3ª Série Nomenclatura IUPAC

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "3ª Série Nomenclatura IUPAC"

Transcrição

1 3ª Série Nomenclatura IUPAC

2 COLÉGIO TIA IVONE - CTI DISCIPLINA: QUÍMICA Data: / /2012 PROFESSOR: NEW CRISTIAN Apostila SÉRIE: 3ª SÉRIE DO ENSINO MÉDIO Aluno(a): Nomenclatura IUPAC Assim como acontece na Química Inorgânica, na Química Orgânica também agrupamos as substâncias com propriedades químicas semelhantes, que são conseqüência de características estruturais comuns. Desse modo, cada classe orgânica (função orgânica) é caracterizada por um grupo funcional e apresenta uma nomenclatura característica. A nomenclatura oficial de substâncias orgânicas é estabelecida segundo normas da International Union of Pure and Applied Chemistry (IUPAC) (União Internacional de Química Pura e Aplicada), criada em 1892 sendo constantemente revistas e aprimoradas. Como as regras de nomenclatura baseiam-se nas estruturas das moléculas, elas podem ser aplicadas inclusive para substâncias que não existem ou não foram descobertas. Algumas substâncias, no entanto, ainda são identificadas pelos nomes consagrados pelo uso comum através da nomenclatura usual. partes: De modo geral, o nome oficial de uma substância orgânica compõe-se de três Nome dos Compostos Orgânicos Prefixo Infixo Sufixo Indica o número de Carbonos Indica o tipo de ligação Indica a Classe Funcional 2

3 Prefixo Infixo Sufixo Número de Carbono(s) Tipo de ligação Classe Funcional 1 = Met 28 = Octaeicos Simples = an Classe Fórmula Sufixo 2 = Et 29 = Nonaeicos 1 Dupla = en Funcional Geral 3 = Prop 30 = Triacont 1 Tripla = in Hidrocarboneto C x H y 4 = But 31 = Hentriacont 2 Duplas = Dien 5 = Pent 32 = Dotriacont 2 Triplas = Triin 6 = Hex 7 = Hept 8 = Oct 40 = Tetracont 50 = Pentacont 60 = Hexacont 3 Duplas = Trien 3 Triplas = Triin 9 = Non 70 = Heptacont 10 = Dec 80 = Octacont 11 = Undec 90 = Nonacont 12 = Dodec 100 = Hect 13 = Tridec 14 = Tetradec 15 = Pentadec Prefixo de Quantidade 2 = Di 3 = Tri 4 = Tetra 5 = penta 16 = Hexadec 17 = Heptadec 18 = Octadec 19 = Nonadec 20 = Eicos 21 = Heneicos 22 = Doeicos 23 = Trieicos 24 = Tetraeicos 25 = Pentaeicos 26 = Hexaeicos 27 = Heptaeicos 3

4 Essas regras foram originalmente elaboradas para a língua inglesa, mas aceitam-se pequenas variações da língua portuguesa desde que obedeçam ao princípio um nome para cada estrutura e uma estrutura para cada nome e não causem dúvidas. Nomenclatura dos Hidrocarbonetos A nomenclatura desses compostos, formados apenas pelos elementos carbono e hidrogênio, é a base para o nome de praticamente todas as outras substâncias orgânicas. Existem milhares de hidrocarbonetos. O gás butano, encontrado liquefeito em isqueiros, o gás acetileno das soldas e as substâncias que constituem a parafina das velas são alguns deles. Cadeias abertas e não ramificadas Alcanos Só apresentam ligações simples entre carbonos. A nomenclatura segue a regra geral: Prefixo + an + o Alcenos possuem uma ligação dupla entre átomos de carbono. Seguimos a regra geral: Prefixo + en + o Observe que só existe uma possibilidade para montar a fórmula estrutural do propeno, não importando como você disponha os átomos. Agora, vejamos o caminho inverso. O que indica o nome buteno? 4

5 Prefixo Infixo Sufixo But en O 4 Ligação dupla hidrocarboneto carbonos Vamos pensar em sua fórmula estrutural: quantas estruturas são possíveis para o buteno? Oi seja, onde se localiza a ligação dupla? Inicialmente, podemos pensar em três possibilidades. Para casos assim, a IUPAC estabelece as seguintes regras: Numerar a cadeia a partir da extremidade mais próxima da insaturação; Verificar os números dos carbonos da dupla e escrever o menor desses números (regra dos menores números). Então: Portanto, há apenas duas possibilidades; as moléculas I e III são iguais, pois, observando suas estrutura, podemos dizer que tudo se passa como se girássemos o modelo da molécula no espaço. 5

6 Observação: No caso do eteno e do propeno não foi preciso numerar a cadeia porque não há possibilidade de confusão. Cada nome permite apenas uma fórmula etrutural. Alcinos - possuem uma ligação tripla e a regra geral para a nomenclatural é: Prefixo + in + o Alcadienos possuem duas ligações duplas e a regra de nomenclatura é: No caso de haver mais de uma possibilidade para a localização das ligações duplas estas posições devem ser identificadas. Quando uma mesma insaturação apresenta-se mais de uma vez em um composto, é necessário utilizar os prefixos: di, tri, tretra, penta, etc. para indicar a quantidade. Nesses casos, as insaturações são indicadas por números (os menores possíveis) separados por vírgula. Exemplo: 6

7 As regras de nomenclatura permitem uma adaptação para outras línguas. (presença do a). di = duas ligações duplas na cadeia. A prioridade de numeração é daligação dupla. Cadeias abertas e ramificadas Em cadeias ramificadas deve-se dividir a cadeia em duas partes: cadeia principal e ramificação. Cadeia principal é a maior sequência de carbonos que contenham as ligações duplas e triplas (se existirem). Em caso de duas sequências igualmente longas, a principal será a mais ramificada. Os carbonos que não fazem parte da cadeia principal pertencem às ramificações. A ramificação (grupo substituinte) recebe nome de radical. Radical é um átomo ou um conjunto de átomos com existência livre, apresenta elétron desemparelhado e é instável. Grupo substituinte é um conjunto de átomos ligados, em geral, à cadeia principal da substância. Regra IUPAC: Determinar a cadeia principal Caso haja duas possibilidades com o mesmo número de carbonos, a cadeia principal é a mais ramificada. Por exemplo: 7

8 Opção correta: duas ramificações Opção incorreta: uma ramificação Se houver duplas e/ou triplas ligações, a cadeia principal é a maior sequência com o maior número possível de insaturações: Numerar a cadeia principal. Nas cadeias saturadas, numere a cadeia principal a partir da extremidade que forneça os menores números possíveis para as ramificações (regra dos menores números). Por exemplo. Numeração correta Numeração incorreta Nas cadeias insaturadas, comece a numeração pela extremidade mais próxima da ligação dupla ou tripla tal que a insaturação possa ser identificada com o menor número possível. 8

9 Numeração correta Numeração incorreta Se a insaturação está equidistante das extremidades da cadeia principal, numera-se a cadeia a partir da extremidade que forneça os menores números para as ramificações: Numeração correta: ramificação no carbono 2 Numeração incorreta: ramificação no carbono 3 Escrever o nome do composto obedecendo à seguinte ordem geral: (número do carbono ramificado) (nome da ramificação) (nome do hidrocarboneto que possuía cadeia principal). 2 metil butano Interprete assim: grupo metil ligado ao carbono 2 da cadeia do butano. Caso haja mais de uma ramificação e ecas sejam iguais, indica-se a quantidade de ramificações com os prefixo di, tri, etc. Veja o exemplo: 2,2,4-trimetil-pentano Observe que cada ramificação dever ser identificada com um número, mesmo que sejam número iguais, e eles são separados por vírgula. 9

10 Se as ramificações forem diferentes, elas devem ser escritas em ordem alfabética, sem considerar os eventuais prefixos que indiquem quantidade (di, tri, etc.) 3,4-dietil-5-propil 2,2-dimetil-heptano Observação: Quanto ao uso do hífen O que na regra IUPAC seria escrito 2-metilpentano, na apostila será escrito 2-metil-pentano, apenas por conveniência didática. O uso adicional do hífen nesse caso proporciona maior clareza sobre a estrutura do composto. Quando houver insaturação(ões) e ramificação(ões) a prioridade na numeração será da insaturação. Insaturação > ramificação 10

11 Observe que os prefixos lembre-se das regras: multiplicativos que indicam a quantidade de uma mesma ramificação, como di, tri, tetra, não são considerados quando se estabelece a ordem alfabética. Dessa forma dimetil é indicado depois de etil e de isopropil, ou seja o que conta é a letra m (de metil) e não a letra d (do prefixo di). A cadeia principal é a maior seqüência com maior quantidade possível de insaturações e ramificações. Ela é numerada a partir da extremidade que fornece os menores números para as insaturações. Existindo apenas uma insaturação, a numeração começa na extremidade mais próxima dela. Observe. Numeração mais próxima da insaturação. 11

12 Nomenclatura de Compostos de Cadeia Fechada Em compostos de cadeia cíclica, devemos acrescentar o prefixo ciclo antes do nome. Exemplos: Note que, no caso do ciclo-propeno, não há necessidade de indicar a posição da dupla ligação por meio de número. Mesma molécula escrita de diferentes formas. Em casos como o seguinte, é necessário localizar as duplas ligações. A numeração deve ser feita de modo que as insaturações sejam representadas com os menores números possíveis. Em muitos casos, os compostos com anel benzênico apresentam nomes especiais, que não seguem as regras estudadas. Quando a cadeia principal apresentar apenas um anel benzênico (anel aromático), ela é denominada benzeno e pode apresentar uma ou mais ramificações. Se houver uma única ramificação, seu nome deve preceder a palavra benzeno, sem numeração: 12

13 Os prefixos orto, meta e para podem ser utilizados apenas quando um anel benzênico possuir dois grupos a eles ligados: (orto indica posição 1,2); (meta indica posição 1,3); (para indica posição 1,4). Para os hidrocarbonetos de cadeia mista, consideramos a parte aberta da cadeia uma ramificação da parte fechada (cadeia principal). Exemplo: Observação: Havendo mais de uma ramificação, devemos numerar os carbonos do ciclo de modo que os números que aparecem no nome sejam os menores possíveis. Se houver ligação dupla no ciclo, a numeração deve ser iniciar no carbono que a contém. Quando existirem dois ou mais substituintes em carbonos diferentes do anel, a numeração deve iniciar-se segundo a ordem alfabética e percorrer o anel, a fim de obter os menores números para as outras ramificações. 13

Ensino Médio Química QUÍMICA 30 ano

Ensino Médio Química QUÍMICA 30 ano QUÍMICA 3 0 ano CADEIAS CARBÔNICAS QUÍMICA ORGÂNICA orgânica é o ramo da química que estuda os compostos de carbono. O carbono pertence ao segundo período, grupo IVA da tabela periódica. 6C 12 1s 2 2s

Leia mais

Hidrocarbonetos. Alcenos (C n H 2n ) ligações duplas geometria triângular plana em cada C

Hidrocarbonetos. Alcenos (C n H 2n ) ligações duplas geometria triângular plana em cada C Hidrocarbonetos Saturados Insaturados Alcanos (C n H 2n+2 ) ligações simples geometria tetraédrica em cada C Alcenos (C n H 2n ) ligações duplas geometria triângular plana em cada C Alcinos (C n H 2n 2

Leia mais

QUÍMICA ORGÂNICA Teoria Geral

QUÍMICA ORGÂNICA Teoria Geral QUÍMICA RGÂNICA Teoria Geral Tipos de Carbono Dependendo do número de ligações que o átomo de carbono faz com outros carbonos, podemos classificá-los como:! rimário: ligado diretamente a, no máximo, um

Leia mais

Lista de Exercícios. Exercícios de Vestibulares: Hidrocarbonetos. Professor Anderson Dino www.aulasdequimica.com.br

Lista de Exercícios. Exercícios de Vestibulares: Hidrocarbonetos. Professor Anderson Dino www.aulasdequimica.com.br Lista de Exercícios Exercícios de Vestibulares: Hidrocarbonetos Professor Anderson Dino NOMENCLATURA 1. Regras de nomenclatura A IUPAC (International Union of Pure and Applied Chemistry) considera como

Leia mais

Química COMPOSTOS DE CARBONO

Química COMPOSTOS DE CARBONO COMPOSTOS DE CARBONO COMPOSTOS DE CARBONO Compostos Orgânicos / Compostos de Carbono CO 2 COMPOSTOS DE CARBONO Inorgânicos Eram os que se obtinham de minerais Orgânicos Eram os que se obtinham de organismos

Leia mais

Exercícios de Aprendizagem

Exercícios de Aprendizagem UFMS/CPCS AGRONOMIA Disciplina: Química Orgânica Professora Matildes Blanco LISTA -EXERCÍCIOS REFERENTE À AVALIAÇÃO 01 (P1) Exercícios de Aprendizagem 01) Escreva as fórmulas estruturais e moleculares

Leia mais

PRE-VEST AMANDA 14-05-2015 QUÍMICA. Rua Lúcio José Filho, 27 Parque Anchieta Tel: 3012-8339. f) 3-etil-2-metil-2-hexeno;

PRE-VEST AMANDA 14-05-2015 QUÍMICA. Rua Lúcio José Filho, 27 Parque Anchieta Tel: 3012-8339. f) 3-etil-2-metil-2-hexeno; PRE-VEST AMANDA 14-05-2015 QUÍMICA Lista de Exercícios Hidrocarbonetos Classificação e Nomenclatura de alcanos e alcenos. 01) Escreva as fórmulas estruturais e moleculares dos seguintes alcanos: a) propano;

Leia mais

SEQUÊNCIA DIDÁTICA - PODCAST ÁREA CIÊNCIAS DA NATUREZA

SEQUÊNCIA DIDÁTICA - PODCAST ÁREA CIÊNCIAS DA NATUREZA Título do Podcast Área Segmento Duração Plásticos Ciências da Natureza Ensino Médio 5min43seg SEQUÊNCIA DIDÁTICA - PODCAST ÁREA CIÊNCIAS DA NATUREZA Habilidades do Ensino Médio: H24: Reconhecer o petróleo

Leia mais

01) Considere as seguintes substâncias: e as seguintes funções químicas: a ácido carboxílico.

01) Considere as seguintes substâncias: e as seguintes funções químicas: a ácido carboxílico. 01) onsidere as seguintes substâncias: I) 3 e as seguintes funções químicas: a ácido carboxílico. B álcool. aldeído. II) III) IV) 3 3 3 D cetona. E éster. F éter. A opção que associa corretamente as substâncias

Leia mais

FCAV/UNESP. DISCIPLINA: Química Orgânica. ASSUNTO: Hidrocarbonetos

FCAV/UNESP. DISCIPLINA: Química Orgânica. ASSUNTO: Hidrocarbonetos FCAV/UNESP DISCIPLINA: Química Orgânica ASSUNTO: Hidrocarbonetos HIDROCARBONETOS São compostos orgânicos formados exclusivamente por átomos de carbono e de hidrogênio. Subdivisões: HIDROCARBONETOS Podem

Leia mais

LISTA DE REVISÃO DE HIDROCARBONETO

LISTA DE REVISÃO DE HIDROCARBONETO 2 o EM QUÍMICA 2º TRIMESTRE 08 07 15 LISTA DE REVISÃO DE HIDROCARBONETO 1. (Enem 2000) Para compreender o processo de exploração e o consumo dos recursos petrolíferos, é fundamental conhecer a gênese e

Leia mais

Nomenclatura de Compostos Orgânicos

Nomenclatura de Compostos Orgânicos Quimica rgânica Básica Hugo Braibante Nomenclatura de Compostos rgânicos sistema de nomenclatura que usaremos no Curso foi desenvolvido pela Internacional Union of Pure and Applied Chemistry (IUPAC - União

Leia mais

COLÉGIO SÃO JOSÉ QUÍMICA ORGÂNICA RIBEIRÃO PIRES-2008. Professor: Eduardo S.F.

COLÉGIO SÃO JOSÉ QUÍMICA ORGÂNICA RIBEIRÃO PIRES-2008. Professor: Eduardo S.F. CLÉGI SÃ JSÉ QUÍMICA RGÂNICA RIBEIRÃ PIRES-2008 SUMÁRI Histórico Hibridação do carbono Classificação do carbono Classificação das cadeias carbônicas aberta Classificação das cadeias carbônicas fechada

Leia mais

Química II. João Vicente Sacco Müller. INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SUL-RIO-GRANDENSE Campus Pelotas -Visconde da Graça

Química II. João Vicente Sacco Müller. INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SUL-RIO-GRANDENSE Campus Pelotas -Visconde da Graça Química II João Vicente Sacco Müller INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SUL-RIO-GRANDENSE Campus Pelotas -Visconde da Graça Pelotas - RS 2013 Presidência da República Federativa do Brasil

Leia mais

Fascículo 7 Unidades 16, 17 e 18. 2ª Edição

Fascículo 7 Unidades 16, 17 e 18. 2ª Edição 2ª Edição Fascículo 7 Unidades 16, 17 e 18 GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Governador Sergio Cabral Vice-Governador Luiz Fernando de Souza Pezão SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA Secretário

Leia mais

5. (FEEVALE-RS) Marque a alternativa correta que apresenta classificação da cadeia carbônica da essência de abacaxi, cuja fórmula estrutural é:

5. (FEEVALE-RS) Marque a alternativa correta que apresenta classificação da cadeia carbônica da essência de abacaxi, cuja fórmula estrutural é: 2ª LISTA DE EXERCÍCIOS QUIMICA ORGÂNICA Profº. Sandro Lyra 1. (UECE) A "nicotina" pode ser representada pela fórmula abaixo. Quantos átomos de carbono E quantos hidrogênios existem em uma molécula desse

Leia mais

Av. Celso Garcia, 804 Brás - Tel. 2692-3253 - 2694-4174 www.metacolegio.com.br

Av. Celso Garcia, 804 Brás - Tel. 2692-3253 - 2694-4174 www.metacolegio.com.br Av. Celso Garcia, 804 Brás - Tel. 2692-3253 - 2694-4174 www.metacolegio.com.br PARTE I Elaborado por: Prof. Edmilson C. Gobetti Revisão: III - 2011 Apresentação Química (do egipicio keme (chem), significado

Leia mais

TURMA DOS 30 01. Considere a cadeia carbônica representada a seguir:

TURMA DOS 30 01. Considere a cadeia carbônica representada a seguir: 01. Considere a cadeia carbônica representada a seguir: 06. Considere as seguintes substâncias e suas fórmulas estruturais: I. Antídoto efetivo no envenenamento por arsênio: Os carbonos numerados classificam-se

Leia mais

Moléculas Poliatómicas Enlace de Valência

Moléculas Poliatómicas Enlace de Valência Moléculas Poliatómicas Enlace de Valência A descrição da ligação química em moléculas poliatómicas através da TOM/CLOA não é trivial, embora existam inúmeros programas que permitem efectuar o cálculo da

Leia mais

Centro Universitário Anchieta Engenharia Química Química Orgânica I Prof. Vanderlei I Paula Lista de exercícios 4 / Data: 02/05/2015

Centro Universitário Anchieta Engenharia Química Química Orgânica I Prof. Vanderlei I Paula Lista de exercícios 4 / Data: 02/05/2015 01 - A adição de Br a um alceno pode conduzir a produtos diferentes caso, nessa reação, seja empregado o alceno puro ou o alceno misturado a uma pequena quantidade de peróxido. 2 + Br 2 Br 2 + Br peróxido

Leia mais

Química D Extensivo V. 3

Química D Extensivo V. 3 Química D Extensivo V. 3 Exercícios 01) Alternativa correta: A 5 4 3 2 1 CH 3 CH 2 CH CH CH 2 OH CH 3 CH 3 metil metil 02) Alternativa correta: D 8 7 6 5 4 3 2 1 CH 3 C = CH CH 2 CH 2 CH CH 2 CH 2 OH CH

Leia mais

QUESTÕES DE QUÍMICA ORGÂNICA

QUESTÕES DE QUÍMICA ORGÂNICA QUESTÕES DE QUÍMICA ORGÂNICA I 1- Um composto é orgânico quando: a) Possui carbono em sua molécula; b) Deriva dos seres vivos; c) Deriva dos vegetais; d) Possui obrigatoriamente carbono e nitrogênio em

Leia mais

CURSO MÁXIMO VESTIBULARES LISTA DE EXERCÍCIOS COMPLEMENTARES QO.02 HIDROCARBONETOS E NOMENCLATURA PROFª HAIRA

CURSO MÁXIMO VESTIBULARES LISTA DE EXERCÍCIOS COMPLEMENTARES QO.02 HIDROCARBONETOS E NOMENCLATURA PROFª HAIRA CURSO MÁXIMO VESTIBULARES LISTA DE EXERCÍCIOS COMPLEMENTARES QO.02 HIDROCARBONETOS E NOMENCLATURA PROFª HAIRA 1. Um dos componentes da gasolina que abastece os automóveis é o isoctano, de fórmula estrutural:

Leia mais

H C. A substituição de um átomo de H no etano com outro átomo de C e mais três átomos de H produz o propano, C3H8: H C

H C. A substituição de um átomo de H no etano com outro átomo de C e mais três átomos de H produz o propano, C3H8: H C Estruturas orgânicas APÊDIE epresentamos as moléculas orgânicas da natureza como as estruturas da Figura 2.2. Este apêndice apresenta uma breve revisão dos princípios da estrutura molecular dos compostos

Leia mais

Química. 1. Introdução: 2. Classificação dos hidrocarbonetos. Aluno (a):

Química. 1. Introdução: 2. Classificação dos hidrocarbonetos. Aluno (a): Centro de Estudos e Ações Solidárias da Maré Professor: Anderson Oliveira Curso Pré-Vestibular CPV Aula 2: Hidrocarbonetos Aluno (a): 1. Introdução: Os hidrocarbonetos são compostos que contêm somente

Leia mais

Funções orgânicas. Mestranda: Daniele Potulski Disciplina: Química da Madeira I

Funções orgânicas. Mestranda: Daniele Potulski Disciplina: Química da Madeira I Funções orgânicas Mestranda: Daniele Potulski Disciplina: Química da Madeira I Hidrocarbonetos HIDROCARBONETOS DE CADEIA NORMAL Prefixo indicativo do número de C + intermediário indicativo da natureza

Leia mais

SOS QUÍMICA - O SITE DO PROFESSOR SAUL SANTANA. QUESTÕES. 02. Classifique as cadeias seguintes em abertas, fechadas ou mistas:

SOS QUÍMICA - O SITE DO PROFESSOR SAUL SANTANA. QUESTÕES. 02. Classifique as cadeias seguintes em abertas, fechadas ou mistas: SOS QUÍMICA - O SITE DO PROFESSOR SAUL SANTANA. QUESTÕES EXERCÍCIOS DE CARBONO. 01. Classifique os átomos de carbono das seguintes cadeias: 02. Classifique as cadeias seguintes em abertas, fechadas ou

Leia mais

QUIMICA ORGÂNICA (Rodrigo Rosa)

QUIMICA ORGÂNICA (Rodrigo Rosa) QUIMICA ORGÂNICA (Rodrigo Rosa) HISTÓRICO Teoria da Força Vital - teoria postulada por Berzelius (1779-1848) na qual afirmava que era necessária uma força especial, desconhecida, somente presentes nos

Leia mais

Química E Superintensivo

Química E Superintensivo GABARIT Superintensivo Exercícios 01) 02) B 03) A 04) D a) Errada. A cadeia é mista (uma parte aberta e outra fechada). b) Errada. A cadeia é heterogênea, tem dois heteroátomos: e N. c) erta. Possui uma

Leia mais

HIDROCARBONETOS ALCANOS

HIDROCARBONETOS ALCANOS HIDROCARBONETOS Os hidrocarbonetos são compostos formados por carbono e hidrogénio. Existem dois grandes grupos de hidrocarbonetos: os hidrocarbonetos alifáticos e os hidrocarbonetos aromáticos. Se os

Leia mais

PROFESSOR: EQUIPE DE QUÍMICA

PROFESSOR: EQUIPE DE QUÍMICA PROFESSOR: EQUIPE DE QUÍMICA BANCO DE QUESTÕES - QUÍMICA ORGÂNICA 2ª SÉRIE - ENSINO MÉDIO - PARTE 1 ============================================================================================= Hidrocarbonetos

Leia mais

hidrogênio. a) I e II. b) I e IV. c) II e III. d) I, III e IV. e) II, III e IV.

hidrogênio. a) I e II. b) I e IV. c) II e III. d) I, III e IV. e) II, III e IV. Quimica Lista de Cadeias carbônicas d) tem quatro ligações. e) possui cadeia carbônica mista e heterogênea. 1. (Unicamp) A fórmula geral dos hidrocarbonetos de cadeia aberta que contém uma dupla ligação

Leia mais

Gabarito -Funções Orgânicas 2015

Gabarito -Funções Orgânicas 2015 Gabarito: Resposta da questão 1: [Resposta do ponto de vista da disciplina de Química] As cenouras de coloração laranja podem ter sido trazidas a Pernambuco durante a invasão holandesa e contêm um pigmento

Leia mais

APOSTILA DE QUÍMICA ORGÂNICA 4º BIMESTRE

APOSTILA DE QUÍMICA ORGÂNICA 4º BIMESTRE Nome: nº: Bimestre: 4º Ano/série: 2ª série Ensino: Médio Componente Curricular: Química Professor: Ricardo Honda Data: / / APOSTILA DE QUÍMICA ORGÂNICA 4º BIMESTRE TEORIA 15 ISOMERIA PLANA Isomeria: fenômeno

Leia mais

ETEC LAURO GOMES QUÍMICA ORGÂNICA ELABORADO PELO PROF. VALDEVINO

ETEC LAURO GOMES QUÍMICA ORGÂNICA ELABORADO PELO PROF. VALDEVINO ETEC LAURO GOMES QUÍMICA ORGÂNICA ELABORADO PELO PROF. VALDEVINO QUÍMICA ORGÂNICA 1 Muitas da substancias existentes em produtos naturais são conhecidas desde a antiguidade. No passado obteve o vinho a

Leia mais

GOIÂNIA, / / 2015. PROFESSORA: Núbia de Andrade. DISCIPLINA:Química SÉRIE: 3º. ALUNO(a):

GOIÂNIA, / / 2015. PROFESSORA: Núbia de Andrade. DISCIPLINA:Química SÉRIE: 3º. ALUNO(a): GOIÂNIA, / / 2015 PROFESSORA: Núbia de Andrade DISCIPLINA:Química SÉRIE: 3º ALUNO(a): Lista de Recuperação Semestral No Anhanguera você é + Enem Antes de iniciar a lista de exercícios leia atentamente

Leia mais

01. Um alcano de cadeia alifática normal apresenta em. 02. ESCREVA as fórmulas estruturais e DÊ o nome de todos

01. Um alcano de cadeia alifática normal apresenta em. 02. ESCREVA as fórmulas estruturais e DÊ o nome de todos EXERÍIOS DE FIXAÇÃO 01 Um alceno contendo 10 carbonos e um alcino contendo 9 carbonos em suas estruturas devem apresentar, respectivamente, um número de hidrogênios igual a A) 10 e 9 ) 18 e 20 E) 16 e

Leia mais

NOMENCLATURA DE MOLÉCULAS ORGÂNICAS

NOMENCLATURA DE MOLÉCULAS ORGÂNICAS NOMENCLATURA DE MOLÉCULAS ORGÂNICAS NOMENCLATURA A principal finalidade da nomenclatura química é a identificação de espécies químicas por meio de palavras escritas ou pronunciadas. Há dois tipos: - nomenclatura

Leia mais

Química Orgânica: os compostos do carbono

Química Orgânica: os compostos do carbono 1 Química Orgânica: os compostos do carbono Objetivos: Revisão sobre estruturas e reatividades de compostos orgânicos. Hidrocarbonetos: compostos contendo apenas C e H. Classes de hidrocarbonetos: alcanos,

Leia mais

1. Escreva a fórmula eletrônica e estrutural dos compostos cujas fórmulas moleculares são:

1. Escreva a fórmula eletrônica e estrutural dos compostos cujas fórmulas moleculares são: Universidade Federal do Paraná Setor de Ciências Agrárias Departamento de Engenharia e Tecnologia Florestal Curso: Engenharia Florestal Mestranda: Daniele Potulski LISTA DE EXERCÍCIOS 2 ENGF007 1. Escreva

Leia mais

INTRODUÇÃO À QUÍMICA ORGÂNICA

INTRODUÇÃO À QUÍMICA ORGÂNICA PROFESSOR: EQUIPE DE QUÍMICA BANCO DE QUESTÕES - QUÍMICA - 1ª SÉRIE - ENSINO MÉDIO - PARTE 1 ============================================================================================= INTRODUÇÃO À QUÍMICA

Leia mais

Química Orgânica - Introdução

Química Orgânica - Introdução Química Orgânica - Introdução 01. HISTÓRICO Teoria da Força Vital - teoria postulada por Berzeliu (1779-1848) na qual afirmava que era necessária uma força especial, desconhecida, somente presentes nos

Leia mais

Nas condições citadas, a equação global corretamente balanceada da eletrólise da água é: b) H 2 + O 2. d) 2H 2

Nas condições citadas, a equação global corretamente balanceada da eletrólise da água é: b) H 2 + O 2. d) 2H 2 QUÍMICA As questões 31 e 32 referem-se às informações abaixo. Por contribuir para a preservação ambiental, o uso do gás hidrogênio, como combustível economicamente viável, já está sendo considerado como

Leia mais

Questão 32. Questão 33. Questão 31. alternativa D. alternativa C. alternativa C. As questões 31 e 32 referem-se às informações

Questão 32. Questão 33. Questão 31. alternativa D. alternativa C. alternativa C. As questões 31 e 32 referem-se às informações As questões 31 e 32 referem-se às informações abaixo. Por contribuir para a preservação ambiental, o uso do gás hidrogênio, como combustível economicamente viável, já está sendo considerado como um marco

Leia mais

Prof. César Lourenço

Prof. César Lourenço Prof. ésar Lourenço Prof. ésar Lourenço + l l ouve a troca do IDROGÊNIO pelo LORO REAÇÃO DE SUBSTITUIÇÃO É quando um átomo ou grupo de átomos é substituído por um radical do outro reagente. l + l l + LUZ

Leia mais

CURSO: QUALIDADE DAS ÁGUAS E POLUIÇÃO: ASPECTOS FÍSICO-QUÍMICOS AULA 4

CURSO: QUALIDADE DAS ÁGUAS E POLUIÇÃO: ASPECTOS FÍSICO-QUÍMICOS AULA 4 CURSO: QUALIDADE DAS ÁGUAS E POLUIÇÃO: ASPECTOS FÍSICO-QUÍMICOS AULA 4 REVISÃO DE QUÍMICA: CONCEITOS DE QUÍMICA ORGÂNICA APLICADOS AOS ESTUDOS DE CONTROLE DA QUALIDADE DAS ÁGUAS Prof. Dr. Roque Passos

Leia mais

COMPOSTOS OXIGENADOS (I)

COMPOSTOS OXIGENADOS (I) COMPOSTOS OXIGENADOS (I) Portal de Estudos em Química (PEQ) www.profpc.com.br Página 1 01 (UFRGS-RS) Observe a fórmula do composto: EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO a) Indique a função a que pertence o composto.

Leia mais

1. A melhor maneira de separar os componentes da mistura de água e gasolina é: a) Destilação fracionada b) Evaporação c) Destilação simples

1. A melhor maneira de separar os componentes da mistura de água e gasolina é: a) Destilação fracionada b) Evaporação c) Destilação simples 1º ANO ABC 1. A melhor maneira de separar os componentes da mistura de água e gasolina é: a) Destilação fracionada b) Evaporação c) Destilação simples d) Decantação e) Filtração da água 2. Explique um

Leia mais

Agora, utilizando as definições vistas, vamos classificar todos os átomos de carbono presentes na estrutura a seguir: CH 2

Agora, utilizando as definições vistas, vamos classificar todos os átomos de carbono presentes na estrutura a seguir: CH 2 Unidade 19 ompostos orgânicos Agora, utilizando as definições vistas, vamos classificar todos os átomos de carbono presentes na estrutura a seguir: 459 3 carbonos c = primários 3 3 3 2 2 carbonos carbonos

Leia mais

O carbono é um dos elementos químicos com capacidade de formar cadeias, ligando-se entre si e com outros elementos químicos.

O carbono é um dos elementos químicos com capacidade de formar cadeias, ligando-se entre si e com outros elementos químicos. ITS Química do Petróleo 3 Módulo: Prof.ª Mônica Fonseca Química Orgânica: É a parte da Química que estuda os compostos do carbono. Compostos orgânicos naturais: as principais fontes de compostos orgânicos

Leia mais

Química Orgânica HIBRIDIZAÇÃO DO CARBONO

Química Orgânica HIBRIDIZAÇÃO DO CARBONO Química Orgânica HIBRIDIZAÇÃO DO CARBONO amos Relembrar... Orbitais Atômicos casinha do elétrons Existem 4 orbitais atômicos s p d f Ligações sigma (σ) e ligações pi (π) Ligações do tipo sigma(σ) Ocorre

Leia mais

Funções organometálicas:

Funções organometálicas: Funções organometálicas: 1- Para dar nome em compostos organometálicos, primeiramente coloca-se o nome do radical orgânico e em seguida o nome do metal: a) Metil sódio. b) Dimetil Zinco c) Butil lítio.

Leia mais

EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO

EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO TAREFINHA DE QUÍMICA PARA O DIA 28/03 2º COLEGIAL EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO 1. Complete as ligações simples, duplas e triplas que estão faltando nas estruturas abaixo: 2. Complete as seguintes fórmulas estruturais,

Leia mais

Química. Química 3 SUMÁRIO. e Pré-vestibular. Química 1 MÓDULO 9 Isomeria Plana e Espacial... 3. Química 2. 3 a Série do Ensino Médio

Química. Química 3 SUMÁRIO. e Pré-vestibular. Química 1 MÓDULO 9 Isomeria Plana e Espacial... 3. Química 2. 3 a Série do Ensino Médio Química SUMÁRI Química 1 MÓDUL 9 Isomeria Plana e Espacial... 3 Química 2 MÓDUL 9 Termoquímica... 11 Processos Exotérmicos e Processos Endotérmicos ombustões alor de Formação Lei de ess Energia de Ligação

Leia mais

Hidrocarbonetos Regras de Nomenclatura

Hidrocarbonetos Regras de Nomenclatura idrocarbonetos Regras de Nomenclatura idrocarbonetos compostos orgânicos formados exclusivamente por carbono e hidrogénio. s hidrocarbonetos podem ser: Saturados apenas com ligações simples Alcanos Insaturados

Leia mais

Prof: René dos Reis Borges

Prof: René dos Reis Borges QUÍMICA ORGÂNICA 01) (UFSC) A estrutura do hidrocarboneto aromático benzeno (C 6 H 6 ) é representada pelo híbrido de ressonância a seguir, que possui: Assinale com V (verdadeiro) ou F (falso) as proposições

Leia mais

R E A Ç Õ E S O R G Â N I C A S

R E A Ç Õ E S O R G Â N I C A S R E A Ç Õ E S R G Â N I A S PRF. AGAMENN RBERT < 011 > Prof. Agamenon Roberto REAÇÕES RGÂNIAS www.agamenonquimica.com REAÇÕES RGÂNIAS ISÕES DAS LIGAÇÕES Para que ocorra uma reação química, é necessário

Leia mais

Orientações e sugestões para o desenvolvimento de conteúdos e habilidades para aluno DV. Ciências da Natureza/Ensino Médio

Orientações e sugestões para o desenvolvimento de conteúdos e habilidades para aluno DV. Ciências da Natureza/Ensino Médio Orientações e sugestões para o desenvolvimento de conteúdos e habilidades para aluno DV Ciências da Natureza/Ensino Médio Bloco da INDÚSTRIA PETROQUÍMICA E PLÁSTICO O petróleo é um dos principais insumos

Leia mais

Mary Santiago Silva 05/05/2010

Mary Santiago Silva 05/05/2010 Espectrometria de Massas Interpretação do Espectro de Massas Prof. Marcelo da Rosa Alexandre Departamento de Química - UFS Introdução Fragmentação em espectro de massas por EI oferece importante informação

Leia mais

Sumário. Unidade 1 O carbono e seus compostos 14. Capítulo 2 Compostos de carbono... 32. Carbono, um elemento muito especial... 16

Sumário. Unidade 1 O carbono e seus compostos 14. Capítulo 2 Compostos de carbono... 32. Carbono, um elemento muito especial... 16 Sumário Unidade 1 O carbono e seus compostos 14 Capítulo 1 Carbono, um elemento muito especial... 16 1. Introdução à Química Orgânica... 17 A Teoria da Força Vital... 18 Nascimento e evolução da Química

Leia mais

Química. Funções Orgânicas

Química. Funções Orgânicas Funções Orgânicas Hidrocarbonetos São compostos formados por carbono e hidrogênio. Características São pouco reativos; apolares; insolúveis em água; possuem baixo P.F. e P.E., aumentando de acordo com

Leia mais

PROFESSOR LOURIVAL NETO

PROFESSOR LOURIVAL NETO QUÍMICA EM 1 DIA PROFESSOR LOURIVAL NETO UBERLÂNDIA LIGAÇÕES QUÍMICAS Iônica: Ocorre devido a transferência de elétrons! Ìons mantêmse em um cristal Retículo cristalino. A força eletrostática mantém os

Leia mais

Química Tecnológica Geral Profª. Maria Teresa Unidade 5 Introdução à química do carbono

Química Tecnológica Geral Profª. Maria Teresa Unidade 5 Introdução à química do carbono Química Tecnológica Geral Profª. Maria Teresa Unidade 5 Introdução à química do carbono A Química Orgânica hoje é definida como a química que se dedica ao estudo dos compostos de carbono, independentemente

Leia mais

COMPOSTOS ORG R AN A OMET E ÁL Á I L COS

COMPOSTOS ORG R AN A OMET E ÁL Á I L COS COMPOSTOS ORGANOMETÁLICOS Um dos pioneiros da química organometálica dos elementos representativos foi o químico inglês E.C.Frankland, que trabalhou com compostos organoarsênios durante seus estudos de

Leia mais

www.professormazzei.com ISOMERIA Folha 01 João Roberto Fortes Mazzei

www.professormazzei.com ISOMERIA Folha 01 João Roberto Fortes Mazzei 01. Dentre as alternativas a seguir, é incorreto afirmar que: a) etanol e etóxi-etano apresentam, respectivamente, isomeria funcional e de compensação. b) 2-buteno e propino apresentam, respectivamente,

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE INSTITUTO DE QUÍMICA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE INSTITUTO DE QUÍMICA UIVERSIDADE FEDERAL D RI GRADE D RTE ISTITUT DE QUÍMICA APSTILA omenclatura Básica de Compostos rgânicos pelas Regras da IUPAC Autores: Prof. Fabiano do Espírito Santo Gomes (coordenador) Alane Priscilla

Leia mais

se complete no sentido indicado, assinale a alternativa correta. a) Há menos energia armazenada nos produtos do que nos reagentes.

se complete no sentido indicado, assinale a alternativa correta. a) Há menos energia armazenada nos produtos do que nos reagentes. Questão 01) Sejam dados os processos abaixo:. Fe(s) Fe(l).. H 2 O(l) H 2 (g) + 1/2 O 2 (g) C(s) + O 2 (g) CO 2 (g) V. H 2 O(v) H 2 O(s) V. NH 3 (g) 1/2 N 2 (g) + 3/2 N 2 (g) A opção que representa somente

Leia mais

NÚCLEO DE APRENDIZAGEM

NÚCLEO DE APRENDIZAGEM NÚLE DE APRENDIZAGEM QUÍMIA - 98 química orgânica INTRDUÇÃ A química é dividida em inorgânica e orgânica. A Química rgânica é aquela que trata dos compostos que possuem carbono. Em meados do século XVIII,

Leia mais

EXERCÍCIOS DE ISOMERIA PLANA E ESPACIAL

EXERCÍCIOS DE ISOMERIA PLANA E ESPACIAL CURS DE QUÍMICA PRF.: RENÉ DS REIS BRGES EXERCÍCIS DE ISMERIA PLANA E ESPACIAL 01 Cite a função química a que pertencem as substâncias abaixo, com os tipos de isomeria que ocorrem em cada par. a) 3 C C

Leia mais

Caderno de Exercícios 1 Química Série 14 Isomeria

Caderno de Exercícios 1 Química Série 14 Isomeria 01 Além da fórmula molecular, também deveria constar no rótulo o nome oficial do composto, uma vez que a fórmula C 6 H 14 pode representar substâncias orgânicas completamente distintas. 1 02 Fórmula molecular:

Leia mais

Conteúdos: Introdução a Química Orgânica; Hidrocarbonetos. Recursos Didáticos: Quadro Negro; Livro didático; Artigos e textos; Slides; Laboratório.

Conteúdos: Introdução a Química Orgânica; Hidrocarbonetos. Recursos Didáticos: Quadro Negro; Livro didático; Artigos e textos; Slides; Laboratório. PLANEJAMENTO AULAS PIBID 2013 Disciplina: Química Orgânica. Curso: Terceiro ano. Ensino médio. Bimestre: 2º Conteúdos: Introdução a Química Orgânica; Hidrocarbonetos. Recursos Didáticos: Quadro Negro;

Leia mais

Reações Orgânicas parte II: Adição, oxidação e redução. Profa. Kátia Aquino

Reações Orgânicas parte II: Adição, oxidação e redução. Profa. Kátia Aquino Reações Orgânicas parte II: Adição, oxidação e redução Profa. Kátia Aquino 1. Reação de adição A reação de adição ocorre em compostos insaturados como alcenos e alcinos. Importante salientar que a dupla

Leia mais

Resumo das Funções Orgânicas e nomenclatura

Resumo das Funções Orgânicas e nomenclatura Resumo das Funções Orgânicas e nomenclatura EXERCÍCIOS As questões 2 e 3 referem-se aos textos abaixo. Em diversos países, o aproveitamento do lixo doméstico é quase 100%. Do lixo levado as usinas de compostagem,

Leia mais

Química Orgânica Aplicada a Engenharia Geológica

Química Orgânica Aplicada a Engenharia Geológica Química Orgânica Aplicada a Engenharia Geológica Aula 3 Estudo funcional Alcanos e cicloalcanos Polaridade das ligações covalentes e das moléculas Prof. Dr. Leandro Vinícius Alves Gurgel 1. Introdução:

Leia mais

PORTAL DE ESTUDOS EM QUÍMICA - PROFESSOR PAULO CESAR (www.profpc.com.br) EXERCÍCIOS SOBRE CADEIAS CARBÔNICAS

PORTAL DE ESTUDOS EM QUÍMICA - PROFESSOR PAULO CESAR (www.profpc.com.br) EXERCÍCIOS SOBRE CADEIAS CARBÔNICAS PORTAL DE ESTUDOS EM QUÍMICA - PROFESSOR PAULO CESAR (www.profpc.com.br) EXERCÍCIOS SOBRE CADEIAS CARBÔNICAS 1. (Uff-RJ) A estrutura dos compostos orgânicos começou a ser desvendada nos meados do séc.

Leia mais

Química Orgânica Ambiental

Química Orgânica Ambiental Química Orgânica Ambiental Aula 5 Estereoquímica Prof. Dr. Leandro Vinícius Alves Gurgel 1. Estereoquímica - Introdução No início do século XIX, o mineralogista francês Renè Hauy observou a existência

Leia mais

NOMENCLATURA DE CADEIAS RAMIFICADAS DOS HIDROCARBONETOS

NOMENCLATURA DE CADEIAS RAMIFICADAS DOS HIDROCARBONETOS NOMENCLATURA DE CADEIAS RAMIFICADAS DOS HIDROCARBONETOS Portal de Estudos em Química (PEQ) www.profpc.com.br Página 1 EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO 01 (Vunesp-SP) Os nomes corretos dos compostos orgânicos: 02

Leia mais

TD de química orgânica. Assunto: isomeria ( 2º ano) Professor: Jorge Luiz. 1) Os compostos etanol e éter dimetílico demonstram que caso de isomeria?

TD de química orgânica. Assunto: isomeria ( 2º ano) Professor: Jorge Luiz. 1) Os compostos etanol e éter dimetílico demonstram que caso de isomeria? TD de química orgânica Assunto: isomeria ( 2º ano) Professor: Jorge Luiz Assunto: Isomeria Plana 1) Os compostos etanol e éter dimetílico demonstram que caso de isomeria? a) Cadeia. b) Posição. c) Compensação.

Leia mais

Alcenos e Alcadienos

Alcenos e Alcadienos Alcenos e Alcadienos Portal de Estudos em Química (PEQ) www.profpc.com.br Página 1 EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO 01 (Vunesp-SP) Álcoois podem ser obtidos pela hidratação de alcenos, catalisada por ácido sulfúrico.

Leia mais

LIGAÇÃO COVALENTE APOLAR ELEMENTOS COM MESMA ELETRONEGATIVIDADE

LIGAÇÃO COVALENTE APOLAR ELEMENTOS COM MESMA ELETRONEGATIVIDADE LIGAÇÃO COVALENTE APOLAR ELEMENTOS COM MESMA ELETRONEGATIVIDADE LIGAÇÃO COVALENTE POLAR ELEMENTOS COM ELETRONEGATIVIDADES DIFERENTES MOLÉCULA APOLAR VETORES SE ANULAM ///// µ R = 0 MOLÉCULA APOLAR VETORES

Leia mais

Nomenclatura de Compostos Orgânicos Segundo as Recomendações da IUPAC. Uma Breve Introdução

Nomenclatura de Compostos Orgânicos Segundo as Recomendações da IUPAC. Uma Breve Introdução w w w. c h e m k e y s. c o m Nomenclatura de Compostos Orgânicos Segundo as Recomendações da IUPAC. Uma Breve Introdução José Augusto R. Rodrigues* jaugusto@iqm.unicamp.br Universidade Estadual de Campinas,

Leia mais

PROVA ESPECIALMENTE ADEQUADA DESTINADA A AVALIAR A CAPACIDADE PARA A FREQUÊNCIA DO ENSINO SUPERIOR DOS MAIORES DE 23 ANOS PROVA DE QUÍMICA

PROVA ESPECIALMENTE ADEQUADA DESTINADA A AVALIAR A CAPACIDADE PARA A FREQUÊNCIA DO ENSINO SUPERIOR DOS MAIORES DE 23 ANOS PROVA DE QUÍMICA PROVA ESPECIALMENTE ADEQUADA DESTINADA A AVALIAR A CAPACIDADE PARA A FREQUÊNCIA DO ENSINO SUPERIOR DOS MAIORES DE 23 ANOS PROVA DE QUÍMICA TEMAS 1. Estrutura da matéria 1.1 Elementos, átomos e iões 1.2

Leia mais

Ciclo Alcanos ou Ciclanos

Ciclo Alcanos ou Ciclanos Ciclo Alcanos ou Ciclanos Portal de Estudos em Química (PEQ) www.profpc.com.br Página 1 Resumindo temos: Portal de Estudos em Química (PEQ) www.profpc.com.br Página 2 EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO 01 Considerando

Leia mais

IPT. Hidrocarbonetos alifáticos. Sumário. Hidrocarbonetos. Hidrocarbonetos Aromáticos. Hidrocarbonetos. Química 1 ALCANOS C 4 H 10 C 2 H 6 CH 4

IPT. Hidrocarbonetos alifáticos. Sumário. Hidrocarbonetos. Hidrocarbonetos Aromáticos. Hidrocarbonetos. Química 1 ALCANOS C 4 H 10 C 2 H 6 CH 4 IPT Química 1 idrocarbonetos João Luís Farinha Antunes Escola Superior de Tecnologia de Tomar Departamento de Arte, onservação e Restauro Sumário idrocarbonetos alifáticos lassificação Nomenclatura Variação

Leia mais

ISOMERIA PLANA EXERCÍCIOS - BÁSICO

ISOMERIA PLANA EXERCÍCIOS - BÁSICO ISOMERIA PLANA EXERCÍCIOS - BÁSICO 1. (Ufv 99) Sobre isômeros, é CORRETO afirmar que: a) são compostos diferentes com a mesma fórmula molecular. b) são representações diferentes da mesma substância. c)

Leia mais

Desidratação de Álcoois

Desidratação de Álcoois Desidratação de Álcoois Portal de Estudos em Química (PEQ) www.profpc.com.br Página 1 EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO 01 (Unifenas-MG) A busca de fontes alternativas, devido à possível escassez do petróleo, fez

Leia mais

PROF. JOÃO NETO MÓDULO: CADEIAS CARBÔNICAS

PROF. JOÃO NETO MÓDULO: CADEIAS CARBÔNICAS PROF. JOÃO NETO MÓDULO: CADEIAS CARBÔNICAS Complete as estruturas a seguir com o número correto de hidrogênios. 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 Considere as estruturas I e II e responda os exercícios 11

Leia mais

SEI Ensina - MILITAR Química

SEI Ensina - MILITAR Química SEI Ensina - MILITA Química Funções e Nomenclaturas e Química rgânica idrocarbonetos e Derivados alogenados Função aracterística Nomenclatura idrocarbonetos Somente átomos de arbono e idrogênio o Alcanos

Leia mais

Reações orgânicas. Mestranda: Daniele Potulski Disciplina: Química da Madeira I

Reações orgânicas. Mestranda: Daniele Potulski Disciplina: Química da Madeira I Reações orgânicas Mestranda: Daniele Potulski Disciplina: Química da Madeira I Introdução Quase todos os compostos orgânicos tem moléculas apolares ou com baixa polaridade; Essa característica é um fator

Leia mais

propan-1-ol ciclopropano

propan-1-ol ciclopropano propan-1-ol ciclobutano ciclopropano propeno Representação por traços 2- Introdução à Química rgânica Representações de Fórmulas Estruturais 2- Introdução à Química rgânica Representações de Fórmulas Estruturais

Leia mais

APOSTILA DE QUÍMICA ORGÂNICA 3º BIMESTRE

APOSTILA DE QUÍMICA ORGÂNICA 3º BIMESTRE Nome: nº: Bimestre: 3º Ano/série: 2ª série Ensino: Médio Componente Curricular: Química Professor: Ricardo Honda Data: / / APOSTILA DE QUÍMICA ORGÂNICA 3º BIMESTRE TEORIA 8 NOMENCLATURA DE CETONAS LISTA

Leia mais

LISTA DAS FUNÇÕES ORGÂNICAS

LISTA DAS FUNÇÕES ORGÂNICAS Orgânica Na pré-história, o ser humano se limitava a usar materiais que encontrava na natureza, sem provocar neles grandes modificações. A descoberta do fogo trouxe ao ser humano a primeira maneira efetiva

Leia mais

a) Hidrocarboneto alifático, saturado, com cinco átomos de carbono que apresenta na sua nomenclatura o prefixo "iso".

a) Hidrocarboneto alifático, saturado, com cinco átomos de carbono que apresenta na sua nomenclatura o prefixo iso. EXECÍCIOS REVISÃO QUÍMICA - 2ª série 1. (Uff) Dê a fórmula estrutural dos seguintes compostos: a) Hidrocarboneto alifático, saturado, com cinco átomos de carbono que apresenta na sua nomenclatura o prefixo

Leia mais

QUÍMICA ORGÂNICA I. Professora: Matildes Blanco 2011 QUÍMICA ORGÂNICA

QUÍMICA ORGÂNICA I. Professora: Matildes Blanco 2011 QUÍMICA ORGÂNICA QUÍMICA ORGÂNICA I Professora: Matildes Blanco 2011 QUÍMICA ORGÂNICA Todo composto orgânico apresenta o elemento carbono na sua composição. Porém, alguns compostos inorgânicos apresentam carbono (por exemplo,

Leia mais

Recursos para Estudo / Atividades

Recursos para Estudo / Atividades COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE Programa de Recuperação Final 2ª Etapa 2013 Disciplina: Química Ano: 3 ANO Professora: Maria Luiza Ensino Médio Caro aluno, você está recebendo o conteúdo de recuperação.

Leia mais

ESTRUTURA E REATIVIDADE DE ALCENOS E ALCINOS

ESTRUTURA E REATIVIDADE DE ALCENOS E ALCINOS ESTRUTURA E REATIVIDADE DE ALCENOS E ALCINOS INTRODUÇÃO NOMENCLATURA DE ALCENOS NOMEIE O HIDROCARBONETO PRINCIPAL SUFIXO ENO NUMERE OS ÁTOMOS DE CARBONO DA CADEIA NOMENCLATURA DE ALCENOS ESCREVA O NOME

Leia mais

Reações orgânicas de esterificação, saponificação e outras

Reações orgânicas de esterificação, saponificação e outras Reações orgânicas de esterificação, saponificação e outras 01. Equacione as seguintes reações de esterificação: 02. (Ufrs) Na reação de esterificação: os nomes dos compostos I, II e III são, respectivamente,

Leia mais

CENTRO PAULA SOUZA FACULDADE DE TECNOLOGIA FATEC SANTO ANDRÉ

CENTRO PAULA SOUZA FACULDADE DE TECNOLOGIA FATEC SANTO ANDRÉ 1 CENTRO PAULA SOUZA FACULDADE DE TECNOLOGIA FATEC SANTO ANDRÉ Tecnologia em Eletrônica Automotiva FELIPE PRADO SALVADOR JOÃO HENRIQUE BASSACO DE LIMA ANÁLISE DO ETANOL ADITIVADO COM GASOLINA DE PIRÓLISE

Leia mais

PLANO DE TRABALHO 1 MATEMÁTICA 4º ANO GEOMETRIA. Adriana da Silva Santi Coordenação Pedagógica de Matemática

PLANO DE TRABALHO 1 MATEMÁTICA 4º ANO GEOMETRIA. Adriana da Silva Santi Coordenação Pedagógica de Matemática PLANO DE TRABALHO 1 MATEMÁTICA 4º ANO GEOMETRIA Adriana da Silva Santi Coordenação Pedagógica de Matemática Piraquara Abril/2015 1 CONTEÚDOS - Poliedros: prismas e pirâmides. - Corpos Redondos: cone, cilindro

Leia mais