Não é possível apresentar a imagem ligada. O ficheiro pode ter sido movido, mudado de nome ou eliminado. Verifique se a ligação

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Não é possível apresentar a imagem ligada. O ficheiro pode ter sido movido, mudado de nome ou eliminado. Verifique se a ligação"

Transcrição

1 Não é Tiago Caravana - Vinhos do Alentejo De: ViniPortugal Enviado: sexta-feira, 14 de Agosto de :35 Para: Assunto: ViniPortugal - Evento nova comunicação - Comitiva Comprador Online Suécia(SE15) Comitiva Comprador Online Suécia(SE15) to Portugal - Suécia Prazo de inscrição Com AE - Sim Tipo de Evento - Visitas a Portugal Profissionais Objectivo - 6 Convidados Informação geral No cumprimento do Plano de Promoção de 2015 e tendo como objectivo aumentar o conhecimento sobre vinhos portugueses do mercado da Suécia e de, consequentemente, alargar a distribuição de vinhos portugueses nesse mercado, no canal ONLINE, a ViniPortugal vai convidar 5-6 compradores associados da Organização profissional do Comércio de Vinhos OnLine -NBV -Natvinhandlarnas Branschorganization, para visitar Portugal de 8 a 13 de Novembro. O objectivo desta visita é aumentar listagem de vinhos portugueses neste canal (OnLine) e simultaneamente convidar os produtores Portugueses para um Workshop e explicar como funciona este canal de vendas, que têm cada vez mais peso no mercado Sueco. A Viniportugal convida todos os AEs sem distribuiçãonestes mercados a se inscreverem. Todas as inscrições de AE com distribuição no mercado, não serão aceites. Detalhes da viagem a Portugal: A visita decorrerá seguindo a modalidade de comitiva de compradores, e terá a duração de 4 dias úteis e será organizada da seguinte forma: Total: 6 visitas a 6 projectos dia 1: Manhã Master Class: Tarde workshop s/comercio online dia 2: manhã visita ao AE Anfitrião 1; tarde visita ao AE anfitrião 2 dia 3: manhã visita ao AE Anfitrião 3; tarde visita ao AE anfitrião 4 dia 4: manhã visita ao AE Anfitrião 5; tarde visita ao AE anfitrião 6 1

2 Nota: Dependendo da inscrição final de Agentes Económicos a configuração regional das visitas poderá sofrer alterações face ao plano. Condições de participação Modalidades de Inscrição Estabelecem-se 2 modalidades diferentes, com custos e níveis de notoriedade diferentes, de modo a poder incluir o maior número de projectos e tendo em conta a existência de possíveis interessados com dimensões diferentes. Assim, teremos: MODALIDADE A: AGENTE ECONÓMICO ANFITRIÃO (AE ANFITRIÃO) MODALIDADE B: AGENTE ECONÓMICO CONVIDADO (AE CONVIDADO) Estrutura de cada visita Cada uma das visitas terá lugar na propriedade de um AE Anfitrião, terá uma duração total de 4horas divididas em 3 fases distintas: 1) Visita à propriedade do AE Anfitrião, com apresentação individual desse projecto duração máxima de 1 hora; 2) Prova de vinhos genérica, com a participação de um máximo de 6 empresas distintas (o AE Anfitrião + 5 AE Convidados), em que cada empresa terá a sua mesa (onde pode apresentar um máximo de 5 referências) e poderá contactar directamente cada um dos 6 compradores duração máxima de 2 horas; 3) Almoço, a ser fornecido pelo AE Anfitrião aos Compradores e AEs Convidados. (10-12 pessoas) O almoço deverá ser leve (tipos petiscos) e incluir saladas variadas. duração máxima de 1hora CONDIÇÕES PARA A MODALIDADE A: AE ANFITRIÃO 1- Custo de participação: IVA 2- Condições Logísticas: conforme referido em cima, o AE Anfitrião deverá: a) ceder um espaço próprio para a realização de uma Prova de Vinhos com um máximo de 8 mesas distintas, dependente do nº de AE convidados, sendo ele o responsável pela organização logística da mesma (inclui mesa, toalha, copos, frappes, 1 cuspideira por mesa, gelo e garrafas de água); b) ter condições para oferecer uma refeição para um máximo de pessoas, que terá lugar após a Prova. 3- Áreas de Excelência: O projecto do AE Anfitrião deverá destacar-se como um projecto de excelência em pelo menos uma das áreas indicadas em baixo: 1. SENHORIAL: Casa Senhorial/Solar de Família de elevado interesse arquitectónico numa propriedade dedicada à produção de vinho de longa tradição; 2. HISTÓRICO: Edifício/Local histórico de interesse nacional ligado à História ou à produção de vinho; 3. PAISAGÍSTICO: com uma paisagem de vinha de beleza ímpar e característica da região onde se 2

3 insere; 4. ARTÍSTICO: local de tradição na produção de vinho com um acervo integrado de elevada relevância artística; 5. EDUCACIONAL: local de tradição na produção de vinho, com qualidade excepcional de recepção e um património ímpar na viticultura (vinha em pé franco, vinhas velhas, campo ampelográfico ou experimental, etc.) 6. ENOTURÍSTICO: oferta enoturística de referência nacional CONDIÇÕES PARA A MODALIDADE B: AE CONVIDADO 1- Custo de participação: IVA 2- Condições Logísticas: o AE Convidado deverá comparecer no local da Prova pelo menos até 40 minutos antes do início da mesma, com as referências que pretende os compradores (cada AE Convidado será responsável pelo transporte dos seus vinhos). Para Agentes Económicos (AEs) que apresentem mais de 50% do seu portfólio em Vinhos do Porto ou Vinhos da Madeira (vinho não sujeito à taxa de promoção a que se refere o D.L. nº94/2012 de 20 de Abril, regulada pela portaria nº 426/2012 de 28 de Dezembro) acresce 100% ao custo de inscrição. CONDIÇÕES ESPECIAIS PARA AS CVRs COM PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO COM A VINIPORTUGAL: As CVRs que tenham assinado o protocolo de cooperação com a ViniPortugal poderão intermediar juntamente com os seus AE s uma das visitas. Para esse efeito deverão cumprir a totalidade do objectivo de uma visita, necessitarão de reunir as inscrições referentes a um AE anfitrião (modalidade A) e à totalidade dos AEs convidados conforme descrito na modalidade B. A inscrição na acção deverá ser feita por cada AE na plataforma à semelhança de outros eventos decorridos. Caso o objectivo de AEs convidados não seja assegurado a ViniPortugal reserva-se no direito de preencher as lacunas existentes com AEs de outras regiões. CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO COMUNS ÀS 2 MODALIDADES: Sujeito às Condições Gerais de Participação em Eventos Viniportugal, não dispensando a leitura do documento; O evento exige presença física do Agente Económico no local da sua realização; Cada AE anfitrião não tem limite de apresentação de vinhos durante a sua hora exclusiva. Cada AE (seja ele Anfitrião ou Convidado) poderá apresentar um máximo de 5 vinhos durante a prova conjunta; Todos os inscritos deverão fazer o upload na plataforma das fichas técnicas (em inglês) das 5 referências que irão apresentar. Custos de participação Titulo Preço Base Preço com Extras Observações MODALIDADE A: AE 550 n/a 3

4 ANFITRIÃO MODALIDADE A: AE ANFITRIÃO (Vinhos do Porto ou da Madeira) 1100 n/a Este valor inclui a taxa extra de 100% do valor da inscrição para Agentes Económicos que apresentem mais de 50% do seu portefólio em Vinhos do Porto ou Vinhos da Madeira MODALIDADE B: AE CONVIDADO 250 n/a AE CONVIDADO (Vinhos do Porto ou da Madeira) 500 n/a Este valor inclui a taxa extra de 100% do valor da inscrição para Agentes Económicos que apresentem mais de 50% do seu portefólio em Vinhos do Porto ou Vinhos da Madeira (acresce IVA à taxa legal em vigor) Informação complementar custos de participação NOTA: Para Agentes Económicos (AEs) que apresentem mais de 50% do seu portfólio em Vinhos do Porto ou Vinhos da Madeira (vinho não sujeito à taxa de promoção a que se refere o D.L. nº94/2012 de 20 de Abril, regulada pela portaria nº 426/2012 de 28 de Dezembro) acresce 100% Condições de Pagamento e Penalidades Pagamento de inscrição de vinhos para selecção deverá ser realizado até ao dia 15 de Setembro de 2015; O pagamento fora deste prazo implica o agravamento de 10% sobre o custo de participação; Os pagamentos deverão ser efectuados por transferência bancária para o NIB ou por cheque à ordem de ViniPortugal; Etapas para participação Etapa 1: Inscrição on-line na plataforma digital e envio comprovativo de pagamento da inscrição até ao dia 15 de Setemhro 2015 para o correio electrónico: Etapa 2: A Viniportugal envia confirmação de inscrição. Critérios de Afectação de Espaço: Acção exvlusiva aos AEs sem distribuição neste mercado. Não serão aceites empresas com distribuição no mercado A inscrição não é garantia automática de atribuição de espaço. Em caso de excesso de Agentes Económicos inscritos face ao espaço disponível será dada prioridade aos Agentes Económicos com maior número de participações em acções da ViniPortugal no Mundo em 2014 e por data e hora da conclusão efectiva do processo de inscrição. 4

5 Não é Não é Critérios de Admissibilidade dos Vinhos Os vinhos inscritos deverão respeitar as condições gerais de participação em eventos ViniPortugal, nomeadamente deverão ser vinhos DO, IG, de Casta e ano e de castas maioritariamente autóctones; Todos os vinhos inscritos deverão ter quantidades disponíveis razoáveis para comercialização em 2015, Poderão ser inscritos todos os estilos de vinho, de tranquilos a fortificados, no entanto, o portefólio submetido deverá sempre conter vinhos tranquilos. Esclarecimentos Evento: Inês Pinto Facturação: Luís Franco

COMITIVA COMPRADORES BRASIL (BR15) 26-10-2015 to 30-10-2015 - Portugal - Brasil. Informação geral. Tiago Caravana - Vinhos do Alentejo

COMITIVA COMPRADORES BRASIL (BR15) 26-10-2015 to 30-10-2015 - Portugal - Brasil. Informação geral. Tiago Caravana - Vinhos do Alentejo Tiago Caravana - Vinhos do Alentejo De: ViniPortugal Enviado: segunda-feira, 14 de Setembro de 2015 18:28 Para: tiagocaravana@vinhosdoalentejo.pt Assunto: ViniPortugal -

Leia mais

ROADSHOW BR-PORTO ALEGRE(BS15) Informação geral. Condições de participação. Tiago Caravana - Vinhos do Alentejo

ROADSHOW BR-PORTO ALEGRE(BS15) Informação geral. Condições de participação. Tiago Caravana - Vinhos do Alentejo Tiago Caravana - Vinhos do Alentejo De: ViniPortugal Enviado: quinta-feira, 2 de Abril de 2015 15:16 Para: tiagocaravana@vinhosdoalentejo.pt Assunto: ViniPortugal - Evento

Leia mais

Informação geral. Tiago Caravana - Vinhos do Alentejo

Informação geral. Tiago Caravana - Vinhos do Alentejo Tiago Caravana - Vinhos do Alentejo De: Sofia Salvador Enviado: terça-feira, 7 de Abril de 2015 19:53 Assunto: PROLONGAMENTO DATA LIMITE INSCRIÇÃO 15 ABRIL GRANDE PROVA

Leia mais

VINEXPO Bordeus 2015. Informação geral. Condições de participação. Custos de participação. Tiago Caravana - Vinhos do Alentejo

VINEXPO Bordeus 2015. Informação geral. Condições de participação. Custos de participação. Tiago Caravana - Vinhos do Alentejo Tiago Caravana - Vinhos do Alentejo De: ViniPortugal Enviado: segunda-feira, 27 de Outubro de 2014 10:39 Para: marketing@vinhosdoalentejo.pt Assunto: ViniPortugal - Comunicação

Leia mais

Clube Vinhos de Portugal - Angola Visita Inversa a Portugal Prazo de inscrição 30-12-2015 07-02-2016 to 13-02-2016 - Portugal

Clube Vinhos de Portugal - Angola Visita Inversa a Portugal Prazo de inscrição 30-12-2015 07-02-2016 to 13-02-2016 - Portugal Tiago Caravana - Vinhos do Alentejo De: Viniportugal Enviado: terça-feira, 15 de Dezembro de 2015 10:30 Para: tiagocaravana@vinhosdoalentejo.pt Assunto: Clube Vinhos de Portugal

Leia mais

Regulamento da 1ª Mostra/Venda Ordem para Criar!

Regulamento da 1ª Mostra/Venda Ordem para Criar! Regulamento da 1ª Mostra/Venda Ordem para Criar! (escultura, pintura, fotografia, instalação, vídeo, joalharia, moda,...) Armazém das Artes 1,2,3 e 4 de Dezembro de 2011 quinta-feira, sexta-feira, sábado

Leia mais

Missão Empresarial Banco Asiático de Desenvolvimento (BAsD) Sector: Energia

Missão Empresarial Banco Asiático de Desenvolvimento (BAsD) Sector: Energia Missão Empresarial Banco Asiático de Desenvolvimento (BAsD) Sector: Energia Manila, 18 a 22 de Março de 2013 1 Enquadramento: No âmbito do Acordo de Parceiros celebrado entre a AICEP e o GPEARI (Ministério

Leia mais

Guia de Utilização. Acesso Universal

Guia de Utilização. Acesso Universal Guia de Utilização Índice PREÂMBULO...3 ACESSO À PLATAFORMA...3 ÁREA DE TRABALHO...4 APRESENTAR PROPOSTAS...9 RECEPÇÃO DE ADJUDICAÇÃO...18 PARAMETRIZAÇÃO DA EMPRESA...19 Acesso universal Proibida a reprodução.

Leia mais

Conferência Internacional

Conferência Internacional Lisboa, 18, 19 e 20 NOV. 2010 combaterpobreza@iscsp.utl.pt ORGANIZAÇÃO APRESENTAÇÃO CONSELHO CIENTÍFICO COMISSÃO ORGANIZADORA ENQUADRAMENTO LOCAL ANTEVISÃO DO PROGRAMA CONVITE À APRESENTAÇÃO DE COMUNICAÇÕES

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DOS ESCANÇÕES DE PORTUGAL

ASSOCIAÇÃO DOS ESCANÇÕES DE PORTUGAL ASSOCIAÇÃO DOS ESCANÇÕES DE PORTUGAL Concurso de Vinhos do Crédito Agrícola Vinhos Brancos e Tintos -2015- Regulamento Lisboa, Julho de 2015 Concurso de Vinhos do Crédito Agrícola Regulamento 1- O Concurso

Leia mais

Congresso Português de Malacologia 2015 1-2 Maio, Instituto Português do Mar e da Atmosfera, Algés (Lisboa) (1 a Circular)

Congresso Português de Malacologia 2015 1-2 Maio, Instituto Português do Mar e da Atmosfera, Algés (Lisboa) (1 a Circular) Congresso Português de Malacologia 2015 1-2 Maio, Instituto Português do Mar e da Atmosfera, Algés (Lisboa) (1 a Circular) O Instituto Português de Malacologia (IPM) e o Marine and Environmental Sciences

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DOS ESCANÇÕES DE PORTUGAL

ASSOCIAÇÃO DOS ESCANÇÕES DE PORTUGAL ASSOCIAÇÃO DOS ESCANÇÕES DE PORTUGAL Concurso de Vinhos do Crédito Agrícola Vinhos Brancos e Tintos -2014- Regulamento Lisboa, 06 de Outubro de 2014 Concurso de Vinhos do Crédito Agrícola Regulamento 1-

Leia mais

FINISTERRA ARRÁBIDA FILM ART & TOURISM FESTIVAL

FINISTERRA ARRÁBIDA FILM ART & TOURISM FESTIVAL FINISTERRA ARRÁBIDA FILM ART & TOURISM FESTIVAL REGULAMENTO Artigo 1 Organização 1. O Finisterra Arrábida Film Art & Tourism Festival, adiante identificado por Festival, é um evento anual promovido por

Leia mais

APOIO AO BENEFICIÁRIO - FEDER - - MAIS CENTRO - GUIA DE SUBMISSÃO ELECTRÓNICA DOS PEDIDOS DE PAGAMENTO

APOIO AO BENEFICIÁRIO - FEDER - - MAIS CENTRO - GUIA DE SUBMISSÃO ELECTRÓNICA DOS PEDIDOS DE PAGAMENTO APOIO AO BENEFICIÁRIO - FEDER - - MAIS CENTRO - GUIA DE SUBMISSÃO ELECTRÓNICA DOS PEDIDOS DE PAGAMENTO GUIA DE PREENCHIMENTO: - SUBMISSÃO ELECTRÓNICA DOS PEDIDOS DE PAGAMENTO - SUBMISSÃO DE CHECK-LIST

Leia mais

Como Vender em Alemanha Uma acção à medida dos seus interesses

Como Vender em Alemanha Uma acção à medida dos seus interesses Como Vender em Alemanha Uma acção à medida dos seus interesses Ficha de Inscrição Encontre a resposta às suas dúvidas! Identifique a sessão pretendida: Porto AICEP (Rua António Bessa Leite, 1430-2.º andar)

Leia mais

Assunto: Proposta de fornecimento do Programa dbgep

Assunto: Proposta de fornecimento do Programa dbgep Julho de 2009 Assunto: Proposta de fornecimento do Programa dbgep A aplicação dbgep é constituída pelos seguintes módulos: Aplicação Função Situação comercial dbgep C Contabilidade em comercialização dbgep

Leia mais

ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE BANCOS GUIA PARA A MOBILIDADE DE SERVIÇOS BANCÁRIOS

ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE BANCOS GUIA PARA A MOBILIDADE DE SERVIÇOS BANCÁRIOS ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE BANCOS GUIA PARA A MOBILIDADE DE SERVIÇOS BANCÁRIOS simplifica Como nasce este Guia O presente Guia baseia-se nos Princípios Comuns Para a Mobilidade de Serviços Bancários", adoptados

Leia mais

50 the International Paris Air Show

50 the International Paris Air Show Cluster Aeroespacial Nacional Pavilhão de Portugal 50 the International Paris Air Show Paris - Le Bourget 17 a 23 de Junho de 2013 www.salon-du-bourget.fr ENQUADRAMENTO e OBJECTIVO Na continuidade das

Leia mais

GUIA PARA COMPRA ONLINE

GUIA PARA COMPRA ONLINE GUIA PARA COMPRA ONLINE www.tipsal.pt QUEM SOMOS A TIPSAL - Técnicas Industriais de Protecção e Segurança, Lda foi fundada em 1980. Somos uma empresa de capitais exclusivamente nacionais com sede social

Leia mais

PROCEDIMENTO. Ref. Pcd. 3-sGRHF. Bolsas de Investigação Científica da UA, financiadas pela UA ou por outras verbas desde que não provenientes da FCT

PROCEDIMENTO. Ref. Pcd. 3-sGRHF. Bolsas de Investigação Científica da UA, financiadas pela UA ou por outras verbas desde que não provenientes da FCT PROCEDIMENTO Ref. Pcd. 3-sGRHF Bolsas de Investigação Científica da UA, financiadas pela UA ou por outras verbas desde que não provenientes da FCT Data: 14 /07/2011 Elaboração Nome: Fátima Serafim e Helena

Leia mais

Missão empresarial a Santiago do Chile. Multisetorial

Missão empresarial a Santiago do Chile. Multisetorial Missão empresarial a Santiago do Chile Multisetorial 25 a 29 de Novembro de 2013 Enquadramento: Missão empresarial Chile multisetorial O Chile constitui uma das economias mais desenvolvidas, estáveis e

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DE VENDA ONLINE WWW.ZILIANCHOOSE.COM. Artigo 1.º. (Âmbito e Definições)

CONDIÇÕES GERAIS DE VENDA ONLINE WWW.ZILIANCHOOSE.COM. Artigo 1.º. (Âmbito e Definições) CONDIÇÕES GERAIS DE VENDA ONLINE WWW.ZILIANCHOOSE.COM Artigo 1.º (Âmbito e Definições) 1 As presentes condições gerais regulam a venda, incluindo o registo e a encomenda, de produtos através da página/sítio

Leia mais

AutoCAD 2D. Pós-Laboral, à 2ª, 3ª e 5ª, das 19h00 às 22h30 (duas das sessões terminam às 22h00)

AutoCAD 2D. Pós-Laboral, à 2ª, 3ª e 5ª, das 19h00 às 22h30 (duas das sessões terminam às 22h00) AutoCAD 2D DATAS A definir (assim que seja atingido o número mínimo de inscrições) HORÁRIO Pós-Laboral, à 2ª, 3ª e 5ª, das 19h00 às 22h30 (duas das sessões terminam às 22h00) ou Sábado, das 9h30 às 13h00

Leia mais

Para qualquer questão relacionada com o passatempo de EDP COOL JAZZ MELODY GARDOT: envie um e-mail para passatempos@sol.pt

Para qualquer questão relacionada com o passatempo de EDP COOL JAZZ MELODY GARDOT: envie um e-mail para passatempos@sol.pt ATENDIMENTO AO LEITOR SEMANÁRIO SOL Para qualquer questão relacionada com o passatempo de EDP COOL JAZZ MELODY GARDOT: envie um e-mail para passatempos@sol.pt ou ligue 210 434 000 Horário de Atendimento

Leia mais

Regulamento de Funcionamento das Acções de Formação

Regulamento de Funcionamento das Acções de Formação Regulamento de Funcionamento das Acções de Formação A Ciência Viva tem como missão a difusão da Cultura Científica e Tecnológica apoiando acções dirigidas à promoção da Educação Científica e Tecnológica

Leia mais

Orientação de Gestão nº 06/POFC/2008

Orientação de Gestão nº 06/POFC/2008 Orientação de Gestão nº 06/POFC/2008 Enquadramento no Sistema de Apoio às Entidades do Sistema Científico e Tecnológico Nacional (SAESCTN) de Projectos de IC&DT em todos os domínios científicos Projectos

Leia mais

Restituição de cauções aos consumidores de electricidade e de gás natural Outubro de 2007

Restituição de cauções aos consumidores de electricidade e de gás natural Outubro de 2007 Restituição de cauções aos consumidores de electricidade e de gás natural Outubro de 2007 Ponto de situação em 31 de Outubro de 2007 As listas de consumidores com direito à restituição de caução foram

Leia mais

Regulamento do Concurso

Regulamento do Concurso Regulamento do Concurso Preâmbulo Considerando que, constituem objectivos do CRÉDITO AGRÍCOLA, enquanto Entidade Promotora: - Promover iniciativas empresariais inovadoras e conciliadoras com sinergias

Leia mais

DEPARTAMENTO DE FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO DE PROFISSIONAIS CAPACIDADE PROFISSIONAL PARA A ACTIVIDADE DE TRANSPORTES RODOVIÁRIOS DE MERCADORIAS

DEPARTAMENTO DE FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO DE PROFISSIONAIS CAPACIDADE PROFISSIONAL PARA A ACTIVIDADE DE TRANSPORTES RODOVIÁRIOS DE MERCADORIAS DEPARTAMENTO DE FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO DE PROFISSIONAIS CAPACIDADE PROFISSIONAL PARA A ACTIVIDADE DE TRANSPORTES RODOVIÁRIOS DE MERCADORIAS MANUAL DE INSTRUÇÕES PARA AS ENTIDADES FORMADORAS ÍNDICE OBJECTIVOS

Leia mais

Como Vender em Alemanha Uma acção à medida dos seus interesses

Como Vender em Alemanha Uma acção à medida dos seus interesses Como Vender em Alemanha Uma acção à medida dos seus interesses Ficha de Inscrição Encontre a resposta às suas dúvidas! Identifique a sessão pretendida: Porto AICEP (Rua António Bessa Leite, 1430-2.º andar)

Leia mais

Acção de Formação Logística (Vendas) - Primavera v8

Acção de Formação Logística (Vendas) - Primavera v8 Acção de Formação Logística (Vendas) - Primavera v8 MoreData, Sistemas de Informação Campo Grande 28, 10º E 1700-093 Lisboa 213520171 info@moredata.pt Índice de Conteúdos Introdução...3 Sobre o Curso...4

Leia mais

Festival de Vitória 21º Vitória Cine Vídeo. 16º Concurso de Roteiro Capixaba

Festival de Vitória 21º Vitória Cine Vídeo. 16º Concurso de Roteiro Capixaba 1 Festival de Vitória 21º Vitória Cine Vídeo 16º Concurso de Roteiro Capixaba A GALPÃO PRODUÇÕES, empresa privada com sede à Rua Professora Maria Cândida da Silva, nº 115 - Bairro República Vitória - Espírito

Leia mais

Escola de Startups do Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade do Porto (UPTEC) Regulamento do Programa

Escola de Startups do Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade do Porto (UPTEC) Regulamento do Programa Escola de Startups do Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade do Porto (UPTEC) Regulamento do Programa 1 Índice 1. Introdução... 3 2. Critérios de Candidatura... 3 3. Candidatura, Processo e Critérios

Leia mais

Regulamento do Global Management Challenge 2015

Regulamento do Global Management Challenge 2015 Regulamento do Global Management Challenge 2015 1. O Global Management Challenge é uma Competição de Estratégia e Gestão organizada em Portugal pela SDG Simuladores e Modelos de Gestão, S.A. em parceria

Leia mais

FICSAM - WORKSHOP INTENSIVO DE CINEMA DIGITAL (com rodagem de curta-metragem) Dias 8, 9 e 10 OUTUBRO de 2015 (três dias de formação)

FICSAM - WORKSHOP INTENSIVO DE CINEMA DIGITAL (com rodagem de curta-metragem) Dias 8, 9 e 10 OUTUBRO de 2015 (três dias de formação) FICSAM - WORKSHOP INTENSIVO DE CINEMA DIGITAL (com rodagem de curta-metragem) Dias 8, 9 e 10 OUTUBRO de 2015 (três dias de formação) Horário: Dias 8 e 9 das 18h às 22h Dia 10 das 10:30 às 13:30 e das 14:30

Leia mais

Informações gerais. Formação Inicial de Instrutores de Condução

Informações gerais. Formação Inicial de Instrutores de Condução Informações gerais Formação Inicial de Instrutores de Condução Condições de Acesso 12º Ano completo, equivalente ou superior 2 anos de Carta de Condução Não possuir doença contagiosa ou deficiência física

Leia mais

SISTEMA DE APOIO A ACÇÕES COLECTIVAS (SIAC) ESTRATÉGIAS DE EFICIÊNCIA COLECTIVA - TIPOLOGIA CLUSTERS E DINÂMICAS DE REDE

SISTEMA DE APOIO A ACÇÕES COLECTIVAS (SIAC) ESTRATÉGIAS DE EFICIÊNCIA COLECTIVA - TIPOLOGIA CLUSTERS E DINÂMICAS DE REDE AVISO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS Nº 01 / SIAC / 2011 SISTEMA DE APOIO A ACÇÕES COLECTIVAS (SIAC) ESTRATÉGIAS DE EFICIÊNCIA COLECTIVA - TIPOLOGIA CLUSTERS E DINÂMICAS DE REDE Nos termos do Regulamento

Leia mais

Sistemas Solar Fotovoltaicos (Projectista)

Sistemas Solar Fotovoltaicos (Projectista) Sistemas Solar Fotovoltaicos (Projectista) DATAS A definir (assim que seja atingido o número mínimo de inscrições) HORÁRIO Pós-Laboral, à 2ª e 4ª, das 19h00 às 23h00 ou Sábado, das 9h00 às 13h00 e das

Leia mais

CURSO DE FOTOGRAFIA DIGITAL

CURSO DE FOTOGRAFIA DIGITAL CURSO DE FOTOGRAFIA DIGITAL formação em imagem www.100iso.pt Módulos 1. Câmaras e Imagens Digitais. 2. Controlar a Exposição. 3. Controlar a Nitidez. 4. Captar Luz e Cor. 5. Compreender as Objectivas.

Leia mais

Prémios APCC BEST AWARDS 2014 Ficha de Inscrição

Prémios APCC BEST AWARDS 2014 Ficha de Inscrição Prémios APCC BEST AWARDS 2014 Ficha de Inscrição Para participar nos Prémios APCC Best Awards 2014, agradecemos o preenchimento de todos os campos da ficha de inscrição e envio para geral@apcontactcenters.org

Leia mais

Auditorias a Sistemas de Gestão da Qualidade ISO 9001 : 2008

Auditorias a Sistemas de Gestão da Qualidade ISO 9001 : 2008 Auditorias a Sistemas de Gestão da Qualidade ISO 9001 : 2008 DATAS A definir (assim que seja atingido o número mínimo de inscrições) HORÁRIO Pós-Laboral, à 2ª, 3ª e 5ª, das 19h00 às 23h00 ou Sábado, das

Leia mais

SECRETÁRIO REGIONAL DA PRESIDÊNCIA Despacho Normativo n.º 69/2010 de 22 de Outubro de 2010

SECRETÁRIO REGIONAL DA PRESIDÊNCIA Despacho Normativo n.º 69/2010 de 22 de Outubro de 2010 SECRETÁRIO REGIONAL DA PRESIDÊNCIA Despacho Normativo n.º 69/2010 de 22 de Outubro de 2010 Considerando o Regime de enquadramento das políticas de juventude na Região Autónoma dos Açores, plasmado no Decreto

Leia mais

Caderno de Encargos - Ref. 1/2010 Software de Gestão. Parte I. Artigo 1.º

Caderno de Encargos - Ref. 1/2010 Software de Gestão. Parte I. Artigo 1.º Caderno de Encargos - Ref. 1/2010 Software de Gestão Parte I Artigo 1.º Objecto O presente Caderno de Encargos compreende os artigos a incluir no contrato a celebrar na sequência do procedimento pré-contratual

Leia mais

REGULAMENTO DO CONCURSO VINHOS DE PORTUGAL (2015)

REGULAMENTO DO CONCURSO VINHOS DE PORTUGAL (2015) REGULAMENTO DO CONCURSO VINHOS DE PORTUGAL (2015) O Concurso Vinhos de Portugal 2015, adiante designado por CVdP, decorrerá no período da manhã dos dias 11 a 15 de Maio de 2015. 1. OBJECTIVOS Os objectivos

Leia mais

1ª Liga de Futsal 2014/2015

1ª Liga de Futsal 2014/2015 1ª Liga de Futsal 2014/2015 Patrono RICARDINHO 1 I Liga Futsal 2014/2015 Regulamento Equipas Artigo 1º Esta liga de futsal encontra-se aberta a equipas de empresas devidamente certificadas, podendo ser

Leia mais

Regulamento PAPSummer 2015

Regulamento PAPSummer 2015 Regulamento PAPSummer 2015 Artigo 1º Objectivos do programa, montante e designação das bolsas 1. O programa PAPSummer pretende dar a oportunidade a estudantes portugueses (Estudante) de desenvolver um

Leia mais

Condições Especiais para Inscritos no Conselho Distrital da Madeira Ordem dos Advogados Portugueses

Condições Especiais para Inscritos no Conselho Distrital da Madeira Ordem dos Advogados Portugueses Condições Especiais para Inscritos no Conselho Distrital da Madeira Ordem dos Advogados Portugueses 1. Proposta de Condições Comerciais 1.1 Posicionamento Proposta de condições especiais de tarifas e de

Leia mais

instituições de comprovada valia social, o qual visa concretizar, especificando, o compromisso a que está vinculada.

instituições de comprovada valia social, o qual visa concretizar, especificando, o compromisso a que está vinculada. DECISÃO relativa ao programa para a atribuição de subsídio à aquisição de equipamentos de recepção das emissões de TDT por parte de cidadãos com necessidades especiais, grupos populacionais mais desfavorecidos

Leia mais

Contabilidade Introdução ao SNC

Contabilidade Introdução ao SNC Contabilidade Introdução ao SNC DATAS A definir (assim que seja atingido o número mínimo de inscrições) HORÁRIO Pós-Laboral, à 2ª, 3ª e 5ª, das 19h00 às 23h00 ou Sábado, das 9h30 às 13h00 e das 14h00 às

Leia mais

REGULAMENTO Passatempo: Há um tesouro à espera de ser descoberto. 1. Acção promocional Garnier Ultra Suave Tesouros de Mel

REGULAMENTO Passatempo: Há um tesouro à espera de ser descoberto. 1. Acção promocional Garnier Ultra Suave Tesouros de Mel REGULAMENTO Passatempo: Há um tesouro à espera de ser descoberto 1. Acção promocional Garnier Ultra Suave Tesouros de Mel A acção promocional Há um tesouro à espera de ser descoberto é uma acção promocional

Leia mais

Prémio de Jornalismo Hospital Veterinário Montenegro. Regulamento

Prémio de Jornalismo Hospital Veterinário Montenegro. Regulamento Prémio de Jornalismo Hospital Veterinário Montenegro Regulamento 2ª Edição, Novembro de 2011 Prémio de Jornalismo Hospital Veterinário Montenegro 2ª Edição Novembro de 2011 Regulamento Artigo 1º Objectivo

Leia mais

Regulamento e datas importantes da Categoria JÚNIOR 9º ano

Regulamento e datas importantes da Categoria JÚNIOR 9º ano Regulamento e datas importantes da Categoria JÚNIOR 9º ano Datas Importantes JÚNIOR 1º ELIMINATÓRIA (9º ano) 04-Fev-15 Envio testes e Folhas de Resposta por EMAIL ao Diretor do Agrupamento ou Director

Leia mais

1. Titularidade do domínio www.estrelacoop.pt

1. Titularidade do domínio www.estrelacoop.pt 1. Titularidade do domínio www.estrelacoop.pt O site www. www.estrelacoop.pt encontra-se registado ao abrigo do Regulamento do registo de domínios/subdomínios de. PT", e é propriedade Estrelacoop Cooperativa

Leia mais

II ÁGUAS ABERTAS AQUAPOLIS ABRANTES

II ÁGUAS ABERTAS AQUAPOLIS ABRANTES II ÁGUAS ABERTAS AQUAPOLIS ABRANTES IX CIRCUITO NACIONAL DE ÁGUAS ABERTAS Regulamento 02.Agosto.2009 FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE NATAÇÃO / CÂMARA MUNICIPAL DE SETÚBAL 0 1. ORGANIZAÇÃO Associação de Natação

Leia mais

XXVI TRAVESSIA DOS TEMPLÁRIOS

XXVI TRAVESSIA DOS TEMPLÁRIOS Regulamento 28 Setembro.2014 APROVADO PELA FPN EM 22 DE JULHO DE 2014 FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE NATAÇÃO / CÂMARA MUNICIPAL DE SETÚBAL 0 1. ORGANIZAÇÃO Associação de Natação do Distrito de Santarém. Associação

Leia mais

Regulamento de Funcionamento do Banco Local de Voluntariado de Viana do Alentejo

Regulamento de Funcionamento do Banco Local de Voluntariado de Viana do Alentejo Regulamento de Funcionamento do Banco Local de Voluntariado de Viana do Alentejo Preâmbulo O Decreto-Lei n.º 389/99, de 30 de Setembro, no art.º 21.º, atribui ao Conselho Nacional para a Promoção do Voluntariado

Leia mais

THE WINE & SPIRIT EDUCATION TRUST CURSO NíVEL 3 INTERNACIONAL SUPERIOR e EXAME ACESSO NÌVEL 4

THE WINE & SPIRIT EDUCATION TRUST CURSO NíVEL 3 INTERNACIONAL SUPERIOR e EXAME ACESSO NÌVEL 4 A Academia do Vinho em colaboração com Wine & Spirit Education Trust e The Wine Academy of Spain Apresenta THE WINE & SPIRIT EDUCATION TRUST CURSO NíVEL 3 INTERNACIONAL SUPERIOR e EXAME ACESSO NÌVEL 4

Leia mais

14 a 17 MARÇO SECTOR TICE UM PROJECTO DO SECTOR TICE Realizada anualmente em Hannover, Alemanha, a feira CeBIT é a maior feira a nível mundial do sector das tecnologias de informação. É considerada um

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA INOV-ART NOS TERMOS DA PORTARIA N.º 1103/2008 DE 2 DE OUTUBRO

REGULAMENTO DO PROGRAMA INOV-ART NOS TERMOS DA PORTARIA N.º 1103/2008 DE 2 DE OUTUBRO REGULAMENTO DO PROGRAMA INOV-ART NOS TERMOS DA PORTARIA N.º 1103/2008 DE 2 DE OUTUBRO CAPÍTULO I Disposições gerais Artigo 1.º- Âmbito de aplicação O presente Regulamento aplica -se à medida INOV-Art -

Leia mais

ESTE DOCUMENTO SERVE APENAS PARA MOSTRAR MICROPROJECTOS CIÊNCIA VIVA SÓ SERÃO VALIDADAS AS CANDIDATURAS SUBMETIDAS

ESTE DOCUMENTO SERVE APENAS PARA MOSTRAR MICROPROJECTOS CIÊNCIA VIVA SÓ SERÃO VALIDADAS AS CANDIDATURAS SUBMETIDAS ESTE DOCUMENTO SERVE APENAS PARA MOSTRAR TODAS AS ETAPAS DO FORMULÁRIO DE SUBMISSÃO DE CANDIDATURAS AO CIÊNCIA NA HORA MICROPROJECTOS CIÊNCIA VIVA SÓ SERÃO VALIDADAS AS CANDIDATURAS SUBMETIDAS POR VIA

Leia mais

Acção de Formação Contabilidade de Gestão - Primavera v8

Acção de Formação Contabilidade de Gestão - Primavera v8 Acção de Formação Contabilidade de Gestão - Primavera v8 MoreData, Sistemas de Informação Campo Grande 28, 10º E 1700-093 Lisboa 213520171 info@moredata.pt Índice de Conteúdos Introdução...3 Sobre o Curso...4

Leia mais

COMISSÃO MINISTERIAL DE COORDENAÇÃO DO PROGRAMA OPERACIONAL POTENCIAL HUMANO

COMISSÃO MINISTERIAL DE COORDENAÇÃO DO PROGRAMA OPERACIONAL POTENCIAL HUMANO Despacho Considerando que os regulamentos específicos do Programa Operacional Potencial Humano (POPH) são aprovados pela respectiva Comissão Ministerial de Coordenação, nos termos do n.º 5 do artigo 30º

Leia mais

EDITAL PROCESSO DE INSCRIÇÃO DE NOVOS ALUNOS COLÉGIO AGOSTINIANO SÃO JOSÉ 2016

EDITAL PROCESSO DE INSCRIÇÃO DE NOVOS ALUNOS COLÉGIO AGOSTINIANO SÃO JOSÉ 2016 EDITAL PROCESSO DE INSCRIÇÃO DE NOVOS ALUNOS COLÉGIO AGOSTINIANO SÃO JOSÉ 2016 EDITAL DO PROCESSO DE INSCRIÇÃO DE NOVOS ALUNOS DO COLÉGIO AGOSTINIANO SÃO JOSÉ O Diretor do Colégio Agostiniano São José,

Leia mais

REGULAMENTO DO 1º CONCURSO CULTURAL DE FOTOGRAFIA VARAL REVELADO: MEU OLHAR NA SAÚDE DO V CACUN 2015

REGULAMENTO DO 1º CONCURSO CULTURAL DE FOTOGRAFIA VARAL REVELADO: MEU OLHAR NA SAÚDE DO V CACUN 2015 REGULAMENTO DO 1º CONCURSO CULTURAL DE FOTOGRAFIA VARAL REVELADO: MEU OLHAR NA SAÚDE DO V CACUN 2015 O Concurso Cultural de Fotografia Universitário do V CACUN 2015 - VARAL REVELADO: MEU OLHAR NA SAÚDE

Leia mais

Bolsa de Gestão de Ciência e Tecnologia (BGCT) (M/F) AVISO DE ABERTURA DE CONCURSO

Bolsa de Gestão de Ciência e Tecnologia (BGCT) (M/F) AVISO DE ABERTURA DE CONCURSO Bolsa de Gestão de Ciência e Tecnologia (BGCT) (M/F) AVISO DE ABERTURA DE CONCURSO O Exploratório - Centro Ciência Viva de Coimbra torna pública a abertura de concurso para a atribuição de uma Bolsa de

Leia mais

CURSO DE FOTOGRAFIA DIGITAL COMPLETO

CURSO DE FOTOGRAFIA DIGITAL COMPLETO CURSO DE FOTOGRAFIA DIGITAL COMPLETO Módulos 1. Câmaras e Imagens Digitais. 2. Controlar a Exposição. 3. Controlar a Nitidez. 4. Captar Luz e Cor. 5. Compreender as Objectivas. 6. Fotografia com o Flash

Leia mais

ZS Rest. Manual Avançado. Menus. v2011 - Certificado

ZS Rest. Manual Avançado. Menus. v2011 - Certificado Manual Avançado Menus v2011 - Certificado 1 1. Índice 2. Introdução... 2 3. Iniciar o ZSRest... 3 4. Menus... 4 b) Novo Produto:... 5 i. Separador Geral.... 5 ii. Separador Preços e Impostos... 7 iii.

Leia mais

Regulamento da Acção Promocional Ganhe 250 para tratamentos dentários por semana

Regulamento da Acção Promocional Ganhe 250 para tratamentos dentários por semana Regulamento da Acção Promocional Ganhe 250 para tratamentos dentários por semana 1- Entidade responsável e objecto da promoção A COLGATE-PALMOLIVE UNIPESSOAL, LDA., com sede no Lagoas Park, Edifício 15,

Leia mais

Escola de Startups do Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade do Porto (UPTEC)

Escola de Startups do Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade do Porto (UPTEC) Escola de Startups do Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade do Porto (UPTEC) Regulamento do Programa Índice 1. Introdução... 2 2. Critérios de Candidatura... 2 3. Candidatura, Processo e Critérios

Leia mais

SInOA - Sistema de Informação da Ordem dos Advogados INSCRIÇÃO NO SISTEMA DE ACESSO AO DIREITO. Manual de Utilizador

SInOA - Sistema de Informação da Ordem dos Advogados INSCRIÇÃO NO SISTEMA DE ACESSO AO DIREITO. Manual de Utilizador SInOA - Sistema de Informação da Ordem dos Advogados INSCRIÇÃO NO SISTEMA DE ACESSO AO DIREITO Manual de Utilizador INTRODUÇÃO O presente Manual tem por objectivo a descrição dos procedimentos a ter em

Leia mais

Competências Básicas em Informática

Competências Básicas em Informática Competências Básicas em Informática DATAS A definir (assim que seja atingido o número mínimo de inscrições) HORÁRIO Pós-Laboral, à 2ª, 3ª e 5ª, das 19h00 às 23h00 ou Sábado, das 9h00 às 13h00 e das 14h00

Leia mais

MARÇO EXPORTAR A 1ª VEZ MISSÕES EMPRESARIAIS NORTE DE ÁFRICA MARROCOS ARGÉLIA AMÉRICA DO SUL CHILE & COLÔMBIA. Condições de participação

MARÇO EXPORTAR A 1ª VEZ MISSÕES EMPRESARIAIS NORTE DE ÁFRICA MARROCOS ARGÉLIA AMÉRICA DO SUL CHILE & COLÔMBIA. Condições de participação EXPORTAR NORTE DE ÁFRICA AMÉRICA DO SUL MARROCOS ARGÉLIA CHILE & COLÔMBIA Condições de participação CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO MERCADOS PARTIDA CHEGADA 1 Marrocos 23-03- 26-03- 2 Argélia 23-03- 26-03- 3

Leia mais

Condições de Gerais de Utilização

Condições de Gerais de Utilização Condições de Gerais de Utilização O presente contrato estabelece condições de relacionamento comercial acordadas entre Marinartes - Artes Decorativas Online, doravante designado por Marinartes e por pessoas

Leia mais

Procedimento para o Registo de Entidades na ANPC. (Portaria n.º 773/2009, de 21 de Julho)

Procedimento para o Registo de Entidades na ANPC. (Portaria n.º 773/2009, de 21 de Julho) Procedimento para o Registo de Entidades na ANPC (Portaria n.º 773/2009, de 21 de Julho) 1. O presente documento explana os procedimentos necessários ao registo obrigatório das entidades com actividade

Leia mais

PLANO MAIS COLABORADOR

PLANO MAIS COLABORADOR PLANO MAIS COLABORADOR Programa de Fidelização 1. Âmbito O Plano Mais Colaborador Programa de Fidelização (referido doravante por Programa) destina-se aos colaboradores das empresas aderentes ao Plano

Leia mais

Relatório de Estágio. Análise dos dados constantes na Base de Dados das Rotas do Vinho

Relatório de Estágio. Análise dos dados constantes na Base de Dados das Rotas do Vinho Relatório de Estágio Análise dos dados constantes na Base de Dados das Rotas do Vinho Rui Neves Lisboa, 21 de Junho de 2011 Índice Introdução... 3 Caracterização da Base de Dados... 4 Recolha e validação

Leia mais

Portaria n.º 827/2005, de 14 de Setembro Estabelece as condições de venda de medicamentos não sujeitos a receita médica (MNSRM)

Portaria n.º 827/2005, de 14 de Setembro Estabelece as condições de venda de medicamentos não sujeitos a receita médica (MNSRM) Estabelece as condições de venda de medicamentos não sujeitos a receita médica (MNSRM) O Decreto-Lei n.º 134/2005, de 16 de Agosto, que permite a venda de medicamentos não sujeitos a receita médica (MNSRM)

Leia mais

COMISSÃO MINISTERIAL DE COORDENAÇÃO DO PROGRAMA OPERACIONAL POTENCIAL HUMANO

COMISSÃO MINISTERIAL DE COORDENAÇÃO DO PROGRAMA OPERACIONAL POTENCIAL HUMANO Despacho Considerando que os regulamentos específicos do Programa Operacional Potencial Humano (POPH) são aprovados pela respectiva Comissão Ministerial de Coordenação, nos termos do n.º 5 do artigo 30º

Leia mais

UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR Departamento de Gestão e Economia

UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR Departamento de Gestão e Economia UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR Departamento de Gestão e Economia REGULAMENTO DO 2º CICLO DE ESTUDOS CONDUCENTES AO GRAU DE MESTRE EM MARKETING Artigo 1.º Criação A Universidade da Beira Interior, através

Leia mais

1) São atividades próprias das agências de viagem e turismo: e) A recepção, transferência e assistência a turistas.

1) São atividades próprias das agências de viagem e turismo: e) A recepção, transferência e assistência a turistas. O conteúdo informativo disponibilizado pela presente ficha não substitui a consulta dos diplomas legais referenciados e da entidade licenciadora. FUNCHAL CAE 79110 AGÊNCIAS DE VIAGENS ÂMBITO: São agências

Leia mais

PROGRAMA RESPONSABILIDADE SOCIAL EDUCAÇÃO. Regulamento do Programa de Bolsas de Educação. Introdução

PROGRAMA RESPONSABILIDADE SOCIAL EDUCAÇÃO. Regulamento do Programa de Bolsas de Educação. Introdução PROGRAMA RESPONSABILIDADE SOCIAL EDUCAÇÃO Regulamento do Programa de Bolsas de Educação Introdução Considerando a importância e oportunidade do Programa de Responsabilidade Social do Comité Olímpico de

Leia mais

Acção de Formação Contabilidade Geral - Primavera v8

Acção de Formação Contabilidade Geral - Primavera v8 Acção de Formação Contabilidade Geral - Primavera v8 MoreData, Sistemas de Informação Campo Grande 28, 10º E 1700-093 Lisboa 213520171 info@moredata.pt Índice de Conteúdos Introdução...3 Sobre o Curso...4

Leia mais

Normas de Funcionamento do Banco Local de Voluntariado de Sines

Normas de Funcionamento do Banco Local de Voluntariado de Sines Normas de Funcionamento do Banco Local de Voluntariado de Sines Preâmbulo O Decreto-Lei n.º 389/99, de 30 de Setembro, no art. 21º, atribui ao Conselho Nacional para a Promoção do Voluntariado (CNPV) competências

Leia mais

B-Bruxelas: Estudo sobre a situação do mercado de encomendas da UE, com especial ênfase no comércio electrónico 2012/S 99-163950. Anúncio de concurso

B-Bruxelas: Estudo sobre a situação do mercado de encomendas da UE, com especial ênfase no comércio electrónico 2012/S 99-163950. Anúncio de concurso 1/5 O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:163950-2012:text:pt:html B-Bruxelas: Estudo sobre a situação do mercado de encomendas da UE, com especial ênfase no comércio

Leia mais

Lista de Funcionalidades

Lista de Funcionalidades O que é o? É uma plataforma on-line que permite a gerir campanhas de angariação de fãs no facebook recorrendo à utilização de passatempos e sondagens. Com esta plataforma poderá criar os passatempos e/ou

Leia mais

TRANSFORMA A TUA IDEIA NUM SUCESSO EMPRESARIAL 4 OUTUBRO A 29 DE NOVEMBRO. www.ulisboa.pt

TRANSFORMA A TUA IDEIA NUM SUCESSO EMPRESARIAL 4 OUTUBRO A 29 DE NOVEMBRO. www.ulisboa.pt TRANSFORMA A TUA IDEIA NUM SUCESSO EMPRESARIAL 4 OUTUBRO A 29 DE NOVEMBRO www.ulisboa.pt Para todos os que querem descobrir como transformar uma ideia na área da saúde e bem-estar numa empresa real e precisam

Leia mais

REGULAMENTO. 1. ORGANIZAÇÃO A Marginal à Noite é uma prova de corrida a pé, organizada pela Câmara Municipal de Oeiras.

REGULAMENTO. 1. ORGANIZAÇÃO A Marginal à Noite é uma prova de corrida a pé, organizada pela Câmara Municipal de Oeiras. REGULAMENTO 1. ORGANIZAÇÃO A Marginal à Noite é uma prova de corrida a pé, organizada pela Câmara Municipal de Oeiras. 2. DATA / HORA / DISTÂNCIA / LOCAL Dia 13 de Junho, às 21h30, numa distância de 8km,

Leia mais

REGULAMENTO DE OCUPAÇÃO MUNICIPAL TEMPORÁRIA DE JOVENS

REGULAMENTO DE OCUPAÇÃO MUNICIPAL TEMPORÁRIA DE JOVENS REGULAMENTO DE OCUPAÇÃO MUNICIPAL TEMPORÁRIA DE JOVENS REGULAMENTO Artigo 1.º Objecto 1 O programa de ocupação municipal temporária de jovens, adiante abreviadamente designado por OMTJ, visa a ocupação

Leia mais

Data de Entrada das Inscrições Artigo 2º Para efeitos de estabelecer a ordem de entrada da Inscrição, considera-se a data do envio do e-mail.

Data de Entrada das Inscrições Artigo 2º Para efeitos de estabelecer a ordem de entrada da Inscrição, considera-se a data do envio do e-mail. Regulamento para Inscrições Carnaval na Neve 10 Preâmbulo Este regulamento visa estabelecer os critérios de inscrição (Carnaval na Neve), nomeadamente em relação aos pagamentos, devoluções, cheques, entrada

Leia mais

Criação e Desenvolvimento de Novos Negócios no Sector Agro-Alimentar

Criação e Desenvolvimento de Novos Negócios no Sector Agro-Alimentar Curso de Formação Avançada Criação e Desenvolvimento de Novos Negócios no Sector Agro-Alimentar Em colaboração com 9 de Maio a 21 de Junho de 2008 Instituto Superior de Agronomia / Universidade Técnica

Leia mais

DOCUMENTO DE APOIO À APRESENTAÇÃO DE PEDIDOS DE PAGAMENTO E DE ADIANTAMENTO

DOCUMENTO DE APOIO À APRESENTAÇÃO DE PEDIDOS DE PAGAMENTO E DE ADIANTAMENTO DOCUMENTODEAPOIOÀ APRESENTAÇÃODEPEDIDOSDE PAGAMENTOEDEADIANTAMENTO INTRODUÇÃO O presente documento tem como objectivo apoiar os beneficiários na apresentação de pedidosdepagamentoedeadiantamento. CONCEITOS

Leia mais

REGULAMENTO DO CONTROLO DE QUALIDADE DA ORDEM DOS REVISORES OFICIAIS DE CONTAS. (Artigo 68.º do Decreto-Lei n.º 487/99, de 16 de Novembro)

REGULAMENTO DO CONTROLO DE QUALIDADE DA ORDEM DOS REVISORES OFICIAIS DE CONTAS. (Artigo 68.º do Decreto-Lei n.º 487/99, de 16 de Novembro) REGULAMENTO DO CONTROLO DE QUALIDADE DA ORDEM DOS REVISORES OFICIAIS DE CONTAS (Artigo 68.º do Decreto-Lei n.º 487/99, de 16 de Novembro) CAPÍTULO I Objectivos e caracterização do controlo de qualidade

Leia mais

EIXO PRIORITÁRIO VI ASSISTÊNCIA TÉCNICA

EIXO PRIORITÁRIO VI ASSISTÊNCIA TÉCNICA EIXO PRIORITÁRIO VI ASSISTÊNCIA TÉCNICA Convite Público à Apresentação de Candidatura no Domínio da Assistência Técnica aos Organismos Intermédios Eixo Prioritário VI - Assistência Técnica Convite para

Leia mais

O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:173161-2015:text:pt:html

O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:173161-2015:text:pt:html 1/5 O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:173161-2015:text:pt:html Portugal-Lisboa: Canal de aquisição para computadores híbridos 2 em 1, leves e para utilização

Leia mais

MONSTRA 2016 Festival de Animação de Lisboa Competição de Longas, Curtas e Séries de TV, Curtas Monstrinha, Curtas de Estudantes e Curtíssimas

MONSTRA 2016 Festival de Animação de Lisboa Competição de Longas, Curtas e Séries de TV, Curtas Monstrinha, Curtas de Estudantes e Curtíssimas MONSTRA 2016 Festival de Animação de Lisboa Competição de Longas, Curtas e Séries de TV, Curtas Monstrinha, Curtas de Estudantes e Curtíssimas REGULAMENTO Apresentação A MONSTRA Festival de Animação de

Leia mais

As Mesas Redondas compostas por oradores convidados de modo a promover o debate nos seguintes domínios:

As Mesas Redondas compostas por oradores convidados de modo a promover o debate nos seguintes domínios: Objectivo: O Congresso de Inovação na Construção Sustentável (CINCOS 12), é um evento organizado pela Plataforma para a Construção Sustentável, reconhecida pelo QREN como entidade gestora do cluster Habitat

Leia mais

PROPOSTA DE VALOR PARA MEMBROS DA ORDEM DOS ADVOGADOS CONDIÇÕES

PROPOSTA DE VALOR PARA MEMBROS DA ORDEM DOS ADVOGADOS CONDIÇÕES PROPOSTA DE VALOR PARA MEMBROS DA ORDEM DOS ADVOGADOS CONDIÇÕES Cartão Ordem dos Advogados Um cartão de crédito PERSONALIZADO E DIFERENCIADOR com vantagens únicas para a classe profissional COMPRE AGORA

Leia mais

ASSINATURA DE 18 MESES DO PÚBLICO DIGITAL - OFERTA DE VOO À EUROPA

ASSINATURA DE 18 MESES DO PÚBLICO DIGITAL - OFERTA DE VOO À EUROPA ASSINATURA DE 18 MESES DO PÚBLICO DIGITAL - OFERTA DE VOO À EUROPA O Público efectuou uma parceria com a TLC Marketing, a entidade responsável pela gestão da oferta de voos ao abrigo da campanha de assinaturas

Leia mais

PARCEIROS Modelo de Negócio

PARCEIROS Modelo de Negócio PARCEIROS Modelo de Negócio YouBIZ Telecom O YouBIZ Telecom é um negócio da empresa YouBIZ, parceira da. Somos uma empresa líder no canal de Marketing de Rede, com uma quota de mercado superior a 85%.

Leia mais

REGULAMENTO INTERNO DE FUNCIONAMENTO DO BANCO LOCAL DE VOLUNTARIADO DE CAMINHA

REGULAMENTO INTERNO DE FUNCIONAMENTO DO BANCO LOCAL DE VOLUNTARIADO DE CAMINHA REGULAMENTO INTERNO DE FUNCIONAMENTO DO BANCO LOCAL DE VOLUNTARIADO DE CAMINHA PREÂMBULO O Decreto-Lei n.º 389/99, de 30 de Setembro, no art. 21, atribui ao Conselho Nacional para a Promoção do Voluntariado

Leia mais