Apresentação dos Resultados do 2º Trimestre

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Apresentação dos Resultados do 2º Trimestre"

Transcrição

1 Apresentação dos Resultados do 2º Trimestre 11 de Agosto de

2 Agenda Tópicos Palestrante Visão Geral Destaques do 2T11 Jose Augusto Fernandes (CEO) Atualização da perfuração Resultados Financeiros Paula Costa (CFO) Plano Estratégico de Crescimento Jose Augusto Fernandes (CEO) 2

3 Destaques do 2º Trimestre de 2011 Aquisição de 10% de participação no Bloco BM-S-8 na Bacia de Santos por meio de um contrato de farm-in, que fortalece nosso posicionamento estratégico e diversifica nosso portfolio Início de perfuração em três blocos exploratórios promissores: Bloco BM-S-8 na Bacia de Santos Bloco BM-S-12 na Bacia de Santos Bloco BM-J-2 na Bacia de Jequitinhonha O fluxo de caixa das atividades operacionais atingiu R$101,8 milhões no primeiro semestre de 2011 O Caixa e equivalentes de caixa totalizavam R$1,7 bilhão em 30 de junho de

4 Maior bloco do pré-sal Guará Carioca Tupi (Lula) Júpiter 4

5 Acordo de Farm-in no Bloco BM-S-8 favorece nosso posicionamento estratégico Bacia de Santos: BM-S-8 Área promissora com inúmeras descobertas próximas 2 Descobertas: Bem-te-vi e Abaré Oeste 4 Prospectos Santos 01 Fluido: Óleo 10% de participação Operador Petrobras Santos 03 Parceiros: Petrobras (66%); Petrogal (14%); QGEP (10%); Barra Energia (10%) Valor da transação: US$ 175 MM Fonte: ANP/Wood Mackenzie (1) Números Preliminares (2) Estimativas da QGEP 5

6 As atividades de perfuração foram iniciadas em 3 de nossos ativos exploratórios mais promissores Bacia de Santos: BM-S-8 Bacia de Santos: BM-S-12 Fase 1: Sonda Lone Star Bacia de Jequitinhonha: BM-J-2 Perfuração teve início em Junho (SPS-71A) 5-6 meses de perfuração Sonda Sevan Driller (SS-74) Profundidade Final: 6400m Lâmina D água: 2177m Fase 2: Sonda Ocean Baroness Perfuração teve início em junho 5-6 meses de persuração 4 Prospectos, incluindo um objetivo do reservatório do présal Perfuração teve início em meados de Maio 3-4 meses de perfuração exploratória Sonda Offshore Mischief 6

7 Atualização de Manati Produção deve aumentar no 3T em relação ao volume do 2T Estação de Tratamento de gás Todos os seis poços do campo de Manati devem retornar a produção no 3T11 A produção crescerá em ritmo acelerado tão logo os poços estejam novamente em atividade 7

8 Destaques Financeiros 8

9 Produção do Campo de Manati no 1T11 466,6 Produção de gás (Milhões de m 3 ) -33,7% 309,4 228,5-37,7% 142,4 177,6 Receita Líquida (R$ milhões) -25,7% 131,9 86,9-30,0% 60,8 6M10 6M11 2T10 2T11 6M10 6M11 2T10 2T11 Receitas: - Produção do 2T11 reduziu para 3,5 MMm³/dia, refletindo os fechamentos temporários para manutenção de 2 poços em Dezembro de 2010 e 3 poços adicionais no meio de Março de A produção crescerá em ritmo acelerado tão logo os poços estejam novamente em atividade 9

10 Resultado Operacional e Lucro Líquido EBITDAX (R$ milhões) Lucro Líquido (R$ milhões) 200,0 150,0 100,0 50,0 0,0 143,2 81% 80% 61,9 69,2 47% 56% 34,1 150,0% 100,0% 50,0% 0,0% 100,0 80,0 60,0 40,0 20,0-77,7 44% 71,7 54% 33,7 39% 58,4 96% 150,0% 100,0% 50,0% 0,0% 6M10 6M11 2T10 2T11 6M10 6M11 2T10 2T11 EBITDAX Margem EBITDAX Lucro Líquido Margem Líquida Lucratividade operacional positiva medida pelo EBITDAX de R$34 milhões para o segundo trimestre O Lucro Líquido foi de R$58.4 milhões; resultando em uma margem líquida de 96% 10

11 Custos Operacionais e Exploratórios 2T11 2T10 % 6M11 6M10 % Custos Operacionais (25,5) (28,5) -10,4% (52,4) (58,9) -11,0% Outras Despesas Operacionais: G&A (10,4) (8,0) 29,4% (39,9) (9,4) 323,3% Custos Exploratórios (2,5) (1,4) 79,7% (17,4) (1,3) N/A Custos Operacionais: - A queda na produção contribuiu para uma redução de 10,4% nos custos operacionais na comparação anual G&A: - Aumento resultado de: (i) R$1 milhão relativo ao impacto do plano de opção de ações; (ii) R$0,6 milhão direcionado ao Projeto Portinari para Todos, um projeto social financiado pela Rei Rouanet; (iv) R$0,5 milhão em custos relacionados a seguros 11

12 Posição Líquida de Caixa (R$ milhões) 31 de Março de 2011 Caixa R$1.743,0 Caixa Líquido* R$1.501,9 30 de Junho de 2011 Caixa R$1.662,5 Caixa Líquido * R$1.460,3 Investimentos Dívida R$241,1 Fundos exclusivos de ativos de renda fixa HSBC 10% Caixa Econômica 5% Votorantim 2% Itaú 5% Dívida R$202,1 BNB 3% Liquidez diária Rentabilidade média da carteira: 100.3% do CDI em 2T11 Alfa 3% BTG Pactual Banco 2% do Brasil 4% BV Mercantil 1% Títulos Federais 49% Bradesco 17% * Including marketable securities Safra 3% 12

13 Portfolio de Ativos de Alta Qualidade 13

14 Cronograma Exploratório Início da perfuração no prospecto JEQ#1 (BM-J-2) Início da perfuração no Bloco BM-S-12 Passagem pelo Prospecto Santos #1 no Bloco BM-S-12 Passagem pelo Prospecto Santos#2 no Bloco BM-S-12 Passagem pelo Prospecto Santos #3 no Bloco BM-S-12 Término da perfuração do prospecto Biguá (BM-S-8) JUNHO JULHO AGOSTO SETEMBRO OUTUBRO NOVEMBRO DEZEMBRO Início da perfuração no prospecto Biguá (BM-S-8) Término da perfuração do prospecto JEQ#1 (BM-J-2) Passagem pelo Prospecto Santos #4 no Bloco BM-S-12 14

15 Vantagens competitivas da QGEP Participação Majoritária no Campo de Manati Fonte consistente de geração de fluxo de caixa e sólida lucratividade Programa de perfuração ativo Portfolio de ativos em expansão Projetos exploratórios promissores com resultados de curto prazo e alto potencial Fortalecendo nossa posição estratégica e de-risking do nosso portfolio de ativos através da participação em: Farm-ins Novas rodadas de leilões da ANP Outras aquisições de ativos 15

16 Para informações adicionais: Relações com Investidores QGEP Participações S.A. Av. Almirante Barroso, nº 52, sala 1301, Centro Rio de Janeiro, RJ CEP: Telefone - RI: Fax:

17 Nota Legal Este documento contém algumas afirmações e informações relacionadas à Companhia que refletem a atual visão e/ou expectativa da Companhia e de sua administração a respeito de suas atividades. Algumas afirmações e informações são baseadas em previsões, projeções, indicam ou implicam resultados, performance ou realizações futuras, podendo conter palavras como "acreditar", "prever", "esperar", "contemplar", "provavelmente resultará" ou outras palavras ou expressões de acepção semelhante. Tais afirmações estão sujeitas a uma série de riscos, incertezas e premissas. Advertimos que diversos fatores importantes podem fazer com que os resultados reais divirjam de maneira relevante dos planos, objetivos, expectativas, estimativas e intenções expressas neste documento, de forma que não há qualquer garantia de que as projeções ou conclusões aqui mencionadas serão realizadas e/ou atingidas. Em nenhuma hipótese a Companhia ou seus conselheiros, diretores, representantes ou empregados serão responsáveis perante quaisquer terceiros (inclusive investidores) por decisões ou atos de investimento ou negócios tomados com base nas informações e afirmações constantes desta apresentação, e tampouco por danos indiretos, lucros cessantes ou afins. A Companhia não tem intenção de fornecer aos eventuais detentores de ações uma revisão das afirmações ou análise das diferenças entre as afirmações e os resultados reais.é recomendado que os investidores analisem detalhadamente o prospecto da QGEP, incluindo os fatores de risco identificados no mesmo. Esta apresentação não contém todas as informações necessárias para uma completa avaliação de investimentos na Companhia. Cada investidor deve fazer sua própria avaliação, incluindo os riscos associados, para tomada de decisão de investimento. 17

13 de agosto de 2015. Apresentação de Resultados 2T15 e 6M15

13 de agosto de 2015. Apresentação de Resultados 2T15 e 6M15 13 de agosto de 2015 Apresentação de Resultados 2T15 e 6M15 Agenda Visão Geral Destaques Financeiros Atualização de Ativos DESTAQUES DO PERÍODO Manati produziu média de 5,7 MM m³ por dia no 2T15 e 6M15

Leia mais

26 de Novembro de 2013. Reunião APIMEC QGEP

26 de Novembro de 2013. Reunião APIMEC QGEP 26 de Novembro de 2013 Reunião APIMEC QGEP Agenda Visão Geral da QGEP Portfólio Balanceado Principal Ativo em Produção Posição Financeira Privilegiada Estratégia de Crescimento VISÃO GERAL DO GRUPO QUEIROZ

Leia mais

Desafios na. Operação em Águas. Profundas no Brasil. Click to edit Master text styles. Second level Third level

Desafios na. Operação em Águas. Profundas no Brasil. Click to edit Master text styles. Second level Third level 29 de agosto de 2012 Desafios na Click to edit Master text styles Operação em Águas Second level Third level Profundas no Brasil Fourth level» Fifth level Jacques Braile Saliés, Ph.D. Agenda Motivação

Leia mais

Reunião APIMEC Dezembro de 2011

Reunião APIMEC Dezembro de 2011 Reunião APIMEC Dezembro de 2011 Visão Geral QGEP Portfólio de Ativos Campanha Exploratória Campo de Manati Retrospectiva 2011 e Perspectivas 2012 Destaques Financeiros 2 2000 2001 2002 2004 2005 2007 2008

Leia mais

MENSAGEM DA ADMINISTRAÇÃO A QGEP Participações iniciou o ano de 2011 com uma sólida posição financeira. Concluímos com sucesso a nossa oferta pública inicial de ações em fevereiro, com uma captação líquida

Leia mais

Transcrição de Teleconferência Resultados do 1T11 Queiroz Galvão QGEP Participações (QGEP3 BZ) 12 de maio de 2011. Operadora:

Transcrição de Teleconferência Resultados do 1T11 Queiroz Galvão QGEP Participações (QGEP3 BZ) 12 de maio de 2011. Operadora: Operadora: Bom dia e obrigada por aguardarem. Sejam bem vindos à teleconferência da QGEP, para discussão dos resultados referentes ao 1T11. Estão presentes hoje conosco o Sr. José Augusto Fernandes Filho,

Leia mais

Relatório de Resultados QGEP Participações S.A. Terceiro Trimestre de 2011. QGEP (BM&FBovespa: QGEP3) Free Float: 30%

Relatório de Resultados QGEP Participações S.A. Terceiro Trimestre de 2011. QGEP (BM&FBovespa: QGEP3) Free Float: 30% QGEP (BM&FBovespa: QGEP3) Free Float: 30% Contato de RI: Tel.: (55 21) 3509-5959 E-mail: ri@qgep.com.br Web site: www.qgep.com.br/ri Teleconferência Português 10 de novembro de 2011 10h00 (horário de Brasília)

Leia mais

. 3. Indicadores de Execução do Plano de Negócios

. 3. Indicadores de Execução do Plano de Negócios APIMEC MPX 2011 Aviso Legal Esta apresentação contém algumas afirmações e informações prospectivas relacionadas a Companhia que refletem a atual visão e/ou expectativas da Companhia e de sua administração

Leia mais

JOINT VENTURE MPX / E.ON. Rio de Janeiro Janeiro 2012

JOINT VENTURE MPX / E.ON. Rio de Janeiro Janeiro 2012 JOINT VENTURE MPX / E.ON Rio de Janeiro Janeiro 2012 AVISO LEGAL Esta apresentação contém algumas afirmações e informações prospectivas relacionadas a Companhia que refletem a atual visão e/ou expectativas

Leia mais

AGOSTO GOSTO,, 2011, 2011 Aviso Legal Esta apresentação contém algumas afirmações e informações prospectivas relacionadas a Companhia que refletem a atual visão e/ou expectativas da Companhia e de sua

Leia mais

Relatório de Resultados 2T 2015

Relatório de Resultados 2T 2015 MMX - Resultados Referentes ao 2º trimestre de 2015 Rio de Janeiro, 14 de agosto de 2015 A MMX Mineração e Metálicos S.A. ( Companhia ou MMX ) (Bovespa: MMXM3) anuncia seus resultados referentes ao 2º

Leia mais

Conference Call Resultado 2T12

Conference Call Resultado 2T12 Conference Call Resultado 2T12 Restoque Comércio e Confecções de Roupas S.A. 15 de agosto de 2012 Aviso Importante Restoque Comércio e Confecções de Roupas S.A. ( Restoque ou Companhia ) Esta apresentação

Leia mais

Relatório de Resultados da QGEP. Participações S.A. QUARTO TRIMESTRE E ANO DE 2014

Relatório de Resultados da QGEP. Participações S.A. QUARTO TRIMESTRE E ANO DE 2014 QUARTO TRIMESTRE E ANO DE 2014 Relatório de Resultados da QGEP Participações S.A. Teleconferência Português (com tradução simultânea para o inglês) 17 de março de 2015 12:00 (Horário de Brasília) 11:00

Leia mais

Apresentação Corporativa

Apresentação Corporativa Apresentação Corporativa 2010 Disclaimer Esta apresentação contém algumas afirmações e informações prospectivas relacionadas a Companhia que refletem a atual visão e/ou expectativas da Companhia e de sua

Leia mais

RESULTADOS 2T15 Teleconferência 10 de agosto de 2015

RESULTADOS 2T15 Teleconferência 10 de agosto de 2015 RESULTADOS 2T15 Teleconferência 10 de agosto de 2015 AVISO Nesta apresentação nós fazemos declarações prospectivas que estão sujeitas a riscos e incertezas. Tais declarações têm como base crenças e suposições

Leia mais

Agenda. Destaques OGX. Organograma. Portfolio OGX. Finanças. Execução do Plano de Negócios

Agenda. Destaques OGX. Organograma. Portfolio OGX. Finanças. Execução do Plano de Negócios Reunião APIMEC 2009 Aviso Legal Esta apresentação e seu teor constituem informação de propriedade da Companhia, não podendo ser reproduzidos ou divulgados no todo ou em parte sem a sua prévia anuência

Leia mais

Apresentação de Resultados da Lopes 2008. Apresentação Marcos Lopes CEO Francisco Lopes COO Marcello Leone CFO e DRI

Apresentação de Resultados da Lopes 2008. Apresentação Marcos Lopes CEO Francisco Lopes COO Marcello Leone CFO e DRI Apresentação de Resultados da Lopes 2008 Apresentação Marcos Lopes CEO Francisco Lopes COO Marcello Leone CFO e DRI Aviso importante Esta apresentação não constitui uma oferta, convite ou pedido de qualquer

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/2012 - QGEP PARTICIPAÇÕES SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/2012 - QGEP PARTICIPAÇÕES SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração do Resultado 4 Demonstração do Resultado Abrangente 5 Demonstração

Leia mais

Destaques do Trimestre

Destaques do Trimestre Resultados do 1T12 Disclaimer Esta apresentação pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos ou resultados futuros de acordo com a regulamentação de valores mobiliários brasileira

Leia mais

Banco Santander (Brasil) S.A.

Banco Santander (Brasil) S.A. Banco Santander (Brasil) S.A. Resultados em BR GAAP 4T14 3 de Fevereiro de 2015 INFORMAÇÃO 2 Esta apresentação pode conter certas declarações prospectivas e informações relativas ao Banco Santander (Brasil)

Leia mais

Divulgação de Resultados 1T14

Divulgação de Resultados 1T14 Divulgação de Resultados 1T14 A Tarpon Investimentos S.A. ( Tarpon ou Companhia ), por meio de suas subsidiárias, realiza a gestão de fundos e carteiras de investimentos em bolsa e private-equity ( Fundos

Leia mais

RESULTADOS BRASIL BROKERS 3º Trimestre de 2011. RESULTADOS BRASIL BROKERS 3º Trimestre 2011

RESULTADOS BRASIL BROKERS 3º Trimestre de 2011. RESULTADOS BRASIL BROKERS 3º Trimestre 2011 3º Trimestre 2011 Esta apresentação não constitui uma oferta, convite ou pedido de qualquer forma, para a subscrição ou compra de ações ou qualquer outro instrumento financeiro, nem esta apresentação ou

Leia mais

RESULTADOS BRASIL BROKERS

RESULTADOS BRASIL BROKERS RESULTADOS BRASIL BROKERS 3º Trimestre 2010 Esta apresentação não constitui uma oferta, convite ou pedido de qualquer forma, para a subscrição ou compra de ações ou qualquer outro instrumento financeiro,

Leia mais

Plano de Negócios e Gestão 2013-2017

Plano de Negócios e Gestão 2013-2017 PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS Companhia Aberta FATO RELEVANTE Plano de Negócios e Gestão 2013-2017 Rio de Janeiro, 15 de março de 2013 Petróleo Brasileiro S.A. Petrobras comunica que seu Conselho

Leia mais

Apresentação de Resultados 2T12. 10 de agosto de 2012

Apresentação de Resultados 2T12. 10 de agosto de 2012 Apresentação de Resultados 2T12 10 de agosto de 2012 Aviso Legal Esta apresentação contém certas declarações futuras e informações relacionadas à Companhia que refletem as visões atuais e/ou expectativas

Leia mais

Apresentação de Resultados

Apresentação de Resultados Apresentação 3T08 Apresentação de Resultados José Carlos Aguilera (Diretor Presidente e de RI) Eduardo de Come (Diretor Financeiro) Marcos Leite (Gerente de RI) Destaques do Período Contexto de crise no

Leia mais

Webcast 2T12 Agosto 2012

Webcast 2T12 Agosto 2012 Webcast 2T12 Agosto 2012 Apresentação da Administração Apresentadores Sílvio Ernesto Zarzur Diretor Presidente Flávio Ernesto Zarzur Diretor Vice-Presidente A. Emílio C. Fugazza Diretor Financeiro e de

Leia mais

1T09 Divulgação de Resultados

1T09 Divulgação de Resultados Divulgação de Resultados Relações com Investidores: Frederico Dan Shigenawa Diretor de RI ir@tig.bm Sobre a TIG: A TIG Holding Ltd. (nova denominação da Tarpon Investment Group Ltd.) investe em companhias

Leia mais

Relações com Investidores ÁUDIO CONFERÊNCIA 1T13. Abril 2013

Relações com Investidores ÁUDIO CONFERÊNCIA 1T13. Abril 2013 Relações com Investidores ÁUDIO CONFERÊNCIA Abril 2013 1T13 Estratégia RESIDENCIAL Convergência de serviços com crescimento de Banda Larga e TV Paga MOBILIDADE PESSOAL Crescimento do pós e rentabilização

Leia mais

Teleconferência. Resultados do 2 o Trimestre de 2007

Teleconferência. Resultados do 2 o Trimestre de 2007 Teleconferência Resultados do 2 o Trimestre de 2007 Aviso Legal Este documento contém declarações futuras, que podem ser identificadas por palavras como espera, pretende, planeja, acredita, procura, estima

Leia mais

Resultados 1T15. 08 de maio de 2015

Resultados 1T15. 08 de maio de 2015 Resultados 1T15 08 de maio de 2015 2 Principais destaques do 1T15 Crescimento da receita líquida de 23%, sendo de 2 dígitos em todas unidades de negócio no comparativo ano vs. ano, favorecidas por 83%

Leia mais

Abertura e Destaques 4T09 e 2009

Abertura e Destaques 4T09 e 2009 25 de Março de 2010 Abertura e Destaques 4T09 e 2009 Comentário de Abertura CEO Ricardo Valadares Gontijo Breve Histórico IPO Mercado em 2009: Programa Minha Casa, Minha Vida Estratégia Crescimento da

Leia mais

Destaques do Trimestre

Destaques do Trimestre Resultados do 2T12 Disclaimer Esta apresentação pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos ou resultados futuros de acordo com a regulamentação de valores mobiliários brasileira

Leia mais

Perspectivas para o Setor de petróleo e gás natural no Brasil

Perspectivas para o Setor de petróleo e gás natural no Brasil Perspectivas para o Setor de petróleo e gás natural no Brasil Comissão de Minas e Energia Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio Câmara dos Deputados João Carlos de Luca Presidente

Leia mais

Webcast 2T14 Agosto 2014

Webcast 2T14 Agosto 2014 Webcast 2T14 Agosto 2014 Apresentação da Administração Apresentadores Currículos Marcelo Ernesto Zarzur Diretor Presidente e Diretor Técnico Silvio Ernesto Zarzur Diretor Vice-Presidente e de Incorporação

Leia mais

Divulgação de Resultados 2014

Divulgação de Resultados 2014 São Paulo - SP, 10 de Fevereiro de 2015. A Tarpon Investimentos S.A. ( Tarpon ou Companhia ), por meio de suas subsidiárias, realiza a gestão de fundos e carteiras de investimentos em bolsa e private-equity

Leia mais

Divulgação de Resultados 1T15

Divulgação de Resultados 1T15 São Paulo - SP, 06 de Maio de 2015. A Tarpon Investimentos S.A. ( Tarpon ou Companhia ), por meio de suas subsidiárias, realiza a gestão de fundos e carteiras de investimentos em bolsa e private equity

Leia mais

Release de Resultados

Release de Resultados RESULTADOS REFERENTES AO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2015 Rio de Janeiro, 14 de maio de 2015 A Óleo e Gás Participações S.A. em Recuperação Judicial (Bovespa: OGXP3) anuncia hoje seus resultados referentes ao

Leia mais

Webcast 1T14 Maio 2014

Webcast 1T14 Maio 2014 Webcast 1T14 Maio 2014 Apresentação da Administração Apresentadores Currículos Marcelo Ernesto Zarzur Diretor Presidente e Diretor Técnico Silvio Ernesto Zarzur Diretor Vice-Presidente e de Incorporação

Leia mais

Resultados 3T10 e 9M10. 12/11/2010 > Relações com Investidores

Resultados 3T10 e 9M10. 12/11/2010 > Relações com Investidores Resultados 3T10 e 9M10 12/11/2010 > Relações com Investidores 1 Aviso Importante Nós fazemos declarações sobre eventos futuros que estão sujeitas a riscos e incertezas. Tais declarações têm como base e

Leia mais

Release de Resultados

Release de Resultados RESULTADOS REFERENTES AO SEGUNDO TRIMESTRE DE 2015 Rio de Janeiro, 13 de agosto de 2015 A Óleo e Gás Participações S.A. em Recuperação Judicial (Bovespa: OGXP3) ( Companhia ) anuncia hoje seus resultados

Leia mais

Especial Lucro dos Bancos

Especial Lucro dos Bancos Boletim Econômico Edição nº 90 novembro de 2014 Organização: Maurício José Nunes Oliveira Assessor econômico Especial Lucro dos Bancos 1 Tabela dos Lucros em 2014 Ano Banco Período Lucro 2 0 1 4 Itaú Unibanco

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/2011 - QGEP PARTICIPAÇÕES SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/2011 - QGEP PARTICIPAÇÕES SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração do Resultado 4 Demonstração do Fluxo de Caixa 5 Demonstração das Mutações

Leia mais

Webcast 4T14 Março 2015

Webcast 4T14 Março 2015 Webcast 4T14 Março 2015 Apresentação da Administração Apresentadores Currículos Marcelo Ernesto Zarzur Diretor Presidente e Diretor Técnico Silvio Ernesto Zarzur Diretor Vice-Presidente e de Incorporação

Leia mais

BRASIL BROKERS. Reunião Anual com Investidores APIMEC-Rio 2010

BRASIL BROKERS. Reunião Anual com Investidores APIMEC-Rio 2010 BRASIL BROKERS Reunião Anual com Investidores APIMEC-Rio 2010 2010 Brasil 2010 Brokers Brasil Brokers Todos os Direitos Todos os Reservados Direitos Reservados Esta apresentação não constitui uma oferta,

Leia mais

Teleconferência de Resultados 1T11

Teleconferência de Resultados 1T11 Teleconferência de Resultados 1T11 13 de Maio de 2011 Aviso Legal Algumas das informações aqui contidas se baseiam nas hipóteses e perspectivas atuais da administração da Companhia que poderiam ocasionar

Leia mais

APIMEC 1T10. 27 de maio 2010

APIMEC 1T10. 27 de maio 2010 APIMEC 1T10 27 de maio 2010 Aviso Importante O material que segue é uma apresentação de informações gerais de Multiplus S.A. ( Multiplus" ou "Companhia") na data desta apresentação. Este material foi preparado

Leia mais

Os desafios da ANP: Pré-Sal e Biocombustíveis

Os desafios da ANP: Pré-Sal e Biocombustíveis Os desafios da ANP: Pré-Sal e Biocombustíveis Comissão de Serviços de Infra-Estrutura Desafios para um país emergente Luis Eduardo Duque Dutra Chefe de Gabinete da Diretoria Geral Professor Adjunto EQ/UFRJ

Leia mais

Teleconferência Resultados 3T10

Teleconferência Resultados 3T10 Teleconferência Resultados 3T10 Sexta-feira, 5 de Novembro de 2010 Horário: 14:00 (horário de Brasília) 12:00 (horário US EDT) Tel: + 55 (11) 4688-6361 Código: LASA Replay: + 55 (11) 4688-6312 Código:

Leia mais

BRASIL BROKERS. Reunião Anual com Investidores APIMEC-Rio 2009

BRASIL BROKERS. Reunião Anual com Investidores APIMEC-Rio 2009 BRASIL BROKERS Reunião Anual com Investidores APIMEC-Rio 2009 2009 Brasil 2009 Brokers Brasil Todos Brokers os Direitos Todos os Reservados Direitos Reservados Esta apresentação não constitui uma oferta,

Leia mais

KROTON Educacional S/A Divulgação de Resultados 1T08. 07 de Maio de 2008

KROTON Educacional S/A Divulgação de Resultados 1T08. 07 de Maio de 2008 KROTON Educacional S/A Divulgação de Resultados 1T08 07 de Maio de 2008 1 CONSIDERAÇÕES INICIAIS O material que se segue é uma apresentação de informações gerais da Kroton Educacional S.A ( Kroton ). Esta

Leia mais

NAGI PG. As Oportunidades do Pré-sal: Como minha indústria pode participar deste mercado. Eng. Virgilio Calças Filho Sorocaba 27/02/2014

NAGI PG. As Oportunidades do Pré-sal: Como minha indústria pode participar deste mercado. Eng. Virgilio Calças Filho Sorocaba 27/02/2014 NAGI PG NÚCLEO DE APOIO À GESTÃO DA INOVAÇÃO NA CADEIA DE PETRÓLEO E GÁS As Oportunidades do Pré-sal: Como minha indústria pode participar deste mercado Eng. Virgilio Calças Filho Sorocaba 27/02/2014 Em

Leia mais

RELATÓRIO ANUAL 2014 DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS

RELATÓRIO ANUAL 2014 DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO Prezados acionistas, A QGEP apresenta o Relatório da Administração e as Demonstrações Financeiras Consolidadas do exercício fiscal findo em 31 de dezembro de 2014. Destaques

Leia mais

CONFERÊNCIA BTG PACTUAL SÃO PAULO FEVEREIRO, 2015

CONFERÊNCIA BTG PACTUAL SÃO PAULO FEVEREIRO, 2015 CONFERÊNCIA BTG PACTUAL SÃO PAULO FEVEREIRO, 2015 RESULTADO OPERACIONAL LANÇAMENTOS CYRELA R$ 2.260 milhões no 4T14 vs. R$ 2.695 milhões no 4T13. R$ 5.848 milhões em 2014 vs. R$ 6.646 milhões em 2013.

Leia mais

Teleconferência de Resultados 2014 e 4T14. 27 de fevereiro de 2015. Magazine Luiza

Teleconferência de Resultados 2014 e 4T14. 27 de fevereiro de 2015. Magazine Luiza Teleconferência de Resultados 2014 e 4T14 27 de fevereiro de 2015 Magazine Luiza Destaques 2014 Vendas E-commerce Despesas Operacionais EBITDA Ajustado Luizacred Lucro Líquido Ajustado Crescimento da receita

Leia mais

Tele Celular Sul. Apresentação dos Resultados do 1º Trimestre/2002

Tele Celular Sul. Apresentação dos Resultados do 1º Trimestre/2002 Tele Celular Sul Apresentação dos Resultados do 1º Trimestre/2002 8 de Maio, 2002 Agenda Estratégia Operacional Realizações no 1º Trimestre/2002 Estratégia Operacional Ações para 2002 Capacidade do CRM

Leia mais

Resultados 2T12 FLRY 3. Agosto / 2012

Resultados 2T12 FLRY 3. Agosto / 2012 Resultados 2T12 FLRY 3 Agosto / 2012 TODOS OS DIREITOS RESERVADOS 2012 Aviso Legal Esta apresentação pode conter informações sobre eventos futuros. Tais informações não seriam apenas fatos históricos,

Leia mais

Divulgação de Resultados 3T11

Divulgação de Resultados 3T11 Divulgação de Resultados 3T11 15 de Novembro de 2011 Palestrantes Luis Eduardo Fischman Diretor Financeiro e de RI José Ricardo Brun Fausto Diretor Operacional 2 Disclaimer Esta apresentação não constitui

Leia mais

Divulgação de Resultados Segundo Trimestre de 2015

Divulgação de Resultados Segundo Trimestre de 2015 Divulgação de Resultados Segundo Trimestre de 2015 Apresentação da Teleconferência 06 de agosto de 2015 Para informações adicionais, favor ler cuidadosamente o aviso ao final desta apresentação. Divulgação

Leia mais

Petrobras aprova Plano de Negócios 2010-2014

Petrobras aprova Plano de Negócios 2010-2014 1 Petrobras aprova Plano de Negócios 2010-2014 O Conselho de Administração aprovou o Plano de Negócios 2010-2014, com investimentos totais de US$ 224 bilhões, representando a média de US$ 44,8 bilhões

Leia mais

Willis Latin American Energy Conference

Willis Latin American Energy Conference Willis Latin American Energy Conference Planejamento Financeiro e Gestão de Riscos outubro 2012 Cátia Diniz Gerente Setorial de Seguros Internacionais Estas apresentações podem conter previsões acerca

Leia mais

Apresentação de Resultados da Lopes 3T08. Apresentação Marcos Lopes CEO Francisco Lopes COO Marcello Leone CFO e DRI

Apresentação de Resultados da Lopes 3T08. Apresentação Marcos Lopes CEO Francisco Lopes COO Marcello Leone CFO e DRI Apresentação de Resultados da Lopes Apresentação Marcos Lopes CEO Francisco Lopes COO Marcello Leone CFO e DRI Aviso importante Esta apresentação não constitui uma oferta, convite ou pedido de qualquer

Leia mais

Novos Contratos de Assistência: Novos contratos de Assistência com Minas Brasil (Grupo Zurich) e Banco do Brasil.

Novos Contratos de Assistência: Novos contratos de Assistência com Minas Brasil (Grupo Zurich) e Banco do Brasil. Divulgação dos Resultados 1T09 1 Disclaimer: Eventuais declarações que possam ser feitas durante esta apresentação, relativas às perspectivas de negócios da Companhia, projeções e metas operacionais e

Leia mais

KROTON EDUCACIONAL S/A

KROTON EDUCACIONAL S/A Semana de Relações com Investidores de MG ALÍCIA PINHEIRO Vice-Presidente Executiva e Diretora de RI Organização: Apoio: KROTON EDUCACIONAL S/A 2 CONSIDERAÇÕES INICIAIS O material que se segue é uma apresentação

Leia mais

Apresentação de Resultados 3T05

Apresentação de Resultados 3T05 Apresentação de Resultados 3T05 Destaques Crescimento do Lucro Líquido foi de 316% no Terceiro Trimestre Crescimento da Receita no 3T05 A receita bruta foi maior em 71% (3T05x3T04) e 63% (9M05x9M04) Base

Leia mais

Teleconferência de Resultados do 3T09

Teleconferência de Resultados do 3T09 Teleconferência de Resultados do 3T09 2 Destaques do trimestre O forte resultado do 3T09 demonstrou nossa confortável posição competitiva na indústria de proteínas e confirmou os resultados esperados de

Leia mais

Resultados 2T10. Villa Flora Segmento Econômico

Resultados 2T10. Villa Flora Segmento Econômico Resultados 2T10 Villa Flora Segmento Econômico 1 Resultados 2T10 Aviso Importante Nós fazemos declarações sobre eventos futuros que estão sujeitas a riscos e incertezas. Tais declarações têm como base

Leia mais

na Light S.A. Janeiro/2010

na Light S.A. Janeiro/2010 Aumento de participação na Light S.A. Janeiro/2010 Termo de Renúncia Algumas declarações constantes nesta apresentação são projeções contidas no conceito da Lei de Valores Mobiliários Americanos e estão

Leia mais

Resultado da Oferta Pública Voluntária de Permuta. Novembro de 2014

Resultado da Oferta Pública Voluntária de Permuta. Novembro de 2014 Resultado da Oferta Pública Voluntária de Permuta Novembro de 2014 OFERTA VOLUNTÁRIA DE PERMUTA DE AÇÕES No dia 30 de outubro realizamos o leilão da oferta voluntária. A adesão dos minoritários do Santander

Leia mais

A INDÚSTRIA DE PETRÓLEO & GÁS NO ESTADO DO RJ. CAMPUS 2014 Brésil Internacional

A INDÚSTRIA DE PETRÓLEO & GÁS NO ESTADO DO RJ. CAMPUS 2014 Brésil Internacional A INDÚSTRIA DE PETRÓLEO & GÁS NO ESTADO DO RJ CAMPUS 2014 Brésil Internacional Agenda PetróleoeGásNaturalnoBrasileRiodeJaneiro Situação da Indústria Naval Sistema FIRJAN: Soluções para Indústria de P&G

Leia mais

BTG Fundo de Fundos. 5ª Emissão. Janeiro, 2013. Para informações adicionais, leia atentamente os Avisos Adicionais no final da apresentação.

BTG Fundo de Fundos. 5ª Emissão. Janeiro, 2013. Para informações adicionais, leia atentamente os Avisos Adicionais no final da apresentação. 5ª Emissão Janeiro, 2013 Para informações adicionais, leia atentamente os Avisos Adicionais no final da apresentação. SEÇÃO 1 Características Características Fundo Carteira Remuneração FUNDO FII fechado

Leia mais

Venda da Unidade Guaíba. 08 de outubro de 2009

Venda da Unidade Guaíba. 08 de outubro de 2009 Venda da Unidade Guaíba 08 de outubro de 2009 Aviso legal As informações contidas nesta apresentação poderão incluir afirmações que representem "forward looking statements" nos termos do disposto no Securities

Leia mais

DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS DO 1T15

DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS DO 1T15 Relações com Investidores DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS DO 1T15 Apresentação: José Rubens de la Rosa CEO José Antonio Valiati CFO & Diretor de Relações com Investidores Thiago Deiro Gerente Financeiro & de

Leia mais

O PRÉ SAL E SEUS DESAFIOS. Carlos Tadeu da Costa Fraga Gerente Executivo do Centro de Pesquisas da PETROBRAS

O PRÉ SAL E SEUS DESAFIOS. Carlos Tadeu da Costa Fraga Gerente Executivo do Centro de Pesquisas da PETROBRAS O PRÉ SAL E SEUS DESAFIOS Carlos Tadeu da Costa Fraga Gerente Executivo do Centro de Pesquisas da PETROBRAS 1 Pré-sal História geológica 164 130 122 108 152 Milhões Milhões Milhões Forma atual de de anos

Leia mais

Transcrição de Teleconferência Resultados do Terceiro Trimestre de 2015 Queiroz Galvão QGEP Participações (QGEP3 BZ) 12 de novembro de 2015

Transcrição de Teleconferência Resultados do Terceiro Trimestre de 2015 Queiroz Galvão QGEP Participações (QGEP3 BZ) 12 de novembro de 2015 Operadora: Bom dia e obrigada por aguardarem. Sejam bem vindos à teleconferência da QGEP, para discussão dos resultados referentes ao terceiro trimestre de 2015. Estão presentes hoje conosco o Sr. Lincoln

Leia mais

Brasil não pode emperrar pré-sal, diz presidente do World Petroleum Council Qua, 19 de Setembro de 2012 08:08

Brasil não pode emperrar pré-sal, diz presidente do World Petroleum Council Qua, 19 de Setembro de 2012 08:08 Dirigindo uma das principais entidades de petróleo do mundo, o World Petroleum Council, mas também presidente da brasileira Barra Energia, Renato Bertani acha que o Brasil não pode se dar ao luxo, como

Leia mais

Teleconferência de Resultados 2T15. 23 de julho de 2015

Teleconferência de Resultados 2T15. 23 de julho de 2015 Teleconferência de Resultados 2T15 23 de julho de 2015 Aviso Legal As informações contidas nesta apresentação poderão incluir afirmações que representem "forward looking statements" nos termos do disposto

Leia mais

Divulgação de Resultados 3T15

Divulgação de Resultados 3T15 São Paulo - SP, 4 de Novembro de 2015. A Tarpon Investimentos S.A. ( Tarpon ou Companhia ), por meio de suas subsidiárias, realiza a gestão de fundos e carteiras de investimentos em bolsa e private equity

Leia mais

CARTA JBI FOCUS #15 Maio 2014

CARTA JBI FOCUS #15 Maio 2014 CARTA JBI FOCUS #15 Maio 2014 ÍNDICE PRINCIPAIS CONTRIBUIÇÕES NO ANO... 3 CASO DE INVESTIMENTO QUEIROZ GALVÃO EXPLORAÇÃO E PRODUÇÃO... 5 2 Carta JBI Focus #15 mai/14 PRINCIPAIS CONTRIBUIÇÕES NO ANO O ano

Leia mais

Almir Guilherme Barbassa Diretor Financeiro e de Relações com Investidores 18 de Agosto de 2009

Almir Guilherme Barbassa Diretor Financeiro e de Relações com Investidores 18 de Agosto de 2009 Teleconferência / Webcast DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS 2 o trimestre de 2009 (Legislação Societária) Almir Guilherme Barbassa Diretor Financeiro e de Relações com Investidores 18 de Agosto de 2009 Reservatório

Leia mais

3T13 Divulgação de Resultados 8 de novembro de 2013

3T13 Divulgação de Resultados 8 de novembro de 2013 3T13 Divulgação de Resultados 8 de novembro de 2013 2 Aviso importante Esse material pode conter previsões de eventos futuros. Tais previsões refletem apenas expectativas dos administradores da Companhia,

Leia mais

Apresentação de Resultados 1T14

Apresentação de Resultados 1T14 Apresentação de Resultados 1T14 15 de Maio de 2014 Destaques do 1T14 O aluguel nas mesmas lojas (SSR) continuou a reportar crescimento de dois dígitos no 1T14, aumento de 10,1% comparado ao 1T13 As vendas

Leia mais

Apresentação de Resultados 4T09 e 2009

Apresentação de Resultados 4T09 e 2009 Apresentação de Resultados 4T09 e 2009 São Paulo, 31 03 10 1 Agenda 1. Destaques 2. Expansão de Capacidade 3. Integrações 4. Projetos 2009 5. Visão Geral dos Segmentos de Negócios Energy Products 6. Visão

Leia mais

Os resultados do segundo trimestre e primeiro semestre de 2014 consolidam as Empresas BRF S.A.

Os resultados do segundo trimestre e primeiro semestre de 2014 consolidam as Empresas BRF S.A. BRF RESULTADOS 2T14 Os resultados do segundo trimestre e primeiro semestre de 2014 consolidam as Empresas BRF S.A. As declarações contidas neste relatório relativas à perspectiva dos negócios da Empresa,

Leia mais

Teleconferência de Resultados 4T14 e 2014. São Paulo, 12 de fevereiro de 2015

Teleconferência de Resultados 4T14 e 2014. São Paulo, 12 de fevereiro de 2015 Teleconferência de Resultados 4T14 e 2014 São Paulo, 12 de fevereiro de 2015 Ressalva sobre declarações futuras Esta apresentação contém declarações prospectivas. Tais informações não são apenas fatos

Leia mais

RESULTADOS 1T15 Teleconferência 8 de maio de 2015

RESULTADOS 1T15 Teleconferência 8 de maio de 2015 RESULTADOS 1T15 Teleconferência 8 de maio de 2015 Aviso Nesta apresentação nós fazemos declarações prospectivas que estão sujeitas a riscos e incertezas. Tais declarações têm como base crenças e suposições

Leia mais

Lucro líquido da Petrobras foi de R$ 10 bilhões 352 milhões no 1º semestre de 2014

Lucro líquido da Petrobras foi de R$ 10 bilhões 352 milhões no 1º semestre de 2014 Nota à Imprensa 8 de agosto de 2014 Lucro líquido da Petrobras foi de R$ 10 bilhões 352 milhões no 1º semestre de 2014 O lucro bruto no 1º semestre de 2014 foi de R$ 38,5 bilhões, 2% superior ao 1º semestre

Leia mais

Expandindo a Logística Brasileira Maio 2011

Expandindo a Logística Brasileira Maio 2011 Expandindo a Logística Brasileira Maio 2011 Aviso Legal Esta apresentação contém algumas afirmações e informações prospectivas relacionadas a Companhia que refletem a atual visão e/ou expectativas da Companhia

Leia mais

Divulgação de Resultados do 2T10. 4 de agosto de 2010

Divulgação de Resultados do 2T10. 4 de agosto de 2010 Divulgação de Resultados do 4 de agosto de 2010 Aviso Importante Esse material pode conter previsões de eventos futuros.tais previsões refletem apenas expectativas dos administradores da Companhia, e envolve

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 30/06/2011 - QGEP PARTICIPAÇÕES SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

ITR - Informações Trimestrais - 30/06/2011 - QGEP PARTICIPAÇÕES SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração do Resultado 4 Demonstração do Fluxo de Caixa 5 Demonstração das Mutações

Leia mais

Localiza Rent a Car S.A. Divulgação do LAJIDA/LAJIR

Localiza Rent a Car S.A. Divulgação do LAJIDA/LAJIR Localiza Rent a Car S.A. Divulgação do LAJIDA/LAJIR 27 de fevereiro de 2013 1 Divulgação de EBITDA adotada pela Localiza Nova regulamentação ICVM 527/2012 2 Relatórios onde a Localiza Divulga o EBITDA:

Leia mais

VIII JORNADA DE SEGURANÇA EMPRESARIAL DO SISTEMA PETROBRAS 2009 PETROBRAS/GAPRE/SE

VIII JORNADA DE SEGURANÇA EMPRESARIAL DO SISTEMA PETROBRAS 2009 PETROBRAS/GAPRE/SE VIII JORNADA DE SEGURANÇA EMPRESARIAL DO SISTEMA PETROBRAS 2009 PETROBRAS/GAPRE/SE VISÃO ESTRATÉGICA PARA PROTEÇÃO EMPRESARIAL DOS ATIVOS CRÍTICOS DO PRÉ-SAL Mauro Yuji Hayashi PETROBRAS/E&P-PRESAL/PLAN

Leia mais

Com muita satisfação o temos como cliente no HG Real Estate Fundo de Investimento Imobiliário.

Com muita satisfação o temos como cliente no HG Real Estate Fundo de Investimento Imobiliário. 1. Palavra da Administradora Prezado Investidor, Com muita satisfação o temos como cliente no HG Real Estate Fundo de Investimento Imobiliário. A distribuição de cotas da primeira emissão foi encerrada

Leia mais

OGPar: Ativos e Situação Atual A Nova Companhia

OGPar: Ativos e Situação Atual A Nova Companhia OGPar: Ativos e Situação Atual A Nova Companhia 27 de Novembro de 2014 Agenda 1 2 3 4 Histórico Ativos Situação Atual Próximos Passos 2 Histórico Histórico: Visão Geral Empresa brasileira independente

Leia mais

Entenda o que é a camada pré-sal

Entenda o que é a camada pré-sal Adaptado por RH para o Site do GDPAPE Grupo em Defesa dos Participantes da Petros Tupi Bem-Te-Vi Carioca Júpiter - Iara 02/09/2008-11h48 da Folha Online Entenda o que é a camada pré-sal A chamada camada

Leia mais

DESTAQUES NO PERÍODO. Dados Financeiros (R$ x 1.000)

DESTAQUES NO PERÍODO. Dados Financeiros (R$ x 1.000) Blumenau SC, 27 de julho de 2007 A Cremer S.A. (Bovespa: CREM3), distribuidora de produtos para a saúde e também líder na fabricação de produtos têxteis e adesivos cirúrgicos, anuncia hoje seus resultados

Leia mais

Apresentação de Resultados do 2º trimestre de 2011. Agosto, 2011

Apresentação de Resultados do 2º trimestre de 2011. Agosto, 2011 Apresentação de Resultados do 2º trimestre de 2011 Agosto, 2011 2 Destaques Operacionais DESTAQUES OPERACIONAIS DO 2T11 & 1S11 2T11 LANÇAMENTOS PRO RATA PDG ALCANÇARAM R$2,05 BILHÕES NO 2T11, REPRESENTANDO

Leia mais

Teleconferência de Resultados 1T15. 24 de abril de 2015

Teleconferência de Resultados 1T15. 24 de abril de 2015 Teleconferência de Resultados 1T15 24 de abril de 2015 Aviso Legal As informações contidas nesta apresentação poderão incluir afirmações que representem "forward looking statements" nos termos do disposto

Leia mais

Apresentação dos Resultados de 2T07. 15 de agosto de 2007

Apresentação dos Resultados de 2T07. 15 de agosto de 2007 Apresentação dos Resultados de 2T07 15 de agosto de 2007 1 Equipe da Cyrela Brazil Realty Diretor Presidente Elie Horn Diretor Financeiro e de Relações com Investidores Luis Largman Diretor de Controle

Leia mais

PLANO DE NEGÓCIOS DA PETROBRAS PROJETOS DA BACIA DE SANTOS. José Luiz Marcusso E&P / UN-BS. São Paulo, 11 de maio de 2010

PLANO DE NEGÓCIOS DA PETROBRAS PROJETOS DA BACIA DE SANTOS. José Luiz Marcusso E&P / UN-BS. São Paulo, 11 de maio de 2010 PLANO DE NEGÓCIOS DA PETROBRAS PROJETOS DA BACIA DE SANTOS José Luiz Marcusso E&P / UN-BS São Paulo, 11 de maio de 2010 1 1 AVISO As apresentações podem conter previsões acerca de eventos futuros. Tais

Leia mais