CARTILHA DE PROMOÇÃO DA SAÚDE DOS PROFISSIONAIS DA VOZ E DA AUDIÇÃO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CARTILHA DE PROMOÇÃO DA SAÚDE DOS PROFISSIONAIS DA VOZ E DA AUDIÇÃO"

Transcrição

1 Superintendência de Saúde Segurança e Ambiente do Trabalho CARTILHA DE PROMOÇÃO DA SAÚDE DOS PROFISSIONAIS DA VOZ E DA AUDIÇÃO - Saúde Vocal - Ginástica Compensatória - Saúde Auditiva SINTTEL-Rio

2 CARTILHA DE PROMOÇÃO DA SAÚDE DOS EDITORIAL DO SECRETÁRIO Em 2006, trabalhadores se aposentaram por invalidez decorrente de acidentes de trabalho ou doenças profissionais. Não há como pensar políticas públicas de geração de emprego e renda, sem ações integradas de saúde, segurança e ambiente de trabalho. Há provas claras de que uma força de trabalho saudável aumenta a produtividade e beneficia tanto as empresas como as economias, mediante a redução do número de acidentes e doenças relacionadas ao trabalho. Segundo a Organização Internacional do Trabalho, esses acidentes provocam perdas econômicas equivalentes a 4% do PIB mundial, ou seja, um ônus de US$ 1,25 bilhão. Dados da última Rais (Relação Anual de Informações Sociais), pesquisa do Ministério do Trabalho e emprego, divulgada em 2006, apontam que cerca de trabalhadores se aposentaram por invalidez decorrente de acidentes de trabalho ou doenças profissionais. Portanto, implantar a cultura de prevenção de acidentes é compreender que a preocupação com o bem-estar dos atores que movem as esferas socioeconômicas influencia diretamente no bom desemprenho do estado. Principalmente, para o trabalhador que tem no seu corpo o instrumento para o efetivo exercício de sua profissão. Com esse objetivo, a Secretaria Estadual de Trabalho e Renda, através da Superintendência de Saúde, Segurança e Ambiente do Trabalho, está lançando essa cartilha. O informativo é parte integrante do protocolo assinado com o Sindicato dos Trabalhadores de Telecomunicações (Sinttel/RJ), Instituto Ramazzini e o Sindicato de Fonoaudiologia SINFERJ, cuja proposta é a conscientização e a prevenção dos riscos para os profissionais que tem a voz e a audição como instrumento de trabalho, respeitando as Nrs 7, 9 e 17. Atualmente, estima-se que 25% da população economicamente ativa têm a voz e audição como instrumento de trabalho, sendo que, no estado do Rio de Janeiro, 90% desses profissionais têm algum problema ligado ao seu instrumento de trabalho. A proposta da cartilha é iniciar uma ações preventiva vinculada com políticas de saúde, segurança e ambiente do trabalho para ese grupo de profissionais. Ronald Ázaro Secretário de Estado de Trabalho e Renda 02

3 CARTILHA DE PROMOÇÃO DA SAÚDE DOS SAÚDE VOCAL Cuide bem da sua voz Ela é seu instrumento de trabalho. 03

4 CARTILHA DE PROMO ÇÃO DA SAÚDE DOS AMBIENTE SAÚDE VOCAL Cuidados com a voz Beba água em pequenos goles durante a jornada de trabalho. X X X Poupe a voz! Evite falar em ambientes ruidosos. Não grite! Isso agride as cordas vocais Não tome café muito quente ou água muito gelada. Não fume! X Pastilhas e sprays não melhoram a voz. Procure ajuda! Consulte um fonoaudiólogo. 04

5 CARTILHA DE PROMO ÇÃO DA SAÚDE DOS VOCÊ CUIDA DA SUA VOZ? Responda (F) para falso e (V) para verdadeiro. Sente cansaço ou ardência na garganta após um dia de trabalho? Sua voz parece mais grave ou aguda que o habitual? Você acha que não consegue cantar tão bem como cantava antes? Sua voz vai diminuindo de volume durante o dia e no final da jornada de trabalho, fica bem menos audível? Você fica rouco(a) quando abusa da voz? Sente necessidade de pigarrear? Tem falhas (quebras) de voz? Sua voz diminui no final das frases? Você acha que precisa procurar um fonoaudiólogo mas vive adiando? Fonte: Folder EDUCANDO A VOZ VOCÊ ENSINA MELHOR SINPRO-RIO / 05

6 CARTILHA DE PROMOÇÃO DA SAÚDE DOS GINÁSTICA COMPENSATÓRIA Melhorar a qualidade de vida e conseqüentemente, a produtividade. 06

7 CARTILHA DE PROMOÇÃO DA SAÚDE DOS GINÁSTICA COMPENSATÓRIA Realizada durante a jornada de trabalho, com duração aproximadamente de 5 a 10 minutos, com pausa ativa, compensando posturas inadequadas e esforços repetitivos, exigidos em funções operacionais, minimizando desconfortos musculares. São aplicados exercícios de alongamento, descontração e soltura. A Ginástica Compensatória é indicada para tarefas repetitivas, de muita concentração e pressão

8 CARTILHA DE PROMOÇÃO DA SAÚDE DOS POSTURA Fortaleça a musculatura e dê suporte a postura ideal. 08

9 CARTILHA DE PROMOÇÃO DA SAÚDE DOS CUIDADOS COM A POSTURA Se preocupar com a postura é uma atitude que promove a saúde, mantém o bem-estar e ajuda a combater muitas lesões posturais. A má postura leva inicialmente a dor e depois a uma deformidade que pode tornar-se irreversível, se não for tratada. PREVENÇÃO TRATAMENTO Vale chamar a atenção para a postura ao andar ou ficar de pé. A dica é permanecer com a barriga rígida e suspender a cabeça para o alto, mantendo o queixo afastado do peito. Se preocupar com a postura é uma atitude que promove Saúde e mantém Bem-estar O Fisioterapeuta é o profissional capacitado para tratar da dor nas costas. O tratamento consiste não só em uma avaliação postural do paciente, como também o alívio da dor por meio de recursos físicos como manipulações, alongamentos, exercícios, massagem, calor, eletroterapia, crioterapia, biofeedback entre outros, e através de um histórico fornecido pelo paciente para determinar quais os fatores mecânicos que estão provocando a dor. Fonte: Artigo Cuidados com a postura 09

10 CARTILHA DE PROMOÇÃO DA SAÚDE DOS SAÚDE AUDITIVA Tome os cuidados necessários para a conservação de uma boa saúde auditiva. 10

11 CARTILHA DE PROMO ÇÃO DA SAÚDE DOS SAÚDE AUDITIVA INFORMAÇÕES E FORMAS DE PREVENÇÃO Além da irritabilidade, a poluição sonora ainda pode provocar problemas de pressão, depressão e labirintite. LIMIAR DA AUDIÇÃO (db) DECOLAGEM DE AVIÃO LIMIAR DA DOR MARTELO PNEUMÁTICO BANDA DE ROCK MÚSICA COM FONE TRÂNSITO INTENSO ESCRITÓRIO CONVERSA NORMAL BIBLIOTECA QUARTO DE DORMIR BRISA DA FLORESTA PRIMEIROS SINAIS DE ALGUM PROBLEMA AUDITIVO -Dificuldade de entender fonemas; -Zumbidos no ouvido; -Sensação de ouvido tampado. FORMAS DE PREVENÇÃO -Evitar ambientes barulhentos; -Fone de ouvido com som excessivo; -Não ficar perto de caixas de som em shows; -Usar protetor ao trabalhar em locais barulhentos. 11

12 CARTILHA DE PROMO ÇÃO DA SAÚDE DOS RUÍDO 3ª MAIOR CAUSA DE DOENÇAS NO TRABALHO O ruído excessivo nos locais de trabalho atinge 80% dos trabalhadores. Esse barulho vai fazendo com que você escute menos lentamente, sem perceber. Essa inimiga do trabalhador se chama perda de audição por ruído ocupacional, e NÃO TEM CURA! Não espere o problema acontecer. A PREVENÇÃO É TUDO! por isso use o equipamento de proteção individual e contribua para combater a origem e as causas do ruído, procurando a Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA) de sua empresa. Informe-se sobre o Programa de Conservação Auditiva. EXAME RÁPIDO Faça o exame de audiometria abaixo, é um teste de audição que não doi e vai poder avaliar se você tem ou não alguma perda auditiva. Responda F (para falso) ou V (para verdadeiro). ( ) ( ) ( ) ( ) Trabalha em local com ruído? Tem ou sente barulho nos ouvidos ou na cabeça? Você tem dificuldades para entender conversas? Sente dores de ouvidos constantemente? Fonte: Folder Semana Nacional de Prevenção a Surdez SINFERJ A proteção individual ajuda a combater a origem e as causas de ruído. PROTEÇÃO É TUDO! 12

13 CONTATOS SETRAB - Superintendência de Saúde, Segurança e Ambiente de Trabalho Av. General Justo, Sala 707 CEP Castelo - Rio de Janeiro / RJ (21) / Fax SINFERJ - SINDICATO DOS FONOAUDIÓLOGOS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Rua senador Dantas, 20 - Sala 401 CEP Cinelândia - Rio de Janeiro / RJ (21) / Fax SINTTEL RIO - SINDICATO DOS TRABALHADORES EM EMPRESAS TELEFÔNICAS DO RIO DE JANEIRO Rua morais e Silva, 94 CEP Maracanã - Rio de Janeiro / RJ (21) / Fax

FORTALECENDO SABERES EDUCAÇÃO FÍSICA DINÂMICA LOCAL INTERATIVA CONTEÚDO E HABILIDADES DESAFIO DO DIA. Aula 3.1 Conteúdo: Atividade física preventiva.

FORTALECENDO SABERES EDUCAÇÃO FÍSICA DINÂMICA LOCAL INTERATIVA CONTEÚDO E HABILIDADES DESAFIO DO DIA. Aula 3.1 Conteúdo: Atividade física preventiva. CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA Aula 3.1 Conteúdo: Atividade física preventiva. 2 CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA Habilidades: Entender os benefícios

Leia mais

Orientações e Dicas para a Saúde Vocal do Docente

Orientações e Dicas para a Saúde Vocal do Docente Orientações e Dicas para a Saúde Vocal do Docente Prezado (a) Professor (a), A sua voz é um instrumento indispensável para o seu trabalho; por isso, atenção e cuidados especiais devem ser dados a ela.

Leia mais

Programa de Ginástica Laboral

Programa de Ginástica Laboral Programa de Ginástica Laboral 1. IDENTIFICAÇÃO Nome: Programa de Ginástica Laboral (PGL) Promoção e Organização: Centro de Educação Física, Esportes e Recreação Coordenadoria do Campus de Ribeirão Preto.

Leia mais

PERDA AUDITIVA INDUZIDA POR RUIDO PAIR. Ana Cláudia F.B. Moreira Fonoaudióloga

PERDA AUDITIVA INDUZIDA POR RUIDO PAIR. Ana Cláudia F.B. Moreira Fonoaudióloga PERDA AUDITIVA INDUZIDA POR RUIDO PAIR Ana Cláudia F.B. Moreira Fonoaudióloga O QUE É? A Perda Auditiva Induzida por Ruído (PAIR), relacionada ao trabalho, é uma diminuição gradual da acuidade auditiva

Leia mais

PERDA AUDITIVA INDUZIDA POR RUIDO PAIR. Ana Cláudia F. B. Moreira

PERDA AUDITIVA INDUZIDA POR RUIDO PAIR. Ana Cláudia F. B. Moreira PERDA AUDITIVA INDUZIDA POR RUIDO PAIR Ana Cláudia F. B. Moreira O QUE É? A Perda Auditiva Induzida por Ruído (PAIR), relacionada ao trabalho, é uma diminuição gradual da acuidade auditiva decorrente da

Leia mais

Escolha sua melhor opção e estude para concursos sem gastar nada

Escolha sua melhor opção e estude para concursos sem gastar nada Escolha sua melhor opção e estude para concursos sem gastar nada wwwconcurseirosocialnet PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA Questões numeradas de 01 a 15 INSTRUÇÃO: Leia, com atenção, o texto abaixo e responda

Leia mais

LANÇAMENTO. Placo Phonique. Solução acústica para seu conforto e tranquilidade.

LANÇAMENTO. Placo Phonique. Solução acústica para seu conforto e tranquilidade. LANÇAMENTO Placo Phonique Solução acústica para seu conforto e tranquilidade. Ssshhh... o silêncio é ouro. O excesso de ruído é uma das principais queixas das pessoas num ambiente. Os ruídos, além de incomodarem,

Leia mais

SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO. Prevenção das Lesões por Esforços Repetitivos L E R

SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO. Prevenção das Lesões por Esforços Repetitivos L E R SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO Prevenção das Lesões por Esforços Repetitivos L E R O QUE SÃO AS LESÕES POR ESFORÇOS REPETITIVOS LER são doenças do trabalho provocadas pelo uso inadequado e excessivo do

Leia mais

GINÁSTICA LABORAL OUTRAS DENOMINAÇÕES

GINÁSTICA LABORAL OUTRAS DENOMINAÇÕES GINÁSTICA LABORAL GYMNASTIKÉ = Arte de exercitar o corpo LABOR = Trabalho OUTRAS DENOMINAÇÕES - Ginástica Ocupacional - Cinesioterapia Laboral - Ginástica do trabalho Sua prática é responsável pela redução

Leia mais

TRABALHADOR NA APLICAÇÃO DE AGROTÓXICOS

TRABALHADOR NA APLICAÇÃO DE AGROTÓXICOS TRABALHADOR NA APLICAÇÃO DE AGROTÓXICOS CONSELHO DELIBERATIVO DO SENAR Presidente do Conselho Deliberativo João Martins da Silva Júnior Secretário Executivo Daniel Klüppel Carrara Chefe do Departamento

Leia mais

Treinamento de Prot. Auditiva. Treinamento aos usuários de protetores auriculares

Treinamento de Prot. Auditiva. Treinamento aos usuários de protetores auriculares Treinamento de Prot. Auditiva Treinamento aos usuários de protetores auriculares 1 Objetivo Reconhecer o agente físico ruído Conhecer os efeitos à saúde causado por exposição ao ruído Conhecer os tipos

Leia mais

LER/DORT. www.cpsol.com.br

LER/DORT. www.cpsol.com.br LER/DORT Prevenção através s da ergonomia DEFINIÇÃO LER: Lesões por Esforços Repetitivos; DORT: Doenças Osteomusculares Relacionadas ao Trabalho; São doenças provocadas pelo uso inadequado e excessivo

Leia mais

Dicas para Professores:

Dicas para Professores: O que fazer: > Falar em tons médios. > Hidratar bem o organismo (entre seis e oito copos de água por dia). > Evitar excessos alimentares antes de usar a voz profissionalmente > Evitar os choques térmicos.

Leia mais

AS VARIAÇÕES DE EXERCÍCIOS FÍSICOS APLICADOS NAS SESSÕES DE GINÁSTICA LABORAL

AS VARIAÇÕES DE EXERCÍCIOS FÍSICOS APLICADOS NAS SESSÕES DE GINÁSTICA LABORAL AS VARIAÇÕES DE EXERCÍCIOS FÍSICOS APLICADOS NAS SESSÕES DE GINÁSTICA LABORAL Junior, A. C. de J. Sebastião, J. S. Pimentel, E. S. Moreira, R. S. T.. RESUMO A área da ginástica laboral vem crescendo bastante

Leia mais

SENADO FEDERAL SONO COM QUALIDADE SENADOR CLÉSIO ANDRADE

SENADO FEDERAL SONO COM QUALIDADE SENADOR CLÉSIO ANDRADE SENADO FEDERAL SONO COM QUALIDADE SENADOR CLÉSIO ANDRADE 2 Sono com qualidade apresentação Uma boa noite de sono nos fazer sentir bem e com as forças renovadas. O contrário também vale. Uma péssima noite

Leia mais

Dr. Ailton Luis da Silva. www.healthwork.com.br ailton@healthwork.com.br Tel: (11) 5083-5300

Dr. Ailton Luis da Silva. www.healthwork.com.br ailton@healthwork.com.br Tel: (11) 5083-5300 ACOMPANHAMENTO E MONITORAMENTO DO TRABALHADOR EM TELEATENDIMENTO (CALL CENTERS) Dr. Ailton Luis da Silva www.healthwork.com.br ailton@healthwork.com.br Tel: (11) 5083-5300 O segmento transformou-se no

Leia mais

CUIDADOS COM A COLUNA

CUIDADOS COM A COLUNA SENADO FEDERAL CUIDADOS COM A COLUNA SENADOR CLÉSIO ANDRADE 2 Cuidados com a coluna 3 apresentação As dores na coluna vertebral são um grande transtorno na vida de muita gente, prejudicando os movimentos

Leia mais

CURSO DE FORMAÇÃO ISO-STRETCHING

CURSO DE FORMAÇÃO ISO-STRETCHING CURSO DE FORMAÇÃO ISO-STRETCHING O Curso de Formação em Iso Stretching é ministrado pelo fundador da técnica, o osteopata e fisioterapeuta francês Bernard Redondo. O método Iso Stretching foi desenvolvido

Leia mais

PROVA ESPECÍFICA Cargo 22

PROVA ESPECÍFICA Cargo 22 13 PROVA ESPECÍFICA Cargo 22 QUESTÃO 31 Os Serviços Especializados em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho, obedecendo ao Quadro II da NR- 4, subitem 4.4, com redação dada pela Portaria nº

Leia mais

SECRETARIA DE RESSOCIALIZAÇÃO. Programa de Alívio e Relaxamento do Estresse

SECRETARIA DE RESSOCIALIZAÇÃO. Programa de Alívio e Relaxamento do Estresse SECRETARIA DE RESSOCIALIZAÇÃO Programa de Alívio e Relaxamento do Estresse SUMÁRIO JUSTIFICATIVA OBJETIVOS EXECUÇÃO CONDIÇÕES GERAIS JUSTIFICATIVA As facilidades e a agitação da vida moderna trouxeram

Leia mais

Esse barulho me deixa surda!

Esse barulho me deixa surda! Esse barulho me deixa surda! A UU L AL A Você já reparou na quantidade de ruídos ao seu redor? Basta ficar dez segundos prestando atenção aos sons para notar o som da TV, um carro passando, um cachorro

Leia mais

Poluição sonora no município de São Paulo: avaliação do ruído e o impacto da exposição na saúde da população

Poluição sonora no município de São Paulo: avaliação do ruído e o impacto da exposição na saúde da população Poluição sonora no município de São Paulo: avaliação do ruído e o impacto da exposição na saúde da população Introdução O ruído pode ser definido como um som desagradável e indesejável que pode afetar

Leia mais

VIVER BEM OS RINS DO SEU FABRÍCIO AGENOR DOENÇAS RENAIS

VIVER BEM OS RINS DO SEU FABRÍCIO AGENOR DOENÇAS RENAIS VIVER BEM OS RINS DO SEU FABRÍCIO AGENOR DOENÇAS RENAIS Leia o código e assista a história de seu Fabrício Agenor. Este é o seu Fabrício Agenor. Ele sempre gostou de comidas pesadas e com muito tempero

Leia mais

PROGRAMA DE SAÚDE VOCAL MANUAL DA VOZ

PROGRAMA DE SAÚDE VOCAL MANUAL DA VOZ PROGRAMA DE SAÚDE VOCAL MANUAL DA VOZ Rio de Janeiro Maio/2014 Professor, bem vindo ao Programa de Saúde Vocal Nós, fonoaudiólogas, a equipe de Valorização do servidor e toda a equipe educação somos parceiras

Leia mais

Perda Auditiva Induzida por Ruído

Perda Auditiva Induzida por Ruído AUDIÇÃO E TRABALHO Audição e Trabalho Ouvir é essencial para a comunicação verbal. É pela audição que percebemos os sons e temos uma boa orientação ambiental. A audição é um canal importante de entrada

Leia mais

POR QUE SER ATIVO ALBERTO OGATA

POR QUE SER ATIVO ALBERTO OGATA POR QUE SER ATIVO ALBERTO OGATA O nosso corpo é uma máquina fantástica, que não foi feita para ficar parada. Se você estiver realmente decidido a ter uma atitude positiva em relação a sua saúde e ao seu

Leia mais

Manual do Bem-Estar Vocal

Manual do Bem-Estar Vocal Manual do Bem-Estar Vocal e i u a Programa Municipal de Saúde Vocal - SP Prefeito Fernando Haddad Secretária Municipal de Planejamento, Orçamento e Gestão Leda Maria Paulani Coordenadora de Gestão de Pessoas

Leia mais

A importância da Ergonomia Voltada aos servidores Públicos

A importância da Ergonomia Voltada aos servidores Públicos A importância da Ergonomia Voltada aos servidores Públicos Fisioterapeuta: Adriana Lopes de Oliveira CREFITO 3281-LTT-F GO Ergonomia ERGONOMIA - palavra de origem grega, onde: ERGO = trabalho e NOMOS

Leia mais

1. Documento: 20026-2015-3

1. Documento: 20026-2015-3 1. Documento: 20026-2015-3 1.1. Dados do Protocolo Número: 20026/2015 Situação: Ativo Tipo Documento: Comunicação Interna - CI Assunto: Planejamento estratégico - Metas Unidade Protocoladora: SES - Secretaria

Leia mais

P Ú B L I C O I N T E R N O

P Ú B L I C O I N T E R N O Apresentação O Banrisul valoriza seus colaboradores por entender que estes são a essência do negócio. A promoção da qualidade de vida e da segurança dos funcionários é uma prática constante que comprova

Leia mais

VII-Pasqualetto-Brasil-7

VII-Pasqualetto-Brasil-7 VII-Pasqualetto-Brasil-7 ATIVIDADES INDUSTRIAIS PRODUTORAS DE POLUIÇÃO SONORA EM GOIÂNIA Antônio Pasqualetto 1 Engenheiro Agrônomo formado pela UFSM, Mestre e Doutor em Fitotecnia pela Universidade Federal

Leia mais

1 IDENTIFICAÇÃO 2 E CAUSA O QUE É O ESTRESSE? EDITORIAL INTRODUÇÃO DEFINIÇÃO EDITORIAL ÍNDICE COMBATA O ESTRESSE COMO IDENTIFICAR O ESTRESSE?

1 IDENTIFICAÇÃO 2 E CAUSA O QUE É O ESTRESSE? EDITORIAL INTRODUÇÃO DEFINIÇÃO EDITORIAL ÍNDICE COMBATA O ESTRESSE COMO IDENTIFICAR O ESTRESSE? EDITORIAL EDITORIAL INTRODUÇÃO COMBATA O ESTRESSE Sérgio Butka Presidente do Sindicato dos Metalúrgicos da Grande Curitiba O estresse é uma das grandes pragas do mundo moderno. Este problema sintetiza

Leia mais

EM DEFESA DAS CONDIÇÕES DE TRABALHO E SAÚDE DO(A) PROFESSOR(A)

EM DEFESA DAS CONDIÇÕES DE TRABALHO E SAÚDE DO(A) PROFESSOR(A) EM DEFESA DAS CONDIÇÕES DE TRABALHO E SAÚDE DO(A) PROFESSOR(A) A luta sindical em defesa de melhor qualidade de vida para os trabalhadores tem como elemento estratégico as relações entre as condições de

Leia mais

TRABALHADOR NA OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO DE TRATORES AGRÍCOLAS

TRABALHADOR NA OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO DE TRATORES AGRÍCOLAS TRABALHADOR NA OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO DE TRATORES AGRÍCOLAS CONSELHO DELIBERATIVO DO SENAR Presidente do Conselho Deliberativo João Martins da Silva Júnior Secretário Executivo Daniel Klüppel Carrara Chefe

Leia mais

Segurança e Higiene do Trabalho. Volume XVII Ruído. Guia Técnico. um Guia Técnico de O Portal da Construção. www.oportaldaconstrucao.

Segurança e Higiene do Trabalho. Volume XVII Ruído. Guia Técnico. um Guia Técnico de O Portal da Construção. www.oportaldaconstrucao. Guia Técnico Segurança e Higiene do Trabalho Volume XVII Ruído um Guia Técnico de Copyright, todos os direitos reservados. Este Guia Técnico não pode ser reproduzido ou distribuído sem a expressa autorização

Leia mais

Table of Contents. PT Informações Importantes de Segurança 20 Utilização do Microfone Remoto 23 Conecte, Ouça e Aproveite 25

Table of Contents. PT Informações Importantes de Segurança 20 Utilização do Microfone Remoto 23 Conecte, Ouça e Aproveite 25 USER GUIDE Table of Contents PT Informações Importantes de Segurança 20 Utilização do Microfone Remoto 23 Conecte, Ouça e Aproveite 25 Informações Importantes de Segurança Ouça com Responsabilidade Para

Leia mais

A Voz Como Instrumento De Trabalho: Uma Abordagem Para Professores. Fga:Lara Cristina F. Castilho

A Voz Como Instrumento De Trabalho: Uma Abordagem Para Professores. Fga:Lara Cristina F. Castilho A Voz Como Instrumento De Trabalho: Uma Abordagem Para Professores Fga:Lara Cristina F. Castilho A voz é uma das extensões mais fortes da nossa personalidade, nosso sentido de inter-relação na comunicação

Leia mais

EFEITOS DO RUÍDO EM AMBIENTES DE APRENDIZAGEM. Wislanildo Oliveira Franco 1

EFEITOS DO RUÍDO EM AMBIENTES DE APRENDIZAGEM. Wislanildo Oliveira Franco 1 1 EFEITOS DO RUÍDO EM AMBIENTES DE APRENDIZAGEM. Wislanildo Oliveira Franco 1 RESUMO. Os efeitos do ruído decorrentes do desenvolvimento tecnológico alcançado pela Sociedade atual, não podem mais ser relegados

Leia mais

P Ú B L I C O I N T E R N O

P Ú B L I C O I N T E R N O Apresentação O Banrisul valoriza seus colaboradores por entender que estes são a essência do negócio. A promoção da qualidade de vida e da segurança dos funcionários é uma prática constante que comprova

Leia mais

TRABALHADOR NA ORDENHA MANUAL

TRABALHADOR NA ORDENHA MANUAL TRABALHADOR NA ORDENHA MANUAL CONSELHO DELIBERATIVO DO SENAR Presidente do Conselho Deliberativo João Martins da Silva Júnior Secretário Executivo Daniel Klüppel Carrara Chefe do Departamento de Educação

Leia mais

A Empresa Recursos Humanos, Administração de Empresas e Seguros

A Empresa Recursos Humanos, Administração de Empresas e Seguros A Empresa A POLLO Consultoria de Benefícios e Corretora de Seguros é uma empresa, com 14 anos de mercado, especializada em planejar, elaborar, implantar e administrar projetos voltados para as áreas da

Leia mais

Ouvir melhor é viver melhor. Descobrindo sua audição

Ouvir melhor é viver melhor. Descobrindo sua audição Ouvir melhor é viver melhor Descobrindo sua audição O mundo o está chamando A capacidade de ouvir é uma parte tão importante da nossa vida e a maioria das pessoas nem se dá conta disso. Ouvir é um dom,

Leia mais

Ruído. 1) Introdução. 2) Principais grandezas e parâmetros definidores do som

Ruído. 1) Introdução. 2) Principais grandezas e parâmetros definidores do som 1) Introdução A movimentação mecânica de cargas pode ser definida como o conjunto de ações, de materiais e de meios que permitem, de um modo planeado e seguro, movimentar cargas de um determinado local

Leia mais

QUALIDADE DE VIDA NO TRABALHO UTILIZANDO A GINÁSTICA LABORAL

QUALIDADE DE VIDA NO TRABALHO UTILIZANDO A GINÁSTICA LABORAL QUALIDADE DE VIDA NO TRABALHO UTILIZANDO A GINÁSTICA LABORAL Alessandra Prado de Souza, Ana Eliza Gonçalves Santos, Jaciara Nazareth Campos Palma, Karine Aparecida Silvério, Leonardo Ferreira, Matheus

Leia mais

Voz: Atuação do Fonoaudiólogo e do Preparador Vocal

Voz: Atuação do Fonoaudiólogo e do Preparador Vocal Voz: Atuação do Fonoaudiólogo e do Preparador Vocal Apresentação: Millena Vieira (Fonoaudióloga) Joel Pinheiro (Preparador Vocal) Bárbara Camilo (3ºano) Daniele Istile (2º ano) Orientação: Profª Drª Kelly

Leia mais

Departamento de Saúde do Sinttel-MG

Departamento de Saúde do Sinttel-MG 1. Apresentação 2- Manual Preventivo do Teleatendente - Departamento de Saúde do Sinttel-MG É cada vez maior o número de trabalhadores nos centros de atendimento (ou call centers) das mais diversas empresas.

Leia mais

FIBROMIALGIA EXERCÍCIO FÍSICO: ESSENCIAL AO TRATAMENTO. Maj. Carlos Eugenio Parolini médico do NAIS do 37 BPM

FIBROMIALGIA EXERCÍCIO FÍSICO: ESSENCIAL AO TRATAMENTO. Maj. Carlos Eugenio Parolini médico do NAIS do 37 BPM FIBROMIALGIA EXERCÍCIO FÍSICO: ESSENCIAL AO TRATAMENTO Maj. Carlos Eugenio Parolini médico do NAIS do 37 BPM A FIBROMIALGIA consiste numa síndrome - conjunto de sinais e sintomas - com manifestações de

Leia mais

Relatório e Proposta de Programa para Grupos Corporativos: Atividade Física na Promoção da Saúde e Qualidade de Vida

Relatório e Proposta de Programa para Grupos Corporativos: Atividade Física na Promoção da Saúde e Qualidade de Vida 27 Relatório e Proposta de Programa para Grupos Corporativos: Atividade Física na Promoção da Saúde e Qualidade de Vida Simone Simões de Almeida Sganzerla Graduada em Educação Física Especialista em Gestão

Leia mais

Alongamentos para a Parte Inferior das Costas e Quadril para Fazer em sua Mesa

Alongamentos para a Parte Inferior das Costas e Quadril para Fazer em sua Mesa Flexibilidade Total Saiba como Melhorar sua Flexibilidade através de Alongamentos Específicos por Joey Atlas Alongamentos para a Parte Inferior das Costas e Quadril para Fazer em sua Mesa Rotina de 6 minutos

Leia mais

Sintomas da LER- DORT

Sintomas da LER- DORT LER-DORT A LER e DORT são as siglas para Lesões por Esforços Repetitivos e Distúrbios Osteo-musculares Relacionados ao Trabalho. Os termos LER/DORT são usados para determinar as afecções que podem lesar

Leia mais

Seguro saúde - Primeira Etapa do Projeto

Seguro saúde - Primeira Etapa do Projeto Seguro saúde - Primeira Etapa do Projeto 01 Pesquisa de mercado em busca das melhores opções de acordo com o perfil e realidade de sua empresa, apresentando as melhores companhias de Seguros e Empresas

Leia mais

LESÕES OSTEOMUSCULARES

LESÕES OSTEOMUSCULARES LESÕES OSTEOMUSCULARES E aí galera do hand mades é com muito orgulho que eu estou escrevendo este texto a respeito de um assunto muito importante e que muitas vezes está fora do conhecimento de vocês Músicos.

Leia mais

A GINÁSTICA LABORAL: OS CONTRASTES NOS RESULTADOS QUANDO ORIENTADA PELO EDUCADOR FÍSICO

A GINÁSTICA LABORAL: OS CONTRASTES NOS RESULTADOS QUANDO ORIENTADA PELO EDUCADOR FÍSICO A GINÁSTICA LABORAL: OS CONTRASTES NOS RESULTADOS QUANDO ORIENTADA PELO EDUCADOR FÍSICO Wagner Hauer Argenton 1 Rafael Godoy Cancelli Evandete Mitue Centro Universitário Positivo, Curitiba, PR Resumo:

Leia mais

SENADO FEDERAL DIGA NÃO ÀS DROGAS SENADOR CLÉSIO ANDRADE

SENADO FEDERAL DIGA NÃO ÀS DROGAS SENADOR CLÉSIO ANDRADE SENADO FEDERAL DIGA NÃO ÀS DROGAS SENADOR CLÉSIO ANDRADE Diga não às drogas apresentação A droga oferece um único caminho: começa pela busca do prazer e da euforia e acaba no inferno para manter o vício.

Leia mais

CUIDE DOS SEUS DENTES

CUIDE DOS SEUS DENTES SENADO FEDERAL CUIDE DOS SEUS DENTES SENADOR CLÉSIO ANDRADE 2 Cuide dos seus dentes apresentação Pesquisas científicas comprovam que dentes estragados provocam outras doenças que aparentemente não têm

Leia mais

OTORRINOLARINGOLOGIA Labirintite e Zumbido no Ouvido

OTORRINOLARINGOLOGIA Labirintite e Zumbido no Ouvido Texto de apoio ao curso de Especialização Atividade Física Adaptada e Saúde Prof. Dr. Luzimar Teixeira OTORRINOLARINGOLOGIA Labirintite e Zumbido no Ouvido Labirintite é um termo com significado popular

Leia mais

Segurança e Medicina do Trabalho

Segurança e Medicina do Trabalho Case Segurança e Medicina do Trabalho contribuindo para a gestão de RH Bradesco Cartões Operações Uberlândia 2008 Nosso ponto de vista: Segurança e Medicina do Trabalho além de suportar ao atendimento

Leia mais

Riscos Ambientais. Riscos Ambientais

Riscos Ambientais. Riscos Ambientais Riscos Ambientais Riscos Ambientais São os agentes, elementos ou substâncias presentes nos locais de trabalho. A exposição dos trabalhadores a estes agentes pode causar acidentes com lesões ou danos à

Leia mais

PATOLOGIAS DO APARELHO AUDITIVO ANDERSON CELSO LUANA MUNIQUE PRISCILA PAMELA

PATOLOGIAS DO APARELHO AUDITIVO ANDERSON CELSO LUANA MUNIQUE PRISCILA PAMELA PATOLOGIAS DO APARELHO AUDITIVO ANDERSON CELSO LUANA MUNIQUE PRISCILA PAMELA 1 INTRODUÇÃO A audição possibilita a aquisição da linguagem e a conseqüente integração do homem com o mundo sonoro e social.

Leia mais

PERDA AUDITIVA RELACIONADA COM O TRABALHO *DIRETRIZES DE ATENDIMENTO * IDENTIFICAÇÃO ANAMNESE

PERDA AUDITIVA RELACIONADA COM O TRABALHO *DIRETRIZES DE ATENDIMENTO * IDENTIFICAÇÃO ANAMNESE PERDA AUDITIVA RELACIONADA COM O TRABALHO *DIRETRIZES DE ATENDIMENTO * IDENTIFICAÇÃO Data: / / Nº Registro: Tipo de exame: Nome: Documento: Idade: Data Nascimento: / / Sexo: Etnia: Estado civil Endereço:

Leia mais

O Sentido da Audição Capítulo10 (pág. 186)

O Sentido da Audição Capítulo10 (pág. 186) O Sentido da Audição Capítulo10 (pág. 186) - Possibilita a percepção de sons diversos (fala, canto dos pássaros, barulho das ondas do mar, chacoalhar das folhas ao vento); - Os sons são transmitidos por

Leia mais

O que fazemos com o que ouvimos? Danos auditivos para uma sociedade contemporânea

O que fazemos com o que ouvimos? Danos auditivos para uma sociedade contemporânea O que fazemos com o que ouvimos? Danos auditivos para uma sociedade contemporânea Ms Andréa Carla Lima Coelho Fgª Coordenadora do Núcleo de Acessibilidade e Profª nos Cursos da Escola de Saúde e Educação

Leia mais

Cartilha de Fisioterapia para Pacientes da Escola de Coluna

Cartilha de Fisioterapia para Pacientes da Escola de Coluna Cartilha de Fisioterapia para Pacientes da Escola de Coluna 4ª\edição 2015 tt Prezado(a) Paciente, Essa cartilha foi elaborada especialmente para você, paciente da Escola de Coluna do Into. Aqui você

Leia mais

LAUDO MÉDICO PERICIAL.

LAUDO MÉDICO PERICIAL. 1 Preâmbulo. LAUDO MÉDICO PERICIAL. Aos vinte e um dias do mês de maio do ano de 2009, o Perito Dr. OSCAR LUIZ DE LIMA E CIRNE NETO, designado pelo MM Juiz de Direito da 5.ª Vara Cível da Comarca de São

Leia mais

PREVDORT - Projeto de Prevenção de DORTs

PREVDORT - Projeto de Prevenção de DORTs 1 PREVDORT - Projeto de Prevenção de DORTs 1. RESUMO Sara Cristina Freitas de Oliveira O PREVDORT - Projeto de Prevenção de DORTs é um projeto vinculado à Diretoria de Programas Comunitários da Pró- Reitoria

Leia mais

Disciplina: Ciências do Ambiente Professora: Andréa Carla Lima Rodrigues

Disciplina: Ciências do Ambiente Professora: Andréa Carla Lima Rodrigues Disciplina: Ciências do Ambiente Professora: Andréa Carla Lima Rodrigues Conceito Poluição sonora é qualquer alteração nas características do som ambiente provocada por ruídos. Som e Ruído SOM É o resultado

Leia mais

Conteúdo do curso de pedras quentes na Bergqvist Massagem e Treinamento

Conteúdo do curso de pedras quentes na Bergqvist Massagem e Treinamento Conteúdo do curso de pedras quentes na Bergqvist Massagem e Treinamento O que são pedras quentes? A massagem com pedras quentes é muito utilizada em terapias naturais ou complementares, como em consultórios

Leia mais

Ruído. Acção de Formação. Associação de Municípios do Oeste. Outubro de 2008

Ruído. Acção de Formação. Associação de Municípios do Oeste. Outubro de 2008 Ruído Acção de Formação Associação de Municípios do Oeste Outubro de 2008 Objectivos Impacte do Ruído no Ser Humano; Introdução à Acústica; Quantificação do Ruído; Legislação Aplicável (D.L. n.º 9/2007

Leia mais

XIX CONGRESSO DE PÓS-GRADUAÇÃO DA UFLA 27 de setembro a 01 de outubro de 2010

XIX CONGRESSO DE PÓS-GRADUAÇÃO DA UFLA 27 de setembro a 01 de outubro de 2010 ERGONOMIA E SEGURANÇA DO TRABALHO: ANÁLISE COMPARATIVA DOS RUÍDOS EM UMA OFICINA MECÂNICA E RECAPAGEM EM FORMIGA-MG MARCELO CARVALHO RAMOS 1, FERNANDA MOREIRA LOPES ASSUMPÇÃO 2, JUSSARA MARIA SILVA RODRIGUES

Leia mais

SABE, ESSA É A MINHA FAMÍLIA. É isso mesmo! A gente nem pensa nisso, não é? Mas vamos ver como acontece. Venha comigo.

SABE, ESSA É A MINHA FAMÍLIA. É isso mesmo! A gente nem pensa nisso, não é? Mas vamos ver como acontece. Venha comigo. Apoio: A Constituição Federal do Brasil diz que: É dever da família, da sociedade e do Estado assegurar à criança e ao adolescente, com absoluta prioridade, o direito à vida, à saúde, à alimentação, à

Leia mais

Noções de Cidadania. Profª Karin

Noções de Cidadania. Profª Karin Noções de Cidadania Profª Karin Meio Ambiente e Saúde Ecologia: estudo seres vivos, ambiente, solo, água, ar, animais e vegetais. Equilíbrio entre o homem e meio ambiente. Avaliar as atitudes e consequências

Leia mais

atitudeé prevenir-se Moradores da Mooca:

atitudeé prevenir-se Moradores da Mooca: atitudeé prevenir-se Moradores da Mooca: Nós temos atitude, e você? O Câncer do Intestino pode ser prevenido com um teste simples e indolor que pode ser realizado em sua casa. O teste é GRATUITO oferecido

Leia mais

Mais saúde, menos stress

Mais saúde, menos stress iate especial Mais saúde, menos stress conheça Os BenefÍcIOs DA prática esportiva e AprOveIte para escolher A MODALIDADe IDeAL por JOãO rodrigues Um dos maiores diferenciais da Academia do Iate Clube de

Leia mais

A NATUREZA DO SOM. Diogo Maia

A NATUREZA DO SOM. Diogo Maia A NATUREZA DO SOM Diogo Maia "SE UMA ÁRVORE CAÍSSE NA FLORESTA E NÃO HOUVESSE NINGUÉM LÁ PARA OUVIR, ELA FARIA BARULHO...? "SE UMA ÁRVORE CAÍSSE NA FLORESTA E NÃO HOUVESSE NINGUÉM LÁ PARA OUVIR, ELA FARIA

Leia mais

Mapeamento do Perfil Saúde em Instituição Pública - Fundação Centro de Atendimento Sócio Educativo ao Adolescente

Mapeamento do Perfil Saúde em Instituição Pública - Fundação Centro de Atendimento Sócio Educativo ao Adolescente 16 Mapeamento do Perfil Saúde em Instituição Pública - Fundação Centro de Atendimento Sócio Educativo ao Adolescente Leidiane Silva Oliveira Chagas Gestora de Recursos Humanos - Anhanguera Educacional

Leia mais

1. A adoção da auto avaliação como

1. A adoção da auto avaliação como Questionário de Auto avaliação da Saúde Vocal: * Aqui específico para professores, podendo ser adaptado para demais profissões que utilizem a voz. 1. A adoção da auto avaliação como parte integrante dos

Leia mais

----- CARTILHA ORIENTATIVA ----- ------- Agente Físico: RUÍDO ------- Ilustração: Beto Soares - Foto Revista Proteção

----- CARTILHA ORIENTATIVA ----- ------- Agente Físico: RUÍDO ------- Ilustração: Beto Soares - Foto Revista Proteção Membros do Comitê Cícero Firmino da Silva STIG de Taubaté e Vale do Paraíba José Augusto de Oliveira STIG do Estado do Paraná; Marcelo de Souza Marques STIG de Jundiaí e Região; ----- CARTILHA ORIENTATIVA

Leia mais

PERDA AUDITIVA INDUZIA POR RUIDO - PAIR CENTRO ESTADUAL DE REFERÊNCIA EM SAÚDE DO TRABALHADOR GVSAST/SUVISA/SES/GO 1

PERDA AUDITIVA INDUZIA POR RUIDO - PAIR CENTRO ESTADUAL DE REFERÊNCIA EM SAÚDE DO TRABALHADOR GVSAST/SUVISA/SES/GO 1 PERDA AUDITIVA INDUZIA POR RUIDO - PAIR CENTRO ESTADUAL DE REFERÊNCIA EM SAÚDE DO TRABALHADOR GVSAST/SUVISA/SES/GO 1 Apesar dos diversos benefícios trazidos pelo progresso, os impactos ambientais decorrentes

Leia mais

Higiene do Trabalho. Higiene, Ergonomia e Segurança do Trabalho ERGONOMIA. Programa de Higiene do Trabalho GESTÃO DE PESSOAS. 3o bimestre / 2013

Higiene do Trabalho. Higiene, Ergonomia e Segurança do Trabalho ERGONOMIA. Programa de Higiene do Trabalho GESTÃO DE PESSOAS. 3o bimestre / 2013 GESTÃO DE PESSOAS CEFET-MG / DIVINÓPOLIS 3o bimestre / 2013 Prof. MSc. Antônio Guimarães Campos Higiene, Ergonomia e Segurança do Trabalho Higiene do Trabalho Conjunto de normas e procedimentos que visa

Leia mais

SOM. Ruído. Frequência. Ruído. Amplitude da vibração. Ruído. Isabel Lopes Nunes FCT/UNL. Som - produz vibrações (ondas) que entram no ouvido interno

SOM. Ruído. Frequência. Ruído. Amplitude da vibração. Ruído. Isabel Lopes Nunes FCT/UNL. Som - produz vibrações (ondas) que entram no ouvido interno SOM Isabel Lopes Nunes FCT/UNL toda a vibração mecânica que se propaga num meio elástico (ar, metais, líquidos ), desde que as frequências que a compõem se encontrem dentro de uma determinada faixa audível

Leia mais

AVALIAÇÃO AUDIOLÓGICA

AVALIAÇÃO AUDIOLÓGICA Laboratório de Psicofísica e Percepção AVALIAÇÃO AUDIOLÓGICA Fga. Joseane dos Santos Piola Doutoranda do Programa de Pós graduação em Psicobiologia 2009 AVALIAÇÃO AUDIOLÓGICA CLÍNICA: sentimentos-k-sinto-no-coraxao.blogspot.com

Leia mais

merece cuidados professor e o mundo da escola Estudo realizado para traçar perfil vocal dos professores em escolas privadas

merece cuidados professor e o mundo da escola Estudo realizado para traçar perfil vocal dos professores em escolas privadas professor e o mundo da escola 1 :: débora meurer brum fonoaudióloga 1 Especialista em Voz pelo Centro de Estudos da Voz (CEV SP), Especialista em Audição (IPA-RS) e Mestranda em Distúrbios da Comunicação

Leia mais

PROGRAMA DE GINÁSTICA LABORAL NA EMPRESA

PROGRAMA DE GINÁSTICA LABORAL NA EMPRESA PROGRAMA DE GINÁSTICA LABORAL NA EMPRESA Profª Ms. Laurecy Dias dos Santos 08 a 11 de outubro de 2014 08 a 11 de outubro de 2014 HISTÓRICO Polônia (1925) Ginástica de Pausa Experiências em outros países:

Leia mais

Curso Técnico Segurança do Trabalho. Higiene, Análise de Riscos e Condições de Trabalho MÄdulo 8 Programa de ConservaÇÉo Auditiva

Curso Técnico Segurança do Trabalho. Higiene, Análise de Riscos e Condições de Trabalho MÄdulo 8 Programa de ConservaÇÉo Auditiva Curso Técnico Segurança do Trabalho Higiene, Análise de Riscos e Condições de Trabalho MÄdulo 8 Programa de ConservaÇÉo Auditiva O ouvido humano pode ser separado em três grandes partes, de acordo com

Leia mais

Programas de Promoção de Saúde Para o Trabalhador Escolar: Ginástica Laboral e Controle do Estresse

Programas de Promoção de Saúde Para o Trabalhador Escolar: Ginástica Laboral e Controle do Estresse 12 Programas de Promoção de Saúde Para o Trabalhador Escolar: Ginástica Laboral e Controle do Estresse Ricardo Martineli Massola Mestre em Qualidade de Vida, Saúde Coletiva e Atividade Física na UNICAMP

Leia mais

A GINÁSTICA LABORAL E OS SEUS EFEITOS NA RELAÇÃO DE EMPREGO: VANTAGENS E BENEFÍCIOS PARA EMPREGADO E EMPREGADOR.

A GINÁSTICA LABORAL E OS SEUS EFEITOS NA RELAÇÃO DE EMPREGO: VANTAGENS E BENEFÍCIOS PARA EMPREGADO E EMPREGADOR. A GINÁSTICA LABORAL E OS SEUS EFEITOS NA RELAÇÃO DE EMPREGO: VANTAGENS E BENEFÍCIOS PARA EMPREGADO E EMPREGADOR. Márcia Maria Maia Advogada, pós-graduada em Direito Público e pós-graduanda em Direito e

Leia mais

Cronograma de Atividades CIPA GESTÃO 2012-2013

Cronograma de Atividades CIPA GESTÃO 2012-2013 Julho/2012 Cronograma de Atividades CIPA GESTÃO 2012-2013 Slogan: Segurança se faz com Educação MÊS Atividades * Reunião Ordinária e Posse da CIPA: 06/07/2012 * Implantação da Urna de Sugestões da CIPA.

Leia mais

As principais causas das perdas condutivas são:

As principais causas das perdas condutivas são: Perda auditiva: Existem três partes principais da orelha envolvidas no processo de audição: a orelha externa, a orelha média e a orelha interna. O processo auditivo começa quando as ondas sonoras entram

Leia mais

0 For gamers by gamers

0 For gamers by gamers Inspirado na aparência e na estrutura dos headsets usados pelos pilotos de helicópteros militares, o Razer BlackShark é a solução de combate perfeita para uma experiência realmente imersiva e intensa com

Leia mais

Ergonomia Corpo com Saúde e Harmonia

Ergonomia Corpo com Saúde e Harmonia Ergonomia Corpo com Saúde e Harmonia Dr. Leandro Gomes Pistori Fisioterapeuta CREFITO-3 / 47741-F Fone: (16) 3371-4121 Dr. Paulo Fernando C. Rossi Fisioterapeuta CREFITO-3 / 65294 F Fone: (16) 3307-6555

Leia mais

Propriedades Físicas do Som

Propriedades Físicas do Som 12 Capítulo 2 Propriedades Físicas do Som 1. - Introdução O som é um fenômeno vibratório resultante de variações da pressão no ar. Essas variações de pressão se dão em torno da pressão atmosférica e se

Leia mais

TERAPÊUTICA DA FALA E A PESSOA COM DOENÇA DE PARKINSON

TERAPÊUTICA DA FALA E A PESSOA COM DOENÇA DE PARKINSON TERAPÊUTICA DA FALA E A PESSOA COM DOENÇA DE PARKINSON Por Drª Ana Paula Vital, Terapeuta da Fala, Mestre em Psicologia da Saúde Comunicação A comunicação é um aspecto essencial da natureza humana usada

Leia mais

Qualidade de vida laboral

Qualidade de vida laboral Qualidade de vida laboral Qualidade de vida laboral INTRODUÇÃO: Prevenir doenças ocupacionais (DORT Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho / LER Lesões por Esforços Repetitivos) decorrentes

Leia mais

AtividAde FísicA Atividade Física estilo de vida ativo

AtividAde FísicA Atividade Física estilo de vida ativo Atividade Física Atividade Física A atividade física faz parte da natureza humana, com dimensões biológica e cultural A prática de atividades físicas pode beneficiar todas as pessoas (jovens e adultos),

Leia mais

Processamento Auditivo (Central)

Processamento Auditivo (Central) Processamento Auditivo (Central) O QUE É PROCESSAMENTO AUDITIVO (CENTRAL)? É o conjunto de processos e mecanismos que ocorrem dentro do sistema auditivo em resposta a um estímulo acústico e que são responsáveis

Leia mais

Proteção Auditiva. Existem coisas que você não precisa perder. A audição é uma delas. Proteja se!

Proteção Auditiva. Existem coisas que você não precisa perder. A audição é uma delas. Proteja se! Proteção Auditiva Existem coisas que você não precisa perder. A audição é uma delas. Proteja se! Conhecendo o Risco O SOM O som é uma vibração que se propaga pelo ar em forma de ondas e que é percebida

Leia mais

A GINÁSTICA LABORAL COMO FERRAMENTA PARA A MELHORIA DA QUALIDADE DE VIDA NO SETOR DE COZINHA EM RESTAURANTES

A GINÁSTICA LABORAL COMO FERRAMENTA PARA A MELHORIA DA QUALIDADE DE VIDA NO SETOR DE COZINHA EM RESTAURANTES A GINÁSTICA LABORAL COMO FERRAMENTA PARA A MELHORIA DA QUALIDADE DE VIDA NO SETOR DE COZINHA EM RESTAURANTES Alexandre Crespo Coelho da Silva Pinto Fisioterapeuta Mestrando em Engenharia de Produção UFSC

Leia mais

26 e 27 de NOVEMBRO Sede APSEI (Sacavém)

26 e 27 de NOVEMBRO Sede APSEI (Sacavém) 26 e 27 de NOVEMBRO Sede APSEI (Sacavém) exposição ao ruído nos locais de Osvaldo Machado Enquadramento legal e normativo Efeitos da exposição ao ruído Indicadores de ruído Avaliação de riscos Programa

Leia mais