S I N O P S E S I N D I C A L A B R I L D E

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "S I N O P S E S I N D I C A L A B R I L D E 1 9 9 9"

Transcrição

1 S I N O P S E S I N D I C A L A B R I L D E BANCÁRIOS. A Confederação Nacional dos Bancários da CUT está em tratativas negociais com a Federação Nacional dos Bancos - FENABAN de modo a obter uma antecipação salarial. Basicamente, a entidade sindical pleiteia o índice de 3,46% correspondente ao ICV-Dieese do período da data-base (1º de setembro) até o mês de março/99. BEBIDAS. Com data-base em 1º de março, o Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Bebidas, filiado à Força Sindical, renovou a convenção coletiva com a entidade patronal, destarte, beneficiando 10 mil trabalhadores. Basicamente, foi acertado o seguinte: a) Manutenção das cláusulas sociais e sindicais; b) Reajuste salarial de 2%; c) Adicional noturno de 25%; d) Hora extra de 80%. CONSTRUÇÃO CIVIL. Com data-base em 1º de maio, o Sindicato dos Trabalhadores na Construção Civil renovou a convenção coletiva de trabalho com o 1

2 Sinduscon, entidade patronal, mediante as seguintes cláusulas: a) Aumento de R$ 19,00 nos salários de 180 mil trabalhadores. Este reajuste representa 5,8% em 1º de maio para 81 mil serventes que passarão a ganhar R$ 346,80; b) Complementação de salário para o empregado afastado por motivo de doença ou acidente de trabalho do 16º ao 60º dia; c) Salário normativo equivalente a R$ 340,00; d) Hora extra de 100% nos domingos e feriados; e) Instituição de Câmara paritária para solução de conflitos individuais, destarte, evitando-se a ida à Justiça do Trabalho. CONSTRUÇÃO CIVIL. Com data-base em 1º de maio, a Federação dos Trabalhadores da Construção Civil do Estado de São Paulo (FETICOM) e os Sindicatos do interior, representando aproximadamente 220 mil trabalhadores, está em tratativas negociais com a entidade patronal (SINDUSCON - São Paulo). Basicamente, a pauta de reivindicações contém: a) reajuste salarial de 3,62%; b) aumento real de 5%; c) PLR equivalente a 60% do salário nominal; d) Piso salarial de R$ 346,41 para ajudante e R$ 419,33 para qualificado, estendido para toda a categoria. 2

3 ELETRICITÁRIOS. Com data-base em 1º de junho, o Sindicato dos Eletricitários de São Paulo, iniciou tratativas com a empresa Eletropaulo Metropolitana (7 mil funcionários). O objetivo da campanha sindical é obter reposição salarial de 5% e gatilho salarial quando a inflação alcançar 10% ao ano. FRENTISTAS. Com data-base em 1º de março, o Sindicato dos Trabalhadores em Postos de Gasolina no Estado de São Paulo renovou a convenção coletiva com a entidade patronal, destarte, beneficiando aproximadamente 46 mil frentistas. Basicamente, foi ajustado o seguinte: a) Reajuste salarial de 5,19%; b) Piso salarial de R$ 420,00; c) Manutenção da convenção coletiva anterior. INSS. AÇÃO REGRESSIVA. O INSS de São Paulo ganhou a primeira ação regressiva contra empresa responsabilizada pela ocorrência de acidente fatal no trabalho ocorrido no ano de 1991, conforme decisão prolatada pela 17ª Vara Federal da capital. De acordo com o INSS, a sentença determina o ressarcimento da importância de R$ 8.931,00 já pagos pelo INSS à viúva, bem como as pensões futuras calculadas em um salário mínimo por mês. LAY-OFF. A Indústria Metalúrgica Gamesa Automotiva, fabricante de autopeças, 99 funcionários, localizada no município de Taubaté, estado de São Paulo, decidiu 3

4 suspender temporariamente, pelo prazo de 3 meses, 64 funcionários. O objetivo da medida é readequar a produção à demanda, uma vez que os pedidos sofreram redução significativa por parte da Montadora General Motors após a desvalorização cambial. LIMPEZA. Com data-base em 1º de março, o Sindicato dos Trabalhadores no Setor de Limpeza Urbana de São Paulo, Cotia e Embu-Guaçu, representando aproximadamente 12 mil trabalhadores, renovou a convenção coletiva com a entidade patronal, nos seguintes termos: a) Reajuste salarial de 3,5% retroativos à data-base; b) Manutenção das cláusulas sociais e sindicais. METALÚRGICOS. A empresa de autopeças Olimpus, 350 funcionários, localizada na capital, fechou acordo coletivo com o Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo, filiado à Força Sindical, mediante o qual haverá redução salarial de 19% e de 25% da jornada de trabalho nos meses de abril e maio. Em contrapartida, os funcionários terão estabilidade até o final de junho/99. METALÚRGICOS. A empresa MWM, fabricante de motores a diesel, localizada na capital, São Paulo, após instada a negociar pelo Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo, aceitou antecipar o prêmio de R$ 500,00 a título de PLR, destarte, beneficiando os mil funcionários cuja a média salarial é de R$ 1.200,00. 4

5 METALÚRGICOS. A empresa Metalúrgica Jardim, localizada no município de Santo André, São Paulo, após instada a negociar pelo Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, aceitou antecipar o prêmio de R$ 500,00 a título de PLR, destarte, beneficiando os 230 funcionários. METALÚRGICOS. A Metalúrgica Scorpios, localizada no município de São Caetano do Sul, São Paulo, após instada a negociar pelo Sindicato dos Metalúrgicos local, aceitou antecipar o prêmio de R$ 300,00 a título de PLR, o qual será pago em 2 parcelas: 20 de julho e 20 de agosto. O restante, no valor de R$ 207,00, será pago no dia 20 de fevereiro do ano METALÚRGICOS. A fábrica de autopeças TRW, com unidades em Santo André e Mauá fechou acordo com o Sindicato dos Metalúrgicos de Santo André concernente ao valor do prêmio de PLR para o ano de Ficou acertado o valor de R$ 1.100,00 a ser pago em 03 parcelas, a saber: R$ 400,00 no dia 30/04; R$ 100,00 no dia 12/07; o restante no dia 14/01/2000, de acordo com as metas. METALÚRGICOS. A empresa Cofap, unidade em Santo André e São Bernardo do 5

6 Campo, com funcionários, antecipou o pagamento da 1ª parcela de PLR no valor de R$ 600,00 para o dia 07 de abril. O complemento será discutido no 2º semestre. METALÚRGICOS. A Selco Vedações, 130 funcionários, localizada no município de São Bernardo do Campo, estado de São Paulo, fornecedora de componentes para a General Motors, pagou a primeira parcela do prêmio de PLR no valor de R$ 990,00 para todos os seus funcionários. A 2ª e última parcela será paga no mês de novembro/99. METALÚRGICOS. A General Motors, unidade de São Caetano do Sul e São José dos Campos, decidiu após negociação com os Sindicatos dos Metalúrgicos de cada município, conceder reajuste salarial de 4,52%, destarte, beneficiando funcionários. O acerto prevê que 2,98% serão pagos como reposição de perdas com a inflação referente à data-base anterior (1º de novembro de 1998) e 1,5% será concedido a título de antecipação salarial por conta da próxima data-base (novembro/99). Desta feita, os 4,52% serão incorporados aos salários a partir de 1º de maio. Além disto, no dia 10 de maio, será pago um abono equivalente a 42 horas em São Caetano do Sul e 45 horas em São José dos Campos. Finalmente, o complemento da primeira parcela do 13º salário será antecipado de junho para maio. 6

7 PADEIROS. Com data-base em 1º de novembro, somente agora o Sindicato dos Padeiros renovou a convenção coletiva de trabalho com o Sindicato patronal, mediante os seguintes termos: a) Antecipação de 0,5% em junho; b) Adicional de horas extras de 55%; c) Piso salarial de R$ 297,84 com até 60 empregados e R$ 321,68 nas demais empresas; d) Manutenção das cláusulas sociais e sindicais. QUÍMICOS. Com data-base em 1º de novembro, a Federação dos Químicos do Estado de São Paulo, filiada à Força Sindical, iniciou campanha emergencial para obter 7% de reajuste salarial, o que corresponderia à inflação de mês de novembro/98 a abril/99. O pleito, se atendido, beneficiará aproximadamente 70 mil químicos. TÉCNICOS SEGURANÇA DO TRABALHO. Com data-base em 1º de maio, o sindicato dos Técnicos de Segurança do Trabalho renovou a convenção coletiva com as entidades patronais, destarte, mantendo as cláusulas sociais e sindicais e estabelecendo o salário normativo no valor de R$ 1.073,60. Fontes de pesquisa: 7

8 - Diário Popular, Folha de São Paulo, O Estado de São Paulo - Boletim Dieese - Diário da Justiça - Informações obtidas junto às entidades sindicais 8

S I N O P S E S I N D I C A L S E T E M B R O D E 2 0 0 0

S I N O P S E S I N D I C A L S E T E M B R O D E 2 0 0 0 S I N O P S E S I N D I C A L S E T E M B R O D E 2 0 0 0 BANCÁRIOS. Com data-base em 1º de setembro, A Federação Nacional dos Bancos FENABAN objetivando a renovação da convenção coletiva de trabalho ofereceu

Leia mais

S I N O P S E S I N D I C A L M A I O D E 2 0 0 3

S I N O P S E S I N D I C A L M A I O D E 2 0 0 3 S I N O P S E S I N D I C A L M A I O D E 2 0 0 3 ÁGUA E ESGOTO. Com data-base em, os 18 mil empregados da empresa de Abastecimento de Água de São Paulo, após 2 dias de paralisação, renovaram o acordo

Leia mais

S I N O P S E S I N D I C A L M A I O D E 2 0 0 6

S I N O P S E S I N D I C A L M A I O D E 2 0 0 6 S I N O P S E S I N D I C A L M A I O D E 2 0 0 6 ALIMENTAÇÃO. Com data-base em 1º de maio, a Federação dos Trabalhadores na Indústria de Alimentação do Estado de São Paulo, representando 56 mil trabalhadores

Leia mais

S I N O P S E S I N D I C A L S E T E M B R O D E 2 0 0 6

S I N O P S E S I N D I C A L S E T E M B R O D E 2 0 0 6 S I N O P S E S I N D I C A L S E T E M B R O D E 2 0 0 6 ALIMENTAÇÃO. Com data-base em 1º de setembro, o Sindicato dos Trabalhadores na Indústria da Alimentação (Setor de Derivados de Milho e Soja), representando

Leia mais

S I N O P S E S I N D I C A L J U L H O D E 2 0 0 1

S I N O P S E S I N D I C A L J U L H O D E 2 0 0 1 S I N O P S E S I N D I C A L J U L H O D E 2 0 0 1 ABASTECIMENTO. Com data-base em 1º de junho, o Sindicato dos Empregados em Centrais de Abastecimento de Alimentos de São Paulo (SINDBAST) celebrou acordo

Leia mais

PRÍNCIPE E ADVOGADOS ASSOCIADOS

PRÍNCIPE E ADVOGADOS ASSOCIADOS PRÍNCIPE E ADVOGADOS ASSOCIADOS Registro OAB 2561 S I N O P S E S I N D I C A L M A I O D E 2 0 1 0 BANCÁRIOS. Em decorrência da unificação do Unibanco ao Banco Itaú, até fevereiro de 2012, a totalidade

Leia mais

S I N O P S E S I N D I C A L J U N H O D E 2 0 0 1

S I N O P S E S I N D I C A L J U N H O D E 2 0 0 1 S I N O P S E S I N D I C A L J U N H O D E 2 0 0 1 DESTILARIAS. Com data-base em 1º de maio, as 13 usinas de álcool da região de Ribeirão Preto, englobando aproximadamente 4.500 trabalhadores, renovou

Leia mais

S I N O P S E S I N D I C A L J U N H O D E 2 0 0 8

S I N O P S E S I N D I C A L J U N H O D E 2 0 0 8 S I N O P S E S I N D I C A L J U N H O D E 2 0 0 8 ADICIONAL DE INSALUBRIDADE. MUDANÇA DA BASE DE CÁLCULO. Doravante as empresas deverão estar atentas à questão envolvendo o pagamento do adicional de

Leia mais

BANCÁRIOS. Uma História marcada por lutas e conquistas

BANCÁRIOS. Uma História marcada por lutas e conquistas BANCÁRIOS Uma História marcada por lutas e conquistas 1 932 18/04/1932 1ª Greve dos Bancários Iniciada em Santos, formada por funcionários do Banco Banespa que reivindicavam melhorias salariais e das condições

Leia mais

S I N O P S E S I N D I C A L M A I O D E

S I N O P S E S I N D I C A L M A I O D E S I N O P S E S I N D I C A L M A I O D E 1 9 9 9 AEROVIÁRIOS. As empresas Varig e Vasp sob o argumento de ajustar o quadro de funcionários à demanda de mercado, demitiram respectivamente 216 e 477 comissários

Leia mais

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO Page 1 of 6 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2013/2014 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: PR001702/2013 DATA DE REGISTRO NO MTE: 21/05/2013 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR014964/2013 NÚMERO DO PROCESSO: 46212.006002/2013-41

Leia mais

Petições Trabalhistas 3.0

Petições Trabalhistas 3.0 Petições iniciais 1. Reclamação-trabalhista-relação-de-emprego-representação-comercialcomissão-pedido-pelo-espólio-inicial 2. Declaratória - incidental - data da admissão 3. Declaratória - incidental trabalhista

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2011/2012

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2011/2012 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2011/2012 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: RJ000096/2012 DATA DE REGISTRO NO MTE: 18/01/2012 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR064426/2011 NÚMERO DO PROCESSO: 46215.042751/2011-40 DATA DO

Leia mais

PISOS SALARIAIS DOS TRABALHADORES DA CONSTRUÇÃO CIVIL EM GOIÁS DE 01 DE MAIO DE 2015 A 30 DE ABRIL DE 2016

PISOS SALARIAIS DOS TRABALHADORES DA CONSTRUÇÃO CIVIL EM GOIÁS DE 01 DE MAIO DE 2015 A 30 DE ABRIL DE 2016 DE 01 DE MAIO DE 2015 A 30 DE ABRIL DE 2016 No mês de maio, os empregadores representados pela Entidade Patronal, dentro da área de jurisdição das entidades convenentes, concederão aos seus empregados

Leia mais

S I N O P S E S I N D I C A L F E V E R E I R O D E

S I N O P S E S I N D I C A L F E V E R E I R O D E S I N O P S E S I N D I C A L F E V E R E I R O D E 2 0 0 0 AEROVIÁRIOS. Com data-base em 1º de dezembro, o Sindicato dos Aeroviários de São Paulo representando aproximadamente 28 mil trabalhadores, renovou

Leia mais

S I N O P S E S I N D I C A L M A R Ç O D E 2 0 0 8

S I N O P S E S I N D I C A L M A R Ç O D E 2 0 0 8 S I N O P S E S I N D I C A L M A R Ç O D E 2 0 0 8 ALIMENTAÇÃO. A empresa J. Macedo decidiu encerrar as atividades de sua unidade da Lapa, capital, São Paulo, e demitir todos os seus 200 funcionários.

Leia mais

S I N O P S E S I N D I C A L O U T U B R O D E

S I N O P S E S I N D I C A L O U T U B R O D E S I N O P S E S I N D I C A L O U T U B R O D E 1 9 9 9 ALIMENTAÇÃO. Com data-base em 1º de outubro, o Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Alimentação de São Paulo renovou a convenção coletiva

Leia mais

EVOLUÇÃO SALARIAL. Categoria: Federação dos Trabalhadores da Saúde do Estado de São Paulo INPC-IBGE. março de 2014

EVOLUÇÃO SALARIAL. Categoria: Federação dos Trabalhadores da Saúde do Estado de São Paulo INPC-IBGE. março de 2014 EVOLUÇÃO SALARIAL Categoria: Material de suporte para categorias em data base Deflatores: ICV-DIEESE INPC-IBGE março de 2014 Este trabalho contém o estudo sobre o comportamento dos salários desde 01-março-2013

Leia mais

Sindicato dos Bancários e Financiários de São Paulo, Osasco e Região. Sindicato dos Químicos e Plásticos de São Paulo e Região

Sindicato dos Bancários e Financiários de São Paulo, Osasco e Região. Sindicato dos Químicos e Plásticos de São Paulo e Região 1 Entidades proponentes: Sindicato dos Bancários e Financiários de São Paulo, Osasco e Região Sindicato dos Metalúrgicos do ABC Sindicato dos Metalúrgicos de Taubaté Sindicato dos Químicos e Plásticos

Leia mais

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2006 / 2007

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2006 / 2007 2006 / 2007 O SINDICATO NACIONAL DAS EMPRESAS DE AVIAÇÃO AGRÍCOLA SINDAG e o SINDICATO DOS TÉCNICOS AGRÍCOLAS DE NÍVEL MÉDIO NO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL SINTARGS, firmam a presente CONVENÇÃO COLETIVA

Leia mais

SINOPSE DE CLIPPING SEMANAL SINDISIDER

SINOPSE DE CLIPPING SEMANAL SINDISIDER SINOPSE DE CLIPPING SEMANAL SINDISIDER SEMANA DE 29 DE OUTUBRO A 1º DE NOVEMBRO Um dos destaques desta semana é a reportagem do UOL sobre o recuo de 1% na produção industrial brasileira, entre setembro

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2010/2011

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2010/2011 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2010/2011 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: RJ001554/2010 DATA DE REGISTRO NO MTE: 12/08/2010 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR032670/2010 NÚMERO DO PROCESSO: 46215.023032/2010-49 DATA DO

Leia mais

GRUPO FIAT CNM/CUT - CONFEDERAÇÃO NACIONAL DOS METALÚRGICOS DA CUT

GRUPO FIAT CNM/CUT - CONFEDERAÇÃO NACIONAL DOS METALÚRGICOS DA CUT CNM/CUT - CONFEDERAÇÃO NACIONAL DOS METALÚRGICOS DA CUT DIEESE - DEPARTAMENTO INTERSINDICAL DE ESTATÍSTICA E ESTUDOS SÓCIO-ECONÔMICOS SUBSEÇÃO CNM/CUT GRUPO FIAT Mundo A FIAT iniciou suas atividades em

Leia mais

Empregados do grupo Eletrobras param por 72 horas para receber PLR

Empregados do grupo Eletrobras param por 72 horas para receber PLR Boletim 757/2015 Ano VII 12/05/2015 Empregados do grupo Eletrobras param por 72 horas para receber PLR A Eletrobras garantiu ontem que a paralisação dos funcionários da companhia iniciada na segunda-feira

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2013/2013

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2013/2013 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2013/2013 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: MG001633/2013 DATA DE REGISTRO NO MTE: 30/04/2013 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR017942/2013 NÚMERO DO PROCESSO: 46211.001682/2013-16 DATA DO

Leia mais

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO SUSCITANTE: SINDICATO DOS PSICÓLOGOS NO ESTADO DE SÃO PAULO - SINPSI-SP, Entidade Sindical Profissional, com registro no MTb sob nº012.228.026.60-5 e inscrita no CNPJ/MF

Leia mais

Política de Valorização do Salário Mínimo:

Política de Valorização do Salário Mínimo: Nota Técnica Número 143 janeiro 2015 Política de Valorização do Salário Mínimo: Salário Mínimo de 2015 fixado em R$ 788,00 Salário Mínimo de 2015 será de R$ 788,00 A partir de 1º de janeiro de 2015, o

Leia mais

Lição 13. Direito Coletivo do Trabalho

Lição 13. Direito Coletivo do Trabalho Lição 13. Direito Coletivo do Trabalho Organização sindical: Contribuições, Convenções e Acordos Coletivos do Trabalho, Dissídio Coletivo, Direito de Greve (Lei nº 7.783, de 28/6/89). Comissões de Conciliação

Leia mais

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2015/2016

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2015/2016 CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2015/2016 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR029594/2015 DATA E HORÁRIO DA TRANSMISSÃO: 21/05/2015 ÀS 15:50 SINDICATO DOS EMP NO COM DE CONSELHEIRO LAFAIETE, CNPJ n. 19.721.463/0001-70,

Leia mais

SINDPD/SC- SINDICATO QOS EMPREGADOS EM EMPRESAS DE PROCESSAMENTO DE DADOS DE SANTA CATARINA.

SINDPD/SC- SINDICATO QOS EMPREGADOS EM EMPRESAS DE PROCESSAMENTO DE DADOS DE SANTA CATARINA. SINDPD/SC- SINDICATO QOS EMPREGADOS EM Oficio n 099/2013 Florian6polis, 29 de abril de 2013. A ITAKE TELECOM Balneario Camboriu Prezados Senhores(as), Nas ultimas assembleias gerais dos trabalhadores de

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2013/2014

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2013/2014 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2013/2014 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: RS000955/2013 DATA DE REGISTRO NO MTE: 10/06/2013 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR028972/2013 NÚMERO DO PROCESSO: 46218.009094/2013-61 DATA DO

Leia mais

SINDPD/SC- SINDICATO DOS EMPREGADOS EM EMPRESAS DE PROCESSAMENTO DE DADOS DE SANTA CATARINA.

SINDPD/SC- SINDICATO DOS EMPREGADOS EM EMPRESAS DE PROCESSAMENTO DE DADOS DE SANTA CATARINA. SINDPD/SC- SINDICATO DOS EMPREGADOS EM EMPRESAS DE PROCESSAMENTO DE DADOS DE SANTA CATARINA. Oficio n 093/2013 Florian6polis, 29 de abril de 2013. A BRA VI SOFTWARE Florian6polis Prezados Senhores( as),

Leia mais

Confira a autenticidade no endereço http://www3.mte.gov.br/sistemas/mediador/.

Confira a autenticidade no endereço http://www3.mte.gov.br/sistemas/mediador/. ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2015/2016 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: SP010023/2015 DATA DE REGISTRO NO MTE: 09/09/2015 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR053435/2015 NÚMERO DO PROCESSO: 46261.004392/2015-09 DATA DO

Leia mais

1.01 - Fica reconhecida como data-base da categoria a data de 1 de maio.

1.01 - Fica reconhecida como data-base da categoria a data de 1 de maio. Acordo Coletivo de Trabalho firmado entre o Sindicato dos Servidores em Conselhos e Ordens de Fiscalizacão Profissional e Entidades Coliqadas e Afins do Estado do Espírito Santo SINDICOES-ES e a Ordem

Leia mais

TERMO ADITIVO Á CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO

TERMO ADITIVO Á CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO TERMO ADITIVO Á CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 1 Entre as partes, de um lado o SINDICATO DOS EMPREGADOS VENDEDORES E VIAJANTES DO COMÉRCIO, PROPAGANDISTAS, PROPAGANDISTAS VENDEDORES E VENDEDORES DE PRODUTOS

Leia mais

DIÁLOGO SOCIAL BASF AMÉRICA DO SUL BRASIL

DIÁLOGO SOCIAL BASF AMÉRICA DO SUL BRASIL DIÁLOGO SOCIAL NA BASF AMÉRICA DO SUL E NO BRASIL Convenção 87 e 98 da OIT 1986 1º Encontro (Brasil) dos Trabalhadores no Grupo BASF Solidariedade Internacional Seminário: Padrão da Indústria Química Maio/1993

Leia mais

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO PISO SALARIAL

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO PISO SALARIAL NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: RS001498/2013 DATA DE REGISTRO NO MTE: 02/08/2013 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR039452/2013 NÚMERO DO PROCESSO: 46218.012508/2013-39 DATA DO PROTOCOLO: 01/08/2013 ACORDO COLETIVO

Leia mais

Parágrafo Único -- Não serão compensados os aumentos decorrentes de promoção, transferência, equiparação salarial e término de aprendizagem.

Parágrafo Único -- Não serão compensados os aumentos decorrentes de promoção, transferência, equiparação salarial e término de aprendizagem. CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO CELEBRADA ENTRE O SINDIMVET SINDICATO DOS MÉDICOS VETERINÁRIOS DO ESTADO DE SÃO PAULO e SINPAVET SINDICATO PATRONAL DOS MÉDICOS VETERINÁRIOS DO ESTADO DE SÀO PAULO PERÍODO

Leia mais

Confira a autenticidade no endereço http://www3.mte.gov.br/sistemas/mediador/.

Confira a autenticidade no endereço http://www3.mte.gov.br/sistemas/mediador/. CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2014/2014 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: AL000089/2014 DATA DE REGISTRO NO MTE: 07/04/2014 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR002498/2014 NÚMERO DO PROCESSO: 46201.000506/2014-67 DATA

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2010/2011

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2010/2011 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2010/2011 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: RJ002217/2010 DATA DE REGISTRO NO MTE: 20/10/2010 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR053080/2010 NÚMERO DO PROCESSO: 46215.035134/2010-15 DATA DO

Leia mais

RESOLUÇÃO CFP Nº 009/2009

RESOLUÇÃO CFP Nº 009/2009 RESOLUÇÃO CFP Nº 009/2009 Dispõe sobre o reajuste, direitos e deveres dos empregados do Conselho Federal de Psicologia. O CONSELHO FEDERAL DE PSICOLOGIA, no uso de suas atribuições legais, estatutárias

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2004/2005 S A N T U R

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2004/2005 S A N T U R ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2004/2005 S A N T U R Termo de Acordo Coletivo de Trabalho, que entre si celebram o SINDICATO DOS TRABALHADORES EM EMPRESAS DE ASSESSORAMENTO, PERÍCIA, PESQUISA E INFORMAÇÕES

Leia mais

1- CONTRATO DE TRABALHO

1- CONTRATO DE TRABALHO 1- CONTRATO DE TRABALHO 1.1 - ANOTAÇÕES NA CARTEIRA DE TRABALHO Quando o empregado é admitido - mesmo em contrato de experiência -, a empresa tem obrigatoriamente que fazer as anotações na carteira de

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2011/2012

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2011/2012 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2011/2012 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: RJ002443/2011 DATA DE REGISTRO NO MTE: 22/11/2011 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR061733/2011 NÚMERO DO PROCESSO: 46215.043450/2011-33 DATA DO

Leia mais

A Negociação Sindical em Tempos de Pleno Emprego

A Negociação Sindical em Tempos de Pleno Emprego A Negociação Sindical em Tempos de Pleno Emprego Flávio Obino Filho www.obinoadvogados.com.br fof@obinoadvogados.com.br Papel do Facilitador Contextualizar a discussão, coordenar e incentivar o debate

Leia mais

SINDPD/SC- SINDICATO DOS EMPREGADOS EM EMPRESAS DE PROCESSAMENTO DE DADOS DE SANTA CATARINA.

SINDPD/SC- SINDICATO DOS EMPREGADOS EM EMPRESAS DE PROCESSAMENTO DE DADOS DE SANTA CATARINA. SINDPD/SC- SINDICATO DOS EMPREGADOS EM Oficio no 080/2013 Florian6polis, 10 de abril de 2013. A SUNTECH Florian6polis Prezados Senhores(as), Nas ultimas assembleias gerais dos trabalhadores de TI do estado

Leia mais

TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2013/2014

TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2013/2014 TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2013/2014 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR029334/2013 NÚMERO DO PROCESSO DA CONVENÇÃO COLETIVA PRINCIPAL: DATA DE REGISTRO DA CONVENÇÃO COLETIVA PRINCIPAL: 46261.003131/2012-11

Leia mais

ILUSTRISSIMO DOUTOR DELEGADO REGIONAL DO TRABALHO DE SÃO PAULO SP.

ILUSTRISSIMO DOUTOR DELEGADO REGIONAL DO TRABALHO DE SÃO PAULO SP. ILUSTRISSIMO DOUTOR DELEGADO REGIONAL DO TRABALHO DE SÃO PAULO SP. O Sindicato dos farmacêuticos no Estado de São Paulo SINFAR, entidade sindical de primeiro grau, com Carta Sindical processo nº MTIC 362.322

Leia mais

Data-Base 1º de maio de 2015

Data-Base 1º de maio de 2015 PRÉ-PAUTA DE REIVINDICAÇÕES 2015 Data-Base 1º de maio de 2015 Pré-Pauta de Reivindicações 2015 Agroindústrias do setor de carnes e leite, Cooperativas Agropecuárias, Clinicas Veterinárias, Laboratórios

Leia mais

CLÁUSULA 1ª - DATA BASE Fica reconhecida e garantida como data-base da categoria a data de 1º de março.

CLÁUSULA 1ª - DATA BASE Fica reconhecida e garantida como data-base da categoria a data de 1º de março. PAUTA DO ACORDO COLETIVO DE TRABALHO FIRMADO ENTRE O SINDICATO DOS SERVIDORES EM CONSELHOS E ORDENS DE FISCALIZAÇÃO PROFISSIONAL E ENTIDADES COLIGADAS E AFINS DO ESTADO DO ESPIRITO SANTO SINDICOES-ES E

Leia mais

Confira a autenticidade no endereço http://www3.mte.gov.br/sistemas/mediador/.

Confira a autenticidade no endereço http://www3.mte.gov.br/sistemas/mediador/. CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2013/2014 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: PE001295/2013 DATA DE REGISTRO NO MTE: 27/11/2013 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR073196/2013 NÚMERO DO PROCESSO: 46213.022180/2013-17 DATA

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2012/2013

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2012/2013 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2012/2013 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: SP006206/2012 DATA DE REGISTRO NO MTE: 03/07/2012 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR030901/2012 NÚMERO DO PROCESSO: 46261.002831/2012-98 DATA DO

Leia mais

PAUTA DE ACORDO COLETIVO DOS TRABALHADORES DA CANDIAS ENERGIA S.A.

PAUTA DE ACORDO COLETIVO DOS TRABALHADORES DA CANDIAS ENERGIA S.A. PAUTA DE ACORDO COLETIVO DOS TRABALHADORES DA CANDIAS ENERGIA S.A. CLÁUSULA PRIMEIRA - REAJUSTE SALARIAL A CANDEIAS ENERGIA reajustará os salários dos empregados, com exceção dos Dirigentes, Superintendentes

Leia mais

Filiado à FETEC-SP/CONTRAF/CUT

Filiado à FETEC-SP/CONTRAF/CUT Filiado à FETEC-SP/CONTRAF/CUT Con ra os avanços conquistados na greve: Reajuste: Reajuste: 8,0% (1,82% 8,0% de (1,82% aumento de aumento real). real). Pisos: Reajuste Pisos: Reajuste de 8,5% de (ganho

Leia mais

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO PROTOCOLO DE NEGOCIAÇÃO ENTRE A PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO E AS ENTIDADES REPRESENTATIVAS DOS SERVIDORES DA EDUCAÇÃO DO MUNICÍPIO

Leia mais

Confira a autenticidade no endereço http://www3.mte.gov.br/sistemas/mediador/.

Confira a autenticidade no endereço http://www3.mte.gov.br/sistemas/mediador/. CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2014/2014 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: MS000222/2014 DATA DE REGISTRO NO MTE: 05/06/2014 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR028253/2014 NÚMERO DO PROCESSO: 46312.002753/2014-41 DATA

Leia mais

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2014/2015

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2014/2015 CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2014/2015 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: GO000413/2015 DATA DE REGISTRO NO MTE: 05/06/2015 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR019325/2015 NÚMERO DO PROCESSO: 46208.006233/2015-85 DATA

Leia mais

PARTICIPAÇÃO NOS LUCROS E RESULTADOS (PLR) OU AUMENTO DA EXPLORAÇÃO DO TRABALHADOR?

PARTICIPAÇÃO NOS LUCROS E RESULTADOS (PLR) OU AUMENTO DA EXPLORAÇÃO DO TRABALHADOR? PARTICIPAÇÃO NOS LUCROS E RESULTADOS (PLR) OU AUMENTO DA EXPLORAÇÃO DO TRABALHADOR? A inserção da remuneração variável muda a cabeça do trabalhador. Eles passam a acompanhar os resultados da companhia

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2010/2011

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2010/2011 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2010/2011 Pelo presente instrumento, de um lado o SINDICATO DOS TRABALHADORES EM TRANSPORTES RODOVIÁRIOS DE SOROCABA E REGIÃO, com sede à Rua Augusto Franco, nº 159, em Sorocaba/SP,

Leia mais

RESUMO DA CONVENÇÃO COLETIVA DO TRABALHO 2014/2015.

RESUMO DA CONVENÇÃO COLETIVA DO TRABALHO 2014/2015. RESUMO DA CONVENÇÃO COLETIVA DO TRABALHO 2014/2015. Cláusula primeira REAJUSTE SALARIAL As empresas concederão a todos os empregados integrantes da categoria profissional representada, que perceberem salário

Leia mais

SINDMINÉRIOS SANTOS. Sindicato dos Trabalhadores no Comércio de Minérios, Derivados de Petróleo e Combustíveis de Santos e Região.

SINDMINÉRIOS SANTOS. Sindicato dos Trabalhadores no Comércio de Minérios, Derivados de Petróleo e Combustíveis de Santos e Região. FEDERAÇÃO DOS TRABALHADORES NO COMÉRCIO DE MINÉRIOS E DERIVADOS DE PETRÓLEO NO ESTADO DE SÃO PAULO 01 - REAJUSTE SALARIAL PAUTA DE REIVINDICAÇÕES SIREGÁS 2012/2013 As Empresas concederão, a todos os empregados

Leia mais

Confira a autenticidade no endereço http://www3.mte.gov.br/sistemas/mediador/.

Confira a autenticidade no endereço http://www3.mte.gov.br/sistemas/mediador/. ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2014/2015 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: SP013466/2014 DATA DE REGISTRO NO MTE: 29/10/2014 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR065787/2014 NÚMERO DO PROCESSO: 46262.004239/2014-82 DATA DO

Leia mais

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2013/2014

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2013/2014 CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2013/2014 SINDICATO DOS EMPREGADOS VENDORES E VIAJANTES DO COMÉRCIO, PROPAGANDISTAS, PRPOAGANDISTAS-VENDEDORES E VENDEDORES DE PRODUTOS FARMACÊUTICOS NO ESTADO DE MINAS GERAIS,

Leia mais

PAUTA DE REIVINDICAÇÃO DO SINDICATO DOS TRABALHADORES DOMÉSTICOS DE CAMPINAS, PAULÍNIA, VALINHOS, SUMARÉ e HORTOLÂNDIA

PAUTA DE REIVINDICAÇÃO DO SINDICATO DOS TRABALHADORES DOMÉSTICOS DE CAMPINAS, PAULÍNIA, VALINHOS, SUMARÉ e HORTOLÂNDIA PAUTA DE REIVINDICAÇÃO DO SINDICATO DOS TRABALHADORES DOMÉSTICOS DE CAMPINAS, PAULÍNIA, VALINHOS, SUMARÉ e HORTOLÂNDIA CAMPINAS JANEIRO/2014 1 PAUTA DE REIVINDICAÇÃO CLÁUSULA 1ª - PISO SALARIAL Fica estipulado

Leia mais

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO Página 1 de 5 TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2012/2013 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: SP002054/2013 DATA DE REGISTRO NO MTE: 04/03/2013 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR061897/2012 NÚMERO DO PROCESSO:

Leia mais

PAUTA DE REIVINDICAÇÕES PATRONAL 2015 (Fetquim)

PAUTA DE REIVINDICAÇÕES PATRONAL 2015 (Fetquim) PAUTA DE REIVINDICAÇÕES PATRONAL 2015 (Fetquim) CLÁUSULAS PARA DISCUSSÃO CLÁUSULA PRIMEIRA - VIGÊNCIA E DATA-BASE As partes fixam a vigência da presente Convenção Coletiva de Trabalho no período de 1º

Leia mais

SINDPD/SC - SIN DICATO DOS EMPREGADOS EM EMPRESAS DE PROCESSAMENTO DE DADOS DE SANTA CATARINA.

SINDPD/SC - SIN DICATO DOS EMPREGADOS EM EMPRESAS DE PROCESSAMENTO DE DADOS DE SANTA CATARINA. , SINDPD/SC - SIN DICATO DOS EMPREGADOS EM Oficio n 075/2013 Florian6polis, 09 de abril de 2013. A DOMINIO SISTEMAS Prezados Senhores(as), Nas ultimas assembleias gerais dos trabalhadores de TI do estado

Leia mais

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2015/2015

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2015/2015 CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2015/2015 Processo no Ministério do Trabalho nº 46218.018897/2014-97 Número da Solicitação: MR074363/2014 SINDICATO DO COMÉRCIO ATACADISTA DE ALCOOL E BEBIDAS EM GERAL NO

Leia mais

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO Mediador - Extrato Instrumento Coletivo CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2008/2009 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: ES000053/2009 DATA DE REGISTRO NO MTE: 05/02/2009 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR001382/2009 NÚMERO

Leia mais

Parágrafo Único: A presente condição não se aplica aos menores aprendizes.

Parágrafo Único: A presente condição não se aplica aos menores aprendizes. ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2013/2014 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR043980/2013 JOHN DEERE BRASIL LTDA, CNPJ n. 89.674.782/0010-49, neste ato representado(a) por seu Gerente, Sr(a). EDISON LUIS HAUSER e por

Leia mais

PAUTA DE REVINDICAÇÃO - 2014/2015 ELENCO DE REIVINDICAÇÃO DOS TRABALHADORES DO SERVICO SOCIAL DO DISTRITO FEDERAL

PAUTA DE REVINDICAÇÃO - 2014/2015 ELENCO DE REIVINDICAÇÃO DOS TRABALHADORES DO SERVICO SOCIAL DO DISTRITO FEDERAL PAUTA DE REVINDICAÇÃO - 2014/2015 ELENCO DE REIVINDICAÇÃO DOS TRABALHADORES DO SERVICO SOCIAL DO DISTRITO FEDERAL O SINDICATO DOS EMPREGADOS EM ENTIDADES DE ASSISTÊNCIA SOCIAL E DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL

Leia mais

MANUAL CDL/BH PARA A COPA DO MUNDO

MANUAL CDL/BH PARA A COPA DO MUNDO MANUAL CDL/BH PARA A COPA DO MUNDO 2014 ÍNDICE Jogos da Seleção Brasileira e aqueles que serão realizados realizados em BH...03 Funcionamento do comércio nos jogos da Copa do Mundo 1ª Fase...04 Segurança

Leia mais

CONVENÇÃO COLETIVA 2015/2016

CONVENÇÃO COLETIVA 2015/2016 CONVENÇÃO COLETIVA 2015/2016 A seguir reproduzimos as cláusulas da Convenção Coletiva de Trabalho entre o SINPROCIM e SINDPRESP, em relação a convenção anterior. REAJUSTE SALARIAL A partir de 1º de março

Leia mais

SINDPD/SC - SINDICATO DOS EMPREGADOS EM EMPRESAS DE PROCESSAMENTO DE DADOS DE SANTA CATARINA.

SINDPD/SC - SINDICATO DOS EMPREGADOS EM EMPRESAS DE PROCESSAMENTO DE DADOS DE SANTA CATARINA. SINDPD/SC - SINDICATO DOS EMPREGADOS EM Oficio no 123/2013 Florian6polis, 21 de maio de 2013. A WPLEX Florian6po lis Prezados Senhores( as), Informamos que o SINDPDSC concorda com a formalizac;:ao do direito

Leia mais

SINDPD/SC- SINDICATO DOS EMPREGADOS EM EMPRESAS DE PROCESSAMENTO DE DADOS DE SANTA CATARINA.

SINDPD/SC- SINDICATO DOS EMPREGADOS EM EMPRESAS DE PROCESSAMENTO DE DADOS DE SANTA CATARINA. Oficio n 092/2013 Florian6polis, 16 de abril de 2013. A LZT Blumenau Prezados Senhores(as), Nas ultimas assembleias gerais dos trabalhadores de TI do estado de Santa Catarina realizadas em 1 de abril de

Leia mais

TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2013/2014 46208.005977/2012-30 PRINCIPAL: DATA DE REGISTRO DA CONVENÇÃO COLETIVA PRINCIPAL: 28/06/2012

TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2013/2014 46208.005977/2012-30 PRINCIPAL: DATA DE REGISTRO DA CONVENÇÃO COLETIVA PRINCIPAL: 28/06/2012 TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2013/2014 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: GO000768/2013 DATA DE REGISTRO NO MTE: 20/08/2013 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR037934/2013 NÚMERO DO PROCESSO: 46208.008211/2013-98

Leia mais

NEGOCIAÇÃO COM COREN PARA ACORDO COLETIVO DE TRABALHO - PERÍODO DE 1º MAIO DE 2012 A 30 DE ABRIL DE 2013.

NEGOCIAÇÃO COM COREN PARA ACORDO COLETIVO DE TRABALHO - PERÍODO DE 1º MAIO DE 2012 A 30 DE ABRIL DE 2013. NEGOCIAÇÃO COM COREN PARA ACORDO COLETIVO DE TRABALHO - PERÍODO DE 1º MAIO DE 2012 A 30 DE ABRIL DE 2013. GARANTIA DA DATA BASE Fica estabelecido primeiro de maio como data base da categoria REAJUSTE SALARIAL

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO/2001 IEL/DF - INSTITUTO EUVALDO LODI SINDAF/DF

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO/2001 IEL/DF - INSTITUTO EUVALDO LODI SINDAF/DF ACORDO COLETIVO DE TRABALHO/2001 IEL/DF - INSTITUTO EUVALDO LODI SINDAF/DF ACORDO COLETIVO DE TRABALHO QUE ENTRE SI, CELEBRAM O SINDICATO DOS EMPREGADOS EM ENTIDADES DE ASSISTÊNCIA SOCIAL E DE FORMAÇÃO

Leia mais

Gerente- R$ 1.388,02 (hum mil trezentos e oitenta e oito reais e dois centavos);

Gerente- R$ 1.388,02 (hum mil trezentos e oitenta e oito reais e dois centavos); CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2014/2015 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: RJ001086/2014 DATA DE REGISTRO NO MTE: 26/06/2014 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR034950/2014 NÚMERO DO PROCESSO: 46230.003739/2014-74 DATA

Leia mais

CONTRAPROPOSTA DAS ENTIDADES

CONTRAPROPOSTA DAS ENTIDADES CONTRAPROPOSTA DAS ENTIDADES APRESENTAÇÃO Este documento contém uma contraproposta das entidades apresentada ao Banco da Amazônia com o objetivo de encontrar uma solução negociada para fechamento do Acordo

Leia mais

Parágrafo Primeiro: Fica assegurado ao TRABALHADOR admitido para a função de outro, o percebimento de salário igual ao TRABALHADOR desligado.

Parágrafo Primeiro: Fica assegurado ao TRABALHADOR admitido para a função de outro, o percebimento de salário igual ao TRABALHADOR desligado. REFERÊNCIA: CLARO S/A PAUTA NACIONAL DE REIVINDICAÇÕES DOS TRABALHADORES DAS EMPRESAS CONCESSIONÁRIAS DE TELEFONIA FIXA E MÓVEL (OPERADORAS) PARA NEGOCIAÇÃO UNIFICADA DOS SINDICATOS FILIADOS À FENATTEL

Leia mais

A data base dos Servidores da Prefeitura Municipal de Sapezal será sempre em 1º de maio

A data base dos Servidores da Prefeitura Municipal de Sapezal será sempre em 1º de maio S.I.M.S SINDICATO DOS SERVIDORES PÚBLICOS MUNICIPAIS SAPEZAL/MT PAUTA DE REIVINDICAÇÕES DOS SERVIDORES PÚBLICOS MUNICIPAIS DE SAPEZAL -20013 INTRODUÇÃO O Sindicato dos Servidores Municipais de Sapezal-SIMS/MT,

Leia mais

CONVENÇAO COLETIVA DE TRABALHO 2006/2008

CONVENÇAO COLETIVA DE TRABALHO 2006/2008 CONVENÇAO COLETIVA DE TRABALHO 2006/2008 ABRANGENCIA EMPRESAS E EMPREGADOS NO COMERCIO EM GERAL DOS MUNICIPIOS DE BRASNORTE, JUINA, CASTANHEIRA, JURUENA, COTRIGUAÇU E ARIPUANÃ. Por este instrumento, de

Leia mais

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2011/2012

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2011/2012 CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2011/2012 Suscitante: Sindicato dos Enfermeiros do Estado de São Paulo, com sede à Rua Rondinha, 72/78, Chácara Inglesa, São Paulo, S.P, CEP: 04140-010, inscrito no CNPJ/MF

Leia mais

PAUTA DE REIVINDICAÇÃO CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2013/2014

PAUTA DE REIVINDICAÇÃO CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2013/2014 PAUTA DE REIVINDICAÇÃO CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2013/2014 CLÁUSULA PRIMEIRA - VIGÊNCIA E DATA-BASE As partes fixam a vigência da presente Convenção Coletiva de Trabalho no período de 1º de maio de

Leia mais

Metalúrgica JORBA Indústria e Comércio Ltda. Av. Emilio Giaquinto, 177 Parque Novo Mundo São Paulo SP CEP: 02181-110 Fone/Fax: (55-11) 2632-2611

Metalúrgica JORBA Indústria e Comércio Ltda. Av. Emilio Giaquinto, 177 Parque Novo Mundo São Paulo SP CEP: 02181-110 Fone/Fax: (55-11) 2632-2611 Metalúrgica JORBA Indústria e Comércio Ltda. Av. Emilio Giaquinto, 177 Parque Novo Mundo São Paulo SP CEP: 02181-110 Fone/Fax: (55-11) 2632-2611 CNPJ: 61.460.077/0001-39 / INSCR: 105.657.106.110 Gestão

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO/1993 SESI/DR SERVIÇO SOCIAL DA INDUSTRIA SINDAF/DF

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO/1993 SESI/DR SERVIÇO SOCIAL DA INDUSTRIA SINDAF/DF ACORDO COLETIVO DE TRABALHO/1993 SESI/DR SERVIÇO SOCIAL DA INDUSTRIA SINDAF/DF PRIMEIRO TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO CELEBRADA EM 30 DE AGOSTO DE 1993. ENTRE O SINDICATO DOS EMPREGADOS

Leia mais

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO Pelo presente instrumento, de um lado o Sindicato dos Estabelecimentos de Serviços de Saúde do Estado de Alagoas, estabelecido na Rua Prof. José da Silveira Camerino, 930,

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2013/2014

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2013/2014 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2013/2014 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: RS000954/2013 DATA DE REGISTRO NO MTE: 10/06/2013 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR029028/2013 NÚMERO DO PROCESSO: 46218.009096/2013-50 DATA DO

Leia mais

CNPJ 01.757.127/0001-12 SINDICATO DOS SERVIDORES EM CONSELHOS E ORDENS DE FISCALIZAÇÃO PROFISSIONAL DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO SINDICOES-ES 1/8

CNPJ 01.757.127/0001-12 SINDICATO DOS SERVIDORES EM CONSELHOS E ORDENS DE FISCALIZAÇÃO PROFISSIONAL DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO SINDICOES-ES 1/8 SANTO SINDICOES-ES 1/8 PAUTA DO ACORDO COLETIVO DE TRABALHO FIRMADO ENTRE O SINDICATO DOS SERVIDORES EM CONSELHOS E ORDENS DE FISCALIZAÇÃO PROFISSIONAL DO ESTADO DO ESPIRITO SANTO SINDICOES-ES E O CRC/ES

Leia mais

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2010/2012

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2010/2012 CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2010/2012 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: RJ002030/2010 DATA DE REGISTRO NO MTE: 30/09/2010 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR054079/2010 NÚMERO DO PROCESSO: 46215.033057/2010-51 DATA

Leia mais

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2011/2012 RS001648/2011 DATA DE REGISTRO NO MTE: 05/09/2011 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR048052/2011 NÚMERO DO PROCESSO: 46218.012138/2011-78 DATA DO PROTOCOLO: 01/09/2011 Confira

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2011/2012

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2011/2012 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2011/2012 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: SP004375/2011 DATA DE REGISTRO NO MTE: 04/05/2011 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR019011/2011 NÚMERO DO PROCESSO: 46262.001421/2011-39 DATA DO

Leia mais

Em Foco CCENTRAL ÚNICA DOS TRABALHADORES. Jornal do Sindicato dos Bancários de Campina Grande e Região, Setembro de 2012 - ano XII - nº 05

Em Foco CCENTRAL ÚNICA DOS TRABALHADORES. Jornal do Sindicato dos Bancários de Campina Grande e Região, Setembro de 2012 - ano XII - nº 05 R Em Foco UT BRASIL CCENTRAL ÚNICA DOS TRABALHADORES CUT Jornal do Sindicato dos Bancários de Campina Grande e Região, Setembro de 2012 - ano XII - nº 05 Em Foco 02 setembro/2012 Greve surte efeito Chega

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 1/5 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO O SINDICATO DOS EMPREGADOS EM ENTIDADES CULTURAIS, RECREATIVAS, DE ASSISTÊNCIA SOCIAL, DE ORIENTAÇÃO E FORMAÇÃO PROFISSIONAL, NO ESTADO DO PARANÁ SENALBA/PR, CNPJ 75.992.446/0001-49,

Leia mais

3ª CLÁUSULA PARTICIPAÇÃO NOS LUCROS: Os empregados participarão nos lucros de suas empresas empregadoras, na forma que vier estabelecida em lei.

3ª CLÁUSULA PARTICIPAÇÃO NOS LUCROS: Os empregados participarão nos lucros de suas empresas empregadoras, na forma que vier estabelecida em lei. 2009/2010 CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO FIRMADA ENTRE O SINDICATO DOS EMPREGADOS NO COMERCIO DE JACOBINA E O SINDICATO PATRONAL DO COMERCIO VAREJISTA DE JACOBINA E REGIÃO, PARA O PERIODO DE 01 DE JUNHO

Leia mais