Comunicado. Encontro entre a Polícia Judiciária e o sector de educação para reforçar as acções educativas de prevenção criminal para os estudantes

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Comunicado. Encontro entre a Polícia Judiciária e o sector de educação para reforçar as acções educativas de prevenção criminal para os estudantes"

Transcrição

1 Comunicado Encontro entre a Polícia Judiciária e o sector de educação para reforçar as acções educativas de prevenção criminal para os estudantes Para reforçar a cooperação e a troca de impressões entre a PJ e as escolas, actuando em conjunto para a prevenção da delinquência juvenil e aumento da consciência de prevenção criminal entre os jovens, a PJ realizou, na tarde do dia 8 de Janeiro, no Edifício-Sede da PJ, um encontro sobre prevenção criminal, relativo ao plano Rede de Comunicação com as Escolas, o qual contou com a presença de 115 participantes, nomeadamente, a directora do Centro de Apoio Psico-pedagógico e Ensino Especial da DSEJ, Chow Pui Leng, o presidente da Associação de Educação de Macau, Ho Sio Kam, o presidente da Associação Geral de Estudantes Chong Wa de Macau, Lao Ka Chong, bem como directores e representantes de 67 escolas. Durante o encontro, esses participantes discutiram e trocaram ideais com o director da PJ, Chau Wai Kuong, a subdirectora, Tou Sok Sam, o director substituto da Escola de Polícia Judiciária, Vong Chi Hong, o chefe da Divisão de Investigação e Combate ao Tráfico de Estupefacientes, Iu Kong Fai, o chefe da Divisão de Investigação de Crimes Informáticos, Sou Sio Keong, o chefe da Divisão de Ligação entre Polícia e Comunidade e Relações Públicas, Cheang Pou Seong, e a chefe funcional do Núcleo de Acompanhamento de Menores, Chu Wai Man, sobre a promoção da cooperação entre a polícia e as escolas e o reforço das acções educativas no âmbito da prevenção criminal para os jovens. Aprofundar a cooperação entre a polícia e as escolas e promover campanhas educativas de prevenção criminal Nos últimos anos, tem-se registado casos de jovens envolvidos na prática criminal ou como vítimas de crimes, isto reflecte o facto que a consciência de cumprimento da lei e de prevenção criminal entre os jovens continua insuficiente, sendo necessário aprofundar e ampliar as acções de educação sobre prevenção criminal. A PJ tem mantido uma estreita ligação e cooperação com as escolas através do plano Rede de Comunicação com as Escolas, transmitindo-lhes informações sobre a delinquência 1

2 juvenil e notícias de prevenção criminal, promovendo campanhas educativas de prevenção criminal nas escolas, e conforme a faixa etária dos estudantes, realizam-se palestras e actividades de prevenção criminal com temas diferentes, de modo a incutir a consciência de prevenção e combate criminal nesses jovens. Por outro lado, tem enviado pessoal para realizar acções de sensibilização direccionadas para os jovens e estudantes nas zonas próximas das escolas, assim como, organizaram-se com as escolas, palestras de prevenção criminal direccionadas para o pessoal docente e os encarregados de educação, com vista a prevenir juntos a delinquência juvenil e outros problemas de segurança que afectam as escolas. Além disso, a PJ elaborou ainda orientações para a realização de investigação criminal nas escolas, bem como criou um mecanismo de comunicação com a DSEJ, de modo a tratar com maior rapidez e eficácia os casos que envolvem escolas ou estudantes, ajudar os estudantes na apresentação de queixa à polícia, e consoante a situação dos estudantes, encaminhá-los, oportunamente, aos serviços públicos competentes para aconselhamento ou apoio psicológico. A PJ espera através deste encontro realizar uma troca sincera de ideias com o sector da educação e juntos discutir o aperfeiçoamento dos mecanismos de comunicação do plano Rede de Comunicação com as Escolas, rever o processamento dos casos relacionados com escolas e estudantes, bem como encontrar formas de reforçar a consciência de prevenção criminal entre os jovens. Palestra Cuidado com as armadilhas ao conhecer pessoas na rede para melhorar a consciência de prevenção criminal entre os jovens Muitos representantes mostraram-se atentos aos problemas de segurança na rede e preocupados com os riscos que os jovens correm com as armadilhas da internet por falta de atenção, sugeriram assim uma maior cooperação entre as escolas e a polícia para desenvolver mais acções de divulgação de prevenção criminal neste âmbito, de forma a melhorar a consciência de segurança entre os jovens na utilização da rede. Houve ainda presentes que consideraram necessário o reforço dos conhecimentos de prevenção criminal dos encarregados de educação, sobretudo relativamente à segurança na rede. A PJ falou na realização nas escolas, nos últimos anos, de palestras educativas de prevenção criminal sobre vários temas, nomeadamente o Crime informático e 2

3 Cyberbullying, para dar a conhecer aos jovens a Lei de combate à criminalidade informática e ajudá-los a prevenir o crime informático e o cyberbullying, estas palestras foram bem aceites por escolas e estudantes. Tendo em conta a diversificação do modus operandi dos crimes cibernéticos, para intensificar a consciência de segurança no uso da rede entre os jovens, para evitar que caiam nas armadilhas da internet, a PJ já está a organizar outras palestras com título Cuidado com as armadilhas ao conhecer pessoas na rede destinadas às escolas, tendo recebido sucessivamente pedidos para a sua realização em várias escolas, até agora foram planeadas mais de 30 destas palestras, que contarão com a participação de mais de dez mil estudantes. Os participantes reconheceram a importância dos ensinamentos sobre prevenção criminal entre os jovens e referiram que as escolas, também têm vindo a colaborar de forma activa com a polícia no desenvolvimento das respectivas acções, esperando que, no futuro, possa manter uma boa comunicação e cooperação entre as duas partes e possam ser desenvolvidas mais acções educativas sobre prevenção criminal adequadas aos jovens. A PJ afirmou que irá continuar a auscultar o feedback das escolas, efectuar mais estudos e elaborar medidas mais eficazes e viáveis, assegurando assim um ambiente mais saudável e seguro para a aprendizagem e crescimento dos jovens. Aos 8 de Janeiro de 2015, Macau. Polícia Judiciária 3

4 4

5 5

6 6

7 7

Aos 21 de Janeiro de 2015, Macau. Polícia Judiciária

Aos 21 de Janeiro de 2015, Macau. Polícia Judiciária Comunicado A PJ realizou a Palestra de Formação sobre Conhecimentos de Prevenção Criminal na Área da Habitação e a cerimónia de entrega de prémios relativos ao questionário Conhecimentos sobre Prevenção

Leia mais

Comunicado. Angariação contínua de pessoas para o grupo Amigos da Prevenção Criminal na Área da Habitação

Comunicado. Angariação contínua de pessoas para o grupo Amigos da Prevenção Criminal na Área da Habitação Comunicado Intercâmbio entre a Polícia Judiciária e o grupo Amigos da Prevenção Criminal na Área da Habitação para uma abordagem do desenvolvimento e aprofundamento do trabalho de prevenção criminal na

Leia mais

INVESTIGAÇÃO CRIMINAL E SISTEMA JURÍDICO

INVESTIGAÇÃO CRIMINAL E SISTEMA JURÍDICO 2015 Junho INVESTIGAÇÃO CRIMINAL E SISTEMA JURÍDICO Campanhas de Sensibilização 本 局 與 大 廈 防 罪 之 友 成 員 舉 行 一 周 年 工 作 匯 報 暨 治 安 交 流 會 議, 司 警 局 大 廈 防 罪 之 友 總 召 集 人 劉 藝 良 帶 領 近 百 名 代 表 出 席, 共 同 探 討 拓 展 和 深

Leia mais

Comunicado. PJ transmite informações sobre crimes ocorridos em prédios e. promove estudo conjunto de vias melhores de transmissão de

Comunicado. PJ transmite informações sobre crimes ocorridos em prédios e. promove estudo conjunto de vias melhores de transmissão de Comunicado PJ transmite informações sobre crimes ocorridos em prédios e promove estudo conjunto de vias melhores de transmissão de informações sobre prevenção criminal Para aprofundar a cooperação polícia-população,

Leia mais

Cerimónia de lançamento do projecto Guia juvenil para combater o crime, realizada pela Polícia Judiciária

Cerimónia de lançamento do projecto Guia juvenil para combater o crime, realizada pela Polícia Judiciária Comunicado Cerimónia de lançamento do projecto Guia juvenil para combater o crime, realizada pela Polícia Judiciária Para promover com mais eficácia o trabalho de prevenção da delinquência juvenil e aprofundar

Leia mais

Balanço das actividades do. Grupo de Prevenção Criminal na Área da Habitação de 2012

Balanço das actividades do. Grupo de Prevenção Criminal na Área da Habitação de 2012 Balanço das actividades do Grupo de Prevenção Criminal na Área da Habitação de 2012 O Grupo de Prevenção Criminal na Área da Habitação (GPCAH) foi criado em 18 de Janeiro de 2010. Este grupo tem por objectivo

Leia mais

Atribuição de certificado de mérito aos agentes desta Corporação

Atribuição de certificado de mérito aos agentes desta Corporação No jantar da Festa de Natal de 11 de Dezembro, realizou-se a cerimónia de atribuição de certificados aos agentes que se distinguiram nos âmbitos académico e artístico: 8. Seminário dos Dois Lados do Estreito,

Leia mais

- 名 單 - -LISTA- 按 照 刊 登 於 二 零 一 三 年 十 二 月 十 八 日 第 五 十 一 期 澳 門 特 別 行 政 區 公 報

- 名 單 - -LISTA- 按 照 刊 登 於 二 零 一 三 年 十 二 月 十 八 日 第 五 十 一 期 澳 門 特 別 行 政 區 公 報 - 名 單 - -LISTA- 按 照 刊 登 於 二 零 一 三 年 十 二 月 十 八 日 第 五 十 一 期 澳 門 特 別 行 政 區 公 報 第 二 組 之 通 告, 有 關 以 考 核 方 式 進 行 普 通 對 外 入 職 開 考, 以 填 補 郵 政 局 編 制 內 郵 差 職 程 第 一 職 階 郵 差 十 五 缺, 現 公 佈 臨 時 名 單 如 下 : Provisória dos

Leia mais

Segunda palestra sobre a revisão das leis de imprensa e de radiodifusão

Segunda palestra sobre a revisão das leis de imprensa e de radiodifusão Segunda palestra sobre a revisão das leis de imprensa e de radiodifusão Data: 22 de Fevereiro de 2012 Horário: 15h00 Local: Auditório do GCS Presença: 23 profissionais (de 17 órgãos de ) Opiniões na palestra

Leia mais

A FILOSOFIA E MODELO DE POLICIAMENTO COMUNITÁRIO (I)

A FILOSOFIA E MODELO DE POLICIAMENTO COMUNITÁRIO (I) A FILOSOFIA E MODELO DE POLICIAMENTO COMUNITÁRIO (I) - CONCRETIZAÇÃO E PERCEPÇÃO POR PARTE DA PJ Doutorado em Direito pela Universidade de Pequim, Director da Polícia Judiciária Wong Sio Chak Cumprir a

Leia mais

Estratégia Nacional de Educação para o Desenvolvimento. (2010-2015) ENED Plano de Acção

Estratégia Nacional de Educação para o Desenvolvimento. (2010-2015) ENED Plano de Acção Estratégia Nacional de Educação para o Desenvolvimento (2010-2015) ENED Plano de Acção Estratégia Nacional de Educação para o Desenvolvimento (2010-2015) ENED Plano de Acção 02 Estratégia Nacional de

Leia mais

CONHECER O COMISSARIADO DA AUDITORIA

CONHECER O COMISSARIADO DA AUDITORIA CONHECER O COMISSARIADO DA AUDITORIA PARTE I - MISSÃO, VALORES, VISÃO E LINHAS DE ORIENTAÇÃO ESTRATÉGICA DO COMISSARIADO DA AUDITORIA O Comissariado da Auditoria (CA) funciona como órgão independente na

Leia mais

Campanha Acabar com a violência sobre as Mulheres

Campanha Acabar com a violência sobre as Mulheres Campanha Acabar com a violência sobre as Mulheres Introdução A Amnistia Internacional (AI) Portugal lançou em Outubro de 2006, o Relatório «Mulheres (In)Visíveis», integrado na Campanha Internacional Acabar

Leia mais

Nome de instituição: Clube de Comunicação Social de Macau Data: 23 de Dezembro de 2011 Horário: 17H00 Local: Clube de Comunicação Social de Macau

Nome de instituição: Clube de Comunicação Social de Macau Data: 23 de Dezembro de 2011 Horário: 17H00 Local: Clube de Comunicação Social de Macau Nome de instituição: Clube de Comunicação Social de Macau Data: 23 de Dezembro de 2011 Horário: 17H00 Local: Clube de Comunicação Social de Macau Opiniões: (por ordem de intervenção)(tradução) Nome Alteração

Leia mais

O Que São os Serviços de Psicologia e Orientação (SPO)?

O Que São os Serviços de Psicologia e Orientação (SPO)? O Que São os Serviços de Psicologia e Orientação (SPO)? São unidades especializadas de apoio educativo multidisciplinares que asseguram o acompanhamento do aluno, individualmente ou em grupo, ao longo

Leia mais

Caracterização do Projecto

Caracterização do Projecto Caracterização do Projecto http://www.cm-lousa.pt/educacao/alimbem_crscsaud.htm O Projecto "Alimenta-te bem, Cresce saudável" tem a sua base na preocupação da Autarquia em garantir a todas as crianças

Leia mais

Comunicado. Proteger familiares e amigos compartilhando as informações sobre prevenção criminal

Comunicado. Proteger familiares e amigos compartilhando as informações sobre prevenção criminal Comunicado Cerimónia de lançamento do Programa «Promoção da Prevenção Criminal na Comunidade» e cerimónia da inauguração da conta oficial de WeChat da versão da China continental A Polícia Judiciária lançou

Leia mais

PLANO TIC PLANO DE AÇÃO ANUAL PARA A UTILIZAÇÃO DAS TIC COMO APOIO AO ENSINO E À APRENDIZAGEM

PLANO TIC PLANO DE AÇÃO ANUAL PARA A UTILIZAÇÃO DAS TIC COMO APOIO AO ENSINO E À APRENDIZAGEM PLANO TIC PLANO DE AÇÃO ANUAL PARA A UTILIZAÇÃO DAS TIC COMO APOIO AO ENSINO E À APRENDIZAGEM Ano Letivo 2011/2012 Marinha Grande, Setembro de 2011 1. Índice: Índice 2 1. Introdução 3 2. Caracterização

Leia mais

Trabalhos prioritários do ensino não superior e dos assuntos juvenis do ano lectivo de 2015/2016

Trabalhos prioritários do ensino não superior e dos assuntos juvenis do ano lectivo de 2015/2016 Trabalhos prioritários do ensino não superior e dos assuntos juvenis do ano lectivo de 2015/2016 Para que o início das aulas do novo ano lectivo se realize com facilidade, a Direcção dos Serviços de Educação

Leia mais

Introdução. 1 Direcção Geral da Administração Interna, Violência Doméstica 2010 Ocorrências Participadas às

Introdução. 1 Direcção Geral da Administração Interna, Violência Doméstica 2010 Ocorrências Participadas às Câmara Municipal da Departamento de Educação e Desenvolvimento Sociocultural Divisão de Intervenção Social Plano Municipal contra a Violência Rede Integrada de Intervenção para a Violência na Outubro de

Leia mais

Fórum de Boas Práticas

Fórum de Boas Práticas Câmara Municipal de Torres Vedras Sandra Colaço Fórum de Boas Práticas Rede Portuguesa de Cidades Saudáveis 28 de Outubro de 2009 TORRES VEDRAS População -72 259(2001) Área 407 Km2 O concelho no país Na

Leia mais

Publicação da Direcção dos Serviços de Economia de Macau

Publicação da Direcção dos Serviços de Economia de Macau Boletim Informativo do CEPA Edição de Março de 2013 Número 44 Publicação da Direcção dos Serviços de Economia de Macau Índice: 1. Semana Dinâmica de Macau realizada na cidade de Jinan da província de Shandong

Leia mais

Relatório de Actividades do Ano de 2013 do Conselho Consultivo da Reforma Jurídica. Conselho Consultivo da Reforma Jurídica

Relatório de Actividades do Ano de 2013 do Conselho Consultivo da Reforma Jurídica. Conselho Consultivo da Reforma Jurídica Relatório de Actividades do Ano de 2013 do Conselho Consultivo da Reforma Jurídica Conselho Consultivo da Reforma Jurídica Março de 2014 Índice 1. Resumo das actividades....1 2. Perspectivas para as actividades

Leia mais

Saúde Escolar. Secretaria Regional da Educação e Formação

Saúde Escolar. Secretaria Regional da Educação e Formação Saúde Escolar Secretaria Regional da Educação e Formação «Um programa de saúde escolar efectivo é o investimento de custo-benefício mais eficaz que um País pode fazer para melhorar, simultaneamente, a

Leia mais

Comunicar em segurança protecção de menores na utitilização das TIC

Comunicar em segurança protecção de menores na utitilização das TIC Comunicar em segurança protecção de menores na utitilização das TIC Sustentabilidade social This document is intellectual property of PT and its use or dissemination is forbidden without explicit written

Leia mais

Bolsas de Mérito Especial Candidatos Seleccionados para o Ano Lectivo de 2010/2011

Bolsas de Mérito Especial Candidatos Seleccionados para o Ano Lectivo de 2010/2011 Observações: Bolsas de Mérito Especial Candidatos Seleccionados para o Ano Lectivo de 2010/2011 1.Todos os candidatos seleccionados têm de assinar o talão de confirmação e entregá-lo na Direcção dos Serviços

Leia mais

OPINIÃO. Técnica superior do NAM da Divisão de Ligação entre Polícia e Comunidade e Relações Públicas da PJ. Lok Cheng

OPINIÃO. Técnica superior do NAM da Divisão de Ligação entre Polícia e Comunidade e Relações Públicas da PJ. Lok Cheng A PROBLEMÁTICA DA CRIMINALIDADE LIGADA À DROGA ENTRE OS JOVENS DE MACAU Técnica superior do NAM da Divisão de Ligação entre Polícia e Comunidade e Relações Públicas da PJ Lok Cheng I. Preâmbulo Nos últimos

Leia mais

澳 門 特 別 行 政 區 政 府 Governo da Região Administrativa Especial de Macau 個 人 資 料 保 護 辦 公 室 Gabinete para a Protecção de Dados Pessoais

澳 門 特 別 行 政 區 政 府 Governo da Região Administrativa Especial de Macau 個 人 資 料 保 護 辦 公 室 Gabinete para a Protecção de Dados Pessoais Estudo do grau de conhecimento e das necessidades de protecção de dados pessoais entre os alunos do ensino secundário e do ensino superior de Macau 2014 Sumário Para saber qual o grau de conhecimento e

Leia mais

XVI. CCAC Reforça Supervisão e Incentiva a Cooperação CA Fiscaliza a Aplicação do Erário Público

XVI. CCAC Reforça Supervisão e Incentiva a Cooperação CA Fiscaliza a Aplicação do Erário Público Retrospectiva de 2008 XVI. CCAC Reforça Supervisão e Incentiva a Cooperação CA Fiscaliza a Aplicação do Erário Público Em 2008, o Comissariado contra a Corrupção (CCAC) esforçou-se por reforçar a supervisão

Leia mais

Regulamento Interno. Dos Órgãos. de Gestão. Capítulo II. Colégio de Nossa Senhora do Rosário

Regulamento Interno. Dos Órgãos. de Gestão. Capítulo II. Colégio de Nossa Senhora do Rosário Colégio de Nossa Senhora do Rosário Capítulo II Dos Órgãos Regulamento Interno de Gestão Edição - setembro de 2012 Índice do Capítulo II Secção I Disposições Gerais 1 Secção II Órgãos e Responsáveis das

Leia mais

Regulamento do 19º Curso de Formação para Investigador Criminal Estagiário

Regulamento do 19º Curso de Formação para Investigador Criminal Estagiário Regulamento do 19º Curso de Formação para Investigador Criminal Estagiário Artigo 1º Objectivos O 19º Curso de Formação para Investigador Criminal Estagiário destina-se a proporcionar aos seus participantes

Leia mais

Relatório de Actividades do ano 2011 do Conselho Consultivo da Reforma Jurídica

Relatório de Actividades do ano 2011 do Conselho Consultivo da Reforma Jurídica Relatório de Actividades do ano 2011 do Conselho Consultivo da Reforma Jurídica Fevereiro de 2012 Índice 1. Resumo das actividades... 1 2. Balanço e aperfeiçoamento... 6 3. Perspectivas para os trabalhos

Leia mais

Resolução de Vilnius: melhores escolas, escolas mais saudáveis - 17 de Junho de 2009

Resolução de Vilnius: melhores escolas, escolas mais saudáveis - 17 de Junho de 2009 Resolução de Vilnius: melhores escolas, escolas mais saudáveis - 17 de Junho de 2009 Introdução Educação e Saúde partilham os mesmos objectivos. Objectivos comuns permitem que as escolas se transformem

Leia mais

5. Esquema do processo de candidatura

5. Esquema do processo de candidatura Projecto e colecção de perguntas e respostas sobre o Exame Unificado de Acesso (disciplinas de Língua e Matemática) das quatro instituições do ensino superiorde Macau I Contexto Cada instituição do ensino

Leia mais

MINISTÉRIO DO AMBIENTE

MINISTÉRIO DO AMBIENTE REPÚBLICA DE ANGOLA MINISTÉRIO DO AMBIENTE O Ministério do Ambiente tem o prazer de convidar V. Exa. para o Seminário sobre Novos Hábitos Sustentáveis, inserido na Semana Nacional do Ambiente que terá

Leia mais

Seminário sobre as Teorias e as Medidas de Combate à Criminalidade Organizada

Seminário sobre as Teorias e as Medidas de Combate à Criminalidade Organizada Seminário sobre as Teorias e as Medidas de Combate à Criminalidade Organizada Organizado pela Polícia Judiciária de Macau, o Seminário sobre as Teorias e as Medidas de Combate à Criminalidade Organizada

Leia mais

第 三 章 執 行 預 算 第 135/2005 號 行 政 長 官 批 示. 7) Executar o plano de formação de pessoal; ( 七 ) 執 行 人 員 培 訓 計 劃 ;

第 三 章 執 行 預 算 第 135/2005 號 行 政 長 官 批 示. 7) Executar o plano de formação de pessoal; ( 七 ) 執 行 人 員 培 訓 計 劃 ; N.º 19 9-5-2005 BOLETIM OFICIAL DA REGIÃO ADMINISTRATIVA ESPECIAL DE MACAU I SÉRIE 545 ( 七 ) 執 行 人 員 培 訓 計 劃 ; ( 八 ) 核 實 收 支 文 件, 並 為 船 舶 建 造 廠 的 正 常 運 作 提 供 輔 助 7) Executar o plano de formação de pessoal;

Leia mais

EDUCAÇÃO ESPECIAL RESPOSTAS EDUCATIVAS

EDUCAÇÃO ESPECIAL RESPOSTAS EDUCATIVAS INSPEÇÃO-GERAL DA EDUCAÇÃO E CIÊNCIA PROGRAMA ACOMPANHAMENTO EDUCAÇÃO ESPECIAL RESPOSTAS EDUCATIVAS RELATÓRIO Agrupamento de Escolas Levante da Maia 2014-2015 RELATÓRIO DE ESCOLA Agrupamento de Escolas

Leia mais

INED PROJETO EDUCATIVO INSTITUTO DE EDUCAÇÃO E DESENVOLVIMENTO MAIA

INED PROJETO EDUCATIVO INSTITUTO DE EDUCAÇÃO E DESENVOLVIMENTO MAIA INED INSTITUTO DE EDUCAÇÃO E DESENVOLVIMENTO PROJETO EDUCATIVO MAIA PROJETO EDUCATIVO I. Apresentação do INED O Instituto de Educação e Desenvolvimento (INED) é uma escola secundária a funcionar desde

Leia mais

(2006/C 297/02) considerando o seguinte: constatando que:

(2006/C 297/02) considerando o seguinte: constatando que: C 297/6 Resolução do Conselho e dos Representantes Governos dos Estados-Membros, reunidos no Conselho, relativa à realização dos objectivos comuns em matéria de participação e informação dos jovens para

Leia mais

It is better to fail in originality than to succeed in imitation. Herman Melville (1819-1891)

It is better to fail in originality than to succeed in imitation. Herman Melville (1819-1891) It is better to fail in originality than to succeed in imitation. Herman Melville (1819-1891) Imaginação Imagine uma equipa de especialistas que partilha a sua paixão por aquilo que faz, que compreende

Leia mais

PLANO DE ACÇÃO 2010 CPCJ

PLANO DE ACÇÃO 2010 CPCJ PLANO DE ACÇÃO 2010 CPCJ COMISSÃO DE PROTECÇÃO DE CRIANÇAS E JOVENS DO PESO DA RÉGUA Modalidade Alargada Divulgar os Direitos da Criança na Comunidade OBJECTIVOS ACÇÕES RECURSOS HUMANOS DA CPCJ RECURSOS

Leia mais

PLANO ANUAL DE ACTIVIDADES

PLANO ANUAL DE ACTIVIDADES ESCOLA SECUNDÁRIA C/ 3º CICLO DE MANUEL DA FONSECA PLANO ANUAL DE ACTIVIDADES A intervenção do Psicólogo na escola baseia-se num modelo relacional e construtivista, que fundamenta uma prática psicológica

Leia mais

Colaborações em ambientes online predispõem a criação de comunidades de

Colaborações em ambientes online predispõem a criação de comunidades de Ficha de Leitura Tipo de documento: Artigo Título: Colaboração em Ambientes Online na Resolução de Tarefas de Aprendizagem Autor: Miranda Luísa, Morais Carlos, Dias Paulo Assunto/Sinopse/Resenha: Neste

Leia mais

Opiniões (por ordem de intervenção)(tradução) Nome Alteração das duas Leis Dois Conselhos e Estatuto. Outras opiniões

Opiniões (por ordem de intervenção)(tradução) Nome Alteração das duas Leis Dois Conselhos e Estatuto. Outras opiniões Nome de instituição: Departamento de notícia do canal chinês da TDM Data: 3 de Janeiro de 2012 Horário: 10H30 Local: Sala de reunião do Rádio Macau, Edifício Nam Kwong, 7º andar Opiniões (por ordem de

Leia mais

I. Apresentação do Projecto. - Gabinete de Apoio ao Aluno e à Família

I. Apresentação do Projecto. - Gabinete de Apoio ao Aluno e à Família I. Apresentação do Projecto - Gabinete de Apoio ao Aluno e à Família Falar em sucesso educativo implica olhar o processo educativo segundo uma abordagem sistémica, em que o aluno, a escola, a família e

Leia mais

PROJECTO DE LEI N.º 359/VIII CRIA O OBSERVATÓRIO DA VIOLÊNCIA ESCOLAR

PROJECTO DE LEI N.º 359/VIII CRIA O OBSERVATÓRIO DA VIOLÊNCIA ESCOLAR PROJECTO DE LEI N.º 359/VIII CRIA O OBSERVATÓRIO DA VIOLÊNCIA ESCOLAR A evidente importância de um ensino condigno para crianças e jovens está a ser seriamente posta em causa por factores de violência

Leia mais

Listas dos Candidatos Admitidos dos Cursos de Divulgação Artística da Escola de Música do Ano Lectivo 2011/2012

Listas dos Candidatos Admitidos dos Cursos de Divulgação Artística da Escola de Música do Ano Lectivo 2011/2012 Listas dos Candidatos Admitidos dos Cursos de Divulgação Artística da Escola de Música do Ano Lectivo 2011/2012 Violino 1 鄭 鈜 日 CHEANG, WANG IAT MUS196 Violino Inicial, 1º Grau Aulas Individuais 2 劉 彥

Leia mais

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA PLANIFICAÇÃO E DESENVOLVIMENTO. SÍNTESE DA 15 a SESSÃO PLENÁRIA DO OBSERVATÓRIO DE DESENVOLVIMENTO

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA PLANIFICAÇÃO E DESENVOLVIMENTO. SÍNTESE DA 15 a SESSÃO PLENÁRIA DO OBSERVATÓRIO DE DESENVOLVIMENTO REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA PLANIFICAÇÃO E DESENVOLVIMENTO SÍNTESE DA 15 a SESSÃO PLENÁRIA DO OBSERVATÓRIO DE DESENVOLVIMENTO Maputo, Abril de 2014 ÍNDICE I. INTRODUÇÃO... 3 II. TEMAS APRESENTADOS...

Leia mais

2010/2011 Plano Anual de Actividades

2010/2011 Plano Anual de Actividades 2010/2011 Plano Anual de Actividades Cristiana Fonseca Departamento de Educação para a Saúde 01-07-2010 2 Plano Anual de Actividades Introdução Quando em 1948 a Organização Mundial de Saúde definiu a saúde

Leia mais

Relembramos a este nível a Declaração dos Direitos da Criança e o seu Princípio 7.º, que determina que:

Relembramos a este nível a Declaração dos Direitos da Criança e o seu Princípio 7.º, que determina que: Grupo de Juristas Amnistia Internacional Portugal Lisboa, 10 Fevereiro 2011 I. O Grupo de Juristas (GJ) da Amnistia Internacional Portugal (AI Portugal) debruçou-se sobre a temática da Violência Escolar,

Leia mais

REGIÃO ADMINISTRATIVA ESPECIAL

REGIÃO ADMINISTRATIVA ESPECIAL N.º 30 27-7-2005 BOLETIM OFICIAL DA REGIÃO ADMINISTRATIVA ESPECIAL DE MACAU II SÉRIE 5005 澳 門 特 別 行 政 區 REGIÃO ADMINISTRATIVA ESPECIAL DE MACAU 行 政 長 官 辦 公 室 第 252/2005 號 行 政 長 官 批 示 行 政 長 官 行 使 澳 門 特

Leia mais

ACORDO DE COOPERAÇÃO ENTRE A REPÚBLICA PORTUGUESA E A REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL PARA A PREVENÇÃO E A REPRESSÃO DO TRÁFICO ILÍCITO DE MIGRANTES.

ACORDO DE COOPERAÇÃO ENTRE A REPÚBLICA PORTUGUESA E A REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL PARA A PREVENÇÃO E A REPRESSÃO DO TRÁFICO ILÍCITO DE MIGRANTES. Decreto n.º 42/2003 de 20 de Setembro Acordo entre a República Portuguesa e a República Federativa do Brasil para a Prevenção e a Repressão do Tráfico Ilícito de Migrantes, assinado em Lisboa em 11 de

Leia mais

澳 門 特 別 行 政 區 政 府 Governo da Região Administrativa Especial de Macau 澳 門 保 安 部 隊 事 務 局 DIRECÇÃO DOS SERVIÇOS DAS FORÇAS DE SEGURANÇA DE MACAU 通 告

澳 門 特 別 行 政 區 政 府 Governo da Região Administrativa Especial de Macau 澳 門 保 安 部 隊 事 務 局 DIRECÇÃO DOS SERVIÇOS DAS FORÇAS DE SEGURANÇA DE MACAU 通 告 通 告 按 照 保 安 司 司 長 二 零 一 三 年 五 月 二 十 二 日 之 批 示, 並 根 據 第 14/2009 號 法 律 及 第 23/2011 號 行 政 法 規 之 規 定, 現 通 過 以 審 查 文 件 及 有 限 制 方 式 進 行 普 通 晉 級 開 考, 以 填 補 編 制 外 合 同 人 員 第 一 職 階 一 等 翻 譯 員 三 缺 1. 種 類 期 限 及 有 效

Leia mais

PLANO DE TRABALHO. Do Serviço de Psicologia e Orientação

PLANO DE TRABALHO. Do Serviço de Psicologia e Orientação ESCOLA SECUNDÁRIA DAS LARANJEIRAS Proposta de PLANO DE TRABALHO Do Serviço de Psicologia e Orientação A Psicóloga: Sara Quaresma ANO LECTIVO 2010/2011 PLANO DE TRABALHO Ao longo deste ano lectivo serão

Leia mais

ÍNDICE. medidas... 110. I. Reforço do combate para salvaguardar a segurança e a estabilidade da sociedade... 110

ÍNDICE. medidas... 110. I. Reforço do combate para salvaguardar a segurança e a estabilidade da sociedade... 110 Área da Segurança Área da Segurança 107 ÍNDICE Prefácio... 108 Linhas de Acção Governativa para o ano 2015 e suas principais medidas... 110 I. Reforço do combate para salvaguardar a segurança e a estabilidade

Leia mais

Cáritas Portuguesa. Conselho Geral. Fátima, 4 a 6 de Dezembro de 2009

Cáritas Portuguesa. Conselho Geral. Fátima, 4 a 6 de Dezembro de 2009 Cáritas Portuguesa Conselho Geral Fátima, 4 a 6 de Dezembro de 2009 PRIORIDADE ÀS CRIANÇAS A Cáritas em acção (Anteprojecto) Fundamentos «As crianças pobres, as desprovidas de enquadramento familiar adequado,

Leia mais

Actividades em Outubro do Fórum de Macau promovem investimento económico e comercial e cooperação regional

Actividades em Outubro do Fórum de Macau promovem investimento económico e comercial e cooperação regional Actividades em Outubro do Fórum de Macau promovem investimento económico e comercial e cooperação regional 1. Fórum de Jovens Empresários da China e dos Países de Língua Portuguesa Fomentar a cooperação

Leia mais

AFOGAMENTOS EM CRIANÇAS E JOVENS ATÉ AOS 18 ANOS, EM PORTUGAL

AFOGAMENTOS EM CRIANÇAS E JOVENS ATÉ AOS 18 ANOS, EM PORTUGAL APSI Afogamentos de Crianças Principais Resultados 2002/2010 www.apsi.org.pt 1/6 AFOGAMENTOS EM CRIANÇAS E JOVENS ATÉ AOS 18 ANOS, EM PORTUGAL 2002 2010 RESUMO E PRINCIPAIS CONCLUSÕES I Introdução O afogamento

Leia mais

COMBATE AO TRABALHO INFANTIL Nota de Imprensa

COMBATE AO TRABALHO INFANTIL Nota de Imprensa COMBATE AO TRABALHO INFANTIL Nota de Imprensa No próximo dia 12 de Junho, comemora-se o Dia Mundial de Combate ao Trabalho Infantil. O PETI e o Escritório da OIT Organização Internacional do Trabalho em

Leia mais

PROPOSTA DE REGULAMENTO INTERNO

PROPOSTA DE REGULAMENTO INTERNO PROPOSTA DE REGULAMENTO INTERNO VOLUNTARIOS SOCIAIS DO CONCELHO DE ALBERGARIA-A-VELHA - PROGRAMA ALBERGARIA SOLIDÁRIA NOTA JUSTIFICATIVA No âmbito de uma política social que se vem orientando para potenciar

Leia mais

澳 門 特 別 行 政 區 公 報 BOLETIM OFICIAL DA REGIÃO ADMINISTRATIVA ESPECIAL DE MACAU

澳 門 特 別 行 政 區 公 報 BOLETIM OFICIAL DA REGIÃO ADMINISTRATIVA ESPECIAL DE MACAU 第 48 期 第 二 組 二 零 一 零 年 十 二 月 一 日, 星 期 三 Número 48 II SÉRIE do Boletim Oficial da Região Administrativa Especial de Macau, constituído pelas séries I e II Quarta-feira, 1 de Dezembro de 2010 澳 門 特 別 行 政

Leia mais

澳 門 特 別 行 政 區 公 報 BOLETIM OFICIAL DA REGIÃO ADMINISTRATIVA ESPECIAL DE MACAU

澳 門 特 別 行 政 區 公 報 BOLETIM OFICIAL DA REGIÃO ADMINISTRATIVA ESPECIAL DE MACAU 第 3 期 第 二 組 二 零 一 一 年 一 月 十 九 日, 星 期 三 Número 3 II SÉRIE do Boletim Oficial da Região Administrativa Especial de Macau, constituído pelas séries I e II Quarta-feira, 19 de Janeiro de 2011 澳 門 特 別 行 政 區

Leia mais

Pesquisa sobre o Grau de Satisfação da População relativamente à Carta de Qualidade da Polícia Judiciária de Macau (2013)

Pesquisa sobre o Grau de Satisfação da População relativamente à Carta de Qualidade da Polícia Judiciária de Macau (2013) Pesquisa sobre o Grau de Satisfação da População relativamente à Carta de Qualidade da Polícia Judiciária de Macau (2013) Grupo de Estudo das Relações entre a Polícia e a População Em 2013, foi feita esta

Leia mais

MISSÃO VISÃO. Lidamos com o contexto social em permanente mudança, procurando soluções inovadoras e criativas.

MISSÃO VISÃO. Lidamos com o contexto social em permanente mudança, procurando soluções inovadoras e criativas. MISSÃO Promover o desenvolvimento integral de cada pessoa, família, grupo ou organização, oferecendo um serviço de qualidade e contribuindo para gerar mudanças que proporcionem um maior nível de bem-estar.

Leia mais

PLANO DE ACÇÃO E ORÇAMENTO PARA 2008

PLANO DE ACÇÃO E ORÇAMENTO PARA 2008 PLANO DE ACÇÃO E ORÇAMENTO PARA 2008 O ano de 2008 é marcado, em termos internacionais, pela comemoração dos vinte anos do Movimento Internacional de Cidades Saudáveis. Esta efeméride terá lugar em Zagreb,

Leia mais

Assistência Médica e Saúde

Assistência Médica e Saúde Assistência Médica e Saúde O Governo da RAEM define e prossegue as linhas de acção governativa de Tratamento seguro e adequado com prioridade para a prevenção em correspondência à directriz de elevar a

Leia mais

第 四 十 八 期 N.º48 BOLETIM INFORMATIVO

第 四 十 八 期 N.º48 BOLETIM INFORMATIVO 通 訊 期 刊 2014 第 四 十 八 期 N.º48 二 零 一 四 年 七 月 ~ 十 二 月 Julho~ 雙 語 刊 行 Edição Bilíngue BOLETIM INFORMATIVO 澳 門 保 安 部 隊 高 等 學 校 保 安 部 隊 高 等 學 校 成 立 二 十 六 週 年 校 慶 26º Aniversário da Escola Superior das Forças

Leia mais

INSPECÇÃO-GERAL DA EDUCAÇÃO PROGRAMA AFERIÇÃO

INSPECÇÃO-GERAL DA EDUCAÇÃO PROGRAMA AFERIÇÃO INSPECÇÃO-GERAL DA EDUCAÇÃO PROGRAMA AFERIÇÃO EFECTIVIDADE DA AUTO-AVALIAÇÃO DAS ESCOLAS PROJECTO ESSE Orientações para as visitas às escolas 1 Introdução As visitas às escolas realizadas segundo o modelo

Leia mais

Regulamento do Conselho Municipal de Juventude. de S. João da Madeira. Artigo 1º. Definição. Artigo 2º. Objecto. Artigo 3º.

Regulamento do Conselho Municipal de Juventude. de S. João da Madeira. Artigo 1º. Definição. Artigo 2º. Objecto. Artigo 3º. Regulamento do Conselho Municipal de Juventude de S. João da Madeira Artigo 1º Definição O Conselho Municipal de Juventude é o órgão consultivo do município sobre matérias relacionadas com a política de

Leia mais

Associação de Apoio a Crianças e Jovens em Risco. Plano de Atividades 2015

Associação de Apoio a Crianças e Jovens em Risco. Plano de Atividades 2015 Associação de Apoio a Crianças e Jovens em Risco Plano de Atividades 2015 INTRODUÇÃO Depois de escalar uma montanha muito alta, descobrimos que há muitas mais montanhas por escalar. (Nelson Mandela) A

Leia mais

Câmara Municipal Gondomar REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE GONDOMAR

Câmara Municipal Gondomar REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE GONDOMAR Câmara Municipal Gondomar REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE GONDOMAR Aprovado pela Câmara em 6/02/2003, alterado em Reunião de Câmara de 18/09/2003 Aprovado pela Assembleia Municipal em

Leia mais

Serviço externo de Psicologia para Empresas

Serviço externo de Psicologia para Empresas Serviço externo de Psicologia para Empresas.Porque as pessoas são a essência da empresa. Cada vez mais ouvimos falar na necessidade urgente de locais de trabalho saudáveis e são diversas as campanhas que

Leia mais

Departamento Comercial e Marketing. Escola Secundaria de Paços de Ferreira 2009/2010. Técnicas de Secretariado

Departamento Comercial e Marketing. Escola Secundaria de Paços de Ferreira 2009/2010. Técnicas de Secretariado Escola Secundaria de Paços de Ferreira 2009/2010 Técnicas de Secretariado Departamento Comercial e Marketing Módulo 23- Departamento Comercial e Marketing Trabalho realizado por: Tânia Leão Departamento

Leia mais

Sistema de Informação e Comunicação da Rede Social de Alcochete. Sistema de Informação e Comunicação - REDE SOCIAL DE ALCOCHETE

Sistema de Informação e Comunicação da Rede Social de Alcochete. Sistema de Informação e Comunicação - REDE SOCIAL DE ALCOCHETE . Sistema de Informação e Comunicação da Rede Social de Alcochete . Objectivos e Princípios Orientadores O Sistema de Informação e Comunicação (SIC) da Rede Social de Alcochete tem como objectivo geral

Leia mais

BASES GERAIS DO REGIME JURÍDICO DA PREVENÇÃO, HABILITAÇÃO, REABILITAÇÃO E PARTICIPAÇÃO DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA. Lei n.º 38/2004, de 18 de Agosto

BASES GERAIS DO REGIME JURÍDICO DA PREVENÇÃO, HABILITAÇÃO, REABILITAÇÃO E PARTICIPAÇÃO DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA. Lei n.º 38/2004, de 18 de Agosto BASES GERAIS DO REGIME JURÍDICO DA PREVENÇÃO, HABILITAÇÃO, REABILITAÇÃO E PARTICIPAÇÃO DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA Lei n.º 38/2004, de 18 de Agosto Define as bases gerais do regime jurídico da prevenção,

Leia mais

Decreto-Lei n.º 56/2006, de 15 de Março

Decreto-Lei n.º 56/2006, de 15 de Março Decreto-Lei n.º 56/2006, de 15 de Março EXPLORAÇÃO DE JOGOS SOCIAIS (DISTRIBUIÇÃO DOS RESULTADOS LÍQUIDOS) (LOTARIAS - TOTOBOLA TOTOLOTO TOTOGOLO LOTO 2 JOKER - EUROMILHÕES) A afectação das receitas dos

Leia mais

AVISOS E ANÚNCIOS OFICIAIS

AVISOS E ANÚNCIOS OFICIAIS 3064 澳 門 特 別 行 政 區 公 報 第 二 組 第 18 期 2007 年 5 月 2 日 政 府 機 關 通 告 及 公 告 AVISOS E ANÚNCIOS OFICIAIS 海 關 通 告 SERVIÇOS DE ALFÂNDEGA Aviso 第 02/2007/DAF/SA 號 公 開 競 投 茲 根 據 行 政 長 官 於 二 零 零 七 年 四 月 十 八 日 作 出 的

Leia mais

AUTO-REGULAÇÃO - UMA DECLARAÇÃO DE PRINCÍPIOS COMUNS E NORMAS DE BOAS PRATICAS DE ACTUAÇÃO

AUTO-REGULAÇÃO - UMA DECLARAÇÃO DE PRINCÍPIOS COMUNS E NORMAS DE BOAS PRATICAS DE ACTUAÇÃO AUTO-REGULAÇÃO - UMA DECLARAÇÃO DE PRINCÍPIOS COMUNS E NORMAS DE BOAS PRATICAS DE ACTUAÇÃO 1. A auto-regulação da publicidade é a resposta da indústria publicitária ao desafio de lidar com as questões

Leia mais

Planificação das Atividades do Projeto de Educação para a Saúde

Planificação das Atividades do Projeto de Educação para a Saúde Planificação das Atividades do Projeto de Educação para a Saúde 1 - Educação Alimentar gerais - Ausência do hábito de tomar o pequenoalmoço. - Consequências de uma alimentação desequilibrada. - Sensibilizar

Leia mais

Boletim Informativo do CEPA Edição de Agosto de 2006 Número 17 Publicação da Direcção dos Serviços de Economia de Macau

Boletim Informativo do CEPA Edição de Agosto de 2006 Número 17 Publicação da Direcção dos Serviços de Economia de Macau Boletim Informativo do CEPA Edição de Agosto de 2006 Número 17 Publicação da Direcção dos Serviços de Economia de Macau Índice: 1. Cerimónia de entrega de Certificados do Exame Nacional de Qualificação

Leia mais

Índice. 1. Nota Introdutória... 1. 2. Actividades a desenvolver...2. 3. Notas Finais...5

Índice. 1. Nota Introdutória... 1. 2. Actividades a desenvolver...2. 3. Notas Finais...5 Índice Pág. 1. Nota Introdutória... 1 2. Actividades a desenvolver...2 3. Notas Finais...5 1 1. Nota Introdutória O presente documento consiste no Plano de Acção para o ano de 2011 da Rede Social do concelho

Leia mais

A Câmara Municipal de Rio Maior e o papel do Curso de Educação e Comunicação Multimédia no Gabinete de Imagem, Comunicação e Relações Públicas

A Câmara Municipal de Rio Maior e o papel do Curso de Educação e Comunicação Multimédia no Gabinete de Imagem, Comunicação e Relações Públicas A Câmara Municipal de Rio Maior e o papel do Curso de Educação e Comunicação Multimédia no Gabinete de Imagem, Comunicação e Relações Públicas Psicologia organizacional A Psicologia Organizacional, inicialmente

Leia mais

ESPORTE NÃO É SÓ PARA ALGUNS, É PARA TODOS! Esporte seguro e inclusivo. Nós queremos! Nós podemos!

ESPORTE NÃO É SÓ PARA ALGUNS, É PARA TODOS! Esporte seguro e inclusivo. Nós queremos! Nós podemos! ESPORTE NÃO É SÓ PARA ALGUNS, É PARA TODOS! Esporte seguro e inclusivo. Nós queremos! Nós podemos! Documento final aprovado por adolescentes dos Estados do Amazonas, da Bahia, do Ceará, do Mato Grosso,

Leia mais

1. Objectivos do Observatório da Inclusão Financeira

1. Objectivos do Observatório da Inclusão Financeira Inclusão Financeira Inclusão Financeira Ao longo da última década, Angola tem dado importantes passos na construção dos pilares que hoje sustentam o caminho do desenvolvimento económico, melhoria das

Leia mais

PLANO DE APRESENTAÇÃO

PLANO DE APRESENTAÇÃO DEGEI Mestrado em Gestão de Informação AVALIAÇÃO DA ADOPÇÃO DA FORMAÇÃO A DISTÂNCIA: O CASO DE ESTUDO NA GUARDA NACIONAL REPUBLICANA PLANO DE APRESENTAÇÃO TEMA CONTETO PROBLEMA HIPÓTESES CONTETO TEÓRICO

Leia mais

A Recactiv é uma empresa de recuperação de crédito, ou seja, temos como base a recuperação activa de crédito mal parado.

A Recactiv é uma empresa de recuperação de crédito, ou seja, temos como base a recuperação activa de crédito mal parado. Apresentação Recactiv A Recactiv é uma empresa de recuperação de crédito, ou seja, temos como base a recuperação activa de crédito mal parado. Os nossos serviços significam uma ajuda preciosa na recuperação

Leia mais

財 政 局 DIRECÇÃO DOS SERVIÇOS DE FINANÇAS

財 政 局 DIRECÇÃO DOS SERVIÇOS DE FINANÇAS 1 LO JOSE RUA DO DR. PEDRO JOSE LOBO, 1-3, 12 ANDAR QUARTO 1210, EDIF. BANCO LUSO INTERNACIONAL, 3 趙 汝 錦 CHIU I KAM JORGE 15 何 國 菱 HO KOK LENG 澳 門 民 國 大 馬 路 36 號 大 興 大 廈 八 樓 A 座 AVE. DA REPUBLICA NO.36,

Leia mais

CONTRIBUTO DA UGT SOBRE O PROGRAMA INTEGRADO DO REFORÇO DO COMBATE À EVASÃO E À FRAUDE FISCAL

CONTRIBUTO DA UGT SOBRE O PROGRAMA INTEGRADO DO REFORÇO DO COMBATE À EVASÃO E À FRAUDE FISCAL CONTRIBUTO DA UGT SOBRE O PROGRAMA INTEGRADO DO REFORÇO DO COMBATE À EVASÃO E À FRAUDE FISCAL I. INTRODUÇÃO No âmbito dos compromissos assumidos pelo Governo em sede de Concertação Social, o Governo apresentou

Leia mais

Colaborar com as várias estruturas da escola nas tarefas inerentes ao cargo.

Colaborar com as várias estruturas da escola nas tarefas inerentes ao cargo. Atualizar e divulgar a composição da equipa. Divulgar as atividades. Atualizar e divulgar diversos materiais. ano lectivo Informação/divulgação dos serviços especializados na página da escola /EE Representar

Leia mais

«As organizações excelentes gerem, desenvolvem e libertam todo o potencial dos seus colaboradores ao nível individual, de equipa e organizacional.

«As organizações excelentes gerem, desenvolvem e libertam todo o potencial dos seus colaboradores ao nível individual, de equipa e organizacional. A melhoria não é um acontecimento pontual ( ) um processo que necessita de ser planeado, desenvolvido e concretizado ao longo do tempo em sucessivas vagas, produzindo uma aprendizagem permanente. De acordo

Leia mais

Linhas de Acção Governativa 2016 na Área de Segurança. Apresentação

Linhas de Acção Governativa 2016 na Área de Segurança. Apresentação Linhas de Acção Governativa 2016 na Área de Segurança Apresentação 30 de Novembro de 2015 1 Exmo. Senhor Presidente da Assembleia Legislativa, Senhoras e Senhores Deputados, No ano de 2015, as Forças e

Leia mais

Linhas de Acção. 1. Planeamento Integrado. Acções a desenvolver: a) Plano de Desenvolvimento Social

Linhas de Acção. 1. Planeamento Integrado. Acções a desenvolver: a) Plano de Desenvolvimento Social PLANO DE ACÇÃO 2007 Introdução O CLASA - Conselho Local de Acção Social de Almada, de acordo com a filosofia do Programa da Rede Social, tem vindo a suportar a sua intervenção em dois eixos estruturantes

Leia mais

CONCLUSÕES GT CIDADÃOS COM DEFICIÊNCIA

CONCLUSÕES GT CIDADÃOS COM DEFICIÊNCIA CONCLUSÕES GT CIDADÃOS COM DEFICIÊNCIA Fiscalizar os prazos para adaptações previstas no Decreto lei 163 e aplicação de coimas. Campanha de sensibilização para comerciantes, etc. Publicação quais os seus

Leia mais

PSICOLOGIA APLICADA. A. Filipa Faria Cátia Silva Barbara Fernandes Ricardo Rocha

PSICOLOGIA APLICADA. A. Filipa Faria Cátia Silva Barbara Fernandes Ricardo Rocha PSICOLOGIA APLICADA A. Filipa Faria Cátia Silva Barbara Fernandes Ricardo Rocha Psicologia aplicada É impossível pensar em psicologia, sem pensar em intervenção, pois esta tem uma dimensão prática que

Leia mais

Formação Nacional de Formadores para a Participação Juvenil

Formação Nacional de Formadores para a Participação Juvenil Contexto Não é claro, nem na Convenção Europeia sobre os Direitos Humanos nem na Declaração Universal dos Direitos Humanos, como é que a participação (juvenil) na sociedade civil é assegurada como Direito

Leia mais

GRUPO DE TRABALHO: GRUPO DE TRABALHO (ALTERAÇÃO): ASSEMBLEIA MUNICIPAL - EMÍLIA SOARES CÂMARA MUNICIPAL DO CARTAXO ESTELA SILVA

GRUPO DE TRABALHO: GRUPO DE TRABALHO (ALTERAÇÃO): ASSEMBLEIA MUNICIPAL - EMÍLIA SOARES CÂMARA MUNICIPAL DO CARTAXO ESTELA SILVA GRUPO DE TRABALHO: ASSEMBLEIA MUNICIPAL - EMÍLIA SOARES CÂMARA MUNICIPAL DO CARTAXO ESTELA SILVA CÂMARA MUNICIPAL DO CARTAXO ISABELA CHAGAS CÂMARA MUNICIPAL DO CARTAXO MARTA AZEVEDO GUARDA NACIONAL REPUBLICANA

Leia mais

CEF/0910/28031 Relatório preliminar da CAE (Poli) - Ciclo de estudos em funcionamento

CEF/0910/28031 Relatório preliminar da CAE (Poli) - Ciclo de estudos em funcionamento CEF/0910/28031 Relatório preliminar da CAE (Poli) - Ciclo de estudos em funcionamento Caracterização do ciclo de estudos Perguntas A.1 a A.9 A.1. Instituição de ensino superior / Entidade instituidora:

Leia mais

Serviço de Apoio a Crianças e Jovens

Serviço de Apoio a Crianças e Jovens Serviço de Apoio a Crianças e Jovens Relatório de Actividades.1 Tratamento de casos.2. Desenvolvimento de equipamentos sociais Desenvolvimento de actividades 17 Relatório de Actividades Serviço de Apoio

Leia mais

Programa de Orientação Escolar e Profissional Consulta Psicológica de Orientação Vocacional 2013/2014

Programa de Orientação Escolar e Profissional Consulta Psicológica de Orientação Vocacional 2013/2014 Programa de Orientação Escolar e Profissional Consulta Psicológica de Orientação Vocacional 2013/2014 Exmºs Senhores Constatando a dificuldade que muitas instituições de ensino público e privado têm em

Leia mais