O Reino do Gado. Uma nova fase na pecuarização da Amazônia Brasileira

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "O Reino do Gado. Uma nova fase na pecuarização da Amazônia Brasileira"

Transcrição

1 O Reino do Gado Uma nova fase na pecuarização da Amazônia Brasileira

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

32

33

34

35

36

37

38

39 Quaisquer sejam os fatores de transformação e deslocamento das atividades agrícolas, a mudança no uso do solo na Amazônia é protagonizada pela pecuária. É na pata do boi que repercutem investimentos e alterações no consumo de alimentos ou de energia. A pecuarização da Amazônia se intensificou de maneira sem precedentes nos últimos cinco anos, o que requer uma atenção nova e especial por parte das autoridades governamentais, da cadeia comercial, de instituições financeiras, cientistas e organizações da sociedade civil. O Brasil ainda subestima as dimensões e as dinâmicas deste fenômeno.

LA EDUCACION RURAL Y SU IMPACTO EM EL DESARROLLO LOCAL

LA EDUCACION RURAL Y SU IMPACTO EM EL DESARROLLO LOCAL LA EDUCACION RURAL Y SU IMPACTO EM EL DESARROLLO LOCAL Argileu Martins da Silva Diretor do Departamento de Assistência Técnica e Extensão Rural Secretário Adjunto de Agricultura Familiar SAF A EDUCAÇÃO

Leia mais

Moacyr Bernardino Dias-Filho Embrapa Amazônia Oriental www.diasfilho.com.br Importância das pastagens na pecuária brasileira A maioria (> 90%) do rebanho é criado a pasto Pastagem é a forma mais econômica

Leia mais

Editoria: Capa 1ª Página

Editoria: Capa 1ª Página Editoria: Capa 1ª Página USP identifica vírus mayaro em Manaus 1 Editoria: Plus Cuidar de idosos requer dedicação 04/05/06/07/08 Editoria: Plus Cuidar de idosos requer dedicação 04/05/06/07/08 Editoria:

Leia mais

Ari José Fernandes Lacôrte Engenheiro Agrônomo MS Consultor Sênior

Ari José Fernandes Lacôrte Engenheiro Agrônomo MS Consultor Sênior BEZERROS: VENDER, RECRIAR OU ENGORDAR? Apesar de muitos pecuaristas não adotarem formalmente a estação de monta no Brasil há uma expressiva concentração do numero de animais desmamados no final do 1º semestre.

Leia mais

Contexto. O fenômeno das cheias e vazantes na Amazônia acontece há seculos e as populações tradicionais sabem conviver com ele.

Contexto. O fenômeno das cheias e vazantes na Amazônia acontece há seculos e as populações tradicionais sabem conviver com ele. Contexto O fenômeno das cheias e vazantes na Amazônia acontece há seculos e as populações tradicionais sabem conviver com ele. Dinâmica das Cheias Quando as águas sobem, o gado é levado para terra firme.

Leia mais

A Importância da Extensão Empreendedora em Assentamentos Rurais no Município de Rosário Oeste MT

A Importância da Extensão Empreendedora em Assentamentos Rurais no Município de Rosário Oeste MT A Importância da Extensão Empreendedora em Assentamentos Rurais no Município de Rosário Oeste MT Flávia Cristina Solidade Nogueira Débora Fabiana Aparecida Tenutes Silva Sandro Ribeiro da Costa Universidade

Leia mais

ÍNDICE RELATÓRIO DE GESTÃO 1 DADOS GERAIS SOBRE A UNIDADE JURISDICIONADA 01 2 OBJETIVOS E METAS 09 2.1 Identificação dos Programas de Governo 09 2.2 Descrição das Ações que compõem os programas que a ANEEL

Leia mais

etanol questões para a sustentabilidade

etanol questões para a sustentabilidade etanol questões para a sustentabilidade Ocupação de biomas ameaçados Áreas de atenção especial Monocultura Impactos sobre biodiversidade (positivos se deslocar pastos e grãos) Deslocamento de outras culturas

Leia mais

Seminário Internacional Portugal - Brasil

Seminário Internacional Portugal - Brasil UM PROGRAMA ESPECIAL DE MOBILIDADE INTERNACIONAL EM CIÊNCIA, TECNOLOGIA e INOVAÇÃO Gustavo Santos ast.porto@itamaraty.gov.br Setor de Cooperação Científica Superior Consulado-Geral do Brasil no Porto Seminário

Leia mais

BOMBAS SUBMERSÍVEIS SOLARES

BOMBAS SUBMERSÍVEIS SOLARES BOMBAS SUBMERSÍVEIS SOLARES BOMBA SUBMERSÍVEL SOLAR PS As bombas submersíveis PS são produtos de alta qualidade, concebidos para um abastecimento de água potável mais elevado, água para pecuária, gestão

Leia mais

EMENTA: PROGRAMA: MEDIÇÃO DE VETORES

EMENTA: PROGRAMA: MEDIÇÃO DE VETORES DISCIPLINA: FÍSICA I CRÉDITOS: 04 CARGA HORÁRIA: 60 h/a OBJETIVOS: Identificar fenômenos naturais em termos de quantidade e regularidade, bem como interpretar princípios fundamentais que generalizam as

Leia mais

Visão geral e resumo no formato exigido pelo PNUD

Visão geral e resumo no formato exigido pelo PNUD Visão geral e resumo no formato exigido pelo PNUD I. O PROBLEMA DE DESENVOLVIMENTO E PROBLEMAS IMEDIATOS ENFOCADOS A conversão da floresta primária na Amazônia ameaça a biodiversidade e libera estoques

Leia mais

GEOGRAFIA ENADE 2005

GEOGRAFIA ENADE 2005 GEOGRAFIA ENADE 2005 PADRÃO DE RESPOSTAS QUESTÕES DISCURSIVAS Questão 4 a. 5 pontos Identificar o estudo do meio como uma metodologia de apreensão/apropriação da realidade que permite o enfrentamento dinâmico

Leia mais

Gerindo a Pegada Ambiental da Agricultura: Através de uma Avaliação Comparada dos Riscos e dos Benefícios dos Novos Sistemas Agrícolas

Gerindo a Pegada Ambiental da Agricultura: Através de uma Avaliação Comparada dos Riscos e dos Benefícios dos Novos Sistemas Agrícolas Tradução e adaptação do texto por CiB - Centro de Informação de Biotecnologia www.cibpt.org RESUMO Gerindo a Pegada Ambiental da Agricultura: Através de uma Avaliação Comparada dos Riscos e dos Benefícios

Leia mais

O preço como ferramenta competitiva

O preço como ferramenta competitiva http://www.administradores.com.br/artigos/ O preço como ferramenta competitiva DIEGO FELIPE BORGES DE AMORIM Servidor Público (FGTAS), Bacharel em Administração (FAE), Especialista em Gestão de Negócios

Leia mais

Tema Agricultura e Segurança Alimentar Painel: Edson Paulo Domingues, Cedeplar/UFMG

Tema Agricultura e Segurança Alimentar Painel: Edson Paulo Domingues, Cedeplar/UFMG Tema Agricultura e Segurança Alimentar Painel: Edson Paulo Domingues, Cedeplar/UFMG IMPACTOS ECONÔMICOS DAS MUDANÇAS CLIMÁTICAS NO BRASIL: AGRICULTURA E SEGURANÇA ALIMENTAR Edson Paulo Domingues UFMG FACE

Leia mais

SEMINÁRIO: Tecnologias para o Desenvolvimento Econômico Sustentável

SEMINÁRIO: Tecnologias para o Desenvolvimento Econômico Sustentável SEMINÁRIO: Tecnologias para o Desenvolvimento Econômico Sustentável "INDICADORES DE SUSTENTABILIDADE ASSOCIADOS A CENÁRIOS SOCIOAMBIENTAIS, NECESSÁRIOS AOS NEGÓCIOS SUSTENTÁVEIS DA AMAZÔNIA" 1. INSTITUCIONAL

Leia mais

Planejamento e Gestão de. Projetos Educacionais. www.tecnologiadeprojetos.com.br. Dácio G Moura Eduardo F Barbosa. Belo Horizonte, outubro de 2007

Planejamento e Gestão de. Projetos Educacionais. www.tecnologiadeprojetos.com.br. Dácio G Moura Eduardo F Barbosa. Belo Horizonte, outubro de 2007 Planejamento e Gestão de Projetos Educacionais Dácio G Moura Eduardo F Barbosa Belo Horizonte, outubro de 2007 Projetos em Educação na atualidade Intensificação de atividades com projetos no meio educacional

Leia mais

Problemas Ambientais e Globalização

Problemas Ambientais e Globalização Problemas Ambientais e Globalização 1. (UFES 2014) O mapa acima ilustra as ameaças ambientais no Brasil decorrentes da ocupação do solo. a) Cite duas finalidades para o desflorestamento na região do "Arco

Leia mais

Desenvolvimento Rural Sustentável na Abordagem Territorial. Alexandre da Silva Santos Consultor da SDT/MDA Balneário Camboriu, Novembro de 2011

Desenvolvimento Rural Sustentável na Abordagem Territorial. Alexandre da Silva Santos Consultor da SDT/MDA Balneário Camboriu, Novembro de 2011 Desenvolvimento Rural Sustentável na Abordagem Territorial Alexandre da Silva Santos Consultor da SDT/MDA Balneário Camboriu, Novembro de 2011 Apresentação: Território Rural de Identidade; Programa Territórios

Leia mais

Avanços e Desafios do Desenvolvimento Sustentável no Brasil

Avanços e Desafios do Desenvolvimento Sustentável no Brasil Avanços e Desafios do Desenvolvimento Sustentável no Brasil FÓRUM REGIONAL FUNDAÇÃO PERSEU ABRAMO Egon Krakhecke Local: Manaus Data: 09/05/2014 Desenvolvimento Sustentável - Conceito É o Desenvolvimento

Leia mais

ICC 109 13. 12 outubro 2012 Original: inglês. Plano de Promoção e Desenvolvimento de Mercado

ICC 109 13. 12 outubro 2012 Original: inglês. Plano de Promoção e Desenvolvimento de Mercado ICC 109 13 12 outubro 2012 Original: inglês P Conselho Internacional do Café 109. a sessão 24 28 setembro 2012 Londres, Reino Unido Plano de Promoção e Desenvolvimento de Mercado Antecedentes Este documento

Leia mais

PLANO DE DESENVOLVIMENTO REGIONAL SUSTENTÁVEL PARA A ÁREA DE INFLUÊNCIA NCIA DA RODOVIA SANTARÉM: PLANO BR-163 SUSTENTÁVEL

PLANO DE DESENVOLVIMENTO REGIONAL SUSTENTÁVEL PARA A ÁREA DE INFLUÊNCIA NCIA DA RODOVIA SANTARÉM: PLANO BR-163 SUSTENTÁVEL PLANO DE DESENVOLVIMENTO REGIONAL SUSTENTÁVEL PARA A ÁREA DE INFLUÊNCIA NCIA DA RODOVIA CUIABÁ-SANTAR SANTARÉM: PLANO BR-163 SUSTENTÁVEL GRUPO DE TRABALHO INTERMINISTERIAL Decreto de 15 de março de 2004

Leia mais

Integração Lavoura-Pecuária-Floresta e Produção Familiar: Perspectivas e Avaliação Econômica em Condições de Risco

Integração Lavoura-Pecuária-Floresta e Produção Familiar: Perspectivas e Avaliação Econômica em Condições de Risco Workshop Integração Lavoura-Pecuária-Floresta: Métodos para Avaliação Econômica Integração Lavoura-Pecuária-Floresta e Produção Familiar: Perspectivas e Avaliação Econômica em Condições de Risco Jair Carvalho

Leia mais

Projetos de MDL em aterros sanitários do Brasil: análise política, socioeconômica e ambiental

Projetos de MDL em aterros sanitários do Brasil: análise política, socioeconômica e ambiental Projetos de MDL em aterros sanitários do Brasil: análise política, socioeconômica e ambiental Margareth de C. Oliveira Pavan 1 e Virgínia Parente 2 1 Bacharel em Química - Universidade de São Paulo, Mestre

Leia mais

Anexo 7.4-3 Nota Técnica Revisão de indicadores Socioeconômicos

Anexo 7.4-3 Nota Técnica Revisão de indicadores Socioeconômicos 6 RELATÓRIO CONSOLIDADO DE ANDAMENTO DO PBA E DO ATENDIMENTO DE CONDICIONANTES CAPÍTULO 2 ANDAMENTO DO PROJETO BÁSICO AMBIENTAL Anexo 7.4-3 Nota Técnica Revisão de indicadores Socioeconômicos NM263-7.4-46-NT-017

Leia mais

Acordos assinados por ocasião da Visita ao Brasil da Chanceler Federal da Alemanha, Angela Merkel. Brasília, 14 de maio de 2008

Acordos assinados por ocasião da Visita ao Brasil da Chanceler Federal da Alemanha, Angela Merkel. Brasília, 14 de maio de 2008 Nota nº 229-14/05/2008 Distribuição 22 Acordos assinados por ocasião da Visita ao Brasil da Chanceler Federal da Alemanha, Angela Merkel Brasília, 14 de maio de 2008 Acordo entre o Governo da República

Leia mais

Subsídios técnicos para a agenda brasileira de bioetanol

Subsídios técnicos para a agenda brasileira de bioetanol Subsídios técnicos para a agenda brasileira de bioetanol Oficina Sustentabilidade do Bioetanol 25 e 26 de fevereiro de 2010 Brasília Miguel Taube Netto UniSoma Luis Franco de Campos Pinto UniSoma Estudo

Leia mais

http://www.pic.int Colóquio Tratados internacionais em matéria ambiental, boas práticas de implementação

http://www.pic.int Colóquio Tratados internacionais em matéria ambiental, boas práticas de implementação CONVENÇÃO DE ROTERDÃ SOBRE O PROCEDIMENTO DE CONSENTIMENTO PRÉVIO INFORMADO APLICADO A CERTOS AGROTÓXICOS E SUBSTÂNCIAS QUÍMICAS PERIGOSAS OBJETO DE COMÉRCIO INTERNACIONAL - PIC http://www.pic.int Colóquio

Leia mais

A RELAÇÃO UNIVERSIDADE-EMPRESA NA UFS: UMA INVESTIGAÇÃO A PARTIR DO DIRETÓRIO DOS GRUPOS DE PESQUISA DO CNPQ

A RELAÇÃO UNIVERSIDADE-EMPRESA NA UFS: UMA INVESTIGAÇÃO A PARTIR DO DIRETÓRIO DOS GRUPOS DE PESQUISA DO CNPQ XXIX ENCONTRO NACIONAL DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO. A RELAÇÃO UNIVERSIDADE-EMPRESA NA UFS: UMA INVESTIGAÇÃO A PARTIR DO DIRETÓRIO DOS GRUPOS DE PESQUISA DO CNPQ Felipe Andrade Martins (UFS) felipe.amartins@yahoo.com.br

Leia mais

CONCEITOS CHAVE EM PROJETOS FLORESTAIS DE CARBONO. Celia A. Harvey, Climate Change Initiatives

CONCEITOS CHAVE EM PROJETOS FLORESTAIS DE CARBONO. Celia A. Harvey, Climate Change Initiatives CONCEITOS CHAVE EM PROJETOS FLORESTAIS DE CARBONO Celia A. Harvey, Climate Change Initiatives Projetos de carbono devem : Demonstrar adicionalidade Localizar potenciais fugas Garantir a permanência do

Leia mais

Graduanda em Geografia pela Universidade de São Paulo. Bolsista de iniciação científica da FUSP/BNDES. Contato: ca-milafranco@hotmail.

Graduanda em Geografia pela Universidade de São Paulo. Bolsista de iniciação científica da FUSP/BNDES. Contato: ca-milafranco@hotmail. Implementação de bancos de dados georeferenciados das Viagens Filosóficas Portuguesas (1755-1808) e a criação de um material didático com o uso do Google Earth. Camila Franco 1 Ermelinda Moutinho Pataca

Leia mais

Reserva da Biosfera da Mata Atlântica Experiência em Gestão Territorial

Reserva da Biosfera da Mata Atlântica Experiência em Gestão Territorial Reserva da Biosfera da Mata Atlântica Experiência em Gestão Territorial João Albuquerque - Outubro/ 2009 Reservas da Biosfera-A escala dos Biomas Art. 41. A Reserva da Biosfera é um modelo, adotado internacionalmente,

Leia mais

RELATÓRIO DE ENSAIO Nº CCC/235.585/12 ESPUMA EXPANSIVA PARA FIXAÇÃO DE PORTAS DE MADEIRA ENSAIOS DIVERSOS

RELATÓRIO DE ENSAIO Nº CCC/235.585/12 ESPUMA EXPANSIVA PARA FIXAÇÃO DE PORTAS DE MADEIRA ENSAIOS DIVERSOS Pág.: 1/5 RELATÓRIO DE ENSAIO Nº CCC/235.585/12 ESPUMA EXPANSIVA PARA FIXAÇÃO DE PORTAS DE MADEIRA ENSAIOS DIVERSOS INTERESSADO: ULTRALUB QUIMICA LTDA. Estrada dos Crisantemos, 155 Jardim Flórida. 06407-120

Leia mais

Questão 45. Questão 47. Questão 46. alternativa E. alternativa B

Questão 45. Questão 47. Questão 46. alternativa E. alternativa B Questão 45 O mundo contemporâneo necessita de novas fontes de energia para substituir as convencionais.ospaísesbuscamformasalternativasde produzir energia de acordo com suas características geográficas,

Leia mais

Ana possui uma promissora. Ambiente virtual para inovar

Ana possui uma promissora. Ambiente virtual para inovar Ambiente virtual para inovar Secti lança Portal Paraense de Inovação para conectar atores estratégicos e aumentar investimento em inovação no Pará Por Igor de Souza Ana possui uma promissora empresa de

Leia mais

O Mercado de Energias Renováveis e o Aumento da Geração de Energia Eólica no Brasil. Mario Lima Maio 2015

O Mercado de Energias Renováveis e o Aumento da Geração de Energia Eólica no Brasil. Mario Lima Maio 2015 O Mercado de Energias Renováveis e o Aumento da Geração de Energia Eólica no Brasil Mario Lima Maio 2015 1 A Matriz Energética no Brasil A base da matriz energética brasileira foi formada por recursos

Leia mais

Anexo 1 - Material Informativo de Comunicação Prévia

Anexo 1 - Material Informativo de Comunicação Prévia Anexo 1 - Material Informativo de Comunicação Prévia LINHA DE TRANSMISSÃO 500 kv Manaus - Boa Vista e Subestações Associadas NO BRASIL, o sistema de transmissão de energia elétrica se desenvolveu utilizando

Leia mais

JBS S.A. Políticas de Sustentabilidade da Pecuária 2º Curso ABIOVE para Jornalistas. Márcio Nappo. Diretor de Sustentabilidade JBS Brasil

JBS S.A. Políticas de Sustentabilidade da Pecuária 2º Curso ABIOVE para Jornalistas. Márcio Nappo. Diretor de Sustentabilidade JBS Brasil JBS S.A. Políticas de Sustentabilidade da Pecuária 2º Curso ABIOVE para Jornalistas Márcio Nappo Diretor de Sustentabilidade JBS Brasil AGENDA 1. O Contexto da Pecuária Sustentável no Brasil 2. JBS Case:

Leia mais

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA ECONOMIA E FINANÇAS CENTRO DE PROMOÇÃO DE INVESTIMENTOS CLIMA DE INVESTIMENTOS EM MOÇAMBIQUE

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA ECONOMIA E FINANÇAS CENTRO DE PROMOÇÃO DE INVESTIMENTOS CLIMA DE INVESTIMENTOS EM MOÇAMBIQUE REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA ECONOMIA E FINANÇAS CENTRO DE PROMOÇÃO DE INVESTIMENTOS CLIMA DE INVESTIMENTOS EM MOÇAMBIQUE CONTEÚDO 1 Razões para investir em Moçambique 2 Evolução do Investimento

Leia mais

Serviço Nacional de Aprendizagem Rural PROJETO FIP-ABC. Produção sustentável em áreas já convertidas para o uso agropecuário (com base no Plano ABC)

Serviço Nacional de Aprendizagem Rural PROJETO FIP-ABC. Produção sustentável em áreas já convertidas para o uso agropecuário (com base no Plano ABC) Serviço Nacional de Aprendizagem Rural Serviço Nacional de Aprendizagem Rural PROJETO FIP-ABC Produção sustentável em áreas já convertidas para o uso agropecuário (com base no Plano ABC) Descrição do contexto

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE PAREDE

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE PAREDE 1º Período: 21 de setembro a 17 de dezembro AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE PAREDE Ano Letivo 2015/2016 Gestão de Conteúdos Ensino Básico Estudo do Meio / 4.º ano Domínios Subdomínios Conteúdos programáticos

Leia mais

3.3. Conselho escolar e autonomia: participação e democratização da gestão administrativa, pedagógica e financeira da educação e da escola

3.3. Conselho escolar e autonomia: participação e democratização da gestão administrativa, pedagógica e financeira da educação e da escola 3.3. Conselho escolar e autonomia: participação e democratização da gestão administrativa, pedagógica e financeira da educação e da escola João Ferreira de Oliveira - UFG Karine Nunes de Moraes - UFG Luiz

Leia mais

Universidade Federal de Uberlândia PRGRA Pró-Reitoria de Graduação DIRPS Diretoria de Processos Seletivos

Universidade Federal de Uberlândia PRGRA Pró-Reitoria de Graduação DIRPS Diretoria de Processos Seletivos LÍNGUA PORTUGUESA Gabarito Final - Questão 1 A) O CANDIDATO DEVERÁ MENCIONAR: A1) O sol é importante por causa dos seguintes fatores: é a energia solar que sustenta a vida na Terra; é fonte primária em

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO CONSULTORIA

EDITAL DE SELEÇÃO CONSULTORIA Edital nº 001/2015 EDITAL DE SELEÇÃO CONSULTORIA Contratação de pessoa física ou jurídica para prestar serviços no contexto do Projeto Noroeste: Território Sustentável, conforme descrito abaixo. O Instituto

Leia mais

Agricultura de Baixo Carbono e Bioenergia. Heitor Cantarella FAPESP: Programa BIOEN & Instituto Agronômico de Campinas(IAC)

Agricultura de Baixo Carbono e Bioenergia. Heitor Cantarella FAPESP: Programa BIOEN & Instituto Agronômico de Campinas(IAC) Agricultura de Baixo Carbono e Bioenergia Heitor Cantarella FAPESP: Programa BIOEN & Instituto Agronômico de Campinas(IAC) Bioenergia: energia renovável recicla o CO 2 E + CO 2 + H 2 O CO 2 + H 2 O Fotossíntese

Leia mais

Project Value Due Diligence: Minimizando os riscos de grandes projetos. Fábio Zaffalon

Project Value Due Diligence: Minimizando os riscos de grandes projetos. Fábio Zaffalon Project Value Due Diligence: Minimizando os riscos de grandes projetos Fábio Zaffalon 2 Promon Intelligens Promon Intelligens 2013 Sumário Executivo Para muitos dos nossos clientes, grandes projetos de

Leia mais

Introdução. Objetivos do Curso

Introdução. Objetivos do Curso Introdução A nova dinâmica dos negócios, principalmente relacionada ao meio industrial, impele uma realidade de novos desafios para a indústria nacional. O posicionamento do Brasil como liderança global

Leia mais

Questão de Revisão. Qual é a fonte da força magnética?

Questão de Revisão. Qual é a fonte da força magnética? Física Geral Eletricidade 4 Indução Eletromagnética Aula passada Força magnética entre imãs (magnetos); Pólos magnéticos; Campo magnético; Eletroimã; Força magnética que atua em uma partícula em movimento;

Leia mais

ACORDO DE PREVIDÊNCIA SOCIAL ENTRE O JAPÃO E A REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL

ACORDO DE PREVIDÊNCIA SOCIAL ENTRE O JAPÃO E A REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL ACORDO DE PREVIDÊNCIA SOCIAL ENTRE O JAPÃO E A REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL O Japão e a República Federativa do Brasil, Desejosos de regular suas relações mútuas na área de Previdência Social, Acordaram

Leia mais

GraalBio anuncia primeira planta de etanol celulósico do Hemisfério Sul

GraalBio anuncia primeira planta de etanol celulósico do Hemisfério Sul GraalBio anuncia primeira planta de etanol celulósico do Hemisfério Sul Precursora da produção do biocombustível de segunda geração no Hemisfério Sul, com planta em Alagoas, GraalBio quer se tornar referência

Leia mais

Catalão nas Fronteiras do Capitalismo: do desenvolvimento produtivo a construção da sociabilidade

Catalão nas Fronteiras do Capitalismo: do desenvolvimento produtivo a construção da sociabilidade Catalão nas Fronteiras do Capitalismo: do desenvolvimento produtivo a construção da sociabilidade Leonardo César PEREIRA 1 ; Revalino Antonio FREITAS (orientador) Palavras-chave: trabalho, migração, fronteira,

Leia mais

Índice de Confiança do Agronegócio

Índice de Confiança do Agronegócio Índice de Confiança do Agronegócio Terceiro Trimestre 2014 Principais Resultados:» Índice de Confiança do Agronegócio» Índice da Indústria (antes e depois da porteira)» Índice do Produtor Agropecuário

Leia mais

Sistemas de Bombeamento Através de Energia Solar

Sistemas de Bombeamento Através de Energia Solar Sistemas de Bombeamento Através de Energia Solar Introdução Uma das vantajosas aplicações para energia solar é o bombeamento d água. Em sistemas que requerem bombeamento constante ou durante o período

Leia mais

Declaração de Santa Cruz de la Sierra

Declaração de Santa Cruz de la Sierra Reunião de Cúpula das Américas sobre o Desenvolvimiento Sustentável Santa Cruz de la Sierra, Bolivia, 7 ao 8 de Dezembro de 1996 Declaração de Santa Cruz de la Sierra O seguinte documento é o texto completo

Leia mais

PROGRAMA: 0553 - Atuação Legislativa da Câmara dos Deputados. PROGRAMA: 0551 - Atuação Legislativa do Senado Federal

PROGRAMA: 0553 - Atuação Legislativa da Câmara dos Deputados. PROGRAMA: 0551 - Atuação Legislativa do Senado Federal PROGRAMA: 0553 - Atuação Legislativa da Câmara dos Deputados 3.172.280 9.772.013 Despesas Correntes 2.964.653 9.031.347 Despesas de Capital 207.627 740.666 3.172.280 12.944.292 9.772.013 PROGRAMA: 0551

Leia mais

Anexo II - Programas de Gestão, Manutenção e Serviços ao Estado

Anexo II - Programas de Gestão, Manutenção e Serviços ao Estado Anexo II - Programas de Gestão, Manutenção e Serviços ao Estado PROGRAMA: 0553 - Atuação Legislativa da Câmara dos Deputados 3.185.780 9.806.513 Despesas Correntes 2.978.153 9.065.847 Despesas de Capital

Leia mais

Nova geração de políticas para o desenvolvimento sustentável

Nova geração de políticas para o desenvolvimento sustentável Nova geração de políticas para o desenvolvimento sustentável Helena M M Lastres Secretaria de Arranjos Produtivos e Inovativos e Desenvolvimento Local Rio de Janeiro, 1 de dezembro de 2010 Novas geração

Leia mais

Universidade Federal de Uberlândia PRGRA Pró-Reitoria de Graduação DIRPS Diretoria de Processos Seletivos

Universidade Federal de Uberlândia PRGRA Pró-Reitoria de Graduação DIRPS Diretoria de Processos Seletivos GEOGRAFIA Gabarito Final - Questão 1 A) Dentre os fatores que justificam a expansão da cana-de-açúcar no Brasil, destacam-se: Aumento da importância do álcool ou etanol na matriz energética brasileira;

Leia mais

Pecuária Sustentável Walmart Brasil. Camila Valverde Diretora de Sustentabilidade

Pecuária Sustentável Walmart Brasil. Camila Valverde Diretora de Sustentabilidade Pecuária Sustentável Walmart Brasil Camila Valverde Diretora de Sustentabilidade Walmart no mundo Presente em 27 países 10.800 lojas 2,2 milhões de funcionários Faturamento global: US$ 466,7 bi (2012)

Leia mais

Fundamentos de comércio internacional para pequenas e médias empresas

Fundamentos de comércio internacional para pequenas e médias empresas Fundamentos de comércio para pequenas e médias empresas Bruno Roque Cignacco 1ª edição 2009 Fundamentos de comércio para pequenas e médias empresas Bruno Roque Cignacco Contador formado pela Faculdade

Leia mais

Mudanças Climáticas. PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA Secretaria de Relações Institucionais PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE RELAÇÕES INSTITUCIONAIS

Mudanças Climáticas. PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA Secretaria de Relações Institucionais PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE RELAÇÕES INSTITUCIONAIS Mudanças Climáticas SECRETARIA DE RELAÇÕES INSTITUCIONAIS Premissa das negociações Princípio das responsabilidades comuns, porém diferenciadas, definido pela Convenção do Clima implica no reconhecimento

Leia mais

Municípios Prioritários: Reputação ou Fiscalização?

Municípios Prioritários: Reputação ou Fiscalização? Municípios Prioritários: Reputação ou Fiscalização? Juliano Assunção Romero Rocha Agosto de 2014 Um Relatório do Agradecimentos Agradecemos o Ministério do Meio Ambiente (MMA) e, particularmente Francisco

Leia mais

Feira Internacional de tecnologia e negócios. 05 a 09 de março de 2012 Não-Me-Toque/RS

Feira Internacional de tecnologia e negócios. 05 a 09 de março de 2012 Não-Me-Toque/RS EXPODIRETO 2012 Feira Internacional de tecnologia e negócios 05 a 09 de março de 2012 Não-Me-Toque/RS EXPODIRETO 2012 Feira Internacional de tecnologia e negócios Você é nosso convidado para participar

Leia mais

Público Alvo: Investimento: Disciplinas:

Público Alvo: Investimento: Disciplinas: A Universidade Católica Dom Bosco - UCDB com mais de 50 anos de existência, é uma referência em educação salesiana no país, sendo reconhecida como a melhor universidade particular do Centro-Oeste (IGC/MEC).

Leia mais

A Conferência Geral da Organização Internacional do Trabalho:

A Conferência Geral da Organização Internacional do Trabalho: CONVENÇÃO 182 (Convenção sobre a Proibição das Piores Formas de Trabalho Infantil e a Ação Imediata para a sua Eliminação ) A Conferência Geral da Organização Internacional do Trabalho: Convocada em Genebra

Leia mais

Bloco de Recuperação Paralela DISCIPLINA: Ciências

Bloco de Recuperação Paralela DISCIPLINA: Ciências COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE Bloco de Recuperação Paralela DISCIPLINA: Ciências Nome: Ano: 5º Ano 1º Etapa 2014 Colégio Nossa Senhora da Piedade Área do Conhecimento: Ciências da Natureza Disciplina:

Leia mais

Descrição de Posição

Descrição de Posição Descrição de Posição NOME DA POSIÇÃO: Economista Rural Coordenador de Projeto NOME DA FUNÇÃO: CONSERVATION INFORMATION MANAGER V GRUPO DA FUNÇÃO: Conservação NÚMERO DA FUNÇÃO: 200059 GRADE SALARIAL: 7

Leia mais

Revisando... Segmentos antes da porteira: Insumos agropecuários Serviços agropecuários

Revisando... Segmentos antes da porteira: Insumos agropecuários Serviços agropecuários Revisando... Segmentos antes da porteira: Insumos agropecuários Serviços agropecuários Segmentos dentro da porteira: Produção agrícola Produção pecuária Segmentos depois da porteira: Agroindústria Canais

Leia mais

51 ANOS DA LEI N.º 4.320, DE 17 DE MARÇO DE 1964

51 ANOS DA LEI N.º 4.320, DE 17 DE MARÇO DE 1964 51 ANOS DA LEI N.º 4.320, DE 17 DE MARÇO DE 1964 Conselheiro Inaldo da Paixão Santos Araújo Presidente do Tribunal de Contas do Estado da Bahia (TCE/BA) Campo Grande, 12 de junho de 2015 Ontem Hoje Amanhã

Leia mais

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZONAS INSTITUTO DE CIÊNCIAS EXATAS DEPARTAMENTO DE FÍSICA Av. Gal. Rodrigo Otávio Jordão Ramos, 3000 Japiim CEP: 69077-000 - Manaus-AM, Fone/Fax (0xx92) 644-2006 CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

Leia mais

Concentração de serviços (hospitais, escolas, centros de pesquisas, transportes etc.);

Concentração de serviços (hospitais, escolas, centros de pesquisas, transportes etc.); ESPAÇO URBANO E ESPAÇO RURAL O espaço urbano é o espaço das cidades e se caracteriza pelo predomínio das atividades secundárias e te r- ciárias, ou seja, as atividades industriais, comerciais e de serviços.

Leia mais

Os novos cursos de graduação (Editorial) Data: 19/04/2011 Veículo: O ESTADO DE S. PAULO SP

Os novos cursos de graduação (Editorial) Data: 19/04/2011 Veículo: O ESTADO DE S. PAULO SP Os novos cursos de graduação (Editorial) Veículo: O ESTADO DE S. PAULO SP O avanço da tecnologia e a globalização econômica estão levando as universidades brasileiras a rever seus cursos de graduação,

Leia mais

Características técnicas dos geradores para eletroímãs

Características técnicas dos geradores para eletroímãs .Gerador Hidráulico para Eletroímã Gerador Hidráulico de Elevação de Potência Através do uso de um único, compacto e econômico equipamento, o gerador hidráulico para eletroímãs, transformamos a energia

Leia mais

A Água da Amazônia irriga o Sudeste? Reflexões para políticas públicas. Carlos Rittl Observatório do Clima Março, 2015

A Água da Amazônia irriga o Sudeste? Reflexões para políticas públicas. Carlos Rittl Observatório do Clima Março, 2015 A Água da Amazônia irriga o Sudeste? Reflexões para políticas públicas Carlos Rittl Observatório do Clima Março, 2015 servatório(do(clima( SBDIMA( (( Sociedade(Brasileira( de(direito( Internacional(do(

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº 51/2008. Institui a Política Estadual de Combate e Prevenção à Desertificação e dá outras providências.

PROJETO DE LEI Nº 51/2008. Institui a Política Estadual de Combate e Prevenção à Desertificação e dá outras providências. PROJETO DE LEI Nº 51/2008 Institui a Política Estadual de Combate e Prevenção à Desertificação e dá outras providências. A ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DO ESTADO DO ESPIRITO SANTO DECRETA: Art. 1º Esta lei institui

Leia mais

Índice de Confiança do Agronegócio. Realização Parceiros Pesquisa

Índice de Confiança do Agronegócio. Realização Parceiros Pesquisa Índice de Confiança do Agronegócio Realização Parceiros Pesquisa Motivações Motivações Medir, trimestralmente, as expectativas dos diferentes agentes do agronegócio, como indústria de insumos, cooperativas,

Leia mais

COLABORAÇÃO ENTRE GOVERNO, UNIVERSIDADE E

COLABORAÇÃO ENTRE GOVERNO, UNIVERSIDADE E COLABORAÇÃO ENTRE GOVERNO, UNIVERSIDADE E INDUSTRIA: POR UMA ESTRATÉGIA OUSADA DE INOVAÇÃO NO BRASIL Alvaro Toubes Prata Secretário de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação MCTI Open Innovation Seminar

Leia mais

Na Amazônia, câmeras na floresta 'flagram' 95 animais de 16 espécies

Na Amazônia, câmeras na floresta 'flagram' 95 animais de 16 espécies Page 1 of 8 Natureza 17/07/2012 08h00 - Atualizado em 17/07/2012 17h41 Na Amazônia, câmeras na floresta 'flagram' 95 animais de 16 espécies Armadilhas fotográficas captaram movimentação durante 25 dias.

Leia mais

EDUCAÇÃO AMBIENTAL NO PROCESSO EMPRESARIAL: UMA ESTRATÉGIA NA INTEGRAÇÃO DAS AÇÕES DE SUSTENTABILIDADE

EDUCAÇÃO AMBIENTAL NO PROCESSO EMPRESARIAL: UMA ESTRATÉGIA NA INTEGRAÇÃO DAS AÇÕES DE SUSTENTABILIDADE Revista Ceciliana Jun 5(1): 1-6, 2013 ISSN 2175-7224 - 2013/2014 - Universidade Santa Cecília Disponível online em http://www.unisanta.br/revistaceciliana EDUCAÇÃO AMBIENTAL NO PROCESSO EMPRESARIAL: UMA

Leia mais

CONTEÚDOS DE GEOGRAFIA PARA O ENSINO FUNDAMENTAL COM BASE NOS PARÂMETROS CURRICULARES DO ESTADO DE PERNAMBUCO

CONTEÚDOS DE GEOGRAFIA PARA O ENSINO FUNDAMENTAL COM BASE NOS PARÂMETROS CURRICULARES DO ESTADO DE PERNAMBUCO DE GEOGRAFIA PARA O ENSINO FUNDAMENTAL COM BASE NOS PARÂMETROS CURRICULARES DO ESTADO DE PERNAMBUCO GOVERNADOR DE PERNAMBUCO João Lyra Neto SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO E ESPORTES Ricardo Dantas SECRETÁRIA EXECUTIVA

Leia mais

CHAMADA DE SELEÇÃO INTERNA PARA ALUNOS DA UEA REFERENTE A GRADUAÇÃO SANDUICHE NA ALEMANHA. Chamada pública Programa Ciência sem Fronteiras n.

CHAMADA DE SELEÇÃO INTERNA PARA ALUNOS DA UEA REFERENTE A GRADUAÇÃO SANDUICHE NA ALEMANHA. Chamada pública Programa Ciência sem Fronteiras n. CHAMADA DE SELEÇÃO INTERNA PARA ALUNOS DA UEA REFERENTE A GRADUAÇÃO SANDUICHE NA ALEMANHA Chamada pública Programa Ciência sem Fronteiras n. 118/2012 O QUE É GESTOR Processo de seleção de candidatos de

Leia mais

O País que Queremos Ser Os fatores de competitividade e o Plano Brasil Maior

O País que Queremos Ser Os fatores de competitividade e o Plano Brasil Maior O País que Queremos Ser Os fatores de competitividade e o Plano Brasil Maior Alessandro Golombiewski Teixeira Secretário-Executivo São Paulo, agosto de 2012 Introdução 1 Contexto Econômico Internacional;

Leia mais

A ESTRUTURA DE SUSTENTABILIDADE International Finance Corporation (IFC) Gladis Ribeiro

A ESTRUTURA DE SUSTENTABILIDADE International Finance Corporation (IFC) Gladis Ribeiro A ESTRUTURA DE SUSTENTABILIDADE International Finance Corporation (IFC) Gladis Ribeiro INTERNATIONAL FINANCE CORPORATION (IFC), QUEM SOMOS? A IFC, membro do Grupo Banco Mundial, é uma instituição de desenvolvimento

Leia mais

E desafio da Co- Gestão Sucessão Familiar na AgroPecuária

E desafio da Co- Gestão Sucessão Familiar na AgroPecuária E desafio da Co- Gestão Sucessão Familiar na AgroPecuária Francisco Vila Sociedade Rural Brasileira vila@srb.org.br PROCESSOS O que é Co-Gestão? SINCRONIZAÇÃO Funções + Talentos HABILIDADES 8 Inteligências

Leia mais

Ao Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) Ilmo. Sr. Presidente Prof. Glaucius Oliva

Ao Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) Ilmo. Sr. Presidente Prof. Glaucius Oliva Campinas, 15 de junho de 2013. Ao Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) Ilmo. Sr. Presidente Prof. Glaucius Oliva Em primeiro lugar, antes de argumentar sobre a importância

Leia mais

A Queda do Desmatamento na Amazônia Brasileira: Preços ou Políticas?

A Queda do Desmatamento na Amazônia Brasileira: Preços ou Políticas? A Queda do Desmatamento na Amazônia Brasileira: Preços ou Políticas? * Juliano Assunção, Clarissa Gandour e Rudi Rocha Primeira versão: Março, 2012 Esta versão: Março, 2015 Introdução O desmatamento e

Leia mais

- ATENÇÃO PESQUISADORES -

- ATENÇÃO PESQUISADORES - - ATENÇÃO PESQUISADORES - Informamos abaixo os últimos editais para fomento à pesquisa divulgados pela FAPESB e CNPQ, para conhecimento e possível envio de propostas de projetos: Órgão Responsável: FAPESP

Leia mais

FATORES PROPULSORES DA EXPANSAO RECENTE DA AGRICULTURA CAPITALISTA NO MARANHÃO

FATORES PROPULSORES DA EXPANSAO RECENTE DA AGRICULTURA CAPITALISTA NO MARANHÃO FATORES PROPULSORES DA EXPANSAO RECENTE DA AGRICULTURA CAPITALISTA NO MARANHÃO Benjamin Alvino de Mesquita 1 José de Ribamar Sá Silva 2 Ricardo Zimbrão Affonso de Paula 3 Resumo: Aborda-se a expansão recente

Leia mais

DIRETORIA DE PLANEJAMENTO DIPLA Produtos Fortaleza 2040 Processos Gestão do Plano Fortaleza 2040 Integração de planos setoriais

DIRETORIA DE PLANEJAMENTO DIPLA Produtos Fortaleza 2040 Processos Gestão do Plano Fortaleza 2040 Integração de planos setoriais DIRETORIA DO OBSERVATÓRIO DA GOVERNANÇA DIOBS Produtos Sala Situacional Rede de Salas de Situação Processos Monitoramento Agenda Estratégica Observatório da Governança DIRETORIA DE PLANEJAMENTO DIPLA Produtos

Leia mais

Sebastião Wilson Tivelli Eng. Agr., Dr., PqC da UPD São Roque do Centro de Insumos Estratégicos e Serviços Especializados/APTA tivelli@apta.sp.gov.

Sebastião Wilson Tivelli Eng. Agr., Dr., PqC da UPD São Roque do Centro de Insumos Estratégicos e Serviços Especializados/APTA tivelli@apta.sp.gov. ORGÂNICOS SÃO CAROS. POR QUÊ? Sebastião Wilson Tivelli Eng. Agr., Dr., PqC da UPD São Roque do Centro de Insumos Estratégicos e Serviços Especializados/APTA tivelli@apta.sp.gov.br Quem nunca ouviu ou falou

Leia mais

de Ciências do Ambiente e Sustentabilidade na Amazônia

de Ciências do Ambiente e Sustentabilidade na Amazônia Anais do I Seminário Internacional de Ciências do Ambiente e Sustentabilidade na Amazônia OS RECURSOS NATURAIS E A SUSTENTABILIDADE: UM ESTUDO DOS MODOS DE VIDA NA COMUNIDADE SÃO FRANCISCO DE ASSIS - BAIXO

Leia mais

Plano Brasil Maior e o Comércio Exterior Políticas para Desenvolver a Competitividade

Plano Brasil Maior e o Comércio Exterior Políticas para Desenvolver a Competitividade Plano Brasil Maior e o Comércio Exterior Políticas para Desenvolver a Competitividade Alessandro Golombiewski Teixeira Secretário-Executivo do MDIC Rio de Janeiro, Agosto de 2011 Introdução 1 Contexto

Leia mais

REDUÇÕES DE EMISSÕES DE CARBONO POR DESMATAMENTO EVITADO NO ESTADO DO AMAZONAS: UMA PROPOSTA DE ESTIMAÇÃO 1

REDUÇÕES DE EMISSÕES DE CARBONO POR DESMATAMENTO EVITADO NO ESTADO DO AMAZONAS: UMA PROPOSTA DE ESTIMAÇÃO 1 REDUÇÕES DE EMISSÕES DE CARBONO POR DESMATAMENTO EVITADO NO ESTADO DO AMAZONAS: UMA PROPOSTA DE ESTIMAÇÃO 1 Carlos Eduardo Frickmann Young 2 Vivian Mac-Knight 3 Roberta Carvalho Muniz 4 Raphael Simas Zylberberg

Leia mais

Vestibular UFRGS 2015. Resolução da Prova de Geografia

Vestibular UFRGS 2015. Resolução da Prova de Geografia Vestibular UFRGS 2015 Resolução da Prova de Geografia 51. Alternativa (B) Orientação. A questão pede a localização de países que apresentam iluminação solar oposta a do Brasil. Como estava começando o

Leia mais

Solicitação dos participantes da II Semana do Extrativismo da Terra do Meio à CONAB sobre o PAA e PGPMBio

Solicitação dos participantes da II Semana do Extrativismo da Terra do Meio à CONAB sobre o PAA e PGPMBio Ao Diretor da CONAB Sr. João Intini Ao Gerente da Superintendência Regional da CONAB no Pará Alexandre Sidon Com cópia para: A Ministra do Meio Ambiente Sra. Izabela Teixeira A Secretária de Biodiversidade

Leia mais

Certificações em Gerenciamento de Projetos. Daniel Tadeu Martínez Castello Branco, PMP MBA

Certificações em Gerenciamento de Projetos. Daniel Tadeu Martínez Castello Branco, PMP MBA Certificações em Gerenciamento de Projetos Daniel Tadeu Martínez Castello Branco, PMP MBA Dúvida Quantos aqui atuam como Gerentes de Projeto? Quantos tem investido na carreira de Gerente de Projeto? Tempo

Leia mais

CRISE ECONÔMICA, FRONTEIRA DE RESURSOS E O DESMATAMENTO NA AMAZÔNIA: O CASO DA EXPANSÃO DA AGROPECUÁRIA NO ESTADO DE MATO GROSSO

CRISE ECONÔMICA, FRONTEIRA DE RESURSOS E O DESMATAMENTO NA AMAZÔNIA: O CASO DA EXPANSÃO DA AGROPECUÁRIA NO ESTADO DE MATO GROSSO CRISE ECONÔMICA, FRONTEIRA DE RESURSOS E O DESMATAMENTO NA AMAZÔNIA: O CASO DA EXPANSÃO DA AGROPECUÁRIA NO ESTADO DE MATO GROSSO Charles Mueller Departamento de Economia, Unb COMENTÁRIOS INICIAIS Não é

Leia mais

EDITAL AREX 2013. Programa Ciência sem Fronteiras - Graduação Sanduíche no Exterior para segundo semestre de 2014

EDITAL AREX 2013. Programa Ciência sem Fronteiras - Graduação Sanduíche no Exterior para segundo semestre de 2014 EDITAL AREX 2013 Programa Ciência sem Fronteiras - Graduação Sanduíche no Exterior para segundo semestre de 2014 A Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior CAPES e o Conselho

Leia mais

REQUERIMENTO N o, DE 2015

REQUERIMENTO N o, DE 2015 REQUERIMENTO N o, DE 2015 (Da Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio) Requer a criação e constituição de Comissão Especial destinada a proferir parecer ao Projeto de Lei Complementar

Leia mais