOCIAÇÃO ( JOINT VENTURE OU MERGER ) DA SUA EMPRESA O primeiro requisito para venda de uma empresa, total ou parcialmente, é apresentá-la de forma atraente,

Leia mais