Padrões e Interoperabilidade

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Padrões e Interoperabilidade"

Transcrição

1 Oficina Telessaúde Brasil: Segunda Opinião FormaDva Padrões e Interoperabilidade Beatriz de Faria Leão Consultora do Telessaude Relatora GT 8 ABNT CEE- InformáDca em Saúde 29 e 30 Setembro, em Brasília

2 Agenda da Apresentação Introdução Comitê ISO TC 215 Informá=ca em Saúde ABNT CEE- IS Experiência Internacional em Padrões para ehealth Padrões necessários para o Telessaúde Brasil Teleconsultoria SOF

3 O que são Padrões? (I) Segundo a ISO, "padrão" é um documento estabelecido por consenso e aprovado por um grupo reconhecido, que estabelece um conjunto de regras, protocolos ou caracterís=cas de processos com o obje=vo de ordenar e organizar a=vidades em contextos específicos, para o benexcio de todos.

4 By Abel Grimmer,1563

5 A questão da padronização Fonte: Heather Grain, Seminário Internacional: Regulacao de Saude Suplementar,2008

6

7 h_p://www.ehealth- impact.org/

8 Atributos de um Padrão Especificidade Universalidade Adaptabilidade Concisão Facilidade de Uso Flexibilidade Legi=midade Dependem de Conhecimento Inter- disciplinar Depende do Processo de Obtenção

9 Metodologias de Padronização Devem ser abertas, Baseadas em solicitações de propostas Amplo uso da Internet Não re- inventar a roda Envolver todos os atores Reuniões presenciais Papel do governo

10 Comitê ISO TC 215 Health Informa=cs Chair : Yun Sik Kwak (Rep. of Korea) Secretária : Ms. Audrey Dickerson (USA) Escopo: Padronização na área de informação em saúde e tecnologias de informação com o obje=vo de a=ngir a compa=bilidade e a inter- operabilidade entre sistemas independentes. Garan=r a compa=bilidade de dados para fins de análise estaos=ca, reduzindo redundâncias e duplicação de esforços. h_p://www.iso.org/iso/standards_development/technical_commi_ees/ Fonte: Yun Sik Kwak, Jul 2003 list_of_iso_technical_commi_ees/iso_technical_commi_ee.htm?commid=54960

11 Organização do Comitê ISO TC 215

12 Programa de Trabalho ISOTC 215 / WG1

13 Programa de Trabalho ISOTC 215 / WG2

14 Programa de Trabalho ISOTC 215 / WG2

15 Programa de Trabalho ISOTC 215 / WG3 DIS and FDIS Ballots Health informatics Categorical structure for terminologies of surgical procedures Jean Marie Rodrigues pren1828 Health informatics System of concepts to support continuity of care Part 1: Basic Concepts François Mennerat EN Common Terminology Services (Release 1) Chute/Solbrig IS#27951 Submitted to ISOCS for DIS ballot Submitted to ISOCS for DIS ballot On FDIS ballot ( ) Sending for Publication HI: Guidelines for terminology development organizations (name change 2009 Edinburgh) Anne Casey TR# HI: Conceptual Framework for patient findings and problems in terminologies Phil Brown TS/ISO#22789 Submitted to ISOCS for publicaiton Submitted to ISOCS for publicaiton Published - Systematic Review Integration of a reference term model for nursing Chute/Saba IS Published Published Items Vocabulary for Terminological Systems Thurin IS Published 2007 Cont Hlth Vocab - Vocab structure hi-level qual Indicators Peter Elkin TS Published

16 Programa de Trabalho ISOTC 215 / WG4 WG 4 Security Ross Fraser, convener ITEM PROJECT LEADER DESIGNATION CURRENT STAGE Preliminary (Not yet ready for NWIP ballot) HI: Guidelines on data protection to facilitate trans-border flows of personal health information IS Preliminary HI: Guidance on the application of risk analysis and management across the health informatics domain TR Preliminary HI: Security aspects of EHR record migration TR Preliminary NWIP/DTR Ballot Active Items after NWIP Approval HI: Security and privacy requirements for compliance testing of EHR systems -Part 1: Foundation HI: Security and privacy requirements for compliance testing of EHR systems -- Part 2: Protection profile for small-scale electronic patient record systems L.Kiatake A. Pastorino N. Gardner L.Kiatake A. Pastorino N. Gardner TS TS HI: Classification of data purposes for processing of personal health information D. Kalra, E. Sawatsky TS HI: Application of clinical risk management to the manufacture of health software (name change 2007 Brisbane) Ray Rogers TS #29321 Passed NWIP ballot Passed NWIP ballot Passed NWIP ballot Failed DTS ballot HI: Guidance on the management of risk to ensure the patient safety of health software systems in deployment and use (name change 2007 Brisbane) Ray Rogers TR #29322 Failed DTR ballot Audit trails for Electronic Health records Luuc Posthumus IS #27789 Passed CD ballot DIS and FDIS Ballots HI: Directory Services for healthcare providers, subjects of care and other entities (renamed Brisbane) Lori Fourquet IS # Revision of TS Passed DIS ballot

17 Programa de Trabalho ISOTC 215 / WG4 Sending for Publication Health informatics - Dynamic on-demand virtual private network for health information infrastructure Health informatics - Information Security Management for Remote Maintenance of Medical Devices and Medical Information Systems - Part 1: Requirements and Risk Analysis Health informatics - Information Security Management for Remote Maintenance of Medical Devices and Medical Information Systems - Part 2: Implementation of ISMS Hiroshi Shimada; Kouichi Kita TR #11636 Hideyuki Miyohara TR # Hideyuki Miyohara TR # HI: Secure Archiving of electronic health records Part1 Principles and Requirements Pekka Ruotsalainen TS HI: Secure Archiving of electronic health records Part2 Guidelines Pekka Ruotsalainen TR Submitted to ISO CS for publication Submitted to ISO CS for publication Submitted to ISO CS for publication Submitted to ISO CS for publication Submitted to ISO CS for publication HC Info Privilege Mgmt & Access Control P-3 AC Mgmt B. Blobel TS Submitted to ISO CS for publication Published - Systematic Review HI: Privilege Mgmt and AC-1 Overview & Policy Mgmt B. Blobel TS Published HC Info Privilege Mgmt & Access Control P-2 Priv Mgmt B. Blobel/Klein TS Published

18 Programa de Trabalho ISOTC 215 / WG4 Published Health informatics Electronic health record communication Part 4: Security Dipak Kalra TS Published 2009 HI: Functional and Structural Roles Blobel-Fourquet-Klein TS Published 2008 Pseudonymisation Lori Fourquet TS #25237 Published 2008 HI: Information Security Mgmt in Health using ISO/IEC (name change 2007 Montreal and Brisbane) Fraser/Mynott IS #27799 Published 2008 HI: Public Key Infrastructure-1 Framework and Overview Fraser ISO Published 2008 HI: Public Key Infrastructure-2 Certificate Profile Fraser ISO Published 2008 HI: Public Key Infrastructure-3 Policy Mgmt of Cert Auth Fraser ISO Published 2008 Classification of Safety risks from health software Ray Rogers TS #25238 Published 2007 HI: Measures for Ensuring Patient Safety of Health Software - APSOHIP Ray Rogers # TR Published 2007 Health Informatics Public Key Infrastructure-1 TS Published Health Informatics Public Key Infrastructure-2 TS Published Health Informatics Public Key Infrastructure-3 TS Published Directory Services for security, communication and identification of professionals and patients. Lori Fourquet DTS #21091 Published GL on data protect to facilitate trans-border flow of p h i Rogers/Seaton IS Published

19 Programa de Trabalho ISOTC 215 / WG6 Ian Shepherd, Convener ITEM PROJECT LEADER DESIGNATION CURRENT STAGE Preliminary (Not yet ready for NWIP ballot) HL7 Structured Product Labeling standard Beeler/Hammond Failed HL7 Product Stability data standard Beeler/Hammond Failed NWIP/DTR Ballot HI: Requirements for the implementation of the standards for the identification of medicinal products for the exchange of regulated medicinal product information Tim Buxton TR#14872 On NWIP ballot ( ) Active Items after NWIP Approval Health informatics Pharmacovigilance Test names and units for reporting laboratory results (name change 2007 Brisbane) IS#11595 Passed NWIP ballot Business Requirements for the Reporting of Pharmacist Services Nigel Cox TR #10895 Passed NWIP ballot DIS and FDIS Ballots Health Informatics Identification of medicinal products Data elements and structures to uniquely identify medicinal products (MPIDs) for the exchange of regulated medicinal product information (name change 2007 Brisbane, 2009 Edinburgh) Health informatics Identification of Medicinal Products Data elements and structures to uniquely identify and exchange pharmaceutical products (PhPIDs) (name chage 2007 Brisbane, 2009 Edinburgh) Health informatics Identification of Medicinal Products Data elements and structures to uniquely identify and describe substances and specified substances (name change 2009 Edinburgh) Health informatics Identification of Medicinal Products Data elements and structures to uniquely identify pharmaceutical dose forms, units of presentation and routes of administration (name change 2009 Edinburgh) Health informatics Identification of Medicinal Products Data elements and structures to uniquely identify Units of Measurement (name change 2009 Edinburgh) Health informatics -- Pharmacovigilance - Individual case safety report -- Part 1: The framework for adverse event reporting (name change 2007 Brisbane) Health informatics -- Pharmacovigilance - Individual case safety report -- Part 2: Human pharmaceutical reporting requirements for ICSR IS#11615 IS#11616 IS #11238 IS #11239 IS #11240 IS# IS# Passed NWIP/CD ballot Passed NWIP/CD ballot Passed NWIP/CD ballot Passed NWIP/CD ballot Passed NWIP/CD ballot Failed DIS ballot Failed DIS ballot

20 Programa de Trabalho ISOTC 215 / WG7 WG 7 Devices Todd Cooper, Convener ITEM PROJECT LEADER DESIGNATION CURRENT STAGE To be submitted for Preliminary Health informatics Medical waveform format Encoding rules, DICOM-ECG Hirai NP/TS pre-preliminary Health informatics - Personal health device communication - Technical report - Overview Bogia NP/TR pre-preliminary Health informatics Medical waveform format Encoding rules, long term ECG Hirai NP/TS pre-preliminary HL7 Annotated ECG Waveform Data Standards Beeler/Hammond Failed Preliminary (Not yet ready for NWIP ballot) Health informatics Medical waveform format Encoding rules, Reporting with HL7 clinical document architecture (CDA) Hirai NP/TS Preliminary Health informatics Medical waveform format Encoding rules, SCP-ECG Hirai NP/TS Preliminary Health informatics Personal health device communication Device specialization Common framework Bogia NP/IS Preliminary Health informatics Point-of-care medical device communication Application profile Common networking infrastructure NP/IS Preliminary Health informatics Point-of-care medical device communication Transport profile Ethernet Schnell NP/IS Preliminary Health informatics Point-of-care medical device communication Transport profile RF wireless Local area network (wlan) NP/IS Preliminary HI: Point-of-care medical device communication Technical report Guidelines for the use of RF wireless technology Morrissey/Cooper p/nwip/ Preliminary Health informatics Medical waveform format Encoding rules, 12-lead ECG Hirai NP/TS Preliminary HI: Point-of-care medical device communication - Device specialization - Dialysis device Cooper/Torrini pnwip/ : Preliminary Health informatics - Personal health device communication - Device specialization Cardiovascular fitness and activity monitor Health informatics - Personal health device communication - Device specialization Strength fitness equipment HI: Application of risk management for IT-networks incorporating medical devices Guidance for health delivery organizations White NP/IS pre-preliminary White NP/IS pre-preliminary TR Preliminary

21 Programa de Trabalho ISOTC 215 / WG7 Active Items after NWIP Approval Health informatics - Personal health device communication - Device specialization Passed ballot White IS/ Medication Monitor 20 HI: Point-of-care medical device communication - Application profile - Optional package, Remote control Cooper/Reynolds DIS/ DIS HI: Point-of-Care Medical Device Communication - Framework & overview Harrington/Cooper IS/ DIS HI: POC Medical Device Communication - Application profiles MIB Elements Cooper/Wittenber IS/ DIS HI: Point-of-care medical device communication Application profile, Association Control Function Cooper/Steubesand IS/ DIS HI: Point-of-Care Medical Device Communication - Application profile, Polling Mode Cooper/Hassing IS/ DIS HI: Point-of-care medical device communication Application profile, Asynchronous Mode Cooper/Hassing IS/ DIS HI: Point-of-care Medical Device Communication - Application gateway, HL7 (v2) observation reporting interface Harrington/Cooper DIS/ DIS HI: Point-of-Care Medical Device Communication - Nomenclature Annotated ECG Brown/Schluter IS/ DIS HI: Point-of-care medical device communication - Nomenclature, Implantable Device, Schluter IS/ DIS DIS and FDIS ballots ISO/IEC Part 1: Application of Risk Management for IT -- Networks incorporating medical devices Health informatics Personal health device communication Device specialization Pulse oximeter Health informatics Personal health device communication Device specialization Blood pressure monitor Health informatics Personal health device communication Device specialization Glucose meter Health informatics Personal health device communication Device specialization Thermometer Health informatics Personal health device communication Device specialization Weighing scale Health informatics - Personal health device communication - Device specialization Independent living activity hub Health informatics Personal health device communication Application profile Optimized exchange protocol Cooper/Eagles Bogia Bogia Bogia Bogia Bogia White Bogia ISJWG/IEC # (changed from 28680) NP/IS NP/IS NP/IS NP/IS NP/IS NP/IS NP/IS On DIS ballot ( ) Passed 30 day Enquiry ballot Passed 30 day Enquiry ballot Passed 30 day Enquiry ballot Passed 30 day Enquiry ballot Passed 30 day Enquiry ballot Passed 30 day Enquiry ballot Passed 30 day Enquiry ballot

22 Programa de Trabalho ISOTC 215 / WG7 Published - Systematic Review Health informatics Point-of-care medical device communication Domain Info Model Reynolds/Cooper IS Published/IEEE Health informatics Point-of-care medical device communication Application Profile - Base Standard Reynolds/Cooper IS Published/IEEE Health informatics Point-of-care medical device communication Transport Profile - Infrared Wireless Reynolds/Cooper IS Published/IEEE Health informatics Point-of-care medical device communication Transport Profile - Cable Connected Reynolds/Cooper IS Published/IEEE Health informatics Point-of-care medical device communication Nomenclature Reynolds/Cooper IS Published/IEEE Published Items CEN en1064:2007, ISO Health informatics Standard communications protocol, ECG (SCP-ECG) HI: Point of care medical device communication - Part 90101: Analytical instruments- Point of care test Use of mobile wireless communication and computing technology in HC facilities recommendations for mgmt of electromagnetic interference with medical devices ISO/IEEE/ HI: Point-of-care medical device communication - Medical waveform format Encoding rules (formerly ) IS Published 2009 Cooper/Reynolds IS/ Published 2008 Morrissey TR# Published 2007 Hirai/Reynolds TS/ Published 2007

23 Programa de Trabalho ISOTC 215 / WG8 WG 8 Business Requirements for an EHR Convener - Marion Lyver Item PROJECT LEADER DESIGNATION CURRENT STAGE Preliminary (Not yet ready for NWIP ballot) HI: EHR standards Map David Rowlands Business Requirements for Public Health Standards Lyver TR Preliminary NWIP/DTR Ballot HI: ehealth enterprise architecture for emerging and developing countries - Part 1: Environmental Scan HI: ehealth enterprise architecture for emerging and developing countries - Part 2: Business Requirements Active Items after NWIP Approval B.Leao, P.Whitaker TR B.Leao, P.Whitaker TR On NWIP ballot ( ) On NWIP ballot ( ) Personal Health Records: Definition, Scope and Context Kalra/Datta TR Knowledge Management of Health Information Standards Andrew Grant TR Passed NWIP ballot Passed NWIP ballot DIS and FDIS Ballots Requirements for EHR reference architecture ISO#18308 EHR System functional model Gary Dickinson IS# On Second DIS ballot ( ) On FDIS ballot ( ) Sending for Publication Published Items HI: Business Requirements for Health Summary Records - Part 1: Requirements Marion Lyver TR Published 2009 HI: Business Requirements for Health Summary Records - Part 2: Environmental Scan Marion Lyver TR Published 2009 Requirements for EHR reference architecture TS Published 2004

24 Programa de Trabalho ISOTC 215 / Health card task force Health Card Task Force Task Force Chair, Open ITEM PROJECT LEADER DESIGNATION CURRENT STAGE Preliminary (Not yet ready for NWIP ballot) Study for the use of cards and other technologies in the health care area, not specified as patient data cards Frans Van Bommel TR Overview of National Healthcare Professional Card Projects and/or Plans Frans Van Bommel TR NWIP/DTR Ballot Active Items after NWIP Approval DIS and FDIS Ballots Patient Health Card Data Part 8 Links Van Bommel/Sembritzki IS Passed DIS ballot Sending for Publication Published - Systematic Review Patient Health Card Data Part 1 General Structure Hopkins IS Published Patient Health Card Data Part 2 Common Objects Hopkins IS Published Patient Health Card Data Part 3 Limited Clinical Data Hopkins IS Published Published Patient Health Card Data Part 6 Administrative Data Sembritzki IS Published 2008 Patient Health Card Data Part 5 Identification Data Sembritzki IS Published 2008 Patient Health Card Data Part 7 E-Prescription to Med Data Shepherd IS Published 2007 Health Cards - General Characteristics Kita IS Published 2006 Health Cards - Numbering System/Registration Procedure Kita IS Published 2006 Patient Health Card Data Part 4 Extended Clinical Data I. Emelin IS Published 2006

25 ABNT/Comissão de Estudo Especial de Informá=ca em Saúde - CEE- IS Fundada em Dezembro de 2006, espelho do Comitê ISO TC 215 Brasil se tornou membro P do ISO- TC 215 em agosto de 2007 e tem par=cipado desde então de todas as plenárias Em maio de 2010 a plenária será no Rio de Janeiro

26 ABNT/CEE- IS Grupos de Trabalho GT1 Conceitos e Modelos GT2/7 DisposiDvos e Interoperabilidade TELEMEDICINA GT3/6 Vocabulários Livelink GT4 Segurança GT5 Cartões GT8 Requisitos de Negócio do RES GT9 Harmonização

27 A=vidades da ABNT/CEE- IS Adoção de Normas A CEE- IS estuda as normas ISO existentes e escolhe as de relevância para o país; Cada GT traduz as normas sob sua responsabilidade; A tradução é subme=da à consulta pública interna, por 30 dias; Uma vez aprovada pela plenária da CEE- IS, a norma é subme=da à consulta pública nacional, por 30 dias; Após avaliação da consulta pública a norma é publicada e passa a ser uma NBR/ISO. Recursos Disponíveis para a CEE- IS Ferramenta de colaboração: Livelink (ABNT/ISO); Web- conferência (Adobe Connect), graças à Unifesp; Video- conferência para 8 cidades, nas plenárias, graças à Unifesp, RNP e Datasus.

28 Normas ABNT/CEE- IS publicadas Outubro/2009

29

30 Trabalho Realizado pela CEE- IS Elaboração de Normas Estudo e Colaboração com Normas ISO Adpatação de Normas ISO à realidade brasileira Desenvolvimento de Normas NBR Iden=ficação do Sujeito da Atenção Estudo e Tradução Simultânea de normas relevantes

31 Padrões de Troca da Informação Como garan=r que a informação clínica coletada em um sistema possa ser transmi=da (interoperabilidade sintá=ca) e entendida pelo outro sistema?

32 architecture policy models structural roles func=onal roles purposes of use care se{ngs privacy record structure and context Ontology, Consistent Knowledge Management representa=on, Seman=c access interoperability and Quality and Governance interpreta=on EHR reference model data types near- pa=ent device communica=ons archetypes templates workflow guidelines care pathways con=nuity of care clinical terminology systems terminology sub- sets value sets and micro- vocabularies term selec=on constraints terminology binding to archetypes seman=c context model categorial structures terminology systems Dipak Karla,2008

33 HL7 Health Level Seven Troca de informações entre sistemas clínicos, financeiros e administra=vos Exemplos : envio de resultados laboratoriais, etc. Fundado em 1987, com mais de 1400 membros padrão ANSI em 1994 Mais u=lizado para comunicação com sistemas internos a organização Muito u=lizado nos Estados Unidos, Austrália e Nova Zelândia

34

35 HL7 CDA R2 Norma=ve Edi=on 2005 CDA = Clinical Document Architecture Faz parte do padrão HL7 v3 Tem sido u=lizado no mundo inteiro Trata- se de padrão que permite a incorporação de qualquer documento clínico de forma estruturado ou não, num documento XML, definido pelo schema do CDA No Brasil a SMS- SP u=lizará para integração de sistema de laboratório clínico h_p://healthinfo.med.dal.ca/hl7intro/cda_r2_norma=vewebedi=on/

36 CDA Modelo de troca de qualquer documento clínico (sumário de alta, resultados de laboratório) Documentos legíveis por humanos e pelo computador (requisito obrigatório) Usado internacionalmente em grande escala Criação de Perfis e Guias de Implementação

37 CDA: Especificação para a troca de documentos clínicos Isto é um CDA Isto também é E isto E isto E isto E isto 37

38

39 Quais os Padrões para o Telessaúde Brasil?

40 Hospitais, PS e PA Gestão Hospitalar S I H Regulação AE, SADT Regulação S I G A U B S

41 Padrões necessários para o Telessaúde ARQUITETURA DE SAÚDE Visão do todo Não aos sistemas ver=cais e isolados!!!! Terminologias Termos Estrutura e relacionamentos Codificação Conteúdo Funções específiocas Repositórios Transmissão / comunicação Mensagens, Objetos, XML Segurança Assinatura digital (ICP- Brasil) Legislaçao Objetos de Aprendizagem Brasil?

42

43

44 Telessaúde Brasil e Padrões SOF e Teleconsultoria Padrões necessários - Iden=ficação Iden=ficação do NTS (Quem realizou o serviço de Telessaúde?) Qual profissional que respondeu a teleconsultoria e/ou SOF? Quem foi a unidade solicitante? (CNES) Quem foi o profissional solicitante?(cns)

45 Telessaúde Brasil e Padrões Teleconsultoria Que aspectos da Teleconsultoria desejamos armazenar? Para que funções? Cenários de uso Qual a importância desta informação para o processo assistencial / referência e contra- referência? Qual é o conjunto de dados que queremos? Como representá- lo? Como compar=lhá- lo?

46 h_p://www.ehealth- interop.nen.nl/publica=es/2860

47 Prioridades Definição e priorização dos casos de uso Adoção / adaptação / criação de padrões Desenvolvimento e MANUTENÇÃO dos diferentes PERFIS FERRAMENTAS bancos de teste cer=ficação Adoção de melhores prá=cas

48 Como definir os padrões a serem u=lizados? Especificações de Interoperabilidade Casos de uso (cenários de u=lização) Perfis Blocos intermediários de interoperabilidade Padrões Conjunto de padrões que se aplicam ao perfil

49 h_p://www.ihe.net/

50 h_p://www.ihe.net/technical_framework/index.cfm#pcd

51 h_p://www.ihe.net/about/index.cfm

52 Padrões para SOF Representação dos objetos de aprendizagem Uso de padrões abertos Ontologias disponíveis Integração com outras inicia=vas UNASUS

53 Repositório de Objetos de Aprendizagem Fonte: Ricard de la Vega1, Jordi Conesa2, Julià Minguillón2

54 Para discussão amanhã: cenários do Telessaúde Brasil?

55 Reflexões sobre padrões Necessidade de ampla discussão U=lização de padrões abertos Inves=mento em capacitação Vocabulários Procedimentos Medicamentos Segurança Qualidade de Serviço em Telessaúde O papel da CEE- IS Integração dos projetos nacionais

56 Knowledge is knowing that a tomato is a fruit. Wisdom is not pu{ng tomatoes in a fruit salad. Peter Kay Fonte: Charles Jaffe, MEDINFO 2010, Capetown, Setembro 2010

57

Organismos de Padronização no Brasil e no Mundo e seus Processos

Organismos de Padronização no Brasil e no Mundo e seus Processos Organismos de Padronização no Brasil e no Mundo e seus Processos Sistemas de Informação em Saúde: Uma Visão Estratégica & os Padrões para Construí-la Beatriz de Faria Leão 7 de março de 2012 Quem Constrói

Leia mais

2.1. Rodrigo Queiroga, relator do ABNT-CEE78 GT4 Segurança, iniciou a reunião agradecendo a presença de todos.

2.1. Rodrigo Queiroga, relator do ABNT-CEE78 GT4 Segurança, iniciou a reunião agradecendo a presença de todos. RESUMO ABNT/CEE-78 Comissão de Estudo Especial de Informática em Saúde da Informação e do Paciente RESUMO DA 4ª REUNIÃO DE 2015 DATA: 12/05/2015 INÍCIO: 8:00 TÉRMINO: 09:15 LOCAIS: Skype (rodquei) 1. PARTICIPANTES

Leia mais

Grupo de Trabalho WG3 Privacidade, Segurança e Qualidade

Grupo de Trabalho WG3 Privacidade, Segurança e Qualidade Encontro Sistemas de Informação para a Saúde: Normas e Recomendações Europeias Grupo de Trabalho WG3 Privacidade, Segurança e Qualidade Caparica, 3 de Dezembro de 2015 Comissão Técnica CT199 - Sistemas

Leia mais

Sistemas de Informação para a Saúde: Normas e Recomendações Europeias

Sistemas de Informação para a Saúde: Normas e Recomendações Europeias Sistemas de Informação para a Saúde: Normas e Recomendações Europeias Caparica, 3 de Dezembro de 2015 Comissão Técnica CT199 - Sistemas de Informação para a Saúde Objetivos da CT 199 Participar nas votações

Leia mais

ISO, IHE e HL7. Apresentação ABNT. José Costa Teixeira. Junho 2015

ISO, IHE e HL7. Apresentação ABNT. José Costa Teixeira. Junho 2015 ISO, IHE e HL7 Apresentação ABNT José Costa Teixeira Junho 2015 Standards ISO Normas de jure e de facto HL7 Normas de facto (de jure quando adotada) IHE Normas e recomendações de implementação Projetos

Leia mais

2.1. Rodrigo Queiroga, relator do ABNT-CEE78 GT4 Segurança, iniciou a reunião agradecendo a presença de todos.

2.1. Rodrigo Queiroga, relator do ABNT-CEE78 GT4 Segurança, iniciou a reunião agradecendo a presença de todos. RESUMO ABNT/CEE-78 Comissão de Estudo Especial de Informática em Saúde da Informação e do Paciente RESUMO DA 3ª REUNIÃO DE 2015 DATA: 14/04/2015 INÍCIO: 8:00 TÉRMINO: 08:53 LOCAIS: Skype (rodquei) 1. PARTICIPANTES

Leia mais

ABNT/CEE-78 Comissão de Estudo Especial de Informática em Saúde GT4 Segurança da Informação e do Paciente

ABNT/CEE-78 Comissão de Estudo Especial de Informática em Saúde GT4 Segurança da Informação e do Paciente RESUMO ABNT/CEE-78 Comissão de Estudo Especial de Informática em Saúde da Informação e do Paciente RESUMO DA 5ª REUNIÃO DE 2015 DATA: 09/06/2015 INÍCIO: 8:00 TÉRMINO: 09:35 LOCAL: http://meet52658369.adobeconnect.com/abnt_cee78is_gt4/

Leia mais

Registro Eletrônico de Saúde Nacional. Establishing Governance to Support Health Information Exchange

Registro Eletrônico de Saúde Nacional. Establishing Governance to Support Health Information Exchange Registro Eletrônico de Saúde Nacional Establishing Governance to Support Health Information Exchange Médico sanitarista, formado pela UNICAMP, foi Coordenador de Informática da SMS Campinas, Conselheiro

Leia mais

RESUMO. ABNT/CEE-78 Comissão de Estudo Especial de Informática em Saúde GT4 Segurança da Informação e do Paciente

RESUMO. ABNT/CEE-78 Comissão de Estudo Especial de Informática em Saúde GT4 Segurança da Informação e do Paciente RESUMO ABNT/CEE-78 Comissão de Estudo Especial de Informática em Saúde da Informação e do Paciente RESUMO DA 6ª REUNIÃO DE 2015 DATA: 14/07/2015 INÍCIO: 8:00 TÉRMINO: 09:00 LOCAL: http://meet52658369.adobeconnect.com/abnt_cee78is_gt4/

Leia mais

PROJECTO ÂNCORA QUALIFICAÇÃO E CERTIFICAÇÃO NO SECTOR DAS TICE. Qualificação e Certificação em Gestão de Serviços de TI

PROJECTO ÂNCORA QUALIFICAÇÃO E CERTIFICAÇÃO NO SECTOR DAS TICE. Qualificação e Certificação em Gestão de Serviços de TI Pólo de Competitividade das Tecnologias de Informação, Comunicação e Electrónica TICE.PT PROJECTO ÂNCORA QUALIFICAÇÃO E CERTIFICAÇÃO NO SECTOR DAS TICE Qualificação e Certificação em Gestão de Serviços

Leia mais

O Sistema de Registro (Prontuário) Eletrônico em Saúde da AMESP SAÚDE

O Sistema de Registro (Prontuário) Eletrônico em Saúde da AMESP SAÚDE O Sistema de Registro (Prontuário) Eletrônico em Saúde da AMESP SAÚDE Lucia Beatriz de Arêa Leão Alves 1, Pedro Emerson Moreira 1, André Monteiro de Mello 2, James N. Alcantarilla 2, Ernesto Guiães Notargiacomo

Leia mais

Experiências exitosas na implantação de Registro Eletrônico de Saúde

Experiências exitosas na implantação de Registro Eletrônico de Saúde Experiências exitosas na implantação de Registro Eletrônico de Saúde Beatriz de Faria Leão Bleao Informática em Saúde Rio de Janeiro, 1 de agosto de 2012 Agenda Conceitos Padrões para a construção do RES

Leia mais

Gestão de Projectos Normalização

Gestão de Projectos Normalização Gestão de Projectos 10 razões para o uso de Normas 1. Melhora os Produtos e Serviços 2. Atrai Novos Clientes 3. Aumenta a Competitividade 4. Sugere Mais Confiança ao Negócio 5. Diminui os Erros 6. Reduz

Leia mais

Enquadramento. Uma vida em cada palavra 24-03-2015

Enquadramento. Uma vida em cada palavra 24-03-2015 Enquadramento Uma vida em cada palavra 24-03-2015 Vocabulários Controlados NECESSIDADE 24/03/2015 CTC.PT - Enquadramento Vocabulários Controlados Um dos maiores desafios para os SI na saúde é a representação

Leia mais

A normalização de Software na ABNT e na ISO

A normalização de Software na ABNT e na ISO www.abnt.org.br A normalização de Software na ABNT e na ISO Marcia Cristina de Oliveira Gerente do Processo de Normalização 2 PRINCÍPIOS DA NORMALIZAÇÃO SIMPLIFICAÇÃO ATUALIZAÇÃO CONSENSO TRANSPARÊNCIA

Leia mais

Utilização da Normalização na Regulação das Comunicações Eletrónicas

Utilização da Normalização na Regulação das Comunicações Eletrónicas Utilização da Normalização na Regulação das Comunicações Eletrónicas Segurança e Integridade de Redes e Serviços Workshop ANACOM itsmf Portugal: Normalização de TI técnicas de segurança Manuel Pedrosa

Leia mais

Prontuário Eletrônico do Paciente (PEP): Hospital sem papel (paperless) Cláudio Giulliano Alves da Costa Presidente da SBIS

Prontuário Eletrônico do Paciente (PEP): Hospital sem papel (paperless) Cláudio Giulliano Alves da Costa Presidente da SBIS Prontuário Eletrônico do Paciente (PEP): Hospital sem papel (paperless) Cláudio Giulliano Alves da Costa Presidente da SBIS 1 Contato Claudio Giulliano Alves da Costa, MD, MSc. claudio.giulliano@gmail.com

Leia mais

ISO 9001:2015 e ISO 14001:2015 versão DIS Principais alterações

ISO 9001:2015 e ISO 14001:2015 versão DIS Principais alterações ISO 9001:2015 e ISO 14001:2015 versão DIS Principais alterações Raquel Silva 02 Outubro 2014 ISO 9001:2015 e ISO 14001:2015 ISO 9001:2015 e ISO 14001:2015 PUBLICAÇÃO DIS: - Draft International Standard

Leia mais

Software product lines. Paulo Borba Informatics Center Federal University of Pernambuco

Software product lines. Paulo Borba Informatics Center Federal University of Pernambuco Software product lines Paulo Borba Informatics Center Federal University of Pernambuco Software product lines basic concepts Paulo Borba Informatics Center Federal University of Pernambuco Um produto www.usm.maine.edu

Leia mais

Conteúdo: Regulamentações de conformidade; CobiT; ITIL; Normas de Segurança da Informação (Família ISO 27000).

Conteúdo: Regulamentações de conformidade; CobiT; ITIL; Normas de Segurança da Informação (Família ISO 27000). Segurança em Redes de Computadores e Auditoria de Sistemas Emanuel Rebouças, MBA AGENDA AULA 4 & 5 Objetivo: Avaliar as melhores práticas do mercado na área de Segurança da Informação e como aplicá-las

Leia mais

Marco Legal en Brasil (Uma visão pessoal)

Marco Legal en Brasil (Uma visão pessoal) V Congreso Iberoamericano de Informática Médica Normalizada 13 y 14 de Octubre 2011 Intendencia de Montevideo Marco Legal en Brasil (Uma visão pessoal) Lincoln de Assis Moura Jr, EE, MSc, DIC, PhD Assis

Leia mais

Gestão da Continuidade de Negócios

Gestão da Continuidade de Negócios Gestão da Continuidade de Negócios Fernando José Karl, AMBCI, CISSP, CISM fernando.karl@gmail.com 12/08/11 UNISINOS 2011-2 1 Competências da Disciplina Elaborar projetos e estratégias de continuidade de

Leia mais

SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO

SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO NBR ISO/IEC 27002: 2005 (antiga NBR ISO/IEC 17799) NBR ISO/IEC 27002:2005 (Antiga NBR ISO/IEC 17799); 27002:2013. Metodologias e Melhores Práticas em SI CobiT; Prof. Me. Marcel

Leia mais

ANA SOFIA MARQUES CORREIA ANA SOFIA MARQUES CORREIA Translator since 2007 Tradutora desde 2007 PERSONAL INFORMATION INFORMAÇÃO PESSOAL...

ANA SOFIA MARQUES CORREIA ANA SOFIA MARQUES CORREIA Translator since 2007 Tradutora desde 2007 PERSONAL INFORMATION INFORMAÇÃO PESSOAL... Contents Índice PERSONAL INFORMATION INFORMAÇÃO PESSOAL... 1 ACADEMIC EDUCATION FORMAÇÃO ACADÉMICA... 1 SOFTWARE TOOLS (PC) FERRAMENTAS DE SOFTWARE (PC)... 2 SERVICES SERVIÇOS... 2 TRANSLATION EXPERIENCE

Leia mais

Information technology specialist (systems integration) Especialista em tecnologia da informação (integração de sistemas)

Information technology specialist (systems integration) Especialista em tecnologia da informação (integração de sistemas) Information technology specialist (systems integration) Especialista em tecnologia da informação (integração de sistemas) Professional activities/tasks Design and produce complex ICT systems by integrating

Leia mais

Modelo de Governança

Modelo de Governança Nome do Projeto Subproduto Responsável do Projeto / Área E-mail Desenvolvimento do Centro Nacional de Terminologia Moacyr Esteves Perche - DATASUS moacyr.perche@saude.gov.br Telefone (61) 3315-2915 Responsável

Leia mais

Padrões para a Interoperabilidade na Saúde

Padrões para a Interoperabilidade na Saúde Padrões para a Interoperabilidade na Saúde Karine Petry, Paula Marien Albrecht Lopes, Prof. Dr. rer. nat. Aldo von Wangenheim Cyclops, Universidade de Federal de Santa Catarina (UFSC), Brasil Resumo -

Leia mais

Qualidade de Software nas MPEs

Qualidade de Software nas MPEs Qualidade de Software nas MPEs Projeto VSE CE 21.007-24 ISO/IEC 29110 Very Small Entities JTC 1/ SC 7 / WG24 ISO/IEC 29110 Engenharia de Software Perfis de Ciclo de Vida para Micro-organizações ISO/IEC

Leia mais

OVERVIEW DO EAMS. Enterprise Architecture Management System 2.0

OVERVIEW DO EAMS. Enterprise Architecture Management System 2.0 OVERVIEW DO EAMS Enterprise Architecture Management System 2.0 NETWORKS @arqcorp_br #eamsrio http://arquiteturacorporativa.wordpress.com/ WE MANAGE KNOWLEDGE, WITH YOU Arquitetura Empresarial Repositório

Leia mais

CA Education Calendário de Cursos em Turmas Abertas Janeiro Junho 2007. Brasil ca.com/education 0800-121502

CA Education Calendário de Cursos em Turmas Abertas Janeiro Junho 2007. Brasil ca.com/education 0800-121502 CA Education Calendário de Cursos em Turmas Abertas Janeiro Junho 2007 Brasil ca.com/education 0800-121502 Venha Para a Fonte Preferida de Treinamento Para Software de Gerenciamento de TI e Melhores Práticas

Leia mais

SPICE e ISO 15504. Jorge H C Fernandes 2004

SPICE e ISO 15504. Jorge H C Fernandes 2004 SPICE e ISO 15504 Jorge H C Fernandes 2004 SPICE: Um Framework para a Avaliação Integrada de Processos de Software [SPICE 1] Process Identifies changes to Is examined by Process Assessment Identifies capability

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO PARA DOCENTES DO MAGISTÉRIO SUPERIOR

CONCURSO PÚBLICO PARA DOCENTES DO MAGISTÉRIO SUPERIOR SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE NÚCLEO DE TELESSAÚDE CONCURSO PÚBLICO PARA DOCENTES DO MAGISTÉRIO SUPERIOR EDITAL Nº 56 de 16 de JUNHO de 2016, publicado

Leia mais

AGENDA DE TREINAMENTO Maio a Agosto/ 2013. Joinville/ Jaraguá do Sul

AGENDA DE TREINAMENTO Maio a Agosto/ 2013. Joinville/ Jaraguá do Sul AGENDA DE TREINAMENTO Maio a Agosto/ 2013 Training Overview SAP01 SAP Overview SAPTEC Fundamentals of SAP NetWeaver Application Server Conhec. MS Office e Internet Conhec. Tecn. da Informação 3 ECC6.0

Leia mais

A Norma ISO 50.001 de Gestão da Energia. novidades e futuro

A Norma ISO 50.001 de Gestão da Energia. novidades e futuro A Norma ISO 50.001 de Gestão da Energia novidades e futuro Alberto J. Fossa ICA/Procobre São Paulo Julho - 2011 Motivação, Histórico, Justificativas O Sistema de Gestão da Energia Cenário e Perspectivas

Leia mais

EXPERIÊNCIA DE USO DE ARQUITETURA CORPORATIVA NO PROJETO DE RES

EXPERIÊNCIA DE USO DE ARQUITETURA CORPORATIVA NO PROJETO DE RES EXPERIÊNCIA DE USO DE ARQUITETURA CORPORATIVA NO PROJETO DE RES Rigoleta Dutra Mediano Dias 1, Lívia Aparecida de Oliveira Souza 2 1, 2 CASNAV, MARINHA DO BRASIL, MINISTÉRIO DA DEFESA, BRASIL Resumo: Este

Leia mais

Como incorporar conhecimento aos sistemas de registro eletrônico em saúde?

Como incorporar conhecimento aos sistemas de registro eletrônico em saúde? Como incorporar conhecimento aos sistemas de registro eletrônico em saúde? Ricardo Alfredo Quintano Neira 1, Fabiane Bizinella Nardon 1, Lincoln de Assis Moura Jr 1, Beatriz de Faria Leão 1 1, Brasil Resumo

Leia mais

SWEBOK. Guide to the Software Engineering Body Of Knowledge. Teresa Maciel tmmaciel@gmail.com DEINFO/UFRPE

SWEBOK. Guide to the Software Engineering Body Of Knowledge. Teresa Maciel tmmaciel@gmail.com DEINFO/UFRPE SWEBOK Guide to the Engineering Body Of Knowledge Teresa Maciel tmmaciel@gmail.com DEINFO/UFRPE 1 Iniciativa do IEEE (Institute of Electrical and Electronics Engineers) Computer Society. (www.ieee.org)

Leia mais

PRO201 - Integrando o Visual Studio 2005 Team Edition for Database Professional no Ciclo de Desenvolvimento de Software. Regis Gimenis - Microsoft

PRO201 - Integrando o Visual Studio 2005 Team Edition for Database Professional no Ciclo de Desenvolvimento de Software. Regis Gimenis - Microsoft PRO201 - Integrando o Visual Studio 2005 Team Edition for Database Professional no Ciclo de Desenvolvimento de Software Regis Gimenis - Microsoft 01. 02. 03. 04. 05. Introdução Visual Studio Team System

Leia mais

Glossário BiSL. Bert Pranger / Michelle Hofland 28 Maio 2012 Versão 1.0-1 -

Glossário BiSL. Bert Pranger / Michelle Hofland 28 Maio 2012 Versão 1.0-1 - Glossário BiSL Bert Pranger / Michelle Hofland 28 Maio 2012 Versão 1.0-1 - 1. Glossário de Terminologia Terminologia em Inglês Terminologia em Português BiSL processes Processos de BiSL Business data management

Leia mais

SMAD-ECG, UM SOFTWARE PARA AUXÍLIO AO DIAGNÓSTICO ATRAVÉS DE ECG E PRONTUÁRIO

SMAD-ECG, UM SOFTWARE PARA AUXÍLIO AO DIAGNÓSTICO ATRAVÉS DE ECG E PRONTUÁRIO SMAD-ECG, UM SOFTWARE PARA AUXÍLIO AO DIAGNÓSTICO ATRAVÉS DE ECG E PRONTUÁRIO Robson Pequeno de Sousa Doutor em Engenharia Elétrica. Professor do curso de Computação do CCT da Universidade Estadual da

Leia mais

Workshop Internet das Coisas

Workshop Internet das Coisas 58o. Painel TELEBRASIL Workshop Internet das Coisas Margarida Baptista BNDES Seminário IoT BNDES Visões e Perspectivas Tecnologias Habilitadoras Estratégias e Políticas de Governo Aplicações Manufatura,

Leia mais

Programas de Ensaio de Proficiência. Paulo Roberto da Fonseca Santos Chefe da Divisão de Comparações Interlaboratoriais e Ensaios de Proficiência

Programas de Ensaio de Proficiência. Paulo Roberto da Fonseca Santos Chefe da Divisão de Comparações Interlaboratoriais e Ensaios de Proficiência Programas de Ensaio de Proficiência Paulo Roberto da Fonseca Santos Chefe da Divisão de Comparações Interlaboratoriais e Ensaios de Proficiência Evolução da Organização de Ensaios de Proficiência 1984:

Leia mais

Qualidade de Software nas MPE ISO/IEC 29110

Qualidade de Software nas MPE ISO/IEC 29110 Qualidade de Software nas MPE ISO/IEC 29110 A Hipótese em 2004 Uso de normas de ES nas PMEs A indústria de Software Austrália Reunião Plenária (2004) Reconhecimento das Necessidades e Problemas + 90% das

Leia mais

IT Governance e ISO/IEC 20000. Susana Velez

IT Governance e ISO/IEC 20000. Susana Velez IT Governance e ISO/IEC 20000 Susana Velez Desafios de TI Manter TI disponível Entregar valor aos clientes Gerir os custos de TI Gerir a complexidade Alinhar TI com o negócio Garantir conformidade com

Leia mais

Workshop sobre ''Normalização de TI - técnicas de segurança''

Workshop sobre ''Normalização de TI - técnicas de segurança'' Workshop sobre ''Normalização de TI - técnicas de segurança'' Apresentação do itsmf e reativação da CT 163 Mário Lavado Presidente ONS TIC - itsmf 19-12-2012 Agenda Apresentação do itsmf Portugal Apresentação

Leia mais

Aplicação de Padrões em um Sistema de Gerenciamento de Dados para uma UTI Neonatal

Aplicação de Padrões em um Sistema de Gerenciamento de Dados para uma UTI Neonatal Aplicação de Padrões em um Sistema de Gerenciamento de Dados para uma UTI Neonatal Adriano J. Holanda 1, Luiz A. Bailão 2, Ivan T. Pisa 3, Evandro E. S. Ruiz 1 1 Grupo de Computação de Imagens Médicas

Leia mais

CMDB no ITIL v3. Miguel Mira da Silva. mms@ist.utl.pt 919.671.425

CMDB no ITIL v3. Miguel Mira da Silva. mms@ist.utl.pt 919.671.425 CMDB no ITIL v3 Miguel Mira da Silva mms@ist.utl.pt 919.671.425 1 CMDB v2 Configuration Management IT components and the services provided with them are known as CI (Configuration Items) Hardware, software,

Leia mais

Diogo Assunção HP C&I Lead Solution Consultant - Healthcare. Gestão Integrada do Processo Clínico

Diogo Assunção HP C&I Lead Solution Consultant - Healthcare. Gestão Integrada do Processo Clínico Diogo Assunção HP C&I Lead Solution Consultant - Healthcare Gestão Integrada do Processo Clínico A HP na Saúde O que a HP faz Technology for better business outcomes A nossa proposta de valor Fornecer

Leia mais

Transmissão Electrónica de Reacções Adversas a Medicamentos Conceitos BásicosB

Transmissão Electrónica de Reacções Adversas a Medicamentos Conceitos BásicosB Transmissão Electrónica de Reacções Adversas a Medicamentos Conceitos BásicosB Direcção de Gestão do Risco de Medicamentos INFARMED, I.P. Ana Araújo Manhã Informativa Transmissão Electrónica de RAM e Relatórios

Leia mais

Picture, Archiving and Communication System. Ramon A. Moreno

Picture, Archiving and Communication System. Ramon A. Moreno Picture, Archiving and Communication System Ramon A. Moreno Introdução O que é PACS? O que é RIS? O que é HIS? Como esses sistemas se integram? O que é HL7? O que é DICOM? O que é IHE? O que é PACS PACS

Leia mais

Aspectos do Prontuário Eletrônico. Lincoln de Assis Moura Jr., MSc, DIC, PhD lincoln.moura@zilics.com.br +55 11 8426-6276

Aspectos do Prontuário Eletrônico. Lincoln de Assis Moura Jr., MSc, DIC, PhD lincoln.moura@zilics.com.br +55 11 8426-6276 Aspectos do Prontuário Eletrônico Lincoln de Assis Moura Jr., MSc, DIC, PhD lincoln.moura@zilics.com.br +55 11 8426-6276 Sumário Complexidade da Informação em Saúde Declaração de Convicção Aspectos Éticos

Leia mais

XIII Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação - XIII ENANCIB 2012 GT 11: Informação e Saúde

XIII Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação - XIII ENANCIB 2012 GT 11: Informação e Saúde XIII Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação - XIII ENANCIB 2012 GT 11: Informação e Saúde CRIAÇÃO DE UM MODELO DE INTERFACE EXTENSÍVEL PARA SISTEMAS DE REGISTRO ELETRÔNICO DE SAÚDE Modalidade

Leia mais

Comparação das normas ISO 9001 e ISO 20000

Comparação das normas ISO 9001 e ISO 20000 Comparação das normas ISO 9001 e ISO 20000 1 Whoi am RESUME OF THE PRESENTER Coordenador de processos de Certificação na APCER Auditor ISO 9001 / ISO 27001 / ISO 20000 / SA 8000 Assessor Qweb e IQNET 9004

Leia mais

Codificando Arquétipos em linguagem ADL com base no modelo de referência da norma ISO 13606

Codificando Arquétipos em linguagem ADL com base no modelo de referência da norma ISO 13606 Codificando Arquétipos em linguagem ADL com base no modelo de referência da norma ISO 13606 Marcelo R. Santos 1, Marcello Peixoto Bax 1, Christiano Peçanha 1 1 Escola de Ciência da Informação Universidade

Leia mais

A perspectiva e atuação da ANS no desenvolvimento de padrões no Brasil. Jussara M P Rötzsch ANS/DIDES/GGSUS

A perspectiva e atuação da ANS no desenvolvimento de padrões no Brasil. Jussara M P Rötzsch ANS/DIDES/GGSUS A perspectiva e atuação da ANS no desenvolvimento de padrões no Brasil Jussara M P Rötzsch ANS/DIDES/GGSUS Avanços (tecnológico e científico) na Saúde Maior conhecimento sobre os determinantes de saúde

Leia mais

Uma introdução sobre Frameworks de Desenvolvimento

Uma introdução sobre Frameworks de Desenvolvimento Uma introdução sobre Frameworks de Desenvolvimento Waldemir Cambiucci Arquiteto de Soluções Microsoft Brasil twitter.com/wcamb ogs.msdn.com/wcamb 1 Agenda Ferramentas de produtividade Questões sobre frameworks

Leia mais

Sobre o Palestrante. paulo.borges@segurti.pt SEGURTI

Sobre o Palestrante. paulo.borges@segurti.pt SEGURTI Bem-vindos! Sobre o Palestrante BSI ISO/IEC Accredited ISMS Implementer BSI ISO/IEC 27001 Lead Auditor PECB ISO/IEC 22301 Lead Auditor PECB ISO/IEC 20000 Lead Auditor Auditor do Gabinete Nacional de Segurança

Leia mais

Introdução à Segurança da Informação. Prof. Marcos Argachoy

Introdução à Segurança da Informação. Prof. Marcos Argachoy Introdução à Segurança da Informação ISO/IEC 27000 Prof. Marcos Argachoy Conceitos Segurança é a minimização do risco associado às atividades de computação, incluindo a interconexão entre computadores

Leia mais

The Secure Cloud. Gerir o risco e entregar valor num mundo virtual. C l o u d C o m p u t i n g F ó r u m 2 0 11 S e t e m b r o 2 0 11

The Secure Cloud. Gerir o risco e entregar valor num mundo virtual. C l o u d C o m p u t i n g F ó r u m 2 0 11 S e t e m b r o 2 0 11 The Secure Cloud Gerir o risco e entregar valor num mundo virtual C l o u d C o m p u t i n g F ó r u m 2 0 11 S e t e m b r o 2 0 11 Agenda Novas dimensões de governo e gestão do SI Entender e endereçar

Leia mais

Eliminação do Papel em Saúde

Eliminação do Papel em Saúde Eliminação do Papel em Saúde Luis Gustavo Kiatake kiatake@evaltec.com.br Coordenador GT Segurança do Comitê Informática em Saúde ABNT Representante ABNT TC-215 Health Informatics ISO Membro titular da

Leia mais

efagundes com GOVERNANÇA DE TIC Eduardo Mayer Fagundes Aula 3/4

efagundes com GOVERNANÇA DE TIC Eduardo Mayer Fagundes Aula 3/4 GOVERNANÇA DE TIC Eduardo Mayer Fagundes Aula 3/4 1 CobIT Modelo abrangente aplicável para a auditoria e controle de processo de TI, desde o planejamento da tecnologia até a monitoração e auditoria de

Leia mais

CALENDÁRIO DE FORMAÇÃO MICROSOFT > 2º Semestre 2010

CALENDÁRIO DE FORMAÇÃO MICROSOFT > 2º Semestre 2010 CURSOS IT PROFESSIONAL Horas Dias Jul Ago Set Out Nov Dez Exame Certificação Valor Microsoft Windows XP M2261 - Supporting Users Running the MS Windows XP OS 21 3 5 7 1..3 70-271 MCP+MCDST 1 800 USD M2262

Leia mais

Governança em TI e os objetivos estratégicos da organização

Governança em TI e os objetivos estratégicos da organização Governança em TI e os objetivos estratégicos da organização A otimização dos investimentos em TI, a importância do uso do modelo CobiT, adotado mundialmente em IT Governance Um painel sobre as certificações

Leia mais

Governança de TI: Aspectos Gerenciais

Governança de TI: Aspectos Gerenciais Governança de TI: Aspectos Gerenciais Governança de TI: Aspectos Gerenciais 1 Governança de TI: Aspectos Gerenciais Governança de TI: Aspectos Gerenciais Governança é a forma como a estrutura organizacionalestá

Leia mais

Fase 1: Engenharia de Produto

Fase 1: Engenharia de Produto Fase 1: Engenharia de Produto Disciplina: Análise de Requisitos DURAÇÃO: 44 h O objetivo principal da disciplina é realizar uma análise das necessidades e produzir um escopo do produto. Representará os

Leia mais

SIMOS (IMPLEMENTING CISCO SECURE MOBILITY) 1.0

SIMOS (IMPLEMENTING CISCO SECURE MOBILITY) 1.0 SIMOS (IMPLEMENTING CISCO SECURE MOBILITY) 1.0 Objetivo Implementing Cisco Secure Mobility Solutions (SIMOS) v1.0 é um treinamento que faz parte da grade de certificação CCNP Security. Este curso visa

Leia mais

Segurança de Redes. Introdução

Segurança de Redes. Introdução Segurança de Redes Introdução Prof. Rodrigo Rocha prof.rodrigorocha@yahoo.com Prof. Rodrigo Rocha prof.rodrigorocha@yahoo.com Apresentação Ementa Conceitos de Segurança. Segurança de Dados, Informações

Leia mais

SAP BASIS O curso completo abrange dois módulos:

SAP BASIS O curso completo abrange dois módulos: SAP BASIS O curso completo abrange dois módulos: - SAP FOUNDATIONS (40 horas EAD) - BASIS (40 horas presenciais), tendo como pré requisito o módulo SAP FOUNDATIONS * Conteúdo Módulo SAP FOUNDATIONS (40

Leia mais

Radiologia na Nuvem: O que é e como impactará sua organização?

Radiologia na Nuvem: O que é e como impactará sua organização? Radiologia na Nuvem: O que é e como impactará sua organização? www.dicomgrid.com.br Dr Roberto Caldeira Cury Doutor em Ciências pela FMUSP Sócio da Dicom Grid Brasil Março de 2014 Radiologia na Nuvem Definição

Leia mais

MODELOS DE MELHORES GOVERNANÇA DE T.I. PRÁTICAS DA. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza

MODELOS DE MELHORES GOVERNANÇA DE T.I. PRÁTICAS DA. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza MODELOS DE MELHORES PRÁTICAS DA GOVERNANÇA DE T.I. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza MELHORES PRÁTICAS PARA T.I. MODELO DE MELHORES PRÁTICAS COBIT Control Objectives for Information

Leia mais

Digital Cartographic Generalization for Database of Cadastral Maps

Digital Cartographic Generalization for Database of Cadastral Maps Mariane Alves Dal Santo marianedalsanto@udesc.br Francisco Henrique de Oliveira chicoliver@yahoo.com.br Carlos Loch cloch@ecv.ufsc.br Laboratório de Geoprocessamento GeoLab Universidade do Estado de Santa

Leia mais

SAP Forum 2011. O.mização da operação de ambientes SAP em cenários de processamento crí.co

SAP Forum 2011. O.mização da operação de ambientes SAP em cenários de processamento crí.co SAP Forum 2011 O.mização da operação de ambientes SAP em cenários de processamento crí.co Avelor Tecnologia da Informação www.avelor.com.br F: (11) 5102-2040 Agenda 1. Avelor - Descri;vo do Negócio 2.

Leia mais

Requisitos de um Registro Eletrônico de Saúde Ubíquo *

Requisitos de um Registro Eletrônico de Saúde Ubíquo * Requisitos de um Registro Eletrônico de Saúde Ubíquo * Caroline F. Vicentini 1, Alencar Machado 1, Iara Augustin 1 1 Mestrado em Computação Programa de Pós Graduação em Informática Universidade Federal

Leia mais

Cigré/Brasil. CE B5 Proteção e Automação. Seminário Interno de Preparação para o Colóquio do SC B5 2009

Cigré/Brasil. CE B5 Proteção e Automação. Seminário Interno de Preparação para o Colóquio do SC B5 2009 Cigré/Brasil CE B5 Proteção e Automação Seminário Interno de Preparação para o Colóquio do SC B5 2009 Rio de Janeiro, 15-16 de setembro de 2009 Dados do Artigo Número: PS1 107 Título: Client Conformance

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO PARA O ACORDO QUADRO DE LICENCIAMENTO DE SOFTWARE E SERVIÇOS CONEXOS

CONCURSO PÚBLICO PARA O ACORDO QUADRO DE LICENCIAMENTO DE SOFTWARE E SERVIÇOS CONEXOS CONCURSO PÚBLICO PARA O ACORDO QUADRO DE LICENCIAMENTO DE SOFTWARE E SERVIÇOS CONEXOS ATA N.º 3 DO JÚRI Ata n.º 3 Nos dias 11, 12 e 13 de novembro reuniu, na Entidade de Serviços Partilhados da Administração

Leia mais

A segurança de informação é um tema cada vez mais atual nas organizações.

A segurança de informação é um tema cada vez mais atual nas organizações. Pós Graduação em Information Security Gestão - Pós-Graduações Com certificação Nível: Duração: 180h Sobre o curso A segurança de informação é um tema cada vez mais atual nas organizações. A competitividade

Leia mais

NORMAS E LEGISLAÇÃO NO BRASIL. Leis, medidas provisórias e decretos:

NORMAS E LEGISLAÇÃO NO BRASIL. Leis, medidas provisórias e decretos: NORMAS E LEGISLAÇÃO NO BRASIL Leis, medidas provisórias e decretos: Lei nº 5.433, de 8 de maio de 1968. Regula a microfilmagem de documentos oficiais e dá outras providências. Diário Oficial da República

Leia mais

Fernando Alvim Diório Coordenador do SGT ABNT Brasil

Fernando Alvim Diório Coordenador do SGT ABNT Brasil Fernando Alvim Diório Coordenador do SGT ABNT Brasil 19 a 21 de outubre de 2009 Hotel Transamérica São Paulo BRASIL PADRÕES PARA PROTOCOLO DE COMUNICAÇÃO. Agenda Histórico Objetivos Aplicações Nova proposta

Leia mais

Transformação da Indústria

Transformação da Indústria Conceitos Transformação da Indústria Hoje Cloud Anos 2000 Web Anos 1990 Cliente / Servidor Anos 1970 e 80 Mainframe Novas possibilidades O momento atual do país é favorável para que as empresas passem

Leia mais

Calendarização Cursos Microsoft Exclusivos para a ACSS

Calendarização Cursos Microsoft Exclusivos para a ACSS Calendarização Cursos Microsoft Exclusivos para a ACSS Curso Datas Lisboa Datas Porto Datas Coimbra Workshop SharePoint 2007 Developer Planning, Deploying and Managing Microsoft System Center Configuration

Leia mais

Fundação openehr http://www.openehr.org CMed, Site Institucional - demo.communimed.com.br

Fundação openehr http://www.openehr.org CMed, Site Institucional - demo.communimed.com.br XIII Encontro Nacional de Pesquisa em C. da Informação - XIII ENANCIB 2012 GT 11: Informação e Saúde MODELAGEM ONTOLÓGICA DE SISTEMAS DE REGISTRO ELETRÔNICO DE SAÚDE Modalidade de apresentação: Pôster

Leia mais

Ontology Patterns e Ontology Pattern Languages

Ontology Patterns e Ontology Pattern Languages Ontology Patterns e Ontology Pattern Languages Ricardo de Almeida Falbo Ontologias para Engenharia de Software Departamento de Informática Universidade Federal do Espírito Santo Agenda Ontology Patterns

Leia mais

Universidade da Beira Interior

Universidade da Beira Interior Universidade da Beira Interior Departamento de Informática Unidade Curricular Generalidades sobre Serviços de Comunicação na Internet Licenciatura em Tecnologias e Sistemas de Informação Cap. 1 - Sumário

Leia mais

Sistemas de Gestão de Arquivos

Sistemas de Gestão de Arquivos Sistemas de Gestão de Arquivos de acordo com o MoReq2010 Ricardo Vieira (rjcv@tecnico.ulisboa.pt) 6/14/2014 Workshop BAD - Sistemas de Gestão de Arquivos 1 De acordo com a ISO 15489 (NP4438) Terminologia

Leia mais

Definição do Modelo de Processo

Definição do Modelo de Processo Definição do Modelo de Processo 1. Introdução 1.1. Finalidade Mapear práticas sugeridas (i) pelo Padrão para Gestão de Portfólio do PMI, (ii) pelo Modelo de Referência do MPS.BR e (iii) pela Norma ISO/IEC

Leia mais

ISO 14001:2015 SAIBA O QUE MUDA NA NOVA VERSÃO DA NORMA

ISO 14001:2015 SAIBA O QUE MUDA NA NOVA VERSÃO DA NORMA ISO 14001:2015 SAIBA O QUE MUDA NA NOVA VERSÃO DA NORMA SUMÁRIO Apresentação ISO 14001 Sistema de Gestão Ambiental Nova ISO 14001 Principais alterações e mudanças na prática Estrutura de alto nível Contexto

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS FACULDADE DE ENGENHARIA ELÉTRICA E DE COMPUTAÇÃO

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS FACULDADE DE ENGENHARIA ELÉTRICA E DE COMPUTAÇÃO UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS FACULDADE DE ENGENHARIA ELÉTRICA E DE COMPUTAÇÃO Investigação de Estratégias de Mitigação de Riscos para a Segurança do Paciente Associados aos Sistemas de Registro Eletrônico

Leia mais

Worldwide Enterprise Support Services

Worldwide Enterprise Support Services Worldwide Enterprise Support Services Agenda O Suporte Premier Suporte Preventivo Resolução de Problemas Relacionamento com a Microsoft Suporte Consultivo O Suporte Premier Apoio ao cliente na prevenção

Leia mais

Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação. Sistemas de Informação no SUS Informação para Gestão

Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação. Sistemas de Informação no SUS Informação para Gestão Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação Sistemas de Informação no SUS Informação para Gestão Contato Cláudio Giulliano Alves da Costa, MD, MSc. Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo Assessoria

Leia mais

Sistemas Informáticos Cisco Certified Networking Academy (v5.0)

Sistemas Informáticos Cisco Certified Networking Academy (v5.0) Sistemas Informáticos Cisco Certified Networking Academy (v5.0) Enquadramento Geral Objetivos do Percurso Dotar os formandos de conhecimentos iniciais de Routing e Switching Preparar para os exames de

Leia mais

TECHNICAL SPECIFICATION CORRELATION OF BRAZILIAN AND INTERNATIONAL STANDARDS

TECHNICAL SPECIFICATION CORRELATION OF BRAZILIAN AND INTERNATIONAL STANDARDS TECHNICAL SPECIFICATION CORRELATION OF BRAZILIAN AND INTERNATIONAL STANDARDS ET-DD-022/2010 Pág. 1 de 5 1. OBJECTIVE 1.1. Establishment of correlation between the Brazilian Technical Standards (ABNT) and

Leia mais

ISO/IEC 20000 DOIS CASOS DE SUCESSO DE CLIENTES QUALIWORK

ISO/IEC 20000 DOIS CASOS DE SUCESSO DE CLIENTES QUALIWORK ISO/IEC 20000 DOIS CASOS DE SUCESSO DE CLIENTES QUALIWORK A Norma ISO/IEC 20000:2011 Information technology Service management Part 1: Service management system requirements é uma Norma de Qualidade que

Leia mais

A Importância da Certificação em Cloud Computing

A Importância da Certificação em Cloud Computing Marcelo Sávio Arquiteto de TI IBM Brasil A Importância da Certificação em Cloud Computing 1 100 Anos IBM: 100 Anos (1911-2011) E a demanda por TI só cresce... Exabytes 1,800 1,600 1,400 1,200 1,000 800

Leia mais

Protective circuitry, protective measures, building mains feed, lighting and intercom systems

Protective circuitry, protective measures, building mains feed, lighting and intercom systems Tecnologia de instalações electrónicas Training systems / trainers for electrical wiring/building management systems: Protective circuitry, protective measures, building mains feed, lighting and intercom

Leia mais

Road Show BPM Uma questão de método

Road Show BPM Uma questão de método Road Show BPM Uma questão de método Guilherme Vissotto Consulting Business Development Manager Brasil Outubro, 2013 Fundamentos da abordagem da Oracle OFRA Arquitetura de Referência BPM Foundation contém

Leia mais

Prontuário Eletrônico em MT - estado atual relacionado às exigências do CFM. Cláudio de Souza Corregedor do CRMMG

Prontuário Eletrônico em MT - estado atual relacionado às exigências do CFM. Cláudio de Souza Corregedor do CRMMG Prontuário Eletrônico em MT - estado atual relacionado às exigências do CFM Cláudio de Souza Corregedor do CRMMG Prontuário médico É um documento único constituído de um conjunto de informações, sinais

Leia mais

egovernment The Endless Frontier

egovernment The Endless Frontier CENTRO DE GESTÃO DA REDE INFORMÁTICA DO GOVERNO (Management Center for the Electronic Government Network) egovernment The Endless Frontier Alexandre Caldas 29 th June 2010 Summary VISION AND LEADERSHIP

Leia mais

Projeto Básico para Contratação da Associação do Brasil ao IHTSDO

Projeto Básico para Contratação da Associação do Brasil ao IHTSDO Nome do Projeto Subproduto Responsável do Projeto / Área E-mail Desenvolvimento do Centro Nacional de Terminologia Moacyr Esteves Perche - DATASUS moacyr.perche@saude.gov.br Telefone (61) 3315-2915 Responsável

Leia mais

Engenharia de Ontologias Seminário UPON

Engenharia de Ontologias Seminário UPON Engenharia de Ontologias Seminário UPON Núcleo de Estudos em Modelagem Conceitual e Ontologias Bruno Nandolpho Machado Vinícius Soares Fonseca Professor: Ricardo de Almeida Falbo Agenda RUP Método UPON

Leia mais