serviço CoolCare Apresentamos nosso Pessoas que entendem o seu negócio

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "serviço CoolCare Apresentamos nosso Pessoas que entendem o seu negócio"

Transcrição

1 Apresentamos nosso serviço CoolCare Proporcionamos um serviço especializado diferenciado para gerenciar embarques que exigem rigoroso controle e monitoramento de temperatura via contêineres ativos (gelo seco e elétricos), desde a aceitação do envio até a entrega no aeroporto de destino

2 PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS DO PRODUTO Opção de reabastecimento de gelo seco e substituição das baterias Gestão de rampa rápida Entrega rápida no destino Prioridade no embarque Monitoramento constante ATENDIMENTO DIFERENCIADO DE SEUS ENVIOS Indústria farmacêutica: Nós entendemos o quão delicado que é transportar um envio de remédios que se destinam a salvar vidas. Por esta razão, nós projetamos procedimentos específicos baseados no Capítulo 17 do Manual de Perecíveis IATA e boas práticas de distribuição (GDP) estabelecidas pela Organização Mundial de Saúde, para atender envios tais como vacinas insulinas, produtos biológicos e/ou qualquer outro remédio sensível a alterações de temperatura Com isto em mente, nós monitoramos a temperatura necessária do início ao fim, para evitar qualquer alteração no envio que comprometa a sua qualidade Outras indústrias: Podemos lidar com qualquer produto perecível que deseja enviar, como carnes e frutos do mar de alto valor ou equipamento tecnológico, tais como semicondutores a serem transportados através de contêineres com controle ativo de temperatura

3 OS PERFIS DE TEMPERATURA Cuidamos atentamente dos envios que requerem temperatura controlada entre -20 C a 20 C (4 F a 68 F). As categorias mais comuns são: Os produtos que necessitam de proteção contra congelamento (+2 C / 36 F) Os produtos de temperatura ambiente (15 C a 20 C / 59 F a 68 F) Produtos Congelados (<-10 C / <14 C ou menos) Produtos refrigerados (2 C a 8 C / 36 F a 46 F) CONTROLES DE MONITORAMENTO E CUIDADO DA TEMPERATURA Manipulação especializada de contêineres ativos com tecnologia de gelo seco ou resfriamento/aquecimento elétrico, com pessoal treinado em cada uma das rotas que oferecem o serviço Os procedimentos específicos para atender produtos que requerem transporte através de contêineres de temperatura controlada O monitoramento constante da temperatura em pontos críticos do trajeto Planos de contingência estruturados para manter a temperatura em intervalos especializados Recarga de bateria ou reposição de gelo seco quando necessário O acesso aos quartos frios em nossas principais estações Lista de verificação para cada embarque

4 COMUNICAÇÃO CONSTANTE Mantemos uma comunicação constante com os nossos clientes, informando-lhes a temperatura dos seus embarques Estabelecemos pré-alertas internas para manter informado a todo nosso pessoal do embarque CoolCare Nós oferecemos a oportunidade de acompanhar o envio através do nosso Traking On-line PESSOAL ESPECIALIZADO E CERTIFICAÇÕES Contamos com uma equipe treinada e qualificada para lidar eficientemente com os embarques de temperatura controlada de acordo com o determinado no capítulo 17 do manual de Perecíveis de IATA Em caso de envios farmacêuticos, os nossos processos foram concebidos considerando as boas práticas de distribuição (GCP) estabelecidas pela Organização Mundial de Saúde e como estipulado no Capítulo 17 do Manual de Perecíveis de IATA

5 Condições / restrições No momento, o serviço está disponível em Miami, Bogotá, Caracas, México, Cali, San José, Quito, Lima, Curitiba, Viracopos, San Juan, Montevidéu, Panamá, Asunción, Medellín e Santiago de Chile Não é possível enviar Rádio farmacêuticos Não se permite transportar mercadorias perigosas nos contêineres ativos (exceto gelo seco para resfriar) Ao manusear contêineres de gelo seco, deve notar-se que a temperatura requerida não pode ser maior do que a temperatura ambiente O transportador ou a agência de carga deve alugar o contêiner diretamente com a companhia de contêineres ativos Para mais informações sobre as condições e restrições deste serviço, consulte ao seu assessor de carga local

O Sistema Way foi além, idealizou uma forma não só de garantir a qualidade do produto final, como deotimizar a logística de transporte e entrega.

O Sistema Way foi além, idealizou uma forma não só de garantir a qualidade do produto final, como deotimizar a logística de transporte e entrega. A Way Data Solution se especializou em Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) para criar um sistema inovador de logística e monitoramento de temperatura/ umidade, através do qual empresas poderão

Leia mais

ASTRO 25 SOLUÇÃO DE SISTEMAS TRONCALIZADOS DIGITAIS BASEADOS EM IP VOZ E DADOS INTEGRADOS

ASTRO 25 SOLUÇÃO DE SISTEMAS TRONCALIZADOS DIGITAIS BASEADOS EM IP VOZ E DADOS INTEGRADOS ASTRO 25 SOLUÇÃO DE SISTEMAS TRONCALIZADOS DIGITAIS BASEADOS EM IP VOZ E DADOS INTEGRADOS LÍDER DE MERCADO EM SOLUÇÕES PARA COMUNICAÇÕES A Motorola exerce a liderança em soluções digitais de próxima geração

Leia mais

21 Centrais de Distribuição 90 milhões de km com 383 mil m² de área. 14,6 milhões de 2000 veículos. 7.147 colaboradores

21 Centrais de Distribuição 90 milhões de km com 383 mil m² de área. 14,6 milhões de 2000 veículos. 7.147 colaboradores Cadeia do frio: a experiência do setor varejista de alimentos 11 de dezembro de 2012 COMO ESTAMOS INSERIDOS HOJE NO VAREJO 21 Centrais de Distribuição 90 milhões de km com 383 mil m² de área percorridos

Leia mais

ABSA em poucas palavras. Projeto Corredor Logístico GRU-VCP. Iniciativas de Eficiência no Sistema Aeroportuário

ABSA em poucas palavras. Projeto Corredor Logístico GRU-VCP. Iniciativas de Eficiência no Sistema Aeroportuário Benefícios do Projeto Corredor Logístico / Aeroportos Complementares COMUS 29 Junho 2010 Agenda ABSA em poucas palavras Projeto Corredor Logístico GRU-VCP Iniciativas de Eficiência no Sistema Aeroportuário

Leia mais

Uma abordagem em cinco etapas para otimizar o custo e o desempenho do transporte sob temperatura controlada de remessas de produtos farmacêuticos de

Uma abordagem em cinco etapas para otimizar o custo e o desempenho do transporte sob temperatura controlada de remessas de produtos farmacêuticos de Uma abordagem em cinco etapas para otimizar o custo e o desempenho do transporte sob temperatura controlada de remessas de produtos farmacêuticos de alto valor A World Courier cria programas para logística

Leia mais

FORÇA LOCAL ALCANCE GLOBAL

FORÇA LOCAL ALCANCE GLOBAL FORÇA LOCAL ALCANCE GLOBAL 1 1 Índice FedEx Corporation 3 fedex EM NÚMEROS 4 fedex Express 5 fedex no brasil 6 portfólio doméstico 8 Logística 9 Aéreo 10 Rodoviário 11 portfólio internacional 12 Envios

Leia mais

Título do documento Revisão Página. A p o io a La b o ra tó rio s. Edina Regina da Silva Orelli 10/10/2010

Título do documento Revisão Página. A p o io a La b o ra tó rio s. Edina Regina da Silva Orelli 10/10/2010 Título do documento Revisão Página [ IT. 106] - Manual de Transporte Apoio 2 1 a 16 A p o io a La b o ra tó rio s ÍNDICE Elaborado Aprovação Edina Regina da Silva Orelli Cristiano Fernandes 10/10/2010

Leia mais

CURSO PARA REMETENTES 2011. Módulo VI Expedição de Substâncias Infecciosas com Gelo Seco

CURSO PARA REMETENTES 2011. Módulo VI Expedição de Substâncias Infecciosas com Gelo Seco Módulo VI Agosto 2011 Sumário Página 2 de 24 Embalagem correta Marcaões e etiquetas Documentação obrigatória Exercício: Embalagem com gelo seco Página 3 de 24 O que acontece quando a expedição é feita

Leia mais

DRY PORT SÃO PAULO S.A. Bonded Warehouse and Logistics Solutions INSTITUCIONAL

DRY PORT SÃO PAULO S.A. Bonded Warehouse and Logistics Solutions INSTITUCIONAL Dry Port São Paulo Porto Seco e Soluções Logísticas Dados da empresa: Fundado em: 1971 e 1991 alfandegado; Funcionários: 140. Estrutura: 40.000 m2 de alfândega e 200.000m2 pátio automotivo. Clientes Ativos:

Leia mais

NEW WORLD. Comercio Exterior e Logística Ltda.

NEW WORLD. Comercio Exterior e Logística Ltda. NEW WORLD Comercio Exterior e Logística Ltda. New World Logística A New World Logística é uma empresa especializada em Comércio Exterior e logística Internacional. New World Logística Fundada em 2004,

Leia mais

Apresentação Comercial

Apresentação Comercial Apresentação Comercial Sobre a G R S Moto Express Missão: Atender a crescente demanda do mercado logístico, proporcionando aos nossos clientes e parceiros, um atendimento de referência em Gestão, Rápidez

Leia mais

UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ CAMPUS CURITIBA CURSO SUPERIOR DE ENGENHARIA ELÉTRICA

UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ CAMPUS CURITIBA CURSO SUPERIOR DE ENGENHARIA ELÉTRICA UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ CAMPUS CURITIBA CURSO SUPERIOR DE ENGENHARIA ELÉTRICA ANDERSON WESLLEY DA SILVA ZAMPOLI BRUNO MIGUEL ABIB FELIPE MOREIRA DAQUILA ANÁLISE DE DEMANDA DE ENERGIA

Leia mais

Paulista Logística & Supply Chain Pontualidade e excelência.

Paulista Logística & Supply Chain Pontualidade e excelência. Metas propostas Compreender a necessidade do cliente, e atende-lo com sublimidade, sempre utilizando os melhores modelos de gestão, com o objetivo principal solidificar a nossa parceria onde ambos os lados

Leia mais

Quem Somos. A FAST BRAZIL é uma empresa 100% brasileira, especializada em agenciamento de cargas e despacho aduaneiro.

Quem Somos. A FAST BRAZIL é uma empresa 100% brasileira, especializada em agenciamento de cargas e despacho aduaneiro. Quem Somos A FAST BRAZIL é uma empresa 100% brasileira, especializada em agenciamento de cargas e despacho aduaneiro. Contamos com profissionais altamente qualificados no comércio internacional e uma rede

Leia mais

ASSESSORIA E CONSULTORIA EM COMÉRCIO E LOGÍSTICA INTERNACIONAIS. INSTITUCIONAL 2014

ASSESSORIA E CONSULTORIA EM COMÉRCIO E LOGÍSTICA INTERNACIONAIS. INSTITUCIONAL 2014 ASSESSORIA E CONSULTORIA EM COMÉRCIO E LOGÍSTICA INTERNACIONAIS. INSTITUCIONAL 2014 >VISÃO GLOBAL, AÇÕES LOCAIS. A TRADEWAYS ACE DESENVOLVE AÇÕES INTEGRADAS EM > COMÉRCIO E LOGÍSTICA INTERNACIONAIS > ASSESSORIAS

Leia mais

EDUCAÇÃO EXECUTIVA PARA O MERCADO FINANCEIRO MAIO / 2005 108-TC-B4

EDUCAÇÃO EXECUTIVA PARA O MERCADO FINANCEIRO MAIO / 2005 108-TC-B4 1 EDUCAÇÃO EXECUTIVA PARA O MERCADO FINANCEIRO MAIO / 2005 108-TC-B4 NADINE WASSMER TREINA E-LEARNING treina@treina.com.br ROSANA GOMES CONTEÚDOS E HABILIDADES EDUCAÇÃO CORPORATIVA DESCRIÇÃO DE PROJETO

Leia mais

Banco do Brasil Diretoria de Negócios Internacionais. Serviços Online e Facilitadores para o Comércio Exterior

Banco do Brasil Diretoria de Negócios Internacionais. Serviços Online e Facilitadores para o Comércio Exterior Banco do Brasil Diretoria de Negócios Internacionais e Facilitadores para o Comércio Exterior Lucas Alencar Serrano Gerente Negócios Internacionais ENCOMEX Empresarial 1 Agenda Grandes Números Estrutura

Leia mais

Confiança. Diversidade. Competência. Seu desejo é o nosso estilo.

Confiança. Diversidade. Competência. Seu desejo é o nosso estilo. Confiança. Diversidade. Competência. Seu desejo é o nosso estilo. O CLIENTE EM PRIMEIRO LUGAR Nossos clientes são tão exclusivos quanto os nossos serviços. Por isto, a O. Lisboa é grande o suficiente para

Leia mais

Conduspar. Resumo. de empresa familiar à multinacional

Conduspar. Resumo. de empresa familiar à multinacional Conduspar de empresa familiar à multinacional por Andrea Bier Serafim Mestre em Administração pela Universidade Federal do Paraná - UFPR (2003). Graduada em Administração pela Faculdade Católica de Administração

Leia mais

http://economia.uol.com.br/financas/ultimas-noticias/2010/11/26/seguradoras-dizem-que-vao-cobrir-carros-danificados-emataques-no-rio.

http://economia.uol.com.br/financas/ultimas-noticias/2010/11/26/seguradoras-dizem-que-vao-cobrir-carros-danificados-emataques-no-rio. http://economia.uol.com.br/financas/ultimas-noticias/2010/11/26/seguradoras-dizem-que-vao-cobrir-carros-danificados-emataques-no-rio.jhtm assessoria de comunicação foi fundada em 2002, conta com assessoria

Leia mais

Banco do Brasil Diretoria Internacional e de Comércio Exterior. Financiamento ao Comércio Exterior e Apoio aos Negócios

Banco do Brasil Diretoria Internacional e de Comércio Exterior. Financiamento ao Comércio Exterior e Apoio aos Negócios Banco do Brasil Diretoria Internacional e de Comércio Exterior Financiamento ao Comércio Exterior e Apoio aos Negócios São Paulo (SP) setembro/2010 1 Agenda Grandes Números Serviços MDIC 2 Agenda Grandes

Leia mais

Esclarecimento 13/2014

Esclarecimento 13/2014 Segurança Alimentar Registo de temperaturas e controlo metrológico de registadores automáticos Esclarecimento 13/2014 Resumo: A manutenção da cadeia de frio é essencial para a segurança de alguns géneros

Leia mais

NÃO DEIXE A FRAUDE ON-LINE ATRAPALHAR SEUS NEGÓCIOS SIMPLIFIQUE

NÃO DEIXE A FRAUDE ON-LINE ATRAPALHAR SEUS NEGÓCIOS SIMPLIFIQUE NÃO DEIXE A FRAUDE ON-LINE ATRAPALHAR SEUS NEGÓCIOS SIMPLIFIQUE A GESTÃO DE PAGAMENTO WWW.CYBERSOURCE.COM BRASIL@CYBERSOURCE.COM COMO SER MAIS EFICIENTE, RÁPIDO E SEGURO PARA QUE OS CLIENTES PREFIRAM COMPRAR

Leia mais

TRANSQUALIT. Sistema de Gestão da Qualificação para Empresas de Transporte de Cargas Agentes de Carga Aérea

TRANSQUALIT. Sistema de Gestão da Qualificação para Empresas de Transporte de Cargas Agentes de Carga Aérea TRANSQUALIT Sistema de Gestão da Qualificação para Empresas de Transporte de Cargas Agentes de Carga Aérea Sumário Prefácio 1 Objetivo 2 Referência normativa 3 Definições 4 Sistema de qualificação 5 Responsabilidade

Leia mais

Conditionaire I N T E R N A T I O N A L

Conditionaire I N T E R N A T I O N A L TM PROJETO ACOTRAL ECONOMIA DE Visita 08/02/ 2013 COMBUSTÍVEL Visita 08/02/2013 Elton Santos ser Soluções Energéticas Renováveis Ltda Gerente Geral Distribuidor Exclusivo Brasil / Chile Conditionaire I

Leia mais

Guia de Organização de Eventos

Guia de Organização de Eventos Guia de Organização de Eventos Entrar em contacto com a organização do Evento de modo a obter as informações gerais Preço do Espaço de Exposição. Tipo de stand só espaço ou standard. Espaço mínimo para

Leia mais

Disciplina de Tecnologia Pós-colheita Mestrado em Ciência e Tecnologia Pós-colheita Faculdade de Ciências, Universidade do Porto

Disciplina de Tecnologia Pós-colheita Mestrado em Ciência e Tecnologia Pós-colheita Faculdade de Ciências, Universidade do Porto 1 Transporte Disciplina de Tecnologia Pós-colheita Mestrado em Ciência e Tecnologia Pós-colheita Faculdade de Ciências, Universidade do Porto Domingos Almeida Transporte terrestre 2 Paletização (Thompson

Leia mais

PLATAFORMA LOGÍSTICA Instrumento Importante para maior eficiência logística dos Portos Brasileiros O Caso do Porto de Santos

PLATAFORMA LOGÍSTICA Instrumento Importante para maior eficiência logística dos Portos Brasileiros O Caso do Porto de Santos PLATAFORMA LOGÍSTICA Instrumento Importante para maior eficiência logística dos Portos Brasileiros O Caso do Porto de Santos José Newton Barbosa Gama Assessor Especial Dezembro de 2011 SUMÁRIO Problemática

Leia mais

O Nordeste mais perto de você. Divisão Logística CDEX_4

O Nordeste mais perto de você. Divisão Logística CDEX_4 O Nordeste mais perto de você Divisão Logística CDEX_4 A INTERMARÍTIMA A Intermarítima está em atividade desde 1986. Atua com Operação Portuária (portos de Salvador, Aratu e Ilhéus) e Logística (Importação,

Leia mais

Controlo Metrológico dos Instrumentos de medição e Registo de Temperatura

Controlo Metrológico dos Instrumentos de medição e Registo de Temperatura Controlo Metrológico dos Instrumentos de medição e Registo de Temperatura Legislação nacional e específica Ana Almeida DMET Pontos a Abordar 1. Metrologia 2. Regulamentação Metrológica 3. A Cadeia de Frio

Leia mais

A Unidade HOSPITAL UNIMED-RIO

A Unidade HOSPITAL UNIMED-RIO HOSPITAIS SAUDÁVEIS A Unidade HOSPITAL UNIMED-RIO Projeto Hospital UNIMED - RIO Construído em uma área de 30 mil m² o Hospital UNIMED RIO foi inaugurado em Dez / 2012 O Hospital tem como seus principais

Leia mais

#InternacionalizaBH. Fotos: Belotour

#InternacionalizaBH. Fotos: Belotour #InternacionalizaBH Fotos: Belotour Programação 9 de Dezembro 10 de Dezembro 11 de Dezembro 12 de Dezembro 13 de Dezembro Manhã Tarde Noite ABERTURA CONJUNTA JANTAR COQUETEL Fórum Nacional de Secretários

Leia mais

Push-back é um sistema de armazenagem por acumulação que permite armazenar até quatro paletes em profundidade, por cada nível.

Push-back é um sistema de armazenagem por acumulação que permite armazenar até quatro paletes em profundidade, por cada nível. Push-back Push-back é um sistema de armazenagem por acumulação que permite armazenar até quatro paletes em profundidade, por cada nível. Características gerais do sistema Push-back As estantes Push-back

Leia mais

Soluções de armazenagem

Soluções de armazenagem Soluções de armazenagem Seja qual for seu produto, conhecemos a melhor solução para armazená-lo A Mecalux oferece soluções de armazenagem Experiência de mais de 50 anos Presença em mais de 70 países 11

Leia mais

Transporte e Distribuição Ivan Rigoletto Diretor de Meio Ambiente, Saúde e Segurança, PPG América Latina Coordenador do Coatings Care, Abrafati

Transporte e Distribuição Ivan Rigoletto Diretor de Meio Ambiente, Saúde e Segurança, PPG América Latina Coordenador do Coatings Care, Abrafati Transporte e Distribuição Ivan Rigoletto Diretor de Meio Ambiente, Saúde e Segurança, PPG América Latina Coordenador do Coatings Care, Abrafati São Paulo, 22 de agosto de 2013 Transporte e Distribuição

Leia mais

Cadeia do Frio Aspectos Gerais

Cadeia do Frio Aspectos Gerais EVENTO TÉCNICO DA CADEIA DO FRIO -DATA: 04 de setembro de 2014 Cadeia do Frio Aspectos Gerais -LOCAL:INSTITUTO EMATER: RUA DA BANDEIRA, 500 CABRAL CURITIBA- PR. -PROMOÇÃO: SINDICATO DOS MÉDICOS VETERINÁRIOS

Leia mais

SIMULADO 2 CERTIFICAÇÃO PMP

SIMULADO 2 CERTIFICAÇÃO PMP SIMULADO 2 CERTIFICAÇÃO PMP Nível Básico Página 0 de 5 26) As comunicações referentes a um contrato devem ser do tipo? a) Escrita formal. b) Verbal formal. c) Escrita informal. d) Verbal informal. 27)

Leia mais

18 cidades Latino-Americanas 20 milhões de passageiros diários. 700 km de linhas exclusivas. 30.000 unidades de transporte SECRETARIA EXECUTIVA

18 cidades Latino-Americanas 20 milhões de passageiros diários. 700 km de linhas exclusivas. 30.000 unidades de transporte SECRETARIA EXECUTIVA 18 cidades Latino-Americanas 20 milhões de passageiros diários 700 km de linhas exclusivas 30.000 unidades de transporte SECRETARIA EXECUTIVA SIBRT ASSOCIADOS PLENOS A Associação Latino-Americana de Sistemas

Leia mais

SEM FRONTEIRAS NA AMÉRICA LATINA

SEM FRONTEIRAS NA AMÉRICA LATINA SEM FRONTEIRAS NA AMÉRICA LATINA Case vencedor do VII Prêmio ANATEC na categoria B2B Serviços BANCA ASSINATURA CUSTOMIZADA PORTFÓLIO A maior provedora de conteúdo de economia, negócios e finanças da América

Leia mais

Guia de Boas Práticas

Guia de Boas Práticas específico para a Gestão de Mercados Atacadistas Sob a presidência de Mário Maurici de Lima Morais, Presidente da ABRACEN, foi criada uma equipe de trabalho dos membros da ABRACEN para a redação do presente.

Leia mais

ENCONTRO 3 Transporte Aéreo

ENCONTRO 3 Transporte Aéreo ENCONTRO 3 Transporte Aéreo ENCONTRO 3 Transporte Aéreo TÓPICO 1: Contextualizando o encontro Olá! No encontro anterior, você conheceu as características do transporte marítimo, a sua importância para

Leia mais

DHL GLOBAL FORWARDING

DHL GLOBAL FORWARDING DHL GLOBAL FORWARDING Plano de Contingência World Cup 2014 Name of the presenter 1 DHL Global Forwarding Brazil 2014 V1.0 PLANO DE CONTINGÊNCIA WORLD CUP 2014 - BRASIL Apresentação das ações internas desenvolvidas

Leia mais

PALESTRANTES Cases de Sucesso

PALESTRANTES Cases de Sucesso Data: 25 de setembro 2013 Local: Centro de Eventos FIERGS Sala D3 302 Av. Assis Brasil, 8787 Porto Alegre / RS 8h30min Credenciamento / 13h Encerramento Oportunidades para empresas brasileiras e internacionais

Leia mais

Contêiner como alternativa para redução de custos com energia. Mauro Faccioni Filho, Dr.Eng

Contêiner como alternativa para redução de custos com energia. Mauro Faccioni Filho, Dr.Eng Contêiner como alternativa para redução de custos com energia Mauro Faccioni Filho, Dr.Eng TEMAS Mercado de DC e de Contêiner Eficiência Energética DC em contêiner Vantagens / Desvantagens Data Center

Leia mais

Modais de Transporte. Aula 2. Contextualização. Introdução. Características das Cargas. Instrumentalização. Prof. Luciano José Pires

Modais de Transporte. Aula 2. Contextualização. Introdução. Características das Cargas. Instrumentalização. Prof. Luciano José Pires Modais de Transporte Aula 2 Contextualização Prof. Luciano José Pires Introdução O enorme esforço para elevação da produtividade da fábrica pode ser comprometido pela ineficiência do transporte de abastecimento

Leia mais

Curso Intensivo. Qualificação e Validação na Indústria Farmacêutica

Curso Intensivo. Qualificação e Validação na Indústria Farmacêutica Curso Intensivo Qualificação e Validação na Indústria Farmacêutica O EaDPLUS é um dos melhores portais de cursos à distância do Brasil e conta com um ambiente virtual de aprendizagem que visa a capacitação

Leia mais

Armazenagem e Movimentação de Materiais II

Armazenagem e Movimentação de Materiais II Tendências da armazenagem de materiais Embalagem: classificação, arranjos de embalagens em paletes, formação de carga paletizada, contêineres Controle e operação do armazém Equipamentos de movimentação

Leia mais

ESTUDO DE CARGA INTERNACIONAL

ESTUDO DE CARGA INTERNACIONAL Dezembro de 2002 1 ESTUDO DE CARGA INTERNACIONAL INTRODUÇÃO O presente trabalho trata da avaliação do mercado de carga aérea internacional brasileiro. O objetivo é diagnosticar os principais fluxos internacionais

Leia mais

Quem somos nós. Uma Empresa, Assistência total, Soluções completas

Quem somos nós. Uma Empresa, Assistência total, Soluções completas Produtos e Serviços Quem somos nós Uma Empresa, Assistência total, Soluções completas Durante muitos anos, a Hydratight tem fornecido soluções na forma de juntas aparafusadas de categoria internacional

Leia mais

Elog, Columbia e EADI Sul se unem para formar uma nova empresa

Elog, Columbia e EADI Sul se unem para formar uma nova empresa 15 de Março de 2011 Elog, Columbia e EADI Sul se unem para formar uma nova empresa As experiências se somam e os resultados, para os clientes, se multiplicam A sinergia de estrutura e serviços gera soluções

Leia mais

Agências, caixas automáticas, salas on-line, no brack e CPD. Controle de umidade de galpões, silos e câmaras frigoríficas.

Agências, caixas automáticas, salas on-line, no brack e CPD. Controle de umidade de galpões, silos e câmaras frigoríficas. Qualidade se adquire com tempo CARACTERÍSTICAS CA TEMPO BRASIL é especializada no desenvolvimento de projetos em sistemas de ar condicionado, ventilação, exaustão, refrigeração, montagem mecânica e hidráulica,

Leia mais

Caixa preta para cargas sensíveis.

Caixa preta para cargas sensíveis. Caixa preta para cargas sensíveis. testo 184: o data logger para monitoramento de temperatura e documentação de dados de qualidade no transporte de alimentos e produtos farmacêuticos. Ótimas temperaturas

Leia mais

INNOVA. Soluções de software que capacitam os processadores de aves a...

INNOVA. Soluções de software que capacitam os processadores de aves a... INNOVA Soluções de software que capacitam os processadores de aves a... Maximizar o rendimento e a produtividade Estar em conformidade com os padrões de qualidade e garantir a segurança dos alimentos Obter

Leia mais

Procedimentos de Gestão da Qualidade. NOME FUNÇÃO ASSINATURA DATA ELABORADO POR Dr. Ivo Fernandes Gerente da Qualidade 01/09/2010 DE ACORDO

Procedimentos de Gestão da Qualidade. NOME FUNÇÃO ASSINATURA DATA ELABORADO POR Dr. Ivo Fernandes Gerente da Qualidade 01/09/2010 DE ACORDO Versão: 2 Pág: 1/6 NOME FUNÇÃO ASSINATURA DATA ELABORADO POR Dr. Ivo Fernandes Gerente da Qualidade 01/09/2010 DE ACORDO Dr. Renato de Lacerda Diretor Técnico 02/09/2010 APROVADO POR Dr. Jose Carlos dos

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO EM OPERAÇÕES EMPRESARIAIS E LOGÍSTICA

ADMINISTRAÇÃO EM OPERAÇÕES EMPRESARIAIS E LOGÍSTICA ADMINISTRAÇÃO EM OPERAÇÕES EMPRESARIAIS E LOGÍSTICA 2 de junho de 2015 1 Composição do GELOG ANTONIO SAMPAIO DOMINGOS ALVES CORRÊA NETO MARCOS ANTONIO MAIA DE OLIVEIRA 2 Objetivo geral O foco de atuação

Leia mais

Radio-Shuttle. Armazenamento compacto semi-automático.

Radio-Shuttle. Armazenamento compacto semi-automático. Radio-Shuttle Armazenamento compacto semi-automático. Características gerais É um sistema de armazenagem semi-automático de paletização compacta que utiliza carros elétricos para fazer os movimentos internos

Leia mais

Considerando que o trânsito de alimentos em condições seguras pressupõe a preservação da saúde e do meio ambiente;

Considerando que o trânsito de alimentos em condições seguras pressupõe a preservação da saúde e do meio ambiente; Pag. 1 de 9 Portaria 069-R, de 26/09/2007. Dispõe sobre a documentação e requisitos básicos necessários para concessão de Licença Sanitária para Veículos Automotivos utilizados para o Transporte de Alimentos

Leia mais

Por Diego González Machín

Por Diego González Machín CENTROS DE REFERÊNCIA E APOIO ÀS EMERGÊNCIAS QUÍMICAS NA AMÉRICA LATINA E NO CARIBE: CENTROS DE RESPOSTA QUÍMICA E OS CENTROS DE INFORMAÇÃO E ASSESSORIA TOXICOLÓGICA 1. Introdução Por Diego González Machín

Leia mais

Grupo Security Forçan

Grupo Security Forçan 1 - APRESENTAÇÃO DA EMPRESA O Grupo Forçan é uma das empresas com maior aceitação no mercado de terceirização de serviços atuando de forma eficaz e oferecendo serviços de alta qualidade através de mão

Leia mais

DHL OCEAN DIRECT (FCL) A CONFIABILIDADE QUE VOCÊ EXIGE A FLEXIBILIDADE QUE VOCÊ PRECISA

DHL OCEAN DIRECT (FCL) A CONFIABILIDADE QUE VOCÊ EXIGE A FLEXIBILIDADE QUE VOCÊ PRECISA DHL OCEAN DIRECT (FCL) A CONFIABILIDADE QUE VOCÊ EXIGE A FLEXIBILIDADE QUE VOCÊ PRECISA POR QUE ESCOLHER O DHL OCEAN DIRECT (FCL) EXPERIÊNCIA EM LOGÍSTICA PARA NEGÓCIOS DE TODOS OS TAMANHOS Nossa experiência

Leia mais

COMIDA DE RUA: SEGURANÇA ALIMENTAR E CRITÉRIOS DE FISCALIZAÇÃO SANITÁRIA

COMIDA DE RUA: SEGURANÇA ALIMENTAR E CRITÉRIOS DE FISCALIZAÇÃO SANITÁRIA Salvador, 07 de agosto de 2014 COMIDA DE RUA: SEGURANÇA ALIMENTAR E CRITÉRIOS DE FISCALIZAÇÃO SANITÁRIA Diretoria de Vigilância á Saúde Vigilância Sanitária SPEIS COMIDA DE RUA: linhas de ação Ambulantes;

Leia mais

[SELO ALIMENTO SEGURO] 08 de Maio de 2009

[SELO ALIMENTO SEGURO] 08 de Maio de 2009 2 Lista de Verificação Geral Selo Alimento Seguro Lista de Verificação Geral com a finalidade de examinar todos os aspectos relacionados com as instalações, equipamentos, ferramentas, instrumentos utilizados

Leia mais

COMPETÊNCIAS FUNCIONAIS QUALIDADE

COMPETÊNCIAS FUNCIONAIS QUALIDADE COMPETÊNCIAS FUNCIONAIS QUALIDADE DESCRIÇÕES DOS NÍVEIS APRENDIZ SABER Aprende para adquirir conhecimento básico. É capaz de pôr este conhecimento em prática sob circunstâncias normais, buscando assistência

Leia mais

Boas práticas de armazenagem e de transporte de medicamentos

Boas práticas de armazenagem e de transporte de medicamentos capa Boas práticas de armazenagem e de transporte de medicamentos Cada vez mais se impõe o controle efetivo de toda a cadeia produtiva da indústria farmacêutica, incluindo o transporte e a armazenagem

Leia mais

7º Simpósio de Ensino de Graduação PLANO APPCC PARA O PROCESSO DE OBTENÇÃO DO RAVIÓLI DE CARNE CONGELADO

7º Simpósio de Ensino de Graduação PLANO APPCC PARA O PROCESSO DE OBTENÇÃO DO RAVIÓLI DE CARNE CONGELADO 7º Simpósio de Ensino de Graduação PLANO APPCC PARA O PROCESSO DE OBTENÇÃO DO RAVIÓLI DE CARNE CONGELADO Autor(es) SIMONE RODRIGUES DOS SANTOS Orientador(es) ANGELA DE FÁTIMA K. CORREIA 1. Introdução O

Leia mais

Logística. Oliveira, Felipe Flausino de. O48l Logística: modais / Felipe Flausino de Oliveira. Varginha, 2015. 40 slides; il.

Logística. Oliveira, Felipe Flausino de. O48l Logística: modais / Felipe Flausino de Oliveira. Varginha, 2015. 40 slides; il. Logística Oliveira, Felipe Flausino de. O48l Logística: modais / Felipe Flausino de Oliveira. Varginha, 2015. 40 slides; il. Sistema requerido: Adobe Acrobat Reader Modo de Acesso: World Wide Web 1. Logística

Leia mais

MANUAL DE OPERAÇAO PARA O TRANSPORTE DE MATERIAL BIOLOGICO ESPECIMES PARA DIAGNOSTICOS UM 3373 e ESPECIMES HUMANO EM ISENÇÃO

MANUAL DE OPERAÇAO PARA O TRANSPORTE DE MATERIAL BIOLOGICO ESPECIMES PARA DIAGNOSTICOS UM 3373 e ESPECIMES HUMANO EM ISENÇÃO MANUAL DE OPERAÇAO PARA O TRANSPORTE DE MATERIAL BIOLOGICO ESPECIMES PARA DIAGNOSTICOS UM 3373 e ESPECIMES HUMANO EM ISENÇÃO Este Manual tem por objetivo fazer cumprir as Normas estabelecidas na Resolução

Leia mais

Air-Fi - sistema sem fio Sinta-se confortável com a confiança e o desempenho líderes do setor.

Air-Fi - sistema sem fio Sinta-se confortável com a confiança e o desempenho líderes do setor. Air-Fi - sistema sem fio Sinta-se confortável com a confiança e o desempenho líderes do setor. Corte os fios e sinta-se confortável com a solução sem fio Air-Fi da Trane. A comunicação sem fio Air-Fi da

Leia mais

GUIA ATS INFORMÁTICA: GESTÃO DE ESTOQUE

GUIA ATS INFORMÁTICA: GESTÃO DE ESTOQUE GUIA ATS INFORMÁTICA: GESTÃO DE ESTOQUE SUMÁRIO O que é gestão de estoque...3 Primeiros passos para uma gestão de estoque eficiente...7 Como montar um estoque...12 Otimize a gestão do seu estoque...16

Leia mais

Circular Nº 183/2014/DIPES/CGI/DIPOA Brasília, 18 de agosto de 2014.

Circular Nº 183/2014/DIPES/CGI/DIPOA Brasília, 18 de agosto de 2014. MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO. Secretaria de Defesa Agropecuária Departamento de Inspeção de Produtos de Origem Animal Coordenação Geral de Inspeção Divisão de Inspeção de Pescado

Leia mais

Perfil. Nossa estratégia de crescimento reside na excelência operacional, na inovação, no desenvolvimento do produto e no foco no cliente.

Perfil. Nossa estratégia de crescimento reside na excelência operacional, na inovação, no desenvolvimento do produto e no foco no cliente. Institucional Perfil A ARTSOFT SISTEMAS é uma empresa Brasileira, fundada em 1986, especializada no desenvolvimento de soluções em sistemas integrados de gestão empresarial ERP, customizáveis de acordo

Leia mais

Financiamento ao comércio exterior e apoio aos negócios internacionais

Financiamento ao comércio exterior e apoio aos negócios internacionais Financiamento ao comércio exterior e apoio aos negócios internacionais Bento Gonçalves RS Novembro de 2012 Participação de mercado (janeiro a outubro de 2012) Grandes números Adiantamento sobre Contrato

Leia mais

ROTEIRO PARA COLETA DE ALIMENTO EM CASO DE SURTOS DE DOENÇAS TRANSMITIDA POR ALIMENTO DTA

ROTEIRO PARA COLETA DE ALIMENTO EM CASO DE SURTOS DE DOENÇAS TRANSMITIDA POR ALIMENTO DTA ROTEIRO PARA COLETA DE ALIMENTO EM CASO DE SURTOS DE DOENÇAS TRANSMITIDA POR ALIMENTO DTA 1) PRIMEIRO PASSO - Recebimento da Notificação: Quando recebida a notificação de surto de DTA, deve-se notificar

Leia mais

CONTROLE DA CADEIA LOGÍSTICA DE PRODUTOS FARMACÊUTICOS: ARMAZENAGEM E TRANSPORTE. Walkíria A. Amorim

CONTROLE DA CADEIA LOGÍSTICA DE PRODUTOS FARMACÊUTICOS: ARMAZENAGEM E TRANSPORTE. Walkíria A. Amorim CONTROLE DA CADEIA LOGÍSTICA DE PRODUTOS FARMACÊUTICOS: ARMAZENAGEM E TRANSPORTE Walkíria A. Amorim CLASSES ATIVIDADES Distribuidoras (comércio atacadista) Importadoras/exportadoras Armazéns logísticos

Leia mais

cargo Transporte de cargas no GRU Airport tem desempenho acima do mercado nacional

cargo Transporte de cargas no GRU Airport tem desempenho acima do mercado nacional NEWSLETTER cargo 07 2015 Transporte de cargas no GRU Airport tem desempenho acima do mercado nacional PALAVRA DO DIRETOR LIDERANÇA NO MARKET SHARE RANKING DE EFICIÊNCIA LOGÍSTICA Na próxima edição, a sua

Leia mais

ANEXO I REGULAMENTO TÉCNICO PARA O TRANSPORTE DE ALIMENTOS, MATÉRIA- PRIMA, INGREDIENTES E EMBALAGENS.

ANEXO I REGULAMENTO TÉCNICO PARA O TRANSPORTE DE ALIMENTOS, MATÉRIA- PRIMA, INGREDIENTES E EMBALAGENS. RESOLUÇÃO.../SESA/PR O Secretário Estadual de Saúde, no uso de suas atribuições legais e: CONSIDERANDO a Portaria nº 326/1997/SVS/MS, a Resolução RDC nº275/2002, a Resolução RDC nº 216/2004, da ANVISA,

Leia mais

SMIT, SERVIÇOS MARÍTIMOS DE MOÇAMBIQUE, LIMITADA PARCEIRO MOÇAMBICANO DE SOLUÇÕES MARÍTIMAS

SMIT, SERVIÇOS MARÍTIMOS DE MOÇAMBIQUE, LIMITADA PARCEIRO MOÇAMBICANO DE SOLUÇÕES MARÍTIMAS SMIT, SERVIÇOS MARÍTIMOS DE MOÇAMBIQUE, LIMITADA PARCEIRO MOÇAMBICANO DE SOLUÇÕES MARÍTIMAS 2 QUEM SOMOS 3 UMA EMPRESA LOCAL QUE REÚNE REQUESITOS INTERNACIONAIS A Smit Serviços Marítimos de Moçambique

Leia mais

Projeto Gráfico Coordenadoria de Comunicação Social do Gabinete do Reitor do Intituto Federal Sul-rio-grandense

Projeto Gráfico Coordenadoria de Comunicação Social do Gabinete do Reitor do Intituto Federal Sul-rio-grandense Elaboração do conteúdo Glaucia Julião Brenardo - Instituto Federal do Paraná Projeto Gráfico Coordenadoria de Comunicação Social do Gabinete do Reitor do Intituto Federal Sul-rio-grandense MANUAL DE VIAGENS

Leia mais

DHL EUROCONNECT. A LIGAÇÃO MAIS FÁCIL DENTRO E FORA DA EUROPA

DHL EUROCONNECT. A LIGAÇÃO MAIS FÁCIL DENTRO E FORA DA EUROPA . A LIGAÇÃO MAIS FÁCIL DENTRO E FORA DA EUROPA Leia sobre Solução de grupagem all-in-one da DHL Freight de elevada qualidade. Para o transporte de cargas na Europa, qualquer que seja a sua dimensão, necessita

Leia mais

Car Dealer One O Add-On Automotivo

Car Dealer One O Add-On Automotivo Car Dealer One é o Add-On Automotivo do SAP Business One mais completo e fácil de usar, onde sua empresa encontra todas as funcionalidades exigidas pelo mercado automobilístico Brasileiro, e você pode

Leia mais

6. Considerações Finais

6. Considerações Finais 98 6. Considerações Finais Mesmo com a alta dos preços do petróleo, a aviação vem caminhando a passos largos. Pelo menos é o que mostram os recentes números divulgados pela ANAC. As três maiores companhias

Leia mais

MÓDULO 8 - TERMINAL DE CARGA AÉREA Cláudio Jorge Pinto Alves (versão: 10/01/2012)

MÓDULO 8 - TERMINAL DE CARGA AÉREA Cláudio Jorge Pinto Alves (versão: 10/01/2012) MÓDULO 8 - TERMINAL DE CARGA AÉREA Cláudio Jorge Pinto Alves (versão: 10/01/2012) 1 - NATUREZA DA CARGA AÉREA O termo "carga aérea" é utilizado para expressar o conjunto de bens transportados por via aérea,

Leia mais

CIRCULAR 019/2008 AUTORIZAÇÃO ESPECIAL CADASTRAMENTO DOS VEÍCULOS EXCEPCIONALIZADOS PARA TRANSITAR NOS HORÁRIOS E FORMAS ESPECIFICADAS

CIRCULAR 019/2008 AUTORIZAÇÃO ESPECIAL CADASTRAMENTO DOS VEÍCULOS EXCEPCIONALIZADOS PARA TRANSITAR NOS HORÁRIOS E FORMAS ESPECIFICADAS São Paulo, 04 de Julho de 2.008. CIRCULAR 019/2008 AUTORIZAÇÃO ESPECIAL CADASTRAMENTO DOS VEÍCULOS EXCEPCIONALIZADOS PARA TRANSITAR NOS HORÁRIOS E FORMAS ESPECIFICADAS Portaria/SMT/GAB nºs 104 e 105 de

Leia mais

CELSIUSNEXT WTD 24 AM E23 WTD 24 AM E31. Manual de instalação e utilização

CELSIUSNEXT WTD 24 AM E23 WTD 24 AM E31. Manual de instalação e utilização Manual de instalação e utilização CELSIUSNEXT 6720608913-00.1AL WTD 24 AM E23 WTD 24 AM E31 Ler as instruções de instalação antes de instalar o aparelho! Antes de colocar o aparelho em funcionamento, ler

Leia mais

INSTRUÇÃO SUPLEMENTAR - IS IS Nº 20-003 Revisão A

INSTRUÇÃO SUPLEMENTAR - IS IS Nº 20-003 Revisão A INSTRUÇÃO SUPLEMENTAR - IS IS Nº 20-003 Aprovação: Portaria Nº XXX, de XX de XXXX de 201X, publicada no Diário Oficial da União de XX de XXXXX de 201X, Seção XX, página XX Assunto: Extintores de incêndio

Leia mais

GERÊNCIA DE PROJETOS Prof. Késsia Rita da Costa Marchi 4ª Série kessia@unipar.br

GERÊNCIA DE PROJETOS Prof. Késsia Rita da Costa Marchi 4ª Série kessia@unipar.br GERÊNCIA DE PROJETOS Prof. Késsia Rita da Costa Marchi 4ª Série kessia@unipar.br O QUE É PROJETO? Empreendimento não repetitivo, caracterizado por uma seqüência lógica de eventos, com início, meio e fim,

Leia mais

PROGRAMA TRANSPORTE AÉREO DE MATERIAIS BIOLÓGICOS

PROGRAMA TRANSPORTE AÉREO DE MATERIAIS BIOLÓGICOS PROGRAMA TRANSPORTE AÉREO DE MATERIAIS BIOLÓGICOS (Modulo Preparação de Embarques) Treinamentos & Serviços Especiais 1 1- OBJETIVOS: - Atender em 100 % a legislação específica da Agência Nacional de Aviação

Leia mais

FedEx Univali. Importação. Marco Antônio Sabadin 19 de Setembro de 2011

FedEx Univali. Importação. Marco Antônio Sabadin 19 de Setembro de 2011 FedEx Univali Remessa Expressa na Importação Marco Antônio Sabadin 19 de Setembro de 2011 Agenda FedEx Hoje FedEx Fatos Rotas Internacionais Aeroporto de Viracopos Estrutura FedEx Viracopos Escopo da Apresentação

Leia mais

7.1 Turismo Rural: Estratégias e comercialização de um mercado consolidado

7.1 Turismo Rural: Estratégias e comercialização de um mercado consolidado 7. Fundamentos do agenciamento e produtos turísticos 7.1 Turismo Rural: Estratégias e comercialização de um mercado consolidado INSTRUTOR(A): Andreia Roque Representantes de agências de viagens, técnicos

Leia mais

101 DICAS DE CAPTAÇÃO DE RECURSOS

101 DICAS DE CAPTAÇÃO DE RECURSOS 101 DICAS DE CAPTAÇÃO DE RECURSOS 1979 por Howard E. Fisher. 1. Prepare suas propostas de acordo com a personalidade, interesses e exigências do doador potencial. 2. Indique os benefícios da doação para

Leia mais

GUIA DE TRANSPORTE DE SANGUE E COMPONENTES. João Batista Silva Júnior Marcelo Vogler GESAC/GGSTO/ANVISA

GUIA DE TRANSPORTE DE SANGUE E COMPONENTES. João Batista Silva Júnior Marcelo Vogler GESAC/GGSTO/ANVISA GUIA DE TRANSPORTE DE SANGUE E COMPONENTES João Batista Silva Júnior Marcelo Vogler GESAC/GGSTO/ANVISA Brasília, 09 de novembro de 2013 DO TRANSPORTE DE SANGUE E HEMOCOMPONENTES EM HEMOTERAPIA Sangue e

Leia mais

Guia do usuário SGV versão 3.0.7 Modulo I Introdução ao Sistema

Guia do usuário SGV versão 3.0.7 Modulo I Introdução ao Sistema Guia do usuário SGV versão 3.0.7 Modulo I Introdução ao Sistema Versão 3.0.7 BBTUR VIAGENS E TURISMO 27/08/2014 1 Sumário Modulo I Introdução ao Sistema...3 Requisitos mínimos para utilização do Sistema...3

Leia mais

Hytera Mobilfunk GmbH Soluções de comunição móvel profissionais sob medida

Hytera Mobilfunk GmbH Soluções de comunição móvel profissionais sob medida Hytera Mobilfunk GmbH Soluções de comunição móvel profissionais sob medida www.hytera.de Comprovado mundialmente Sistemas de telefonia móvel Hytera Mobilfunk GmbH oferecem a mais alta flexibilidade e confiança

Leia mais

Consultoria em TI e Tecnologia Web. www.inftecweb.com

Consultoria em TI e Tecnologia Web. www.inftecweb.com Consultoria em TI e Tecnologia Web www.inftecweb.com A InfTecWeb é a parceira ideal em TI para que o seu negócio cresça ainda mais. Oferecendo serviços de consultoria e projetos de redes (Hardware e Software),

Leia mais

FISPQ Ficha de Informação de Segurança de Produto Químico. Rua Dr. Elton César, 121 Campinas /SP

FISPQ Ficha de Informação de Segurança de Produto Químico. Rua Dr. Elton César, 121 Campinas /SP Página 1 de 5 1. IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA Nome do Produto: Nome do Fabricante: CEVAC S Gallinarum CNN Laboratório Veterinário Ltda Rua Dr. Elton César, 121 Campinas /SP Nome do Distribuidor

Leia mais

DECLARAÇÃO DE GUAYAQUIL CONSIDERANDO QUE:

DECLARAÇÃO DE GUAYAQUIL CONSIDERANDO QUE: DECLARAÇÃO DE GUAYAQUIL Os representantes dos órgãos gestores de Sistemas Integrados de Transporte Público e Sistemas Rápidos de Ônibus (BRT), reunidos na cidade de Guayaquil, no dia 28 de abril de 2011,

Leia mais

MEDIA KIT AVIANCA EM REVISTA

MEDIA KIT AVIANCA EM REVISTA MEDIA KIT AVIANCA EM REVISTA Bem vindo ao media kit da Avianca em Revista, publicação de bordo da companhia aérea. Com o aumento das plataformas de comunicação e da quantidade de conteúdo disputando a

Leia mais

Revista Gestão Pública em Curitiba MOMENTOS I ENCONTRO INTERNACIONAL DE CURITIBA EM GESTÃO PÚBLICA Pública Gestão Curitiba 2011 em I Encontro Internacional de Curitiba Gestão Pública para Resultados 44

Leia mais