Informações gerais Ementa Conteúdo Fontes de consulta Programação da disciplina Orientações gerais

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Informações gerais Ementa Conteúdo Fontes de consulta Programação da disciplina Orientações gerais"

Transcrição

1 EMC 6605 PROJETO CONCEITUAL Prof. André Ogliari MARÇO/2010 Informações gerais Ementa Fontes de consulta CONTEÚDO Programação da disciplina Orientações gerais 2

2 Informações gerais Créditos: 3 Sala: B 5 Horário: segunda (10 12) e quarta (10 12) Avaliação: Exercícios e seminário (artigo) individuais (30%) Trabalho em equipe projeto conceitual (40%) Prova conceitual individual (30%) 3 Ementa Introdução: conceitos básicos e terminologia; evolução da pesquisa e da capacitação em projeto. Estruturas do processo de projeto. Engenharia Simultânea. Desdobramento da função qualidade. Requisitos de projeto. Elaboração e avaliação da proposta de desenvolvimento. Criatividade: métodos intuitivos e sistemáticos de geração de concepções alternativas; teorias e princípios de projeto; método da função síntese; análise de valor e sistemas computacionais de apoio à concepção. Propriedade industrial. Fatores humanos e de desenho industrial no projeto do produto. Projeto para viabilidade econômica. Métodos de seleção da concepção. Revisão sistemática do processo de projeto. 4

3 Capítulo 1 Desenvolvimento integrado do produto e sua importância para a competitividade conceitos para o desenvolvimento integrado de produtos breve histórico da área de conhecimento desenvolvimento de produtos e sua importância para a competitividade o ensino do desenvolvimento de produtos e perspectivas futuras 5 Capítulo 2 Estrutura do processo de desenvolvimento integrado do projeto do produto modelos prescritivos de desenvolvimento de produtos desenvolvimento de produtos no ambiente de engenharia simultânea modelo de desenvolvimento integrado de produtos 6

4 Capítulo 3 Introdução ao gerenciamento do processo de desenvolvimento integrado de produtos considerações gerais sobre o gerenciamento de projetos processo de gerenciamento de projetos estruturas organizacionais e equipes de projeto 7 Capítulo 4 Planejamento de produtos idéia do produto processo de planejamento metodologias de apoio ao planejamento de produtos 8

5 Capítulo 5 Especificações de projeto do produto conceitos relacionados à elaboração das especificações metodologia de desenvolvimento das especificações desdobramento da função qualidade QFD 9 Capítulo 6 Síntese de soluções alternativas inovação do produto introdução ao processo de inovação de produtos métodos intuitivos de geração de concepções métodos sistemáticos de geração de concepções 10

6 Capítulo 7 Método da síntese funcional e engenharia reversa fundamentos de sistemas técnicos método da síntese funcional engenharia reversa 11 Capítulo 8 Projeto para a viabilidade econômica do produto conceitos fundamentais de custo do produto análise do custo do ciclo de vida de produtos análise de custos para decisões de projeto controle de custos de desenvolvimento de produtos 12

7 Capítulo 9 Processo de avaliação e seleção de concepções do produto metodologia de avaliação e seleção de concepções descrição das soluções, seleção de critérios, seleção do método de avaliação, elaboração da avaliação e análise das melhores concepções 13 Capítulo 10 Aspectos legais e de ética na inovação de produtos busca de informações em banco de patentes avaliação da inovação e da patenteabilidade processo de patenteamento ou registro da inovação responsabilidade civil sobre produtos e serviços ética profissional 14

8 Capítulo 11 Introdução a otimização integrada do produto ênfase em confiabilidade e mantenabilidade introdução ao projeto para x projeto para confiabilidade projeto para mantenabilidade 15 Bibliografia fontes de consulta livros 1. BACK, Nelson; OGLIARI, André; DIAS, Acires; SILVA, Jonny C. Projeto Integrado de Produtos: planejamento, concepção e modelagem. São Paulo: Manole, 2008; 2. BACK, Nelson. Metodologia de projeto de produtos industriais. Rio de Janeiro: Guanabara DOIS, PAHL, G.; BEITZ, W. Engineering design:a systematic approach. 2 ed. London: Springer Verlag, ULLMAN, D. G. The mechanical design process. New York: McGraw Hill, BLANCHARD,B.S.;FABRYCKY,W.J.Systems engineering and analysis. New Jersey: Prentice Hall, ASIMOV, M. Introduction to design: fundamentals of engineering design. Prentice Hall, Traduzido para o português. Introdução ao projeto de engenharia. São Paulo: Editora Mestre Jou, OTTO,K.;WOOD,K.Product design: techniques in reverse engineering and new product development. New York: Prentice Hall, COUTINHO, L.; FERRAZ; J. C. Estudo da competitividade da indústria brasileira. Campinas: Editora Papirus, PUGH, S. Total design. Wokingham: Addison Wesley,

9 Bibliografia fontes de consulta livros 10. ROOZENBURG, N.F.M; EEKELS, J. Product design : fundamentals and methods. Chichester, England: John Wiley & Sons Ltd., KOLLER, R. Konstruktionslehre für den Maschinen, Geräte und Apparatebau. Berlin: Springer Verlag, ROTH, K. Konstruieren mit Konstruktions Katalogen. Berlin: Springer Verlag, AKAO, Y. Quality function deployment: integrating customer requirements into products design. Cambridge: Productivity Press, HUBKA, V. EDER, W. E. Theory of technical systems. Berlin: Springer Verlag MADDUX, Gary. A., SOUDER, William. E. Overcoming Barriers to the Implementation of Concurrent Engineering. In: Concurrent Engineering: contemporary issues and modern design tools. Edited by Hamid R. Parsaei and William G. Sullivan. London: Chapman and Hall, p , KERZNER, H. Project management: a systems approach in planning, scheduling and controlling. 6. ed. New York: John Wiley & Sons, Inc HUANG, G. Q. Design for X: concurrent engineering imperatives. Great Britain: Chapman & Hall, Bibliografia fontes de consulta teses/dissertações 1. ROMANO, L. N. Modelo de Referência para o Processo de Desenvolvimento de Máquinas Agrícolas. Florianópolis, f. Tese de doutorado PPGEM UFSC. 2. MONTANHA JR., I. R. Sistemática de gestão de tecnologia no processo de projeto de produtos: umestudodedicadoàs micro e pequenas indústrias metal mecânicas Dissertação (Mestrado em Engenharia Mecânica) Programa de Pós Graduação em Engenharia Mecânica. Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis SC. 3. SCALICE, R. K. Desenvolvimento de uma família de produtos modulares para o cultivo e beneficiamento de mexilhões. Florianópolis, f. Tese de doutorado PPGEM UFSC. 4. MENDES, L. A. Desenvolvimento e validação de um reator piloto para processamento de materiais por plasma. Florianópolis, f. Tese de doutorado PPGEM UFSC. 5. MARIBONDO, J. de F. Desenvolvimento de uma metodologia de projeto de sistemas modulares, aplicada a unidades de processamento de resíduos sólidos domiciliares. Florianópolis, f. Tese de doutorado PPGEM UFSC. 6. FONSECA, A. J. H.. Sistematização do processo de obtenção das especificações de projeto de produtos industriais e sua implementação computacional. Florianópolis, f. Tese de Doutorado, PPGEM UFSC. 7. OGLIARI, A. Sistematização da concepção de produtos auxiliada por computador com aplicações no domínio de componentes de plástico injetado. Florianópolis, f. Tese de doutorado PPGEM UFSC. 8. SILVA, J. C. da. Expert system prototype for hydraulic system design focusing on concurrent engineering aspects. Florianópolis, f. Tese de doutorado PPGEM UFSC. 9. FIOD NETO, M. Desenvolvimento de sistema computacional para auxiliar a concepção de produtos industriais. Florianópolis, f. Tese de Doutorado; PPGEM UFSC. 10. RESIN, P. R. SÁ. Desenvolvimento do protótipo de uma máquina desoperculadora de favos de mel. Florianópolis, Dissertação de mestrado PPGEM UFSC, 168f. 18

10 Bibliografia fontes de consulta artigos 1. ASME National Science Foundation. Goals and priorities for research on design theory and methodology Technical report. 2. BARTON, J. A.; LOVE, D. M.; TAYLOR, G. D. Design determines 70% of cost? A review of implications for design evaluation. Journal of Engineering Design. v. 12, n. 1, p , DIXON, J. R. Engineering Design Science: new goals for engineering education. Mechanical Engineering. V. 113, n.3, p , March LOVEJOY, W. S.; SRINIVASAN, V. Perspective: ten years of experience teaching a multi disciplinary produtct development course. The journal of Product Innovation Management, v. 19, n. 1, p , WALLACE, K. M.; HALES, C. Some applications of a systematic design approach in Britain. Konstruktion. n. 7, p , HUNDAL, M. S. Systematic mechanical designing: a cost and management perspective. New York: ASME Press, PRASAD, B.; WANG, F.; DENG, J. A concurrent workflow management process for integrated product development. Journal of Engineering Design. v. 9, n. 2, p , YAZDANI, B.; HOLMES, C.; Four models of design definition: sequential, design centered, concurrent and dynamic. Journal of Engineering Design, v. 10, n. 1, p , YOSHIKAWA, H. Design Philosophy: The State of the Art. In: Annals of the CIRP, v. 2, p , PHAAL, R.; FARRUKH, C. J. P.; PROBERT, D.R. Technology roadmapping: a planning framework for evolution and revolution Proceedings of Technological Forecasting and Social Change. Vol. 71. p North Holland. 11. SIDÉN, J.; LINDSTRÖM, P.; PAULI, M. Strategic product planning: a case study exploring the process and its development Proceedings of International Design Conference DESIGN 2000: Dubrovnik. 6p. 19 Bibliografia fontes de consulta artigos 12. BAHILL, A. T.; DEAN, F. F. Discovering system requirements. Disponível em: <http://tide.it.bond.edu.au/inft390/002/resources/sysreq.htm> Acesso em: 31/05/ HARWELL, R.; ASLAKSEN, E.; HOOKS, I.; MENGOT, R.; PTACK, K. What is a requirement? Disponível em: <http://www.incose.org/rwg/what_is.html> Acesso em: 20/06/ HAUSER, J.R.; CLAUSING, D. The house of quality. Harvard Business Review, p , May June, KARLSSON, C.; NELLORE, R.; SÖDERQUIST, K. Black box engineering: redefining the role of product specifications. Journal of Product Innovation Management. v. 15, n. 6, p , SWANSON, D. A.; HAUSER, J. R. The voice of the customer: how can you be sure you know what customers really want? I Pacific Rim Symposium of Quality Function Deployment, February 15 17, MacQuarie University, NSW Australia. Proceedings. 17. CARVALHO, M. A. de; BACK, N. Rumo a um modelo para a solução de problemas nas etapas iniciais do desenvolvimento de produtos. In: Congresso Brasileiro de Gestão do Desenvolvimento de Produto São Carlos, SP. Anais do II CBGDP. 18. COMELLA, T. M. How to manage creativity without killing it. Machine Design. p March, MAZUR, G. Theory of inventive problem solving (TRIZ). Disponível em: <http://www.mazur.net.triz/> Acesso em: 14/11/ CROW, K. Value analysis and functions analysis system technique. Product Development Forum DRM Associates. Acesso em: 19 04/2005. Disponível em: solutions.com. 21. HUNDAL, M. S. A systematic method for developing function structures, solutions and concept variants. Mechanical Machines Theory, v. 25, n. 3, p

11 Página da disciplina Login: aluno senha: tahchaus 21 Página da disciplina 22

12 Programação calendário 23 Programação calendário M S D OBS. da disciplina S 1 Capítulo 1 - Introdução ao desenvolvimento integrado de produtos Q 3 Capítulo 1 - Introdução ao desenvolvimento integrado de produtos MARÇO S 8 Capítulo 2 - Estrutura do processo de desenvolvimento integrado do projeto do produto PRODIP Q 10 Capítulo 2 Estrutura do processo de desenvolvimento integrado do projeto do produto PRODIP Definição equipes e temas S 15 Aula de exercícios 1 Cap. 1 e 2 de projeto e de seminários Q 17 Capítulo 3 Introdução ao gerenciamento do desenvolvimento integrado de produtos S 22 NÃO LETIVO Q 24 Capítulo 4 Introdução ao planejamento de produtos das propostas de projeto pelas equipes S 29 Aula de exercícios 2 Cap. 3 e 4 24 Q 31 Capítulo 5 Especificações de projeto do produto - QFD

13 Programação calendário M S D OBS. S 5 Capítulo 5 Especificações de projeto do produto - QFD Q 7 Capítulo 6 - Síntese de soluções alternativas inovação do produto métodos de criatividade S 12 Capítulo 7 Método da síntese funcional e engenharia reversa ABRIL Q 14 Aula de exercícios 3 Cap. 5, 6 e 7 S 19 parcial dos projetos (PROJETO INFORMACIONAL) Q 21 FERIADO S 26 Seminário 1 apresentação de artigos Q 28 Seminário 2 apresentação de artigos 25 Programação calendário M S D OBS. S 3 Capítulo 8 Projeto para a viabilidade econômica do produto Q 5 Capítulo 9 Processo de avaliação e seleção de concepções S 10 Capítulo 10 Aspectos legais e de ética na inovação de produtos MAIO Q 12 Aula de exercícios 4 Cap. 8, 9, 10 S 17 Q 19 S 24 Q 26 PROVA Capítulo 11 Introdução a otimização integrada do processo de projeto do produto - Prof. Acires Capítulo 11 Introdução a otimização integrada do processo de projeto do produto Prof. Acires das soluções de projeto em equipe Projeto conceitual de um produto 26

14 Orientações gerais SEMINÁRIOS Apresentar o tema na forma de um artigo (8 10 pg.); Preparar apresentação em Powerpoint (30 min de apresentação); Seguir normas para referências bibliográficas (ABNT); Fonte de pesquisa: (acesso na UFSC, palavras chave em inglês), biblioteca setorial do EMC e biblioteca central, alunos de mestrado e doutorado no NEDIP (Bloco B EMC); Apresentar definições, processos, métodos e exemplos dos temas indicados. Modelos de apresentação sugeridos na página da disciplina 27 Orientações gerais PROJETO CONCEITUAL Planejar a execução do projeto com base na metodologia apresentada; Pesquisar o estado da arte em soluções para o tema proposto; Desenvolver as especificações de projeto; Desenvolver concepções alternativas para o problema; Preparar apresentação em Powerpoint (50 min); Apresentar relatório do projeto, contendo descrição do processo e métodos empregados e das soluções geradas; 28

15 Temas e bibliografia básica para os SEMINÁRIOS n. Tema Referência base Aluno Métricas para a Engenharia Simultânea Avaliação de riscos na inovação de produtos Análise críticas das relações entre projeto, desenvolvimento de produtos e inovação Taxonomia de requisitos de projeto Análise comparativa da TRIZ com a metodologia de Pahl e Beitz PRASAD, B.; Survey of life-cycle measures and metrics for concurrent product and process design; Artificial Intelligence for Engineering Design, Analysis and Manufacturing (2000), 14, SARBACKER, S.D.; ISHII, K.; A framework for evaluating risk in innovative product development. Proceedings of ASME, 1997, sptember, MARXT, C. and HACKLIN, F.; Design, product development, innovation: all the same in the end? a short discussion on terminology, Journal of engineering design, v. 16, n. 4, august 2005, STAUFER, L.A.; GERSHENSON, J.K.; Research in Engineering Design (1999) 11: MALMQVIST, J.; AXELSSON, R. and JOHANSSON, M.; A comparative analysis of the tehory of inventive problem solving and the systematic approach of Pahl and Beitz; Proceedings of ASME, 1996, august, Temas e bibliografia básica para os SEMINÁRIOS 30 n. Tema Referência base Aluno Critérios e medidas de avaliação da inovação de concepções de produtos e processos Metodologia de engenharia reversa e reprojeto como fator de evolução de produtos e de apoio ao ensino de projeto Estudo da construção gramatical de estruturas funcionais de sistemas técnicos REDELINGHUYS, C. Proposed measures for invention gain in engineering design. Journal of Engineering Design, v. 11, n. 3, p , REDELINGHUYS, C. Proposed criteria for the detection of invention in engineering design. Journal of Engineering Design, v. 11, n. 3, p , OTTO K. N.; WOOD K. L. Product Evolution: A Reverse Engineering and Redesign Methodology. Research in Engineering Design. v. 10. p , ABE, T.; STARR, P. Teaching the writing and role of specifications via a structured teardown process. Design Studies. V. 24, n. 6, november 2003 SRIDHARAN, P.; CAMPBELL, M. I. A study on the grammatical construction of function structures. Artificial Intelligence for Engineering Design, Analysis and Manufacturing. n. 19, p , 2005 VAN WIE, M.; BRYANT, C. R.; BOHM, M. R.; MCADAMS, D. A. A model of function based representations. Artificial Intelligence for Engineering Design, Analysis and Manufacturing. n. 19, p , 2005

16 Temas e bibliografia básica para os SEMINÁRIOS n. Tema Referência base Aluno Análise da inovação versus responsabilidade civil no desenvolvimento do produto A garantia do produto novo e seu efeito no desenvolvimento de produtos Efeito das decisões de projeto sobre o custo do ciclo de vida do produto Definições e medidas para análise de parâmetros HERBIG, P. A.; GOLDEN, J. E. Innovation and product liability. Industrial Marketing Management, 23, ,1994 MURTHY, D. N. P.; DJAMALUDIN, I. New product warranty: a literature review. International Journal of Production Economics. N. 79, p BARTON, J. A., LOVE, D. M.; TAYLOR, G. D. Design determines 70% of costs? A review of implications for design evaluation. Journal of Engineering Design. V. 12, n.1, p , 2001 OTTO, K and ANTONSSON, E.; Design parameter selection in the presence of noise. Research in engineering design, vol 6, n. 4, 1994, Equipes de projeto Equipe 1 Projeto Proposto Data Equipe 2 Projeto Proposto Data Equipe 3 Projeto Proposto Data 32

PLANEJAMENTO DO LEVANTAMENTO DA UTILIZAÇÃO DE TÉCNICAS SISTEMÁTICAS DE PROCESSO DE PROJETO NO SETOR MECÂNICO- METALÚRGICO DA INDUSTRIA PARAENSE

PLANEJAMENTO DO LEVANTAMENTO DA UTILIZAÇÃO DE TÉCNICAS SISTEMÁTICAS DE PROCESSO DE PROJETO NO SETOR MECÂNICO- METALÚRGICO DA INDUSTRIA PARAENSE PLANEJAMENTO DO LEVANTAMENTO DA UTILIZAÇÃO DE TÉCNICAS SISTEMÁTICAS DE PROCESSO DE PROJETO NO SETOR MECÂNICO- METALÚRGICO DA INDUSTRIA PARAENSE Rodrigo José de Andrade Vieira Celso Augusto Coelho Antonio

Leia mais

Um Sistema On-Line para o Design de Produtos

Um Sistema On-Line para o Design de Produtos An On-Line System for Product Design Teixeira, Fábio; PhD; PgDesign Universidade Federal do Rio Grande do Sul fabiogt@ufrgs.br Silva, Régio; PhD; PgDesign Universidade Federal do Rio Grande do Sul regio@ufrgs.br

Leia mais

Visão. eficiente, limpo, barato, pequeno, leve, silencioso, confiável e durável, motores de combustão. de alto desempenho interno

Visão. eficiente, limpo, barato, pequeno, leve, silencioso, confiável e durável, motores de combustão. de alto desempenho interno Conteúdo EMC 6605 PROJETO CONCEITUAL CAPÍTULO 4 PLANEJAMENTO DE PRODUTOS Capítulo 4 Planejamento de produtos Introdução Idéia do produto Processo de planejamento Metodologias de apoio ao planejamento de

Leia mais

A ABORDAGEM UTILIZADA PELO GRUPO SIMUCAD: SIMULAÇÃO & CAD, NO DESENVOLVIMENTO DE INSTALAÇÕES INDUSTRIAIS

A ABORDAGEM UTILIZADA PELO GRUPO SIMUCAD: SIMULAÇÃO & CAD, NO DESENVOLVIMENTO DE INSTALAÇÕES INDUSTRIAIS A ABORDAGEM UTILIZADA PELO GRUPO SIMUCAD: SIMULAÇÃO & CAD, NO DESENVOLVIMENTO DE INSTALAÇÕES INDUSTRIAIS Nilton Luiz Menegon menegon@power.ufscar.br Miguel Antonio Bueno da Costa mbcosta@power.ufscar.br

Leia mais

IMPLEMENTAÇÃO COMPUTACIONAL DE FERRAMENTAS E DOCUMENTOS DE APOIO UTILIZADAS NA PRIMEIRA FASE DO PROCESSO DE PROJETO PROJETO INFORMACIONAL

IMPLEMENTAÇÃO COMPUTACIONAL DE FERRAMENTAS E DOCUMENTOS DE APOIO UTILIZADAS NA PRIMEIRA FASE DO PROCESSO DE PROJETO PROJETO INFORMACIONAL IMPLEMENTAÇÃO COMPUTACIONAL DE FERRAMENTAS E DOCUMENTOS DE APOIO UTILIZADAS NA PRIMEIRA FASE DO PROCESSO DE PROJETO PROJETO INFORMACIONAL Juscelino de Farias Maribondo Universidade Federal da Paraíba,

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE TECNOLOGIA E GEOCIÊNCIAS DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA MECÂNICA

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE TECNOLOGIA E GEOCIÊNCIAS DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA MECÂNICA SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE TECNOLOGIA E GEOCIÊNCIAS DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA MECÂNICA CONCURSO PÚBLICO PARA DOCENTES DO MAGISTÉRIO SUPERIOR Edital nº 74, de

Leia mais

Universidade*Nove*de*Julho*1*UNINOVE* Programa*de*Mestrado*Profissional*em*Administração* *Gestão*em*Sistemas*de*Saúde*

Universidade*Nove*de*Julho*1*UNINOVE* Programa*de*Mestrado*Profissional*em*Administração* *Gestão*em*Sistemas*de*Saúde* UniversidadeNovedeJulho1UNINOVE ProgramadeMestradoProfissionalemAdministração GestãoemSistemasdeSaúde Disciplina ProjetosComplexoseEstratégicosAplicadosàSaúde Códigodadisciplina GSEL04 Linhadepesquisa

Leia mais

ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE FELGUEIRAS

ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE FELGUEIRAS Curricular Unit Plan ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE FELGUEIRAS CURSO Licenciatura em Engenharia Informática U.C. GESTÃO DE PROJECTOS INFORMÁTICOS Horas presenciais / Ano 56 Ano Lectivo 2010

Leia mais

Aplicação de metodologias de projeto de produtos industriais no processo de desenvolvimento de produtos na indústria de alimentos.

Aplicação de metodologias de projeto de produtos industriais no processo de desenvolvimento de produtos na indústria de alimentos. Aplicação de metodologias de projeto de produtos industriais no processo de desenvolvimento de produtos na indústria de alimentos. Cíntia Carla Penso (UFSC) cintiacarla@hotmail.com Fernando Antônio Forcellini

Leia mais

Gestão de Marketing e Ética Empresarial

Gestão de Marketing e Ética Empresarial Escola de Economia e Gestão Gestão de Marketing e Ética Empresarial Reconhecer e explicar os conceitos pilares do marketing e seu ambiente; Reconhecer a estratégia de marketing e aplicar os principais

Leia mais

Portais Corporativos em Universidades: uma Metodologia para o Processo de Projeto Corporate Portal in Universities: a Methodology for Design Process

Portais Corporativos em Universidades: uma Metodologia para o Processo de Projeto Corporate Portal in Universities: a Methodology for Design Process Portais Corporativos em Universidades: uma Metodologia para o Processo de Projeto Corporate Portal in Universities: a Methodology for Design Process Denise Aristimunha de Lima denisealima@gmail.com Fábio

Leia mais

Considerações gerais sobre o gerenciamento de projetos Processo de gerenciamento de projetos Estruturas organizacionais e equipes de projeto

Considerações gerais sobre o gerenciamento de projetos Processo de gerenciamento de projetos Estruturas organizacionais e equipes de projeto Conteúdo EMC 6605 PROJETO CONCEITUAL CAPÍTULO 3 INTRODUÇÃO AO GERENCIAMENTO DO PROCESSO DE DESENVOLVIMENTO INTEGRADO DE PRODUTOS Capítulo 3 Introdução ao gerenciamento do processo de desenvolvimento integrado

Leia mais

Universidade do Minho. Escola de Engenharia. UC transversais Programas Doutorais 1º semestre 2012-13. 11 de outubro 2012

Universidade do Minho. Escola de Engenharia. UC transversais Programas Doutorais 1º semestre 2012-13. 11 de outubro 2012 Universidade do Minho Escola de Engenharia UC transversais Programas Doutorais 1º semestre 2012-13 11 de outubro 2012 1 2 2 courses offered in the first semestre: Métodos de Investigação em Engenharia

Leia mais

MOP&D: Integrated product development model oriented to R&D projects of the Brazilian electricity sector

MOP&D: Integrated product development model oriented to R&D projects of the Brazilian electricity sector MOP&D: Integrated product development model oriented to R&D projects of the Brazilian electricity sector MOP&D: Modelo de desenvolvimento integrado de produto orientado aos projetos de P&D do setor elétrico

Leia mais

Avaliando modelos arquiteturais através de um checklist baseado em atributos de qualidade

Avaliando modelos arquiteturais através de um checklist baseado em atributos de qualidade Avaliando modelos arquiteturais através de um checklist baseado em atributos de qualidade Aluno: Rafael Ferreira Barcelos barcelos@cos.ufrj.br Orientador: Guilherme Horta Travassos ght@cos.ufrj.br Nível:

Leia mais

TRIZ no Desenvolvimento de Produto: Encontrando e Resolvendo Contradições Técnicas e Físicas

TRIZ no Desenvolvimento de Produto: Encontrando e Resolvendo Contradições Técnicas e Físicas TRIZ no Desenvolvimento de Produto: Encontrando e Resolvendo Contradições Técnicas e Físicas Marco Aurélio de Carvalho (CEFET-PR) decarvalho@cefetpr.br Nelson Back (UFSC) backnb@terra.com.br André Ogliari

Leia mais

MODELOS PRESCRITIVOS DE DESENVOLVIMENTO DE PRODUTOS

MODELOS PRESCRITIVOS DE DESENVOLVIMENTO DE PRODUTOS 2 PROJETO CONCEITUAL AULA 2 Capítulo 2 Estrutura do processo de desenvolvimento integrado do projeto do produto EMC 6605 - Conceitual 2006.1 CAPÍTULO 2 ESTRUTURA DO PROCESSO DE DESENVOLVIMENTO DE PRODUTOS

Leia mais

AMBIENTE PARA AUXÍLIO AO TRABALHO COOPERATIVO NA ENGENHARIA SIMULTÂNEA

AMBIENTE PARA AUXÍLIO AO TRABALHO COOPERATIVO NA ENGENHARIA SIMULTÂNEA AMBIENTE PARA AUXÍLIO AO TRABALHO COOPERATIVO NA ENGENHARIA SIMULTÂNEA Simone Vasconcelos Ribeiro Galina Doutoranda EP/Dep. Eng. Produção - Universidade de São Paulo - email: svgalina@usp.br Av. Prof.

Leia mais

PROGRAMA OBJETIVOS DA DISCIPLINA

PROGRAMA OBJETIVOS DA DISCIPLINA DEPARTAMENTO Gestão Pública (GEP) CURSO Mestrado Profissional Em Gestão e Políticas Públicas - MPGPP DISCIPLINA Ferramentas aplicadas ao desenho de políticas públicas PROFESSOR Alexis Vargas PERÍODO SEMESTRE/ANO

Leia mais

Processos de Inovação e Desenvolvimento de Novos Produtos. Daniel F. Arcoverde

Processos de Inovação e Desenvolvimento de Novos Produtos. Daniel F. Arcoverde Processos de Inovação e Desenvolvimento de Novos Produtos Daniel F. Arcoverde Agenda Definição de inovação Motivação Processos de Desenvolvimento de Novos Produtos (NPD) Classes de Modelos de NPD Problemas

Leia mais

DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA CIVIL CENTRO TECNOLÓGICO

DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA CIVIL CENTRO TECNOLÓGICO UFES DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA CIVIL CENTRO TECNOLÓGICO DISCIPLINA Código Denominação Carga Horária Semestral Cr. Nat. CIV 07881 GERENCIAMENTO DE EMPREENDIMENTOS DE CONSTRUÇÃO CIVIL I T: 60 h, L: 0 h,

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA FACULDADE DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Programa de Pós-Graduação em Ciências Contábeis - PPGCC FICHA DE DISCIPLINA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA FACULDADE DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Programa de Pós-Graduação em Ciências Contábeis - PPGCC FICHA DE DISCIPLINA FICHA DE DISCIPLINA Disciplina Contabilidade e Análise de Custos Código Carga Horária 6 Créditos 4 Tipo: PPGCC09 Eletiva OBJETIVOS Apresentar e discutir os conhecimentos fundamentais voltados para a identificação,

Leia mais

Modelo Referencial para o Processo de Desenvolvimento de Novos Produtos

Modelo Referencial para o Processo de Desenvolvimento de Novos Produtos Modelo Referencial para o Processo de Desenvolvimento de Novos Produtos Tema: Técnicas de planejamento, controle e avaliação. Categoria: artigo científico Carla de Oliveira Buss UFRGS E-mail: cobuss@terra.com.br

Leia mais

BUFFA, E. S.; SARIN, R. K. Modern Production / Operations Management. John Wiley and Sons, 1987.

BUFFA, E. S.; SARIN, R. K. Modern Production / Operations Management. John Wiley and Sons, 1987. 83 Referências Bibliográficas AKTURK, M. S.; ERHUM, F. Overview of design and operational issues of kanban systems. International Journal of Production Research, Vol. 37, n.17, p. 3859-3881, 1999. ANTUNES,

Leia mais

2. A DEFINIÇÃO DAS INFORMAÇÕES TÉCNICAS NO PROCESSO DE PROJETO

2. A DEFINIÇÃO DAS INFORMAÇÕES TÉCNICAS NO PROCESSO DE PROJETO GESTÃO DA DEFINIÇÃO E TRANSMISSÃO DE INFORMAÇÕES TÉCNICAS NO PROCESSO DE PROJETO Jocelise Jacques de Jacques Arquiteta, M.Sc. pelo Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil da Universidade Federal

Leia mais

MONITORAMENTO ON-LINE DE PROCESSOS DE USINAGEM VIA MEDIÇÃO DE VIBRAÇÕES

MONITORAMENTO ON-LINE DE PROCESSOS DE USINAGEM VIA MEDIÇÃO DE VIBRAÇÕES 16º POSMEC Universidade Federal de Uberlândia Faculdade de Engenharia Mecânica MONITORAMENTO ON-LINE DE PROCESSOS DE USINAGEM VIA MEDIÇÃO DE VIBRAÇÕES Tatiana Meola Universidade Federal de Uberlândia tatiana.meola@gmail.com

Leia mais

Motivação para o emprego do Ecodesign: : um estudo de caso na indústria automotiva

Motivação para o emprego do Ecodesign: : um estudo de caso na indústria automotiva Engenharia de Produção Motivação para o emprego do Ecodesign: : um estudo de caso na indústria automotiva Miriam Borchardt Leonel Augusto C. Poltosi Miguel A. Sellitto Giancarlo M. Pereira Introdução Ecodesign:

Leia mais

Desenvolvimento de Plataformas Modulares: Revisão Teórica Preliminar

Desenvolvimento de Plataformas Modulares: Revisão Teórica Preliminar Desenvolvimento de Plataformas Modulares: Revisão Teórica Preliminar César Coutinho Ramos Cesar.Ramos@volkswagen.com VW-MAN Antonio Wagner Forti awforti@feg.unesp.br UNESP Rodrigo de Oliveira Chaves VW-MAN

Leia mais

GESTÃO DE PROJETOS DE APLICAÇÕES WEB: UMA ABORDAGEM PARA MINIMIZAÇÃO DE INCERTEZAS NA DEFINIÇÃO DE ESCOPO

GESTÃO DE PROJETOS DE APLICAÇÕES WEB: UMA ABORDAGEM PARA MINIMIZAÇÃO DE INCERTEZAS NA DEFINIÇÃO DE ESCOPO GESTÃO DE PROJETOS DE APLICAÇÕES WEB: UMA ABORDAGEM PARA MINIMIZAÇÃO DE INCERTEZAS NA DEFINIÇÃO DE ESCOPO Cristina Coelho de Abreu Pinna Mestranda da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo Depto.

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO MATHEUS DA SILVA GRAVEL

UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO MATHEUS DA SILVA GRAVEL UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO MATHEUS DA SILVA GRAVEL A ENGENHARIA SIMULTÂNEA COMO FATOR CRÍTICO DE SUCESSO EM MERCADOS COMPETITIVOS JUIZ DE FORA 2011

Leia mais

Table 1. Dados do trabalho

Table 1. Dados do trabalho Título: Desenvolvimento de geradores de aplicação configuráveis por linguagens de padrões Aluno: Edison Kicho Shimabukuro Junior Orientador: Prof. Dr. Paulo Cesar Masiero Co-Orientadora: Prof a. Dr. Rosana

Leia mais

BASES METODOLÓGICAS PARA AVALIAÇÃO DA SUSTENTABILIDADE AGRÍCOLA: UMA PROPOSTA PARA INTEGRAÇÃO DAS FERRAMENTAS DISPONÍVEIS

BASES METODOLÓGICAS PARA AVALIAÇÃO DA SUSTENTABILIDADE AGRÍCOLA: UMA PROPOSTA PARA INTEGRAÇÃO DAS FERRAMENTAS DISPONÍVEIS BASES METODOLÓGICAS PARA AVALIAÇÃO DA SUSTENTABILIDADE AGRÍCOLA: UMA PROPOSTA PARA INTEGRAÇÃO DAS FERRAMENTAS DISPONÍVEIS GUSTAVO J. R. CACIOLI 1 ; KATIA R. E. DE JESUS-HITZSCHKY 2 N o 0902015 Resumo A

Leia mais

Gestão da Inovação 4º Ano de Gestão

Gestão da Inovação 4º Ano de Gestão INSTITUTO SUPERIOR DE ECONOMIA E GESTÃO Universidade Técnica de Lisboa Gestão da Inovação 4º Ano de Gestão Ano Lectivo 2006/2007 2º Semestre Docente: Vitor Corado Simões PROGRAMA A. O que é a gestão da

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE INSTITUTO DE LETRAS E ARTES CONCURSO PÚBLICO PROFESSOR ASSISTENTE EM LÍNGUA INGLESA. EDITAL No.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE INSTITUTO DE LETRAS E ARTES CONCURSO PÚBLICO PROFESSOR ASSISTENTE EM LÍNGUA INGLESA. EDITAL No. UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE INSTITUTO DE LETRAS E ARTES CONCURSO PÚBLICO PROFESSOR ASSISTENTE EM LÍNGUA INGLESA EDITAL No. 011/2009 Dados para o Edital do Concurso para Professor Assistente na área

Leia mais

As informações contidas neste documento são de propriedade da EMBRAER e não deverão ser utilizadas ou reproduzidas, exceto com autorização desta.

As informações contidas neste documento são de propriedade da EMBRAER e não deverão ser utilizadas ou reproduzidas, exceto com autorização desta. As informações contidas neste documento são de propriedade da EMBRAER e não deverão ser utilizadas ou reproduzidas, exceto com autorização desta. This information is EMBRAER property and cannot be used

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO/ UFPE DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO/ DCA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO/ PROPAD

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO/ UFPE DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO/ DCA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO/ PROPAD UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO/ UFPE DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO/ DCA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO/ PROPAD PLANO DE ENSINO DO DOCENTE PARA O PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

PLANO DE ENSINO. ATIVIDADE SEG TER QUA QUI SEX Aulas 10-12 10-12 Atendimento 13-16 13-16 Preparação de aula 14-16 14-16

PLANO DE ENSINO. ATIVIDADE SEG TER QUA QUI SEX Aulas 10-12 10-12 Atendimento 13-16 13-16 Preparação de aula 14-16 14-16 PLANO DE ENSINO 1. IDENTIFICAÇÃO Disciplina: Introdução a Otimização Combinatória Código: ICC500 Turma: CB01 URL: http://ioc-ufam.weebly.com Nº de Créditos: 4.4.0 Ano: 2015 Semestre: 1 Carga horária: 60h

Leia mais

DESDOBRAMENTO DA FUNÇÃO QUALIDADE (QFD) APLICADO NA DIVISÃO DE BIBLIOTECA E DOCUMENTAÇÃO DA ESALQ/USP

DESDOBRAMENTO DA FUNÇÃO QUALIDADE (QFD) APLICADO NA DIVISÃO DE BIBLIOTECA E DOCUMENTAÇÃO DA ESALQ/USP TRABALHO ORAL EMPREENDEDORISMO EM BIBLIOTECAS UNIVERSITÁRIAS Qualidade dos serviços e foco no usuário DESDOBRAMENTO DA FUNÇÃO QUALIDADE (QFD) APLICADO NA DIVISÃO DE BIBLIOTECA E DOCUMENTAÇÃO DA ESALQ/USP

Leia mais

Glossário BiSL. Bert Pranger / Michelle Hofland 28 Maio 2012 Versão 1.0-1 -

Glossário BiSL. Bert Pranger / Michelle Hofland 28 Maio 2012 Versão 1.0-1 - Glossário BiSL Bert Pranger / Michelle Hofland 28 Maio 2012 Versão 1.0-1 - 1. Glossário de Terminologia Terminologia em Inglês Terminologia em Português BiSL processes Processos de BiSL Business data management

Leia mais

USO DOS CONCEITOS DE INTERAÇÃO HUMANO-COMPUTADOR NO DESENVOLVIMENTO WEB PARA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA

USO DOS CONCEITOS DE INTERAÇÃO HUMANO-COMPUTADOR NO DESENVOLVIMENTO WEB PARA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA Discutindo a visibilidade da EaD Pública no Brasil USO DOS CONCEITOS DE INTERAÇÃO HUMANO-COMPUTADOR NO DESENVOLVIMENTO WEB PARA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA Priscilla Márcia Scarpelli Bastos 1, Diogo Marcos de

Leia mais

BENEFÍCIOS DA APLICAÇÃO DA MATRIZ QFD (QUALITY FUNCTION DEPLOYMENT)

BENEFÍCIOS DA APLICAÇÃO DA MATRIZ QFD (QUALITY FUNCTION DEPLOYMENT) 58 BENEFÍCIOS DA APLICAÇÃO DA MATRIZ QFD (QUALITY FUNCTION DEPLOYMENT) NO PROJETO INFORMACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DE PRODUTO: UMA SIMULAÇÃO DE APLICAÇÃO EM PUXADORES DA LINHA BRANCA BENEFITS OF IMPLEMENTING

Leia mais

Um modelo para o gerenciamento de múltiplos projetos de software aderente ao CMMI

Um modelo para o gerenciamento de múltiplos projetos de software aderente ao CMMI Universidade Federal de Pernambuco Graduação em Ciência da Computação Centro de Informática Um modelo para o gerenciamento de múltiplos projetos de software aderente ao CMMI PROPOSTA DE TRABALHO DE GRADUAÇÃO

Leia mais

Autoria: Nestor de Oliveira Filho, Franciane Silveira

Autoria: Nestor de Oliveira Filho, Franciane Silveira APLICAÇÃO DO PROCESSO TOLL-GATE PARA SELEÇÃO DE OPORTUNIDADES E PROJETOS DE NOVOS PRODUTOS EM EUMA EMPRESA FORNECEDORA DE BENS E SERVIÇOS PARA O SETOR DE ENERGIA Resumo Autoria: Nestor de Oliveira Filho,

Leia mais

Bibliografia referente ao artigo Gestão baseada no valor, Isabel Ribeiro de Carvalho, Revista TOC, Fevereiro 2008

Bibliografia referente ao artigo Gestão baseada no valor, Isabel Ribeiro de Carvalho, Revista TOC, Fevereiro 2008 Bibliografia referente ao artigo Gestão baseada no valor, Isabel Ribeiro de Carvalho, Revista TOC, Fevereiro 2008 Bibliografía BREALEY, Richard A.; MYERS, Stewart C. - Princípios de Finanças Empresariais.

Leia mais

PROCESSO DE DESENVOLVIMENTO DE UM SISTEMA DE MEDIÇÃO DE DESEMPENHO BASEADO EM UMA METODOLOGIA DE TRANSFORMAÇÃO ORGANIZACIONAL

PROCESSO DE DESENVOLVIMENTO DE UM SISTEMA DE MEDIÇÃO DE DESEMPENHO BASEADO EM UMA METODOLOGIA DE TRANSFORMAÇÃO ORGANIZACIONAL PROCESSO DE DESENVOLVIMENTO DE UM SISTEMA DE MEDIÇÃO DE DESEMPENHO BASEADO EM UMA METODOLOGIA DE TRANSFORMAÇÃO ORGANIZACIONAL Antonio Freitas Rentes Escola de Engenharia de São Carlos - USP Av. Trabalhador

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Decanato Acadêmico

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Decanato Acadêmico Unidade Universitária: Escola de Engenharia Curso: Engenharia Eletrônica e Elétrica Disciplina: Engenharia Econômica Código da Disciplina: 25019724 Professor: Doutor Agostinho Celso Pascalicchio Carga

Leia mais

Uma Análise da História do VEM, WBVS e WMSWM

Uma Análise da História do VEM, WBVS e WMSWM VEM Uma Análise da História do VEM, WBVS e WMSWM Renato Novais, Thiago S. Mendes, Fernando Teles Instituto Federal da Bahia (IFBA) Salvador Bahia Brasil {renato,thiagosouto,fernandoteles}@ifba.edu.br Abstract.

Leia mais

MODELOS COMPORTAMENTAIS NA COMPREENSÃO DA PROBLEMÁTICA DO SISTEMA DE TRANSPORTE INTERURBANO DE PASSAGEIROS DO CEARÁ

MODELOS COMPORTAMENTAIS NA COMPREENSÃO DA PROBLEMÁTICA DO SISTEMA DE TRANSPORTE INTERURBANO DE PASSAGEIROS DO CEARÁ MODELOS COMPORTAMENTAIS NA COMPREENSÃO DA PROBLEMÁTICA DO SISTEMA DE TRANSPORTE INTERURBANO DE PASSAGEIROS DO CEARÁ Hélio Henrique Holanda de Souza Carlos Felipe Grangeiro Loureiro MODELOS COMPORTAMENTAIS

Leia mais

Projeto pedagógico para um curso de Mestrado em Ciência e Tecnologia de Alimentos com aplicação de ABP Virtual

Projeto pedagógico para um curso de Mestrado em Ciência e Tecnologia de Alimentos com aplicação de ABP Virtual Projeto pedagógico para um curso de Mestrado em Ciência e Tecnologia de Alimentos com aplicação de ABP Virtual Silvane Guimarães Silva Gomes, Frederico José Vieira Passos Universidade Federal de Viçosa

Leia mais

Utilização do QFD como ferramenta para hierarquizar requisitos de projeto

Utilização do QFD como ferramenta para hierarquizar requisitos de projeto Utilização do QFD como ferramenta para hierarquizar requisitos de projeto Magnos R. Klein (FAHOR) mk000856@fahor.com.br Luciano Schaedler (FAHOR) ls000859@fahor.com.br Cristiano Eich (FAHOR) ce000701@fahor.com.br

Leia mais

INAC 2009, Rio de Janeiro, RJ, Brazil.

INAC 2009, Rio de Janeiro, RJ, Brazil. 2009 International Nuclear Atlantic Conference - INAC 2009 Rio de Janeiro,RJ, Brazil, September27 to October 2, 2009 ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ENERGIA NUCLEAR - ABEN ISBN: 978-85-99141-03-8 IMPLEMENTAÇÃO

Leia mais

Estudos Avançados de Metodologia de Pesquisa (CCP 945) Dr. Enivaldo Rocha (PPGCP UFPE) Dalson Filho (Doutorando PPGCP UFPE)

Estudos Avançados de Metodologia de Pesquisa (CCP 945) Dr. Enivaldo Rocha (PPGCP UFPE) Dalson Filho (Doutorando PPGCP UFPE) (CCP 945) Dr. Enivaldo Rocha (PPGCP UFPE) Dalson Filho (Doutorando PPGCP UFPE) Identificação Disciplina: (CCP 945) Horário: quarta-feira (09:00 às 13:00 horas) Professor: Dr. Enivaldo Rocha (PPGCP UFPE)

Leia mais

19 Congresso de Iniciação Científica CAPACITAÇÃO EM SISTEMA CAD DE GRANDE PORTE E EM SISTEMA PDM

19 Congresso de Iniciação Científica CAPACITAÇÃO EM SISTEMA CAD DE GRANDE PORTE E EM SISTEMA PDM 19 Congresso de Iniciação Científica CAPACITAÇÃO EM SISTEMA CAD DE GRANDE PORTE E EM SISTEMA PDM Autor(es) ANDRE BERTIE PIVETTA Orientador(es) KLAUS SCHÜTZER Apoio Financeiro PIBITI/CNPQ 1. Introdução

Leia mais

10 o Congresso Brasileiro de Gestão da Inovação e Desenvolvimento de Produtos Itajubá - MG, 8 a 10 de setembro de 2015

10 o Congresso Brasileiro de Gestão da Inovação e Desenvolvimento de Produtos Itajubá - MG, 8 a 10 de setembro de 2015 MAPEAMENTO DA PRODUÇÃO CIENTÍFICA SOBRE MÉTODOS E FERRAMENTAS PARA DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS PRODUTO-SERVIÇO Caio Augusto Nunes Marques (caiomarques@usp.br) - Universidade de São Paulo Lucas Portilho

Leia mais

Artigos científicos / Scientific articles

Artigos científicos / Scientific articles Artigos científicos / Scientific articles Rev. Ibirapuera, São Paulo, n. 1, p. 31-35, jan./jun. 2011 REUSO DE REQUISITOS PARA FAMÍLIAS DE PRODUTOS EM SISTEMAS EMBARCADOS Cristiano Marçal Toniolo Universidade

Leia mais

EXAME NACIONAL DE CURSOS E POLÍTICA DE REGULAÇÃO ESTATAL DO ENSINO SUPERIOR ALFREDO MACEDO GOMES Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal de Pernambuco alf1964@terra.com.br RESUMO

Leia mais

EMC 6605 - Projeto Conceitual TRIMESTRE 2006.1

EMC 6605 - Projeto Conceitual TRIMESTRE 2006.1 EMC 6605 - Projeto Conceitual TRIMESTRE 2006.1 CAPÍTULO VI SÍNTESE DE SOLUÇÕES ALTERNATIVAS INOVAÇÃO DO PRODUTO 2 PROJETO CONCEITUAL CAPÍTULO 6 Capítulo 6 Síntese de Soluções Alternativas Inovação do Produto

Leia mais

Fundamentos do design for six sigma

Fundamentos do design for six sigma Fundamentos do design for six sigma Rodrigo Francisco Prata (UNIFEI) rprata@psgbr.jnj.com Tatiana Fernandes (UNIFEI) tatiana@fastec.com.br Carlos Eduardo Sanches da Silva (UNIFEI) sanches@unifei.edu.br

Leia mais

E D I T A L. 2 - Da documentação exigida para inscrição no Exame de Seleção e Admissão:

E D I T A L. 2 - Da documentação exigida para inscrição no Exame de Seleção e Admissão: SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE TECNOLOGIA E GEOCIÊNCIAS Programa de Pós-Graduação em Ciências Geodésicas e Tecnologias da Geoinformação - Curso de Mestrado (Aprovado

Leia mais

Classificação: Determinístico

Classificação: Determinístico Prof. Lorí Viali, Dr. viali@pucrs.br http://www.pucrs.br/famat/viali/ Da mesma forma que sistemas os modelos de simulação podem ser classificados de várias formas. O mais usual é classificar os modelos

Leia mais

Introdução a Engenharia de Software. Alterações na aula do Prof. Reinaldo Bianchi Alterado por: Antonio Carlos Souza ADS - IFBA

Introdução a Engenharia de Software. Alterações na aula do Prof. Reinaldo Bianchi Alterado por: Antonio Carlos Souza ADS - IFBA Introdução a Engenharia de Software Alterações na aula do Prof. Reinaldo Bianchi Alterado por: Antonio Carlos Souza ADS - IFBA Bibliografia Engenharia de Software, Roger Pressman, Makron Books: o mais

Leia mais

PROCEDIMENTO PARA A AVALIAÇÃO DA FLEXIBILIDADE DE PROCESSOS DE GESTÃO DE PROJETOS

PROCEDIMENTO PARA A AVALIAÇÃO DA FLEXIBILIDADE DE PROCESSOS DE GESTÃO DE PROJETOS PROCEDIMENTO PARA A AVALIAÇÃO DA FLEXIBILIDADE DE PROCESSOS DE GESTÃO DE PROJETOS Petra Buchholtz Carvalho (PUCPR) pety.carvalho@terra.com.br Fernando Deschamps (PUCPR) fernando.deschamps@terra.com.br

Leia mais

PERSONAL SOFTWARE PROCESS: UMA VISÃO GERAL SOBRE O PROCESSO E O SEU IMPACTO NA INDÚSTRIA DE SOFTWARE

PERSONAL SOFTWARE PROCESS: UMA VISÃO GERAL SOBRE O PROCESSO E O SEU IMPACTO NA INDÚSTRIA DE SOFTWARE PERSONAL SOFTWARE PROCESS: UMA VISÃO GERAL SOBRE O PROCESSO E O SEU IMPACTO NA INDÚSTRIA DE SOFTWARE PERSONAL SOFTWARE PROCESS: AN OVERVIEW OF THE PROCESS AND ITS IMPACT ON SOFTWARE INDUSTRY Antonio Marcos

Leia mais

design para a inovação social

design para a inovação social design para a inovação social mestrado em design - 15 16 universidade de aveiro gonçalo gomes março de 2016 s.1 ergonomia ergonomia > definição Ergonomia A ergonomia (do grego "ergon": trabalho; e "nomos":

Leia mais

FATORES E PROCEDIMENTOS DETERMINANTES DA QUALIDADE DO PROJETO DE PRODUTOS VISANDO A COMPETITIVIDADE

FATORES E PROCEDIMENTOS DETERMINANTES DA QUALIDADE DO PROJETO DE PRODUTOS VISANDO A COMPETITIVIDADE FATORES E PROCEDIMENTOS DETERMINANTES DA QUALIDADE DO PROJETO DE PRODUTOS VISANDO A COMPETITIVIDADE v.3, n.1, p. 70-85, abr. 1996 Luiz Airton Consalter, M.Eng. Faculdade de Engenharia - Depto. de Eng.

Leia mais

Investigando aspectos da geração de novos produtos de software. Daniel Arcoverde (dfa@cin.ufpe.br)

Investigando aspectos da geração de novos produtos de software. Daniel Arcoverde (dfa@cin.ufpe.br) Investigando aspectos da geração de novos produtos de software Daniel Arcoverde (dfa@cin.ufpe.br) Estrutura Parte1. Inovação é igual em software? Parte 2. Processo de Desenvolvimento de Novos Produtos

Leia mais

Desenvolvimento de embalagem ambientalmente correta integrada ao processo de desenvolvimento de produto

Desenvolvimento de embalagem ambientalmente correta integrada ao processo de desenvolvimento de produto Desenvolvimento de embalagem ambientalmente correta integrada ao processo de desenvolvimento de produto Adilson da Silva - Universidade Regional de Blumenau FURB-SC-Brasil (adilson@furb.br) Doris Zwicker

Leia mais

JOSE GABRIEL REGO. Resumo. Especializações. Experiência. Assistant Card Manager at Grupo Banco Popular jgrego@netcabo.pt

JOSE GABRIEL REGO. Resumo. Especializações. Experiência. Assistant Card Manager at Grupo Banco Popular jgrego@netcabo.pt JOSE GABRIEL REGO jgrego@netcabo.pt Resumo My main objective is to develop my career in order to deepen the experience I accumulated over the years based in the development of practical and theoretical

Leia mais

GESTÃO DO CICLO DE VIDA DE SISTEMAS MILITARES

GESTÃO DO CICLO DE VIDA DE SISTEMAS MILITARES GESTÃO DO CICLO DE VIDA DE SISTEMAS MILITARES Mauro Guedes Ferreira Mosqueira Gomes Diretor do Arsenal de Guerra do Rio 23 Setembro 2009 SEMINÁRIO INTERNACIONAL Product Lifecycle Management Sumário Introdução;

Leia mais

GESTÃO DE PORTFÓLIO DE PRODUTOS: UMA ANÁLISE BIBLIOMÉTRICA

GESTÃO DE PORTFÓLIO DE PRODUTOS: UMA ANÁLISE BIBLIOMÉTRICA GESTÃO DE PORTFÓLIO DE PRODUTOS: UMA ANÁLISE BIBLIOMÉTRICA Joao Victor Rojas Luiz (Unesp) jvluiz@yahoo.com.br Daniel Jugend (Unesp) daniel@feb.unesp.br Octaviano Rojas Luiz (Unesp) orojasluiz@yahoo.com.br

Leia mais

Definição de Critérios para Análise Comparativa de Modelos de Referência para Desenvolvimento Global de Software

Definição de Critérios para Análise Comparativa de Modelos de Referência para Desenvolvimento Global de Software Definição de Critérios para Análise Comparativa de Modelos de Referência para Desenvolvimento Global de Software Leonardo Pilatti, Jorge Luis Nicolas Audy Faculdade de Informática Programa de Pós Graduação

Leia mais

BRIGHAM AND EHRHARDT PDF

BRIGHAM AND EHRHARDT PDF BRIGHAM AND EHRHARDT PDF ==> Download: BRIGHAM AND EHRHARDT PDF BRIGHAM AND EHRHARDT PDF - Are you searching for Brigham And Ehrhardt Books? Now, you will be happy that at this time Brigham And Ehrhardt

Leia mais

JOHNSON, Gerry; SCHOLES, Kevan; WHITTINGTON, Richard.Exploring corporate strategy: text & cases. 8.ed. England: Prentice-Hall, 2008.881 p : il.

JOHNSON, Gerry; SCHOLES, Kevan; WHITTINGTON, Richard.Exploring corporate strategy: text & cases. 8.ed. England: Prentice-Hall, 2008.881 p : il. BSP Especializados BSP - Especializados JOHNSON, Gerry; SCHOLES, Kevan; WHITTINGTON, Richard.Exploring corporate strategy: text & cases. 8.ed. England: Prentice-Hall, 2008.881 p : il. UNIDADE: Morumbi

Leia mais

Digital Cartographic Generalization for Database of Cadastral Maps

Digital Cartographic Generalization for Database of Cadastral Maps Mariane Alves Dal Santo marianedalsanto@udesc.br Francisco Henrique de Oliveira chicoliver@yahoo.com.br Carlos Loch cloch@ecv.ufsc.br Laboratório de Geoprocessamento GeoLab Universidade do Estado de Santa

Leia mais

Critérios para Apoiar a Decisão Sobre o Momento de Parada dos Testes de Software

Critérios para Apoiar a Decisão Sobre o Momento de Parada dos Testes de Software Critérios para Apoiar a Decisão Sobre o Momento de Parada dos Testes de Software Victor Vidigal Ribeiro Guilherme Horta Travassos {vidigal, ght}@cos.ufrj.br Agenda Introdução Resultados da revisão Corpo

Leia mais

PROPOSTA DE MODELAGEM DE UM SISTEMA FLEXÍVEL DE MANUFATURA CENTRADO EM ROBÔ UTILIZANDO REDES DE PETRI

PROPOSTA DE MODELAGEM DE UM SISTEMA FLEXÍVEL DE MANUFATURA CENTRADO EM ROBÔ UTILIZANDO REDES DE PETRI PROPOSTA DE MODELAGEM DE UM SISTEMA FLEXÍVEL DE MANUFATURA CENTRADO EM ROBÔ UTILIZANDO REDES DE PETRI FLAVIO PIECHNICKI (PUC) fpiechnicki@gmail.com Os avanços tecnológicos e o aumento da complexidade dos

Leia mais

SWEBOK. Guide to the Software Engineering Body Of Knowledge. Teresa Maciel tmmaciel@gmail.com DEINFO/UFRPE

SWEBOK. Guide to the Software Engineering Body Of Knowledge. Teresa Maciel tmmaciel@gmail.com DEINFO/UFRPE SWEBOK Guide to the Engineering Body Of Knowledge Teresa Maciel tmmaciel@gmail.com DEINFO/UFRPE 1 Iniciativa do IEEE (Institute of Electrical and Electronics Engineers) Computer Society. (www.ieee.org)

Leia mais

Análise da gestão de portfólio de projetos de produtos com base nos conceitos da medição de desempenho: estudo de caso

Análise da gestão de portfólio de projetos de produtos com base nos conceitos da medição de desempenho: estudo de caso Análise da gestão de portfólio de projetos de produtos com base nos conceitos da medição de desempenho: estudo de caso Maicon G. Oliveira a (maicongdo@gmail.com); Henrique Rozenfeld b (roz@sc.usp.br) a,

Leia mais

ENGENHARIA SIMULTÂNEA E SUA APLICAÇÃO NA INDÚSTRIA NAVAL

ENGENHARIA SIMULTÂNEA E SUA APLICAÇÃO NA INDÚSTRIA NAVAL ENGENHARIA SIMULTÂNEA E SUA APLICAÇÃO NA INDÚSTRIA NAVAL C. L. Pimentel* Diretoria de Engenharia Naval, DEN, MB. Brasil *cpimentel@uol.com.br O. B. Augusto Dep. de Engenharia Naval e Oceânica, EPUSP, USP.

Leia mais

Um Processo de Engenharia de Domínio com foco no Projeto Arquitetural Baseado em Componentes

Um Processo de Engenharia de Domínio com foco no Projeto Arquitetural Baseado em Componentes Um Processo de Engenharia de Domínio com foco no Projeto Arquitetural Baseado em Componentes Ana Paula Blois 1, 2, Karin Becker 2, Cláudia Werner 1 1 COPPE/UFRJ, Universidade Federal do Rio de Janeiro,

Leia mais

Usabilidade e Ergonomia. Usabilidade de Software. Ergonomia. Usabilidade. Ergonomia (International Ergonomics Association em 2000)

Usabilidade e Ergonomia. Usabilidade de Software. Ergonomia. Usabilidade. Ergonomia (International Ergonomics Association em 2000) Usabilidade e Ergonomia Usabilidade de Software INF01043 Interação Homem-Computador 2006/2 Ergonomia (International Ergonomics Association em 2000) Ergonomics (or human factors) is the scientific discipline

Leia mais

INOVAÇÃO E COMPETITIVIDADE: ESTUDO DE CASOS COM OPERADORES LOGÍSTICOS

INOVAÇÃO E COMPETITIVIDADE: ESTUDO DE CASOS COM OPERADORES LOGÍSTICOS INOVAÇÃO E COMPETITIVIDADE: ESTUDO DE CASOS COM OPERADORES LOGÍSTICOS Projeto de Pesquisa Período: Agosto de 2010 a Julho de 2011 PIBIC Programa Institucional de Iniciação Científica Aluno: Aline Loureiro

Leia mais

8 REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA

8 REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA 8 REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA 1 Almeida, M. J. M Análise de desempenho de protocolos de micromobilidade para redes IP. Rio de Janeiro, 2002. 137p. Monografia (Especialização em Engenharia Elétrica) Faculdade

Leia mais

Borland: Informatizando TI. João Carlos Bolonha jbolonha@borland.com

Borland: Informatizando TI. João Carlos Bolonha jbolonha@borland.com Borland: Informatizando TI João Carlos Bolonha jbolonha@borland.com Software Diferentes Níveis Extrair o Máximo Valor para o Negócio Eficiência Vantagem Competitiva Copyright 2007 Borland Software Corporation.

Leia mais

Mapeamento Sistemático sobre Métricas no Contexto de Métodos Ágeis aplicadas a Teste de Software

Mapeamento Sistemático sobre Métricas no Contexto de Métodos Ágeis aplicadas a Teste de Software sobre Métricas no Contexto de Métodos Ágeis aplicadas a Teste de Software Thaynã Gonçalves Mota Arilo Claudio Dias Neto (arilo@icomp.ufam.edu.br) Roteiro deste apresentação Introdução 2 Problema e Motivação

Leia mais

10 Referências bibliográficas

10 Referências bibliográficas 10 Referências bibliográficas [1] VEGA, J.L.L. Avaliação e reforço das condições de estabilidade de tensão em barras de tensão controlada por geradores e compensadores síncronos. 259f. Tese (Doutorado)-

Leia mais

Otimização geral de processos (OEE) Fabian Prehn Campinas Setembro 2014

Otimização geral de processos (OEE) Fabian Prehn Campinas Setembro 2014 Otimização geral de processos (OEE) Fabian Prehn Campinas Setembro 2014 Agenda Agenda Futuro da produção farmacêutica Future of pharmaceutical production Compressão como principal ponto no processo de

Leia mais

METODOLOGIA PARA PROJETO DE INTERFACES E EQUIPAMENTOS NUCLEARES COM ABORDAGEM CENTRADA NOS USUÁRIOS E NA SUA ATIVIDADE

METODOLOGIA PARA PROJETO DE INTERFACES E EQUIPAMENTOS NUCLEARES COM ABORDAGEM CENTRADA NOS USUÁRIOS E NA SUA ATIVIDADE 6 Disponibilizado no endereço http://www.acaoergonomica.ergonomia.ufrj.br Ação Ergonômica vol 3 nº. 1 (2007) pp. 01-06 METODOLOGIA PARA PROJETO DE INTERFACES E EQUIPAMENTOS NUCLEARES COM ABORDAGEM CENTRADA

Leia mais

PRINCE2 FOUNDATION AND PRACTITIONER INNOVATIVE LEARNING SOLUTIONS WWW.PYLCROW.COM PORTUGAL - BRAZIL - MOZAMBIQUE

PRINCE2 FOUNDATION AND PRACTITIONER INNOVATIVE LEARNING SOLUTIONS WWW.PYLCROW.COM PORTUGAL - BRAZIL - MOZAMBIQUE PYLCROW Portugal LISBOA Email: info.pt@pylcrow.com Telefone: +351 21 247 46 00 http://www.pylcrow.com/portugal WWW.PYLCROW.COM PORTUGAL - BRAZIL - MOZAMBIQUE FOUNDATION AND PRACTITIONER INNOVATIVE LEARNING

Leia mais

Estratégia de Orientação para o Mercado (OPM): breve revisão de conceitos e escalas de mensuração

Estratégia de Orientação para o Mercado (OPM): breve revisão de conceitos e escalas de mensuração Estratégia de para o Mercado (OPM): breve revisão de conceitos e escalas de mensuração Miguel Rivera PERES JÚNIOR 1 ; Jordan Assis REIS 2 1 Professor do IFMG Campus Formiga. Rua Padre Alberico, s/n. Formiga,MG

Leia mais

Exemplos do potencial da Inteligência Artificial em áreas da Engenharia: os projetos de Sistemas Especialistas do LASHIP-UFSC

Exemplos do potencial da Inteligência Artificial em áreas da Engenharia: os projetos de Sistemas Especialistas do LASHIP-UFSC Exemplos do potencial da Inteligência Artificial em áreas da Engenharia: os projetos de Sistemas Especialistas do LASHIP-UFSC Jonny Carlos da Silva (UFSC) jonny@emc.ufsc.br Luciano Caletti (KEOHPS) luciano@keohps.com

Leia mais

Turismo Industrial. A problemática e tendências para o futuro

Turismo Industrial. A problemática e tendências para o futuro Turismo Industrial A problemática e tendências para o futuro Seminário Turismo Industrial e Desenvolvimento Local Turismo de Portugal - 30 Outubro 2013 Carlos Costa [ccosta@ua.pt] Universidade de Aveiro

Leia mais

DESENVOLVIMENTO DE UM SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE PELA INTEGRAÇÃO DA ISO 9001 E QFD PARTE 1: UM MODELO PROPOSTO

DESENVOLVIMENTO DE UM SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE PELA INTEGRAÇÃO DA ISO 9001 E QFD PARTE 1: UM MODELO PROPOSTO DESENVOLVIMENTO DE UM SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE PELA INTEGRAÇÃO DA ISO 9001 E QFD PARTE 1: UM MODELO PROPOSTO José Celso Sobreiro Dias, MSc FEOB Fundação de Ensino Octávio Bastos São João da Boa Vista

Leia mais

Análise de Dados Qualitativos

Análise de Dados Qualitativos 2 Objetivo Análise de Dados Qualitativos Uma breve Introdução a Grounded Theory cleidson de souza cdesouza@ufpa.br! Você já está há 1 mês coletando documentos, fazendo observações, conduzindo entrevistas

Leia mais

7 Referências bibliográficas

7 Referências bibliográficas 7 Referências bibliográficas ACS, Z. J.; AUDRETSCH, D. B. Innovation in large and small firms: an empirical analysis. The American Economic Review, v. 78, n. 4, p. 678-690, 1988. ANTONCIC, B.; HISRICH,

Leia mais

O impactoda Sociedadedo Conhecimentono GED/EIM

O impactoda Sociedadedo Conhecimentono GED/EIM O impactoda Sociedadedo Conhecimentono GED/EIM Helio Ferenhof, MBA, PMP, ITIL Bacharel em Ciência da Computação; MBA em E-Business pela FGV/RJ; Certificado como PMP, Project Manager Professional pelo PMI;

Leia mais

Economia dos Recursos Humanos

Economia dos Recursos Humanos Disciplina oferecida ao Curso de MBE Executivo (5ª edição) do Programa de Pós Graduação em Economia da UFRGS. Economia dos Recursos Humanos Professor Responsável: Giácomo Balbinotto Neto. Objetivo: A economia

Leia mais

TRADUZINDO A DEFINIÇÃO DE PROCESSO EM XPDL PARA MODELOS EM REDES DE PETRI

TRADUZINDO A DEFINIÇÃO DE PROCESSO EM XPDL PARA MODELOS EM REDES DE PETRI XXIX ENCONTRO NACIONAL DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO. TRADUZINDO A DEFINIÇÃO DE PROCESSO EM XPDL PARA MODELOS EM REDES DE PETRI Rosemary Francisco (PUCPR) rmaryf@gmail.com Eduardo de Freitas Rocha Loures (PUCPR)

Leia mais

Autor(es) FELIPE DE CAMPOS MARTINS. Orientador(es) ALEXANDRE TADEU SIMON. Apoio Financeiro PIBITI/CNPQ. 1. Introdução

Autor(es) FELIPE DE CAMPOS MARTINS. Orientador(es) ALEXANDRE TADEU SIMON. Apoio Financeiro PIBITI/CNPQ. 1. Introdução 19 Congresso de Iniciação Científica GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS: APRIMORAMENTO DA METODOLOGIA DE DIAGNOSTICO E PROPOSIÇÃO DE UM MÉTODO PARA IMPLANTAÇÃO BASEADO EM PROCESSOS DE NEGÓCIO Autor(es) FELIPE

Leia mais

2009-2010 SALARY GUIDE. Brazil

2009-2010 SALARY GUIDE. Brazil 2009-2010 SALARY GUIDE Brazil Conteúdo Introdução...1 Finance and Accounting...2 Engineering...3 Sales & Marketing...4 Technology...5 Banking...6 Banking (Continued)...7 Insurance...8 About Robert Half...9

Leia mais