Mateus Affonso Bandeira MBA - Wharton Class 2004

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Mateus Affonso Bandeira MBA - Wharton Class 2004"

Transcrição

1 Mateus Affonso Bandeira MBA - Wharton Class ) Conte-me sobre sua formação acadêmica. Sou formado em Informática pela Universidade Católica de Pelotas (1989), sem nenhum destaque do ponto de vista acadêmico. Menciono isso porque, embora este aspecto seja um fator importante na avaliação dos candidatos ao MBA, a performance acadêmica não é necessariamente determinante - uma performance baixa pode ser compensada por outros pontos positivos. Fiz, também, duas pós-graduações, uma em Finanças Corporativas pela FGV -1995/1996 (4º /34) e outra em Gestão de Sistemas de Informação pela UFRGS -1998/1999 (5º/24). 02.) Você participou de alguma atividade extracurricular? Não exatamente. Até ingressar na faculdade eu praticava esportes. Treinei natação por 8 anos e Karatê por outros 8. Na faculdade não sobrou muito tempo, já que eu estudava à noite e trabalhava durante o dia, e no ano de 1998, estive no Exército (NPOR). 03.) O que você fez profissionalmente antes de entrar em Wharton? Trabalhei por um ano na Josapar (arroz Tio João) como programador/ analista de suporte, desempenhando atividades essencialmente de suporte técnico em sistemas operacionais Unix. Na seqüência, trabalhei por quase um ano na Cia Iochpe de Participações em Porto Alegre (naquela época, a holding do grupo Iochpe) como Analista de Sistemas e, em seguida, por aproximadamente dois anos e meio, na Iochpe-Maxion, em São Paulo, como supervisor de informática. Nesse período, atuei no desenvolvimento e na manutenção de sistemas de informação. Naquela época, em , tive oportunidade de participar ativamente do processo de downsizing da arquitetura de informática do Grupo e fui responsável pelo projeto e pela implantação das primeiras redes de microcomputadores da companhia. Em 1992, como supervisor de informática, liderei um projeto para automação da rede de comunicação da Unidade de Exportação do grupo. A maioria dos sistemas de informação era ainda baseada em mainframe e a computação pessoal nas empresas estava apenas começando. Em junho de 1993, fiz uma mudança radical e fui trabalhar na Administração Pública, após ter sido aprovado em um concurso para Auditor de Finanças Públicas da Secretaria da Fazenda do Rio Grande do Sul. Atuei em diversas áreas da Secretaria da Fazenda:na arrecadação de tributos estaduais,no gerenciamento de dívida tributária, em estimativas fiscais, no monitoramento da arrecadação e no planejamento financeiro. Mas com o background em sistemas de informação, logo acabei ajudando a organizar uma área de informática e gerenciei uma divisão de Sistemas de Informação no Departamento da Despesa Pública. Depois, ajudei na criação de uma área corporativa de TI para a Secretaria, onde fiquei até o final de 1998 liderando a Divisão de Planejamento de TI e Terceirização. Em 1999, fui convidado pelo presidente da Companhia Estadual de Energia Elétrica do RS (CEEE) para assessorá-lo na reorganização da área de TI da empresa, onde liderei o processo de revisão do modelo de outsourcing de TI, ajudando a internalizar funções que a diretoria da empresa considerava estratégicas e inerentes ao negócio de energia. Ainda na CEEE, liderei o processo de avaliação de oportunidades de negócio em telecomunicações para a empresa, que já possuía grande tradição na operação e na gerência de sistemas de Telecom para o atendimento de suas necessidades corporativas (operação do sistema elétrico). Gerenciei um projeto para implantação de uma unidade de negócios em Telecom, aproveitando a malha elétrica de mais de cinco mil quilômetros de linhas de transmissão e a rede de distribuição de energia, para a construção de uma rede ótica de longa distância. Assim, de meados de 1999 até abril de 2002, atuei no desenvolvimento de negócios de telecom, na formação de alianças com outras empresas de telecom, na avaliação de business cases e na renegociação de todos os contratos de pole attatchment com as operadoras de telecomunicações.

2 04.) Como foi sua preparação para o GMAT e TOEFL? Era bem cansativo porque eu morava em Porto Alegre e viajava muito naquela época, então tentava organizar minhas viagens de modo que pudesse estar em São Paulo nos dias de aula. Mas fora as aulas, sobravam apenas os finais de semana para estudar. O meu primeiro GMAT foi em julho e consegui apenas 640-Q49-V27. Estudei por mais um mês para o verbal (e muito pouco matemática) e fiz novamente a prova. Dessa fez aumentei a nota do verbal, mas piorei no quantitative, e fiquei novamente com 640-Q46-V34. Embora tivesse muitas recomendações para fazer a prova novamente, já que vinha fazendo 700+ nos mocks, decidi aplicar assim mesmo, acreditando que a minha experiência profissional pudesse compensar esse aspecto do GMAT no processo de seleção. No final, a minha nota foi a mais baixa entre os brasileiros aprovados para a classe de Já o TOEFL foi tranqüilo, fiz a prova depois do último GMAT e não estudei nada adicional e minha nota foi ) Quando e em que circunstância surgiu a idéia de um MBA? Eu já havia feito duas pós-graduações. Quando fiz Finanças na FGV, muita gente já falava em MBA. Em 1998, fiz também um curso de aperfeiçoamento na Itália de quase 4 meses, do Instituto de Reconstrução Industrial (IRI), a antiga holding das estatais do governo italiano. Era um programa de cooperação internacional baseado em seminários, palestras sobre o modelo da União Européia, discussão de cases e minicursos; a turma tinha profissionais de dezesseis países diferentes e background profissional variado, o que enriquecia as discussões. A partir dali eu passei a pensar mais seriamente na idéia de estudar no exterior em uma escola de primeira linha, aliando o componente acadêmico à oportunidade de desenvolver uma visão internacional. Em 2000, em uma viagem de férias, passei um mês em Boston estudando inglês, e aproveitei para visitar Harvard e MIT. Conversei também com um amigo que havia feito MBA no MIT, e ele me incentivou bastante. 06.) Como é visto no Governo um funcionário com um MBA? Na administração pública um MBA é raro. No Rio Grande do Sul, até onde eu sei, ninguém do setor público fez um MBA no exterior. Ainda não existe muito incentivo para cursos desse tipo. O que acontece, quando acontece, são iniciativas individuais e isoladas, que em algumas situações têm o apoio do governo. No meu caso, quando decidi tentar o MBA, ainda trabalhava na CEEE. Conversei com o presidente da empresa, a quem eu assessorava, e ele me deu todo o apoio possível. Entretanto, como sou funcionário da Secretaria da Fazenda e estava licenciado pelo governo para trabalhar lá, foi necessária uma autorização do governador licenciando-me novamente por dois anos para realizar o curso e retornar para o governo do estado. Embora o MBA não seja algo necessário, talvez sequer valorizado em algumas instâncias do governo, acredito que a experiência e os conhecimentos adquiridos durante o curso devam criar novas oportunidades profissionais, como também ajudar a desenvolver uma visão mais empreendedora na Administração Pública. Mas, de fato, isso representa um investimento altíssimo e de risco, já que o governo não paga as despesas do curso. 07.) Como foi a escolha das escolas para as quais você aplicou? Procurei entender o perfil de cada uma das escolas de maior prestígio nos Estados Unidos. Na Europa, pesquisei apenas Insead e LBS. Queria uma escola bem posicionada nos rankings, com boa reputação no Brasil (pois eu sabia que não ficaria no exterior), forte em finanças, com boa oferta de eletivas em Public Policy e que valorizasse a diversidade de background, já que a maior parte da minha experiência profissional é no governo. Reunindo esses critérios, a minha primeira opção era Wharton; na Europa, Insead. 08.) Para quais escolas você aplicou? Apliquei apenas para Wharton, MIT e Harvard. Eu ainda tinha o processo de application quase pronto para Insead e Berkeley, mas suspendi tudo, assim que fui admitido em Wharton.

3 09.) Como foram as entrevistas? Câmpus ou não: há diferença? Na minha opinião não há diferença entre ser entrevistado no câmpus ou em São Paulo, por exemplo. Talvez um candidato consiga demonstrar interesse genuíno na escola indo até o câmpus, mas acho que a performance na entrevista é o que realmente conta. Minha entrevista para Wharton foi em São Paulo. Foi bem tranqüila (na primeira semana de janeiro de 2002) e não teve nada muito diferente daquelas perguntas clássicas que a gente encontra nos livros de orientação para MBA. Uma ou outra pergunta um tanto inusitada, mas sem muitas surpresas em relação a como eu já imaginava que seria. 10.) Qual é seu projeto pós-mba? Em um primeiro momento, vou retornar para o Governo do Estado do Rio Grande do Sul, em princípio na Secretaria da Fazenda. O Rio Grande do Sul, como todos os outros estados brasileiros, passa por uma situação crítica de déficit estrutural nas finanças públicas, com dificuldade para realizar os investimentos que a sociedade espera. E tempo de crise é sempre tempo de oportunidade. Nesse ambiente, as mudanças necessárias são sempre mais palatáveis, porque todos sabem que algo precisa ser feito. Como os governos têm um ciclo de quatro anos, existe um fator positivo que é o desejo de os agentes políticos implementarem projetos de mudanças de curto e médio prazos, o que cria uma série de oportunidades para projetos interessantes. E na Administração Pública ainda existe muito espaço para projetos de redução de custos e melhoria de eficiência. Outra área do governo pela qual tenho particular interesse é a de investimentos. A experiência de um MBA e o networking fantástico que fazemos aqui me qualificam bastante para contribuir com esse tipo de iniciativa, podendo agregar muito na identificação de investidores potenciais, na avaliação de investimentos e nos resultados para o Estado. Acho que posso, também, de alguma forma, gerar um efeito multiplicador, estimulando outras pessoas a buscarem alternativas para o aperfeiçoamento profissional. 11.) Wharton é ideal para que perfil de candidato? Embora Wharton seja reconhecida como uma escola forte em Finanças, acho que o seu maior diferencial é o perfil de escola internacional, que valoriza bastante a diversidade como componente essencial na formação das turmas de MBA. Aproximadamente 40% da turma é formada por estudantes internacionais. Boa parte dos alunos foge do padrão banco de investimento/consultoria. Há diferentes perfis da indústria (marketing, finanças, operações), empreendedores e até médicos ah, e até gente do governo! Alunos com diferentes formações culturais, acadêmicas e profissionais, o que certamente ajuda a criar um ambiente rico para o aprendizado. 12.) Que imagem você tentou passar no seu application para Wharton? A minha estratégia foi justamente me apresentar como profissional, com perfil completamente diferente da grande massa de candidatos. Dei ênfase à minha experiência de treze anos e meio, distribuída entre os setores público (nove anos) e privado ( quatro anos e meio). Em vez de passar a idéia de potencial futuro, procurei falar mais daquilo que já havia feito, da progressão rápida que tive no início da carreira, quando ainda trabalhava com TI, da transição para a Administração Pública e de todos os projetos de impacto/modernização nos quais me envolvi. A ênfase maior foi sobre os últimos três anos, quando estive na CEEE assessorando o presidente da companhia e liderando a implementação de uma unidade de negócios em telecomunicações. 13.) Sobre as aulas: case ou lecture? Competitivo ou cooperativo? Como se dar bem? Acho que depende muito do perfil e dos objetivos de cada aluno. O sistema de aprendizado em Wharton combina lecture e cases; e em muitas disciplinas há os famosos cold-calls. Além disso, boa parte das disciplinas tem um componente da nota (em algumas 30%) que é dado em função da participação em aula. Os brasileiros não têm essa cultura de falar em aula e,

4 geralmente, boa parte dos internacionais fica em desvantagem, pois não têm a mesma eloqüência que os americanos falando na sua língua nativa (ainda que algumas vezes com pouco conteúdo...). Para aqueles que querem se dar bem, a dica é chegar com um bom inglês. Eu particularmente acho o sistema um tanto injusto (com os internacionais) e ineficiente, pois força boa parte dos alunos, aqueles que dão maior importância para as notas, a disputar air time na aula, e nem sempre os comentários acrescentam valor às discussões. As participações espontâneas, na minha opinião, seriam bem mais interessantes. Por outro lado, com certeza, o ambiente de Wharton é de muito mais de cooperação do que de competição. Os alunos colaboram bastante, distribuem resumos dos casos de aula, se dividem para a leitura dos textos e inclusive se ajudam no período de entrevistas para o summer-job, com os alunos do segundo ano se voluntariando para fazer mock interviews com o pessoal do primeiro. Enfim, nesse aspecto, percebo o ambiente de Wharton como extremamente positivo. 14.) Fale um pouco sobre um "pequeno detalhe": dinheiro!! Wharton tem o CitiLoan, que é um acordo com o Citibank para o financiamento dos alunos internacionais, na qual a escola atua como co-signer. A taxa de juros no nosso foi fixada em Prime + 0.5% mas eu sei que este ano a taxa subiu para Prime + 3%, por conta da inadimplência. O prazo para pagamento pode chegar a quinze anos, começando seis meses após o término do curso. O financiamento é limitado ao orçamento da escola, por volta de $58,000 por ano, que na realidade fica um pouco abaixo do que realmente se gasta. O meu orçamento está estimado em $150,000 para os dois anos e eu estou bem abaixo da média de gastos dos brasileiros casados. Mas claro que o orçamento depende muito do nível de sofisticação que cada um está disposto a bancar, do tipo de lazer que espera ter, do conforto que pretende preservar, etc. Para os solteiros, acho que o orçamento mínimo deva ser por volta de $120,000, mas para quem for morar em Center City isso já sobe um pouco. 15.) Onde você fará o seu summer-job? Este ano talvez tenha sido um dos piores para o summer-job. Pelo que sei, após a semana de entrevistas (DIP-week), menos de 30% da escola tinha oferta. Felizmente acho que todos os brasileiros conseguiram colocações. Eu vou fazer meu summer-job no Brasil, dividido em 3 períodos de quatro semanas cada, em uma empresa de private-equity e duas empresas do seu portfólio. 16.) Como é o dia-a-dia de um MBA em Wharton? O dia-a-dia fora da escola depende muito do período do MBA. Durante o primeiro semestre, existe uma carga muita intensa de estudos e praticamente não sobra muito tempo livre. No segundo semestre já fica mais tranqüilo, enquanto que o segundo ano, assim espero, permite relaxar um pouco mais. Eu acho importante você, de alguma forma, manter um ritmo de vida que inclua outras atividades, isso ajuda a evitar o estresse do primeiro período. Por isso, a escolha da moradia se torna também super importante. Se você mora perto dos brasileiros, certamente a sua convivência será maior com eles e as chances de você estabelecer grandes amizades também será muito maior. Por mais que se relacione com os demais alunos, os nossos laços culturais são muito fortes e as turmas de brasileiros costumam ser bem unidas. Então essa convivência se torna parte da sua experiência aqui e fator fundamental para que o seu dia-a-dia seja bem mais agradável. 17.) Wharton, alguma decepção? Não exatamente. Mas eu não esperava chegar aqui e, antes mesmo de começar a aprender alguma coisa, descobrir que, desde o primeiro dia, a grande maioria já esta fazendo o seu job search. Ainda no pre-term, antes do início do ano acadêmico, já começam as visitas e as apresentações de empresas. Aí você percebe aquela abordagem característica dos alunos, que imagino seja igual em todas as escolas, onde muitos tentam fazer perguntas para parecer inteligentes ou para serem lembrados, e logo depois escrevem s de follow-up para demonstrar o seu interesse pela empresa, na tentativa de assegurar uma vaga para entrevista. Chega a ser ridículo, e realmente esperava um pouco mais de maturidade nesse processo,

5 assim como esperava também outra abordagem dos recrutadores. Mas isso é inerente ao MBA, e não específico de Wharton. 18.) Quais seriam suas sugestões para quem está fazendo seu application? Uma dica para aqueles que têm boa experiência profissional: considere realmente os programas de um ano, como o de Insead e o Sloan Fellows do MIT, como alternativas interessantes. Se eu fosse começar novamente estaria muito inclinado por esses programas. Sobre a preparação para as provas, recomendo procurar a ajuda de um bom profissional, o investimento que você faz tem retorno garantido e poupa muito do seu tempo. Você se organiza melhor e tem uma boa idéia do seu progresso e do desempenho que pode esperar na prova. 19.) Alguma outra consideração sobre o MBA em si. Os MBAs continuam sendo uma formação essencial para algumas posições, embora já não ofereçam aquela alternativa infalível para quem deseja mudar radicalmente a carreira. Muito disso é resultado do final da era de ouro da Internet, que impulsionava as contratações de MBAs para as start-ups, consultorias e bancos de investimento. Quem pensava em um MBA como forma de migrar para essas oportunidades de carreira, com salários e pacotes de benefícios sensacionais, precisa repensar o processo. Eu continuo percebendo o MBA como um projeto de retorno no longo prazo, uma experiência gratificante que nos permite desenvolver uma visão internacional, estabelecer um networking fantástico, adquirir novos conhecimentos e aperfeiçoar determinadas habilidades. O aprendizado pela experiência de vida no exterior também é algo essencial, o que acaba tornando o MBA aqui fora incomparável com qualquer dos MBAs realizados no Brasil. 20.) Mateus, você conseguiu o financiamento da Fundação Estudar. Vamos tentar entender esse processo... i.) Quando você aplicou para a Fundação Estudar (FE) você já tinha sido admitido em Wharton. Você pode aplicar com aprovação em uma certa escola e deixar claro que você ainda vai receber respostas ao longo do ano? Imagine que você só entrou em Ucla até fevereiro, mas que em maio você receba aprovação de Wharton... Sim. Um dos requisitos para você se candidatar a bolsa da Fundação Estudar é ter sido aprovado para o MBA em uma escola de primeira linha. A partir da primeira aprovação você já pode aplicar e, caso seja aprovado em outra escola que seja sua primeira opção, você pode informar a Fundação durante o processo de seleção. Se você for aprovado em mais de uma escola, acredito que também seja interessante salientar, pois você mostra a consistência do seu application. A minha intuição diz que talvez isso ainda reforce a sua candidatura pela bolsa. ii.) Como você se vendeu nesse application para a Fundação? Qual foi o seu diferencial? Da mesma forma que no application para o MBA, eu contei a mesma história, que é exatamente o meu projeto de carreira. Aliás, essa coerência é necessária, pois você precisa enviar cópia dos seus essays. O único aspecto adicional que enfatizei ainda mais foi a minha experiência e background de Governo, bem como meu compromisso em voltar para a Administração Pública, criando uma nova frente para divulgar os ideais da Fundação. Claramente, esse foi, para mim, um diferencial positivo em relação aos demais candidatos. iii.) Dizem que é importante demonstrar que você tem interesses reais de voltar ao Brasil. Comente. Eu acredito que seja fundamental, já que o principal objetivo da Fundação Estudar é facilitar o financiamento do estudo de jovens brasileiros em escolas de business de

6 primeira linha no exterior, com o intuito de colaborar para a formação de uma nova elite empreendedora no Brasil. Se a pessoa não pretende voltar para o Brasil, claramente não pode estar alinhada com esses objetivos. iv.) Se você tiver o resultado positivo de, por exemplo, Wharton ou se você tiver de Harvard, você deve encarar o processo de uma forma diferente? Existe preferência entre as TOP- 10 para os entrevistadores? Imagino que não exista esse tipo de preferência. Em 2002, a Fundação Estudar selecionou sete novos bolsistas entre os candidatos que se apresentaram, cada um deles tendo sido admitido para diferentes escolas, inclusive fora das Top -10. v.) Quantas entrevistas? Como foram? Qual o estilo delas? Em 2002, o processo havia sido aperfeiçoado e no total foram cinco entrevistas. A primeira logo após o application, com a superintendente e uma equipe da Fundação.Essa entrevista é individual. Na seqüência tivemos uma dinâmica de grupo. Depois, uma nova entrevista individual, dessa vez com um ex-bolsista. Há ainda uma entrevista do tipo psicotécnico. Depois dessa fase, apenas alguns candidatos chegam a etapa final, que é a entrevista com os conselheiros da Fundação. Essa entrevista também é em grupo e com vários entrevistadores. vi.) Quais são os termos desse financiamento? As bolsas são negociadas individualmente com cada bolsista. O valor estabelecido em Dólar é convertido em Real na época do pagamento, que acontece em duas parcelas, uma a cada ano. Um dos compromissos é o retorno do valor recebido, na forma de doação, para a Fundação. Esse compromisso é importante porque estabelece a sua co-responsabilidade com o estudo dos próximos bolsistas. Após o final do curso, você inicia as doações à Fundação, estabelecidas previamente na base de 10% do seu salário, até a devolução total do valor recebido. vii.) Por que o financiamento pela FE seria melhor do que o loan pela própria escola? A bolsa da Fundação por definição é parcial, e portanto não vai substituir todo o financiamento garantido pelo Loan da escola. Ela pode ser importante na redução do seu endividamento, na medida em que a condição de reembolso parece ser bem mais vantajosa. Não há incidência de juros no reembolso da bolsa, apenas correção monetária pela variação cambial. Mas o mais importante na bolsa da Fundação Estudar não é apenas o aspecto financeiro, mas sim o fato de que ela te proporciona um networking adicional, às vezes mais interessante do que o da sua própria escola de MBA, pois te permite interagir com pessoas que têm experiências relevantes nos mais variados segmentos da economia brasileira.

AUTORAS ROSANGELA SOUZA

AUTORAS ROSANGELA SOUZA AUTORAS ROSANGELA SOUZA Especialista em Gestão Empresarial com MBA pela FGV e Professora de Estratégia na Pós-Graduação da FGV. Desenvolveu projetos acadêmicos sobre segmento de idiomas, planejamento estratégico

Leia mais

CBA PERFIL DO ALUNO. Certification in Business Administration

CBA PERFIL DO ALUNO. Certification in Business Administration CBA Pós - Graduação QUEM SOMOS PARA PESSOAS QUE TÊM COMO OBJETIVO DE VIDA ATUAR LOCAL E GLOBALMENTE, SER EMPREENDEDORAS, CONECTADAS E BEM POSICIONADAS NO MERCADO, PROPORCIONAMOS UMA FORMAÇÃO DE EXCELÊNCIA,

Leia mais

PESQUISA DIAGNÓSTICA - SISTEMATIZAÇÃO. - Sim, estou gostando dessa organização sim, porque a gente aprende mais com organização das aulas.

PESQUISA DIAGNÓSTICA - SISTEMATIZAÇÃO. - Sim, estou gostando dessa organização sim, porque a gente aprende mais com organização das aulas. ESCOLA MUNICIPAL BUENA VISTA Goiânia, 19 de junho de 2013. - Turma: Mestre de Obras e Operador de computador - 62 alunos 33 responderam ao questionário Orientador-formador: Marilurdes Santos de Oliveira

Leia mais

Go for Bolsas de Estudos & Mobilidade Internacional. www.gforit.org. it!

Go for Bolsas de Estudos & Mobilidade Internacional. www.gforit.org. it! Go for Bolsas de Estudos & Mobilidade Internacional www.gforit.org it! Discover the world. Os primeiros passos para estudar no exterior. Pesquisa e planejamento são cruciais para o sucesso de uma candidatura.

Leia mais

Programa Avançado de Desenvolvimento de Talentos!

Programa Avançado de Desenvolvimento de Talentos! Programa Avançado de Desenvolvimento de Talentos! CENÁRIO ATUAL - Crescimento exponencial da Telmex e América Móvil na América Latina; - Foco das atenções no Brasil. A Embratel será, em breve, responsável

Leia mais

Para Salman Khan ensino requer menos academia e mais prática

Para Salman Khan ensino requer menos academia e mais prática Para Salman Khan ensino requer menos academia e mais prática O americano Salman Khan, de 38 anos, é hoje a figura mais influente do mundo em tecnologia da educação. Ex-analista de fundo de hedge, ele criou,

Leia mais

MBA IBMEC 30 anos. No Ibmec, proporcionamos a nossos alunos uma experiência singular de aprendizado. Aqui você encontra:

MBA IBMEC 30 anos. No Ibmec, proporcionamos a nossos alunos uma experiência singular de aprendizado. Aqui você encontra: MBA Pós - Graduação QUEM SOMOS Para pessoas que têm como objetivo de vida atuar local e globalmente, ser empreendedoras, conectadas e bem posicionadas no mercado, proporcionamos uma formação de excelência,

Leia mais

CBA. Comércio Internacional PÚBLICO-ALVO COMPLEMENTAÇÃO ACADÊMICA MATERIAL DIDÁTICO. Internacional. Comércio

CBA. Comércio Internacional PÚBLICO-ALVO COMPLEMENTAÇÃO ACADÊMICA MATERIAL DIDÁTICO. Internacional. Comércio CBA Comércio Internacional Comércio Internacional A intensidade das relações comerciais e produtivas das empresas no atual contexto econômico tem exigido das empresas um melhor entendimento da complexidade

Leia mais

Onde você vai encontrar as suas futuras iniciadas?????

Onde você vai encontrar as suas futuras iniciadas????? Há 16 anos quando entrou na MK, a consagrada Diretora Nacional, Gloria Mayfield, não sabia como chegar ao topo, hoje ela dá o seguinte conselho. As lições que eu aprendi na Mary Kay para me tornar uma

Leia mais

Você já teve a experiência de enviar um email e, em pouco tempo, ver pedidos de orçamento e vendas sendo concretizadas?

Você já teve a experiência de enviar um email e, em pouco tempo, ver pedidos de orçamento e vendas sendo concretizadas? 2 Você já teve a experiência de enviar um email e, em pouco tempo, ver pedidos de orçamento e vendas sendo concretizadas? É SOBRE ISSO QUE VOU FALAR NESTE TEXTO. A maioria das empresas e profissionais

Leia mais

Freelapro. Título: Como o Freelancer pode transformar a sua especialidade em um produto digital ganhando assim escala e ganhando mais tempo

Freelapro. Título: Como o Freelancer pode transformar a sua especialidade em um produto digital ganhando assim escala e ganhando mais tempo Palestrante: Pedro Quintanilha Freelapro Título: Como o Freelancer pode transformar a sua especialidade em um produto digital ganhando assim escala e ganhando mais tempo Quem sou eu? Eu me tornei um freelancer

Leia mais

O Ponto entrevista Letícia Odorizi, aprovada em 1º lugar para ATRFB!

O Ponto entrevista Letícia Odorizi, aprovada em 1º lugar para ATRFB! O Ponto entrevista Letícia Odorizi, aprovada em 1º lugar para ATRFB! A história da Letícia Odorizi, aprovada em 1º lugar para Analista Tributário da Receita Federal do Brasil, é mais uma das histórias

Leia mais

PERSONAL SHOPPER MARY KAY

PERSONAL SHOPPER MARY KAY PERSONAL SHOPPER MARY KAY O QUE É? Personal shopping é uma ocupação, na qual se ajuda alguém a fazer suas compras, dando conselhos e fazendo sugestões para os clientes. A personal shopper vai dar ao cliente

Leia mais

OSVALDO. Como também foi determinante a motivação e a indicação feita por um professor.

OSVALDO. Como também foi determinante a motivação e a indicação feita por um professor. OSVALDO Bom dia! Meu nome é Osvaldo, tenho 15 anos, sou de Santa Isabel SP (uma cidadezinha próxima à Guarulhos) e, com muito orgulho, sou bolsista ISMART! Ingressei no ISMART este ano e atualmente estou

Leia mais

Pesquisa realizada com os participantes do 12º Seminário Nacional de Gestão de Projetos. Apresentação

Pesquisa realizada com os participantes do 12º Seminário Nacional de Gestão de Projetos. Apresentação Pesquisa realizada com os participantes do de Apresentação O perfil do profissional de Projetos Pesquisa realizada durante o 12 Seminário Nacional de, ocorrido em 2009, traça um importante perfil do profissional

Leia mais

PORQUE O PRIMEIRO EMPREGO É DIFÍCIL?

PORQUE O PRIMEIRO EMPREGO É DIFÍCIL? PORQUE O PRIMEIRO EMPREGO É DIFÍCIL? Em épocas de vestibular, cerca de 1,8 milhão de jovens vão escolher uma profissão e dar arrepios no mercado, ou ficarem arrepiados, dando assim o primeiro empurrão

Leia mais

Teleconferência Novo Diretor-Presidente 15 de Junho de 2015

Teleconferência Novo Diretor-Presidente 15 de Junho de 2015 Operadora: Bom dia. Sejam bem-vindos à teleconferência da TOTVS. Estão presentes os senhores Laércio Cosentino, CEO e Membro do Conselho da Administração, Rodrigo Kede, Diretor-presidente, e Gilsomar Maia,

Leia mais

Meu foco de atuação nos últimos 10 anos foi à área de Integração de Sistemas e o meu objetivo principal é o segmento de Telecom.

Meu foco de atuação nos últimos 10 anos foi à área de Integração de Sistemas e o meu objetivo principal é o segmento de Telecom. MODELOS DE CARTAS Prezados Sr. (a), Sou um executivo com mais de 15 anos de experiência e sucesso na Direção de Unidade de Negócios, abrangendo áreas de Serviços de IT, Vendas e Marketing, em empresas

Leia mais

10 TÉCNICAS PARA GESTÃO COMERCIAL

10 TÉCNICAS PARA GESTÃO COMERCIAL 10 TÉCNICAS PARA GESTÃO COMERCIAL Os meses de dezembro e janeiro na maioria das empresas são marcados invariavelmente por atividades de planejamentos, orçamentos e metas para o ano novo. Para o próximo

Leia mais

Grasiela - Bom à gente pode começar a nossa conversa, você contando para a gente como funciona o sistema de saúde na Inglaterra?

Grasiela - Bom à gente pode começar a nossa conversa, você contando para a gente como funciona o sistema de saúde na Inglaterra? Rádio Web Saúde dos estudantes de Saúde Coletiva da UnB em parceria com Rádio Web Saúde da UFRGS em entrevista com: Sarah Donetto pesquisadora Inglesa falando sobre o NHS - National Health Service, Sistema

Leia mais

As cinco disciplinas

As cinco disciplinas As cinco disciplinas por Peter Senge HSM Management julho - agosto 1998 O especialista Peter Senge diz em entrevista exclusiva que os programas de aprendizado podem ser a única fonte sustentável de vantagem

Leia mais

CBA. Comércio Internacional PÚBLICO-ALVO COMPLEMENTAÇÃO ACADÊMICA MATERIAL DIDÁTICO. Internacional. Comércio

CBA. Comércio Internacional PÚBLICO-ALVO COMPLEMENTAÇÃO ACADÊMICA MATERIAL DIDÁTICO. Internacional. Comércio CBA Comércio Internacional Comércio Internacional A intensidade das relações comerciais e produtivas das empresas no atual contexto econômico tem exigido das empresas um melhor entendimento da complexidade

Leia mais

MBA EXECUTIVO ESTRATÉGIA, LIDERANÇA E INOVAÇÃO MANUAL DO CANDIDATO. Ingresso Agosto 2013 ESPM-SUL

MBA EXECUTIVO ESTRATÉGIA, LIDERANÇA E INOVAÇÃO MANUAL DO CANDIDATO. Ingresso Agosto 2013 ESPM-SUL MBA EXECUTIVO ESTRATÉGIA, LIDERANÇA E INOVAÇÃO MANUAL DO CANDIDATO Ingresso Agosto 2013 ESPM-SUL Rua Guilherme Schell, 350 Santo Antônio Porto Alegre/RS. Informações: Central de Candidatos: (51) 3218-1400

Leia mais

Oito passos para uma carreira extraordinária

Oito passos para uma carreira extraordinária Oito passos para uma carreira extraordinária Procurar tornar-se apto para o mercado de trabalho sem saber qual o objetivo desejado é a melhor forma de conseguir bons empregos e uma eterna infelicidade.

Leia mais

0 21 anos: Fase do amadurecimento biológico 21 42 anos: Fase do amadurecimento psicológico mais de 42 anos: Fase do amadurecimento espiritual

0 21 anos: Fase do amadurecimento biológico 21 42 anos: Fase do amadurecimento psicológico mais de 42 anos: Fase do amadurecimento espiritual Por: Rosana Rodrigues Quando comecei a escrever esse artigo, inevitavelmente fiz uma viagem ao meu passado. Lembrei-me do meu processo de escolha de carreira e me dei conta de que minha trajetória foi

Leia mais

OS 3 PASSOAS PARA O SUCESSO NA SEGURANÇA PATRIMONIAL

OS 3 PASSOAS PARA O SUCESSO NA SEGURANÇA PATRIMONIAL WWW.SUPERVISORPATRIMONIAL.COM.BR SUPERVISOR PATRIMONIAL ELITE 1 OS 3 PASSOS PARA O SUCESSO NA CARREIRA DA SEGURANÇA PATRIMONIAL Olá, companheiro(a) QAP TOTAL. Muito prazer, meu nome e Vinicius Balbino,

Leia mais

Análise do Edital ISS Salvador 2014

Análise do Edital ISS Salvador 2014 Análise do Edital ISS Salvador 2014 Olá amigos concurseiros, É com um carinho mais que especial que divulgo que no dia 15/09/2014) saiu uma BOMBA NORDESTINA, ou seja, o concurso para Auditor Fiscal do

Leia mais

EMBRATEL ENTREVISTA: Pietro Delai IDC Brasil DATA CENTER VIRTUAL - DCV

EMBRATEL ENTREVISTA: Pietro Delai IDC Brasil DATA CENTER VIRTUAL - DCV EMBRATEL ENTREVISTA: Pietro Delai IDC Brasil DATA CENTER VIRTUAL - DCV DATA CENTER VIRTUAL - DCV Em entrevista, Pietro Delai, Gerente de Pesquisa e Consultoria da IDC Brasil relata os principais avanços

Leia mais

Orientação ao mercado de trabalho para Jovens. 1ª parte. Projeto Super Mercado de Trabalho 1ª parte Luiz Fernando Marca

Orientação ao mercado de trabalho para Jovens. 1ª parte. Projeto Super Mercado de Trabalho 1ª parte Luiz Fernando Marca Orientação ao mercado de trabalho para Jovens 1ª parte APRESENTAÇÃO Muitos dos jovens que estão perto de terminar o segundo grau estão lidando neste momento com duas questões muito importantes: a formação

Leia mais

MANUAL DO CANDIDATO. Pós-graduação

MANUAL DO CANDIDATO. Pós-graduação MANUAL DO CANDIDATO Pós-graduação Prezado(a) Candidato(a), Agradecemos o interesse pelos nossos cursos. Este manual contém informações básicas pertinentes ao curso, tais como: objetivos do curso e das

Leia mais

MBA. Controladoria PÚBLICO-ALVO COMPLEMENTAÇÃO ACADÊMICA MATERIAL DIDÁTICO. Controladoria

MBA. Controladoria PÚBLICO-ALVO COMPLEMENTAÇÃO ACADÊMICA MATERIAL DIDÁTICO. Controladoria MBA Controladoria Controladoria O MBA Controladoria une a tradição do Ibmec em pesquisas avançadas em Administração, Economia e Finanças com a Controladoria. Com este embasamento, propõe-se desenvolver

Leia mais

3. Os erros têm sido cometidos exatamente onde há maior dificuldade...

3. Os erros têm sido cometidos exatamente onde há maior dificuldade... Entrevista com PEDRO MANDELLI Consultor na área de mudança organizacional, Pedro Mandelli é um dos maiores especialistas em desenho e condução de processos de mudança em organizações. É professor da Fundação

Leia mais

Proposta de Candidatura Diretoria da Presidência Agrobio Consultoria Júnior Gestão 2013. Isabella Assunção Cerqueira Procópio

Proposta de Candidatura Diretoria da Presidência Agrobio Consultoria Júnior Gestão 2013. Isabella Assunção Cerqueira Procópio Proposta de Candidatura Diretoria da Presidência Agrobio Consultoria Júnior Gestão 2013 Isabella Assunção Cerqueira Procópio Janeiro de 2013 1 Sumário 1. Dados Básicos de Identificação...3 2. Histórico

Leia mais

MBA BPM - Business Process

MBA BPM - Business Process MBA BPM - Business Process Management BPM - Business Process Management O curso busca fundamentar o profissional na gestão de processos, provendo-lhe uma visão geral dos conceitos e princípios do que é

Leia mais

LIDERANÇA & GESTÃO DE PESSOAS 12 DESAFIOS, 3 FERRAMENTAS E UMA DECISÃO

LIDERANÇA & GESTÃO DE PESSOAS 12 DESAFIOS, 3 FERRAMENTAS E UMA DECISÃO LIDERANÇA & GESTÃO DE PESSOAS 12 DESAFIOS, 3 FERRAMENTAS E UMA DECISÃO INTRODUÇÃO O setor de RH deve ser extinto. Ram Charan em artigo na Harvard Business Review Você concorda? OBJETIVOS DESTE WORKSHOP

Leia mais

Metodologia. Entrevistas com amostra de usuárias brasileiras de internet via questionário online.

Metodologia. Entrevistas com amostra de usuárias brasileiras de internet via questionário online. Assunto E-commerce Metodologia Entrevistas com amostra de usuárias brasileiras de internet via questionário online. Quantidade de entrevistas realizadas: 1.652 mulheres Perfil: 18 a 50 anos Mercado: Brasil

Leia mais

MANUAL DO CANDIDATO. Pós-graduação

MANUAL DO CANDIDATO. Pós-graduação MANUAL DO CANDIDATO Pós-graduação Prezado(a) Candidato(a), Agradecemos o interesse pelos nossos cursos. Este manual contém informações básicas pertinentes ao curso, tais como: objetivos do curso e das

Leia mais

CAMINHO DAS PEDRAS Renata Neves

CAMINHO DAS PEDRAS Renata Neves CAMINHO DAS PEDRAS Renata Neves Estado de Minas Março de 2001 O método criado pelo professor Fernando Dolabela ensina empreendedorismo a 40 mil alunos por ano. Fernando Dolabela da aula de como abrir um

Leia mais

Quanto Ganha um Engenheiro?

Quanto Ganha um Engenheiro? Quanto Ganha um Engenheiro? Na média, R$ 5.096,50 por mês. A pesquisa online foi realizada no período de 19 de Março a 8 de Abril e colheu informação de duzentos profissionais espalhados por todo o país,

Leia mais

P/1 Então por favor, começa com o seu nome completo, local e a data de nascimento.

P/1 Então por favor, começa com o seu nome completo, local e a data de nascimento. museudapessoa.net P/1 Então por favor, começa com o seu nome completo, local e a data de nascimento. R Meu nome é Kizzes Daiane de Jesus Santos, 21 de julho de 1988, eu nasci em Aracaju, no estado do Sergipe.

Leia mais

Você Dona do Seu Tempo Editora Gente

Você Dona do Seu Tempo Editora Gente INTRODUÇÃO Basta ficar atento ao noticiário para ver que o assunto mais citado nos últimos tempos varia entre os temas de estresse, equilíbrio e falta de tempo. A Qualidade de Vida está em moda no mundo

Leia mais

M.Sc Angela Abdo Campos Ferreira

M.Sc Angela Abdo Campos Ferreira Nossa Missão Atrair o Talento certo para a Empresa M.Sc Angela Abdo Campos Ferreira GESTÃO DE PESSOAS Gestão Liderança + Administrativo Para se tornar um excelente gestor Para se tornar um excelente gestor

Leia mais

GRADUAÇÃO FGV EM SÃO PAULO. Administração de Empresas. fgv.br/vestibular

GRADUAÇÃO FGV EM SÃO PAULO. Administração de Empresas. fgv.br/vestibular GRADUAÇÃO FGV EM SÃO PAULO Administração de Empresas fgv.br/vestibular Idealismo, Excelência e Credibilidade A Fundação Getulio Vargas surgiu em 20 de dezembro de 1944, com o objetivo de preparar profissionais

Leia mais

Agenda. Noções de Empregabilidade; Profissões tecnológicas ligadas à Computação; Visão do Mercado de Trabalho na Bahia e no Brasil.

Agenda. Noções de Empregabilidade; Profissões tecnológicas ligadas à Computação; Visão do Mercado de Trabalho na Bahia e no Brasil. Prof. Fernando Cardeal fcardeal@ifba.edu.br Agenda Noções de Empregabilidade; Profissões tecnológicas ligadas à Computação; Visão do Mercado de Trabalho na Bahia e no Brasil. Tempo estimado: 40 minutos.

Leia mais

$ $ COMO A INTRANET DE SUA EMPRESA ESTÁ TE FAZENDO PERDER DINHEIRO

$ $ COMO A INTRANET DE SUA EMPRESA ESTÁ TE FAZENDO PERDER DINHEIRO COMO A INTRANET DE SUA EMPRESA ESTÁ TE FAZENDO PERDER DINHEIRO INTRODUÇÃO No mundo corporativo, talvez nenhuma expressão tenha ganhado tanto foco quanto 'engajamento'. O RH ouve isso todo dia, o time de

Leia mais

10 segredos para falar inglês

10 segredos para falar inglês 10 segredos para falar inglês ÍNDICE PREFÁCIO 1. APENAS COMECE 2. ESQUEÇA O TEMPO 3. UM POUCO TODO DIA 4. NÃO PRECISA AMAR 5. NÃO EXISTE MÁGICA 6. TODO MUNDO COMEÇA DO ZERO 7. VIVA A LÍNGUA 8. NÃO TRADUZA

Leia mais

Por Carol Alvarenga, em 17 de junho de 2014, 15h Esquemaria.com.br

Por Carol Alvarenga, em 17 de junho de 2014, 15h Esquemaria.com.br Esquemaria.com.br / Dicas de estudos / 4 mitos sobre estudos: saiba mais como evitar estes erros Talvez você conheça estes mitos sobre estudos, mas você sabe a verdade por trás deles? Hoje eu trago um

Leia mais

03 Passos para o Seu Dinheiro da Poupança

03 Passos para o Seu Dinheiro da Poupança 03 Passos para o Seu Dinheiro da Poupança Render 5 Vezes Mais por Leandro Sierra Índice Apresentação...03 Introdução... 04 Passo 1...05 Passo 2... 08 Educação Financeira para a Segurança do seu Investimento...

Leia mais

Veículo: Site Estilo Gestão RH Data: 03/09/2008

Veículo: Site Estilo Gestão RH Data: 03/09/2008 Veículo: Site Estilo Gestão RH Data: 03/09/2008 Seção: Entrevista Pág.: www.catho.com.br SABIN: A MELHOR EMPRESA DO BRASIL PARA MULHERES Viviane Macedo Uma empresa feita sob medida para mulheres. Assim

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO / BACHARELADO

ADMINISTRAÇÃO / BACHARELADO ADMINISTRAÇÃO / BACHARELADO Dos cursos mais procurados pelos estudantes, o de Administração é um dos mais novos. Enquanto Medicina e Direito formam profissionais desde o século 19, foi apenas em 1946 que

Leia mais

EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA. Educação que valoriza o seu tempo: presente e futuro

EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA. Educação que valoriza o seu tempo: presente e futuro EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA Educação que valoriza o seu tempo: presente e futuro Educação a Distância Os mesmos professores. A mesma aula. O mesmo diploma. A única diferença é a sala de aula que fica em suas

Leia mais

P Ó S - G R A D U A Ç Ã O E M A D M I N I S T R A Ç Ã O D E E M P R E S A S

P Ó S - G R A D U A Ç Ã O E M A D M I N I S T R A Ç Ã O D E E M P R E S A S depto. mkt. IBE FGV RESOLUÇÃO DO MEC Os cursos MBA Pós-Graduação Especialização da Fundação Getulio Vargas atendem aos requisitos da Resolução CNE / CES nº 01, de 08/06/07. Ascensão Acadêmica na FGV A

Leia mais

MANUAL DO CANDIDATO. Pós-graduação

MANUAL DO CANDIDATO. Pós-graduação MANUAL DO CANDIDATO Pós-graduação Prezado(a) Candidato(a), Agradecemos o interesse pelos nossos cursos. Este manual contém informações básicas pertinentes ao curso, tais como: objetivos do curso e das

Leia mais

Portfolio de cursos TSP2

Portfolio de cursos TSP2 2013 Portfolio de cursos TSP2 J. Purcino TSP2 Treinamentos e Sistemas de Performance 01/07/2013 Como encantar e fidelizar clientes Visa mostrar aos participantes a importância do conhecimento do cliente,

Leia mais

BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS

BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS SOBRE O CURSO O administrador é um profissional com um mercado vasto, pois é um generalista por natureza e pode trabalhar nas mais diversas áreas. O profissional

Leia mais

Superando Seus Limites

Superando Seus Limites Superando Seus Limites Como Explorar seu Potencial para ter mais Resultados Minicurso Parte VI A fonte do sucesso ou fracasso: Valores e Crenças (continuação) Página 2 de 16 PARTE 5.2 Crenças e regras!

Leia mais

McGill University - Montreal, Quebec - Canada. Programa. Futuro. Graduação em Administração COM MÓDULO INTERNACIONAL

McGill University - Montreal, Quebec - Canada. Programa. Futuro. Graduação em Administração COM MÓDULO INTERNACIONAL Programa McGill University - Montreal, Quebec - Canada Graduação em Administração COM MÓDULO INTERNACIONAL Futuro º 5 ANO MBA EXECUTIVO (AO FINAL DA GRADUAÇÃO) Você no seu máximo potencial! º 4 ANO FINALIZA

Leia mais

Sumário. Introdução... 03

Sumário. Introdução... 03 1 Sumário Introdução... 03 Quais são as melhores Certificações Scrum Master do mercado?... 09 Certified Scrum Master da Scrum Alliance... 09 Certificação Professional Scrum Master PSM I... 10 Certificação

Leia mais

GRADUAÇÃO FGV EM SÃO PAULO. Administração Pública. fgv.br/vestibular

GRADUAÇÃO FGV EM SÃO PAULO. Administração Pública. fgv.br/vestibular GRADUAÇÃO FGV EM SÃO PAULO Administração Pública fgv.br/vestibular Idealismo, Excelência e Credibilidade A Fundação Getulio Vargas surgiu em 20 de dezembro de 1944, com o objetivo de preparar profissionais

Leia mais

Primeiro Email#1: Rota Problema Solução

Primeiro Email#1: Rota Problema Solução Esta segunda sequência respeita a estrutura da sequência do Eben que analisamos.o template é adequado aos profissionais que podem (e querem) trabalhar com os três mosqueteiros, ou seja, apresentar uma

Leia mais

BCI News 8 Boston Cambridge Institute

BCI News 8 Boston Cambridge Institute BCI News 8 Boston Cambridge Institute SEMINÁRIO Student-hood and Applying for College, Developing your Best Academic Self and Fulfilling your Potential PRINCIPAIS INFORMAÇÕES DO SEMINÁRIO Student-hood

Leia mais

Connections with Leading Thinkers

Connections with Leading Thinkers Instituto de Alta Performance Connections with Leading Thinkers O empreendedor Gustavo Caetano discute oportunidades e desafios para start-ups inovadoras no Brasil. Gustavo Caetano é presidente da Samba

Leia mais

Projeto de Curso de Pós-Graduação MULTI MBA FAGV TURMA 02. MBA Master in Business Administration Especialização Lato-Sensu E AUDITORIA.

Projeto de Curso de Pós-Graduação MULTI MBA FAGV TURMA 02. MBA Master in Business Administration Especialização Lato-Sensu E AUDITORIA. Projeto de Curso de Pós-Graduação MULTI MBA FAGV TURMA 02. MBA Master in Business Administration Especialização Lato-Sensu GESTÃO ESTRATÉGICA DE NEGÓCIOS E PROJETOS - GESTÃO ESTRATÉGICA DE PESSOAS E LIDERANÇA

Leia mais

BIKECANVAS REGINALDO ANDRADE

BIKECANVAS REGINALDO ANDRADE BIKECANVAS O caminho que você precisa saber para chegar a onde deseja REGINALDO ANDRADE 2 O destino não é uma questão de oportunidade, é uma questão de escolha. Não é algo para ficar esperando, é algo

Leia mais

Como é ser aprovado no vestibular de uma Universidade Pública, em que sabemos da alta concorrência entre os candidatos que disputam uma vaga?

Como é ser aprovado no vestibular de uma Universidade Pública, em que sabemos da alta concorrência entre os candidatos que disputam uma vaga? Abdias Aires 2º Ano EM Arthur Marques 2º Ano EM Luiz Gabriel 3º Ano EM Como é ser aprovado no vestibular de uma Universidade Pública, em que sabemos da alta concorrência entre os candidatos que disputam

Leia mais

A importância de um MBA

A importância de um MBA A importância de um MBA para dar o salto na carreira O investimento é grande e o retorno está longe de ser garantido, mas, ainda assim, continua a compensar tirar um MBA. Só que o título não chega. O mais

Leia mais

Fim do 'home office' no Yahoo! causa polêmica; no Brasil, cada vez mais empresas adotam a prática

Fim do 'home office' no Yahoo! causa polêmica; no Brasil, cada vez mais empresas adotam a prática Feito em casa Fim do 'home office' no Yahoo! causa polêmica; no Brasil, cada vez mais empresas adotam a prática TRABALHADOR PRECISA DE DISCIPLINA E ORGANIZAÇÃO PARA EXERCER CORRETAMENTE O 'HOME OFFICE'

Leia mais

CENTRO DE MEMÓRIA DO ESPORTE ESCOLA DE EDUCAÇÃO FÍSICA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL PROJETO GARIMPANDO MEMÓRIAS GEÓRGIA BALARDIN

CENTRO DE MEMÓRIA DO ESPORTE ESCOLA DE EDUCAÇÃO FÍSICA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL PROJETO GARIMPANDO MEMÓRIAS GEÓRGIA BALARDIN CENTRO DE MEMÓRIA DO ESPORTE ESCOLA DE EDUCAÇÃO FÍSICA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL PROJETO GARIMPANDO MEMÓRIAS GEÓRGIA BALARDIN (depoimento) 2014 CEME-ESEF-UFRGS FICHA TÉCNICA Projeto: Garimpando

Leia mais

Relatório Final PIBIC/2013. Inserção de Alunos de Alta Renda no Mercado de Trabalho e o Valor do Diploma Universitário

Relatório Final PIBIC/2013. Inserção de Alunos de Alta Renda no Mercado de Trabalho e o Valor do Diploma Universitário Relatório Final PIBIC/2013 Inserção de Alunos de Alta Renda no Mercado de Trabalho e o Valor do Diploma Universitário Aluna: Daniella Coutinho Melo. Orientadora: Ana Heloisa da Costa Lemos Rio de Janeiro,

Leia mais

Esta nova sequência tem uma novidade: ela é inédita!

Esta nova sequência tem uma novidade: ela é inédita! Esta nova sequência tem uma novidade: ela é inédita! Hum, essa não é uma novidade. As outras também eram de certa forma inéditas, uma vez que o layout era baseado na estrutura dos Gurus, mas vamos lá,

Leia mais

Região. Mais um exemplo de determinação

Região. Mais um exemplo de determinação O site Psicologia Nova publica a entrevista com Úrsula Gomes, aprovada em primeiro lugar no concurso do TRT 8 0 Região. Mais um exemplo de determinação nos estudos e muita disciplina. Esse é apenas o começo

Leia mais

Gerando idéias de negócio

Gerando idéias de negócio NEGÓCIO CERTO COMO CRIAR E ADMINISTRAR BEM SUA EMPRESA Gerando idéias de negócio Manual Etapa 1/Parte 1 Bem-vindo! É um prazer ter você na Etapa 1 do Programa de Auto-Atendimento Negócio Certo do Sebrae.

Leia mais

Análise do Edital AFRFB 2014

Análise do Edital AFRFB 2014 Análise do Edital AFRFB 2014 Olá amigos concurseiros, Hoje (dia 10/03/2014) saiu o edital para o concurso de AUDITOR FISCAL DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL (AFRFB). Serão 278 vagas. Entretanto, já sabemos

Leia mais

Tema do Case Projeto Educação Financeira online e Consumo Consciente - Icatu Seguros e FGV

Tema do Case Projeto Educação Financeira online e Consumo Consciente - Icatu Seguros e FGV Tema do Case Projeto Educação Financeira online e Consumo Consciente - Icatu Seguros e FGV Autores e Coautores Aura Rebelo e Maria Angélica Ferreira Rodrigues Resumo do Case Icatu Seguros e FGV Online

Leia mais

Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, por ocasião da visita à Comunidade Linha Caravaggio

Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, por ocasião da visita à Comunidade Linha Caravaggio Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, por ocasião da visita à Comunidade Linha Caravaggio Chapecó-SC, 23 de junho de 2006 Presidente: É um programa, talvez

Leia mais

Modelo de Questionário de Desligamento

Modelo de Questionário de Desligamento RECRUTAMENTO E SELEÇÃO Planejamento Recrutamento Seleção Integração 1ª Etapa Surgimento de uma vaga - Dispensas do empregador (demissões); - Pedidos de demissão (saídas voluntárias demissionários); - Mortes;

Leia mais

Competitividade e Resultados: conseqüência do alinhamento de estratégia, cultura e competências.

Competitividade e Resultados: conseqüência do alinhamento de estratégia, cultura e competências. 1 Programa Liderar O Grupo Solvi é um conglomerado de 30 empresas que atua nas áreas de saneamento, valorização energética e resíduos. Como alicerce primordial de seu crescimento encontrase o desenvolvimento

Leia mais

Segunda-feira, 22 de abril de 2013

Segunda-feira, 22 de abril de 2013 Segunda-feira, 22 de abril de 2013 22/04/2013 07h00 - Atualizado em 22/04/2013 07h00 Empresários dão dicas de como empreender após a aposentadoria Professora aposentada montou empresa de reforma de calçadas.

Leia mais

OS 4 PASSOS ALTA PERFORMANCE A PARTIR DE AGORA PARA VOCÊ COMEÇAR A VIVER EM HIGHSTAKESLIFESTYLE.

OS 4 PASSOS ALTA PERFORMANCE A PARTIR DE AGORA PARA VOCÊ COMEÇAR A VIVER EM HIGHSTAKESLIFESTYLE. OS 4 PASSOS PARA VOCÊ COMEÇAR A VIVER EM ALTA PERFORMANCE A PARTIR DE AGORA HIGHSTAKESLIFESTYLE. Hey :) Gabriel Goffi aqui. Criei esse PDF para você que assistiu e gostou do vídeo ter sempre por perto

Leia mais

Como conversar com possíveis iniciadas

Como conversar com possíveis iniciadas Como conversar com possíveis iniciadas Convidar outras mulheres a tornarem-se consultoras é uma atividade chave para quem quer tornar-se diretora. Aprenda como fazer a entrevista de iniciação, ou seja:

Leia mais

DICAS DE CURRÍCULO. TRIÂGULO DE OURO (Estilo do Centro de Carreira do MBA da BYU) SRE - Porto Alegre - 2011 Hilton Costa & Rogério Finholdt

DICAS DE CURRÍCULO. TRIÂGULO DE OURO (Estilo do Centro de Carreira do MBA da BYU) SRE - Porto Alegre - 2011 Hilton Costa & Rogério Finholdt DICAS DE CURRÍCULO TRIÂGULO DE OURO (Estilo do Centro de Carreira do MBA da BYU) SRE - Porto Alegre - 2011 Hilton Costa & Rogério Finholdt Sumário (1) Uma Página (2) Não listar tudo o que você fez (3)

Leia mais

Vencedores! Ideias de Negócio. Passos para criar. Descubra como criar ideias com potencial lucrativo, alinhadas com suas habilidades pessoais!

Vencedores! Ideias de Negócio. Passos para criar. Descubra como criar ideias com potencial lucrativo, alinhadas com suas habilidades pessoais! Por Rafael Piva Guia 33 Prático Passos para criar Ideias de Negócio Vencedores! Descubra como criar ideias com potencial lucrativo, alinhadas com suas habilidades pessoais! Que bom que você já deu um dos

Leia mais

Sárgom Ceranto Marketing e Soluções Corporativas comercial@trecsson.com.br

Sárgom Ceranto Marketing e Soluções Corporativas comercial@trecsson.com.br PREZADO (A) SENHOR (A) Agradecemos seu interesse em nossos programas de ensino e lhe cumprimentamos pela iniciativa de buscar o seu aperfeiçoamento profissional. Você está recebendo o programa do curso

Leia mais

PROGRAMA DE INTERCÂMBIO PROFISSIONAL TALENTOS GLOBAIS

PROGRAMA DE INTERCÂMBIO PROFISSIONAL TALENTOS GLOBAIS PROGRAMA DE INTERCÂMBIO PROFISSIONAL TALENTOS GLOBAIS AIESEC em Belo Horizonte Rua dos Goitacazes, 1159 - Sala 2107 Barro Preto - Belo Horizonte - MG Fone: (31) 2512-1019 belohorizonte@aiesec.org.br facebook.com.br/aiesecbh

Leia mais

Perfil do Curso. O Mercado de Trabalho

Perfil do Curso. O Mercado de Trabalho Perfil do Curso É o gerenciamento dos recursos humanos, materiais e financeiros de uma organização. O administrador é o profissional responsável pelo planejamento das estratégias e pelo gerenciamento do

Leia mais

- GUIA DO EMPRESÁRIO - Lucros Bons e Lucros Ruins

- GUIA DO EMPRESÁRIO - Lucros Bons e Lucros Ruins - GUIA DO EMPRESÁRIO - Lucros Bons e Lucros Ruins Planeta Contábil 2008 Todos os Direitos Reservados (www.planetacontabil.com.br) 1/5 Lucros Bons e Lucros Ruins Podemos pensar que lucrar é sempre bom,

Leia mais

Treinamento Formação Empresários Topázio

Treinamento Formação Empresários Topázio Treinamento Formação Empresários Topázio O nosso objetivo com esse treinamento é prepará-lo para: 1 Melhorar sua produtividade 2 Formar novos Empresários produtivos 3 Evoluir no Plano de Negócio 1º Grande

Leia mais

MARKETING PESSOAL: Estratégias para a Gestão da Imagem Pessoal no Âmbito Profissional Ingresso Janeiro 2016

MARKETING PESSOAL: Estratégias para a Gestão da Imagem Pessoal no Âmbito Profissional Ingresso Janeiro 2016 MARKETING PESSOAL: Estratégias para a Gestão da Imagem Pessoal no Âmbito Profissional Ingresso Janeiro 2016 Informações: (51) 3218-1400 - www.espm.br/cursosdeferias MARKETING PESSOAL: estratégias para

Leia mais

MANUAL DO CANDIDATO. Pós-graduação

MANUAL DO CANDIDATO. Pós-graduação MANUAL DO CANDIDATO Pós-graduação Prezado(a) Candidato(a), Agradecemos o interesse pelos nossos cursos. Este manual contém informações básicas pertinentes ao curso, tais como: objetivos do curso e das

Leia mais

Erros Críticos. 11 Erros Que Você Está Provavelmente Cometendo Nos Seus Estudos...

Erros Críticos. 11 Erros Que Você Está Provavelmente Cometendo Nos Seus Estudos... Erros Críticos 11 Erros Que Você Está Provavelmente Cometendo Nos Seus Estudos......E Como Você Pode Evitá-Los, Para Aprender Qualquer Idioma Em Meses E Não Em Anos. Olá, meu nome é Frank Florida, gringo

Leia mais

"Desvalorizar o real e abrir mais o País dariam um rumo à indústria"

Desvalorizar o real e abrir mais o País dariam um rumo à indústria Nº EDIÇÃO: 816 30.MAI.13 ENTREVISTAS Edmar Bacha, economista e ex-presidente do BNDES "Desvalorizar o real e abrir mais o País dariam um rumo à indústria" O economista Edmar Bacha, que integrou a equipe

Leia mais

CURSOS DE EXTENSÃO. Marketing Internacional II: Fortalecendo Marcas no Mercado Internacional. Parceria:

CURSOS DE EXTENSÃO. Marketing Internacional II: Fortalecendo Marcas no Mercado Internacional. Parceria: CURSOS DE EXTENSÃO Marketing Internacional II: Fortalecendo Marcas no Mercado Internacional Parceria: Informações: (51) 3218-1400 - www.espm.br/abicalcados Programa do : Marketing Internacional II Em curto

Leia mais

Veja 10 fatores a serem avaliados ao receber proposta de emprego

Veja 10 fatores a serem avaliados ao receber proposta de emprego Terça-feira, 10 de dezembro de 2013 Atualizado em 10/12/2013 08h00 Veja 10 fatores a serem avaliados ao receber proposta de emprego Profissional deve pesar salário, plano de carreira, horário, entre outros.

Leia mais

FIPECAFI e IBRI divulgam resultado da 5ª Pesquisa sobre o Perfil e a Área de Relações com Investidores

FIPECAFI e IBRI divulgam resultado da 5ª Pesquisa sobre o Perfil e a Área de Relações com Investidores FIPECAFI e IBRI divulgam resultado da 5ª Pesquisa sobre o Perfil e a Área de Relações com Investidores Os resultados da 5ª Pesquisa sobre o perfil e a área de Relações com Investidores no Brasil divulgado

Leia mais

Fevereiro 2015 n.º 04 TRABALHAR COM EDUCAÇÃO É UM PRIVILÉGIO!

Fevereiro 2015 n.º 04 TRABALHAR COM EDUCAÇÃO É UM PRIVILÉGIO! Fevereiro 2015 n.º 04 TRABALHAR COM EDUCAÇÃO É UM PRIVILÉGIO! Editorial Em 2014 o Kumon Instituto de Educação comemorou o centenário de seu criador, professor Toru Kumon. Tudo começou em 1954, no Japão,

Leia mais

Gestão de Carreira para profissionais da área de Gestão e Lean Six Sigma

Gestão de Carreira para profissionais da área de Gestão e Lean Six Sigma Gestão de Carreira para profissionais da área de Gestão e Lean Six Sigma Alberto Pezeiro Seta Desenvolvimento Gerencial pezeiro@setadg.com.br F.+55.11.8110-0026 www.setadg.com.br CLIENTES SETA T I V I

Leia mais

MANUAL DO CANDIDATO. Pós-graduação

MANUAL DO CANDIDATO. Pós-graduação MANUAL DO CANDIDATO Pós-graduação Prezado(a) Candidato(a), Agradecemos o interesse pelos nossos cursos. Este manual contém informações básicas pertinentes ao curso, tais como: objetivos do curso e das

Leia mais