MANEJO DE DOCUMENTOS COM O GXFLOW

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MANEJO DE DOCUMENTOS COM O GXFLOW"

Transcrição

1 MANEJO DE DOCUMENTOS COM O GXFLOW Introdução GXflow permite associar documentos às diferentes tarefas dos processos. O controle de versões e permissões de edição destes documentos é realizado em forma automática. Além disso, o cliente GXflow incorpora aplicações que permitem ao usuário interagir com os documentos bem como assiná-los digitalmente. Mediante a funcionalidade de manejo de documentos, GXflow permite a associação e propagação de documentos através das diferentes tarefas que compõem os processos de negócio. Para cada tarefa, pode-se definir com quais documento é possível trabalhar, bem como quais operações podem ou devem se realizar sobre cada documento. Um aspecto importante do manejo de documentos que oferece GXflow é que para cada documento mantém-se o traçado todo de modificações às que foi submetido ao longo do processo, e conserva-se a toda a informação sobre o usuário, as mudanças e momento em que foram realizadas. Por sua vez, controla-se automaticamente que apenas um usuário possa realizar modificações sobre um documento num determinado momento. A definição dos documentos e associação dos mesmos a tarefas é feita em GXPM, enquanto o cliente do GXflow fornece aplicações que permitem aos usuários realizar operações sobre os documentos como ser: criação, modificação, eliminação e leitura documentos. A continuação, descrevem-se os passos a seguir para definir novos tipos de documentos em GXPM e a maneira em que funcionam as aplicações que o cliente do GXflow fornece para trabalhar com documentos. Definição de documentos em GXPM Os documentos são definidos em nível de projeto GXPM. Posteriormente, a cada processo deverão se associar os documentos necessários. Depois, a cada tarefa dos processos será possível associar documentos associados ao processo ao qual pertencem. Eis os passos a seguir. DEFINIÇÃO DE DOCUMENTOS EM NÍVEL DE PROJECTO Para definir um novo documento é preciso proceder conforme os seguintes passos: 1. Selecionar a opção Project->Documents do menu principal para exibir o diálogo de documentos 1

2 2. Pressionar o botão Add (adicionar novo documento) para exibir o seguinte diálogo: A informação fundamental do documento que deve se ingressar neste diálogo é seu nome e tipo (formato) de documento. Está disponível uma ampla lista de tipos de documentos (MS Office, OpenOffice, PDF, entre outros). Por sua vez, é possível atribuir ao documento um modelo mediante a opção Based On Template. É importante esclarecer que o que é feito em GXPM é definir logicamente os documentos. Em tempo de execução, será possível ter várias instâncias de um mesmo documento definido em GXPM. Estas instâncias são as que irão conter o documento. Além disso, como se mostrará mais adiante, a cada instância de documento guardam-se todas suas versões, ou seja, cada mudança que for feita na instância acarreta a geração de um nova versão do documento. 2

3 Também é possível definir modelos que podem estar associadas a documentos. Para isto no mesmo diálogo de documentos mencionado anteriormente deve se pressionar o botão Templates para acessar o diálogo de modelos. Quando se adiciona um modelo (botão Add) deve-se especificar um nome (Name) que o identificará no projeto, o tipo (Type) e o arquivo em disco correspondente (File). ASOCIAÇÃO DE DOCUMENTOS A PROCESSOS Uma vez definidos os documentos em nível de projeto, é necessário associar estes documentos aos processos nos quais se planeja utilizá-los. Para isso, deve-se selecionar a opção Workflow->Documents (tendo o diagrama aberto de atividade do processo em questão) do menu principal para exibir um diálogo como o seguinte: 3

4 Para associar um documento ao processo, ele deve ser selecionado da lista Global Documents e pressionar o botão Add-->. É possível associar todos os documentos mediante o botão Add All-->>. Igualmente, para desassociar um documento de um processo, primeiro é preciso selecioná-lo o da lista Docs.of XXXX e pressionar o botão Remove. O botão Remove All remove todos os documentos associados ao processo. ASOCIAÇÃO DE DOCUMENTOS A TAREFAS Uma vez que os documentos foram definidos no projeto e associados aos processos, é possível associá-los às tarefas destes processos. Para isso é necessário abrir o diálogo de propriedades da tarefa em questão e clicar no botão Documents como se exibe na seguinte figura: 4

5 Assim, vai se desdobrar o diálogo de documentos da tarefa. Nesse diálogo é possível adicionar ou subtrair documentos à tarefa. Por sua vez, para cada documento é possível especificar quais operações podem se realizar. Para isso deve selecionar um documento e clicar no botão Operations. Desdobra-se um diálogo de 3 colunas: Actions, Enabled, Required 5

6 Action. A coluna Action, exibe as diferentes ações que potencialmente podem se realizar com os documentos. Elas são: New: indica se os usuários poderão criar novas instâncias do documento ao trabalhar sobre esta tarefa. Read: indica se os usuários poderão visualizar (ler) instâncias do documento Update: indica se os usuários poderão modificar instâncias do documento. Delete: indica se os usuários poderão eliminar instâncias do documento ao trabalhar sobre esta tarefa. A coluna Enabled permite especificar quais ações podem se realizar com este documento nesta tarefa. A coluna Required Action permite estabelecer se uma determinada ação sobre o documento é obrigatória para que a tarefa possa se completar. Quer dizer, uma tarefa não poderá se completar se possuir ações requeridas sobre documentos que não tenham sido cumpridas. Manejo de documentos no cliente de GXflow Nesta seção, descrevem-se os requerimentos de configuração para poder trabalhar com documentos do cliente de GXflow assim como também as aplicações que fornece o cliente para trabalhar com documentos. CONFIGURAÇÃO NECESSÁRIA PARA TRABALHAR COM DOCUMENTOS Antes de poder trabalhar com documentos no cliente de GXflow é necessário ter configurado: No modelo GeneXus, deverá-se configurar a preferência Client server information/blob local storage path com o caminho no qual querem se guardar os campos blob no servidor onde reside a aplicação de workflow. Isto é devido a que os documentos são armazenados em campos blob na base de dados. Na Consola de Administração, no grupo de preferências Avançado/Manejo de Documentos, a preferência Habilitada deve estar em Sim e em Caminho de Subida deve se especificar o caminho do diretório no servidor no qual se armazenarão temporalmente os documentos que forem subidos ao servidor (prévio a ser ingressados na base de dados do sistema, os documentos devem ser armazenados temporalmente em disco no servidor. 6

7 Em caso de estar gerando para Java é necessário copiar as classes que se encontram em \GXFlowClientApplicationFiles\Java\Upload (onde é o diretório de instalação do GXflow) no diretório onde se encontram as classes da aplicação no motor de servlets. APLICAÇÕES PARA MANEJO DE DOCUMENTOS Trabalhar com documentos Quando uma tarefa tem documentos associados, na Caixa de Entrada se visualizará o ícone na coluna de documentos (indicada com o ícone ) para essa tarefa. Ao clicar neste ícone é possível acessar a aplicação Trabalhar com Documentos. NOTA: para visualizar a coluna de documentos é necessário ter a preferência de usuário Caixa de Entrada/Visibilidade/Documentos com o valor Sim. Se em GXPM especificou-se que na tarefa é possível criar instâncias de algum documento, se visualizar-se-á o botão. Clicando neste botão desdobrará um diálogo como o seguinte no qual será possível criar uma nova instância de algum dos documentos para os quais tenha sido habilitada a criação de novas instâncias. 7

8 Outras ações possíveis com documentos são: Visualizar documentos Acessando a imagen é possível visualizar o conteúdo da última versão do documento. Se o formato do documento tiver uma aplicação associada na máquina cliente, o documento será aberto com essa aplicação. Do contrário, simplesmente será armazenada em disco uma cópia do documento. Modificar documentos Acessando a imagen é possível modificar o conteúdo de um documento. Esta ação corresponde a fazer um check out do documento. Ou seja, o usuário obtém uma cópia em disco do documento para realizar as modificações. Uma vez feitas as modificações, o usuário poderá realizar o correspondente check in do documen quer dizer, subir o documento ao servidor como uma nova versão. É importante esclarecer que uma vez que um usuário realiza o check out de um documento, este permanecerá bloqueado e não poderá ser modificado por ou usuários até realizar o correspondente check in. Subir documentos Acessando a imagem é possível subir uma nova versão de um documento ao servidor (realizar um check in) diálogo que se desdobra deverá se especificar o caminho do documento (na máquina do usuário) que se deseja subir. Esta opção só estará disponível se o usuário tiver realizado o correspondente check out do documento (mencionado na seção anterior). Se a definição do documento em GXPM indica que este deve ser assinado digitalmente, então, além de indicar um camniho para subir o documento será necessário assiná-lo digitalmente Eliminar documentos Acessando a imagen é possível eliminar um documento e todas suas versões. 8

9 Meus Documentos Esta aplicação faz parte do Escritório do cliente de GXflow e seu propósito é mostrar todos os documentos que foram criados pelo usuário desse escritório. Para cada documento existente pode se visualizar informação descritiva do mesmo como na aplicação Trabalhar com documentos. Além disso, há uma coluna adicional, indicada com o ícone, que permite ver se um documento está bloqueado por um usuário -se foi realizado um Check Out- ou não. Administrador de Documentos Nesta aplicação pode se administrar em nível global todos os documentos existentes na aplicação de workflow independentemente do processo ou tarefa a que pertencem. Esta aplicação pode se acessar na barra de aplicações e somente podem acessar os usuários administradores de processos. Como é exibido na seguinte figura, para cada documento existente pode se visualizar informação descritiva do mesmo como na aplicação Trabalhar com documentos. Ao igual a na aplicação Meus Documentos, dispõe-se da coluna indicada com o icone, que permite ver se um documento está bloqueado por um usuário -se foi realizado um Check Out- ou não. Além disso, dispõem-se de ações maciças que podem ser realizadas sobre documentos: Desfazer Check Out Permite cancelar o Check Out, deixando livre o documento para que outro usuário possa modificá-lo. O usuário que anteriormente tiver realizado o Check Out já não poderá realizar o correspondente Check In. Renomear Permite trocar o nome do documento Eliminar Permite eliminar um documento e todas suas versões. 9

10 10

GUIA DE USO - ASSINATURA DIGITAL DE DOCUMENTOS

GUIA DE USO - ASSINATURA DIGITAL DE DOCUMENTOS GUIA DE USO - ASSINATURA DIGITAL DE DOCUMENTOS Introdução A partir da versão 9.0 do GXflow pode-se assinar digitalmente documentos. Esta funcionalidade permite verificar que um documento não tenha sido

Leia mais

Capítulo 7 O Gerenciador de Arquivos

Capítulo 7 O Gerenciador de Arquivos Capítulo 7 O Gerenciador de Arquivos Neste capítulo nós iremos examinar as características da interface do gerenciador de arquivos Konqueror. Através dele realizaremos as principais operações com arquivos

Leia mais

9.0. Manual de instalação. Janeiro, 2008

9.0. Manual de instalação. Janeiro, 2008 9.0 Manual de instalação Janeiro, 2008 CHICAGO USA 400 N. Michigan Ave. Suite 1600 - (312) 836 9152 MONTEVIDEO URUGUAY Av. 18 de Julio 1645 P.4 - (5982) 402 2082 MEXICO CITY MEXICO Leibnitz N 20, Desp.

Leia mais

Procedimentos para Instalação do SISLOC

Procedimentos para Instalação do SISLOC Procedimentos para Instalação do SISLOC Sumário 1. Informações Gerais...3 2. Instalação do SISLOC...3 Passo a passo...3 3. Instalação da Base de Dados SISLOC... 11 Passo a passo... 11 4. Instalação de

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO SUMÁRIO

MANUAL DO USUÁRIO SUMÁRIO SUMÁRIO 1. Home -------------------------------------------------------------------------------------------------------- 7 2. Cadastros -------------------------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

Permissão de Usuários

Permissão de Usuários Permissão de Usuários 1 Conteúdo 1. Propósito 3 2. Permissão de Usuários PrefGest 4 3. Permissão de Usuário para PrefCad 10 2 1. Propósito Este documento destina-se a explicar a ação para liberar permissões

Leia mais

01. (FCC MPE/PGJ-PE ANALISTA MINISTERIAL - 2006) No Windows XP Home Edition, em sua configuração padrão e original,

01. (FCC MPE/PGJ-PE ANALISTA MINISTERIAL - 2006) No Windows XP Home Edition, em sua configuração padrão e original, WINDOWS - FCC 01. (FCC MPE/PGJ-PE ANALISTA MINISTERIAL - 2006) No Windows XP Home Edition, em sua configuração padrão e original, A) a ativação do firewall do Windows é feita por intermédio do menu Arquivo

Leia mais

Ferramenta: Spider-CL. Manual do Usuário. Versão da Ferramenta: 1.1. www.ufpa.br/spider

Ferramenta: Spider-CL. Manual do Usuário. Versão da Ferramenta: 1.1. www.ufpa.br/spider Ferramenta: Spider-CL Manual do Usuário Versão da Ferramenta: 1.1 www.ufpa.br/spider Histórico de Revisões Data Versão Descrição Autor 14/07/2009 1.0 15/07/2009 1.1 16/07/2009 1.2 20/05/2010 1.3 Preenchimento

Leia mais

Aranda SQL COMPARE. [Manual de Uso] Todos os direitos reservados Aranda Software www.arandasoft.com [1]

Aranda SQL COMPARE. [Manual de Uso] Todos os direitos reservados Aranda Software www.arandasoft.com [1] [1] Aranda SQL COMPARE Versão 1.0 Aranda Software Corporation 2002-2007. Todos os direitos reservados. Qualquer documentação técnica fornecida pela Aranda software Corporation é um produto registrado da

Leia mais

DIFERENÇAS ENTRE FUNÇÃO E BLOCO FUNCIONAL; CRIAÇÃO DE FUNÇÃO / BLOCO FUNCIONAL; UTILIZAÇÃO NO LADDER; EXEMPLO DE BLOCO FUNCIONAL;

DIFERENÇAS ENTRE FUNÇÃO E BLOCO FUNCIONAL; CRIAÇÃO DE FUNÇÃO / BLOCO FUNCIONAL; UTILIZAÇÃO NO LADDER; EXEMPLO DE BLOCO FUNCIONAL; Boletim Técnico EP3 11/07 Utilizando Funções e Blocos Funcionais de usuário pelo software A1 19 de outubro de 2007 O objetivo deste boletim é mostrar como utilizar o recurso de Funções (Functions) e Blocos

Leia mais

CERTIDÕES UNIFICADAS

CERTIDÕES UNIFICADAS CERTIDÕES UNIFICADAS Manual de operação Perfil Cartório CERTUNI Versão 1.0.0 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA Departamento de Inovação Tecnológica Divisão de Tecnologia da Informação Sumário LISTA DE FIGURAS... 2

Leia mais

APOSTILA WORD BÁSICO

APOSTILA WORD BÁSICO APOSTILA WORD BÁSICO Apresentação O WORD é um editor de textos, que pertence ao Pacote Office da Microsoft. Suas principais características são: criação de textos, cartas, memorandos, documentos, mala

Leia mais

ÍNDICE 1 INTRODUÇÃO. 04 2 ACESSO AOS SISTEMAS. 05 3 DOCUMENTOS MANUTENÇÃO. 08 08 3.2 10 3.3 OCR. 11 4 REGISTRO DE DOCUMENTOS. 13 5 GERANDO DOCUMENTOS

ÍNDICE 1 INTRODUÇÃO. 04 2 ACESSO AOS SISTEMAS. 05 3 DOCUMENTOS MANUTENÇÃO. 08 08 3.2 10 3.3 OCR. 11 4 REGISTRO DE DOCUMENTOS. 13 5 GERANDO DOCUMENTOS ÍNDICE 1 INTRODUÇÃO... 04 2 ACESSO AOS SISTEMAS... 05 3 DOCUMENTOS MANUTENÇÃO... 08 3.1Tipos de Documentos... 08 3.2 Relações entre Documentos... 10 3.3 OCR... 11 4 REGISTRO DE DOCUMENTOS... 13 5 GERANDO

Leia mais

1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO

1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO 1 ÍNDICE 1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO... 3 1.1 REQUISITOS BASICOS DE SOFTWARE... 3 1.2 REQUISITOS BASICOS DE HARDWARE... 3 2 EXECUTANDO O INSTALADOR... 3 2.1 PASSO 01... 3 2.2 PASSO

Leia mais

Intellikon 2.2. Código de Manual: Ik22001POR Versão do Manual: 1.0 Última revisão: 21/2/2006 Aplica-se a: Intellikon 2.2.

Intellikon 2.2. Código de Manual: Ik22001POR Versão do Manual: 1.0 Última revisão: 21/2/2006 Aplica-se a: Intellikon 2.2. Intellikon 2.2 Código de Manual: Ik22001POR Versão do Manual: 1.0 Última revisão: 21/2/2006 Aplica-se a: Intellikon 2.2 Manual do Usuário If22001POR v1.0 Intellikon Manual do Usuário Urudata Software Rua

Leia mais

Índice. Manual Backup Online. 03 Capítulo 1: Visão Geral

Índice. Manual Backup Online. 03 Capítulo 1: Visão Geral Índice 03 Capítulo 1: Visão Geral 04 Capítulo 2: Conta de Usuário 04 Criação 08 Edição 09 Grupo de Usuários 10 Informações da Conta 12 Capítulo 3: Download do Backup Online Embratel 16 Capítulo 4: Cópia

Leia mais

SISTEMA DE CONTROLE DE DOCUMENTOS AVULSOS - SISDOC. Manual do Sistema v3.1

SISTEMA DE CONTROLE DE DOCUMENTOS AVULSOS - SISDOC. Manual do Sistema v3.1 SISTEMA DE CONTROLE DE DOCUMENTOS AVULSOS - SISDOC Manual do Sistema v3.1 JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 18ª REGIÃO SISTEMA DE CONTROLE DE DOCUMENTOS AVULSOS 1- Introdução O Sistema

Leia mais

Informática Aplicada. Aula 2 Windows Vista. Professora: Cintia Caetano

Informática Aplicada. Aula 2 Windows Vista. Professora: Cintia Caetano Informática Aplicada Aula 2 Windows Vista Professora: Cintia Caetano AMBIENTE WINDOWS O Microsoft Windows é um sistema operacional que possui aparência e apresentação aperfeiçoadas para que o trabalho

Leia mais

2. INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO

2. INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO INDICE 1. INTRODUÇÃO 2. INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO 2.1. COMPARTILHANDO O DIRETÓRIO DO APLICATIVO 3. INTERFACE DO APLICATIVO 3.1. ÁREA DO MENU 3.1.2. APLICANDO A CHAVE DE LICENÇA AO APLICATIVO 3.1.3 EFETUANDO

Leia mais

KalumaFin. Manual do Usuário

KalumaFin. Manual do Usuário KalumaFin Manual do Usuário Sumário 1. DICIONÁRIO... 4 1.1 ÍCONES... Erro! Indicador não definido. 1.2 DEFINIÇÕES... 5 2. DESCRIÇÃO DO SISTEMA... 7 3. ACESSAR O SISTEMA... 8 4. PRINCIPAL... 9 4.1 MENU

Leia mais

Guia do Usuário. Versão 1.01.0.2. 2011. Desenvolvido por ofcdesk, llc. Todos os direitos reservados.

Guia do Usuário. Versão 1.01.0.2. 2011. Desenvolvido por ofcdesk, llc. Todos os direitos reservados. Guia do Usuário Versão 1.01.0.2 2011. Desenvolvido por ofcdesk, llc. Todos os direitos reservados. Índice Introdução... Propósito Abrangência Termos e definições Referências Visão geral... 3 3 content

Leia mais

Manual de Instalação. SafeNet Authentication Client 8.2 SP1. (Para MAC OS 10.7)

Manual de Instalação. SafeNet Authentication Client 8.2 SP1. (Para MAC OS 10.7) SafeNet Authentication Client 8.2 SP1 (Para MAC OS 10.7) 2/28 Sumário 1 Introdução... 3 2 Pré-Requisitos Para Instalação... 3 3 Ambientes Homologados... 4 4 Tokens Homologados... 4 5 Instruções de Instalação...

Leia mais

Manual do KNotes. Fabian Dal Santo Greg M. Holmes Revisão: Lauri Watts Tradução: Marcus Gama

Manual do KNotes. Fabian Dal Santo Greg M. Holmes Revisão: Lauri Watts Tradução: Marcus Gama Fabian Dal Santo Greg M. Holmes Revisão: Lauri Watts Tradução: Marcus Gama 2 Conteúdo 1 Introdução 5 2 Usando o KNotes 6 3 Configuração 9 3.1 Configurando as Opções Padrão do KNotes.......................

Leia mais

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA Manual de Utilização Google Grupos Sumário (Clique sobre a opção desejada para ir direto à página correspondente) Utilização do Google Grupos Introdução... 3 Página

Leia mais

Processo Digital Gerir Combustível Manual do Usuário

Processo Digital Gerir Combustível Manual do Usuário Governo do Estado do Rio de Janeiro Secretaria de Estado da Casa Civil Subsecretaria de Gestão Superintendência de Gestão do Processo Digital Processo Digital Gerir Combustível Manual do Usuário Histórico

Leia mais

Componente Net Empresa

Componente Net Empresa Componente Net Empresa Devido à atualização tecnológica, disponibilizamos um novo componente para acessar o Bradesco Net Empresa. Confira o passo a passo para instalar 1. É necessária a versão 6-32 BITS

Leia mais

Manual de Utilização

Manual de Utilização Manual de Utilização Índice 1 Introdução...2 2 Acesso ao Sistema...3 3 Funcionamento Básico do Sistema...3 4 Tela Principal...4 4.1 Menu Atendimento...4 4.2 Menu Cadastros...5 4.2.1 Cadastro de Médicos...5

Leia mais

ArcSoft MediaConverter

ArcSoft MediaConverter ArcSoft MediaConverter User Manual Português 1 201004 Índice Índice... 2 1. Índice... 3 1.1 Requisitos do sistema... 4 1.2 Extras... 4 2. Convertendo arquivos... 7 2.1 Passo1: Selecionar mídia... 7 2.1.1

Leia mais

Procedimentos para Instalação do Sisloc

Procedimentos para Instalação do Sisloc Procedimentos para Instalação do Sisloc Sumário: 1. Informações Gerais... 3 2. Instalação do Sisloc... 3 Passo a passo... 3 3. Instalação da base de dados Sisloc... 16 Passo a passo... 16 4. Instalação

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO PARANÁ PROJUDI REFORMULAÇÃO DE CUMPRIMENTOS - MANDADOS

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO PARANÁ PROJUDI REFORMULAÇÃO DE CUMPRIMENTOS - MANDADOS TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO PARANÁ PROJUDI REFORMULAÇÃO DE CUMPRIMENTOS - MANDADOS 2 SUMÁRIO SEÇÃO 1 - FLUXO DAS VARAS QUE NÃO POSSUEM CENTRAL DE MANDADOS... 03 1. CUMPRIMENTOS (PERFIS DE ANALISTA E TÉCNICO

Leia mais

Índice. Atualizado em: 01/04/2015 Página: 1

Índice. Atualizado em: 01/04/2015 Página: 1 MANUAL DO USUÁRIO Índice 1. Introdução... 3 2. Acesso ao Sistema... 4 2.1. Instalação... 4 2.1.1. Servidor - Computador Principal... 4 2.1.2. Estação - Computador na Rede... 6 2.1.3. Estação - Mapeamento

Leia mais

Manual do Visualizador NF e KEY BEST

Manual do Visualizador NF e KEY BEST Manual do Visualizador NF e KEY BEST Versão 1.0 Maio/2011 INDICE SOBRE O VISUALIZADOR...................................................... 02 RISCOS POSSÍVEIS PARA O EMITENTE DA NOTA FISCAL ELETRÔNICA.................

Leia mais

Sankhya Print Service. Manual de instalação e uso

Sankhya Print Service. Manual de instalação e uso Sumário 1 Histórico...4 2 Introdução...5 3 Instalação...6 3.1 Verificando a instalação...11 3.2 Configuração do Sankhya Print Service...11 3.2.1 config.properties...12 3.2.1.1 about.copyright...12 Objetivo...12

Leia mais

INSTALAÇÃO E USO DO ASSINADOR LIVRE. Índice:

INSTALAÇÃO E USO DO ASSINADOR LIVRE. Índice: Proposto por: Marcos Stallone Santos / Karla Ferreira Moreira Analisado por: Aprovado por: Índice: 1 - O Assinador Livre:...2 2 - Pré-requisitos para instalação:...2 3 - Download e Instalação do Assinador

Leia mais

Introdução ao Sistema Gestor de Conteúdo. Parte VI Entendendo o Workflow. Entendendo o workflow do Plone 3. Estados dos objetos - Privado

Introdução ao Sistema Gestor de Conteúdo. Parte VI Entendendo o Workflow. Entendendo o workflow do Plone 3. Estados dos objetos - Privado Introdução ao Sistema Gestor de Conteúdo Modulo B Instrutores Carlos Alberto Alves Meira Laurimar Gonçalves Vendrusculo Parte VI Entendendo o Workflow Junho de 2009 Entendendo o workflow do Plone 3 Estados

Leia mais

Manual do Assinador de Documentos

Manual do Assinador de Documentos Manual do Usuário Manual do Assinador de Documentos PROJUDI Template Versão 1.1 SUMÁRIO 1. Requisitos Básicos... 3 2. Atualizar a Versão do Java... 3 2.1 Adicionar Site à Lista de Exceções... 10 3. Baixar

Leia mais

Microsoft PowerPoint 2003

Microsoft PowerPoint 2003 Página 1 de 36 Índice Conteúdo Nº de página Introdução 3 Área de Trabalho 5 Criando uma nova apresentação 7 Guardar Apresentação 8 Inserir Diapositivos 10 Fechar Apresentação 12 Abrindo Documentos 13 Configurar

Leia mais

Como Utilizar o Escritório Virtual

Como Utilizar o Escritório Virtual Como Utilizar o Escritório Virtual 1. Visão Geral O Escritório Virtual é um espaço destinado à troca de informações e documentos entre os membros de um grupo. Através de ferramentas colaborativas como:

Leia mais

1. NOVIDADES DO NÚMERO ÚNICO DE PROCESSO. 1.1 Resolução nº 65 do CNJ. 1.2 Conversão do Número do Processo. 1.3 Novos ícones

1. NOVIDADES DO NÚMERO ÚNICO DE PROCESSO. 1.1 Resolução nº 65 do CNJ. 1.2 Conversão do Número do Processo. 1.3 Novos ícones 1. NOVIDADES DO NÚMERO ÚNICO DE PROCESSO 1.1 Resolução nº 65 do CNJ 1.2 Conversão do Número do Processo 1.3 Novos ícones 1 Tela Antiga Tela Nova 2 2. NOVIDADES DA VISUALIZAÇÃO DAS FILAS DE TRABALHO 2.1

Leia mais

SISTEMAS OPERACIONAIS LIVRES. Professor Carlos Muniz

SISTEMAS OPERACIONAIS LIVRES. Professor Carlos Muniz SISTEMAS OPERACIONAIS LIVRES Professor Carlos Muniz Atualizar um driver de hardware que não está funcionando adequadamente Caso tenha um dispositivo de hardware que não esteja funcionando corretamente

Leia mais

Introdução aos Projectos

Introdução aos Projectos Introdução aos Projectos Categoria Novos Usuários Tempo necessário 20 minutos Arquivo Tutorial Usado Iniciar um novo arquivo de projeto Este exercício explica a finalidade ea função do arquivo de projeto

Leia mais

Versão 6.0.1 Melhorias Melhorias Versão 6.0.1

Versão 6.0.1 Melhorias Melhorias Versão 6.0.1 Versão 6.0.1 Novembro 2010 Versão 6.0.1 Funcionalidade Completa de Planejamento do Trabalho Através dessa funcionalidade o usuário pode planejar quais tarefas e quanto tempo destinará para trabalhar em

Leia mais

Manual do Painel Administrativo

Manual do Painel Administrativo Manual do Painel Administrativo versão 1.0 Autores César A Miggiolaro Marcos J Lazarin Índice Índice... 2 Figuras... 3 Inicio... 5 Funcionalidades... 7 Analytics... 9 Cidades... 9 Conteúdo... 10 Referência...

Leia mais

O aplicativo de desktop Novell Filr é compatível com as seguintes versões do sistema operacional Windows:

O aplicativo de desktop Novell Filr é compatível com as seguintes versões do sistema operacional Windows: Readme do aplicativo de desktop Novell Filr Abril de 2015 1 Visão geral do produto O aplicativo de desktop Novell Filr permite que você sincronize os seus arquivos do Novell Filr com o sistema de arquivos

Leia mais

EAI Manual do Administrador

EAI Manual do Administrador EAI Manual do Administrador 1 Definição de Host Application O que é um Host Application? Significa Aplicativo Hospedeiro, é o nome dado ao ambiente EAI que estará executando no seu computador ou em um

Leia mais

GUIA RÁPIDO PARA PETICIONAMENTO ON-LINE

GUIA RÁPIDO PARA PETICIONAMENTO ON-LINE 1. Antes de acessar o Sistema: 1.1 Verificar navegador instalado usar Mozilla Firefox Se não estiver, faça o download aqui: http://br.mozdev.org/ Após o download, instale o programa. 1.2 Verificar se Java

Leia mais

UNIVERSIDADE TECNOLOGIA FEDERAL DO PARANÁ. Owncloud SERVIÇO DE COMPARTILHAMENTO EM NUVEM. Manual

UNIVERSIDADE TECNOLOGIA FEDERAL DO PARANÁ. Owncloud SERVIÇO DE COMPARTILHAMENTO EM NUVEM. Manual UNIVERSIDADE TECNOLOGIA FEDERAL DO PARANÁ Owncloud SERVIÇO DE COMPARTILHAMENTO EM NUVEM Manual DIRETORIA DE GESTÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DIRGTI 2015 Sumário 1. Introdução... 3 2. Acessando o serviço...

Leia mais

Office 365 Manual Outlook 365 Web Application

Office 365 Manual Outlook 365 Web Application Office 365 Manual Outlook 365 Web Application Requisitos para usar o Office 365: Ter instalado pelo menos a versão 7 do Internet Explorer, Mozilla Firefox 15, Google Chrome 21 ou Safari no Mac. O que é

Leia mais

AGILIS/SOLICITAÇÕES MANUAL DO USUÁRIO

AGILIS/SOLICITAÇÕES MANUAL DO USUÁRIO AGILIS/SOLICITAÇÕES MANUAL DO USUÁRIO CONTEÚDO Introdução... 2 Alteração de Vigência... 4 Prorrogação de prazo de Relatório Científico... 5 Prorrogação de prazo de Prestação de Contas... 7 Transposição

Leia mais

Procedimentos para Reinstalação do Sisloc

Procedimentos para Reinstalação do Sisloc Procedimentos para Reinstalação do Sisloc Sumário: 1. Informações Gerais... 3 2. Criação de backups importantes... 3 3. Reinstalação do Sisloc... 4 Passo a passo... 4 4. Instalação da base de dados Sisloc...

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO. Motor Periférico Versão 8.0

MANUAL DE INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO. Motor Periférico Versão 8.0 MANUAL DE INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO Motor Periférico Versão 8.0 1. Apresentação... 3 2. Instalação do Java... 3 2.1 Download e Instalação... 3 2.2 Verificar Instalação... 3 3. Download do Motor Periférico...

Leia mais

Manual do PolicyKit-kde. Daniel Nicoletti Tradução: Luiz Fernando Ranghetti

Manual do PolicyKit-kde. Daniel Nicoletti Tradução: Luiz Fernando Ranghetti Daniel Nicoletti Tradução: Luiz Fernando Ranghetti 2 Conteúdo 1 Resumo 5 2 Como funciona 6 2.1 Resumo............................................ 6 2.2 O problema.........................................

Leia mais

NOTA: POR FAVOR, NÃO TENTE INSTALAR O SOFTWARE ANTES DE LER ESTE DOCUMENTO.

NOTA: POR FAVOR, NÃO TENTE INSTALAR O SOFTWARE ANTES DE LER ESTE DOCUMENTO. INSITE BOLETIM DE INSTALAÇÃO Página 2: Instalando o INSITE Página 7: Removendo o INSITE NOTA: POR FAVOR, NÃO TENTE INSTALAR O SOFTWARE ANTES DE LER ESTE DOCUMENTO. A INSTALAÇÃO OU O USO INCORRETOS PODEM

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO UTILIZAÇÃO DO SOFTWARE PDF 24 CREATOR. Coordenadoria de Tecnologia da Informação

MANUAL DO USUÁRIO UTILIZAÇÃO DO SOFTWARE PDF 24 CREATOR. Coordenadoria de Tecnologia da Informação MANUAL DO USUÁRIO UTILIZAÇÃO DO SOFTWARE PDF 24 CREATOR Este Manual foi elaborado pela Coordenadoria de Tecnologia - CTI Versão: 1 Data de criação: 07/12/2013 Autor: Anderson Paz de Sousa apsousa@defensoria.sp.gov.br

Leia mais

MANUAL BACKUP XDENTAL 2012

MANUAL BACKUP XDENTAL 2012 MANUAL BACKUP XDENTAL 2012 Sumário CONFIGURANDO BACKUP... 2 ESCOLHENDO O TAMANHO DO ARQUIVO DE BACKUP... 4 CONFIGURANDO HORÁRIO DE INÍCIO DO BACKUP... 5 CONFIGURANDO BACKUP AO INICIAR O SISTEMA XDENTAL...

Leia mais

Vamos criar uma nova Página chamada Serviços. Clique em Adicionar Nova.

Vamos criar uma nova Página chamada Serviços. Clique em Adicionar Nova. 3.5 Páginas: Ao clicar em Páginas, são exibidas todas as páginas criadas para o Blog. No nosso exemplo já existirá uma página com o Título Página de Exemplo, criada quando o WorPress foi instalado. Ao

Leia mais

Módulo Publicações Publicações On Line. Módulo Publicações

Módulo Publicações Publicações On Line. Módulo Publicações Módulo Publicações Elaborado por: Julio Cesar Cavalheiro PÁG. 1/8 Índice 1. Objetivo... 3 2. Parametrização... 3 3. Baixando as Publicações... 4 4. Atribuindo processos aos Dados Baixados... 5 5. Status

Leia mais

Manual de Instalação e Configuração para Revendedores e Assinantes Virtual Server.

Manual de Instalação e Configuração para Revendedores e Assinantes Virtual Server. Manual de Instalação e Configuração para Revendedores e Assinantes Virtual Server. Parte I Cadastrando Sites no painel de controle Parte II Criando E-mail Parte III Configurando o Outlook do Cliente Última

Leia mais

Para começarmos as configurações, primeiramente vamos habilitar o DVR Veicular para o acesso. Clique em Menu e depois entre em Geral.

Para começarmos as configurações, primeiramente vamos habilitar o DVR Veicular para o acesso. Clique em Menu e depois entre em Geral. DVR Veicular Para começarmos as configurações, primeiramente vamos habilitar o DVR Veicular para o acesso. Clique em Menu e depois entre em Geral. Dentro do menu Geral, clique em rede, como mostra a figura.

Leia mais

Como mudar a senha de NT para a troca e as contas de serviço de Unity

Como mudar a senha de NT para a troca e as contas de serviço de Unity Como mudar a senha de NT para a troca e as contas de serviço de Unity Índice Introdução Pré-requisitos Requisitos Componentes Utilizados Convenções Mude a senha no Cisco Unity 4x Serviços de unidade para

Leia mais

Professor: Macêdo Firmino Disciplina: Redes de Computadores II

Professor: Macêdo Firmino Disciplina: Redes de Computadores II Professor: Macêdo Firmino Disciplina: Redes de Computadores II Em um computador baseado no Windows, você pode compartilhar arquivos entre usuários remotos (outro computador). Os usuários remotos se conectam

Leia mais

Dicas para usar melhor o Word 2007

Dicas para usar melhor o Word 2007 Dicas para usar melhor o Word 2007 Quem está acostumado (ou não) a trabalhar com o Word, não costuma ter todo o tempo do mundo disponível para descobrir as funcionalidades de versões recentemente lançadas.

Leia mais

Mozart de Melo Alves Júnior

Mozart de Melo Alves Júnior Mozart de Melo Alves Júnior WORD 2000 INTRODUÇÃO: O Word é um processador de texto com recursos de acentuação, formatação de parágrafo, estilo de letras diferentes, criação de tabelas, corretor ortográfico,

Leia mais

Iniciação à Informática

Iniciação à Informática Meu computador e Windows Explorer Justificativa Toda informação ou dado trabalhado no computador, quando armazenado em uma unidade de disco, transforma-se em um arquivo. Saber manipular os arquivos através

Leia mais

Tutorial para acesso ao Peticionamento Eletrônico e Visualização de Processos Eletrônicos

Tutorial para acesso ao Peticionamento Eletrônico e Visualização de Processos Eletrônicos Tutorial para acesso ao Peticionamento Eletrônico e Visualização de Processos Eletrônicos Este tutorial visa preparar o computador com os softwares necessários para a utilização dos sistemas de visualização

Leia mais

Manual de Administração

Manual de Administração Gerência de Informática Repositório de Documentos do GHC Manual de Administração Versão 1.1 Novembro de 2015 Repositório de Documentos do GHC Manual de Administração Índice 1 Acesso ao Sistema...3 2 Adicionar

Leia mais

Manual de Instalação ProJuris8

Manual de Instalação ProJuris8 Manual de Instalação ProJuris8 Sumário 1 - Requisitos para a Instalação... 3 2 - Instalação do Firebird.... 4 3 - Instalação do Aplicativo ProJuris 8.... 8 4 - Conexão com o banco de dados.... 12 5 - Ativação

Leia mais

Instrução para Exportação de Certificados Digitais de Servidor Web IIS 6 e IIS 7

Instrução para Exportação de Certificados Digitais de Servidor Web IIS 6 e IIS 7 Instrução para Exportação de Certificados Digitais de Servidor Web IIS 6 e IIS 7 Gerar backup do certificado Gerar arquivo.pfx Certificado Digital do tipo A1 Sistemas Operacionais: Windows 2000 Server

Leia mais

Guia Prático. PGRural. Adendo Livro Caixa Avançado

Guia Prático. PGRural. Adendo Livro Caixa Avançado Guia Prático PGRural Adendo Livro Caixa Avançado Índice Sobre o PGRural... 3 Conceito... 3 Configurando a empresa... 4 Plano de contas... 5 Conta padrão para participante... 6 Forçar vínculo... 6 Tela

Leia mais

Versão 1.0 CARBON SYSTEM. Manual do Software Ponto Legal. Manual do PONTO LEGAL

Versão 1.0 CARBON SYSTEM. Manual do Software Ponto Legal. Manual do PONTO LEGAL Versão 1.0 CARBON SYSTEM Manual do Software Ponto Legal Manual do PONTO LEGAL S O F T W A R E P A R A E M I S S Ã O D O R E L A T Ó R I O E S P E L H O D E P O N T O Manual do Ponto Legal Versão 1.0 Carbon

Leia mais

Manual de Instalação Relat4 Versão 1.1

Manual de Instalação Relat4 Versão 1.1 Manual de Instalação Relat4 Versão 1.1 1 Sumário 1. INTRODUÇÃO... 3 2. BASE DE DADOS... 3 3. Crystal Report... 4 4. Site... 4 5. Serviço... 10 2 1. INTRODUÇÃO A instalação do Relat4 consiste em quatro

Leia mais

PASSO A PASSO. Distribuição Automática. Distribuidor

PASSO A PASSO. Distribuição Automática. Distribuidor PASSO A PASSO Distribuição Automática Distribuidor 1 SUMÁRIO DISTRIBUIÇÃO AUTOMÁTICA CÓPIA DE ARQUIVO DE ENTRADA...ERRO! INDICADOR NÃO DEFINIDO. DISTRIBUIÇÃO AUTOMÁTICA CÓPIA DE ARQUIVO DE SAÍDA... 6 DISTRIBUIÇÃO

Leia mais

Universidade Federal de Minas Gerais UFMG Centro de Apoio à Educação a Distância CAED TUTORIAL: Possíveis Métodos para Converter Imagens em PDF

Universidade Federal de Minas Gerais UFMG Centro de Apoio à Educação a Distância CAED TUTORIAL: Possíveis Métodos para Converter Imagens em PDF Universidade Federal de Minas Gerais UFMG Centro de Apoio à Educação a Distância CAED TUTORIAL: Possíveis Métodos para Converter Imagens em PDF Autores: Diogo Marcos Iago Domingues Junio Soares Dias Viviane

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA DIRETORIA DE INFORMÁTICA. e-pcp. e-pcp

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA DIRETORIA DE INFORMÁTICA. e-pcp. e-pcp TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA DIRETORIA DE INFORMÁTICA Florianópolis maio de 2013 TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA DIRETORIA DE INFORMÁTICA Objetivo das mudanças Geração

Leia mais

IMPORTANTE: O PNM4R2 não entra em estado funcional enquanto o Windows não

IMPORTANTE: O PNM4R2 não entra em estado funcional enquanto o Windows não Manual Instalação Positivo Network Manager Versão 4R2 para Integradores O produto Positivo Network Manager Versão 4R2 (PNM4R2) consiste de uma plataforma do tipo cliente servidor, sendo o cliente, os microcomputadores

Leia mais

Backup Exec 2014: Guia de Atualização

Backup Exec 2014: Guia de Atualização Introdução Esse material tem como objetivo demonstrar na prática um passo a passo de como fazer o upgrade do Backup Exec 2010 R3 para o Backup Exec 2014, tendo como foco mostrar como algumas configurações

Leia mais

Manual de Instalação Token Alladin SafeNetAuthentication Cliente 8.0 SP2 (x32 e x64)

Manual de Instalação Token Alladin SafeNetAuthentication Cliente 8.0 SP2 (x32 e x64) Manual de Instalação Token Alladin SafeNetAuthentication Cliente 8.0 SP2 (x32 e x64) - Todo o arquivo que você vai precisar para a instalação do Token pode ser baixado da nossa página na web acessando

Leia mais

Permissões de compartilhamento e NTFS - Parte 1

Permissões de compartilhamento e NTFS - Parte 1 Permissões de compartilhamento e NTFS - Parte 1 Autor: Júlio Battisti - Site: www.juliobattisti.com.br Segurança, sem dúvidas, é um dos temas mais debatidos hoje, no mundo da informática. Nesse tutorial

Leia mais

OneDrive: saiba como usar a nuvem da Microsoft

OneDrive: saiba como usar a nuvem da Microsoft OneDrive: saiba como usar a nuvem da Microsoft O OneDrive é um serviço de armazenamento na nuvem da Microsoft que oferece a opção de guardar até 7 GB de arquivos grátis na rede. Ou seja, o usuário pode

Leia mais

Anexo III Funcionamento detalhado do Sistema Montador de Autoria

Anexo III Funcionamento detalhado do Sistema Montador de Autoria 1 Sumário Anexo III Funcionamento detalhado do Sistema Montador de Autoria Anexo III Funcionamento detalhado do Sistema Montador de Autoria... 1 1 Sumário... 1 2 Lista de Figuras... 5 3 A Janela principal...

Leia mais

Área de Trabalho. Encontramos: Ìcones Botão Iniciar Barra de Tarefas

Área de Trabalho. Encontramos: Ìcones Botão Iniciar Barra de Tarefas Inicialização Tela de Logon Área de Trabalho Encontramos: Ìcones Botão Iniciar Barra de Tarefas Área de Trabalho Atalhos de Teclados Win + D = Mostrar Área de trabalho Win + M = Minimizar Tudo Win + R

Leia mais

Microsoft Project 2007

Microsoft Project 2007 www.gerentedeprojeto.net.br Microsoft Project 2007 Trabalhando com Templates Alexandre Paiva de Lacerda Costa, PMP, MCTS, ITIL Sumário Trabalhando com Templates no MS Project 2007... 3 Por que templates

Leia mais

www.neteye.com.br NetEye Guia de Instalação

www.neteye.com.br NetEye Guia de Instalação www.neteye.com.br NetEye Guia de Instalação 1. Introdução Esse guia foi criado com o propósito de ajudar na instalação do NetEye. Recomendamos que todos os passos sejam seguidos corretamente para que a

Leia mais

PERGUNTAS FREQUENTES FORMULÁRIOS ELETRÓNICOS. Versão 1.1

PERGUNTAS FREQUENTES FORMULÁRIOS ELETRÓNICOS. Versão 1.1 PERGUNTAS FREQUENTES FORMULÁRIOS ELETRÓNICOS Versão 1.1 04 de setembro de 2013 ÍNDICE FORMULÁRIOS ELETRÓNICOS 1 1 Quais os requisitos dos Formulários Eletrónicos? 3 1.1. SOFTWARE 3 1.2. HARDWARE 3 1.3.

Leia mais

O WINDOWS 98 é um sistema operacional gráfico, multitarefa, produzido pela Microsoft.

O WINDOWS 98 é um sistema operacional gráfico, multitarefa, produzido pela Microsoft. WINDOWS O WINDOWS 98 é um sistema operacional gráfico, multitarefa, produzido pela Microsoft. Área de Trabalho Ligada a máquina e concluída a etapa de inicialização, aparecerá uma tela, cujo plano de fundo

Leia mais

CRIANDO BANCOS DE DADOS NO SQL SERVER 2008 R2 COM O SQL SERVER MANAGEMENT STUDIO

CRIANDO BANCOS DE DADOS NO SQL SERVER 2008 R2 COM O SQL SERVER MANAGEMENT STUDIO CRIANDO BANCOS DE DADOS NO SQL SERVER 2008 R2 COM O SQL SERVER MANAGEMENT STUDIO Antes de criarmos um novo Banco de Dados quero fazer um pequeno parênteses sobre segurança. Você deve ter notado que sempre

Leia mais

Manual Operacional do Sistema de

Manual Operacional do Sistema de Manual Operacional do Sistema de ATUALIZADO EM 06/11/2013 por Luiz Andrade ATUALIZADO EM 08/11/2013 por Edson Reis versão 2.0 Diretoria de Sistemas - Atividade Meio 1 Índice ÍNDICE... 2 PERFIL... 3 PERFIL

Leia mais

Tribunal de Justiça do Estado do Amapá Secretaria de Gestão Processual Eletrônica. Tucujuris Web Contato: tucujuris@tjap.jus.br

Tribunal de Justiça do Estado do Amapá Secretaria de Gestão Processual Eletrônica. Tucujuris Web Contato: tucujuris@tjap.jus.br 1. Para protocolar recursos ou demais petições nos processos em trâmite, deve-se acessar o menu Peticionamento e depois escolher a opção Peticionamento Incidental. Atenção: o peticionamento eletrônico

Leia mais

Manual de Instalação do Agente Citsmart

Manual de Instalação do Agente Citsmart 16/08/2013 Manual de Instalação do Agente Citsmart Fornece orientações necessárias para efetuar a instalação do Agente Citsmart. Versão 1.9 21/11/2014 Visão Resumida Data Criação 21/11/2014 Versão Documento

Leia mais

LMS: Manual do professor

LMS: Manual do professor UNO Internacional LMS: Manual do professor Neste Learning Coffee você vai aprender a: Acessar a plataforma e administrar a sua conta. Acessar suas notificações. Consultar o calendário e criar novos eventos.

Leia mais

Manual do Atendente. Treinamento OTRS Help Desk

Manual do Atendente. Treinamento OTRS Help Desk Manual do Atendente Treinamento OTRS Help Desk Sumário Apresentação... 4 Efetuando login... 5 Conhecendo a interface de atendimento...5 Painel de Controle... 5 Chamados... 6 Visão de Filas... 6 Pesquisas...

Leia mais

Guia Prático. Campos do Conhecimento de Embarque (webbills no saf.com) @ www.safmarine.com

Guia Prático. Campos do Conhecimento de Embarque (webbills no saf.com) @ www.safmarine.com Guia Prático Campos do Conhecimento de Embarque (webbills no saf.com) versão 2 (Março 2010) @ www.safmarine.com Introdução Caro usuário, Produzimos este guia para que você saiba melhor como utilizar todos

Leia mais

Sumário 1. SOBRE O NFGoiana DESKTOP... 3 1.1. Apresentação... 3 1.2. Informações do sistema... 3 1.3. Acessando o NFGoiana Desktop... 3 1.4.

Sumário 1. SOBRE O NFGoiana DESKTOP... 3 1.1. Apresentação... 3 1.2. Informações do sistema... 3 1.3. Acessando o NFGoiana Desktop... 3 1.4. 1 Sumário 1. SOBRE O NFGoiana DESKTOP... 3 1.1. Apresentação... 3 1.2. Informações do sistema... 3 1.3. Acessando o NFGoiana Desktop... 3 1.4. Interface do sistema... 4 1.4.1. Janela Principal... 4 1.5.

Leia mais

Manual do Contribuidor. Portal de Internet. Projeto: Novo Portal de internet

Manual do Contribuidor. Portal de Internet. Projeto: Novo Portal de internet Manual do Contribuidor Portal de Internet Projeto: Novo Portal de internet 1. Propósito Este documento tem o propósito de orientar usuários a utilizar as funcionalidades do portal do Inea no modo de contribuição.

Leia mais

Página de Login. Manual para gestão de conteúdo no Portal da Ouvidoria do Senado Federal

Página de Login. Manual para gestão de conteúdo no Portal da Ouvidoria do Senado Federal Portal da Ouvidoria Manual Para Gestão de Conteúdo do Portal da Ouvidoria 2013 Página de Login a. Insira /login na url da ouvidoria http://www12hml:10002/senado/ouvidoria/login b. Preencha o seu nome de

Leia mais

ÍNDICE. Acesso para agências...3. Organização por pastas...4. Download das facturas a partir do site...5. Pesquisa de facturas...8

ÍNDICE. Acesso para agências...3. Organização por pastas...4. Download das facturas a partir do site...5. Pesquisa de facturas...8 2 ÍNDICE Acesso para agências...3 Organização por pastas...4 Download das facturas a partir do site...5 Pesquisa de facturas...8 Configurar notificações por email...11 3 Bem-vindo ao manual de uso do novo

Leia mais