REGULAMENTO. Prémio de Excelência Empresarial. Página: 1 de 5

Save this PDF as:

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "REGULAMENTO. Prémio de Excelência Empresarial. Página: 1 de 5"

Transcrição

1 O. T. M. Prémio de Excelência Empresarial REGULAMENTO A ECoSIDA - Associação dos Empresários contra HIV e SIDA, Tuberculose e Malária é uma organização não governamental da CTA (Confederação das Associações Ecónomicas de Moçambique), sem fins lucrativos criada com o mandato mobilizar o Sector Privado para a responder ao HIV e SIDA e fazer a coordenação e monitoria da implementação da resposta do Sector Privado formal ao HIV e SIDA, mandato esse que tem vindo a ser estendido para o Sector informal e Cooperativo, a luz da parceria com a Organização Internacional de Trabalho (OIT). A sua missão é mobilizar o empresariado em Moçambique, no cometimento e responsabilidade social na luta contra o HIV e SIDA, Tuberculose e Malária no local de trabalho. A abordagem de intervenção da ECoSIDA centra-se no curto e médio prazo, com ênfase na vida social dos colaboradores e de outros stakeholders. A criação de um prémio tem como objectivo homenagear o esforço empresarial na resposta nacional ao HIV e SIDA, a luz do PEN III, na melhoria do bem-estar da comunidade, através de acções sobre a educação relativa a prevenção de HIV e SIDA, malária e tuberculose, testagem voluntária de HIV e acções para a mitigação dos efeitos nos trabalhadores e seus dependentes. Ao premiar empresas, a ECoSIDA pretende destacar as empresas dotadas de visão social, personalidade, liderança individual e trabalho comunitário. O Prémio denominar-se-á Prémio de Excelência Empresarial 2010 e ano mudará conforme os anos. Para a Edição 2010, o Prémio será entregue por Sua Excelência o Presidente da República de Moçambique, Armando Emílio Guebuza (Patrono do Prémio) na Gala ECoSIDA 2010 a realizar-se no dia 9 de Dezembro de O prémio é competitivo aonde as empresas concorrem de acordo com os procedimentos estabelecidos no Regulamento. REGULAMENTO Artigo 1º. (Conceito) O Prémio Anual de Excelência Empresarial é um prémio de excelência, que se denominará Prémio Anual de Excelência Empresarial, de âmbito nacional, sendo a responsabilidade pela sua organização da CTA e da sua gestão à ECoSIDA, podendo ser coadjuvada por entidades patrocinadoras e ou de suporte institucional especialmente convidadas. Página: 1 de 5

2 Artigo 2º. (Definição das categorias dos Prémios) As categorias de prémios de excelência sugeridas para o concurso são as seguintes: i) Grande Prémio de Excelência Empresarial; ii) Aconselhamento e testagem voluntária ao HIV; iii) Actividades de sensibilização e consciencialização sobre HIV e SIDA/Educação de Pares; iv) Actividades sobre Malária; v) Actividades sobre Tuberculose e vi)tratamento e apoio aos Trabalhadores vivendo com HIV e SIDA; Artigo 3º. (Grande Prémio de Excelência Empresarial) 1.O Grande Prémio de Excelência Empresarial, inclui todas as categoria ii), iii), iv), v) e vi); 2.Somente uma empresa será apurada como vencedora, independemente do seu tamanho, pelo que todas as empresas podem concorrer para este prémio, seja ela pequena, média ou grande. Artigo 4º. (Outras Categorias de Prémio) Nas categorias ii), iii), iv), v) e vi) serão apurados três vencedores correspondendo a um prémio para pequena, media e grande empresa, isto é, estas categorias são disputadas entre empresas do mesmo tamanho. Artigo 5º. (Elegibilidade) A participação no prémio será aberta a todas as empresas e isenta de custos, bastando a submissão da sua candidatura e as empresas poderão candidatar-se a mais de uma categoria do Prémio; Artigo 6º. (Abordagem das Delegações) As delegações das empresas a nível territorial, estão vedadas a concorrer como empresa; assim, as empresas com delegações, querendo concorrer, será aceite, somente uma única candidatura aonde pode incluir as actividades das delegações; Página: 2 de 5

3 Artigo 7º. (Prazo do Concurso) a) O Concurso abre no dia 11 de Outubro e fecha no dia 15 de Novembro de 2010; b) Dentro do período do concurso, estabelece-se um periodo de esclarecimentos, que vai desde o dia de abertura do mesmo até ao dia 15 de Outubro de 2010, em que os interessados poderão fazer os seus pedidos de esclarecimentos, por carta ou através do correio electrónico para o endereço seguinte: c) As respostas serão comunicadas por escrito a todos os concorrentes. Para beneficiar destes esclarecimentos, recomenda-se que os concorrentes, comuniquem a ECoSIDA sobre a sua intenção de concorrer, fornecendo o nome da empresa, pessoa de contacto, telefone/fax e endereço electrónico (se possível), durante o periodo de esclarecimentos conforme estipulado na alínea precedente; d) Findo o prazo indicado na alínea precedente, não serão aceites quaisquer esclarecimentos; Artigo 8º. (Submissão das Candidaturas) A submissão das candidaturas poderá ser feita, após terminado o período de esclarecimentos, os documentos do concurso podem ser baixados do Portal da ECoSIDA ( ou obtidos em formato impresso, na sede da ECoSIDA, sita na Av. Samora Machel N.285, 2 andar e nas suas delegações nas províncias de Gaza, Sofala, Nampula e Cabo Delgado; Artigo 9º Toda a informação fornecida pela empresa candidata é e será mantida em absoluta confidencialidade até ao momento da divulgação dos resultados. Artigo 10º Os organizadores poderão solicitar informações adicionais aos concorrentes, ainda que potencialmente candidatos ao Prémio, não tenham incluído no formulário todas as informações solicitadas. Artigo 11º Encerrado o prazo da submissão das candidaturas, 5 dias após, os organizadores iniciarão o processo de selecção dos pré-finalistas. Página: 3 de 5

4 Artigo 12º A organização poderá solicitar informação acrescida ou convidar a entrevista às empresas pré-finalistas bem como efectuar visitas no local;. Artigo 13º. (Juri) A avaliação e decisão em relação as empresas premiadas ficará a cargo de um Júri independente, composto por um representante do CNCS um representante do Ministério da Saúde, um representante da RENSIDA, um representante da UNAIDS; um Empresário indicado pela CTA; um representante dos SINDICATOS e um representante da Organização Internacional de Trabalho, OIT; A ECoSIDA exercerá a função de Secretariado do Juri; Artigo 14º (Indicação dos membros do Juri) Caberá as instituições ou entidades que representam, a indicação dos nomes dos membros do júri. Artigo 15º (Participação em edições subsequentes) Os vencedores dos Prémios são livres de participar nas edições seguintes do Prémio. Artigo 16 (Reunião do Juri) O Júri reunir-se-á 5 dias antes da cerimónia oficial de entrega do Prémio, para a avaliação das candidaturas e indicação dos finalistas e vencedor. Artigo 17º (Informação sobre os Vencedores) Aquando do anúncio do Prémio, estará disponível para os concorrentes e membros do Júri, os princípios e critérios de avaliação das candidaturas e selecção dos premiados. Artigo 18º (Conduta do Juri) O Júri e os membros integrantes da Comissão Organizadora do Programa comprometese a manter em absoluto sigilo o nome dos finalistas e vencedores do prémio, a serem oficialmente comunicados na Gala de entrega dos prémios e estes assinarão um documento de código de conduta e ética dos membros do Júri. Página: 4 de 5

5 Artigo 19º (Conflito de Interesse) 1. É vedada a candidatura a qualquer empresa ou organização participante no júri. 2. Caso alguma das entidades a que os membros do Júri pertencem, apresente candidatura a este concurso, impossibilitará o respectivo membro de votar (será aprovada uma politica de gestão de conflito de interesse). Artigo 20º (Tutela) A CTA é a instituição organizadora do Prémio Anual de Excelência Empresarial. Artigo 21º (Gestão do Prémio) A ECoSIDA é a instituição gestora do Prémio de Excelência Empresarial. Maputo, aos 11 de Outubro de 2010 A ECoSIDA Página: 5 de 5

Prémio Santander Totta / Universidade Nova de Lisboa, de Jornalismo Económico. Regulamento

Prémio Santander Totta / Universidade Nova de Lisboa, de Jornalismo Económico. Regulamento Prémio Santander Totta / Universidade Nova de Lisboa, de Jornalismo Económico Regulamento Considerando que se mostra da maior relevância: a) Reconhecer e premiar a excelência de trabalhos jornalísticos

Leia mais

REGULAMENTO PRÉMIO PRESTÍGIO DE SUSTENTABILIDADE

REGULAMENTO PRÉMIO PRESTÍGIO DE SUSTENTABILIDADE REGULAMENTO PRÉMIO PRESTÍGIO DE SUSTENTABILIDADE Os Amigos do Cáster em parceria com a Câmara Municipal de Ovar criam o PRÉMIO PRESTÍGIO DE SUSTENTABILIDADE, inserido no âmbito do Programa Integrado de

Leia mais

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DOS NEGÓCIOS ESTRANGEIROS E COOPERAÇÃO GABINETE DO ORDENADOR NACIONAL PARA A COOPERAÇÃO MOÇAMBIQUE / UE

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DOS NEGÓCIOS ESTRANGEIROS E COOPERAÇÃO GABINETE DO ORDENADOR NACIONAL PARA A COOPERAÇÃO MOÇAMBIQUE / UE REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DOS NEGÓCIOS ESTRANGEIROS E COOPERAÇÃO GABINETE DO ORDENADOR NACIONAL PARA A COOPERAÇÃO MOÇAMBIQUE / UE ANÚNCIO DE CONCURSO O Gabinete do Ordenador Nacional para a Cooperação

Leia mais

Regulamento de Participação no concurso de Edição HelpoframesII

Regulamento de Participação no concurso de Edição HelpoframesII Regulamento de Participação no concurso de Edição HelpoframesII Os presentes termos e condições regulam o concurso de Edição HelpoframesII, com início a 1 de Agosto de 2009 e termo a 31 de Agosto de 2010*.

Leia mais

REGULAMENTO. 1) Os Masters do Capital Humano são uma iniciativa do Grupo IFE e do Salão Profissional de Recursos Humanos - EXPO RH.

REGULAMENTO. 1) Os Masters do Capital Humano são uma iniciativa do Grupo IFE e do Salão Profissional de Recursos Humanos - EXPO RH. 12 de Março de 2014 Centro de Congressos do Estoril REGULAMENTO DISPOSIÇÕES GERAIS 1) Os Masters do Capital Humano são uma iniciativa do Grupo IFE e do Salão Profissional de Recursos Humanos - EXPO RH.

Leia mais

REGULAMENTO DO PRÊMIO NACIONAL OZIRES SILVA DE EMPREENDEDORISMO SUSTENTÁVEL

REGULAMENTO DO PRÊMIO NACIONAL OZIRES SILVA DE EMPREENDEDORISMO SUSTENTÁVEL REGULAMENTO DO PRÊMIO NACIONAL OZIRES SILVA DE EMPREENDEDORISMO SUSTENTÁVEL I. Natureza do Prêmio 1. O Prêmio Ozires Silva de Empreendedorismo Sustentável é uma iniciativa do Instituto Superior de Administração

Leia mais

REGULAMENTO. Selo de Reconhecimento de Práticas e Atos pelo Desperdício Alimentar Zero

REGULAMENTO. Selo de Reconhecimento de Práticas e Atos pelo Desperdício Alimentar Zero REGULAMENTO Selo de Reconhecimento de Práticas e Atos pelo Desperdício Alimentar Zero A Secretaria de Estado da Alimentação e Investigação Agroalimentar, no seguimento do Compromisso Prevenir Desperdício

Leia mais

Concurso de Ideias Jovem Empreendedor Estarreja 2013

Concurso de Ideias Jovem Empreendedor Estarreja 2013 Concurso de Ideias Jovem Empreendedor Estarreja 2013 Preâmbulo O Concurso de Ideias é uma iniciativa promovida pela DESTAC em parceria com a DOW Portugal, a Câmara Municipal de Estarreja e a Escola Secundária

Leia mais

Regulamento do concurso Fora da Caixa

Regulamento do concurso Fora da Caixa Regulamento do concurso Fora da Caixa Artigo 1 - Enquadramento O Concurso de Ideias de Negócio denominado Fora da Caixa é uma iniciativa do Ministério da Ciência e Tecnologia da República de Moçambique

Leia mais

Regulamento. Prémio Novos Artistas Fundação EDP 2015

Regulamento. Prémio Novos Artistas Fundação EDP 2015 Regulamento Prémio Novos Artistas Fundação EDP 2015 Considerando que: A. A Fundação EDP é uma instituição de direito privado, sem fins lucrativos, que tem por fins gerais a promoção, o desenvolvimento

Leia mais

Concurso de Ideias de Negócio

Concurso de Ideias de Negócio Concurso de Ideias de Negócio Preâmbulo O Concurso de Ideias é uma iniciativa desenvolvida através do Contrato Local de Desenvolvimento Social (CLDS) de Estarreja 7 Desafios em Rede, promovido pela DESTAC

Leia mais

Programa Gulbenkian Inovar em Saúde

Programa Gulbenkian Inovar em Saúde REGULAMENTO DO CONCURSO Concurso para financiamento de projetos em Literacia em Saúde 2013 Artigo 1º Objeto O presente Regulamento estabelece as normas de acesso ao concurso para financiamento de projetos

Leia mais

I Prémio Jovens Talentos. Regulamento

I Prémio Jovens Talentos. Regulamento 1 I Prémio Jovens Talentos Regulamento 1. Introdução O presente concurso tem como objectivo estimular o aparecimento e divulgação de novos talentos, no domínio cultural e artístico, dos jovens Bracarenses

Leia mais

Prémio Santander Totta / Universidade Nova de Lisboa, de Jornalismo Económico. Regulamento

Prémio Santander Totta / Universidade Nova de Lisboa, de Jornalismo Económico. Regulamento Prémio Santander Totta / Universidade Nova de Lisboa, de Jornalismo Económico Regulamento Considerando que se mostra da maior relevância: a) Reconhecer e premiar a excelência de trabalhos jornalísticos

Leia mais

O presente documento constitui o Regulamento da 7ª edição do Prémio Boas Práticas no Sector Público.

O presente documento constitui o Regulamento da 7ª edição do Prémio Boas Práticas no Sector Público. 7ª edição Prémio Boas Práticas no Sector Público O presente documento constitui o Regulamento da 7ª edição do Prémio Boas Práticas no Sector Público. Aconselhamos a sua leitura antes de iniciar o processo

Leia mais

REGULAMENTO DO VI CONCURSO ESCOLAS EMPREENDEDORAS DE CASCAIS REGULAMENTO DO VI CONCURSO ESCOLAS EMPREENDEDORAS DE CASCAIS.

REGULAMENTO DO VI CONCURSO ESCOLAS EMPREENDEDORAS DE CASCAIS REGULAMENTO DO VI CONCURSO ESCOLAS EMPREENDEDORAS DE CASCAIS. REGULAMENTO DO VI CONCURSO ESCOLAS EMPREENDEDORAS DE CASCAIS Preâmbulo O concurso de Escolas Empreendedoras de Cascais é uma iniciativa da Agência DNA Cascais. O presente documento visa regular o VI Concurso

Leia mais

Normas do Concurso de Ideias de Negócio Escolas Empreendedoras

Normas do Concurso de Ideias de Negócio Escolas Empreendedoras Preâmbulo O concurso de Ideias de Negócio é uma iniciativa da Câmara Municipal de Santa Maria da Feira. O presente documento visa regular o Concurso de Ideias Escolas Empreendedoras e pretende contribuir

Leia mais

PRÉMIO NACIONAL DE JORNALISMO SOBRE TRIBUTAÇÃO

PRÉMIO NACIONAL DE JORNALISMO SOBRE TRIBUTAÇÃO Pr émio Nacional Jornalismo sobre Tributação PRÉMIO NACIONAL DE JORNALISMO SOBRE TRIBUTAÇÃO I. Justificação 1. A comunicação social desempenha, nos dias de hoje, um papel insubstituível na sociedade, ao

Leia mais

REGULAMENTO DA INICIATIVA PONTES PARA O FUTURO PREÂMBULO

REGULAMENTO DA INICIATIVA PONTES PARA O FUTURO PREÂMBULO REGULAMENTO DA INICIATIVA PONTES PARA O FUTURO PREÂMBULO No âmbito da sua atividade de promoção do empreendedorismo e da inovação social, a Fundação Porto Social em parceria com a ESLider, promove a iniciativa

Leia mais

Programa de Promoção da Prática Desportiva Desenvolvimento da Atividade Interna. Enquadramento e Regulamento

Programa de Promoção da Prática Desportiva Desenvolvimento da Atividade Interna. Enquadramento e Regulamento Programa de Promoção da Prática Desportiva Desenvolvimento da Atividade Interna Enquadramento e Regulamento PROGRAMA DE PROMOÇÃO DA PRÁTICA DESPORTIVA - DESENVOLVIMENTO DA ATIVIDADE INTERNA Programa e

Leia mais

17ª EDIÇÃO PRÉMIO JOVEM EMPREENDEDOR REGULAMENTO

17ª EDIÇÃO PRÉMIO JOVEM EMPREENDEDOR REGULAMENTO 17ª EDIÇÃO PRÉMIO JOVEM EMPREENDEDOR REGULAMENTO 01.ENQUADRAMENTO E INFORMAÇÃO GERAL O Prémio do Jovem Empreendedor é um projeto da ANJE, criado em 1998, com o apoio do Instituto de Emprego e Formação

Leia mais

Regulamento do Green Project Awards

Regulamento do Green Project Awards Regulamento do Green Project Awards A GCI em parceria com a Agência Portuguesa do Ambiente e a Quercus Associação Nacional de Conservação da Natureza, institui um Prémio de reconhecimento de boas práticas

Leia mais

I. Da Instituição e Objetivos:

I. Da Instituição e Objetivos: Regulamento I. Da Instituição e Objetivos: 1.1. O, abreviadamente CEME, é órgão integrante da FACIAP FEDERAÇÃO DAS ASSOCIAÇÕES COMERCIAIS E EMPRESARIAIS DO PARANÁ, subordinando-se ao seu estatuto e às

Leia mais

REGULAMENTO BOLSA DE IDEIAS. Preâmbulo

REGULAMENTO BOLSA DE IDEIAS. Preâmbulo REGULAMENTO Preâmbulo A Bolsa de Ideias CAIE (BI) é uma iniciativa desenvolvida pelo Projecto CAIE Centro de Apoio à Inovação e ao Empreendedorismo, financiado pela Iniciativa Comunitária EQUAL. Esta iniciativa

Leia mais

III PRÊMIO PARAÍBA ABRAÇA ODM

III PRÊMIO PARAÍBA ABRAÇA ODM III PRÊMIO PARAÍBA ABRAÇA ODM Faça parte desse abraço A Fundação Solidariedade ponto focal do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento,braço social do Sistema Correio de Comunicação, é uma Associação

Leia mais

CONCURSO FOTOFEBASE 2015

CONCURSO FOTOFEBASE 2015 CONCURSO FOTOFEBASE 2015 Mais um ano, mais uma nova edição do concurso FOTO FEBASE e mais uma oportunidade para fotografar aqueles momentos tão especiais e únicos. Em 2015 a FEBASE lança mais um desafio

Leia mais

Introdução. O Júri seleccionará cinco organizações para cada uma das seguintes categorias:

Introdução. O Júri seleccionará cinco organizações para cada uma das seguintes categorias: REGULAMENTO Introdução O Prémio Healthy Workplaces - Locais de Trabalho Saudáveis pretende reconhecer e distinguir as organizações portuguesas com contributos notáveis e inovadores para a segurança, o

Leia mais

PRÉMIOS CONSUMUS DIXIT FÓRUM DO CONSUMO

PRÉMIOS CONSUMUS DIXIT FÓRUM DO CONSUMO PRÉMIOS CONSUMUS DIXIT FÓRUM DO CONSUMO ETAPAS DO PROCESSO DE CANDIDATURA 1ª Etapa Candidaturas: 1 Out 2014 28 Fev 2015. O prémio Consumus Dixit é aberto a todos trabalhos profissionais, académicos, personalidades

Leia mais

3ª MOSTRA DE IDÉIAS E INOVAÇÕES MACKENZIE 3ª MACK-MIDI

3ª MOSTRA DE IDÉIAS E INOVAÇÕES MACKENZIE 3ª MACK-MIDI 3ª MOSTRA DE IDÉIAS E INOVAÇÕES MACKENZIE 3ª MACK-MIDI REGULAMENTO 1. CONCEITO E DENOMINAÇÃO A MIDI- MOSTRA DE IDÉIAS E INOVAÇÕES MACKENZIE é uma atividade técnico-cultural que visa a demonstração pública

Leia mais

REGULAMENTO DO CONCURSO DE IDEIAS DO CONCELHO DA NAZARÈ

REGULAMENTO DO CONCURSO DE IDEIAS DO CONCELHO DA NAZARÈ REGULAMENTO DO CONCURSO DE IDEIAS DO CONCELHO DA NAZARÈ Preâmbulo O concurso de Ideias do Concelho da Nazaré é uma iniciativa da Câmara Municipal da Nazaré. O presente documento visa regular o Concurso

Leia mais

Prémio EDP Novos Artistas. Regulamento DO PRÉMIO

Prémio EDP Novos Artistas. Regulamento DO PRÉMIO Prémio EDP Novos Artistas Regulamento DO PRÉMIO 1. O Prémio EDP Novos Artistas, criado em 2000, é uma iniciativa da Fundação EDP. Com a atribuição deste prémio, a Fundação EDP confirma a sua responsabilidade

Leia mais

PACDE Projecto de Apoio à Competitividade e Desenvolvimento do Sector Privado MESE MECANISMO DE SUBSÍDIOS EMPRESARIAIS

PACDE Projecto de Apoio à Competitividade e Desenvolvimento do Sector Privado MESE MECANISMO DE SUBSÍDIOS EMPRESARIAIS PACDE Projecto de Apoio à Competitividade e Desenvolvimento do Sector Privado MESE MECANISMO DE SUBSÍDIOS EMPRESARIAIS I. ÍNDICE I. APRESENTAÇÃO DO PROGRAMA 1. O que é o Programa 2. Entidades Beneficiárias

Leia mais

MECANISMO DE APOIO À ELABORAÇÃO DE PROJETOS DE COOPERAÇÃO PARA O DESENVOLVIMENTO

MECANISMO DE APOIO À ELABORAÇÃO DE PROJETOS DE COOPERAÇÃO PARA O DESENVOLVIMENTO MECANISMO DE APOIO À ELABORAÇÃO DE PROJETOS DE COOPERAÇÃO PARA O DESENVOLVIMENTO Na sequência dos trabalhos desenvolvidos pelo Fórum para a Cooperação, implementado em 2008, e reconhecendo o papel que

Leia mais

CONCURSO DE IDEIAS PARA A CRIAÇÃO DE EMPRESAS INOVADORAS REGULAMENTO

CONCURSO DE IDEIAS PARA A CRIAÇÃO DE EMPRESAS INOVADORAS REGULAMENTO REGULAMENTO Artigo 1.º - Enquadramento O Concurso de Ideias para a Criação de Empresas Inovadoras é uma iniciativa do BICMINHO no âmbito da execução da operação n.º NORTE-07-0364-FEDER-000006 Apoio à Criação

Leia mais

Regulamento do Green Project Awards

Regulamento do Green Project Awards Regulamento do Green Project Awards A GCI em parceria com a Agência Portuguesa do Ambiente e a Quercus Associação Nacional de Conservação da Natureza, institui um Prémio de reconhecimento de boas práticas

Leia mais

Regulamento do Global Management Challenge 2015

Regulamento do Global Management Challenge 2015 Regulamento do Global Management Challenge 2015 1. O Global Management Challenge é uma Competição de Estratégia e Gestão organizada em Portugal pela SDG Simuladores e Modelos de Gestão, S.A. em parceria

Leia mais

Regulamento do Green Project Awards

Regulamento do Green Project Awards Regulamento do Green Project Awards A GCI em parceria com a Agência Portuguesa do Ambiente e a Quercus Associação Nacional de Conservação da Natureza, institui um Prémio de reconhecimento de boas práticas

Leia mais

UNIÃO EUROPEIA Fundo Social Europeu. Guia de preenchimento do Formulário de Candidatura da Entidade Organizadora

UNIÃO EUROPEIA Fundo Social Europeu. Guia de preenchimento do Formulário de Candidatura da Entidade Organizadora UNIÃO EUROPEIA Fundo Social Europeu Guia de preenchimento do Formulário de Candidatura da Entidade Organizadora ÍNDICE ENQUADRAMENTO... 3 1. Descrição... Erro! Marcador não definido. 2. Entidade Gestora...

Leia mais

Programa EDP SOLIDÁRIA

Programa EDP SOLIDÁRIA Programa EDP SOLIDÁRIA REGULAMENTO I. Do Programa EDP SOLIDÁRIA 1. A Fundação EDP, no âmbito das suas actividades nas áreas da solidariedade e inovação social, promove uma iniciativa anual o Programa EDP

Leia mais

PROGRAMA ESCOLA + Voluntária

PROGRAMA ESCOLA + Voluntária PROGRAMA ESCOLA + Voluntária 1. Apresentação O voluntariado é considerado como uma atividade inerente ao exercício de cidadania que se traduz numa relação solidária para com o próximo, participando de

Leia mais

REGULAMENTO DO CONCURSO DISPOSIÇÕES GERAIS

REGULAMENTO DO CONCURSO DISPOSIÇÕES GERAIS REGULAMENTO DO CONCURSO DISPOSIÇÕES GERAIS 1. Objectivo 1.1 O concurso Glassberries Design Awards, instituído pela BA Vidro, pretende promover a participação de jovens designers, na área de design de produto,

Leia mais

Regulamento do Concurso de Ideias do Concelho da Sertã

Regulamento do Concurso de Ideias do Concelho da Sertã Regulamento do Concurso de Ideias do Concelho da Sertã Preâmbulo O concurso de Ideias do Concelho da Sertã é uma iniciativa da Câmara Municipal da Sertã. O presente documento visa regular o Concurso Empreendedorismo

Leia mais

melhoria e inovação da contratação colectiva; dignificação e melhoria das condições de trabalho.

melhoria e inovação da contratação colectiva; dignificação e melhoria das condições de trabalho. REGULAMENTO O Prémio Manuel Lopes foi instituído 1 pelo Ministério do Trabalho e da Solidariedade no sentido de homenagear Manuel Lopes considerando a sua dedicação à implementação da contratação colectiva

Leia mais

Bolsa de Inovação da Secção Regional de Lisboa DA ORDEM DOS FARMACÊUTICOS REGRAS DE ATRIBUIÇÃO

Bolsa de Inovação da Secção Regional de Lisboa DA ORDEM DOS FARMACÊUTICOS REGRAS DE ATRIBUIÇÃO A Direcção da Secção Regional de Lisboa da Ordem dos Farmacêuticos, reunida em sessão de 18 de Julho de 2012, deliberou instituir uma Bolsa, destinada a apoiar projectos de investigação e projectos profissionais

Leia mais

CRIAR UM EMPREGO CRIA MUITO MAIS DO QUE UM EMPREGO.

CRIAR UM EMPREGO CRIA MUITO MAIS DO QUE UM EMPREGO. CRIAR UM EMPREGO CRIA MUITO MAIS DO QUE UM EMPREGO O emprego tem uma enorme importância tanto para os indivíduos como para a sociedade Para além de ser uma fonte de rendimento, uma forma de ocupação e

Leia mais

REGULAMENTO Faz-te ao Vídeo!

REGULAMENTO Faz-te ao Vídeo! O presente Regulamento define as regras de funcionamento do Concurso, cuja organização pertence à Agência Nacional para a Qualificação e o Ensino Profissional (ANQEP). 1. Tema do Concurso: Eu visto a camisola

Leia mais

REGULAMENTO DA INICIATIVA PONTES PARA O FUTURO 2015 PREÂMBULO

REGULAMENTO DA INICIATIVA PONTES PARA O FUTURO 2015 PREÂMBULO REGULAMENTO DA INICIATIVA PONTES PARA O FUTURO 2015 PREÂMBULO No âmbito da sua atividade de promoção do empreendedorismo e da inovação social, e na sequência da Iniciativa Pontes Para o Futuro realizada

Leia mais

RESPONSABILIDADE SOCIAL CORPORATIVA

RESPONSABILIDADE SOCIAL CORPORATIVA XI PRÊMIO SER HUMANO AS MELHORES PRÁTICAS EM GESTÃO DE PESSOAS ABRH- MG MODALIDADE RESPONSABILIDADE SOCIAL CORPORATIVA BELO HORIZONTE, DEZEMBRO DE 2011. MODALIDADE RESPONSABILIDADE SOCIAL CORPORATIVA REGULAMENTO

Leia mais

II Edição 2014/2015 - REGULAMENTO -

II Edição 2014/2015 - REGULAMENTO - II Edição 2014/2015 - REGULAMENTO - Iniciativa de: Com o apoio de: 1. Apresentação O voluntariado é considerado como uma atividade inerente ao exercício de cidadania que se traduz numa relação solidária

Leia mais

OCUPAÇÃO CIENTÍFICA DE JOVENS NAS FÉRIAS

OCUPAÇÃO CIENTÍFICA DE JOVENS NAS FÉRIAS OCUPAÇÃO CIENTÍFICA DE JOVENS NAS FÉRIAS 2015 REGULAMENTO Artigo 1º Âmbito e Enquadramento A Ciência Viva Agência Nacional para a Cultura Científica e Tecnológica promove o programa Ocupação Científica

Leia mais

Regulamento do Concurso de Ideias

Regulamento do Concurso de Ideias Regulamento do Concurso de Ideias 1. Apresentação O Concurso de Ideias e a Conferência Internacional sobre Prevenção e Controlo do Tabagismo, que vai ter lugar em Lisboa, de 14 a 15 de novembro de 2013,

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL MONCHIQUE. Preâmbulo

CÂMARA MUNICIPAL MONCHIQUE. Preâmbulo CÂMARA MUNICIPAL MONCHIQUE REGULAMENTO DO BANCO LOCAL DE VOLUNTARIADO DE MONCHIQUE Preâmbulo Considerando que a participação solidária em acções de voluntariado, definido como conjunto de acções de interesse

Leia mais

INSTITUTO PORTUGUÊS DE ADMINISTRAÇÃO DE MARKETING DE LISBOA. Regulamento de provas de avaliação da capacidade para a frequência dos maiores de 23 anos

INSTITUTO PORTUGUÊS DE ADMINISTRAÇÃO DE MARKETING DE LISBOA. Regulamento de provas de avaliação da capacidade para a frequência dos maiores de 23 anos INSTITUTO PORTUGUÊS DE ADMINISTRAÇÃO DE MARKETING DE LISBOA Diário da República, 2.ª série N.º 186 26 de Setembro de 2006 Regulamento n.º 184/2006 Regulamento de provas de avaliação da capacidade para

Leia mais

Regulamento do Concurso

Regulamento do Concurso Regulamento do Concurso Preâmbulo Considerando que, constituem objectivos do CRÉDITO AGRÍCOLA, enquanto Entidade Promotora: - Promover iniciativas empresariais inovadoras e conciliadoras com sinergias

Leia mais

REGULAMENTO DO CONCURSO PARA OS NINHOS DE EMPRESAS DO PORTO

REGULAMENTO DO CONCURSO PARA OS NINHOS DE EMPRESAS DO PORTO REGULAMENTO DO CONCURSO PARA OS NINHOS DE EMPRESAS DO PORTO 1 ÂMBITO DO CONCURSO 1.1 O concurso é público e destina-se à ocupação dos gabinetes dos Ninhos de Empresas do Porto e de Lisboa. 1.2 Podem candidatar-se

Leia mais

TROFÉU CALL CENTER 2014

TROFÉU CALL CENTER 2014 TROFÉU CALL CENTER 2014 REGULAMENTO GERAL O Troféu Call Center 2014 é uma iniciativa da IFE e da Call Center Magazine Online. O objetivo é galardoar anualmente os Serviços de Atendimento ao Cliente - SAC

Leia mais

CONCURSO IDEIAS EM CAIXA 2007. REGULAMENTO Preâmbulo

CONCURSO IDEIAS EM CAIXA 2007. REGULAMENTO Preâmbulo CONCURSO IDEIAS EM CAIXA 2007 REGULAMENTO Preâmbulo O Centro Regional para a Inovação do Algarve (CRIA) em parceria com a Associação Nacional de Jovens Empresários Núcleo do Algarve (ANJE Algarve) e a

Leia mais

REGULAMENTO INTERNO DE FUNCIONAMENTO DO BANCO LOCAL DE VOLUNTARIADO DE GUIMARÃES

REGULAMENTO INTERNO DE FUNCIONAMENTO DO BANCO LOCAL DE VOLUNTARIADO DE GUIMARÃES REGULAMENTO INTERNO DE FUNCIONAMENTO DO BANCO LOCAL DE VOLUNTARIADO DE GUIMARÃES (aprovado por deliberação de Câmara de 16 de junho de 2011 em conformidade com as orientações do Conselho Nacional para

Leia mais

Prémio EDP Novos Artistas. Regulamento

Prémio EDP Novos Artistas. Regulamento Prémio EDP Novos Artistas Regulamento DO PRÉMIO 1. O Prémio EDP Novos Artistas, criado em 2000, é uma iniciativa da Fundação EDP. Com a atribuição deste prémio, a Fundação EDP confirma a sua responsabilidade

Leia mais

Regulamento do Green Project Awards

Regulamento do Green Project Awards Regulamento do Green Project Awards A GCI em parceria com a Agência Portuguesa do Ambiente e a Quercus Associação Nacional de Conservação da Natureza, institui um Prémio de reconhecimento de boas práticas

Leia mais

REGULAMENTO. Concurso de Ideias para Logotipo da Biblioteca Escolar da Escola Básica do 1º Ciclo de Ferrel

REGULAMENTO. Concurso de Ideias para Logotipo da Biblioteca Escolar da Escola Básica do 1º Ciclo de Ferrel REGULAMENTO Concurso de Ideias para Logotipo da Biblioteca Escolar da Escola Básica do 1º Ciclo de Ferrel Agrupamento de Escolas de Atouguia da Baleia Artº1 Objeto 1. O Agrupamento de Escolas é a entidade

Leia mais

REGULAMENTO DO BANCO LOCAL DE VOLUNTARIADO DE AZAMBUJA

REGULAMENTO DO BANCO LOCAL DE VOLUNTARIADO DE AZAMBUJA MUNICÍPIO DE AZAMBUJA REGULAMENTO DO BANCO LOCAL DE VOLUNTARIADO DE AZAMBUJA Aprovado por deliberação da Assembleia Municipal de 19 de Abril de 2011. Publicado pelo Edital n.º 73/2011. Em vigor desde 27

Leia mais

GSI ACCELERATORS STARTUP CHALLENGE A OBJECTIVOS E ORGANIZAÇÃO. Artº 1. Definição e âmbito

GSI ACCELERATORS STARTUP CHALLENGE A OBJECTIVOS E ORGANIZAÇÃO. Artº 1. Definição e âmbito GSI ACCELERATORS STARTUP CHALLENGE A OBJECTIVOS E ORGANIZAÇÃO Artº 1 Definição e âmbito 1. O GSI Accelerators Startup Challenge é uma iniciativa promovida pela Leadership Business Consulting que visa seleccionar

Leia mais

REGULAMENTO DO CONCURSO DE IDEIAS DO CONCELHO DE PENELA

REGULAMENTO DO CONCURSO DE IDEIAS DO CONCELHO DE PENELA REGULAMENTO DO CONCURSO DE IDEIAS DO CONCELHO DE Preâmbulo O concurso de Ideias do Concelho de Penela é uma iniciativa da Câmara Municipal de Penela. O presente documento visa regular o Concurso Empreendedorismo

Leia mais

Prémio Santander Totta / Universidade NOVA de Lisboa, de Jornalismo Económico. Regulamento

Prémio Santander Totta / Universidade NOVA de Lisboa, de Jornalismo Económico. Regulamento Prémio Santander Totta / Universidade NOVA de Lisboa, de Jornalismo Económico Regulamento Considerando que se mostra da maior relevância: a) Reconhecer e premiar a excelência de trabalhos jornalísticos

Leia mais

CAPÍTULO I REGULAMENTO, OBJETIVOS E ORGANIZAÇÃO. O objecto do presente Regulamento é estabelecer as regras do startweb Madeira Caça Talentos 2013.

CAPÍTULO I REGULAMENTO, OBJETIVOS E ORGANIZAÇÃO. O objecto do presente Regulamento é estabelecer as regras do startweb Madeira Caça Talentos 2013. Preâmbulo. O startweb é um programa de caça talentos na Madeira nas áreas da programação, design, informática, gestão, mas também destinado a todos os empreendedores que ambicionam novos desafios. CAPÍTULO

Leia mais

PASSATEMPO DE FOTOGRAFIA. Algarve, Segredos Patrimoniais - ruelas, becos e travessas com história REGULAMENTO GERAL

PASSATEMPO DE FOTOGRAFIA. Algarve, Segredos Patrimoniais - ruelas, becos e travessas com história REGULAMENTO GERAL PASSATEMPO DE FOTOGRAFIA Algarve, Segredos Patrimoniais - ruelas, becos e travessas com história REGULAMENTO GERAL Artigo 1º - Objectivos O passatempo de fotografia Algarve, Segredos Patrimoniais ruelas,

Leia mais

Concurso: Uma perspectiva de voluntariado. Regulamento

Concurso: Uma perspectiva de voluntariado. Regulamento Concurso: Uma perspectiva de voluntariado Regulamento Preâmbulo O presente concurso, destinado à apresentação de um trabalho fotográfico ou escrito, é uma iniciativa da Câmara Municipal de Alenquer (doravante

Leia mais

REGULAMENTO. 1) Os Masters do Capital Humano são uma iniciativa do Grupo IFE e do Salão Profissional de Recursos Humanos - EXPO RH.

REGULAMENTO. 1) Os Masters do Capital Humano são uma iniciativa do Grupo IFE e do Salão Profissional de Recursos Humanos - EXPO RH. 18 de Março de 2015 Centro de Congressos do Estoril REGULAMENTO DISPOSIÇÕES GERAIS 1) Os Masters do Capital Humano são uma iniciativa do Grupo IFE e do Salão Profissional de Recursos Humanos - EXPO RH.

Leia mais

REGULAMENTO DE PRÉMIO Linka-te aos Outros

REGULAMENTO DE PRÉMIO Linka-te aos Outros REGULAMENTO DE PRÉMIO Linka-te aos Outros 1. Apresentação O presente concurso é uma iniciativa promovida pela, no âmbito do Ano Europeu das Atividades Voluntárias que promovam uma Cidadania Ativa proclamado

Leia mais

Regulamento. ARTIGO 1 (Objecto) O NUTRITION AWARDS, tem os seguintes objectivos:

Regulamento. ARTIGO 1 (Objecto) O NUTRITION AWARDS, tem os seguintes objectivos: Regulamento A Associação Portuguesa dos Nutricionistas e o Grupo GCI Gestores de Comunicação Integrada, com o apoio institucional do Ministério da Saúde e do Ministério da Educação, em parceria com a Direcção-Geral

Leia mais

ANEXO. Regulamento do Prémio Jerónimo Martins/GPA Investigação e Desenvolvimento Sustentável

ANEXO. Regulamento do Prémio Jerónimo Martins/GPA Investigação e Desenvolvimento Sustentável ANEXO Regulamento do Prémio Jerónimo Martins/GPA Investigação e Desenvolvimento Sustentável Preâmbulo A GCI, Agência Portuguesa do Ambiente (APA) e a Quercus (Associação Nacional de Conservação da Natureza),

Leia mais

ASSOCIAÇÃO HUMANITÁRIA DE BOMBEIROS VOLUNTÁRIOS DE RIO MAIOR

ASSOCIAÇÃO HUMANITÁRIA DE BOMBEIROS VOLUNTÁRIOS DE RIO MAIOR REGULAMENTO DO PRÉMIO BOMBEIRO DO ANO COMANDANTE DR. EDUARDO AGOSTINHO 1 PREÂMBULO Este prémio tem como objectivo reconhecer publicamente e valorizar a actividade de cada homem e mulher enquanto sócio

Leia mais

ESTATUTO DO GRÊMIO ESTUDANTIL

ESTATUTO DO GRÊMIO ESTUDANTIL ESTATUTO DO GRÊMIO ESTUDANTIL CAPÍTULO I Do Nome, Sede, Fins e Duração. Art. 1º - O Grêmio Estudantil Bom Conselho abreviadamente, Grêmio, é uma instituição sem fins lucrativos constituída pelos alunos

Leia mais

REGULAMENTO REGULAMENTO DO PRÉMIO COOPERAÇÃO E SOLIDARIEDADE ANTÓNIO SÉRGIO 2015

REGULAMENTO REGULAMENTO DO PRÉMIO COOPERAÇÃO E SOLIDARIEDADE ANTÓNIO SÉRGIO 2015 REGULAMENTO REGULAMENTO DO PRÉMIO COOPERAÇÃO E SOLIDARIEDADE ANTÓNIO SÉRGIO 2015 I. DISPOSIÇÕES GERAIS 1º OBJETO O presente regulamento define o regime de atribuição do prémio Cooperação e Solidariedade

Leia mais

REGULAMENTO DO PRÊMIO MULHERES QUE FAZEM A DIFERENÇA

REGULAMENTO DO PRÊMIO MULHERES QUE FAZEM A DIFERENÇA REGULAMENTO DO PRÊMIO MULHERES QUE FAZEM A DIFERENÇA O Prêmio Mulheres que Fazem a Diferença é uma realização do Núcleo Multissetorial da Mulher Empresária da Associação Comercial e Industrial de Florianópolis

Leia mais

Normas de Funcionamento do Banco Local de Voluntariado de Sines

Normas de Funcionamento do Banco Local de Voluntariado de Sines Normas de Funcionamento do Banco Local de Voluntariado de Sines Preâmbulo O Decreto-Lei n.º 389/99, de 30 de Setembro, no art. 21º, atribui ao Conselho Nacional para a Promoção do Voluntariado (CNPV) competências

Leia mais

Concurso de Ideias e Projectos

Concurso de Ideias e Projectos Concurso de Ideias e Projectos Regulamento Promotor Colaboração Apoios CONCURSO DE IDEIAS E PROJECTOS EMPREENDEDORISMO COMÉRCIO E SERVIÇOS Regulamento Art. 1º - Entidade Promotora O concurso de ideias

Leia mais

Regulamento Prêmio Telecentros Brasil 2015

Regulamento Prêmio Telecentros Brasil 2015 Regulamento Prêmio Telecentros Brasil 2015 Seção I - Introdução Art. 1º O Prêmio Telecentros Brasil, criado pela Associação Telecentro de Informação e Negócios (ATN) em parceria com o SEBRAE, TICKET, Ministério

Leia mais

iup25k Concurso de Ideias de Negócio da Universidade do Porto

iup25k Concurso de Ideias de Negócio da Universidade do Porto iup25k Concurso de Ideias de Negócio da Universidade do Porto REGULAMENTO Preâmbulo A Universidade do Porto tem vindo a desenvolver esforços para fomentar o empreendedorismo, criando para tal estruturas

Leia mais

Plano de Actividades do CEA para 2006

Plano de Actividades do CEA para 2006 Plano de Actividades do CEA para 2006 A Direcção do CEA propõe-se preparar as condições para atingir diferentes objectivos e procurar apoios para a sua realização. 1. Objectivos Prioritários 1.1 Redesenhar

Leia mais

PROPOSTA DE ESTATUTOS DA ASSOCIAÇÃO DE PAIS DO CONSERVATÓRIO DE MÚSICA DE SÃO JOSÉ, DA GUARDA

PROPOSTA DE ESTATUTOS DA ASSOCIAÇÃO DE PAIS DO CONSERVATÓRIO DE MÚSICA DE SÃO JOSÉ, DA GUARDA PROPOSTA DE ESTATUTOS DA ASSOCIAÇÃO DE PAIS DO CONSERVATÓRIO DE MÚSICA DE SÃO JOSÉ, DA GUARDA Capítulo I Da denominação, natureza e fins Artigo 1º Denominação A Associação de Pais e Encarregados de Educação

Leia mais

REGULAMENTO DE CONCURSO Liga-te aos Outros

REGULAMENTO DE CONCURSO Liga-te aos Outros Página1 REGULAMENTO DE CONCURSO Liga-te aos Outros 1. Apresentação O presente concurso é uma iniciativa promovida pela, no âmbito do Ano Europeu das Actividades Voluntárias que promovam uma Cidadania Activa

Leia mais

EMPREENDEDORISMO NAS ESCOLAS DA CIM Dão Lafões REGULAMENTO CONCURSO INTERMUNICIPAL DE IDEIAS. Ensino Secundário e Profissional

EMPREENDEDORISMO NAS ESCOLAS DA CIM Dão Lafões REGULAMENTO CONCURSO INTERMUNICIPAL DE IDEIAS. Ensino Secundário e Profissional Página1 REGULAMENTO DO CONCURSO INTERMUNICIPAL DE IDEIAS Ensino Secundário e Profissional 1ª Edição Ano letivo 2011/2012 Preâmbulo O Concurso Intermunicipal de Ideias é uma iniciativa da Comunidade Intermunicipal

Leia mais

CAPÍTULO XIII RELAÇÕES INTERNACIONAIS

CAPÍTULO XIII RELAÇÕES INTERNACIONAIS CAPÍTULO XIII RELAÇÕES INTERNACIONAIS A. RELACIONAMENTO ENTRE LIONS CLUBS INTERNATIONAL E A ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS (CONSELHO ECONÔMICO E SOCIAL/ECOSOC) O artigo 71 da Carta das Nações Unidas declara

Leia mais

REGULAMENTO DE ACTIVIDADES BÁSICO (2º e 3º CICLOS) E SECUNDÁRIO (Válido até 31 de Maio de 2010)

REGULAMENTO DE ACTIVIDADES BÁSICO (2º e 3º CICLOS) E SECUNDÁRIO (Válido até 31 de Maio de 2010) REGULAMENTO DE ACTIVIDADES BÁSICO (2º e 3º CICLOS) E SECUNDÁRIO (Válido até 31 de Maio de 2010) Âmbito das Actividades As Actividades SeguraNet inserem-se no projecto com o mesmo nome, desenvolvido no

Leia mais

REGULAMENTO DE APOIO AOS PROJETOS SOCIOEDUCATIVOS

REGULAMENTO DE APOIO AOS PROJETOS SOCIOEDUCATIVOS REGULAMENTO DE APOIO AOS PROJETOS SOCIOEDUCATIVOS CAPÍTULO I Disposições gerais Artigo 1º Objeto O presente regulamento tem como objetivo a definição dos tipos de apoio e res- petivas condições de acesso

Leia mais

REPÚBLICA DE ANGOLA MINISTÉRIO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA

REPÚBLICA DE ANGOLA MINISTÉRIO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA REPÚBLICA DE ANGOLA MINISTÉRIO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA 7ª Edição da Feira do Inventor / Criador Angolano 2ª Edição da Feira de Ciência e Tecnologia 2ª Edição da Feira Internacional de Ideias Invenções

Leia mais

REGULAMENTO DO BANCO LOCAL DE VOLUNTARIADO DE MIRANDELA. Preâmbulo

REGULAMENTO DO BANCO LOCAL DE VOLUNTARIADO DE MIRANDELA. Preâmbulo REGULAMENTO DO BANCO LOCAL DE VOLUNTARIADO DE MIRANDELA Preâmbulo O voluntariado é definido como um conjunto de acções e interesses sociais e comunitários, realizadas de forma desinteressada no âmbito

Leia mais

Festival de Vitória 21º Vitória Cine Vídeo. 16º Concurso de Roteiro Capixaba

Festival de Vitória 21º Vitória Cine Vídeo. 16º Concurso de Roteiro Capixaba 1 Festival de Vitória 21º Vitória Cine Vídeo 16º Concurso de Roteiro Capixaba A GALPÃO PRODUÇÕES, empresa privada com sede à Rua Professora Maria Cândida da Silva, nº 115 - Bairro República Vitória - Espírito

Leia mais

REGULAMENTO PARA O CONCURSO DE IDEIAS PARA A CRIAÇÃO DO LOGÓTIPO DO BANCO LOCAL

REGULAMENTO PARA O CONCURSO DE IDEIAS PARA A CRIAÇÃO DO LOGÓTIPO DO BANCO LOCAL REGULAMENTO PARA O CONCURSO DE IDEIAS PARA A CRIAÇÃO DO LOGÓTIPO DO BANCO LOCAL DE VOLUNTARIADO DE GUIMARÃES Preâmbulo A Divisão de Acção Social da Câmara Municipal de Guimarães leva a efeito o concurso

Leia mais

Prémio Santander Totta / Universidade NOVA de Lisboa, de Jornalismo Económico. Regulamento

Prémio Santander Totta / Universidade NOVA de Lisboa, de Jornalismo Económico. Regulamento Prémio Santander Totta / Universidade NOVA de Lisboa, de Jornalismo Económico Regulamento Considerando que se mostra da maior relevância: a) Reconhecer e premiar a excelência de trabalhos jornalísticos

Leia mais

2015/2016 INTRODUÇÃO

2015/2016 INTRODUÇÃO INTRODUÇÃO A concepção de um Prémio Distrital da Qualidade surgiu na sequência da experiência e resultados alcançados com o Programa de Modernização Administrativa das Autarquias de Setúbal (PROMAAS),

Leia mais

Prémio Tâmega e Sousa Empreendedor: Onde as ideias se concretizam [Regulamento do Concurso Projetos Empresariais ]

Prémio Tâmega e Sousa Empreendedor: Onde as ideias se concretizam [Regulamento do Concurso Projetos Empresariais ] Prémio Tâmega e Sousa Empreendedor: Onde as ideias se concretizam [Regulamento do Concurso Projetos Empresariais ] Preâmbulo O Prémio Tâmega e Sousa Empreendedor é uma iniciativa da Comunidade Intermunicipal

Leia mais

REGULAMENTO. Objetivos Estratégicos do Concurso SITESTAR.PT:

REGULAMENTO. Objetivos Estratégicos do Concurso SITESTAR.PT: REGULAMENTO O Concurso SITESTAR.PT desafia os jovens portugueses, empreendedores e criativos a desenvolver websites e blogs originais com conteúdos em português e sob o domínio.pt. Os espaços digitais

Leia mais

Regulamento do Prémio para as Ciências Sociais e Humanas - Maria Cândida da Cunha

Regulamento do Prémio para as Ciências Sociais e Humanas - Maria Cândida da Cunha Regulamento do Prémio para as Ciências Sociais e Humanas - Maria Cândida da Cunha Artigo 1.º Âmbito do Prémio O Instituto Nacional para a Reabilitação, INR, I.P., no âmbito das suas competências, promove

Leia mais

Concurso. Regulamento

Concurso. Regulamento Concurso Regulamento Depois do sucesso da 1ª edição, o Concurso SITESTAR.PT está de regresso para lançar um novo desafio. A DECO e a DNS juntam-se para distinguir os jovens que desenvolvam websites originais

Leia mais

PRÉMIO AFESP SINAIS VITAIS Boas Práticas de Sinalização em Segurança Rodoviária

PRÉMIO AFESP SINAIS VITAIS Boas Práticas de Sinalização em Segurança Rodoviária PRÉMIO AFESP SINAIS VITAIS Boas Práticas de Sinalização em Segurança Rodoviária 2ª Edição REGULAMENTO 1. Organização: A AFESP - Associação Portuguesa de Sinalização e Segurança Rodoviária, com sede na

Leia mais

Escola de Startups do Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade do Porto (UPTEC) Regulamento do Programa

Escola de Startups do Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade do Porto (UPTEC) Regulamento do Programa Escola de Startups do Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade do Porto (UPTEC) Regulamento do Programa 1 Índice 1. Introdução... 3 2. Critérios de Candidatura... 3 3. Candidatura, Processo e Critérios

Leia mais

Regulamento POPs, Projetos Originais Portugueses

Regulamento POPs, Projetos Originais Portugueses Regulamento POPs, Projetos Originais Portugueses 1. Enquadramento e Objetivos A Fundação de Serralves é uma instituição de utilidade pública que tem como missão sensibilizar o público para a Arte Contemporânea

Leia mais