Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download ""

Transcrição

1 VI Seminário Nacional de Perícias em Crimes de Informática Perícia de Informática no Combate à Pedofilia Itamar Almeida de Carvalho Perito Criminal Federal Serviço de Perícias em Informática Instituto Nacional de Criminalística

2 Desafios Tecnológicos Aumento do volume de dados Popularização do uso de criptografia Computação em nuvem / armazenamento remoto 2

3 Capacidade dos Discos Rígidos 3

4 Capacidade dos Discos Rígidos 4

5 Solução de Armazenamento Portátil Este da foto possui 8 baias de HD, totalizando 8TB Conexão SAS 5

6 Criptografia de Armazenamento 6

7 Computação em Nuvem 7

8 + Rede de sites (.onion onion) dentro da rede Tor. A rede Tor é um conjunto de proxys em série, que mascaram o IP. 8

9 Evolução Legal Lei 8.069/ Estatuto da Criança e do Adolescente Lei 8.069/1990 Criminaliza produção de material (fotografar ou publicar cena) Lei /2003 Inclui explicitamente a Internet como um dos meios de publicação de material de pedofilia...fotografias ou imagens... Lei /2008 Criminaliza a aquisição e posse...fotografia, vídeo ou outro registro... Define (Art. 241-E) cena de sexo explícito ou pornográfica como qualquer situação que envolva criança ou adolescente em atividades sexuais explícitas, reais ou simuladas, ou exibição dos órgãos genitais de uma criança ou adolescente para fins primordialmente sexuais. 9

10 Desafios de Procedimentos Olhar o computador no local? Busca de um flagrante da posse Se o computador estiver desligado? Mecanismos de bloqueio de escrita E se estiver ligado? Tem criptografia? Há algum serviço de armazenamento remoto sendo utilizado? E de compartilhamento de arquivos? Tempo da B&A Até onde é Perícia? 10

11 Desafios de Procedimentos O que é pedofilia? Quem deve decidir se uma imagem contém cena de sexo explícito ou pornográfica? Estimativa de idade é muito imprecisa Em última análise, é o Juiz quem vai decidir 11

12 Atriz pornô salva fã e prova sua inocência 21/04/2010 Nativo de Nova York, Carlos Simon-Timmerman comprou um DVD da Porno-Star Lupe Fuentes Simon-Timmerman enquanto estava de passou férias na Venezuela, dois meses mas foi na parado prisão em San antes Juan, Porto do Rico caso em ser seu caminho julgado para no casa, tribunal onde foi porque preso e acusado um agente de posse ilegal especial e transporte do das imagens envolvendo menores. Divisão de Imigração tinha dito que Lupe Fuentes Diante de um máximo de 20 anos de prisão para Simon-Timmerman Timmerman, a atriz Lupe Fuentes demonstrava soube da notícia que e resolveu tinha, fazer "definitivamente", alguma coisa: Voou para Porto idade Rico e compareceu inferior em a 18 juízo, no com vídeo, a documentação, bem comprovando como o testemunho sua idade e, finalmente, de libertou Simon. um pediatra que a considerou "100% menor de idade",, os quais Fuentes revelou estarem todos errados, Simon-Timmerman passou dois meses na prisão antes do caso ser julgado no tribunal porque quando um agente ela apareceu especial do da no Divisão tribunal. de Imigração tinha dito que Lupe Fuentes demonstrava que tinha, "definitivamente", idade inferior a 18 no vídeo,, bem como o testemunho de um pediatra que a considerou "100% menor de idade", os quais Fuentes revelou estarem todos errados, quando ela apareceu no tribunal. No momento em que "Little Lupe the Innocent; Don t Be Fooled By Her Baby Face" foi produzido, Fuentes foi No momento em que "Little Lupe the Innocent; Don t Be Fooled By Her Baby Face" foi produzido, capaz de Fuentes provar foi capaz que de ela provar tinha que ela 19 tinha anos 19 anos de de idade e todas as acusações contra Simon-Timmerman foram retiradas.. "Lupe entrou no todas tribunal as e foi acusações como um filme de contra julgamento Simon-Timmerman de drama", disse o assistente de defensor foram público retiradas. Hector L.. Ramos-Vega. "Lupe entrou "Justiça no foi tribunal feita e Carlos e é foi um como homem livre, um graças a Lupe". filme de julgamento de drama", disse o assistente de defensor público Hector L. Ramos-Vega. "Justiça foi feita e "Lupe não é só mais uma estrela pornô procurando parecer mais jovem, mas uma Carlos humanitária é que um se homem preocupa com livre, a justiça graças e se preocupa a Lupe". com seus fãs", concluiu Ramos-Vega. 12

13 Ferramentas NuDetective Identificação de imagens por cor da pele Está em desenvolvimento recurso de trabalhar com vídeos Mostra as imagens com maior probabilidade de conter pornografia EspiaMule Usado na fase de investigação Identifica arquivos por hash na rede emule Guarda todo o histórico de quais usuários estavam compartilhando cada arquivo 13

14 ICCyber 2012 IX Conferência Internacional de Perícias em Crimes Cibernéticos 26 a 28 de Setembro Hotel Royal Tulip Brasília DF 14

15 Obrigado Serviço de Perícias em Informática - SEPINF Instituto Nacional de Criminalística - INC Diretoria Técnico-Científica DITEC Departamento de Polícia Federal 15

Evidências e questionamentos (IPL) Perícias Contábeis e Econômicas. Perícias de Engenharia e Meio Ambiente. Perícias de Laboratório

Evidências e questionamentos (IPL) Perícias Contábeis e Econômicas. Perícias de Engenharia e Meio Ambiente. Perícias de Laboratório Perícia em informática: passado, presente e futuro Ivo de Carvalho Peixinho Perito Criminal Federal Coordenação de TI - CTI CTI/DLOG/DPF Tópicos Perícia Criminal Federal Perícia em Informática Equipamentos

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5ª REGIÃO GABINETE DO DESEMBARGADOR FEDERAL FRANCISCO BARROS DIAS

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5ª REGIÃO GABINETE DO DESEMBARGADOR FEDERAL FRANCISCO BARROS DIAS APTE : MARIO IGOR ALMEIDA DIEB RELATÓRIO O Excelentíssimo Senhor Desembargador Federal FRANCISCO BARROS DIAS (Relator): 1.Trata-se de Apelação Criminal, interposta pela Defesa contra a sentença de primeiro

Leia mais

4 NOÇÕES DE DIREITO E LEGISLAÇÃO EM INFORMÁTICA

4 NOÇÕES DE DIREITO E LEGISLAÇÃO EM INFORMÁTICA 4 NOÇÕES DE DIREITO E LEGISLAÇÃO EM INFORMÁTICA 4.1 Legislação aplicável a crimes cibernéticos Classifica-se como Crime Cibernético: Crimes contra a honra (injúria, calúnia e difamação), furtos, extorsão,

Leia mais

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 211, DE 2014

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 211, DE 2014 PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 211, DE 2014 O CONGRESSO NACIONAL decreta: Altera o art. 241-D da Lei nº 8.069, de 13 de julho de 1990 (Estatuto da Criança e do Adolescente ECA), para tornar crime a conduta

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.br

BuscaLegis.ccj.ufsc.br BuscaLegis.ccj.ufsc.br O crime de divulgação de pornografia infantil pela Internet Breves Comentários à Lei 10.764/03 Demócrito Reinaldo Filho Foi publicada (no DOU do dia 13/11) a Lei Federal 10.764,

Leia mais

A 4ª Delegacia de Polícia de Repressão à Pedofilia - Estatísticas e Cases

A 4ª Delegacia de Polícia de Repressão à Pedofilia - Estatísticas e Cases A 4ª Delegacia de Polícia de Repressão à Pedofilia - Estatísticas e Cases Dra.Ancilla-Dei Vega Dias Baptista Giaconi Maio/2014 0 4ª Delegacia de Polícia de Repressão à Pedofilia Criada em 23 de Novembro

Leia mais

Tendências dos Crimes Cibernéticos. Marcos Vinicius G. R. Lima Perito Criminal Federal Instituto Nacional de Criminalística Polícia Federal

Tendências dos Crimes Cibernéticos. Marcos Vinicius G. R. Lima Perito Criminal Federal Instituto Nacional de Criminalística Polícia Federal Tendências dos Crimes Cibernéticos Marcos Vinicius G. R. Lima Perito Criminal Federal Instituto Nacional de Criminalística Polícia Federal Tópicos Crimes cibernéticos e vestígios digitais Dificuldades,

Leia mais

Curso de. Direito. Núcleo de Prática Jurídica. Crimes Sexuais Estupro e Pedofilia. www.faesa.br

Curso de. Direito. Núcleo de Prática Jurídica. Crimes Sexuais Estupro e Pedofilia. www.faesa.br Curso de Direito Núcleo de Prática Jurídica Crimes Sexuais Estupro e Pedofilia www.faesa.br mportante: Serviços especializados em crimes sexuais: Ÿ Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA)

Leia mais

Felipe Perin. AUV surveyor. Consultor de TI. Desenvolvedor web. Entusiasta em software livre. Segurança em Redes de Computadores.

Felipe Perin. AUV surveyor. Consultor de TI. Desenvolvedor web. Entusiasta em software livre. Segurança em Redes de Computadores. Felipe Perin E-mail: Linkedin: Sites: AUV surveyor Consultor de TI Desenvolvedor web Entusiasta em software livre Segurança em Redes de Computadores Palestrante perin.ng@gmail.com http://br.linkedin.com/in/felipeperin

Leia mais

COMISSÃO DE SEGURIDADE SOCIAL E FAMÍLIA. PROJETO DE LEI N o 1.167, DE 2007 (Apensos os PL's 3.773/08 e 4.056/2008)

COMISSÃO DE SEGURIDADE SOCIAL E FAMÍLIA. PROJETO DE LEI N o 1.167, DE 2007 (Apensos os PL's 3.773/08 e 4.056/2008) 1 COMISSÃO DE SEGURIDADE SOCIAL E FAMÍLIA PROJETO DE LEI N o 1.167, DE 2007 (Apensos os PL's 3.773/08 e 4.056/2008) Acrescenta inciso IV ao 1º e 3º ao art. 241 da Lei nº 8.069, de 13 de julho de 1990 Estatuto

Leia mais

Passos para a perícia forense computacional

Passos para a perícia forense computacional Passos para a perícia forense computacional Marcella Cruz, Giulia Gouveia, Vanessa Cavalcanti. Segurança da Informação manhã primeiro semestre. 1. Introdução O avanço da tecnologia da informação trouxe

Leia mais

Palestra Depois do Abuso Sexual Como encaminhar e lidar com criança vítima de abuso sexual

Palestra Depois do Abuso Sexual Como encaminhar e lidar com criança vítima de abuso sexual Palestra Depois do Abuso Sexual Como encaminhar e lidar com criança vítima de abuso sexual Guilherme Schelb, Promotor de Justiça da Infância em Brasília (1992-1995), especialista em temas da infância e

Leia mais

Plano de Aula - Windows 8 - cód.5235 24 Horas/Aula

Plano de Aula - Windows 8 - cód.5235 24 Horas/Aula Plano de Aula - Windows 8 - cód.5235 24 Horas/Aula Aula 1 Capítulo 1 - Introdução ao Windows 8 Aula 2 1 - Introdução ao Windows 8 1.1. Novidades da Versão...21 1.2. Tela de Bloqueio...21 1.2.1. Personalizar

Leia mais

Cidadão com Segurança. Respeito mútuo entre Cidadão e Polícia

Cidadão com Segurança. Respeito mútuo entre Cidadão e Polícia Cidadão com Segurança Respeito mútuo entre Cidadão e Polícia Presidente do Conselho Nacional do Ministério Público e Procurador-Geral da República Roberto Monteiro Gurgel Santos Comissão do Sistema Prisional,

Leia mais

70% 500.000. De acordo com a nova lei, são crianças e adolescentes. 1. de estupro

70% 500.000. De acordo com a nova lei, são crianças e adolescentes. 1. de estupro O QUE É VIOLÊNCIA SEXUAL Todos os anos, estima-se que 500.000 70% Mulheres das vítimas sejam vítimas de estupro no Brasil, e que outros tantos milhões sofram com abusos e violências sexuais. de estupro

Leia mais

ABUSO ON LINE E PORNOGRAFIA INFANTIL PELA INTERNET

ABUSO ON LINE E PORNOGRAFIA INFANTIL PELA INTERNET ABUSO ON LINE E PORNOGRAFIA INFANTIL PELA INTERNET A internet está cada vez mais presente na vida de crianças e adolescentes Atualmente, milhões de usuários estão conectados à internet em todo o mundo,

Leia mais

Busca e apreensão de provas

Busca e apreensão de provas Universidade Federal do Espírito Santo Centro de Ciências Agrárias CCA UFES Departamento de Computação Universidade Federal do Espírito Santo CCA UFES Busca e apreensão de provas Computação Forense Site:

Leia mais

O número de vítimas de "nude selfie" e "sexting" compartilhamento de fotos íntimas em sites e aplicativos de smartphone, como o WhatsApp mais que dobrou nos últimos dois anos no país. Os dados são de um

Leia mais

Depoimento Sem Dano Porto Alegre, AGOSTO de 2009

Depoimento Sem Dano Porto Alegre, AGOSTO de 2009 Depoimento Sem Dano Depoimento Sem Dano Porto Alegre, AGOSTO de 2009 Texto DR. Breno Beutler Júnior DR. José Antônio Daltoé Cezar Expediente projeto gráfico e Ilustrações Paulo Guilherme Marques Taylor

Leia mais

ANÁLISE DA PEDOFILIA NA INTERNET SOB O ASPECTO DA LEGISLAÇÃO BRASILEIRA

ANÁLISE DA PEDOFILIA NA INTERNET SOB O ASPECTO DA LEGISLAÇÃO BRASILEIRA 1 ANÁLISE DA PEDOFILIA NA INTERNET SOB O ASPECTO DA LEGISLAÇÃO BRASILEIRA Raphaella Karla Martins de Lima 1 INTRODUÇÃO A internet é o meio de comunicação que mais revolucionou e trouxe benefícios tecnológicos

Leia mais

DTI DIRETORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

DTI DIRETORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DTI DIRETORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO POLÍTICA DE UTILIZAÇÃO DOS RECURSOS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO ESPÍRITO SANTO 1 OBJETIVO: 1.1 A presente

Leia mais

PROJETO DE EXTENSÃO CIDADANIA PARA TODOS: PEDOFILIA NA INTERNET 1

PROJETO DE EXTENSÃO CIDADANIA PARA TODOS: PEDOFILIA NA INTERNET 1 PROJETO DE EXTENSÃO CIDADANIA PARA TODOS: PEDOFILIA NA INTERNET 1 Danielli Regina Scarantti 2, Lurdes Aparecida Grossmann 3. 1 Projeto de extensão Cidadania Para Todos realizado no curso de Graduação em

Leia mais

O que é a Deep Web e quais os seus riscos?

O que é a Deep Web e quais os seus riscos? O que é a Deep Web e quais os seus riscos? Webinar 27/07/15 Instrutora: Dra. Caroline Teófilo da Silva Fonte: ExtremeTech. Disponível em http://www.extremetech.com/wpcontent/uploads/2013/08/deep-web.jpg.

Leia mais

Pedro Monteiro da Silva Eleutério Marcio Pereira Machado. Novatec

Pedro Monteiro da Silva Eleutério Marcio Pereira Machado. Novatec Pedro Monteiro da Silva Eleutério Marcio Pereira Machado Novatec Copyright 2011 Novatec Editora Ltda. Todos os direitos reservados e protegidos pela Lei 9.610 de 19/02/1998. É proibida a reprodução desta

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DE SEGURANÇA PÚBLICA POLÍCIA CIENTÍFICA DO PARANÁ INSTITUTO DE CRIMINALÍSTICA DO PARANÁ SEÇÃO DE INFORMÁTICA FORENSE DE CURITIBA

SECRETARIA DE ESTADO DE SEGURANÇA PÚBLICA POLÍCIA CIENTÍFICA DO PARANÁ INSTITUTO DE CRIMINALÍSTICA DO PARANÁ SEÇÃO DE INFORMÁTICA FORENSE DE CURITIBA GUIA RÁPIDO DE ARRECADAÇÃO DE EQUIPAMENTOS COMPUTACIONAIS 1. TIPOS DE EQUIPAMENTOS COMPUTACIONAIS. Equipamentos computacionais podem tomar várias formas, como portáteis (laptop, notebook, netbook, ultrabook,

Leia mais

CASOTECA DIREITO GV PRODUÇÃO DE CASOS 2011

CASOTECA DIREITO GV PRODUÇÃO DE CASOS 2011 CASOTECA DIREITO GV PRODUÇÃO DE CASOS 2011 CASOTECA DIREITO GV Caso do Campo de Algodão: Direitos Humanos, Desenvolvimento, Violência e Gênero ANEXO I: DISPOSITIVOS RELEVANTES DOS INSTRUMENTOS INTERNACIONAIS

Leia mais

Evento FEBRABAN 10.11.10 EDUCAÇÃO PARA O USO SEGURO DOS AMBIENTES VIRTUAIS. Juliana Abrusio

Evento FEBRABAN 10.11.10 EDUCAÇÃO PARA O USO SEGURO DOS AMBIENTES VIRTUAIS. Juliana Abrusio Evento FEBRABAN 10.11.10 EDUCAÇÃO PARA O USO SEGURO DOS AMBIENTES VIRTUAIS Juliana Abrusio Pontos de destaque 2 1. CONTROLE: Equilíbrio no respeito à privacidade dos filhos e seu controle na Internet.

Leia mais

Forense Computacional: pesquisa sobre peritos na cidade de Catalão (GO)

Forense Computacional: pesquisa sobre peritos na cidade de Catalão (GO) Forense Computacional: pesquisa sobre peritos na cidade de Catalão (GO) Fábio Justiniano Ribeiro 1, Leandro Fernandes Cardoso 1, Tiago Batista Lúcio 1 1 Departamento de Ciência da Computação Universidade

Leia mais

PROCEDIMENTO PARA OBTENÇÃO DE PASSAPORTE. Siga os seguintes passos para retirar seu Passaporte

PROCEDIMENTO PARA OBTENÇÃO DE PASSAPORTE. Siga os seguintes passos para retirar seu Passaporte PROCEDIMENTO PARA OBTENÇÃO DE PASSAPORTE Siga os seguintes passos para retirar seu Passaporte Verifique a documentação necessária. Atenção: Não há renovação nem prorrogação de passaporte, se o seu está

Leia mais

Boas vindas e introdução por parte dos representantes do Chile, dos Estados Unidos e da Organização dos Estados Americanos

Boas vindas e introdução por parte dos representantes do Chile, dos Estados Unidos e da Organização dos Estados Americanos PROVA ELETRÔNICA EM INVESTIGAÇÕES CRIMINAIS Workshop Regional para a América do Sul do Grupo de Peritos Governamentais sobre Delito Cibernético da OEA REMJA Santiago, Chile, 21 a 23 de julho de 2009 Terça

Leia mais

Forense Computacional

Forense Computacional Forense Computacional Diego Tavares (PET-Computação) diegot@dsc.ufcg.edu.br Introdução A Forense Computacional pode ser definida como a ciência que estuda a aquisição, preservação, recuperação e análise

Leia mais

DIREITO PENAL E DIREITO PROCESSUAL PENAL

DIREITO PENAL E DIREITO PROCESSUAL PENAL DIREITO PENAL E DIREITO PROCESSUAL PENAL PEÇA PROFISSIONAL Mariano Pereira, brasileiro, solteiro, nascido em 20/1/1987, foi denunciado pela prática de infração prevista no art. 157, 2.º, incisos I e II,

Leia mais

Perícia Computacional Forense. gilberto@sudre.com.br http://gilberto.sudre.com.br

Perícia Computacional Forense. gilberto@sudre.com.br http://gilberto.sudre.com.br Perícia Computacional Forense gilberto@sudre.com.br http://gilberto.sudre.com.br Perícia Computacional Forense gilberto@sudre.com.br http://gilberto.sudre.com.br 3 Agenda» A nova Economia» Segurança da

Leia mais

Abuso Sexual de Crianças e Adolescentes

Abuso Sexual de Crianças e Adolescentes Quebrando Tabus Abuso Sexual de Crianças e Adolescentes Maio de 2008 Lauro Monteiro Médico Pediatra Editor do Observatório da Infância www.observatoriodainfancia.com.br Importância de Vitória Vésperas

Leia mais

Windows 7. 1.1. Barra de Tarefas 1.1.1. Botão Iniciar e Menu Iniciar Lista de Saltos: apresenta lista de arquivos recentemente acessados

Windows 7. 1.1. Barra de Tarefas 1.1.1. Botão Iniciar e Menu Iniciar Lista de Saltos: apresenta lista de arquivos recentemente acessados Windows 7 1. Área de Trabalho ou Desktop 1.1. Barra de Tarefas 1.1.1. Botão Iniciar e Menu Iniciar Lista de Saltos: apresenta lista de arquivos recentemente acessados Noções de Informática Henrique Sodré

Leia mais

MATERIAL DE APOIO. *segundo o STF o MP tem poder de investigação, ou seja, pode o MP investigar além da polícia.

MATERIAL DE APOIO. *segundo o STF o MP tem poder de investigação, ou seja, pode o MP investigar além da polícia. Escrivao P.F Nível Superior DISCIPLINA:D.Proc.Penal Professor: Guilherme Madeira Aula 01 MATERIAL DE APOIO Processo Penal Professor Madeira Dicas: -Apenas caderno e lei na reta final! -Fazer uma prova

Leia mais

12/20/2010. Introdução - Criminalística. Perícia Federal. Perito Criminal. Treinamento & desenvolvimento. Gestão pericial.

12/20/2010. Introdução - Criminalística. Perícia Federal. Perito Criminal. Treinamento & desenvolvimento. Gestão pericial. Introdução - Criminalística Polícia Federal Diretoria Técnico-Científica Instituto Nacional de Criminalística Perícia Federal Perito Criminal Treinamento & desenvolvimento Gestão pericial Clênio Guimarães

Leia mais

ÁREA JÚRI. Descrição da Classe Relacionada Código Classe Descrição do Assunto Principal Código Principal

ÁREA JÚRI. Descrição da Classe Relacionada Código Classe Descrição do Assunto Principal Código Principal Área Júri ÁREA JÚRI Descrição da Classe Relacionada Código Classe Descrição do Assunto Principal Código Principal Ação Penal de Competência do Júri 282 Ação Penal de Competência do Júri 282 Aborto provocado

Leia mais

Aula 03 Forense Computacional. Laboratório Forense & Investigação Forense

Aula 03 Forense Computacional. Laboratório Forense & Investigação Forense Aula 03 Forense Computacional Laboratório Forense & Investigação Forense Agenda Organização do laboratório Segurança do laboratório Auditoria Responsabilidades Equipamentos Organização do laboratório Para

Leia mais

Exploração Sexual Comercial de Crianças as e Adolescentes

Exploração Sexual Comercial de Crianças as e Adolescentes Exploração Sexual Comercial de Crianças as e Adolescentes Gorete Vasconcelos go_vasconcelos@yahoo.com.br Marcos Históricos e Políticos Código de Menores /1927 Doutrina da Situação Irregular; Declaração

Leia mais

Sessão 6: Painel. Garantindo direitos na Internet: o Marco Civil brasileiro e a "Dichiarazione dei Diritti" italiana

Sessão 6: Painel. Garantindo direitos na Internet: o Marco Civil brasileiro e a Dichiarazione dei Diritti italiana Sessão 6: Painel Garantindo direitos na Internet: o Marco Civil brasileiro e a "Dichiarazione dei Diritti" italiana São Paulo - SP, 16 de setembro 2015 Indutor: Omar Kaminski Privacidade é o poder de revelar-se

Leia mais

1. Questionamento: 2. Fundamentos:

1. Questionamento: 2. Fundamentos: 1. Questionamento: Preciso saber em qual dispositivo legal se encaixa o seguinte caso: Um senhor induziu um menor, com 12 anos de idade, a praticar ato sexual com animal (ovelha), porém não há indícios

Leia mais

Perito em Computação Forense

Perito em Computação Forense Perito em Computação Forense Marcos Monteiro http://www.marcosmonteiro.com.br contato@marcosmonteiro.com.br Ciência Forense Criminal A ciência forense criminal traz a prática da investigação o que chamamos

Leia mais

SUMÁRIO. CAPÍTULO II - Polícia Judiciária Militar... 17 1 Polícia Judiciária Militar... 17

SUMÁRIO. CAPÍTULO II - Polícia Judiciária Militar... 17 1 Polícia Judiciária Militar... 17 Direito Processual Penal Militar - 4ª Edição SUMÁRIO CAPÍTULO I Princípios... 13 1 Princípios aplicados no processo penal militar... 13 2 Lei do processo penal militar e sua aplicação... 15 3 Aplicação

Leia mais

SUJEITOS PROCESSUAIS: JUIZ E MINISTÉRIO PÚBLICO

SUJEITOS PROCESSUAIS: JUIZ E MINISTÉRIO PÚBLICO SUJEITOS PROCESSUAIS: JUIZ E MINISTÉRIO PÚBLICO Sujeitos processuais são as pessoas que atuam no processo, ou seja, autor, réu e juiz, existem outros sujeitos processuais, que podem ou não integrar o processo,

Leia mais

A NOVA LEI 12.737/12 IMPLICAÇÕES NO TRATAMENTO DE INCIDENTES DE REDE

A NOVA LEI 12.737/12 IMPLICAÇÕES NO TRATAMENTO DE INCIDENTES DE REDE A NOVA LEI 12.737/12 IMPLICAÇÕES NO TRATAMENTO DE INCIDENTES DE REDE Serviço de Repressão a Crimes Cibernéticos Coordenação Geral de Polícia Fazendária Diretoria de Investigação e Combate ao Crime Organizado

Leia mais

01 Direito da Criança e do Adolescente

01 Direito da Criança e do Adolescente 01 Direito da Criança e do Adolescente Constitui-se em um direito dos pais ou responsáveis, assegurado pelo Estatuto da Criança e do Adolescente, a) adentrar no prédio escolar até as salas de aula em qualquer

Leia mais

Um ambiente seguro de logs como auxilio a computação forense. Leandro Borges Dalton Matsuo Tavares

Um ambiente seguro de logs como auxilio a computação forense. Leandro Borges Dalton Matsuo Tavares Um ambiente seguro de logs como auxilio a computação forense. Leandro Borges Dalton Matsuo Tavares ORGANIZAÇÃO DA APRESENTAÇÃO 1. Introdução. 2. Aspectos Legais. 3. Aspectos Técnicos. 4. Proposta do ambiente.

Leia mais

Anotações de aula Aline Portelinha 2015

Anotações de aula Aline Portelinha 2015 Anotações de aula Aline Portelinha 2015 Aula 2 PRONTUÁRIO MÉDICO E FICHA CLÍNICA (Prontuário Médico do Paciente - CRM do DF) Prontuário médico Resolução CFM 1.638/02 Documento único constituído de um conjunto

Leia mais

Número do Recibo:83500041

Número do Recibo:83500041 de 6 8/6/22 7:32 Número do Recibo:8354 Data de Preenchimento do Questionário:. Comitête Gestor de Informática do Judiciário - Recibo de Preenchimento do Questionário: INFRAESTRUTURA - 22 3.. Infraestrutura

Leia mais

CRIMES CIBERNÉTICOS: ->Os crimes mais comuns praticados contra organizações são:

CRIMES CIBERNÉTICOS: ->Os crimes mais comuns praticados contra organizações são: CRIMES CIBERNÉTICOS: A atuação da polícia em crimes de computador requer investigação especializada e ação efetiva. Não existem no Brasil policiais preparados para combater esse tipo de crime, faltando

Leia mais

Curso Forense Computacional

Curso Forense Computacional Curso Forense Computacional Todos nossos cursos são preparados por mestres e profissionais reconhecidos no mercado de Segurança da Informação no Brasil e exterior. Os cursos são ministrados em português,

Leia mais

ENUNCIADOS. Suspensão Condicional do Processo. Lei Maria da Penha e Contravenções Penais

ENUNCIADOS. Suspensão Condicional do Processo. Lei Maria da Penha e Contravenções Penais ENUNCIADOS Suspensão Condicional do Processo Enunciado nº 01 (001/2011): Nos casos de crimes de violência doméstica e familiar contra a mulher não se aplica a suspensão condicional do processo. (Aprovado

Leia mais

Coriolano Aurélio de Almeida Camargo Santos 2- Vice-Presidente da Comissão de Direito na Sociedade da Informação da OAB SP DATA: 03/08/2009

Coriolano Aurélio de Almeida Camargo Santos 2- Vice-Presidente da Comissão de Direito na Sociedade da Informação da OAB SP DATA: 03/08/2009 Coriolano Aurélio de Almeida Camargo Santos 2- Vice-Presidente da Comissão de Direito na Sociedade da Informação da OAB SP DATA: 03/08/2009 Uma a cada sete crianças de 10 a 17 anos recebe solicitações

Leia mais

CRIMES CONTRA A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA:

CRIMES CONTRA A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA: COMENTÁRIOS DA PROVA Questões da prova de Oficial de Justiça PJ-H/2014 Questão 48 (art. 325) Questão 47 (art. 312 parágrafo segundo) QUESTÃO 48 - GABARITO: D QUESTÃO 47 - GABARITO: C CRIMES CONTRA A ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

Projeto solidário para o ensino de Informática Básica

Projeto solidário para o ensino de Informática Básica Projeto solidário para o ensino de Informática Básica Parte 2 Sistema Operacional MS-Windows XP Créditos de desenvolvimento deste material: Revisão: Prof. MSc. Wagner Siqueira Cavalcante Um Sistema Operacional

Leia mais

O que é Forense Computacional?

O que é Forense Computacional? O que é Forense Computacional? É a ciência que estuda a aquisição, preservação, recuperação e análise de dados armazenados em mídias computadorizadas e procura caracterizar crimes de informática de acordo

Leia mais

DIREITO PROCESSUAL PENAL IV

DIREITO PROCESSUAL PENAL IV AULA DIA 25/05/2015 Docente: TIAGO CLEMENTE SOUZA E-mail: tiago_csouza@hotmail.com DIREITO PROCESSUAL PENAL IV Procedimento Sumaríssimo (Lei 9.099/95) - Estabelece a possibilidade de conciliação civil,

Leia mais

autorização ou em desconformidade com autorização do legítimo titular da rede de computadores, dispositivo de comunicação

autorização ou em desconformidade com autorização do legítimo titular da rede de computadores, dispositivo de comunicação PROJETO DE LEI Nº 84/1999 CRIMES INFORMÁTICOS COMPARATIVO ENTRE A VERSÃO APROVADA NO SENADO E APRESENTADA NO PLENÁRIO DA CÂMARA EM 18/07/2008, E O SUBSTITUTIVO DO RELATOR NA COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO, JUSTIÇA

Leia mais

Informática - Prof. Frank Mattos

Informática - Prof. Frank Mattos Informática - Prof. Frank Mattos Q298262 1. Por padrão, a lixeira do Windows 7 ocupa uma área correspondente a 10% do espaço em disco rígido do computador. Impressionante como essa informação está muito

Leia mais

Armazenamento em nuvem é feito em serviços que poderão ser acessados de diferentes lugares, a qualquer momento e utilizando diferentes dispositivos,

Armazenamento em nuvem é feito em serviços que poderão ser acessados de diferentes lugares, a qualquer momento e utilizando diferentes dispositivos, Nuvem cloud Armazenamento em nuvem é feito em serviços que poderão ser acessados de diferentes lugares, a qualquer momento e utilizando diferentes dispositivos, não havendo necessidade de armazenamento

Leia mais

Crimes Cibernéticos - Proteção Legal no Brasil

Crimes Cibernéticos - Proteção Legal no Brasil Combatendo Crimes Cibernéticos Proteção Legal no Brasil André Machado Caricatti Jorilson da Silva Rodrigues Crimes Cibernéticos - Proteção Legal no Brasil Objetivo do Trabalho Utilizar um modelo de referência

Leia mais

Elaine Carneiro Jaciana Torre Karoliny Silva Orientador: Marcos Generoso Coorientadores: Eduardo Lima e Natalli Araújo

Elaine Carneiro Jaciana Torre Karoliny Silva Orientador: Marcos Generoso Coorientadores: Eduardo Lima e Natalli Araújo Elaine Carneiro Jaciana Torre Karoliny Silva Orientador: Marcos Generoso Coorientadores: Eduardo Lima e Natalli Araújo Variações de desenvolvimento sexual que podem ser problemáticas para o indivíduo Organização

Leia mais

Apresentação. Objetivo. Facilitador. Dados Principais. Claudemir Queiroz. Tecnologia Abordada Forense Computacional

Apresentação. Objetivo. Facilitador. Dados Principais. Claudemir Queiroz. Tecnologia Abordada Forense Computacional Apresentação Dados Principais Este curso fornece aos alunos as habilidades essenciais no processo de perícia forense computacional e apresenta com detalhamento as atividades da área relacionada, os aspectos

Leia mais

CORTE INTERNACIONAL DE JUSTIÇA CORTE PERMANENTE DE ARBITRAGEM TRIBUNAL PENAL INTERNACIONAL TRIBUNAL PENAL INTERNACIONAL PARA A EX-IUGOSLÁVIA

CORTE INTERNACIONAL DE JUSTIÇA CORTE PERMANENTE DE ARBITRAGEM TRIBUNAL PENAL INTERNACIONAL TRIBUNAL PENAL INTERNACIONAL PARA A EX-IUGOSLÁVIA FASES DO PROCESSO PENAL DIANTE DOS TRIBUNAIS INTERNACIONAIS VISITA AOS TRIBUNAIS INTERNACIONAIS DA HAIA CORTE INTERNACIONAL DE JUSTIÇA CORTE PERMANENTE DE ARBITRAGEM TRIBUNAL PENAL INTERNACIONAL TRIBUNAL

Leia mais

PEDOFILIA, ABUSO SEXUAL e PORNOGRAFIA INFANTIL - Breves Considerações -

PEDOFILIA, ABUSO SEXUAL e PORNOGRAFIA INFANTIL - Breves Considerações - PAINEL II crescimento das redes sociais e violação de direitos PEDOFILIA, ABUSO SEXUAL e PORNOGRAFIA INFANTIL - Breves Considerações - Flúvio Cardinelle Oliveira Garcia Delegado de Polícia Federal São

Leia mais

CONTRATO PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE HOSPEDAGEM DE SITES

CONTRATO PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE HOSPEDAGEM DE SITES CONTRATO PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE HOSPEDAGEM DE SITES CLÁUSULA PRIMEIRA DAS PARTES 1.1 De um lado, JKL SERVIÇOS E TECNOLOGIA ME, Pessoa Jurídica com sede na Rua CAROLINA ROQUE nº 416, CEP 02472-030, cidade

Leia mais

CASO URSO BRANCO II (massacre de 2004)

CASO URSO BRANCO II (massacre de 2004) Guia de Cobertura para Jornalistas Relembrando o caso CASO URSO BRANCO II (massacre de 2004) O julgamento é por conta do assassinato de 12 presos da Casa de Detenção José Mário Alves, em abril de 2004,

Leia mais

RELATÓRIO SÍNTESE DAS DELIBERAÇÕES DAS CONFERÊNCIAS TERRITORIAIS DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE/2015

RELATÓRIO SÍNTESE DAS DELIBERAÇÕES DAS CONFERÊNCIAS TERRITORIAIS DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE/2015 RELATÓRIO SÍNTESE DAS DELIBERAÇÕES DAS CONFERÊNCIAS TERRITORIAIS DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE/2015 Território de Identidade: Municípios presentes: Produto I: Conselhos de Direitos da Criança

Leia mais

Prática de Windows. Prof. Marcelo Walter UFPE

Prática de Windows. Prof. Marcelo Walter UFPE Prática de Windows Prof. Marcelo Walter UFPE Revisão março 2008 1 Ícones Visão geral do Windows Área de Trabalho Relógio Botão Iniciar Barra de Tarefas 2 BARRA DE TAREFAS É considerada a âncora da interface

Leia mais

O QUE MUDA NA SUA NAVEGAÇÃO COM O MARCO CIVIL DA INTERNET?

O QUE MUDA NA SUA NAVEGAÇÃO COM O MARCO CIVIL DA INTERNET? O QUE MUDA NA SUA NAVEGAÇÃO COM O MARCO CIVIL DA INTERNET? O QUE MUDA NA SUA NAVEGAÇÃO COM O MARCO CIVIL DA INTERNET? Redação e revisão Camila Marques, Laura Tresca, Luiz Alberto Perin Filho, Mariana Rielli

Leia mais

Tribunal de Justiça de Minas Gerais

Tribunal de Justiça de Minas Gerais Número do 1.0024.02.652231-8/001 Númeração 6522318- Relator: Relator do Acordão: Data do Julgamento: Data da Publicação: Des.(a) William Silvestrini null 11/01/2006 07/02/2006 FURTO - SINAIS DE TV A CABO

Leia mais

C R I M E S Ô N PLC 89/2003 (PL 84/1999) Fernando Neto Botelho

C R I M E S Ô N PLC 89/2003 (PL 84/1999) Fernando Neto Botelho C R I M E S PLC 89/2003 (PL 84/1999) Fernando Neto Botelho E L E T R Ô N I C O S PL 84/1999 MUDANÇAS AS Mudanças as Código Penal (D.L. 2848/40): + 11 Crimes Código Penal Militar (D.L. 1001/69): + 9 Crimes

Leia mais

Cartilha de Prevenção Orientações para o combate à Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes

Cartilha de Prevenção Orientações para o combate à Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes Art. 5º Nenhuma criança ou adolescente será objeto de qualquer forma de negligência, discriminação, exploração, violência, crueldade e opressão, punido na forma da lei qualquer atentado, por ação ou omissão,

Leia mais

EspiaMule e Wyoming ToolKit: Ferramentas de Repressão à Exploração Sexual Infanto-Juvenil em Redes Peer-to-Peer

EspiaMule e Wyoming ToolKit: Ferramentas de Repressão à Exploração Sexual Infanto-Juvenil em Redes Peer-to-Peer EspiaMule e Wyoming ToolKit: Ferramentas de Repressão à Exploração Sexual Infanto-Juvenil em Redes Peer-to-Peer Jorge Ricardo Souza de Oliveira e Edmar Edilton da Silva, Peritos Criminais Federais, Departamento

Leia mais

# internauta. Leg@ l. Aprenda mais sobre a utilizacao ~ Segura da internet

# internauta. Leg@ l. Aprenda mais sobre a utilizacao ~ Segura da internet # internauta Leg@ l Aprenda mais sobre a utilizacao ~ Segura da internet ~ 1 CONHEÇA seus novos amigos ÎÎ Neninha - sou a representante do Instituto Martinelli Solidariedade (IMS), uma entidade sem fins

Leia mais

DEFESA EM CONTEXTO TRANSNACIONAL

DEFESA EM CONTEXTO TRANSNACIONAL Direito Penal Europeu para Advogados Penalistas Riga 29-30 de Maio de 2015 Carlos Pinto de Abreu e Associados - Sociedade de Advogados RL (Responsabilidade Limitada) NIPC 509 828 990 - Registo na OA sob

Leia mais

WANDER GARCIA e HENRIQUE SUBI. Coordenadores CONCURSO DA POLÍCIA RODOVIÁRIA FEDERAL 950 QUESTÕES COMENTADAS

WANDER GARCIA e HENRIQUE SUBI. Coordenadores CONCURSO DA POLÍCIA RODOVIÁRIA FEDERAL 950 QUESTÕES COMENTADAS WANDER GARCIA e HENRIQUE SUBI Coordenadores NO CONCURSO DA POLÍCIA RODOVIÁRIA FEDERAL 950 QUESTÕES COMENTADAS SUMÁRIO COMO USAR O LIVRO 13 1. Língua Portuguesa 15 1. Interpretação de textos... 15 2. Ortografia/

Leia mais

VI Exame OAB 2ª FASE Padrão de correção Direito Penal

VI Exame OAB 2ª FASE Padrão de correção Direito Penal VI Exame OAB 2ª FASE Padrão de correção Direito Penal Peça O examinando deverá redigir uma petição de relaxamento de prisão, fundamentado no art. 5º, LXV, da CRFB/88, ou art. 310, I, do CPP (embora os

Leia mais

PROCURADORIA DA REPÚBLICA EM MINAS GERAIS

PROCURADORIA DA REPÚBLICA EM MINAS GERAIS TERMO DE ACORDO Que entre si celebram o Ministério Público Federal, por meio da Procuradoria Regional dos Direitos do Cidadão, representada pelo Procurador Regional dos Direitos do Cidadão (substituto)

Leia mais

central de atendimento -> 55(11) 3807-0188 ou atendimento@grupotreinar.com.br

central de atendimento -> 55(11) 3807-0188 ou atendimento@grupotreinar.com.br Todos nossos cursos são preparados por mestres e profissionais reconhecidos no mercado de Segurança da Informação no Brasil e exterior. Os cursos são ministrados em português, espanhol ou inglês, atendendo

Leia mais

ILHA I GERENCIAMENTO DE CONTEÚDO CMS DISCIPLINA: Introdução à Computação MÓDULO II Memórias e Processamento

ILHA I GERENCIAMENTO DE CONTEÚDO CMS DISCIPLINA: Introdução à Computação MÓDULO II Memórias e Processamento MÓDULO II Memórias e Processamento Esse módulo irá relatar sobre as memórias seus tipos e a ligação com os tipos variados de processamento. Leia atentamente todo o conteúdo e participe dos fóruns de discursão,

Leia mais

PLANO DE RESPOSTA DA PROVA DISSERTATIVA PARA O CARGO DE DELEGADO

PLANO DE RESPOSTA DA PROVA DISSERTATIVA PARA O CARGO DE DELEGADO PLANO DE RESPOSTA DA PROVA DISSERTATIVA PARA O CARGO DE DELEGADO PEÇA D E S P A C H O 1. Autue-se o Auto de Prisão em Flagrante; 2. Dê-se o recibo de preso ao condutor; 3. Autue-se o Auto de Apresentação

Leia mais

Projeto e Implantação de Servidores

Projeto e Implantação de Servidores SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL PROGRAMA NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO TÉCNICO E EMPREGO SISTEMA DE SELEÇÃO USINICADA DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA CURSO TÉCNICO EM INFORMÁTICA Projeto

Leia mais

Windows 7. Sistema Operacional

Windows 7. Sistema Operacional Windows 7 Sistema Operacional Área de Trabalho (Desktop) Janela Gadgets Lixeira Lixeira Atalho Atalhos e ícones DELETE Botão direito do mouse na área de trabalho Menu Iniciar Programas

Leia mais

Diretrizes para a coleta e preservação de evidências digitais NC nº 21

Diretrizes para a coleta e preservação de evidências digitais NC nº 21 Diretrizes para a coleta e preservação de evidências digitais NC nº 21 Colóquio do CTIR Gov 2015 Auditório do Anexo I Palácio do Planalto Brasília/DF Polícia Federal SRCC/DICOR/DPF Polícia Federal Atribuições

Leia mais

ÁREA JÚRI. Descrição da Classe Relacionada Ação Penal de Competência do Júri 282

ÁREA JÚRI. Descrição da Classe Relacionada Ação Penal de Competência do Júri 282 Área Júri ÁREA JÚRI Descrição da Classe Relacionada Código Classe Júri 282 Descrição do Assunto Principal Código Principal Júri 282 Aborto provocado por terceiro 10918 Júri 282 Aborto qualificado 10919

Leia mais

Nota informativa CÓDIGO DE PROCESSO PENAL - alterações

Nota informativa CÓDIGO DE PROCESSO PENAL - alterações Nota informativa CÓDIGO DE PROCESSO PENAL - alterações DGAJ/DSAJ/DF - 2013 Direção-Geral da Administração da Justiça CÓDIGO DE PROCESSO PENAL - alterações LEI N.º 20/2013, DE 21 DE FEVEREIRO Entram em

Leia mais

PREVENÇÃO DE CRIMES VIRTUAIS CONTRA ADOLESCENTES

PREVENÇÃO DE CRIMES VIRTUAIS CONTRA ADOLESCENTES PREVENÇÃO DE CRIMES VIRTUAIS CONTRA ADOLESCENTES Gonçalves, Priscila de Fátima Faculdade de Jaguariúna Resumo: O artigo busca analisar os aspectos que envolvem o compartilhamento de imagens e vídeos de

Leia mais

AMAJUM. No próximo dia 7 de outubro, o povo brasileiro retorna às urnas, desta vez para escolher prefeitos, vice-prefeitos e vereadores.

AMAJUM. No próximo dia 7 de outubro, o povo brasileiro retorna às urnas, desta vez para escolher prefeitos, vice-prefeitos e vereadores. No próximo dia 7 de outubro, o povo brasileiro retorna às urnas, desta vez para escolher prefeitos, vice-prefeitos e vereadores. Produção: Ação conjunta: Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso Parceiro:

Leia mais

Introdução. Pense em toda a informação pessoal que você tem armazenada no. seu computador, informação irrecuperável como fotos, documentos,

Introdução. Pense em toda a informação pessoal que você tem armazenada no. seu computador, informação irrecuperável como fotos, documentos, Guia de Backup Introdução Pense em toda a informação pessoal que você tem armazenada no seu computador, informação irrecuperável como fotos, documentos, apresentações, entre outras. Imagine que quando

Leia mais

Hugo Nigro Mazzilli AD V OG AD O OAB - SP n. 28.656

Hugo Nigro Mazzilli AD V OG AD O OAB - SP n. 28.656 As investigações do Ministério Público para fins penais (Artigo publicado na Revista APMP em Reflexão Ano 1, n. 4, p. 12, São Paulo, APMP, 2005) Hugo Nigro Mazzilli Advogado e consultor jurídico Procurador

Leia mais

Investigando Crimes Cibernéticos

Investigando Crimes Cibernéticos ~ Computacao forense, Investigando Crimes Cibernéticos #ETAL2015 26/08/2015 : Investigandoyoutube.com/segurancaderedes Crimes Cibernéticos :: #ETAL2015 :: 26/08/2015 Ricardo Kléber @ricardokleber @segurancaderede

Leia mais

O COLÉGIO DE PROCURADORES DE JUSTIÇA, no uso de suas atribuições legais; e

O COLÉGIO DE PROCURADORES DE JUSTIÇA, no uso de suas atribuições legais; e RESOLUÇÃO Nº 20/2004 - CPJ Cria a CENTRAL DE ACOMPANHAMENTO DE INQUÉRITOS POLICIAIS E CONTROLE EXTERNO DA ATIVIDADE POLICIAL, no âmbito do Ministério Público do Estado de Mato Grosso e dá outras providências.

Leia mais

Fundamentos em Segurança de Redes de Computadores ISO/IEC - NBR 17799

Fundamentos em Segurança de Redes de Computadores ISO/IEC - NBR 17799 Fundamentos em Segurança de Redes de Computadores 1 Objetivos Esta Norma estabelece diretrizes e princípios gerais para iniciar, implementar, manter e melhorar a gestão de segurança da informação em uma

Leia mais

22/07/2011. Resumo. Leandro Galafassi CHFI, CEH, ITIL Twitter: @LGalafassi Email: leandro@galafassiforense.com.br

22/07/2011. Resumo. Leandro Galafassi CHFI, CEH, ITIL Twitter: @LGalafassi Email: leandro@galafassiforense.com.br Resumo Conceitos Fundamentos de Hardware Desafios para Implementação de Estruturas de Investigação Digital Tecnologias de Combate ao Crime Eletrônico Leandro Galafassi CHFI, CEH, ITIL Twitter: @LGalafassi

Leia mais

Políticas de Segurança da Informação e Utilização de Recursos da Rede

Políticas de Segurança da Informação e Utilização de Recursos da Rede Políticas de Segurança da Informação e Utilização de Recursos da Rede Índice 1 Introdução... 3 2 Política de cadastro e senhas... 5 3 Política de Utilização da Internet... 7 4 Política de Utilização de

Leia mais

Autores: Bruno Shimizu, Patrick Lemos Cacicedo, Verônica dos Santos Sionti e Bruno Girade Parise

Autores: Bruno Shimizu, Patrick Lemos Cacicedo, Verônica dos Santos Sionti e Bruno Girade Parise TESE: 01/13 (ÁREA CRIMINAL) Autores: Bruno Shimizu, Patrick Lemos Cacicedo, Verônica dos Santos Sionti e Bruno Girade Parise Súmula: A fixação de fiança pelo juízo ou a manutenção da fiança arbitrada pela

Leia mais

Ação Institucional. Atividades associadas a criança/adolescente. Fluxo. Fatos concretos. Referência legal. Decisão

Ação Institucional. Atividades associadas a criança/adolescente. Fluxo. Fatos concretos. Referência legal. Decisão Ação Institucional Atividades associadas a criança/adolescente Fluxo Fatos concretos Referência legal Decisão Ações junto as famílias e comunidade Observações Indicação externa Alerta para guia (Curto-circuito)

Leia mais

COMISSÃO DE SEGURANÇA PÚBLICA E COMBATE AO CRIME ORGANIZADO, VIOLÊNCIA E NARCOTRÁFICO

COMISSÃO DE SEGURANÇA PÚBLICA E COMBATE AO CRIME ORGANIZADO, VIOLÊNCIA E NARCOTRÁFICO SUBSTITUTIVO ADOTADO PELA COMISSÃO AO PROJETO DE LEI Nº 84-B, DE 1999 (Apensos PLs nºs 2.557/00, 2.558/00 e 3.796/00) Altera o Decreto-Lei nº 2.848, de 7 de dezembro de 1940 Código Penal e a Lei nº 9.296,

Leia mais