CONSELHO LOCAL DE ACÇÃO SOCIAL DE CASTELO DE VIDE

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CONSELHO LOCAL DE ACÇÃO SOCIAL DE CASTELO DE VIDE"

Transcrição

1 CONSELHO LOCAL DE ACÇÃO SOCIAL DE CASTELO DE VIDE ACTA Nº. 4 Ao dia nove de Setembro do ano dois mil e nove, nesta Vila de Castelo de Vide, reuniu na Biblioteca Municipal pelas 10,00 horas, o Conselho Local de Acção Social (CLAS), convocado por ofício de vinte e nove de Agosto de dois mil e nove, com a seguinte ordem de trabalhos: Avaliação do Plano de Acção de 2008; Plano de Acção de 2009; Apresentação e divulgação da 4ª. Geração do Programa Escolhas; Outros assuntos Verificaram-se as presenças dos representantes das instituições que compõem este Núcleo, conforme folha de presenças anexa Declarada aberta a sessão, esta foi coordenada pela Senhora Vereadora Dr. Ana Júlia da Rocha com o Pelouro da Acção Social, foram tratados os assuntos constantes da ordem de trabalhos: I Avaliação do Plano de Acção do ano dois mil e oito O Senhor José Maria Raposo refere que deve haver um maior empenho por parte das entidades pertencentes ao CLAS, uma vez que existem actividades no Plano de Acção do ano dois mil e oito que o seu desempenho é de zero II Foi posto á votação o Plano de Acção do ano dois e nove, o qual foi aprovado por unanimidade dos presentes habilitados a votar, mais se informa que a representante da Instituição Fundação Nossa Senhora da esperança não votou, por não estar legalmente habilitada III Foi feita divulgação junto das Organizações e Instituições das Candidaturas ao Programa Escolhas quarta geração IV Outros Assuntos

2 A Senhora Vereadora Drª. Ana Júlia Rocha informou que recebeu um ofício da OCRE, a substituir a representante desta associação, pela Senhora Arquitecta Francisca Neto nesta reunião De seguida a Senhora arquitecta Francisca Neto informou este Conselho Local de Acção Social que a Associação para a Valorização do Ambiente, Cultura, Património e Lazer vai apresentar uma candidatura ao Programa Escolhas, quarta geração Os destinatários deste projecto são Crianças e Jovens residentes no Concelho de Castelo de Vide dos seis aos dezoito anos, este projecto visa a compreensão da formação pessoal como capacitação para a mudança social e económica, capaz de ancorar projectos de vida futuros nas oportunidades e comunidades locais. Os grandes objectivos deste projecto são estimular os factores geradores de sucesso escolar local, a permanência útil no sistema forma de ensino, o gosto pela Aprendizagem e pela adaptação à mudança, estimular a produtividade consciente e a visão positiva do futuro, a vontade de formação profissional e a empregabilidade, pelo conhecimento, orientação e experimentação ajustadas aos potenciais e recursos locais, consolidar e alargar a oferta de serviços destinados a crianças e jovens que promovam a integração transversal da população em situação de maior vulnerabilidade, valorizando o exercício da cidadania e participação cívica e a reacção construtiva aos factores de exclusão social As actividades são Notáveis Anónimos, Aqui á Rato, Clube Minhoca, Pés para que te quero A Senhora Arquitecta também pretende saber quais as Instituições e Entidades interessadas em aderir ao Programa Escolhas A Senhora Vereadora Drª. Ana Júlia da Rocha deu os parabéns à OCRE, na sua opinião acha que é uma excelente candidatura Informou também a Senhora Vereadora que o processo de implementação da Rede Social foi um processo difícil, mas que conseguiu vingar. Faz um balanço positivo sobre a Rede Social, desejando que este Órgão tenha um trabalho profícuo, deve-se responsabilizar mais os parceiros, todos nós enquanto cidadãos temos responsabilidades sociais Deseja muitas felicidades, foi uma experiência muito positiva e gratificante durante estes quatro anos

3 Não havendo mais assuntos a tratar deu-se por encerrada a reunião, pelas doze horas para constar se lavrou a presente acta, que vai ser assinada por todos os membros presentes. - Câmara Municipal de Castelo de Vide, representada pela Senhora Vereadora Drª. Ana Júlia, Drª. Teresa Carreiras, e a Técnica da Rede Social - Centro Distrital de Solidariedade e Segurança Social de Portalegre - Junta de Freguesia de Santa Maria Devesa, representada pela Srª. Drª. Maria Margarida Silva - Centro de Saúde de Castelo de Vide, representado pela enfermeira Conceição Vieira - Lar da 3ª Idade da Nossa Senhora da Graça, representado pelo Sr. José Melato

4 - Santa Casa da Misericórdia de Castelo de Vide, representada pelo Sr. Provedor Fernando Soares - Direcção Regional de Educação do Alentejo, representada pela Dr. Teresa Calixto Banda União Artística, representada pelo Sr. José Maria Marmelo Grupo de Amigos de Castelo de Castelo de Vide, representado pelo Sr. José António Raposo Fundação Nossa Senhora da Esperança, representado pelo Drª. Ana Lúcia Tapadejo

5 Junta de Freguesia de São João Baptista, representada pelo Sr. Joaquim Custódio Junta de Freguesia de Santiago Maior, representada pelo Sr. Francisco Chenrim _ Fábrica da Igreja de Castelo de Vide, representada pelo Cónego Tarcisio Alves Casa do Povo de Castelo de Vide, representada pelo Sr. António Barreta Guarda Nacional Republicana, Representada pelo Cabo Joaquim Carrilho

6 Cooperativa de Habitação Sintra do Alentejo, representada pelo Dr. Paulo Jorge Mendonça Associação para a Valorização do Ambiente, Cultura Património e Lazer, representada pela Dr. Ana Bela Salgueiro

CONSELHO LOCAL DE ACÇÃO SOCIAL DE CASTELO DE VIDE

CONSELHO LOCAL DE ACÇÃO SOCIAL DE CASTELO DE VIDE CONSELHO LOCAL DE ACÇÃO SOCIAL DE CASTELO DE VIDE ACTA Nº. 2/2009 Reunião do Conselho Local de Acção Social de Castelo de Vide realizada no dia doze de Maio de dois mil e nove - - - - Aos doze dias do

Leia mais

Acta Reunião do Conselho Local de Acção Social de Castelo de Vide realizada no dia seis de Junho de dois mil e sete.

Acta Reunião do Conselho Local de Acção Social de Castelo de Vide realizada no dia seis de Junho de dois mil e sete. Acta Reunião do Conselho Local de Acção Social de Castelo de Vide realizada no dia seis de Junho de dois mil e sete. ---Ao dia sete do mês de Junho do ano dois mil e sete, nesta vila de Castelo de Vide,

Leia mais

Castelo de Vide ACTA Nº. 1/2009

Castelo de Vide ACTA Nº. 1/2009 ACTA Nº. 1/2009 Reunião do Núcleo Executivo do Conselho Local de Acção Social de Castelo de Vide, realizada no dia três de Fevereiro de dois mil e nove - - - - Aos três dias do mês de Fevereiro do ano

Leia mais

Acta. Reunião do Núcleo Executivo do Conselho Local de Acção Social de Castelo de Vide, realizada no dia trinta de Setembro de dois mil e oito

Acta. Reunião do Núcleo Executivo do Conselho Local de Acção Social de Castelo de Vide, realizada no dia trinta de Setembro de dois mil e oito Acta Reunião do Núcleo Executivo do Conselho Local de Acção Social de Castelo de Vide, realizada no dia trinta de Setembro de dois mil e oito - - - - Aos trinta dias do mês de Setembro do ano dois mil

Leia mais

Acta Reunião do Núcleo Executivo do Conselho Local de Acção Social de Castelo de Vide, realizada no dia dezoito de Setembro de 2007

Acta Reunião do Núcleo Executivo do Conselho Local de Acção Social de Castelo de Vide, realizada no dia dezoito de Setembro de 2007 Acta Reunião do Núcleo Executivo do Conselho Local de Acção Social de Castelo de Vide, realizada no dia dezoito de Setembro de 2007 Ao dia dezoito de Setembro de dois mil e sete, nesta vila de Castelo

Leia mais

CONSELHO LOCAL DE ACÇÃO SOCIAL DE CASTELO DE VIDE

CONSELHO LOCAL DE ACÇÃO SOCIAL DE CASTELO DE VIDE CONSELHO LOCAL DE ACÇÃO SOCIAL DE CASTELO DE VIDE ACTA N.º 3/2009 Reunião do Conselho Local de Acção Social de Castelo de Vide realizada no dia vinte e nove de Junho de dois mil e nove. - - - - Aos vinte

Leia mais

MUNICÍPIO DE VAGOS Câmara Municipal Rua da Saudade 3840-420 VAGOS

MUNICÍPIO DE VAGOS Câmara Municipal Rua da Saudade 3840-420 VAGOS --------------------------ATA DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO-------------------------- -----------------------------------------------------ATA Numero Quatro-------------------------------------------

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE ALCOCHETE REGULAMENTO INTERNO DO CONSELHO LOCAL DE ACÇÃO SOCIAL

CÂMARA MUNICIPAL DE ALCOCHETE REGULAMENTO INTERNO DO CONSELHO LOCAL DE ACÇÃO SOCIAL CÂMARA MUNICIPAL DE ALCOCHETE REGULAMENTO INTERNO DO CONSELHO LOCAL DE ACÇÃO SOCIAL CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS Artigo 1.º Denominação, Sede e Âmbito 1. O Conselho Local de Acção Social do Concelho de

Leia mais

Regulamento. Núcleo de Voluntariado de Ourique

Regulamento. Núcleo de Voluntariado de Ourique Regulamento Núcleo de Voluntariado de Ourique Regulamento da Núcleo de Voluntariado de Ourique Nota Justificativa O presente Regulamento define as normas de funcionamento do Núcleo de Voluntariado de Ourique,

Leia mais

Conselho Municipal de Educação de Barrancos

Conselho Municipal de Educação de Barrancos Conselho Municipal de Educação de Barrancos Regimento Interno (versão consolidada com a 1ª alteração aprovada em 09/10/2008) (Deliberação nº 23/AM/2008, de 15/12, sob proposta aprovada pela Deliberação

Leia mais

------------------------------ACTA NÚMERO UM ------------------------------

------------------------------ACTA NÚMERO UM ------------------------------ ------------------------------ACTA NÚMERO UM ------------------------------ ------- Aos vinte e seis dias do mês de Junho de dois mil e três, pelas quinze horas, reuniram-se no Centro Cultural de Pombal,

Leia mais

ROJECTO PEDAGÓGICO E DE ANIMAÇÃO

ROJECTO PEDAGÓGICO E DE ANIMAÇÃO O Capítulo 36 da Agenda 21 decorrente da Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente e Desenvolvimento, realizada em 1992, declara que a educação possui um papel fundamental na promoção do desenvolvimento

Leia mais

Regulamento. Conselho Municipal de Desporto

Regulamento. Conselho Municipal de Desporto Regulamento Conselho Municipal de Desporto 30.abril.2015 CÂMARA MUNICIPAL DE SANTARÉM CONSELHO MUNICIPAL DE DESPORTO Preâmbulo Considerando que as autarquias, pela sua proximidade com a população, são

Leia mais

ASSEMBLEIA MUNICIPAL DE CONDEIXA-A-NOVA ACTA Nº 2/2009 REUNIÃO ORDINÁRIA DE 2009/04/27

ASSEMBLEIA MUNICIPAL DE CONDEIXA-A-NOVA ACTA Nº 2/2009 REUNIÃO ORDINÁRIA DE 2009/04/27 ASSEMBLEIA MUNICIPAL DE CONDEIXA-A-NOVA ACTA Nº 2/2009 REUNIÃO ORDINÁRIA DE 2009/04/27 mod. EXP 14.1 Aos vinte e sete dias do mês de Abril do ano de dois mil e nove, reuniu no Salão Nobre dos Paços do

Leia mais

Seminário Europeu: Absentismo Escolar e Intervenção em Rede www.dip-alicante.es/agis

Seminário Europeu: Absentismo Escolar e Intervenção em Rede www.dip-alicante.es/agis Seminário Europeu: Absentismo Escolar e Intervenção em Rede www.dip-alicante.es/agis 5ª feira, 4 de Maio I Reunião interna de parceiros europeus 14:00h 15:00h (UAL, sala 55) - Espaço de trabalho dos parceiros

Leia mais

Regulamento Interno. Preâmbulo

Regulamento Interno. Preâmbulo Regulamento Interno Preâmbulo A Resolução de Conselho de Ministros 197/97 de 18 de Novembro define a Rede Social como um fórum de articulação e congregação de esforços baseado na adesão livre das autarquias

Leia mais

Câmara Municipal Gondomar REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE GONDOMAR

Câmara Municipal Gondomar REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE GONDOMAR Câmara Municipal Gondomar REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE GONDOMAR Aprovado pela Câmara em 6/02/2003, alterado em Reunião de Câmara de 18/09/2003 Aprovado pela Assembleia Municipal em

Leia mais

Regulamento. Espaço Solidário de Ourique

Regulamento. Espaço Solidário de Ourique Regulamento Espaço Solidário de Ourique Regulamento Espaço Solidário de Ourique Nota justificativa O Espaço Solidário surge no âmbito da Rede Social, de acordo com o Diagnóstico Social do Concelho, constando

Leia mais

UNIÃO EUROPEIA Fundo Social Europeu

UNIÃO EUROPEIA Fundo Social Europeu UNIÃO EUROPEIA Fundo Social Europeu Rede Social de Aljezur Plano de Acção (2009) Equipa de Elaboração do Plano de Acção de 2009 / Parceiros do Núcleo Executivo do CLAS/Aljezur Ana Pinela Centro Distrital

Leia mais

MUNICÍPIO DE ALCOCHETE CÂMARA MUNICIPAL. Regimento do Conselho Municipal de Educação de Alcochete

MUNICÍPIO DE ALCOCHETE CÂMARA MUNICIPAL. Regimento do Conselho Municipal de Educação de Alcochete MUNICÍPIO DE ALCOCHETE CÂMARA MUNICIPAL Regimento do Conselho Municipal de Educação de Alcochete A construção de um futuro impõe que se considere fundamental investir na capacitação e formação das pessoas,

Leia mais

Regulamento do Conselho Municipal de Educação do Fundão. Preâmbulo

Regulamento do Conselho Municipal de Educação do Fundão. Preâmbulo REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DO FUNDÃO Publicação II SÉRIE N.º 98 20 de Maio de 2010 Regulamento do Conselho Municipal de Educação do Fundão Preâmbulo A Lei de Bases do Sistema Educativo

Leia mais

ACTA DA REUNIÃO DA ASSEMBLEIA GERAL

ACTA DA REUNIÃO DA ASSEMBLEIA GERAL SANTA CASA DA MISERICÓRDIA DE LAJES DO PICO ACTA DA REUNIÃO DA ASSEMBLEIA GERAL Aos vinte e dois dias do mês de Novembro do ano dois mil e treze, no auditório municipal das Lajes do Pico, reuniu extraordinariamente

Leia mais

REGULAMENTO INTERNO DO CONSELHO LOCAL DE ACÇÂO SOCIAL DE TORRE DE MONCORVO INTRODUÇÃO

REGULAMENTO INTERNO DO CONSELHO LOCAL DE ACÇÂO SOCIAL DE TORRE DE MONCORVO INTRODUÇÃO REGULAMENTO INTERNO DO CONSELHO LOCAL DE ACÇÂO SOCIAL DE TORRE DE MONCORVO INTRODUÇÃO Sendo hoje consensual que os fenómenos da pobreza e exclusão social são consequência de vários factores e que, tocam

Leia mais

Conselho Municipal de Educação de Santa Marta de Penaguião Projecto de Regimento

Conselho Municipal de Educação de Santa Marta de Penaguião Projecto de Regimento Conselho Municipal de Educação de Santa Marta de Penaguião Projecto de Regimento A Lei de Bases do Sistema Educativo assume que o sistema educativo se deve organizar de forma a descentralizar, desconcentrar

Leia mais

Largo do Município 4750 323 Barcelos Tel.: 253 809 600 Fax: 253 821 263 E-mail: redesocial@cm-barcelos.pt www.cm-barcelos.

Largo do Município 4750 323 Barcelos Tel.: 253 809 600 Fax: 253 821 263 E-mail: redesocial@cm-barcelos.pt www.cm-barcelos. -------------------------------------------------ACTA Nº 16 ----------------------------------------------------- --------------Pelas onze horas do dia seis de Julho do ano de dois mil e nove, no Auditório

Leia mais

Iniciativa Move-te, faz Acontecer

Iniciativa Move-te, faz Acontecer Iniciativa Move-te, faz Acontecer Entidades Promotoras: Associação CAIS (Projecto Futebol de Rua): Fundada em 1994, a Associação CAIS tem como Missão contribuir para o melhoramento global das condições

Leia mais

SANTA CASA DA MISERICÓRDIA DE LAJES DO PICO. Acta Assembleia Geral

SANTA CASA DA MISERICÓRDIA DE LAJES DO PICO. Acta Assembleia Geral SANTA CASA DA MISERICÓRDIA DE LAJES DO PICO Acta Assembleia Geral ---- Aos vinte e um dias do mês de Novembro do ano dois mil e doze, reuniu no Auditório Municipal, a Assembleia Geral da Santa Casa das

Leia mais

REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE SAÚDE. (Aprovado na 23ª Reunião Ordinária de Câmara Municipal, realizada em 21 de Novembro de 2001)

REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE SAÚDE. (Aprovado na 23ª Reunião Ordinária de Câmara Municipal, realizada em 21 de Novembro de 2001) REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE SAÚDE (Aprovado na 23ª Reunião Ordinária de Câmara Municipal, realizada em 21 de Novembro de 2001) REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE SAÚDE (Aprovado na 23ª Reunião

Leia mais

Regulamento do Conselho Local de Educação

Regulamento do Conselho Local de Educação Regulamento do Conselho Local de Educação Nos termos e para os efeitos previstos no artigo 2º., do Decreto-Lei nº. 115-A/98, de 04 de Maio, deliberação da Câmara Municipal de Águeda de 08 de Fevereiro

Leia mais

-------- Aos três dias do mês de Março do ano de dois mil e três reuniu no Salão Nobre dos Paços do Município, a Câmara Municipal de Vila Pouca de

-------- Aos três dias do mês de Março do ano de dois mil e três reuniu no Salão Nobre dos Paços do Município, a Câmara Municipal de Vila Pouca de -------- Aos três dias do mês de Março do ano de dois mil e três reuniu no Salão Nobre dos Paços do Município, a Câmara Municipal de Vila Pouca de Aguiar, em reunião ordinária para apreciação e deliberação

Leia mais

---------- 23. - Presente à reunião proposta do Vereador José Maria Magalhães do seguinte teor:

---------- 23. - Presente à reunião proposta do Vereador José Maria Magalhães do seguinte teor: - Conselho Municipal de Educação de Vila Real - Proposta de Regulamento ---------- 23. - Presente à reunião proposta do Vereador José Maria Magalhães do seguinte teor: A Lei de Bases do Sistema Educativo

Leia mais

Município de Vieira do Minho

Município de Vieira do Minho CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE VIEIRA DO MINHO REGIMENTO INTERNO A lei nº 159/99, de 14 de Setembro estabelece no seu artigo19º, nº 2, alínea b), a competência dos órgãos municipais para criar os conselhos

Leia mais

PLATAFORMA SUPRACONCELHIA DO BAIXO ALENTEJO

PLATAFORMA SUPRACONCELHIA DO BAIXO ALENTEJO PLATAFORMA SUPRACONCELHIA DO BAIXO ALENTEJO ACTA NÚMERO QUATRO Aos 20 dias do mês de Setembro de 2007, reuniu nas instalações cedidas pelo Instituto Português da Juventude Delegação de Beja, às 15 horas,

Leia mais

REGULAMENTO INTERNO CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS

REGULAMENTO INTERNO CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS REGULAMENTO INTERNO Preâmbulo A Rede Social assenta numa estratégia participada de planeamento, que procura racionalizar e conferir maior eficácia, quer à intervenção dos agentes na aplicação das medidas,

Leia mais

Rede Social do Concelho de Lamego Regulamento Interno do CLAS de Lamego

Rede Social do Concelho de Lamego Regulamento Interno do CLAS de Lamego REGULAMENTO INTERNO Conselho Local de Acção Social de Lamego (CLASL) Rede Social do Concelho de Lamego Preâmbulo As alterações inerentes à evolução da sociedade actual evidenciam problemas e necessidades

Leia mais

Município de Odivelas

Município de Odivelas Município de Odivelas Conselho Local de Acção Social 4ª Reunião No dia 26 de Outubro de 2004, pelas 14h30, reuniu-se o Conselho Local de Acção Social de Odivelas, no Auditório dos Paços do Concelho, na

Leia mais

REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE JUVENTUDE DE TRANCOSO

REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE JUVENTUDE DE TRANCOSO REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE JUVENTUDE DE TRANCOSO ÍNDICE Regulamento do Conselho Municipal de Juventude de Trancoso... 1 Preâmbulo... 1 CAPÍTULO I... 2 Parte Geral... 2 Artigo 1º... 2 Lei Habilitante

Leia mais

MUNICÍPIO DE VIDIGUEIRA CÂMARA MUNICIPAL REGIMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE VIDIGUEIRA

MUNICÍPIO DE VIDIGUEIRA CÂMARA MUNICIPAL REGIMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE VIDIGUEIRA REGIMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE VIDIGUEIRA A Lei nº.159/99, de 14 de Setembro estabelece no seu artigo 19º, n.º. 2, alínea b), a competência dos órgãos municipais para criar os conselhos

Leia mais

ACTA N.º 9. A sessão foi presidida pela Presidente Elisabete Grangeia e teve a seguinte ordem do dia:

ACTA N.º 9. A sessão foi presidida pela Presidente Elisabete Grangeia e teve a seguinte ordem do dia: ACTA N.º 9 Aos vinte e três dias do mês de Maio do ano de dois mil e catorze, pelas dez horas, reuniu, na sua sede, o Conselho Distrital do Porto da Ordem dos Advogados. Estiveram presentes na referida

Leia mais

Regimento do Conselho Municipal de Educação de Braga

Regimento do Conselho Municipal de Educação de Braga Regimento do Conselho Municipal de Educação de Braga A lei de bases do sistema educativo assume que o sistema educativo se organiza de forma a descentralizar, desconcentrar e diversificar as estruturas

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO VICENTE

CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO VICENTE (MANDATO 20132017) ATA DA VIGÉSIMA REUNIÃO DE 2015 Aos vinte e quatro dias do mês de setembro do ano dois mil e quinze, pelas dez horas, em cumprimento de convocatória emanada nos termos do disposto n.º

Leia mais

UNIÃO DAS FREGUESIAS DE BAIXA DA BANHEIRA E VALE DA AMOREIRA ACTA Nº 45-UF/2014

UNIÃO DAS FREGUESIAS DE BAIXA DA BANHEIRA E VALE DA AMOREIRA ACTA Nº 45-UF/2014 UNIÃO DAS FREGUESIAS DE BAIXA DA BANHEIRA E VALE DA AMOREIRA ACTA Nº 45-UF/2014 12/11/2014 (Executivo) Aos doze dias do mês de Novembro de dois mil e catorze, pelas vinte e uma horas, na Sede da União

Leia mais

Rede Social Concelho de Palmela

Rede Social Concelho de Palmela Acta nº9/2010 da Sessão Plenária do Conselho Local de Acção Social de Palmela (CLAS Palmela) Reunião Ordinária X Reunião Extraordinária Data: 15 Abril/2010 Local: Auditório da Biblioteca Municipal de Palmela

Leia mais

REGIMENTO PARA O CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE ÁGUEDA PARTE I. Disposições Gerais. Artigo 1º. Definição e Âmbito

REGIMENTO PARA O CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE ÁGUEDA PARTE I. Disposições Gerais. Artigo 1º. Definição e Âmbito REGIMENTO PARA O CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE ÁGUEDA PARTE I Disposições Gerais Artigo 1º Definição e Âmbito 1. O Conselho Municipal de Educação de Águeda, adiante designado de Conselho é uma instância

Leia mais

Comissão Social de Freguesia de São Julião do Tojal

Comissão Social de Freguesia de São Julião do Tojal Acta Constituinte Comissão Social de Freguesia de São Julião do Tojal ( Resolução do Conselho de Ministros, 197/97 de 17 de Novembro, com as alterações introduzidas pela Declaração de Rectificação nº10-0/98

Leia mais

Conselho Local de Acção Social De Vila Nova de Cerveira

Conselho Local de Acção Social De Vila Nova de Cerveira Conselho Local de Acção Social De Vila Nova de Cerveira REGULAMENTO INTERNO INTRODUÇÃO A rede social é uma plataforma de articulação de diferentes parceiros públicos e privados que tem por objectivos combater

Leia mais

C Â M A R A M U N I C I P A L D O S A B U G A L

C Â M A R A M U N I C I P A L D O S A B U G A L C Â M A R A M U N I C I P A L D O S A B U G A L ACTA N. º 3/2009 REUNIÃO ORDINÁRIA DO DIA 06 DE FEVEREIRO DE 2009 PRESIDENTE: Manuel Rito Alves VEREADORES: José Santo Freire Manuel Fonseca Corte Luís Manuel

Leia mais

MUNICÍPIO DO CARTAXO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO. Acta n.º3/2004

MUNICÍPIO DO CARTAXO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO. Acta n.º3/2004 MUNICÍPIO DO CARTAXO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO Acta n.º3/2004 Aos dez dias do mês de Maio do ano de 2004, no Auditório Municipal da Quinta das Pratas, reuniu o Conselho Municipal de Educação do Concelho

Leia mais

CAPÍTULO I Disposições gerais

CAPÍTULO I Disposições gerais Regulamento Municipal do Banco Local de Voluntariado de Lagoa As bases do enquadramento jurídico do voluntariado, bem como, os princípios que enquadram o trabalho de voluntário constam na Lei n.º 71/98,

Leia mais

Grupo de Trabalho para as Questões da Pessoa Idosa, Dependente ou Deficiente de Grândola REGULAMENTO INTERNO

Grupo de Trabalho para as Questões da Pessoa Idosa, Dependente ou Deficiente de Grândola REGULAMENTO INTERNO Grupo de Trabalho para as Questões da Pessoa Idosa, Dependente ou Deficiente de Grândola REGULAMENTO INTERNO Maio de 2011 Preâmbulo As alterações demográficas que se têm verificado na população portuguesa

Leia mais

- CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE LAGOS - PREÂMBULO

- CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE LAGOS - PREÂMBULO PREÂMBULO A Lei de Bases do Sistema Educativo (Lei nº 46/86 de 14 de Outubro) consagrou a interacção com a comunidade educativa local como um pilar fundamental da política educativa. Por essa razão o nº

Leia mais

ACTA Nº. 2/2008. Reunião do Conselho Local de Acção Social de Castelo de Vide realizada no dia vinte e um de Outubro de dois mil e oito.

ACTA Nº. 2/2008. Reunião do Conselho Local de Acção Social de Castelo de Vide realizada no dia vinte e um de Outubro de dois mil e oito. ACTA Nº. 2/2008 Reunião do Conselho Local de Acção Social de Castelo de Vide realizada no dia vinte e um de Outubro de dois mil e oito. - - - - Aos vinte e um dias do mês de Outubro do ano dois mil e oito,

Leia mais

Fórum de Boas Práticas

Fórum de Boas Práticas Câmara Municipal de Torres Vedras Sandra Colaço Fórum de Boas Práticas Rede Portuguesa de Cidades Saudáveis 28 de Outubro de 2009 TORRES VEDRAS População -72 259(2001) Área 407 Km2 O concelho no país Na

Leia mais

Linhas de Acção. 1. Planeamento Integrado. Acções a desenvolver: a) Plano de Desenvolvimento Social

Linhas de Acção. 1. Planeamento Integrado. Acções a desenvolver: a) Plano de Desenvolvimento Social PLANO DE ACÇÃO 2007 Introdução O CLASA - Conselho Local de Acção Social de Almada, de acordo com a filosofia do Programa da Rede Social, tem vindo a suportar a sua intervenção em dois eixos estruturantes

Leia mais

Rede Social Plano de Ação 2015

Rede Social Plano de Ação 2015 Rede Social Plano de Ação 2015 1 R E D E SOCIAL DO CONCELHO DE VILA DO BISPO Rede Social Rede Social do Concelho de Vila do Bispo PLANO DE AÇÃO 2015 Ficha Técnica Entidade Promotora: Câmara Municipal de

Leia mais

ATA Nº 01/12 Reunião Plenária do Conselho Local de Ação Social (CLAS)

ATA Nº 01/12 Reunião Plenária do Conselho Local de Ação Social (CLAS) ATA Nº 01/12 Reunião Plenária do Conselho Local de Ação Social (CLAS) Data: 26-01-2012 Local: Auditório do Edifício Cultural da Câmara Municipal de Peniche Hora de início: 21h15mn Hora do fecho: 23h30mn

Leia mais

ATA N.º 60. Ponto n.º 1 LEITURA E ASSINATURA DA ATA DA REUNIÃO ANTERIOR

ATA N.º 60. Ponto n.º 1 LEITURA E ASSINATURA DA ATA DA REUNIÃO ANTERIOR ATA N.º 60 Aos quatro dias do mês de Outubro de dois mil e treze, pelas dez horas, reuniu, na sua sede, o Conselho Distrital do Porto da Ordem dos Advogados. Estiverem presentes na referida reunião o Presidente

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DO CRATO EDITAL

CÂMARA MUNICIPAL DO CRATO EDITAL CÂMARA MUNICIPAL DO CRATO EDITAL João Teresa Ribeiro, Presidente da Câmara Municipal do Crato, em cumprimento do disposto no artigo 91.º da Lei n.º 169/99 de 18 de setembro, torna público que na 27.ª reunião

Leia mais

---------------------------- ACTA NÚMERO CINCO -----------------------------

---------------------------- ACTA NÚMERO CINCO ----------------------------- Rede Social de Pombal Município de Pombal Largo do Cardal 3-44 Pombal ---------------------------- ACTA NÚMERO CINCO ----------------------------- -----------------------------------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

Regulamento Interno do Conselho Local de Acção Social de Mafra

Regulamento Interno do Conselho Local de Acção Social de Mafra Regulamento Interno do Conselho Local de Acção Social de Mafra Capítulo I (Disposições gerais) Artigo 1º Objecto O presente regulamento interno destina-se a definir e dar a conhecer os princípios a que

Leia mais

O PROVEDOR DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA NO CONCELHO DE VISEU. Prof. Joaquim Escada

O PROVEDOR DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA NO CONCELHO DE VISEU. Prof. Joaquim Escada O PROVEDOR DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA NO CONCELHO DE VISEU Prof. Joaquim Escada Como surgiu a ideia da criação desta figura no Concelho de Viseu: - Contactos do Executivo da Câmara Municipal de Viseu com

Leia mais

MUNICÍPIO DE VAGOS Câmara Municipal Rua da Saudade 3840-420 VAGOS

MUNICÍPIO DE VAGOS Câmara Municipal Rua da Saudade 3840-420 VAGOS -------------------- ACTA DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO -------------------- -----------------------------------------------ACTA Nº 5---------------------------------------------------- ------Aos trinta

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE PAREDES

CÂMARA MUNICIPAL DE PAREDES CÂMARA MUNICIPAL DE PAREDES QUADRIÉNIO 2006/2009 ACTA DA REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL 2009/08/05 ÍNDICE REUNIÃO DE 2009/08/05 JUSTIFICAÇÃO DE FALTA 5 APROVAÇÃO DA ACTA DA REUNIÃO DE 29/07/2009

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE PAMPILHOSA DA SERRA ACTA Nº 15

CÂMARA MUNICIPAL DE PAMPILHOSA DA SERRA ACTA Nº 15 DE PAMPILHOSA DA SERRA ACTA Nº 15 DA REUNIÃO ORDINÁRIA REALIZADA NO DIA 18/07/2001 (Contém 6 folhas) Estiveram presentes os seguintes membros: Presidente: (PSD) Vereador: José Augusto Veiga Nunes de Almeida

Leia mais

MUNICÍPIO DE CONDEIXA-A-NOVA

MUNICÍPIO DE CONDEIXA-A-NOVA NOTA JUSTIFICATIVA A Lei 159/99, de 14 de Setembro, estabelece no seu artigo 19.º, n.º 2, alínea b), a competência dos órgãos municipais para criar os Conselhos locais de Educação. A Lei 169/99, de 18

Leia mais

Conselho Local de Acção Social de Vila Verde. Regulamento Interno

Conselho Local de Acção Social de Vila Verde. Regulamento Interno Conselho Local de Acção Social de Vila Verde Regulamento Interno Regulamento Interno do Concelho Local de Acção Social de Vila Verde Preâmbulo A Rede Social é uma medida activa de política social criada

Leia mais

Acta da reunião ordinária da Câmara Municipal do Concelho de Vila Velha de Ródão levada a efeito em vinte e quatro de Maio de dois mil.

Acta da reunião ordinária da Câmara Municipal do Concelho de Vila Velha de Ródão levada a efeito em vinte e quatro de Maio de dois mil. FL 46 ACTA DE / /20 Acta da reunião ordinária da Câmara Municipal do Concelho de Vila Velha de Ródão levada a efeito em vinte e quatro de Maio de dois mil. Acta º12 --------Aos vinte e quatro dias do mês

Leia mais

CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE REDONDO REGIMENTO

CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE REDONDO REGIMENTO y Câmara Municipal de Redondo CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE REDONDO REGIMENTO O DL 7/2003, de 15 de Janeiro, que prevê a constituição do Conselho Municipal de Educação, regulou as suas competências

Leia mais

REGULAMENTO INTERNO CENTRO COMUNITÁRIO

REGULAMENTO INTERNO CENTRO COMUNITÁRIO REGULAMENTO INTERNO CENTRO COMUNITÁRIO INTRODUÇÃO A cultura Comunitária é a expressão concreta de tentar proporcionar aqueles que mais precisam a ajuda necessária para começar de novo a viver. O Centro

Leia mais

REGIMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE SANTARÉM. Preâmbulo

REGIMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE SANTARÉM. Preâmbulo REGIMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE SANTARÉM Preâmbulo A Lei n.º 159/99, de 14 de Setembro estabelece, no seu artigo 19.º, n.º 2, alínea b), a competência dos órgãos municipais para criar os

Leia mais

Aos Órgãos Sociais da FAPODIVEL. Odivelas, 20 de Novembro de 2010. Caros Colegas,

Aos Órgãos Sociais da FAPODIVEL. Odivelas, 20 de Novembro de 2010. Caros Colegas, Aos Órgãos Sociais da FAPODIVEL Odivelas, 20 de Novembro 2010 Caros Colegas, Estando a terminar este ano de trabalho na Federação Concelhia de Odivelas, da qual eu fiz parte dos seus Órgãos Sociais neste

Leia mais

Comissão Social Inter Freguesias da Zona Central

Comissão Social Inter Freguesias da Zona Central Comissão Social Inter Freguesias da Zona Central Regulamento Interno Preâmbulo O Regulamento Interno estabelece a constituição, organização e funcionamento da Comissão Social Inter Freguesia da Zona Central,

Leia mais

REGULAMENTO INTERNO. Preâmbulo

REGULAMENTO INTERNO. Preâmbulo REGULAMENTO INTERNO Preâmbulo O (adiante designado de Pacto Territorial), é uma plataforma de intervenção integrada, criada no âmbito do Projecto EQUAL Migrações e Desenvolvimento com vista à dinamização

Leia mais

ACTA N.º 27/2009 REUNIÃO ORDINÁRIA DE CÂMARA DE 25 / 11 / 2009 RESUMO DIÁRIO DE TESOURARIA REFERENTE AO DIA 19 / 11 / 2009

ACTA N.º 27/2009 REUNIÃO ORDINÁRIA DE CÂMARA DE 25 / 11 / 2009 RESUMO DIÁRIO DE TESOURARIA REFERENTE AO DIA 19 / 11 / 2009 CÂMARA MUNICIPAL DE VIANA DO ALENTEJO _ ACTA N.º 27/2009 REUNIÃO ORDINÁRIA DE CÂMARA DE 25 / 11 / 2009 PRESENÇAS PRESIDENTE : BERNARDINO ANTÓNIO BENGALINHA PINTO VEREADORES : JOÃO ANTÓNIO MERCA PEREIRA

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE ARCOS DE VALDEVEZ MINUTA DA ACTA DA REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DE 06 DE JULHO DE 2009

CÂMARA MUNICIPAL DE ARCOS DE VALDEVEZ MINUTA DA ACTA DA REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DE 06 DE JULHO DE 2009 CÂMARA MUNICIPAL DE ARCOS DE VALDEVEZ MINUTA DA ACTA DA REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DE 06 DE JULHO DE 2009 PRESIDÊNCIA: DR. FRANCISCO RODRIGUES DE ARAÚJO VEREADORES PRESENTES: DR. JOÃO MANUEL DO AMARAL ESTEVES

Leia mais

MUNICÍPIO DE LAGOA AÇORES REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE SAÚDE PREÂMBULO

MUNICÍPIO DE LAGOA AÇORES REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE SAÚDE PREÂMBULO REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE SAÚDE PREÂMBULO Em 1986 a Organização Mundial de Saúde (OMS) lança o projeto Cidades Saudáveis em 11 cidades europeias. O propósito desta iniciativa visou fortalecer

Leia mais

PROGRAMA REDE SOCIAL Co-financiado pelo Estado Português, Ministério da Segurança Social e do Trabalho PLANO DE ACÇÃO 2005-2006

PROGRAMA REDE SOCIAL Co-financiado pelo Estado Português, Ministério da Segurança Social e do Trabalho PLANO DE ACÇÃO 2005-2006 PROGRAMA REDE SOCIAL Co-financiado pelo Estado Português, Ministério da Segurança Social e do Trabalho PLANO DE ACÇÃO 2005-2006 Documento elaborado pelo: Conselho Local de Acção Social do Concelho do Núcleo

Leia mais

1. FUNCIONAMENTO DA REDE SOCIAL

1. FUNCIONAMENTO DA REDE SOCIAL 1. FUNCIONAMENTO DA REDE SOCIAL Objectivo Geral Objectivo Especifico Medida Meta Indicador de Eecução % Responsavel Prestar Apoio técnico às CSF Reuniões semestrais com CSF 3 CSF em funcionamento, com

Leia mais

REGIMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO

REGIMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO REGIMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO A Lei 159/99, de 14 de Setembro, estabelece no seu artigo 19, nº2., alínea b), a competência dos órgãos municipais para criar os Conselhos Locais de Educação.

Leia mais

Formadores (1º ano) Locais das oficinas. Data limite de inscrições

Formadores (1º ano) Locais das oficinas. Data limite de inscrições Sementes para a Criatividade É uma acção de formação constituída por duas oficinas, uma de escrita criativa e outra de artes plásticas, em que se prevê: a criação de uma narrativa ilustrada que será submetida

Leia mais

REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE JUVENTUDE DE SOBRAL DE MONTE AGRAÇO

REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE JUVENTUDE DE SOBRAL DE MONTE AGRAÇO REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE JUVENTUDE DE SOBRAL DE MONTE AGRAÇO Reunião de Câmara: Reunião da Assembleia: Entrada em vigor: CAPITULO I Disposições Gerais Artigo 1.º Lei Habilitante O presente

Leia mais

REGULAMENTO INTERNO CONSELHO LOCAL DE ACÇÃO SOCIAL DO MUNICÍPIO DA MURTOSA

REGULAMENTO INTERNO CONSELHO LOCAL DE ACÇÃO SOCIAL DO MUNICÍPIO DA MURTOSA REGULAMENTO INTERNO CONSELHO LOCAL DE ACÇÃO SOCIAL DO MUNICÍPIO DA MURTOSA PREÂMBULO Designa-se por rede social o conjunto das diferentes formas de entreajuda, praticadas por entidades particulares sem

Leia mais

Programa da Rede Social CLAS Mesão Frio. Plano de Acção. O Plano de Acção do CLAS de Mesão Frio é a componente do Plano de

Programa da Rede Social CLAS Mesão Frio. Plano de Acção. O Plano de Acção do CLAS de Mesão Frio é a componente do Plano de O do CLAS de Mesão Frio é a componente do Plano de Desenvolvimento Social, onde estão definidos alguns Projectos (com o desejo de uma projecção num futuro próximo), a serem desenvolvidos para se concretizarem

Leia mais

Regimento do Conselho Municipal de Educação de Odivelas 2010/2013

Regimento do Conselho Municipal de Educação de Odivelas 2010/2013 Regimento do Conselho Municipal de Educação de Odivelas 2010/2013 O Decreto-Lei n.º 7/2003, de 15 de Janeiro, tem por objecto os Conselhos Municipais de Educação, regulando as suas competências e composição,

Leia mais

ACTA N.º 17/2009 REUNIÃO ORDINÁRIA DE CÂMARA DE 05 / 08 / 2009 FALTAS JUSTIFICADAS FALTAS INJUSTIFICADAS

ACTA N.º 17/2009 REUNIÃO ORDINÁRIA DE CÂMARA DE 05 / 08 / 2009 FALTAS JUSTIFICADAS FALTAS INJUSTIFICADAS CÂMARA MUNICIPAL DE VIANA DO ALENTEJO _ ACTA N.º 17/2009 REUNIÃO ORDINÁRIA DE CÂMARA DE 05 / 08 / 2009 PRESENÇAS PRESIDENTE : ESTÊVÃO MANUEL MACHADO PEREIRA VEREADORES : VERA LÚCIA CALCA BONITO CARDOSO

Leia mais

GRUPO DE TRABALHO: GRUPO DE TRABALHO (ALTERAÇÃO):

GRUPO DE TRABALHO: GRUPO DE TRABALHO (ALTERAÇÃO): GRUPO DE TRABALHO: ASSOCIAÇÃO COMUNITÁRIA DE VALE DA PEDRA PAULA FERREIRA ASSOCIAÇÃO COMUNITÁRIA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL ANA OLIVEIRA ASSOCIAÇÃO OPERAÇÃO SAMARITANO CARINA CRENA CÂMARA MUNICIPAL DO CARTAXO

Leia mais

Regulamento do Conselho Municipal de Juventude. de S. João da Madeira. Artigo 1º. Definição. Artigo 2º. Objecto. Artigo 3º.

Regulamento do Conselho Municipal de Juventude. de S. João da Madeira. Artigo 1º. Definição. Artigo 2º. Objecto. Artigo 3º. Regulamento do Conselho Municipal de Juventude de S. João da Madeira Artigo 1º Definição O Conselho Municipal de Juventude é o órgão consultivo do município sobre matérias relacionadas com a política de

Leia mais

REGULAMENTO INTERNO COMISSÃO DE PROTECÇÃO DE CRIANÇAS E JOVENS CONCELHO DE VILA NOVA DE CERVEIRA

REGULAMENTO INTERNO COMISSÃO DE PROTECÇÃO DE CRIANÇAS E JOVENS CONCELHO DE VILA NOVA DE CERVEIRA REGULAMENTO INTERNO DA COMISSÃO DE PROTECÇÃO DE CRIANÇAS E JOVENS DO CONCELHO DE VILA NOVA DE CERVEIRA Regulamento Interno da Comissão de Protecção de Crianças e Jovens do Concelho de Vila Nova de Cerveira

Leia mais

MUNICÍPIO DA MURTOSA ACTA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DE 05 DE MAIO DE 2011

MUNICÍPIO DA MURTOSA ACTA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DE 05 DE MAIO DE 2011 1 Acta n.º 10/2011 MUNICÍPIO DA MURTOSA ACTA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DE 05 DE MAIO DE 2011 -------No dia cinco de Maio de dois mil e onze, nesta Vila da Murtosa, edifício dos Paços do Município e sala de

Leia mais

Pág. 19 Pág. 20 Pág. 21 Pág. 22-23

Pág. 19 Pág. 20 Pág. 21 Pág. 22-23 1 Indice Implementação do Cartão Social..... Pág. 3 Implementação da Oficina Doméstica.. Pág. 4 Promover o Envelhecimento com Qualidade de Vida.. Pág. 5 Promover o Envelhecimento com Qualidade de Vida...

Leia mais

EBI de Angra do Heroísmo

EBI de Angra do Heroísmo EBI de Angra do Heroísmo ENQUADRAMENTO GERAL Estratégia intervenção Ministério Educação promover o empreendedorismo no ambiente escolar Consonância com linhas orientadoras da Comissão Europeia Projectos

Leia mais

PROGRAMA VOCAÇÃO 2012

PROGRAMA VOCAÇÃO 2012 PROGRAMA VOCAÇÃO 2012 Preâmbulo A ocupação dos tempos livres dos jovens em tempo de aulas, através de actividades que contribuam significativamente para o enriquecimento da sua formação pessoal, funcionando

Leia mais

CONSELHO LOCAL DE ACÇÃO SOCIAL (MAIO 2014 ) REDE SOCIAL DE ALANDROAL

CONSELHO LOCAL DE ACÇÃO SOCIAL (MAIO 2014 ) REDE SOCIAL DE ALANDROAL CONSELHO LOCAL DE ACÇÃO SOCIAL (MAIO ) REDE SOCIAL DE ALANDROAL CLAS /2015 Área de Intervenção: Equipamentos e Respostas Sociais e Serviços 1 Objetivo Geral Objetivos Específicos Ação População - Alvo

Leia mais

«Sê voluntário! Isso faz a diferença»: Comissão Europeia lança o Ano Europeu do Voluntariado em 2011

«Sê voluntário! Isso faz a diferença»: Comissão Europeia lança o Ano Europeu do Voluntariado em 2011 «Sê voluntário! Isso faz a diferença»: Comissão Europeia lança o Ano Europeu do Voluntariado em 2011 «Para que as nossas esperanças de construir um mundo melhor e mais seguros não se limitem às boas intenções,

Leia mais

MUNICÍPIO DO BARREIRO ASSEMBLEIA MUNICIPAL

MUNICÍPIO DO BARREIRO ASSEMBLEIA MUNICIPAL MUNICÍPIO DO BARREIRO ASSEMBLEIA MUNICIPAL EDITAL Nº 30/10 (DELIBERAÇÕES) - - - Frederico Fernandes Pereira, Presidente da Assembleia Municipal do Barreiro, torna público que no dia 26 de Novembro de 2010,

Leia mais

Rede Escolar Particular do Concelho de Sintra

Rede Escolar Particular do Concelho de Sintra Rede Escolar Particular do Concelho de Sintra Instituições sem fins lucrativos Escolas Moradas / Contactos Creche Rua da Lagoa, n.º 15 S. Carlos 2725-355 Mem Martins Tel.: 219214466 / Fax: 219221910 E-mail:

Leia mais

REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO NOTA JUSTIFICATIVA

REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO NOTA JUSTIFICATIVA NOTA JUSTIFICATIVA Em conformidade com os poderes regulamentares que lhes são atribuídos pelos artigos 112º n.º 8 e 241º da Lei Constitucional, devem os Municípios aprovar os respectivos regulamentos municipais,

Leia mais

ACTA DA REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL NÚMERO QUINZE REALIZADA EM 16.06.03

ACTA DA REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL NÚMERO QUINZE REALIZADA EM 16.06.03 1 ACTA DA REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL NÚMERO QUINZE REALIZADA EM 16.06.03 ---------- Aos dezasseis dias do mês de Junho de dois mil e três, nesta cidade de Águeda, realizou-se uma reunião

Leia mais

REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE SESIMBRA REALIZADA NO DIA 07 DE JANEIRO DE 2015 ORDEM DO DIA

REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE SESIMBRA REALIZADA NO DIA 07 DE JANEIRO DE 2015 ORDEM DO DIA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE SESIMBRA REALIZADA NO DIA 07 DE JANEIRO DE 2015 ORDEM DO DIA ASSUNTOS APRECIADOS AO ABRIGO DO N.º 2 DO ART. 50.º DA LEI N.º 75/2013, DE 12 DE SETEMBRO: 1. Empréstimo

Leia mais

EDITAL Nº 21/10. Regulamento

EDITAL Nº 21/10. Regulamento MUNICÍPIO DO BARREIRO ASSEMBLEIA MUNICIPAL EDITAL Nº 21/10 Regulamento - - - Frederico Fernandes Pereira, Presidente da Assembleia Municipal do Barreiro, torna público que, por deliberação deste órgão

Leia mais