esocial Riscos e Principais Desafios da Implantação Anelore B Tolardo

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "esocial Riscos e Principais Desafios da Implantação Anelore B Tolardo"

Transcrição

1 esocial Riscos e Principais Desafios da Implantação Anelore B Tolardo

2 O que é o esocial Nova forma de enviar as informações dos trabalhadores para o governo. SPED Sistema Público de Escrituração Digital Decreto nº de 22/01/2007 Armazenamento das informações: Trabalhistas: Registro e Remuneração paga. Previdenciárias: Salário de Contribuição e Recolhimentos. MTE Caixa INSS RFB Imposto de Renda: Remuneração tributável e isenta.

3 Objetivos do esocial Forma única para prestar informações trabalhistas, previdenciárias e tributárias. Substituição gradual do SEFIP, CAGED, RAIS, DIRF, CAT, PPP. Reduzir a redundância informações. Garantir os direitos dos Trabalhadores. Qualificar as informações prestadas ao Estado. Informações anteriores ao esocial continuam efetuadas pelos sistemas utilizados à época.

4 Empresa Empregado Governo Caixa IBGE CLT, CTPS Salário, Adicionais Horário/Ponto Férias, 13º Salário FGTS, Vale Transporte PAT, Outros Benefícios Ambiente Sadio Segurança e Medicina Ocupacional Ministério Trabalho Caged FGTS/Sefip Rais Acid Trab Seg.Desem Ministério Previdência Social Sefip, Sal.Fam. Requerimentos Acid. Trabalho Maternidade Receita Federal GPS/Sefip Darf IRF Dirf Informe 4

5 Cenário com esocial Empregadores geram informações para o esocial Órgãos do governo buscam informações deste repositório Empregados terão acesso às suas informações. Caixa Empregadores Receita Federal Previdência Social MTE TRT e TST 5

6 Como enviar Mensalmente Arquivos da Folha de Pagto Empregadores Transmissão digital por webservices Reibo de entrega Não-periódicos Admissões, alterações, rescisões, afastamentos, aviso prévio Ambientes, CAT, ASO, Condições de Riscos, Ins-Peric-Aposent. 39 arquivos XML Serão dezenas, centenas, milhares de arquivos enviados! 6

7 Cronograma do esocial Obrigatoriedade da Prestação Setembro 2016 Janeiro 2017 Julho 2017 Faturamento 2014 > 78 milhões - Arquivos Iniciais - Não Periódicos - Periódicos (Folha) SST - Segurança e Saúde do Trabalho N/A Qualquer Atividade, Faixa Faturamento Incluindo Órgãos Públicos N/A - Arquivos Iniciais - Não Periódicos - Periódicos (Folha) SST - Segurança e Saúde do Trabalho Fonte: esocial.gov.br

8 Informações ao esocial Informações Iniciais Informações Não Periódicas Informações Periódicas Fonte: esocial.gov.br

9 Migração Qualificação Cadastral Eventos Iniciais Eventos não periódicos Folha mensal Saneamento na base do governo. Consulta web indisponível no momento Leiaute envio arquivo por enquanto indisponível no site do esocial Empregador Estabelecimentos, CAEPF e Obras Tabelas Somente Trabalhadores ativos Não informar dados do passado. Garantir a atualização dos dados carregados inicialmente Admissão Demissão Alterações Remuneração Pagtos Trabalho Adq.Prod.Rural PF Comerc.Rural PF Desoneração Ativ Concom Simpl 9

10 Informações dos Arquivos Iniciais Empregador Tabelas Trabalhador com Vínculo Trabalhador sem Vínculo CNPJ e Informações da Matriz Rubricas Lotações Tributárias Cargos Dados Pessoais Dados Contratuais Sócios Diretores Funções (Opcional) Dependentes Conselheiros Estabelecimentos e Obras Próprias Horários Ambientes Processos Múltiplos vínculos Sucessão e transferências Estagiários Dirigente Sindical

11 Informações Não-Periódicas e Periódicas Tabelas Rubricas Lotações Tributárias Cargos Funções (Opcional) Horários Estabelecimentos e Obras Processos Ambientes de Risco Trabalhadores Registro Preliminar /Admissão Alterações Pessoais e Contratuais Afastamentos CAT e ASO (Periódico) Condições Ambientais Adicionais Reintegração Aviso Prévio e Desligamento Folha Mensal Remuneração/Folha Pagamentos do Trabalho Adquirente Produto Rural Comercialização Rural PF Desoneração, Simples e atividade concomitante

12 SST e Riscos Ambientais SST Início em Janeiro e Julho/2017 S-1060 Tabela de Ambientes de Trabalho S-2210 CAT - Comunicação Acidente de Trabalho S-2220 ASO e Monitoramento da Saúde S-2240 Condições Ambientais do Trabalho Fatores de Risco (Empregado) S-2241 Insalubridade, Periculosidade e Aposentadoria Especial Motivo do pagamento: Tabela 22 e Tabela 23 do esocial. 12

13 SST e Riscos Ambientais Tabela de Ambientes de Trabalho - Ambientes de trabalho com exposição aos fatores de risco da Tabela 21 do esocial. - PPRA Laudo de levantamento de riscos - LTCAT Laudo previdenciário: Atividade Especial. - Informar riscos em ambientes de Terceiros com CNPJ/CAEPF do tomador do serviço. - Atualizar anualmente e sempre que houver alterações nos ambientes. 13

14 Prazos de envio dos arquivos Ocorrência Pré-admissão Admissão Contrato de Trabalho sem Vinculo Afastamentos Aviso Prévio Desligamento Comunicação Acidente de trabalho Demais Ocorrências Prazo de envio Dia imediatamente anterior ao dia da admissão Dia imediatamente anterior ao dia da admissão Até o envio da Folha (envio da pré-admissão) - Para cancelar, transmitir no dia da admissão. Até o envio da Folha Doença e Acidente de Trabalho no 16º dia Demais até o envio da Folha Aviso Trabalhado: até 10 dias da comunicação. Rescisão: 1º dia útil seguinte (aviso trabalhado/fim contrato) Até dez dias nos demais casos 1º dia útil seguinte No caso de morte, envio imediato Até o dia 07 do mês seguinte, ou até o envio da Folha 14

15 Informações da Folha de Pagto Remuneração da Folha S RGPS Folha é única por CPF Destacar cada recibo de pagto no mês Enviada rubrica a rubrica Beneficiário de Pensão Judicial Valor Plano de Saúde (Titular e Dependentes) Autônomos e MEI pagos: CPF, PIS, Nome, dt nascto, CBO Múltiplos Vínculos CNPJ e Valor outra empresa. Rendimento Trabalho (P.Física) S-1210 Data de pagto, valor líquido cada recibo Folha. Pagto no Brasil ou Exterior. Constar do S-1200, S-1202, S-2299, S Demais informações da DIRF: EFD Reinf = ERP. Reenvio: não é substitutivo. Pedir Exclusão e reenviar.

16 Informações da Folha de Pagto Adquirente Produtor Rural PF Adquirente PJ informa produtor rural por CPF e valor. O produtor rural (CAEPF) informa CNPJ ou CPF dos adquirentes. Informar processos que impedem reter INSS. 1 Arquivo por Filial adquirente que agrupa todos os Produtores Rurais PF. Consórcio Produtores Rurais PF: informar no CPF do outorgado.

17 Informações da Folha de Pagto Contratação de Trabalhadores Avulsos Não portuários - S-1270 Informado pelo Tomador de serviços intermediados pelo Sindicato. - Total da remuneração, 13º salário proporcional e o INSS descontado. - DCTF Web emitirá DARF em nome do Tomador do serviço. - Sindicato informará S-1200 para individualizar valores ao FGTS e Previdência Social.

18 Informações da Folha de Pagto Informações Complementares S % Desoneração da Folha. - % Simples serviços Anexo IV concomitante com demais Anexos para cálculo proporcional ao INSS.

19 Fechamento Envio da Folha Fechamento do mês - S-1299 Totaliza as bases de cálculo e integra ao DCTF. -Situação Sem Movimento Sem informação periódicos S-1200 a S Reenviar anualmente em janeiro. Janeiro = Informar se houve repasse financeiro aos sócios no ano anterior.

20 Como serão os recolhimentos Antes do esocial GFIP DIRF Implantação do esocial Relações de Trabalho esocial EFD REINF Retenções e Informações DCTF WEB (INSS e IRRF) Fonte: esocial.gov.br DARF Sistema RFB PER/DCOMP Parcelamentos

21 Como serão os recolhimentos Empregador Implantação do esocial Informações de remunerações ou desligamentos FGTS Imprime a guia atualizada na página do FGTS esocial Valida e Armazena as Informações CEF Gera a guia e disponibiliza na pagina do FGTS Fonte: esocial.gov.br

22 Passaram para EFD-Reinf Retenção Serviços Tomados; Retenção Serviços Prestados; Comercialização Rural Pessoa Jurídica; Patrocínio a Clube de Futebol; Eventos Desportivos; DIRF Exceto Rendimentos do Trabalho.

23 Desafios para o Empregador Conscientizar a todos na empresa; Cuidar em relação aos prazos para não sofrer multas; Cumprir a legislação para evitar a fiscalização, que será eletrônica e assertiva; Qualificar o RH perante a nova realidade; Mudar a cultura da organização.

24 Desafios para o Empregador Definir responsabilidades entre as áreas:

25 Reflexos no RH e na Empresa O envolvimento não será apenas do RH! Lideranças, RH, Jurídico e SST precisarão trabalhar juntos para manter as informações dos empregados atualizadas. Os arquivos não periódicos demandarão uma mudança de cultura da empresa, em virtude de seus prazos no decorrer do mês. Ajustar processos internos quando há informações em outros softwares ou terceirizações.

26 Reflexos no RH e nas Empresas Retificações de informações passadas poderão reabrir Folhas que já estavam fechadas em meses posteriores. O esquecimento de uma alteração de cargo com direito a insalubridade no início do ano provocará retificação de todas as Folhas posteriores e recolhimento de encargos com juros e multas. Completar informações nos sistemas para os arquivos iniciais e posteriores. Relacionar tabelas do esocial com o sistema (Código da rubrica, situações de afastamento e desligamento, tipo de Lotação,...)

27 Reflexos na área de Segurança e Medicina Alinhamento das áreas de SST com o RH será fundamental As informações decorrentes do PPRA, LTCAT e ASO deverão ser atualizadas mensalmente no ambiente do esocial A inclusão destas informações deverá ocorrer antes do envio da Folha Com o esocial o PPP estará online.

28 Área de SST Terceirizada - Terceiro poderá gerar e transmitir xml (procuração). - Responsabilidade é do empregador! Sincronismo diário com o Terceiro: admissões/matrícula; alterações de cargos, alterações no ambiente de riscos, alterações de atividades desempenhadas, novos cargos, início e fim do direito à insalubridade e periculosidade, aposentadoria especial. EPI com CA novo.

29 Não é apenas Atualização de Software O esocial não é uma simples mudança de leiaute do governo e não se resolve somente com uma atualização de sistema. É uma mudança nas relações de trabalho, no dia-a-dia do RH e de todos da empresa!

30 Riscos de Autuações Informações do empregado: - Jornada: Horário de trabalho e intervalos, horas dia e semana. - Folha: nº horas normais, nº h.extras e nº Banco de Horas. Pagto Adicionais: Noturno, Insalubre, Perigoso. - SST: Ambientes de Riscos, Laudos, EPC, Atividades desempenhadas, EPI, Motivo pagto Adicionais e aposentadoria especial. Reduzir horas extras e excesso do Banco de Horas.

31 Riscos de Autuações Possíveis Autuações instantâneas: - Nº de deficientes x Nº empregados - Nº de aprendiz x Nº CBO s que demandam formação - Mesmo cargo/cbo x salários distintos x data no cargo - Pagto adicional insalubridade/periculosidade x situação de risco x aposentadoria especial

32 Riscos de Autuações Possíveis Autuações instantâneas: - Expatriados x recolhimento de INSS/FGTS/IRRF. - Rubrica remuneração x incidências INSS/FGTS/IRRF. - CNAE preponderante estabelecimento x % RAT

33 Penalidades - Aumento de autuações MTE, Previdência e RFB. - Possibilidade crescente de Ação Civil Pública, Inquérito Civil e TAC - Termo de Ajustamento de Conduta. - Autuação Fiscal por inconsistência na transmissão de informações. - Impedimento para expedição de certidão de prova de regularidade fiscal.

34 esocial é Bom ou Ruim? CF 1988: DOS PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS Art. 1º: IV - os valores sociais do trabalho e da livre iniciativa; DOS DIREITOS SOCIAIS Art. 6º São direitos sociais a educação, a saúde, a alimentação, o trabalho, a moradia, o lazer, a segurança, a previdência social, a proteção à maternidade e à infância, a assistência aos desamparados, na forma desta Constituição. Art. 7º São direitos dos trabalhadores urbanos e rurais: XXIV - aposentadoria; O Estado que deve garantir estes direitos aos trabalhadores! Cérebro eletrônico: uso com bom-senso!

35 esocial é Bom ou Ruim? Acidentes Trabalho Jornal Santa de 15/08/2015 Estado SC - Dados do MTE ano º colocado em nº de acidentes de trabalho - 2,2 milhões empregados = 46,3 mil acidentes e 137 mortes. - em média 127 acidentes por dia. - Em 2015: INSS de Blumenau concedeu 44 mil benefícios por acidentes e invalidez. Brasil Dados IBGE formais e informais milhões de acidentes - Previdência registrou 718 mil. Mundo Dados da OIT - Estima 2,3 milhões mortes por ano.

36 esocial é Bom ou Ruim? Acidentes Trabalho Jornal Santa de 15/08/2015 Estado SC - Dados do MTE Nº Mortes em Acidentes Trabalho- SC

37 esocial Perguntas

38 Se eu tivesse oito horas para derrubar uma árvore, passaria seis afiando o meu machado." Abraham Lincoln Obrigada pela participação!!! Anelore. 38

esocial Como iniciar a implantação Parceria Fenabrave-SC Anelore B Tolardo

esocial Como iniciar a implantação Parceria Fenabrave-SC Anelore B Tolardo esocial Como iniciar a implantação Parceria Fenabrave-SC Anelore B Tolardo O que é o esocial Nova forma de enviar as informações dos trabalhadores para o governo. SPED Sistema Público de Escrituração Digital

Leia mais

Desvendando o esocial

Desvendando o esocial 2011 Março de 2012 Outubro de 2012 1º semestre de 2013 Julho/2013 Primeiros layouts (não oficiais) Estudo dos layouts Primeira proposta de solução Segunda proposta de solução Indefinições do Governo Não

Leia mais

Desvendando o esocial

Desvendando o esocial Desvendando o esocial O que é o esocial? O esocial é um dos componentes do SPED e visa formalizar digitalmente as informações trabalhistas, previdenciárias e fiscais relativas a todos os empregados e empregadores,

Leia mais

Uma nova era nas relações entre Empregados, Empregadores e Governo

Uma nova era nas relações entre Empregados, Empregadores e Governo Uma nova era nas relações entre Empregados, Empregadores e Governo CONSTRUÇÃO CONJUNTA Receita Federal do Brasil; Caixa; Instituto Nacional do Seguro Social INSS; Ministério da Previdência Social MPS;

Leia mais

03/05/2015. Entendendo o esocial

03/05/2015. Entendendo o esocial Entendendo o esocial 1 O que é o esocial O esocialé o instrumento de unificação da prestação das informações referentes à escrituração das obrigações fiscais, previdenciárias e trabalhistas e tem por finalidade

Leia mais

Dra. Valéria de Souza Telles. esocial - Dra. Valéria de Souza Telles 1

Dra. Valéria de Souza Telles. esocial - Dra. Valéria de Souza Telles 1 Dra. Valéria de Souza Telles esocial - Dra. Valéria de Souza Telles 1 Manual de Orientação do e - Social Versão 1.0 (Ato Declaratório Executivo SUFIS nº 5/13 DOU de 18/07/2013) Manual de Orientação do

Leia mais

O que é o esocial? esocial subprojeto do SPED. MTE, CAIXA, RFB, Previdência, outros

O que é o esocial? esocial subprojeto do SPED. MTE, CAIXA, RFB, Previdência, outros O que é o esocial? esocial subprojeto do SPED Transmissão única Informações de folha de pagamento e de outras obrigações trabalhistas, previdenciárias e tributárias pelo empregador em relação aos seus

Leia mais

II Seminário esocial Uma nova era nas relações entre empregadores, empregados e governo

II Seminário esocial Uma nova era nas relações entre empregadores, empregados e governo II Seminário esocial Uma nova era nas relações entre empregadores, empregados e governo Câmara Americana de Comércio São Paulo / SP 02/10/2015 Paulo Roberto Magarotto Auditor-Fiscal da Receita Federal

Leia mais

uma nova era nas relações entre Empregadores, Empregados e Governo. esocial - FECON 19/02/2014

uma nova era nas relações entre Empregadores, Empregados e Governo. esocial - FECON 19/02/2014 esocial - FECON 19/02/2014 Contextualização - Objetivo do Projeto OBJETIVOS - O que é o esocial Conceitos básicos - Qualificação cadastral - Povoamento da base - Eventos Não periódicos - Eventos periódicos

Leia mais

FOLHA DE PAGAMENTO E SUAS RETENÇÕES Carlos Alencar OUTUBRO/2013

FOLHA DE PAGAMENTO E SUAS RETENÇÕES Carlos Alencar OUTUBRO/2013 FOLHA DE PAGAMENTO E SUAS RETENÇÕES Carlos Alencar OUTUBRO/2013 OBRIGATORIEDADE A empresa é obrigada a elaborar mensalmente a folha de pagamento da remuneração paga devida ou creditada a todos os segurados

Leia mais

esocial Sistema de Escrituração Fiscal Digital das Obrigações Fiscais, Copyright 2013 1

esocial Sistema de Escrituração Fiscal Digital das Obrigações Fiscais, Copyright 2013 1 esocial Sistema de Escrituração Fiscal Digital das Obrigações Fiscais, Copyright 2013 1 O que é esocial? É o projeto de escrituração digital da folha de pagamento e das obrigações trabalhistas, previdenciárias

Leia mais

esocial Uma nova forma de registro dos eventos trabalhistas

esocial Uma nova forma de registro dos eventos trabalhistas esocial Uma nova forma de registro dos eventos trabalhistas José Maia Ministério do Trabalho e Previdência Social Eduardo Tanaka Receita Federal Apresentação: - Visão geral do projeto - Aspectos conceituais

Leia mais

Como o esocial muda o dia a dia da sua empresa?

Como o esocial muda o dia a dia da sua empresa? Como o esocial muda o dia a dia da sua empresa? SISTEMA HUMANUS DE GESTÃO DE RH O QUE É O ESOCIAL? O esocial é um projeto do governo federal que vai unificar o envio de informações pelo empregador em relação

Leia mais

O que é o esocial? esocial subprojeto do SPED

O que é o esocial? esocial subprojeto do SPED O que é o esocial? esocial subprojeto do SPED Transmissão única Informações de folha de pagamento e de outras obrigações trabalhistas, previdenciárias e tributárias pelo empregador em relação aos seus

Leia mais

O QUE VAI ACONTECER NO RH

O QUE VAI ACONTECER NO RH A Prodama, empresa de soluções de gestão corporativa e serviços de TI com sedes no Paraná, São Paulo, Mato Grosso e Goiás, possui 28 anos de expertise em tecnologia empresarial, com prof issionais capacitados

Leia mais

uma nova era nas relações entre Empregadores, Empregados e Governo. CISPED, 21/11/2013

uma nova era nas relações entre Empregadores, Empregados e Governo. CISPED, 21/11/2013 CISPED, 21/11/2013 Aspectos Técnicos Utilização do CPF como chave do trabalhador associado ao PIS/NIT; Validação na base do CNIS CPF/PIS/Data de nascimento; Cadastramento inicial apenas dos vínculos ativos;

Leia mais

esocial esocial Diminuir o custo de produção, o controle e disponibilização das informações trabalhistas, previdenciárias e fiscais;

esocial esocial Diminuir o custo de produção, o controle e disponibilização das informações trabalhistas, previdenciárias e fiscais; Ref.: nº 26/2015 esocial 1. Conceito O esocial é um projeto do Governo Federal que vai coletar as informações descritas em seu objeto, armazenando-as em Ambiente Nacional, possibilitando aos órgãos participantes,

Leia mais

uma nova era nas relações entre Empregadores, Empregados e Governo. ABEMI Associação Brasileira de Engenharia Industrial São Paulo, 03/12/2013

uma nova era nas relações entre Empregadores, Empregados e Governo. ABEMI Associação Brasileira de Engenharia Industrial São Paulo, 03/12/2013 ABEMI Associação Brasileira de Engenharia Industrial São Paulo, 03/12/2013 Jeziel Tadeu Fior Auditor Fiscal da Receita Federal do Brasil O que é o esocial? Sistema de Escrituração Digital das Obrigações

Leia mais

Palestrantes: Reginaldo da Silva dos Santos, André Bocchi e. Luis Antônio dos Santos

Palestrantes: Reginaldo da Silva dos Santos, André Bocchi e. Luis Antônio dos Santos esocial SEMINÁRIO Uma realidade RETENÇÕES a ser DE enfrentada IMPOSTOS pelos E CONTRIBUIÇÕES profissionais de RH, Contabilidade e de Gestão Administrativa Palestrantes: André Bocchi da Silva Reginaldo

Leia mais

TAX. esocial 2014. PAINEL FIEAM, CIEAM e CAMARA- NIPO BRASILEIRA. Abril de 2014 Tax

TAX. esocial 2014. PAINEL FIEAM, CIEAM e CAMARA- NIPO BRASILEIRA. Abril de 2014 Tax TAX esocial 2014 PAINEL FIEAM, CIEAM e CAMARA- NIPO BRASILEIRA Abril de 2014 Tax kpmg 1 Histórico T-Rex e Harpia A partir de 2006 a Receita Federal do Brasil colocou em operação um equipamento capaz de

Leia mais

O que é? Pra que serve? Quem promove? Como vai funcionar? O dia a dia? Quando começa? Agenda. E agora, o que tenho que fazer????

O que é? Pra que serve? Quem promove? Como vai funcionar? O dia a dia? Quando começa? Agenda. E agora, o que tenho que fazer???? Fevereiro de 2014 O que é? Pra que serve? Quem promove? Como vai funcionar? O dia a dia? Quando começa? Agenda E agora, o que tenho que fazer???? O QUE É AFINAL? Componente do SPED (Sistema Público de

Leia mais

Entendendo o esocial

Entendendo o esocial Entendendo o esocial O que éo esocial O esocial éo instrumento de unificação da prestação das informações referentes àescrituração das obrigações fiscais, previdenciárias e trabalhistas e tem por finalidade

Leia mais

Agenda: ü Conceito do e- Social; ü Saúde e Segurança do Trabalho SSO- EHS; ü e- Social e a Saúde e Segurança do Trabalho;

Agenda: ü Conceito do e- Social; ü Saúde e Segurança do Trabalho SSO- EHS; ü e- Social e a Saúde e Segurança do Trabalho; Agenda: ü Conceito do e- Social; ü Saúde e Segurança do Trabalho SSO- EHS; ü e- Social e a Saúde e Segurança do Trabalho; 1. O que é o esocial? Um Sistema de Escrituração Fiscal Digital das obrigações

Leia mais

esocial Sistema de Escrituração das Obrigações Fiscais, Previdênciárias e Trabalhistas

esocial Sistema de Escrituração das Obrigações Fiscais, Previdênciárias e Trabalhistas esocial Sistema de Escrituração das Obrigações Fiscais, Previdênciárias e Trabalhistas O que é o esocial? O Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas (esocial)

Leia mais

Decreto 6.022 de 22/01/2007 Procedimentos para Janeiro de 2014

Decreto 6.022 de 22/01/2007 Procedimentos para Janeiro de 2014 Decreto 6.022 de 22/01/2007 Procedimentos para Janeiro de 2014 ...Art. 2º O Sped (Sistema Público de Escrituração Digital) é instrumento que unifica as atividades de recepção, validação, armazenamento

Leia mais

CNS - Confederação Nacional de Serviços. Principais Reflexos no FGTS

CNS - Confederação Nacional de Serviços. Principais Reflexos no FGTS CNS - Confederação Nacional de Serviços Principais Reflexos no FGTS Números Grandes R$ 410,6 bilhões Total Ativo R$ 311,6 bilhões 70 Milhões de clientes Saldo Contas Vinculadas R$ 77,8 bilhões Patrimônio

Leia mais

e-social Divisão Trabalhista e Previdenciária Agosto de 2013

e-social Divisão Trabalhista e Previdenciária Agosto de 2013 Divisão Trabalhista e Previdenciária Agosto de 2013 Conceito de EFD-Social O (EFD-Social) é um projeto do governo federal que visa a unificação das obrigações trabalhistas, previdenciárias e tributárias

Leia mais

Cenário Atual. Os empregadores devem preencher inúmeras declarações e documentos que possuem as mesmas informações.

Cenário Atual. Os empregadores devem preencher inúmeras declarações e documentos que possuem as mesmas informações. índice O que é o esocial?...03 Cenário Atual...04 Cenário Ideal...05 Abrangência...06 Identificadores das Empresas...07 Identificadores...08 Módulo Consulta Cadastral...09 Órgãos envolvidos no Projeto...11

Leia mais

Uma nova era nas relações entre Empregados, Empregadores e Governo

Uma nova era nas relações entre Empregados, Empregadores e Governo Uma nova era nas relações entre Empregados, Empregadores e Governo JOSE DE SOUZA MARQUES Contador e Advogado, pós graduado em Controladoria e Auditoria e em Direito Processual Tributário. Obrigações atuais

Leia mais

CURSO LEGISLAÇÃO TRABALHISTA, PREVIDENCIÁRIA e NR S DO TRABALHO com IMPACTOS, RISCOS e IMPLEMENTAÇÃO DO esocial

CURSO LEGISLAÇÃO TRABALHISTA, PREVIDENCIÁRIA e NR S DO TRABALHO com IMPACTOS, RISCOS e IMPLEMENTAÇÃO DO esocial CURSO LEGISLAÇÃO TRABALHISTA, PREVIDENCIÁRIA e NR S DO TRABALHO com IMPACTOS, RISCOS e IMPLEMENTAÇÃO DO esocial LEGISLAÇÃO TRABALHISTA, PREVIDENCIÁRIA e NR S DO TRABALHO com IMPACTOS, RISCOS e IMPLEMENTAÇÃO

Leia mais

esocial 2.0 Uma nova realidade nos processos de RH

esocial 2.0 Uma nova realidade nos processos de RH esocial 2.0 Uma nova realidade nos processos de RH 1. Visão geral do esocial - Status 2. Mudanças da versão 1.0 para a versão 2.0; 3. Cadastros a. Módulo Consulta Qualificação Cadastral b. Qualificação

Leia mais

Linha do Tempo até esocial

Linha do Tempo até esocial Linha do Tempo até esocial 2005 Nfe 2006 Sped Fiscal 2007 Sped Contábil 2011 Desoneração da Folha de Pagamento 2013 esocial Sped Folha INVESTIMENTO DA RFB T REX Fabricado pela IBM e montado nos Estados

Leia mais

esocial: Integração no Ambiente Sped SISTEMA PÚBLICO DE ESCRITURAÇÃO DIGITAL

esocial: Integração no Ambiente Sped SISTEMA PÚBLICO DE ESCRITURAÇÃO DIGITAL esocial: Integração no Ambiente Sped SISTEMA PÚBLICO DE ESCRITURAÇÃO DIGITAL NF-e Abrangência ECD esocial EFD EFD - IRPJ CT-e NFS-e E-Lalur FCont O esocial é um projeto do governo federal que vai unificar

Leia mais

SPED Folha de Pagamento

SPED Folha de Pagamento SPED Folha de Pagamento Ricardo Nogueira www.ocftreinamento.com.br Cenário atual Os empregadores são obrigados a preencher diversas declarações e documentos que possuem, em muitos casos, as mesmas informações...

Leia mais

e-social - VERSÃO 2.1

e-social - VERSÃO 2.1 Recursos Humanos OBRIGAÇÕES TRABALHISTA E PREVIDENCIÁRIA NA FOLHA DE PAGAMENTO Março de 2016 - Brasília Realização Workshop OBRIGAÇÕES TRABALHISTA E PREVIDENCIÁRIA NA FOLHA DE PAGAMENTO Apresentação Com

Leia mais

esocial O que muda na sua empresa? TAX

esocial O que muda na sua empresa? TAX TAX esocial O que muda na sua empresa? 20XX KPMG, uma [estrutura legal] brasileira e firma-membro da rede KPMG de firmasmembro independentes e afiliadas à KPMG International Cooperative ( KPMG International

Leia mais

esocial Sistema de Escrituração Fiscal Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas

esocial Sistema de Escrituração Fiscal Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas esocial Sistema de Escrituração Fiscal Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas SPED DECRETO 6.022/07 O QUE É? Art. 2º O esocial é o instrumento de unificação da prestação das informações

Leia mais

Impactos do esocial. Projeto multidisciplinar. Impactos. Substituição da GFIP e MANAD (RAIS, CAGED e DIRF prevista para 2015)

Impactos do esocial. Projeto multidisciplinar. Impactos. Substituição da GFIP e MANAD (RAIS, CAGED e DIRF prevista para 2015) Impactos do esocial Impactos Substituição da GFIP e MANAD (RAIS, CAGED e DIRF prevista para 2015) Disponibilização da DCTF Web PER/DCOMP como meio para compensações após a extinção da GFIP Projeto multidisciplinar

Leia mais

esocial O que sua empresa precisa saber

esocial O que sua empresa precisa saber esocial O que sua empresa precisa saber Anelore B Tolardo esocial - Fenabrave-SC 1 O que é o esocial Nova forma de enviar as informações dos trabalhadores para o governo: SPED Sistema Público de Escrituração

Leia mais

e-social Alexandre Corrêa

e-social Alexandre Corrêa e-social Alexandre Corrêa e-social O e-social consiste na escrituração digital da folha de pagamento e das obrigações trabalhistas, previdenciárias e fiscais. Permitirá uma fiscalização muito mais eficaz,

Leia mais

O esocial e os desafios junto à fiscalização previdenciária, trabalhista e tributária. Necessidade de organização e consequências previsíveis.

O esocial e os desafios junto à fiscalização previdenciária, trabalhista e tributária. Necessidade de organização e consequências previsíveis. O esocial e os desafios junto à fiscalização previdenciária, trabalhista e tributária. Necessidade de organização e consequências previsíveis. Renan Cesco de Campos VIII Fórum de Relações Trabalhistas

Leia mais

esocial e PUC Programa de Unificação do Crédito e PUC

esocial e PUC Programa de Unificação do Crédito e PUC esocial e PUC Programa de Unificação do Crédito VI Fórum Interestadual de Regularidade 9 de outubro de 2014 Frederico Faber Coordenador de Cobrança Cenário Atual Os empregadores são obrigados a preencher

Leia mais

Projeto esocial Aspectos Legais

Projeto esocial Aspectos Legais Projeto esocial Aspectos Legais ÍNDICE O que é o esocial Cenários e Leiaute Cronograma do Governo Fiscalização e Penalidades ÍNDICE O que é o esocial? O esocial é um projeto do Governo Federal, com implantação

Leia mais

esocial Informações e Orientações Atualizadas

esocial Informações e Orientações Atualizadas esocial Informações e Orientações Atualizadas Conceito e Objetivos do esocial O esocial é uma ação conjunta destes órgãos e entidades do governo federal: Caixa Econômica Federal Instituto Nacional do Seguro

Leia mais

São Paulo, 14/11/2014 Samuel Kruger Auditor-Fiscal da Receita Federal do Brasil

São Paulo, 14/11/2014 Samuel Kruger Auditor-Fiscal da Receita Federal do Brasil São Paulo, 14/11/2014 Samuel Kruger Auditor-Fiscal da Receita Federal do Brasil Cenário atual Termo de Rescisão Empresa Único Cana l Ambiente Nacional Direitos Gar antidos Proces sos Simplificados Informações

Leia mais

Potenciais riscos do esocial Como previnir? 2015 Grant Thornton International Ltd. All rights reserved.

Potenciais riscos do esocial Como previnir? 2015 Grant Thornton International Ltd. All rights reserved. Potenciais riscos do esocial Como previnir? Agenda 1 2 Contexto Introdutório Definição, Objetivos, Operacionalização, Comprovante/recibo de entrega; Sequência lógica de transmissão; Recolhimento de encargos

Leia mais

Saiba tudo sobre o esocial

Saiba tudo sobre o esocial Saiba tudo sobre o esocial Introdução Com a criação do Sistema Público de Escrituração Digital (Sped), o Governo propiciou maior controle e agilidade na fiscalização das informações contábeis e fiscais

Leia mais

Pilares do SPED EFD ICMS/IPI EFD IRPJ. esocial ECF ECD. EFD Contribuições. (NF-e, NFS-e, CT-e) Doc. Fiscais Eletrônicos

Pilares do SPED EFD ICMS/IPI EFD IRPJ. esocial ECF ECD. EFD Contribuições. (NF-e, NFS-e, CT-e) Doc. Fiscais Eletrônicos Nossa trajetória... Doc. Fiscais Eletrônicos (NF-e, NFS-e, CT-e) ECD EFD ICMS/IPI EFD Contribuições EFD IRPJ Pilares do SPED esocial ECF Perfil 21 anos de atuação com dedicação exclusiva em projetos da

Leia mais

Não muda legislação, muda procedimentos.

Não muda legislação, muda procedimentos. Versão 1.1 esocial Não muda legislação, muda procedimentos. esocial = Transparência Fiscal Circular n. 642, de 06/01/2014 Aprova e divulga o leiaute do Sistema de Escrituração Fiscal Digital das obrigações

Leia mais

SEMINÁRIO RETENÇÕES DE IMPOSTOS E CONTRIBUIÇÕES. Leiautes. Palestrantes: Reginaldo da Silva dos Santos, André Bocchi e Luis Antônio dos Santos

SEMINÁRIO RETENÇÕES DE IMPOSTOS E CONTRIBUIÇÕES. Leiautes. Palestrantes: Reginaldo da Silva dos Santos, André Bocchi e Luis Antônio dos Santos esocial SEMINÁRIO RETENÇÕES DE IMPOSTOS E CONTRIBUIÇÕES Leiautes Palestrantes: Reginaldo da Silva dos Santos, André Bocchi e Luis Antônio dos Santos Marcio Nolasco Promoção: Conselho Técnico de Assuntos

Leia mais

esocial 2.0: Nova realidade para Escritórios Contábeis e seus Clientes Cátia Maria Soares Medeiros 19/05/2015 Vitória - ES

esocial 2.0: Nova realidade para Escritórios Contábeis e seus Clientes Cátia Maria Soares Medeiros 19/05/2015 Vitória - ES esocial 2.0: Nova realidade para Escritórios Contábeis e seus Clientes Cátia Maria Soares Medeiros 19/05/2015 Vitória - ES Regulamentação O que existia: Ato Declaratório SUFIS 05/2013 de 17 de julho de

Leia mais

Uma marca global, para uma empresa com serviços globais!

Uma marca global, para uma empresa com serviços globais! Uma marca global, para uma empresa com serviços globais! Quem somos? Fundada em 1998 em Curitiba, a Executiva é focada em soluções na área de Recursos Humanos, mais especificamente em Outsourcing de Processos

Leia mais

Adequação ao esocial Como se preparar?

Adequação ao esocial Como se preparar? www.pwc.com.br/esocial Adequação ao esocial Como se preparar? Agenda 1 2 3 4 5 Introdução O que é o esocial? Pesquisa Como as empresas estão se preparando? Impactos Mudanças no manual e seus impactos Discussão

Leia mais

1) O que é o esocial?

1) O que é o esocial? 1) O que é o esocial? O Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas (esocial) é um projeto do governo federal que vai unificar o envio de informações pelo empregador

Leia mais

e-social expert PDF Trial Outubro 2013 Apoio O conteúdo desta apostila é de inteira responsabilidade da Lefisc.

e-social expert PDF Trial Outubro 2013 Apoio O conteúdo desta apostila é de inteira responsabilidade da Lefisc. Conselho Regional de Contabilidade do Estado de São Paulo Tel. (11) 3824-5400 - ramal 1529 (núcleo de relacionamento) Email: desenvolvimento@crcsp.org.br web: www.crcsp.org.br Rua Rosa e Silva, 60 Higienópolis

Leia mais

NONO NONONO NO NONO NONO NONONO NONO CIESP Centro das Indústrias do Estado de São Paulo DR de Sorocaba

NONO NONONO NO NONO NONO NONONO NONO CIESP Centro das Indústrias do Estado de São Paulo DR de Sorocaba SPED Sistema Público de Escrituração Digital esocial NONO NONONO NO NONO NONO NONONO NONO CIESP Centro das Indústrias do Estado de São Paulo DR de Sorocaba 7 de outubro de 2014 O SPED Sistema Público de

Leia mais

Andrezza Célia Moreira

Andrezza Célia Moreira Andrezza Célia Moreira Contadora e Perita Sócia da JANIR MOREIRA & CONTADORES ASSOCIADOS Conselheira do Conselho Regional de Contabilidade de Minas Gerais CRC-MG O esocial é um projeto do governo federal

Leia mais

uma nova era nas relações entre Empregadores, Empregados e Governo. Conferência esocial

uma nova era nas relações entre Empregadores, Empregados e Governo. Conferência esocial Conferência esocial O esocial é composto por consórcio do qual fazem parte: O Ministério do Trabalho e Emprego MTE O Ministério da Previdência Social MPS O Instituto Nacional do Seguro Social - INSS A

Leia mais

uma nova era nas relações entre Empregadores, Empregados e Governo. AMCHAM-RJ, 24/02/2014

uma nova era nas relações entre Empregadores, Empregados e Governo. AMCHAM-RJ, 24/02/2014 AMCHAM-RJ, 24/02/2014 Cenário atual Os empregadores são obrigados a preencher diversas declarações e documentos que possuem as mesmas informações... Termo de Rescisão Seguro Desemprego Evento Trabalhista

Leia mais

esocial EFD FOLHA DE PAGAMENTO

esocial EFD FOLHA DE PAGAMENTO Le f is c L e g i s l a c a o F i s c a l CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE DO RIO GRANDE DO SUL MINÁRIO DE ASSUNTOS CONTÁBEIS DE PORTO ALEGRE SEMINÁRIO ASSUNTOS CONTÁBEIS DE PORTO ALEGRE SEMINÁRIO DE

Leia mais

CONFERÊNCIA esocial. São Paulo 03/03/2015. Paulo Roberto Magarotto Auditor-Fiscal da Receita Federal do Brasil

CONFERÊNCIA esocial. São Paulo 03/03/2015. Paulo Roberto Magarotto Auditor-Fiscal da Receita Federal do Brasil CONFERÊNCIA esocial São Paulo 03/03/2015 Paulo Roberto Magarotto Auditor-Fiscal da Receita Federal do Brasil e-social Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas.

Leia mais

E-SOCIAL. Comunicamos que entrará em vigor, a partir de Abril de 2014, o novo projeto do governo, denominado E-Social.

E-SOCIAL. Comunicamos que entrará em vigor, a partir de Abril de 2014, o novo projeto do governo, denominado E-Social. E-SOCIAL Comunicamos que entrará em vigor, a partir de Abril de 2014, o novo projeto do governo, denominado E-Social. O E-Social é um projeto do governo federal que vai unificar o envio de informações

Leia mais

Soft Trade, desenvolvendo soluções para RH há 26 anos. WORKSHOP esocial. www.esocial.gov.br www.softtrade.com.br 09/10/2013

Soft Trade, desenvolvendo soluções para RH há 26 anos. WORKSHOP esocial. www.esocial.gov.br www.softtrade.com.br 09/10/2013 Soft Trade, desenvolvendo soluções para RH há 26 anos WORKSHOP esocial www.esocial.gov.br www.softtrade.com.br 09/10/2013 Sejam bem vindos, clientes e amigos Equipe da Soft Trade responsável pelo workshop

Leia mais

Soft Trade, desenvolvendo soluções para RH há 26 anos. WORKSHOP esocial. www.esocial.gov.br www.softtrade.com.br 14/02/2014

Soft Trade, desenvolvendo soluções para RH há 26 anos. WORKSHOP esocial. www.esocial.gov.br www.softtrade.com.br 14/02/2014 Soft Trade, desenvolvendo soluções para RH há 26 anos WORKSHOP esocial www.esocial.gov.br www.softtrade.com.br 14/02/2014 E agora, José?? Carlos Drummond de Andrade Solução? Problema? Afinal é bom para

Leia mais

Assunto. esocial. Diminuir o custo de produção, o controle e disponibilização das informações trabalhistas, previdenciárias e fiscais;

Assunto. esocial. Diminuir o custo de produção, o controle e disponibilização das informações trabalhistas, previdenciárias e fiscais; Ref.: nº 34/2013 esocial 1. Conceito O esocial é um projeto do Governo Federal que vai coletar as informações descritas em seu objeto, armazenando-as em Ambiente Nacional, possibilitando aos órgãos participantes,

Leia mais

Andrezza Célia Moreira

Andrezza Célia Moreira Andrezza Célia Moreira Contadora e Perita Sócia da JANIR MOREIRA & CONTADORES ASSOCIADOS Conselheira do Conselho Regional de Contabilidade de Minas Gerais CRC-MG O esocial é um projeto do governo federal

Leia mais

07/06/2013. EFD SOCIAL Sua folha de pagamento vai mudar!! Saiba como... Antes da EFD Social. Obrigações acessórias trabalhistas/previdenciárias

07/06/2013. EFD SOCIAL Sua folha de pagamento vai mudar!! Saiba como... Antes da EFD Social. Obrigações acessórias trabalhistas/previdenciárias EFD SOCIAL Sua folha de pagamento vai mudar!! Saiba como... 1 Antes da EFD Social Falta de padronização na folha de pagamento Multiplicidade de obrigações acessórias Redundância no envio dos dados índice

Leia mais

Planejamento, suporte e transparência para garantir seus objetivos!

Planejamento, suporte e transparência para garantir seus objetivos! Planejamento, suporte e transparência para garantir seus objetivos! CAMPINAS Centro Empresarial Conceição Rua Conceição, 233 Centro 23º andar conj.2303 CEP 13010-916 Tel: 19 3231 0399 SÃO PAULO Edifício

Leia mais

esocial 2.0: Nova realidade para Escritórios Contábeis e seus Clientes

esocial 2.0: Nova realidade para Escritórios Contábeis e seus Clientes esocial 2.0: Nova realidade para Escritórios Contábeis e seus Clientes Cátia Maria Soares Medeiros Palestras ministradas em 08, 11, e 15/06/2015 Colatina, Linhares e Cachoeiro de Itapemirim - ES FOCO DESTE

Leia mais

Perguntas e Respostas do esocial Versão 1.0. Brasília, 27.12.2013

Perguntas e Respostas do esocial Versão 1.0. Brasília, 27.12.2013 Perguntas e Respostas do esocial Versão 1.0 Brasília, 27.12.2013 I. esocial 1) O que é o esocial? O Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas (esocial) é um

Leia mais

esocial PROJETO, IMPLANTAÇÃO E PRINCIPAIS IMPACTOS JUNTO A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

esocial PROJETO, IMPLANTAÇÃO E PRINCIPAIS IMPACTOS JUNTO A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA esocial PROJETO, IMPLANTAÇÃO E PRINCIPAIS IMPACTOS JUNTO A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA PÚBLICO-ALVO Servidores de órgãos públicos federais, estaduais ou municipais e sociedades de economia mista, empresas privadas

Leia mais

01. esocial confirma fiscalização trabalhista total em 2016

01. esocial confirma fiscalização trabalhista total em 2016 BOLETIM INFORMATIVO Nº 28/2015 ANO XII (13 de agosto de 2015) 01. esocial confirma fiscalização trabalhista total em 2016 Embora o esocial passe efetivamente a ser obrigatório a partir de setembro de 2016,

Leia mais

uma nova era nas relações entre Empregadores, Empregados e Governo. FIESP, 23/10/2013

uma nova era nas relações entre Empregadores, Empregados e Governo. FIESP, 23/10/2013 FIESP, 23/10/2013 O que é o esocial? Cenário atual Os empregadores são obrigados a preencher diversas declarações e documentos que possuem as mesmas informações... Termo de Rescisão Seguro Desemprego Consequências

Leia mais

Módulo Recursos Humanos

Módulo Recursos Humanos Módulo Recursos Humanos Folha de Pagamento Objetivo O objetivo deste artigo é dar uma visão geral sobre o Módulo Recursos Humanos Folha de Pagamento. Todas informações aqui disponibilizadas foram retiradas

Leia mais

Evento esocial. Prof. Edison Garcia Junior

Evento esocial. Prof. Edison Garcia Junior Evento esocial Prof. Edison Garcia Junior INTRODUÇÃO PROJETO SPED (esocial 2009): AD EXECUTIVO SUFIS Nº 05, DE 17/07/2013 INTRODUÇÃO esocial: Preparado para ter uma DR com seus terceiros?? INTRODUÇÃO esocial:

Leia mais

Cargos/Funções necessárias no desenvolvimento das atividades: GERENTE DE ATIVIDADE, ASSISTENTE TÉCNICO ESPECIALIZADO E ASSISTENTE OPERACIONAL

Cargos/Funções necessárias no desenvolvimento das atividades: GERENTE DE ATIVIDADE, ASSISTENTE TÉCNICO ESPECIALIZADO E ASSISTENTE OPERACIONAL Cargos/Funções necessárias no desenvolvimento das atividades: GERENTE DE ATIVIDADE, ASSISTENTE TÉCNICO ESPECIALIZADO E ASSISTENTE OPERACIONAL MACRO FUNÇÃO ATIVIDADE TAREFA Verificar Tabela de Bancos, Analisar

Leia mais

Conferência esocial. Brasilia, abril de 2014

Conferência esocial. Brasilia, abril de 2014 Conferência esocial Brasilia, abril de 2014 O que é o esocial? Quem participa do esocial? O esocial é composto por consórcio do qual fazem parte: O Ministério do Trabalho e Emprego MTE O Ministério da

Leia mais

Navegação em Nuvem. Abrangência Atual

Navegação em Nuvem. Abrangência Atual SPED Apresentação Instituído pelo Decreto nº 6.022, de 22 de janeiro de 2007, o Sistema Público de Escrituração Digital (Sped) faz parte do Programa de Aceleração do Crescimento do Governo Federal (PAC

Leia mais

14/11/2013. Centralização do FGTS. Surgimento do REMAG. Surgimento da GFIP. Surgimento do SPED. Histórico das Obrigações JOHNATAN ABREU

14/11/2013. Centralização do FGTS. Surgimento do REMAG. Surgimento da GFIP. Surgimento do SPED. Histórico das Obrigações JOHNATAN ABREU JOHNATAN ABREU Histórico das Obrigações Centralização do FGTS Surgimento do REMAG Surgimento da GFIP Surgimento do SPED 1 Objetivos do Projeto OBJETIVO: O esocial tem por objeto, informações trabalhistas,

Leia mais

Legislação. Lei Complementar n 150/2015. Art. 7, parágrafo único, da Constituição Federal

Legislação. Lei Complementar n 150/2015. Art. 7, parágrafo único, da Constituição Federal Simples Doméstico Legislação Lei Complementar n 150/2015 Art. 7, parágrafo único, da Constituição Federal Quem é empregado doméstico? Art. 1 o da LC n 150/2015 Ao empregado doméstico, assim considerado

Leia mais

CARGA TRIBUTÁRIA ANO 2012

CARGA TRIBUTÁRIA ANO 2012 CARGA TRIBUTÁRIA ANO 2012 Orientações Básicas INFORMAÇÕES GERAIS PESSOA JURÍDICA 1) DCTF : (Declaração de Débitos e Créditos Tributários Federais) ATENÇÃO! Apresentação MENSAL obrigatória pelas Pessoas

Leia mais

esocial: Programas de medicina e segurança do trabalho: O que é preciso adequar?

esocial: Programas de medicina e segurança do trabalho: O que é preciso adequar? Nilza Machado esocial: Programas de medicina e segurança do trabalho: O que é preciso adequar? esocial: Uma nova ERA A escrituração digital chegou em SST Prazos (Resolução Comitê Diretivo do esocial Nº

Leia mais

Sistema Público de Escrituração Digital SPED

Sistema Público de Escrituração Digital SPED Sistema Público de Escrituração Digital SPED NF-e NFS-e ECD Contábil F-cont EFD - Folha EFD ICMS CT-e e-lalur EFD PIS/Cofins Contribuições Contribuinte RFB SEFAZ Leiaute Banco de Dados Procuração Eletrônica

Leia mais

Agora começa a ser implementado o esocial, que constituirá a maior e mais complexa parte do Sped.

Agora começa a ser implementado o esocial, que constituirá a maior e mais complexa parte do Sped. Introdução O que é esocial? Com a criação do Sistema Público de Escrituração Digital (Sped), o Governo propiciou maior controle e agilidade na fiscalização das informações contábeis e fiscais das empresas

Leia mais

Nesta versão, foram disponibilizadas as alterações cadastrais relacionadas ao esocial.

Nesta versão, foram disponibilizadas as alterações cadastrais relacionadas ao esocial. LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA (Orientamos aos clientes que utilizam banco de dados SQL, para efetuarem a atualização preferencialmente após o encerramento das atividades do dia, acessando o sistema

Leia mais

O que é o esocial? Empregado

O que é o esocial? Empregado CICLO DE PALESTRAS O que é o esocial? É uma nova forma de registro de informações, também conhecida como folha de pagamento digital que unificará todos os sistemas. Empregado O Ato Declaratório Executivo

Leia mais

Aprovação e divulgação do leiaute (padronização)

Aprovação e divulgação do leiaute (padronização) Legislação Início legal Ato Declaratório Executivo Sufis nº 5 de 17/07/2013, publicado no DOU em 18/07/2013 Aprovação e divulgação do leiaute (padronização) Manual V. 1.1 Site esocial - www.esocial.gov.br

Leia mais

AMCHAM 29/10/2015 Rio de Janeiro/RJ

AMCHAM 29/10/2015 Rio de Janeiro/RJ AMCHAM 29/10/2015 Rio de Janeiro/RJ Entendendo o esocial O que é o esocial O esocial é o instrumento de unificação da prestação das informações referentes à escrituração das obrigações fiscais, previdenciárias

Leia mais

E S P E CIAL I S TA E M AU DITO RIA E CONTROLADORIA. W W W. Z E NAI DECARVALHO.COM.BR

E S P E CIAL I S TA E M AU DITO RIA E CONTROLADORIA. W W W. Z E NAI DECARVALHO.COM.BR 1 I NSTRUTO RA: Z E NAI DE CARVALHO CONTADORA E ADMINISTRADORA, E S P E CIAL I S TA E M AU DITO RIA E CONTROLADORIA. W W W. Z E NAI DECARVALHO.COM.BR Administradora e Contadora Zenaide Carvalho Pós-graduada

Leia mais

SPED: instituído pelo Decreto 6.022/2007

SPED: instituído pelo Decreto 6.022/2007 e Social e-social E-Social SPED: instituído pelo Decreto 6.022/2007 Art. 2º - O SPED é instrumento que unifica as atividades de recepção, validação, armazenamento e autenticação de livros e documentos

Leia mais

Café da Manhã ANEFAC Os desafios da folha de pagamento eletrônica esocial Palestra + Discussão = Informação

Café da Manhã ANEFAC Os desafios da folha de pagamento eletrônica esocial Palestra + Discussão = Informação Café da Manhã ANEFAC Os desafios da folha de pagamento eletrônica esocial Palestra + Discussão = Informação Agenda Simpósio Serão 3 palestras seguidas, de 15 minutos cada, os temas e tópicos serão os seguintes:

Leia mais

ÍNDICE CURSO DE DEPARTAMENTO PESSOAL. DEPARTAMENTO PESSOAL ONLINE www.departamentopessoalonline.com - 3 -

ÍNDICE CURSO DE DEPARTAMENTO PESSOAL. DEPARTAMENTO PESSOAL ONLINE www.departamentopessoalonline.com - 3 - ÍNDICE CURSO DE DEPARTAMENTO PESSOAL INTRODUÇÃO... 008 DISPOSIÇÕES GERAIS... 009 Conceito de empregador... 009 Conceito de empregado... 009 Direitos do empregado... 010 ASSÉDIO MORAL E SEXUAL NO TRABALHO...

Leia mais

Finalidade. Entes envolvidos. Sistema de Escrituração Fiscal Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas

Finalidade. Entes envolvidos. Sistema de Escrituração Fiscal Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas Sistema de Escrituração Fiscal Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas ariane@ensicon.com.br Finalidade A Escrituração Fiscal Digital Social tem por finalidade: a) Prestar informações

Leia mais

esocial A TRANSFORMAÇÃO DA RELAÇÃO DE TRABALHO E DE ARRECAÇÃO SOBRE A FOLHA DE PAGAMENTO

esocial A TRANSFORMAÇÃO DA RELAÇÃO DE TRABALHO E DE ARRECAÇÃO SOBRE A FOLHA DE PAGAMENTO esocial A TRANSFORMAÇÃO DA RELAÇÃO DE TRABALHO E DE ARRECAÇÃO SOBRE A FOLHA DE PAGAMENTO CENÁRIO ATUAL EMARANHADO DE NORMAS E LEIS INÚMERAS OBRIGAÇÕES ACESSÓRIAS INFORMAÇÕES NÃO CONSOLIDADAS E DE MÁ QUALIDADE

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE DO RIO GRANDE DO SUL

CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE DO RIO GRANDE DO SUL Le f is c L e g i s l a c a o F i s c a l CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE DO RIO GRANDE DO SUL MINÁRIO DE ASSUNTOS CONTÁBEIS DE PORTO ALEGRE SEPMINÁRIO ASSUNTOS CONTÁBEIS DE PORTO ALEGRE SEMINÁRIO DE

Leia mais

O esocial e os desafios trabalhistas. A mudança na rotina de pessoal.

O esocial e os desafios trabalhistas. A mudança na rotina de pessoal. O esocial e os desafios trabalhistas. A mudança na rotina de pessoal. esocial -É o Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhista (esocial); -Trata-se de um projeto

Leia mais

Escrituração Fiscal da Folha de Pagamento e das Obrigações Previdenciárias (EFD-Social) esocial

Escrituração Fiscal da Folha de Pagamento e das Obrigações Previdenciárias (EFD-Social) esocial Escrituração Fiscal da Folha de Pagamento e das Obrigações Previdenciárias (EFD-Social) esocial O esocial vem mudar a legislação? Qual o prazo para o registro de funcionários? Art. 5º O empregador anotará

Leia mais

Rio de Janeiro, 17/09/2013

Rio de Janeiro, 17/09/2013 Rio de Janeiro, 17/09/2013 Daniel Belmiro Fontes José Alberto Maia Cenário atual Os empregadores são obrigados a preencher diversas declarações e documentos que possuem as mesmas informações... Termo de

Leia mais