UMA MEDIDA DO MÉRITO SANITÁRIO MUNICIPAL PARA A BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO DOCE

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "UMA MEDIDA DO MÉRITO SANITÁRIO MUNICIPAL PARA A BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO DOCE"

Transcrição

1 UMA MEDIDA DO MÉRITO SANITÁRIO MUNICIPAL PARA A BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO DOCE Ivan Laerte Fett Laydner 1 RESUMO - Este trabalho apresenta uma metologia de efetuar medida mérito sanitário s municípios por meio da relação entre os das de cobertura de coleta de esgotos (e disposição em fossa séptica), de abastecimento de água e de coleta de lixo em zona urbana e os das referentes à renda per capita municipal. O estu focaliza os municípios abrangis pela Bacia Hidrográfica Rio Doce no Brasil e utiliza das Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE ano de 2000, referentes à cobertura da coleta de esgotos, abastecimento de água e coleta de lixo, e das da renda per capita municipal provenientes Atlas Desenvolvimento Humano PNUD. Estabelece-se uma escala variável de 0,000 a 1,000 segun a pior e a melhor relação obtida para cada categoria e uma escala, também variável de 0,000 a 1,000, para a combinação das três categorias, referente ao Global. ABSTRACT - This work presents a methology to carry out sanitary merit measures in municipalities, considering the relation between data of drain collection (and its arrangement in septic tanks), water supply and trash collection coverage in urban zones, and the data of municipal per capita income. This study focus municipalities located in the Hydrographic Basin of Doce River in Brazil and uses year 2000 data of the Estatistical and Geographic Brazilian Institute IBGE, as to drain collection, water supply and trash collection coverage; and data of municipal per capita income from the Human Development Atlas PNUD. A variable scale from 0,000 to 1,000 was established, according the worst and the best relation obtained from each category, and another scale also variable from 0,000 to 1,000 obtained from the combination of the three categories, referring to the Indicator of Global Sanitary Merit. PALAVRAS-CHAVE: cobertura de serviços de saneamento, mérito em saneamento, saneamento básico. 1 Engenheiro Mecânico pela Universidade Federal da Bahia, M. Sc. em Ciências de Engenharia de Produção pela COPPE / UFRJ, ocupa o cargo de Especialista em Recursos Hídricos na Agência Nacional de Águas. Endereço: SPS, Área 5 Quadra 03, Bloco L, Brasília / DF, CEP: , Tel.: +55 (xx) , Fax.: +55 (xx) , 1

2 UMA MEDIDA DO MÉRITO SANITÁRIO MUNICIPAL PARA A BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO DOCE 1. INTRODUÇÃO Entendemos que a solução referente ao saneamento básico adequa nas cidades brasileiras deve constituir uma obrigação de primeira ordem Município. Responsabilidade esta, em primeiro lugar das suas autoridades políticas, mas também, secundariamente, s seus cidadãos. Afinal, cada indivíduo por si mesmo gera impactos sobre o meio ambiente, não poden se eximir dever de evitar a contaminação ambiente e s demais que lhe são vizinhos. O saneamento básico é, portanto, responsabilidade indiscutível s cidadãos, sen as autoridades públicas municipais, seus representantes políticos mais próximos, os responsáveis diretos pela sua conscientização e pelo provimento s serviços indispensáveis. To dever não cumpri implica um direito não exerci. Se mantivermos o entendimento de que o saneamento básico é apenas dever Esta e acharmos que isto resolve a questão, nos esquecemos de que, na prática e no atual estágio de nosso desenvolvimento político, as autoridades não fazem tanto o que determina a Lei, mas mais o que a população demanda. Por isso, é necessária a consciência pública caráter essencial saneamento básico e da obrigação fundamental que ele constitui para cada um de nós, em cada um de nossos municípios. Torna-se necessário um processo amplo de conscientização acerca s deveres sanitários municipais que se imponha no âmbito da cultura política nacional. Consciência assimilada, as autoridades que se encontram acomodadas ou desestimuladas pelas dificuldades encontrarão novo alento para mobilizar-se em prol da solução s problemas municipais. Pois, haja vista a deficiente situação técnica e financeira da maioria s municípios da Bacia Hidrográfica Rio Doce, isto não constitui impedimento para que muitos deles estejam se esforçan em fazer a sua parte. 2. OBJETIVOS Este estu surgiu como proposta de estímulo e desafio aos municípios da Bacia Hidrográfica Rio Doce para com o cumprimento de suas obrigações sanitárias, com vistas à universalização s serviços de saneamento básico na Bacia. O objetivo principal é destacar aqueles municípios que obtiveram maior êxito na extensão da cobertura s serviços de saneamento relativamente aos recursos disponíveis, entendis na forma da renda per capita municipal. 2

3 Ao mesmo tempo, foi possível o estabelecimento de um ranking basea nesta medida de mérito s municípios que permite que eles se situem em termos da contribuição relativa que cada um dá para a boa situação sanitária da Bacia. 3. MATERIAL E MÉTODOS Este estu consiste na comparação das relações entre os das de cobertura (percentual de micílios da zona urbana cobertos) de coleta de esgotos (e disposição em fossa séptica), abastecimento de água e coleta de lixo 2 e os das referentes à renda per capita s municípios da Bacia Hidrográfica Rio Doce. Os Gráficos 1, 2 e 3 mostram a distribuição s das municipais para cada uma das situações. As três categorias de relações são tratadas da mesma maneira: obtêm-se nos três casos intervalos de valores que são convertis, usan simples regra de três, em intervalos de 0,000 a 1,000, corresponden aos valores mínimo e máximo, respectivamente, de cada categoria. Os valores das relações referentes a cada Município encontram cada um o seu correspondente no novo intervalo, sen classificas em ordem decrescente em cada categoria e ordenas. Obtêm-se, então, a classificação s municípios segun os indicares Municipal nas modalidades Coleta de Esgotos, Abastecimento de Água e Coleta de Lixo. O indicar Municipal Global é obti calculan-se a média aritmética s três indicares citas, aplican-se ao intervalo de valores obti a transformação matemática que resultará num novo intervalo de mínimo 0,000 e máximo 1, RESULTADOS DA PESQUISA A Tabela 1, no Anexo I, mostra a relação s Municípios da Bacia Hidrográfica Rio Doce, seus respectivos valores e posições quanto aos indicares nas modalidades Esgotos, Água e Lixo, e hierarquizas segun o indicar Global. Os 2 das utilizas são IBGE e Atlas de Desenvolvimento Humano / PNUD referentes ao ano Fonte: IBGE 2000: Tabela Domicílios particulares permanentes e Morares em Domicílios particulares permanentes por situação e tipo esgotamento sanitário; Tabela Domicílios particulares permanentes por situação, tipo micílio e abastecimento de água; Tabela Domicílios particulares permanentes e Morares em Domicílios particulares permanentes por situação e destino lixo. 3

4 Não se deve esperar, através da utilização deste méto, encontrar tos os Municípios com coberturas elevadas nos primeiros lugares. Para isto bastaria hierarquizá-los segun os das de cobertura. Aqui, os Municípios com coberturas elevadas e com rendas elevadas encontram-se, juntamente como os de coberturas baixas e rendas baixas, próximos ao centro da escala. O méto utiliza ressalta, nos melhores e nos piores casos, os que com pouco fazem muito e os que com muito fazem pouco em relação ao conjunto. Os municípios com coberturas e rendas elevadas não necessitam tipo de avaliação proposta através dessa metologia, mas devem concentrar-se, sobretu, na qualidade s serviços prestas, sen válidas para eles outras modalidades de indicares. Outra observação pertinente é que as comparações que se pode fazer aplican-se esta metologia restringem-se a este determina conjunto de Municípios, não haven senti para comparações feitas com Municípios de fora da Bacia. Nas Figuras 1, 2 e 3 mostra-se a distribuição s das de cobertura de coleta de esgotos (e disposição em fossa séptica), abastecimento de água e coleta de lixo s Municípios da Bacia em relação aos das da renda per capita municipal. 100,00 90,00 80,00 Cobertura da coleta de esgotos (%) 70,00 60,00 50,00 40,00 30,00 20,00 10,00 0,00 50,00 100,00 150,00 200,00 250,00 300,00 350,00 Renda per capta anual (R$/hab.ano) Figura 1: Correlação entre Cobertura de Coleta de Esgotos e Renda Per Capita Municipal 4

5 100,00 Cobertura abastecimento de água (%) 90,00 80,00 70,00 60,00 50,00 40,00 30,00 20,00 10,00 0,00 50,00 100,00 150,00 200,00 250,00 300,00 350,00 Renda per capta anual (R$/hab.ano) Figura 2: Correlação entre Cobertura de Abastecimento de Água e Renda Per Capita Municipal 100,00 90,00 Cobertura da coleta de lixo (%) 80,00 70,00 60,00 50,00 40,00 30,00 20,00 10,00 0,00 50,00 100,00 150,00 200,00 250,00 300,00 350,00 Renda per capta anual (R$/hab.ano) Figura 3: Correlação entre Cobertura de Coleta de Lixo e Renda Per Capita Municipal 5. CONCLUSÕES Não se pretende aqui estabelecer uma verdade definitiva sobre o assunto, mas aplicar um determina conceito para avaliar o desempenho s Municípios, no cumprimento de uma obrigação básica para com seus habitantes, seus vizinhos e para com toda a comunidade s vales 5

6 Rio Doce e região costeira. O conceito em questão é de que a responsabilidade pelo saneamento básico é, sobretu, municipal entenda-se aqui autoridades e habitantes e que o mérito municipal deve levar em conta não só a cobertura s serviços alcançada, mas também os recursos (renda per capita) disponíveis no Município para supri-los. Quan da elaboração inicial deste estu, argumentou-se que esta medida de mérito é excessivamente favorável àqueles municípios de menor renda, já que os pequenos municípios da Bacia recebem maior auxílio governamental proporcionalmente aos grandes para realizar obras. Ora, isso não impede que esses tenham de disputar entre si pelos recursos e que, por outro la, os municípios de maior população possuem maior influência política, o que daria aos mesmos maiores facilidades para anular essa suposta vantagem. De qualquer forma, como dissemos inicialmente, trata-se aqui apenas de uma medida mérito sanitário municipal, poden, e mesmo deven, haver outras formas de fazer essa medida. O importante é que se discuta o tema e se façam medidas que favoreçam não só a universalização, mas também o avanço na qualidade s serviços de saneamento básico nos municípios da Bacia Hidrográfica Rio Doce e nas demais bacias hidrográficas brasileiras. Julga-se de fundamental importância que o Comitê da Bacia Hidrográfica Rio Doce e demais Comitês de Bacia Hidrográfica no Brasil estabeleçam em caráter oficial, para a suas áreas de abrangência, indicares de mérito sanitário próprios, sinalizan o caráter de dever cívico municipal suprimento de serviços de saneamento básico de qualidade. Lembramos que, neste caso, mais vale uma medida ainda que imperfeita que nenhuma medida. Na Figura 4 mostramos a distribuição espacial s resultas obtis em quatro faixas de valores sen as cores mais escuras aquelas referentes aos melhores resultas. 6

7 Figura 4: Distribuição Espacial em Quatro Faixas de Valores de Global Bacia Hidrográfica Rio Doce Finalmente, não se efetivou esse estu com o objetivo de promover a execração pública s municípios com mau desempenho, mas de trazer um pouco de luz acerca da performance de cada um para controle individual, reconhecen e dan visibilidade, porém, àqueles que, de alguma forma, podem servir de modelo para os demais. Somente um indispensável estu, individualiza e criterioso, de cada caso poderá explicar um melhor ou pior desempenho no que diz respeito ao indicar aqui proposto. Espera-se que este despretensioso trabalho contribua para os debates referentes ao encontro de soluções para a universalização saneamento básico nesta fração importante território brasileiro e s Estas de Minas Gerais e Espírito Santo, em especial no que diz respeito à cooperação intermunicipal (Consórcios Intermunicipais). 7

8 AGRADECIMENTOS Agradeço em primeiro lugar a Deus pela inspiração e oportunidade de realizar este trabalho, à minha família pelo suporte emocional que me dá, ao Superintendente de Apoio à Gestão da ANA, Rodrigo Flecha Ferreira Alves e aos colegas de trabalho da ANA que bastante me estimularam ao lhes ser mostra os primeiros resultas estu, em particular aos Especialistas em Recursos Hídricos Dalton Luiz Tozetto Ventura e Ariel Jorge Mera Valverde pelas sugestões que se mostraram úteis no seu aperfeiçoamento e Sérgio Rodrigues Ayrimoraes Soares, que primeiramente me alertou para o interesse que o mesmo poderia despertar. BIBLIOGRAFIA ATLAS DO DESENVOLVIMENTO HUMANO. [s.l.]: PNUD Brasil, [s.d.]. Disponível em <http://www.pnud.org.br/atlas/>. Acesso em 8 nov CENSO DEMOGRÁFICO [s.l.]: IBGE, SIDRA, [s.d.]. Disponível em <http://www.sidra.ibge.gov.br/cd/default.asp>. Acesso em 8 nov DECLARAÇÃO Eu, autor deste trabalho, concor com as condições estabelecidas no regulamento, referentes a apresentação de trabalhos técnicos no Simpósio.Experiência em Gestão s Recursos Hídricos por Bacia Hidrográfica., de 03 a 06 de dezembro de 2007 em São Pedro - SP, bem como cedemos ao Consórcio PCJ os direitos de reprodução, publicação e divulgação deste trabalho. 8

9 ANEXO I Tabela 1: Hierarquização s Municípios da Bacia Hidrográfica Rio Doce Segun Medida Global MÉRITO SANITÁRIO MUNICIPAL NA BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO DOCE: Esgoto, Água, Lixo e Global - Esgoto - - Água - - Lixo - GLOBAL Brasil 0,324 0,435 0,401 0, Pingo-d'Água - MG 1, , , , Ipaba - MG 0, , , , Vargem Alegre - MG 0, , , , Naque - MG 0, , , , Mathias Lobato - MG 0, , , , São João Oriente - MG 0, , , , Oratórios - MG 0, , , , Bela Vista de Minas - MG 0, , , , Santo Antônio Grama - MG 0, , , , Engenheiro Caldas - MG 0, , , , São Pedro s Ferros - MG 0, , , , Sobrália - MG 0, , , , Santana Paraíso - MG 0, , , , Belo Oriente - MG 0, , , , Barão de Cocais - MG 0, , , , Capitão Andrade - MG 0, , , , Goiabeira - MG 0, , , , Divinolândia de Minas - MG 0, , , , Piedade de Ponte Nova - MG 0, , , , Fernandes Tourinho - MG 0, , , , Senhora de Oliveira - MG 0, , , , Jampruca - MG 0, , , , São José Goiabal - MG 0, , , , Galiléia - MG 0, , , , Entre Folhas - MG 0, , , , Jaguaraçu - MG 0, , , , Frei Inocêncio - MG 0, , , , São José da Safira - MG 0, , , , Cuparaque - MG 0, , , , Catas Altas - MG 0, , , , São João Evangelista - MG 0, , , , Itanhomi - MG 0, , , , Bom Jesus Galho - MG 0, , , , Dionísio - MG 0, , , , Santa Rita de Minas - MG 0, , , , Marilac - MG 0, , , , Santa Bárbara - MG 0, , , , Acaiaca - MG 0, , , , Santana s Montes - MG 0, , , , Dom Cavati - MG 0, , , ,

10 MÉRITO SANITÁRIO MUNICIPAL NA BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO DOCE: Esgoto, Água, Lixo e Global - Esgoto - - Água - - Lixo - GLOBAL Brasil 0,324 0,435 0,401 0, Iapu - MG 0, , , , Pedra Anta - MG 0, , , , Virgolândia - MG 0, , , , Carandaí - MG 0, , , , Campanário - MG 0, , , , Ipanema - MG 0, , , , Jequeri - MG 0, , , , Gonzaga - MG 0, , , , João Monlevade - MG 0, , , , São Sebastião Anta - MG 0, , , , Conceição Mato Dentro - MG 0, , , , Malacacheta - MG 0, , , , Urucânia - MG 0, , , , Alpercata - MG 0, , , , Rio Doce - MG 0, , , , São José Mantimento - MG 0, , , , Periquito - MG 0, , , , Córrego Novo - MG 0, , , , Nacip Raydan - MG 0, , , , Piedade de Caratinga - MG 0, , , , Alvinópolis - MG 0, , , , Santa Maria Suaçuí - MG 0, , , , Matipó - MG 0, , , , Nova Era - MG 0, , , , São Geral - MG 0, , , , Rio Piracicaba - MG 0, , , , Aimorés - MG 0, , , , Dom Silvério - MG 0, , , , Sabinópolis - MG 0, , , , Mercês - MG 0, , , , Amparo Serra - MG 0, , , , Guanhães - MG 0, , , , Senar Firmino - MG 0, , , , Santa Maria de Itabira - MG 0, , , , Manhumirim - MG 0, , , , Porto Firme - MG 0, , , , Mariana - MG 0, , , , Baixo Guandu - ES 0, , , , Resplenr - MG 0, , , , Coronel Fabriciano - MG 0, , , , Rio Casca - MG 0, , , , Materlândia - MG 0, , , , Santa Efigênia de Minas - MG 0, , , , Dom Joaquim - MG 0, , , , Ponte Nova - MG 0, , , ,

11 MÉRITO SANITÁRIO MUNICIPAL NA BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO DOCE: Esgoto, Água, Lixo e Global - Esgoto - - Água - - Lixo - GLOBAL Brasil 0,324 0,435 0,401 0, Ressaquinha - MG 0, , , , Paula Cândi - MG 0, , , , Itambacuri - MG 0, , , , Ubá - MG 0, , , , Teixeiras - MG 0, , , , Serro - MG 0, , , , Cipotânea - MG 0, , , , Itabira - MG 0, , , , Paulistas - MG 0, , , , Virginópolis - MG 0, , , , Mantenópolis - ES 0, , , , São Gonçalo Rio Abaixo - MG 0, , , , Timóteo - MG 0, , , , Peçanha - MG 0, , , , Mesquita - MG 0, , , , Senhora s Remédios - MG 0, , , , Ouro Preto - MG 0, , , , Ipatinga - MG 0, , , , João Neiva - ES 0, , , , Conselheiro Pena - MG 0, , , , Alvarenga - MG 0, , , , Carmésia - MG 0, , , , Tumiritinga - MG 0, , , , Reduto - MG 0, , , , Ubaporanga - MG 0, , , , São Miguel Anta - MG 0, , , , Coimbra - MG 0, , , , Catas Altas da Noruega - MG 0, , , , Santana Manhuaçu - MG 0, , , , Coluna - MG 0, , , , Cantagalo - MG 0, , , , Ouro Branco - MG 0, , , , Caratinga - MG 0, , , , Açucena - MG 0, , , , Lajinha - MG 0, , , , Morro Pilar - MG 0, , , , Colatina - ES 0, , , , Brás Pires - MG 0, , , , Governar Valadares - MG 0, , , , Divinésia - MG 0, , , , Sará - MG 0, , , , Franciscópolis - MG 0, , , , Cajuri - MG 0, , , , Capela Nova - MG 0, , , , Piranga - MG 0, , , ,

12 MÉRITO SANITÁRIO MUNICIPAL NA BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO DOCE: Esgoto, Água, Lixo e Global - Esgoto - - Água - - Lixo - GLOBAL Brasil 0,324 0,435 0,401 0, Raul Soares - MG 0, , , , Pancas - ES 0, , , , São Domingos Prata - MG 0, , , , Tarumirim - MG 0, , , , Antônio Dias - MG 0, , , , Araponga - MG 0, , , , Linhares - ES 0, , , , Desterro Melo - MG 0, , , , São Gabriel da Palha - ES 0, , , , Ervália - MG 0, , , , Sooretama - ES 0, , , , Coroaci - MG 0, , , , Lamim - MG 0, , , , Caranaíba - MG 0, , , , Abre Campo - MG 0, , , , Taparuba - MG 0, , , , Manhuaçu - MG 0, , , , Viçosa - MG 0, , , , Itueta - MG 0, , , , Santo Antônio Itambé - MG 0, , , , ,1E+07 Inhapim - MG 0, , , , Pocrane - MG 0, , , , Jaguaré - ES 0, , , , Alto Rio Novo - ES 0, , , , Bom Jesus Amparo - MG 0, , , , Chalé - MG 0, , , , São Geral Baixio - MG 0, , , , Diogo de Vasconcelos - MG 0, , , , Ibatiba - ES 0, , , , São Pedro Suaçuí - MG 0, , , , Senhora Porto - MG 0, , , , Presidente Bernardes - MG 0, , , , Simonésia - MG 0, , , , Barra Longa - MG 0, , , , Alto Rio Doce - MG 0, , , , Joanésia - MG 0, , , , Durandé - MG 0, , , , Afonso Cláudio - ES 0, , , , Itambé Mato Dentro - MG 0, , , , Dores Turvo - MG 0, , , , Santa Cruz Escalva - MG 0, , , , Divino das Laranjeiras - MG 0, , , , Santa Bárbara Leste - MG 0, , , , Alto Jequitibá - MG 0, , , , Congonhas Norte - MG 0, , , ,

13 MÉRITO SANITÁRIO MUNICIPAL NA BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO DOCE: Esgoto, Água, Lixo e Global - Esgoto - - Água - - Lixo - GLOBAL Brasil 0,324 0,435 0,401 0, Caputira - MG 0, , , , Passabém - MG 0, , , , Serra Azul de Minas - MG 0, , , , Sem-Peixe - MG 0, , , , Rio Espera - MG 0, , , , Rio Vermelho - MG 0, , , , Martins Soares - MG 0, , , , Ferros - MG 0, , , , Guaraciaba - MG 0, , , , Marilândia - ES 0, , , , São Domingos das Dores - MG 0, , , , Canaã - MG 0, , , , Vermelho Novo - MG 0, , , , Sericita - MG 0, , , , Santo Antônio Rio Abaixo - MG 0, , , , Santa Margarida - MG 0, , , , São João Manhuaçu - MG 0, , , , Imbé de Minas - MG 0, , , , Itarana - ES 0, , , , Itaverava - MG 0, , , , São José Jacuri - MG 0, , , , Conceição de Ipanema - MG 0, , , , São Sebastião Maranhão - MG 0, , , , Itaguaçu - ES 0, , , , São Domingos Norte - ES 0, , , , Mutum - MG 0, , , , Bugre - MG 0, , , , Santa Rita Itueto - MG 0, , , , Braúnas - MG 0, , , , Água Boa - MG 0, , , , São Roque Canaã - ES 0, , , , São Geral da Piedade - MG 0, , , , Santa Teresa - ES 0, , , , Alvorada de Minas - MG 0, , , , São Sebastião Rio Preto - MG 0, , , , Águia Branca - ES 0, , , , José Raydan - MG 0, , , , Laranja da Terra - ES 0, , , , Vila Valério - ES 0, , , , Marliéria - MG 0, , , , Pedra Bonita - MG 0, , , , Dores de Guanhães - MG 0, , , , Luisburgo - MG 0, , , , Rio Bananal - ES 0, , , , Brejetuba - ES 0, , , ,

14 MÉRITO SANITÁRIO MUNICIPAL NA BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO DOCE: Esgoto, Água, Lixo e Global - Esgoto - - Água - - Lixo - GLOBAL Brasil 0,324 0,435 0,401 0, Frei Lagonegro - MG 0, , , , MÉDIA NA BACIA 0,430 0,439 0,405 0,388 14

PACTO NACIONAL PELA ALFABETIZAÇÃO NA IDADE CERTA

PACTO NACIONAL PELA ALFABETIZAÇÃO NA IDADE CERTA Módulo introdutório de dos Orientadores de Estudo 3100104 ABRE CAMPO MUNICIPAL 3100203 ACAIACA MUNICIPAL 3100302 ALEM PARAIBA MUNICIPAL 3100401 ALFREDO VASCONCELOS MUNICIPAL 3100500 ALTO CAPARAO MUNICIPAL

Leia mais

EXTRATOS DOS CONTRATOS IBIO AGB DOCE - 2014 CNPJ: 05.112.703-0002-06

EXTRATOS DOS CONTRATOS IBIO AGB DOCE - 2014 CNPJ: 05.112.703-0002-06 CONTRATO 01/2014 Contratado (a): CNPJ: 11.410.844/0001-27 - Marciano Guimarães Sociedade de Advogados. Objeto: Contratação temporária para prestação de serviços de Assessoria e Consultoria Jurídica em

Leia mais

Imagens de satélite para o Estado de Minas Gerais

Imagens de satélite para o Estado de Minas Gerais Imagens de satélite para o Estado de Minas Gerais 2009 Abre Campo 27/05/09 0 Acaiaca 29/07/09 0 Açucena 27/05/09 0 Água Boa 27/05/09 0 Alfenas 21/04/09 2-5 Alpercata 27/05/09 0 Alpinópolis 08/08/09 0 Alterosa

Leia mais

EXTRATOS DOS CONTRATOS IBIO AGB DOCE - 2014 CNPJ: 05.112.703-0002-06

EXTRATOS DOS CONTRATOS IBIO AGB DOCE - 2014 CNPJ: 05.112.703-0002-06 CONTRATO 01/2014 Contratado (a): CNPJ: 11.410.844/0001-27 - Marciano Guimarães Sociedade de Advogados. Objeto: Contratação temporária para prestação de serviços de Assessoria e Consultoria Jurídica em

Leia mais

Votação de Marília Campos nos municípios Resultados em ordem alfabética das cidades Município Votos % (*) ABAETÉ 17 0,16 ABRE CAMPO 14 0,18 ACAIACA 1

Votação de Marília Campos nos municípios Resultados em ordem alfabética das cidades Município Votos % (*) ABAETÉ 17 0,16 ABRE CAMPO 14 0,18 ACAIACA 1 Votação de Marília Campos nos municípios Resultados em ordem alfabética das cidades Município Votos % (*) ABAETÉ 17 0,16 ABRE CAMPO 14 0,18 ACAIACA 1 0,04 ÁGUA BOA 12 0,17 AGUANIL 1 0,04 AIURUOCA 1 0,03

Leia mais

Banco de Dados CENÁRIO ATUAL (03/11/2015) Instituto de Estudos de Protesto de Títulos do Brasil Seção Minas Gerais

Banco de Dados CENÁRIO ATUAL (03/11/2015) Instituto de Estudos de Protesto de Títulos do Brasil Seção Minas Gerais Instituto de Estudos de Protesto de Títulos do Brasil Seção Minas Gerais Banco de Dados Autor: Fabio Junio Gonçalves Colodiano, publicado em 03/11/2015 CENÁRIO ATUAL (03/11/2015) No intuito de ajudar no

Leia mais

ORIGEM: AFONSO CLAUDIO

ORIGEM: AFONSO CLAUDIO ORIGEM: AFONSO CLAUDIO AFONSO CLÁUDIO 0 ÁGUA DOCE NORTE 453 ÁGUIA BRANCA 379 ALEGRE 157 ALFREDO CHAVES 116 ALTO RIO NOVO 389 ANCHIETA 148 APIACÁ 218 ARACRUZ 227 ATÍLIO VIVACQUA 137 BAIXO GUANDU 304 BARRA

Leia mais

RELAÇÃO MUNICÍPIOS HABILITADOS ICMS ESPORTIVO ANO BASE 2014

RELAÇÃO MUNICÍPIOS HABILITADOS ICMS ESPORTIVO ANO BASE 2014 RELAÇÃO S HABILITADOS ICMS ESPORTIVO ABAETÉ ABRE CAMPO ACAIACA ÁGUA BOA AIURUOCA ALFENAS ALPINÓPOLIS ALTO CAPARAÓ ALVORADA DE MINAS ANDRADAS ANGELÂNDIA ANTÔNIO CARLOS ANTÔNIO PRADO DE MINAS ARAÇAÍ ARACITABA

Leia mais

Contas Bancárias - TJMG - CNPJ 21.154.554/0001-13. (Resolução CNJ nº 154/2012 - Provimento Conjunto nº 27/2013) Dados da Conta Bancária

Contas Bancárias - TJMG - CNPJ 21.154.554/0001-13. (Resolução CNJ nº 154/2012 - Provimento Conjunto nº 27/2013) Dados da Conta Bancária Contas Bancárias - TJMG - CNPJ 21.154.554/0001-13 (Resolução CNJ nº 154/2012 - Provimento Conjunto nº 27/2013) Dados da Comarca Dados da Conta Bancária Banco Agência Cód Nome Cód. Nome Cód. Nome Número

Leia mais

Ensino Médio TEMPO INTEGRAL (3)

Ensino Médio TEMPO INTEGRAL (3) MATRÍCULAS DA EDUCAÇÃO DA BÁSICA DE 2006, CONSIDERADAS NO FUNDEB EM, COEFICIENTES DE DISTRIBUIÇÃO DOS RECURSOS E ESTIMATIVA DA RECEITA ANUAL DO FUNDO, POR ENTE GOVERNAMENTAL - - ESPÍRITO SANTO Integral

Leia mais

ÓBITOS 10 49 ANOS MULHER (SIM)

ÓBITOS 10 49 ANOS MULHER (SIM) MUNICIPPIOSS I I I AVALIAÇÃO I DO INDICADOR I I DE IINVESSTIGAÇÂO I DE ÒBIITOSS 22000088 (**)( ) ÓBITOS EM MENOR 1 ANO ÓBITOS 10 49 ANOS MULHER OBITOS MATERNOS ÓBBITTOSS I INVEESSTTIGADOSS I I (Reelatóri(

Leia mais

www.redegeraisderadio.com.br

www.redegeraisderadio.com.br wwwredegeraisderadiocombr A REDE GERAIS DE RÁDIO é um complexo de comunicação genuinamente mineiro Criada com o ideal de promover a integração e a interação com o público ouvinte das mais variadas regiões

Leia mais

MINAS GERAIS ABAETE ABRE CAMPO ACAIACA ACUCENA ALFENAS ALMENARA ALPINOPOLIS ALTEROSA ALTO CAPARAO ALTO JEQUITIBA ALVORADA DE MINAS AMPARO DA SERRA

MINAS GERAIS ABAETE ABRE CAMPO ACAIACA ACUCENA ALFENAS ALMENARA ALPINOPOLIS ALTEROSA ALTO CAPARAO ALTO JEQUITIBA ALVORADA DE MINAS AMPARO DA SERRA MINAS GERAIS ABAETE ABRE CAMPO ACAIACA ACUCENA ALFENAS ALMENARA ALPINOPOLIS ALTEROSA ALTO CAPARAO ALTO JEQUITIBA ALVORADA DE MINAS AMPARO DA SERRA ANDRADAS ANTONIO CARLOS ANTONIO DIAS ANTONIO PRADO DE

Leia mais

Minas Gerais. Página 1

Minas Gerais. Página 1 Cod_IBGE UF Município Grupo PAC Situação 3100302 MG Abre Campo 3 3100500 MG Açucena 3 3100609 MG Água Boa 3 3100906 MG Águas Formosas 3 3101003 MG Águas Vermelhas 3 3101102 MG Aimorés 3 3101201 MG Aiuruoca

Leia mais

RELAÇÃO DE PRAÇAS FILIAL CIDADE

RELAÇÃO DE PRAÇAS FILIAL CIDADE RELAÇÃO DE PRAÇAS FILIAL CIDADE UF CEP Inicial CEP Final Cap / Int REGIÃO PRAZO Obs: RIO RIO DE JANEIRO RJ 20000-000 23799-999 CAPITAL SUDESTE 1 à 2 dias úteis RIO ITAGUAI RJ 23800-000 23859-999 INTERIOR

Leia mais

CICLOS DE NEGÓCIOS E ASPECTOS CONJUNTURAIS DA ECONOMIA DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO

CICLOS DE NEGÓCIOS E ASPECTOS CONJUNTURAIS DA ECONOMIA DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO CICLOS DE NEGÓCIOS E ASPECTOS CONJUNTURAIS DA ECONOMIA DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO Matheus Albergaria de Magalhães Fevereiro de 2011 Objetivos Traçar breve panorama conjuntural da economia do estado do

Leia mais

Autorização de abertura de procedimentos licitatórios para contratação de obras. Bom Sucesso - São Tiago 45 63

Autorização de abertura de procedimentos licitatórios para contratação de obras. Bom Sucesso - São Tiago 45 63 Autorização de abertura de procedimentos licitatórios para contratação de obras Trecho Extensão (km) Valor da obra(r$ milhões) Bom Sucesso - São Tiago 45 63 Bonfinópolis de Minas (entroncamento MG-181)

Leia mais

Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. SECRETARIA DE POLÍTICA AGRÍCOLA PORTARIA Nº 187, DE 29 DE NOVEMBRO DE 2013

Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. SECRETARIA DE POLÍTICA AGRÍCOLA PORTARIA Nº 187, DE 29 DE NOVEMBRO DE 2013 TEMÁRIO: 1 Portaria nº 187, de 29 de novembro de 2013. Publicação: D.O.U. do dia 05/12/13 - Seção 1. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. SECRETARIA DE POLÍTICA AGRÍCOLA PORTARIA Nº 187,

Leia mais

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA BOLSISTAS DO PRONATEC ANEXO I UNIDADE GESTORA, LOCALIDADES, ENDEREÇO DE INSCRIÇÃO

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA BOLSISTAS DO PRONATEC ANEXO I UNIDADE GESTORA, LOCALIDADES, ENDEREÇO DE INSCRIÇÃO PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA BOLSISTAS DO PRONATEC ANEXO I UNIDADE GESTORA, LOCALIDADES, ENDEREÇO DE INSCRIÇÃO UNIDADE GESTORA UNIDADE REMOTA LOCAL DE INSCRIÇÃO ABAETÉ SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO

Leia mais

Class. Geral / Class. PNE*

Class. Geral / Class. PNE* IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística Processo Seletivo Simplificado - Edital IBGE nº 05/2009 Relação de classificados - AGENTE CENSITÁRIO DE INFORMÁTICA (ACI) - MG Município / Área de

Leia mais

DEMONSTRATIVO DA QUANTIDADE DE CILINDRO DE CLORO POR CIDADE

DEMONSTRATIVO DA QUANTIDADE DE CILINDRO DE CLORO POR CIDADE ROTA NORTE DTBP SALINAS SALINAS 21 PEQUENOS 63 PEQUENOS DTBP SALINAS TAIOBEIRAS 14 PEQUENOS 42 PEQUENOS DTBP SALINAS RIO PARDO DE MINAS 6 PEQUENOS 18 PEQUENOS DTBV CURVELO PARAOPEBA 15 PEQUENOS 45 PEQUENOS

Leia mais

Governo do Estado lança o projeto Espírito Santo sem Lixão

Governo do Estado lança o projeto Espírito Santo sem Lixão Governo do Estado lança o projeto Espírito Santo sem Lixão Com o objetivo de destinar corretamente 100% do lixo gerado e exterminar do território capixaba todos os lixões existentes, o Governo do Estado,

Leia mais

VI Simpósio Ítalo Brasileiro de Engenharia Sanitária e Ambiental

VI Simpósio Ítalo Brasileiro de Engenharia Sanitária e Ambiental IV-004 - AVALIAÇÃO DA DEMANDA DE ÁGUA X DISPONIBILIDADE HÍDRICA DOS MANANCIAIS SUPERFICIAIS DE SISTEMAS DE ABASTECIMENTO PÚBLICO DO NORTE DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO Ricardo Augusto Pereira Rezende (1)

Leia mais

CÓDIGOS DE MINAS GERAIS

CÓDIGOS DE MINAS GERAIS CÓDIGOS DE MINAS GERAIS Fonte: Anexo da resolução 263 de 08/06/2001 UF MUNICÍPIO CÓDIGO DE ÁREA MG ABADIA DOS DOURADOS 34 MG ABAETÉ 37 MG ABRE CAMPO 31 MG ACAIACA 31 MG AÇUCENA 33 MG ÁGUA BOA 33 MG ÁGUA

Leia mais

Governo do Estado de Minas Gerais - Secretaria de Estado de Educação Ensino Religioso. Edital SEPLAG/SEE Nº 03/2014

Governo do Estado de Minas Gerais - Secretaria de Estado de Educação Ensino Religioso. Edital SEPLAG/SEE Nº 03/2014 Professor de Educação Básica - PEB - Nível I - Grau A / Município/Local da vaga Total de inscritos ABADIA DOS DOURADOS 2 ABAETE 4 ABRE CAMPO 1 ACAIACA 2 ACUCENA 2 AGUA BOA 6 AGUAS FORMOSAS 4 AGUAS VERMELHAS

Leia mais

Número de hectares por módulo fiscal ABADIA DOS DOURADOS 40 ABAETÉ 40 ABRE CAMPO 26 ACAIACA 26 AÇUCENA 30 ÁGUA BOA 30 ÁGUA COMPRIDA 24 AGUANIL 30

Número de hectares por módulo fiscal ABADIA DOS DOURADOS 40 ABAETÉ 40 ABRE CAMPO 26 ACAIACA 26 AÇUCENA 30 ÁGUA BOA 30 ÁGUA COMPRIDA 24 AGUANIL 30 Município Número de hectares por módulo fiscal ABADIA DOS DOURADOS 40 ABAETÉ 40 ABRE CAMPO 26 ACAIACA 26 AÇUCENA 30 ÁGUA BOA 30 ÁGUA COMPRIDA 24 AGUANIL 30 ÁGUAS FORMOSAS 60 ÁGUAS VERMELHAS 65 AIMORÉS

Leia mais

Total de homens Total de mulheres

Total de homens Total de mulheres Nome do população população 3100104 Abadia dos Dourados 6.446 3.399 3.305 4.189 2.515 6.704 3100203 Abaeté 22.360 11.229 11.471 19.714 2.986 22.700 3100302 Abre Campo 13.348 6.670 6.641 7.284 6.027 13.311

Leia mais

Câmpus Manhuaçu. Prospecção de Cursos

Câmpus Manhuaçu. Prospecção de Cursos Câmpus Manhuaçu Prospecção de Cursos Rui Gonçalves de Souza Pró- Reitoria de Extensão Rua Delfim Moreira, 285 Granbery 36.300-048 Juiz de Fora - MG E-mail proex@ifsudestemg.edu.br rui.goncalves@ifsudestemg.edu.br

Leia mais

Quadro de votação candidato a Deputado Federal Padre João - Eleições 2014

Quadro de votação candidato a Deputado Federal Padre João - Eleições 2014 Quadro de votação candidato a Deputado Federal Padre João - Eleições 2014 Município Votos % (*) ABADIA DOS DOURADOS 17 0,41 ABAETÉ 18 0,14 ABRE CAMPO 486 6,22 ACAIACA 648 27,66 AÇUCENA 38 0,8 ÁGUA BOA

Leia mais

Hierarquia Urbana no Espírito Santo

Hierarquia Urbana no Espírito Santo Hierarquia Urbana no Espírito Santo Matheus Albergaria de Magalhães Victor Nunes Toscano Rede de Estudos Macroeconômicos (MACRO) Instituto Jones dos Santos Neves (IJSN) 03 de Setembro de 2010 Motivação

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS SECRETARIA DE ESTADO DE SAÚDE

GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS SECRETARIA DE ESTADO DE SAÚDE RESOLUÇÃO SES/MG Nº 3.140, DE 14 DE FEVEREIRO DE 2012. Dispõe sobre o vínculo entre o repasse do incentivo financeiro do Programa Saúde em Casa e a implantação do Acolhimento com Classificação de Risco

Leia mais

Renúncia dos valores do IPI

Renúncia dos valores do IPI Abadia dos Dourados 6.743 0,6 88.579,02 Abaeté 22.740 1,2 177.158,05 Abre Campo 13.306 0,8 118.105,37 Acaiaca 3.925 0,6 88.579,02 Açucena 10.093 0,6 88.579,02 Água Boa 14.803 1 147.631,71 Água Comprida

Leia mais

TABELA DE VEREADORES ELEIÇÕES 2012

TABELA DE VEREADORES ELEIÇÕES 2012 TABELA DE VEREADORES ELEIÇÕES 2012 MUNICÍPIO Número máximo permitido Número informado Abadia dos Dourados 9 9 Abaeté 11 9 Abre Campo 9 9 Acaiaca 9 9 Açucena 9 9 Água Boa 11 11 Água Comprida 9 9 Aguanil

Leia mais

Colunas1 Cidade População Dentistas Taxa (CD / hab) UBERLANDIA ABADIA DOS DOURADOS 6992 8 874,00 DIVINOPOLIS ABAETE 23494 27 870,15 MURIAE ABRE CAMPO

Colunas1 Cidade População Dentistas Taxa (CD / hab) UBERLANDIA ABADIA DOS DOURADOS 6992 8 874,00 DIVINOPOLIS ABAETE 23494 27 870,15 MURIAE ABRE CAMPO Colunas1 Cidade População Dentistas Taxa (CD / hab) UBERLANDIA ABADIA DOS DOURADOS 6992 8 874,00 DIVINOPOLIS ABAETE 23494 27 870,15 MURIAE ABRE CAMPO 13711 17 806,53 METROPOLITANA ACAIACA 4050 5 810,00

Leia mais

Aviso nº 48/CGJ/2015 Anexo Cronograma de Expansão do Selo de Fiscalização Eletrônico em 2016

Aviso nº 48/CGJ/2015 Anexo Cronograma de Expansão do Selo de Fiscalização Eletrônico em 2016 Aviso nº 48/CGJ/ Anexo Cronograma de Expansão do Selo de Fiscalização Eletrônico em 2016 Belo Horizonte PRIMEIRA ENTRÂNCIA: Barão de Cocais, Bonfim, Esmeraldas, Jaboticatubas, Paraopeba, Santa Bárbara

Leia mais

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO MÉDICOS - 2009 / 2010

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO MÉDICOS - 2009 / 2010 CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO MÉDICOS - 2009 / 2010 O SINDICATO DOS MÉDICOS DO ESTADO DE MINAS GERAIS - SINMED/MG, CNPJ nº 17.506.890/0001-00, portador da Carta Sindical expedida em 11/06/1970 (cópia

Leia mais

Valores a receber dos Governos Estaduais = Valor anual efetivamente

Valores a receber dos Governos Estaduais = Valor anual efetivamente MG ABADIA DOS DOURADOS 8.521,79 MG ABAETE 32.961,69 MG ABRE CAMPO 16.036,60 MG ACAIACA 8.324,40 MG ACUCENA 13.923,70 MG AGUA BOA 15.147,14 MG AGUA COMPRIDA 3.199,74 MG AGUANIL 9.789,86 MG AGUAS FORMOSAS

Leia mais

Total de homens Total de mulheres

Total de homens Total de mulheres Nome do população população 3100104 Abadia dos Dourados 6.446 3.399 3.305 4.189 2.515 6.704 3100203 Abaeté 22.360 11.229 11.471 19.714 2.986 22.700 3100302 Abre Campo 13.348 6.670 6.641 7.284 6.027 13.311

Leia mais

ABADIA DOS DOURADOS 4.466,20 ABAETE 9.322,05 ABRE CAMPO 8.517,33 ACAIACA 2.100,75 AGUAS FORMOSAS 5.042,75 AIURUOCA 8.110,19 ALEM PARAIBA 21.

ABADIA DOS DOURADOS 4.466,20 ABAETE 9.322,05 ABRE CAMPO 8.517,33 ACAIACA 2.100,75 AGUAS FORMOSAS 5.042,75 AIURUOCA 8.110,19 ALEM PARAIBA 21. ABADIA DOS DOURADOS 4.466,20 ABAETE 9.322,05 ABRE CAMPO 8.517,33 ACAIACA 2.100,75 AGUAS FORMOSAS 5.042,75 AIURUOCA 8.110,19 ALEM PARAIBA 21.243,54 ALFENAS 120.488,60 ALMENARA 26.462,18 ALPERCATA 1.237,73

Leia mais

Vitória (ES), Quarta-feira, 06 de Agosto de 2014.

Vitória (ES), Quarta-feira, 06 de Agosto de 2014. SOCIAL Edital de Intimação SUBSER nº 003/2014, de 03/07/2014. Afonso Claudio Agua Doce do Norte Águia Branca Alegre Alfredo Chaves Alto Rio Novo Anchieta RESORT Apiaca Aracruz COSTA 11 DE SA CHAGAS 12

Leia mais

NÚMERO MÁXIMO DE VEREADORES POR MUNICÍPIO, NA ELEIÇÃO DE 2012, SEGUNDO OS DADOS DO CENSO 2010 MINAS GERAIS

NÚMERO MÁXIMO DE VEREADORES POR MUNICÍPIO, NA ELEIÇÃO DE 2012, SEGUNDO OS DADOS DO CENSO 2010 MINAS GERAIS NÚMERO MÁXIMO DE VEREADORES POR MUNICÍPIO, NA ELEIÇÃO DE 2012, SEGUNDO OS DADOS DO CENSO 2010 MINAS GERAIS François E. J. de Bremaeker Consultor da Associação Brasileira de Câmaras Municipais A eleição

Leia mais

CARLOS ANDRÉ MARIANI BITTENCOURT LUIZ ANTONIO SASDELLI PRUDENTE RUTH LIES SCHOLTE CARVALHO

CARLOS ANDRÉ MARIANI BITTENCOURT LUIZ ANTONIO SASDELLI PRUDENTE RUTH LIES SCHOLTE CARVALHO CARLOS ANDRÉ MARIANI BITTENCOURT LUIZ ANTONIO SASDELLI PRUDENTE RUTH LIES SCHOLTE CARVALHO ProcuradorGeral de Justiça CorregedorGeral do Ministério Público Ouvidora do Ministério Público WALDEMAR ANTÔNIO

Leia mais

RECEITA CORRENTE PER CAPITA MÊS 2013

RECEITA CORRENTE PER CAPITA MÊS 2013 RECEITA CORRENTE PER CAPITA MÊS 2013 Município População Receita Corrente Receita Corrente Receita Corrente Ord Nome 2013 Arrecadada Total Percapita 2013 Per Capita mês 1 ABADIA DOS DOURADOS 6.967 R$ 15.641.513,29

Leia mais

Código IBGE Município. Código SICOM Município

Código IBGE Município. Código SICOM Município 3100104 01338 ABADIA DOS DOURADOS Câmara Municipal 3100302 01340 ABRE CAMPO Prefeitura Municipal de Abre Campo 3100609 01343 ÁGUA BOA PREFEITURA MUNICIPAL DE AGUA BOA 3100708 01344 ÁGUA COMPRIDA PREFEITURA

Leia mais

Conselho de Segurança Alimentar e Nutricional Sustentável de Minas Gerais

Conselho de Segurança Alimentar e Nutricional Sustentável de Minas Gerais Conselho de Segurança Alimentar e Nutricional Sustentável de Minas Gerais Relação de Municípios que compõem as Comissões Regionais de Segurança Alimentar e Nutricional Sustentável CRSANs Rodovia Prefeito

Leia mais

PROCEDIMENTOS UTILIZADOS NA REALIZAÇÃO DA PESQUISA: O universo desta pesquisa abrange os eleitores do Estado de Minas Gerais maiores de 16

PROCEDIMENTOS UTILIZADOS NA REALIZAÇÃO DA PESQUISA: O universo desta pesquisa abrange os eleitores do Estado de Minas Gerais maiores de 16 Curitiba, 13 de novembro de 2015. Apresentamos a seguir os resultados da pesquisa de opinião pública realizada no Estado de Minas Gerais, com o objetivo de consulta à população sobre avaliação da administração

Leia mais

ZONEAMENTO DAS CARACTERÍSTICAS DO QUADRO NATURAL E USO DO SOLO, APLICADO AO PLANEJAMENTO E DESENVOLVIMENTO REGIONAL DO LESTE MINEIRO

ZONEAMENTO DAS CARACTERÍSTICAS DO QUADRO NATURAL E USO DO SOLO, APLICADO AO PLANEJAMENTO E DESENVOLVIMENTO REGIONAL DO LESTE MINEIRO 1 II Seminário Internacional sobre Desenvolvimento Regional Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional Mestrado e Doutorado Santa Cruz do Sul, RS Brasil - 28 setembro a 01 de outubro. ZONEAMENTO

Leia mais

Rateios Outubro valores em R$1,00. Rateio Consolidado Lei Complementar Nº 63. valor de contribuição para FuNDEB. IPI valor PASEP.

Rateios Outubro valores em R$1,00. Rateio Consolidado Lei Complementar Nº 63. valor de contribuição para FuNDEB. IPI valor PASEP. Cód Municípios Nome Índices Outubro Rateio Consolidado Lei Complementar Nº 63 IPI valor Bruto valor de contribuição para FuNDEB Rateios Outubro valores em R$1,00 IPI valor PASEP valor Saúde IPI valor Líquido

Leia mais

Região Sudeste Belo Horizonte/MG

Região Sudeste Belo Horizonte/MG Região Sudeste Belo Horizonte/MG Cidade UF Prazo Aéreo Prazo Rodoviário Redespacho (Capital) Abadia dos Dourados MG 24 h 48 h 24/48 h Abaete MG 24 h 48 h 24 h Abre Campo MG 24 h 48 h 24 h Acaiaca MG 24

Leia mais

Estudo de viabilidade econômica para a implantação da produção de veículos do tipo baja na região de Viçosa.

Estudo de viabilidade econômica para a implantação da produção de veículos do tipo baja na região de Viçosa. Estudo de viabilidade econômica para a implantação da produção de veículos do tipo baja na região de Viçosa. Mariana Saraiva Bitarães, mariana.bitaraes@ufv.br Geice Paula Villibor, geicelin@yahoo.com.br

Leia mais

PRODUÇÃO DE MUDAS NA CENIBRA

PRODUÇÃO DE MUDAS NA CENIBRA PRODUÇÃO DE MUDAS NA CENIBRA FLUXOGRAMA DE PRODUÇÃO DE MUDA CLONAL JARDIM CLONAL COLHEITA DE BROTOS PLANTIO DE ESTACA CASA DE VEGETAÇÃO CASA DE SOMBRA CRESCIMENTO RUSTIFICAÇÃO/ EXPEDIÇÃO SUBIRRIGAÇÃO TRANSPORTE

Leia mais

ANEXO I QUADRO GERAL DE VAGAS POR CARGO

ANEXO I QUADRO GERAL DE VAGAS POR CARGO ANEXO I QUADRO GERAL DE VAGAS POR CARGO CARGO ÁREA DE ATUAÇÃO NÚMERO DE VAGAS AMPLA CONCORRÊNCIA NÚMERO DE VAGAS RESERVADAS A PORTADORES DE DEFICIÊNCIA(*) Assistente Técnico Educacional ATE nível I grau

Leia mais

PORTARIA CONJUNTA Nº 181 DE 05 DE FEVEREIRO DE 2015

PORTARIA CONJUNTA Nº 181 DE 05 DE FEVEREIRO DE 2015 PORTARIA CONJUNTA Nº 181 DE 05 DE FEVEREIRO DE 2015 Os Superintendentes da Superintendência Central de Administração Financeira e da Superintendência de Arrecadação e Informações Fiscais, no uso de suas

Leia mais

33 a 36 33 a 36 33 a 36

33 a 36 33 a 36 33 a 36 MUNICÍPIOS PERÍODOS DE SEMEADURA PARA CULTIVARES DO GRUPO I SOLOS TIPO 1 SOLOS TIPO 2 SOLOS TIPO 3 Abadia dos Dourados 33 a 36 Abaeté Abre Campo Acaiaca Açucena Água Boa Água Comprida 33 a 36 Aguanil 33

Leia mais

CONCURSO PUBLICO DE INGRESSO PARA DELEGAÇÃO DE SERVIÇOS DE TABELIONATO E DE REGISTRO DO ESTADO DE MINAS GERAIS - EDITAL N. 02/2007

CONCURSO PUBLICO DE INGRESSO PARA DELEGAÇÃO DE SERVIÇOS DE TABELIONATO E DE REGISTRO DO ESTADO DE MINAS GERAIS - EDITAL N. 02/2007 1 Abaeté Paineiras Poções de Paneiras Registro Civil Pessoas Naturais 6 Açucena Açucena Gama Registro Civil Pessoas Naturais 7 Açucena Açucena Naque-Nanuque Registro Civil Pessoas Naturais 8 Açucena Açucena

Leia mais

MINAS GERAIS CARLOS CHAGAS ABADIA DOS DOURADOS ABAETE ABRE CAMPO ACAIACA ACUCENA AGUA BOA AGUANIL AGUAS FORMOSAS AGUAS VERMELHAS AIMORES ALAGOA

MINAS GERAIS CARLOS CHAGAS ABADIA DOS DOURADOS ABAETE ABRE CAMPO ACAIACA ACUCENA AGUA BOA AGUANIL AGUAS FORMOSAS AGUAS VERMELHAS AIMORES ALAGOA MINAS GERAIS CARLOS CHAGAS ABADIA DOS DOURADOS ABAETE ABRE CAMPO ACAIACA ACUCENA AGUA BOA AGUANIL AGUAS FORMOSAS AGUAS VERMELHAS AIMORES ALAGOA ALBERTINA ALEM PARAIBA ALFENAS ALFREDO VASCONCELOS ALMENARA

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO SEPLAG Nº 04/2013, DE 16 DE SETEMBRO DE 2013.

GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO SEPLAG Nº 04/2013, DE 16 DE SETEMBRO DE 2013. DISPONIBILIZADO NO SITE DA EXECUTORA IBFC (WWW.IBFC.ORG.BR), EM 02 DE 10 DE 2013. GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO SEPLAG Nº 04/2013, DE 16 DE SETEMBRO DE 2013. CONCURSO PÚBLICO

Leia mais

População Urbana Total - CENSO IBGE 2010

População Urbana Total - CENSO IBGE 2010 Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável Fundação Estadual do Meio Ambiente Classificação e Panorama da Destinação dos Resíduos Sólidos Urbanos em Minas Gerais ANO BASE 2014

Leia mais

EDITAL DE INSCRIÇÃO E PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PROGRAMA BOLSA ESTÁGIO FORMAÇÃO DOCENTE EDITAL SEDU Nº 016/2015

EDITAL DE INSCRIÇÃO E PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PROGRAMA BOLSA ESTÁGIO FORMAÇÃO DOCENTE EDITAL SEDU Nº 016/2015 EDITAL DE INSCRIÇÃO E PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PROGRAMA BOLSA ESTÁGIO FORMAÇÃO DOCENTE EDITAL SEDU Nº 016/2015 A SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO CONVIDA OS ESTUDANTES DOS CURSOS DE LICENCIATURA

Leia mais

DELIBERAÇÃO DA DIRETORIA EXECUTIVA N 01/2015

DELIBERAÇÃO DA DIRETORIA EXECUTIVA N 01/2015 CONSELHO ESTADUAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE MINAS GERAIS DELIBERAÇÃO DA DIRETORIA EXECUTIVA N 01/2015 A Diretoria Executiva do Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente

Leia mais

REGIONAL INSPETORIA MUNICÍPIOS. Arcos

REGIONAL INSPETORIA MUNICÍPIOS. Arcos CENTRO - OESTE Arcos Bom Despacho Divinópolis (SEDE DA REGIONAL) Itaúna Oliveira Pará de Minas Arcos Bambuí Córrego Danta Córrego Fundo Doresópolis Formiga Iguatama Japaraíba Lagoa da Prata Medeiros Tapiraí

Leia mais

CONCURSO Nº 03/2015 - PROCESSO INTERNO Nº 385/15

CONCURSO Nº 03/2015 - PROCESSO INTERNO Nº 385/15 CONCURSO Nº 03/2015 - PROCESSO INTERNO Nº 385/15 EDITAL DE SELEÇÃO DE PROJETOS DE FORTALECIMENTO E FOMENTO DOS FESTIVAIS GASTRONÔMICOS NO ESTADO DE MINAS GERAIS ESCLARECIMENTO 07 Questionamento enviado

Leia mais

07/01/2015 Carangola - Aniversário da Cidade Peçanha - Data de Instalação do Município. 15/01/2015 Unaí - Aniversário da Cidade

07/01/2015 Carangola - Aniversário da Cidade Peçanha - Data de Instalação do Município. 15/01/2015 Unaí - Aniversário da Cidade TJ/MG - Calendário 2015 Feriados Fixos Feriados Movéis Data Atual: 12/01/2015 Janeiro 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 01/01/2015 Confraternização

Leia mais

Lista por santos padroeiros

Lista por santos padroeiros Lista por santos padroeiros São Sebastião padroeiro de 98 municípios Água Comprida Águas Vermelhas Aimorés Alpinópolis Andradas Araçaí Araújos Areado Bela Vista de Minas Berizal Biquinhas Bom Repouso Brumadinho

Leia mais

Aditivo à Convenção Coletiva de Trabalho 2013/2014 Cláusulas Econômicas

Aditivo à Convenção Coletiva de Trabalho 2013/2014 Cláusulas Econômicas Aditivo à Convenção Coletiva de Trabalho 2013/2014 Cláusulas Econômicas Entre as partes, de um lado o SINDICATO DOS EMPREGADOS, VENDEDORES E VIAJANTES DO COMÉRCIO, PROPAGANDISTAS, PROPAGANDISTAS-VENDEDORES

Leia mais

Goiaba. Para a Indústria no Espírito Santo. Pólo de

Goiaba. Para a Indústria no Espírito Santo. Pólo de Goiaba Para a Indústria no Espírito Santo Pólo de Pólo de Goiaba para a Indústria no Espírito Santo A Secretaria de Estado da Agricultura, Abastecimento, Aqüicultura e Pesca (Seag), preocupada em alavancar,

Leia mais

Tarifas para telefones fixos no estado de Minas Gerais

Tarifas para telefones fixos no estado de Minas Gerais Abadia dos Dourados - MG R$ 0,12 Abaete - MG R$ 0,12 Acaiaca - MG R$ 0,12 Acucena - MG R$ 0,12 Agua Boa - MG R$ 0,12 Agua Comprida - MG R$ 0,12 Aguas Formosas - MG R$ 0,12 Aguas Vermelhas - MG R$ 0,12

Leia mais

30/09/13 Imprimir Documento DECRETO 46247, DE 28/05/2013 - TEXTO ORIGINAL

30/09/13 Imprimir Documento DECRETO 46247, DE 28/05/2013 - TEXTO ORIGINAL DECRETO 46247, DE 28/05/2013 - TEXTO ORIGINAL Estabelece a sede, a área de abrangência e as atribuições dos Núcleos Regionais de Fiscalização, dos Setores Regionais de Cadastro e Registro e dos Núcleos

Leia mais

Nossa Senhora do Rosário. 01. Abadia dos Dourados Padroeira: Nossa Senhora da Abadia Data: 15 de agosto

Nossa Senhora do Rosário. 01. Abadia dos Dourados Padroeira: Nossa Senhora da Abadia Data: 15 de agosto Foto: Vinicius Horta A 01. Abadia dos Dourados Padroeira: Nossa Senhora da Abadia 02. Abaeté Padroeira: Nossa Senhora do Patrocínio 03. Abre Campo Padroeira: Sant Ana 04. Acaiaca Padroeiro: São Gonçalo

Leia mais

O estado do Espírito Santo no Censo 2010

O estado do Espírito Santo no Censo 2010 1 O estado do Espírito Santo no Censo 2010 Instituto Jones dos Santos Neves IJSN Núcleo do Observatório das Metrópoles CNPq/INCT Pablo Lira 1 Caroline Cavatti 2 1. Introdução De acordo com os resultados

Leia mais

Trechos que serão contemplados pelo Programa Caminhos de Minas

Trechos que serão contemplados pelo Programa Caminhos de Minas Caminhos de Minas - Obras autorizadas Extensão (km) 1 Água Boa Malacacheta 51,2 2 Anel Viário Sete Lagoas - Av. Norte / Sul 3,3 3 Brumadinho - Piedade do Paraopeba - BR/040 12,0 4 Conceição Mato Dentro-Serro

Leia mais

14º Relatório Gerencial Resultados

14º Relatório Gerencial Resultados Termo de Parceria n 022/2008 celebrado entre a Fun dação Estadual do Meio Ambiente FEAM e a OSCIP Fundação Israel Pinheiro - FIP. 14º Relatório Gerencial Resultados Período Avaliatório 01 de novembro a

Leia mais

Secretaria de Estado de Fazenda

Secretaria de Estado de Fazenda MINAS GERAIS! CADERNO 1 DIÁRIO DO EXECUTIVO QUINTA!FEIRA, 14 DE JUNHO DE 2012 " 9 Secretaria de Estado de Fazenda Portaria Conjunta nº 153, de 12 de junho de 2012 Superintendência Central de Administração

Leia mais

RELAÇÃO DE PRAZOS DE ENTREGA MINAS GERAIS

RELAÇÃO DE PRAZOS DE ENTREGA MINAS GERAIS BORDA DA MATA ABADIA DOS DOURADOS ABAETE ABRE CAMPO ACAIACA ACUCENA AGUA BOA AGUA COMPRIDA AGUANIL AGUAS FORMOSAS AGUAS VERMELHAS AIMORES AIURUOCA ALAGOA ALBERTINA ALEM PARAIBA ALEXANDRITA ALFENAS ALFREDO

Leia mais

DELIBERAÇÃO CIB-SUS/MG Nº 978, DE 16 DE NOVEMBRO DE 2011.

DELIBERAÇÃO CIB-SUS/MG Nº 978, DE 16 DE NOVEMBRO DE 2011. DELIBERAÇÃO CIB-SUS/MG Nº 978, DE 16 DE NOVEMBRO DE 2011. Aprova o ajuste do Plano Diretor de Regionalização /PDR-MG 2011 e diretrizes para o ajuste em 2013. A Comissão Intergestores Bipartite do Sistema

Leia mais

17ª Região - Espírito Santo

17ª Região - Espírito Santo 17ª Região - Espírito Santo CENTRAL DE DISTRIBUIÇÃO DAS VARAS DE VITÓRIA Juiz Diretor do Foro: Antonio de Carvalho Pires Juiz Suplente: Denise Marsico do Couto Diretor de Serviço: Carlos Tadeu Goulart

Leia mais

MUNICÍPIO CURSOS TÉCNICO SUBSEQUENTE ENDEREÇO DE MATRÍCULA

MUNICÍPIO CURSOS TÉCNICO SUBSEQUENTE ENDEREÇO DE MATRÍCULA MUNICÍPIO CURSOS TÉCNICO SUBSEQUENTE ENDEREÇO DE MATRÍCULA ABRE CAMPO TÉCNICO EM AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE CENTRO DE REFERÊNCIA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL (CRAS) Rua : Dr. Sertório de Amorim, N 05 Praça :

Leia mais

Relatório de Categorização MTur - Ministério do Turismo Categorização dos municípios das regiões turísticas do mapa do turismo brasileiro

Relatório de Categorização MTur - Ministério do Turismo Categorização dos municípios das regiões turísticas do mapa do turismo brasileiro Relatório de Categorização MTur - Ministério do Turismo Categorização dos municípios das regiões turísticas do mapa do turismo brasileiro Parâmetros da consulta: SUDESTE / Minas Gerais Resumo da Seleção

Leia mais

COMPOSIÇÃO DAS CIRCUNSCRIÇÕES DAS DELEGACIAS SECCIONAIS DO CRCMG

COMPOSIÇÃO DAS CIRCUNSCRIÇÕES DAS DELEGACIAS SECCIONAIS DO CRCMG ALFENAS ALTEROSA AREADO CAMPO DO MEIO CAMPOS GERAIS CARMO DO RIO CLARO CARVALHÓPOLIS CONCEIÇÃO DA APARECIDA DIVISA NOVA FAMA MACHADO PARAGUAÇU POCO FUNDO SERRANIA ALMENARA BANDEIRA FELISBURGO JACINTO JEQUITINHONHA

Leia mais

PREVISÃO RATEIO EXTRA DO ICMS E FUNDEB - REF: TÍTULOS RFFSA PGTO EM 21/06/2013

PREVISÃO RATEIO EXTRA DO ICMS E FUNDEB - REF: TÍTULOS RFFSA PGTO EM 21/06/2013 DO ICMS E FUNDEB - REF: TÍTULOS RFFSA PGTO EM 21/06/2013 984001 1 ABADIA DOS DOURADOS 0,03777136 81.614,57 16.322,91 0,000129019323 22.302,31 65.291,65 984003 2 ABAETE 0,06496148 140.365,69 28.073,14 0,000509967110

Leia mais

ANEXO II Relação das comarcas com os municípios que as integram. Abaeté. Paineiras. Caputira. Matipó. Sericita. Naque. Bertópolis.

ANEXO II Relação das comarcas com os municípios que as integram. Abaeté. Paineiras. Caputira. Matipó. Sericita. Naque. Bertópolis. ANEXO II Relação das comarcas com os municípios que as integram (A que se refere o 2º do art. 3º da Lei Complementar nº 59, de 2001, consolidado com as alterações promovidas pelos arts. 52 e 53 da Lei

Leia mais

PESQUISA PRESIDENTE GOVERNADOR - SENADOR PESQUISA RELATÓRIO 2/2 CONTRATANTE DA PESQUISA: PARTIDO DA REPÚBLICA-PR MINAS GERIAS ESTADO: MINAS GERAIS

PESQUISA PRESIDENTE GOVERNADOR - SENADOR PESQUISA RELATÓRIO 2/2 CONTRATANTE DA PESQUISA: PARTIDO DA REPÚBLICA-PR MINAS GERIAS ESTADO: MINAS GERAIS PESQUISA PRESIDENTE GOVERNADOR - SENADOR PESQUISA RELATÓRIO 2/2 CONTRATANTE DA PESQUISA: PARTIDO DA REPÚBLICA-PR MINAS GERIAS ESTADO: MINAS GERAIS PERÍODO DE REALIZAÇÃO DOS TRABALHOS: 12 A 19 DE SETEMBRO

Leia mais

COMPOSIÇÃO DAS CIRCUNSCRIÇÕES DAS DELEGACIAS SECCIONAIS DO CRCMG MANDATO 2015-2018

COMPOSIÇÃO DAS CIRCUNSCRIÇÕES DAS DELEGACIAS SECCIONAIS DO CRCMG MANDATO 2015-2018 ALFENAS ALTEROSA AREADO CAMPO DO MEIO CAMPOS GERAIS CARMO DO RIO CLARO CARVALHÓPOLIS CONCEIÇÃO DA APARECIDA DIVISA NOVA FAMA MACHADO PARAGUAÇU POCO FUNDO SERRANIA ALMENARA BANDEIRA FELISBURGO JACINTO JEQUITINHONHA

Leia mais

ANÁLISE CONCLUSIVA - CLASSIFICAÇÃO 2012. População Urbana Total do município - CENSO IBGE 2010. Tipologia Data/Vistoria Local de disposição.

ANÁLISE CONCLUSIVA - CLASSIFICAÇÃO 2012. População Urbana Total do município - CENSO IBGE 2010. Tipologia Data/Vistoria Local de disposição. Abaeté 19 704 Alto São Francisco Lixão 04/05/2011 no município Araújos 6 812 Alto São Francisco Lixão 12/05/2011 no município Arcos 33 961 Alto São Francisco Aterro Sanitário Não Regularizado 08/09/2011

Leia mais

LUZ BAMBUÍ TÉCNICO EM AGRICULTURA Escola Municipal Dom Manoel- Av. Nossa de Fátima, s/n Centro 35595-000 Luz MG

LUZ BAMBUÍ TÉCNICO EM AGRICULTURA Escola Municipal Dom Manoel- Av. Nossa de Fátima, s/n Centro 35595-000 Luz MG MUNICÍPIO UNIDADE CURSOS TÉCNICO SUBSEQUENTE ENDEREÇO GESTORA LUZ BAMBUÍ TÉCNICO EM AGRICULTURA Escola Municipal Dom Manoel- Av. Nossa de Fátima, s/n Centro 35595-000 Luz MG DORES DO INDAIÁ BAMBUÍ TÉCNICO

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA Nº 34/2013, de 23 de dezembro 2013

TERMO DE REFERÊNCIA Nº 34/2013, de 23 de dezembro 2013 TERMO DE REFERÊNCIA Nº 34/2013, de 23 de dezembro 2013 Seleção de Tutores do projeto Caminhos do Cuidado - Formação em Saúde Mental (crack, álcool e outras drogas) para Agentes Comunitários de Saúde e

Leia mais

Secretaria de Educação de Pernambuco. Inscrições abertas para o cargo de professor. Oferta de 3 mil vagas!

Secretaria de Educação de Pernambuco. Inscrições abertas para o cargo de professor. Oferta de 3 mil vagas! Secretaria de Educação de Pernambuco. Inscrições abertas para o cargo de professor. Oferta de 3 mil vagas! Seguem abertas as inscrições para o concurso anunciado pelas Secretarias de Educação e Administração

Leia mais

SINDICATO DOS BANCOS DOS ESTADOS DE MINAS GERAIS, GOIÁS, DISTRITO FEDERAL E TOCANTINS

SINDICATO DOS BANCOS DOS ESTADOS DE MINAS GERAIS, GOIÁS, DISTRITO FEDERAL E TOCANTINS Pelo presente instrumento, de um lado, o SINDICATO DOS BANCOS DOS ESTADOS DE MINAS GERAIS, GOIÁS, DISTRITO FEDERAL E TOCANTINS, como representante da categoria econômica que opera nos Estados de Minas

Leia mais

EDITAL DE CONVOCAÇÃO IGAM n.15 /2009 CADASTRAMENTO E ELEIÇÃO PARA A COMPOSIÇÃO DO COMITÊ DA BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO PIRACICABA

EDITAL DE CONVOCAÇÃO IGAM n.15 /2009 CADASTRAMENTO E ELEIÇÃO PARA A COMPOSIÇÃO DO COMITÊ DA BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO PIRACICABA EDITAL DE CONVOCAÇÃO IGAM n.15 /2009 CADASTRAMENTO E ELEIÇÃO PARA A COMPOSIÇÃO DO COMITÊ DA BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO PIRACICABA O Vice Diretor do Instituto Mineiro de Gestão das Águas - IGAM, no uso de

Leia mais

REGIÕES INTEGRADAS DE SEGURANÇA PÚBLICA DO ESTADO DE MINAS GERAIS ÁREAS DE FRONTEIRAS

REGIÕES INTEGRADAS DE SEGURANÇA PÚBLICA DO ESTADO DE MINAS GERAIS ÁREAS DE FRONTEIRAS Bahia Distrito Federal Goias Espirito Santo Mato Grosso do Sul Sao Paulo Rio de Janeiro REGIÕES INTEGRADAS DE SEGURANÇA PÚBLICA DO ESTADO DE MINAS GERAIS ÁREAS DE FRONTEIRAS BR-158 SP-280 BR-040 BR-407

Leia mais

Ao dormir, todos somos vulneráveis. William Shakespeare NOTA TÉCNICA. Adma Figueiredo. Eloisa Domingues. Ivete Rodrigues

Ao dormir, todos somos vulneráveis. William Shakespeare NOTA TÉCNICA. Adma Figueiredo. Eloisa Domingues. Ivete Rodrigues Ao dormir, todos somos vulneráveis. William Shakespeare NOTA TÉCNICA Tipologia da Vulnerabilidade Social na Bacia Hidrográfica do São Francisco, Brasil Adma Figueiredo Geógrafa IBGE Eloisa Domingues Geógrafa

Leia mais

Programa de Intervenção Pedagógica /

Programa de Intervenção Pedagógica / Programa de Intervenção Pedagógica / Alfabetização no Tempo Certo Municipal 1 GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS Governador do Estado de Gerais Antonio Augusto Junho Anastasia Vice-governador do Estado

Leia mais

Lei n.º 12.305 Política Nacional de Resíduos Sólidos

Lei n.º 12.305 Política Nacional de Resíduos Sólidos Lei n.º 12.305 Política Nacional de Resíduos Sólidos Estabelece regras e metas a serem observadas pelo Poder Público, estipulando, inclusive, prazos para tanto: (a) art. 18 c/c art. 55 Plano Municipal

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS IFMG OFERTA DE CURSOS TÉCNICOS SUBSEQUENTES SISUTEC 2013/2 - PRONATEC

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS IFMG OFERTA DE CURSOS TÉCNICOS SUBSEQUENTES SISUTEC 2013/2 - PRONATEC INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS IFMG OFERTA DE CURSOS TÉCNICOS SUBSEQUENTES SISUTEC 2013/2 - PRONATEC MUNICÍPIO UNIDADE GESTORA CURSOS TÉCNICO SUBSEQUENTE ENDEREÇO TURNO / HORÁRIO

Leia mais

PRESERVAÇÃO DO PATRIMONIO NATURAL NO SUL MERIDIONAL DA SERRA DO ESPINHAÇO

PRESERVAÇÃO DO PATRIMONIO NATURAL NO SUL MERIDIONAL DA SERRA DO ESPINHAÇO PRESERVAÇÃO DO PATRIMONIO NATURAL NO SUL MERIDIONAL DA SERRA DO ESPINHAÇO Ronald Carvalho Guerra Diretor de Meio Ambiente Prefeitura Municipal de Ouro Preto Gerente da APA da Cachoeira das Andorinhas -

Leia mais

LISTA DE ENDEREÇOS DO IPHAN

LISTA DE ENDEREÇOS DO IPHAN LISTA DE ENDEREÇOS DO IPHAN ACRE Sub-regional da 16ª Superintendência Regional - Rondônia Avenida Floriano Peixoto, nº 970. Rio Branco CEP 69908-030 Telefone (68) 3223-3596 e-mail: sub.acre@iphan.gov.br

Leia mais

EDITAL Nº 168 DE 03 DE DEZEMBRO DE 2014 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA BOLSISTAS DO PRONATEC ANEXO I A - LOCAIS E HORÁRIOS DE INSCRIÇÃO

EDITAL Nº 168 DE 03 DE DEZEMBRO DE 2014 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA BOLSISTAS DO PRONATEC ANEXO I A - LOCAIS E HORÁRIOS DE INSCRIÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE MINAS GERAIS PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO Avenida Professor Mário Werneck, nº

Leia mais

EDITAL 013/2009 ANEXO II - QUADRO DE VAGAS / REGIÃO DE ABRANGÊNCIA / LOCAL DE PROVAS CARGO: AGENTE DE SANEAMENTO

EDITAL 013/2009 ANEXO II - QUADRO DE VAGAS / REGIÃO DE ABRANGÊNCIA / LOCAL DE PROVAS CARGO: AGENTE DE SANEAMENTO , Betim, Santa Luzia, Brumadinho, Capim Branco, Confins, Contagem, Cód. 31 Norte Cidades sede dos Distritos Operacionais:, Curvelo, Januária, Janaúba, São Francisco e Salinas. Cód. 19 Eletricista de Manutenção

Leia mais

ÍNDICE. Mapa dos índices para as Regionais de planejamento do SEBRAE/MG

ÍNDICE. Mapa dos índices para as Regionais de planejamento do SEBRAE/MG 1 ÍNDICE FICHA TÉCNICA APRESENTAÇÃO SÍNTESE DOS RESULTADOS ESTRUTURA DO ÍNDICE MAPAS Mapa dos índices para as Regionais de planejamento do SEBRAE/MG Mapa dos índices para as mineiros TABELAS Tabela 1:

Leia mais

ANEXO VII TABELA DE UNIDADES DA SRF CONCURSO DE REMOCAO

ANEXO VII TABELA DE UNIDADES DA SRF CONCURSO DE REMOCAO 00.0.01.00 OC/ORGAO CENTRAL 00.0.04.44 1 CONSELHO DE CONTRIBUINTES 00.0.05.55 2 CONSELHO DE CONTRIBUINTES 00.0.06.65 3 CONSELHO DE CONTRIBUINTES 00.1.01.00 OC/GABINETE DO SECRETARIO DA RECEITA FEDERAL

Leia mais