Como fazer cerveja COMO FAZER 25 LITROS DE CERVEJA ALE (ALTA FERMENTAÇÃO) Malte Château Pilsen. Lúpulo Spalt Select 5,4% Ácido Alfa

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Como fazer cerveja COMO FAZER 25 LITROS DE CERVEJA ALE (ALTA FERMENTAÇÃO) Malte Château Pilsen. Lúpulo Spalt Select 5,4% Ácido Alfa"

Transcrição

1 Início Como fazer Kit Cervejeiro 30L Kit Cervejeiro até 60L Matérias-Primas Você está em: Página inicial > Como fazer Versão para impressão Envie por Solicite informações Fale conosco Como fazer cerveja COMO FAZER 25 LITROS DE CERVEJA ALE (ALTA FERMENTAÇÃO) INGREDIENTES Esta forma de preparo é uma receita já muito utilizada por diversos iniciantes na fabricação de cerveja. Ela foi testada e aprovada por diversas pessoas, portanto é uma forma mais garantida de começar. Com o tempo, você mesmo vai alterar alguma coisa ou incorporar outros conhecimentos adquiridos com suas leituras adicionais. Se você é daquelas pessoas que já pesquisaram muitas maneiras de fazer cerveja, com certeza algumas coisas que você verá aqui podem ser diferentes do que está escrito. Ressaltamos que é muito importante seguir as temperaturas e os tempos de cada parte do processo. Isso vai garantir o sucesso da sua primeira cerveja. Você pode divulgar este método em outros sites, porém pedimos que sempre indiquem a origem dela. A lista de equipamentos pode ser vista aqui. MALTE Malte Château Pilsen Lúpulo Spalt Select 5,4% Ácido Alfa Água para adicionar o malte Água para Extração do Extrato Residual OBS 5,0 Kg 24 g 18 L 20 L Fermento Alta Fermentação cepa S-04 sachet (Prepare o fermento conforme instrução que acompanha embalagem na compra.) 11,5g PREPARAÇÃO 1. Moer os 5,0 kg de Malte. Para tanto utilizar um moinho de disco, ou preferencialmente moinho de rolo recartilhado. Segredo: abrir o grão de malte para expor o amido sem prejudicar a casca do malte. Casca triturada dificulta a filtração do mosto. 2. Pesar 24 g de Lúpulo. 3. Aquecer 18 litros de água até 68ºC em uma panela de inox ou alumínio. 4. Preparar mais 20 litros de água em outra panela. Aquecer a mesma até 76ºC. 1 of 6 10/06/14 19:53

2 Escolha o Malte de sua preferência. Moagem do Malte: Importante regular o moinho para que a casca se preserve e os grãos sejam bem triturados. Malte já moído PROCESSO A. MOSTURAÇÃO 1. Adicionar o malte moído lentamente aos 18 litros de água a 68ºC agitando com uma colher de polietileno (não deixar formar grumos). 2. No final a temperatura deve ficar próximo aos 65ºC. 3. Descansar esta mistura durante 80 minutos com a panela tapada. Se a temperatura baixar para 63ºC aquecer com uma boca do fogão, no fogo baixo, até a temperatura atingir os 65ºC-66ºC novamente. 4. Toda a vez que se aquecer a mistura deve-se agitá-la, para obter uma leitura mais precisa no termômetro. Atingindo a temperatura, desligue novamente o fogo. 5. Antes de completar os 80 minutos fazer o teste de iodo. Com a colher que utilizou para agitar o mosto molhar a mesma dentro da mistura malte + água e pingue algumas gotas sobre um azulejo branco ou prato de porcelana também branco. Após pegue o frasco do iodo 2% e pingue 1 gota sobre o mosto que foi colocado no azulejo. Se a coloração for amarela ouro, após os 80 minutos, prosseguir com a receita aquecendo até 76 C se ainda estiver apresentando vestígios ou até coloração forte de uma cor roxa a mostura deverá ficar mais alguns minutos na temperatura de 65 C. 6. Após estes 80 minutos elevar a temperatura para 76ºC em 5 minutos sempre agitando com a colher. Não suba bruscamente a temperatura, vá fazendo com que ela atinja o novo patamar no tempo certo. Se após este tempo permanecer a cor roxa interromper o processo. As causas desse problema podem ser: Falhas na moagem do malte. Termômetro descalibrado. Temperatura da mostura subiu no inicio da mostura acima dos 76 C o que desativou as enzimas. 7. Em 76ºC deixar descansando mais 10 minutos com a panela tapada. A água deve estar na temperatura de 68 C no momento da adição do malte. Adicione o malte aos poucos sempre mexendo a mistura para não formar grumos. Em um dado momento deve- se fazer o teste de Iodo, quando o indicador tomar uma coloração amarelo-ouro, esta fase deve ser concluída. B. FILTRAÇÃO 1. Passar a Mostura (malte + água) através de um saco branco duplo (sacos de açucar que se utiliza para fazer pano de prato). Este saco deve estar bem limpo e esterilizado com água quente. 2. Aqui poderá ser utilizada também uma panela com um fundo falso. Neste caso deve-se 2 of 6 10/06/14 19:53

3 colocar água a 76 C no fundo da panela até começar a sair pelos furos do fundo falso. 3. Quando for utilizar a panela com fundo falso, filtrar inicialmente o mosto primário (= primeiro mosto). Volume de ± litros e densidade de ± ,14 Plato. 4. Para facilitar a extração do açúcar residual contido ainda no bolo de bagaço, faça cortes no estilo "pizza xadrez". 5. Adicione os primeiros 10 litros do total de 20 a 76 C. Procedimento conforme manual da panela de filtração. Os 10 litros filtrados nesta etapa são misturados com o mosto primário já filtrado. 6. Repita todo o procedimento com os outros 10 litros de água. Adicionar estes 10 litros ao restante do mosto já filtrado. 7. No caso do uso de um saco branco após filtrado o primeiro mosto, adiciona-se todos os 20 litros de água a 76 C em uma só vez. 8. Misturar todo o mosto contido na panela de fervura que deverá ficar com densidade de Certifique-se de que o fundo falso esteja bem colocado e coloque 2,2L de água quente na panela de 30L ou 4,5L na panela de 60L (76 C). Em uma outra panela, prepare a água quente (76 C) que será usada na lavagem do bagaço do mosto que está sendo filtrado. Na hora da lavagem do bagaço, despeje a água devagar e de maneira uniforme com o auxilio de uma escumadeira. Fazendo a recirculação até que o liquido fique totalmente clarificado. C. FERVURA DO MOSTO 1. Levar o mosto filtrado a Fervura intensa em uma panela. (Pode ser a mesma utilizada na Mostura Inicial.) 2. Quando iniciar a fervura adicionar o lúpulo. 3. Aos 55 minutos de fervura adicionar uma pastilha whirlfloc para 25 litros ou 01 grama quando for granulado. 4. Ferver sempre intensamente durante os 70 Minutos. 5. Após desligar o fogo verificar o volume do mosto na panela e determinar a densidade que devera ser em torno de 1, Após as medições de densidade e volume com auxilio da colher provocar uma agitação no mosto como se dissolve o açúcar na xícara de chá. Com boa intensidade até formar uma rede-moinho. 7. Deixar descansar por 20 Minutos (Panela Tampada). 8. Após extrair com sistema Sifão (Mangueira plástica tipo cristal nova como se tira gasolina de tanque) 9. (Encher a mangueira com água antes para dar inicio ao sistema sifão, pois se fizer sucção com a boca há risco de queimaduras). 3 of 6 10/06/14 19:53

4 10. Passar o mosto fervido de uma panela para outra ou direto para o fermentador começando a sugar o mosto que está no nível superior da panela. 11. No final vai ficar uma borra (trub) no fundo da panela que não deve ser sugada, e sim descartada. Se a agitação foi bem feita a borra deve ficar aglomerada no centro do fundo da panela. Encerrado o processo de filtração, é hora de iniciar a fervura do mosto. Ferver sempre intensamente durante 80 minutos. É no inicio da fervura que se adiciona o lúpulo. O mesmo também deve ser adicionado lentamente. Use uma mangueira para trasfegar o mosto para o fermentador. Os resíduos resultantes da fervura (trub) se acumulam no fundo da panela. Evite que estes sejam sugados e passem para o fermentador. D. RESFRIAMENTO 1. O mosto límpido retirado por cima, deve ser resfriado através do sistema Banho Maria até uma temperatura de 20ºC. Utilizar gelo para o resfriamento ser mais rápido. 2. Obs. Poderá ser utilizado aqui também o sistema de resfriamento com serpentina. 3. Quando estiver se aproximando a temperatura desejada, agitar bem com uma colher esterelizada para oxigenar o mosto. 4. Adicionar o fermento preparado conforme instrução no recipiente que será utilizado para fermentar, e derramar o mosto resfriado sobre ele. Caso já tenha colocado o mosto no fermentador adicionar o fermento por cima e homogenizar mosto + fermento. Utilize um Chiller simples ou duplo conforme sua necessidade. Coloque o Chiller dentro do mosto de forma que consiga movimentá-lo. Agite o Chiller constantemente para cima e para baixo. Este processo deve ser feito da forma mais rápida possível até atingir 23 C. E. FERMENTAÇÃO: 1. O fermentador poderá ser um recipiente (bombona) de água mineral ou com balde plástico alimentício com tampa. 2. Colocar uma tampa no fermentador e lacrar bem, no centro desta tampa fazer um furo justo para encaixar uma mangueira plástica fina, a outra extremidade colocar dentro de uma garrafa transparente com água ou álcool. 3. Outra opção é colocar um Airlock 4 of 6 10/06/14 19:53

5 4. As borbulhas que irão se formar nesta garrafa indicarão que a cerveja esta fermentando. 5. O fermentador deverá ficar posicionado num lugar onde a temperatura ambiente seja em torno de 20 a 23ºC. 6. Este tempo de fermentação normalmente é de 6 dias. 7. Outra forma de saber se a fermentação chegou ao fim é determinando a densidade que deverá ficar em torno de 1, Com temperaturas mais baixas o tempo de fermentação poderá levar mais dias. Separe 150 ml de mosto em um frasco, que será usado para a adição do fermento. Resfrie este frasco até 23 C, dissolva bem o fermento e aguarde a sua ativação. Adicione ao mosto que está sendo resfriado assim que o mesmo chegar a 23 C. Por último, lacre o balde fermentador e certifique-se que o airlock foi corretamente arrolhado. F. MATURAÇÃO: A maturação da cerveja pode ser feita de duas formas. No Barril: 1. Quando praticamente não estiverem saindo mais bolhas de gás através da mangueira plástica fina está na hora da interromper a fermentação. 2. Com um barril de 20 litros ou 2 barris x10 litros, sem o tubo sifão, previamente lavados e esterilizados com água quente. 3. Para 20 litros colocar 100 gramas de açúcar refinado no barril e transferir a cerveja do fermentador para o barril pelo sistema sifão fazendo com que a extremidade de saída fique submersa até o fundo do barril para evitar espuma (lembrando que esta mangueira deve estar bem limpa e esterilizada.) 4. Para forçar o sistema sifão encher a mangueira com água. Logo que colocou um pouco de cerveja no barril interrompa o fluxo quebrando a mangueira plástica. Agite o barril para dissolver bem o açúcar. Continue com o enchimento até completar os barris selecionados. Feche o barril com o tubo Sifão mantenha o barril na temperatura ambiente 20ºC a 23 ºC durante 4 a 5 dias. 5. Durante este período deve-se controlar através de um monômetro adaptado na válvula extratora que a pressão atinja de 2,0 a 2,5 Kg/ Cm². 6. Depois coloque o barril em uma geladeira normal a uma temperatura de 5-8 C durante 10 a 15 dias.o barril está pronto para ser ligado a uma chopeira e ser servido. Na garrafa: 1. Procedimento igual ao Barril utiliza-se garrafas de vidro tipo as garrafas normais para cerveja com bocal para rolha metálica. (Garrafas Long Neck, Patrícia). Tudo deve estar previamente bem lavado e esterelizado. 2. Em cada 1 litro de cerveja colocar 5 gramas de açúcar. 3. Extrair cerveja do fermentador novamente com mangueira pelo sistema sifão. 4. Se o fermentador tiver uma torneira adaptar uma mangueira (previamente limpa e esterilizada) na saída da torneira. 5. Colocar uma pequena quantidade e agitar para dissolver o açúcar, completar com cerveja até o nível. A mangueira deve ir até o fundo da garrafa para evitar espuma. Tampar bem as garrafas. 6. Manter as garrafas na temperatura ambiente 20 ºC a 23 ºC até a garrafa piloto atingir uma pressão de 2,0 a 2,5Kg/ cm². Só então colocar as garrafas na geladeira a uma temperatura de 5ºC a 8 ºC durante 10 a 15 dias. 7. A cerveja estará pronta para ser consumida. 5 of 6 10/06/14 19:53

6 ADM DYPE Soluções 6 of 6 10/06/14 19:53

Lista sugerida de Equipamentos e Fornecedores para Produção de Cerveja Caseira

Lista sugerida de Equipamentos e Fornecedores para Produção de Cerveja Caseira Fogareiro médio cromado 12 caulings RG 35 cm 3 UNIDADE S Usados para aquecer as panelas durante a mostura, fervura e aquecimento da água para a lavagem/sparge. Balança digital balmak easy-5 5kg graduação

Leia mais

Sugestão de Receita American India Pale Ale

Sugestão de Receita American India Pale Ale Ingredientes 4kg de malte Pilsen 1kg de malte Munich 500g de malte Carared 200g de malte Caramunich 34 litros de água mineral 50g de lúpulo Chinook 55g de lúpulo Cascade 11,5g de levedura Fermentis US-05

Leia mais

Descritivo Como Fazer Cerveja em Casa

Descritivo Como Fazer Cerveja em Casa O prazer de fazer cerveja em casa Descritivo Como Fazer Cerveja em Casa Kit de preparo para Cerveja Caseira da Alquimia da Cerveja Extrato de Malte & Grãos de Malte (Partial Malt) Alquimia da Cerveja A

Leia mais

Guia American Blonde Ale. by Cervisiam

Guia American Blonde Ale. by Cervisiam Guia American Blonde Ale by Cervisiam Índice História Estilos Receita Kit Básico Bibliografia História Blonde Ale É dificil traçar a origem precisa do termo Blonde Ale, mas sabemos que ela surgiu da grande

Leia mais

1) Preparando a Água:

1) Preparando a Água: Descritivo Como Fazer Cerveja Com Kit de Malte em Grã os da Alquimia da Cerveja (All grain) (Observação: Este documento está descrito sobre um kit de Extrato de Malte da Alquimia da Cerveja para fazer

Leia mais

Treinamento Conservas de frutas 382

Treinamento Conservas de frutas 382 Para que haja boa conservação dos alimentos é importante que os produtos conservados mantenham suas qualidades nutritivas, seu aroma, sabor e que se eliminem as causas das alterações. As várias maneiras

Leia mais

As receitas aqui listadas foram idealizadas para o equipamento que vendemos na loja.

As receitas aqui listadas foram idealizadas para o equipamento que vendemos na loja. Descrito por Rodrigo Eduardo Gunha Eng. Químico Responsável As receitas aqui listadas foram idealizadas para o equipamento que vendemos na loja. Para outros equipamentos cabe análise das quantidades de

Leia mais

Introdução. Equipamentos necessários para produção de cerveja

Introdução. Equipamentos necessários para produção de cerveja Introdução O objetivo deste manual é demonstrar a construção dos equipamentos básicos para produção caseira de cerveja, sem a necessidade de ferramentas profissionais e utilizando materiais encontrados

Leia mais

Cerveja de Trigo. Heffeweiss) (Heffeweiss

Cerveja de Trigo. Heffeweiss) (Heffeweiss DESCRITIVO COMO FAZER CERVEJA Cerveja de Trigo (Heffeweiss Heffeweiss) Kit de Malte em Grãos da Alquimia da Cerveja (All Grain) Este documento está descrito sobre um kit de Extrato de Malte e Grãos da

Leia mais

Manual prático de como fazer sabonete artesanal em casa

Manual prático de como fazer sabonete artesanal em casa Manual prático de como fazer sabonete artesanal em casa Este manual foi elaborado a partir de pesquisas nos vários sites de artesanato da Internet brasileira. Ele é gratuito e seu uso e leitura é reservado

Leia mais

DESCRITIVO COMO FAZER CERVEJA. Stout. (All. Grain)

DESCRITIVO COMO FAZER CERVEJA. Stout. (All. Grain) DESCRITIVO COMO FAZER CERVEJA Stout (Stout Cerveja preta) Kit de Malte em Grãos da Alquimia da Cerveja (All Grain) Este documento está descrito sobre um kit de Malte em Grãos da Alquimia da Cerveja para

Leia mais

:: Sabão Líquido :: Em um balde ou recipiente bem grande, despejar a soda e 1 litro de água, mexendo por ceca de 5 minutos;

:: Sabão Líquido :: Em um balde ou recipiente bem grande, despejar a soda e 1 litro de água, mexendo por ceca de 5 minutos; :: Sabão Líquido :: Para fazer 30 litros Ingredientes: 1,5 litros de azeite (morno) ½ quilo de soda cáustica 1,5 litros de álcool líquido 1 litro de água (1ª etapa) 27 litros de água (2ª etapa) 2 colheres

Leia mais

CHOPEIRA MAXI COOLER MANUAL DE INSTRUÇÕES MAXI COOLER POR FAVOR, LEIA ATENTAMENTE ANTES DE USAR

CHOPEIRA MAXI COOLER MANUAL DE INSTRUÇÕES MAXI COOLER POR FAVOR, LEIA ATENTAMENTE ANTES DE USAR CHOPEIRA MAXI COOLER MANUAL DE INSTRUÇÕES MAXI COOLER POR FAVOR, LEIA ATENTAMENTE ANTES DE USAR CARO CLIENTE: Obrigado por comprar a Chopeira Maxi Cooler. Para a sua segurança por favor leia este manual

Leia mais

Agroindústria Processamento Artesanal de Frutas - Geléias

Agroindústria Processamento Artesanal de Frutas - Geléias 1 de 7 10/16/aaaa 10:34 Agroindústria Agroindústria: Processamento Artesanal de Frutas - Geléias Processamento Nome artesanal de frutas: Geléias Produto Informação Tecnológica Data Agosto -2000 Preço -

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS CENTRO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS DEPARTAMENTO DE TECNOLOGIA AGROINDUSTRIAL E SOCIOECONOMIA RURAL Coisas que você gostaria de saber sobre a nossa bebida favorita mas estava

Leia mais

Curso. Cervejeiro artesanal

Curso. Cervejeiro artesanal Seja Bem Vindo! Curso Cervejeiro artesanal Carga horária: 30hs 1 Conteúdo Programático: Introdução Matéria Prima Equipamentos O Processo Fermentação Engarrafamento Quando posso tomar a primeira cerveja?

Leia mais

Seu Zé, Dona Ná e o vinho de laranja

Seu Zé, Dona Ná e o vinho de laranja Seu Zé, Dona Ná e o vinho de laranja Uma receita de várias culturas Dona Maria da Conceição Sousa de Castro e seu esposo Sr. José Resende de Castro preparam o vinho de laranja há mais de trinta anos. Ambos

Leia mais

LICORES FABRICAÇÃO CASEIRA DE LICORES

LICORES FABRICAÇÃO CASEIRA DE LICORES LICORES O licor é uma bebida alcoólica açúcarada agradável a quase todos os paladares. É usado após as refeições por ser digestivo, em virtude dos óleos esseciais e pela alta concentração de açúcar. É

Leia mais

Produção Cervejeira para Iniciantes

Produção Cervejeira para Iniciantes Produção Cervejeira para Iniciantes ETAPAS DE FABRICAÇÃO DE CERVEJA Moagem começo de tudo. 1. Afixar o moedor firmemente, em uma superfície plana. 2. Pesar o malte a ser moído para moer a quantidade certa

Leia mais

Tabule Rendimento 4 porções

Tabule Rendimento 4 porções Tabule Rendimento 4 porções - 4 tomates picados - 1 xícara (chá) de trigo para quibe - 1 cebola picada - 1 pepino com casca picado em cubos - 1/2 xícara (chá) de salsinha picada - 1/4 xícara (chá) de cebolinha

Leia mais

Discurso Feminino. Cozinha Sob Medida. Receitas para Você Adoçar seu Coração

Discurso Feminino. Cozinha Sob Medida. Receitas para Você Adoçar seu Coração Discurso Feminino Cozinha Sob Medida Receitas para Você Adoçar seu Coração 1 Página 4 Bolo de Chocolate Índice Página 6 CupCake Página 8 Página 10 Bolo de Iogurte Torta de Limão 2 O Discurso Feminino é

Leia mais

EPISÓDIO 3 - CALDOS. Como preparar as diferentes bases para todos os molhos.

EPISÓDIO 3 - CALDOS. Como preparar as diferentes bases para todos os molhos. EPISÓDIO 3 - CALDOS Como preparar as diferentes bases para todos os molhos. INTRODUÇÃO Além de agregarem bastante sabor aos preparos, os caldos preparados em casa são muito mais saudáveis do que os industrializados.

Leia mais

Receitas Deliciosas de Aproveitamentos APRESENTAÇÃO EVITANDO O DESPERDÍCIO. Receitas deliciosas com talos, folhas e sementes

Receitas Deliciosas de Aproveitamentos APRESENTAÇÃO EVITANDO O DESPERDÍCIO. Receitas deliciosas com talos, folhas e sementes APRESENTAÇÃO A alimentação e tão necessária ao nosso corpo quanto o ar que precisamos para a nossa sobrevivência, devem ter qualidade para garantir a nossa saúde. Quando falamos em alimentação com qualidade

Leia mais

Agroindústria. Processamento artesanal de farinhas e farináceos Fabricação de pão caseiro

Agroindústria. Processamento artesanal de farinhas e farináceos Fabricação de pão caseiro 1 de 5 10/16/aaaa 10:35 Agroindústria Processamento artesanal de farinhas e farináceos Fabricação de pão caseiro Processamento artesanal de farinhas e Nome farináceos : fabricação de pão caseiro Produto

Leia mais

AULA PRÁTICA DE QUÍMICA GERAL Estudando a água parte 24

AULA PRÁTICA DE QUÍMICA GERAL Estudando a água parte 24 AULA PRÁTICA DE QUÍMICA GERAL Estudando a água parte 24 9º NO DO ENSINO FUNDAMENTAL - 1º ANO DO ENSINO MÉDIO OBJETIVO Diversos experimentos, usando principalmente água e materiais de fácil obtenção, são

Leia mais

Carreteiro dos Pampas

Carreteiro dos Pampas Carreteiro dos Pampas 500g Arroz Parboilizado Namorado 200g alcatra cortado em cubos 200g sobre-paleta suína cortado em cubos 200g coração de galinha (limpo) 200g calabresa média cortada em meia lua 200g

Leia mais

Nesta experiência vamos ver que o conceito de temperatura pode ser subjectivo.

Nesta experiência vamos ver que o conceito de temperatura pode ser subjectivo. Estudo do Meio Físico-Natural I P06 - Termodinâmica 1 Objectivo Realizar várias experiências relacionadas com termodinâmica. 2 Quente ou frio? Nesta experiência vamos ver que o conceito de temperatura

Leia mais

Espresso 3000 - Cod. M0S04159 - Edizione 1H10

Espresso 3000 - Cod. M0S04159 - Edizione 1H10 10 2 3 6 4 5 15 8 7 9 14 16 11 12 1 13 18 17 19 20 Espresso 3000 - Cod. M0S04159 - Edizione 1H10 PORTOGUÊS Espresso 3000 1) Interruptor geral 2) Luz de aviso de funcionamento ON: máquina ligada 3) Luz

Leia mais

FABRICAÇÃO DE PRODUTOS LÁCTEOS PROCESSAMENTO ARTESANAL

FABRICAÇÃO DE PRODUTOS LÁCTEOS PROCESSAMENTO ARTESANAL FABRICAÇÃO DE PRODUTOS LÁCTEOS PROCESSAMENTO ARTESANAL 1 - QUALIDADE DA MATÉRIA-PRIMA O leite destinado à fabricação de produtos lácteos deve ser de boa qualidade. Essa qualidade está diretamente relacionada

Leia mais

RISOTOS. As melhores receitas

RISOTOS. As melhores receitas RISOTOS As melhores receitas INTRODUÇÃO Sempre tivemos vontade de postar receitas de risoto no nosso blog, já que é um prato muito apreciado pelos nossos clientes e leitores. Como o risoto tem seus segredinhos,

Leia mais

Ovos 3 unidade (Vermelho) Massa fina (pedra) Leite Integral 480 ml Trigo 1 Kg. Sal 25 g Óleo 100 ml. Açúcar cristalizado 50 g Sal 20 g

Ovos 3 unidade (Vermelho) Massa fina (pedra) Leite Integral 480 ml Trigo 1 Kg. Sal 25 g Óleo 100 ml. Açúcar cristalizado 50 g Sal 20 g MASSA RICA (para 5 pizzas de 280 g 35 cm e 2 pizzas de 230 g médio) Trigo (Medalha de ouro) Óleo de milho 1 Kg 50 ml Ovos 3 unidade (Vermelho) Massa fina (pedra) Leite Integral 480 ml Trigo 1 Kg Sal 25

Leia mais

Fruta em Taça de Meloa (4 a 6 doses) Iogurte Tropical Gelado (6 a 8 doses) Preparação: 10m

Fruta em Taça de Meloa (4 a 6 doses) Iogurte Tropical Gelado (6 a 8 doses) Preparação: 10m Fruta em Taça de Meloa (4 a 6 doses) ½ meloa grande 150-200g de fruta cortada: ameixas, alperces frescos, uvas, morangos, amoras, nectarinas, pêssegos, laranjas, maçãs ou kiwis. 4 c. sopa de sumo de laranja

Leia mais

Receitas de chás. Chá de laranja e anis. Chá de maçã com gengibre. Chá com cardamomo. Chá com suco de morango

Receitas de chás. Chá de laranja e anis. Chá de maçã com gengibre. Chá com cardamomo. Chá com suco de morango Receitas de chás Chá de laranja e anis Casca de 2 laranjas 4 flores de anis-estrelado Ferver a água com a casca de laranja e as flores de anis por 3 minutos. Retirar o chá do fogo e adoçar a gosto. Tampar

Leia mais

LIVRO DE RECEITAS. 3ª Edição

LIVRO DE RECEITAS. 3ª Edição LIVRO DE RECEITAS 3ª Edição Os produtos Purinha vêm mais uma vez presentear você com um novo livro de receitas. Esta é a terceira edição de uma coleção com sabores incríveis conseguidos a partir das combinações

Leia mais

APOSTILA : TRATAMENTO DE PISCINA

APOSTILA : TRATAMENTO DE PISCINA APOSTILA : TRATAMENTO DE PISCINA Trat Bem Piscinas sempre pensando em você! TRATAMENTO DE PISCINA Introdução Para manter a água da piscina limpa e saudável é necessário que seja feito dois tipos de tratamento

Leia mais

Receitas do livro BOLO SALGADO DE FARINHA DE MANDIOCA

Receitas do livro BOLO SALGADO DE FARINHA DE MANDIOCA Receitas do livro BOLO SALGADO DE FARINHA DE MANDIOCA Nome da 4 xícaras de chá de farinha de farinha (500g) 4 ovos 2 Litros de leite morno 1 colher (sopa) de fermento em pó (10g) 2 gemas para pincelar

Leia mais

Com açúcar, com afeto, fiz seu waffle predileto...

Com açúcar, com afeto, fiz seu waffle predileto... Com açúcar, com afeto, fiz seu waffle predileto... Waffles * medida da xícara é de 250ml 1 1/2 xícara de farinha de trigo 2 colheres (chá) de fermento em pó 1/2 colher (chá) de sal 2 colheres (chá) de

Leia mais

Recomendações úteis para a manutenção do aleitamento materno em mães que trabalham fora do lar ou estudam

Recomendações úteis para a manutenção do aleitamento materno em mães que trabalham fora do lar ou estudam Recomendações úteis para a manutenção do aleitamento materno em mães que trabalham fora do lar ou estudam Essas recomendações foram elaboradas para orientar mães e profissionais de saúde nas situações

Leia mais

Almôndegas de Arroz. Ingredientes. Modo de preparo

Almôndegas de Arroz. Ingredientes. Modo de preparo Almôndegas de Arroz 2 xícaras (chá) de arroz cozido 200g de carne moída 1 dente de alho picado 1 cebola picada 2 colheres (sopa) de farinha de rosca 4 xícaras (chá) de molho de tomate Sal e pimenta a gosto

Leia mais

livro de RECEITAS festa do milho

livro de RECEITAS festa do milho livro de RECEITAS festa do milho JACI - SÃO PAULO Índice Pg. 03 Pg. 04 Pg. 05 Pg. 06 Pg. 07 Pg. 08 Pg. 09 Pg. 10 Pg. 11 Pg. 12 Pg. 13 Pg. 14 Pg. 15 Pg. 16 Pg. 17 Pg. 18 Pg. 19 Pg. 20 Pg. 21 Curau Tradicional

Leia mais

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO SECRETARIA DA HABITAÇÃO E DESENVOLVIMENTO URBANO

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO SECRETARIA DA HABITAÇÃO E DESENVOLVIMENTO URBANO PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO SECRETARIA DA HABITAÇÃO E DESENVOLVIMENTO URBANO DEPARTAMENTO DE CONTROLE DO USO DE IMÓVEL - CONTRU () - 1 - PROCEDIMENTOS E CUIDADOS 1. Verifique no lacre, no rótulo

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES DA ESTAÇÃO DE SOLDA SMD ANALÓGICA CONJUGADA FERRO + AR QUENTE MODELO DK2850

MANUAL DE INSTRUÇÕES DA ESTAÇÃO DE SOLDA SMD ANALÓGICA CONJUGADA FERRO + AR QUENTE MODELO DK2850 DEKEL MANUAL DE INSTRUÇÕES DA ESTAÇÃO DE SOLDA SMD ANALÓGICA CONJUGADA FERRO + AR QUENTE MODELO DK2850 Leia atentamente as instruções contidas neste manual antes de iniciar o uso do instrumento ÍNDICE

Leia mais

Nesta edição, a Saborama apresenta

Nesta edição, a Saborama apresenta Nesta edição, a Saborama apresenta uma seleção de delícias apresentadas no Blog Saída de Emergência. Com uma experiência incrível no preparo de alimentos, a Mell Santos, criadora do blog e parceira da

Leia mais

Manipulação caseira de fitoterápicos. Módulo 5 Farm. Ms. Ana Cimbleris Alkmim

Manipulação caseira de fitoterápicos. Módulo 5 Farm. Ms. Ana Cimbleris Alkmim Manipulação caseira de fitoterápicos Módulo 5 Farm. Ms. Ana Cimbleris Alkmim Recomendações gerais Uso de plantas provenientes de modismos deve ser evitado. Duvide sempre das plantas tidas como milagrosas.

Leia mais

Uma receita de iogurte

Uma receita de iogurte A U A UL LA Uma receita de iogurte O iogurte, um alimento comum em vários países do mundo, é produzido a partir do leite. Na industrialização desse produto empregam-se técnicas diversas para dar a consistência,

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES Usuário Versão 1.1 BEBEDOUROS TROPICAL. Bebedouros Tropical www.bebedourostropical.com.br. Produtos com Certificação Inmetro

MANUAL DE INSTRUÇÕES Usuário Versão 1.1 BEBEDOUROS TROPICAL. Bebedouros Tropical www.bebedourostropical.com.br. Produtos com Certificação Inmetro MANUAL DE INSTRUÇÕES Usuário Versão 1.1 Bebedouros Tropical www.bebedourostropical.com.br BEBEDOUROS TROPICAL LEIA E SIGA TODAS AS REGRAS DE SEGURANÇA E INSTRUÇÕES OPERACIONAIS ANTES DE USAR. sac@bebedourostropical.com.br

Leia mais

TERMOS E CONDIÇO ES. Sempre que houver dúvidas procure um profissional de saúde e leve o material para avaliar. Página 1

TERMOS E CONDIÇO ES. Sempre que houver dúvidas procure um profissional de saúde e leve o material para avaliar. Página 1 TERMOS E CONDIÇO ES Todas as Receitas incluídas nesse e-book foram retiradas de fontes seguras que são referências no assunto, não nos responsabilizamos pelo uso dessas receitas caso o seu estado de Diabetes

Leia mais

Papel Reciclado Artesanal Branco

Papel Reciclado Artesanal Branco Papel Reciclado Artesanal Branco 1 Técnica utilizada: reciclagem de papel Materiais 2 Papel para reciclar (sulfite, formulário contínuo ou outros papéis que não contenham vernizes, plásticos ou laminados)

Leia mais

DESCRIÇÃO DO APARELHO

DESCRIÇÃO DO APARELHO PT Leia atentamente este manual de instruções antes de instalar e utilizar o aparelho. Só assim poderá obter os melhores resultados e a máxima segurança de utilização. DESCRIÇÃO DO APARELHO (ver figura

Leia mais

Docinho de abacaxi...4 Cheesecake de goiabada...5 Pavê de doce de leite com amendoim...6 Torta de chocolate...7 Bolo de fubá...8 Pão de coco...

Docinho de abacaxi...4 Cheesecake de goiabada...5 Pavê de doce de leite com amendoim...6 Torta de chocolate...7 Bolo de fubá...8 Pão de coco... www.liquigas.com.br Docinho de abacaxi...4 Cheesecake de goiabada...5 Pavê de doce de leite com amendoim...6 Torta de chocolate...7 Bolo de fubá...8 Pão de coco...9 Cocada de forno...10 Petit gateau...11

Leia mais

Papel Reciclado Artesanal Branco com Cascas de Cebola

Papel Reciclado Artesanal Branco com Cascas de Cebola Papel Reciclado Artesanal Branco com Cascas de Cebola 1 Técnica utilizada: reciclagem de papel com cascas de cebola Materiais 2 Papel para reciclar (sulfite, formulário contínuo ou outros papéis que não

Leia mais

BOLO DE MAÇÃ. 12 pessoas 20 minutos. Modo de fazer. Ingredientes. 1 Lave, descasque e corte as maçãs em cubinhos e reserve.

BOLO DE MAÇÃ. 12 pessoas 20 minutos. Modo de fazer. Ingredientes. 1 Lave, descasque e corte as maçãs em cubinhos e reserve. 20 minutos DE MAÇÃ 2 ovos inteiros 2 xícaras de açúcar 1 colher de chá de canela 1 xícara de óleo 2 xícaras de farinha de trigo 1 colher de café de bicarbonato 1 colher de chá de fermento em pó 2 maçãs

Leia mais

1 INSTRUÇÕES IMPORTANTES DE SEGURANÇA

1 INSTRUÇÕES IMPORTANTES DE SEGURANÇA [REV.03 29112011] 1 INSTRUÇÕES IMPORTANTES DE SEGURANÇA É muito importante que você leia atentamente todas as instruções contidas neste manual antes de utilizar o produto, pois elas garantirão sua segurança

Leia mais

CUBOS FILTRO PRESSURIZADO 5.000 10.000 15.000

CUBOS FILTRO PRESSURIZADO 5.000 10.000 15.000 MANUAL DO USUÁRIO CUBOS FILTRO PRESSURIZADO 5.000 10.000 15.000 M.U. REVISÃO 001 www.cubos.com.br 2 1) INTRODUÇÃO... 3 2) PEÇAS... 3 3) INSTRUÇÕES DE USO... 3 3.1) MONTAGEM... 3 3.1.1) POSICIONAMENTO DO

Leia mais

Instrução para instalação & Guia do proprietário

Instrução para instalação & Guia do proprietário Instrução para instalação & Guia do proprietário Obrigado por escolher a ducha Skywater! Leia o manual de instruções antes de iniciar a instalação da ducha. Antes de iniciá-la recomendamos atenção para

Leia mais

Compressor de Ar Portátil de Alta Pressão

Compressor de Ar Portátil de Alta Pressão Compressor de Ar Portátil de Alta Pressão (200BAR/3000PSI/20MPa) 0 Atenção Importante! Este COMPRESSOR DE AR PORTÁTIL DE ALTA PRESSÃO deve ser utilizado exclusivamente para a recarga do ar comprimido diretamente

Leia mais

PROCEDIMENTOS PARA UTILIZAÇÃO E MANUTENÇÃO DO DESTILADOR DE ÁGUA

PROCEDIMENTOS PARA UTILIZAÇÃO E MANUTENÇÃO DO DESTILADOR DE ÁGUA PROCEDIMENTOS PARA UTILIZAÇÃO E MANUTENÇÃO DO DESTILADOR DE ÁGUA Daniele de Almeida Miranda, Gilvan Takeshi Yogui Para fins de referência, este documento pode ser citado como: Miranda, D.A.; Yogui, G.T.

Leia mais

Refrigerador BRO80 GUIA RÁPIDO. Características Gerais. Comece por aqui. Frost Free. Informação Ambiental

Refrigerador BRO80 GUIA RÁPIDO. Características Gerais. Comece por aqui. Frost Free. Informação Ambiental GUIA RÁPIDO Comece por aqui Se você quer tirar o máximo proveito da tecnologia contida neste produto, leia o Guia Rápido por completo. Refrigerador BRO80 Frost Free Seu refrigerador usa o sistema Frost

Leia mais

AULA PRÁTICA DE QUÍMICA GERAL Estudando a água parte 32

AULA PRÁTICA DE QUÍMICA GERAL Estudando a água parte 32 AULA PRÁTICA DE QUÍMICA GERAL Estudando a água parte 32 9º NO DO ENSINO FUNDAMENTAL - 1º ANO DO ENSINO MÉDIO OBJETIVO Diversos experimentos, usando principalmente água e materiais de fácil obtenção, são

Leia mais

E X P E R I Ê N C I A S D E 1º A N O

E X P E R I Ê N C I A S D E 1º A N O E X P E R I Ê N C I A S D E 1º A N O PROF. AGAMENON ROBERTO < 2007 > Prof. Agamenon Roberto 1º ANO EXPERIÊNCIAS 2 1ª e 2ª EXPERIÊNCIAS DESTILAÇÃO SIMPLES E DESTILAÇÃO FRACIONADA OBJETIVO: Mostrar como

Leia mais

CAFÉ COQUETÉIS. destruídos, restando apenas a cafeína, que não é destruída com a excessiva

CAFÉ COQUETÉIS. destruídos, restando apenas a cafeína, que não é destruída com a excessiva Café Coquetéis CAFÉ COQUETÉIS O café é uma bebida estimulante, agradável, reanimadora, que apresenta aroma e sabor característicos e é capaz de agradar aos mais variados paladares. Versátil, compõe receitas

Leia mais

DIÁRIO DO CHOCOLATE: Receitas

DIÁRIO DO CHOCOLATE: Receitas Chocolate &... As notas a seguir são relativas a com chocolate puro e não com sobremesas de chocolate. A busca pelo encontro perfeito com uma sobremesa de chocolate irá requerer a análise de todos os contidos,

Leia mais

Páscoa Brasileira. Quem sabe faz a hora!

Páscoa Brasileira. Quem sabe faz a hora! Páscoa Brasileira Quem sabe faz a hora! Páscoa Brasileira Quem sabe faz a hora ÍNDICE Inovare - técnicas pág. 4 Inovare - receitas Ovo Tropical pág. 8 Ovo Bicolor pág. 9 MelKen - técnicas pág. 10 Melken

Leia mais

IMPRESSA J7 Resumo das informações mais importantes

IMPRESSA J7 Resumo das informações mais importantes IMPRSSA J7 Resumo das informações mais importantes O Manual de instruções IMPRSSA J7, em conjunto com este manual breve IMPRSSA J7 Resumo das informações mais importantes, recebeu a aprovação do instituto

Leia mais

:: Introdução :: A parceria que deu certo. :: Escolhendo seu fogão novo ::

:: Introdução :: A parceria que deu certo. :: Escolhendo seu fogão novo :: :: Introdução :: No dia-a-dia, em muitas ocasições, sem perceber, desperdiçamos água, alimentos, luz, gás, gasolina e outros produtos necessários para o nosso bem-estar por simples falta de consciência

Leia mais

Atividade prática Estudo das misturas: fases e componentes Parte 3

Atividade prática Estudo das misturas: fases e componentes Parte 3 Atividade prática Estudo das misturas: fases e componentes Parte 3 9º ano do Ensino Fundamental/1º ano do Ensino Médio Objetivo Vivenciar conceitos importantes sobre a classificação dos diversos tipos

Leia mais

ALIMENTOS EXTENSAMENTE AQUECIDOS

ALIMENTOS EXTENSAMENTE AQUECIDOS ALIMENTOS EXTENSAMENTE AQUECIDOS RECEITAS SALGADAS WAFFLE/PANQUECA SALGADO Ingredientes 1 xícara chá de Farinha de Trigo 1 xícara chá de leite de vaca integral 1 ovo de galinha inteiro 1 colher chá de

Leia mais

LOTE 1 - MATERIAL DE LIMPEZA ITEM QUANT. UN. ESPECIFICAÇÃO MARCA

LOTE 1 - MATERIAL DE LIMPEZA ITEM QUANT. UN. ESPECIFICAÇÃO MARCA LOTE 1 - MATERIAL DE LIMPEZA 1 300 UN 2 200 L 3 100 UN 4 20 UN 5 2 UN 6 200 UN 7 200 UN 8 300 UN 9 250 UN 10 500 UN Água sanitária 1Lt, desinfetante e alvejante. Álcool Etílico Hidratado, 1Lt, mínimo de

Leia mais

1 lata de abóbora em calda, 2 xícaras de açúcar, 4 ovos, 4 colheres de açúcar, 2 colheres de maisena, 1 litro de leite, 1 copo de leite

1 lata de abóbora em calda, 2 xícaras de açúcar, 4 ovos, 4 colheres de açúcar, 2 colheres de maisena, 1 litro de leite, 1 copo de leite ABÓBORA COM CREME 1 lata de abóbora em calda, 2 xícaras de açúcar, 4 ovos, 4 colheres de açúcar, 2 colheres de maisena, 1 litro de leite, 1 copo de leite 1 Leve as 2 xícaras de açúcar em uma panela ampla

Leia mais

Bem-Nascido de Morango

Bem-Nascido de Morango Bem-Nascido de Morango BEM-NASCIDO DE MORANGO Rendimento: 60 unidades com aproximadamente 30g cada Ingredientes Massa 200g de ovo 120g de açúcar refinado 170g de farinha de trigo peneirada 10g de fermento

Leia mais

Liquidificador LEIA ANTES DE USAR. Dúvidas? Por favor, ligue nossos associados estão prontos para ajudar. SAC: 0800-2412411

Liquidificador LEIA ANTES DE USAR. Dúvidas? Por favor, ligue nossos associados estão prontos para ajudar. SAC: 0800-2412411 Liquidificador LEIA ANTES DE USAR Visite o site: www.hamiltonbeach.com.br para conhecer a nossa linha completa de produtos Dúvidas? Por favor, ligue nossos associados estão prontos para ajudar. SAC: 0800-2412411

Leia mais

Frigideira de raviólis

Frigideira de raviólis Frigideira de raviólis (8 pessoas) 100g de bacon picado 500g de carne bovina cortada em cubos 500g de massa tipo ravióli farinha de trigo (cerca de 3 colheres) 1 cebola picada 2 dentes de alho esmagados

Leia mais

Torta alemã. Ingredientes do creme: 200 gramas de manteiga sem sal. 1 xıćara de cha de glaçucar 1 pitada de sal. 1 colher de cha de rum

Torta alemã. Ingredientes do creme: 200 gramas de manteiga sem sal. 1 xıćara de cha de glaçucar 1 pitada de sal. 1 colher de cha de rum Livro de receitas Torta alemã Ingredientes do creme: 200 gramas de manteiga sem sal 1 xıćara de cha de glaçucar 1 pitada de sal 1 colher de cha de rum 1 colher de cafe de esse ncia de baunilha 4 colheres

Leia mais

Sobremesas Saudáveis Para Uma Semana - De Moura

Sobremesas Saudáveis Para Uma Semana - De Moura ÍNDICE Frutos Perfeitos 2 Pudim Moka 2 Banana Mexicana 2 Manga Gregalha 2 Quadrados de Sésamo 2 Bolo De Chocolate Fácil 2 Supresa! 2 FRUTOS PERFEITOS Esta refeição usa iogurte sem gordura para a sua textura

Leia mais

GUARDE ESTAS INSTRUÇÕES

GUARDE ESTAS INSTRUÇÕES PARA SUA SEGURANÇA Antes do uso, certifique-se de que a tensão da rede (voltagem) corresponde a indicada na placa de dados do aparelho. Conectar o aparelho somente quando há uma intensidade mínima de 10-A.

Leia mais

Procedimentos para Testes de Qualidade de Combustíveis

Procedimentos para Testes de Qualidade de Combustíveis Manual de Instruções Teste de Combustivéis Procedimentos para Testes de Qualidade de Combustíveis DIESEL ÁLCOOL GASOLINA Teste de Densidade e Temperatura na Gasolina Comum e Aditivada Equipamentos: 1 2

Leia mais

IMPRESSA Z5 Generation II Resumo das informações mais importantes

IMPRESSA Z5 Generation II Resumo das informações mais importantes IMPRSSA Z5 Generation II Resumo das informações mais importantes O»Manual da IMPRSSA«, em conjunto com este manual breve»imprssa Z5 resumo das informações mais importantes«, recebeu a aprovação do instituto

Leia mais

MANUAL DE ORIENTAÇÕES PARA MANIPULAÇÃO, ADMINISTRAÇÃO E INTERCORRÊNCIAS NA UTILIZAÇÃO DE DIETAS ENTERAIS

MANUAL DE ORIENTAÇÕES PARA MANIPULAÇÃO, ADMINISTRAÇÃO E INTERCORRÊNCIAS NA UTILIZAÇÃO DE DIETAS ENTERAIS MANUAL DE ORIENTAÇÕES PARA MANIPULAÇÃO, ADMINISTRAÇÃO E INTERCORRÊNCIAS NA UTILIZAÇÃO DE DIETAS ENTERAIS 2ª edição SUMÁRIO Nutrição Enteral: definição 1. Cuidados no preparo da Nutrição Enteral Higiene

Leia mais

Pequeno guia sobre bombons. equeno guia sobre bombons

Pequeno guia sobre bombons. equeno guia sobre bombons Pequeno guia sobre bombons equeno guia sobre bombons Receitas deliciosas para delícias doces Bombons apetecíveis feitos por você mesmo. Com bons ingredientes, os acessórios apropriados e alguma prática,

Leia mais

Manual do Usuário. Importante Antes de usar o seu Aquecedor Solar Solquent, leia este manual. Imagem Ilustrativa

Manual do Usuário. Importante Antes de usar o seu Aquecedor Solar Solquent, leia este manual. Imagem Ilustrativa Manual do Usuário Imagem Ilustrativa Importante Antes de usar o seu Aquecedor Solar Solquent, leia este manual. * Este Manual inclui Certificado de Garantia. ÍNDICE Apresentação... 03 Instruções de Segurança...

Leia mais

UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAIBA - UFPB VIRTUAL LICENCIATURA EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS A DISTÂNCIA

UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAIBA - UFPB VIRTUAL LICENCIATURA EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS A DISTÂNCIA UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAIBA - UFPB VIRTUAL LICENCIATURA EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS A DISTÂNCIA DISCIPLINA BIOQUÍMICA ESTRUTURAL Ministrante: Prof. Dr. Carlos Alberto de Almeida

Leia mais

TECNOLOGIA DE FABRICAÇÃO DE BEBIDA LÁCTEA FERMENTADA E NÃO FERMENTADA

TECNOLOGIA DE FABRICAÇÃO DE BEBIDA LÁCTEA FERMENTADA E NÃO FERMENTADA Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento TECNOLOGIA DE FABRICAÇÃO DE BEBIDA LÁCTEA FERMENTADA E NÃO FERMENTADA 1 O que é Bebida Láctea?

Leia mais

1 Boas Práticas de Utilização 1.1 Normas de Qualidade Higiene e Ambiente - Água

1 Boas Práticas de Utilização 1.1 Normas de Qualidade Higiene e Ambiente - Água 2 Conteúdos 1 Boas Práticas de Utilização... 1.1 Normas de Qualidade Higiene e Ambiente - Água... 1.2 Normas de Segurança... 1.3 Recomendações de Ergonomia... 1.4 Normas de Utilização... 2 Resolução de

Leia mais

CNPq Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico. Sol e Frutas: Desidratação e Produção Agroecológica Familiar

CNPq Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico. Sol e Frutas: Desidratação e Produção Agroecológica Familiar CNPq Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico Sol e Frutas: Desidratação e Produção Agroecológica Familiar CONSERVAÇÃO DE FRUTAS E HORTALIÇAS PELO CONTROLE DE UMIDADE VANTAGENS ECONÔMICAS: Menor

Leia mais

1 INSTRUÇÕES IMPORTANTES DE SEGURANÇA

1 INSTRUÇÕES IMPORTANTES DE SEGURANÇA [ REV04 24112011 ] 1 INSTRUÇÕES IMPORTANTES DE SEGURANÇA É muito importante que você leia atentamente todas as instruções contidas neste manual antes de utilizar o produto, pois elas garantirão sua segurança

Leia mais

Guia de administração para os doentes pediátricos dirigido aos cuidadores. Leia este guia antes de administrar a injeção à sua criança.

Guia de administração para os doentes pediátricos dirigido aos cuidadores. Leia este guia antes de administrar a injeção à sua criança. Humira Guia de administração para os doentes pediátricos dirigido aos cuidadores Leia este guia antes de administrar a injeção à sua criança. Mantenha o medicamento no frigorífico (a uma temperatura entre

Leia mais

Brócolis VITALOK JOGO DE 2 PANELAS AÇO INOX 4 pessoas

Brócolis VITALOK JOGO DE 2 PANELAS AÇO INOX 4 pessoas Receitas icook TM Apresentamos algumas sugestões de receitas para você preparar usando as panelas e frigideiras da Linha icook TM. Utilize-as também nas suas Demonstrações Cozinhe em Casa. Pizza de frigideira

Leia mais

Kartoffelsalat (Salada de batatas)

Kartoffelsalat (Salada de batatas) Kartoffelsalat (Salada de batatas) Rendimento: 4 porções - 1 e 1/2 kg de batata inglesa - 1 cebola roxa - 150g de presunto picado - 3 colheres (sopa) de vinagre de vinho - 2 colheres (sopa) de mostarda

Leia mais

Apostila de Produçao Caseira de Cerveja - Page 1 of 30

Apostila de Produçao Caseira de Cerveja - Page 1 of 30 APOSTILA DE PRODUÇÃO DE CERVEJAS ARTESANAIS VERSÃO: 0.4 ALPHA AUTORES: ALEX WIRZ VIEIRA HOMEBREWER@WIRZ.COM.BR CONTRIBUINTES: SE VOCÊ ENCONTROU ALGUM ERRO OU QUER SUGERIR ALGUM TEXTO ESCREVA PARA O E-MAIL

Leia mais

Clique aqui http://emagrecaki.com.br/dieta-balanceada-como-fazer-agora/

Clique aqui http://emagrecaki.com.br/dieta-balanceada-como-fazer-agora/ Clique aqui http://emagrecaki.com.br/dieta-balanceada-como-fazer-agora/ Clique aqui http://emagrecaki.com.br/dieta-balanceada-como-fazer-agora/ Clique aqui http://emagrecaki.com.br/dieta-balanceada-como-fazer-agora/

Leia mais

Agroindústria. Menu Introdução Pão integral Pão de mandioca Pão de torresmo com creme de alho Pão de Forma Pãezinhos de Batata. 1.

Agroindústria. Menu Introdução Pão integral Pão de mandioca Pão de torresmo com creme de alho Pão de Forma Pãezinhos de Batata. 1. 1 de 6 10/16/aaaa 10:42 Agroindústria Processamento artesanal de farinhas e farináceos Fabricação de pão caseiro Pão integral, pão de torresmo, pão de forma e pãezinhos de batata Processamento artesanal

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO MOTOBOMBA A GASOLINA VULCAN VMB552 / VMB552H / VMB653 ATENÇÃO ANTES DE UTILIZAR O EQUIPAMENTO LEIA ATENTAMENTE ESTAS INSTRUÇÕES.

MANUAL DO USUÁRIO MOTOBOMBA A GASOLINA VULCAN VMB552 / VMB552H / VMB653 ATENÇÃO ANTES DE UTILIZAR O EQUIPAMENTO LEIA ATENTAMENTE ESTAS INSTRUÇÕES. MANUAL DO USUÁRIO MOTOBOMBA A GASOLINA VULCAN VMB552 / VMB552H / VMB653 ATENÇÃO ANTES DE UTILIZAR O EQUIPAMENTO LEIA ATENTAMENTE ESTAS INSTRUÇÕES. ÍNDICE 1. Aplicações...3 2. Instalações hidráulicas...4

Leia mais

Manual de Instruções Espressione Orion FAM - 620 T. Espressione. Especialista em soluções para o seu café

Manual de Instruções Espressione Orion FAM - 620 T. Espressione. Especialista em soluções para o seu café Manual de Instruções Espressione Orion FAM - 620 T Espressione Especialista em soluções para o seu café Espressione Orion 1 A B C D E V F G H I J K L M N O P Q R S T U W 1 Descrição Espressione A B C D

Leia mais

Ernesto entra numa fria!

Ernesto entra numa fria! A UU L AL A Ernesto entra numa fria! Segunda-feira, 6 horas da tarde, Cristiana e Roberto ainda não haviam chegado do trabalho. Mas Ernesto, filho do casal, já tinha voltado da escola. Chamou a gangue

Leia mais

Diante da atual situação de desabastecimento de água na cidade. Orientações à população para uso da Água. prefeitura.sp.gov.

Diante da atual situação de desabastecimento de água na cidade. Orientações à população para uso da Água. prefeitura.sp.gov. Prefeitura do Município de São Paulo Secretaria Municipal da Saúde Coordenação de Vigilância em Saúde - COVISA 08 de abril de 05 Orientações à população para uso da Água Diante da atual situação de desabastecimento

Leia mais

de Cacau COOKIE FIT Modo de Preparo Ingredientes

de Cacau COOKIE FIT Modo de Preparo Ingredientes RECEITAS Fitness COOKIE FIT de Cacau 1 xícara (chá) de farinha de amêndoas* 2 colheres de sopa de manteiga ghee ou óleo de coco 1 ovo 1/4 de xícara de chá de cacau em pó 1 colher de sopa de essência ou

Leia mais

ATENÇÃO INFORMAÇÕES SOBRE A GARANTIA

ATENÇÃO INFORMAÇÕES SOBRE A GARANTIA ATENÇÃO INFORMAÇÕES SOBRE A GARANTIA Motor vertical 2 tempos LER O MANUAL DO PROPRIETÁRIO. TRABALHE SEMPRE COM ROTAÇÃO CONSTANTE, NO MÁXIMO 3.600 RPM EVITE ACELERAR E DESACELERAR O EQUIPAMENTO. NÃO TRABALHE

Leia mais

CIÊNCIA E MEIO AMBIENTE Prof. Dr. Anderson Orzari Ribeiro

CIÊNCIA E MEIO AMBIENTE Prof. Dr. Anderson Orzari Ribeiro CIÊNCIA E MEIO AMBIENTE Prof. Dr. Anderson Orzari Ribeiro Tópico: A água Objetivos: i) identificação dos diferentes tipos de uso dos recursos hídricos e seu impacto ambiental, econômico e social ii) Ciclo

Leia mais

Refrigerador BRM48/BRM50

Refrigerador BRM48/BRM50 GUIA RÁPIDO Comece por aqui Se você quer tirar o máximo proveito da tecnologia contida neste produto, leia o Guia Rápido por completo. Refrigerador BRM48/BRM50 Frost Seu refrigerador usa o sistema Frost

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES

MANUAL DE INSTRUÇÕES MANUAL DE INSTRUÇÕES ASPIRADOR DE PÓ 800 W COM CABO TELESCÓPICO Equipamento somente para uso doméstico. Obrigado por escolher um produto com a marca Tramontina. Por favor, leia o Manual de Instruções por

Leia mais