CÂMARA MUNICIPAL DO CORVO CONSTRUÇÃO DO ESPAÇO CULTURAL MULTIUSOS DO MUNICÍPIO DO CORVO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CÂMARA MUNICIPAL DO CORVO CONSTRUÇÃO DO ESPAÇO CULTURAL MULTIUSOS DO MUNICÍPIO DO CORVO"

Transcrição

1 CÂMARA MUNICIPAL DO CORVO CONSTRUÇÃO DO ESPAÇO CULTURAL MULTIUSOS DO MUNICÍPIO DO CORVO PLANO DE PREVENÇÃO E GESTÃO DE RESÍDUOS DE CONSTRUÇÃO E DEMOLIÇÃO (PPG) I. Dados Gerais da entidade responsável pela a) Nome CÂMARA MUNICIPAL DO CORVO b) Morada, Localidade, Código Postal, Freguesia, Concelho Rua do Jogo da Bola Corvo c) Telefone, Fax, Tel: Fax: d) Número Identificação Pessoa Colectiva (NIPC) a) Tipo de (construção/demolição de estrada, ponte, edifício ) II. Dados Gerais da Trabalhos de demolição: Não existem Trabalhos de execução: Construção de um edifício que se desenvolve em dois pisos sendo o R/C composto por camarins, palco, bilheteria/bengaleiro, instalações sanitárias, zonas de circulação e zonas técnicas. Ao nível do piso 1 encontram-se as zonas técnicas nomeadamente o cinema, teatro, eventos sociais. A cobertura será em painel sanduíche de poliuretano tipo norfer assente sobre estrutura metálica. b) Código do CPV Não aplicável c) N.º de processo de Avaliação de Impacte Ambiental (AIA) Não aplicável d) Identificação do local de implantação Caminho da Galinha, Vila do Corvo, Ilha do Corvo 1

2 III. Resíduos de Construção e Demolição (RCD) 1. Caracterização da a) Caracterização da a efectuar: Execução de um edifício com dois pisos com área bruta total de 667,02m2, distribuídas no piso 00 uma área de 446,20m2 e no piso 01 uma área de 220,82m2 sendo a solução estrutural adoptada uma estrutura reticulada executada por pórticos de betão armado e estrutura metálica para a execução da cobertura. Para a implantação do edifício será necessário em determinadas zonas uma escavação de 20 cm. Desde que apresentem qualidades para o efeito, estas terras serão aproveitadas como terra viva para as áreas plantadas. Foram definidas três zonas distintas de pavimentos: na zona de recepção ao edifício o pavimento será em madeira (deck) com um espaçamento entre cada tábua de 5mm e uma altura em relação aos pavimentos envolventes de 20mm; na zona envolvente ao edifício, na área pavimentada reservada para esplanada e na rampa de entrada o pavimento será em lajes de basalto de 40x40cm e por último ainda se verifica um pavimento em bagacina negra, que funciona como revestimento do solo numa zona plantada. As restantes áreas do terreno serão revestidas com relvado ou herbáceas. A cobertura será em painel sanduíche de poliuretano tipo norfer assente sobre estrutura metálica devidamente isolada e impermeabilizada. Existem 4 tipos de tectos: rebocado e pintado a tinta tipo robbialac ; em gesso cartonado tipo knauf com acabamento estanhado e pintado; em gesso cartonado tipo knauf antihumidade com acabamento estanhado e pintado; em gesso cartonado acústico tipo knauf com perfuração circular rectilínea com acabamento estanhado e pintado. As alvenarias serão em blocos de betão com as dimensões de 27cm para as exteriores e de 15cm para as interiores. Para os paramentos exteriores estão definidos 4 tipos: revestimento de fachada exterior em madeira de pinho nórdico modificada tipo banema perfil lunadeck (26x117x300mm) aparafusada sobre ripado de madeira em bruto com espaçamento de 35cm; revestimento de fachada exterior em madeira de pinho nórdico modificada tipo banema perfil lunadeck (26x68x300mm) aparafusada sobre ripado de madeira em bruto com espaçamento de 35cm; parede rebocada e pintada a tinta plástica; muro em alvenaria de pedra de basalto, argamassada e aparelhada à mão, com capeamento em pedra de basalto serrada. Para os paramentos interiores estão definidos 6 tipos: rebocada e pintada a tinta tipo robbialac cor branco, rebocada e pintada a tinta tipo robbialac cor verde, revestida a mosaico cerâmico tipo cinca ; revestimento em chapa de aço inox satinado; rebocada e pintada a tinta tipo robbialac, anti-humidade nas instalações sanitárias; revestida a painel acústico, tipo timbermade folheado a melanina de jatobá numa das faces. Os pavimentos serão de 4 tipos: pavimento de grés porcelânico; soalho à portuguesa em madeira jatobá, espessura de 2cm, com acabamento envernizado tipo bondex parquet acetinado 4560, madeira jatobá, espessura de 3 cm, com acabamento envernizado tipo bondex parquet acetinado 4560 ; pavimento em chapa metálica perfurada, montado sobre estrutura metálica. As portas e janelas exteriores serão em alumínio termolacado tipo arkial. As portas interiores serão tipo placarol, folheada a madeira jatobá, revestidas a verniz cera incolor. Existem também divisórias tipo formica colletion. Os envidraçados dos caixilhos de alumínio serão em vidro duplo, 6mm pelo exterior, caixa de ar de 10mm e vidro laminado 4mm + 4mm pelo interior. As guardas serão em aço inox satinado em secção tubular. As sancas serão em negativo executado no reboco do tecto e em negativo executado no tecto falso. Os rodapés serão em madeira jatobá, revestido a verniz mate sobre pelo menos duas demãos de tapa-poros. As ligações das fronteiras das redes de cabos das Infra-estruturas de telecomunicações em edifícios (ITED) às redes públicas de telecomunicações são estabelecidas através dos cabos de entrada. A rede de gás do edifício será composta por uma bateria de garrafas, por uma rede de tubagens, válvulas de corte e um redutor que neste caso fará uma redução de 1,5 bar para 30mbar garantindo que esta instalação seja alimentada em baixa pressão, e que têm por missão transportar o gás até ao aparelho de queima nas melhores condições de utilização e segurança. Será executada uma cabina com portas metálicas devidamente ventilada para 2 garrafas G110 de butano, completa com colector, válvulas, redutor e inversor automático. Constará de uma rede de distribuição que seguirá enterrada e que fará a ligação entre a cabina e a caixa de entrada do edifício, caixa esta composta por uma 2

3 válvula de corte geral ao edifício. De forma a garantir a evacuação segura das pessoas, será instalado um circuito de iluminação de segurança no estabelecimento de serviços, destinada a sinalizar o percurso de evacuação mediante a incorporação de pictogramas. Os extintores ficarão localizados em local visível e sinalizado com placa foto luminescente e colocados em receptáculo com tampa transparente de modo que o seu manípulo fique a cerca de 1,2m acima do pavimento. O edifício vai estar protegido com um sistema automático de detecção de incêndios. A alimentação de energia será feita em baixa tensão a partir de ramal a fornecer pela EDA. A potência a contratar com a EDA será de 34,5 KVA (3x50A). O espaço será dotado de um quadro geral a instalar nos arrumos do hall do piso 0, um quadro de distribuição de piso na zona técnica do piso 1 e um quadro de comando no hall/circulação no piso 0. O quadro geral, além de diversos circuitos de iluminação, interior e exterior, alimentará os seguintes quadros eléctricos: quadro de piso 1 e quadro comando no piso 0. Os quadros eléctricos terão IP mínimo 40, com porta de protecção e fechadura. As canalizações exteriores serão todas subterrâneas, constituídas por cabos do tipo XV, protegidos por tubo enterrados directamente no solo, respectivamente, nas secções e diâmetros indicados nas peças desenhadas, dispostas em vala. As canalizações no interior do edifício serão predominantemente constituídas por cabo do tipo H07V-U, estabelecidas em roços na parede, pavimento ou tecto, protegidas por tubo. Cada quadro de distribuição será dotado de terminal de terra a partir da terra do quadro geral. b) Descrição sucinta dos métodos construtivos a utilizar tendo em vista os princípios referidos no artigo 2.º do Decreto-Lei n.º 46/2008 de 12 de Março: Métodos convencionais 2. Incorporação de reciclados a) Metodologia para a incorporação de reciclados de RCD: A preencher em. b) Reciclados de RCD integrados na : A preencher em Identificação dos reciclados Quantidade Integrada na (t) Quantidade integrada relativamente ao total de materiais usados (%) Agregados reciclados grossos em betões ligantes hidráulicos (Especificação LNEC: E ) 10-50% (a verificar em ) Resíduos para colocação em aterro e camada de leito de infra-estruturas de transporte rodoviárias e aeroportuárias (Especificação LNEC: E ) 10-50% (a verificar em ) Misturas betuminosas a quente em central (Especificação LNEC: E ) 10-50% (a verificar em ) Agregados reciclados em camadas não ligadas de pavimentos (Especificação LNEC: E ) 10-50% (a verificar em ) Valor Total 3

4 3. Prevenção de resíduos a) Metodologia de prevenção de RCD: A preencher em b) Materiais a reutilizar em : A preencher em (agregados provenientes de camadas de pavimento não ligadas, betões britados, alvenarias e misturas betuminosas). Identificação dos reciclados Quantidade a reutilizar (t) Quantidade a reutilizar relativamente ao total de materiais usados (%) Betão (LER: ) Não aplicável ( a verificar em ) Não aplicável ( a verificar em ) Solos e rochas não abrangidos em (LER: ) Valor Total 4. Acondicionamento e triagem a) Referência aos métodos de acondicionamento e triagem de RCD na ou em local afecto à mesma: Utilização de contentores para recolha selectiva, devidamente identificados para o acondicionamento e a triagem de RCD no local, com o objectivo do seu encaminhamento, por fluxos e fileiras de material, para reciclagem e outras formas de valorização; A empresa ou entidade adjudicatária deverá apresentar um Plano de Triagem e Acondicionamento de Materiais RCD para aprovação da fiscalização da. b) Caso a triagem não esteja prevista, apresentação da fundamentação para a sua impossibilidade: Está prevista a tiragem no loal. 5. Produção de RCD Código LER Óleos hidráulicos usados (LER: ) Papel e cartão (LER: ) Vidro (LER: ) Plásticos/Embalagens (LER: ) Consumíveis informáticos (LER: ) Quantidades produzidas (t) reciclagem (%) reciclagem valorização (%) valorização eliminação (%) eliminação 4

5 5. Produção de RCD (continuação) Código LER Quantidades produzidas (t) Filtros de óleo (LER: ) Resíduos contendo hidrocarbonetos (LER: ) Betão (LER: ) Tijolos (LER: ) Misturas ou fracções separadas de betão, tijolos, ladrilhos, telhas e materiais cerâmicos contendo substâncias perigosas (LER: ) Misturas ou fracções separadas de betão, tijolos, ladrilhos, telhas e materiais cerâmicos não abrangidas em (LER: ) Madeira (LER: ) Vidro (LER: ) Plástico (LER: ) Ferro e aço (LER: ) Tubos hidráulicos (LER: ) Esferovite (LER: / reciclagem (%) reciclagem valorização (%) valorização eliminação (%) eliminação 5

6 5. Produção de RCD (continuação) Código LER Quantidades produzidas (t) Solos e rochas contendo substâncias perigosas (LER: ) Embalagens de papel e cartão (LER: ) Embalagens de madeira (LER: ) Embalagens de metal (LER: ) Embalagens contendo ou contaminadas por resíduos de substâncias perigosas (LER: ) Metais ferrosos (LER: ) Total reciclagem (%) reciclagem valorização (%) valorização eliminação (%) eliminação OBS.: Muitos destes resíduos são resultantes da gestão ambiental da empreitada, e não fazem parte dos materiais aplicados em (ex.: embalagens de papel, embalagens de cartão, embalagens de madeira, plásticos e metal, esferovite ) pertencendo ao processo de fornecimento dos acessórios e equipamentos definidos em projecto de execução. Os consumíveis informáticos, papel, cartão, vidro, plásticos/embalagens, filtros de óleo, óleos hidráulicos usados, etc. poderão fazer parte da gestão da empreitada em estaleiro. 6

PLANO DE PREVENÇÃO E GESTÃO DE RESÍDUOS DE CONSTRUÇÃO E DEMOLIÇÃO

PLANO DE PREVENÇÃO E GESTÃO DE RESÍDUOS DE CONSTRUÇÃO E DEMOLIÇÃO PLANO DE PREVENÇÃO E GESTÃO DE RESÍDUOS DE CONSTRUÇÃO E DEMOLIÇÃO ÍNDICE 1.- INTRODUÇÃO... 3 2.- ESPECIFICAÇÕES SOBRE AS OPERAÇÕES DE GESTÃO DE RESÍDUOS DA CONSTRUÇÃO E DEMOLIÇÃO... 3 3.- PLANO DE PREVENÇÃO

Leia mais

Plano de Prevenção e Gestão de Resíduos de Construção e Demolição

Plano de Prevenção e Gestão de Resíduos de Construção e Demolição BALC O ÚNICO Ã V ILA DO B ISPO IRN - INSTITUTO DOS R EGISTOS E DO N OTARIADO Construção e Demolição o UTUBRO 2009 ÍNDICE 1. DADOS GERAIS DA ENTIDADE RESPONSÁVEL PELA OBRA... 2 2. DADOS GERAIS DA OBRA...

Leia mais

PLANO DE PREVENÇÃO E GESTÃO DE RESÍDUOS DE CONSTRUÇÃO E DEMOLIÇÃO

PLANO DE PREVENÇÃO E GESTÃO DE RESÍDUOS DE CONSTRUÇÃO E DEMOLIÇÃO 258 PLANO DE PREVENÇÃO E GESTÃO DE RESÍDUOS DE CONSTRUÇÃO E DEMOLIÇÃO Dono da Obra: CÂMARA MUNICIPAL DE COIMBRA Empreitada: Repavimentação da Rua da Alegria incluindo remodelação de infra-estruturas Localização:

Leia mais

SESSÃO TÉCNICA G E G S E T S Ã T O Ã O D E D R ES E ID I U D OS O D E D C O C N O ST S R T UÇÃO Ã O E D E D MOL O IÇ I ÃO Ã O (R ( C R D) D )

SESSÃO TÉCNICA G E G S E T S Ã T O Ã O D E D R ES E ID I U D OS O D E D C O C N O ST S R T UÇÃO Ã O E D E D MOL O IÇ I ÃO Ã O (R ( C R D) D ) SESSÃO TÉCNICA GESTÃO DE RESIDUOS DE CONSTRUÇÃO E DEMOLIÇÃO (RCD) Fundamentoda Sessão; - Esta iniciativa partiu no âmbito do processo de RVCC Profissional onde o tema foi abordado por uma empresa parceira

Leia mais

Gestão de Resíduos, Produtos para a Construção, Demolição & Reciclagem

Gestão de Resíduos, Produtos para a Construção, Demolição & Reciclagem 1. GESTÃO DE RESÍDUOS (Alvarás n.º 43/2010/CCDRC e n.º 52/2010/CCDRC) 1.1 Resíduos admissíveis nas Unidades de Gestão de Resíduos Resíduos não perigosos (estado sólido ou pastoso) Betão, Argamassas, Telhas,

Leia mais

MAPA DE ACABAMENTOS. VESTÍBULOS E CIRCULAÇÕES - Pavimento flutuante com acabamento em madeira de carvalho envernizada.

MAPA DE ACABAMENTOS. VESTÍBULOS E CIRCULAÇÕES - Pavimento flutuante com acabamento em madeira de carvalho envernizada. MAPA DE ACABAMENTOS APARTAMENTOS VESTÍBULOS E CIRCULAÇÕES - Pavimento flutuante com acabamento em madeira de carvalho envernizada. - Rodapé em mdf (medium density fiberboard) hidrófugo lacado a tinta de

Leia mais

LISTA DE ACABAMENTOS E EQUIPAMENTOS ASPECTOS GERAIS

LISTA DE ACABAMENTOS E EQUIPAMENTOS ASPECTOS GERAIS LISTA DE ACABAMENTOS E EQUIPAMENTOS ASPECTOS GERAIS Condomínio privado com entrada controlada e jardim interior, através do qual se acede aos átrios dos apartamentos Estrutura em betão armado, anti-sísmica,

Leia mais

envolvente Excepcional localização, a 500 mt do Largo do Chiado Dentro do Bairro Histórico de Santa Catarina, o mais emblemático de Lisboa

envolvente Excepcional localização, a 500 mt do Largo do Chiado Dentro do Bairro Histórico de Santa Catarina, o mais emblemático de Lisboa santa catarina, 3 Excepcional localização, a 500 mt do Largo do Chiado Dentro do Bairro Histórico de Santa Catarina, o mais emblemático de Lisboa Integrado no conjunto edificado do Pátio do Lencastre,

Leia mais

Será de acordo com o projecto aprovado por as entidades competentes e seus respectivos desenhos.

Será de acordo com o projecto aprovado por as entidades competentes e seus respectivos desenhos. Especificações gerais de construção Arquitectura Será de acordo com o projecto aprovado por as entidades competentes e seus respectivos desenhos. 1. Estrutura 1.1. A estrutura será em betão armado conforme

Leia mais

CONSTRUÇÃO MODULAR. Rev A 1-7-2011

CONSTRUÇÃO MODULAR. Rev A 1-7-2011 CONSTRUÇÃO MODULAR SM Rev A 1-7-2011 1 A U.E.M. Unidade de Estruturas Metálicas, SA com 15 anos de actividade, inicialmente direccionada para a fabricação e comercialização dos módulos pré-fabricados que,

Leia mais

BELÉM RESIDENCE MAPA DE ACABAMENTOS. - Pavimento flutuante com acabamento em madeira de carvalho envernizada.

BELÉM RESIDENCE MAPA DE ACABAMENTOS. - Pavimento flutuante com acabamento em madeira de carvalho envernizada. BELÉM RESIDENCE MAPA DE ACABAMENTOS APARTAMENTOS VESTÍBULOS E CIRCULAÇÕES - Pavimento flutuante com acabamento em madeira de carvalho envernizada. - Rodapé em mdf (medium density fiberboard) hidrófugo

Leia mais

II Jornadas do Curso do de Engenharia do Ambiente e Biológica Sustentabilidade, Recursos e Resíduos

II Jornadas do Curso do de Engenharia do Ambiente e Biológica Sustentabilidade, Recursos e Resíduos II Jornadas do Curso do de Engenharia do Ambiente e Biológica Sustentabilidade, Recursos e Resíduos Humberto Marques e Humberto Gonçalves Tomar, 3 de Março 2012 INDUSTRIA DA CONSTRUÇÃO A indústria da construção

Leia mais

THE SAVANNAHS. Contrato-Promessa Anexo II Especificações + Planta da Fracção

THE SAVANNAHS. Contrato-Promessa Anexo II Especificações + Planta da Fracção (LOTES 7 e 9) 1 ESTRUTURA 1.1 A estrutura é constituída por pilares e vigas de betão armado assentes em fundações do mesmo material. 1.2 A lage do rés-do-chão é é constituída por uma placa prefabricada

Leia mais

Características técnicas:

Características técnicas: Características técnicas: 1-BASE: 1.1-Habitação/Varanda: A base da Habitação/Varanda será construída em Alvenaria conforme o projecto, com placa pré-esforçado, construída sobre muros de blocos assentes

Leia mais

Acústica em Reabilitação de Edifícios

Acústica em Reabilitação de Edifícios Reabilitação 09- Parte 8 - Desempenho Acústico de - Soluções Construtivas e Problemas típicos na Execução Reabilitação 09- Conteúdo da apresentação: Problemas típicos de soluções construtivas correntes

Leia mais

SERVIÇOS MUNICIPALIZADOS DE ÁGUA E SANEAMENTO DA CÂMARA MUNICIPAL DE PENICHE

SERVIÇOS MUNICIPALIZADOS DE ÁGUA E SANEAMENTO DA CÂMARA MUNICIPAL DE PENICHE SERVIÇOS MUNICIPALIZADOS DE ÁGUA E SANEAMENTO DA CÂMARA MUNICIPAL DE PENICHE FERREL AMPLIAÇÃO E REMODELAÇÃO DA REDE DE ESGOTOS DOMÉSTICOS E PLUVIAIS LIGAÇÃO ÀS ÁGUAS DO OESTE 2ª FASE E REFORÇO DO ABASTECIMENTO

Leia mais

Prestígio numa localização privilegiada. T1 I Área privativa de 100 m 2 I Vista e exposição solar

Prestígio numa localização privilegiada. T1 I Área privativa de 100 m 2 I Vista e exposição solar Prestígio numa localização privilegiada T1 I Área privativa de 100 m 2 I Vista e exposição solar T1 exclusivo no último andar, com 100 m 2 de área privativa, excelente exposição solar e uma vista deslumbrante

Leia mais

PLANO DE GESTÃO DE RESIDUOS ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO... 3 2. IDENTIFICAÇÃO DOS RESÍDUOS PRODUZIDOS... 4 3. MODO OPERATIVO... 5 4. RESPONSABILIDADES...

PLANO DE GESTÃO DE RESIDUOS ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO... 3 2. IDENTIFICAÇÃO DOS RESÍDUOS PRODUZIDOS... 4 3. MODO OPERATIVO... 5 4. RESPONSABILIDADES... PLANO DE GESTÃO DE RESIDUOS ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO... 3 2. IDENTIFICAÇÃO DOS RESÍDUOS PRODUZIDOS... 4 3. MODO OPERATIVO... 5 3.1. FASE DE PLANEAMENTO (PRÉ-OBRA)...5 3.2. FASE DE CONSTRUÇÃO...5 3.2.1. Deposição

Leia mais

Listagem de Erros e Omissões

Listagem de Erros e Omissões Listagem de Erros e Omissões - No ponto 13 do caderno de encargos - Critérios de adjudicação, factor preço, uma fórmula matemática, em que uma das parcelas, nomeadamente a PREm - o menor preço proposto,

Leia mais

DEPARTAMENTO DE OBRAS E GESTÃO DE INFRA-ESTRUTURAS MUNICIPAIS FICHA TÉCNICA

DEPARTAMENTO DE OBRAS E GESTÃO DE INFRA-ESTRUTURAS MUNICIPAIS FICHA TÉCNICA PARTAMENTO OBRAS E GESTÃO FICHA TÉCNICA 1. INTIFICAÇÃO Casa Museu Miguel Torga 2. LOCALIZAÇÃO Praça Sá de Miranda. Freguesia de Santo António dos Olivais 3. SCRIÇÃO GERAL A Câmara Municipal deliberou em

Leia mais

MAPA DE ACABAMENTOS SUNRISE BAY

MAPA DE ACABAMENTOS SUNRISE BAY MAPA DE ACABAMENTOS SUNRISE BAY ESPAÇOS INTERIORES Piso 0 Garagem (Box) Revestimento das paredes a estuque pintado a tinta plástica na cor branca Pavimento em betão com quartzo com acabamento afagado e

Leia mais

E S T A D O D O M A T O G R O S S O. Prefeitura Municipal de Jaciara

E S T A D O D O M A T O G R O S S O. Prefeitura Municipal de Jaciara MEMORIAL DESCRITIVO REDE CEGONHA - HOSPITAL MUNICIPAL JACIARA/MT O presente memorial descritivo define diretrizes referentes à reforma do espaço destinado a Programa REDE CEGONHA no Hospital Municipal

Leia mais

MEMÓRIA DESCRITIVA E JUSTIFICATIVA

MEMÓRIA DESCRITIVA E JUSTIFICATIVA MEMÓRIA DESCRITIVA E JUSTIFICATIVA Refere-se a presente Memória Descritiva e Justificativa ao Projecto de Arquitectura relativo á obra de Construção do Quartel/Sede da Associação Humanitária dos Bombeiros

Leia mais

Agostinho Paim Cota NIF: 128 659 823

Agostinho Paim Cota NIF: 128 659 823 LISTA DE OPERADORES DE GESTÃO DE RESÍDUOS LICENCIADOS EM SÃO JORGE ATUALIZADA A 31.07.2012 Agostinho Paim Cota NIF: 128 659 823 - Armazenagem dos seguintes resíduos: LER Alvará n.º 5/DRA/2012 (validade:

Leia mais

MEMÓRIA DESCRITIVA E JUSTIFICATIVA DO MODO DE EXECUÇÃO DA OBRA

MEMÓRIA DESCRITIVA E JUSTIFICATIVA DO MODO DE EXECUÇÃO DA OBRA MEMÓRIA DESCRITIVA E JUSTIFICATIVA DO MODO DE EXECUÇÃO DA OBRA 1 Obra O presente trabalho refere-se à reabilitação de um aglomerado de habitações em adiantado estado de degradação numa herdade do Alentejo

Leia mais

Rua Dante Francisco Zattera, Quadra 4907, lote 14, Loteamento Cidade Nova II. Bairro Distrito Industrial Caxias do Sul RS

Rua Dante Francisco Zattera, Quadra 4907, lote 14, Loteamento Cidade Nova II. Bairro Distrito Industrial Caxias do Sul RS MEMORIAL DESCRITIVO: APRESENTAÇÃO DO EMPREENDIMENTO: LOCALIZAÇÃO: Rua Dante Francisco Zattera, Quadra 4907, lote 14, Loteamento Cidade Nova II. Bairro Distrito Industrial Caxias do Sul RS DESCRIÇÃO: Edifício

Leia mais

PAREDES EXTERIORES EM TIJOLO Reboco e pintura tipo Beltex da Sotinco, 7 tons de cinza, Pantone Cool Gray Isolamento com Wallmate ou Lã de Rocha 40mm

PAREDES EXTERIORES EM TIJOLO Reboco e pintura tipo Beltex da Sotinco, 7 tons de cinza, Pantone Cool Gray Isolamento com Wallmate ou Lã de Rocha 40mm EXTERIORES PAREDES EXTERIORES EM TIJOLO Reboco e pintura tipo Beltex da Sotinco, 7 tons de cinza, Pantone Cool Gray Isolamento com Wallmate ou Lã de Rocha 40mm VÃOS EXTERIORES Vãos exteriores em caixilharia

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO O

MEMORIAL DESCRITIVO O MEMORIAL DESCRITIVO O presente memorial tem por objetivo estabelecer requisitos técnicos, definir materiais e padronizar os projetos e execuções da obra localizada na Rua Jorge Marcelino Coelho, s/n, Bairro

Leia mais

Edificação de uma moradia unifamiliar de traça típica portuguesa num terreno em Sesimbra.

Edificação de uma moradia unifamiliar de traça típica portuguesa num terreno em Sesimbra. MEMÓRIA DESCRITIVA E JUSTIFICATIVA DO MODO DE EXECUÇÃO DA OBRA 1 Obra Edificação de uma moradia unifamiliar de traça típica portuguesa num terreno em Sesimbra. Esta moradia foi construída de raiz num terreno

Leia mais

MEMORIA DESCRITIVA E JUSTIFICATIVA!

MEMORIA DESCRITIVA E JUSTIFICATIVA! MEMORIA DESCRITIVA E JUSTIFICATIVA A presente memória descritiva e justificativa refere-se, ao Projecto de um Complexo Habitacional denominado Condomínio Kutolola que contem mais de 210 Residências e áreas

Leia mais

APARTAMENTO NO 3º ANDAR DE UM PRÉDIO SEM ELEVADOR

APARTAMENTO NO 3º ANDAR DE UM PRÉDIO SEM ELEVADOR Pedido Orçamento Obras apartamento Algés Lisboa APARTAMENTO NO 3º ANDAR DE UM PRÉDIO SEM ELEVADOR AREA APROX. 80m2 3 quartos 1 casa de banho Cozinha Prédio de construção pombalina. Remodelação para habitação

Leia mais

FUNDAÇÃO PROFESSOR MARTINIANO FERNANDES- IMIP HOSPITALAR - HOSPITAL DOM MALAN

FUNDAÇÃO PROFESSOR MARTINIANO FERNANDES- IMIP HOSPITALAR - HOSPITAL DOM MALAN 25% 1.0 SERVIÇOS PRELIMINARES R$ 12.734,82 1.1 COTAÇÃO MOBILIZAÇÃO DE EQUIPAMENTOS, FERRAMENTAS E PESSOAL. M² 200,00 2,57 3,21 642,50 1.2 74220/001 TAPUME DE CHAPA DE MADEIRA COMPENSADA, E= 6MM, COM PINTURA

Leia mais

CORPOS A, B, C, D e E

CORPOS A, B, C, D e E LISTAGEM DE ACABAMENTOS LOTE 1 CORPOS A, B, C, D e E Rua Ferreira de Castro, nº 22-C 2730-081 BARCARENA Telefone : 21 4873600, Fax:: 21 44873609, e-mail info@edipril.com NIPC 503 398 721, Cons. Reg. C.

Leia mais

ACABAMENTOS E EQUIPAMENTOS

ACABAMENTOS E EQUIPAMENTOS ACABAMENTOS E EQUIPAMENTOS 2009 CAPRIPLAZA Invest. Imobiliários, Lda Telefone: +351964225512 Fax: +351 21 442 04 17 Duplex num dos edifícios mais emblemáticos da Expo, a Torre S.Rafael. Situado no 17º/18º

Leia mais

Oportunidade: Condomínio Privado- MAIA

Oportunidade: Condomínio Privado- MAIA Oportunidade: Condomínio Privado- MAIA Rua das Lousinhas 10 Moradias T4 2 Localização O imóvel localiza-se no distrito do Porto, concelho da Maia e freguesia da Folgosa, numa zona residencial de grande

Leia mais

CONDIÇÕES DE ENTREGA/RECEPÇÃO DO SERVIÇO EXTRA URBANO

CONDIÇÕES DE ENTREGA/RECEPÇÃO DO SERVIÇO EXTRA URBANO SERVIÇO EXTRA URBANO O Serviço extra Urbano corresponde ao serviço a ser prestado aos produtores de resíduos não urbanos de embalagens, de forma a garantir a esses produtores um destino final adequado

Leia mais

ESTUDO DE GESTÃO DE RESÍDUOS DA CONSTRUÇÃO E DEMOLIÇÃO

ESTUDO DE GESTÃO DE RESÍDUOS DA CONSTRUÇÃO E DEMOLIÇÃO ÍNDICE 1.Antecedentes--------------------------------------------------------------------------------------3 1.1. Objecto do estudo... 3 1.2. Descrição da obra... 3 1.3. Autor do estudo... 4 2.Tipos de

Leia mais

Tranquilidade e conforto no centro de Lisboa. T3+1 223 m 2 de área privativa magnifica exposição solar e vista excepcional

Tranquilidade e conforto no centro de Lisboa. T3+1 223 m 2 de área privativa magnifica exposição solar e vista excepcional Tranquilidade e conforto no centro de Lisboa T3+1 223 m 2 de área privativa magnifica exposição solar e vista excepcional Penthouse duplex T3 + 1, com 223 m 2 de área privativa, magnifica exposição solar

Leia mais

MAPA DE ACABAMENTOS Lotes 1 a 4

MAPA DE ACABAMENTOS Lotes 1 a 4 MAPA DE ACABAMENTOS Lotes 1 a 4 ASPECTOS GERAIS DA CONSTRUÇÃO 1. Estrutura de betão armado anti-sísmica constituída por lajes fungiformes, pilares, vigas e núcleos rígidos das escadas e elevadores; 2.

Leia mais

Projecto para um conjunto de habitações unifamiliares São Luís, Maranhão, Brasil. Projecto

Projecto para um conjunto de habitações unifamiliares São Luís, Maranhão, Brasil. Projecto O sistema construtivo é simples, tendo sido dada preferência a materiais correntes, ou seja, de utilização mais frequente no local, com soluções técnicas enquadradas na mão-de-obra local e adequadas ao

Leia mais

EDIFÍCIO LUBANGO CENTER

EDIFÍCIO LUBANGO CENTER : 1 piso : 4 pisos : 5 pisos Descrição do Projeto O Edifício Lubango Center está localizado no centro da cidade do Lubango, perto da Sé, na esquina da Avenida 14 de Agosto com a Rua Patrice Lumunba. Projetado

Leia mais

ELEGANTE w w w. w b. e b s e s s a s l a e l i e t i e t o e f o fi f c fi e c s e. s c. o c m

ELEGANTE w w w. w b. e b s e s s a s l a e l i e t i e t o e f o fi f c fi e c s e. s c. o c m THE PERFECT FIT ELEGANTE O ambiente de trabalho e a envolvente dos espaços de escritórios são cada vez mais um factor crucial de satisfação que condiciona a motivação, produtividade e o sucesso das empresas.

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA PARA ELABORAÇÃO DO PROJETO DE GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS DA CONSTRUÇÃO CIVIL (PGRCC)

TERMO DE REFERÊNCIA PARA ELABORAÇÃO DO PROJETO DE GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS DA CONSTRUÇÃO CIVIL (PGRCC) TERMO DE REFERÊNCIA PARA ELABORAÇÃO DO PROJETO DE GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS DA CONSTRUÇÃO CIVIL (PGRCC) 1 JUSTIFICATIVA Este Termo de Referência tem como finalidade orientar os grandes e pequenos geradores

Leia mais

L I S T A D E A C A B A M E N T O S

L I S T A D E A C A B A M E N T O S Índice CORDON 31 CHIADO Apartamentos Pisos 01 02 Sala Suite Instalações Sanitárias 04 05 Cozinhas Tratamento de Roupa 06 Apartamentos Pisos 03 04 05 Hall e Circulações Sala Suite Instalações Sanitárias

Leia mais

Nota Técnica. Requisitos Gerais para a armazenagem de óleos usados:

Nota Técnica. Requisitos Gerais para a armazenagem de óleos usados: Nota Técnica ARMAZENAGEM DE ÓLEOS USADOS Para efeitos do presente documento, considera-se a definição de óleos usados constante na alínea b) do artigo 2.º do Decreto-lei n.º 153/2003. Define-se reservatório

Leia mais

Pré-Certificado Energético Edifício de Habitação SCE84144829 PROVISÓRIO

Pré-Certificado Energético Edifício de Habitação SCE84144829 PROVISÓRIO Válido até IDENTIFICAÇÃO POSTAL Morada RUA DOS ESCUTEIROS,, Localidade RIBAMAR Freguesia RIBAMAR Concelho LOURINHÃ GPS 39.197874, -9.330633 IDENTIFICAÇÃO PREDIAL/FISCAL Conservatória do Registo Predial

Leia mais

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada RUA DO CASTELO,, Localidade MONTEMOR-O-VELHO

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada RUA DO CASTELO,, Localidade MONTEMOR-O-VELHO Válido até 29/03/2025 IDENTIFICAÇÃO POSTAL Morada RUA DO CASTELO,, Localidade MONTEMOR-O-VELHO Freguesia MONTEMOR-O-VELHO E GATÕES Concelho MONTEMOR-O-VELHO GPS 40.173269, -8.685544 IDENTIFICAÇÃO PREDIAL/FISCAL

Leia mais

MAPA DE TRABALHOS Artº Designação Unid. Quant. P. Unit. Total

MAPA DE TRABALHOS Artº Designação Unid. Quant. P. Unit. Total 1 Alvenarias 1.1 Fornecimento e assentamento de alvenaria de tijolo de 30x20x3 em forra de paredes de betão assente com argamassa de cimento e areia m2 63,36 1.2 Fornecimento e assentamento de alvenaria

Leia mais

CURSO DE CAPACITAÇÃO PARA A GESTÃO DOS MUNICÍPIOS. Marcos Vieira Analista Ambiental GELSAR/INEA

CURSO DE CAPACITAÇÃO PARA A GESTÃO DOS MUNICÍPIOS. Marcos Vieira Analista Ambiental GELSAR/INEA CURSO DE CAPACITAÇÃO PARA A GESTÃO DOS MUNICÍPIOS Marcos Vieira Analista Ambiental GELSAR/INEA Março/2012 Gerência ESTRUTURA GELSAR 1 Gerente SERURB SERVIÇO DE RESÍDUOS URBANOS 1 Chefe de Serviço, 5 analistas

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO ÁREAS DE LAZER

MEMORIAL DESCRITIVO ÁREAS DE LAZER MEMORIAL DESCRITIVO ÁREAS DE LAZER Ficam na cobertura, 9º andar. Esta composta por Salão de festas, Espaço gourmet, Fitness center, Sala de jogos e web, Piscina borda infinita e Solarium. - Salão Festas:

Leia mais

Postos de transformação. PFS Cabinas Subterrâneas para Postos de Transformação Até 36 kv

Postos de transformação. PFS Cabinas Subterrâneas para Postos de Transformação Até 36 kv Postos de transformação PFS Cabinas Subterrâneas para Postos de Transformação Até 36 kv PFS CABINAS SUBTERRÂNEAS PARA POSTOS DE TRANSFORMAÇÃO DESCRIÇÃO A cabina PFS é uma envolvente monobloco de betão

Leia mais

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada RUA DO CHOUPELO, 811, R/C ESQUERDO Localidade VILA NOVA DE GAIA

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada RUA DO CHOUPELO, 811, R/C ESQUERDO Localidade VILA NOVA DE GAIA Válido até 11/02/2024 IDENTIFICAÇÃO POSTAL Morada RUA DO CHOUPELO, 811, R/C ESQUERDO Localidade VILA NOVA DE GAIA Freguesia VILA NOVA DE GAIA (SANTA MARINHA) Concelho VILA NOVA DE GAIA GPS 41.070000, -8.360000

Leia mais

ÁREA TOTAL CASA: 67,50m² ÁREA DE INFILTRAÇÃO: 80,20m² ITEM ESPECIFICAÇÕES DOS SERVIÇOS

ÁREA TOTAL CASA: 67,50m² ÁREA DE INFILTRAÇÃO: 80,20m² ITEM ESPECIFICAÇÕES DOS SERVIÇOS ENDEREÇO: Rua nº 01 - Loteamento Maria Laura ÁREA TOTAL CASA: 67,50m² 1 INSTALAÇÃO DO CANTEIRO DE OBRA 1.1 Abrigo provisório de madeira executada na obra para alojamento e depósitos de materiais e ferramentas

Leia mais

ITEM DISCRIMINAÇÃO DOS SERVIÇOS UNID. 1.00 SERVIÇOS PRELIMINARES 1.01 PLACA DE OBRA EM CHAPA DE ACO GALVANIZADO M2 6,00

ITEM DISCRIMINAÇÃO DOS SERVIÇOS UNID. 1.00 SERVIÇOS PRELIMINARES 1.01 PLACA DE OBRA EM CHAPA DE ACO GALVANIZADO M2 6,00 MEMORIAL DE CÁLCULO OBRA: AMPLIAÇÃO DA UNIDADE DE ATENDIMENTO NO DISTRITO DE RIO BRANCO LOCAL: ZONA RURAL, DISTRITO DE RIO BRANCO ÁREA: 77,05M² ITEM DISCRIMINAÇÃO DOS SERVIÇOS UNID. QUANT. 1.00 SERVIÇOS

Leia mais

Memorial Descritivo Condomínio Residencial Renascer

Memorial Descritivo Condomínio Residencial Renascer Memorial Descritivo Memorial Descritivo Condomínio Residencial Renascer Um novo tempo. Sua nova vida. Incorporação e Construção: JDC Engenharia Ltda Empreendimento: Construção de 2 torres residenciais,

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO. Residencial Nihal Rua Aragão Bozano, 131 Lotes 2, Quadra 57, Torres, RS

MEMORIAL DESCRITIVO. Residencial Nihal Rua Aragão Bozano, 131 Lotes 2, Quadra 57, Torres, RS MEMORIAL DESCRITIVO Residencial Nihal Rua Aragão Bozano, 131 Lotes 2, Quadra 57, Torres, RS 1. LOCALIZAÇÃO: O empreendimento localiza-se à Rua Aragão Bozano,131 Lotes 2, Quadra 57, Praia Grande, Torres/RS.

Leia mais

Constituição e Estrutura Accionista

Constituição e Estrutura Accionista Constituição e Estrutura Accionista DECRETO-LEI Nº 11/2001 DE 23 de Janeiro 8 Criação do Sistema Multimunicipal de Triagem, Recolha, Valorização e Tratamento de Resíduos Sólidos Urbanos do Norte Alentejano

Leia mais

MAPA DE ACABAMENTOS DA MORADIA UNIFAMILIAR POÇOS/CRASTO AROUCA

MAPA DE ACABAMENTOS DA MORADIA UNIFAMILIAR POÇOS/CRASTO AROUCA www.luiscastro.pt www.luiscastro.pt www.luiscastro.pt Luís Castro, Lda Compra e Venda de Imóveis Rua João de Deus,76 6ºE 3700 149 S. João da Madeira Tel. e Fax. 256 823 974 Tlm. 917 322 318 Email: lcastrolda@gmail.com

Leia mais

CASAS MODULARES ESPANHOLAS Qualidade europeia

CASAS MODULARES ESPANHOLAS Qualidade europeia C O N T R U Ç Ã O M O D U L A R C A N T E I R O S D E O B R A CASAS MODULARES ESPANHOLAS Qualidade europeia SUALSA CASAS MODULARES As casas pré-fabricadas baseiam-se numa estrutura resistente que incorpora

Leia mais

ÁREA TOTAL TERRENO: 325,00m² ÁREA TOTAL CASA: 48,00m² ÁREA DE INFILTRAÇÃO: 65,00m² ITEM ESPECIFICAÇÕES DOS SERVIÇOS

ÁREA TOTAL TERRENO: 325,00m² ÁREA TOTAL CASA: 48,00m² ÁREA DE INFILTRAÇÃO: 65,00m² ITEM ESPECIFICAÇÕES DOS SERVIÇOS 1 1.1 INSTALAÇÃO DO CANTEIRO DE OBRA Abrigo provisório de madeira executada na obra para alojamento e depósitos de materiais e ferramentas 01520.8.1.1 m² 7,50 1.2 Ligação provisória de água para a obra

Leia mais

PLANILHA DE SERVIÇOS GERAIS DE OBRA

PLANILHA DE SERVIÇOS GERAIS DE OBRA 1 PRELIMINARES 1.1 Instalações do canteiro de obra vb 1,00 5.000,00 5.000,00 90,09 1.2 Placa de obra 2,00m x 3,00m, conforme orietações da administração vb 1,00 550,00 550,00 9,91 SUB TOTAL PRELIMINARES

Leia mais

CERTIFICADO DE DESEMPENHO ENERGÉTICO E DA QUALIDADE DO AR INTERIOR

CERTIFICADO DE DESEMPENHO ENERGÉTICO E DA QUALIDADE DO AR INTERIOR Nº CER CE54401115 CERTIFICADO DE DESEMPENHO ENERGÉTICO E DA QUALIDADE DO AR INTERIOR TIPO DE FRACÇÃO/EDIFÍCIO: PEQUENO EDIFÍCIO DE SERVIÇOS SEM SISTEMA(S) DE CLIMATIZAÇÃO Morada / Localização Travessa

Leia mais

Picagem de parede para remoção de azulejo 6 /m2. Picagem de pavimento para remoção de mosaico e betonilha 6 /m2. Abertura e tapamento de roços 7 /m2

Picagem de parede para remoção de azulejo 6 /m2. Picagem de pavimento para remoção de mosaico e betonilha 6 /m2. Abertura e tapamento de roços 7 /m2 Demolições Picagem de parede para remoção de azulejo 6 /m2 Picagem de pavimento para remoção de mosaico e betonilha 6 /m2 Abertura e tapamento de roços 7 /m2 Forneçimento de contentor de lixo 150 /un 1

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO PRÉDIO DE APARTAMENTOS. Local: Rua General Auto, N 101 e 111 Centro Porto Alegre

MEMORIAL DESCRITIVO PRÉDIO DE APARTAMENTOS. Local: Rua General Auto, N 101 e 111 Centro Porto Alegre MEMORIAL DESCRITIVO PRÉDIO DE APARTAMENTOS Local: Rua General Auto, N 101 e 111 Centro Porto Alegre INDICE 1. GENERALIDADES 1.1. OBJETOS E DADOS 1.2. NORMAS 1.3. PLANTAS 2. INTERPRETAÇÃO 3. PRÉDIO 3.1.

Leia mais

Questionário Preliminar de Risco

Questionário Preliminar de Risco Questionário Preliminar de Risco MULTIRISCOS PME Identificação interna Sucursal Comercial Técnico Agente / Corretor Data da visita Referência Proponente Nome Morada Ocupação do risco Código Postal DESCRIÇÃO

Leia mais

A Planivis incorpora nas suas construções modulares materiais sustentáveis, nomeadamente*:

A Planivis incorpora nas suas construções modulares materiais sustentáveis, nomeadamente*: Princípio construtivo: O conceito de construção modular, assenta na execução de módulos com uma estrutura metálica mista, 100% reciclável, de aço laminado a quente (aço pesado ) e aço leve galvanizado.

Leia mais

PROJETO DE ALTERAÇÃO DA REDE ELÉTRICA E REPARAÇÕES DO CENTRO EMPRESARIAL DA MARINHA GRANDE EMBRA MARINHA GRANDE PLANO DE PREVENÇÃO E GESTÃO DE

PROJETO DE ALTERAÇÃO DA REDE ELÉTRICA E REPARAÇÕES DO CENTRO EMPRESARIAL DA MARINHA GRANDE EMBRA MARINHA GRANDE PLANO DE PREVENÇÃO E GESTÃO DE PROJETO DE ALTERAÇÃO DA REDE ELÉTRICA E REPARAÇÕES DO CENTRO EMPRESARIAL DA MARINHA GRANDE EMBRA MARINHA GRANDE PLANO DE PREVENÇÃO E GESTÃO DE RESÍDUOS 1. INTRODUÇÃO O Decreto-Lei n.º 46/2008, de 12 de

Leia mais

Memoria descritivo do Residencial Liguria

Memoria descritivo do Residencial Liguria ESPECIFICAÇÕES BÁSICAS MEMORIAL DESCRITIVO DA CONSTRUÇÃO FUNDAÇÕES As fundações serão do tipo diretas, com utilização de sapatas, calculadas conforme solicitações de carga. ESTRUTURA O prédio terá estrutura

Leia mais

PAVIMENTO- Laje de betão tratada, com marcação de lugares e caminhos de fuga. PAREDES- Reboco pintado, incl faixa de cor pintada a tinta de esmalte.

PAVIMENTO- Laje de betão tratada, com marcação de lugares e caminhos de fuga. PAREDES- Reboco pintado, incl faixa de cor pintada a tinta de esmalte. PISO -1 CIRCULAÇÃO/GARAGENS/BOXES PAVIMENTO- Laje de betão tratada, com marcação de lugares e caminhos de fuga. PAREDES- Reboco pintado, incl faixa de cor pintada a tinta de esmalte. TECTO- Betão pintado

Leia mais

J. GESTÃO DOS RESÍDUOS DE CONSTRUÇÃO E DEMOLIÇÃO

J. GESTÃO DOS RESÍDUOS DE CONSTRUÇÃO E DEMOLIÇÃO J. GESTÃO DOS RESÍDUOS DE CONSTRUÇÃO E DEMOLIÇÃO ENQUADRAMENTO LEGAL Face à necessidade da criação de condições legais para a correta gestão dos Resíduos de Construção e Demolição (RCD), foi publicado

Leia mais

ACABAMENTOS E EQUIPAMENTOS

ACABAMENTOS E EQUIPAMENTOS ACABAMENTOS E EQUIPAMENTOS Moradia de Linda-a-Pastora 2009 CAPRIPLAZA Invest. Imobiliários, Lda Telefone: +351964225512 Fax: +351 21 442 04 17 Moradia isolada unifamiliar com vista desafogada, privacidade

Leia mais

CONSELHO NACIONAL DO MEIO AMBIENTE-CONAMA

CONSELHO NACIONAL DO MEIO AMBIENTE-CONAMA CONSELHO NACIONAL DO MEIO AMBIENTE-CONAMA Resolução nº 307, de 5 de Julho de 2002. Estabelece diretrizes, critérios e procedimentos para a gestão dos resíduos da construção civil, disciplinando as ações

Leia mais

RESOLUÇÃO N o 307, DE 5 DE JULHO DE 2002 Publicada no DOU nº 136, de 17/07/2002, págs. 95-96

RESOLUÇÃO N o 307, DE 5 DE JULHO DE 2002 Publicada no DOU nº 136, de 17/07/2002, págs. 95-96 RESOLUÇÃO N o 307, DE 5 DE JULHO DE 2002 Publicada no DOU nº 136, de 17/07/2002, págs. 95-96 Correlações: Alterada pela Resolução nº 448/12 (altera os artigos 2º, 4º, 5º, 6º, 8º, 9º, 10 e 11 e revoga os

Leia mais

Estado do Rio Grande do Sul Municipio de Venâncio Aires

Estado do Rio Grande do Sul Municipio de Venâncio Aires MEMORIAL DESCRITIVO Obra: OBRAS CIVIS, REFORMA E INSTALAÇÕES - PMAT PAVIMENTO TÉRREO E SUPERIOR DA PREFEITURA MUNICIPAL Local: Rua Osvaldo Aranha-nº 634 Venâncio Aires EXECUÇÃO E SERVIÇOS A execução dos

Leia mais

Investimento em qualidade de vida. T4+1 triplex 300 m 2 de área privativa 150 m 2 de jardim

Investimento em qualidade de vida. T4+1 triplex 300 m 2 de área privativa 150 m 2 de jardim Investimento em qualidade de vida T4+1 triplex 300 m 2 de área privativa 150 m 2 de jardim Príncipe Real II - T4+1 Excecional T4+1, em triplex, com 300 m 2 de área privativa e 150 m 2 de jardim Rua dos

Leia mais

CONDOMÍNIO CASAS DA BAFUREIRA

CONDOMÍNIO CASAS DA BAFUREIRA CONDOMÍNIO CASAS DA BAFUREIRA 26.FEV.2011 05.MAR.2011 12.MAR.2011 VISTORIAS ÀS ZONAS DE USO COMUM DO CONDOMÍNIO PARA REGISTO DE ANOMALIAS ENCONTRADOS NA CONSTRUÇÃO: 1. INTERIOR DOS BLOCOS 1.1. BLOCO A:

Leia mais

Estaleiros de Equipamentos e Obras

Estaleiros de Equipamentos e Obras isep Engenharia Civil Estaleiros de Equipamentos e Obras [EEQO] Organização do Estaleiro de uma Obra de Construção Civil Eduardo Azevedo, nº 980019 Estaleiros de Equipamentos e Obras Organização do Estaleiro

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO. 2.0 - Calçadas Externas/rampa/escada:

MEMORIAL DESCRITIVO. 2.0 - Calçadas Externas/rampa/escada: PROJETO Nº 051/2013 Solicitação: Memorial Descritivo Tipo da Obra: Reforma, ampliação e adequação acesso Posto de Saúde Santa Rita Área existente: 146,95 m² Área ampliar: 7,00 m² Área calçadas e passeio:

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 307, DE 5 DE JULHO DE 2002 (DOU de 17/07/2002)

RESOLUÇÃO Nº 307, DE 5 DE JULHO DE 2002 (DOU de 17/07/2002) RESOLUÇÃO Nº 307, DE 5 DE JULHO DE 2002 (DOU de 17/07/2002) Estabelece diretrizes, critérios e procedimentos para a gestão dos resíduos da construção civil. Correlações: Alterada pela Resolução nº 469/15

Leia mais

SISTEMA CONSTRUTIVO EM PAREDES DE CONCRETO:

SISTEMA CONSTRUTIVO EM PAREDES DE CONCRETO: SISTEMA CONSTRUTIVO EM PAREDES DE CONCRETO: Adequações frente às s normas de desempenho. Marcelo Moacyr Diretor de Engenharia, Construção e Relacionamento 1 Escolha do Sistema Construtivo 2 Avaliações

Leia mais

T3 105 M2 + 30 M2 DECK 28 M2 GARAGEM

T3 105 M2 + 30 M2 DECK 28 M2 GARAGEM T3 105 M2 + 30 M2 DECK 28 M2 GARAGEM 2 Discovercasa Lda NIF: 509397573 Avenida Gaspar Baltar nº25 1. 4560-242 Penafiel - Portugal 3 Discovercasa Lda NIF: 509397573 Avenida Gaspar Baltar nº25 1. 4560-242

Leia mais

Dossier Promocional. Moradia em Abrantes Santarém

Dossier Promocional. Moradia em Abrantes Santarém Dossier Promocional Moradia em Abrantes Santarém 1 1. Contexto e a Oportunidade 2. Localização do Imóvel 3. Características Gerais do Imóvel 4. Descrição Detalhada 5. Condições de Comercialização 6. Contactos

Leia mais

Carta de Apresentação. Fazemos melhor, porque sabemos como!

Carta de Apresentação. Fazemos melhor, porque sabemos como! ESTRUTURA METÁLICA Carta de Apresentação Fazemos melhor, porque sabemos como! Todas as grandes empresas passam por um caminho gradual que as faz enfrentar problemas, ultrapassar barreiras e crescer. Esse

Leia mais

LISTA DE ACABAMENTOS GERAIS

LISTA DE ACABAMENTOS GERAIS LISTA DE ACABAMENTOS GERAIS FACHADAS EXTERIORES FACHADAS DA RUA IVENS E LARGO DA BOA HORA Pintura a tinta aquosa de fachadas CIN Cinoxano (Rua Ivens). Pintura a cal apagada envelhecida, CIN Rialto Epoca

Leia mais

CONSELHO NACIONAL DO MEIO AMBIENTE

CONSELHO NACIONAL DO MEIO AMBIENTE CONSELHO NACIONAL DO MEIO AMBIENTE RESOLUÇÃO N. 307, DE 05 DE JULHO DE 2002 Alterações: Resolução CONAMA n. 348, de 16.08.04 Resolução CONAMA n. 431, de 24.05.11 Resolução CONAMA n. 448, de 18.01.12 Resolução

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO PREFEITURA MUNICIPAL DE CATALÃO SECRETARIA DE 0BRAS 1.0 INTRODUÇÃO 2.0 DISPOSIÇÕES GERAIS

MEMORIAL DESCRITIVO PREFEITURA MUNICIPAL DE CATALÃO SECRETARIA DE 0BRAS 1.0 INTRODUÇÃO 2.0 DISPOSIÇÕES GERAIS MEMORIAL DESCRITIVO OBRA: Nova Instalação da SEMMAC LOCAL: Rua Dr. Lamartine Pinto de Avelar, 2338. Setor Ipanema. Catalão GO TIPO DE SERVIÇO: Reforma e Ampliação. 1.0 INTRODUÇÃO A finalidade do presente

Leia mais

SPLENDIDO RESIDENCE MEMORIAL DESCRITIVO

SPLENDIDO RESIDENCE MEMORIAL DESCRITIVO MEMORIAL DESCRITIVO CONDIÇÕES GERAIS: Estas especificações fazem parte integrante dos Contratos de Compra e Venda, das unidades do Prédio Residencial denominado Splendido 1 DADOS INICIAIS: 1.1 ENDEREÇO:

Leia mais

Gestão, Arquitetura e Urbanismo

Gestão, Arquitetura e Urbanismo CONCURSO PETROBRAS ENGENHEIRO(A) CIVIL JÚNIOR ENGENHEIRO(A) JÚNIOR - ÁREA: CIVIL Gestão, Arquitetura e Urbanismo Questões Resolvidas QUESTÕES RETIRADAS DE PROVAS DA BANCA CESGRANRIO Produzido por Exatas

Leia mais

Casa Santista. Memorial Descritivo

Casa Santista. Memorial Descritivo Casa Santista Memorial Descritivo 1-FUNDAÇÕES: Serão executadas brocas com até 1,50 metros de profundidade, e vigas baldrame de concreto armado sob alvenaria de nivelamento chapiscada, contra piso em concreto,

Leia mais

Parede de Garrafa Pet

Parede de Garrafa Pet CONCEITO As paredes feitas com garrafas pet são uma possibilidade de gerar casas pré fabricadas através da reciclagem e é uma solução barata e sustentável. As garrafas pet são utilizadas no lugar dos tijolos

Leia mais

O GUIA TERMOS DE REFERÊNCIA: EXEMPLO DE APLICAÇÃO

O GUIA TERMOS DE REFERÊNCIA: EXEMPLO DE APLICAÇÃO O GUIA TERMOS DE REFERÊNCIA: EXEMPLO DE APLICAÇÃO VASCO PEIXOTO DE FREITAS Faculdade Engenharia Universidade do Porto Laboratório de Física das Construções /FEUP - AdePorto SUMÁRIO 1. Introdução 2. Tipificação

Leia mais

SP8 (redes de águas e esgotos) a o Praça D. Manuel I, 48 - Novelhos, S. Paio 4970-595 Arcos de Valdevez Tel. 258 521 811 Fax 258 521 818

SP8 (redes de águas e esgotos) a o Praça D. Manuel I, 48 - Novelhos, S. Paio 4970-595 Arcos de Valdevez Tel. 258 521 811 Fax 258 521 818 SP8 (redes de águas e esgotos) 1- REDE DE ESGOTOS DE ÁGUAS RESIDUAIS ( domésticas ) Este artigo destina-se a estabelecer as condições a que devem satisfazer os trabalhos de fornecimento e montagem das

Leia mais

FICHA TÉCNICA DA HABITAÇÃO

FICHA TÉCNICA DA HABITAÇÃO FICHA TÉCNICA DA HABITAÇÃO provisória definitiva 1. Prédio urbano / fracção autónoma Morada Código Postal - Inscrito na matriz predial da freguesia de art.º n.º Registado na Conservatória do Registo Predial

Leia mais

CERTIFICADO DE DESEMPENHO ENERGÉTICO E DA QUALIDADE DO AR INTERIOR

CERTIFICADO DE DESEMPENHO ENERGÉTICO E DA QUALIDADE DO AR INTERIOR Nº CER CE53106823 CERTIFICADO DE DESEMPENHO ENERGÉTICO E DA QUALIDADE DO AR INTERIOR TIPO DE FRACÇÃO/EDIFÍCIO: EDIFÍCIO DE HABITAÇÃO SEM SISTEMA(S) DE CLIMATIZAÇÃO (NOVO) Morada / Localização Vila Utopia,

Leia mais

T0 32 m2 + 8 m2 Deck

T0 32 m2 + 8 m2 Deck Casas de Madeira e Pré fabricadas T0 32 m2 + 8 m2 Deck 2 Discovercasa Lda NIF: 509397573 Avenida Gaspar Baltar nº25 1. 4560-242 Penafiel - Portugal Características técnicas: Estrutura - A estrutura é mista

Leia mais

PROJETO BÁSICO DE CONSTRUÇÃO DE ESCRITÓRIO EM ARIQUEMES/RO.

PROJETO BÁSICO DE CONSTRUÇÃO DE ESCRITÓRIO EM ARIQUEMES/RO. UNID. QUANT. UNITÁRIO TOTAL CÓD. DEOSP 1. SERVIÇOS PRELIMINARES 1.1 1.2 Aquisição e assentamento de placas de obras pronta de 3,00 x 2,00 m, conforme modelo. Barracão de obra em chapa de madeira compensada

Leia mais

ANEXO I ESPECIFICAÇÕES DO OBJETO

ANEXO I ESPECIFICAÇÕES DO OBJETO ANEXO I ESPECIFICAÇÕES DO OBJETO Item Código comprasnet Qtde Mínima Qtde Máxima Unidade Descrição do Item Valor Unitário Valor mínimo Valor Máximo 01 295318 450,00 860,00 m² Paredes em gesso acartonado

Leia mais

Planilha de Orçamento GLOBAL

Planilha de Orçamento GLOBAL Prefeitura Municipal de 1. SERVIÇOS INICIAIS.1 DEMOLICAO ESTRUTURA DE MADEIRA DE TELHADO.2 DEMOLICAO DE ALVENARIA DE TIJOLOS MACICOS (E=15CM).3 DEMOLICAO DE PISO DE TABUAS CORRIDAS.4 RETIRADA DE ESQUADRIAS.5

Leia mais

FICHA TECNICA CONTRA RISCO DE INCENDIOS EM EDIFICIOS HABITACIONAIS COMERCIAS E INDUSTRIAIS

FICHA TECNICA CONTRA RISCO DE INCENDIOS EM EDIFICIOS HABITACIONAIS COMERCIAS E INDUSTRIAIS Página 1/5 INSTALAÇÃO ELETRICA CONTADOR ENERGIA / ACE Verificação da não violação do selo do contador Verificação da existência de limitador de potência do distribuidor / Fatura QUADRO ELECTRICO Verificação

Leia mais

CONDOMÍNIO VILLA TORLONIA

CONDOMÍNIO VILLA TORLONIA CONDOMÍNIO VILLA TORLONIA MEMORIAL DESCRITIVO OBS.: OS ITENS COM * SERÃO ENTREGUES PELO COMPRADOR QUANDO O IMÓVEL FOR VENDIDO NA OPÇÃO DE VENDA SEM ACABAMENTO...1 1 O IMÓVEL...3 2 ESPECIFICAÇÕES GERAIS...3

Leia mais