ESTUDO DA UTILIZAÇÃO DA CONTABILIDADE GERENCIAL NA TOMADA DE DECISÃO 1

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ESTUDO DA UTILIZAÇÃO DA CONTABILIDADE GERENCIAL NA TOMADA DE DECISÃO 1"

Transcrição

1 ESTUDO DA UTILIZAÇÃO DA CONTABILIDADE GERENCIAL NA TOMADA DE DECISÃO 1 OLIVEIRA, Liziane A. de 2 ; SILVEIRA, Graciela P. 3 ; BERTAGNOLLI, Daniele Dias de O. 4 ; BASSO, Renata L Trabalho Final de Graduação_UNIFRA 2 Acâdemica do Curso de Ciências Contábeis Centro Universitário Franciscano (UNIFRA), Santa Maria, RS, Brasil 3 Formada no Curso de Ciências Contábeis Centro Universitário Franciscano (UNIFRA), Santa Maria, RS, Brasil 4 Profª. do Curso de Ciências Contábeis do Centro Universitário Franciscano (UNIFRA), Santa Maria, RS, Brasil RESUMO A contabilidade gerencial fornece informações sólidas e seguras para os administradores que diariamente procuram tomar decisões, capazes de ditar o rumo da empresa. A presente pesquisa tem por objetivo investigar a utilização da contabilidade gerencial na tomada de decisões das concessionárias de veículos em Santa Maria-RS. A metodologia utilizada foi uma pesquisa descritiva, quali-quantitativa e pesquisa de campo. Para tanto, os dados foram coletados em nove concessionárias de veículos, através da aplicação de um questionário, contendo questões fechadas e de múltipla escolha, sendo analisadas através de gráficos e tabelas. Constatou-se que as empresas conhecem e usam a contabilidade gerencial no processo de tomada de decisão e, assim como, notou-se que a maioria das empresas não apresentam dificuldades na interpretação dos demonstrativos. Palavras-chave: Contabilidade Gerencial; Tomada de decisão; Concessionárias de Veículos. 1 INTRODUÇÃO Durante muitos anos a contabilidade foi vista como um sistema de informações tributárias, cuja finalidade básica consistia em calcular impostos e elaborar a folha de pagamento. Atualmente, a contabilidade assumiu um papel importante como instrumento gerencial, servindo de suporte para os administradores no que tange ao processo de tomada de decisões, processo de gestão, planejamento e controle. Dentro desse contexto, a Contabilidade passa a ser parte integrante e fundamental para uma boa administração das organizações, devido aos novos processos e constantes mudanças no mundo dos negócios. Essas mudanças e processos referem-se, principalmente, a evolução na área de sistema de informações, com softwares contábeis capazes de fornecer relatórios e informações atualizadas em tempo real e, o mercado de trabalho está cada vez mais competitivo, exigindo profissionais com grandes capacidades e diferenciais, dispostos a encarar uma difícil rotina dentro das empresas, capazes de pensar de forma estratégica. Assim, surge a Contabilidade Gerencial, a qual possui diversas ferramentas que dão suporte aos administradores nos processos de tomada de decisão e apresenta-se como uma ferramenta indispensável para a gestão de um negócio, servindo de alicerce para 1

2 gestão de uma empresa. Ela objetiva, principalmente, o fornecimento de informações sólidas e seguras para os administradores que vivem diariamente tomando decisões, as quais são capazes de ditar o rumo da empresa condizentes com o crescimento. Diante do exposto, o presente estudo tem como tema a utilização da Contabilidade Gerencial na tomada de decisões com o intuito de responder a seguinte problemática: será que as concessionárias de veículos de Santa Maria-RS utilizam a Contabilidade Gerencial no processo de tomada de decisão. Na tentativa de responder o referido problema, foram elaborados os seguintes objetivos: Investigar a utilização da Contabilidade Gerencial na tomada de decisão das concessionárias de veículos de Santa Maria-RS; Identificar quais as ferramentas gerenciais utilizadas pelas concessionárias de veículos de Santa Maria-RS; Diagnosticar se existem dificuldades pelos administradores na análise dos relatórios gerenciais. 2 REFERENCIAL TEÓRICO A Contabilidade surgiu da necessidade das pessoas em controlar o que possuíam. Mas, com o passar dos anos, evoluiu do simples controle do patrimônio das aziendas para uma ferramenta essencial que auxilia os gestores a otimizar a tomada de decisão em suas empresas. Figueiredo e Caggiano (1997, p. 24), determinam que a Contabilidade Moderna caracteriza-se como uma das ferramentas mais úteis aos administradores na otimização do processo de tomada de decisão, Marion (2009, p. 28) afirma que a contabilidade é o instrumento que fornece o máximo de informações úteis para a tomada de decisões dentro e fora da empresa. Nessa linha de pensamento, surge a Contabilidade Gerencial, que segundo Francia et al. (1992, p. 4) é o processo de identificação, mensuração, acumulação, análise, preparação, interpretação, e comunicação de informações financeiras utilizadas pela administração planejamento, avaliação e controle dentro de uma organização e para assegurar e contabilizar o uso apropriado de seus recursos. Sendo assim, a Contabilidade Gerencial, pode ser caracterizada, segundo Iudícibus (2009, p. 21) como um enfoque especial conferido a várias técnicas e procedimentos contábeis já conhecidos e tratados na contabilidade financeira, na contabilidade de custos, na análise financeira e de balanços etc.. Seguindo este raciocínio, Atkinson et al. (2000, p. 37) diferencia as principais características da Contabilidade Financeira e da Contabilidade Gerencial da seguinte maneira, a financeira é o processo de 2

3 produzir demonstrativos financeiros para entidades e usuários externos - como acionistas credores e governo, deve seguir regras estabelecidas por leis e as normas brasileiras de contabilidade, já a gerencial, também segundo Atkinson et al. (2000, p. 37) é o processo de produzir informações financeiras e operacionais para os empregados e gerentes das organizações, deve ser elaborada de acordo com a necessidades dos gestores, sem restrições, visando auxiliar na tomada de decisão operacional e de investimentos. As informações produzidas pela contabilidade gerencial devem estar contidas em relatórios a serem usados pelos gestores da empresa, conforme Santos (2001, p. 8), as informações da Contabilidade Gerencial incluem dados históricos e estimados, usados pela administração na condução de operações diárias, no planejamento de operações futuras e no desenvolvimento de estratégias de negócios integrados. Os relatórios podem ser preparados periodicamente, até mesmo junto com a contabilidade financeira, ou à medida que a gestão precisar de informação para a tomada de decisão e podem ainda conter informações para a empresa ou para um segmento dela, como divisão, produto, projeto ou território. Na Contabilidade, a informação contábil é transmitida a partir de um sistema de informação, na qual são permitidas várias opções de relatórios para a empresa, os quais devem atender a todas as necessidades dela. O sistema deve ser utilizado de forma integrada, apresentando uma abordagem relativa a cada uma de suas partes, sendo um foco de estudo dentro de um processo administrativo. Além disso, o sistema de informação contábil gerencial é uma forma de congregar as informações necessárias para auxiliar nas decisões para atingir objetivos. Ele pode ser definido, conforme Padoveze (2007, p. 46) como um conjunto de recursos humanos, materiais, tecnológicos e financeiros agregados segundo uma sequência lógica para o processamento dos dados e tradução em informações, para com seu produto, permitir às organizações o cumprimento de seus objetivos principais. Os sistemas de informações contábeis gerenciais têm como objetivo coletar dados para criação de ferramentas gerenciais as quais geram informações relevantes que servem como instrumento de planejamento, execução, acompanhamento e controle da organização. Exitem várias ferramentas gerenciais que podem auxiliar o gestor, tais como: Análise das Demonstrações Contábeis Planejamento Estratégico Segundo (SILVA, 2007), através dessa ferramenta é possível avaliar o desempenho da gestão econômica, financeira e patrimonial da empresa, quanto aos períodos passados, confrontando ou não com metas ou diretrizes preestabelecidas. Dessa forma, permite que os gestores possam usar estas informações para a tomada de decisão. A estratégia empresarial é realizada pelo planejamento estratégico. A finalidade desse planejamento é estabelecer quais serão os caminhos a serem percorridos para se atingir a situação desejada. É a arte de 3

4 Balanced Scorecard Controle de Contas a Pagar Controle de Contas a Receber Fluxo de Caixa Projetado Gerenciamento da Relação com o Cliente (CRM) Orçamento Planejamento Tributário Técnicas de Análise de Investimento Posição Financeira passagem do estágio onde estou para o estágio onde quero ir (MOSIMANN; FISCH, 1999). É um sistema de informação para gerenciamento da estratégia empresarial. Ele traduz a missão e a estratégia da empresa num conjunto abrangente de medidas de desempenho financeiras e não financeiras que serve de base para um sistema de medição da gestão estratégica (PADOVEZE, 2008), sendo este, um instrumento de gestão que permite monitorar os processos de construção das competências nas empresas, que permite descrever uma estratégia para as empresas aplicarem suas metas. Esta ferramenta deve garantir segurança para que todos os pagamentos sejam efetuados no valor correto e para seu devido fornecedor. Além disso, esse controle é uma ferramenta que está diretamente ligada à administração financeira da empresa, em que cada empresa assume compromissos com terceiros que devem ser bem controlados e associados em documentos fiscais. Conforme Miotto e Lozeckyi (2010) este instrumento de gerenciamento financeiro permite que o empresário fique informado sobre os vencimentos dos compromissos, estabeleça prioridades de pagamentos e saber o montante dos valores a pagar Controla todo o desenvolvimento de direitos da empresa na forma de contas a receber, permitindo a geração de informações no planejamento de suas atividades e o controle de seus resultados, portanto, segundo Miotto e Lozeckyi (2010, p. 6), o mesmo possibilita ao empresário conhecer o montante dos valores a receber; contas vencidas e a vencer; clientes que não pagam em dia e programação de cobranças, dentre outros. É um espelho da composição financeira da empresa, sendo possível visualizar diariamente seus recursos imediatos, ou seja, a previsão de entrada e saídas de recursos financeiros que precisa ser planejado e controlado. Segundo Zdanowicz (2004, p. 40) consiste na representação dinâmica da situação financeira de uma empresa, considerando todas as fontes de recursos e todas as aplicações em itens ativo. Surgiu para definir uma série de ferramentas, utilizadas como forma de abordagem ao cliente, que são baseadas no uso na tecnologia a favor do marketing de relacionamento. Segundo Swift (2001, p. 12), gestão de relacionamento é uma abordagem empresarial destinada a entender e influenciar o comportamento dos clientes, por meio de comunicações significativas para melhorar as compras, a retenção, a lealdade e a lucratividade deles. É um plano empresarial econômico financeiro, em que os detalhes de elaboração poderão variar de empresa para empresa, conforme a necessidade de cada uma delas. O Orçamento é o instrumento que traz a definição quantitativa dos objetivos e o detalhamento dos fatores necessários para atingi-los, assim como o controle de desempenho (OLIVEIRA et al., 2002, p. 117). Para Figueiredo e Caggiano (1997, p. 43), é um processo de reflexão que precede a ação e é dirigido para a tomada de decisão agora com vistas no futuro, no qual o Contador Gerencial da empresa precisa conhecer profundamente a legislação tributária, para, a partir do conhecimento, planejar com bastante antecedência a melhor alternativa para a empresa executar suas operações. Trata da interpretação e da relevância desses índices, sendo um instrumento de avaliação e desempenho e interfere na decisão da empresa. Segundo Ross et at. (1995), o investimento deve ser comparado com uma alternativa relevante disponível do mercado financeiro e se não for tão atraente é melhor recorrer ao mercado em vez de realizar o projeto. É uma forma de fornecer informações sobre a situação econômica, financeira e operacional das concessionárias. Essa análise gerencial permite aos administradores conhecer o desempenho da empresa como um todo e é composta por vários demonstrativos como: balanço 4

5 Fonte: O autor, patrimonial, demonstração de composição das vendas, demonstração do resultado do exercício, análise de contas a receber, análise das obrigações a pagar, estatística de pessoal, etc., e contribui para contabilidade divisional. Sabendo-se que existem outras ferramentas que não foram tratadas neste referencial, pois o mesmo não buscou esgotar o assunto, e sim servir de apoio para a elaboração da pesquisa que será apresentada a seguir. 3 METODOLOGIA Esta pesquisa classifica-se como descritiva, pois descreve se as concessionárias de veículos de Santa Maria RS utilizam a contabilidade gerencial na tomada de decisões. Quanto aos procedimentos técnicos classifica-se como pesquisa de campo, buscando conhecer e analisar as ferramentas gerenciais utilizadas no processo de decisões das empresas estudadas. A presente pesquisa quanto à forma de abordagem do problema classifica-se como: quali-quantitativa, porque para tabular os dados necessitou-se calcular percentuais, sendo assim, quantitativa e, além disso, as questões que os respondentes poderiam descrever foram analisadas qualitativamente. O instrumento de coleta de dados utilizado na pesquisa foi o questionário, aplicado junto aos empresários das concessionárias de veículos de Santa Maria - RS, relacionando ao uso da contabilidade gerencial que se investigou a utilização da mesma na tomada de decisão destas empresas, todavia, as informações foram levantadas por meio do questionário composto por 11 questões fechadas de múltipla escolha e uma questão aberta, visando obter respostas que auxiliem no alcance dos objetivos propostos. A coleta de dados foi realizada em onze concessionárias, através da aplicação do questionário, destas, nove o responderam. O mesmo foi aplicado de duas maneiras: a primeira, com visitas as empresas, e segunda por , isso devido a pouca disponibilidade de tempo dos empresários, entre o período de abril e maio de Ainda foram coletados informações das concessionárias nos sites das mesmas, para buscar alguma informação a respeito do planejamento estratégico delas. Após a coleta, os dados foram tabulados e analisados no software Excel, no qual foram elaborados tabelas e gráficos para melhor visualização das informações quantitativas. 4 RESULTADOS E DISCUSSÕES A presente pesquisa objetivou investigar a utilização da contabilidade gerencial na tomada de decisão das concessionárias de veículos de Santa Maria - RS, para isso aplicou- 5

6 se o questionário aos empresários destas empresas, no qual se obteve os resultados que serão descritos a seguir: - observou-se que 23% dos empresários estão na faixa etária entre 29 a 39 anos, 33% entre 40 a 50, 33% entre 51 e 60 anos e 11% estão com mais de 61 anos. - quanto a escolaridade dos entrevistados, um empresário possuí ensino fundamental, dois ensino médio, três ensino a nível técnico, dois curso superior e um mestrado. - outro item levantado na pesquisa, foi quanto ao número de funcionários, 11% das empresas pesquisadas possuem entre 1 a 20 funcionários, 23% entre 21 a 40 funcionários, 11% possuem entre 41 a 70, 55% das empresas possuem entre 71 a 120 funcionários, e nenhuma das concessionárias pesquisadas trabalham com mais de 121 funcionários no momento da pesquisa. - revelou-se que 23% das concessionárias atuam no mercado a 5 anos, 11% entre 6 e 15 anos, 23% entre 16 e 25 anos, 11% entre 26 e 34 anos e 33% das concessionárias estão com mais de 35 anos de atuação no mercado de Santa Maria-RS. - observou-se que 55% das concessionárias de veículos pesquisadas possuem sua contabilidade internamente, no qual, alguns empresários preferem pela agilidade dos dados e pela praticidade de obterem informações e esclarecimento de dúvidas a qualquer momento. - quanto às informações fornecidas pela empresa, estas são em forma de relatórios. Pode-se observar que para as concessionárias de veículos, a maioria utiliza todos os relatórios/demonstrativos como balancete, balanço patrimonial, demonstrativo do resultado do exercício, livro de apuração do lucro real, relatórios gerenciais e posição financeira. Percebe-se que quatro concessionárias não fornecem à administração os relatórios gerenciais, mas, ao mesmo tempo, não se pode esquecer que na posição financeira, normalmente, a maioria das suas informações são gerenciais. Em relação às três empresas que não fornecem aos seus empresários os relatórios/demonstrativos balancete e livro de apuração do lucro real, isso se justifica por serem relatórios bem específicos da contabilidade. E nas duas empresas que não fornecem balanço patrimonial, demonstrativo do resultado do exercício, isso ocorre porque seus relatórios são realizados em sua matriz, ou seja, em outra cidade. Tabela 1: Informações fornecidas pela empresa Relatórios/demonstrativos Informações Informações não Fornecidas Fornecidas Total Balancete 6 Fornecidas 3 9 Balanço Patrimonial Demonstrativo do Resultado do Exercício Livro de Apuração do Lucro Real Relatórios Gerenciais Posição Financeira

7 Outros Relatórios Fonte: O autor, quanto à periodicidade dessas informações citadas acima, observa-se que 23% recebem as informações quinzenalmente, e 77% recebem as informações mensalmente. - quanto à utilização das informações fornecidas pela contabilidade na gestão do negócio, 77% a utilizam e 23% não utilizam essas informações. - quanto às ferramentas ou controles contábil gerenciais utilizados pela empresa no seu gerenciamento, percebe-se na tabela abaixo que as concessionárias de veículos utilizam, em primeiro lugar, o controle de contas a pagar e receber em segundo, o gerenciamento da relação com o cliente, contabilidade divisional e em terceiro, utilizam o orçamento, fluxo de caixa, análise das demonstrações contábeis. Também observa-se que as concessionárias de veículos não utilizam o planejamento estratégico, planejamento tributário, balanced scorecard e técnicas de análise de investimento, o que pode nos surpreender, pois empresas de tal porte como estas não possuírem ao menos o planejamento estratégico. Além, pode-se observar que maioria possui visão, missão e valores definidos o que significa que as mesmas possuem o planejamento estratégico, sendo assim, pode-se entender que os empresários tenham dúvidas sobre o significado de planejameno estratégico, por isso não marcaram essa alternativa na hora de responder o questionário. Tabela 2: Ferramentas ou controles contábeis gerenciais Ferramentas ou controles-contábeis-gerenciais Utilizados Não Total Planejamento Estratégico 0 utilizados 9 9 Planejamento Tributário Gerenciamento da Relação com o cliente(crm) Orçamento Fluxo de Caixa Balanced Scorecard Contabilidade Divisional Analise das Demonstrações Contábeis Controle de Contas a Pagar Controle de Contas a Receber Técnicas de Analise de Investimento Outros Fonte: O autor, descobriu-se que 77% dos empresários não têm dificuldade na interpretação dos demonstrativos ou relátorios elaborados pela contabilidade, no qual obtem-se informações clara e de fácil interpretação e 23% dos empresários das concessionárias de veículos afirmam ter alguma dificuldade na interpretação. - Nesta questão, os empresários precisavam enumerar por grau de importância, com qual área a sua empresa se preocupa mais: observou-se que os empresários das concessionárias tem maior preocupação com a àrea de vendas destacando ela em primeiro 7

8 lugar, conforme demonstrados na tabela abaixo: Tabela 3: Enumere por grau de importância, com que área a sua empresa se preocupa mais: Que área a sua empresa se preocupa mais: 1ª 2ª 3ª 4ª 5ª Total Financeira (contas a pagar e receber) Tributária (Impostos) Custos (Cálculo e controle) Vendas Pessoal Outros Fonte: O autor, Dos empresários pesquisados, 67% dizem que o sistema de informação gerencial atende as necessidades da empresa e 33% afirmam que o sistema de informação gerencial não atende as suas necessidades. 5 CONCLUSÃO O escopo desta pesquisa era identificar se as concessionárias de veículos de Santa Maria- RS, utilizam-se da contabilidade gerencial na tomada de decisão, quais as ferramentas utilizadas e se os administradores encontram dificuldades na análise dos relatórios gerenciais. Assim, percebeu-se que a maioria das concessionárias pesquisadas utiliza a contabilidade gerencial no processo de tomada de decisão. A minoria não a utiliza pelo desconhecimento de sua importância no processo de tomada de decisão empresarial e pelo fato de que, muitas vezes, as informações contábeis são elaboradas em outra cidade, na concessionária matriz, por exemplo, e ficam fora de alcance. No que diz respeito às ferramentas gerenciais, as concessionárias de veículos utilizam as seguintes ferramentas: controle de contas a pagar, controle de contas a receber, gerenciamento da relação com o cliente, contabilidade divisional, orçamento, fluxo de caixa e análise das demonstrações contábeis. Por outro lado, constatou-se que tais empresas não utilizam as ferramentas de planejamento estratégico, planejamento tributário, balanced scorecard e técnicas de análise de investimento. No entanto, a partir de um levantamento realizado nos sites das concessionárias de veículos, pode-se observar que as mesmas possuem visão, missão e valores definidos, que são os elementos da gestão estratégica, o que significa que elas devem possuir o planejamento estratégico. Sendo assim, pode-se entender que os empresários não possuem o conhecimento teórico sobre o planejamento estratégico e, por isso, não marcaram essa alternativa na hora de responder o questionário, apesar de na prática efetuarem a gestão estratégica. Para que essa falta de conhecimento seja sanada, é dever do profissional contábil auxiliar o gestor na utilização destas ferramentas gerenciais, melhorando com isso, a tomada de decisões nas concessionárias. Descobriu-se, também, que as empresas pesquisadas, na sua grande maioria, não têm dificuldade na interpretação dos demonstrativos ou relatórios elaborados pela contabilidade. 8

9 Contudo, foi possível verificar que as concessionárias de veículos, objeto deste estudo, possuem um bom conhecimento da contabilidade gerencial, entretanto, algumas empresas não utilizam essas informações. Verifica-se ainda que há um mercado a ser explorado pelos futuros contadores ou até para quem já está no mercado, com aperfeiçoamento na área da contabilidade gerencial, visando cumprir, adequadamente, mais uma importante tarefa do profissional contábil, que é dar suporte aos gestores, auxiliando-os a tomarem decisões bem fundamentadas, obtidas através das diversas ferramentas gerenciais. Por fim, sugere-se para pesquisas futuras, estudar as ferramentas não utilizadas pelas concessionárias de veículos, mostrar seus benefícios, para uma possível implantação auxiliando seus gestores a tomarem a decisões através dessas ferramentas gerenciais. REFERÊNCIAS ATKINSON, Anthony A.; BANKER, Rajiv. D.; KAPLAN, Robert S.; YOUNG, S. Mark. Contabilidade Gerencial. São Paulo: Atlas, FRANCIA, Arthur J.; et al. Managerial accounting. 9. ed. Houston Dame, FIGUEIREDO, Sandra; CAGGIANO, Paulo César. Controladoria: teoria e prática. 2. ed. São Paulo: Atlas, IUDÍCIBUS, Sérgio de. Contabilidade gerencial. 6. ed. São Paulo: Atlas, MARION, José Carlos. Contabilidade Básica. São Paulo: Altas, MIOTTO, Neivandra, LOZECKYI, Jefferson. A importância da contabilidade na tomada de decisão nas empresas. Disponível em: <http://web03.unicentro.br/especializacao/a importância da contabilidade na tomada de decisão nas empresas>. Acesso em: 05. de agost MOSIMANN, Clara Pellegrinello; FISCH Silvio. Controladoria: seu papel na administração. 2. ed. São Paulo: Atlas, OLIVEIRA, Djalma de Pinho Rebouças de. Sistemas de informação gerenciais: estratégias, táticas, operacionais. 8. ed. São Paulo: Atlas, PADOVEZE, Clóvis Luís. Contabilidade gerencial: um enfoque em sistema de informação contábil. 5. ed. São Paulo: Atlas, Sistemas de informações contábeis: fundamentos e análise. 5. ed. São Paulo: Atlas,

10 ROSS, Stephen A.; WESTERFIELD, Randolph W.; JAFFE, Jeffrey F. Administração financeira: corporate finance. Tradução Antônio Zoratto Sanvicente. São Paulo: Atlas, SANTOS, Elisangela Fernandes dos. A importância da contabilidade como instrumento de apoio a gestão de micro e pequenas empresas. Disponível em: <http://www.contabeis.ufba.br/artigos/artigo3.doc>. Acesso em: 27. de set SILVA, Alexandre Alcantara da. Estrutura, Análise e Interpretação das demonstrações Contábeis. São Paulo: Atlas, SWIFT, R.S., Acelerating Customer Relationships: Using CRM and Relationship. technologies. Prentice Hall.2001 ZDANOWICZ, José Eduardo. Fluxo de caixa: Uma decisão de planejamento e controle financeiro. 10. ed. Porto Alegre, Sagra Luzzatto,

A CONTABILIDADE E SUA IMPORTÂNCIA PARA UM GRUPO DE EMPRESAS COMERCIAIS 1

A CONTABILIDADE E SUA IMPORTÂNCIA PARA UM GRUPO DE EMPRESAS COMERCIAIS 1 A CONTABILIDADE E SUA IMPORTÂNCIA PARA UM GRUPO DE EMPRESAS COMERCIAIS 1 SILVA, Cleusa Pereira da 2 ; FELICE, Luciana Maria Vizzotto 4 ; LORENZETT, Daniel Benitti 3 ; VIERO, Claudinei 4 1 Trabalho de Pesquisa

Leia mais

O Uso do Sistema de Informação Contábil como Ferramenta para a Tomada de Decisão nas Empresas da Região de Contagem - Minas Gerais.

O Uso do Sistema de Informação Contábil como Ferramenta para a Tomada de Decisão nas Empresas da Região de Contagem - Minas Gerais. O Uso do Sistema de Informação Contábil como Ferramenta para a Tomada de Decisão nas Empresas da Região de Contagem - Minas Gerais. Elaine Raquel Fernandes carlosadm@bol.com.br SENAC Flávia Cristina Pereira

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DA CONTABILIDADE GERENCIAL NA GESTÃO EMPRESARIAL

A IMPORTÂNCIA DA CONTABILIDADE GERENCIAL NA GESTÃO EMPRESARIAL A IMPORTÂNCIA DA CONTABILIDADE GERENCIAL NA GESTÃO EMPRESARIAL Aldemar Dias de Almeida Filho Discente do 4º ano do Curso de Ciências Contábeis Faculdades Integradas de Três Lagoas AEMS Élica Cristina da

Leia mais

CONTROLADORIA NO SUPORTE A GESTÃO EMPRESARIAL

CONTROLADORIA NO SUPORTE A GESTÃO EMPRESARIAL CONTROLADORIA NO SUPORTE A GESTÃO EMPRESARIAL Cristiane de Oliveira 1 Letícia Santos Lima 2 Resumo O objetivo desse estudo consiste em apresentar uma base conceitual em que se fundamenta a Controladoria.

Leia mais

USO DA CONTABILIDADE DE GESTÃO NAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS DE DOURADOS-MS

USO DA CONTABILIDADE DE GESTÃO NAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS DE DOURADOS-MS VIII CIAEC 046 USO DA CONTABILIDADE DE GESTÃO NAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS DE DOURADOS-MS Luciana Crispim de Souza Universidade Federal da Grande Dourados (Brasil) Antonio Carlos Vaz Lopes Universidade

Leia mais

A Controladoria no Processo de Gestão. Clóvis Luís Padoveze

A Controladoria no Processo de Gestão. Clóvis Luís Padoveze 1 A Controladoria no Processo de Gestão Clóvis Luís Padoveze Cascavel - 21.10.2003 2 1. Controladoria 2. Processo de Gestão 3. A Controladoria no Processo de Gestão 3 Visão da Ciência da Controladoria

Leia mais

A RELEVÂNCIA DA CONTABILIDADE GERENCIAL NA GESTÃO EMPRESARIAL

A RELEVÂNCIA DA CONTABILIDADE GERENCIAL NA GESTÃO EMPRESARIAL 1 A RELEVÂNCIA DA CONTABILIDADE GERENCIAL NA GESTÃO EMPRESARIAL Daniele Carvalho de Almeida Discente do 4º ano do Curso de Ciências Contábeis das Faculdades Integradas de Três Lagoas. Maielen Cristina

Leia mais

FLUXO DE CAIXA COMO FERRAMENTA DE GESTÃO FINANCEIRA PARA MICROEMPRESA

FLUXO DE CAIXA COMO FERRAMENTA DE GESTÃO FINANCEIRA PARA MICROEMPRESA FLUXO DE CAIXA COMO FERRAMENTA DE GESTÃO FINANCEIRA PARA MICROEMPRESA Laércio Dahmer 1 Vandersézar Casturino2 Resumo O atual mercado competitivo tem evidenciado as dificuldades financeiras da microempresa.

Leia mais

Faculdades Integradas Teresa D Ávila

Faculdades Integradas Teresa D Ávila Faculdades Integradas Teresa D Ávila CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Reconhecido pela Portaria Ministerial nº. 4.571 de 28/12/05 e publicado no DOU em 29/12/05. Componente Curricular: Gerencial Carga-horária: 80

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE MINAS GERAIS Programa de Graduação em Ciências Contábeis com Ênfase em Controladoria

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE MINAS GERAIS Programa de Graduação em Ciências Contábeis com Ênfase em Controladoria PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE MINAS GERAIS Programa de Graduação em Ciências Contábeis com Ênfase em Controladoria Aline Fernanda de Oliveira Castro Michelle de Lourdes Santos A IMPORTÂNCIA DA CONTABILIDADE

Leia mais

CAPÍTULO 1 - CONTABILIDADE E GESTÃO EMPRESARIAL A CONTROLADORIA

CAPÍTULO 1 - CONTABILIDADE E GESTÃO EMPRESARIAL A CONTROLADORIA CAPÍTULO 1 - CONTABILIDADE E GESTÃO EMPRESARIAL A CONTROLADORIA Constata-se que o novo arranjo da economia mundial provocado pelo processo de globalização tem afetado as empresas a fim de disponibilizar

Leia mais

BREVE INTRODUÇÃO AOS CONCEITOS CONTÁBEIS E DE ANÁLISE DAS DEMONSTRAÇÕES

BREVE INTRODUÇÃO AOS CONCEITOS CONTÁBEIS E DE ANÁLISE DAS DEMONSTRAÇÕES BREVE INTRODUÇÃO AOS CONCEITOS CONTÁBEIS E DE ANÁLISE DAS DEMONSTRAÇÕES BALANÇO PATRIMONIAL: é a representação quantitativa do patrimônio de uma entidade. REPRESENTAÇÃO GRÁFICA DO BALANÇO PATRIMONIAL ATIVO

Leia mais

UNIVERSIDADE DO EXTREMO SUL CATARINENSE UNESC CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS LUIZ PAULO RONCHI FREITAS

UNIVERSIDADE DO EXTREMO SUL CATARINENSE UNESC CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS LUIZ PAULO RONCHI FREITAS 0 UNIVERSIDADE DO EXTREMO SUL CATARINENSE UNESC CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS LUIZ PAULO RONCHI FREITAS AS FUNÇÕES DA CONTROLADORIA E O PERFIL DO CONTROLLER NAS EMPRESAS INTEGRANTES DOS PRINCIPAIS

Leia mais

Caracterização da Contabilidade Gerencial

Caracterização da Contabilidade Gerencial Introdução à Contabilidade Gerencial Caracterização da Contabilidade Gerencial Caracteriza-se Contabilidade Gerencial o segmento da ciência contábil que congrega o conjunto de informações necessárias à

Leia mais

Fernando Ferreira Dias Filho Leila de Fátima Sales

Fernando Ferreira Dias Filho Leila de Fátima Sales O orçamento como instrumento contábil de controle e apoio à gestão das organizações modernas: um estudo com concessionárias de veículos leves de Belo Horizonte Fernando Ferreira Dias Filho Leila de Fátima

Leia mais

Carga Horária: Total: 60 horas/aula Semanal: 04 aulas Créditos: 04 Modalidade: Teórica Classificação do Conteúdo pelas DCN: Formação Profissional

Carga Horária: Total: 60 horas/aula Semanal: 04 aulas Créditos: 04 Modalidade: Teórica Classificação do Conteúdo pelas DCN: Formação Profissional DISCIPLINA: Contabilidade Gerencial CÓDIGO: 2ADM.0 VALIDADE: a partir de agosto de 200 TÉRMINO: Carga Horária: Total: 60 horas/aula Semanal: aulas Créditos: Modalidade: Teórica Classificação do Conteúdo

Leia mais

Estratégias em Tecnologia da Informação

Estratégias em Tecnologia da Informação Estratégias em Tecnologia da Informação Capítulo 6 Sistemas de Informações Estratégicas Sistemas integrados e sistemas legados Sistemas de Gerenciamento de Banco de Dados Material de apoio 2 Esclarecimentos

Leia mais

Demonstrações Contábeis

Demonstrações Contábeis Demonstrações Contábeis Resumo Demonstrações contábeis são informações e dados que as empresas oferecem ao fim de cada exercício, com a finalidade de mostrar aos acionistas, ao governo e todos os interessados,

Leia mais

Resumo Aula-tema 04: Dinâmica Funcional

Resumo Aula-tema 04: Dinâmica Funcional Resumo Aula-tema 04: Dinâmica Funcional O tamanho que a micro ou pequena empresa assumirá, dentro, é claro, dos limites legais de faturamento estipulados pela legislação para um ME ou EPP, dependerá do

Leia mais

A contabilidade gerencial e a gestão de valor nas empresas

A contabilidade gerencial e a gestão de valor nas empresas A contabilidade gerencial e a gestão de valor nas empresas Prof. Mestre Renato silva 1 Resumo: Este artigo tem o propósito de apresentar a importância da contabilidade gerencial no contexto da geração

Leia mais

ANÁLISE DAS FERRAMENTAS DE CONTROLE GERENCIAL PARA MELHORIA DA PERFORMANCE EMPRESARIAL. Prof. Elias Garcia egarcia@unioeste.br

ANÁLISE DAS FERRAMENTAS DE CONTROLE GERENCIAL PARA MELHORIA DA PERFORMANCE EMPRESARIAL. Prof. Elias Garcia egarcia@unioeste.br ANÁLISE DAS FERRAMENTAS DE CONTROLE GERENCIAL PARA MELHORIA DA PERFORMANCE EMPRESARIAL Prof. Elias Garcia egarcia@unioeste.br Prof. Elias Garcia Bacharel em Ciências Contábeis 1988 Especialização em Contabilidade

Leia mais

CONTROLADORIA: UM MECANISMO DE AUXILIO A AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO E A TOMADA DE DECISÃO 1 RESUMO

CONTROLADORIA: UM MECANISMO DE AUXILIO A AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO E A TOMADA DE DECISÃO 1 RESUMO CONTROLADORIA: UM MECANISMO DE AUXILIO A AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO E A TOMADA DE DECISÃO 1 GELAIN, Anna Júlia Lorenzzon 2 ; LORENZETT, Daniel Benitti 3 ; GODOY, Taís Pentiado 4 ; LOSEKANN, Andresa Girardi

Leia mais

Ementa do MBA Executivo em Gestão Empresarial com ênfase em Locação de Equipamento Turma: SINDILEQ

Ementa do MBA Executivo em Gestão Empresarial com ênfase em Locação de Equipamento Turma: SINDILEQ Um jeito Diferente, Inovador e Prático de fazer Educação Corporativa Ementa do MBA Executivo em Gestão Empresarial com ênfase em Locação de Equipamento Turma: SINDILEQ Objetivo: Auxiliar o desenvolvimento

Leia mais

INTRODUÇÃO À ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA 1.1

INTRODUÇÃO À ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA 1.1 1.0 INTRODUÇÃO À ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA 1.1 1.2 ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA Qual o objetivo das empresas para a administração financeira? Maximizar valor de mercado da empresa; Aumentar a riqueza dos acionistas.

Leia mais

EXISTE DE FATO UMA CONTABILIDADE GERENCIAL?

EXISTE DE FATO UMA CONTABILIDADE GERENCIAL? EXISTE DE FATO UMA CONTABILIDADE GERENCIAL? Carlos Werner dos Santos 1 Geraldo José Pinheiro 1 José Fermo 1 Luís Roberto Silva Cunha 1 1 Agentes de Tributos Estaduais SEFAZ/ES Mestrandos em Ciências Contábeis

Leia mais

PLANEJAMENTO FINANCEIRO COMO FERRAMENTA GERENCIAL: um estudo sobre as pequenas e médias indústrias automobilísticas de Taubaté

PLANEJAMENTO FINANCEIRO COMO FERRAMENTA GERENCIAL: um estudo sobre as pequenas e médias indústrias automobilísticas de Taubaté PLANEJAMENTO FINANCEIRO COMO FERRAMENTA GERENCIAL: um estudo sobre as pequenas e médias indústrias automobilísticas de Taubaté Ailton da Silva, Paulo César Ribeiro Quintairos, Edson Aparecida de Araújo

Leia mais

TÍTULO: A IMPORTANCIA DA GESTÃO DO FLUXO DE CAIXA NAS EMPRESAS PARA AS TOMADA DE DECISÕES

TÍTULO: A IMPORTANCIA DA GESTÃO DO FLUXO DE CAIXA NAS EMPRESAS PARA AS TOMADA DE DECISÕES TÍTULO: A IMPORTANCIA DA GESTÃO DO FLUXO DE CAIXA NAS EMPRESAS PARA AS TOMADA DE DECISÕES CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA: CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS SUBÁREA: CIÊNCIAS SOCIAIS INSTITUIÇÃO: FACULDADE DE JAGUARIÚNA

Leia mais

PLANO DE ENSINO 2009 Médio Profissionalizante ( ) Profissionalizante ( ) Série / Ano 2009 Carga Horária Semanal: 4h Semestral: 80h Anual:

PLANO DE ENSINO 2009 Médio Profissionalizante ( ) Profissionalizante ( ) Série / Ano 2009 Carga Horária Semanal: 4h Semestral: 80h Anual: 1 Fundamental I ( ) Fundamental II ( ) Médio ( ) PLANO DE ENSINO 2009 Médio Profissionalizante ( ) Profissionalizante ( ) Graduação ( x ) Pós-graduação ( ) I. Dados Identificadores Curso Ciências Contábeis

Leia mais

INDICADORES DE RENTABILIDADE: UMA ANÁLISE ECONOMICO FINANCEIRA SOBRE AS DEMONSTRAÇÕES CONTABEIS DA INDÚSTRIA ROMIA S/A

INDICADORES DE RENTABILIDADE: UMA ANÁLISE ECONOMICO FINANCEIRA SOBRE AS DEMONSTRAÇÕES CONTABEIS DA INDÚSTRIA ROMIA S/A INDICADORES DE RENTABILIDADE: UMA ANÁLISE ECONOMICO FINANCEIRA SOBRE AS DEMONSTRAÇÕES CONTABEIS DA INDÚSTRIA ROMIA S/A AUTOR ANTONIA TASSILA FARIAS DE ARAÚJO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ RESUMO O presente

Leia mais

1. INTRODUÇÃO SISTEMA INTEGRADO DE CONTABILIDADE

1. INTRODUÇÃO SISTEMA INTEGRADO DE CONTABILIDADE 1. INTRODUÇÃO A contabilidade foi aos poucos se transformando em um importante instrumento para se manter um controle sobre o patrimônio da empresa e prestar contas e informações sobre gastos e lucros

Leia mais

Líder em consultoria no agronegócio

Líder em consultoria no agronegócio MPRADO COOPERATIVAS mprado.com.br COOPERATIVAS 15 ANOS 70 Consultores 25 Estados 300 cidade s 500 clientes Líder em consultoria no agronegócio 2. Finanças 2.1 Orçamento anual integrado Objetivo: Melhorar

Leia mais

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Reconhecimento Renovado pela Portaria MEC nº 264 de 14.07.11, DOU de 19.07.11

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Reconhecimento Renovado pela Portaria MEC nº 264 de 14.07.11, DOU de 19.07.11 CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Reconhecimento Renovado pela Portaria MEC nº 264 de 14.07.11, DOU de 19.07.11 Componente Curricular: ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA ORÇAMENTÁRIA I Código: ADM 353 Pré-Requisito: Contabilidade

Leia mais

CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Autorizado pela Portaria nº 1.393 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 Componente Curricular: CONTROLADORIA PLANO DE CURSO

CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Autorizado pela Portaria nº 1.393 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 Componente Curricular: CONTROLADORIA PLANO DE CURSO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Autorizado pela Portaria nº 1.393 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 Componente Curricular: CONTROLADORIA Código: CTB-404 Pré-requisito: ------- Período Letivo: 2013.1 Professor: ROMAR

Leia mais

ANÁLISE DOS DEMONSTRATIVOS CONTÁBEIS ÍNDICES DE LIQUIDEZ 1 Jane do Socorro do Rosário Ventura 2

ANÁLISE DOS DEMONSTRATIVOS CONTÁBEIS ÍNDICES DE LIQUIDEZ 1 Jane do Socorro do Rosário Ventura 2 1 ANÁLISE DOS DEMONSTRATIVOS CONTÁBEIS ÍNDICES DE LIQUIDEZ 1 Jane do Socorro do Rosário Ventura 2 RESUMO Os índices de liquidez visam fornecer um indicador da capacidade da empresa de pagar suas dívidas,

Leia mais

ADMNINISTRAÇÃO FINANCEIRA: a importância de se controlar as finanças de uma empresa.

ADMNINISTRAÇÃO FINANCEIRA: a importância de se controlar as finanças de uma empresa. Helton Vieira ADMNINISTRAÇÃO FINANCEIRA: a importância de se controlar as finanças de uma empresa. Trabalho apresentado ao curso de Administração de Empresas do Centro Universitário Newton Paiva, na disciplina

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE MINAS GERAIS

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE MINAS GERAIS 1 PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE MINAS GERAIS Instituto de Ciências Econômicas e Gerencias Curso de Ciências Contábeis Controladoria em Agronegócios ANÁLISE COMPARATIVA DO CUSTEIO POR ABSORÇÃO E DO

Leia mais

O EFEITO DE DIFERENTES CRITÉRIOS DE DEPRECIAÇÃO DE ATIVOS OPERACIONAIS NA ANÁLISE DO FLUXO DE CAIXA GERADO POR UM PROJETO

O EFEITO DE DIFERENTES CRITÉRIOS DE DEPRECIAÇÃO DE ATIVOS OPERACIONAIS NA ANÁLISE DO FLUXO DE CAIXA GERADO POR UM PROJETO O EFEITO DE DIFERENTES CRITÉRIOS DE DEPRECIAÇÃO DE ATIVOS OPERACIONAIS NA ANÁLISE DO FLUXO DE CAIXA GERADO POR UM PROJETO Ricardo Zerinto Martins 1, Paulo César Ribeiro Quintairos 2 1 Mestrando em Gestão

Leia mais

DEMONSTRAÇÃO DO FLUXO DE CAIXA: UM INSTRUMENTO AO PROCESSO DECISÓRIO

DEMONSTRAÇÃO DO FLUXO DE CAIXA: UM INSTRUMENTO AO PROCESSO DECISÓRIO DEMONSTRAÇÃO DO FLUXO DE CAIXA: UM INSTRUMENTO AO PROCESSO DECISÓRIO Priscila Rubbo 1 Paulo Roberto Pegoraro 2 Resumo: O demonstrativo do fluxo de caixa tem como finalidade a projeção das entradas e saídas

Leia mais

A UTILIZAÇÃO DA CONTABILIDADE GERENCIAL NAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS DE PRESIDENTE PRUDENTE SP

A UTILIZAÇÃO DA CONTABILIDADE GERENCIAL NAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS DE PRESIDENTE PRUDENTE SP Encontro de Ensino, Pesquisa e Extensão, Presidente Prudente, 22 a 25 de outubro, 2012 392 A UTILIZAÇÃO DA CONTABILIDADE GERENCIAL NAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS DE PRESIDENTE PRUDENTE SP Débora Regina

Leia mais

ANÁLISE DA DEMONSTRAÇÃO DOS FLUXOS DE CAIXA (DFC) DAS EMPRESAS DE PAPEL E CELULOSE POR MEIO DE INDICADORES

ANÁLISE DA DEMONSTRAÇÃO DOS FLUXOS DE CAIXA (DFC) DAS EMPRESAS DE PAPEL E CELULOSE POR MEIO DE INDICADORES ANÁLISE DA DEMONSTRAÇÃO DOS FLUXOS DE CAIXA (DFC) DAS EMPRESAS DE PAPEL E CELULOSE POR MEIO DE INDICADORES RESUMO O presente estudo aborda a importância da DFC para a organização, pois além de ser uma

Leia mais

CONTRIBUIÇÕES DAS DISCIPLINAS DE CONTABILIDADE NA FORMAÇÃO DO GRADUANDO EM ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS

CONTRIBUIÇÕES DAS DISCIPLINAS DE CONTABILIDADE NA FORMAÇÃO DO GRADUANDO EM ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS 6.00.00.00-7 CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS 6.02.00.00-6 ADMINISTRAÇÃO CONTRIBUIÇÕES DAS DISCIPLINAS DE CONTABILIDADE NA FORMAÇÃO DO GRADUANDO EM ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS ADONILTON ALMEIDA DE SOUZA Curso

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DA GESTÃO DE CUSTOS NA ELABORAÇÃO DO PREÇO DE VENDA

A IMPORTÂNCIA DA GESTÃO DE CUSTOS NA ELABORAÇÃO DO PREÇO DE VENDA 553 A IMPORTÂNCIA DA GESTÃO DE CUSTOS NA ELABORAÇÃO DO PREÇO DE VENDA Irene Caires da Silva 1, Tamires Fernanda Costa de Jesus, Tiago Pinheiro 1 Docente da Universidade do Oeste Paulista UNOESTE. 2 Discente

Leia mais

PROJETO UTILIZANDO QLIKVIEW PARA ESTUDO / SIMULAÇÃO DE INDICADORES

PROJETO UTILIZANDO QLIKVIEW PARA ESTUDO / SIMULAÇÃO DE INDICADORES PROJETO UTILIZANDO QLIKVIEW PARA ESTUDO / SIMULAÇÃO DE INDICADORES Fábio S. de Oliveira 1 Daniel Murara Barcia 2 RESUMO Gerenciar informações tem um sido um grande desafio para as empresas diante da competitividade

Leia mais

ANÁLISE DE INDICADORES ECONÔMICO-FINANCEIROS PARA FINS DE TOMADA DE DECISÕES: UM ESTUDO DE CASO NA EMPRESA NATURA COSMÉTICOS S/A

ANÁLISE DE INDICADORES ECONÔMICO-FINANCEIROS PARA FINS DE TOMADA DE DECISÕES: UM ESTUDO DE CASO NA EMPRESA NATURA COSMÉTICOS S/A ANÁLISE DE INDICADORES ECONÔMICO-FINANCEIROS PARA FINS DE TOMADA DE DECISÕES: UM ESTUDO DE CASO NA EMPRESA NATURA COSMÉTICOS S/A José Jonas Alves Correia 4, Jucilene da Silva Ferreira¹, Cícera Edna da

Leia mais

Contadores. Empresários. Empresários. Empresários. GRÁFICO 5: Freqüência com que o contador visita as empresas

Contadores. Empresários. Empresários. Empresários. GRÁFICO 5: Freqüência com que o contador visita as empresas IV Ciclo de Estudos Contábeis UM ESTUDO DA IMAGEM DO CONTADOR NO MUNICÍPIO DE ITAPIRANGA-SC LEONEIDE ERHART RECKZIEGEL Bacharel em Ciências Contábeis; Pós-Graduanda em Controladoria. CARMEM HAAB LUTTE

Leia mais

Implementação rápida do modelo Balanced Scorecard (BSC) nas empresas de seguros

Implementação rápida do modelo Balanced Scorecard (BSC) nas empresas de seguros Implementação rápida do modelo Balanced Scorecard (BSC) nas empresas de seguros Uma evolução nos sistemas de controle gerencial e de planejamento estratégico Francisco Galiza Roteiro Básico 1 SUMÁRIO:

Leia mais

OBRIGATORIEDADE DA EVIDENCIAÇÃO DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS

OBRIGATORIEDADE DA EVIDENCIAÇÃO DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS OBRIGATORIEDADE DA EVIDENCIAÇÃO DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS Marivane Orsolin 1 ; Marlene Fiorentin 2 ; Odir Luiz Fank Palavras-chave: Lei nº 11.638/2007. Balanço patrimonial. Demonstração do resultado

Leia mais

Estudo de Caso sobre o Planejamento Financeiro de uma Empresa Têxtil do Agreste Pernambucano

Estudo de Caso sobre o Planejamento Financeiro de uma Empresa Têxtil do Agreste Pernambucano Universidade Federal de Pernambuco Centro de Ciências Sociais Aplicadas Departamento de Ciências Administrativas Mestrado Profissional em Administração Relatório Executivo Estudo de Caso sobre o Planejamento

Leia mais

Discente da Universidade do Oeste Paulista UNOESTE. Docente do Curso de Ciências Contábeis da UNOESTE. E mail: irene@unoeste.br

Discente da Universidade do Oeste Paulista UNOESTE. Docente do Curso de Ciências Contábeis da UNOESTE. E mail: irene@unoeste.br Encontro de Ensino, Pesquisa e Extensão, Presidente Prudente, 22 a 25 de outubro, 2012 425 FORMAÇÃO DO PREÇO DE VENDA NA MICRO E PEQUENA EMPRESA Cassia de Matos Ramos 1, Dayane Cristina da Silva 1, Nathana

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DA CONTABILIDADE GERENCIAL PARA O CURSO DE ADMINISTRAÇÃO NA CIDADE DE SÃO PAULO

A IMPORTÂNCIA DA CONTABILIDADE GERENCIAL PARA O CURSO DE ADMINISTRAÇÃO NA CIDADE DE SÃO PAULO XXVIENANGRAD A IMPORTÂNCIA DA CONTABILIDADE GERENCIAL PARA O CURSO DE ADMINISTRAÇÃO NA CIDADE DE SÃO PAULO Tatiana Regis Fernandes Edineide Maria de Oliveira Terezinha de Jesus N. Guidon Coelho José Emilio

Leia mais

Tecnólogo. Portfólio Easy to Learn. em gestão FINANCEIRA

Tecnólogo. Portfólio Easy to Learn. em gestão FINANCEIRA Tecnólogo Portfólio Easy to Learn em gestão FINANCEIRA ÍNDICE Introdução à Gestão Empresarial...2 Fundamentos de Sistemas de Informação...2 Gerenciamento de Projetos...2 Empreendedorismo...2 Fundamentos

Leia mais

PLANO DE ENSINO 2009

PLANO DE ENSINO 2009 PLANO DE ENSINO 2009 Fundamental I ( ) Fundamental II ( ) Médio ( ) Médio Profissionalizante ( ) Profissionalizante ( ) Graduação ( X ) Pós-graduação ( ) I. Dados Identificadores Curso Administração Geral

Leia mais

Balanced Scorecard BSC. O que não é medido não é gerenciado. Medir é importante? Também não se pode medir o que não se descreve.

Balanced Scorecard BSC. O que não é medido não é gerenciado. Medir é importante? Também não se pode medir o que não se descreve. Balanced Scorecard BSC 1 2 A metodologia (Mapas Estratégicos e Balanced Scorecard BSC) foi criada por professores de Harvard no início da década de 90, e é amplamente difundida e aplicada com sucesso em

Leia mais

FORMAÇÃO DO PREÇO DE VENDA: UMA ANÁLISE DO SETOR DE MATERIAL DE CONSTRUÇÃO

FORMAÇÃO DO PREÇO DE VENDA: UMA ANÁLISE DO SETOR DE MATERIAL DE CONSTRUÇÃO FORMAÇÃO DO PREÇO DE VENDA: UMA ANÁLISE DO SETOR DE MATERIAL DE CONSTRUÇÃO Leandro Azevedo Da Silva Rosadas Marcelo Alvaro Da Silva Macedo Resumo: A questão da formação do preço de venda de produtos e

Leia mais

Curso de pós Graduação em Auditoria Fiscal e Contábil

Curso de pós Graduação em Auditoria Fiscal e Contábil IBRACON Instituto dos Auditores do Brasil 6 Regional UCS Universidade de Caxias do Sul -Campus Universitário de Bento Gonçalves Curso de pós Graduação em Auditoria Fiscal e Contábil Aula Inaugural tema:a

Leia mais

PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS. (Resumido)

PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS. (Resumido) FACULDADE DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS E ADMINISTRATIVAS DE CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM ES Curso de Administração reconhecido pelo Decreto Federal nº 78.951, publicado no D.O.U. de 16-12-1976 Curso de Ciências Contábeis

Leia mais

A Importância do Plano Financeiro no Plano de Negócios

A Importância do Plano Financeiro no Plano de Negócios A Importância do Plano Financeiro no Plano de Negócios Vanessa da Silva Sidônio vanessa_sidonio@hotmail.com Professor Heber Lavor Moreira heber@peritocontador.com.br Trabalho da Disciplina Administração

Leia mais

A IMPORTÃNCIA DO CAPITAL DE GIRO E ALGUMAS SOLUÇÕES PARA O PROBLEMA DE CAPITAL DE GIRO

A IMPORTÃNCIA DO CAPITAL DE GIRO E ALGUMAS SOLUÇÕES PARA O PROBLEMA DE CAPITAL DE GIRO A IMPORTÃNCIA DO CAPITAL DE GIRO E ALGUMAS SOLUÇÕES PARA O PROBLEMA DE CAPITAL DE GIRO Este artigo cientifico, apresenta de maneira geral e simplificada, a importância do capital de giro para as empresas,

Leia mais

PALAVRAS-CHAVE: Controle Contábil e Financeiro, Desenvolvimento Empresarial, Associação Paraibana da Beleza.

PALAVRAS-CHAVE: Controle Contábil e Financeiro, Desenvolvimento Empresarial, Associação Paraibana da Beleza. 7CCSADFCOUT1 CONTROLE FINANCEIRO: UMA FERRAMENTA PARA O DESENVOLVIMENTO EMPRESARIAL DOS SALÕES DA ASSOCIAÇÃO PARAIBANA DA BELEZA Jannielly Krystianne Laurentino dos Santos (1) ; Luzivalda Guedes Damascena

Leia mais

8º Congresso de Pós-Graduação PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO E OPERACIONAL PARA MICRO E PEQUENAS EMPRESAS

8º Congresso de Pós-Graduação PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO E OPERACIONAL PARA MICRO E PEQUENAS EMPRESAS 8º Congresso de Pós-Graduação PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO E OPERACIONAL PARA MICRO E PEQUENAS EMPRESAS Autor(es) CLAUDIO JAIR DE ALMEIDA Orientador(es) CLÓVIS LUIS PADOVEZE 1. Introdução Boa parte da literatura

Leia mais

CIÊNCIAS CONTÁBEIS. A importância da profissão contábil para o mundo dos negócios

CIÊNCIAS CONTÁBEIS. A importância da profissão contábil para o mundo dos negócios CIÊNCIAS CONTÁBEIS A importância da profissão contábil para o mundo dos negócios A Contabilidade é a linguagem internacional dos negócios. A Contabilidade é, também, a Ciência que registra a riqueza das

Leia mais

A utilização da contabilidade gerencial: um estudo em micro e pequenas empresas

A utilização da contabilidade gerencial: um estudo em micro e pequenas empresas A utilização da contabilidade gerencial: um estudo em micro e pequenas empresas Anderson Catapan Ana Carolina Teixeira Cortes ** Patrícia Baptista de Souza *** Rosângela Moreira dos Santos **** Vanessa

Leia mais

AS FRONTEIRAS EXISTENTES ENTRE A CONTABILIDADE FINANCEIRA E CONTABILIDADE GERENCIAL

AS FRONTEIRAS EXISTENTES ENTRE A CONTABILIDADE FINANCEIRA E CONTABILIDADE GERENCIAL 4 AS FRONTEIRAS EXISTENTES ENTRE A CONTABILIDADE FINANCEIRA E CONTABILIDADE GERENCIAL *Aline de Oliveira Cardoso **Aline Fernanda de Lima RESUMO Este trabalho apresenta o conceito de contabilidade financeira

Leia mais

APLICABILIDADE DA CONTABILIDADE GERENCIAL COMO FERRAMENTA DE GESTÃO PARA TOMADA DE DECISÕES NAS INDÚSTRIAS ASSOCIADAS À ACIP DE PINHALZINHO/SC

APLICABILIDADE DA CONTABILIDADE GERENCIAL COMO FERRAMENTA DE GESTÃO PARA TOMADA DE DECISÕES NAS INDÚSTRIAS ASSOCIADAS À ACIP DE PINHALZINHO/SC VIII CIAEC 043 APLICABILIDADE DA CONTABILIDADE GERENCIAL COMO FERRAMENTA DE GESTÃO PARA TOMADA DE DECISÕES NAS INDÚSTRIAS ASSOCIADAS À ACIP DE PINHALZINHO/SC Alex Fabiano Bertollo Santana Centro Universitário

Leia mais

UTILIZANDO O BALANCED SCORECARD PARA GERENCIAR PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS. JOSÉILTON SILVEIRA DA ROCHA MS.c 1 PAULO MAURICIO SELIG Dr.

UTILIZANDO O BALANCED SCORECARD PARA GERENCIAR PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS. JOSÉILTON SILVEIRA DA ROCHA MS.c 1 PAULO MAURICIO SELIG Dr. UTILIZANDO O BALANCED SCORECARD PARA GERENCIAR PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS. JOSÉILTON SILVEIRA DA ROCHA MS.c 1 PAULO MAURICIO SELIG Dr. 1 UFBA UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA JSROCHA@EPS.UFSC.BR UFSC UNIVERSIDADE

Leia mais

1- Objetivo: Avaliar os conhecimentos adquiridos durante o auto treinamento de Governança de TI com as práticas da ITIL e Cobit.

1- Objetivo: Avaliar os conhecimentos adquiridos durante o auto treinamento de Governança de TI com as práticas da ITIL e Cobit. 1- Objetivo: Avaliar os conhecimentos adquiridos durante o auto treinamento de Governança de TI com as práticas da ITIL e Cobit. 2 Regras e Instruções: Antes de começar a fazer a avaliação leia as instruções

Leia mais

Palavras-chave: Informação Contábil. Relatórios Contábeis. Tomada de Decisão.

Palavras-chave: Informação Contábil. Relatórios Contábeis. Tomada de Decisão. As contribuições da contabilidade e dos relatórios contábeis na tomada de decisões gerenciais em empresas do ramo de comércio varejista de petróleos e óleos lubrificantes no Circuito da Estrada Real/MG.

Leia mais

Administrando o Fluxo de Caixa

Administrando o Fluxo de Caixa Administrando o Fluxo de Caixa O contexto econômico do momento interfere no cotidiano das empresas, independente do seu tamanho mercadológico e, principalmente nas questões que afetam diretamente o Fluxo

Leia mais

RESOLUÇÃO CONSEPE 06/2000

RESOLUÇÃO CONSEPE 06/2000 RESOLUÇÃO CONSEPE 06/2000 CRIA O CURSO SUPERIOR DE COMPLEMENTAÇÃO DE ESTUDOS, COM DESTINAÇÃO COLETIVA, EM CONTROLADORIA E ORÇAMENTO, NO CCSJA, DO CÂMPUS DE BRAGANÇA PAULISTA. O Presidente do Conselho de

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DOS SISTEMAS DE INFORMAÇÃO CONTÁBIL COMO FONTE DE TOMADA DE DECISÕES GERENCIAS

A IMPORTÂNCIA DOS SISTEMAS DE INFORMAÇÃO CONTÁBIL COMO FONTE DE TOMADA DE DECISÕES GERENCIAS A IMPORTÂNCIA DOS SISTEMAS DE INFORMAÇÃO CONTÁBIL COMO FONTE DE TOMADA DE DECISÕES GERENCIAS Linha de pesquisa: Sistema de informação gerencial Pâmela Adrielle da Silva Reis Graduanda do Curso de Ciências

Leia mais

Planejamento e Controle do Lucro

Planejamento e Controle do Lucro Planejamento e Controle do Lucro Prof.ª Dariane R. Fraga Castanheira www.fia.com.br/proced darianer@fia.com.br Prof. Dariane Castanheira 1 Planejamento e Controle Financeiro Objetivo Apresentar os conceitos

Leia mais

PRÁTICAS DE GESTÃO FINANCEIRA PARA AS EMPRESAS DE PEQUENO E MÉDIO PORTE COMO FERRAMENTAS DE GESTÃO RESUMO

PRÁTICAS DE GESTÃO FINANCEIRA PARA AS EMPRESAS DE PEQUENO E MÉDIO PORTE COMO FERRAMENTAS DE GESTÃO RESUMO 1 PRÁTICAS DE GESTÃO FINANCEIRA PARA AS EMPRESAS DE PEQUENO E MÉDIO PORTE COMO FERRAMENTAS DE GESTÃO Bieger, Marlene; Scaramussa, Sadi Alberto Instituição: Facultad de Ciências Económicas - UNaM Universidad

Leia mais

PERCEPÇÃO DOS EMPRESÁRIOS SOBRE QUALIDADE DOS SERVIÇOS CONTÁBEIS NO MUNICÍPIO DE ENGENHEIRO BELTRÃO-PR

PERCEPÇÃO DOS EMPRESÁRIOS SOBRE QUALIDADE DOS SERVIÇOS CONTÁBEIS NO MUNICÍPIO DE ENGENHEIRO BELTRÃO-PR PERCEPÇÃO DOS EMPRESÁRIOS SOBRE QUALIDADE DOS SERVIÇOS CONTÁBEIS NO MUNICÍPIO DE ENGENHEIRO BELTRÃO-PR Estevan Henrique Cantarero. Ciências Contábeis. UNESPAR Universidade Estadual do Paraná / Campus de

Leia mais

Pós - Graduação Lato Sensu CONTROLADORIA E FINANÇAS. Projeto desenvolvido pela Prof.a. Msc. Cristina Santos Titular do Curso de C.

Pós - Graduação Lato Sensu CONTROLADORIA E FINANÇAS. Projeto desenvolvido pela Prof.a. Msc. Cristina Santos Titular do Curso de C. Pós - Graduação Lato Sensu CONTROLADORIA E FINANÇAS Projeto desenvolvido pela Prof.a. Msc. Cristina Santos Titular do Curso de C. Contábei da FAP Piracanjuba-GO 2014 1 1. APRESENTAÇÃO: Formato: presencial

Leia mais

MBA EM GESTÃO FINANCEIRA: CONTROLADORIA E AUDITORIA Curso de Especialização Pós-Graduação lato sensu

MBA EM GESTÃO FINANCEIRA: CONTROLADORIA E AUDITORIA Curso de Especialização Pós-Graduação lato sensu MBA EM GESTÃO FINANCEIRA: CONTROLADORIA E AUDITORIA Curso de Especialização Pós-Graduação lato sensu Coordenação Acadêmica: Prof. José Carlos Abreu, Dr. 1 OBJETIVO: Objetivos Gerais: Atualizar e aprofundar

Leia mais

AUDITORIA INTERNA DA ATLAS

AUDITORIA INTERNA DA ATLAS AUDITORIA INTERNA DA ATLAS A auditoria interna serve à administração como meio de identificação de que todos os processos internos e políticas definido pela ATLAS, assim como sistemas contábeis e de controle

Leia mais

IMPLANTAÇÃO DA METODOLOGIA BALANCED SCORECARD NAS EMPRESAS INCUBADAS NO

IMPLANTAÇÃO DA METODOLOGIA BALANCED SCORECARD NAS EMPRESAS INCUBADAS NO IMPLANTAÇÃO DA METODOLOGIA BALANCED SCORECARD NAS EMPRESAS INCUBADAS NO MIDILAGES Autores: Msc. Angelo Augusto Frozza Msc. Carlos Eduardo de Liz Gr. Rafael Magnabosco Campo Grande, setembro 2010 Este artigo

Leia mais

1 - Por que a empresa precisa organizar e manter sua contabilidade?

1 - Por que a empresa precisa organizar e manter sua contabilidade? Nas atividades empresariais, a área financeira assume, a cada dia, funções mais amplas de coordenação entre o operacional e as expectativas dos acionistas na busca de resultados com os menores riscos.

Leia mais

UNIVERSIDADE DO VALE DO ITAJAÍ GRASIELA ANA MENDES

UNIVERSIDADE DO VALE DO ITAJAÍ GRASIELA ANA MENDES 0 UNIVERSIDADE DO VALE DO ITAJAÍ GRASIELA ANA MENDES ELABORAÇÃO DE PROPOSTA DE UM FLUXO DE CAIXA PARA A EMPRESA BLUE CAT S COMÉRCIO E CONFECÇÕES E ARTIGOS PARA PRESENTES LTDA ME Biguaçu 2008 1 GRASIELA

Leia mais

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO GERENCIAL

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO GERENCIAL SISTEMAS DE INFORMAÇÃO GERENCIAL 2015 Sabemos que as empresas atualmente utilizam uma variedade muito grande de sistemas de informação. Se você analisar qualquer empresa que conheça, constatará que existem

Leia mais

Módulo 3: O Metódo Balance Scorecard (BSC)

Módulo 3: O Metódo Balance Scorecard (BSC) ENAP Diretoria de Desenvolvimento Gerencial Coordenação Geral de Educação a Distância Gestão da Estratégia com uso do BSC Conteúdo para impressão Módulo 3: O Metódo Balance Scorecard (BSC) Brasília 2014

Leia mais

ANÁLISE DA ESTRUTURA DE LIQUIDEZ PROPOSTA POR FLEURIET: UM ESTUDO DE CASO DA EMPRESA LOCALIZA RENT A CAR

ANÁLISE DA ESTRUTURA DE LIQUIDEZ PROPOSTA POR FLEURIET: UM ESTUDO DE CASO DA EMPRESA LOCALIZA RENT A CAR 0 ANÁLISE DA ESTRUTURA DE LIQUIDEZ PROPOSTA POR FLEURIET: UM ESTUDO DE CASO DA EMPRESA LOCALIZA RENT A CAR Gabriela de Castro Gaudêncio Cassimiro 1 Thiago Moura de Carvalho 2 Rosália Gonçalves Costa Santos

Leia mais

Sistemas de Informação Gerencial SUPPLY CHAIN MANAGEMENT

Sistemas de Informação Gerencial SUPPLY CHAIN MANAGEMENT CIÊNCIAS CONTÁBEIS e ADMINISTRAÇÃO Sistemas de Informação Gerencial SUPPLY CHAIN MANAGEMENT maio/2014 APRESENTAÇÃO Em um ambiente onde a mudança é a única certeza e o número de informações geradas é desmedido,

Leia mais

A CONTABILIDADE COMO FERRAMENTA DE GESTÃO EMPRESARIAL

A CONTABILIDADE COMO FERRAMENTA DE GESTÃO EMPRESARIAL A CONTABILIDADE COMO FERRAMENTA DE GESTÃO EMPRESARIAL Gestão Empresarial Márlio Lúcio Ribeiro Gomes Coorientador: Prof. Evânio de Carvalho Cruz Universidade do Vale do Sapucaí RESUMO Este trabalho tem

Leia mais

Q u al i f i c a ç ã o f o r m al d o s r e s p o n s á v e i s P ó s g r a d u a d o s

Q u al i f i c a ç ã o f o r m al d o s r e s p o n s á v e i s P ó s g r a d u a d o s Justificativa do trabalho As Empresas, com fim lucrativo ou não, enfrentam dificuldades para determinar o preço de seus produtos ou serviços, visto que o preço sofre grande influência do mercado, levando

Leia mais

Gestão Contábil e Financeira nas Pequenas e Médias Empresas PMEs

Gestão Contábil e Financeira nas Pequenas e Médias Empresas PMEs Gestão Contábil e Financeira nas Pequenas e Médias Empresas PMEs. 1 A Contabilidade como Ferramenta de Gestão: Nova Visão Empresarial Benefícios e Vantagens; Parceria do Administrador e do Profissional

Leia mais

Sistemas Integrados de Gestão Empresarial (SIGE)

Sistemas Integrados de Gestão Empresarial (SIGE) Sistemas Integrados de Gestão Empresarial (SIGE) Por José Luís Carneiro - www.jlcarneiro.com - Sistemas de Apoio às Operações Sistemas de Informações Operacionais. Ligados ao aspecto físico-operacional.

Leia mais

Solução Integrada para Gestão e Operação Empresarial - ERP

Solução Integrada para Gestão e Operação Empresarial - ERP Solução Integrada para Gestão e Operação Empresarial - ERP Mastermaq Softwares Há quase 20 anos no mercado, a Mastermaq está entre as maiores software houses do país e é especialista em soluções para Gestão

Leia mais

CURSO DE CAPACITAÇÃO EM MÓDULOS ESCOLA DE EXTENSÃO DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DO NORTE FLUMINENSE DARCY RIBEIRO - UENF

CURSO DE CAPACITAÇÃO EM MÓDULOS ESCOLA DE EXTENSÃO DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DO NORTE FLUMINENSE DARCY RIBEIRO - UENF CURSO DE CAPACITAÇÃO EM MÓDULOS ESCOLA DE EXTENSÃO DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DO NORTE FLUMINENSE DARCY RIBEIRO - UENF Módulo I: A CONTABILIDADE COMO INSTRUMENTO DE GESTÃO DE NEGÓCIOS Breve contextualização

Leia mais

As Informações Contábeis Provenientes dos Escritórios de Contabilidade e Sua Utilização como Ferramenta de Gestão

As Informações Contábeis Provenientes dos Escritórios de Contabilidade e Sua Utilização como Ferramenta de Gestão As Informações Contábeis Provenientes dos Escritórios de Contabilidade e Sua Utilização como Ferramenta de Gestão Gilberto Brondani gilbrondani@gmail.com UFSM Calazans Fernando Alves Caglioni calazansfac@gmail.com

Leia mais

CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Autorizado pela Portaria no 1.393 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 Componente Curricular: CONTABILIDADE GERAL PLANO DE CURSO

CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Autorizado pela Portaria no 1.393 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 Componente Curricular: CONTABILIDADE GERAL PLANO DE CURSO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Autorizado pela Portaria no 1.393 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 Componente Curricular: CONTABILIDADE GERAL Código: CTB 100 Pré-requisito: Não há Período Letivo: 2015.2 Professor:

Leia mais

INDICADORES DE DESEMPENHO

INDICADORES DE DESEMPENHO INDICADORES DE DESEMPENHO Não se gerencia o que não se mede, não se mede o que não se define, não se define o que não se entende, não há sucesso no que não se gerencia. (E. Deming) Os indicadores são ferramentas

Leia mais

FUNDAÇÃO EDUCACIONAL SERRA DOS ÓRGÃOS CENTRO UNIVERSITÁRIO SERRA DOS ÓRGÃOS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PROGRAMA DE DISCIPLINA

FUNDAÇÃO EDUCACIONAL SERRA DOS ÓRGÃOS CENTRO UNIVERSITÁRIO SERRA DOS ÓRGÃOS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PROGRAMA DE DISCIPLINA FUNDAÇÃO EDUCACIONAL SERRA DOS ÓRGÃOS CENTRO UNIVERSITÁRIO SERRA DOS ÓRGÃOS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PROGRAMA DE DISCIPLINA 1. Identificação Disciplina: CONTABILIDADE COMERCIAL E INDUSTRIAL Corpo Docente:

Leia mais

ORÇAMENTÁRIA. Profª. Ma. Kaline Di Pace Nunes 24/08/2015

ORÇAMENTÁRIA. Profª. Ma. Kaline Di Pace Nunes 24/08/2015 UNIÃO DE ENSINO SUPERIOR DE CAMPINA GRANDE FACULDADE DE CAMPINA GRANDE FAC CG CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA E ORÇAMENTÁRIA Profª. Ma. Kaline Di Pace Nunes 24/08/2015 UNIÃO DE ENSINO

Leia mais

Contabilidade Empresarial

Contabilidade Empresarial 2 Contabilidade Empresarial Aderbal Nicolas Müller Antonio Gonçalves Oliveira Introdução Entre os agentes econômicos, ativos participantes da economia das nações, temos as organizações empresariais, que

Leia mais

Gestão financeira estratégica. Do planejamento ao controle financeiro empresrial: estudo de caso no maior shopping center de Manaus

Gestão financeira estratégica. Do planejamento ao controle financeiro empresrial: estudo de caso no maior shopping center de Manaus Gestão financeira estratégica. Do planejamento ao controle financeiro empresrial: estudo de caso no maior shopping center de Manaus Antônio de A. Peixoto Filho 9 Sílvia A. B. de Lima 10 Richard M. de Araújo

Leia mais

CONTABILIDADE E GESTÃO DE CONTROLE DE ESTOQUE NA EMPRESA

CONTABILIDADE E GESTÃO DE CONTROLE DE ESTOQUE NA EMPRESA MARCIO REIS - R.A MICHELE CRISTINE RODRIGUES DE OLIVEIRA R.A 1039074 RENATA COSTA DA SILVA SIMIÃO R.A 1039444 Ciências Contábeis CONTABILIDADE E GESTÃO DE CONTROLE DE ESTOQUE NA EMPRESA Orientador: Prof.

Leia mais

7º Simpósio de Ensino de Graduação AS ALTERAÇÕES GERADAS PELA APROVAÇÃO DAS NORMAS BRASILEIRAS DE CONTABILIDADE PARA O SETOR PÚBLICO NBC T 16

7º Simpósio de Ensino de Graduação AS ALTERAÇÕES GERADAS PELA APROVAÇÃO DAS NORMAS BRASILEIRAS DE CONTABILIDADE PARA O SETOR PÚBLICO NBC T 16 7º Simpósio de Ensino de Graduação AS ALTERAÇÕES GERADAS PELA APROVAÇÃO DAS NORMAS BRASILEIRAS DE CONTABILIDADE PARA O SETOR PÚBLICO NBC T 16 Autor(es) LEONARDO GARCIA PAIS DE ARRUDA Orientador(es) ELAINE

Leia mais

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Autorizado plea Portaria nº 1.399 de 04/07/01 DOU de 09/07/01

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Autorizado plea Portaria nº 1.399 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Autorizado plea Portaria nº 1.399 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 Componente Curricular: Administração Financeira Orçamentária I Código: ADM 353 Pré-Requisito: Contabilidade de Custos

Leia mais

3 METODOLOGIA DA PESQUISA

3 METODOLOGIA DA PESQUISA 3 METODOLOGIA DA PESQUISA O objetivo principal deste estudo, conforme mencionado anteriormente, é identificar, por meio da percepção de consultores, os fatores críticos de sucesso para a implementação

Leia mais