ENCERRAMENTO DO EXERCÍCIO. ABOP Slide 1

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ENCERRAMENTO DO EXERCÍCIO. ABOP Slide 1"

Transcrição

1 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas ENCERRAMENTO Oficina nº DO 84 EXERCÍCIO ENCERRAMENTO DO EXERCÍCIO ABOP Slide 1

2 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas Quando começa o encerramento do exercício? Quando nos preocupamos com o encerramento do exercício? Qual o planejamento para o encerramento do exercício? Planejar Preparar Revisar Monitorar ABOP Slide 2

3 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas ENCERRAMENTO DO EXERCÍCIO, O QUE É? É O CONJUNTO DE PROCESSOS E AJUSTES CONTÁBEIS QUE VISA A ELABORAÇÃO DOS DEMONSTRATIVOS CONTÁBEIS E BALANÇO GERAL DA UNIÃO, BEM COMO A PREPARAÇÃO PARA A ABERTURA DO EXERCÍCIO SEGUINTE. ABOP Slide 3

4 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas Os procedimentos relativos ao processo de encerramento do exercício estão detalhados no Manual SIAFI: Macrofunção Restos a Pagar Macrofunção Encerramento do Exercício ABOP Slide 4

5 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas A Norma de encerramento é formada por tópicos, onde são detalhados os procedimentos, sendo: PRAZOS ANÁLISE DE CONTAS CONTÁBEIS PROCEDIMENTOS DE ENCERRAMENTO DO EXERCÍCIO ATUAL E DE ABERTURA DO EXERCÍCIO SEGUINTE DETALHAMENTO DOS PROCESSOS PROCEDIMENTOS DE ANÁLISE DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS PROCEDIMENTOS POSTERIORES AO ENCERRAMENTO - NO EXERCÍCIO SEGUINTE ABOP Slide 5

6 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas PRAZOS Neste tópico constam os prazos limites para a realização dos procedimentos pertinentes ao encerramento, tais como: Registros de documentos pelas UG e/ou pelas Setoriais de Contabilidade dos atos e fatos comprobatórios das Gestões Orçamentária, Financeira e Patrimonial, obedecendo os dispositivos legais. Registro de integração de balancete dos Órgãos que utilizam o SIAFI na modalidade parcial e que devem acumular seus saldos ao Balanço Geral da União. Registro das conformidades contábeis de órgão e de órgão superior. E outros. ABOP Slide 6

7 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas Calendário para o Encerramento do Exercício de 2014 Calendário para o Encerramento do Exercício de 2014 DATA PROCESSO 01/dez/14 a 06/jan/15 Indicação pelo Ordenador de Despesas p/inscrição em RP não processados a liquidar 05/dez/14 Órgãos do Poder Executivo - Emissão de Nota de Empenho (Decreto 8.197, de 20/02/2014) Fechamento - UG Transposição de saldos 31/dez/14 Baixa de saldos (CONBAIXSAL) - RP não processados a liquidar bloqueados por decreto ( ) - Recursos a Receber/a Liberar de Restos a Pagar ( e ) - Recursos a Receber ( FR 81 e FR 49 e 64) Fechamento - Setorial Contábil Inscrição em Restos a Pagar 07/jan/15 - Processados - Não Processados a Liquidar (Não exigível) - Não Processados em Liquidação (Exigível) - 08/jan/15 Conferência do processo de inscrição de RP Anulação de NE não inscritas em RPNP pela não indicação pelo gestor 09/jan/15 Inscrição de Recursos Diferidos e a Receber/a Liberar 10/jan/15 Conferência do processo do Diferido 12/jan/15 Integração de Balancete Apuração do Resultado do Exercício 13/jan/15 Apropriação das reservas Migração do Cadastro de Empenho 15/jan/15 Conclusão de Transferências (CV, CR, TP, AC, TC, TL) Encerramento das contas de resultado ABOP Slide 7

8 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas Calendário para o Encerramento do Exercício de 2014 Calendário para o Encerramento do Exercício de 2014 DATA 16/jan/15 19/jan/15 20/jan/15 21/jan/15 REGISTRO DE CONFORMIDADE CONTÁBIL Conformidade Contábil de UG Conformidade Contábil de Órgão Conformidade Contábil de Órgão Superior Conformidade Contábil de BGU DATA PROCESSO INDEPENDENTES DE AÇÕES DE GESTÃO 07/jan/15 Processamento da Fita 50 07/jan/15 Processamento da fita dos bens dominiais 07/jan/15 Processamento da fita DAU Dívida Ativa da União ABOP Slide 8

9 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas Calendário para o Encerramento do Exercício de 2014 DATA PROCEDIMENTOS POSTERIORES AO ENCERRAMENTO (SIAFI2015) 30/jan/15 Baixa dos recursos diferidos BAIXA DE SALDOS (CONBAIXSAL) Restos a Pagar Não Processados a Liquidar (conta origem: RPNP a Liquidar) 10/jan/15 DATA 20/mar/ RPNP a Liquidar - Retific. (conta origem: RPNP a Liquidar - Retificadora.) Recursos a Receber de RP - inscrição (conta origem: Recursos a receber de RP - inscrição) Recursos a Receber de RP - Retificadora (conta origem: Recursos a Receber de RP - Retificadora) Recursos a Liberar RP - inscrição (conta origem: Recursos a Liberar RP - inscrição) Recursos a Liberar de RP - retific. (conta origem: Recursos a Liberar RP - Retificadora) Recursos a Receber por transferência - TED (conta origem: Recursos a receber por transferência - TED) Recursos a Liberar por transferência - TED (conta origem: Recursos a Liberar por transferência - TED) PROCEDIMENTOS PARA EMPRESAS Divulgação da Conciliação das Demonstrações contábeis ABOP Slide 9

10 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas ANÁLISE DE CONTAS CONTÁBEIS Neste tópico constam os procedimentos para análise de algumas contas contábeis que compõem o balancete da Unidade Gestora. As orientações estão agrupadas por grupo de Contas Contábeis da seguinte forma: Ativo Circulante Disponível Créditos em Circulação Bens e Valores em Circulação Valores Pendentes a Curto Prazo ABOP Slide 10

11 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas Recursos da Conta Única Aplicados Recursos da Conta Única Aplicados/Prazo Fixo Outras Contas Recursos a Receber por Transferência 0FSS Limite de Saque com Vinculação de Pagamento Recursos a Receber para Pagamento de RP GRU Valores a Receber para Estorno de Despesa Diversos Responsáveis Apurados Adiantamentos Concedidos Saques por Cartão de Crédito a Classificar Outros Créditos Importações em Andamento Materiais em Trânsito Empréstimos e Financiamentos ABOP Slide 11

12 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas ANÁLISE DE CONTAS CONTÁBEIS - continuação Ativo Realizável a Longo Prazo Depósitos Realizáveis a Longo Prazo Créditos Realizáveis a Longo Prazo Ativo Permanente Investimentos Imobilizado Diferido Ativo Compensado Execução orçamentária da receita e da despesa Execução da programação financeira Execução de restos a pagar Compensações Ativas Diversas ABOP Slide 12

13 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas Imóveis de Uso Especial Bens Dominiais Estudos e Projetos Adiantamento para Inversão em Bens Imóveis Obras em Andamento Instalações Almoxarifado de Obras Bens Imóveis a Classificar Estudos e Projetos Adiantamento para Inversão em Bens Imóveis Bens Móveis em Processo de Localização Bens Móveis a Alienar Bens Móveis em Almoxarifado Bens em Poder de Outra Unidade ou Terceiros Bens Móveis em Trânsito Depreciação, Amortização e Exaustão Receita Realizada Limite de Restos a Pagar Autorizado Disponibilidade por Fonte de Recurso DARF a Emitir GPS a Emitir ABOP Slide 13

14 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas ANÁLISE DE CONTAS CONTÁBEIS - continuação Passivo Circulante Depósitos Obrigações em Circulação Financiamentos em Circulação Valores Pendentes a Curto Prazo Passivo Exigível a Longo Prazo Passivo Compensado Receita ABOP Slide 14

15 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas Depósito de Diversas Origens Obrigações em Circulação Provisões Recursos a Liberar para Transferência OFSS Suprimento de Fundos a Pagar GRU Valores em Trânsito para Estorno de Despesa Ordens Bancárias Canceladas GRU a Classificar Depósito na Conta Única a Classificar Saque Cartão de Pagamento do Governo Federal Fatura Cartão de Pagamento do Governo Federal Operações de Crédito Interna Operações de Crédito Externa Crédito Disponível Crédito Bloqueado para Remanejamento Empenhos a Liquidar Empenhos Liquidados , e RP Liquidados e Receitas Corrente e de Capital a Classificar ABOP Slide 15

16 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas PROCEDIMENTOS DE ENCERRAMENTO DO EXERCÍCIO ATUAL E ABERTURA DO EXERCÍCIO SEGUINTE Neste tópico são detalhados os processos realizados automaticamente Baixa de saldos do exercício atual Registro da inscrição de restos a pagar Inscrição de recursos diferidos e dos recursos a receber/ a liberar Apuração do resultado do exercício Transposição de saldos ABOP Slide 16

17 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas Baixa de saldos As contas contábeis que possuem indicador de encerramento do tipo registro diário de documento e que por alguma peculiaridade não podem ter seus saldos transpostos para o exercício seguinte, serão baixados automaticamente. Transação para consulta: >CONBAIXSAL. Exemplo: Baixa de Restos a Pagar não Processados Bloqueados por Decreto conta RP Não Processados a Liquidar; Restos a Pagar Não Processados a Liquidar Baixa dos recursos a receber/ a liberar de restos a pagar contas Recursos de RP a Receber e Recursos de RP a Liberar ABOP Slide 17

18 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas Lei 4.320/64 Art. 35. Pertencem ao exercício financeiro: RESTOS A PAGAR I - as receitas nele arrecadadas; II - as despesas nele legalmente empenhadas. Art. 36. Consideram-se Restos a Pagar as despesas empenhadas mas não pagas até o dia 31 de dezembro distinguindo-se as processadas das não processadas. ABOP Slide 18

19 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas Inscrição de Restos a Pagar Restos a Pagar Não Processados a Liquidar (Não exigível) Restos a Pagar Não Processados em Liquidação (exigível) Restos a Pagar Processados ABOP Slide 19

20 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas Restos a Pagar Não Processados em Liquidação (exigível) ABOP Slide 20

21 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas Inscrição de RP não Processados em Liquidação Os Empenhos a Liquidar que, até o final do exercício, já tiveram a sua execução iniciada, porém a sua liquidação não pode ser efetuada, pois o bem e/ou serviço contratado não foi atestado ou aferido totalmente, deverão ser contabilizados na conta EMPENHOS EM LIQUIDAÇÃO. Até 31/dez/14 NL com o evento para as NE não vinculadas a transferências Emp. a liquidar Emp. em liquidação Até 31/dez/14 NL com o evento para as NE vinculadas a transferências não SICONV Emp. a liquidar Emp. em liquidação Até 31/dez/14 NL com o evento para as NE vinculadas a transferências SICONV Emp. a liquidar Emp. em liquidação ABOP Slide 21

22 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas INSCRIÇÃO DE RESTOS A PAGAR NÃO PROCESSADOS A inscrição em restos a pagar não processados em liquidação é realizada automaticamente com base nos saldos credores dos conta-correntes da conta EMPENHOS em LIQUIDAÇÃO controladas por NE + Subitem - Transação para consulta ao indicador: >CONBAIXSAL - Transação para consulta resultado da apuração: >CONPROCBT ABOP Slide 22

23 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas Registro do Empenho em Liquidação NL DÉBITO EMPENHOS A LIQUIDAR CRÉDITO EMPENHOS EM LIQUIDACAO Registro da inscrição de Restos a Pagar não Processados em Liquidação Evento NS DÉBITO CRÉDITO 3.X.X.X.X.XX.YY EMPENHOS EM LIQUIDACAO LL EMPENHOS LIQUIDADOS LL RPNP EM LIQUIDAÇÃO ABOP Slide 23

24 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas Restos a Pagar Não Processados a Liquidar (Não exigível) ABOP Slide 24

25 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas Macrofunção INSCRIÇÃO DE SALDOS DE EMPENHOS A LIQUIDAR EM RESTOS A PAGAR A inscrição em Restos a Pagar Não Processados a liquidar dos saldos credores dos empenhos com base na conta CONTROLE INDICAÇÃO DE NE A SER INSCRITA EM RP, ocorrerá para fins de realização das despesas orçamentárias e contas de controle dos empenhos em subitem específico. Para isso, o Ordenador de Despesa da Unidade Gestora, ou pessoa por ele indicada formalmente no SIAFI, em espaço próprio na tabela de UG, deverá indicar as Relações de Notas de Empenho (RN) a serem inscritas em Restos a Pagar Não Processados a Liquidar. (Art. 68. A inscrição de despesas como restos a pagar no encerramento do exercício financeiro de emissão da Nota de Empenho depende da observância das condições estabelecidas neste Decreto para empenho e liquidação da despesa. 1 o A inscrição prevista no caput como restos a pagar não processados fica condicionada à indicação pelo ordenador de despesas.) (Dec ) A elaboração das RNs se dará por meio da transação ATURNERP (Atualiza Relações de Nota de Empenho para Inscrição de RPNP a Liquidar) que possibilitará o usuário a fazer quantas RNs achar necessário, selecionando as Notas de Empenho que não estão liquidadas para compor a relação As Relações de Notas de Empenho devem ser listadas na transação REGINDRP (Registro de Indicação de Nota de Empenho para Inscrição em RPNP a Liquidar) para que sejam registradas. A contabilização da indicação de NE para inscrição dos Restos a Pagar Não Processados a Liquidar será feito diariamente na noite do dia do registro da(s) RN(s), por meio do evento ABOP Slide 25

26 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas SIAFI2012PP-TABADM-UG-CONUG (CONSULTA UG) 22/11/12 15:23 USUARIO : UNIDADE GESTORA : UG DE ARQUIVO : - CONFORMIDADE DE REGISTROS DE GESTÃO RESPONSAVEL : - SUBSTITUTO : - FECHAMENTO DE LC - LISTA DE CREDORES / REALIZA : NAO RESPONSAVEL : SUBSTITUTO : INDICACAO PARA INSCRICAO DE NE EM RPNP A LIQUIDAR RESPONSAVEL : SUBSTITUTO : UG CONTROLE DE PROJETO : NAO FAZ LANCAMENTO OB-STN : NAO COMISSAO PERM. LICITACAO : NAO FAZ LANCAMENTO OBR : SIM EMITE LIVRO DIARIO : SIM FAZ LANCAMENTO OBH : NAO PERMITE APLICACAO : NAO FAZ PAGAMENTO PF-CPR : NAO ATO CRIACAO TIPO : MSG. NUMERO : FAZ LANCAMENTO OBV : NAO DATA : 24Fev93 ORIGEM : USA CENTRO DE CUSTO : NAO MOTIVO: ACEITAR NSSALDO PF1=AJUDA PF3=SAI PF4=ATUALIZA PF7=RECUA PF12=RETORNA ABOP Slide 26

27 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas Indicação do Ordenador de Despesas Relação de Notas de Empenhos (RN) relação elaborada no SIAFI na transação ATURNERP contendo as Notas de Empenho e subitem da despesa que serão indicadas para a inscrição em RP Não Processados a Liquidar. A seleção das NE s será feita com base no saldo da conta Empenhos a Liquidar ABOP Slide 27

28 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas ABOP Slide 28

29 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas Registro da RN registro das Relações de Nota de Empenho no SIAFI por meio da transação REGINDRP. A contabilização da indicação da NE para inscrição dos RPNP a Liquidar será feito diariamente na rotina batch do dia do registro da(s) RN( s). Após a contabilização da RN ocorre diariamente na rotina batch o ajuste no saldo da conta CONTROLE INDICACAO DE NE A SER INSCRITA EM RP com base no saldo da conta EMPENHOS A LIQUIDAR. ABOP Slide 29

30 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas ABOP Slide 30

31 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas ABOP Slide 31

32 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas ABOP Slide 32

33 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas INSCRIÇÃO DE RESTOS A PAGAR NÃO PROCESSADOS A inscrição em restos a pagar não processados a liquidar é realizada automaticamente com base nos saldos devedores dos contas-correntes da conta CONTROLE INDICACAO DE NE A SER INSCRITA EM RP e nos saldos credores dos conta-correntes da conta EMPENHOS A LIQUIDAR controladas por NE + Subitem - Transação para consulta ao indicador: >CONBAIXSAL - Transação para consulta resultado da apuração: >CONPROCBT ABOP Slide 33

34 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas Contabilização da RN Relação de NE autorizadas para inscrição em restos a pagar NS evento DÉBITO CONTROLE INDICACAO DE NE A SER INSCRITA EM RP CRÉDITO OUTROS CONTROLES INDICACAO INSC.NE RP Registro da inscrição de Restos a Pagar não Processados a Liquidar NS - Evento DÉBITO ABOP Slide 34 CRÉDITO 3.X.X.X.X.XX.YY EMPENHOS A LIQUIDAR LL EMPENHOS LIQUIDADOS LL RPNP A LIQUIDAR

35 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas INSCRIÇÃO DE RESTOS A PAGAR NÃO PROCESSADOS Antes da realização do processo automático, no exercício a ser encerrado, o gestor poderá registrar a inscrição por meio de NL e, observada a situação que o empenho se encontrar, conforme abaixo: SITUAÇÃO EMPENHOS A LIQUIDAR EMPENHOS EM LIQUIDAÇÃO EMPENHOS SEM VÍNCULO COM CONVÊNIO EMPENHOS VINCULADOS A CONVÊNIO EMPENHOS ORIUNDOS DO PORTAL SICONV ABOP Slide 35

36 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas Restos a Pagar Processados ABOP Slide 36

37 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas Manual SIAFI macrofunção as despesas liquidadas se referem a créditos empenhados onde o credor já cumpriu todas as formalidades legais e habilitado o respectivo pagamento, estando representados, contabilmente, pelas contas do grupo OBRIGACOES EM CIRCULACAO. No processo de transposição de saldo para o mês de abertura ficará evidenciado, no grupo do Compensado, o valor inscrito e da execução por Nota de Empenho. Esses valores são transpostos da seguinte forma: do saldo da conta Empenhos Liquidados a Pagar do exercício encerrado para a.contas RESTOS A PAGAR PROCESSADOS INSCRITOS NE para o saldo de abertura do exercício seguinte, e RP PROCESSADOS A PAGAR NE; ABOP Slide 37

38 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas Inscrição em Restos a Pagar Processados A inscrição em restos a pagar processados é realizada automaticamente com base nos saldos credores dos conta-correntes da conta EMPENHOS LIQUIDADOS A PAGAR por NE + Subitem. Não tem registro contábil, apenas a transposição de saldo para as contas contábeis e Transações para consulta >CONTRANSAL >CONORIGEM (2014/2015) ABOP Slide 38

39 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas Recursos a Receber/a Liberar e Recursos Diferido É o processo pelo qual o sistema apura a diferença entre os recursos recebidos menos o total da despesa executada. O cálculo é efetuado por Fonte de Recursos podendo ocorrer uma das situações: Diferença positiva ocorre o registro de Recursos Diferidos, denotando a existência de recursos financeiros em determinada FR; Diferença negativa ocorre o registro de Recursos a Receber/Liberar, ou seja, necessidade de recursos financeiros para determinada FR. Transação para consulta ao indicador: >CONRECDIF Transação para consulta resultado da apuração: >CONPROCBT ABOP Slide 39

40 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas Recursos a Receber/ a Liberar e Diferido Fontes que não geram cota da STN, transação >CONFONTE, campo gera cota = NÃO Fontes detalhadas por Termo de Execução Descentralizada TED (CONTRANSF, tipo 6), tipo de detalhamento SOF = 1, 2 ou 6 transação >CONFONTE ABOP Slide 40

41 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas Recursos a Receber/ a Liberar e Diferido Processo da UG para a respectiva Setorial Financeira/UG e SF/Órgão Processo da Setorial Financeira de Órgão para a Setorial Financeira de Órgão Superior Processo da Setorial Financeira de Órgão Superior para o Órgão Central de Programação Financeira ABOP Slide 41

42 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas Fluxo de Registro do Processo STN Órgão Central PF 3. Processo da SF de Órgão Superior para Órgão Central de Programação Financeira Ministérios 2. SF de Órgão para SF de Órgão Superior Órgão Superior Sf UG 1. Processo da UG para a respectiva Setorial Financeira 1. Processo da UG para a respectiva Setorial Financeira Órgão Subordinado SF UG UG ABOP Slide 42

43 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas Fluxo de Registro dos Recursos Diferidos STN 1. Cota Diferida Órgão Central PF Ministérios Órgão Superior 2. Repasse Diferido UG Órgão Subordinado 3. Sub- Repasse Diferido UG UG 3. Sub- Repasse Diferido ABOP Slide 43

44 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas Recursos a Receber/ a Liberar e Diferido Regra do processo da UG para a Setorial Financeira 1º termo: º termo: Se Saldo Devedor = Sub-repasse diferido Se Saldo Credor = Recursos a receber/a liberar ABOP Slide 44

45 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas Recursos a Receber/ a Liberar e Diferido Na UG Se Saldo DEVEDOR por FR = Sub-repasse Diferido Débito Sub-Repasse Diferido Inscrição Disp.Subrepasse Diferido Recebido Crédito Sub-Repasse Recebido Diferido Outras Disponibilidades Na Setorial Financeira da UG Débito Sub-Repasse Concedido Diferido Disp.Subrepasse Diferido Concedido Crédito Sub-repasse Diferido Inscrição Outras Disponibilidades ABOP Slide 45

46 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas Recursos a Receber/ a Liberar e Diferido Se Saldo CREDOR por FR = Recursos a Receber/Liberar Débito Recursos a Receber para pagamento de RP Crédito Recursos de Limite de RP a Receber Na UG Limitte de Restos a Pagar Recebido Recursos de Restos a Pagar Outras Cotas de Restos a Pagar Outras Disponibilidades de RP Recursos a Receber para pagamento de RP - Retificadora Limite de RP Autorizado - Inscrição Na Setorial Financeira da UG Débito Recursos a Liberar p/pagamento de RP Limite de Restos a Pagar Concedido Recursos a Liberar para pagamento de RP - Retificadora Crédito Recursos a Liberar p/pagamento de RP Outras Disponibilidades de RP - Concedidas Recursos de Restos a Pagar Limite de RP Autorizado Inscrição Outras Cotas de Restos a Pagar ABOP Slide 46

47 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas SIAFI2007-CONTABIL-DEMONSTRA-CONRAZAO (CONSULTA RAZAO POR C. CONTABIL) 23/04/08 17:45 USUARIO : PAGINA : 1 UG EMITENTE : SUPERINT.FED.DE AGRIC.,PEC.E ABASTECIMENTO/PI GESTAO EMITENTE : TESOURO NACIONAL POSICAO : DEZEMBRO - ANO ENCERRADO CONTA CONTABIL : DISPONIBILIDADES POR FONTE DE RECURSOS CONTA CORRENTE SALDO EM R$ RECURSOS ORDINARIOS ,45 C RENDAS DO FFAP 9.777,70 C SERVICO NACIONAL DE PROTECAO AO CULTIV 86,51 C ARRECADACAO-PR-SECRETAR. ESP. DE AQU. 29,95 C TAXA DE CLASSIFICACAO PRODUTOS VEGETAI 4.775,21 C RENDAS DA SARC 1.793,87 C RECURSOS ORDINARIOS 3.111,02 D TOTAL ===> ,67 C PF1=AJUDA PF2=RAZAO PF3=SAI PF7=RECUA PF8=AVANCA PF12=RETORNA ABOP Slide 47

48 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas SIAFI2007-CONTABIL-DEMONSTRA-CONRAZAO (CONSULTA RAZAO POR C. CONTABIL) 23/04/08 17:46 NS ENCERRAMENTO - MES USUARIO : DATA EMISSAO : 31Dez07 VALORIZACAO : 31Dez07 NUMERO : 2007NS UG/GESTAO EMITENTE: / SUPERINT.FED.DE AGRIC.,PEC.E ABASTECIMENT FAVORECIDO : - TITULO DE CREDITO : DATA VENCIMENTO : INVERTE SALDO : NAO OBSERVACAO REGISTRO DE RECURSOS DIFERIDOS OU RECURSOS A RECEBER/ A LIBERAR COM BASE NO SALDO DA DISPONIBILIDADE POR FONTE DE RECURSOS EVENTO INSCRICAO 1 INSCRICAO 2 CLASSIF.1 CLASSIF.2 V A L O R C (DIFERIDO) 3.111, C (Rec.Receber) , C (Rec.Receber) 4.775, C (Rec.Receber) 1.793,87 LANCADO POR : E CONTABILIDADE UG : Jan08 10:42 PF1=AJUDA PF3=SAI PF4=ESPELHO PF12=RETORNA ABOP Slide 48

49 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas Recursos a Receber/ a Liberar e Diferido Regra do processo da SF/Órgão com Setorial Financeira Órgão Superior 1º termo: º termo: Se Saldo Devedor = Repasse diferido Se Saldo Credor = Recursos a receber/a liberar ABOP Slide 49

50 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas Recursos a Receber/ a Liberar e Diferido Se Saldo DEVEDOR por FR = Repasse Diferido Na Setorial Financeira de Órgão Débito Repasse Diferido Inscrição Disp.Repasse Diferido Recebido Crédito Repasse Recebido Diferido Outras Disponibilidades Na Setorial Financeira do Órgão Superior Débito Repasse Concedido Diferido Disp. Repasse Diferido Concedido Crédito Repasse Diferido Inscrição Outras Disponibilidades ABOP Slide 50

51 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas Recursos a Receber/ a Liberar e Diferido Se Saldo CREDOR por FR = Recursos a Receber/Liberar Débito Recursos a Receber para pagamento de RP Crédito Recursos de Limite de RP a Receber Na Setorial Financeira de Órgão Limitte de Restos a Pagar Recebido Recursos de Restos a Pagar Outras Cotas de Restos a Pagar Outras Disponibilidades de RP Recursos a Receber para pagamento de RP - Retificadora Limite de RP Autorizado - Inscrição Na Setorial Financeira do Órgão Superior Débito Recursos a Liberar p/pagamento de RP Limite de Restos a Pagar Concedido Recursos a Liberar para pagamento de RP - Retificadora Crédito Recursos a Liberar p/pagamento de RP Outras Disponibilidades de RP - Concedidas Recursos de Restos a Pagar Limite de RP Autorizado Inscrição Outras Cotas de Restos a Pagar ABOP Slide 51

52 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas SIAFI2007-CONTABIL-DEMONSTRA-CONRAZAO (CONSULTA RAZAO POR C. CONTABIL) 23/04/08 17:52 USUARIO : PAGINA : 1 UG EMITENTE : EMPRESA BRASILEIRA DE PESQUISA AGROPECUARIA GESTAO EMITENTE : EMPRESA BRASILEIRA DE PESQUISA AGROPECUARIA POSICAO : DEZEMBRO - ANO ENCERRADO CONTA CONTABIL : DISPONIBILIDADES POR FONTE DE RECURSOS CONTA CORRENTE SALDO EM R$ RECURSOS ORDINARIOS ,46 D RECURSOS ORDINARIOS 3.633,10 D BANCO INTERAMERICANO DE DESENVOLVIMENT ,24 D RENDAS DA SARC ,27 D BID7626-BR/EMBRAPA ,18 D RECURSOS DIRETAMENTE ARRECADADOS DO FU ,42 D RECURSOS FINANCEIROS DIRETAMENTE ARREC ,44 D RECURSOS ORDINARIOS 26,94 D BANCO INTERAMERICANO DE DESENVOLVIMENT ,28 D TOTAL ===> ,33 D PF1=AJUDA PF2=RAZAO PF3=SAI PF7=RECUA PF8=AVANCA PF12=RETORNA ABOP Slide 52

53 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas SIAFI2007-CONTABIL-DEMONSTRA-CONRAZAO (CONSULTA RAZAO POR C. CONTABIL) 23/04/08 17:53 USUARIO : PAGINA : 1 UG EMITENTE : EMPRESA BRASILEIRA DE PESQUISA AGROPECUARIA GESTAO EMITENTE : EMPRESA BRASILEIRA DE PESQUISA AGROPECUARIA POSICAO : DEZEMBRO - ANO ENCERRADO CONTA CONTABIL : SUB-REPASSE CONCEDIDO DIFERIDO CONTA CORRENTE SALDO EM R$ EMBRAPA/CPAF-RONDONIA ,54 D EMBRAPA/AGROENERGIA ,30 D EMBRAPA/CPAF-RORAIMA ,78 D EMBRAPA/CPATU ,00 D EMBRAPA/CPATU 5.178,42 D EMBRAPA/CNPC 9.356,75 D EMBRAPA/CNPC 609,00 D EMBRAPA/CNPMF ,95 D EMBRAPA/CNPMF ,88 D EMBRAPA/CENARGEN 7.483,30 D EMBRAPA/CENARGEN 0,01 D PF1=AJUDA PF2=RAZAO PF3=SAI PF7=RECUA PF8=AVANCA PF12=RETORNA CONTINUA... ABOP Slide 53

54 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas SIAFI2007-CONTABIL-DEMONSTRA-CONRAZAO (CONSULTA RAZAO POR C. CONTABIL) 23/04/08 17:53 USUARIO : PAGINA : 1 UG EMITENTE : EMPRESA BRASILEIRA DE PESQUISA AGROPECUARIA GESTAO EMITENTE : EMPRESA BRASILEIRA DE PESQUISA AGROPECUARIA POSICAO : DEZEMBRO - ANO ENCERRADO CONTA CONTABIL : RECURSOS A LIBERAR PARA PAGTO DE RP-INSCRICAO CONTA CORRENTE SALDO EM R$ RECURSOS ORDINARIOS ,76 C ROYALT.-LEI 9478/97-ART.49,II-FNDCT-CT ,09 C BANCO INTERAMERICANO DE DESENVOLVIMENT 1.173,08 C BANCO INTER.P/RECONSTRUCAO E DESENVOLV ,78 C BANCO INTERAMERICANO DE DESENVOLVIMENT ,30 C CONTRIBUICAO P/FINANCIAM.DA SEGURIDADE 9.088,52 C OUTROS RECURSOS VINCULADOS 73,03 C CONTRIBUICOES CT-INFORMATICA-FNDCT 643,50 C CONTRIBUICOES CT-AMAZONIA-FNDCT ,41 C RENDAS DA SARC ,00 C FUNDO DE COMBATE A ERRADICACAO DA POBR ,65 C PF1=AJUDA PF2=RAZAO PF3=SAI PF7=RECUA PF8=AVANCA PF12=RETORNA CONTINUA... ABOP Slide 54

55 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas SIAFI2007-CONTABIL-DEMONSTRA-CONRAZAO (CONSULTA RAZAO POR C. CONTABIL) 23/04/08 17:58 NS ENCERRAMENTO - MES USUARIO : DATA EMISSAO : 31Dez07 VALORIZACAO : 31Dez07 NUMERO : 2007NS UG/GESTAO EMITENTE: / EMPRESA BRASILEIRA DE PESQUISA AGROPECUAR FAVORECIDO : - TITULO DE CREDITO : DATA VENCIMENTO : INVERTE SALDO : NAO EVENTO INSCRICAO 1 INSCRICAO 2 CLASSIF.1 CLASSIF.2 V A L O R C , C , C , C , C , C , C , C , C , C , C , C ,07 LANCADO POR : E CONTABILIDADE UG : Jan08 19:28 PF1=AJUDA PF3=SAI PF4=ESPELHO PF12=RETORNA ABOP Slide 55

56 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas Regra do processo da Setorial Financeira de Órgão Superior para o Tesouro Nacional Recursos recebidos - Créditos utilizados liquidados: 1º termo: º termo: Se 1º termo > 2º termo = Cota diferida Se 1º termo < 2º termo = Recursos a receber/a liberar ABOP Slide 56

57 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas Se Saldo DEVEDOR por FR = COTA DIFERIDA Na Setorial Financeira do Órgão Superior Débito D Cota Diferida Inscrição Disp.Cota Diferida Recebida Crédito Cota Recebida Diferida Outras Disponibilidades No Órgão Central de Programação Financeira COFIN/STN Débito Cota Concedida Diferida Disp.Cota Diferida Recebida Crédito Cota Diferida Inscrição Outras Disponibilidades ABOP Slide 57

58 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas CREDOR Se Saldo CREDOR por FR = Recursos a Receber/Liberar Débito Recursos a Receber para pagamento de RP Limite de Restos a Pagar Recebido Outras Cotas de Restos a Pagar Crédito Recursos de Limite de RP a Receber Outras Disponibilidades de RP Recebidas Limite de Restos a Pagar Autorizado Na Setorial Financeira do Órgão Superior Recursos de Restos a Pagar Recursos a Receber para pagamento de RP - Retificadora No Órgão Central de Programação Financeira COFIN/STN Débito Recursos a Liberar p/pagamento de Restos a Pagar Limite de Restos a Pagar Concedido Limite de Restos a Pagar Autorizado Crédito Recursos a Liberar p/pagamento de Restos a Pagar Outras Dispon. de RP - Concedidas Outras Cotas de Restos a Pagar Recursos a Liberar para pagamento de RP - Retificadora Recursos de Restos a Pagar ABOP Slide 58

59 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas SIAFI2007-CONTABIL-DEMONSTRA-CONRAZAO (CONSULTA RAZAO POR C. CONTABIL) 23/04/08 18:32 NS ENCERRAMENTO - MES USUARIO : DATA EMISSAO : 31Dez07 VALORIZACAO : 31Dez07 NUMERO : 2007NS UG/GESTAO EMITENTE: / COORDENACAO-GERAL DE ORCAMENT.E FINANCAS/ FAVORECIDO : - TITULO DE CREDITO : DATA VENCIMENTO : INVERTE SALDO : NAO EVENTO INSCRICAO 1 INSCRICAO 2 CLASSIF.1 CLASSIF.2 V A L O R B , C , A , C , C , A , C , A , C , C , C , C ,11 LANCADO POR : E CONTABILIDADE UG : Jan08 19:26 PF1=AJUDA PF3=SAI PF4=ESPELHO PF12=RETORNA ABOP Slide 59

60 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas Registro de Adiantamentos Transferências Voluntárias/Legais - CONTRANSF A partir do saldo das contas de controle de A COMPROVAR, A APROVAR, IMPUGNADO, INADIMPLÊNCIA EFETIVA e INADIMPLÊNCIA SUSPENSA será registrado o valor correspondente ao adiantamento não aprovado referente as transferências voluntárias/legais cadastradas na CONTRANSF. UG - CONCEDENTE UG - CONVENENTE DEBITE CREDITE DEBITE CREDITE ABOP Slide 60

61 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas Recursos a Receber/a Liberar por Transferência - TED O registro nas contas Recursos a Liberar por Transferências formalizadas por Termo de Execução Descentralizada - TED e Recursos a Receber por Transferências formalizadas por Termo de Execução Descentralizada TED será feito pela UG repassadora por NL Nota de Lançamento - com base na diferença entre o total empenhado, na UG Recebedora, e o total do financeiro repassado pela UG Repassadora. Se o Recebedor tiver empenhado todo Crédito Disponível recebido do Repassador o total dos Recursos a Liberar poderá ser apurado com base nos saldos das seguintes contas: Execução do exercício : Cota de Repasse a Programar por Descentralização Externa Execução de restos a pagar: Cota de Restos a Pagar Autorizado/Destaque ABOP Slide 61

62 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas Recursos a Receber/a Liberar por Transferência - TED O registro contábil deverá ser feito com os eventos abaixo: Deverá ser registrada pela concedente por meio do evento , se a despesa foi executada em fonte detalhada. Se a execução da despesa foi em fonte NÃO DETALHADA, deverá ser utilizado o evento O valor não liberado/recebido após a vigência do TED deverá ser baixado pelo repassador com o evento ABOP Slide 62

63 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas O registro na conta Recursos a Receber Formalizados com outro Ente será feito automaticamente para todas as UG com base no saldo credor da conta Disponibilidade por Fonte de Recursos. Concedente NÃO pertence ao OFSS Será realizado com base no XX81 quando do processo de apuração do recurso diferido. ABOP Slide 63

64 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas Limite de Restos a Pagar a Receber de exercícios anteriores O saldo das contas Recursos a Receber para Pagamento de Restos a Pagar e Recursos a Liberar para Pagamento de Restos a Pagar - será baixado em todas as UG. Os valores referentes a exercícios anteriores serão analisados pela setorial financeira de órgão em conjunto com a COFIN/STN e registrados no exercício corrente. ABOP Slide 64

65 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas Contas de Resultado Positivo (4 e 6) Contas de Resultado Negativo (3 e 5) Despesa Orçamentária Resultado Diminutivo Receita Orçamentária Resultado Aumentativo Resultado do Exercício 6 ABOP Slide 65

66 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas Apuração do Resultado do Exercício Regra do processo de apuração do resultado do exercício Se saldo devedor = Resultado patrimonial positivo Se saldo credor = Resultado patrimonial negativo ABOP Slide 66

67 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas Apuração do Resultado do Exercício Direta, Fundos, Autarquias e Fundações Resultado Patrimonial Positivo D Resultado do Exercício C Patrimônio Resultado Patrimonial Negativo D Patrimônio C Resultado do Exercício ABOP Slide 67

68 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas Empresas Públicas, Sociedade De Economia Mista Resultado Patrimonial Positivo D Resultado do Exercício C Lucro Acumulado (Resultado do Exercício) Resultado Patrimonial Negativo D Prejuízo Acumulado (Resultado do Exercício) C Resultado do Exercício ABOP Slide 68

69 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas Encerramento das Contas de Resultado Contas de Despesa D Resultado do Exercício C Despesa Todos os Tipos de Administração Contas de Receita D Receita C Resultado do Exercício Contas de Resultado Diminutivo D Resultado do Exercício C Result. Diminut. do Exerc. Contas de Resultado Aumentativo D Result. Orçamentário D Result. Extra-Orçamentário D Result. Anual - Receitas C Resultado do Exercício ABOP Slide 69

70 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas Transposição de saldos, o que é? As contas contábeis que possuem indicador de encerramento do tipo registro diário de documento terão seus saldos automaticamente transpostos para o exercício seguinte no dia 31 de dezembro. Após esta data todos os lançamentos com data retroativa ao exercício anterior terão seus saldos transpostos para o exercício corrente de forma on-line. ABOP Slide 70

71 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas Transposição de saldos A transposição de saldos é realizada de duas formas, de acordo com a conta contábil de destino, a saber: 1. Conta de Origem = Destino Quando a conta de origem é a mesma conta de destino, os saldos poderão ser consultados na conta em questão no exercício seguinte. ABOP Slide 71

72 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas 2. Conta de Origem # Destino Neste caso, os saldos, no exercício seguinte, deverão ser consultados na conta de destino, informada na transação >CONTRANSAL (no exercício anterior). A transação >CONTRANSAL permite consultar as contas que possuem tratamento diferenciado da regra geral de transposição de saldo. CONTRANSAL (SIAFI 2013) Exercício2013 Contas Origem Exercício2014 Contas Destino Exemplo: Valores Liquidados a Pagar Restos a Pagar Processados a Pagar Importações do Exercício Importações de Exercícios Anteriores ABOP Slide 72

73 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas Estrutura Estrutura do Atual do Atual Plano Plano de de Contas da da União 1 - Ativo 1.1- Circulante Realiz. Longo Prazo Permanente Compensado 2 - Passivo Circulante Exigível a Longo Prazo Patrimônio Líquido Compensado 3 Despesa Orçamentária Despesas Correntes Despesas de Capital 4 Receita Orçamentária Receitas Correntes Receitas de Capital 4.7 Receitas Correntes Intra-orç. 4.8 Receitas de Capital Intra-orç *Deduções da Receita 5 - Resultado Exercício (-) Resultado Orçamentário Res.Extra-orçamentário 5.6 Despesas e Custos 6 - Resultado Exercício (+) Result. Orçamentário Res.Extra-orçamentário Resultado Apurado ABOP Slide 73

74 Semana de Administração Orçamentária, Financeira Treinamento e de Contratações para Multiplicadores Públicas do PCASP Estrutura do novo Plano de Contas da União 1 Ativo 1.1 Ativo Circulante 1.2 Ativo Não Circulante 3 Variação Patrimonial Diminutiva 3.1 Pessoal e Encargos 3.2 Benefícios Previdenciários e Assistenciais 3.3 Uso de Bens, Serviços e Consumo de Capital Fixo 3.4 Variações Patrimoniais Diminutivas Financeiras 3.5 Transferências e Delegações Concedidas 3.6 Desvalorização e Perda de Ativos 3.7 Variações Patrimoniais Diminutivas Tributárias 3.8 CMV, CPV e CSP 3.9 Outras Variações Patrimoniais Diminutivas 5 Controles da Aprovação do Planejamento e Orçamento 5.1 Planejamento Aprovado 5.2 Orçamento Aprovado 5.3 Inscrição de Restos a Pagar 7 Controles Devedores 7.1 Atos Potenciais 7.2 Administração Financeira 7.3 Dívida Ativa 7.4 Riscos Fiscais 7.5 Consórcios Públicos 7.8 Custos 7.9 Outros Controles 2 - Passivo 2.1 Passivo Circulante 2.2 Passivo Não Circulante Patrimônio Líquido 4 Variação Patrimonial Aumentativa 4.1 Impostos, Taxas e Contribuições de Melhoria 4.2 Contribuições 4.3 Exploração e Venda de Bens, Serviços e Direitos 4.4 Variações Patrimoniais Aumentativas Financeiras 4.5 Transferências e Delegações Recebidas 4.6 Valorização e Ganhos com Ativos e Desincorporação de Passivos 4.9 Outras Variações Patrimoniais Aumentativas 6 Controles da Execução do Planejamento e Orçamento 6.1 Execução do Planejamento 6.2 Execução do Orçamento 6.3 Execução de Restos a Pagar 8 Controles Credores 8.1 Execução dos Atos Potenciais 8.2 Execução da Administração Financeira 8.3 Execução da Dívida Ativa 8.4 Execução dos Riscos Fiscais 8.5 Execução dos Consórcios Públicos 8.8 Apuração de Custos 8.9 Outros Controles ABOP Slide 74

75 Semana de Administração Orçamentária, Financeira Treinamento e de Contratações para Multiplicadores Públicas do PCASP INDICADOR DE SUPERÁVIT FINANCEIRO (ISF) Indicador utilizado para cálculo do superávit financeiro, que corresponde à diferença entre Ativo Financeiro e Passivo Financeiro (Lei 4.320/64). Todas as contas possuem um tipo de ISF, sendo: ISF F FINANCEIRO ISF P PERMANENTE ISF X FINANCEIRO OU PERMANENTE ISF N NÃO SE APLICA Todos os Ativos e Passivos Financeiros terão ISF do tipo F ou X terão, no mínimo, conta corrente do tipo fonte de recursos As contas contábeis poderão assumir até dois tipos de contas-correntes quando o ISF for igual a X ABOP Slide 75

76 Semana de Administração Orçamentária, Financeira Treinamento e de Contratações para Multiplicadores Públicas do PCASP INDICADOR DE SUPERÁVIT FINANCEIRO (ISF) _SIAFI2014SE-TABAPOIO-PLANOCONTA-CONCONTA (CONSULTA PLANO DE CONTAS) 28/07/14 14:48 USUARIO : PAGINA : 1 CONTA CONTABIL : TITULO : = LIMITE DE SAQUE COM VINCULACAO DE PGTO Conta- Corrente OFSS do tipo ENCERRAMENTO : CONTA PARA REGISTRO DIARIO DE DOCUMENTOS FONTE ISF : F NATUREZA DA INFORMACAO: PATRIMONIAL CONTA CORRENTE N : NAO SE APLICA CONTA CORRENTE F : VINCULACAO DE PAGAMENTO (FONTE+COD.VINCUL CONTA CORRENTE P : NAO SE APLICA TIPO DE SALDO : DEVEDOR INVERSAO SALDO : NAO ACEITA INVERSAO DE SALDO LANCAMENTO ORGAO : PERMITE PARA QUALQUER ORGAO LANCAMENTO UG : PERMITE PARA QUALQUER UG AFETA TRANSFERENCIA: NAO AFETA LANCA ESTADO SIST 6: SIM RESULTADO PRIMARIO : NAO OPERACAO INTERNA : NAO INATIVA UG : NAO INTEGRACAO BALANCO : NAO PERMITE REGISTRO POR INTEGRACAO LANCAMENTO NSSALDO : TRANSFERE, MAS NAO INCORPORA NEM EXTINGUE SALDO EVENTO DEBITO : EVENTO CREDITO : VARIACAO CAMBIAL : NAO PERMITE REGISTRO AUTOMATICO DE VARIACAO CAMBIAL ABOP Slide 76

77 Semana de Administração Orçamentária, Financeira Treinamento e de Contratações para Multiplicadores Públicas do PCASP INDICADOR DE SUPERÁVIT FINANCEIRO (ISF) _ SIAFI2014SE-TABAPOIO-PLANOCONTA-CONCONTA (CONSULTA PLANO DE CONTAS) 28/07/14 14:50 USUARIO : PAGINA : 1 CONTA CONTABIL : TITULO : = CREDITOS TRIBUTARIOS A RECEBER - CONSOLIDACAO ENCERRAMENTO : CONTA PARA REGISTRO DIARIO DE DOCUMENTOS ISF : P NATUREZA DA INFORMACAO: PATRIMONIAL CONTA CORRENTE N : NAO SE APLICA CONTA CORRENTE F : NAO SE APLICA CONTA CORRENTE P : NATUREZA DA RECEITA TIPO DE SALDO : DEVEDOR INVERSAO SALDO : NAO ACEITA INVERSAO DE SALDO LANCAMENTO ORGAO : PERMITE PARA QUALQUER ORGAO LANCAMENTO UG : PERMITE PARA QUALQUER UG AFETA TRANSFERENCIA: NAO AFETA LANCA ESTADO SIST 6: SIM RESULTADO PRIMARIO : NAO OPERACAO INTERNA : NAO INATIVA UG : NAO INTEGRACAO BALANCO : PERMITE REGISTRO POR INTEGRACAO EVENTO DEBITO : EVENTO CREDITO : LANCAMENTO NSSALDO : TRANSFERE, INCORPORA E EXTINGUE SALDO EVENTO DEBITO : EVENTO CREDITO : VARIACAO CAMBIAL : NAO PERMITE REGISTRO AUTOMATICO DE VARIACAO CAMBIAL ABOP Slide 77

78 Semana de Administração Orçamentária, Financeira Treinamento e de Contratações para Multiplicadores Públicas do PCASP INDICADOR DE SUPERÁVIT FINANCEIRO (ISF) SIAFI2014SE-TABAPOIO-PLANOCONTA-CONCONTA (CONSULTA PLANO DE CONTAS) 28/07/14 14:47 USUARIO : PAGINA : 1 CONTA CONTABIL : TITULO : = CONTAS A PAGAR Conta CREDORES Corrente NACIONAIS do tipo ENCERRAMENTO : CONTA PARA REGISTRO DIARIO FONTE DE DOCUMENTOS ISF : X NATUREZA DA INFORMACAO: PATRIMONIAL CONTA CORRENTE N : NAO SE APLICA CONTA CORRENTE F : FR + CNPJ,CPF,UG,IG OU 999 CONTA CORRENTE P : CNPJ, CPF, UG, IG OU 999 TIPO DE SALDO : CREDOR INVERSAO SALDO : NAO ACEITA INVERSAO DE SALDO LANCAMENTO ORGAO : PERMITE PARA QUALQUER ORGAO LANCAMENTO UG : PERMITE PARA QUALQUER UG AFETA TRANSFERENCIA: NAO AFETA LANCA ESTADO SIST 6: NAO RESULTADO PRIMARIO : NAO OPERACAO INTERNA : NAO INATIVA UG : NAO INTEGRACAO BALANCO : PERMITE REGISTRO POR INTEGRACAO EVENTO DEBITO : EVENTO CREDITO : LANCAMENTO NSSALDO : TRANSFERE, INCORPORA E EXTINGUE SALDO EVENTO DEBITO : EVENTO CREDITO : VARIACAO CAMBIAL : NAO PERMITE REGISTRO AUTOMATICO DE VARIACAO CAMBIAL ABOP Slide 78

79 Semana de Administração Orçamentária, Financeira Treinamento e de Contratações para Multiplicadores Públicas do PCASP INDICADOR DE SUPERÁVIT FINANCEIRO (ISF) SIAFI2014SE-TABAPOIO-PLANOCONTA-CONCONTA (CONSULTA PLANO DE CONTAS) 28/07/14 14:51 USUARIO : PAGINA : 1 CONTA CONTABIL : TITULO : VENCIMENTOS E SALARIOS ENCERRAMENTO : CONTA COM ENCERRAMENTO NA PRIMEIRA ETAPA ISF : N NATUREZA DA INFORMACAO: PATRIMONIAL CONTA CORRENTE N : NAO EXIGE CONTA CORRENTE F : NAO SE APLICA CONTA CORRENTE P : NAO SE APLICA TIPO DE SALDO : DEVEDOR INVERSAO SALDO : NAO ACEITA INVERSAO DE SALDO LANCAMENTO ORGAO : PERMITE PARA QUALQUER ORGAO LANCAMENTO UG : PERMITE PARA QUALQUER UG AFETA TRANSFERENCIA: NAO AFETA LANCA ESTADO SIST 6: SIM RESULTADO PRIMARIO : NAO OPERACAO INTERNA : NAO INATIVA UG : NAO INTEGRACAO BALANCO : PERMITE REGISTRO POR INTEGRACAO EVENTO DEBITO : EVENTO CREDITO : LANCAMENTO NSSALDO : NAO TRANSFERE, NAO INCORPORA NEM EXTINGUE SALDO VARIACAO CAMBIAL : NAO PERMITE REGISTRO AUTOMATICO DE VARIACAO CAMBIAL ABOP Slide 79

80 Semana de Administração Orçamentária, Financeira Treinamento e de Contratações para Multiplicadores Públicas do PCASP 1 Ativo 1.1 Ativo Circulante 1.2 Ativo Não Circulante 3 Variação Patrimonial Diminutiva 3.1 Pessoal e Encargos 3.2 Benefícios Previdenciários e Assistenciais 3.3 Uso de Bens, Serviços e Consumo de Capital Fixo 3.4 Variações Patrimoniais Diminutivas Financeiras 3.5 Transferências e Delegações Concedidas 3.6 Desvalorização e Perda de Ativos 3.7 Variações Patrimoniais Diminutivas Tributárias 3.8 CMV, CPV e CSP 3.9 Outras Variações Patrimoniais Diminutivas 5 Controles da Aprovação do Planejamento e Orçamento 5.1 Planejamento Aprovado 5.2 Orçamento Aprovado 5.3 Inscrição de Restos a Pagar 7 Controles Devedores 7.1 Atos Potenciais 7.2 Administração Financeira 7.3 Dívida Ativa 7.4 Riscos Fiscais 7.5 Consórcios Públicos 7.8 Custos 7.9 Outros Controles 2 - Passivo 2.1 Passivo Circulante ISF P, F ou X 2.2 Passivo Não Circulante Patrimônio Líquido ISF N ISF N 4 Variação Patrimonial Aumentativa 4.1 Impostos, Taxas e Contribuições de Melhoria 4.2 Contribuições 4.3 Exploração e Venda de Bens, Serviços e Direitos 4.4 Variações Patrimoniais Aumentativas Financeiras 4.5 Transferências e Delegações Recebidas 4.6 Valorização e Ganhos com Ativos e Desincorporação de Passivos 4.9 Outras Variações Patrimoniais Aumentativas 6 Controles da Execução do Planejamento e Orçamento 6.1 Execução do Planejamento 6.2 Execução do Orçamento 6.3 Execução de Restos a Pagar 8 Controles Credores 8.1 Execução dos Atos Potenciais 8.2 Execução da Administração Financeira ISF 8.3 N Execução da Dívida Ativa 8.4 Execução dos Riscos Fiscais 8.5 Execução dos Consórcios Públicos 8.8 Apuração de Custos 8.9 Outros Controles ABOP Slide 80

81 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas TRANSAÇÃO CONSULTA ORIGEM (>CONORIGEM) Treinamento para Multiplicadores do PCASP SIAFI2014SE-CONTABIL-ENCERRANO-CONORIGEM (CONSULTA CONTAS ORIGEM) 28/07/14 15:39 USUARIO : CONTA CONTABIL PCASP : TERMO DO TITULO CONTA PCASP : CONTA CONTABIL ORIGEM : TERMO DO TITULO CONTA ORIGEM: TRANSAL : _ PF1=AJUDA PF3=SAI PF2=DET.CONTA ORIGEM PF4=DET.CONTA PCASP PF5=CONTAS ORIGEM PF6=CONTAS PCASP PF9=HISTORICO PF10=PESQUISA ABOP Slide 81 81

82 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas TRANSAÇÃO CONSULTA ORIGEM (>CONORIGEM) Treinamento para Multiplicadores do PCASP SIAFI2014SE-CONTABIL-ENCERRANO-CONORIGEM (CONSULTA CONTAS ORIGEM) 28/07/14 15:47 USUARIO : PAGINA : 001 CONTA PCASP : LIMITE DE SAQUE COM VINCULACAO DE PGTO OFSS TRANSAL : S ISF : F CONTA CORRENTE F P N CONTA ORIGEM TITULO LIMITE DE SAQUE COM VINCULACAO DE PAGAMENTO PF1=AJUDA PF3=SAI PF4=ATUALIZA PF5=DETALHA PF5=DETALHA CONTA CONTA ORIGEM ORIGEM PF6=DETALHA CONTA PCASP PF12=RETORNA ABOP Slide 82 82

83 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas Treinamento para Multiplicadores do PCASP TRANSAÇÃO CONSULTA ORIGEM (>CONORIGEM) _ SIAFI2014SE-CONTABIL-ENCERRANO-CONORIGEM (CONSULTA CONTAS ORIGEM) 28/07/14 15:52 USUARIO : PAGINA : 1 CONTA CONTABIL : TITULO : = LIMITE DE SAQUE COM VINCULACAO DE PAGAMENTO ENCERRAMENTO : CONTA PARA REGISTRO DIARIO DE DOCUMENTOS CONTA CORRENTE : VINCULACAO DE PAGAMENTO (FONTE+COD.VINCULACAO) TIPO DE SALDO : DEVEDOR INVERSAO SALDO : NAO ACEITA INVERSAO DE SALDO LANCAMENTO ORGAO : PERMITE PARA QUALQUER ORGAO SISTEMA CONTABIL : FINANCEIRO USO NO SAFEM : USO PERMITIDO AOS ESTADOS E MUNICIPIOS RESULTADO PRIMARIO : NAO DESPESA ESSENCIAL : NAO OPERACAO INTERNA : NAO INATIVA UG : NAO LANCA ESTADO SIST 6: SIM INTEGRACAO BALANCO : NAO PERMITE REGISTRO POR INTEGRACAO LANCAMENTO NSSALDO : TRANSFERE, MAS NAO INCORPORA NEM EXTINGUE SALDO EVENTO DEBITO : EVENTO CREDITO : VARIACAO CAMBIAL : NAO PERMITE REGISTRO AUTOMATICO DE VARIACAO CAMBIAL ABOP Slide 83 83

84 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas Treinamento para Multiplicadores do PCASP TRANSAÇÃO CONSULTA ORIGEM (>CONORIGEM) _ SIAFI2014SE-CONTABIL-ENCERRANO-CONORIGEM (CONSULTA CONTAS ORIGEM) 28/07/14 15:47 USUARIO : PAGINA : 001 CONTA PCASP : LIMITE DE SAQUE COM VINCULACAO DE PGTO OFSS TRANSAL : S ISF : F CONTA CORRENTE F P N CONTA ORIGEM TITULO LIMITE DE SAQUE COM VINCULACAO DE PAGAMENTO PF1=AJUDA PF3=SAI PF4=ATUALIZA PF5=DETALHA CONTA ORIGEM PF6=DETALHA CONTA PCASP PF12=RETORNA ABOP Slide 84 84

85 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas Treinamento para Multiplicadores do PCASP TRANSAÇÃO CONSULTA ORIGEM (>CONORIGEM) _ SIAFI2014SE-CONTABIL-ENCERRANO-CONORIGEM (CONSULTA CONTAS ORIGEM) 28/07/14 15:54 USUARIO : PAGINA : 1 CONTA CONTABIL : TITULO : = LIMITE DE SAQUE COM VINCULACAO DE PGTO - OFSS ENCERRAMENTO : CONTA PARA REGISTRO DIARIO DE DOCUMENTOS ISF : F NATUREZA DA INFORMACAO: PATRIMONIAL CONTA CORRENTE N : NAO SE APLICA CONTA CORRENTE F : VINCULACAO DE PAGAMENTO (FONTE+COD.VINCUL CONTA CORRENTE P : NAO SE APLICA TIPO DE SALDO : DEVEDOR INVERSAO SALDO : NAO ACEITA INVERSAO DE SALDO LANCAMENTO ORGAO : PERMITE PARA QUALQUER ORGAO LANCAMENTO UG : PERMITE PARA QUALQUER UG AFETA TRANSFERENCIA: NAO AFETA LANCA ESTADO SIST 6: SIM RESULTADO PRIMARIO : NAO OPERACAO INTERNA : NAO INATIVA UG : NAO INTEGRACAO BALANCO : NAO PERMITE REGISTRO POR INTEGRACAO LANCAMENTO NSSALDO : TRANSFERE, MAS NAO INCORPORA NEM EXTINGUE SALDO EVENTO DEBITO : EVENTO CREDITO : VARIACAO CAMBIAL : NAO PERMITE REGISTRO AUTOMATICO DE VARIACAO CAMBIAL ABOP Slide 85 85

86 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas Treinamento para Multiplicadores do PCASP TRANSAÇÃO CONSULTA ORIGEM (>CONORIGEM) SIAFI2014SE-CONTABIL-ENCERRANO-CONORIGEM (CONSULTA CONTAS ORIGEM) 01/08/14 08:47 USUARIO : PAGINA : 1 RELACAO DE CONTAS ORIGEM A PARTIR DE CTA ORIGEM TITULO CONTA ORIGEM CTA PCASP TITULO CONTA PCASP SIT T VALORES LIQUIDADOS A PA RP PROCESSADOS - INSCRI S RP PROCESSADOS A PAGAR S VALORES PAGOS EMPENHOS PAGOS N EQUILIBRIO GRUPO - VARI VARIACAO CAMBIAL POSITI N PRE-EMPENHOS A EMPENHAR PRE-EMPENHOS A EMPENHAR N PRE-EMPENHOS EMPENHADOS PRE-EMPENHOS EMPENHADOS N PRE-EMPENHOS TRANSFERID PRE-EMPENHOS TRANSFERID N EMISSAO DE PRE-EMPENHOS PRE-EMPENHOS EMITIDOS N TRANSFERENCIA DE PRE-EM PRE-EMPENHOS RECEBIDOS N A RECEBER CONTROLE DA EXECUCAO FI N A RECEBER N RECEBIDOS CONTROLE DA EXECUCAO FI N CONTINUA.. PF1=AJUDA PF2=DETALHA PF3=SAI PF8=AVANCA PF12=RETORNA ABOP Slide 86 86

87 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas Treinamento para Multiplicadores do PCASP TRANSAÇÃO CONSULTA ORIGEM (>CONORIGEM) SIAFI2014SE-CONTABIL-ENCERRANO-CONORIGEM (CONSULTA CONTAS ORIGEM) 01/08/14 08:51 USUARIO : PAGINA : 001 CONTA PCASP : RP PROCESSADOS - INSCRITOS TRANSAL : S ISF : N CONTA CORRENTE CONTA ORIGEM TITULO VALORES LIQUIDADOS A PAGAR RP NAO PROCESSADOS A LIQUIDAR LIQUIDADO RP NAO PROCESSADO EM LIQUIDACAO LIQUIDADO PF1=AJUDA PF3=SAI PF5=DETALHA CTA ORIGEM PF6=DETALHA CONTA PCASP PF12=RETORNA ABOP Slide 87 87

88 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas Treinamento para Multiplicadores do PCASP TRANSAÇÃO CONSULTA ORIGEM (>CONORIGEM) SIAFI2014SE-CONTABIL-ENCERRANO-CONORIGEM (CONSULTA CONTAS ORIGEM) 01/08/14 09:13 USUARIO : PAGINA : 1 RELACAO DE CONTAS ORIGEM A PARTIR DE CTA ORIGEM TITULO CONTA ORIGEM CTA PCASP TITULO CONTA PCASP SIT T DE EXERCICIOS ANTERIORE FORNECEDORES NACIONAIS E S CONTAS A PAGAR CREDORES E N CONTAS A PAGAR CREDORES S CONTAS A PAGAR CREDORES N CONTAS A PAGAR CREDORES N CONTAS A PAGAR CREDORES N CONTAS A PAGAR - CREDOR N DO EXERCICIO CONVENIOS E INSTRUMENTO S CONVENIOS E INSTRUMENTO N CONVENIOS E INSTRUMENTO N CONVENIOS E INSTRUMENTO N DE EXERCICIOS ANTERIORE CONVENIOS E INSTRUMENTO S CONVENIOS E INSTRUMENTO N CONTINUA.. PF1=AJUDA PF2=DETALHA PF3=SAI PF4=ATUALIZA PF8=AVANCA PF12=RETORNA ABOP Slide 88 88

89 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas Contas contábeis com ISF=F o Se a conta contábil de origem não tiver conta-corrente a conta contábil PCASP terá conta-corrente Fonte de Recursos fixada na Fonte de Recursos a Classificar ou Recursos Diversos. Conta Origem Conta PCASP Conta Única c/c: não exige Conta Única c/c: não exige c/c: F PSSS Venc.e Vantagens c/c: não exige PSSS Venc. e Vantagens c/c: F ABOP Slide 89

90 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas Contas contábeis com ISF=F o Se a conta contábil de origem tiver qualquer tipo de conta-corrente a conta contábil PCASP terá conta-corrente Fonte de Recursos + Tipo de c/c da conta de origem Conta Origem Conta PCASP Outras Contas Banco do Brasil c/c BANCO+AGENCIA+CONTA BANCARIA Outras Contas Banco do Brasil c/c: F BANCO+AGENCIA+CONTA BANCARIA Depósitos de Terceiros c/c: CNPJ,CPF,UG, IG, ou Depósitos de Terceiros c/c: F CNPJ,CPF,UG, IG, ou 999 ABOP Slide 90

91 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas Contas contábeis com ISF=F o Se a conta contábil de origem tiver Fonte de Recursos no c/c e esta informação não estiver no início, então este c/c terá a formatação alterada para trazer a informação da FR para o início do mesmo. Conta Origem Conta PCASP Rec.a Rec. Transf.-TED c/c: UG + FR Recursos a Receber por Transf. - TED c/c: F + FR + UG Sub-Repasse Conc.Diferido c/c: UG + FR Sub-Repasse Conc.Diferido c/c: F + FR + UG ABOP Slide 91

92 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas Contas contábeis com ISF= P Conta corrente P : regra geral, será mantido o mesmo c/c Conta Origem Conta PCASP Cred.de Imp.Taxas e Cont.Melhorias c/c : NATUREZA DA RECEITA Fornecedor do Exercício c/c: EXERCICIO + CNPJ, CPF, UG, IG OU Pessoal a Pagar de Exerc.Ant c/c: Não exige Precatórios de Pessoal c/c: CNPJ, CPF, UG, IG OU Cred.de Imp.Taxas e Cont.Melhorias c/c : P + NATUREZA DA RECEITA Cred.a receber decor. erro administrativo c/c : P + EXERCICIO + CNPJ, CPF, UG, IG OU Pessoal a Pagar c/c : P Precatórios de Pessoal c/c : P + CNPJ, CPF, UG, IG OU 999 ABOP Slide 92

93 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas Contas contábeis com ISF=X terão dois tipos de contas correntes, sendo um tipo F e um tipo P Conta Origem Conta PCASP Pessoal a Pagar do Exercício c/c : Não se aplica Pessoal a Pagar por Insuf.de Créditos/Recursos c/c : ND + CNPJ/CPF/UG/IG ou Salários,Remunerações e Benefícios c/c F : F c/c P : P Na transposição, ficará o contacorrente original, a ser regularizado a posteriori Fornecedor do Exercício c/c: CNPJ/CPF/UG/IG ou Fornecedor p/insuf.de Créd./Recursos c/c: ND + CNPJ/CPF/UG/IG ou Contas a Pagar Credores Nacionais c/c F : F CNPJ/CPF/UG/IG ou 999 c/c P : P + CNPJ/CPF/UG/IG ou 999 ABOP Slide 93

94 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas Contas de Ativo e Passivo de Exercícios Anteriores No PCASP, as contas de ativo e passivo não vão evidenciar operações de exercícios anteriores Conta Origem Conta PCASP IMPORTACOES DO EXERCICIO c/c : NÃO EXIGE IMPORTACOES DE EXERCICIOS ANTERIORES c/c: NÃO EXIGE IMPORTACOES EM ANDAMENTO c/c : P FORNECEDOR DO EXERCICIO c/c : CNPJ, CPF, UG, IG OU FORNECEDOR DE EXERCICIOS ANTERIORES c/c: CNPJ, CPF, UG, IG OU CONTAS A PAGAR CREDORES NACIONAIS c/c : FR + CNPJ,CPF,UG,IG OU 999 ABOP Slide 94

95 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas Contas com alteração de conta-corrente Convênios e Instrumentos Congêneres No PCASP, as contas relacionadas a convênios e instrumentos congêneres deixarão de ter a informação do número de parcela e passarão a ter o tipo de transferência no c/c. Conta Origem Conta PCASP CONVÊNIOS A PAGAR DO EXERCICIO c/c : NUMERO DE TRANSFERENCIA + NUMERO DE PARCELA TERMOS DE PARCERIA A PAGAR DO EXERCICIO c/c : NUMERO DE TRANSFERENCIA + NUMERO DE PARCELA CONTRATO DE REPASSE A PAGAR DO EXERCICIO c/c : NUMERO DE TRANSFERENCIA + NUMERO DE PARCELA CONVENIOS E INSTRUMENTOS CONGENERES A PAGAR c/c : FR + TP + NR TRANSFERENCIA CV = CONVÊNIO CR = CONTRATO DE REPASSE TP = TERMO DE PARCERIA AC = ACORDO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA TC = TERMO DE COMPROMISSO ED = TERMO DE EXECUÇÃO DESCENTRALIZADA TL = TRANSFERÊNCIA LEGAL ABOP Slide 95

96 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas PROCEDIMENTOS POSTERIORES AO ENCERRAMENTO Neste quadro constam os processos: - baixa dos recursos diferidos, e - baixa/ajustes de saldos devido a implantação do PCASP. Transações para consultas: CONPROCBT CONRECDIF CONBAIXSAL ABOP Slide 96

97 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas Baixa dos recursos diferidos Os saldos existentes nas contas dos grupos / (PCASP / ) Valores diferidos concedidos/recebidos serão baixados automaticamente. Serão considerados como antecipação de Cota/Repasse/Sub-repasse, deduzindo do valor do orçamento do exercício corrente nas mesmas fontes/categorias de gasto da inscrição. ABOP Slide 97

98 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas Baixa dos Recursos Diferidos O registro da baixa do SUB-REPASSE Diferido ocorrerá: Na UG Débito Sub-Repasse Recebido Diferido Outras Disponibilidades Cota de Sub-Repasse a Programar Crédito Sub-Repasse Diferido - Baixa Disp.Sub- Repasse Diferido Recebido Cota de Sub-Repasse Recebida Na Setorial Financeira da UG Débito Sub-repasse Diferido - Baixa Outras Disponibilidades Crédito Sub-Repasse Concedido Diferido Disp.Subrepasse Diferido Concedido Cota de Sub-Repasse a Programar Cota de Sub-Repasse Concedida ABOP Slide 98

99 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas Baixa dos Recursos Diferidos O registro da baixa do REPASSE DIFERIDO ocorrerá: Na Setorial Financeira de Órgão Débito Repasse Recebido Diferido Outras Disponibilidades Cota de Repasse a Programar Crédito Repasse Diferido - Baixa Disp.Repasse Diferido Recebido Cota de Repasse Recebida Na Setorial Financeira do Órgão Superior Débito Repasse Diferido - Baixa Outras Disponibilidades Cota de Repasse a Programar Crédito Repasse Concedido Diferido Disp.Repasse Diferido Recebido Cota de Repasse Concedida ABOP Slide 99

100 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas Baixa dos Recursos Diferidos O registro da baixa da COTA DIFERIDA ocorrerá: Na Setorial Financeira do Órgão Superior Débito Cota Recebida Diferida Outras Disponibilidades Cota de Despesa a Programar Crédito Cota Diferida Baixa Disp.Cota Diferida Recebida Cota de Despesa Recebida No Órgão Central de Programação Financeira COFIN/STN Débito Cota Diferida - Baixa Outras Disponibilidades Crédito Cota Concedida Diferida Disp.Cota Diferida Recebida Cota de Despesa A Programar Cota de Despesa Concedida ABOP Slide 100

101 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas Abertura do exercício de 2015 Migração de cadastro de NE inscrita em Restos a Pagar Não Processados a Liquidar, Em Liquidação e Processados A cópia das Notas de Empenhos inscritas em Restos a Pagar Processados, Restos a Pagar não Processados a Liquidar e Restos a Pagar Não Processados em Liquidação será feita da seguinte forma: o Marcados Sem Passivo Anterior com base no saldos de abertura das contas: RP NAO PROCESSADOS A LIQUIDAR - INSCRITO = RP NAO PROC.A LIQUIDAR EM LIQUIDACAO-INSCRITO RP NAO PROCESSADOS A LIQUIDAR BLOQUEADOS por Decreto = RP PROCESSADOS A PAGAR ABOP Slide 101

102 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas SIAFI2014HP-DOCUMENTO-CONSULTA-CONNE (NOTA DE EMPENHO) 10/09/14 13:30 USUARIO : DATA EMISSAO : 03Jan13 RESTOS A PAGAR NUMERO : 2013NENNNNNN UG EMITENTE : XXXXXX - XXXXXXXXXXXXXXXXX GESTAO EMITENTE : TESOURO NACIONAL FAVORECIDO : JJJJJJJJJJJJJJJJJJJJJ TAXA: OBSERVACAO TESTE EVENTO ESF PTRES FONTE ND UGR PI V A L O R NNNNNN ,00 TIPO: GLOBAL SISTEMA DE ORIGEM: PASSIVO ANTERIOR: N CONTA PASSIVO : MODALIDADE : INEXIGIVEL AMPARO : LEI 8666 INCISO : CP PROCESSO : /2011 PRECATORIO : UF BENEFICIADA : DF MUNICIPIO BENEF. : 9701 ORIGEM MATERIAL : REFERENCIA : ART25/CP LEI 8666/93 NR.ORIG.TRANSF: LANCADO POR : UG : XXXXXX DDMMMAA HH:MM PF1=AJUDA PF3=SAI PF12=RETORNA ABOP Slide 102

103 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas Baixa de Saldos RPNP a Liquidar Inscrição Transposição de Restos de Saldos a Pagar Não Processados Ajuste 2015 de Saldo a Liquidar DÉBITO 3XXXXXXYY RPNP DESPESA A LIQUIDAR * RETIFICACAO RETIFICACAO DE DE RP RP NAO NAO PROCESSADOS PROCESSADOS A LIQUIDAR RETIFICACAO DE RP NAO PROCESSADOS A LIQUIDAR LIQUIDAR DISPONIBILIDADES FINANCEIRAS CREDITO DISPONIBILIDADE EMPENHADO DE RECURSOS A LIQUIDAR EMPENHOS A LIQUIDAR LL EMPENHOS P/ MOD. DE LICITACAO - A LIQUIDAR EMPENHOS POR CREDOR -VALORES A LIQUIDAR RESTOS A PAGAR POR NE + SUBITEM - A LIQUIDAR RP RP NAO NAO PROCESSADOS PROCESSADOS A LIQUIDAR LIQUIDAR INSCRITOS INSCRITOS CONTROLE DE INSCRICAO DE NE INSCRITAS EM RP ABOP Slide 103 CRÉDITO NAO PROCESSADOS RPNP A LIQUIDAR A LIQUIDAR RETIFICACAO DESINCORPORACAO DE RP NAO DE PROCESSADOS PASSIVOS POR A RETIFICACAO LIQUIDAR DISPONIBILIDADES POR FONTE DE RECURSOS CRED.EMPENHADO-EXECUTADO POR INSCRICAO DDR COMPROMETIDA DE RP POR EMPENHO EMPENHOS LIQUIDADOS LL EMPENHO P/ MODALID. DE LICITACAO - LIQUIDADO EMPENHOS INSCRITOS EM RESTOS A PAGAR RPNP A LIQUIDAR RP RP NAO NAO PROCESSADOS PROCESSADOS A LIQUIDAR LIQUIDAR INSCRITO INSCRITO CONTROLE INDICACAO DE NE A SER INSCRITA EM RP

104 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas Baixa de Saldos RPNP em Liquidação Inscrição de Restos a Pagar Não Transposição de Saldos Processados Ajuste em de Liquidação Saldo DÉBITO 3XXXXXXYY DESPESA DISPONIBILIDADES FINANCEIRAS DISPONIBILIDADE DE RECURSOS CREDITO EMPENHADO A LIQUIDAR EMPENHOS EM LIQUIDAÇÃO LL EMPENHOS P/ MOD. DE LICITACAO - A LIQUIDAR EMPENHOS POR CREDOR -VALORES A LIQUIDAR RESTOS RP RP NAO NAO A PAGAR PROCESSADOS POR NE EM + SUBITEM A LIQUIDAÇÃO LIQUIDAR EM INSCRITOS LIQUIDAÇÃO CRÉDITO NAO PROCESSADOS RPNP EM A LIQUIDAR LIQUIDAÇÃO EM LIQUIDAÇÃO DISPONIBILIDADES POR FONTE DE RECURSOS CRED.EMPENHADO-EXECUTADO DDR COMPROMETIDA POR EMPENHO POR INSCRICAO DE RP EMPENHOS LIQUIDADOS LL EMPENHO P/ MODALID. DE LICITACAO - LIQUIDADO EMPENHOS INSCRITOS EM RESTOS A PAGAR RP RP NAO NAO PROCESSADOS RPNP EM LIQUIDAÇÃO EM A LIQUIDAÇÃO LIQUIDAR INSCRITO ABOP Slide 104

105 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas Baixa de Saldos Recursos a Receber/a Liberar Inscrição Transposição Recursos Baixa a de Receber/ Saldo a Liberar 2014 de Saldos 2015 DÉBITO RECURSOS RECURSOS A RECEBER A RECEBER PARA PARA PAGTO PAGAMENTO DE RP-INSCRICAO DE RP LIMITE DE RESTOS A PAGAR - INSCRICAO RECURSOS A DE RECEBER RESTOS P/ A PGTO PAGAR DE RP/RETIFICADORA UG RESTOS * OUTRAS RESTOS COTAS DE A PAGAR PAGAR RESTOS A PAGAR CRÉDITO RECURSOS RECURSOS DE LIMITE A RECEBER A RECEBER PARA DE PAGAMENTO RP DE RP * OUTRAS DISPONIBILIDADES DE RP - RECEBIDAS * RECURSOS RECURSOS A RECEBER RECEBER P/ P/PAGTO PGTO PGTO DE DE DE RP/RETIFICADORA RP/RETIFICADORA - INSCRICAO RESTOS RESTOS LIMITE A PAGAR PAGAR DE RP AUTORIZADO AUTORIZADO - - A PROGRAMAR PROGRAMAR INSCRICAO DÉBITO RECURSOS A LIBERAR PARA RECURSOS PAGAMENTO A LIBERAR DE RP LIMITE DE RESTOS A PAGAR - INSCRICAO * RECURSOS LIBERAR P/PAGTO PGTO DE RECURSOS DE RP/RETIFICADORA A LIBERAR P/ PGTO DE RP/RETIFICADORA - INSCRICAO LIMITE RESTOS DE RP AUTORIZADO PAGAR RESTOS A PAGAR - INSCRICAO SF DE UG/ÓRGÃO CRÉDITO RECURSOS RECURSOS A LIBERAR A LIBERAR PARA PARA PAGTO DE PAGAMENTO RP-INSCRICAO DE RP * OUTRAS DISPONIBILIDADES DE RP - CONCEDIDAS RECURSOS RECURSOS A LIBERAR A LIBERAR P/ PGTO DE RP/RETIFICADORA RESTOS PAGAR AUTORIZADO * OUTRAS RESTOS A COTAS PAGAR PROGRAMAR DE AUTORIZADO RESTOS A PAGAR - A PROGRAMAR ABOP Slide 105

106 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas Baixa de Saldos Recursos a Receber/a Liberar por Transferência formalizada por TED InscriçãoTransposição Recursos Baixa a de Receber/ Saldo de Saldos a Liberar UG REPASSADORA UG RECEBEDORA DÉBITO CRÉDITO DÉBITO CRÉDITO RECURSOS RECURSOS ESPECIAIS A LIBERAR A LIBERAR POR TRANSFERENCIA - TED DISPONIBILIDADES FINANCEIRAS DISP. POR DESTINACAO DE RECURSOS A UTILIZAR COTA DE RESTOS A PAGAR DISPONIBILIDADE DE RECURSOS AUTORIZADO RESTOS A P/DESTAQUE PAGAR RESTOS A PAGAR RECUR.A RECURSOS LIBERAR A LIBERAR P/TRANSF.TED- POR TRANSFERENCIA TERMO EXEC.DESC - TED AJUSTES DISPONIBILIDADES DE EXERCICIOS POR ANTERIORES FONTE DE DISPONIBILIDADE - DE RECURSOS RECURSOS INTRA OFSS * OUTRAS DISP. POR COTAS DESTINACAO RESTOS DE A RP AUTORIZADO RECURSOS PAGAR POR A UTILIZAR DESTAQUE EXECUCAO RP AUTORIZADO POR DESTAQUE - EXECUCAO RECUR.A A RECEBER POR P/TRANSF.TED- TERMO TERMO COOPERACAO EXEC.DESCE DISPONIBILIDADES AJUSTES DE EXERCICIOS POR FONTE DE DISPONIBILIDADE DE RECURSOS ANTERIORES RECURSOS - INTRA OFSS * OUTRAS DISP. POR COTAS DESTINACAO RESTOS DE A RECURSOS PAGAR A UTILIZAR RESTOS A PAGAR RESTOS A PAGAR RECURSOS A REC ESPECIAIS POR TRANSF A RECEBER TERMO POR TRANSFERENC COOPERACAO DISPONIBILIDADES FINANCEIRAS DISP. POR DESTINACAO DE RECURSOS A UTILIZAR COTA DE RESTOS A PAGAR DISPONIBILIDADE DE RECURSOS RP AUTORIZADO AUTORIZADO POR P/DESTAQUE DESTAQUE - A RECEBER RP AUTORIZADO POR DESTAQUE - A RECEBER ABOP Slide 106

107 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas Ajuste do saldo do controle da Disponibilidade por Destinação de Recursos Comprometida por Liquidação e Entradas Compensatórias = RP PROCESSADOS A PAGAR D Disponibilidade de Recursos C DDR Comprometida por Liquidação e Entradas Compensatórias ABOP Slide 107

108 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas Ajuste do saldo do controle da Disponibilidade por Destinação de Recursos Comprometida por Liquidação e Entradas Compensatórias XX - DEPOSITOS JUDICIAIS XX - DEPOSITOS NAO JUDICIAIS XX - DEPOSITOS COMPULSORIOS XX - DEPOSITO ORIUNDO DE BLOQUEIO DE TRANSFERÊNCIA CONSTITUCIONAL D Disponibilidade de Recursos C DDR Comprometida por Liquidação e Entradas Compensatórias ABOP Slide 108

109 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas Execução no exercício de 2015 Desativação TOTAL das transações do subsistema CPR o ATUCPR,CONCPR, ATULOB, CONLOB ATULR, CONLR, PROTOCOLO, ATUFOLHA, CONFOLHA, CONFLUXO, CONMOVDOC, ATUDEDUCAO, CONDEDUCAO, ATUDOCHAB, CONDOCHAB, ATUDOCORIG, CONDOCORIG, ATUOUTLAN, CONOUTLAN, ATUSITDOC, CONSITDOC. Desativação das transações de consultas orçamentárias o CELULAS o CONSULTORC o CONORC ABOP Slide 109

110 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas Documentos hábeis gerados no Novo SIAFI com compromissos pendentes NÃO serão levados para o exercício de Restos a Pagar Processados A realização do pagamento das obrigações inscritas em Restos a Pagar Processados deverá ser feita pela emissão de um novo documento hábil com situações específicas para esse caso (NÃO OCORRERÁ REGISTRO DE NOVA LIQUIDAÇÃO DA DESPESA). A NS gerada pela emissão do doc.hábil terá os registros de troca de fonte de recursos do Passivo Financeiro de para Fonte de Recursos da Nota de Empenho que foi liquidada no exercício anterior. O doc.hábil deverá ser incluído com o parâmetro Liquidado = SIM. Os códigos das situações de PCO, DEDUÇÕES e ENCARGOS serão disponibilizadas na página do Tesouro Nacional, endereço: Obs: A não inclusão do doc.hábil provocará inconsistências no saldo do conta-corrente da conta de Passivo financeiro, gerando assim restrições na conformidade contábil. ABOP Slide 110

111 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas Exemplo 1 - Documento Hábil sem deduções Até 31/12/2014 A partir de 01/01/2015 Doc.Hábil: 2014NP Situação: DSP001 Aba: PCO valor: R$100,00 Doc.Hábil: 2015NPNNNNNN Situação: PPVxxx Aba: PCO valor: R$100,00 Indicador Liquidado : S ABOP Slide 111

112 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas Exemplo 2 - Documento Hábil com Deduções incluídas em 2015 Até 31/12/2014 A partir de 01/01/2015 Doc.Hábil: 2014NP Doc.Hábil: 2015NP Situação Aba PCO: DSP001 valor R$ 100,00 Situação: Aba PCO: PPVxxx valor R$ 100,00 Situação Aba Dedução: DDFyyy valor R$ 20,00 Indicador Liquidado : S ABOP Slide 112

113 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas Exemplo 3 - Documento Hábil com Deduções e/ou Encargos Até 31/12/2014 A partir de 01/01/2015 Doc.Hábil: 2014NP Doc.Hábil: 2015NPNNNNNN Situação Aba PCO: DSP001 valor R$ 100,00 Situação: Aba PCO: PPVxxx valor R$ 80,00 Indicador Liquidado : S Doc.Hábil: 2015NPNNNNNN Situação Aba Dedução: DDF001 valor R$ 20,00 Situação: Aba PCO: PPVxxx valor R$ 20,00 Situação Aba Dedução: PDFxxx valor R$ 20,00 Indicador Liquidado : S Doc.Hábil: 2015NPNNNNNN Situação Aba Encargo: ENC001 valor R$ 40,00 Situação Aba Encargo: XXXXXX valor R$ 40,00 Indicador Liquidado : S ABOP Slide 113

114 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas Documento Hábil Aba de Dados Básicos ABOP Slide 114

115 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas Documento Hábil sem Deduções Restos a Pagar Processados PPV001 Valor Líquido, se DH em 2014 já possuía dedução, ou Valor Bruto, se DH incluído em 2014 não possuía dedução ABOP Slide 115

116 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas Espelho Contábil SIAFI2014HP-DOCUMENTO-CONSULTA-CONDOC (CONSULTA DOCUMENTO) 03/11/14 17:45 USUARIO : LIANE NUMERO : 2014NS DATA EMISSAO : 13Out14 LANCAMENTO : 13OUT14 PAGINA : 001 / 001 UG/GESTAO EMITENTE : / CAMARA DOS DEPUTADOS EVENTO UG GESTAO CONTA CONTA CORRENTE V A L O R F ,00 C F ,00 D LANCADO POR : MOURA UG : OUT14 11:35 PF1=AJUDA PF3=SAI PF12=RETORNA ABOP Slide 116

117 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas Documento Hábil Deduções geradas em 2014 PPV177 Passivo correspondente a cada dedução Valor correspondente a cada dedução ABOP Slide 117

118 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas Documento Hábil Deduções geradas em 2014 PDF001 ABOP Slide 118

119 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas Restos a Pagar Não Processados em Liquidação A realização da liquidação e pagamento das obrigações inscritas em Restos a Pagar Não Processados em Liquidação deverá ser feita pela emissão de um novo documento hábil com situações específicas para esse caso. A NS gerada pela emissão do doc.hábil terá os registros de troca do passivo financeiro RPNP EM LIQUIDAÇÃO na fonte de recursos para a conta de passivo específico na Fonte de Recursos da Nota de Empenho inscrita. O doc.hábil poderá ser incluído com o parâmetro Liquidado = NÃO e ser alterado para Liquidado = SIM OU incluído como Liquidado = SIM. Os códigos das situações de PCO e ENCARGOS serão disponibilizadas na página do Tesouro Nacional, endereço: Os códigos das situações de DEDUÇÕES serão os mesmos utilizados nas rotinas atuais. Cancelamento da Nota de Empenho: registro feito pela transação NE, opção 17 - CANCELAMENTO DE RESTOS A PAGAR NAO PROCESSADOS EM LIQUIDACAO. O valor a ser cancelado deverá estar no saldo da conta RPNP EM LIQUIDAÇÃO Obs: A não inclusão do doc.hábil provocará inconsistências no saldo do conta-corrente da conta de Passivo financeiro, gerando assim restrições na conformidade contábil. ABOP Slide 119

120 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas Exemplo Até 31/12/2014 A partir de 01/01/2015 NL evento ou ou Doc.Hábil: 2015NP Aba PCO - situação: PPVxxx valor R$ Aba Deduções: situação: DDFxxx valor R$20,00 Aba Deduções: situação: DGPxxx valor R$ 10,00 Indicador Liquidado : N ou S Obs: os códigos das deduções serão os mesmos utilizados atualmente. ABOP Slide 120

121 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas Ajuste de c/c Fonte de Recursos - Ativo Financeiro Regularização dos saldos dos contas-correntes das contas contábeis de Ativo Financeiro que serão formatados com a fonte de recursos A Classificar. A regularização será feita utilizando o documento NL Nota de Lançamento com os eventos da classe 59, os quais serão disponibilizados na página do Tesouro Nacional, endereço: e por comunica SIAFI para todas as UG. A identificação da fonte de recursos correta poderá ser feita com base nos saldos das contas de controle da execução orçamentária da receita ou pelo documento que originou o saldo: Exemplos Demais Contas Banco do Brasil c/c: Banco + Agência + Conta Corrente Aplicações Financeiras - Poupança c/c: Banco + Agência + Conta Corrente IRRF a Compensar c/c: ABOP Slide 121

122 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas Documento Hábil Restos a Pagar não Processado em Liquidação PPV002 Liquidado=NÃO, se despesa ainda não liquidada Liquidado = SIM, se despesa já liquidada ABOP Slide 122

123 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas Ajuste de Fonte de Recursos - Passivo Financeiro Regularização dos saldos dos contas-correntes das contas contábeis de Ativo Financeiro que serão formatados com a fonte de recursos A Classificar. A regularização será feita utilizando o documento NL Nota de Lançamento com os eventos da classe 59, os quais serão disponibilizados na página do Tesouro Nacional, endereço: e por comunica SIAFI para todas as UG. A identificação da fonte de recursos correta poderá ser feita com base nos saldos das contas de controle da execução orçamentária da receita ou pelo documento que originou o saldo: Exemplos Demais Contas Banco do Brasil c/c: Banco + Agência + Conta Corrente Aplicações Financeiras - Poupança c/c: Banco + Agência + Conta Corrente IRRF a Compensar c/c: ABOP Slide 123

124 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas Ajuste de Fonte de Recursos Ativo Financeiro Eventos de regularização da fonte dos ativos financeiros, correspondentes a cada tipo de conta-corrente: Tipo CC conta Inscrição evento Evento 12 - FONTE DE RECURSO 26 - FONTE DE RECURSO FR + BANCO + AGENCIA + CONTA CORRENTE FR + BANCO + AGENCIA + CONTA CORRENTE FR + CNPJ,CPF,UG,IG OU FR + CNPJ,CPF,UG,IG OU FR + ORDEM BANCARIA FR + ORDEM BANCARIA FR + CODIGO DE TRIBUTO FR + CODIGO DE TRIBUTO FR + CODIGO DE TRIBUTO + ESFERA FR + CODIGO DE TRIBUTO + ESFERA FR + CODIGO DE PAGAMENTO FR + CODIGO DE PAGAMENTO ABOP Slide 124

125 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas Ajuste de Fonte de Recursos Passivo Financeiro Regularização dos saldos dos contas-correntes das contas contábeis de Passivo Financeiro originados pela execução orçamentária que foram formatados com a fonte de recursos A classificar será feita a partir da fonte de recursos da Nota de Empenho indicada no documento hábil para geração dos compromissos a pagar. Exemplos Salários, Remunerações e Benefícios c/c: Contas a Pagar Credores Nacionais c/c: CNPJ/CPF/UG/IG/ Benefícios Previdenciários c/c: CNPJ/CPF/UG/IG/ Salários, Remunerações e Benefícios c/c: ABOP Slide 125

126 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas Fontes de Recursos - Passivo Financeiro sem execução orçamentária Os saldos das contas de Passivo Financeiro que não passaram pela execução orçamentária serão transpostos para fonte de recursos Recursos Diversos ou 0190xxxxxx Fonte específica. Não será necessário ter ajuste de conta-corrente. A execução financeira deverá ocorrer na FR ou 0190xxxxxx XX Depósitos Judiciais c/c: CNPJ/CPF/UG/IG/ XX Depósitos não Judiciais c/c: CNPJ/CPF/UG/ Convênios e Instrumentos Congêneres Devolvidos c/c: GRU-Valores em Trânsito para Estorno de Despesa c/c: Ordens Bancárias Canceladas c/c: Nr. Ordem Bancária ABOP Slide 126

127 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas CPR SIAFI WEB Utilização TOTAL do CPR (SIAFI WEB) por todas as UG As situações utilizadas para a programação financeira CONSITPF foram adequadas apenas em relação aos roteiros contábeis dos eventos. Reestruturação da tabela de situações do CPR as situações existentes na CONSIT foram adequadas, visando possibilitar os registros contábeis para atender o MCASP. CÓDIGO DA SITUAÇÃO SIGNIFICADO ABAS PERMITIDAS OBSERVAÇÕES CRT Apropriação de Créditos a Compensar e respectivas Compensações CRÉDITO / COMPENSAÇÃO DDF Deduções que geram compromissos realizados por meio do documento contábil DF (DARF) DEDUÇÃO DDR Deduções que geram compromissos realizados por meio do documento contábil DR (DAR) DEDUÇÃO DED Deduções que não geram compromissos DEDUÇÃO DGP Deduções que geram compromissos realizados por meio do documento contábil GP (GPS) DEDUÇÃO DGR Deduções que geram compromissos realizados por meio do documento contábil GR (GRU) DEDUÇÃO DNS Deduções que geram compromissos realizados por meio do documento contábil NS DEDUÇÃO DOB Deduções que geram compromissos realizados por meio do documento contábil OB DEDUÇÃO DPF Deduções que geram compromissos realizados por meio do documento contábil PF DEDUÇÃO PDF Deduções que geram compromissos realizados por meio do documento contábil DF (DARF) DEDUÇÃO Regularização Fonte 0177 PDR Deduções que geram compromissos realizados por meio do documento contábil DR (DAR) DEDUÇÃO Regularização Fonte 0177 PGP Deduções que geram compromissos realizados por meio do documento contábil GP (GPS) DEDUÇÃO Regularização Fonte 0177 PGR Deduções que geram compromissos realizados por meio do documento contábil GR (GRU) DEDUÇÃO Regularização Fonte 0177 POB Deduções que geram compromissos realizados por meio do documento contábil OB DEDUÇÃO Regularização Fonte 0177 ABOP Slide 127

128 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas CPR SIAFI WEB CÓDIGO DA SIGNIFICADO ABAS PERMITIDAS OBSERVAÇÕES SITUAÇÃO AFL Anulação de despesas da Folha de Pagamento DESPESA A ANULAR ASP Anulação de despesas com Suprimento de Fundos DESPESA A ANULAR ADS Anulação de despesas com Aquisição de Materiais e Serviços DESPESA A ANULAR ENC Apropriação de despesas com Encargos ENCARGO APL Lançamentos Patrimoniais envolvendo Aplicações Financeiras e Investimentos Temporários OUTROS LANÇAMENTOS BCB Situações específicas do Banco Central OUTROS LANÇAMENTOS CRD Lançamentos Patrimoniais envolvendo Créditos de Curto e Longo Prazos OUTROS LANÇAMENTOS EST Estorno de valores não devidos com regularização de OB Canceladas ( ) OUTROS LANÇAMENTOS ETQ Lançamentos Patrimoniais envolvendo Estoques OUTROS LANÇAMENTOS EXT Situações específicas de UG do Exterior OUTROS LANÇAMENTOS IMB Lançamentos Patrimoniais envolvendo Ativos Imobilizados OUTROS LANÇAMENTOS INT Lançamentos Patrimoniais envolvendo Ativos Intangíveis OUTROS LANÇAMENTOS INV Lançamentos Patrimoniais envolvendo Investimentos Permanentes OUTROS LANÇAMENTOS LDV Lançamentos Diversos (somente contas de controle - classes 7 e 8) OUTROS LANÇAMENTOS LPA Lançamentos Patrimoniais com apropriação de Passivo Permanente OUTROS LANÇAMENTOS PRV Lançamentos Patrimoniais com apropriação de Passivos a Pagar (antigas Provisões) OUTROS LANÇAMENTOS RCL Reclassificação de Despesas Orçamentárias e Variações Patrimoniais Diminutivas OUTROS LANÇAMENTOS BPV Baixa de Passivos por meio de realização de compromissos PRINCIPAL COM ORÇAMENTO DVL Devolução de despesas com Aquisição de Materiais e Serviços PRINCIPAL COM ORÇAMENTO DFL Apropriação de despesas da Folha de Pagamento PRINCIPAL COM ORÇAMENTO DSF Devolução de despesas com Suprimento de Fundos PRINCIPAL COM ORÇAMENTO DSP Apropriação de despesas com Aquisição de Materiais e Serviços PRINCIPAL COM ORÇAMENTO DTR Devolução de despesas com Transferências PRINCIPAL COM ORÇAMENTO PPV Pagamento de Passivos inscritos em RP na Fonte 0177 PRINCIPAL COM ORÇAMENTO SPF Apropriação de despesas com Suprimento de Fundos PRINCIPAL COM ORÇAMENTO TRF Apropriação de despesas com Transferências PRINCIPAL COM ORÇAMENTO RST Restituição de Receitas PRINCIPAL SEM ORÇAMENTO PSO Registros sem execução orçamentária PRINCIPAL SEM ORÇAMENTO Regularização Fonte 0177 ABOP Slide 128

129 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas Registros Patrimoniais no Novo SIAFI - CPR Os registros patrimoniais referente ao reconhecimento e baixa por competência de ativos e passivos serão feitos no Novo SIAFI pela emissão de um documento hábil do tipo PA Lançamentos Patrimoniais, com as situações dos seguintes tipos: CRD xxx Créditos de Curto e Longo Prazo ETQ xxx Estoques de Curto e Longo Prazo APL xxx Investimentos Temporários Curto e Longo Prazo INV xxx Investimento Permanente IMB xxx - Imobilizado INT xxx Intangível ABOP Slide 129

130 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas TRANSAÇÕES PARA ACOMPANHAMENTO SIAFI ABOP Slide 130

131 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas CONESTSIST - CONSULTA ESTADO DO SISTEMA: Permite consultar a situação de encerramento do exercício no Sistema e os documentos permitidos para registro, em nível de UG executora e Setorial Contábil, de acordo com os prazos estabelecidos. CONTRANSAL - CONSULTA TRANSFERÊNCIA DE SALDOS: Permite consultar a transferência de saldo em nível de conta contábil e conta-corrente, de um exercício para o outro. CONBAIXSAL - CONSULTA BAIXA E INSCRIÇÃO DE SALDOS: Permite identificar as contas que terão os saldos baixados e registrados, automaticamente, no encerramento do exercício, permitindo, ainda, acompanhar os passos, situação e os respectivos eventos aplicados. CONRECDIF - CONSULTA RECURSOS DIFERIDOS: Permite consultar a execução dos processos de inscrição e baixa dos recursos diferidos/a receber e a libera, bem como a apuração do resultado do exercício.] CONPROCBT CONSULTA PROCESSAMENTO BT: Permite consultar os documentos registrados em cada rotina de encerramento. ABOP Slide 131

132 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas Transações Consulta aos Indicadores CONESTSIST CONTRANSAL CONORIGEM(PCASP) CONBAIXSAL CONRECDIF CONPROCBT Resultado Processo ABOP Slide 132

133 Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas Formas de Preenchimento da Transação CONPROCBT CONBAIXSAL Arquivo: BS ou BC Data Geração: Jan/2008 UG Responsável: X CONRECDIF Arquivo: BD Data Geração: Jan/2008 UG Responsável: X ABOP Slide 133

Art. 1º Aprovar Norma de Execução, na forma do Anexo a esta Portaria. ANEXO UNIDADE RESPONSÁVEL 31/12/2013 PROCESSO

Art. 1º Aprovar Norma de Execução, na forma do Anexo a esta Portaria. ANEXO UNIDADE RESPONSÁVEL 31/12/2013 PROCESSO PORTARIA Nº 2, DE 22 DE NOVEMBRO DE 2013 O AUDITOR-CHEFE DA AUDITORIA INTERNA DO MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO, no uso de suas atribuições, e tendo em vista a competência que lhe foi atribuída pelo inciso

Leia mais

ROTINAS E PROCEDIMENTOS CONTÁBEIS DA UNIÃO PARTE VII REGULARIZAÇÕES DE CONTAS CONTÁBEIS

ROTINAS E PROCEDIMENTOS CONTÁBEIS DA UNIÃO PARTE VII REGULARIZAÇÕES DE CONTAS CONTÁBEIS ROTINAS E PROCEDIMENTOS CONTÁBEIS DA UNIÃO PARTE VII REGULARIZAÇÕES DE S CONTÁBEIS Versão: 05.01.2015 2 MINISTRO DE ESTADO DA FAZENDA Guido Mantega SECRETÁRIO-EXECUTIVO Paulo Rogério Caffarelli SECRETÁRIO

Leia mais

PCASP UNIÃO LANÇAMENTOS CONTÁBEIS

PCASP UNIÃO LANÇAMENTOS CONTÁBEIS PCASP UNIÃO LANÇAMENTOS CONTÁBEIS Data de Emissão: 28 de agosto de 2012 Coordenador Geral de Contabilidade e Custos da União Francisco Wayne Moreira Coordenadora de Contabilidade da União Bárbara Verônica

Leia mais

CAPITULO 020000 - SISTEMA INTEGRADO DE ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA DO GOVERNO FEDERAL - SIAFI

CAPITULO 020000 - SISTEMA INTEGRADO DE ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA DO GOVERNO FEDERAL - SIAFI CAPITULO 020000 - SISTEMA INTEGRADO DE ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA DO GOVERNO FEDERAL - SIAFI SECAO 020300 - MACROFUNÇÕES ASSUNTO 020317 - RESTOS A PAGAR 1 - REFERÊNCIAS: 1.1 - RESPONSABILIDADE - Coordenador-Geral

Leia mais

ROTINAS E PROCEDIMENTOS CONTÁBEIS DA UNIÃO PARTE II EXECUÇÃO DA DESPESA

ROTINAS E PROCEDIMENTOS CONTÁBEIS DA UNIÃO PARTE II EXECUÇÃO DA DESPESA ROTINAS E PROCEDIMENTOS CONTÁBEIS DA UNIÃO PARTE II EXECUÇÃO DA DESPESA Versão: 25.08.2014 MINISTRO DE ESTADO DA FAZENDA Guido Mantega SECRETÁRIO-EXECUTIVO Paulo Rogério Caffarelli SECRETÁRIO DO TESOURO

Leia mais

MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO SECRETARIA DE ECONOMIA E FINANÇAS PORTARIA Nº 36-SEF, DE 17 DE NOVEMBRO DE 2014. EB: 64689.

MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO SECRETARIA DE ECONOMIA E FINANÇAS PORTARIA Nº 36-SEF, DE 17 DE NOVEMBRO DE 2014. EB: 64689. MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO SECRETARIA DE ECONOMIA E FINANÇAS PORTARIA Nº 36-SEF, DE 17 DE NOVEMBRO DE 2014. EB: 64689.017297/2014-47 Aprova o Calendário para o Encerramento do Exercício Financeiro

Leia mais

TÍTULOS PREVISÃO EXECUÇÃO DIFERENÇA TÍTULOS FIXAÇÃO EXECUÇÃO DIFERENÇA CRÉD. ORÇAM. SUPLEMENTARES DESPESAS CORRENTES . PESSOAL E ENC.

TÍTULOS PREVISÃO EXECUÇÃO DIFERENÇA TÍTULOS FIXAÇÃO EXECUÇÃO DIFERENÇA CRÉD. ORÇAM. SUPLEMENTARES DESPESAS CORRENTES . PESSOAL E ENC. 1 ANEXO III - PT/MPS Nº 95, DE 06 DE MARÇO DE 2007 DOU DE 07.03.07 MODELOS E INSTRUÇÕES DE PREENCHIMENTO DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS AS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS SÃO AS EXTRAÍDAS DOS LIVROS, REGISTROS E

Leia mais

NORMA DE ENCERRAMENTO DO EXERCÍCIO 2015 NA JUSTIÇA DO TRABALHO

NORMA DE ENCERRAMENTO DO EXERCÍCIO 2015 NA JUSTIÇA DO TRABALHO 1873/2015 - Quinta-feira, 10 de Dezembro de 2015 Conselho Superior da Justiça do Trabalho 1 ANEXO AO ATO CONJUNTO CSJT.GP.SG N.º 21/2015 NORMA DE ENCERRAMENTO DO EXERCÍCIO 2015 NA JUSTIÇA DO TRABALHO Com

Leia mais

NOVAS DIRETRIZES PARA A CONTABILIDADE MUNICIPAL ISAAC DE OLIVEIRA SEABRA TCE-PE

NOVAS DIRETRIZES PARA A CONTABILIDADE MUNICIPAL ISAAC DE OLIVEIRA SEABRA TCE-PE NOVAS DIRETRIZES PARA A CONTABILIDADE MUNICIPAL ISAAC DE OLIVEIRA SEABRA TCE-PE CENÁRIO ANTERIOR Gestão Dívida Financeira Pública ORÇAMENTO PUBLICO Contabilidade Receita e Despesa Demonstrativos Contábeis:

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DE SANTA CATARINA - DMU

TRIBUNAL DE CONTAS DE SANTA CATARINA - DMU Alterações em relação ao arquivos publicados em 03/06/2014: Item alterado/incluído Motivo Regras de consolidação. b.8 Numeração errada. Regras de consistência, b Exclui-se as consignações do passivo financeiro

Leia mais

Análise de Balanços. Flávia Moura

Análise de Balanços. Flávia Moura Análise de Balanços Flávia Moura 1 Tópicos para Reflexão O que é análise de balanços? A análise de balanços consiste em proceder a investigações dos fatos com base nos dados Para que serve a análise de

Leia mais

XI Semana de d Adminis minis ação Orç Or amen amen ária , Financeira r e d e e d Contr Con a tr t a ações Públi Púb cas

XI Semana de d Adminis minis ação Orç Or amen amen ária , Financeira r e d e e d Contr Con a tr t a ações Públi Púb cas XI Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas Oficina nº 63 Consultas às Demonstrações Contábeis no SIAFI ABOP Slide 1 XI Semana de Administração Orçamentária, Financeira

Leia mais

TAXA: OBSERVACAO TAXA DE COLETA DE LIXO 2009.

TAXA: OBSERVACAO TAXA DE COLETA DE LIXO 2009. SIAFI2009-DOCUMENTO-CONSULTA-CONNE (NOTA DE EMPENHO) 17/11/09 13:56 USUARIO : MARIA ANGELA DATA EMISSAO : 23Jan09 NUMERO : 2009NE000001 UG EMITENTE : 160261-1 INSPETORIA DE CONTABILIDADE E FINANÇAS DO

Leia mais

PROJETO MÓDULO CONTÁBIL - PCASP

PROJETO MÓDULO CONTÁBIL - PCASP PROJETO MÓDULO CONTÁBIL - PCASP Coordenação-Geral de Contabilidade CCONT Gerência de Manutenção Contábil- GEMAC Gerente - Vera Lúcia Araújo de Alencar Portugal Objetivo Geral e Objetivos Específicos do

Leia mais

Análise e Regularizações Contábeis no SIAFI

Análise e Regularizações Contábeis no SIAFI Análise e Regularizações Contábeis no SIAFI Painéis/Oficinas CANCELAMENTO DE ORDEM BANCÁRIA FASES DA DESPESA EMPENHO [L. 4320: arts. 58-61] LIQUIDAÇÃO [L. 4320: art. 63] PAGAMENTO [L.4320: arts. 62/64-67]

Leia mais

O PROCESSO DE IMPLANTAÇÃO DAS NOVAS NORMAS CONTÁBEIS DA ÁREA PÚBLICA. Carla de Tunes Nunes

O PROCESSO DE IMPLANTAÇÃO DAS NOVAS NORMAS CONTÁBEIS DA ÁREA PÚBLICA. Carla de Tunes Nunes O PROCESSO DE IMPLANTAÇÃO DAS NOVAS NORMAS CONTÁBEIS DA ÁREA PÚBLICA Carla de Tunes Nunes A Ciência Contábil Reconhecimento Mensuração Evidenciação Histórico e Antecedentes Portaria MF 184/08 NBC T SP

Leia mais

Anexo 12 - Balanço Orçamentário

Anexo 12 - Balanço Orçamentário Anexo 12 - Balanço Orçamentário BALANÇO ORÇAMENTÁRIO EXERCÍCIO: PERÍODO (MÊS) : DATA DE EMISSÃO: PÁGINA: PREVISÃO PREVISÃO RECEITAS SALDO RECEITAS ORÇAMENTÁRIAS INICIAL ATUALIZADA REALIZADAS (a) (b) c

Leia mais

ENCONTRO TÉCNICO MCASP - Manual de Contabilidade Aplicado ao Setor Público

ENCONTRO TÉCNICO MCASP - Manual de Contabilidade Aplicado ao Setor Público SISTEMA INTEGRADO DE CONTROLE E AUDITORIA PÚBLICA - SICAP/CONTÁBIL ENCONTRO TÉCNICO MCASP - Manual de Contabilidade Aplicado ao Setor Público Portaria Conjunta STN/SOF nº 02/2012 Portaria STN nº 437/2012

Leia mais

DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS APLICADAS AO SETOR PÚBLICO - DCASP

DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS APLICADAS AO SETOR PÚBLICO - DCASP DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS APLICADAS AO SETOR PÚBLICO - DCASP Novas Demonstrações Contábeis do Setor Público DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS DO SETOR PÚBLICO Englobam todos os fatos contábeis e atos que interessam

Leia mais

ATIVO FINANCEIRO 855.661.519,48 DISPONÍVEL

ATIVO FINANCEIRO 855.661.519,48 DISPONÍVEL GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ PÁGINA: 1 BALANÇO PATRIMONIAL CONSOLIDADO - 2005 ANEXO 14 ATIVO ATIVO FINANCEIRO 855.661.519,48 DISPONÍVEL 450.323.096,72 CAIXA 47.294,31 BANCOS CONTA MOVIMENTO 210.194.091,20

Leia mais

Plano de Contas Aplicado ao Setor Público

Plano de Contas Aplicado ao Setor Público Plano de Contas Aplicado ao Setor Público Fonte: Apresentação da Coordenação Geral de Contabilidade STN/CCONT do Tesouro Nacional Última Atualização: 14/09/2009 1 Manual de Contabilidade Aplicada ao Setor

Leia mais

XI Semana de d Adminis minis ação Orç Or amen amen ária , Financeira r e d e e d Contr Con a tr t a ações Públi Púb cas Oficina nº Guia de Guia

XI Semana de d Adminis minis ação Orç Or amen amen ária , Financeira r e d e e d Contr Con a tr t a ações Públi Púb cas Oficina nº Guia de Guia Oficina nº 73 Guia de Recolhimento da União GRU (Retificação, Restituição, Anulação de despesas e outras Regularizações no Siafi) ABOP Slide 1 Guia de Recolhimento da União - GRU ABOP Slide 2 Guia de Recolhimento

Leia mais

CURSO DE ATUALIZAÇÃO PARA A NOVA CONTABILIDADE PÚBLICA

CURSO DE ATUALIZAÇÃO PARA A NOVA CONTABILIDADE PÚBLICA CURSO DE ATUALIZAÇÃO PARA A NOVA CONTABILIDADE PÚBLICA Demonstrações Contábeis José Rafael Corrêa Quanto mais eu sei, mais eu descubro que nada eu sei Sócrates 1 Conceitos CONTABILIDADE INFORMAÇÃO Informação

Leia mais

IMPLEMENTAÇÃO DAS NOVAS NORMAS DE CONTABILIDADE APLICADA AO SETOR PÚBLICO NO ESTADO DO PARÁ SIAFEM PCASP

IMPLEMENTAÇÃO DAS NOVAS NORMAS DE CONTABILIDADE APLICADA AO SETOR PÚBLICO NO ESTADO DO PARÁ SIAFEM PCASP SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA EMPRESA DE PROCESSAMENTO DE DADOS DO ESTADO DO PARÁ IMPLEMENTAÇÃO DAS NOVAS NORMAS DE CONTABILIDADE APLICADA AO SETOR PÚBLICO NO ESTADO DO PARÁ SIAFEM PCASP O QUE SÃO AS

Leia mais

Prof. Alexandre Teshima. Prof. Alexandre Teshima. Prof. Alexandre Teshima. Prof. Alexandre Teshima

Prof. Alexandre Teshima. Prof. Alexandre Teshima. Prof. Alexandre Teshima. Prof. Alexandre Teshima CONCEITO: O SIAFI (Sistema Integrado de Administração Financeira do Governo Federal) é um sistema informatizado que processa e controla, por meio de terminais instalados em todo o território nacional,

Leia mais

Assunto: Fechamento Contábil do Exercício de 2014 e Abertura de 2015

Assunto: Fechamento Contábil do Exercício de 2014 e Abertura de 2015 NOTA TÉCNICA DE PROCEDIMENTO CONTÁBIL N 002/2014 Florianópolis, 07 de novembro de 2014. Assunto: Fechamento Contábil do Exercício de 2014 e Abertura de 2015 Trata-se de revisão da Orientação Técnica DCOG/GECOC

Leia mais

Análise e Regularizações Contábeis

Análise e Regularizações Contábeis Análise e Regularizações Contábeis 1 Ordens Bancárias Canceladas O cancelamento de OB ocorre por meio da emissão de uma OB de cancelamento ou por NS Nota de Sistema, nos seguintes casos: 1 OB de cancelamento

Leia mais

BALANÇO FINANCEIRO ANO 2013

BALANÇO FINANCEIRO ANO 2013 ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTANA DO LIVRAMENTO SECRETARIA DA FAZENDA BALANÇO FINANCEIRO ANO 2013 Receita Despesa ORÇAMENTÁRIA (1) ORÇAMENTÁRIA (5) Receitas Orçamentárias Despesas

Leia mais

10h40 às 12h - PALESTRA II TEMA: PLANO DE CONTAS APLICADO AO SETOR PÚBLICO Palestrante: Fernando Freitas Melo

10h40 às 12h - PALESTRA II TEMA: PLANO DE CONTAS APLICADO AO SETOR PÚBLICO Palestrante: Fernando Freitas Melo 10h40 às 12h - PALESTRA II TEMA: PLANO DE CONTAS APLICADO AO SETOR PÚBLICO Palestrante: Fernando Freitas Melo Plano de Contas Aplicado ao Setor Público CH: 1:20 h Conteúdo: 1. Aspectos gerais do Plano

Leia mais

ROTINAS E PROCEDIMENTOS CONTÁBEIS DA UNIÃO PARTE V ESTOQUES E IMOBILIZADO

ROTINAS E PROCEDIMENTOS CONTÁBEIS DA UNIÃO PARTE V ESTOQUES E IMOBILIZADO ROTINAS E PROCEDIMENTOS CONTÁBEIS DA UNIÃO PARTE V ESTOQUES E IMOBILIZADO Versão: 25/08/2014 MINISTRO DE ESTADO DA FAZENDA Guido Mantega SECRETÁRIO-EXECUTIVO Paulo Rogério Caffarelli SECRETÁRIO DO TESOURO

Leia mais

939.108,16 582.338,94 553.736,74 967.710,36 468.462,90 582.338,94 553.736,74 497.065,10 111000000000 CAIXA E EQUIVALENTES DE CAIXA

939.108,16 582.338,94 553.736,74 967.710,36 468.462,90 582.338,94 553.736,74 497.065,10 111000000000 CAIXA E EQUIVALENTES DE CAIXA s s 100000000000 ATIVO 939.108,16 582.338,94 553.736,74 967.710,36 110000000000 ATIVO CIRCULANTE 468.462,90 582.338,94 553.736,74 497.065,10 111000000000 CAIXA E EQUIVALENTES DE CAIXA 111100000000 CAIXA

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DE SANTA CATARINA - DMU

TRIBUNAL DE CONTAS DE SANTA CATARINA - DMU Alterações em relação aos arquivos publicados em 10/11/2014: Item alterado/incluído Evento 1.9 Evento 2.20.8 Evento 2.72.13 Motivo Obs: Os créditos relativos à Dívida Ativa podem ser registrados somente

Leia mais

Fundação Universidade do Estado de Santa Catarina BALANÇO PATRIMONIAL Em 31/12/2014 - Encerramento 9.817.136,65 40.159.587,34. Prazo 104.

Fundação Universidade do Estado de Santa Catarina BALANÇO PATRIMONIAL Em 31/12/2014 - Encerramento 9.817.136,65 40.159.587,34. Prazo 104. ATIVO PASSIVO Ativo Circulante Caixa e Equivalentes de Caixa - Bancos Conta Movimento - Demais Contas Rede Bancária - Arrecadação Aplicações Financeiras de Liquidez Imediata - Intra OFSS Recursos Liberados

Leia mais

37.899.634,30 PASSIVO CIRCULANTE CRÉDITOS DE TRANSFERÊNCIAS A RECEBER EMPRÉSTIMOS E FINANCIAMENTO CONCEDIDOS

37.899.634,30 PASSIVO CIRCULANTE CRÉDITOS DE TRANSFERÊNCIAS A RECEBER EMPRÉSTIMOS E FINANCIAMENTO CONCEDIDOS MUNICÍPIO DE CALDAS NOVAS ESTADO DE GOIAS Balanço Financeiro Anexo 1 (Manual de Contabilidade Aplicada ao Setor Público MCASP)Portaria STN nº 37/2012 5a edição BALANÇO GERAL DO EXERCICIO DE 201 PERÍODO(MÊS)

Leia mais

COMUNICADO SOBRE RESTOS A PAGAR

COMUNICADO SOBRE RESTOS A PAGAR COMUNICADO SOBRE RESTOS A PAGAR A SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA, no uso das atribuições que lhe outorga o inciso II, do art.114, da Constituição Estadual e considerando a autorização contida nos arts.

Leia mais

VOLUME II ANEXOS DA LEI 4.320/64

VOLUME II ANEXOS DA LEI 4.320/64 VOLUME II ANEXOS DA LEI 4.320/64 Apresentação Este volume compõe o Balanço Geral do Estado do exercício financeiro 2010. Nele são apresentados os anexos exigidos na LEI 4.320/64. LUIZ MARCOS DE LIMA SUPERINTENDENTE

Leia mais

PROCEDIMENTOS CONTÁBEIS E ATUARIAS NOS RPPS. Professor João Eudes Bezerra Filho

PROCEDIMENTOS CONTÁBEIS E ATUARIAS NOS RPPS. Professor João Eudes Bezerra Filho PROCEDIMENTOS CONTÁBEIS E ATUARIAS NOS RPPS Professor João Eudes Bezerra Filho DIAGNÓSTICO: CENÁRIO ATUAL DIMENSÃO CONTABILIDADE PATRIMONIAL ATIVO FINANCEIRO ATIVO FINANCEIRO Disponível Caixa (Tesouraria)

Leia mais

Demonstrativo das Variações Patrimoniais

Demonstrativo das Variações Patrimoniais RESULTANTES DA EXECUÇÃO ORÇAMENTÁRIA 28.393.390.678,55 RESULTANTES DA EXECUÇÃO ORÇAMENTÁRIA 28.527.468.836,27 RECEITAS 13.532.898.028,40 ORÇAMENTÁRIA 13.532.898.028,40 DESPESA ORÇAMENTARIA 10.266.008.652,65

Leia mais

TCE-TCE Auditoria Governamental

TCE-TCE Auditoria Governamental TCE-TCE Auditoria Governamental Pessoal, vou comentar as questões da prova. 61. Considere as informações extraídas do Balanço Orçamentário, referentes ao exercício financeiro de 2014, de uma entidade pública:

Leia mais

RESTITUIÇÃO DE RECEITAS ARRECADADAS POR GRU

RESTITUIÇÃO DE RECEITAS ARRECADADAS POR GRU RESTITUIÇÃO DE RECEITAS ARRECADADAS POR GRU O processo de restituição visa atender o contribuinte que, por algum motivo, tenha recolhido receitas a maior ou indevidamente por meio da Guia de Recolhimento

Leia mais

Portaria Conjunta STN/SOF nº 3/2008 Manual de Despesa Nacional;

Portaria Conjunta STN/SOF nº 3/2008 Manual de Despesa Nacional; Código: MAP-DIFIN-001 Versão: 00 Data de Emissão: XX/XX/XXXX Elaborado por: Gerência de Contabilidade Aprovado por: Diretoria de Finanças e Informações de Custos 1 OBJETIVO Estabelecer os procedimentos

Leia mais

Decreto Nº 9.826, de 26 outubro de 2012. A PREFEITA DO MUNICÍPIO DE NATAL, no uso de suas atribuições constitucionais e legais,

Decreto Nº 9.826, de 26 outubro de 2012. A PREFEITA DO MUNICÍPIO DE NATAL, no uso de suas atribuições constitucionais e legais, Decreto Nº 9.826, de 26 outubro de 2012 Dispõe sobre procedimentos e prazos relativos ao encerramento do exercício de 2012 e dá outras providências. A PREFEITA DO MUNICÍPIO DE NATAL, no uso de suas atribuições

Leia mais

Anexo 14 - BALANÇO PATRIMONIAL

Anexo 14 - BALANÇO PATRIMONIAL Página 1 de 3 CIRCULANTE 17.957.906,23 13.781.064,25 CIRCULANTE 2.918.670,71 3.459.718,41 Caixa e Equivalentes de Caixa 11.326.508,18 CRÉDITOS A CURTO PRAZO Clientes Crédito Tributário a Receber Dívida

Leia mais

Implantação do Plano de Contas Aplicado ao Setor Público PCASP. A experiência do Estado do Rio Grande do Sul.

Implantação do Plano de Contas Aplicado ao Setor Público PCASP. A experiência do Estado do Rio Grande do Sul. Implantação do Plano de Contas Aplicado ao Setor Público PCASP. A experiência do Estado do Rio Grande do Sul. Público Alvo: Servidores de Prefeituras do Estado do Rio Grande do Sul que atuam na área contábil.

Leia mais

Serviço Público Municipal Prefeitura Municipal de Ubatã Estado da Bahia CNPJ: 14.235.253/0001-59 PORTARIA Nº 301 DE 09 DE DEZEMBRO DE 2015.

Serviço Público Municipal Prefeitura Municipal de Ubatã Estado da Bahia CNPJ: 14.235.253/0001-59 PORTARIA Nº 301 DE 09 DE DEZEMBRO DE 2015. PORTARIA Nº 301 DE 09 DE DEZEMBRO DE 2015. Estabelece os procedimentos e as normas a serem adotados pelos órgãos e entidades da administração pública estadual direta e indireta, para o encerramento anual

Leia mais

Plano de Contas Aplicado ao Setor Público

Plano de Contas Aplicado ao Setor Público 1. Ativo 2. Passivo 1.1. Ativo Circulante 2.1. Passivo Circulante Bancos/Caixa (F) Obrigações em circulação pessoal a pagar (F) Créditos a receber (P) Dívida Ativa Provisões a curto prazo 13º salário (P)

Leia mais

ROTINAS E PROCEDIMENTOS CONTÁBEIS DA UNIÃO PARTE III ARRECADAÇÃO DA RECEITA ORÇAMENTÁRIA

ROTINAS E PROCEDIMENTOS CONTÁBEIS DA UNIÃO PARTE III ARRECADAÇÃO DA RECEITA ORÇAMENTÁRIA ROTINAS E PROCEDIMENTOS CONTÁBEIS DA UNIÃO PARTE III ARRECADAÇÃO DA RECEITA ORÇAMENTÁRIA Versão: 06.11.2014 MINISTRO DE ESTADO DA FAZENDA Guido Mantega SECRETÁRIO-EXECUTIVO Paulo Rogério Caffarelli SECRETÁRIO

Leia mais

I - DA CONTA ÚNICA DO TESOURO NACIONAL

I - DA CONTA ÚNICA DO TESOURO NACIONAL INSTRUÇÃO NORMATIVA n o 04, de 30 de agosto de 2004. Dispõe sobre a consolidação das instruções para movimentação e aplicação dos recursos financeiros da Conta Única do Tesouro Nacional, a abertura e manutenção

Leia mais

Anexo Único da Portaria nº 175 de 15 de janeiro de 2014.

Anexo Único da Portaria nº 175 de 15 de janeiro de 2014. Anexo Único da Portaria nº 175 de 15 de janeiro de 2014. Rotina CONOR/SUNOT/CGE n.º 004/2013 Trata a presente rotina dos procedimentos contábeis para os registros patrimoniais e orçamentários do Fundo

Leia mais

MANUAL PARA IMPLANTAÇÃO DO SALDO DA DISPONIBILIDADE FINANCEIRA

MANUAL PARA IMPLANTAÇÃO DO SALDO DA DISPONIBILIDADE FINANCEIRA MANUAL PARA IMPLANTAÇÃO DO SALDO DA DISPONIBILIDADE FINANCEIRA Para controlar o novo grupo da disponibilidade financeira do PCASP (grupo 8), temos que primeiramente apurar a disponibilidade do Órgão e

Leia mais

5 Análise do Balanço Patrimonial

5 Análise do Balanço Patrimonial 5 Análise do Balanço Patrimonial Essa análise tem por finalidade confrontar os dados e valores que constituem o Balanço Patrimonial correspondente ao exercício de 2002, com os do mesmo período de 2001,

Leia mais

PCASP e os Consórcios Públicos

PCASP e os Consórcios Públicos Subsecretaria de Contabilidade Pública SUCON Coordenação-Geral de Normas de Contabilidade Aplicadas à Federação CCONF V FÓRUM MINEIRO DE CONTABILIDADE PÚBLICA MUNICIPAL Junho/2015 Conteúdo PCASP: introdução,

Leia mais

ANÁLISE DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS APLICADAS AO SETOR PÚBLICO

ANÁLISE DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS APLICADAS AO SETOR PÚBLICO 11º Congresso Catarinense de Secretários de Finanças, Contadores Públicos e Controladores Internos Municipais ANÁLISE DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS APLICADAS AO SETOR PÚBLICO 1 Professor João Eudes Bezerra

Leia mais

INCLUSÃO DE DOCUMENTOS NO SIAFI-WEB (CPR) - RESTOS A PAGAR NÃO PROCESSADOS E EMPENHOS DE 2015

INCLUSÃO DE DOCUMENTOS NO SIAFI-WEB (CPR) - RESTOS A PAGAR NÃO PROCESSADOS E EMPENHOS DE 2015 INCLUSÃO DE DOCUMENTOS NO SIAFI-WEB (CPR) - RESTOS A PAGAR NÃO PROCESSADOS E EMPENHOS DE 2015 Apresentamos, a seguir, as principais alterações no sistema SIAFI, decorrentes da implantação do novo Plano

Leia mais

Descentralização de amentários e de Recursos Financeiros

Descentralização de amentários e de Recursos Financeiros Descentralização de Créditos Orçament amentários e de Recursos Financeiros Conceito: Despesa Orçament amentária Despesa Orçamentária Pública aquela executada por entidade pública e que depende de autorização

Leia mais

Estado do Rio Grande do Sul Plano de Contas 01 a 31 de Março de 2013 Folha: 1 Consorcio Publico do Extremo Sul

Estado do Rio Grande do Sul Plano de Contas 01 a 31 de Março de 2013 Folha: 1 Consorcio Publico do Extremo Sul Estado do Rio Grande do Sul Plano de Contas 01 a 31 de Março de 2013 Folha: 1 1.0.0.0.0.00.00.00.00.00 ATIVO 6.735,34 8.034,62 4.211,61 10.558,35 1.1.0.0.0.00.00.00.00.00 ATIVO CIRCULANTE 6.735,34 8.034,62

Leia mais

ROTINAS E PROCEDIMENTOS CONTÁBEIS DA UNIÃO PARTE VI FOLHA DE PAGAMENTO DE PESSOAL

ROTINAS E PROCEDIMENTOS CONTÁBEIS DA UNIÃO PARTE VI FOLHA DE PAGAMENTO DE PESSOAL ROTINAS E PROCEDIMENTOS CONTÁBEIS DA UNIÃO PARTE VI FOLHA DE PAGAMENTO DE PESSOAL Versão: 06.11.2014 MINISTRO DE ESTADO DA FAZENDA Guido Mantega SECRETÁRIO-EXECUTIVO Paulo Rogério Caffarelli SECRETÁRIO

Leia mais

Adequação do Sistema de Contabilidade Pública: novo plano de contas, competência e custos Subsecretaria de Contabilidade Pública STN/MF

Adequação do Sistema de Contabilidade Pública: novo plano de contas, competência e custos Subsecretaria de Contabilidade Pública STN/MF Adequação do Sistema de Contabilidade Pública: novo plano de contas, competência e custos Subsecretaria de Contabilidade Pública STN/MF MUDANÇAS NA ESTRUTURA CONCEITUAL Demonstrações Contábeis Plano de

Leia mais

Demonstrativo das Variações Patrimoniais

Demonstrativo das Variações Patrimoniais RESULTANTES DA EXECUÇÃO ORÇAMENTÁRIA 3.953.236.822,66 RESULTANTES DA EXECUÇÃO ORÇAMENTÁRIA 3.320.180.698,63 RECEITAS 1.684.972.053,82 ORÇAMENTÁRIA 1.684.972.053,82 DESPESA ORÇAMENTARIA 3.044.151.183,85

Leia mais

Tabela de Fatos - DCA 2014

Tabela de Fatos - DCA 2014 Tabela de Fatos - DCA 2014 Element siconfi-cor:p1.0.0.0.0.00.00 siconfi-cor:p1.1.0.0.0.00.00 siconfi-cor:p1.1.1.0.0.00.00 siconfi-cor:p1.1.1.1.0.00.00 siconfi-cor:p1.1.1.1.1.00.00 siconfi-cor:p1.1.1.1.2.00.00

Leia mais

115610000000 ALMOXARIFADO - CONSOLIDAÇÃO 115810000000 OUTROS ESTOQUES - CONSOLIDAÇÃO

115610000000 ALMOXARIFADO - CONSOLIDAÇÃO 115810000000 OUTROS ESTOQUES - CONSOLIDAÇÃO 100000000000 ATIVO 329.083,39 911.970,67 872.747,07 368.306,99 110000000000 ATIVO CIRCULANTE 3.073,50 898.201,87 872.747,07 28.528,30 111000000000 CAIXA E EQUIVALENTES DE CAIXA 111100000000 CAIXA E EQUIVALENTES

Leia mais

Balanço Patrimonial. Art. 105. O Balanço Patrimonial demonstrará: I o Ativo Financeiro

Balanço Patrimonial. Art. 105. O Balanço Patrimonial demonstrará: I o Ativo Financeiro Segundo o MCASP, o é a demonstração contábil que evidencia, qualitativa e quantitativamente, a situação patrimonial da entidade pública, por meio de contas representativas do patrimônio público, além das

Leia mais

Manual Cartão de Pagamento do Governo Federal. Banco do Setor público

Manual Cartão de Pagamento do Governo Federal. Banco do Setor público Manual Cartão de Pagamento do Governo Federal Banco do Setor público Sumário Introdução 04 Cartão de Pagamento do Governo Federal CPGF 04 Passo a Passo 10 Perguntas e Respostas 12 Legislação I Ementa 17

Leia mais

Governo do Estado da Bahia Secretaria da Fazenda Plano de Contas 1 /44. Apresentação

Governo do Estado da Bahia Secretaria da Fazenda Plano de Contas 1 /44. Apresentação Governo do Estado da Bahia Secretaria da Fazenda Plano de Contas 1 /44 Apresentação Este Plano de Contas tem o propósito de atender, de maneira uniforme e sistematizada, ao registro contábil dos atos e

Leia mais

SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO.4 2 PROCEDIMENTOS DE ABERTURA DO EXERCÍCIO (2015).5 2.1 TABELAS AUTOMÁTICAS CONTÁBEIS.6 3.1 TABELAS CONTÁBEIS.6 3.1.6 3.1.6 3.

SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO.4 2 PROCEDIMENTOS DE ABERTURA DO EXERCÍCIO (2015).5 2.1 TABELAS AUTOMÁTICAS CONTÁBEIS.6 3.1 TABELAS CONTÁBEIS.6 3.1.6 3.1.6 3. MANUAL DE ABERTURA DO EXERCÍCIO 2015 E ENCERRAMENTO DE 2014 SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO...4 2 PROCEDIMENTOS DE ABERTURA DO EXERCÍCIO (2015)...5 2.1 TABELAS AUTOMÁTICAS CONTÁBEIS...5 3 TABELAS A SEREM PREENCHIDAS

Leia mais

DEPARTAMENTO DE CONSULTORIA E CAPACITAÇÃO ORIENTAÇÃO TÉCNICA FECHAMENTO DO BALANÇO GERAL

DEPARTAMENTO DE CONSULTORIA E CAPACITAÇÃO ORIENTAÇÃO TÉCNICA FECHAMENTO DO BALANÇO GERAL DEPARTAMENTO DE CONSULTORIA E CAPACITAÇÃO ORIENTAÇÃO TÉCNICA FECHAMENTO DO BALANÇO GERAL 012/2011 Elaborada em 28/12/2011 Este documento descreve os procedimentos que devem ser adotados para o fechamento

Leia mais

ROTEIRO DE AUDITORIA DE CONTABILIDADE PÚBLICA

ROTEIRO DE AUDITORIA DE CONTABILIDADE PÚBLICA SISTEMA ORÇAMENTÁRIO 1 - RECEITAS 1.1 - Orçamento da Receita 1.2 - Receita Prevista 1.3 - Execução Orçamentária da Receita ROTEIRO DE AUDITORIA DE CONTABILIDADE PÚBLICA I - Verificar se os registros das

Leia mais

MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA ENCERRAMENTO DO EXERCÍCIO E ELABORAÇÃO DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS

MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA ENCERRAMENTO DO EXERCÍCIO E ELABORAÇÃO DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA ENCERRAMENTO DO EXERCÍCIO E ELABORAÇÃO DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS As orientações constantes deste manual devem ser observadas pelas Unidades Gestoras para encerramento do exercício,

Leia mais

MARCELO OLÍMPIO CARNEIRO TAVARES

MARCELO OLÍMPIO CARNEIRO TAVARES D E C L A R A Ç Ã O O Secretário da Fazenda, no uso das suas atribuições e consoante o disposto no artigo 42, 1º, incisos I e IV, da Constituição do Estado do Tocantins, DECLARA para fins de cumprimento

Leia mais

AUTARQUIA MUNICIPAL DE ESPORTES DE CACOAL - AM Estado de Rondônia. Balancete do Sistema Orçamentário no Período de janeiro a janeiro Anexo TC-01

AUTARQUIA MUNICIPAL DE ESPORTES DE CACOAL - AM Estado de Rondônia. Balancete do Sistema Orçamentário no Período de janeiro a janeiro Anexo TC-01 Balancete do Sistema Orçamentário no Período de janeiro a janeiro 1. 1.1. 1.1.1. 1.1.1.1. 1.1.1.1.1. 1.1.1.1.1.19. 1.1.1.1.1.19.02. 1.1.1.1.1.19.04. 1.1.3. 1.1.3.8. 1.1.3.8.1. 1.1.3.8.1.08. 1.1.3.8.1.09.

Leia mais

XI Semana de d Adminis minis ação Orç Or amen amen ária , Financeira r e d e e d Contr Con a tr t a ações Públi Púb cas SIAFI Básico ABOP Slide 1

XI Semana de d Adminis minis ação Orç Or amen amen ária , Financeira r e d e e d Contr Con a tr t a ações Públi Púb cas SIAFI Básico ABOP Slide 1 SIAFI Básico ABOP Slide 1 Oficina nº 65 - SIAFI BÁSICO Carga Horária: 4h Conteúdo: 1. Aspectos históricos do SIAFI. 1.1 Apresentação do Sistema. 1.2 Conceituações básicas do SIAFI. 1.3 Objetivos. 1.4 Abrangência.

Leia mais

CURSO ON-LINE PROFESSOR: DJALMA PEÇANHA

CURSO ON-LINE PROFESSOR: DJALMA PEÇANHA "Quando sopram os ventos da mudança, alguns constroem abrigos e se colocam a salvo; outros constroem moinhos e ficam ricos". (Claus Möller) Boa tarde, pessoal! Enfim, chegamos a este último ponto sobre

Leia mais

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO E AUDITORIA PÚBLICA

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO E AUDITORIA PÚBLICA IESP INSTITUTO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DA PARAÍBA COORDENAÇÃO DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO E AUDITORIA PÚBLICA CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO E AUDITORIA PÚBLICA DISCIPLINA: CONTABILIDADE E CONTROLADORIA

Leia mais

Documento gerado em 28/04/2015 13:31:35 Página 1 de 42

Documento gerado em 28/04/2015 13:31:35 Página 1 de 42 DCA-Anexo I-AB Balanço Patrimonial - Ativo e Passivo Padrao Balanço Patrimonial Ativo - Ativo - 1.0.0.0.0.00.00 - Ativo 96.744.139,42 1.1.0.0.0.00.00 - Ativo Circulante 24.681.244,01 1.1.1.0.0.00.00 -

Leia mais

1 de Verificação - 2014 Subsist. C.Sup. Fin.Descrição 1.2.3.1.1.03.02 (40966) MÓVEIS MÁQUINAS E E UTENSÍLIOS DE ESCRITÓRIO 339.159,49D 25.

1 de Verificação - 2014 Subsist. C.Sup. Fin.Descrição 1.2.3.1.1.03.02 (40966) MÓVEIS MÁQUINAS E E UTENSÍLIOS DE ESCRITÓRIO 339.159,49D 25. 1 de Verificação - 2014 Subsist. C.Sup. Fin.Descrição 1.217.589,73D 1.245.340,55D Atual1/8 ATIVO CIRCULANTE 588.962,97D 151.410,23D 194.301,54 188.047,63 166.550,72 160.296,81 616.713,79D 1.1.1.1.1.50.99

Leia mais

Rotina de Contabilização

Rotina de Contabilização Trata a presente rotina dos procedimentos quanto ao registro de Financiamento Concedido a Mutuários do Sistema Financeiro de Habitação SFH, em substituição a Rotina CNRC/SUNOT/CGE nº 009/2009. Considerando,

Leia mais

Empresa Munic. de Transporte Urbano Presidente Figueiredo

Empresa Munic. de Transporte Urbano Presidente Figueiredo 03698709/000109 Exercício: 2015 BALANCETEISOLADO EMPRESA MUNICIPAL DE TRANSPORTE URBANO EMTU (UG:5) Página 1 de 5 100000000 05 ATIVO 343.632,70 139.134,52 114.972,75 367.794,47 110000000 05 ATIVO CIRCULANTE

Leia mais

Oficina 71 Modalidades de Pagamento

Oficina 71 Modalidades de Pagamento Modalidades de Pagamento Ordem Bancária Oficina 71 Oficina 71 Modalidades de Pagamento Conteúdo: 1. Regra geral das ordens bancárias. 1.1 Principais características 1.2 Utilização no SIAFI. 1.3 Relacionamento

Leia mais

Manual de Contabilidade Aplicada no Setor Público: Plano de Contas Aplicado ao Setor Público

Manual de Contabilidade Aplicada no Setor Público: Plano de Contas Aplicado ao Setor Público Manual de Contabilidade Aplicada no Setor Público: Plano de Contas Aplicado ao Setor Público Coordenação Geral de Contabilidade STN/CCONT Última Atualização: 12/01/2010 Programa do Módulo 2 1. Plano de

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA SECRETARIA DO TESOURO NACIONAL. INSTRUÇÕES DE PROCEDIMENTOS CONTÁBEIS IPC 03 Encerramento de Contas Contábeis no PCASP

MINISTÉRIO DA FAZENDA SECRETARIA DO TESOURO NACIONAL. INSTRUÇÕES DE PROCEDIMENTOS CONTÁBEIS IPC 03 Encerramento de Contas Contábeis no PCASP REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL 15 de Novembro de 1889 MINISTÉRIO DA FAZENDA SECRETARIA DO TESOURO NACIONAL INSTRUÇÕES DE PROCEDIMENTOS CONTÁBEIS IPC 03 Encerramento de Contas Contábeis no PCASP 2013 IPC

Leia mais

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL - DEPARTAMENTO NACIONAL BALANÇO PATRIMONIAL ESPECIFICAÇÃO 2014 2013 ESPECIFICAÇÃO 2014 2013

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL - DEPARTAMENTO NACIONAL BALANÇO PATRIMONIAL ESPECIFICAÇÃO 2014 2013 ESPECIFICAÇÃO 2014 2013 BALANÇO PATRIMONIAL ATIVO PASSIVO Ativo Circulante 1.149.479.180,77 989.839.743,43 Passivo Circulante 317.274.300,38 283.051.918,44 Caixa e Equiv. Caixa Moeda Nacional 800.954.874,69 676.326.925,34 Obrig.

Leia mais

Manual de Contabilidade Aplicada ao Setor Público Distrito Federal. Plano de Contas. 2ª Edição. Dez/2013 Subsecretaria de Contabilidade COPROT

Manual de Contabilidade Aplicada ao Setor Público Distrito Federal. Plano de Contas. 2ª Edição. Dez/2013 Subsecretaria de Contabilidade COPROT Manual de Contabilidade Aplicada ao Setor Público Distrito Federal Plano de Contas 2ª Edição Dez/2013 Subsecretaria de Contabilidade COPROT Subsecretaria de Contabilidade COPROT Manual de Contabilidade

Leia mais

[Anexo I-AB] Balanço Patrimonial - Ativo e Passivo. 1.1.1.1.2.00.00 - Caixa e Equivalentes de Caixa em Moeda Nacional - Intra OFSS

[Anexo I-AB] Balanço Patrimonial - Ativo e Passivo. 1.1.1.1.2.00.00 - Caixa e Equivalentes de Caixa em Moeda Nacional - Intra OFSS [Anexo I-AB] Balanço Patrimonial - Ativo e Passivo Qname siconfi-dca-anexo1abhi : BalancoPatrimonialAbstract siconfi-dca-anexo1abhi : AtivoAbstract siconfi-dca-anexo1abhi : AtivoLineItems siconfi-cor :

Leia mais

www.casponline.com.br

www.casponline.com.br 1 Autores: Comissão de Estudos em CASP do CRC RS 2 Autor: Diogo Duarte Barbosa 3 Casp Online Social 1 www.casponline.com.br Aquisição pelo site: www.gestaopublica.com.br Administração Orçamentária e Financeira

Leia mais

Retificação de Nota de Registro de Arrecadação (RA)

Retificação de Nota de Registro de Arrecadação (RA) Retificação de Nota de Registro de Arrecadação (RA) O processo de retificação do registro de arrecadação visa a realização de acertos decorrentes de erro no preenchimento de informações constantes da RA

Leia mais

SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO.4 2 PROCEDIMENTOS DE ABERTURA DO EXERCÍCIO (2014).5 2.1 TABELAS AUTOMÁTICAS CONTÁBEIS.6 3.1 TABELAS CONTÁBEIS.6 3.1.6 3.1.6 3.

SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO.4 2 PROCEDIMENTOS DE ABERTURA DO EXERCÍCIO (2014).5 2.1 TABELAS AUTOMÁTICAS CONTÁBEIS.6 3.1 TABELAS CONTÁBEIS.6 3.1.6 3.1.6 3. MANUAL DE ABERTURA DO EXERCÍCIO 2014 E ENCERRAMENTO DE 2013 SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO...4 2 PROCEDIMENTOS DE ABERTURA DO EXERCÍCIO (2014)...5 2.1 TABELAS AUTOMÁTICAS CONTÁBEIS...5 3 TABELAS A SEREM PREENCHIDAS

Leia mais

Balanço Patrimonial. Janeiro à Novembro de 2014 - Anexo 14, da Lei 4.320/64. Exercício Anterior

Balanço Patrimonial. Janeiro à Novembro de 2014 - Anexo 14, da Lei 4.320/64. Exercício Anterior Página 1 de 5 CIRCULANTE 3.458.065,56 1.875.217,00 CAIXA E EQUIVALENTES DE CAIXA 2.816.152,90 1.000.561,87 CAIXA E EQUIVALENTES DE CAIXA EM MOEDA NACIONAL 2.816.152,90 1.000.561,87 CAIXA E EQUIVALENTES

Leia mais

41210.29.13 - Contribuição Previdenciária para Amortização do Déficit Atuarial. Origem dos dados/descrição LINHA DA DCA

41210.29.13 - Contribuição Previdenciária para Amortização do Déficit Atuarial. Origem dos dados/descrição LINHA DA DCA ANEXO II VARIAÇÕES PATRIMONIAIS AUMENTATIVAS QDCC_Sistn A planilha abaixo ilustra a aplicação da metodologia simplificada descrita no item 10 da Nota Técnica nº 4/2015/CCONF/SUCON/STN/MFDF ao Plano de

Leia mais

FOLHA DE PAGAMENTO. Novo Documento de Execução Orçamentária e Financeira da Folha de Pessoal - DOCUMENTO HÁBIL FL

FOLHA DE PAGAMENTO. Novo Documento de Execução Orçamentária e Financeira da Folha de Pessoal - DOCUMENTO HÁBIL FL FOLHA DE PAGAMENTO Novo Documento de Execução Orçamentária e Financeira da Folha de Pessoal - DOCUMENTO HÁBIL FL 1 Tela de Despesas Pontos Importantes Na Tela de Despesa, devem ser registrados todos os

Leia mais

perspectiva da Nova Contabilidade Aplicada ao Setor Público Demonstrações Contábeis sob a perspectiva da Nova Contabilidade Aplicada ao Setor Público

perspectiva da Nova Contabilidade Aplicada ao Setor Público Demonstrações Contábeis sob a perspectiva da Nova Contabilidade Aplicada ao Setor Público Demonstrações Contábeis sob a perspectiva da Nova Contabilidade Aplicada ao Setor Público Demonstrações Contábeis sob a perspectiva da Nova Contabilidade Aplicada ao Setor Público QUEM ATUALIZOU AS DEMONSTRAÇÕES?

Leia mais

Objetivos e principais documentos do Sistema Integrado de Administração Financeira do Governo Federal SIAFI

Objetivos e principais documentos do Sistema Integrado de Administração Financeira do Governo Federal SIAFI Objetivos e principais documentos do Sistema Integrado de Administração Financeira do Governo Federal SIAFI Amigos e amigas visitantes do Ponto dos Concursos! Desejo muita paz e tranqüilidade a todos os

Leia mais

GESTÃO ORÇAMENTÁRIA E FINANCEIRA

GESTÃO ORÇAMENTÁRIA E FINANCEIRA GESTÃO ORÇAMENTÁRIA E FINANCEIRA Brasília 14 de agosto de 2014 EXECUÇÃO ORÇAMENTÁRIA E EXECUÇÃO FINANCEIRA Ocorrem concomitantemente; e Estão intrinsecamente relacionadas uma à outra. A despesa não poderá

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ TRIBUNAL DE CONTAS DOS MUNICÍPIOS DIRETORIA DE ORÇAMENTO E FINANÇAS DIVISÃO DE RECURSOS FINANCEIROS EXERCICIO 2012

GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ TRIBUNAL DE CONTAS DOS MUNICÍPIOS DIRETORIA DE ORÇAMENTO E FINANÇAS DIVISÃO DE RECURSOS FINANCEIROS EXERCICIO 2012 BALANCO-FINANCEIRO RECEITA RECEITA 12.255.327,67 INGRESSOS ORCAMENTARIOS 9.425.690,28 INTERFERENCIAS ATIVAS 9.425.690,28 TRANSFERENCIAS FINANCEIRAS RECEBIDAS 9.425.690,28 REPASSE RECEBIDO 9.425.690,28

Leia mais

Manual SIAFI FNS/Ccont

Manual SIAFI FNS/Ccont MINISTÉRIO DA SAÚDE SECRETARIA EXECUTIVA FUNDO NACIONAL DE SAÚDE MANUAL DE TREINAMENTO SIAFI PRODUÇÃO Coordenação-Geral de Execução Orçamentária, Financeira e Contábil - CGEOFC Coordenação de Contabilidade

Leia mais

Coordenação-Geral de Programação Financeira - COFIN. Gerência de Análise e Acompanhamento da Receita - GEARE

Coordenação-Geral de Programação Financeira - COFIN. Gerência de Análise e Acompanhamento da Receita - GEARE Coordenação-Geral de Programação Financeira - COFIN Gerência de Análise e Acompanhamento da Receita - GEARE Receita Orçamentária e Guia de Recolhimento da União CONTEÚDO 1 - ESPÉCIES DE INGRESSO 2 - CLASSIFICAÇÃO

Leia mais

Prof. Msc.: Vitor Maciel dos Santos

Prof. Msc.: Vitor Maciel dos Santos Prof. Msc.: Vitor Maciel dos Santos Orientações Estratégicas para a Contabilidade Aplicada ao Setor Público no Brasil Aspectos práticos da CASP e a importância da estruturação setorial PREMISSAS Orientações

Leia mais

Este Plano de Contas será atualizado pela Gerência de Normas da Diretoria da Contabilidade Pública Genor/Dicop.

Este Plano de Contas será atualizado pela Gerência de Normas da Diretoria da Contabilidade Pública Genor/Dicop. Governo do Estado da Bahia Secretaria da Fazenda P l a n o d e C o n t a s 1 /3 Apresentação Este Plano de Contas tem o propósito de atender, de maneira uniforme e sistematizada, ao registro contábil dos

Leia mais

Procedimentos Contábeis

Procedimentos Contábeis Procedimentos Contábeis Suprimento de Fundos Cartão de - ATO DE CONCESSÃO VALOR: R$ 8000,00 NATURESAS DE DESPESA 339036: R$ 4000,00 339030: R$ 4000,00 MEIO DE PAGAMENTO:CARTÃO DE PAGAMENTO DO GOVERNO FEDERAL

Leia mais

NOTA TÉCNICA N. 17/2014 Brasília, 4 de julho de 2014.

NOTA TÉCNICA N. 17/2014 Brasília, 4 de julho de 2014. NOTA TÉCNICA N. 17/2014 Brasília, 4 de julho de 2014. ÁREA: Contabilidade Municipal TÍTULO: Contabilização do recurso financeiro transferido para o Município destinado a educação em tempo integral REFERÊNCIA:

Leia mais