AKIRA, Fernando CARDOSO, Vânia MONTEIRO, Thais Contrera SOUZA, Diego SUEYOSHI, Ayrton. Marketing Digital

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "AKIRA, Fernando CARDOSO, Vânia MONTEIRO, Thais Contrera SOUZA, Diego SUEYOSHI, Ayrton. Marketing Digital"

Transcrição

1 1 AKIRA, Fernando CARDOSO, Vânia MONTEIRO, Thais Contrera SOUZA, Diego SUEYOSHI, Ayrton Marketing Digital Um Estudo Exploratório Novas Mídias na Internet - Caso da Empresa TECNISA Curso de Administração com Sistema de Informação Gerencial FIAP 4 ADSR SÃO PAULO - SP DEZEMBRO / 2008

2 2 AKIRA, Fernando CARDOSO, Vânia MONTEIRO, Thais Contrera SOUZA, Diego SUEYOSHI, Ayrton Marketing Digital Um Estudo Exploratório Novas Mídias na Internet - Caso da Empresa TECNISA Trabalho de Conclusão de Curso apresentado como requisito parcial para obtenção do grau bacharel em Administração pela FIAP Faculdade de Informática e Administração Paulista. Professor Orientador(a) de Conteúdo: Lucien J. Geargeoura Professor Orientador(a) de Metodologia: Lucien J. Geargeoura Curso de Administração com Sistema de Informação Gerencial FIAP 4 ADSR SÃO PAULO - SP DEZEMBRO / 2008

3 3 Marketing Digital Um Estudo Exploratório Novas Mídias na Internet - Caso da Empresa TECNISA AKIRA, Fernando CARDOSO, Vânia MONTEIRO, Thais Contrera SOUZA, Diego SUEYOSHI, Ayrton Trabalho de Conclusão de Curso apresentado para obtenção de grau de Bacharel em Administração, pela Banca Examinadora formada por: Lucien J. Geargeoura Germano Pereira Roberto Marins Ferreira Bispo 4 ADSR SÃO PAULO - SP DEZEMBRO / 2008

4 4 Dedicatória A nos mesmos. Pelos nossos esforços, comprometimento, amizade, força de vontade e todo recurso financeiro investido.

5 5 Agradecimentos Aos nossos pais. Pelo incentivo, apoio, carinho e acima de tudo por nos proporcionar a oportunidade de ser quem somos hoje. Aos nossos amigos. Pessoas inesquecíveis com quem passamos 4 anos de nossas vidas compartilhando momentos bons, angustias, alegrias e brigas. Pessoas que ficaram na nossa memória, e sentiremos saudades... A Carolina Terra, a Comunidade do Twitter, que nos ajudou a elaborar e finalizar este trabalho. Aos integrantes do grupo. Minoru, por sua paciencia, Diego e os moradores de sua residencia por ceder o espaço para a finalização do trabalho. A Mãe da Thais por ficar com o filho dela.

6 6 Epígrafe Não faças do amanhã o sinônimo de nunca, nem o ontem te seja o mesmo que nunca mais. Teus passos ficaram. Olhes para trás... mas vá em frente, pois há muitos que precisam que chegues para poderem seguir-te. Charlie Chaplin

7 7 Resumo O presente estudo consiste em expor as vantagens de uma empresa possuir um canal mais interativo de comunicação. Entre as principais vantagens das novas midias na internet, podemos destacar o fato das empresas poderem usar essa ferramenta como uma oportunidade para gerar negócios e mostrar transparência na relação com os clientes internos e externos. Este estudo consiste em um estudo de caso exploratório focando as áreas de relacionamento da empresa TECNISA com seus clientes que utilizam as novas midias digitais. Realizado por meio de um levantamento bibliográfico das atividades e da aplicação de uma pesquisa qualitativa com profissionais de comunicação. Demonstra-se através de pesquisa em publicações convencionais e documentos eletrônicos, além de entrevistas com o profissional que atua em comunicação, as características das atividades e suas conexões com o cliente. O tema está inserido no contexto das atribuições de comunicação e sua ligação com a área de marketing. Procurou-se observar o conceito de ambas as atividades, bem como suas funções, abordando também as similaridades e as interdisciplinaridades dessas atividades. Palavras - Chaves: NOVAS MIDIAS, BLOG, REDES SOCIAIS, INTERNET, TECNISA, WEB 2.0.

8 8 Sumário Capitulo Importância, Contexto e Finalidade do Estudo Introdução Situação Problema Objetivo Central do Estudo...16 Capitulo Marketing Digital Web Novas Mídias de Marketing Digital Blog Marketing Viral PodCasting RSS Redes Sociais A Importancia dos Links Patrocinados (GOOGLE ADWORDS)...46 Capitulo Pontos de Investigação do Estudo AS NOVAS MÍDIAS...50 Capitulo Considerações gerais Fundamentação Teorica de Metodologia Utilizada Pequisa Qualitativa Estudo de Caso Entrevista Pesquisa Documental Justificativa da Escolha da Metodologia Caracterização do Ambiente do Estudo Objetivo da Pesquisa Instrumento de Coleta de Dados...60 Capitulo Apresentação Dos Dados Coletados Entrevista Sobre o Google Adwords...68

9 Sobre o Blog Corporativo Sobre o Podcast Sobre o Youtube Sobre o Second Life Análise dos Resultados Obtidos...75 Capitulo Capitulo Considerações Finais...82 Capitulo Livros: Web:...86 Indice de Tabelas Tabela 1 - Acessos ao Podcast em maio de Tabela 2 - Acessos ao podcast em Tabela 3 - Acessos ao Podcast de 2006 à Abril de Tabela 4 ìndice de Acessos no período de junho/2006 à maio/ Tabela 5 ìndice de Acessos aos Podcast...78

10 10 Lista de Figuras Figura 1 Representação gráfica da WEB Figura 2 - Tim O'Reilly Figura 3 - Inteligência coletiva da Web Figura 4 - WEB 2.0 no Brasil Figura 5 - WEB 2.0 no mundo Figura 6 - Qual é a cara da Blogosfera? Figura 7 - Blog do Catho Figura 8 - Marketing de Guerrilha do Hopi Hari Figura 9 - Ação de marketing de guerrilha para nova Ford ranger estendida.. 33 Figura 10 - Website do PodCasting Brasil Figura 11 - itunes Figura 12 - Logotipo do RSS Feed Figura 13 - Google Reader Figura 14 - Adidas no Second Life Figura 15 - Av. Paulista no Second Life Figura 16 - Gráfico de visualizações de páginas nos últimos 12 meses Figura 17 - Média de tráfego das redes sociais no Brasil Figura 18 - Média de tráfego das redes sociais no Mundo Figura 19 - Página inicial do last.fm Figura 20 - Twitter da Tecnisa Figura 21 - Flickr da Tecnisa Figura 22 - Home do YouTube Figura 23 - Capa da Time.(YouTube a Invenção do ano 2006) Figura 24 - Representação do AdWords Figura 25 - Links Patrocinados (AdWords) na pesquisa do Google Figura 26 - Links Patrocinados (AdWords) em Blogs Figura 27 - Links Patrocinados (AdWords) TECNISA Figura 28 - Blog Corporativo TECNISA Figura 29 - Podcast TECNISA Figura 30 - Vídeos disponíveis no site YouTube.com TECNISA Figura 31 - Empresa TECNISA no Second Life Figura 32 - Índices de acessos antes e depois a implantação do Google Adwords... 75

11 11 Figura 33 - Total de visualizações por Página do Blog em Figura 34 - Acesso aos Podcast TECNISA

12 12 Lista de Siglas GE General Eletrics GM - General Motors LBS - do Inglês Location Based Services MSN - do Inglês MICROSOFT NETWORK MMS - do Inglês Multi-Media Message System MP3 do inglês MPEG Layer 3 RDF - Resouce Description Framework RSS - Really Simple Syndication SMS - Do Inglês Short message service SMP - Serviço Móvel Pessoal XML - EXtensible Markup Language W3C - World Wide Web Consortium WWW - Word-Wide-Web

13 13 Capitulo 1 Importância, Contexto e Finalidade do Estudo

14 14 1. Importância, Contexto e Finalidade do Estudo 1.1.Introdução O presente estudo apresenta um estudo da importância das novas mídias na internet, para a construção de um método de comunicação direta e transparente com o cliente. Visando à colaboração em massa para contribuir na criação de bens e serviços. Neste contexto, nosso principal objetivo é mostrar como as novas mídias, na condição de ferramentas estratégicas de comunicação, podem criar uma imagem corporativa eficiente, concisa e confiável, através de suas diversas manifestações. Para isso, procura-se demonstrar de que forma as novas mídias podem agregar valor a um serviço ou produto oferecido por uma empresa, gerando diferencial competitivo. Ao verificar como as empresas percebem a necessidade de apresentar uma imagem corporativa confiável no seu plano de negócio, é possível utilizar as mídias como veículos de comunicação para os produtos ou serviços, de maneira que sejam eficientes e que revertam os esforços realizados de maneira positiva. O trabalho propõe ainda como instrumento para compreensão do termo, a análise da realidade da empresa TECNISA no mercado atual, em termos de uso das novas mídias na internet como forma de aproximação com o cliente, mostrando a transparência da empresa, além de verificar a eficácia deste, enquanto ferramenta estratégica de comunicação. No mercado de hoje, é fato que as empresas estão utilizando diversas maneiras de comunicação direta com o cliente. Isto se deve, principalmente, ao avanço tecnológico alcançado na última década, o qual possibilitou o

15 15 desenvolvimento de produtos e serviços que atendam mais as necessidades dos consumidores. Segundo Drucker (1999), um dos grandes desafios gerenciais a serem enfrentados pelas organizações atuais, é a necessidade de estarem preparadas para agir em um ambiente de mudanças constantes. Isto é, as empresas precisam ser receptivas a inovações em todos os aspectos, visualizando essas novas situações como oportunidades, de forma a torná-las eficazes dentro e fora da organização. Só assim, elas conseguirão garantir sua sobrevivência num mercado altamente competitivo. É fato que, muito do processo de escolha do produto deve-se à imagem da empresa no mercado e na mente do consumidor. Por este motivo, torna-se fundamental o desenvolvimento de uma imagem corporativa forte, capaz de gerar resultados tangíveis e obter diferencial competitivo. A metodologia aplicada na realização deste estudo foi o estudo de caso da empresa TECNISA, através de pesquisa bibliográfica em fontes primárias e secundárias Situação Problema As empresas Internacionais mantém uma comunicação direta com seus consumidores, clientes internos e externos através da internet em diversas formas, sendo que o Blog é o que possui um melhor relacionamento com clientes, podendo dar sugestões, opiniões e reclamações, resultando em produtos melhores atendendo as expectativas nos quais eles procuram. Portanto o investimento em novas mídias e tecnologias no mercado são mais intensos e resultantes. Comparando com o mesmo cenário das empresas nacionais, os investimentos nas áreas tecnológicas apresentam defasagem, pois para os

16 16 empresários brasileiros esse tipo de comunicação não possui o resultado desejado pela empresa Objetivo Central do Estudo Buscamos através deste estudo apresentar os benefícios resultantes, os problemas encontrados e recomendações sobre a implantação de novas mídias tais como Blog corporativo, Podcast`s e outras tecnologias que podem influênciar positivamente na colaboração em massa em busca de melhorar sua imagem e seu relacionamento com os clientes.

17 17 Capitulo 2 Referencial Teorico

18 18 2. Referencial Teorico 2.1. Marketing Digital São muitas as definições sobre a utilização do marketing digital, porém, pretendemos aqui evidenciar apenas algumas a fim de darmos um panorama sobre o tema. Segundo Fascioni (2007), temos a definição de marketing digital com uma maneira de se fazer marketing através de ações de comunicação que as empresas utilizam com recursos digitais, podendo ser representados via Internet. Sempre lembrando que o conceito de marketing é muito mais amplo que marketing digital, ou do comercial e da propaganda, que é representado como marketing digital para algumas empresas. Segundo Sheth (2002,p.14-15), o marketing como função corporativa objetiva a satisfação do cliente, a internet propiciou uma visão radical de como a missão básica do marketing é realizada, embasando-se neste conceito, podemos verificar três mudanças de paradigmas fundamentais:. Em primeiro lugar, na era industrial, os profissionais de marketing iniciavam e controlavam o processo de troca. Já na era da internet, os clientes definem de que informações necessitam, qual a melhor oferta e a que preços estão dispostos a pagar, por determinado serviço, e ou produto para atender as suas necessidades. Em segundo lugar, os clientes estão mais exigentes, procurando produtos de qualidade a preços razoáveis, e serviços mais rápidos e melhores. Desta maneira, a tradicional troca entre eficácia e eficiência já não é tão relevante. O que se espera do profissional de marketing na era da internet é satisfazer todas as necessidades presentes e futuras dos clientes de maneira eficaz e eficiente.

19 19 Em terceiro lugar, as empresas com visão no futuro, estão focando a satisfação dos clientes, surgindo o Espaço de Mercado, Um espaço de mercado é o contexto no qual os clientes estão ligados não só a produto, mas ao sistema por inteiro,e no qual as empresas podem fornecer um conjunto completo de serviços com valor agregado, como mecanismo para obter vantagem competitiva sustentável sobre suas concorrentes (SHETH, 2002, p.14-15) Como por exemplo temos a GE, que não só fabrica e vende motores de avião, como também vende para Southwest Airlines o Power By The Hour, um serviço de monitoramento eletrônico do desempenho do motor durante o vôo e o rastreamento dos dados de manutenção e consertos.(sheth, 2002, p.15) É visível que o Marketing Digital é uma das expressões mais utilizadas nos últimos anos e vem ganhando muita força na Internet, no e-commerce e no e- business. 2.2.Web 2.0 Segundo Sampaio (2007, p.04-09), a internet evoluiu desde os primórdios até atualmente da seguinte maneira: Os primórdios ou WEB 0.0 : Março de 1989: Tim Berners-Lee lançou a primeira especificação sa Wordwide-web, composta pelo protocolo HTTP e a linguagem HTML. Início de 1993: Marc Andreessen e Eric Bina, ambos da National Center for Supercomputing Applications (NCSA), criaram o navegador gráfico Mosaic. Junho de 1993: Thomas R. Bruce criou o primeiro browser para Windows: o Cello.

20 20 Abril de 1994: A empresa Mosaic Communications Corporation, fundada por Andreessen e Jin Clark, muda seu nome para Netscape Communications. Abril de 1994: O website de Jerry Yang e David Filo muda seu nome para Yahoo. Outubro de 1994: O consorcio W3C é fundado. Maio de 1995: A linguagem Java é disponibilizada para o mercado pela Sun. Julho de 1995: A Amazon.com entra em funcionamento. Agosto de 1995: A Microsoft lança o navegador MS Internet Explorer, dentro do pacote PLUS para Windows. Outubro de 1995: Gustavo Viberti e Fábio Oliveira fundam o primeiro site de buscas brasileiro: o Cadê. Dezembro de 1995: A versão 2.0B3 do navegador Netscape traz a linguagem interpretada Javascript. Final de 1995: Jack London cria a livraria virtual Booknet no Brasil. 1996: Nascem os primeiros jornais online: JB Online e Globo Online. Agosto de 1996: A Microsoft lança a versão 3 do Internet Explorer, com suporte a tecnologia ActiveX. A partir de 1996, começaram algumas iniciativas de e-commerce, mas a internet ainda não era educada para este tipo de comercio, os internautas utilizavam tipicamente os seguintes recursos: Páginas Pessoais, Buscas, Noticias, Chat, Softwares e Novidades.

21 21 A Comercialização ou WEB 1.0: Junho de 1995: É liberada a primeira versão do PHP. Junho de 1996: A Sun lança a especificação Java Servlet API. Dezembro de 1996: A Microsoft lança a tecnologia Active Server Pages ou ASP. Dezembro de 1996: A Macromedia lança o Flash 1.0. Outubro de 1997: O site ebay passa a ter oficialmente este nome. 1998: ebay se torna uma companhia de capital aberto. Outubro de 1998: O Google é Lançado. Entre 1998 e 1999: Bancos abrem sites para movimentação de contas na internet. 1999: A Sun lança a tecnologia JavaServer Pages e a especificação Java 2 Enterprise Edition. Março de 1999: A Microsoft lança o Internet Explorer versão 5.0 com o objeto XMLHttpRequest, o princípio do AJAX. Março de 1999: A primeira versão do RSS é lançada no portal Netscape. Outubro de 1999: Americanas.com entra no ar. Novembro de 1999: Submarino.com entra no ar. Janeiro de 2000: A America On Line(AOL) compra a Time Warner.

22 22 Neste período, com a o surgimento das tecnologias como ASP, PHP, Servlets e JSP, facilitou a criação de websites dinâmicos e de e-commerces. Muitas empresas começaram a entrar no mercado das Ponto.COM, e as pessoas (internautas) começaram a utilizar a internet de maneira maciça. O usuário típico desta época acessava: On-line Banking, Notícias, Compras, Serviços, Chat, Impostos, Concursos, e-learning, Pesquisa de Preços, entre outros. O estouro da bolha da nova economia: Após o escândalo da MCI-WorldCom em 2001, a grande concorrência na Web e a ausência de retornos, as fornecedoras de Venture Capital pararam de investir. Outro importante fator foram os seis aumentos na taxa de juros básica, promovido pelo Federal Reserve entre 1999 e Esses e outros fatores contribuíram para a perda de confiança neste tipo de modelo de negócios, fazendo com que muitas empresas fossem adquiridas ou fundidas com empresas da velha economia, pois as empresas não tinham como investir devido ao alto custo e sem um retorno previsível. Esse período entre 2000 e 2002 foi muito difícil para as empresas WEB, sem muitas inovações tecnológicas e mudanças de hábitos. A Web 2.0: Janeiro de 2001: A Wikipedia, versão em inglês, entra no ar. Fevereiro de 2003: A Google compra a Pyra Labs e lança o serviço Blogger. Janeiro de 2004: O Orkut entra no ar. Fevereiro de 2004: o Flickr.com entra no ar.

23 : Primeira conferência sobre WEB 2.0 (O Reilly). 2004: Yahoo Maps API e Google Maps API são lançadas. Após o estouro da bolha, uma grande mudança comportamental foi iniciada com o crescimento das redes de relacionamento e do compartilhamento de informações. As pessoas deixaram a visão comercial da Web e voltaram às origens, buscando gerar novos portfólios através da utilização de conteúdos já existentes. Figura 1 Representação gráfica da WEB. (Fonte: <http://webilus.com/illustration/le-web20-illustre>) Segundo O Reilly (2005), o conceito de Web 2.0 começou em uma conferência entre a MediaLive Internacional e a O Reilly. Onde o vice-presidente da O Reilly Dale Doughherty, notou que, após o estouro da bolha, ao contrário da web

24 24 ter fracassado, ela estava sendo adotada como um dos principais meios de comunicação entre pessoas e empresas, no seu auge de acesso. Surgindo novas aplicações e sites com uma regularidade surpreendente. E que todas as empresas que sobreviveram tinham algo em comum. Acreditava- se que o colapso ponto-com marcou uma espécie de virada, dando sentido a uma convocação do tipo WEB 2.0, desta maneira surgi a Conferência Web 2.0. Figura 2 - Tim O'Reilly. (fonte: Fonte: jornalismofib2007.blogspot.com) Segundo Terra (2008, p.21), o termo Web 2.0 refere-se à segunda geração de serviços e aplicativos da web, aos recursos, tecnologias e novos conceitos que permitem que a internet seja mais interativa e colaborativa. A diferença entre a primeira geração, é principalmente pelo dinamismo das interfaces em contraposição as páginas estáticas da web 1.0. O termo Web 2.0 é utilizado para descrever a segunda geração da World Wide Web --tendência que reforça o conceito de troca de informações e colaboração dos internautas com sites e serviços virtuais. A idéia é que o ambiente on-line se torne mais dinâmico e que os usuários colaborem para a organização de conteúdo." (Folha Online 2006)

25 25 Figura 3 - Inteligência coletiva da Web 2.0. (Fonte: <http://webilus.com/illustration/lintelligence-collective-du-web20>) O importante é que não existe nenhuma inovação tecnológica na Web 2.0, mas apenas o reuso das tecnologias já consagradas com um novo enfoque. SAMPAIO(2007, p.9) Segundo Edmundo(18/10/2007), a web 2.0 é caracterizada por aplicativos que podem ser incorporados - na maioria sem custos - em sites, a partir de pequenos pedaços de códigos, também conhecidos como widget s. E os principais desses aplicativos são: BLOGS : paginas pessoais que permitem o autor escrever e dialogar com seus leitores através de comentários, também utilizados por empresas. WIKIS : sites onde os visitantes podem colaborara com o conteúdo, alterando e incluindo informações sem a necessidade de cadastro, como o Wikipedia. Redes Sociais: redes onde os participantes criam seu perfil, participa de comunidades, fazendo troca de mensagens e conhecimentos entre os outros participantes, como o MySpace, Orkut, Facebook, Last.Fm,etc.

26 26 Compartilhamento de Vídeos e Imagem: Sites como o YouTube e Flickr onde é permitido enviar fotos e vídeos, podendo comentar os mesmos, e outras funcionalidades. Mundos Virtuais: Ambientes virtuais onde os participantes criam seus avatares e interagem com os outros usuários, o mais famoso é o Second Life. Podcasting e VideoCasting: Programas virtuais de Rádio e TV que podem ser compartilhados e distribuídos para os usuários. Figura 4 - WEB 2.0 no Brasil. (Fonte: Imagem capturada pelo autor Diego Alexandre, 2008) Figura 5 - WEB 2.0 no mundo. (Fonte: Imagem capturada pelo autor Diego Alexandre, 2008) Os microcomputadores trouxeram assim uma grande mudança no que diz respeito aos usuários do serviço on-line, que não são mais apenas os profissionais da informação, mas aqueles que, anteriormente, se valiam de um intermediário e agora fazem a sua busca independentemente. [...] os serviços on-line são idealmente adequados em termos de serviços oferecidos, tornando os seus usuários mais exigentes em questão de qualidade e mais cientes do valor do serviço. (FIGUEIREDO, 1991, p.91)

27 Novas Mídias de Marketing Digital A seguir serão citados algumas das principais formas de se utilizar as novas midias pela Internet Blog O Termo Blog vem de uma palavra de origem inglesa composta pelas palavras Web que é uma página de Internet e log que é diário de bordo, com o tempo a palavra foi abreviada para Blog e a grande diferença de um Blog para um site institucional, além dos conteúdos atuais ficando sempre acima dos conteúdos menos recentes é a interatividade, é o espaço para comentário então um blog necessariamente tem que abrir espaço para comentários. (TERRA, 2008, p.71) Existem várias definições para a sigla BLOG, na enciclopédia on-line Wikipedia, o termo BLOG vem de "WEB LOG", concebido por Jorn Barger (autor de um dos primeiros FAQ - Frequently Asked Questions) em 1997, definindo-o como uma página da Web onde um diarista (da Web) relata todas as outras páginas interessantes que encontra, logo após, o termo foi alterado por Peter Merholz (http://www.peterme.com/), que decidiu pronunciar "wee-blog", que tornou inevitável o encurtamento para o termo definitivo "blog". "Blogs são páginas pessoais da Internet que têm mecanismos de interação e permitem manter conversas entre grupos. Essas páginas tornaram-se muito populares entre jovens, que transformaram o ciberespaço em seus diários pessoais. Algum tempo depois do surgimento desta febre, esse sistema foi descoberto por repórteres e editores de vários países, passando a servir de ferramentas para um novo gênero de jornalismo, uma tribuna para a exposição das opiniões que normalmente são deixadas de lado na cobertura noticiosa, ao mesmo tempo em que põem em contato direto leitores e jornalistas." (Site UltimoSegundo, 2008)

28 28 Segundo o jornal Estado de São Paulo (2008), uma pesquisa do Ibope/NetRatings apontou 45% dos internautas acessam blogs, e 65% dos acessos, vem através de buscas no Google, o resto são internautas fiéis aos blogs. Ferramenta foi absorvida pelo mercado e pela mídia, mas grande parte dos blogs é produzida por internautas amadores. MARTINS(2008) Figura 6 - Qual é a cara da Blogosfera? (Fonte:MCDebate,2008) A Blogosfera é um espaço que se alimenta do mundo que rodeia seus autores, seja ele a intituição, o pais, etc., mas também da leitura de outros blogs e da crítica do que aí se lê. (CARDOSO 2007, p-440) O blog pode ter muitos objetivos, segundo o site BLOGGER, "O blog é um diário pessoal. Uma tribuna diária. Um espaço interativo. Um local para discussões políticas. Um canal com as últimas notícias. Um conjunto de links. Suas idéias. Mensagens para o mundo.".

29 29 No Diário de Comunicação (RABAÇA e BARBOSA, 2002, p.74), afirma que os os blogs podem ter objetivos de entreterimento, profissionais, entre outros, diz também que os blogs funcionam como ferramentas comunicação que dão suporte à interação de pequenos grupos de uma maneira simples, fácil e prática por meio de um sistema de troca de mensagens, podendo ser utilizados pelos membros de uma família, uma empresa ou qualquer instituição. Cipriani (2006, p.30) diz que o um Blog corporativo pode ser um ponto de encontro entre clientes, parceiros e funcionários de uma organização, utilizando-o como um blog-portal de relacionamento, um blog-ponte de ligação entre as preocupações do mercado e a realidade interna corporativa, um blog-canal aberto com o presidente, ou até mesmo um blog-exposição da opinião de clientes atuais, onde basta ter criatividade e autenticidade, pois as possibilidades são infinatas. O mesmo autor(2006, p.34) diz também que um blog pode ser o agente transformador que dará inicio à miração da empresa para o sucesso, pois o blog aproxima a visão da empresa para um tipo de estrutura organizacional obrigatória, para aquelas que desejam se tornar bem-sucedidas: a organização focada no cliente. Para Terra(2008, p.73), os blogs corporativos são um canal de comunicação entre a empresa e seus públicos que permite uma conversa bilateral e mais informal, e a ferramenta pode ser explorada no mundo corporativo como relacionamento, divulgação, endosso de terceiros à reputação e imagem corporativas e diálogo. "os blog fazem o papel de catalizador de notícias ou fatos relevantes. São um verdadeiro canal de marketing boca-a-boca. Contando com uma rede mundial de milhões de blogs, que cresce em ritmo assustador, tudo que é considerado interessante consegue se espalhar de um modo fenomenal por meio dos links." (Cipriani 2006, p.30)

30 30 O impacto dessa rápida disseminação de idéias e opiniões pode ser encarado como um problema ou uma grande oportunidade para as organizações - basta apenas que a empresa esteja atenta ao que acontece na Internet, sem jamais ignorar seus eventuais pontos negativos. Os blogs corporativos são mais do que uma tendência; são uma realidade que chegou para ficar, assim como a necessidade das empresas se adaptarem à ela. (BEGARA,2006). Figura 7 - Blog do Catho. (Fonte: internos. Os blogs corporativos são divididos basicamente em dois tipos: externos e a) Externos Para Terra (2008, p.74), os blog corporativos externos são aqueles que a empresa pública para acesso de qualquer pessoa na internet, com o proposito de interação externa, seja como canal de comunicação, de reforço da marca, de feedback para desenvolvimento de produtos,de gerenciamento de crises, de

31 31 relações públicas, de relacionamento com a mídia, de posicionamento estratégico, etc. Terra (2008, p.75) diz que o Blog externo não é o subistituto da página Web tradicional, e afirma que a diferença entre a página web e o Blog é que a primeira funciona como uma biblioteca, onde o cliente conhece sobre a empresa, e no segundo, o cliente conversa com a empresa, além de consulta-la. b) Internos Begara (2006) diz que blogs corporativos internos são geralmente utilizados como uma ferramenta de interação entre funcionários. É um meio muito eficiente de conduzir as bases de uma comunicação interna, gerenciando conhecimento e projetos e reforçando as iniciativas dos recursos humanos. Cipriani (2006, p.52) diz que como o blog passará a ser o porta-voz de informação de dentro da empresa, é nescessário haver alguns cuidados importantes ao convidar seus funcionários a escrever ao público da companhia, como ter alguém para monitorar o que os funcionarios estão escrevendo, para evitar que não contenha palavrões ou textos impróprios, assuntos confidenciais, difamação de outros colegas de trabalho, enfim, definir regras que sigam o padrão ético-moral da empresa, mas não sendo muito fechadas ou restritas, pois o que torna o blog um canal de sucesso é o conteúdo pessoal e o mais espontâneo possível.

32 Marketing Viral O conceito de Marketing Viral ou Marketing de Guerrilha é passar adiante a proposta de uma determinada marca, muitas vezes de forma bem humorada para o consumidor, difundindo-o como se fosse uma epidemia geralmente pela internet (blogs, , sites aparentemente amadores), mas também podem ser utilizadas anúncios e outdoors, tornando simples idéias em grandes ações. O marketing viral e a publicidade viral referem-se a técnicas de marketing que tentam explorar redes sociais pré-existentes para produzir aumentos exponenciais em conhecimento de marca, com processos similares a extensão de uma epidemia. A definição de marketing viral foi cunhada originalmente para descrever a prática de vários serviços livres de de adicionar sua publicidade ao que sai de seus usuários. O que se assume é que se tal anuncio alcança um usuário "susceptível", esse usuário "será infectado" (ou seja, se ativará uma conta) e pode então seguir infectando a outros usuários susceptíveis (...). Essa técnica muitas vezes esta patrocinada por uma marca, que busca construir conhecimento de um produto ou serviço. Os anúncios virais tomam muitas vezes a forma de vídeoclips ou jogos Flash interativos, imagens, e inclusive textos. (Wikipedia, 2008) Figura 8 - Marketing de Guerrilha do Hopi Hari. (Fonte: )

33 33 Figura 9 - Ação de marketing de guerrilha para nova Ford ranger estendida. (Fonte: Segundo Personi (2008) um dos pioneiros a utilizar o Marketing Viral através da internet foi o Hotmail. Que anunciava no rodapé das mensagens enviadas, convites a usuários não cadastrados para que pudessem se cadastrar no site e utilizar o serviços. De acordo com o que observamos no nosso estudo, da mesma forma, o GOOGLE divulgou seus produtos (ORKUT / GMAIL). Fazendo que se espalhassem até chegar na popularidade em que esta hoje.

Curso Marketing Digital

Curso Marketing Digital Seja Bem Vindo! Curso Marketing Digital Carga horária: 35hs Dicas importantes Nunca se esqueça de que o objetivo central é aprender o conteúdo, e não apenas terminar o curso. Qualquer um termina, só os

Leia mais

História Diferenciações Assessoria o que é? Estrutura Comunicação x Imprensa Papéis e funções Planejamento Conteúdo Processamento interno x externo

História Diferenciações Assessoria o que é? Estrutura Comunicação x Imprensa Papéis e funções Planejamento Conteúdo Processamento interno x externo Morgana Hamester História Diferenciações Assessoria o que é? Estrutura Comunicação x Imprensa Papéis e funções Planejamento Conteúdo Processamento interno x externo Contexto atual Modelização digital contemporaneidade;

Leia mais

Prezado Futuro Cliente

Prezado Futuro Cliente Prezado Futuro Cliente É com grade satisfação que encaminhamos nossa apresentação institucional e certos de estabelecermos uma parceria de sucesso e duradoura. Ela foi desenvolvida com objetivo de mostrar

Leia mais

1 Introdução. 1.1 A Nova Era Digital

1 Introdução. 1.1 A Nova Era Digital 11 1 Introdução Com o advento da nova era da internet, conhecida com web 2.0, e o avanço das tecnologias digitais, o consumidor passa a ter maior acesso à informação bem como à facilidade de expressar

Leia mais

Mídias sociais como apoio aos negócios B2C

Mídias sociais como apoio aos negócios B2C Mídias sociais como apoio aos negócios B2C A tecnologia e a informação caminham paralelas à globalização. No mercado atual é simples interagir, aproximar pessoas, expandir e aperfeiçoar os negócios dentro

Leia mais

*Todos os direitos reservados.

*Todos os direitos reservados. *Todos os direitos reservados. A cada ano, as grandes empresas de tecnologia criam novas ferramentas Para o novo mundo digital. Sempre temos que nos renovar para novas tecnologias, a Karmake está preparada.

Leia mais

Aula 1: Introdução à Disciplina Fonte: Plano de Aula Oficial da Disciplina

Aula 1: Introdução à Disciplina Fonte: Plano de Aula Oficial da Disciplina Programação para Internet Rica 1 Aula 1: Introdução à Disciplina Fonte: Plano de Aula Oficial da Disciplina Objetivo: Identificar os princípios que se destacam como características da Web 2.0. INTRODUÇÃO

Leia mais

TÍTULO: MARKETING DIGITAL, ESTRATÉGIA FUNDAMENTAL PARA O CRESCIMENTO DAS EMPRESAS.

TÍTULO: MARKETING DIGITAL, ESTRATÉGIA FUNDAMENTAL PARA O CRESCIMENTO DAS EMPRESAS. Anais do Conic-Semesp. Volume 1, 2013 - Faculdade Anhanguera de Campinas - Unidade 3. ISSN 2357-8904 TÍTULO: MARKETING DIGITAL, ESTRATÉGIA FUNDAMENTAL PARA O CRESCIMENTO DAS EMPRESAS. CATEGORIA: CONCLUÍDO

Leia mais

SISTEMÁTICA WEBMARKETING

SISTEMÁTICA WEBMARKETING SISTEMÁTICA WEBMARKETING Breve descrição de algumas ferramentas Sobre o Webmarketing Web Marketing é uma ferramenta de Marketing com foco na internet, que envolve pesquisa, análise, planejamento estratégico,

Leia mais

Claudio Torres. Novatec

Claudio Torres. Novatec Claudio Torres Novatec Sumário Sobre o autor... 11 Prefácio... 12 Introdução... 15 A Internet como mídia...15 O que você vai ler... 17 Capítulo 1 A Internet do consumidor... 19 Novos concorrentes... 21

Leia mais

Como deixar seu negócio on-line. Tendências e a força das mídias sociais no VAREJO!

Como deixar seu negócio on-line. Tendências e a força das mídias sociais no VAREJO! Como deixar seu negócio on-line Tendências e a força das mídias sociais no VAREJO! A palavra de ordem das redes sociais é interação. Comparando a internet com outros meios de comunicação em massa como

Leia mais

Oficina de Inclusão Tecnológica

Oficina de Inclusão Tecnológica 1 Oficina de Inclusão Tecnológica Ementa: O curso LinkedIn apresenta, de forma geral, como desenvolver seu networking através desta rede social. Demonstra como fazer parte dela (inscrição), montagem do

Leia mais

Agregadores de Conteúdo

Agregadores de Conteúdo Agregadores de Conteúdo São programas ou sites capazes de interpretar e mostrar o conteúdo dos Feeds RSS. Essa é uma forma de facilitar a leitura de vários sites e blogs, acessando o que há de novo em

Leia mais

Proposta Revista MARES DE MINAS

Proposta Revista MARES DE MINAS SATIS 2011 Proposta Revista MARES DE MINAS 21/03/2011 A SATIS Índice 1 A Satis 1 A Proposta 1 Serviços 2 Mapa do Site 2 SEO 3 Sistema de gerenciamento de conteudo 4 Cronograma e Prazos 5 Investimento 6

Leia mais

E-books. Introdução às Mídias Sociais. Sebrae

E-books. Introdução às Mídias Sociais. Sebrae E-books Sebrae Marketing e Vendas Introdução às Mídias Sociais O que fazer com as mídias sociais Tipos de ações As principais mídias sociais Dicas e considerações finais Autor Felipe Orsoli 1 SUMÁRIO 1

Leia mais

Novell Vibe 3.4. Novell. 1º de julho de 2013. Inicialização Rápida. Iniciando o Novell Vibe. Conhecendo a interface do Novell Vibe e seus recursos

Novell Vibe 3.4. Novell. 1º de julho de 2013. Inicialização Rápida. Iniciando o Novell Vibe. Conhecendo a interface do Novell Vibe e seus recursos Novell Vibe 3.4 1º de julho de 2013 Novell Inicialização Rápida Quando você começa a usar o Novell Vibe, a primeira coisa a se fazer é configurar sua área de trabalho pessoal e criar uma área de trabalho

Leia mais

Trabalho sobre Social Media Como implementar Social Media na empresa

Trabalho sobre Social Media Como implementar Social Media na empresa Como implementar Social Media na empresa 1 As razões: Empresas ainda desconhecem benefícios do uso de redes sociais Das 2,1 mil empresas ouvidas em estudo do SAS Institute e da Harvard Business Review,

Leia mais

3 As Mídias Sociais como Ferramentas de Marketing

3 As Mídias Sociais como Ferramentas de Marketing 26 3 As Mídias Sociais como Ferramentas de Marketing O surgimento das mídias sociais está intimamente ligado ao fenômeno da geração de conteúdo pelo usuário e ao crescimento das redes sociais virtuais

Leia mais

Tecnologia da Informação. Prof Odilon Zappe Jr

Tecnologia da Informação. Prof Odilon Zappe Jr Tecnologia da Informação Prof Odilon Zappe Jr Internet Internet Internet é o conglomerado de redes, em escala mundial de milhões de computadores interligados, que permite o acesso a informações e todo

Leia mais

Capítulo 1 Por que Google Marketing?

Capítulo 1 Por que Google Marketing? Capítulo 1 Por que Google Marketing? O Google modificou substancialmente a maneira como o mercado lida com a informação e informação, na nossa sociedade pós terceira onda, é tudo. Do dinheiro ao eletrodoméstico,

Leia mais

Imagem corporativa e as novas mídias

Imagem corporativa e as novas mídias Imagem corporativa e as novas mídias Ellen Silva de Souza 1 Resumo: Este artigo irá analisar a imagem corporativa, mediante as novas e variadas formas de tecnologias, visando entender e estudar a melhor

Leia mais

GUIA BÁSICO DE COMUNICAÇÃO

GUIA BÁSICO DE COMUNICAÇÃO GUIA BÁSICO DE COMUNICAÇÃO CONVERSA DE ELEVADOR Sendo um empreendedor social, você sabe como é importante ser capaz de descrever sua organização, definindo o que diferencia seu trabalho e detalhando o

Leia mais

Thursday, October 18, 12

Thursday, October 18, 12 O Site Legado do IFP é uma comunidade online e global dos ex-bolsistas do programa. É um recurso e um lugar para você publicar notícias profissionais, recursos e teses para a comunidade global do IFP,

Leia mais

Redes Sociais, SEO, Blog ou Adwords: O que devo usar para minha empresa?

Redes Sociais, SEO, Blog ou Adwords: O que devo usar para minha empresa? Redes Sociais, SEO, Blog ou Adwords: O que devo usar para minha empresa? Você já pensou em posicionar sua marca na internet? Construir um relacionamento com seu cliente é uma das formas mais eficazes de

Leia mais

Alto Taquari em Pauta: uma experiência interdisciplinar em jornalismo digital 1

Alto Taquari em Pauta: uma experiência interdisciplinar em jornalismo digital 1 Alto Taquari em Pauta: uma experiência interdisciplinar em jornalismo digital 1 Aparecido Marden Reis 2 Marli Barboza da Silva 3 Universidade do Estado de Mato Grosso, Unemat - MT RESUMO O projeto experimental

Leia mais

Novell Vibe 4.0. Março de 2015. Inicialização Rápida. Iniciando o Novell Vibe. Conhecendo a interface do Novell Vibe e seus recursos

Novell Vibe 4.0. Março de 2015. Inicialização Rápida. Iniciando o Novell Vibe. Conhecendo a interface do Novell Vibe e seus recursos Novell Vibe 4.0 Março de 2015 Inicialização Rápida Quando você começa a usar o Novell Vibe, a primeira coisa a se fazer é configurar sua área de trabalho pessoal e criar uma área de trabalho de equipe.

Leia mais

Sumário Aspectos Básicos... 3 Como Empresas usam o Facebook... 3 Introdução ao Facebook... 4 Criando um Cadastro... 5 Confirmando E-mail...

Sumário Aspectos Básicos... 3 Como Empresas usam o Facebook... 3 Introdução ao Facebook... 4 Criando um Cadastro... 5 Confirmando E-mail... FACEBOOK Sumário Aspectos Básicos... 3 Como Empresas usam o Facebook... 3 Introdução ao Facebook... 4 Criando um Cadastro... 5 Confirmando E-mail... 8 Características do Facebook... 10 Postagens... 11

Leia mais

Mídias sociais nas empresas O relacionamento online com o mercado

Mídias sociais nas empresas O relacionamento online com o mercado Mídias sociais nas empresas O relacionamento online com o mercado Maio de 2010 Conteúdo Introdução...4 Principais conclusões...5 Dados adicionais da pesquisa...14 Nossas ofertas de serviços em mídias sociais...21

Leia mais

Quem é Ana Luiza Cunha?

Quem é Ana Luiza Cunha? Apresentação WSI Quem é a WSI? Fundada em 1995 Nascimento da Internet 1.100 Consultores de Marketing Digital 81 países 12 grandes Centros de Produção Receita estimada da rede: acima de US$160 milhões Parceiros:

Leia mais

Marketing digital NARCISO SANTAELLA

Marketing digital NARCISO SANTAELLA Marketing digital 1 Introdução As agências de publicidade recorrem ao marketing digital para conquistar o público que hoje tem na web uma das principais fontes de informação. Utilizar todos os recursos

Leia mais

Tabela de Preços Sugeridos

Tabela de Preços Sugeridos WEBSITE Estrutura básica Área institucional Área estática: quem somos, o que fazemos, onde estamos etc. Área de contato E-mail, telefone, formulário etc. Área core Gerenciador de conteúdo para cadastro

Leia mais

ENSINO DE MATEMÁTICA PONTO BLOG

ENSINO DE MATEMÁTICA PONTO BLOG ENSINO DE MATEMÁTICA PONTO BLOG Moema Gomes Moraes 1 RESUMO: Este trabalho faz uma reflexão sobre os aspectos relacionados ao uso de Blogs no ensino de Matemática. Para isto, ele inicia fazendo uma reflexão

Leia mais

MARKETING DIGITAL E E-BUSINESS AULA III ESTRATÉGIAS DO MARKETING DIGITAL PROF. M. SC. JOSUÉ VITOR MBA EM MARKETING ESTRATÉGICO

MARKETING DIGITAL E E-BUSINESS AULA III ESTRATÉGIAS DO MARKETING DIGITAL PROF. M. SC. JOSUÉ VITOR MBA EM MARKETING ESTRATÉGICO MBA EM MARKETING ESTRATÉGICO MARKETING DIGITAL E E-BUSINESS AULA III ESTRATÉGIAS DO MARKETING DIGITAL PROF. M. SC. JOSUÉ VITOR josuevitor16@gmail.com @josuevitor Marketing Digital Como usar a internet

Leia mais

Novell Teaming 2.0. Novell. 29 de julho de 2009. Início Rápido. Iniciando o Novell Teaming. Conhecendo a interface do Novell Teaming e seus recursos

Novell Teaming 2.0. Novell. 29 de julho de 2009. Início Rápido. Iniciando o Novell Teaming. Conhecendo a interface do Novell Teaming e seus recursos Novell Teaming 2.0 29 de julho de 2009 Novell Início Rápido Quando você começa a usar o Novell Teaming, a primeira coisa a se fazer é configurar sua área de trabalho pessoal e criar uma área de trabalho

Leia mais

Características do jornalismo on-line

Características do jornalismo on-line Fragmentos do artigo de José Antonio Meira da Rocha professor de Jornalismo Gráfico no CESNORS/Universidade Federal de Santa Maria. Instantaneidade O grau de instantaneidade a capacidade de transmitir

Leia mais

Blog. corporativo. Fábio Cipriani. 2ª Edição. Novatec Editora

Blog. corporativo. Fábio Cipriani. 2ª Edição. Novatec Editora Blog i corporativo 2ª Edição Fábio Cipriani Novatec Editora Sumário Agradecimentos... 11 Sobre o autor... 13 Prefácio... 15 Capítulo 1 Introdução... 19 1.1 Transformação e acessibilidade... 20 Clientes

Leia mais

social media para bares, restaurantes e afins

social media para bares, restaurantes e afins BARTIPS social media para bares, restaurantes e afins O que buscamos? Divulgar seu estabelecimento para milhares de potenciais consumidores. Fazer você ser parte do dia-a-dia de seu cliente Ter suas novidades,

Leia mais

TÍTULO: O CRM NA FIDELIZAÇÃO DE CLIENTES EM UMA EMPRESA DE MATERIAL PARA CONSTRUÇÃO

TÍTULO: O CRM NA FIDELIZAÇÃO DE CLIENTES EM UMA EMPRESA DE MATERIAL PARA CONSTRUÇÃO TÍTULO: O CRM NA FIDELIZAÇÃO DE CLIENTES EM UMA EMPRESA DE MATERIAL PARA CONSTRUÇÃO CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS SUBÁREA: ADMINISTRAÇÃO INSTITUIÇÃO: FACULDADE DE AURIFLAMA AUTOR(ES):

Leia mais

SEMINÁRIO ABMES BASES DO MARKETING DIGITAL. Expositor. Júlio César de Castro Ferreira julio.ferreira@produtoranebadon.com.

SEMINÁRIO ABMES BASES DO MARKETING DIGITAL. Expositor. Júlio César de Castro Ferreira julio.ferreira@produtoranebadon.com. SEMINÁRIO ABMES BASES DO MARKETING DIGITAL Expositor Júlio César de Castro Ferreira julio.ferreira@produtoranebadon.com.br (61) 9613-6635 5 PILARES DO MARKETING DIGITAL 1 2 3 4 5 Presença digital: Ações

Leia mais

Inteligência para ESTRATÉGIA DIGITAL

Inteligência para ESTRATÉGIA DIGITAL Inteligência para ESTRATÉGIA DIGITAL INTRODUÇÃO Já imaginou ter acesso a dados e estatísticas do website do concorrente? Com alguns aplicativos e ferramentas, isso já é possível. Com ajuda deles, você

Leia mais

A Estrutura da Web. Redes Sociais e Econômicas. Prof. André Vignatti

A Estrutura da Web. Redes Sociais e Econômicas. Prof. André Vignatti A Estrutura da Web Redes Sociais e Econômicas Prof. André Vignatti A Estrutura da Web Até agora: redes onde unidades eram pessoas ou entidades sociais, como empresas e organizações Agora (Cap 13, 14 e

Leia mais

Esperamos que sua empresa faça bom aproveito!

Esperamos que sua empresa faça bom aproveito! À medida que mais e mais empresas aderem ao marketing de conteúdo, notamos que as expectativas são por vezes incompatíveis com a realidade quando se trata de um Blog Corporativo B2B. A maioria dos profissionais

Leia mais

APRESENTAÇÃO COMERCIAL. www.docpix.net

APRESENTAÇÃO COMERCIAL. www.docpix.net APRESENTAÇÃO COMERCIAL www.docpix.net QUEM SOMOS Somos uma agência digital full service, especializada em desenvolvimento web, de softwares e marketing online. A Docpix existe desde 2010 e foi criada com

Leia mais

E-Book MKT DE PERFORMANCE

E-Book MKT DE PERFORMANCE E-Book MKT DE PERFORMANCE MKT de Performance O Marketing de Performance é um conjunto de técnicas que permitem mensurar e otimizar o desempenho de um site/ecommerce/landing page e os resultados de ações

Leia mais

A confluência dos vídeos e a Internet

A confluência dos vídeos e a Internet WHITEPAPER A confluência dos vídeos e a Internet Por que sua empresa deveria investir em vídeos em 2013 e como a Construção Civil pode utilizar os vídeos como diferencial competitivo. 1 Saiba como os vídeos

Leia mais

Frequências: São Paulo 102,1 MHz; Litoral Paulista MHz 90,1; Endereço: Av. Paulista, 2.200 15º andar CEP 01310-300 São Paulo SP

Frequências: São Paulo 102,1 MHz; Litoral Paulista MHz 90,1; Endereço: Av. Paulista, 2.200 15º andar CEP 01310-300 São Paulo SP Empresa Nome fantasia: Rádio Kiss FM Razão Social: Kiss Telecomunicações LTDA. Frequências: São Paulo 102,1 MHz; Litoral Paulista MHz 90,1; Campinas 107,9 MHz; Brasília 94,1 MHz CNPJ: 59.477.240/0001-24.

Leia mais

MAISMKT - Ações em Marketing e uma empresa voltada para avaliação do atendimento, relacionamento com cliente, e marketing promocional.

MAISMKT - Ações em Marketing e uma empresa voltada para avaliação do atendimento, relacionamento com cliente, e marketing promocional. Empresa MAISMKT - Ações em Marketing e uma empresa voltada para avaliação do atendimento, relacionamento com cliente, e marketing promocional. Nossa filosofia e oferecer ferramentas de gestão focadas na

Leia mais

PUBLICIDADE ONLINE uma visão geral. João Luiz Serpa Seraine Webdesigner 11/05/2007

PUBLICIDADE ONLINE uma visão geral. João Luiz Serpa Seraine Webdesigner 11/05/2007 PUBLICIDADE ONLINE uma visão geral João Luiz Serpa Seraine Webdesigner 11/05/2007 Nova Economia A nova economia está diretamente ligada à velocidade de informações, comunicação, conhecimento, tecnologia.

Leia mais

JORNAL DIÁRIO DA CONSTRUÇÃO CIVIL DO PARÁ www.diariodaconstrucao.com.br

JORNAL DIÁRIO DA CONSTRUÇÃO CIVIL DO PARÁ www.diariodaconstrucao.com.br PROPOSTA DE PROPAGANDA - ANUNCIE NO JDC Apresentação de Plano de Publicidade Online no Site O JORNAL DIÁRIO DA CONSTRUÇÃO CIVIL DO PARÁ atende com o nome de JDC, porque é uma empresa que tem como sua atividade

Leia mais

Google Site Search Pesquisa de websites do Google para sua organização

Google Site Search Pesquisa de websites do Google para sua organização Google Site Search Folha de dados Google Site Search Pesquisa de websites do Google para sua organização Google Site Search Para mais informações, visite: http://www.google.com/enterprise/search/ Quais

Leia mais

Curso de GOOGLE ADWORDS

Curso de GOOGLE ADWORDS ECOMMERCE SCHOOL Fundada em junho de 2007, com o objetivo de ser um centro voltado para o desenvolvimento de profissionais de Internet, reunindo parcerias com escolas de excelência e importantes centros

Leia mais

Resumo. Palavras-chave: twitter; ferramenta; planejamento; Greenpeace.

Resumo. Palavras-chave: twitter; ferramenta; planejamento; Greenpeace. O Twitter Como Ferramenta de Divulgação Para As Empresas: Um Estudo De Caso do GREENPEACE 1 Jonathan Emerson SANTANA 2 Gustavo Guilherme da Matta Caetano LOPES 3 Faculdade Internacional de Curitiba - FACINTER

Leia mais

Questão em foco: Colaboração de produto 2.0. Uso de técnicas de computação social para criar redes sociais corporativas

Questão em foco: Colaboração de produto 2.0. Uso de técnicas de computação social para criar redes sociais corporativas Questão em foco: Colaboração de produto 2.0 Uso de técnicas de computação social para criar redes sociais corporativas Tech-Clarity, Inc. 2009 Sumário Sumário... 2 Introdução à questão... 3 O futuro da

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DAS MÍDIAS SOCIAIS CLUBE TURISMO

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DAS MÍDIAS SOCIAIS CLUBE TURISMO MANUAL DE UTILIZAÇÃO DAS MÍDIAS SOCIAIS CLUBE TURISMO INTRODUÇÃO: As mídias sociais estão cada vez mais presentes no dia-a-dia das pessoas, oferecendo soluções e transformando as relações pessoais e comerciais.

Leia mais

5 dicas incríveis de Facebook Ads para iniciantes. 1 INTRODUÇÃO

5 dicas incríveis de Facebook Ads para iniciantes. 1 INTRODUÇÃO 5 dicas incríveis de Facebook Ads para iniciantes. 1 INTRODUÇÃO Este e book foi criado após ter percebido uma série de dúvidas de iniciantes em Facebook Ads. O seu conteúdo é baseado na utilização da plataforma

Leia mais

Como usar o monitoramento de mídias sociais numa campanha política

Como usar o monitoramento de mídias sociais numa campanha política Como usar o monitoramento de mídias sociais numa campanha política No Brasil, há poucas experiências conhecidas de uso de ferramentas de monitoramento de mídias sociais em campanhas políticas. Uma delas

Leia mais

SITES E BLOGS CONSTRUINDO A SUA MARCA

SITES E BLOGS CONSTRUINDO A SUA MARCA SITES E BLOGS CONSTRUINDO A SUA MARCA Paula Junqueira 7º CONGRESSO RIO DE EDUCAÇÃO CONSTRUINDO A SUA MARCA A marca é o ativo mais importante, independente do tamanho de sua empresa. As mídias sociais são

Leia mais

UNIMEP MBA em Gestão e Negócios

UNIMEP MBA em Gestão e Negócios UNIMEP MBA em Gestão e Negócios Módulo: Sistemas de Informações Gerenciais Aula 4 TI com foco nos Negócios: Áreas envolvidas (Parte II) Flávio I. Callegari www.flaviocallegari.pro.br O perfil do profissional

Leia mais

milenaresende@fimes.edu.br

milenaresende@fimes.edu.br Fundação Integrada Municipal de Ensino Superior Sistemas de Informação A Internet, Intranets e Extranets milenaresende@fimes.edu.br Uso e funcionamento da Internet Os dados da pesquisa de TIC reforçam

Leia mais

Social Media. Criação Personalização Gerenciamento.

Social Media. Criação Personalização Gerenciamento. Criação Personalização Gerenciamento. A Cafuné Design trabalha com as principais mídias e plataformas digitais do momento: Facebook, Twiiter, Instagram, Youtube e LinkedIn. Novas ferramentas de mídia social

Leia mais

MÓDULO MULTIMÉDIA. Text PROFESSOR: RICARDO RODRIGUES. MAIL: rprodrigues@escs.ipl.pt esganarel@gmail.com. URL: http://esganarel.home.sapo.

MÓDULO MULTIMÉDIA. Text PROFESSOR: RICARDO RODRIGUES. MAIL: rprodrigues@escs.ipl.pt esganarel@gmail.com. URL: http://esganarel.home.sapo. MÓDULO MULTIMÉDIA PROFESSOR: RICARDO RODRIGUES MAIL: rprodrigues@escs.ipl.pt esganarel@gmail.com URL: http://esganarel.home.sapo.pt Text GABINETE: 1G1 - A HORA DE ATENDIMENTO: SEG. E QUA. DAS 11H / 12H30

Leia mais

Tentar entender como usar melhor os diferentes canais.

Tentar entender como usar melhor os diferentes canais. The New Conversation: Taking Social Media from Talk to Action A Nova Conversação: Levando a Mídia Social da Conversa para a Ação By: Harvard Business Review A sabedoria convencional do marketing por muito

Leia mais

Número de pessoas com acesso à internet passa de 120 milhões

Número de pessoas com acesso à internet passa de 120 milhões MÍDIA KIT INTERNET Número de pessoas com acesso à internet passa de 120 milhões Segundo pesquisa da Nielsen IBOPE, até o 1º trimestre/2014 número 18% maior que o mesmo período de 2013. É a demonstração

Leia mais

BLOG: GRUPO DE DISCUSSÃO: PODCAST:

BLOG: GRUPO DE DISCUSSÃO: PODCAST: O MUNDO ONLINE Uma das marcas dessa nova era são as redes sociais. Comunidades online como o Facebook, Twitter, Fousquare, Youtube e outras, possibilitam a comunicação entre as pessoas, ao mesmo tempo,

Leia mais

1. Objetivo do Projeto

1. Objetivo do Projeto PROPOSTA DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS VISNET - INTERNET E COMUNICAÇÃO Desenvolvimento de Site para CDL 1. Objetivo do Projeto O CDL Online é o mais novo sistema interativo especialmente projetado para criar

Leia mais

Aline Santos Carlos Augusto Peterson Almeida Rafael Rodrigues Ramon Assis

Aline Santos Carlos Augusto Peterson Almeida Rafael Rodrigues Ramon Assis Aline Santos Carlos Augusto Peterson Almeida Rafael Rodrigues Ramon Assis Marketing Digital Trabalho científico apresentado ao Professor Edvaldo Jr., docente da matéria Marketing Digital, da turma de Produção

Leia mais

Inspire Inove Faça Diferente

Inspire Inove Faça Diferente Inspire Inove Faça Diferente Inspire Inove Faça Diferente Se eu tivesse um único dolar investiria em propaganda. - Henry Ford (Fundador da Motor Ford) As companhias prestam muita atenção ao custo de fazer

Leia mais

ESTRATÉGIA DIGITAL. Prof. Luli Radfahrer

ESTRATÉGIA DIGITAL. Prof. Luli Radfahrer ESTRATÉGIA DIGITAL Prof. Luli Radfahrer - Conforme estipulado no Termo de Uso, todo o conteúdo ora disponibilizado é de titularidade exclusiva do IAB ou de terceiros parceiros e é protegido pela legislação

Leia mais

Software Livre e Redes Sociais. Prof. Alexandro Silva

Software Livre e Redes Sociais. Prof. Alexandro Silva Software Livre e Redes Sociais Prof. Alexandro Silva Alexandro Silva penguim.wordpress.com Hacker Professor da Graduação e Pós-Graduação da Unijorge Atua no mercado OpenSource a mais de 10 anos Membro

Leia mais

Criando e Publicando na Web

Criando e Publicando na Web Criando e Publicando na Web Tudo o que será necessário para criar, desenvolver e publicar o projeto web de seus clientes Outubro, 2008 - UMC por Maike Robert Workshop formado por: Apresentação geral Como

Leia mais

Social Media em 5 etapas

Social Media em 5 etapas Como estruturar seu sistema de Social Media em 5 etapas O que é este guia? O Guia de inicialização em social media foi criado pela G&P como uma forma de ajudar e incentivar as mais diversas empresas do

Leia mais

Os Segredos da Internet / John Heine http://www.ganheaki.com

Os Segredos da Internet / John Heine http://www.ganheaki.com John Heine 2011 Acesse para obter mais informações! 1 Distribua livremente Você tem agora permissão para distribuir livremente este e-book, ou seja, você pode estar vendendo, ou distribuindo livremente,

Leia mais

O caminho para o sucesso. Promovendo o desenvolvimento para além da universidade

O caminho para o sucesso. Promovendo o desenvolvimento para além da universidade O caminho para o sucesso Promovendo o desenvolvimento para além da universidade Visão geral Há mais de 40 anos, a Unigranrio investe em ensino diferenciado no Brasil para cumprir com seu principal objetivo

Leia mais

MONITORAMENTO E GOOGLE PLUS. Leonardo Alvez Letícia Chibior Patrick Miguel Ruth Derevecki Samara Bark / / 4MA

MONITORAMENTO E GOOGLE PLUS. Leonardo Alvez Letícia Chibior Patrick Miguel Ruth Derevecki Samara Bark / / 4MA MONITORAMENTO E GOOGLE PLUS Leonardo Alvez Letícia Chibior Patrick Miguel Ruth Derevecki Samara Bark / / 4MA MONITORAMENTO As empresas sabem que o planejamento digital, gestão de conteúdo, anúncios, campanhas

Leia mais

WWW.OUTSIDE.COM.BR Outside On-Line LTDA Telefone: +55 (19) 3869-1484 (19) 9 9441-3292 (claro) Email: carlos@outside.com.br

WWW.OUTSIDE.COM.BR Outside On-Line LTDA Telefone: +55 (19) 3869-1484 (19) 9 9441-3292 (claro) Email: carlos@outside.com.br MARKETING DIGITAL Ações de comunicação que as empresas podem se utilizar por meio da Internet e da telefonia celular e outros meios digitais para divulgar e comercializar seus produtos, conquistar novos

Leia mais

ESTUDO DA MELHOR METODOLOGIA PARA A DIFUSÃO DE VÍDEOS EXPLICATIVOS DE FENÔMENOS METEOROLÓGICOS

ESTUDO DA MELHOR METODOLOGIA PARA A DIFUSÃO DE VÍDEOS EXPLICATIVOS DE FENÔMENOS METEOROLÓGICOS Ana Beatriz Mesquita (CPTEC/INPE) ESTUDO DA MELHOR METODOLOGIA PARA A DIFUSÃO DE VÍDEOS EXPLICATIVOS DE FENÔMENOS METEOROLÓGICOS Metodologia do trabalho realizado referente a gravação e expansão dos vídeos

Leia mais

O QUE FAZEMOS MISSÃO VISÃO QUEM SOMOS

O QUE FAZEMOS MISSÃO VISÃO QUEM SOMOS O QUE FAZEMOS Provemos consultoria nas áreas de comunicação online, especializados em sites focados na gestão de conteúdo, sincronização de documentos, planilhas e contatos online, sempre integrados com

Leia mais

ANEXO I Sumário Manual de Preços e Serviços Digitais

ANEXO I Sumário Manual de Preços e Serviços Digitais Sumário 1 -LANDING PAGE...2 1.1)Layout, texto e produção do HTML...2 2 -MÍDIA...2 2.1)Planejamento de mídia...2 2.2)Criação das Campanhas...2 2.3)Mensuração dos resultados...2 2.4)Criação e Produção das

Leia mais

SUA EMPRESA VAI RESISTIR A EVOLUÇÃO DIGITAL?

SUA EMPRESA VAI RESISTIR A EVOLUÇÃO DIGITAL? SUA EMPRESA VAI RESISTIR A EVOLUÇÃO DIGITAL? A EVOLUÇÃO DOS MEIOS DE COMUNICAÇÃO A evolução dos Meios de Comunicação 1990 2000 telex e-mail internet notebook e hoje?? celular MMS TV aberta TV a cabo DVD

Leia mais

Ajuda ao SciEn-Produção 1. 1. O Artigo Científico da Pesquisa Experimental

Ajuda ao SciEn-Produção 1. 1. O Artigo Científico da Pesquisa Experimental Ajuda ao SciEn-Produção 1 Este texto de ajuda contém três partes: a parte 1 indica em linhas gerais o que deve ser esclarecido em cada uma das seções da estrutura de um artigo cientifico relatando uma

Leia mais

http://dinheiroganhe.com

http://dinheiroganhe.com Você pode distribuir, imprimir, compartilhar por e-mail ou citar em seu site ou blog, desde que o conteúdo não seja alterado e que a fonte original seja citada. http://dinheiroganhe.com SUMÁRIO 1. Introdução...3

Leia mais

LinkedIn - Tendências globais em recrutamento para 2013 1

LinkedIn - Tendências globais em recrutamento para 2013 1 LinkedIn - Tendências globais em recrutamento para 2013 Visão Brasil As cinco principais tendências em atração de talentos que você precisa saber 2013 LinkedIn Corporation. Todos os direitos reservados.

Leia mais

Curso Marketing Político Digital Por Leandro Rehem Módulo III MULTICANAL. O que é Marketing Multicanal?

Curso Marketing Político Digital Por Leandro Rehem Módulo III MULTICANAL. O que é Marketing Multicanal? Curso Marketing Político Digital Por Leandro Rehem Módulo III MULTICANAL O que é Marketing Multicanal? Uma campanha MultiCanal integra email, SMS, torpedo de voz, sms, fax, chat online, formulários, por

Leia mais

António Amaro Marketing Digital Junho 2014 INTRODUÇÃO E OBJECTIVOS

António Amaro Marketing Digital Junho 2014 INTRODUÇÃO E OBJECTIVOS INTRODUÇÃO E OBJECTIVOS FACTOS A Internet mudou profundamente a forma como as pessoas encontram, descobrem, compartilham, compram e se conectam. INTRODUÇÃO Os meios digitais, fazendo hoje parte do quotidiano

Leia mais

Autoria Web Apresentação e Visão Geral sobre a Web

Autoria Web Apresentação e Visão Geral sobre a Web Apresentação e Visão Geral sobre a Web Apresentação Thiago Miranda Email: mirandathiago@gmail.com Site: www.thiagomiranda.net Objetivos da Disciplina Conhecer os limites de atuação profissional em Web

Leia mais

O / 4 FAIXA ETÁRIA SEXO 1.5% 0.2% 6.1% 0.2% 13.5% 25.8% 52.6% 407 entrevistas foram realizadas nos dias 27 e 28 de janeiro de 2010. Feminino.

O / 4 FAIXA ETÁRIA SEXO 1.5% 0.2% 6.1% 0.2% 13.5% 25.8% 52.6% 407 entrevistas foram realizadas nos dias 27 e 28 de janeiro de 2010. Feminino. A TERCEIRA EDIÇÃO DA CAMPUS PARTY BRASIL, REALIZADA EM SÃO PAULO ENTRE OS DIAS 25 E 31 DE JANEIRO DE 2010, REUNIU QUASE 100 MIL PARTICIPANTES PARA DISCUTIR AS TENDÊNCIAS DA INTERNET E DAS MÍDIAS DIGITAIS.

Leia mais

Filme: O Lobisomem e o Coronel

Filme: O Lobisomem e o Coronel Filme: O Lobisomem e o Coronel Gênero: Animação Diretor: Elvis K. Figueiredo, Ítalo Cajueiro Ano: 2002 Duração: 10 min Cor: Colorido Bitola: 35mm País: Brasil Disponível no Porta Curtas: www.portacurtas.com.br/curtanaescola/filme.asp?cod=1518

Leia mais

Desde 2008. Mídia Kit 2015. encontrasãopaulo. www.encontrasaopaulo.com.br

Desde 2008. Mídia Kit 2015. encontrasãopaulo. www.encontrasaopaulo.com.br Desde 2008 Mídia Kit 2015 encontrasãopaulo www.encontrasaopaulo.com.br Introdução O Mídia Kit 2015 do guia online Encontra São Paulo tem o objetivo de contextualizar a atuação do site no segmento de buscas

Leia mais

Workshop Comunicação e Marketing para terapeutas e administradores de espaços holísticos. Lançamento do site Portal do Bem Rio de Janeiro, 31/05/2012

Workshop Comunicação e Marketing para terapeutas e administradores de espaços holísticos. Lançamento do site Portal do Bem Rio de Janeiro, 31/05/2012 Workshop Comunicação e Marketing para terapeutas e administradores de espaços holísticos Lançamento do site Portal do Bem Rio de Janeiro, 31/05/2012 Marketing criar produtos e serviços que atendam necessidades

Leia mais

Facebook Analytics: Como mensurar e otimizar a presença da sua empresa no Facebook

Facebook Analytics: Como mensurar e otimizar a presença da sua empresa no Facebook Marketing Digital de resultado para Médias e Pequenas Empresas Facebook Analytics: Como mensurar e otimizar a presença da sua empresa no Facebook Ferramentas e experimentos para conseguir melhores resultados

Leia mais

INTRODUÇÃO. Desde que a imprensa surgiu, a comunicação se baseia na tecnologia:

INTRODUÇÃO. Desde que a imprensa surgiu, a comunicação se baseia na tecnologia: INTRODUÇÃO Desde que a imprensa surgiu, a comunicação se baseia na tecnologia: 1450 Imprensa de Gutemberg 1940 Primeiras transmissões na TV 1960 Internet começa a ser desenvolvida 1973 Primeira ligação

Leia mais

Mídias sociais como apoio aos negócios B2B

Mídias sociais como apoio aos negócios B2B Mídias sociais como apoio aos negócios B2B A tecnologia e a informação caminham paralelas à globalização. No mercado atual é simples interagir, aproximar pessoas, expandir e aperfeiçoar os negócios dentro

Leia mais

Software Livre, Redes Sociais e Segurança na Internet. Alexandro Silva alexos@ngsecurity.com.br

Software Livre, Redes Sociais e Segurança na Internet. Alexandro Silva alexos@ngsecurity.com.br Segurança na Internet Alexandro Silva alexos@ngsecurity.com.br 1 Alexandro Silva penguim.wordpress.com Professor da Graduação e Pós-Graduação da Unijorge Atua no mercado OpenSource a mais de 10 anos Membro

Leia mais

Web 2.0. Amanda Ponce Armelin RA 052202

Web 2.0. Amanda Ponce Armelin RA 052202 Amanda Ponce Armelin RA 052202 Americana, 2007 Tópicos Introdução Web 1.0 Definição Comparativo Web1.0 x Web2.0 Web 3.0 Definição Conclusão Definição Principais características Discórdia Termos Essenciais

Leia mais

Dicas básicas para disciplinas/atividades na modalidade de educação a distância Mediação Digital Virtual

Dicas básicas para disciplinas/atividades na modalidade de educação a distância Mediação Digital Virtual Dicas básicas para disciplinas/atividades na modalidade de educação a distância Mediação Digital Virtual Escritório de Gestão de Projetos em EAD Unisinos http://www.unisinos.br/ead 2 A partir de agora,

Leia mais

Crie seu mecanismo de envolvimento: parte 3

Crie seu mecanismo de envolvimento: parte 3 ESCRITO POR David Mogensen PUBLICADO EM Dezembr o 2013 Crie seu mecanismo de envolvimento: parte 3 RESUMO Em um período em que os profissionais de marketing acham que seu trabalho mudou mais em dois anos

Leia mais

PROPOSTA DE CRIAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DE WEBSITE

PROPOSTA DE CRIAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DE WEBSITE PROPOSTA DE CRIAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DE WEBSITE Através do presente documento, a agência ACNBRASIL tem como objetivo apresentar uma proposta de criação e desenvolvimento de Website para COOPERATIVA DE

Leia mais

PUC Minas Abril / Maio de 2009. Marketing. Digital. Prof. Caio Cesar (caiocgo@pucminas.br)

PUC Minas Abril / Maio de 2009. Marketing. Digital. Prof. Caio Cesar (caiocgo@pucminas.br) PUC Minas Abril / Maio de 2009 Marketing Digital Prof. Caio Cesar (caiocgo@pucminas.br) Caio Cesar? Ensino / Pesquisa / Consultoria Marketing de Varejo Comunicação Online Design de Interação caiocgo@pucminas.br

Leia mais

COMUNICAÇÃO SOCIAL PARA GRUPOS ESCOTEIROS

COMUNICAÇÃO SOCIAL PARA GRUPOS ESCOTEIROS PROJETO INSÍGNIA DA MADEIRA COMUNICAÇÃO SOCIAL PARA GRUPOS ESCOTEIROS COMO ORGANIZAR SEU GRUPO ESCOTEIRO PARA UMA MELHOR COMUNICAÇÃO COM A COMUNIDADE, MEMBROS JUVENIS E ADULTOS UTILIZANDO A INTERNET. LUÍS

Leia mais

Internet e Adolescência - Pontos Positivos

Internet e Adolescência - Pontos Positivos Internet e Adolescência - Pontos Positivos Computadores e Sociedade I Edson A. Storolli F. Gláucia Campiche Bressan Rafael Prandi Guedes Moreira Vitor Manha Utino Introdução Como é o acesso à Internet

Leia mais