Projeto Cardume CMDCA

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Projeto Cardume CMDCA"

Transcrição

1

2 Projeto Cardume CMDCA Objetivo: Estabelecer rede de proteção integral a criança e ao adolescente,, bem como suas famílias, reunindo ações governamentais e atividades das organizações da sociedade civil, tendo como publico alvo, dirigentes, pessoal técnico e administrativo das organizações governamentais e da sociedade civil. Atividades Desenvolvidas: Reuniões Mensais com as Entidades da Rede; Reuniões Semanais com a Equipe de Coordenação da Rede; Acompanhamento das Reuniões Regionais que acontecem nos CRAS da Cidade; Capacitações das Entidades; No Site do Projeto é feita: Atualização de Informações; Divulgação de Eventos das Entidades e da Rede; Publicação de notícias pertinentes à Proteção da Criança e Adolescente. Público Alvo: 50 Organizações (Governamentais e da Sociedade Civil). Local de Execução: Todo o município de Guarujá. Valor Destinado: R$ ,50 (Duzentos e vinte e nove mil oitocentos e oitenta e cinco reais e cinquenta centavos). Fonte de Destinação de Recursos: FMDCA (Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente).

3 Integrar Arte e Vida Associação Nacional de Esportes Objetivo: Por meio de atividades culturais e esportivas o projeto auxiliar no processo de educação nas classes mais desprovidas, buscando diminuir a situação de exclusão e risco social de crianças e adolescentes, na faixa etária de 05 a 17 anos, favorecendo a construção de conhecimentos pessoais e sociais com aquisição e desenvolvimento de habilidades positivas, fundamentadas no equilíbrio emocional e ético. Atividades Desenvolvidas: Práticas esportivas; dança; canto e artes plásticas. Público Alvo: 197 crianças, nos Centros Comunitários. Local de Execução: Bairros de Morrinhos e Jardim Nova Esperança. Valor Destinado: R$ ,00 (cem mil reais). Fonte de Destinação de Recursos: FMDCA (Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente) através do concurso de projetos pela PETROBRÁS. Site: /

4 Fazendo Acontecer Centro de Atenção Psicosocial Infantil/Secretaria Municipal de Saúde em parceria com a Associação Espaço Livre Objetivo: Desenvolver práticas que enriqueçam o cotidiano de 30 crianças e adolescentes usuários do CAPSI, com o aumento da auto-estima e conseqüentemente melhora na qualidade de vida, contribuindo para um melhor convívio familiar, uma melhora da escolaridade e de trabalho. Atividades Desenvolvidas: Oficinas: Violodum, Capoeira e Geração de Renda. Público Alvo: Pacientes do CAPSI/Secretaria Municipal da Saúde e familiares. Local de Execução: Município de Guarujá. Valor Destinado: R$ ,20 (Setenta e oito mil trezentos e trinta e um reais e vinte centavos). Fonte de Destinação de Recursos: FMDCA (Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente).

5 Manejos de Rede para o uso de Drogas entre Crianças e Jovens em Situação de Risco CMDCA/Rede Cardume Objetivo: Fornecer subsídios conceituais e práticos para o atendimento de crianças e jovens em situação de risco social e suas famílias, atendidos pela rede de assistência social do Município de Guarujá. Atividades Desenvolvidas: O grupo será dividido em três subgrupos mistos e será proposto que os grupos apresentem situações e casos reais de atendimento que ilustrem suas dificuldades, angustias e soluções encontradas pela equipe no relacionamento com a rede (encaminhamentos, inexistência de vagas, dificuldades nas parcerias, boas soluções etc). Os professores facilitarão a reflexão conjunta apontando soluções alternativas e oferecendo outras visões técnicas relacionando com os conteúdos dos Cursos. Público Alvo: Educadores e técnicos dos serviços de atendimento nas áreas de Educação, Saúde, Assistência Social e Organizações da Sociedade Civil. Local de Execução: As atividades são desenvolvidas com as entidades governamentais e da sociedade civil. Valor Destinado: R$ ,00 (Dezoito mil quatrocentos e quarenta e seis reais)/parte do valor total previsto. Fonte de Destinação de Recursos: FMDCA (Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente).

6 Clínica de Fisioterapia Projeto Atelier e Galeria Meninos da Enseada Objetivo: Promoção da saúde das crianças, adolescentes e jovens atendidos na ONG Meninos da Enseada e propiciar suporte complementar nos atendimentos de fisioterapia na cidade de Guarujá, melhorando a qualidade dos serviços oferecidos, diminuindo a espera dos pacientes que necessitam do tratamento fisioterápico. Atividades Desenvolvidas: Sessões de fisioterapia. Público Alvo: 500 pessoas e sessões de fisioterapia. Local de Execução: Vila Baiana, Vila Zilda, Santa Rosa, Barreira, Pae Cará, Jardim Primavera, Perequê, Pernambuco, Vila Rã, Areão e Cidade Atlântica. Valor Destinado: R$ ,00 (Sessenta mil seiscentos e vinte reais). Fonte de Destinação de Recursos: FMDCA (Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente).

7 Imprimindo o Amanhã Projeto Atelier e Galeria Meninos da Enseada Objetivo: Capacitar 100 adolescentes e jovens, sendo 40 adolescentes como aprendizes e os 60 como profissionais, visando a qualificação profissional e o seu bem estar, devolvendo-lhes a dignidade e encaminhá-los ao mercado de trabalho. Atividades Desenvolvidas: Oficinas de: informática (do básico ao profissional); arte gráfica; apoio pedagógico; telemarketing pessoal; teatro; etiqueta; reforço escolar; construção de textos; gravura; impressão gráfica; encardenação e papelaria. Público Alvo: 100 adolescentes. Local de Execução: Vila Baiana, Barreira, Vila Rã, Areão, Canta Galo e Cidade Atlântica. Valor Destinado: R$ ,00 (Quarenta e seis mil duzentos e cinquenta reais). Fonte de Destinação de Recursos: FMDCA (Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente).

8 Um Novo Amanhã ONG Atelier e Galeria Meninos da Enseada Objetivo: Propiciar o atendimento jurídico e psicossocial a crianças e adolescentes em situação de exploração sexual e suas famílias, na busca de fortalecimento da sua auto-estima e de alternativas de vida que lhes permitam construir um processo coletivo, garantindo-lhes seus direitos de cidadania com dignidade e respeito, tendo como referência as ações previstas no Plano Nacional de Enfrentamento à Violência Sexual Infanto Juvenil. Atividades Desenvolvidas: Atendimentos individuas e em grupos entre famílias; realização de grupos temáticos; realização de oficinas; realização de workshops; grupos reflexivos com adolescentes e famílias. Público Alvo: 32 adolescentes. Local de Execução: Munícipes de Guarujá. Valor Destinado: R$ ,00 (Cem mil reais). Fonte de Destinação de Recursos: FMDCA (Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente).

9 Projeto Cidadão Usina do Ofício Objetivo: Capacitar e qualificar jovens em situação de risco social para o mercado de trabalho, dando-lhe oportunidade de um trabalho digno, através de atividades sócio-educativas que garantam à proteção integral, a sociabilidade, a empregabilidade, o fortalecimento dos vínculos familiares e o engajamento com a comunidade local. São oferecidos cursos nas áreas de Turismo e de Vendas e Varejo. Atividades Desenvolvidas: Leitura; Artes; Esportes; Corpo e saúde; Turismo; Vendas e varejo; Informática; Números e contas. Público Alvo: 150 adolescentes. Local de Execução: Bairros Barreira, Vila Baiana, Vila Rã, Pereque, Areião, Enseada, Maré Mansa, Morrinhos, Vila Zilda, Vila Edna, Cachoeira. Valor Destinado: R$ ,00 (Quinhentos e cinquenta e nove mil oitocentos e dez reais). Fonte de Destinação de Recursos: FMDCA (Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente).

10 Encantadores de Estórias Centro de Voluntariado de Guarujá Objetivo: Promover o entretenimento de crianças internadas e de seus familiares, através do estímulo a leitura, da arte de contar história e da música; Atividades Desenvolvidas: Brinquedoteca; Atividades musicais; Recreação e contação de histórias; Festas comemorativas; Atividades de capacitação. Público Alvo: crianças Local de Execução: Hospital Santo Amaro: diversos bairros da cidade de Guarujá; Creche Stella Maris: Areião; Creche Maria de Nazaré: Vila Baiana. Valor Destinado: R$ ,00 (Trinta e quatro mil oitocentos e cinquenta reais). Fonte de Destinação de Recursos: FMDCA (Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente).

11 Formação Humana do Adolescente CAMP/Guarujá Objetivo: Ampliar a capacidade de atendimento da entidade, com a finalidade de educar, formar, capacitar e qualificar adolescentes para inserção e permanência no mercado de trabalho regional, estipulando e potencializando de forma harmônica e equilibrada, competências, saberes e habilidades físicas, morais, intelectuais ou econômicas. Atividades Desenvolvidas: Os jovens selecionados através de concurso aberto a comunidade, cumprem programa de capacitação, com atividades diárias e realizam estagio prático em organizações publicas e empresas. Público Alvo: 100 adolescentes/semestre. Local de Execução: Bairros do Guarujá. Valor Destinado: R$ ,00 (Noventa mil setecentos e noventa e cinco reais). Fonte de Destinação de Recursos: FMDCA (Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente).

Projetos Financiados em 2008. CMDCA de Guarujá

Projetos Financiados em 2008. CMDCA de Guarujá Projetos Financiados em 2008 CMDCA de Guarujá APAE - Guarujá Projeto: Valorizando a Vida. Objetivo: Dar continuidade as atividade para melhorar as capacidades de comunicação, expressão, sociabilidade dos

Leia mais

CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE DE CARIACICA- COMDCAC Lei Municipal nº. 4.895 de 15 de dezembro de 2011

CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE DE CARIACICA- COMDCAC Lei Municipal nº. 4.895 de 15 de dezembro de 2011 O COMDCAC através da Resolução (nº 056/2012) que dispõe sobre o edital para chancelamento de projetos convocou as entidades não-governamentais e órgãos governamentais, devidamente inscritos e regularizados

Leia mais

Deixe-me ser feliz CAPI - Casa de Amparo e Proteção à Infância

Deixe-me ser feliz CAPI - Casa de Amparo e Proteção à Infância Deixe-me ser feliz CAPI - Casa de Amparo e Proteção à Infância Objetivo: Como previsto pelo estatuto da entidade, Art 2º, tem por finalidade a proteção e o amparo à crianças na faixa etária de 0 (zero)

Leia mais

RESOLUÇÃO 008/CMAS/2014 Ji Paraná, 03 de junho de 2014.

RESOLUÇÃO 008/CMAS/2014 Ji Paraná, 03 de junho de 2014. RESOLUÇÃO 008/CMAS/2014 Ji Paraná, 03 de junho de 2014. Dispõe sobre a aprovação do Plano de Ação e Aplicação da Reprogramação do Saldo de Recursos Federais FNAS/MDS/FMAS. O CONSELHO MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA

Leia mais

Projetos Financiados em 2008. CMDCA de Santos

Projetos Financiados em 2008. CMDCA de Santos Projetos Financiados em 2008 CMDCA de Santos ACMD Associação Comunidade de Mãos Dadas Projeto: Oficinas Querô. Objetivo: As Oficinas QUERÔ tem por objetivo oferecer um programa de capacitação em produção

Leia mais

Encontro: Cozinha Experimental ENCONTRO: FORMANDO LIDERES NA E. E. FLÁVIO WARKEN. ENCONTRO: Contagem de Carboidrato e Rótulos

Encontro: Cozinha Experimental ENCONTRO: FORMANDO LIDERES NA E. E. FLÁVIO WARKEN. ENCONTRO: Contagem de Carboidrato e Rótulos ENTIDADE: ADIFI ASSOCIAÇÃO DOS DIABÉTICOS DE FOZ DO IGUAÇU ENDEREÇO: Av. Hildemar de Leite França nº 278 Vila A Tel: (45) 3028-2526 CNPJ: 04.808.932/0001-16 PROJETO: DOCE DESAFIO 2015 RECURSOS A CAPTAR

Leia mais

1. Centro para a Juventude. 199 jovens frequentaram os cursos de:

1. Centro para a Juventude. 199 jovens frequentaram os cursos de: Relatório Despertar 2014 2 Apoiada na crença de que é possível contribuir para o desenvolvimento humano na totalidade dos seus potenciais, a Associação Comunitária Despertar, realiza anualmente ações que

Leia mais

Relat a óri r o Despert r ar r 2 013

Relat a óri r o Despert r ar r 2 013 Relatório Despertar 2013 2 Apoiada na crença de que é possível contribuir para o desenvolvimento humano na totalidade dos seus potenciais, a Associação Comunitária Despertar, realiza anualmente ações que

Leia mais

Câmara Municipal de Uberaba A Comunidade em Ação LEI Nº 7.904

Câmara Municipal de Uberaba A Comunidade em Ação LEI Nº 7.904 A Comunidade em Ação LEI Nº 7.904 Disciplina a Política Municipal de Enfrentamento à Violência Sexual e dá outras providências. O Povo do Município de Uberaba, Estado de Minas Gerais, por seus representantes

Leia mais

Apoio às políticas públicas já existentes;

Apoio às políticas públicas já existentes; Uma voz complementa a outra, um sorriso cativa o próximo e é nesse pensamento que o Instituto Mundo Melhor, organização sem fins lucrativos liderada pelo Grupo MM Mercadomóveis, trabalha com projetos sociais

Leia mais

OBRA KOLPING DO BRASIL. Obra Kolping Estadual de

OBRA KOLPING DO BRASIL. Obra Kolping Estadual de OBRA KOLPING DO BRASIL Obra Kolping Estadual de OBRA KOLPING DO BRASIL CPPA CENTRO PROFISSIONALIZANTE PEDRO ARRUPE Nome da ação ou projeto: Qualificação de jovens entre 14 a 24 anos. Objetivo Geral: Qualificar

Leia mais

ESTADO MATO GROSSO PREFEITURA MUNICIPAL DE VARZEA GRANDE NOTIFICAÇÃO DE RECEBIMENTO DE RECURSOS FEDERAIS

ESTADO MATO GROSSO PREFEITURA MUNICIPAL DE VARZEA GRANDE NOTIFICAÇÃO DE RECEBIMENTO DE RECURSOS FEDERAIS 03.507.548/0001-10 Arrecadação: 661/13 03/01/2013 SUS-MAC-MEDIA ALTA COMPLEX. AMB. HOSP-624.004-1 Fonte de recursos: 0202 - Recurso de Convênio e Programa Saúde Total geral : Fica liquidada a importância

Leia mais

Programas Orçamentários para Execução de Parcerias

Programas Orçamentários para Execução de Parcerias Programas Orçamentários para Execução de Parcerias Os Programas Orçamentários para Execução de Parcerias com pessoas jurídicas do setor privado ou pessoas físicas serão executados nas 08 Macrorregiões

Leia mais

Serviço Social: inovação dos serviços em Bibliotecas Públicas

Serviço Social: inovação dos serviços em Bibliotecas Públicas Serviço Social: inovação dos serviços em Bibliotecas Públicas SERVIÇO SOCIAL NA BSP SERVIÇO SOCIAL NA BSP BSP COMO ESPAÇO CULTURAL COM AÇÃO CENTRADA NA LEITURA A LEITURA é vista pela BSP como fundamento

Leia mais

Mostra de Projetos 2011. Projovem em Ação

Mostra de Projetos 2011. Projovem em Ação Mostra de Projetos 2011 Projovem em Ação Mostra Local de: Londrina. Categoria do projeto: Projetos em implantação, com resultados parciais. Nome da Instituição/Empresa: Prefeitura Municipal Santa Cecilia

Leia mais

ESTADO DE SERGIPE PREFEITURA MUNICIPAL DE ITABAIANA FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE DE ITABAIANA CONTRATO N 071/2014

ESTADO DE SERGIPE PREFEITURA MUNICIPAL DE ITABAIANA FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE DE ITABAIANA CONTRATO N 071/2014 CONTRATO N 071/2014 CONTRATADA: EMPRESA: WD COMERCIAL E EQUIPAMENTOS MÉDICOS LTDA EPP (CNPJ: 10.492.910/0001-92). VALOR: R$ 116.794,50 (cento e dezesseis mil seiscentos setecentos e noventa e quatro reais

Leia mais

Carta Aberta aos candidatos e candidatas às prefeituras e Câmaras Municipais

Carta Aberta aos candidatos e candidatas às prefeituras e Câmaras Municipais Carta Aberta aos candidatos e candidatas às prefeituras e Câmaras Municipais Estatuto da Criança e do Adolescente: 18 anos, 18 Compromissos A criança e o adolescente no centro da gestão municipal O Estatuto

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DO RIO DE JANEIRO

CÂMARA MUNICIPAL DO RIO DE JANEIRO Despacho 2007 Nº PROJETO DE LEI Nº 1099/2007 Considera de utilidade pública o Grupo de Formadores de Educadores Populares GEFEP. Autor: Vereador Eliomar Coelho. DECRETA: A Câmara Municipal do Rio de Janeiro

Leia mais

Resultados do Serviço Preparação para o Primeiro Emprego Ano 2012

Resultados do Serviço Preparação para o Primeiro Emprego Ano 2012 Resultados do Serviço Preparação para o Primeiro Emprego Ano 2012 Administração: Rodrigo Antônio de Agostinho Mendonça Secretária do Bem Estar Social: Darlene Martin Tendolo Diretora de Departamento: Silmaire

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE LORENA

PREFEITURA MUNICIPAL DE LORENA PREFEITURA MUNICIPAL DE LORENA SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROJETO JUDÔ NA ESCOLA: A SALA DE AULA E O TATAME Projeto: Domingos Sávio Aquino Fortes Professor da Rede Municipal de Lorena Semeie um pensamento,

Leia mais

Encargos Financeiros 2016. Program a de Pó s - Gr adu ação La to Se ns u da FGV DIREIT O SP ( GV law)

Encargos Financeiros 2016. Program a de Pó s - Gr adu ação La to Se ns u da FGV DIREIT O SP ( GV law) Encargos Financeiros 2016 Programa de Pós-Graduação Lato Sensu da DIREITO GV (GVlaw) Valores dos cursos de 32 horas (para ingressantes no 1º semestre de 2016): R$ 3.045,00 (três mil e quarenta e cinco

Leia mais

CENTRO DE CONVIVÊNCIA E CULTURA CUCA FRESCA

CENTRO DE CONVIVÊNCIA E CULTURA CUCA FRESCA VIII Colegiado Nacional de Saúde da Pessoa Idosa CENTRO DE CONVIVÊNCIA E CULTURA CUCA FRESCA Marla Borges de Castro Terapeuta ocupacional, sanitarista Secretaria Municipal de Saúde Centro de Convivência

Leia mais

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE MIRASSOL D OESTE Secretaria de Administração, Planejamento e Coordenação Geral Coordenadoria Administrativa

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE MIRASSOL D OESTE Secretaria de Administração, Planejamento e Coordenação Geral Coordenadoria Administrativa LEI Nº 950 DE 10 DE FEVEREIRO DE 2010 AUTORIZA O PODER EXECUTIVO MUNICIPAL A CONTRATAR PESSOAL PARA ATENDIMENTO AOS PROGRAMAS PETI, API, PROJOVEM E BOLSA FAMILIA E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. A CÂMARA MUNICIPAL

Leia mais

TEATRO SOCIAL: VALORES PARA A VIDA

TEATRO SOCIAL: VALORES PARA A VIDA TEATRO SOCIAL: VALORES PARA A VIDA Utilizando o Teatro como Ferramenta de Ensino e Transformação Social CONEXÃO SOCIAL REDE NACIONAL DE ENSINO SOCIOEMOCIONAL IASEA 2015 1. APRESENTAÇÃO TEATRO SOCIAL é

Leia mais

ANEXO IV PROPOSTAS APROVADAS NA CONFERÊNCIA ESTADUAL. Eixo MOBILIZAÇÃO IMPLEMENTAÇÃO MONITORAMENTO

ANEXO IV PROPOSTAS APROVADAS NA CONFERÊNCIA ESTADUAL. Eixo MOBILIZAÇÃO IMPLEMENTAÇÃO MONITORAMENTO PROPOSTAS APROVADAS NA CONFERÊNCIA ESTADUAL ANEXO IV Eixo MOBILIZAÇÃO IMPLEMENTAÇÃO MONITORAMENTO 1-Promoção dos Direitos de Crianças e Adolescentes Buscar apoio das esferas de governo (Federal e Estadual)

Leia mais

CMDCA PROJETOS COOPERAÇÃO CAPELINHA/MG

CMDCA PROJETOS COOPERAÇÃO CAPELINHA/MG PROJETOS COOPERAÇÃO A trajetória da infância e adolescência em Capelinha, ao longo dos anos, teve inúmeras variações, reflexos das diferentes óticas, desde uma perspectiva correcional e repressiva, visando

Leia mais

PREFEITURA DE MONTES CLAROS SECRETARIA MUNCIPAL DE PLANEJAMENTO E GESTÃO

PREFEITURA DE MONTES CLAROS SECRETARIA MUNCIPAL DE PLANEJAMENTO E GESTÃO 1ª RETIFICAÇÃO DO EDITAL Nº 004/2014 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA DE PESSOAL PARA ATENDER A RECENSEAMENTO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA E A DIVERSOS OUTROS PROGRAMAS E SERVIÇOS

Leia mais

Centro de Treinamento e Qualificação Para Colocação no Mercado de Trabalho Uma Proposta Inclusiva APAE - SV

Centro de Treinamento e Qualificação Para Colocação no Mercado de Trabalho Uma Proposta Inclusiva APAE - SV Centro de Treinamento e Qualificação Para Colocação no Mercado de Trabalho Uma Proposta Inclusiva APAE - SV Objetivo: Garantir o direito à formação profissional e ao trabalho, propiciando ao adolescente

Leia mais

Programa Viver é Melhor. Categoria do projeto: I Projetos em andamento (projetos em execução atualmente)

Programa Viver é Melhor. Categoria do projeto: I Projetos em andamento (projetos em execução atualmente) Programa Viver é Melhor Mostra Local de: Londrina Categoria do projeto: I Projetos em andamento (projetos em execução atualmente) Nome da Instituição/Empresa: Legião da Boa Vontade (LBV) Cidade: Londrina/PR

Leia mais

SERVI O SOCIAL NOVA JERUSAL M

SERVI O SOCIAL NOVA JERUSAL M SERVI O SOCIAL NOVA JERUSAL M Jardim das Paineiras Campinas/SP - Brasil - CEP.: 13.091-107 Fone.(19) 3255-8350 e-mail: falecom@ssnjcamp.org CNPJ: 67.170993/0001-10 Site: www.ssnjcamp.org SERVI O SOCIAL

Leia mais

Projeto Jovem Aprendiz Irmã Scheilla. Categoria do projeto: I Projetos em andamento (projetos em execução atualmente)

Projeto Jovem Aprendiz Irmã Scheilla. Categoria do projeto: I Projetos em andamento (projetos em execução atualmente) Mostra Local de: Londrina Projeto Jovem Aprendiz Irmã Scheilla Categoria do projeto: I Projetos em andamento (projetos em execução atualmente) Nome da Instituição/Empresa: Núcleo Esoirita Irmã Scheilla

Leia mais

PROGRAMA CRIANÇA ESPERANÇA PROCESSO SELETIVO 2011

PROGRAMA CRIANÇA ESPERANÇA PROCESSO SELETIVO 2011 PROGRAMA CRIANÇA ESPERANÇA PROCESSO SELETIVO 2011 Junho/2011 SUMÁRIO 1. APRESENTAÇÃO... 3 2. QUEM PODERÁ CONCORRER... 3 3. QUE TIPOS DE PROJETO PODERÃO SER APOIADOS... 4 4. QUAIS SÃO OS CRITÉRIOS DE SELEÇÃO...

Leia mais

Políticas Públicas no Brasil. Secretaria Nacional de Juventude

Políticas Públicas no Brasil. Secretaria Nacional de Juventude Políticas Públicas no Brasil Secretaria Nacional de Juventude Prioridades 2012 PPJ como política de Estado Articulação Intersetorial (Comitê, Avaliação do Projovem) Marcos Legais Estatuto da Juventude

Leia mais

Lions Clube Centro-São José dos Campos

Lions Clube Centro-São José dos Campos Lions Clube Centro-São José dos Campos Projeto Transformação BRASIL Transformação é um projeto que visa ampliar as oportunidades educativas, investindo no desenvolvimento do potencial de cada criança e

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DO PAULISTA

PREFEITURA MUNICIPAL DO PAULISTA ANEXO I QUADRO DE VAGAS I - PARA A SECRETARIA DE MEIO AMBIENTE EMPREGO / FORMAÇÃO TOTAL DE VAGAS VAGAS RESERVADA S P / PCD ANALISTA AMBIENTAL FORMAÇÃO EM ENGENHARIA CIVIL 01 - ANALISTA AMBIENTAL FORMAÇÃO

Leia mais

PROJETO: ATITUDE POSITIVA ITAPIRAPUÃ GOIÁS

PROJETO: ATITUDE POSITIVA ITAPIRAPUÃ GOIÁS PROJETO: ATITUDE POSITIVA ITAPIRAPUÃ GOIÁS Itapirapuã Goiás, 23 de março de 2010 1 INTRODUÇÃO 2 JUSTIFICATIVA 3 OBJETIVO 3.1 OBJETIVOS GERAIS 3.2 OBJETIVOS ESPECIFICOS 4 AÇÕES 5 RESULTADOS ESPERADOS 6

Leia mais

Espaço Criança Esperança São Paulo CEE Oswaldo Brandão

Espaço Criança Esperança São Paulo CEE Oswaldo Brandão Espaço Criança Esperança São Paulo CEE Oswaldo Brandão OS RECURSOS FINANCEIROS DO ESPAÇO CRIANÇA ESPERANÇA TV GLOBO realiza CAMPANHA CRIANÇA ESPERANÇA com programa na TV UNESCO recebe DOAÇÃO e apóia diferentes

Leia mais

Mostra de Projetos 2011. Projeto Exercitando Direitos do PELC - Programa de Esporte e Lazer da Cidade

Mostra de Projetos 2011. Projeto Exercitando Direitos do PELC - Programa de Esporte e Lazer da Cidade Mostra de Projetos 2011 Projeto Exercitando Direitos do PELC - Programa de Esporte e Lazer da Cidade Mostra Local de: Piraquara Categoria do projeto: I - Projetos em implantação, com resultados parciais.

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE MOGI DAS CRUZES PLANO DE GOVERNO 2009 / 2012 EDUCAÇÃO

PREFEITURA MUNICIPAL DE MOGI DAS CRUZES PLANO DE GOVERNO 2009 / 2012 EDUCAÇÃO PREFEITURA MUNICIPAL DE MOGI DAS CRUZES PLANO DE GOVERNO 2009 / 2012 EDUCAÇÃO O que buscamos Proporcionar educação com qualidade social para todas as crianças. Erradicar o analfabetismo, ampliar o nível

Leia mais

PROGRAMA Nº- 105 CASA DA MULHER/CENTRO ESPECIALIZADO DE ATENDIMENTO A MULHER CASA ABRIGO

PROGRAMA Nº- 105 CASA DA MULHER/CENTRO ESPECIALIZADO DE ATENDIMENTO A MULHER CASA ABRIGO ÓRGÃO RESPONSÁVEL: Secretaria Municipal de Políticas Públicas para Mulher NOME: PROGRAMA Nº- 105 CASA DA MULHER/CENTRO ESPECIALIZADO DE ATENDIMENTO A MULHER CASA ABRIGO Código Descrição FUNÇÃO: 14 Direitos

Leia mais

ORIENTAÇÕES TÉCNICAS PLANO DE TRABALHO

ORIENTAÇÕES TÉCNICAS PLANO DE TRABALHO ORIENTAÇÕES TÉCNICAS PLANO DE TRABALHO DADOS CADASTRAIS PLANO DE TRABALHO - ENTIDADE ÓRGÃO / ENTIDADE PROPONENTE: CNPJ: ENDEREÇO: ENDEREÇO ELETRÔNICO (E-MAIL): CIDADE: UF: CEP: (DDD) FONE: CONTA CORRENTE:

Leia mais

ANEXO I ROTEIRO PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS FIA 2011. Cada projeto deve conter no máximo 20 páginas

ANEXO I ROTEIRO PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS FIA 2011. Cada projeto deve conter no máximo 20 páginas Cada projeto deve conter no máximo 20 páginas 1. APRESENTAÇÃO Faça um resumo claro e objetivo do projeto, considerando a situação da criança e do adolescente, os dados de seu município, os resultados da

Leia mais

CENTRO DE REFERÊNCIA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL - CRAS

CENTRO DE REFERÊNCIA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL - CRAS CENTRO DE REFERÊNCIA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL - CRAS Porta de entrada dos munícipes que necessitam das ações de assistência social que potencializam a família, a comunidade de referência, fortalecendo seus

Leia mais

VIII Jornada de Estágio de Serviço Social: instrumentais técnico-operativos no Serviço Social. CRAS CONSULESA HELENA VAN DEN BERG - CASTRO/ PARANÁ

VIII Jornada de Estágio de Serviço Social: instrumentais técnico-operativos no Serviço Social. CRAS CONSULESA HELENA VAN DEN BERG - CASTRO/ PARANÁ VIII Jornada de Estágio de Serviço Social: instrumentais técnico-operativos no Serviço Social. CRAS CONSULESA HELENA VAN DEN BERG - CASTRO/ PARANÁ DUCHEIKO, Angelina do Rocio 1 RODRIGUES, Camila Moreira

Leia mais

Proteção Social Básica para Juventude

Proteção Social Básica para Juventude Proteção Social Básica para Juventude Orientação para a implantação do Projeto Agente Jovem de Desenvolvimento Social e Humano Tem esta orientação para implantação do projeto Agente Jovem de Desenvolvimento

Leia mais

RESUMO INSTITUCIONAL 2012

RESUMO INSTITUCIONAL 2012 RESUMO INSTITUCIONAL 2012 A Liga Solidária é uma organização social sem fins lucrativos criada há 89 anos. Atualmente, atende mais de 3.200 pessoas. A ONG desenvolve programas sociais de educação e cidadania

Leia mais

Núcleo Regional de Rio Branco do Sul

Núcleo Regional de Rio Branco do Sul Núcleo Regional de Rio Branco do Sul Municípios participantes Adrianópolis Bocaiúva do Sul Cerro Azul Doutor Ulysses Rio Branco do Sul Tunas do Paraná Itaperuçu Campo Magro Colombo Almirante Tamandaré

Leia mais

Primeiro escritório de inclusão social da América Latina

Primeiro escritório de inclusão social da América Latina Primeiro escritório de inclusão social da América Latina 18 de setembro Nós do Centro: mais uma ação para a comunidade do Grupo Orsa O Grupo Orsa, por meio da Fundação Orsa, inaugura um espaço inovador

Leia mais

EDITAL PROCESSO SELETIVO 2013 - PROGRAMA NOSSAS CRIANÇAS

EDITAL PROCESSO SELETIVO 2013 - PROGRAMA NOSSAS CRIANÇAS EDITAL PROCESSO SELETIVO 2013 - PROGRAMA NOSSAS CRIANÇAS O seguinte edital tem por objetivo convidar organizações da sociedade civil a participarem do processo de seleção de projetos para obtenção de apoio

Leia mais

SERVIÇOS DE CONVIVÊNCIA E FORTALECIMENTO DE VÍNCULOS SCFV

SERVIÇOS DE CONVIVÊNCIA E FORTALECIMENTO DE VÍNCULOS SCFV SERVIÇOS DE CONVIVÊNCIA E FORTALECIMENTO DE VÍNCULOS SCFV SOCIOASSISTENCIAL X SOCIOEDUCATIVO SOCIOASSISTENCIAL apoio efetivo prestado a família, através da inclusão em programas de transferência de renda

Leia mais

BELCAR CAMINHÕES E MÁQUINAS LTDA. Projeto EIC - Escolas de Informática e Cidadania

BELCAR CAMINHÕES E MÁQUINAS LTDA. Projeto EIC - Escolas de Informática e Cidadania BELCAR CAMINHÕES E MÁQUINAS LTDA Projeto EIC - Escolas de Informática e Cidadania 1- DADOS DA EMPRESA Nome: BELCAR CAMINHÕES E MÁQUINAS LTDA. Setor de atividade e principal negócio: COMÉRCIO VAREJISTA

Leia mais

P r o j e t o PREPARANDO A TRANSFORMAÇÃO DE FAMÍLIAS GERANDO RENDA E DIGNIDADE

P r o j e t o PREPARANDO A TRANSFORMAÇÃO DE FAMÍLIAS GERANDO RENDA E DIGNIDADE P r o j e t o PREPARANDO A TRANSFORMAÇÃO DE FAMÍLIAS GERANDO RENDA E DIGNIDADE Melhor do que dar é ensinar a fazer, este é o sentido da Cidadania HISTÓRICO A Diocese de Abaetetuba, localizada na região

Leia mais

ERRATA EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO NO 01/2013 PROJOVEM URBANO

ERRATA EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO NO 01/2013 PROJOVEM URBANO PREFEITURA MUNICIPAL DE MARABÁ SEMED SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO ERRATA EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO NO 01/2013 PROJOVEM URBANO 1. DISPOSIÇÕES GERAIS 1.1. O processo seletivo simplificado

Leia mais

DEGRAU Desenvolvimento e Geração de Redes

DEGRAU Desenvolvimento e Geração de Redes Programa Convivência e Aprendizado no Trabalho M O V I M E N T O DEGRAU Desenvolvimento e Geração de Redes Ficha de Cadastro da Entidade Certificadora Dados da Entidade A. IDENTIFICACÃO 1. Entidade 2.

Leia mais

Proposta de Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos Proteção Social Básica do SUAS BLOCO I - DADOS DE IDENTIFICAÇÃO

Proposta de Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos Proteção Social Básica do SUAS BLOCO I - DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Proposta de Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos Proteção Social Básica do SUAS BLOCO I - DADOS DE IDENTIFICAÇÃO NOME DA ENTIDADE: TIPO DE SERVIÇO: ( ) de convivência para crianças de 3

Leia mais

PLANO DE TRABALHO 2008

PLANO DE TRABALHO 2008 PLANO DE TRABALHO 2008 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO 1.1. NOME DA ENTIDADE: Casa de Nazaré Centro de Apoio ao Menor 1.2. Endereço: Rua Coronel Timóteo nº 350 1.3. Bairro: Cristal 1.4. Região CORAS: 05 1.5.

Leia mais

Proposta de Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos Proteção Social Básica do SUAS BLOCO I - DADOS DE IDENTIFICAÇÃO

Proposta de Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos Proteção Social Básica do SUAS BLOCO I - DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Proposta de Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos Proteção Social Básica do SUAS BLOCO I - DADOS DE IDENTIFICAÇÃO NOME DA ENTIDADE: TIPO DE SERVIÇO: ( ) de convivência para crianças de 3

Leia mais

Consulta Pública ESTRATÉGIAS

Consulta Pública ESTRATÉGIAS Plano Municipal de Educação PME Secretaria Municipal de Educação São Francisco do Sul Fórum Municipal de Educação Consulta Pública META 3: Universalizar, até 2016, o atendimento escolar para toda a população

Leia mais

PROJETO PONTO DE CIDADANIA. COMVIDA Comunidade Cidadania e Vida EDITAL DE SELEÇÃO DE PROFISSIONAIS

PROJETO PONTO DE CIDADANIA. COMVIDA Comunidade Cidadania e Vida EDITAL DE SELEÇÃO DE PROFISSIONAIS PROJETO PONTO DE CIDADANIA COMVIDA Comunidade Cidadania e Vida EDITAL DE SELEÇÃO DE PROFISSIONAIS O Ponto de Cidadania é uma inovadora estratégia de apoio psicossocial. Trata-se de uma unidade de acolhimento

Leia mais

ESTADO DA BAHIA PREFEITURA MUNICIPAL DE TANHAÇU EXTRATO DO CONTRATO Nº 066P/2015. Modalidade de Licitação Pregão Presencial

ESTADO DA BAHIA PREFEITURA MUNICIPAL DE TANHAÇU EXTRATO DO CONTRATO Nº 066P/2015. Modalidade de Licitação Pregão Presencial EXTRATO DO CONTRATO Nº 066P/2015 Aquisição de material de construção e hidráulico para manutenção, reforma e ampliação de escolas, PSF s, CAPS, ruas e Poços artesianos deste Município. Razão social: CINCAL

Leia mais

PROGRAMA TEMPO DE ESCOLAO

PROGRAMA TEMPO DE ESCOLAO PROGRAMA TEMPO DE ESCOLAO O Programa Tempo de Escola foi iniciado em junho de 2010, com a participação de Escolas Municipais e ONGs executoras. O Programa Tempo de Escola, que inclui o Programa Mais Educação

Leia mais

Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Juruti 2012-2014

Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Juruti 2012-2014 Plano de Ação Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Juruti 2012-2014 APRESENTAÇÃO Nosso O Conselho dos Direitos da Criança e do Adolescente do município de Juruti apresenta, no

Leia mais

PROJETO PARA A PINTURA DO PRÉDIO

PROJETO PARA A PINTURA DO PRÉDIO PROJETO PARA A PINTURA DO PRÉDIO IDENTIFICAÇÃO O Centro de Valorização da Criança, também designado pela sigla CEVAC, constituído em dez de setembro de 1987, é uma Entidade Filantrópica sem fins lucrativos,

Leia mais

NOVAS ADESÕES AO PROGRAMA DE REQUALIFICAÇÃO DE UBS

NOVAS ADESÕES AO PROGRAMA DE REQUALIFICAÇÃO DE UBS MINISTÉRIO DA SAÚDE SECRETARIA DE ATENÇÃO À SAÚDE DEPARTAMENTO DE ATENÇÃO BÁSICA NOVAS ADESÕES AO PROGRAMA DE REQUALIFICAÇÃO DE UBS O Ministério da Saúde, por meio do Departamento de Atenção Básica, inicia

Leia mais

Sumário 1. CARO EDUCADOR ORIENTADOR 3 PARCEIROS VOLUNTÁRIOS 3. TRIBOS NAS TRILHAS DA CIDADANIA 4

Sumário 1. CARO EDUCADOR ORIENTADOR 3 PARCEIROS VOLUNTÁRIOS 3. TRIBOS NAS TRILHAS DA CIDADANIA 4 Guia do Educador CARO EDUCADOR ORIENTADOR Sumário 1. CARO EDUCADOR ORIENTADOR 3 2. PARCEIROS VOLUNTÁRIOS 3 3. TRIBOS NAS TRILHAS DA CIDADANIA 4 Objetivo GERAL 5 METODOLOGIA 5 A QUEM SE DESTINA? 6 O QUE

Leia mais

Presidência da República

Presidência da República Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos LEI Nº 12.913, DE 18 DEZEMBRO DE 2013 (publicada no DOU de 19/12/13, Seção 1, página 19) Abre ao Orçamento Fiscal da União, em favor

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE PSICOLOGIA DO RIO GRANDE DO SUL CENTRO DE REFERÊNCIA TÉCNICA EM PSICOLOGIA E POLÍTICAS PÚBLICAS

CONSELHO REGIONAL DE PSICOLOGIA DO RIO GRANDE DO SUL CENTRO DE REFERÊNCIA TÉCNICA EM PSICOLOGIA E POLÍTICAS PÚBLICAS CONSELHO REGIONAL DE PSICOLOGIA DO RIO GRANDE DO SUL CENTRO DE REFERÊNCIA TÉCNICA EM PSICOLOGIA E POLÍTICAS PÚBLICAS FORMAÇÃO EM PSICOLOGIA E POLITICAS PÚBLICAS: UMA APROXIMAÇÃO DO CRPRS COM O MEIO ACADÊMICO

Leia mais

RELATÓRIO DAS ATIVIDADES 2004

RELATÓRIO DAS ATIVIDADES 2004 RELATÓRIO DAS ATIVIDADES 2004 1. Palestras informativas O que é ser voluntário Objetivo: O voluntariado hoje, mais do que nunca, pressupõe responsabilidade e comprometimento e para que se alcancem os resultados

Leia mais

Plano Integrado de Capacitação de Recursos Humanos para a Área da Assistência Social PAPÉIS COMPETÊNCIAS

Plano Integrado de Capacitação de Recursos Humanos para a Área da Assistência Social PAPÉIS COMPETÊNCIAS PAPÉIS E COMPETÊNCIAS O SERVIÇO PSICOSSOCIAL NO CREAS... O atendimento psicossocial no serviço é efetuar e garantir o atendimento especializado (brasil,2006). Os profissionais envolvidos no atendimento

Leia mais

EDITAL PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS MUNICÍPIO DE MARANGUAPE-CE

EDITAL PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS MUNICÍPIO DE MARANGUAPE-CE EDITAL PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS MUNICÍPIO DE MARANGUAPE-CE EDITAL N 20/2015 1. INTRODUÇÃO A ASSOCIAÇÃO BENEFICENTE LUZIA LOPES GADÊLHA, por meio do Termo Convênio nº 05/2015, como parte integrante

Leia mais

Levantamento dos Programas de Atendimento à Primeira Infância no Rio de Janeiro. www.ciespi.org.br

Levantamento dos Programas de Atendimento à Primeira Infância no Rio de Janeiro. www.ciespi.org.br Levantamento dos Programas de Atendimento à Primeira Infância no Rio de Janeiro Foram utilizadas as seguintes categorias para o levantamento: executores, objetivos e público-alvo. Espaço de Desenvolvimento

Leia mais

A PRÁTICA PROFISSIONAL DO ASSISTENTE NA APAM-ASSOCIAÇÃO DE PROMOÇÃO A MENINA DE PONTA GROSSA.

A PRÁTICA PROFISSIONAL DO ASSISTENTE NA APAM-ASSOCIAÇÃO DE PROMOÇÃO A MENINA DE PONTA GROSSA. A PRÁTICA PROFISSIONAL DO ASSISTENTE NA APAM-ASSOCIAÇÃO DE PROMOÇÃO A MENINA DE PONTA GROSSA. SILVA, Jessica Da¹. NADAL, Isabela Martins². GOMES, R.C. Ana³. RESUMO: O presente trabalho é referente à prática

Leia mais

CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE DELIBERAÇÃO Nº 985/2013* - DS/CMDCA-RIO

CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE DELIBERAÇÃO Nº 985/2013* - DS/CMDCA-RIO CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE DELIBERAÇÃO Nº 985/2013* - DS/CMDCA-RIO Dispõe sobre a relação dos Projetos selecionados no 4º Concurso Público de Projetos do Conselho Municipal

Leia mais

O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE. CAPÍTULO I Da Finalidade. CAPÍTULO II Dos Princípios, Objetivos e Metas Seção I Dos Princípios

O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE. CAPÍTULO I Da Finalidade. CAPÍTULO II Dos Princípios, Objetivos e Metas Seção I Dos Princípios LEI N. 1.343, DE 21 DE JULHO DE 2000 Institui a Política Estadual do Idoso - PEI e dá outras providências. O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE seguinte Lei: FAÇO SABER que a Assembléia Legislativa do Estado

Leia mais

e construção do conhecimento em educação popular e o processo de participação em ações coletivas, tendo a cidadania como objetivo principal.

e construção do conhecimento em educação popular e o processo de participação em ações coletivas, tendo a cidadania como objetivo principal. Educação Não-Formal Todos os cidadãos estão em permanente processo de reflexão e aprendizado. Este ocorre durante toda a vida, pois a aquisição de conhecimento não acontece somente nas escolas e universidades,

Leia mais

CERTIFICADOS DE AUTORIZAÇÃO PARA CAPTAÇÃO DE RECURSOS CAC 2011/2012

CERTIFICADOS DE AUTORIZAÇÃO PARA CAPTAÇÃO DE RECURSOS CAC 2011/2012 CERTIFICADOS DE AUTORIZAÇÃO PARA CAPTAÇÃO DE RECURSOS CAC 2011/2012 O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente CMDCA, no uso de suas atribuições legais e de acordo com o Edital Nº 04

Leia mais

Arvore da Vida Partnership para o desenvolvimento: Educação, Formação profissional e encaminhamento

Arvore da Vida Partnership para o desenvolvimento: Educação, Formação profissional e encaminhamento Arvore da Vida Partnership para o desenvolvimento: Educação, Formação profissional e encaminhamento Maio 2011 Arvore da Vida Partnership para o desenvolvimento: Educação, Formação profissional e encaminhamento

Leia mais

ASSOCIAÇÃO SANTISTA DE PESQUISA PREVENÇÃO E EDUCAÇÃO. Relatório de Atividades 2010

ASSOCIAÇÃO SANTISTA DE PESQUISA PREVENÇÃO E EDUCAÇÃO. Relatório de Atividades 2010 ASSOCIAÇÃO SANTISTA DE PESQUISA PREVENÇÃO E EDUCAÇÃO Relatório de Atividades 2010 2 MISSÃO Busca da melhoria da qualidade de vida tendo por bases o investimento na saúde, educação, na garantia da cidadania,

Leia mais

9 anos acreditando na comunidade! 05.05 - RELATÓRIO GERAL DE ATIVIDADES 2012 / 2013

9 anos acreditando na comunidade! 05.05 - RELATÓRIO GERAL DE ATIVIDADES 2012 / 2013 INSTITUTO DE DESENVOLVIMENTO ESPERANÇA BRASIL OSCIP ORGANIZAÇÃO DA SOCIEDADE CIVIL DE INTERESSE PÚBLICO 9 anos acreditando na comunidade! 05.05 - RELATÓRIO GERAL DE ATIVIDADES 2012 / 2013 Janeiro de 2014.

Leia mais

Município. Prefeitura Municipal de Várzea Nova - BA. Segunda-Feira - 20 de setembro de 2010 - Ano V - N º 63 PREFEITURA MUNICIPAL DE VÁRZEA NOVA

Município. Prefeitura Municipal de Várzea Nova - BA. Segunda-Feira - 20 de setembro de 2010 - Ano V - N º 63 PREFEITURA MUNICIPAL DE VÁRZEA NOVA do Município Prefeitura Municipal de Várzea Nova - BA Segunda-Feira - 20 de setembro de 2010 - Ano V - N º 63 PREFEITURA MUNICIPAL DE VÁRZEA NOVA DISPENSA DE LICITAÇÃO N. 240/2010 OBJETO: Contratação de

Leia mais

REGULAMENTO INSTITUCIONAL DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES NORMAS OPERACIONAIS PARA ACOMPANHAMENTO E REGISTRO DOS ESTUDOS COMPLEMENTARES

REGULAMENTO INSTITUCIONAL DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES NORMAS OPERACIONAIS PARA ACOMPANHAMENTO E REGISTRO DOS ESTUDOS COMPLEMENTARES REGULAMENTO INSTITUCIONAL DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES NORMAS OPERACIONAIS PARA ACOMPANHAMENTO E REGISTRO DOS ESTUDOS COMPLEMENTARES O Parecer do CNE/CES nº 492/2001, assim define as atividades complementares:

Leia mais

Extrato de Dispensa de Licitação nº 094/2015. Contratante: Município de Laje. Objeto: junho de 1993. Valor global R$ 14.130,48 (quatorze mil cento e trinta reais e quarenta e oito centavos). Contratado:

Leia mais

Mãos que Educam Boracéia Viva

Mãos que Educam Boracéia Viva Mãos que Educam Boracéia Viva Objetivo: Melhorar a qualidade de vida de 30% da população do bairro de Boracéia, através de conscientização, prática esportiva, e garantia dos direitos da criança e do adolescente,

Leia mais

Avanços na Assistência Social brasileira: o trabalho multidisciplinar e a prática com grupos.

Avanços na Assistência Social brasileira: o trabalho multidisciplinar e a prática com grupos. Avanços na Assistência Social brasileira: o trabalho multidisciplinar e a prática com grupos. Autores Aline Xavier Melo alinexaviermelo@yahoo.com.br Juliana Roman dos Santos Oliveira ju_roman@hotmail.com

Leia mais

Projeto RI-VIDA Rede de Integração para a Vida Projeto de prevenção de DST s, HIV/AIDS e Hepatites

Projeto RI-VIDA Rede de Integração para a Vida Projeto de prevenção de DST s, HIV/AIDS e Hepatites Projeto RI-VIDA Rede de Integração para a Vida Projeto de prevenção de DST s, HIV/AIDS e Hepatites Apoio: Centro de Referência e Treinamento DST/AIDS Secretaria de Estado da Saúde VULNERABILIDADE DA POPULAÇÃO

Leia mais

PROGRAMA DE MEDIDAS SOCIOEDUCATIVAS EM MEIO ABERTO

PROGRAMA DE MEDIDAS SOCIOEDUCATIVAS EM MEIO ABERTO PROGRAMA DE MEDIDAS SOCIOEDUCATIVAS EM MEIO ABERTO CONTEXTUALIZAÇÃO DOUTRINA DA SITUAÇÃO IRREGULAR DOUTRINA DA PROTEÇÃO INTEGRAL. Código de menores;. Menores em situação irregular;. Carentes, abandonados,

Leia mais

ANEXO V PREÇO UNITÁRIO (R$) DEPENDENTES LEGAIS anos , , anos , , anos ,95 2.

ANEXO V PREÇO UNITÁRIO (R$) DEPENDENTES LEGAIS anos , , anos , , anos ,95 2. TABELA I PLANILHA INFORMATIVA DE BENEFICIÁRIOS E PREÇOS ESTIMADOS DO GRUPO A TITULARES E DEPENDENTES LEGAIS NO PLANO BÁSICO A - ENFERMARIA - SUBITEM 3.2.1 DO TERMO DE REFERÊNCIA - BENEFICIÁRIOS - TITULARES

Leia mais

DAS FUNÇÕES, Nº DE VAGAS, REMUNERAÇÃO, CARGA HORÁRIA, PRÉ-REQUISITOS E ATRIBUIÇÕES

DAS FUNÇÕES, Nº DE VAGAS, REMUNERAÇÃO, CARGA HORÁRIA, PRÉ-REQUISITOS E ATRIBUIÇÕES DAS FUNÇÕES, Nº DE VAGAS, REMUNERAÇÃO, CARGA HORÁRIA, PRÉ-REQUISITOS E ATRIBUIÇÕES Nº FUNÇÃO V A G A S A m p l a C o n c o r r ê n c i a Nº V A G A S D e f i c i e n t e s C A D A S T R O R E S E R V A

Leia mais

6h diárias - 11 meses

6h diárias - 11 meses 6h diárias - 11 meses PROPOSTA PEDAGÓGICA PROGRAMA DE APRENDIZAGEM EM AUXILIAR DE VAREJO ÍNDICE 1 - Apresentação da Entidade ijovem 3 2 - Justificativa do Programa. 3 3 Público-alvo: 4 4 Objetivo geral:

Leia mais

Creche Pelicano Atendimento - 95 Crianças - entre 1 anos e seis meses a quatro anos

Creche Pelicano Atendimento - 95 Crianças - entre 1 anos e seis meses a quatro anos Missão Promover programas sustentáveis e contínuos, priorizando a educação da criança e o re-erguimento da família formando bases sólidas na diminuição das desigualdades sociais. Títulos Reconhecida com

Leia mais

EDITAL REFITIFCADO 01/2014 EDITAL DE SELEÇÃO DE BOLSISTA DE EXTENSÃO

EDITAL REFITIFCADO 01/2014 EDITAL DE SELEÇÃO DE BOLSISTA DE EXTENSÃO Universidade Federal de Juiz de Fora Pró-Reitoria de Assuntos Acadêmicos EDITAL REFITIFCADO 01/2014 EDITAL DE SELEÇÃO DE BOLSISTA DE EXTENSÃO PROJETO DE EXTENSÃO: Casa da Criança / IBPeron / Axé Criança

Leia mais

Instrumental para Pesquisa dos Programas/Serviços de Prestação de Serviços à Comunidade

Instrumental para Pesquisa dos Programas/Serviços de Prestação de Serviços à Comunidade Instrumental para Pesquisa dos Programas/Serviços de Prestação de Serviços à Comunidade 1. IDENTIFICAÇÃO: Nome do Programa/Serviço: Município: Endereço: Bairro: CEP: Fone: E-mail: Nome do Prefeito: No

Leia mais

PROJETO. A inserção das Famílias no CAMP

PROJETO. A inserção das Famílias no CAMP PROJETO A inserção das Famílias no CAMP APRESENTAÇÃO O CAMP-Gna é uma entidade filantrópica sediada em Goiânia, no Setor Central, onde funciona ininterruptamente há 36 anos. Desde 01 de julho de 1973,

Leia mais

A AÇÃO COMUNITÁRIA NO PROJOVEM. Síntese da proposta de Ação Comunitária de seus desafios 2007

A AÇÃO COMUNITÁRIA NO PROJOVEM. Síntese da proposta de Ação Comunitária de seus desafios 2007 A AÇÃO COMUNITÁRIA NO PROJOVEM Síntese da proposta de Ação Comunitária de seus desafios 2007 A AÇÃO COMUNITÁRIA NO PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO Dimensão formativa do programa voltada à educação para a cidadania

Leia mais

CONVOCATÓRIA PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS PROGRAMA CRIANÇA ESPERANÇA PROCESSO SELETIVO 2012

CONVOCATÓRIA PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS PROGRAMA CRIANÇA ESPERANÇA PROCESSO SELETIVO 2012 CONVOCATÓRIA PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS PROGRAMA CRIANÇA ESPERANÇA PROCESSO SELETIVO 2012 Junho/2012 SUMÁRIO APRESENTAÇÃO... 3 1. ORGANIZAÇÕES ELEGÍVEIS PARA APOIO... 3 2. TIPOS DE PROJETO PODERÃO SER

Leia mais

Plano de Ação. Colégio Estadual Ana Teixeira. Caculé - Bahia Abril, 2009.

Plano de Ação. Colégio Estadual Ana Teixeira. Caculé - Bahia Abril, 2009. Plano de Ação Colégio Estadual Ana Teixeira Caculé - Bahia Abril, 2009. IDENTIFICAÇÃO DA UNIDADE ESCOLAR Unidade Escolar: Colégio Estadual Ana Teixeira Endereço: Av. Antônio Coutinho nº 247 bairro São

Leia mais

Política Nacional sobre Drogas e o Plano Integrado de Enfrentamento ao Crack e Outras Drogas Crack, é possível vencer. SALVADOR/BA ABRIL de 2012

Política Nacional sobre Drogas e o Plano Integrado de Enfrentamento ao Crack e Outras Drogas Crack, é possível vencer. SALVADOR/BA ABRIL de 2012 Política Nacional sobre Drogas e o Plano Integrado de Enfrentamento ao Crack e Outras Drogas Crack, é possível vencer SALVADOR/BA ABRIL de 2012 MARCOS HISTÓRICOS 1998: Adesão do Brasil aos princípios diretivos

Leia mais