Análise Técnica diária

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Análise Técnica diária"

Transcrição

1 IBOVESPA Índice IBOV / FIQUE DE OLHO >Apesar > da pressão de venda no diário, mercado vai largando doji (candle de indecisão) em área de suporte, colocando um fio de esperança na galera, mas nada que empolgue por enquanto. De curto, vinga o respiro ganhando os , neste caso, tenta um pullback no curto até os e , ponto que libera pra compra. Perdendo os , ibov mira em suporte que sustenta nos antes de um tombo maior até os sem grandes problemas. PETR4 / VALE5 AMBV4 / DJIA Gráfico em escala diária RADAR Ibovespa Tendência (CP) Resistência Último Suporte 1 Suporte 2 Suporte Analista Técnico Luiz Rodrigo Correa Pinto - CNPI Dojistar Gráfico em escala intradiária FIQUE DE OLHO: > > Vinga o respiro ganhando os , neste caso, tenta um pullback no curto até os e Perdendo os mira em suporte que sustenta nos antes de um tombo maior até os

2 PETROBRÁS PETR4 Suporte Cotação Resistência Tendência 16,50 16,86 19,25 Alta Petro continua com aquela famosa tendência de venda no diário e por enquanto ficou devendo por pouco objetivo nos 16,50, abaixo deste, continua no emburaqueitidown com encontro marcado nos 16,10. Apesar da forte venda, a novidade é o candle de indecisão plotado, e sugere um voo de galinha no curto prazo. Mas só confirma o padrão ficando acima de 17,15, quando renova o gás para fazer os 17,50 e 18,07. Próximos Suportes: 16,50 / 16,10 Gráfico em escala diária Próximas Resistências: 22,20/ 22,90 Gráfico em escala semanal AMBEV ON ABEV3 Suporte Cotação Resistência Tendência 16,35 16,56 17,60 Alta Ainda com pressão de venda no diário, papel continua testando área de suporte nos 16,60/50 e perdendo este, abre espaço para mais uma derretida com próxima parada nos 16,35 e 15,80. Só respira no curto ganhando os 17,10, neste caso, tenta um pullback até os 17,50 e 17,70. Próximos Suportes: 16,35 / 15,84 Gráfico em escala diária Próximas Resistências: 17,75 / 18,12 Gráfico em escala semanal

3 VALE PNA VALE5 Suporte 31,30 Cotação 31,91 Resistência 33,40 Tendência Alta Aqui depois de muito resistir a queda, vale não se aguentou e saiu do canal de alta. Agora perdendo 32,00 desarma de vez e escorrega, vai rumo aos 30,85 de cara, que é a próxima prateleira que sustenta a coisa, lembrando que abaixo disso mergulha rumo aos 29,60. A tendência de venda apareceu em quase todos os tempos e por enquanto sem sinal de fundo, só tenta uma graça ficando acima dos 32,40 e 33,00 seguidamente. Próximos Suportes: 31,30 / 30,87 Gráfico em escala diária Próximas Resistências: 33,40/ 34,65 Gráfico em escala semanal DOW JONES - DJIA Suporte Cotação Resistência Tendência Alta No melhor estilo tudo que vai, volta, mercado sentiu resistência e armou topão para realizar. Agora com decisão , perdendo isso, emburaca com espaço livre e vai rumo aos e , que é o que chama para baixo. Vendido de ponta a ponta, o ativo fechou sem qualquer sinal de fundo, só arma respiro ficando acima dos e seguidamente. Próximos Suportes: / Gráfico em escala diária Próximas Resistências: / Gráfico em escala semanal

4 Análise Técnica diária Posição comprada / vendida (Radar da Análise Técnica): Empresa Operação Ticker Desde Entrada Último Retorno Objetivo Ganho Potencial Stop Sugerido Perda Potencial EZTEC ON EZTC3 21/11/13 29,60 28,90 2,42% 27,80 6,47% 30,40 2,63% AMAR ON AMAR3 28/11/13 19,07 20,30 6,45% 20,85 9,33% 18,35 3,78% CRUZ ON CRUZ3 28/11/13 23,19 22,55 2,83% 20,50 13,12% 24,54 5,50% ITUB PN ITUB4 04/12/13 31,20 31,05 0,48% 29,15 7,05% 32,30 3,40% AMAR ON AMAR3 10/12/13 19,90 20,30 2,01% 21,30 7,04% 19,25 3,27% DASA ON DASA3 12/12/13 13,00 12,95-0,38% 13,80 6,15% 12,58 3,23% Operações encerradas no mês de Dezembro 2013: Empresa Data da Compra Preço Entrada Data da Venda Preço Saída/Stop Maior retorno Retorno no encerramento EMBR3 PETR4 BBAS3 29/11/13 29/11/13 06/12/13 18,36 19,35 25,25 02/12/13 02/12/13 10/12/13 17,95 18,60 6,75% 5,22% -2,23% -3,88% 24,79 5,94% -1,82% Com lucro = 0% Neutras = Com prejuízo = 100% VALE5 05/12/13 33,00 12/12/13 32,15 5,00% -2,58% RETORNO -10,51% IBOVESPA -4,65% Acesse: > Análise de Mercado > HSBC Reports > Relatório de Análise Técnica > Radar.

5 Análise Técnica diária Suportes, Resistências (Fibonacci) e Volume: ALLL3 Papel segue fortemente vendido e sem sinal de melhora tem a mira apontada para a parte de baixo da tabela, neste caso, olho na perda dos 6,78, abaixo deste, busca os 6,50 e 6,00. Para a parte de cima da tabela, olho no rompimento dos 7,07, acima deste busca os 7,73 de cara num pullback. BBAS3 Se segurou em área de suporte, de curto vai sinalizando fundo, mas só confirma isso acima de 24,10, quando volta a olhar para os 24,80 e 25,50. Volta a meter a cara abaixo de 23,35, cheiro de 22,15.

6 Suportes, Resistências (Fibonacci) e Volume: BVMF3 Apesar da pressão de venda no diário, bvmf vai se segurando em área de suporte e com isso, vai deixando claro que a área dos 10,60/54 é o suporte que sustenta, mas nada que encha os olhos por enquanto. De curto, precisa romper os 11,00 para tentar uma reação no curto com próxima parada nos 11,30 e 11,50. Desiste da melhora e pesa na perda dos 10,60/54, ponto que anula chances de fundo e retoma o peso até os 10,34 e 10,17. GOLL4 Segue na mesma encheção de saco, de curto só esboça reação acima de 9,65, com teste nos 9,90, antes de novo respiro nos 10,36. Volta a ceder abaixo de 9,10, cheiro de 8,40.

7 Suportes, Resistências (Fibonacci) e Volume: CPLE6 Por aqui a ladainha segue a mesma, papel perdendo os 29,54 segue na realizada no curto prazo e mira o fechamento de gap em 29,00 e 27,73. Para a parte de cima da tabela, olho no rompimento dos 30,70, somente acima deste ganha espaço para uma reação no curtinho prazo, retorno para os 32,00. ITUB4 Papel segue com oco(formação de baixa) montado testando e por enquanto sentindo neck line da figura de queda. Em área de decisão, precisa se manter acima dos 30,90/31,10 para confirmar fundo em cima do suporte e ganhar tempo de vida rumo aos 31,80 e 32,20. Lembrando que uma realizada por aí seria saudável, perdendo 30,54 vinga figura de queda e emburaca rumo aos 29,50, onde fecha pequeno gap no diário.

8 Suportes, Resistências (Fibonacci) e Volume: LAME4 Seguiu realizando e cumpriu prateleira nos 15,00, o ponto sugere fundo, mas só confirma isso acima de 15,55, quando renova o gás para fazer os 16,15. Volta a meter a cara abaixo de 15,00, neste caso vai lamber os 14,40.

9 Apêndice Gráfico de preços: Gráfico que registra a evolução dos preços no decorrer do tempo. O eixo horizontal representa o tempo e o eixo vertical representa os valores (preços) dos ativos. Tipos de gráficos: Gráfico de barras: Cada barra representa o preço da ação de um determinado período mostrando: a máxima atingida (extremidade superior da barra), a mínima (extremidade inferior da barra), o preço de abertura (traço a esquerda da barra) e o preço de fechamento (mostrado como um traço à direita da barra). Gráfico de preços candlestick: Cada barra representa o preço da ação de um determinado período mostrando: a máxima atingida, a mínima, o preço de abertura e o preço de fechamento. A leitura é feita deste modo: quando o preço de fechamento for maior que o preço de abertura, o corpo da barra (vela) é branco. Quando o preço de fechamento for menor que o preço de abertura, a vela é preta. Resistência: Uma ação que está subindo encontra dificuldade de transpor um determinado nível de preços, formando uma espécie de teto. Este nível é a resistência. Pode ser de curto prazo ou histórica, sendo a segunda muito mais significativa. A resistência é uma região para se efetuar vendas, pois os preços batem e depois tendem a cair, porém se perfurada, mostra força compradora e é melhor neste caso atuar na compra. Suporte: Exatamente o contrário da resistência, ou seja, uma ação que está caindo encontra dificuldade de transpor um determinado nível de preços, formando uma espécie de piso. Tendência de alta (baixa): Formada por uma seqüência de barras consecutivamente mais altas (baixas) que indica que os preços devem continuar subindo (caindo) até que a tendência acabe ou mude. Linha de Tendência: No movimento de alta, a linha de tendência é a reta que une as duas menores cotações (mínimas) e funciona como suporte. No movimento de baixa, a linha de tendência é a reta que une as duas maiores cotações (máximas) e funciona como resistência.

10 Apêndice Canal: É uma linha traçada paralelamente à linha de tendência, que liga os extremos opostos. Isto é, se tivermos uma linha de tendência de alta (conectando os fundos), traçamos uma paralela conectando os topos e os preços ficarão contidos neste corredor respeitando muitas vezes as suas extremidades. Média Móvel: Como o nome diz, mostra o valor médio de uma amostra de determinado dado. Uma média móvel aritmética (MMA) é a extensão desse conceito, representando o valor médio, normalmente dos preços de fechamento, em um período de tempo. Mas, por que média móvel? A palavra móvel está presente pelo fato de que quando uma cotação entra no cálculo outra sai. Por exemplo, se estamos usando uma média de 20 barras e surge uma nova cotação, a última dessas 20 cotações é excluída do cálculo, enquanto que a mais recente entra. Assim, a média movimenta-se através do gráfico. Cruzamento das médias: Ao aplicarmos nos gráficos duas ou mais médias móveis de periodicidades diferentes, o cruzamento entre elas emite sinais de compra ou venda: quando a média de periodicidade menor cruzar a de periodicidade maior de baixo pra cima, é um sinal de compra, ou seja, o comprador de curto prazo está dominando o mercado. Da mesma forma ocorre ao contrário, quando ela cruzar de cima pra baixo, emite sinal de venda. Movimento Direcional (DMI): Estudo que compara diretamente a máxima e a mínima de hoje (t) com a máxima e a mínima de ontem respectivamente, ou seja, esse conceito utiliza unicamente a direção da barra para quantificar a tendência diária de um papel, esquecendo totalmente o fechamento. Basicamente, têm-se as seguintes hipóteses: Movimento Direcional de Alta (DI+), Movimento Direcional de Baixa (DI-) e Movimento Direcional Nulo quando DI+ e DI- forem, simultaneamente, menores do que zero, ou iguais a zero, ou maiores do que zero mas iguais entre si. Cabe destacar que um papel apresentará, por dia, apenas um dos movimentos direcionais, DI+, ou DI-. Após a identificação do movimento direcional, obtém-se através de uma função a linha do DI+ (linha azul), a linha do DI- (linha laranja) e uma linha suavizadora das duas o ADX (linha preta). A ferramenta funciona como rastreador de tendências da seguinte maneira: quando a linha azul está acima da linha preta e da linha laranja, os preços encontram-se em tendência de alta; quando a linha laranja está acima da linha azul e da linha preta, os preços encontram-se em tendência de baixa e quando a linha preta está acima das linhas azul e laranja, os preços encontram-se sem tendência definida. Estocástico: É um importante indicador do tipo oscilador. Ele mede a capacidade das forças compradoras de realizar o fechamento próximo ao valor máximo atingido dentro de um determinado intervalo de tempo e a capacidade das forças vendedoras em trazer esse fechamento para as proximidades do valor mínimo da janela de tempo. O Estocástico ajuda a mostrar se um ativo está sobre-comprado ou sobre-vendido. Os níveis de referência utilizados, normalmente, são 85 para o limite superior e 15 para o limite inferior. Acima do patamar de 85 o ativo está mais vulnerável a correções, pois houve um impulso forte para atingir esse nível. Abaixo de 15, houve um movimento de venda acentuado, o qual pode dar lugar a boas oportunidades de compra. Linhas do Tempo: É um estudo que permite identificar a periodicidade em que ocorrem mudanças na direção dos preços. Parte-se da premissa que os mercados se comportam de maneira padronizada em séries repetidas ou inversas. Sendo assim, uma vez identificado o padrão, inicia-se uma seqüência de 4 cores diferentes que mês a mês se repetem na mesma ordem. A seqüência de cores é a mesma para todos os ativos, mudando apenas a contagem do número de topos e fundos que ocorrem em cada cor. Topos e Fundos: Topos são zonas de resistência e Fundos, zonas de suporte: Pull Back: É o retorno dos preços para a linha de suporte ou resistência logo após a sua perfuração. Considerado um movimento normal que costuma respeitar esta linha (sem entrar novamente dentro da formação) e logo depois retoma a direção a favor da perfuração.

11 Apêndice Gap: Representa um intervalo de preços, onde, no momento de sua ocorrência, nenhuma ação mudou de mãos. Os gaps são produzidos quando, em qualquer dia, a menor (a mínima) cotação desse dia é maior do que a maior cotação (a máxima) do dia anterior ou o inverso, ou seja, quando a maior cotação desse dia é inferior à menor cotação do dia anterior. Triângulo: É uma formação da Análise Técnica na qual os preços ficam contidos em uma região triangular traçada por duas retas: uma ligando topos e outra ligando fundos. Dependendo do tipo de triângulo pode ser altista, baixista ou de continuação da tendência vigente. O Triângulo Ascendente é altista e a perfuração de seu limite superior tende a levar os preços até um nível que seja no mínimo igual a altura do triângulo projetada no ponto de perfuração. O Triângulo Descendente é baixista, com implicações contrárias ao Triângulo Ascendente. Já o Triângulo Simétrico normalmente funciona como continuação da tendência anterior à sua formação. Bandeira de Alta: Uma Bandeira é um pequeno e compacto paralelogramo de flutuação de preço ou um retângulo inclinado na direção inversa à tendência anterior formado após uma subida dos preços em angulação próxima a 90 graus. Se perfurado, pode-se projetar o objetivo dos preços calculando-se a altura do mastro no ponto da perfuração. MACD Convergência / Divergência das Médias Móveis: O estudo é baseado nos cruzamentos de médias móveis exponenciais, e é utilizado para a identificação de faixas overbought e oversold e antecipação de inflexões do mercado. O MACD pode ser expresso em linhas ou histogramas.

12 Disclosure Este relatório foi elaborado pela equipe técnica da DOJI STAR GRAPHICS LTDA, e é destinado única e exclusivamente a clientes/ investidores. O seguinte analista, que é o responsável principal por este relatório: Luiz Rodrigo Correa Pinto. Os relatórios não são e não devem ser interpretados como oferta para compra e venda de qualquer commodities, título ou valor mobiliário, e por este motivo a DOJI STAR GRAPHICS LTDA não aceita ou assume qualquer responsabilidade por qualquer perda, direta ou indireta, decorrente da utilização do conteúdo do documento. Os analistas declaram nos termos da instrução CVM 483/2010, que as opiniões, estimativas, interpretações ou projeções contidas neste relatório refletem exclusivamente suas opiniões pessoais sobre a companhia ou ativo analisado e são elaboradas com total e absoluta independência e autonomia e o mais fielmente possível e que nenhuma parte de sua remuneração esteve, está ou estará relacionada direta ou indiretamente às recomendações específicas ou pontos de vista contidos neste relatório de pesquisa. Os analistas declaram também que eventualmente possam vir a possuir posições em valores mobiliários de alguns dos ativos analisados.

A Hora do Gráfico. Análise Gráfica. Índice. Ibovespa - Diário. Ibovespa (gráfico de 15 minutos) Índice Ibovespa. Top 5. Fique de Olho.

A Hora do Gráfico. Análise Gráfica. Índice. Ibovespa - Diário. Ibovespa (gráfico de 15 minutos) Índice Ibovespa. Top 5. Fique de Olho. quinta-feira, 3 de outubro de 2013 Análise Gráfica A Hora do Gráfico Ibovespa - Diário Índice Índice Ibovespa Top 5 Fique de Olho Disclosure Hoje tivemos um dia de queda, no começo até testamos novamente

Leia mais

Curso Análise Técnica 1

Curso Análise Técnica 1 Curso Análise Técnica 1 Módulo 2 de 4 Continuação do Módulo 1 www.tradernauta.com.br Médias Móveis Linhas contínuas utilizadas como Suporte e Resistência; Podem ser traçadas com qualquer média estatística,

Leia mais

Sumário. Agradecimentos...11 Sobre o autor...12 Aviso importante...13 Prefácio...14 Introdução...16. Capítulo 1 Definições básicas...

Sumário. Agradecimentos...11 Sobre o autor...12 Aviso importante...13 Prefácio...14 Introdução...16. Capítulo 1 Definições básicas... Marcos Abe Novatec Sumário Agradecimentos...11 Sobre o autor...12 Aviso importante...13 Prefácio...14 Introdução...16 Capítulo 1 Definições básicas...17 Métodos de análise...17 Os agentes do mercado...

Leia mais

ANÁLISE TÉCNICA MÉTODO EQUIPE AÇÕES POR OPÇÕES

ANÁLISE TÉCNICA MÉTODO EQUIPE AÇÕES POR OPÇÕES Página 1 de 8 ANÁLISE TÉCNICA MÉTODO EQUIPE AÇÕES POR OPÇÕES Olá, apresentaremos um método prático de análise técnica visando o fácil entendimento e a facilidade nas operações. Recomendamos que o leitor

Leia mais

Apostila de Análise Gráfica

Apostila de Análise Gráfica Apostila de Análise Gráfica Contatos Bradesco Corretora E-mail: faq@bradescobbi.com.br Cliente Varejo: 11 2178-5757 Cliente Prime: 11 2178-5722 www.bradescocorretora.com.br APOSTILA DE ANÁLISE GRÁFICA

Leia mais

Terça-feira, 22 de Dezembro de 2015. Panorama do Mercado Análise Ibovespa. #IBOV Diário. #IBOV Semanal

Terça-feira, 22 de Dezembro de 2015. Panorama do Mercado Análise Ibovespa. #IBOV Diário. #IBOV Semanal Terça-feira, 22 de Dezembro de 2015 Panorama do Mercado Análise Ibovespa #IBOV Diário O índice continua em movimentação de baixa após perder 43.800 e segue com pressão vendedora até o próximo suporte importante

Leia mais

Movimentos oscilatórios de sinalização/a busca do risco zero ou o " timing" perfeito

Movimentos oscilatórios de sinalização/a busca do risco zero ou o  timing perfeito Base do Curso: Movimentos oscilatórios de sinalização/a busca do risco zero ou o " timing" perfeito "Antes de qualquer movimento, de alta ou de baixa dos preços de uma ação, aparecem, no gráfico, formações

Leia mais

A Famosa Agulhada do Didi. Figura 1 A Agulhada do Didi. Obs: linha azul média de 3 dias linha verde média de 8 dias linha roxa média de 20 dias

A Famosa Agulhada do Didi. Figura 1 A Agulhada do Didi. Obs: linha azul média de 3 dias linha verde média de 8 dias linha roxa média de 20 dias A Famosa Agulhada do Didi Figura 1 A Agulhada do Didi Obs: linha azul média de 3 dias linha verde média de 8 dias linha roxa média de 20 dias Na verdade o padrão aqui e 5 minutos e não dias. Como será

Leia mais

Análises: Análise Fundamentalista Análise Técnica

Análises: Análise Fundamentalista Análise Técnica Análises: Análise Fundamentalista Análise Técnica Análise Fundamentalista Origem remonta do final do século XIX e princípio do século XX, quando as corretoras de bolsa tinham seus departamentos de análise

Leia mais

Osciladores Forex. www.ifcmarkets.com

Osciladores Forex. www.ifcmarkets.com Osciladores Forex O que é o oscilador e por que precisamos usa-lo? Esta é uma técnica de análise que é utilizado para previsão do mercado Forex. Os osciladores são calculados por meio de indicadores, usando

Leia mais

CURSO DE ANÁLISE TÉCNICA APLICAÇÃO DE: FIBONACCI/CANDLESTICKS

CURSO DE ANÁLISE TÉCNICA APLICAÇÃO DE: FIBONACCI/CANDLESTICKS CURSO DE ANÁLISE TÉCNICA APLICAÇÃO DE: FIBONACCI/CANDLESTICKS Grafista de Bsb CURSO DE ANÁLISE TÉCNICA APLICAÇAO DE FIBONACCI E CANDLESTICK CONTEÚDO 1 - DEFINIÇÃO DE ANÁLISE TÉCNICA 2 A TÉCNICA 3 - OS

Leia mais

Aula 3. ANÁLISES - Nível Básico Técnica e Fundamentalista Iniciantes

Aula 3. ANÁLISES - Nível Básico Técnica e Fundamentalista Iniciantes Aula 3 ANÁLISES - Nível Básico Técnica e Fundamentalista Iniciantes Introdução Para auxiliá-los na tomada de decisões, os investidores contam com dois tipos de análises: Análise Fundamentalista que baseia-se

Leia mais

Curso Análise Técnica 1

Curso Análise Técnica 1 Curso Análise Técnica 1 Módulo 1 de 4 www.tradernauta.com.br Introdução Análise Técnica ou Gráfica Avaliação dos preços históricos de um ativo por meio de um gráfico típico para realizar projeções de performance

Leia mais

CANDLESTICK. Carlos Alberto Debastiani. Um método para ampliar lucros na Bolsa de Valores. Novatec

CANDLESTICK. Carlos Alberto Debastiani. Um método para ampliar lucros na Bolsa de Valores. Novatec CANDLESTICK Um método para ampliar lucros na Bolsa de Valores Carlos Alberto Debastiani Novatec Fundamentos Capítulo 1 A formação dos elementos do gráfico: os candles Ao analisar o mercado, podemos utilizar

Leia mais

Joseilton S. Correia

Joseilton S. Correia O P E R A N D O N A Bolsa de Valores U T I L I Z A N D O ANÁLISE TÉCNICA Aprenda a identificar o melhor momento para comprar e vender ações Joseilton S. Correia Novatec Sumário Agradecimentos... 13 Sobre

Leia mais

Análise de Investimentos pela Escola Técnica

Análise de Investimentos pela Escola Técnica Análise de Investimentos pela Escola Técnica Eduardo Werneck Diretor de Sustentabilidade da Apimec Apimec - Associação dos Analistas e Profissionais de Investimento do Mercado de Capitais LEANDRO MARTINS

Leia mais

ESTRATÉGIAS EM ANDAMENTO. > MILS3 com suporte nos R$ 27,34. Possível formação de OCO. Caso perca este suporte papel tem objetivo nos R$ 25,10.

ESTRATÉGIAS EM ANDAMENTO. > MILS3 com suporte nos R$ 27,34. Possível formação de OCO. Caso perca este suporte papel tem objetivo nos R$ 25,10. ESTRATÉGIAS EM ANDAMENTO 29/abr COMPRA CRUZ3 Souza Cruz R$ 21,37 R$ 22,90 R$ 23,45 R$ 19,93 Fumo R$ 21,25 % 7,16% 9,73% -6,74% 25/abr COMPRA MDIA3 M. Dias Branco R$ 95,00 R$ 98,90 R$ 100,00 R$ 91,18 Alimentício

Leia mais

Bom Dia Commodities. Commodities. 12 de Agosto, 2013. Café

Bom Dia Commodities. Commodities. 12 de Agosto, 2013. Café Bom Dia Café Semana positiva para o café. Finalmente saiu a medida que os produtores estavam esperando. A presidente Dilma anunciou que enxugará do mercado 3 milhões de sacas em março/14 a R$346,00/saca

Leia mais

BOVESPA Fechamento: 52.440 SU: 48.015 Tendência de C/M/L prazos IFR Volume IBOV Variação: -0,01% RE: 59.523 Baixa / Baixa / Baixa 38,08% R$ 4,66 bi

BOVESPA Fechamento: 52.440 SU: 48.015 Tendência de C/M/L prazos IFR Volume IBOV Variação: -0,01% RE: 59.523 Baixa / Baixa / Baixa 38,08% R$ 4,66 bi Índice Bovespa BOVESPA Fechamento: 52.440 SU: 48.015 Tendência de C/M/L prazos IFR Volume IBOV Variação: -0,01% RE: 59.523 Baixa / Baixa / Baixa 38,08% R$ 4,66 bi -0,01% -10,85% -24,33% -21,35% O IBOV

Leia mais

MANUAL DE ANÁLISE TÉCNICA

MANUAL DE ANÁLISE TÉCNICA MANUAL DE ANÁLISE TÉCNICA CAPÍTULO 1 INTRODUÇÃO CAPÍTULO 2 PREMISSAS BÁSICAS E BASE CONCEITUAL DA ANÁLISE TÉCNICA 2.1 - CONSTRUÇÃO DE GRÁFICOS 2.2 - TEORIA DO DOW E CONCEITO BÁSICO DE TENDÊNCIA 2.3 - CONCEITOS

Leia mais

Quarta-feira, 09 de Março de 2016. Panorama do Mercado Análise Ibovespa. #IBOV Diário

Quarta-feira, 09 de Março de 2016. Panorama do Mercado Análise Ibovespa. #IBOV Diário Quarta-feira, 09 de Março de 2016 Panorama do Mercado Análise Ibovespa #IBOV Diário O índice reage, chega a tocar na média exponencial de 72 períodos na mínima do dia, mas fecha em alta na região dos 47,7

Leia mais

Carteira Top Pick Dezembro 01.12.13

Carteira Top Pick Dezembro 01.12.13 CARTEIRA COMENTÁRIO Carteira Top Pick Dezembro 01.12.13 A carteira direcional recomendada pela equipe de analistas da Socopa Corretora é mensalmente avaliada buscando relacionar as cinco melhores opções

Leia mais

Talvez, todos já saibam o que tenho a dizer aqui e não seja novidade, mas dizem que a Chave do Aprendizado é a Repetição."

Talvez, todos já saibam o que tenho a dizer aqui e não seja novidade, mas dizem que a Chave do Aprendizado é a Repetição. OPERAÇÕES INTRADAY: UMA ABORDAGEM SIMPLIFICADA. A motivação para escrever esse texto veio justamente para que pudesse padronizar todos os conceitos utilizados na metodologia empregada por mim, durante

Leia mais

Índices & Futuros Ibovespa Tendência Primária (MMA200): Baixa Resistências: Tendência Secundária (MMA50): Baixa Suportes:

Índices & Futuros Ibovespa Tendência Primária (MMA200): Baixa Resistências: Tendência Secundária (MMA50): Baixa Suportes: índices & futuros: blue chips: calls diários: estudos técnicos: ibov_1 petr4_4 bbdc4_8 trader no divã_12 dji_2 vale5_5 brkm5_9 short monitor_14 dolfut_3 ogxp3_6 csna3_10 painéis_15 ggbr4_7 btow3_11 1.set.2011

Leia mais

MINICURSO SEMAT. Análise Técnica para Investimentos em Bolsa de Valores, Índices e Commodities. Lucas Guilherme Rigo Canevazzi

MINICURSO SEMAT. Análise Técnica para Investimentos em Bolsa de Valores, Índices e Commodities. Lucas Guilherme Rigo Canevazzi MINICURSO SEMAT Análise Técnica para Investimentos em Bolsa de Valores, Índices e Commodities Lucas Guilherme Rigo Canevazzi Matheus Furtado de Souza Popp Prof. Dr. Geraldo Nunes Silva Prof. Dr. Maurílio

Leia mais

SOJA COMENTÁRIO. Médias no Profitchart utilizando o after market. SUPORTE 1 $ 22,60 MARGEM: R$ 2.473,00. MÉDIAS 16 Exp. e 51 Exp SUPORTE 2 $ 22,00

SOJA COMENTÁRIO. Médias no Profitchart utilizando o after market. SUPORTE 1 $ 22,60 MARGEM: R$ 2.473,00. MÉDIAS 16 Exp. e 51 Exp SUPORTE 2 $ 22,00 SOJA GRÁFICO SOJA MAIO BM&F (SOJK10) Análise Gráfica - SOJA Médias Móveis - SOJA MÉDIAS NOVAS!!! Tempo 60 minutos. Médias no Profitchart utilizando o after market. SUPORTE 1 $ 22,60 MÉDIAS 16 Exp. e 51

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS ADMINISTRATIVAS DANIEL FRANCISCO VANCIN

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS ADMINISTRATIVAS DANIEL FRANCISCO VANCIN UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS ADMINISTRATIVAS DANIEL FRANCISCO VANCIN INDICADORES TÉCNICOS: UM ESTUDO SOBRE O USO DA ANÁLISE TÉCNICA COMO APOIO

Leia mais

Análise Técnica Semanal

Análise Técnica Semanal Guia Semanal Análise Técnica Semanal 20 de janeiro de 2011 20 de janeiro de 2011 Cesar Crivelli, CNPI-P Sumário Resumo... Ibovespa... CRB... S&P500... 3 4 5 6 DXY... 7 EURO... 8 Resumo Ibovespa Mercado

Leia mais

Radar Gráfico quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014

Radar Gráfico quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014 Rastreador de Oportunidades Oportunidades de Compra Banco do Brasil BBAS3 Gerdau GGBR4 Fibria FIBR3 Klabin KLBN4 Arezzo ARZZ3 Alpargatas ALPA4 Siderúrgica Nacional CSNA3 MRV Engenharia MRVE3 Triunfo TPIS3

Leia mais

FORMAÇÃO DOS GRÁFICOS

FORMAÇÃO DOS GRÁFICOS Com a popularização do mercado de ações, cresce cada vez mais o número de investidores aptos a operar neste mercado e, proporcionalmente, mais técnicas de análise são apresentadas a eles. Estas técnicas

Leia mais

4 Estratégias para Implementação de Agentes

4 Estratégias para Implementação de Agentes Estratégias para Implementação de Agentes 40 4 Estratégias para Implementação de Agentes As principais dúvidas do investidor humano nos dias de hoje são: quando comprar ações, quando vendê-las, quanto

Leia mais

www.contratofuturo.com

www.contratofuturo.com www.contratofuturo.com www.contratofuturo.com O que é o Índice Futuro Para falar de índice futuro, primeiro precisamos falar do ÍNDICE no presente, que é o Ibovespa. O famoso índice que serve para medir

Leia mais

Commodities Agrícolas

Commodities Agrícolas Commodities Agrícolas CAFÉ CAFÉ Bolsas BM&F ICE FUTURES Contrato Fechamento Máxima Mínimo Variação Contrato Fechamento Máxima Mínimo Variação SET13 136,80 136,50 135,80-1,80 SET 113,50 115,70 113,25-1,45

Leia mais

Análise Técnica Semanal

Análise Técnica Semanal Guia Semanal Análise Técnica Semanal 17 de fevereiro de 11 17 de fevereiro de 11 Cesar Crivelli, CNPI-P Rodrigo Takeuchi, CNPI-T Novidade! IFR Setorial Ações x Média Móvel Sumário Resumo... Ibovespa...

Leia mais

Sexta-feira, 09 de Maio de 2014. DESTAQUES

Sexta-feira, 09 de Maio de 2014. DESTAQUES DESTAQUES Bovespa passa por correção após 4 altas Aécio avança e cresce chance de eleição B2W reduz prejuízo do trimestre em 5,7% Lucro da Marisa cresce 57,3% no 1º tri Lucro da Raia Drogasil dobra no

Leia mais

Bolsa de Valores Bolsa de Valores Ambiente que oferece condições e sistemas necessários para a realização de negociações de títulos e valores mobiliários de forma transparente Regulada pela CVM (Comissão

Leia mais

04 de maio de 2015. A Carteira Dinâmica apresentou valorização de 5,03% em abril, acumulando alta de 5,24% em 2015

04 de maio de 2015. A Carteira Dinâmica apresentou valorização de 5,03% em abril, acumulando alta de 5,24% em 2015 A apresentou valorização de 5,03% em abril, acumulando alta de 5,24% em 2015 Período: 04/05 a 08/05 Com base em análises fundamentalistas, apresentamos alternativas de investimento no curto prazo. Acreditamos

Leia mais

Segunda-feira 01 de Dezembro de 2014. DESTAQUES

Segunda-feira 01 de Dezembro de 2014. DESTAQUES DESTAQUES Bovespa tem queda, mas encerra mês em alta Mercado vê inflação maior e PIB baixo em 2015 Casino vai acelerar expansão do Pão de Açúcar Minério de ferro cai 48% e tem pior cenário Brokers fecha

Leia mais

CURSO PRÁTICO MINI CONTRATO XP Interfloat Ago/ 2014

CURSO PRÁTICO MINI CONTRATO XP Interfloat Ago/ 2014 CURSO PRÁTICO MINI CONTRATO XP Interfloat Ago/ 2014 A História da BM&F Uma história de Sucesso criada em Junho de 1985. Constituída sob a forma de sociedade por ações. Desenvolver, organizar e operacionalizar

Leia mais

RELATÓRIO DE COMMODITIES BOI GORDO PANORAMA. A informação é nossa, a decisão é sua! GR. Boi Gordo Mercado Físico RS Período Gráfico DIÁRIO

RELATÓRIO DE COMMODITIES BOI GORDO PANORAMA. A informação é nossa, a decisão é sua! GR. Boi Gordo Mercado Físico RS Período Gráfico DIÁRIO PANORAMA RELATÓRIO DE COMMODITIES BOI GORDO SEMANA DE 10 A 14 DE AGOSTO de 2009 Semana de nova estabilidade no preço do Boi Gordo no mercado físico do Rio Grande do Sul, fechando a semana em R$ 5,28/kg

Leia mais

Os sinais do Sistema de Movimento Direcional passíveis de automatização

Os sinais do Sistema de Movimento Direcional passíveis de automatização ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS Metodologia de Pesquisa Cientifica e Tecnológica I Profa. Dra. Eloize Seno Os sinais do Sistema de Movimento Direcional passíveis de automatização Rodolfo Pereira

Leia mais

Commodities Agrícolas

Commodities Agrícolas Commodities Agrícolas quarta-feira, 18 de setembro de 2013 CAFÉ CAFÉ Bolsas Venc Ajuste Máx BM&F Mín Variação Venc Ajuste ICE FUTURES Máx Mín Variação SET13 133,50 0,00 0,00-4,85 SET13 111,05 114,75 111,10-3,75

Leia mais

HORA DE COMPRAR AÇÕES DA PETROBRAS?

HORA DE COMPRAR AÇÕES DA PETROBRAS? A reprodução indevida, não autorizada, deste relatório ou de qualquer parte dele sujeitará o infrator a multa de até 3 mil vezes o valor do relatório, à apreensão das cópias ilegais, à responsabilidade

Leia mais

RELATÓRIO DE COMMODITIES BOI GORDO

RELATÓRIO DE COMMODITIES BOI GORDO RELATÓRIO DE COMMODITIES BOI GORDO PANORAMA SEMANA DE 21 A 25 DE SETEMBRO de 2009 Semana de preço estável no mercado de Boi Gordo no Rio Grande do Sul, com o preço encerrando a semana a R$ 4,61/kg carcaça.

Leia mais

Curso básico de análise gráfica

Curso básico de análise gráfica Curso básico de análise gráfica AULA II Na primeira aula, aprenderam como se constrói um gráfico de barras e quais são as principais referências para se fazer a sua leitura associada a alguns princípios

Leia mais

Posições em aberto de aluguel (BTC) PETR4 2.437.559 2.305.033 2.311.606 2.321.538 2.192.955 VALE5 4.635.027 4.594.395 4.744.974 4.492.674 4.315.

Posições em aberto de aluguel (BTC) PETR4 2.437.559 2.305.033 2.311.606 2.321.538 2.192.955 VALE5 4.635.027 4.594.395 4.744.974 4.492.674 4.315. Maiores altas Ibovespa Ação Ult. Var. MARFRIG ON NM 11,22 8,40% ROSSI RESID ON NM 10,95 7,03% MRV ON NM 14,82 4,73% TRAN PAULIST PN N1 60,40 4,73% CYRELA REALT ON NM 19,12 4,59% Maiores baixas Ibovespa

Leia mais

Relatório semanal de mercado internacional

Relatório semanal de mercado internacional Ações para ficar de olho Walt Disney (DIS): A Walt Disney Company, junto com suas subsidiárias, é uma empresa de entretenimento que opera em cinco segmentos de negócios: redes de mídia, Parks and Resorts,

Leia mais

Commodities são produtos básicos padronizados. A palavra deriva do inglês e

Commodities são produtos básicos padronizados. A palavra deriva do inglês e Commodities são produtos básicos padronizados. A palavra deriva do inglês e significa mercadoria. É usado para designar bens sem diferenciação (por não possuírem valor agregado), e são habitualmente extraídas

Leia mais

Produtos Estruturados

Produtos Estruturados Sales Sales Trading Produtos Estruturados Research & Best Ideas A equipe de Research, juntamente com a equipe de Sales Trading, vem trabalhando para criar grandes oportunidades, unindo macroeconomia e

Leia mais

3 Estratégias de Análise Técnica

3 Estratégias de Análise Técnica 3 Estratégias de Análise Técnica Como foi visto no Capítulo 2, as estratégias dos investidores do mercado são compostas por dois fatores, a saber: o mecanismo de ativação σ i (t) (Eq. 2-10) e o mecanismo

Leia mais

O que são os ETFs (Fundos de Índice)? Ibovespa - IBOV (Referência ETF BOVA11) Gráfico Diário 01/02/2013

O que são os ETFs (Fundos de Índice)? Ibovespa - IBOV (Referência ETF BOVA11) Gráfico Diário 01/02/2013 O que são os ETFs (Fundos de Índice)? ETFs (Exchange Traded Funds) é como são conhecidos mundialmente os Fundos de Índice, isto é, fundos que replicam os mais variados índices de mercado e têm cotas negociadas

Leia mais

Manual Didáctico - Análises Técnicas

Manual Didáctico - Análises Técnicas 1 Manual Didáctico - Análises Técnicas 01-Análise Técnica - Definição É um método de avaliação de activos pela utilização de gráficos, tendo em conta a evolução passada de cotações. O objectivo principal

Leia mais

MENU DE COMMODITIES SOJA MAIO (SOJK10) Soja fechou em leve baixa, trabalha na casa entre 21,50 e 21,80. JULHO 2009/ MAIO 2010 (N/K)

MENU DE COMMODITIES SOJA MAIO (SOJK10) Soja fechou em leve baixa, trabalha na casa entre 21,50 e 21,80. JULHO 2009/ MAIO 2010 (N/K) MENU DE COMMODITIES SOJA MAIO (SOJK10) SOJA MAIO (SOJK10) Médias no Profitchart utilizando o after market. Tempo 60 minutos MÉDIAS 12 SIMPLES E 23 SIMPLES TEMPO 60 MINUTOS SUPORTE 1 R$ 21,80 SITUAÇÃO VENDA

Leia mais

Projeto de uma caixa de ferramentas computacionais aplicadas ao estudo técnico de ações

Projeto de uma caixa de ferramentas computacionais aplicadas ao estudo técnico de ações 2010 Projeto de uma caixa de ferramentas computacionais aplicadas ao estudo técnico de ações Mogi Guaçu/SP Projeto de uma caixa de ferramentas computacionais aplicadas ao estudo técnico de ações Equipe

Leia mais

Commodities Agrícolas

Commodities Agrícolas Commodities Agrícolas quinta-feira, 12 de setembro de 2013 CAFÉ CAFÉ Bolsas Venc Ajuste Máx BM&F Mín Variação Venc Ajuste ICE FUTURES Máx Mín Variação SET13 140,25 0,00 0,00 4,40 SET13 116,45 116,00 114,00

Leia mais

Preparatório PROP TRADER AUCTUS. Bem vindo a AUCTUS, a primeira prop trade do BRASIL.

Preparatório PROP TRADER AUCTUS. Bem vindo a AUCTUS, a primeira prop trade do BRASIL. Preparatório PROP TRADER AUCTUS Bem vindo a AUCTUS, a primeira prop trade do BRASIL. Preparatório PROP TRADER AUCTUS O que é ser Prop Trader, o que é uma prop firm, exemplos e estratégias operacionais

Leia mais

Cinemática Unidimensional

Cinemática Unidimensional Cinemática Unidimensional 1 INTRODUÇÃO Na Cinemática Unidimensional vamos estudar o movimento de corpos e partículas, analisando termos como deslocamento, velocidade, aceleração e tempo.os assuntos que

Leia mais

INVESTINDO COM A TENDÊNCIA STOCKS ETF S FUTURES CURRENCIES MUTUALFUNDS

INVESTINDO COM A TENDÊNCIA STOCKS ETF S FUTURES CURRENCIES MUTUALFUNDS Ibovtrend THE MARKET TIMING AND TRADE DECISION SYSTEM FOR EVERY MAJOR GLOBAL MARKET INVESTINDO COM A TENDÊNCIA STOCKS ETF S FUTURES CURRENCIES MUTUALFUNDS A TENDÊNCIA É SUA AMIGA O Ibovtrend se baseia

Leia mais

Commodities são produtos básicos padronizados. A palavra deriva do inglês e

Commodities são produtos básicos padronizados. A palavra deriva do inglês e Commodities são produtos básicos padronizados. A palavra deriva do inglês e significa mercadoria. É usado para designar bens sem diferenciação (por não possuírem valor agregado), e são habitualmente extraídas

Leia mais

Índice. Avisos Bolsas mundiais e o fluxo dos investidores na 02-02 03-05 06-10 11-14 15-16 17-22 23-24 25-30 31-32

Índice. Avisos Bolsas mundiais e o fluxo dos investidores na 02-02 03-05 06-10 11-14 15-16 17-22 23-24 25-30 31-32 Índice Avisos Bolsas mundiais e o fluxo dos investidores na BM&FBOVESPA Índices setoriais/evolução das tendências Estatísticas/IFM/Cenário interno Sugestões operacionais Análises individuais Inter-Relações

Leia mais

TÉCNICAS DE AVALIAÇÃO PARA O MERCADO ACIONÁRIO

TÉCNICAS DE AVALIAÇÃO PARA O MERCADO ACIONÁRIO UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA JÚLIO DE MESQUITA FILHO CAMPUS ARARAQUARA FACULDADE DE CIÊNCIAS E LETRAS DEPARTAMENTO DE ECONOMIA CURSO DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS TÉCNICAS DE AVALIAÇÃO PARA O MERCADO ACIONÁRIO

Leia mais

Introdução ao jseta (Sistema para o Estudo Técnico de Ações em JAVA) e ao estudo técnico de ações

Introdução ao jseta (Sistema para o Estudo Técnico de Ações em JAVA) e ao estudo técnico de ações Introdução ao jseta (Sistema para o Estudo Técnico de Ações em JAVA) e ao estudo técnico de ações José Tarcísio F. de Camargo Faculdade Municipal Professor Franco Montoro (2012) SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO...

Leia mais

Spinelli Panorama Diário

Spinelli Panorama Diário Spinelli Panorama Diário 15 de abril de 2010 Indicadores Variação - % Pontos Dia Mês Ano Bolsas Ibovespa 71.034 0,34% 0,94% 3,57% IBX 22.317 0,46% 1,04% 2,98% S&P500 1.211 1,12% 3,52% 8,57% Dow Jones 11.123

Leia mais

Relatório Semanal de Estratégia de Investimento

Relatório Semanal de Estratégia de Investimento 12 de janeiro de 2015 Relatório Semanal de Estratégia de Investimento Destaques da Semana Economia internacional: Deflação na Europa reforça crença no QE (22/11); Pacote de U$1 trilhão em infraestrutura

Leia mais

Quinta-feira, 21 de Janeiro de 2016. DESTAQUES

Quinta-feira, 21 de Janeiro de 2016. DESTAQUES DESTAQUES Bovespa cai pressionada por petróleo Copom segue Tombini e mantém juro Setores de siderurgia e petróleo perdem importância no Ibovespa Para crescer no Brasil, preço baixo e corte de custos Dólar

Leia mais

Sexta-feira, 30 de Agosto de 2013. DESTAQUES

Sexta-feira, 30 de Agosto de 2013. DESTAQUES DESTAQUES Preocupações com Síria e OGX travam Bovespa Ajuste no Ibovespa favorece OGX Executivo da Ambev vê demanda crescente Sabesp fecha acordo com prefeitura de Diadema Estácio negocia aquisição da

Leia mais

Quinta-feira, 07 de Janeiro de 2016. DESTAQUES

Quinta-feira, 07 de Janeiro de 2016. DESTAQUES DESTAQUES Bovespa cai ao menor nível desde março de 2009 "Pedaladas" podem virar crédito IPCA subiu 10,78% em 2015 ADRs da Gerdau fecham cotados a US$ 1 Queda pode levar Petrobras a rever preço da gasolina

Leia mais

FERRAMENTAS GRÁFICAS PARA O ENSINO DE TÉCNICAS DE NEGOCIAÇÃO DE AÇÕES

FERRAMENTAS GRÁFICAS PARA O ENSINO DE TÉCNICAS DE NEGOCIAÇÃO DE AÇÕES FERRAMENTAS GRÁFICAS PARA O ENSINO DE TÉCNICAS DE NEGOCIAÇÃO DE AÇÕES José Tarcísio Franco de Camargo jtfc@bol.com.br Faculdade Municipal Prof. Franco Montoro (FMPFM) Rua dos Estudantes, s/n Cachoeira

Leia mais

Curso de Inteligência Financeira

Curso de Inteligência Financeira Curso de Inteligência Financeira 1.1- Porque planejar-se financeiramente? 1.2- O que é Inteligência Financeira? 1.3- Guia da Academia Financeira Ajudando você a conquistar sua independência financeira

Leia mais

Guia Rápido - CMA Series 4 Premium/Start. Guia Rápido de Utilização do CMA Series 4 Premium/Start

Guia Rápido - CMA Series 4 Premium/Start. Guia Rápido de Utilização do CMA Series 4 Premium/Start Guia Rápido de Utilização do CMA Series 4 Premium/Start 1 Prezado Usuário (a), Seja bem vindo (a) ao Guia Rápido de Utilização do CMA Series 4 Premium/Start, um roteiro prático para iniciar as configurações

Leia mais

Documentação Trade Manager. Metarobôs.

Documentação Trade Manager. Metarobôs. Documentação Trade Manager Metarobôs. Gráfico Parâmetro declaração do ativo operado: Sempre utilize letras MAIÚSCULAS (números são padrões). Não deixe o nome do ativo em BRANCO. Só será permitido deixar

Leia mais

Radar Gráfico quinta-feira, 23 de janeiro de 2014

Radar Gráfico quinta-feira, 23 de janeiro de 2014 Rastreador de Oportunidades Oportunidades de Compra América Latina Logística ALLL3 Embraer EMBR3 Bradesco BBDC4 Anhanguera Educacional AEDU3 AES Tietê GETI4 Braskem BRKM5 M Dias Branco MDIA3 Grendene GRND3

Leia mais

Quinta-feira 05 de Março de 2015. DESTAQUES

Quinta-feira 05 de Março de 2015. DESTAQUES DESTAQUES Bovespa cai por medo sobre efeito político em ações fiscais Copom aumenta juros para 12,75% Prejuízo da Minerva aumenta para R$312 mi no 4º tri Suzano eleva prejuízo, mas tem lucro operacional

Leia mais

Sexta-feira, 06 de Maio de 2013. DESTAQUES

Sexta-feira, 06 de Maio de 2013. DESTAQUES DESTAQUES Bolsa encerra semana em alta Mercado aguarda IPCA para ajustar cenários Divisão Consumo da Hypermarcas cresce 10% M.Dias Branco tem lucro de R$108 mi Contax aprovou R$ 55,4 milhões em dividendos

Leia mais

Segunda-feira 02 de Junho de 2014. DESTAQUES

Segunda-feira 02 de Junho de 2014. DESTAQUES DESTAQUES Bovespa volta a ficar negativa no ano Petrobras e Vale ainda lideram giro da bolsa Produção de petróleo da Petrobras sobe BB vira gestor de obra pública Cielo e Linx fecham joint venture Magazine

Leia mais

Carteira Top Pick. Comentário. Carteira Sugerida para Julho. Carteira Sugerida de Junho

Carteira Top Pick. Comentário. Carteira Sugerida para Julho. Carteira Sugerida de Junho A carteira direcional recomendada pela equipe de analistas da Socopa Corretora é mensalmente avaliada buscando relacionar as cinco melhores opções de investimento para o mês subseqüente dentro dos ativos

Leia mais

Sexta-feira 06 de Fevereiro de 2015. DESTAQUES

Sexta-feira 06 de Fevereiro de 2015. DESTAQUES DESTAQUES Bovespa tem pregão volátil Poupança tem em janeiro maior saque em duas décadas IPCA tem maior alta para o mês em 12 anos, aponta IBGE Planalto quer nome do mercado na Petrobras Cade marca data

Leia mais

SU: Tendência de C/M/L prazos IFR Volume RE: Alta / Baixa / Baixa 53,34% R$ 5,52 bi

SU: Tendência de C/M/L prazos IFR Volume RE: Alta / Baixa / Baixa 53,34% R$ 5,52 bi Índice Bovespa BOVESPA Fechamento: 64.218 IBOV Variação: +1,27% SU: 63.388 Tendência de C/M/L prazos IFR Volume RE: 65.448 Alta / Baixa / Baixa 53,34% R$ 5,52 bi -0,12% -0,62% -7,34% +2,03% Formou-se um

Leia mais

Boletim Diário MERCADOS. Índices, Câmbio e Commodities. Bolsa. Câmbio. Altas e Baixas do Ibovespa. Juros. Ibovespa x Dow Jones (em dólar)

Boletim Diário MERCADOS. Índices, Câmbio e Commodities. Bolsa. Câmbio. Altas e Baixas do Ibovespa. Juros. Ibovespa x Dow Jones (em dólar) MERCADOS Bolsa A Bovespa registrou o terceiro pregão em alta na terça-feira, (+1,53%) fechando aos 50.890 pontos, mais uma vez ajudada pelas ações de Petrobras e Vale. O volume financeiro fraco (R$ 4,56

Leia mais

As ações, em sua maioria, são negociadas a partir de códigos formados através de letras e números:

As ações, em sua maioria, são negociadas a partir de códigos formados através de letras e números: Como funciona o mercado de ações Conceitualmente, uma ação é um pedaço de uma empresa, ou seja, comprar uma ação significa ser sócio de uma companhia. No Brasil, as ações de empresas de capital aberto

Leia mais

BARGANHAS DA BOLSA Brazucas x Gringas

BARGANHAS DA BOLSA Brazucas x Gringas 2 de julho de 2015 A reprodução indevida, não autorizada, deste relatório ou de qualquer parte dele sujeitará o infrator a multa de até 3 mil vezes o valor do relatório, à apreensão das cópias ilegais,

Leia mais

Carteira Top Pick. Comentário. Carteira Sugerida para Dezembro. Carteira Sugerida de Novembro

Carteira Top Pick. Comentário. Carteira Sugerida para Dezembro. Carteira Sugerida de Novembro A carteira direcional recomendada pela equipe de analistas da Socopa Corretora é mensalmente avaliada buscando relacionar as cinco melhores opções de investimento para o mês subseqüente dentro dos ativos

Leia mais

Sexta-feira, 24 de Janeiro de 2014. DESTAQUES

Sexta-feira, 24 de Janeiro de 2014. DESTAQUES DESTAQUES Bovespa fecha em baixa de 2% Ibovespa tem 2º pior resultado entre emergentes Estrangeiros compram participações no varejo Consorcio aprova até US$ 500 milhões para Libra Brookfield lidera Ibovespa

Leia mais

Quarta-feira 10 de Junho de 2015. DESTAQUES

Quarta-feira 10 de Junho de 2015. DESTAQUES DESTAQUES Pacote de infraestrutura não empolga e Bovespa termina estável Bradesco, Itaú e Santander querem o HSBC Fies deve ter mais 100 mil vagas Petros espera decisão da CVM sobre Dasa T. Rowe Price

Leia mais

Boletim Diário MERCADOS. Índices, Câmbio e Commodities. Bolsa. Altas e Baixas do Ibovespa. Câmbio. Juros. Ibovespa x Dow Jones (em dólar)

Boletim Diário MERCADOS. Índices, Câmbio e Commodities. Bolsa. Altas e Baixas do Ibovespa. Câmbio. Juros. Ibovespa x Dow Jones (em dólar) MERCADOS Bolsa A Bovespa voltou a mostrar força ontem, suportada pelo mesmo motivo: a corrida eleitoral. Enquanto os mercados internacionais mostram espaço para a continuidade da realização de lucros a

Leia mais

Boletim Diário MERCADOS. Índices, Câmbio e Commodities. Bolsa. Altas e Baixas do Ibovespa. Câmbio. Juros. Ibovespa x Dow Jones (em dólar)

Boletim Diário MERCADOS. Índices, Câmbio e Commodities. Bolsa. Altas e Baixas do Ibovespa. Câmbio. Juros. Ibovespa x Dow Jones (em dólar) MERCADOS Bolsa A Bovespa já iniciou o ano novo indicando que será mais um período de muita volatilidade para as ações. Diante de um cenário de grandes incertezas do lado doméstico e de olho nos acontecimentos

Leia mais

04 de maio de 2012 Edição nº. 469

04 de maio de 2012 Edição nº. 469 O relatório Boi na Linha, da Scot Consultoria, na edição dessa sexta feira resumiu bem o status quo do mercado pecuário nesse início de maio A seca que vem afetando as pastagens há algum tempo somado a

Leia mais

Boletim Planner. Investment Research. Mercados... Altas e baixas do Ibovespa. Mercado Futuro. Ibovespa x Dow Jones (em dólar)

Boletim Planner. Investment Research. Mercados... Altas e baixas do Ibovespa. Mercado Futuro. Ibovespa x Dow Jones (em dólar) out-10 dez-10 fev-11 abr-11 jun-11 ago-11 out-11 dez-11 fev-12 abr-12 Investment Research Sexta-feira, 20 de Abril de 2012 Mercados... Bolsa - A aversão ao risco dominou os mercados nesta quinta-feira

Leia mais

Nova York supera US$/cents 18,00 com tendência de Alta em Solavanco

Nova York supera US$/cents 18,00 com tendência de Alta em Solavanco Boletim Semanal sobre Tendências de Mercados Nº 526 Ano XVI 23/junho/2014 Nova York supera US$/cents 18,00 com tendência de Alta em Solavanco Nos mercados futuros internacionais a finalização da terceira

Leia mais

Indicadores. Médias Móveis. Módulo 2

Indicadores. Médias Móveis. Módulo 2 Indicadores Médias Móveis Uma média móvel é a representação do valor médio negociado, normalmente dos preços de fechamento, em um período de tempo. Seu cálculo geralmente é efetuado pela média dos fechamentos

Leia mais

Raphael Figueredo RAFI. Módulo II - Intermediário

Raphael Figueredo RAFI. Módulo II - Intermediário Raphael Figueredo RAFI Módulo II - Intermediário ATENÇÃO i ATENÇÃO As informações contidas neste documento têm caráter meramente informativo e genérico. Portanto, não constituem qualquer tipo de aconselhamento

Leia mais

Terça-feira, 03 de Setembro de 2013. DESTAQUES

Terça-feira, 03 de Setembro de 2013. DESTAQUES DESTAQUES Bovespa beira os 52 mil pontos Estrangeiros ampliam aposta na alta Produção da Petrobras no Brasil cai 4,6% Produção industrial muda de direção e cai 2% ATS tenta acelerar estreia no Brasil Disputa

Leia mais

Carteira Top Pick. Comentário. Carteira Sugerida para Agosto. Carteira Sugerida de Julho

Carteira Top Pick. Comentário. Carteira Sugerida para Agosto. Carteira Sugerida de Julho A carteira direcional recomendada pela equipe de analistas da Socopa Corretora é mensalmente avaliada buscando relacionar as cinco melhores opções de investimento para o mês subseqüente dentro dos ativos

Leia mais

DAILY BRIEFING COMPORTAMENTO DOS MERCADOS 15 DE AGOSTO DE 2011

DAILY BRIEFING COMPORTAMENTO DOS MERCADOS 15 DE AGOSTO DE 2011 DAILY BRIEFING COMPORTAMENTO DOS MERCADOS 15 DE AGOSTO DE 2011 p Índice ÍNDICE S&P 500... 2 ÍNDICE BOVESPA FUTURO AGO/11... 3 PETRÓLEO SPOT TIPO BRENT... 4 PETROBRÁS PN... 5 TAXA DE CÂMBIO SPOT USD/EURO...

Leia mais

Commodities são produtos básicos padronizados. A palavra deriva do inglês e

Commodities são produtos básicos padronizados. A palavra deriva do inglês e Commodities são produtos básicos padronizados. A palavra deriva do inglês e significa mercadoria. É usado para designar bens sem diferenciação (por não possuírem valor agregado), e são habitualmente extraídas

Leia mais

Investment Research Boletim Planner. Mercados... Altas e baixas do Ibovespa. Mercado Futuro. Agenda, commodities e índices internacionais...

Investment Research Boletim Planner. Mercados... Altas e baixas do Ibovespa. Mercado Futuro. Agenda, commodities e índices internacionais... Quarta-feira, 25 de Abril de 2012 Mercados....Bolsa Depois de três quedas consecutivas, a Bovespa conseguiu fechar a terça-feira do lado positivo com alta de 0.70% aos 61.971 pontos e volume financeiro

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DE NEGÓCIOS FINANCEIROS

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DE NEGÓCIOS FINANCEIROS UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DE NEGÓCIOS FINANCEIROS Sergio Diego Trevisol da Rosa ANÁLISE GRÁFICA DE AÇÕES Porto Alegre 2011 Sergio

Leia mais

Commodities Agrícolas

Commodities Agrícolas Commodities Agrícolas CAFÉ CAFÉ Bolsas BM&F ICE FUTURES Contrato Fechamento Máxima Mínimo Variação Fechamento Máxima Mínimo Variação set/13 144,45 150,00 143,95-4,05 120,60 124,25 119,35-2,85 dez/13 148,50

Leia mais

Prof. Rogério Porto. Assunto: Cinemática em uma Dimensão III

Prof. Rogério Porto. Assunto: Cinemática em uma Dimensão III Questões COVEST Física Mecânica Prof. Rogério Porto Assunto: Cinemática em uma Dimensão III 1. Um atleta salta por cima do obstáculo na figura e seu centro de gravidade atinge a altura de 2,2 m. Atrás

Leia mais

Leitura e interpretação de gráficos: Cada vez mais os vestibulares exigem essa competência

Leitura e interpretação de gráficos: Cada vez mais os vestibulares exigem essa competência Leitura e interpretação de gráficos: Cada vez mais os vestibulares exigem essa competência Por: George Schlesinger Existem diversos tipos de gráficos: linhas, barras, pizzas etc. Estudaremos aqui os gráficos

Leia mais