INR (Instituto Nacional para a Reabilitação)

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "INR (Instituto Nacional para a Reabilitação)"

Transcrição

1 INR (Instituto Nacional para a Reabilitação) Como ajudar um pessoa com deficiência em cadeira de rodas nº3 Lei de Bases de prevenção e da reabilitação e integração das pessoas com deficiência nº6 Arrendamento Benefícios para as pessoas com deficiência nº7 Habitação Própria Benefícios para as pessoas Com deficiência nº8 Habitação Social Benefícios para as pessoas Com deficiência nº9 Aquisição de veículo automóvel nº10 Estacionamento nº11 Transportes privados nº12 Transportes públicos nº13 Educação nº14 Cultura, Desporto e lazer nº15 Protecção Social nº16 Saúde nº17 Normas Técnicas sobre Acessibilidade nº18 Todo o mundo é diferente ninguém é Perfeito nº19 Guia prático de fisioterapia para as doenças neuromusculares nº20 Guia para os pais de crianças com Distrofia muscular tipo Duchene nº21 Ventilação mecânica em casa nº22 O que sentem os pais perante um diagnóstico de distrofia muscular? nº23 Doenças neuromusculares e respiração nº24 Manual de utilização de cadeiras de rodas - nº25

2 Conduzir automóvel com Espondilite Anquilosante nº27 Acessibilidade nos transportes ferroviários nº31 Interacção Mãe Criança e actividade simbólica, Livros SNR - nº2 Estudo de Influência de capacidade de resistência aeróbica na orientação e mobilidade do cego, Livros do SNR nº3 Deficiência mental e Aprendizagem, Livros do SNR nº4 Como Ajudar a Pessoa com Doença Mental, Cadernos SNR nº5 Ver, não ver e conviver, Livros do SNR nº6 As representações dos professores de educação especial e as necessidades das famílias, Livros do SNR nº8 Autismo: do conceito à pessoa, Livros SNR nº9 Efeitos de um programa de cultura Geral numa população adulta com deficiência mental moderada, Livros do SNR nº10 A orientação para a formação profissional de jovens com deficiência intelectual, Adelaide do Amparo Claudino, Livros do SNR nº11 Um bebé diferente: da individualidade de interface à especificidade da intervenção, Livros SNR Nº12 Cooperativas de Educação e Reabilitação de Crianças Inadaptadas Uma Visão Global, SNRIP Livros SNR nº13 Inovação Curricular na Implementação de meios alternativos de comunicação em crianças com deficiência neuromotora grave, Livros SNR, nº14, Maria Carlota Ferreira Maria Margarida Ponte, Luís Azevedo Autismo: o significado como processo Central. Edgar Gonçalves Pereira - Livros SNR nº15 Uma política coerente para a reabilitação das pessoas com deficiência. SNRIPD Conselho da Europa nº1 Acessibilidade, princípios e linhas directrizes Deficiência e integração. SNR Conselho da Europa nº2 Normas sobre igualdade de oportunidades Para Pessoas com Deficiência Cadernos SNR nº3

3 Guia de Instituições e Programa para Pessoas com Deficiência Versão Actualizada 1998, Cadernos SNR nº5 Agora que já não sou Criança, Maria Amélia Serra Loureiro, SNRIPD, nº7 Roteiro de equipamentos Serviços e prestações de apoio às Pessoas com Deficiência do Distrito de Viseu, 1991-Edições SNR Roteiro de equipamentos, serviços e prestações de apoio às pessoas com deficiência no distrito de Viana do Castelo 1991 Edições SNR Roteiro de equipamentos, serviços, e Prestações de apoio às pessoas com Deficiência no distrito de Santarém 1991Edições SNR Roteiro de equipamentos, serviços e Prestações de apoio às pessoas com Deficiência no distrito de Setúbal 1991 Edições SNR Roteiro de equipamentos, serviços e Prestações de apoio às pessoas com Deficiência no distrito de Vila Real 1990 Edições SNR Roteiro de equipamentos, serviços e Prestações de apoio às pessoas com deficiência no distrito do Porto 1991 Edições SNR distrito de Lisboa 1991 Cadernos SNR distrito de Aveiro 1991 Cadernos SNR distrito de Faro 1991 Cadernos SNR distrito da Guarda 1991 Cadernos SNR distrito de Castelo Branco Cadernos do SNR distrito de Bragança 1991 Cadernos do SNR distrito de Braga 1991 Cadernos do SNR distrito de Beja 1991 Cadernos SNR

4 distrito de Évora 1991 Cadernos SNR distrito de Leiria 1991 Cadernos SNR distrito de Coimbra 1991 Cadernos do SNR Guia de Turismo Acessível: Área Metropolitana do Porto, Algarve, Lisboa, Norte de Portugal, Beiras, Alentejo, Costa do Estoril, Sintra e Mafra Guia de Turismo para Pessoas com Deficiência SNR Centro de Documentação e Informação Técnica Boletim Bibliográfico, Secretariado Nacional de Reabilitação, Nº 14, Julho 1985, Nº 21 Maio 1986, Nº 24, Agosto 1986, Nº 29 Maio/Junho 1987, Nº 33 Outubro 1987, Nº 34 Novembro/Dezembro 1987 Exposição feita pelo Director do Instituto de Genética Médica Perante a Comissão de Honra. A Comissão Nacional e a Comissão Executiva para o AID/8, Ano Internacional do Deficiente Presidência do Conselho de Ministros Secretariado Nacional de Reabilitação Compensações, Prestações Pecuniárias E Pensões Concedidas a Deficientes Secretariado Nacional de Reabilitação, Lisboa 1982 Guia do Deficiente. 3ª-edição vol. I Lisboa 1989, por Manuel Dantas José Coimbra de Matos SNR Guia do Deficiente. Presidência do Conselho de Ministros SNR, por Manuel Dantas Lisboa 1981 Guia para a avaliação do Desenvolvimento da Criança de um mês a doze meses de idade Presidência do Conselho de Ministros. Secretariado Nacional de Reabilitação Comissão Coordenadora Distrital de Beja do AID Por Artur Carvalhal, Beja 1981 Agendas do SNR 1999 Acessibilidade: Princípios e Linhas Directrizes Deficiência e Integração, SNR, Conselho da Europa Exemplos em Portugal Acessibilidade, SNRIPD Biblioteca, Centro de Maria Cândida da Cunha, SNRIPD (Folheto)

5 Telecomunicações e incapacidade, Editado por Stephan von letzchner Co-financiado no âmbito da iniciativa Horizon - Livros do SNR nº1 Folhetos: Construa um Portugal sem barreiras, S.N.R. Viva num Portugal sem barreiras, S.N.R. Escola Alerta Acessibilidade a todos, Secretariado Nacional para a Reabilitação e Integração das Pessoas com Deficiência Presidência do Conselho de Ministros Regulamento do Concurso 2004/2005 Ministério da Educação Gestuário SNRIPD Língua Gestual Portuguesa, Livros SNR, nº5 Boletim Bibliográfico, Secretariado Nacional de Reabilitação, nº13, Junho 85, nº15 Agosto Setembro 85 Upa! Upa! Vamos. Histórias de um quotidiano Edições SNR Comissão Coordenadora Distrital de Lisboa do Ano Internacional do Deficiente. Escola para todos, 4ª Edição SNR Como Ajudar um Cego SNR Diferenças Significativas entre Deficiência e Doença Mental Uma tomada de posição elaborada por: Prof. Henry V. Cobb e Prof. Peter Mittler. SNR, Lisboa 1984 Carta para os anos 80 proclamada pela Rehabilitation International. Recomendada pela Assembleia Geral das Nações Unidas. Secretariado Nacional de Reabilitação, Lisboa 1971 Commission des communautés européennes. Compte rendu de la première réunion du groupe de travail mobilité et transport hélios. Bruxelles

Boletim Informativo n.º 5 Maio 2009

Boletim Informativo n.º 5 Maio 2009 educação especial Instituições acreditadas como Centros de Recursos para a Inclusão (segunda lista) A Direcção-Geral de Inovação e Desenvolvimento Curricular (DGIDC) divulgou no seu sítio electrónico a

Leia mais

ELEIÇÃO DA ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA

ELEIÇÃO DA ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA Círculo eleitoral dos Açores Aliança Açores Partido Social Democrata Partido Democrático do Atlântico CDS-PP. PPD/D PDA Círculo eleitoral de Aveiro Partido Cidadania e Democracia Cristã PPV/CDC PPD/D.

Leia mais

1.1) Processos de Sobre-endividamento entre 2000 e 2014.3 1.2) Processos de Sobre-endividamento, durante os anos de 2012, 2013 e 2014...

1.1) Processos de Sobre-endividamento entre 2000 e 2014.3 1.2) Processos de Sobre-endividamento, durante os anos de 2012, 2013 e 2014... Índice 1. Processos de Sobre-endividamento 1.1) Processos de Sobre-endividamento entre 2000 e 2014.3 1.2) Processos de Sobre-endividamento, durante os anos de 2012, 2013 e 2014... 4 2. Causas de Sobre-endividamento

Leia mais

Boletim Estatístico. Dezembro 2014. Gabinete de Apoio ao Sobre-endividado

Boletim Estatístico. Dezembro 2014. Gabinete de Apoio ao Sobre-endividado Boletim Estatístico Dezembro 2014 Gabinete de Apoio ao Sobre-endividado Índice 1. PROCESSOS E PEDIDOS DE INFORMAÇÃO DE SOBRE-ENDIVIDAMENTO... 3 1.1. Processos e Pedidos de Informação de Sobre-endividamento

Leia mais

Iniciativa Move-te, faz Acontecer

Iniciativa Move-te, faz Acontecer Iniciativa Move-te, faz Acontecer Entidades Promotoras: Associação CAIS (Projecto Futebol de Rua): Fundada em 1994, a Associação CAIS tem como Missão contribuir para o melhoramento global das condições

Leia mais

CANDIDATURA AO ENSINO SUPERIOR PÚBLICO 2011 SUPLEMENTO N.º 1 REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES ACESSO AO ENSINO SUPERIOR GUIAS DO ENSINO SUPERIOR

CANDIDATURA AO ENSINO SUPERIOR PÚBLICO 2011 SUPLEMENTO N.º 1 REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES ACESSO AO ENSINO SUPERIOR GUIAS DO ENSINO SUPERIOR ACESSO AO ENSINO SUPERIOR GUIAS DO ENSINO SUPERIOR CANDIDATURA AO ENSINO SUPERIOR PÚBLICO 2011 SUPLEMENTO N.º 1 REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES CURSOS CONGÉNERES DIRECÇÃO GERAL DO ENSINO SUPERIOR JULHO DE 2011

Leia mais

CONTINGENTE ESPECIAL PARA PORTADORES DE DEFICIÊNCIA FÍSICA OU SENSORIAL: 2007-2011

CONTINGENTE ESPECIAL PARA PORTADORES DE DEFICIÊNCIA FÍSICA OU SENSORIAL: 2007-2011 Colocados CONCURSO NACIONAL DE ACESSO E INGRESSO NO ENSINO SUPERIOR PÚBLICO CONTINGENTE ESPECIAL PARA PORTADORES DE DEFICIÊNCIA FÍSICA OU SENSORIAL: 2007-2011 Etapa 1: colocação dos candidatos às vagas

Leia mais

CANDIDATURA AO ENSINO SUPERIOR PÚBLICO 2012

CANDIDATURA AO ENSINO SUPERIOR PÚBLICO 2012 ACESSO AO ENSINO SUPERIOR GUIAS DO ENSINO SUPERIOR CANDIDATURA AO ENSINO SUPERIOR PÚBLICO 2012 SUPLEMENTO N.º 1 REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES CURSOS CONGÉNERES DIREÇÃO-GERAL DO ENSINO SUPERIOR JULHO DE 2012

Leia mais

MINISTÉRIO DAS FINANÇAS

MINISTÉRIO DAS FINANÇAS 4696 Diário da República, 1.ª série N.º 151 7 de agosto de 2013 MINISTÉRIO DAS FINANÇAS Portaria n.º 252/2013 de 7 de agosto A 2.ª edição do Programa de Estágios Profissionais na Administração Pública

Leia mais

9718 Comunicação Social e Cultura 9720 Comunicação, Cultura e Organizações

9718 Comunicação Social e Cultura 9720 Comunicação, Cultura e Organizações 0130 0130 0130 0130 0130 0130 0130 Universidade dos Açores - Ponta Delgada 8083 Ciclo Básico de Medicina 8083 Ciclo Básico de Medicina Universidade dos Açores - Ponta Delgada Universidade dos Açores -

Leia mais

Número de. Gabinete de Planeamento e Políticas. Inspecção-Geral da Agricultura e Pescas. 11 851 Tecnologia de protecção do ambiente

Número de. Gabinete de Planeamento e Políticas. Inspecção-Geral da Agricultura e Pescas. 11 851 Tecnologia de protecção do ambiente MADRP Entida Promotora Autorida Gestão do Programa Desenvolvimento Rural do Continente Autorida Gestão do PROMAR Autorida Florestal Nacional Direcção-Geral Veterinária Direcção Regional das Florestas Lisboa

Leia mais

9196 Línguas e Relações Empresariais 9196 Línguas e Relações Empresariais

9196 Línguas e Relações Empresariais 9196 Línguas e Relações Empresariais 0130 Universidade dos Açores - Ponta Delgada 8083 Ciclo Básico de Medicina 8083 Ciclo Básico de Medicina 0130 Universidade dos Açores - Ponta Delgada 0130 Universidade dos Açores - Ponta Delgada 0130 Universidade

Leia mais

9718 Comunicação Social e Cultura 9720 Comunicação, Cultura e Organizações

9718 Comunicação Social e Cultura 9720 Comunicação, Cultura e Organizações Congénere 0130 Universidade dos Açores - Ponta Delgada 8083 Ciclo Básico de Medicina 8083 Ciclo Básico de Medicina 0130 Universidade dos Açores - Ponta Delgada 0130 Universidade dos Açores - Ponta Delgada

Leia mais

MINISTÉRIO DAS FINANÇAS E DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

MINISTÉRIO DAS FINANÇAS E DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA 906-() Diário da República,.ª série N.º 56 de Março de 00 MINISTÉRIO DAS FINANÇAS E DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA Portaria n.º 7-A/00 de de Março O Decreto -Lei n.º 8/00, de 9 de Março, prevê, no seu artigo

Leia mais

ACESSO AO ENSINO SUPERIOR GUIAS PROVAS DE INGRESSO ALTERAÇÕES PARA 2016, 2017, 2018 PÚBLICO PRIVADO COMISSÃO NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR

ACESSO AO ENSINO SUPERIOR GUIAS PROVAS DE INGRESSO ALTERAÇÕES PARA 2016, 2017, 2018 PÚBLICO PRIVADO COMISSÃO NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR ACESSO AO ENSINO SUPERIOR GUIAS PROVAS DE INGRESSO ALTERAÇÕES PARA 2016, 2017, 2018 PÚBLICO PRIVADO COMISSÃO NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR DIREÇÃO GERAL DO ENSINO SUPERIOR Direção de Serviços de

Leia mais

Acesso ao curso de Licenciatura em ENGENHARIA DO AMBIENTE (ESTGV/IPV) para titulares de CURSOS DE ESPECIALIZAÇÃO TECNOLÓGICA*

Acesso ao curso de Licenciatura em ENGENHARIA DO AMBIENTE (ESTGV/IPV) para titulares de CURSOS DE ESPECIALIZAÇÃO TECNOLÓGICA* Acesso ao curso de Licenciatura em ENGENHARIA DO AMBIENTE (ESTGV/IPV) para titulares de CURSOS DE ESPECIALIZAÇÃO TECNOLÓGICA* * CETs referenciados pelo Conselho Técnico-Científico da ESTGV para acesso

Leia mais

Título da comunicação: A Situação Profissional de Ex-Bolseiros de Doutoramento

Título da comunicação: A Situação Profissional de Ex-Bolseiros de Doutoramento Título da comunicação: A Situação Profissional de Ex-Bolseiros de Doutoramento Evento: Local: Data: CONFERÊNCIA REGIONAL DE LISBOA E VALE DO TEJO Centro de Formação Profissional de Santarém 10 de Março

Leia mais

Violência Doméstica e Educação Análise do Envolvimento Parental na Escola em Mulheres Vítimas de Violência Conjugal

Violência Doméstica e Educação Análise do Envolvimento Parental na Escola em Mulheres Vítimas de Violência Conjugal Tema: Vítimas com Necessidades Específicas Violência Doméstica e Educação Análise do Envolvimento Parental na Escola em Mulheres Vítimas de Violência Conjugal Investigador: Miguel Rodrigues miguel.ol.rodrigues@hotmail.com

Leia mais

A Rede de Ensino Superior em Portugal e a sua cobertura geográfica com critérios de distância e temporais

A Rede de Ensino Superior em Portugal e a sua cobertura geográfica com critérios de distância e temporais A Rede de Ensino Superior em Portugal e a sua cobertura geográfica com critérios de distância e temporais Maria Cristina Canavarro Teixeira Instituto Politécnico de Castelo Branco Escola Superior Agrária,

Leia mais

CANDIDATURA AO ENSINO SUPERIOR PÚBLICO 2012

CANDIDATURA AO ENSINO SUPERIOR PÚBLICO 2012 ACESSO AO ENSINO SUPERIOR GUIAS DO ENSINO SUPERIOR CANDIDATURA AO ENSINO SUPERIOR PÚBLICO 2012 SUPLEMENTO N.º 2 REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA CURSOS CONGÉNERES DIREÇÃO-GERAL DO ENSINO SUPERIOR JULHO DE 2012

Leia mais

Instituição da R.A. dos Açores Curso Superior. Instituição de Ensino Superior Curso Superior Congénere. 0130 Universidade dos Açores - Ponta Delgada

Instituição da R.A. dos Açores Curso Superior. Instituição de Ensino Superior Curso Superior Congénere. 0130 Universidade dos Açores - Ponta Delgada 0201 Universidade do Algarve - Faculdade de Ciências Humanas e Sociais 9219 Psicologia 9219 Psicologia 0203 0203 0203 0204 0204 0204 0300 0300 0300 0300 0300 0300 0300 0300 Universidade do Algarve - Faculdade

Leia mais

CET CURSOS DE ESPECIALIZAÇÃO TECNOLÓGICA. no Ensino Superior

CET CURSOS DE ESPECIALIZAÇÃO TECNOLÓGICA. no Ensino Superior CET CURSOS DE ESPECIALIZAÇÃO TECNOLÓGICA no Ensino Superior CET Cursos de Especialização Tecnológica no Ensino Superior Setembro 2011 DIRECÇÃO GERAL DO ENSINO SUPERIOR Direcção de Serviços de Suporte à

Leia mais

O contributo da EAPN Portugal / Rede Europeia

O contributo da EAPN Portugal / Rede Europeia 2011 Ano Europeu das Atividades de Voluntariado que Promovam uma Cidadania Ativa O contributo da EAPN Portugal / Rede Europeia Anti - Pobreza José Machado 22 Outubro 2011 Estrutura da Comunicação Pobreza

Leia mais

MAPA VII DESPESAS DOS SERVIÇOS E FUNDOS AUTÓNOMOS, POR CLASSIFICAÇÃO ORGANICA, COM ESPECIFICAÇÃO DAS DESPESAS GLOBAIS DE CADA SERVIÇO E FUNDO

MAPA VII DESPESAS DOS SERVIÇOS E FUNDOS AUTÓNOMOS, POR CLASSIFICAÇÃO ORGANICA, COM ESPECIFICAÇÃO DAS DESPESAS GLOBAIS DE CADA SERVIÇO E FUNDO ANO ECONÓMICO DE 2010 Página 1 01 - ENCARGOS GERAIS DO ESTADO ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA COFRE PRIVATIVO DO TRIBUNAL DE CONTAS - SECÇÃO REGIONAL DA MADEIRA COFRE PRIVATIVO DO TRIBUNAL DE CONTAS - SECÇÃO REGIONAL

Leia mais

3 Cursos de licenciaturas e diplomas de estudos superiores especializados constantes do Despacho n.º 25 156/2002, de 26 de Novembro, a considerar:

3 Cursos de licenciaturas e diplomas de estudos superiores especializados constantes do Despacho n.º 25 156/2002, de 26 de Novembro, a considerar: s previstos no art. 56.º do Estatuto da Carreira Docente que relevam para a aplicação da alínea c) do n.º 1 do art. 14.º do Decreto-Lei n.º35/2003, de 27 de Fevereiro, na redacção dada pelo Decreto-Lei

Leia mais

Q1 Há quanto tempo se graduou em Medicina Veterinária?

Q1 Há quanto tempo se graduou em Medicina Veterinária? Q1 Há quanto tempo se graduou em Medicina Veterinária? Respondidas: Ignoradas: 0 < 10 anos 10 a 20 anos 20 a 30 anos > 30 anos Opções de resposta < 10 anos 10 a 20 anos 20 a 30 anos > 30 anos Respostas

Leia mais

9020 Ciência Política e Relações Internacionais

9020 Ciência Política e Relações Internacionais 0201 Universidade do Algarve - Faculdade de Ciências Humanas e Sociais 9219 Psicologia 9219 Psicologia 0203 Universidade do Algarve - Faculdade de Ciências e Tecnologia 0110 Universidade dos Açores - Angra

Leia mais

CONTACTOS ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA EQUIPA PARLAMENTO DOS JOVENS. Marlene Viegas Freire Coordenadora. Maria Cecília Themudo Barata Assessora

CONTACTOS ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA EQUIPA PARLAMENTO DOS JOVENS. Marlene Viegas Freire Coordenadora. Maria Cecília Themudo Barata Assessora CONTACTOS ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA EQUIPA PARLAMENTO DOS JOVENS Marlene Viegas Freire Coordenadora Maria Cecília Themudo Barata Assessora Paula Faria Assessora Maria Manuela Matos Técnica de Apoio Parlamentar

Leia mais

SEDE - Carnaxide. Número de postos de trabalho - Presidente (1) - 1. Cargo/carreira/categoria. Técnico Superior. Técnico Superior Direito 3

SEDE - Carnaxide. Número de postos de trabalho - Presidente (1) - 1. Cargo/carreira/categoria. Técnico Superior. Técnico Superior Direito 3 2009 MAPA DE PESSOAL DA ANPC (Artigo 5º da Lei nº 2-A/2008, 27 Fevereiro) SEDE - Carnaxi Competências/Actividas Área formação académica e/ou - Presinte () - - Director Nacional () - 3 - Comandante Operacional

Leia mais

Anexo C. Estabelecimentos de Ensino Superior. Índice

Anexo C. Estabelecimentos de Ensino Superior. Índice Anexo C Estabelecimentos de Ensino Superior Índice Anexo C1 - Estabelecimentos de Ensino Superior: Situação em 1980...c.2 Anexo C2 - Estabelecimentos de Ensino Superior: Situação em 1990...c.4 Anexo C3

Leia mais

Fevereiro 2009 ASSOCIAÇÃO INDUSTRIAL PORTUGUESA CONFEDERAÇÃO EMPRESARIAL

Fevereiro 2009 ASSOCIAÇÃO INDUSTRIAL PORTUGUESA CONFEDERAÇÃO EMPRESARIAL INQUÉRITO AO CRÉDITO Fevereiro 2009 ASSOCIAÇÃO INDUSTRIAL PORTUGUESA CONFEDERAÇÃO EMPRESARIAL Introdução O Inquérito ao Crédito Fevereiro 2009, realizado pela AIP-CE, teve como base uma amostra constituída

Leia mais

O PANORAMA DOS MEIOS DE COMUNICAÇÃO SOCIAL PORTUGUESES NOVOS SERVIÇOS NUM MERCADO EM MUDANÇA

O PANORAMA DOS MEIOS DE COMUNICAÇÃO SOCIAL PORTUGUESES NOVOS SERVIÇOS NUM MERCADO EM MUDANÇA O PANORAMA DOS MEIOS DE COMUNICAÇÃO SOCIAL PORTUGUESES NOVOS SERVIÇOS NUM MERCADO EM MUDANÇA IMPRENSA ESCRITA E DIGITAL DUAS FORMAS COMPLEMENTARES DE COMUNICAR PUBLICAÇÕES ATIVAS: 2008-2012 3.169 2.940

Leia mais

SECRETARIA-GERAL Centro de Informação e Relações Públicas CIREP. Legislação divulgada no B. I. Janeiro 2010

SECRETARIA-GERAL Centro de Informação e Relações Públicas CIREP. Legislação divulgada no B. I. Janeiro 2010 2010-01-29 Janeiro SECRETARIA-GERAL Centro de Informação e Relações Públicas CIREP Legislação divulgada no B. I. Janeiro 2010 Despacho n.º 1/2010. D.R. n.º 1, Série II de 2010-01-04, dos Ministérios dos

Leia mais

Normas Orientadoras. Centros de Recursos TIC para a Educação Especial

Normas Orientadoras. Centros de Recursos TIC para a Educação Especial Normas Orientadoras Centros de Recursos TIC para a Educação Especial Julho 2007 1 Contexto Plano de Acção para a Integração das Pessoas com Deficiência ou Incapacidade A criação de uma rede nacional de

Leia mais

IPBeja - Cursos de Especialização Tecnológica que dão acesso ao curso de Ciência e Tecnologia dos Alimentos

IPBeja - Cursos de Especialização Tecnológica que dão acesso ao curso de Ciência e Tecnologia dos Alimentos Universitário R.A.Açores Universidade dos Açores - Angra do Heroísmo 7264 - Corte e Tecnologia de Carnes 541 - Indústrias es Universitário R.A.Açores Universidade dos Açores - Angra do Heroísmo 7109 -

Leia mais

EXCELÊNCIA CONHECIMENTO IMPACTO. Ana Cristina Neves Lisboa 12 dezembro 2013

EXCELÊNCIA CONHECIMENTO IMPACTO. Ana Cristina Neves Lisboa 12 dezembro 2013 EXCELÊNCIA CONHECIMENTO IMPACTO Ana Cristina Neves Lisboa 12 dezembro 2013 O porquê? O que é? Metodologia de trabalho Resultados esperados O porquê? Após o Plano de Ação Ligar Portugal (2005-2010) - Espaços

Leia mais

ESTUDANTES QUE INGRESSARAM PELA 1ª VEZ NUM CURSO DE NÍVEL SUPERIOR EM PORTUGAL NO ANO LECTIVO 2004/05. Dados Estatísticos PARTE II

ESTUDANTES QUE INGRESSARAM PELA 1ª VEZ NUM CURSO DE NÍVEL SUPERIOR EM PORTUGAL NO ANO LECTIVO 2004/05. Dados Estatísticos PARTE II ESTUDANTES QUE INGRESSARAM PELA 1ª VEZ NUM CURSO DE NÍVEL SUPERIOR EM PORTUGAL NO ANO LECTIVO 2004/05 Dados Estatísticos PARTE II ESTUDANTES DE PÓS-LICENCIATURA (Mestrados e Doutoramentos) DSAS- Direcção

Leia mais

ANET-ASSOCIAÇÃO NACIONAL DOS ENGENHEIROS TÉCNICOS

ANET-ASSOCIAÇÃO NACIONAL DOS ENGENHEIROS TÉCNICOS ANET-ASSOCIAÇÃO NACIONAL DOS ENGENHEIROS TÉCNICOS GRUPO 1 CURSOS REGISTADOS E ANALISADOS PELA ANET, CONSIDERADOS HABILITANTES PARA A REALIZAÇÃO DE TODOS OS ACTOS DA ESPECIALIDADE CURSOS REGISTADOS -GRUPO

Leia mais

ACTIVIDADE ACUMULADA ATÉ ABRIL DE 2008

ACTIVIDADE ACUMULADA ATÉ ABRIL DE 2008 LINHA DE CRÉDITO PARA ESTUDANTES DO ENSINO SUPERIOR COM GARANTIA MÚTUA ACTIVIDADE ACUMULADA ATÉ ABRIL DE 2008 Comissão de Acompanhamento 29 de Maio de 2008 Introdução, e principais conclusões Este documento

Leia mais

Encontro Nacional do Turismo no Espaço o Rural

Encontro Nacional do Turismo no Espaço o Rural Encontro Nacional do Turismo no Espaço o Rural Convento de Refoios Ponte de Lima 21 de Junho de 2003 Distribuição Espacial do TER (SIR) Unid: Euros Distritos Nº Projectos Investimento Total Incentivo Aveiro

Leia mais

ORDEM DOS ENGENHEIROS TÉCNICOS CURSOS DE ENGENHARIA REGISTADOS - Bacharelatos e Licenciaturas

ORDEM DOS ENGENHEIROS TÉCNICOS CURSOS DE ENGENHARIA REGISTADOS - Bacharelatos e Licenciaturas ESCOLA CURSO GRAU ESPECIALIDADE NORMAS REGISTO OBS. ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E G ÁGUEDA Engenharia Electromecânica B Mecânica a) do n.º 2 Universidade de Aveiro Engenharia Electrotécnica B ESP a)

Leia mais

Projecto Nestum Rugby nas Escolas. Balanço 2009/2010

Projecto Nestum Rugby nas Escolas. Balanço 2009/2010 Projecto Nestum Rugby nas Escolas Balanço 2009/2010 No segundo ano (2009/2010) de implementação do projecto Nestum Rugby nas Escolas, projecto este que resulta da parceria entre a Federação Portuguesa

Leia mais

RESULTADOS DA 1.ª FASE DO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO

RESULTADOS DA 1.ª FASE DO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO ACESSO AO ENSINO SUPERIOR 2015 RESULTADOS DA 1.ª FASE DO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO NOTA 1. Encontra se concluída a colocação na primeira fase do 39.º concurso nacional de acesso, tendo sido admitidos,

Leia mais

MINISTÉRIO DAS FINANÇAS. 356 Diário da República, 1.ª série N.º 13 18 de janeiro de 2013

MINISTÉRIO DAS FINANÇAS. 356 Diário da República, 1.ª série N.º 13 18 de janeiro de 2013 356 Diário da República, 1.ª série N.º 13 18 de janeiro de 2013 Declaração de Retificação n.º 4/2013 Nos termos das disposições conjugadas da alínea r) do n.º 2 do artigo 2.º e do artigo 11.º do Decreto

Leia mais

a 2015 Conferência Industria Automóvel: Contributo para uma mobilidade sustentável. Projecto Eco-condução ACAP, Lisboa, 24-05-2010

a 2015 Conferência Industria Automóvel: Contributo para uma mobilidade sustentável. Projecto Eco-condução ACAP, Lisboa, 24-05-2010 Reciclagem de Veículos em Fim de Vida (VFV) rumo a 2015 Conferência Industria Automóvel: Contributo para uma mobilidade sustentável. Projecto Eco-condução ACAP, Lisboa, 24-05-2010 Tópicos Empresa Sistema

Leia mais

QUESTIONÁRIO A SOCIEDADE DIGITAL E O NOVO PERFIL DO TÉCNICO OFICIAL DE CONTAS

QUESTIONÁRIO A SOCIEDADE DIGITAL E O NOVO PERFIL DO TÉCNICO OFICIAL DE CONTAS Contacto: nelma.marq@gmail.com QUESTIONÁRIO A SOCIEDADE DIGITAL E O NOVO PERFIL DO TÉCNICO OFICIAL DE CONTAS O presente questionário pretende servir de apoio ao desenvolvimento de um estudo relacionado

Leia mais

Mapas de Pessoal das Escolas de Hotelaria e Turismo do Turismo de Portugal, I.P. Mapa Resumo

Mapas de Pessoal das Escolas de Hotelaria e Turismo do Turismo de Portugal, I.P. Mapa Resumo Mapas de Pessoal das Escolas de Hotelaria e Turismo do Turismo de Portugal, I.P. Mapa Resumo Categorias Postos de Trabalho Providos Postos de Trabalho a Prover Total de Postos de Trabalho Planeados Director

Leia mais

IV JORNADAS IBERO-ATLÂNTICAS DE ESTATÍSTICAS REGIONAIS 22 e 23 de junho de 2012 ESTATÍSTICAS FINANCEIRAS REGIONAIS. João Cadete de Matos

IV JORNADAS IBERO-ATLÂNTICAS DE ESTATÍSTICAS REGIONAIS 22 e 23 de junho de 2012 ESTATÍSTICAS FINANCEIRAS REGIONAIS. João Cadete de Matos 22 e 23 de junho de 2012 ESTATÍSTICAS FINANCEIRAS REGIONAIS João Cadete de Matos 1ª Parte Estatísticas do Banco de Portugal Estatísticas Financeiras Regionais 2 Evolução da difusão Estatística no Banco

Leia mais

Serviço de Estrangeiros e Fronteiras

Serviço de Estrangeiros e Fronteiras SEDE Serviço de Estrangeiros e Fronteiras Rua Conselheiro José Silvestre Ribeiro, 4 1649-007 LISBOA Telefone: 21 7115000 Fax: 21 7161595 Direcções e Delegações Regionais DIRECÇÃO REGIONAL DO CENTRO Director

Leia mais

Direcção Regional do Norte

Direcção Regional do Norte BRAGANÇA Direcção Regional do Norte BRAGA Lojas Institucionais IPJ Lojas Parceiras Direcção Regional do Norte BRAGA GUIMARÃES Rua de Santa Margarida, n.º 6 4710-306 Braga Tel: 253 204 250 Fx: 253 204 259

Leia mais

QUADRO I CONCURSO NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR PÚBLICO DE 2014 RESULTADOS POR SUBSISTEMA APÓS A COLOCAÇÃO NA 3.ª FASE

QUADRO I CONCURSO NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR PÚBLICO DE 2014 RESULTADOS POR SUBSISTEMA APÓS A COLOCAÇÃO NA 3.ª FASE NOTA 1. No ano letivo de 2014-2015 foram admitidos no ensino superior público 41 464 estudantes através do concurso nacional de acesso 1. 2. Esses estudantes distribuíram-se da seguinte forma: QUADRO I

Leia mais

Transição dos quadros distritais de vinculação para o quadro de zona pedagógica

Transição dos quadros distritais de vinculação para o quadro de zona pedagógica Federação Nacional dos Professores www.fenprof.pt Transição dos quadros distritais de vinculação para o quadro de zona pedagógica Ministério da Educação Portaria n.º 1298/03 de de Novembro A unificação

Leia mais

1. Direitos das pessoas com Autismo e suas famílias. Beatriz Valério Direito da Família e Sucessões

1. Direitos das pessoas com Autismo e suas famílias. Beatriz Valério Direito da Família e Sucessões 1. Direitos das pessoas com Autismo e suas famílias Beatriz Valério Direito da Família e Sucessões Direitos das pessoas com Autismo e suas famílias Normas nacionais sobre a não discriminação: a Constituição

Leia mais

INATEL TURISMO PARA TODOS 267 A PREÇOS ECONÓMICOS

INATEL TURISMO PARA TODOS 267 A PREÇOS ECONÓMICOS www.inatel.pt FUNDAÇÃO INATEL TURISMO PARA TODOS PORTUGAL 2013 Desde 267 INCLUI: TRANSPORTE TERRESTRE + 5 NOITES ALOJAMENTO, REFEIÇÕES, PASSEIOS, ANIMAÇÃO E SEGURO. Descubra o que Portugal tem de melhor

Leia mais

MAPA V RECEITAS DOS SERVIÇOS E FUNDOS AUTÓNOMOS, POR CLASSIFICAÇÃO ORGANICA, COM ESPECIFICAÇÃO DAS RECEITAS GLOBAIS DE CADA SERVIÇO E FUNDO

MAPA V RECEITAS DOS SERVIÇOS E FUNDOS AUTÓNOMOS, POR CLASSIFICAÇÃO ORGANICA, COM ESPECIFICAÇÃO DAS RECEITAS GLOBAIS DE CADA SERVIÇO E FUNDO ANO ECONÓMICO DE 2011 Página 1 01 ENCARGOS GERAIS DO ESTADO ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA COFRE PRIVATIVO DO TRIBUNAL DE CONTAS - SECÇÃO REGIONAL DA MADEIRA COFRE PRIVATIVO DO TRIBUNAL DE CONTAS - SECÇÃO REGIONAL

Leia mais

Direcção Regional do Norte

Direcção Regional do Norte BRAGANÇA Direcção Regional do Norte BRAGA Lojas Institucionais IPDJ Lojas Parceiras Direcção Regional do Norte BRAGA GUIMARÃES Antiga Estação de Comboios Av. D. João IV Urgeses 4810-534 Guimarães Tel.

Leia mais

Viver e Construir a Democracia. Escola João da Rosa na Assembleia da República!

Viver e Construir a Democracia. Escola João da Rosa na Assembleia da República! Viver e Construir a Democracia Escola João da Rosa na Assembleia da República! Nos dias 4 e 5 de maio, os alunos Filipe Gonçalves e Stefan Apolinário, que frequentam o 5º e 9ºanos na Escola EB 2,3 João

Leia mais

JOGOS - ÁRBITROS - RESULTADOS

JOGOS - ÁRBITROS - RESULTADOS JOGOS - ÁRBITROS - RESULTADOS JOGOS DE CLASSIFICAÇÃO 24.06.2011 6ª. FEIRA Jogo nº 01 - VIANA CASTELO / AVEIRO Jogo nº 02 - HORTA / LISBOA Alcanena Jogo nº 03 - PONTA DELGADA / BRAGANÇA T.Novas Jogo nº

Leia mais

Inquérito Diplomados Ciências Farmacêuticas 2011/2012 O E OBSERVATÓRIO DA EMPREGABILIDADE N O S E C T O R F A R M A C Ê U T I C O

Inquérito Diplomados Ciências Farmacêuticas 2011/2012 O E OBSERVATÓRIO DA EMPREGABILIDADE N O S E C T O R F A R M A C Ê U T I C O Inquérito Diplomados Ciências Farmacêuticas 2011/2012 O E OBSERVATÓRIO DA EMPREGABILIDADE N O S E C T O R F A R M A C Ê U T I C O INQUÉRITO AOS DIPLOMADOS EM CIÊNCIAS FARMACÊUTICAS 2011/2012 traçar o perfil

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular NUTRIÇÃO DE COMPORTAMENTO ALIMENTAR Ano Lectivo 2014/2015

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular NUTRIÇÃO DE COMPORTAMENTO ALIMENTAR Ano Lectivo 2014/2015 Programa da Unidade Curricular NUTRIÇÃO DE COMPORTAMENTO ALIMENTAR Ano Lectivo 2014/2015 1. Unidade Orgânica Ciências da Economia e da Empresa (1º Ciclo) 2. Curso Gestão das Organizações Desportivas 3.

Leia mais

GERAÇÃO DEPOSITRÃO 6 ERP PORTUGAL. Filipa Moita 25 janeiro 2014 Centro de Exposições BRAGA

GERAÇÃO DEPOSITRÃO 6 ERP PORTUGAL. Filipa Moita 25 janeiro 2014 Centro de Exposições BRAGA GERAÇÃO DEPOSITRÃO 6 ERP PORTUGAL Filipa Moita 25 janeiro 2014 Centro de Exposições BRAGA 1 GERAÇÃO DEPOSITRÃO Recolha de equipamentos e pilhas em fim de vida 603 Eco-Escolas nacionais Escolas = pontos

Leia mais

Plano Estratégico dos Transportes e Infraestruturas. Horizonte 2014-2020

Plano Estratégico dos Transportes e Infraestruturas. Horizonte 2014-2020 Plano Estratégico dos Transportes e Infraestruturas Horizonte 2014-2020 Consensualização de Prioridades O Grupo de Trabalho para as Infraestruturas de Elevado Valor Acrescentado apresentou o seu relatório

Leia mais

e-justiça Eng.ª Júlia Ladeira ( ITIJ )

e-justiça Eng.ª Júlia Ladeira ( ITIJ ) e justiça O que o sector da justiça em Portugal tem a ganhar com o desenvolvimento da SI 12 e 13 de Janeiro de 2004 Fundação Calouste Gulbenkian Eng.ª Júlia Ladeira ( ITIJ ) Patrocínio O que o sector da

Leia mais

AVEIRO. vagas colocados Engenharia Geográfica L1 30 7 ALGARVE. Engenharia Geológica L1 20 8 Física L1 22 8 Finanças (regime pós-laboral) L1 20 6 UBI

AVEIRO. vagas colocados Engenharia Geográfica L1 30 7 ALGARVE. Engenharia Geológica L1 20 8 Física L1 22 8 Finanças (regime pós-laboral) L1 20 6 UBI AÇORES Ciências da Engenharia Civil L1 20 1 Património Cultural L1 20 6 Ciências Agrárias L1 10 10 Informática - Redes e Multimédia L1 25 8 Engenharia e Gestão do Ambiente L1 20 0 ALGARVE Engenharia Civil

Leia mais

ACESSO AO ENSINO SUPERIOR - GUIAS PROVAS DE INGRESSO ALTERAÇÕES PARA 2015, 2016, 2017 PÚBLICO PRIVADO COMISSÃO NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR

ACESSO AO ENSINO SUPERIOR - GUIAS PROVAS DE INGRESSO ALTERAÇÕES PARA 2015, 2016, 2017 PÚBLICO PRIVADO COMISSÃO NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR ACESSO AO ENSINO SUPERIOR - GUIAS PROVAS DE INGRESSO ALTERAÇÕES PARA 2015, 2016, 2017 PÚBLICO PRIVADO COMISSÃO NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR DIREÇÃO-GERAL DO ENSINO SUPERIOR Direção de Serviços

Leia mais

Na Cidade é de Scoo. u-scoot, 2015 1

Na Cidade é de Scoo. u-scoot, 2015 1 Na Cidade é de Scoo u-scoot, 2015 1 Porquê a Scooter? u-scoot, 2015 2 u-scoot, 2015 3 u-scoot, 2015 4 u-scoot, 2015 5 Pode circular na autoestrada e atravessar as pontes Permite transportar 2 pessoas Tem

Leia mais

PLANO DE ACTIVIDADES PARA O ANO DE 2015

PLANO DE ACTIVIDADES PARA O ANO DE 2015 ASSOCIAÇÃO NACIONAL DA ESPONDILITE ANQUILOSANTE PLANO DE ACTIVIDADES PARA O ANO DE 2015 I INTRODUÇÃO Nos termos da alínea b) do Artigo 35.º dos Estatutos da ANEA, a Direcção desta associação apresenta

Leia mais

Inquérito público aos Brasileiros residentes em Portugal 25 de Maio de 2006

Inquérito público aos Brasileiros residentes em Portugal 25 de Maio de 2006 Inquérito público aos Brasileiros residentes em Portugal 25 de Maio de 2006 Metodologia Dimensão da amostra Datas das entrevistas Margem de erro Idioma das entrevistas 1,000 Brasileiros adultos 23 Novembro

Leia mais

RELATÓRIO DOS REGISTOS DAS INTERRUPÇÕES DA GRAVIDEZ AO ABRIGO DA LEI 16/2007 DE 17 DE ABRIL

RELATÓRIO DOS REGISTOS DAS INTERRUPÇÕES DA GRAVIDEZ AO ABRIGO DA LEI 16/2007 DE 17 DE ABRIL RELATÓRIO DOS REGISTOS DAS INTERRUPÇÕES DA GRAVIDEZ AO ABRIGO DA LEI 16/2007 DE 17 DE ABRIL Dados referentes ao período de Janeiro a Dezembro de 2008 Edição revista DIRECÇÃO-GERAL DA SAÚDE DIVISÃO DE SAÚDE

Leia mais

ACESSO AO ENSINO SUPERIOR - GUIAS PROVAS DE INGRESSO ALTERAÇÕES PARA 2014, 2015, 2016 PÚBLICO PRIVADO COMISSÃO NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR

ACESSO AO ENSINO SUPERIOR - GUIAS PROVAS DE INGRESSO ALTERAÇÕES PARA 2014, 2015, 2016 PÚBLICO PRIVADO COMISSÃO NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR ACESSO AO ENSINO SUPERIOR - GUIAS PROVAS DE INGRESSO ALTERAÇÕES PARA 2014, 2015, 2016 PÚBLICO PRIVADO COMISSÃO NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR DIREÇÃO-GERAL DO ENSINO SUPERIOR Direção de Serviços

Leia mais

Relatório 2005 dos PMP e PAPT

Relatório 2005 dos PMP e PAPT 1 INDICE INTRODUÇÃO... 5 1. CARACTERIZAÇÃO GLOBAL... 6 1.1 Meios de Intervenção... 9 1.2. Espaços Físicos de Intervenção...10 2. FINANCIAMENTO...11 3. RESULTADOS DA INTERVENÇÃO EM GRUPOS DELIMITADOS...14

Leia mais

Universitário 7500 Academia da Força Aérea História Militar. Universitário 7510 Academia Militar Guerra de Informação

Universitário 7500 Academia da Força Aérea História Militar. Universitário 7510 Academia Militar Guerra de Informação Distrito Subsistema Tipo de ensino Cód. Estab. Nome do Estabelecimento Nome do Curso Grau Lisboa Público Militar e Policial Universitário 7500 Academia da Força Aérea História Militar Lisboa Público Militar

Leia mais

REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES SECRETARIA REGIONAL DO TRABALHO E SOLIDARIEDADE SOCIAL DIRECÇÃO REGIONAL DO TRABALHO, QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL E DEFESA

REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES SECRETARIA REGIONAL DO TRABALHO E SOLIDARIEDADE SOCIAL DIRECÇÃO REGIONAL DO TRABALHO, QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL E DEFESA REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES SECRETARIA REGIONAL DO TRABALHO E SOLIDARIEDADE SOCIAL DIRECÇÃO REGIONAL DO TRABALHO, QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL E DEFESA DO CONSUMIDOR OBSERVATÓRIO DO EMPREGO E FORMAÇÃO PROFISSIONAL

Leia mais

Arquitecto João Santa-Rita, adiante designado por Ordem dos Arquitectos;

Arquitecto João Santa-Rita, adiante designado por Ordem dos Arquitectos; Entre CONTRATO Ordem dos Arquitectos, pessoa colectiva nº 500802025, com sede em Lisboa, na Travessa do Carvalho, nº 23, representada neste acto pelo Presidente do Conselho Directivo Nacional, Arquitecto

Leia mais

PQS GLOBAIS. (c). Tempo de estabelecimento de chamada para chamadas nacionais (segundos) que correspondem ao percentil 95% das chamadas mais rápidas

PQS GLOBAIS. (c). Tempo de estabelecimento de chamada para chamadas nacionais (segundos) que correspondem ao percentil 95% das chamadas mais rápidas PQS GLOBAIS Anacom Objetivo SU Ano1 SU PQS 1 PQS 1 (a) PQS1. Prazo de fornecimento da ligação inicial (a) Demora no fornecimento das ligações, quando o cliente não define uma data objetivo (dias) PQS 1

Leia mais

Economia Social Portuguesa: Papel no Pós Troika

Economia Social Portuguesa: Papel no Pós Troika I Congresso Internacional A Economia Social nos Desafios do Séc. XXI Estoril 29 de Junho de 2013 Economia Social Portuguesa: Papel no Pós Troika Quem Somos? CONFAGRI Confederação de Cooperativas Enquadramento

Leia mais

INSTITUIÇÕES PÚBLICAS NÃO SUPERIORES QUE RELEVAM PARA A 2.ª PRIORIDADE DO CONCURSO DA CONTRATAÇÃO INICIAL E RESERVA DE RECRUTAMENTO

INSTITUIÇÕES PÚBLICAS NÃO SUPERIORES QUE RELEVAM PARA A 2.ª PRIORIDADE DO CONCURSO DA CONTRATAÇÃO INICIAL E RESERVA DE RECRUTAMENTO INSTITUIÇÕES PÚBLICAS NÃO SUPERIORES QUE RELEVAM PARA A 2.ª PRIORIDADE DO CONCURSO DA CONTRATAÇÃO INICIAL E RESERVA DE RECRUTAMENTO LISTAS DAS ESCOLAS PROFISSIONAIS PÚBLICAS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CIÊNCIA

Leia mais

CONCURSO NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR PÚBLICO DE 2014: 1.ª FASE

CONCURSO NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR PÚBLICO DE 2014: 1.ª FASE da Nome da Nome Grau 0110 8031 Universidade dos Açores - Angra do Heroísmo Ciências Farmacêuticas (Preparatórios) PM 15 10 134,0 5 0110 8085 Universidade dos Açores - Angra do Heroísmo Ciências da Nutrição

Leia mais

rita.matos@portugalmail.com BI nº 11367602 Contribuinte nº 214217183

rita.matos@portugalmail.com BI nº 11367602 Contribuinte nº 214217183 1 DADOS PESSOAIS Nome Ana Rita da Eira Matos Naturalidade Braga Data de nascimento 19 / 05 / 1978 Nacionalidade Portuguesa Estado Civil Solteira Morada Rua Dr. José Vilaça, Apt. 31, nº49, 6ºandar, 4705-094

Leia mais

ACESSO AO ENSINO SUPERIOR 2015-1ª FASE DO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO Resultados

ACESSO AO ENSINO SUPERIOR 2015-1ª FASE DO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO Resultados Instituição Grau (1) (2) (3) (4) (5) (6) (7) (8) (9) 3122 9670 Instituto Politécnico de Portalegre - Escola Superior de Tecnologia e GestãoAdministração de Publicidade e Marketing L1 27 18 111,3 9 3102

Leia mais

Cursos de Aprendizagem Oferta de Formação do IEFP, IP 2013 (atualizada em 2013-03-15)

Cursos de Aprendizagem Oferta de Formação do IEFP, IP 2013 (atualizada em 2013-03-15) Cursos de Aprendizagem Oferta de Formação do IEFP, IP 201 (atualizada em 201-0-15) Guarda 0 21 - Audiovisuais e Produção dos Media Técnico/a de Desenho Gráfico Guarda 2-Set-1 Médio Tejo 2 21 - Audiovisuais

Leia mais

Estiveram presentes 98 técnicas em representação de 66 Instituições.

Estiveram presentes 98 técnicas em representação de 66 Instituições. 1. No dia 4 de Dezembro, a União Distrital de Santarém em parceria com Segurança Social, levou a efeito o ultimo dos 5 encontros realizados em várias zonas do distrito, sobre o tema "Encontros de Partilha",

Leia mais

A Participação Cívica dos Jovens

A Participação Cívica dos Jovens A Participação Cívica dos Jovens 2 Parlamento dos Jovens 2009 Nos dias 25 e 26 de Maio de 2009, realizou-se em Lisboa, no Palácio de São Bento, a Sessão Nacional do Parlamento dos Jovens 2009 do Ensino

Leia mais

e-municípios 2009 Serviços Online Municipais Avaliação dos

e-municípios 2009 Serviços Online Municipais Avaliação dos Avaliação dos Serviços Online Municipais e-municípios 2009 2 3 A. Metodologia 5 6 Serviços a avaliar Feiras e mercados Taxas municipais Certidão para efeitos de IMI Consulta de informação georreferenciada

Leia mais

ANET - ASSOCIAÇÃO NACIONAL DOS ENGENHEIROS TÉCNICOS

ANET - ASSOCIAÇÃO NACIONAL DOS ENGENHEIROS TÉCNICOS ANET - ASSOCIAÇÃO NACIONAL DOS ENGENHEIROS TÉCNICOS GRUPO 2 CURSOS DE LICENCIATURA EM ENGENHARIA REGISTADOS MAS AINDA NÃO ANALISADOS PELA ANET COLÉGIO DE ENGENHARIA CIVIL. Universidade Católica Portuguesa

Leia mais

CURRICULUM VITAE MANUEL JORGE MAYER DE ALMEIDA RIBEIRO. Iniciou o curso de Direito na Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa em 1973/1974.

CURRICULUM VITAE MANUEL JORGE MAYER DE ALMEIDA RIBEIRO. Iniciou o curso de Direito na Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa em 1973/1974. 1 CURRICULUM VITAE MANUEL JORGE MAYER DE ALMEIDA RIBEIRO ESTUDOS E GRAUS ACADÉMICOS Iniciou o curso de Direito na Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa em 1973/1974. Concluiu a licenciatura em

Leia mais

Os Governos Civis de Portugal. Memória, História e Cidadania

Os Governos Civis de Portugal. Memória, História e Cidadania Ministério da Administração Interna Secretaria-Geral Os Governos Civis de Portugal. Memória, História e Cidadania Encontro Arquivos da Administração Pública 2 e 3 julho Angélica Jorge/Cidália Ferreira

Leia mais

Serviço de Psicologia e Orientação Psicóloga Maria Cristina Andrade Janeiro/2012

Serviço de Psicologia e Orientação Psicóloga Maria Cristina Andrade Janeiro/2012 PERCURSOS PÓS SECUNDÁRIO Desporto Serviço de Psicologia e Orientação Psicóloga Maria Cristina Andrade 12º Ano.e agora? Ensino Superior Universitário/Politécnico Cursos de Especialização Tecnológica Inserção

Leia mais

Jornadas do Socialismo 2010 Braga, 28 e 29 de Agosto Heitor de Sousa, Economista de Transportes

Jornadas do Socialismo 2010 Braga, 28 e 29 de Agosto Heitor de Sousa, Economista de Transportes Jornadas do Socialismo 2010 Braga, 28 e 29 de Agosto Heitor de Sousa, Economista de Transportes 1 Pressupostos e condicionantes Estratégia de Mobilidade nacional para o transporte de passageiros e de mercadorias:

Leia mais

Organização Curricular em Educação Física

Organização Curricular em Educação Física Organização Curricular em Educação Física Análise dos dados relativos à Organização Curricular em Educação Física para o ano letivo 2012/2013. Estudo desenvolvido pelo Conselho Nacional de Associações

Leia mais

Programa ERASMUS+ - Ação 1

Programa ERASMUS+ - Ação 1 Programa ERASMUS+ - Ação 1 Resultados de Seleção 2015 Ensino Superior Mobilidades para Aprendizagem Número de candidatura Nome da instituição Endereço da instituição Subvenção atribuída Estatuto 2015-1-PT01-KA103-012420

Leia mais

Dar tempo por causas: alimentar ideias Construir alternativas para a inclusão social

Dar tempo por causas: alimentar ideias Construir alternativas para a inclusão social Dar tempo por causas: alimentar ideias Construir alternativas para a inclusão social Escola Superior Gallaecia 7 de Dezembro de 2011 Maria de Fátima Cortez Ferreira O direito à alimentação é um dos mais

Leia mais

Direção-Geral de Planeamento e Gestão Financeira

Direção-Geral de Planeamento e Gestão Financeira Direção-Geral de Planeamento e Gestão Financeira MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CIÊNCIA DIREÇÃO-GERAL DE PLANEAMENTO E GESTÃO FINANCEIRA ORÇAMENTO POR AÇÕES - 2 0 1 5 - - DOTAÇÕES INICIAIS - - Í N D I C E -

Leia mais

EDUCAÇÃO ESPECIAL. Lisboa, 8 de Janeiro de 2008

EDUCAÇÃO ESPECIAL. Lisboa, 8 de Janeiro de 2008 EDUCAÇÃO ESPECIAL Lisboa, 8 de Janeiro de 2008 DL 3/2008, de 7 de Janeiro: Sumário Define os apoios especializados a prestar na educação pré-escolar e nos ensinos básico e secundário dos sectores público,

Leia mais

8031 Ciências Farmacêuticas (Preparatórios) 8085 Ciências da Nutrição (Preparatórios) 8086 Medicina Veterinária (Preparatórios)

8031 Ciências Farmacêuticas (Preparatórios) 8085 Ciências da Nutrição (Preparatórios) 8086 Medicina Veterinária (Preparatórios) 0110 Universidade dos Açores - Angra do Heroísmo 8031 Ciências Farmacêuticas (Preparatórios) 158,8 8085 Ciências da Nutrição (Preparatórios) 130,0 8086 Medicina Veterinária (Preparatórios) 158,8 9022 Ciências

Leia mais

EEMI ITTI IDO PPOR: : Ministério da Educação. ASSSSUNTTO Estatuto do ensino particular e cooperativo DATTA 1980-11-21

EEMI ITTI IDO PPOR: : Ministério da Educação. ASSSSUNTTO Estatuto do ensino particular e cooperativo DATTA 1980-11-21 DIÁRIOS DA REPUBLLI ICA DEESSI IGNAÇÇÃO: : EEDUCCAÇÇÃO e Ciência ASSSSUNTTO Estatuto do ensino particular e cooperativo IDEENTTI I IFFI ICCAÇÇÃO Decreto lei nº 553/80 DATTA 1980-11-21 EEMI ITTI IDO PPOR:

Leia mais

O E OBSERVATÓRIO DA EMPREGABILIDADE

O E OBSERVATÓRIO DA EMPREGABILIDADE ESTUDO DOS DADOS DOS FARMACÊUTICOS Consulta à base de dados da Ordem dos Farmacêuticos a 31-12-213 7 MARÇO 214 O E OBSERVATÓRIO DA EMPREGABILIDADE N O S E C T O R F A R M A C Ê U T I C O FARMACÊUTICOS

Leia mais

Instituição. Número de Conselheiros Nacionais a eleger por Secção Sindical - 1

Instituição. Número de Conselheiros Nacionais a eleger por Secção Sindical - 1 Instituição Lugares no CN Academia Militar Centro de Investigação em Biodiversidade e Recursos Genéticos da Universidade do Porto Centro de Investigação Marinha e Ambiental, Laboratório Associado da Universidade

Leia mais

Ficha de Caracterização de Projecto. Orquestra Geração

Ficha de Caracterização de Projecto. Orquestra Geração Ficha de Caracterização de Projecto Orquestra Geração 2 A. IDENTIFICAÇÃO GERAL DA ENTIDADE Projecto(s) Orquestras Sinfónicas Juvenis - Orquestra Geração Sigla Orquestra Geração Morada Rua dos Caetanos

Leia mais

Relatório de Gestão. Instituto Português de Corporate Governance

Relatório de Gestão. Instituto Português de Corporate Governance Actividades realizadas no exercício de : Publicação do Livro Corporate Governance - Reflexões I da Comissão Jurídica; Contratação de Jurista para Secretário-Executivo do IPCG, com funções de assistência

Leia mais