Papéis de Filtro para Laboratório e Indústria

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Papéis de Filtro para Laboratório e Indústria"

Transcrição

1 Papéis de Filtro para Laboratório e Indústria

2

3 Conteúdo 4 Papéis de Filtro Uma Introdução 5 Visão Geral do Produto 6 Papéis de Filtro Livre de Cinzas para Análises Quantitativas e Gravimétricas 8 Papéis de Filtro resistentes à umidade para Análises Qualitativas 9 Papéis de Filtro de Alta Pureza para Análises Qualitativas 10 Papéis de Filtro Lisos para Análises Qualitativas-Técnicas 11 Papéis de Filtro Crepados para Análises Qualitativas-Técnicas 12 Placas para Filtração e Absorção de Líquidos 14 Papéis para Teste de Sementes 16 Papéis de Filtro para a Indústria de Açúcar 17 Papel para Proteção de Superfícies 18 Papel para Separação de Fases 19 Papel de Filtro de Terra de Diatomáceas 20 Papel Carreador de Amostras 21 Não-tecidos 22 Papel de Pesagem 22 Papel para Limpeza de Lentes 23 Cartuchos de Extração 24 Papéis para Blotting 25 Papéis de Cromatografia 26 Filtros de Microfibra de Vidro sem Ligante 27 Filtros de Microfibra de Vidro com Ligante 28 Filtros de Microfibra de Quartzo 29 Métodos de Testes de Controle da Qualidade 30 Informações para Pedidos 31 Índice de Categorias 3

4 Papéis de Filtro Uma Introdução Atualmente, papéis de filtro de alta graduação são indispensáveis para trabalhos de rotina em aplicações laboratoriais e industriais. A Sartorius Stedim Biotech fornece a você uma ampla série de papéis de filtro para tarefas de filtração miríade e ajuda a você solucionar todos seus desafios de filtração. Tudo o que você precisa saber sobre os Papéis de Filtro da Sartorius Stedim Biotech Os papéis de filtro da Sartorius Stedim Biotech são fabricados na fábrica de papel Munktell & Filtrak, um empreendimento conjunto entre a Munktell e as Sartorius Stedim Biotech. De volta aos meados do século 18, uma fábrica de papel em Erzgebirge, Saxônia (Montanhas Ore) anteriormente chamada Filtrak Gessner & Kreuzig, começou a fabricar papéis de filtro para cervejarias famosas na cidade Boêmia de Pilsen, dentre outros. Desde então, especialistas experientes têm continuamente melhorado estes produtos e adaptando-os aos últimos padrões técnicos e científicos. No período que se seguiu, nós desenvolvemos uma das mais amplas variedades de papéis de filtro disponíveis hoje. Com este catálogo, convidamos você a familiarizar-se com nossa ampla série de produtos. Aqui, você encontrará exemplos típicos destinados à ajudá-lo(a) a selecionar rapidamente o papel de filtro correto para sua aplicação. Nossa série de produtos abrange: Papéis de Filtro para Análises Quantitativas, qualitativas, qualitativas-técnicas Papéis de Filtro para Análises Técnicas e placas Cartuchos de extração Papéis para Blotting e cromatografia Filtros de microfibra de vidro e quartzo E muitas outras graduações de papéis para aplicações especiais Garantia da Qualidade e Controle da Qualidade A Sartorius Stedim Biotech dedica especial atenção ao contínuo controle de qualidade em processo; além disso, verificações regulares e análises exatas de matéria-prima e de cada produto acabado individual garantem a constante alta qualidade e uniformidade do produto. A fábrica de papel atende os requisitos estabelecidos pela ISO 9001 de sistema de gerenciamento da qualidade e a ISO de sistema de gerenciamento ambiental. Como Funcionam os Papéis de Filtro? Os papéis de filtro são de fato filtros profundos. Diversos parâmetros influenciam sua efetividade: retenção mecânica de materiais particulados, adsorção, ph, propriedades da superfície, espessura e resistência do papel de filtro bem como o formato, densidade e quantidade de partículas a serem retidas. Os precipitados depositados no filtro formam uma camada de massa, que dependendo de sua densidade afeta de forma crescente o progresso de uma corrida de filtração e afeta decisivamente a capacidade de retenção. Por esta razão, é essencial selecionar o papel de filtro correto para garantir uma filtração efetiva. Esta escolha depende também do método de filtração a ser utilizado, dentre outros fatores. Além disso, a quantidade e propriedades do meio a ser filtrado, o tamanho dos sólidos particulados a serem removidos e o grau de clarificação necessário clarificação são todos decisivos ao fazer a escolha correta. 4

5 Visão Geral do Produto a H/N hw 6 603/N 389 F Qualitativo 3 S/h hw 4b 100/N 393 Quantitativo Qualitativo-Técnico Tipo-Gel Grosso Cristalino Médio-fino cristalino Fino cristalino muito fino cristalino muito fino cristalino Fino cristalino Médio-fino cristalino Grosso Cristalino Tipo-Gel Papéis de Filtro Quantitativos 388 Ponto Preto Rápida filtração, poro largo, estrutura frouxa, livre de cinzas, resistentes à umidade 390 Ponto Verde Filtração lenta, poro estreito, denso, livre de cinzas, resistentes à umidade 389 Ponto Branco Filtração media à rápida, poro médio á largo, livre de cinzas, resistentes à umidade 391 Ponto Azul Filtração muito lenta, poro fino, muito denso, livre de cinzas, resistentes à umidade 389 F Ponto amarelo Filtração media à rápida, poro médio á largo, baixo conteúdo de gorduras, livre de cinzas, resistentes à umidade 393 Ponto Roxo Filtração muito lenta, poro muito fino, muito denso, livre de cinzas, resistentes à umidade 392 Ponto vermelho Filtração media à rápida, densidade média, livre de cinzas, resistentes à umidade 5

6 Papéis de Filtro Livres de Cinzas Para Análises Quantitativas e Gravimétricas Esses papéis de filtro são usados para análises quantitativas e gravimétricas bem como para filtração à pressão ou à vácuo. São feitos 100% de línteres de algodão com um conteúdo de α-celulose > 98% e são lavados com ácido to para tornar o papel sem cinzas e obter alta pureza. Em aplicações gravimétricas, a camada de massa é calcinada e o resíduo quantificado. Para análise quantitativa do filtrado, o papel de filtro não deve desprender quaisquer substâncias estranhas. Isto garante que nenhum resultado de teste seja falsificado. É por isto que é importante que os filtros sejam livres de cinzas. Para algumas análises quantitativas, a camada de massa precisa ser mecanicamente removida do filtro (por exemplo, com um jato de água ou uma espátula). O filtro deve ser reforçado no estado úmido para que não se quebre quando a camada de massa for removida. Aplicação Aplicação 388 Determinação de conteúdo de cinzas 388 Análise gravimétrica de metais 388 Ensaio de precipitados grossos, 388 floculentos e volumosos Análise de carbonatos de terra alcalina 389 Determinação do conteúdo de gordura em 389 F matérias-primas naturais Análises Gravimétricas em usinas elétricas 392 Filtração de precipitados finos 390 Filtração de precipitados finos-granulados 391, 393 Feitos 100% de línteres de algodão Livres de cinzas (Conteúdo de cinzas < 0,01% conforme DIN 54370) resistentes à umidade Caixa codificada por cor para fácil seleção Fornecido em rolos, folhas, discos e filtros dobrados 6

7 Retenção de Partículas (μm) Filtração (s)* Precipitados Propriedades , Grosso cristalino Poro largo, estrutura frouxa, filtração rápida , Médio-fino cristalino 389 F 84 0, Médio-fino cristalino Poro médio a largo, filtração média-rápida Poro médio a largo, filtração média-rápida , Fino cristalino Médio, denso, filtração média-rápida , Fino cristalino Poro estreito, denso, filtração lenta , Muito fino cristalino , Muito fino cristalino Poro fino, muito denso, filtração muito lenta Poro muito fino, muito denso, filtração muito lenta 7

8 Papéis de Filtro Resistentes à umidade para Análises Qualitativas Esses papéis de filtro qualitativos são essencialmente usados para propósitos analíticos e análises de rotina, sempre que a análise gravimétrica não for necessária. São resistentes à umidade e podem ser usados para filtração à pressão e à vácuo. Além disso, a camada de massa pode ser removida facilmente do filtro conforme necessário usando um jato de água ou espátula. Aplicação Análise de Mosto 1288 Filtração de rotina para 1289 análises de malte Filtração rápida de 1292 precipitados finos Análise de extratos do café 1290 Soluções de taninos 1291 Clarificação do vinho 293 Feitos de polpa refinada e línteres com um conteúdo de α-celulose > 95% Conteúdo de cinzas < 0,1% conforme DIN Resistentes à umidade Fornecido em rolos, folhas, discos e filtros dobrados Retenção de Partículas (μm) Filtração (s)* Precipitados Propriedades , Grosso cristalino Poro largo, estrutura frouxa, filtração rápida , Médio-fino cristalino Poro médio a largo, filtração média-rápida , Fino cristalino Médio denso, filtração média-rápida , Fino cristalino Poro estreito, denso, filtração lenta , Muito fino cristalino , Muito fino cristalino Poro fino, muito denso, filtração muito lenta Poro muito fino, muito denso, filtração muito lenta 8

9 Papéis de Filtro de Alta-Pureza para Análises Qualitativas Esses graus de papéis são usados para propósitos analíticos que requerem um baixo conteúdo de cinzas. s 292 e 292a são especialmente apropriados para análises de solo, pois são pobres em nitrogênio. Para determinação de fosfato ou sódio, recomendamos os graus 131 e 132. Línteres de algodão puros ou línteres de algodão com polpa refinada Sem aditivos, como agentes de reforço no estado úmido Fornecido em rolos, folhas, discos e filtros dobrados Aplicação Filtração de malte conforme padrões EBC Análise de solo (determinação de nitrogênio) Análise de solo (determinação de fosfato e sódio) , 292a 131, 132 Retenção de Partículas (μm) Filtração (s)* Material , Línteres de algodão, com baixo nitrogênio e nitratos, conteúdo de cinzas < 0,06% conforme DIN a 97 0, Línteres de algodão, com baixo nitrogênio e nitratos, conteúdo de cinzas < 0,06% conforme DIN , Línteres de algodão e polpa refinada, com baixo fosfato e baixo sódio, conteúdo de cinzas < 0,02% conforme DIN , Línteres de algodão e polpa refinada, com baixo fosfato e baixo sódio, conteúdo de cinzas < 0,02% conforme DIN

10 Papel de Filtro Liso para Análises Qualitativas-Técnicas Esses papéis de filtro são usados para análises de rotina como clarificação, determinação de substâncias, e também como discos com um orifício no centro para aplicações técnicas. s com uma resistência ao arrebentamento em umidade > 30 kpa são referidos como resistentes à umidade e são portanto apropriados para filtração à pressão ou à vácuo. Aplicação Trabalho de rotina no laboratório 3 hw Filtração de óleos essenciais; 3 hw essências Desgaseificação de cervejas 6 antes da análise Clarificação de destilados 6 Determinação do conteúdo 100/N de açúcar Clarificação de líquidos 69 K incolores ou coloridos Filtração à vácuo ou à pressão 3 m/n Filtração rápida de 4 b precipitados grossos Feitos de polpas refinadas e línteres com um conteúdo de α-celulose > 95% Conteúdo de cinzas entre 0,1 0,15% (grau 100/N < 0,1%) Fornecido em rolos, folhas, discos e filtros dobrados bem como cortes específicos do cliente Filtração (s)* Resistência ao arrebentamento em umidade (kpa)* Propriedades 3 h 65 0,13 35 > 15 Filtração média-rápida a lenta 3 hw 65 0,14 20 > 40 Filtração média-rápida 3 m/n 65 0,14 30 > 30 Filtração média-rápida 3 w 65 0,14 15 > 15 Filtração média-rápida 4 b 75 0,15 22 > 15 Filtração média-rápida ,17 15 > 30 Filtração rápida 100/N 85 0,18 30 > 80 Filtração média-rápida, conteúdo baixo de potássio e sódio 460/N 90 0,18 50 > 30 Filtração média-rápida a lenta ,33 7,5 > 30 Filtração rápida, poro largo 10/N 120 0,33 7,5 > 100 Filtração rápida, poro largo C ,30 20 > 50 Filtração média-rápida 3 S/h 200 0,36 55 > 15 Filtração média-rápida a lenta, poro estreito 69 K 155 0,38 65 > 20 Filtração lenta, poro estreito, papel de carbono negro ativado 10

11 Papéis de Filtro Crepados para Análises Qualitativas-Técnicas Papéis de filtro crepados são mais usados para a filtração rápida de precipitados relativamente grossos; devido a sua estrutura crepada, fornecem uma ampla área de filtração que papéis de filtro lisos. s com uma resistência ao arrebentamento em umidade > 30 kpa são referidos como resistentes à umidade e são portanto apropriados para filtração à pressão ou à vácuo. Abaixo você encontrará uma visão geral dos graus geralmente mais usados. Aplicação Feitos de polpa refinada e línteres com um conteúdo de α-celulose > 95% Conteúdo de cinzas entre 0,1 0,15% Fornecido em rolos, folhas, discos e filtros dobrados bem como cortes específicos do cliente Óleos de cozinha 39/N Filtração de vinagre 39/N Filtração Fina de alcatrão 17/N Banhos Galvânicos 34/N Pré-filtros para óleo 6 S/N de transformador Filtração de soluções de açúcar 603/N Filtração de Óleos Essenciais 5 H/N Filtração de sucos 67/N Filtração (s)* Resistência ao arrebentamento em umidade (kpa)* Propriedades FT ,15 5 > 20 Filtração muito rápida 34/N 60 0,20 4 > 40 Filtração muito rápida 601/N 65 0,19 13 > 30 Filtração média-rápida 1602/N 70 0,23 5 > 30 Filtração muito rápida ,25 8 > 15 Filtração rápida 603/N 75 0,25 8 > 50 Filtração rápida 5 H/N 85 0,28 3 > 40 Filtração muito rápida, poro largo 17/N 90 0,30 20 > 30 Filtração média-rápida 37/N 135 0,50 4 > 70 Filtração muito rápida, poro largo 6 S/N 145 0, Filtração média-rápida 67/N 160 0,65 13 > 60 Filtração rápida 39/N 180 0,65 5 > 90 Filtração muito rápida, poro largo 39/N 300 0,95 5 > 120 Filtração muito rápida, poro largo 11

12 Placas para Filtração e Absorção de Líquidos Dentre outras aplicações, essas placas são usadas para a filtração de óleo de cozinha e óleo de transformador, banhos galvânicos e como papel base para posterior impregnação com certos reagentes. s com uma resistência ao arrebentamento em umidade > 30 kpa são referidos como resistentes à umidade e são portanto apropriados para filtração à pressão ou à vácuo. Feitas de polpa refinada Lisas Fornecidas em rolos, folhas, discos bem como cortes específicos do cliente Aplicação Cartões Cytocard 151 Limpeza do ar (extração de poeira LF 1 em usinas elétricas) Óleos de Turbina C 250 Clarificação de banhos galvânicos C 350 Papel para Blotting para determinação A 250 da absortividade de água conforme COBB (EN 20535) Óleo de Cozinha C 251 Ambientadores de papel 157 Cartões de teste de fragrância C

13 Resistência do Ar (mbar)* Ascensão capilar (mm/10 min)* Resistência ao Arrebentamento (kpa)* Resistência ao arrebentamento em umidade (kpa)* C , > 50 A C , > , C > 0,55 3,5 180 > 200 > 80 C , > A 340 1,00 1,8 > 150 > 80 > 5 C , > 80 LF ,90 5,5 > ,00 2,5 180 > 150 > ,30 2,3 210 > 130 C , > , > 400 K ,50 2,5 > 250 > 50 M ,60 3, ,

14 Papéis de Teste De Sementes Esses papéis atendem os requisitos para a determinação da capacidade de germinação conforme a ISTA (Associação Internacional de Ensaios de Semente) e são ideais para garantir um conteúdo de umidade ótimo para os mais diversos tipos de sementes e formas de germinação. Sua faixa de ph varia entre 6,0 e 7,5, são resistentes à umidade e sua estrutura espacial previne raízes finas da semente de crescerem pelo papel. Esses papéis de filtro podem ser fornecidos em uma variedade de formatos. Formas e tamanhos customizados também estão disponíveis. Este método é principalmente aplicado com milho, beterraba, trigo, cevada e diversas ervas, mas também pode ser utilizado para todos os outros tipos de sementes. Método PP ( Papel Plissado ) O papel plissado é colocado em uma caixa, as sementes são distribuídas entre as dobras do papel plissado e cobertas com uma tira de embrulho para manter as sementes úmidas. Tipicamente, os papéis plissados possuem 50 dobras duplas que possuem profundidade de 20 mm; geralmente, 2 semente são colocadas em cada dobra. Tanto papéis brancos como cinzas estão disponíveis. Papéis coloridos tornam mais fácil a contagem de espécies de sementes brancas. Propriedades ,26 Tiras plissadas, brancas, mm 20 grey 110 0,22 Tiras plissadas, cinzas, mm 4 b 75 0,15 Tiras de Embrulho, mm 14

15 Método BP ( Entre Papel ) Uma folha de papel umedecida é colocada em cima da segunda, as sementes são colocadas sobre a folha dupla que é então enrolada. O método é usado para ervilhas e aveias, dentre outros. Propriedades ,20 Folhas, brancas, mm Folhas revestidas com PE, mm 39/N 180 0,65 Papel branco crepado Método TP ( Topo do Papel ) As sementes são colocadas no papel (discos ou folhas) e então transferidos para placas de Petri ou caixas plásticas. Fornecendo água ao filtro, papéis absorventes são usados para um constante umedecimento durante o método de Jacobsen. Também são fornecidos com papéis azuis e amarelos para facilitar a contagem de espécies brancas de semente. O método é aplicado para sementes pequenas como espécies de trevo, por exemplo. Propriedades 4 b 75 0,15 Papel branco liso também apropriado como papel absorvente ,17 Papel branco liso também apropriado como papel absorvente 94/N 100 0,22 Papel branco liso também apropriado como papel absorvente 50 S 120 0,22 Papel branco liso C ,30 Papel branco liso 6 S/N 145 0,55 Papel branco crepado ,65 Papel liso azul ,35 Papel liso azul ,32 Papel liso amarelo, ex. folhas de mm 15

16 Papéis de Filtro para a Indústria de Açúcar Na indústria de açúcar, papéis de filtro são usados em laboratórios para ensaios com beterraba ou cana de açúcar. As beterrabas são amassadas e posteriormente analisadas de acordo com o método de sulfato de alumínio. O conteúdo de potássio, nitrogênio, sódio a e sacarose é medido usando um espectrofotômetro ou similares. Esses papéis são resistentes à umidade e lisos ou crepados; são feitos de celulose ou de uma mistura de celulose e terra de diatomáceas. 100/N não é fornecido somente como discos ou filtros dobrados, mas também em rolos para sistemas VENEMA. Filtração (s)* Resistência ao Propriedades arrebentamento em umidade (kpa)* 100/N 85 0,18 30 > 80 Papel liso, filtração média a rápida, baixo fosfato e sódio 3 hw 65 0,14 20 > 40 Papel liso, filtração média-rápida ,32 80 Papel filtro de terra de diatomáceas, filtração lenta 601/N 65 0,19 13 > 30 Papel crepado, filtração rápida 6 S/N 145 0, Papel crepado, filtração muito rápida 16

17 Papel de Proteção De Superfícies LabSorb e LabSorb Ultra são graus de papel altamente absortivos recobertos de um lado com polietileno. Usados com o lado de celulose para cima, o papel absorve líquidos, que são parados pela camada de polietileno e impedidos então de causar um encharcamento. Usado com o lado de polietileno para cima, os papéis são altamente úteis para recuperação de líquidos valiosos ou tóxicos. LabSorb 140 g/m² absorção: 150% LabSorb Ultra 187 g/m² absorção: 350% Ambos os graus fornecidos em rolos e como folhas. Tamanhos especiais disponíveis sob pedido. Prevenir contaminação radioativa de superfícies de trabalho em laboratórios radio-químicos Recuperação de soluções derramadas contendo reagentes caros Proteção de superfícies de bancadas de laboratório de derramamentos ou respingos de líquidos prevenindo a absorção e infiltração desses líquidos em superfícies de trabalho Revestir gaiolas de animais para proteção e higiene Reduzir o risco de objetos se quebrarem após caírem sobre superfícies rígidas, pois o material carreador reduz o impacto 17

18 Papel de Separação de Fases 480 é impregnado com um silicone estabilizado, tornando-o então hidrofóbico: Retém água, mas permite a passagem de solventes. O fluxo é interrompido automaticamente quando todo solvente tiver passado. Em diversas aplicações, este papel separador de fases elimina a necessidade de usar funis de separação. Hidrofóbico Fornecido como discos, filtros dobrados ou folhas Filtração de solventes orgânicos que tenham sido contaminados com água para separar a fase aquosa da fase orgânica Filtração de solventes de extração em laboratórios clínicos ou médicos Separação de emulsões que são formadas durante a extração de extratos aquosos de plantas ou soluções medicamentosas ,19 18

19 Papel de Filtro de Terra de Diatomáceas Papéis 470 são feitos de celulose e terra de diatomáceas e oferecem uma capacidade de separação muito melhor que papéis de celulose pura na mesma taxa de filtração. Este grau retêm rapidamente as partículas mais finas em altas taxas de fluxo. Clarificação de cerveja, vinho, urina ou soluções de açúcar, durante testes espectrofotométricos ou refratométricos Filtração dos precipitados mais finos, semi-coloidais, ex. aqueles consistindo de proteínas, argila ou sulfato de bário precipitado pelo frio, soro de leite, extratos fertilizadores Feito de celulose e terra de diatomáceas Fornecido como discos, filtros dobrados ou folhas Filtração (s)* Propriedades ,32 80 Papel liso, filtração lenta 19

20 Papel Carreador de Amostra TFN é feito de línteres de algodão puro sem quaisquer aditivos. Este material carreador de amostra é destinado para absorção e transporte de fluídos corpóreos humanos e ou como um carreador para testes de diagnóstico in-vitro. Por exemplo, é utilizado para realizar testes de triagem para doenças hereditárias e desordens metabólicas como fenilcetonúria (teste de Guthrie). Papéis grau TFN atendem os requisites da Diretiva da CE 98/79/EC. Anexos I e III (outros IVD) e são recomendados para aplicações de acordo com o padrão CLSI-LA4-A5:2007. Transporte de fluídos corporais humanos (sangue, urina, saliva) Teste de Guthrie (triagem de fenilcetonúria triagem em recém-nascidos) Teste de TSH (hipotireoidismo congênito) Teste de HIV Feito100% de línteres de algodão Sem agentes de resistência à umidade ou outros aditivos Fornecido impresso ou não impresso Com certificação CE Fornecido em tamanhos especiais específicos do cliente Ascensão capilar, longitudinalmente (mm/10 min)* TFN 179 0,47 >

21 Não-Tecido Esses graus não tecidos são feitos de raiom ou poliéster e estão disponíveis em diferentes pesos. São geralmente vendidos em rolos como não tecidos de raiom (viscose), mas podem também ser fornecidos sob pedido como discos ou folhas. s de não-tecidos servem para filtrar líquidos como fluídos de arrefecimento ou lubrificantes. São geralmente empregados em sistemas de filtro de banda, por exemplo, para recuperar lubrificantes de arrefecimento de máquinas ferramentas para a filtração de emulsões de óleo de moagem e perfuração. Na indústria de processamento de alimentos, esses graus também são usados para filtrar alimentos para bebês. Material 2601 Raiom (viscose) Fornecidos em tamanhos de poro de 75 a 115 μm 2701 Poliéster Fornecidos em tamanhos de poro de 60 a 140 μm 2602 Raiom (viscose) poliéster Teste de alimentos para bebês em fibras têxteis (Ref. FT ) 21

22 Weighing Paper Papel de Pesagem 605 é feito de pergaminho liso transparente que é ideal para a pesagem de substâncias viscosas, semi-cristalinas ou sólidas. Mantém o prato da balança limpo Permite fácil transferência de substâncias pesadas Livre de nitrogênio, liso, transparente e solúvel Fornecido em folhas, discos bem como em recipientes de pesagem Material ,02 Papel pergaminho livre de nitrogênio Papel de Limpeza de Lentes Papel de Limpeza de Lentes 2113 é um papel de seda fino, sem fiapos usado para a limpeza de superfícies muito sensíveis, como óculos ou lentes sem arranhá-los. Previne riscos em superfícies Fornecido em folhas bem como em cortes específicos do cliente em recipientes de pesagem Material Papel de seda sem fiapos 22

23 Cartuchos de Extração Os cartuchos da Sartorius Stedim Biotech são fornecidos em três modelos diferentes de cartuchos para abranger a maioria das áreas de aplicação. Esses cartuchos de celulose ou microfibra de vidro são usados principalmente em unidades de extração Soxhlet para extrair substâncias definidas de sólidos para análises adicionais. Cartuchos de microfibra de quartzo são preferíveis para controle de emissão devido sua alta resistência à temperatura. São fornecidos em uma ampla variedade de diâmetros e comprimentos. Aplicação Extração Soxhlet para determinação de 30 gorduras, lipídeos, aditivos ou pesticidas na indústria de alimentos Extração Soxhlet de óleo e amaciantes 30 Separação de poeiras específicas ou 40 aerossóis de gás ou outras correntes de ar Análise de gases quentes e ácidos MK 360 Amostragem de ar MK 360 Monitoramento de gases nocivos MK 360 Material 100% fibras de algodão MK % Vidro Borossilicato Diâmetro interno em mm* Comprimento externo em mm* ± 1 ± 1 ± 1 da parede em mm* 1,5 ± 0,5 2 ± 0,5 2 ± 0,5 Penetração % (0,3 μm) < 0,002 < 0,002 Resistência máx. à temperatura 120 C 500 C 900 C 100% Microfibra de Quartzo (SiO 2 ) * De acordo com as normas alemãs DIN 12449, as tolerâncias do diâmetro interno, o comprimento e a espessura da parede dependem do tamanho do cartucho de extração. As tolerâncias acima são para cartuchos com um diâmetro interno < 48mm. 23

24 Papéis de Blotting Esses papéis para blotting são feitos a partir das matérias-primas mais puras com o máximo grau de absorbilidade e conteúdo de celulose. Suas funções incluem: Absorção e melhoria do transporte de tampões de transferência após blotting capilar e semi-seco Cobertura de gel nos dois lados e membrana de transferência no tanque de blotting após eletroblotting convencional Prevenir contato direto entre a membrana de blotting e placa de cobertura porosa da câmara de vácuo para dot slot blotting de DNA RNA Aplicação Cobrir o sanduíche da membrana de gel no tanque de tampão Para absorção e secagem de gel, blotting capilar usando técnicas Western, Southern ou semi-secas Para aumentar e manter o transporte de líquido Do tampão e como reservatório de tampão em métodos de blotting capilar e semi-seco Para transferir DNA ou RNA de acordo com a técnica blotting Southern ou semi-seca de proteínas BF 1 BF 2 BF 3 BF 4 BF 2, BF 3 são feitos de línteres de algodão com um conteúdo de α-celulose > 98%. BF1, BF4 são feitos de polpa refinada e línteres de algodão com um conteúdo de α-celulose > 95%. Altamente absorventes Fornecidos em folhas, tiras ou em rolos Ascensão capilar (mm/10 min)* Ascensão capilar (mm/30 min)* BF , BF , BF , BF ,

25 Papéis de Cromatografia Papéis de cromatografia são feitos 100% de línteres de algodão. Esses papéis altamente puros não são apenas ideais para cromatografia, mas também para uma ampla faixa de aplicações de absorção como aquelas comuns nas ciências da vida e em diagnósticos. São feitos 100% de línteres de algodão com um conteúdo de α-celulose > 98%. Conteúdo de cinzas < 0,04% conforme a DIN Orientação das fibras para melhor capacidade absortiva Fornecidos em folhas, tiras, discos ou em rolos Aplicação Papéis de cromatografia FN 100 geralmente mais usados Papel analítico para separações FN 1 de rotina e repetitivas Análise de rotina de proteínas no FN 3 soro (ex. albumina humana) Cromatografia circular e horizontal FN 5 Papel de Blotting em grupos de FN 8 análise Tiras de teste de antibióticos FN 30 Ascensão capilar (mm/30 min)* FN , FN , FN ,19 95 FN ,24 95 FN ,18 60 FN ,22 60 FN , FN 7a 200 0, FN , FN , FN ,

26 Filtros de Microfibra de Vidro Sem Ligante Filtros de microfibra de vidro sem ligante são recomendados para análises analíticas e gravimétricas e também como pré-filtros. Esses filtros combinam taxas de fluxo baixas com alta capacidade de carga e a retenção de partículas muito finas; são biologicamente inertes e resistentes a maioria dos produtos químicos. Aplicação Prefilters for routine analyses Analysis of suspended solids in wastewater according to DIN EN 872 Analysis of suspended solids in wastewater according to 2540D Clarification of buffer and reagent solutions Clarification of protein solutions MGD MGC MG 550-HA MGA MGF Air monitoring MG 160 Fabricado 100% de vidro borossilicato Completamente livre de ligante ph estável Suportar temperaturas de até 500 C ( MG 550-HA até 550 C) Fornecidos como discos ou folhas Resistência do Ar (mbar)* Retenção de Partículas (μm) Filtração (s)* MGA 52 0,25 36,0 1,6 40 MG ,37 1,2 MGB 143 0,70 95,0 1,0 100 MGC 52 0,25 51,0 1,2 66 MGD 120 0,53 18,5 2,7 18 MGF 75 0,40 145,0 0,7 185 MGG 64 0,28 32,0 1,5 38 MG 550-HA 65 0,30 1,5 26

27 Filtros de Microfibra de Vidro Com Ligante Esses filtros são mais usados para monitoramento de ar e gás. São fabricados com agentes ligantes sintéticos para garantir que o filtro possui uma resistência definida. São mecanicamente e quimicamente estáveis e dependendo do agente ligante usado são também hidrofóbicos ou hidrofílicos. Aplicação Pré-filtração MG 1387/1 Monitoramento de Gás MG 1387/1 Monitoramento de ar MG 227/1/60 incluindo análises químicas Teste de emissão MG 464 Medida do número de MG 1336/2 fumaça Fabricados 100% a partir de vidro borossilicato Mecanicamente e quimicamente estáveis Resistentes a temperaturas de até 180 C Fornecidos como discos ou folhas (g/m²)* Resistência do Ar (mbar)* Taxa de Retenção Material Particulado 0,3 μm (%)** Agente Ligante MG 227/1/ ,27 21,0 99,96 Hidrofóbico MG 1336/2 73 0,40 28,0 > 99,97 Hidrofóbico MG ,70 31,0 97,97 Hidrofóbico MG 1387/1 90 0,40 31,0 99,97 Hidrofílico ** Tested with di-ethyl-hexyl-sebacate (DEHS) test aerosol 27

28 Filtros de Microfibra de Quartzo Esses filtros de microfibras de quartzo são isentos de fibras de vidro e agentes ligantes. São especialmente apropriados para o monitoramento de emissão em temperaturas de até 900 C e onde quer que filtros da maior pureza sejam necessários. Estão disponíveis em dois graus: T 293, filtros de microfibras de quartzo incondicionados MK 360, filtros de microfibras de quartzo condicionados (pré-tratado por calor); Certificado de elementos traços disponível para cada lote. Monitoramento de emissão a altas temperaturas (poluição do ar) Monitoramento do ar (US EPA PM 10*) Análise de gases quentes e ácidos Análise de elementos traços Análises Analíticas e gravimétricas Análise de níveis de poeira conforme a DIN EN :2001 (MK 360) Feitos 100% de quartzo de alta pureza Fabricados sem fibras de vidro Completamente livre de ligante Suportam temperaturas de até 900 C ±10% e dimensões estáveis (para MK 360 versão condicionada) Material (g/m²)** * Retenção 0,3 μm de material particulado (%)*** Penetração 0,3 μm de material particulado (%)*** T 293 MK % de microfibra de quartzo dióxido de silício (SiO 2 ) 85 0,43 99,998 < 0,002 Valores de elementos traços típicos (mg/kg) Al Ba Co Cr Cu Fe Mg Mn Na Ni Sr Ti V Zn As Cd Pb < 0,1 3,3 0,5 40 5,0 1,5 25,5 1,4 1,3 7,5 < 0,1 12 < 0,1 < 0,01 0,2 * US EPA PM 10: Agência de Proteção Ambiental dos Estados Unidos Material Particulado, Nível 10 * *** Testados conforme a DIN

BIOSTAT A Sua iniciação profissional no cultivo de células e fermentação microbiana

BIOSTAT A Sua iniciação profissional no cultivo de células e fermentação microbiana BIOSTAT A Sua iniciação profissional no cultivo de células e fermentação microbiana BIOSTAT A BIOSTAT A é um biorreator fermentador básico projetado para facilitar o controle do crescimento celular e da

Leia mais

A nova Entris. Célula de pesagem monolítica que assegura a precisão a longo prazo. Funções e teclas integradas que permitem um manuseamento fácil.

A nova Entris. Célula de pesagem monolítica que assegura a precisão a longo prazo. Funções e teclas integradas que permitem um manuseamento fácil. A nova Entris. Basta pesar. Balanças de laboratório Célula de pesagem monolítica que assegura a precisão a longo prazo. Funções e teclas integradas que permitem um manuseamento fácil. Visor de alto contraste

Leia mais

Pesos e conjuntos de pesos

Pesos e conjuntos de pesos Pesos e conjuntos de pesos Índice Do peso ao monitoramento certificado 4-5 Seu parceiro DAkkS para a pesagem de massa 6-7 Pesos Reference Line 8-11 Conjuntos de pesos Reference Line 12-13 Pesos Proof Line

Leia mais

BIOSTAT B O biorreator multifuncional para pesquisa e desenvolvimento

BIOSTAT B O biorreator multifuncional para pesquisa e desenvolvimento BIOSTAT B O biorreator multifuncional para pesquisa e desenvolvimento BIOSTAT B Características Gerais Nosso BIOSTAT B é o biorreator de bancada ideal para o seu laboratório. A torre de controle multifuncional

Leia mais

Biostat B O biorreator multifuncional para pesquisa e desenvolvimento

Biostat B O biorreator multifuncional para pesquisa e desenvolvimento Biostat B O biorreator multifuncional para pesquisa e desenvolvimento Biostat B Características Gerais Nosso Biostat B é o biorreator de bancada ideal para o seu laboratório. A torre de controle multifuncional

Leia mais

A nova película de PE Sua nova referência

A nova película de PE Sua nova referência A nova película de PE Sua nova referência Nova família de bolsas A Sartorius Stedim Biotech desenvolveu a primeira bolsa single-use (de uso único) para aplicações biofarmacêuticas. Desde então, a demanda

Leia mais

Tecnologia de Filtração para a Indústria Biofarmacêutica

Tecnologia de Filtração para a Indústria Biofarmacêutica Tecnologia de Filtração para a Indústria Biofarmacêutica O Profil da Sartorius Stedim Biotech A Sartorius Stedim Biotech é líder em fornecimento de serviços e equipamentos de ponta para o desenvolvimento,

Leia mais

Novo Analisador de Umidade MA37 Rápido Compacto Preciso

Novo Analisador de Umidade MA37 Rápido Compacto Preciso Novo Analisador de Umidade MA37 Rápido Compacto Preciso Seu Parceiro Confiável para Tarefas de Rotina MA37 é um analisador de umidade de última geração e continua a história de sucesso do MA35. O MA37

Leia mais

A nova Practum. Start Weighing Right.

A nova Practum. Start Weighing Right. A nova Practum. Start Weighing Right. A nova Practum. Start Weighing Right. 3 Obtenha o máximo benefício ao seu dinheiro sem comprometer a precisão e a fiabilidade. Confie em leituras estáveis e em uma

Leia mais

Plásticos para Cultivo Celular

Plásticos para Cultivo Celular Linha Cultivo de Células e Tecidos Fabricada em poliestireno cristal virgem (GPPS), oferece produtos com alta transparência para ótima visualização e sem presença de contaminantes, assegurando integridade

Leia mais

L IE CATÁLOGO DE PRODUTOS

L IE CATÁLOGO DE PRODUTOS L IE CATÁLOGO DE PRODUTOS L IE Linha de produtos fabricados em material de alta transparência, em sala limpa escala 100,000, de acordo com as normas ISO 9001 e ISO 13485:2003/AC:2007, certificados como

Leia mais

Extração de DNA. Prof. Silmar Primieri

Extração de DNA. Prof. Silmar Primieri Extração de DNA Prof. Silmar Primieri Conceitos Prévios O que é DNA? Onde se localiza o DNA na célula? Do que são formadas as membranas celulares? Qual a estrutura do DNA? O que é DNA? Unidade básica informacional

Leia mais

Filtros de Seringa Minisart A Escolha Fácil de Integridade e Eficiência

Filtros de Seringa Minisart A Escolha Fácil de Integridade e Eficiência Filtros de Seringa Minisart A Escolha Fácil de Integridade e Eficiência Filtros de Seringa Minisart Minisart Guia de Seleção de Filtro de Seringa Remoção de e Microorganismos de Líquidos/Gases 1 Composição

Leia mais

CINZA. É o resíduo inorgânico que permanece após a queima da matéria orgânica, que é transformada em CO 2, H 2 O e NO 2.

CINZA. É o resíduo inorgânico que permanece após a queima da matéria orgânica, que é transformada em CO 2, H 2 O e NO 2. CINZA É o resíduo inorgânico que permanece após a queima da matéria orgânica, que é transformada em CO 2, H 2 O e NO 2. A cinza é constituída principalmente de: Grandes quantidades: K, Na, Ca e Mg; Pequenas

Leia mais

Melhor desempenho. Maior produtividade. DuPont. Sontara FS PANOS DE LIMPEZA PROFISSIONAL

Melhor desempenho. Maior produtividade. DuPont. Sontara FS PANOS DE LIMPEZA PROFISSIONAL Melhor desempenho. Maior produtividade. DuPont Sontara FS PANOS DE LIMPEZA PROFISSIONAL Maior qualidade, segurança e eficiência nos processos de limpeza profissional. Quem olha para o futuro com vontade

Leia mais

arium comfort II Melhor Tecnologia Sem Compromisso Benefícios Descrição do Produto Aplicações Alta qualidade de água Tipo 2

arium comfort II Melhor Tecnologia Sem Compromisso Benefícios Descrição do Produto Aplicações Alta qualidade de água Tipo 2 arium comfort II Melhor Tecnologia Sem Compromisso Benefícios Confiável Alta qualidade de Água Tipo 2 obtida pela mais nova tecnologia EDI. Economia de tempo Uso da inovadora tecnologia de bolsa, que elimina

Leia mais

FOSFATO DISSÓDICO DE DEXAMETASONA

FOSFATO DISSÓDICO DE DEXAMETASONA FSFAT DISSÓDIC DE DEXAMETASNA Dexamethasoni natrii phosphas H H H P Na Na F H C 22 H 28 FNa 2 8 P 516,41 02821 Fosfato dissódico de 9-fluoro-11β,17 diidroxi-16α-metil-3, 20- dioxopregna- 1,4 dieno-21-il

Leia mais

AR LIMPO É O NOSSO MUNDO. AC 3000 LTA Seu especialista para soluções de filtragem

AR LIMPO É O NOSSO MUNDO. AC 3000 LTA Seu especialista para soluções de filtragem AR LIMPO É O NOSSO MUNDO AC 3000 LTA Seu especialista para soluções de filtragem FILTRO DE AR LTA Ar limpo se compensa Com um amplo conceito e infinitas soluções individuais a LTA encontra a solução correta

Leia mais

Módulos de filtro em profundidade SUPRApak A filtração em profundidade agora com fluxo até às extremidades. FBSUPRAPAKENBP-PTc

Módulos de filtro em profundidade SUPRApak A filtração em profundidade agora com fluxo até às extremidades. FBSUPRAPAKENBP-PTc Módulos de filtro em profundidade SUPRApak FBSUPRAPAKENBP-PTc Módulos de filtro em profundidade SUPRApak Eficientes, econômicos e inovadores, os módulos de filtro em profundidade SUPRApak são o futuro

Leia mais

ÁGUA REAGENTE NO LABORATÓRIO CLÍNICO

ÁGUA REAGENTE NO LABORATÓRIO CLÍNICO ÁGUA REAGENTE NO LABORATÓRIO RIO CLÍNICO Água reagente no laboratório rio clínico Água de grau reagente (água( pura); Processos de purificação: destilação e deionização (+ usado atualmente). Especificações

Leia mais

O Secretário de Vigilância Sanitária d Ministério da Saúde, no uso de suas atribuições legais e considerando:

O Secretário de Vigilância Sanitária d Ministério da Saúde, no uso de suas atribuições legais e considerando: título: Portaria nº 27, de 18 de março de 1996 ementa não oficial: Aprova o regulamento técnico sobre embalagens e equipamentos de vidro e cerâmica em contato com alimentos, conforme Anexo da presente

Leia mais

Ecozink ML. Descrição:

Ecozink ML. Descrição: Ecozink ML Descrição: Ecozink ML é um processo isento de complexantes ou quelantes, indicado para banhos de zinco alcalino sem cianeto. Ecozink ML opera com dois aditivos que proporciona grande eficiência

Leia mais

Desenho e Projeto de Tubulação Industrial

Desenho e Projeto de Tubulação Industrial Desenho e Projeto de Tubulação Industrial Módulo IV Aula 04 Isolamento térmico AQUECIMENTO DE TUBULAÇÕES Motivos Manter em condições de escoamento líquidos de alta viscosidade ou materiais que sejam sólidos

Leia mais

Prova Experimental Física, Química, Biologia

Prova Experimental Física, Química, Biologia Prova Experimental Física, Química, Biologia Complete os espaços: Nomes dos estudantes: Número do Grupo: País: BRAZIL Assinaturas: A proposta deste experimento é extrair DNA de trigo germinado e, posteriormente,

Leia mais

Gestão Ambiental 19/3/2012. MÓDULO Gerenciamento e Controle de Poluição da Água. Tema: DISPONIBILIDADE HÍDRICA: as Águas do Planeta

Gestão Ambiental 19/3/2012. MÓDULO Gerenciamento e Controle de Poluição da Água. Tema: DISPONIBILIDADE HÍDRICA: as Águas do Planeta Gestão Ambiental Profª Denise A. F. Neves MÓDULO Gerenciamento e Controle de Poluição da Água Tema: DISPONIBILIDADE HÍDRICA: as Águas do Planeta Objetivos: Entender a distribuição da água no Planeta. Reconhecer

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUL DE MINAS GERAIS

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUL DE MINAS GERAIS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUL DE MINAS GERAIS ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA PROCESSO Nº 23502.000008.2014-24

Leia mais

Catálogo de Produtos e Serviços para Laboratório

Catálogo de Produtos e Serviços para Laboratório Catálogo de Produtos e Serviços para Laboratório 2 Índice Índice 3 Balanças de laboratorio analíticas e de precisão 4 Analisadores de umidade 5 Sistema arium para produção de água pura e ultrapura 11 Pipetas

Leia mais

Broad Base. Best Solutions. PANOX Fibras PAN oxidadas

Broad Base. Best Solutions. PANOX Fibras PAN oxidadas Broad Base. Best Solutions. CARBON FIBERS and COMPOSITE MATERIALS PANOX Fibras PAN oxidadas 2 Fibras de carbono e materiais compósitos fabricados pelo SGL Group. Q Amplo portfólio de produtos Q Cadeia

Leia mais

Sem mágica. Apenas a natureza.

Sem mágica. Apenas a natureza. Cleanit LC para tratamento de água potável Sem mágica. Apenas a natureza. A forma verde de Remoção de cromo (VI) Remoção de arsênio Remoção de fluoreto 2 Tecnologia simples, acessível, flexível e 100%

Leia mais

ANALISADORES DE GASES

ANALISADORES DE GASES BGM BOMBA DE SUCÇÃO SÉRIE COMPACTA ANALISADORES DE GASES Descrição: Gera uma depressão no processo, succionando a amostra e criando a vazão exata para atender o tempo necessário de condicionamento do gás

Leia mais

O poder. proteger. para. mundo. o seu. 3M Cuidado Institucional. Sorbents

O poder. proteger. para. mundo. o seu. 3M Cuidado Institucional. Sorbents 3M Cuidado Institucional Sorbents O poder para proteger o seu mundo A 3M é pioneira no conceito de microfibra e polipropileno, com mais de 25 anos de experiência na fabricação de respiradores descartáveis.

Leia mais

Unidade de Bomba de Vácuo Química VARIO com controlador de vácuo intuitivo. Otimização de vácuo para produtividade e eficiência

Unidade de Bomba de Vácuo Química VARIO com controlador de vácuo intuitivo. Otimização de vácuo para produtividade e eficiência MAIORES INFORMAÇÕES WWW.VACUUBRAND.COM Unidade de Bomba de Vácuo Química VARIO com controlador de vácuo intuitivo Otimização de vácuo para produtividade e eficiência Tecnologia de vácuo Aperfeiçoando os

Leia mais

CARTÕES DE COLETA DE AMOSTRAS

CARTÕES DE COLETA DE AMOSTRAS CARDS CARTÕES DE COLETA DE AMOSTRAS Os cartões para extração Biopur proporcionam uma coleta simples, confiável e eficiente, garantindo a preservação de ácidos nucleicos a longo prazo. São ideais para o

Leia mais

Resistência à compressão Dureza Barcol 30 40

Resistência à compressão Dureza Barcol 30 40 PROTECTO GLASS 90 é uma série de revestimentos monolíticos termofixos, que têm sido utilizados intensamente nos Estados Unidos e Brasil como uma excelente alternativa técnica para recuperação de equipamentos

Leia mais

Aspectos gerais sobre preparo de amostras. Joaquim A. Nóbrega djan@terra.com.br

Aspectos gerais sobre preparo de amostras. Joaquim A. Nóbrega djan@terra.com.br Aspectos gerais sobre preparo de amostras Joaquim A. Nóbrega djan@terra.com.br Técnicas Espectroanalíticas - FAAS - GFAAS - ICP OES - ICP-MS - Aspecto comum: amostras são usualmente introduzidas como soluções

Leia mais

Gerador de nitrogênio. Sistemas de geração de gases, membranas e PSA

Gerador de nitrogênio. Sistemas de geração de gases, membranas e PSA Gerador de nitrogênio Sistemas de geração de gases, membranas e PSA Aplicações de nitrogênio Comidas e bebidas O nitrogênio é um gás ideal para armazenar (fumigação) e transportar alimentos e bebidas.

Leia mais

Materiais cerâmicos e vítreos vítreos

Materiais cerâmicos e vítreos vítreos Materiais cerâmicos e vítreos Materiais inorgânicos e não-metálicos processados e / ou usados a elevadas temperaturas Cerâmicas / argilas / silicatos das mais velhas indústrias humanas (15000 AC) resistentes

Leia mais

Aplicação de caixa de vapor em máquinas de papel

Aplicação de caixa de vapor em máquinas de papel Aplicação de caixa de vapor em máquinas de papel Introdução Centenas de caixas de vapor foram instaladas no mundo inteiro em todo tipo de máquina de papel e celulose desde a década de 1940. As primeiras

Leia mais

BRANSONIC Tanques de limpeza por ultrassom Bransonic

BRANSONIC Tanques de limpeza por ultrassom Bransonic BRANSONIC Tanques de limpeza por ultrassom Bransonic A solução simples e confiável para limpeza de precisão de qualidade BRANSON: Líder reconhecido mundialmente em Ultrassom Por mais de 60 anos a Branson

Leia mais

Controle de Qualidade em Laboratórios Farmacêuticos Nossas Soluções em Produtos para Suas Necessidades. Qualidade nos Resultados. Atendimento a normas

Controle de Qualidade em Laboratórios Farmacêuticos Nossas Soluções em Produtos para Suas Necessidades. Qualidade nos Resultados. Atendimento a normas Controle de Qualidade em Laboratórios Farmacêuticos Nossas Soluções em Produtos para Suas Necessidades Qualidade nos Resultados Atendimento a normas Fácil de Usar Rapidez Serviços Descubra o Potencial

Leia mais

Inovação e qualidade em sistemas de filtração

Inovação e qualidade em sistemas de filtração Inovação e qualidade em sistemas de filtração A Vemag é uma empresa que atua com filtração e bombeamento de fluidos, em diversas áreas de aplicações. Através de uma equipe de técnicos capacitados, oferece

Leia mais

BARRAS DYWIDAG GRP Enfilagem, Pregamento e Tirantes em Fibra de Vidro

BARRAS DYWIDAG GRP Enfilagem, Pregamento e Tirantes em Fibra de Vidro BARRAS DYWIDAG GRP Enfilagem, Pregamento e Tirantes em Fibra de Vidro 2 Conteúdo Introdução... 3 Campos de Aplicação... 4 Principais Vantagens... 4 Descrição do Sistema... 4 Componentes do Sistema... 4

Leia mais

2.2-75 kw. Série EN Compressores de parafuso Encapsulados. www.elgi.br.com

2.2-75 kw. Série EN Compressores de parafuso Encapsulados. www.elgi.br.com 2.2-75 kw Série EN Compressores de parafuso Encapsulados inovadora TECNOLOGIA Os elementos compressores parafuso são manufaturados internamente usando centros de usinagem de ponta para retificação de rotores

Leia mais

Equipamento de processamento. Bombas acionadas a ar para indústrias de processamento

Equipamento de processamento. Bombas acionadas a ar para indústrias de processamento Equipamento de processamento Bombas acionadas a ar para indústrias de processamento Tecnologia superior de bombeamento Diafragma duplo/ Evacuação do pistão Transferência e suprimento de tambor de 55 galões

Leia mais

Selo diafragma com conexão flangeada Com diafragma faceado ao processo Modelo 990.27

Selo diafragma com conexão flangeada Com diafragma faceado ao processo Modelo 990.27 Selo diafragma Selo diafragma com conexão flangeada Com diafragma faceado ao processo Modelo 990.27 WIKA Folha técnica DS 99.27 Outras aprovações veja página 3 Aplicações Indústria de processos químicos

Leia mais

Selo diafragma com conexão higiênica Para aplicações sanitárias Modelos 990.18, 990.19, 990.20 e 990.21, conexão rosqueada

Selo diafragma com conexão higiênica Para aplicações sanitárias Modelos 990.18, 990.19, 990.20 e 990.21, conexão rosqueada Selos diafragma Selo diafragma com conexão higiênica Para aplicações sanitárias Modelos 990.18, 990.19, 990.20 e 990.21, conexão rosqueada WIKA folha de dados DS 99.40 outras aprovações veja página 3 Aplicações

Leia mais

Preparo de Amostras. Linha de produtos. ::: Clear Solutions in Sample Preparation

Preparo de Amostras. Linha de produtos. ::: Clear Solutions in Sample Preparation Preparo de Amostras Linha de produtos ::: Clear Solutions in Sample Preparation Multiwave PRO Soberano nos métodos de preparo de amostras 4 O sistema de reação assistido por micro-ondas Multiwave PRO oferece

Leia mais

PROPRIEDADES DA MATÉRIA

PROPRIEDADES DA MATÉRIA PROPRIEDADES DA MATÉRIA Profª Marcelly da Silva Sampaio RELEMBRANDO Matéria é tudo que tem massa e ocupa lugar no espaço. Não existe vida nem manutenção da vida sem matéria. Corpo- Trata-se de uma porção

Leia mais

Experimento. Técnicas de medição de volumes em Laboratório. Prof. Honda Experimento Técnicas de medição de volumes em Laboratório Página 1

Experimento. Técnicas de medição de volumes em Laboratório. Prof. Honda Experimento Técnicas de medição de volumes em Laboratório Página 1 Experimento Técnicas de medição de volumes em Laboratório Objetivo: Conhecer os materiais volumétricos e as técnicas de utilização desses materiais. I. Introdução teórica: Medir volumes de líquidos faz

Leia mais

SERVICE 2 3.0 08/2015-PT. MicroStop. Recipientes de esterilização e acessórios

SERVICE 2 3.0 08/2015-PT. MicroStop. Recipientes de esterilização e acessórios SERVICE 2 3.0 08/2015-PT MicroStop Recipientes de esterilização e acessórios Recipientes de esterilização MicroStop A ponte entre a cirurgia, o descarte, a esterilização e a armazenagem para uma rotina

Leia mais

Melhor. Custo/Benefício. Pronto atendimento. eficiência FILTROS INDUSTRIAIS

Melhor. Custo/Benefício. Pronto atendimento. eficiência FILTROS INDUSTRIAIS Melhor Custo/Benefício Pronto atendimento eficiência FILTROS INDUSTRIAIS INSTALAÇÃO serviços Para a satisfação de nossos clientes, a AirLink conta com profissionais qualificados durante todo o processo

Leia mais

Sua melhor opção em filtros

Sua melhor opção em filtros Sua melhor opção em filtros Nossas unidades www.softsalvador.com.br Cartuchos de Filtros Cartuchos de Profundidade de polipropileno Cartuchos de filtro de carbono Cartuchos de mídia membrana Cartuchos

Leia mais

É seguro. Permanece seguro.

É seguro. Permanece seguro. Garantia de Garantia de condutividade para toda a vida Especificações técnicas É seguro. Permanece seguro. Colorex preenche os requisitos da normas ISO 10582 e EN 649. Colorex EC CE EN 14041 Conforme Espessura

Leia mais

Análise de água. NANOCOLOR Verificação automática de turbidez para testes em tubo. Maior segurança para seus resultado MACHEREY-NAGEL. www.mn-net.

Análise de água. NANOCOLOR Verificação automática de turbidez para testes em tubo. Maior segurança para seus resultado MACHEREY-NAGEL. www.mn-net. Análise de água NANOCOLOR Verificação automática de turbidez para testes em tubo Maior segurança para seus resultado MACHEREY-NAGEL Medidas de turbidez de acordo com a ISO 7027 O que é turbidez? A turbidez

Leia mais

LEXOL ph - Limpeza Segura e Fácil para Artigos em Couro, Banco de Carro, Selaria, Botas, Malas, Sapatos e Móveis Estofados - Contém 500 ml.

LEXOL ph - Limpeza Segura e Fácil para Artigos em Couro, Banco de Carro, Selaria, Botas, Malas, Sapatos e Móveis Estofados - Contém 500 ml. LEXOL ph - Limpeza Segura e Fácil para Artigos em Couro, Banco de Carro, Selaria, Botas, Malas, Sapatos e Móveis Estofados - Contém 500 ml. O Limpador Lexol-pH é ideal para todos os cuidados necessários

Leia mais

ESCOPO DA ACREDITAÇÃO ABNT NBR ISO/IEC 17025 ENSAIO

ESCOPO DA ACREDITAÇÃO ABNT NBR ISO/IEC 17025 ENSAIO ESCOPO DA ACREDITAÇÃO ABNT NBR ISO/IEC 17025 ENSAIO Norma de Origem: NIT-DICLA-016 Folha: 1 Total de Folhas: 7 RAZÃO SOCIAL/DESIGNAÇÃO DO LABORATÓRIO CETESB - Companhia Ambiental do Estado de São Paulo

Leia mais

SUPORTES DE SOLO SUPORTE DE SOLO PARA EXTINTOR EM ALUMINIO POLIDO MODELO AP E PQS

SUPORTES DE SOLO SUPORTE DE SOLO PARA EXTINTOR EM ALUMINIO POLIDO MODELO AP E PQS CATALO DE PRODUTOS SUPORTES DE SOLO SUPORTE DE SOLO PARA EXTINTOR EM ALUMINIO POLIDO MODELO AP E PQS SUPORTE DE SOLO PARA EXTINTOR EM ALUMINIO E PINTURA EPOXI VERMELHO MODELO AP E PQS Aba na base que impede

Leia mais

Espectroscopia Óptica Instrumentação e Aplicações. CQ122 Química Analítica Instrumental II 2º sem. 2014 Prof. Claudio Antonio Tonegutti

Espectroscopia Óptica Instrumentação e Aplicações. CQ122 Química Analítica Instrumental II 2º sem. 2014 Prof. Claudio Antonio Tonegutti Espectroscopia Óptica Instrumentação e Aplicações CQ122 Química Analítica Instrumental II 2º sem. 2014 Prof. Claudio Antonio Tonegutti Classificação dos métodos de análises quantitativas Determinação direta

Leia mais

KIT Nº 14 KIT Nº 2 0.905

KIT Nº 14 KIT Nº 2 0.905 KIT Nº 1 KIT Nº 2 01 Bandeja Grande Ref.0.2823 01 Rolo de Espuma Pop 23 cm Ref.0.13 com cabo Ref. 0.2072 01 Rolo de Espuma Pop 09 cm com cabo Ref. 0.1109. 01 Rolo de Espuma Pop 05 cm c/ cabo Ref. 0.1105

Leia mais

QIE0001 Química Inorgânica Experimental Prof. Fernando R. Xavier. Prática 03 Síntese do Oxalato de Bário

QIE0001 Química Inorgânica Experimental Prof. Fernando R. Xavier. Prática 03 Síntese do Oxalato de Bário UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS TECNOLÓGICAS CCT DEPARTAMENTO DE QUÍMICA DQMC QIE0001 Química Inorgânica Experimental Prof. Fernando R. Xavier Prática 03 Síntese do Oxalato

Leia mais

Broad Base. Best Solutions. SIGRAPREG Prepregs de fibras de carbono, vidro e aramida

Broad Base. Best Solutions. SIGRAPREG Prepregs de fibras de carbono, vidro e aramida Broad Base. Best Solutions. CARBON FIBERS and COMPOSITE MATERIALS SIGRAPREG Prepregs de fibras de carbono, vidro e aramida 2 Fibras de carbono e materiais compósitos fabricados pelo SGL Group. Q Amplo

Leia mais

Guia para o Controle de Vazão Modulado por Largura de Pulso. Spray Spray Spray Spray Nozzles Control Analysis Fabrication

Guia para o Controle de Vazão Modulado por Largura de Pulso. Spray Spray Spray Spray Nozzles Control Analysis Fabrication Guia para o Controle de Vazão Modulado por Largura de Pulso Spray Spray Spray Spray Nozzles Control Analysis Fabrication Modulação por largura de pulso A modulação por largura de pulso, ou PWM (do inglês

Leia mais

BOKELA. Processos de Separação Mecânicos. Centro de Excelência na Separação de Sólido/Líquido. 09 / 11 p. Filtração. Sólido.

BOKELA. Processos de Separação Mecânicos. Centro de Excelência na Separação de Sólido/Líquido. 09 / 11 p. Filtração. Sólido. BOKELA Processos de Separação Mecânicos Filtração Sólido Líquido Centro de Excelência na Separação de Sólido/Líquido 09 / 11 p Centro de Excelência em Separação de Solido/Líquido No mundo da tecnologia

Leia mais

AR LIMPO É O NOSSO MUNDO. AC 6000 LTA Seu especialista para soluções de filtragem

AR LIMPO É O NOSSO MUNDO. AC 6000 LTA Seu especialista para soluções de filtragem AR LIMPO É O NOSSO MUNDO AC 6000 LTA Seu especialista para soluções de filtragem FILTRO DE AR LTA Ar limpo se compensa Com um amplo conceito e infinitas soluções individuais a LTA encontra a solução correta

Leia mais

Parabond 700 Adesivo estrutural elástico de elevada aderência e resistência inicial

Parabond 700 Adesivo estrutural elástico de elevada aderência e resistência inicial Parabond 700 Adesivo estrutural elástico de elevada aderência e resistência inicial Produto: Parabond 700 é um adesivo de alta qualidade, cura rápida, permanentemente elástico, à base de MS polímero, com

Leia mais

Helena Campos (Engenharia Química)

Helena Campos (Engenharia Química) Tipos de água Laboratorial e suas aplicações Helena Campos (Engenharia Química) 28 de Setembro de 2010 Principais contaminantes da água Particulas Suspensas: Sílica (SiO 2 ) Resíduos das tubagens Matéria

Leia mais

Equipamentos de Controle de

Equipamentos de Controle de Módulo VI Equipamentos de Controle de Poluição do Ar Equipamentos de Controle de Poluição do Ar Controle da emissão de material particulado Filtros de Manga Coletores Inerciais ou Gravitacionais Coletores

Leia mais

Operação Unitária de Centrifugação

Operação Unitária de Centrifugação UFPR Setor de Ciências da Saúde Curso de Farmácia Disciplina de Física Industrial Operação Unitária de Centrifugação Prof. Dr. Marco André Cardoso Centrifugação Operação unitária com a principal finalidade

Leia mais

Peças técnicas em feltro

Peças técnicas em feltro Peças técnicas em feltro A ARTE NA PRODUÇÃO DE PEÇAS TÉCNICAS DE FELTRO Nascida há mais de 50 anos, a Artenafex é hoje reconhecida como uma empresa especializada em buscar soluções para os mais diversos

Leia mais

NORMAS TÉCNICAS PARA BANCOS DE LEITE HUMANO:

NORMAS TÉCNICAS PARA BANCOS DE LEITE HUMANO: NORMAS TÉCNICAS PARA BANCOS DE LEITE HUMANO: MATERIAIS BLH-IFF/NT- 45.04 - Lavagem, Preparo e Esterilização de Materiais FEV 2004 BLH-IFF/NT- 45.04 Rede Nacional de Bancos de Leite Humano FIOCRUZ/IFF-BLH

Leia mais

INDUFIX FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA DE PRODUTOS QUÍMICOS FISPQ 014 REVISÃO: 30/03/2014 PÁGINA 1/6 1 IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA

INDUFIX FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA DE PRODUTOS QUÍMICOS FISPQ 014 REVISÃO: 30/03/2014 PÁGINA 1/6 1 IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA FISPQ 014 REVISÃO: 30/03/2014 PÁGINA 1/6 1 IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA Nome do produto: Indufix Código interno: 2000 Empresa: Indutil Indústria de Tintas Ltda. e-mail: indutil@indutil.com.br

Leia mais

3M Produtos de Protecção Pessoal Absorventes. Seguros, limpos e. económicos

3M Produtos de Protecção Pessoal Absorventes. Seguros, limpos e. económicos 3M Produtos de Protecção Pessoal Absorventes Seguros, limpos e económicos Faça da sua segurança um assunto pessoal Absorventes 3M Os absorventes da 3M podem ser utilizados numa grande variedade de aplicações,

Leia mais

Aluminas hidratadas e calcinadas Desenvolvidas com o mais rigoroso controle de processo e qualidade

Aluminas hidratadas e calcinadas Desenvolvidas com o mais rigoroso controle de processo e qualidade Aluminas hidratadas e calcinadas Desenvolvidas com o mais rigoroso controle de processo e qualidade A Fórmula da Produtividade As aluminas hidratadas Alcoa são empregadas na produção de policloreto de

Leia mais

Centro de Produção BRASIL. Estado de Pernambuco. Acreditamos no Poder da Natureza

Centro de Produção BRASIL. Estado de Pernambuco. Acreditamos no Poder da Natureza Centro de Produção BRASIL Estado de Pernambuco Acreditamos no Poder da Natureza Descrição O Grupo IMPSA dedica-se ao fornecimento de soluções integrais para a geração de energia elétrica a partir de recursos

Leia mais

SUBSTITUIÇÃO DE CILINDROS DE GASES ESPECIAIS

SUBSTITUIÇÃO DE CILINDROS DE GASES ESPECIAIS SUBSTITUIÇÃO DE CILINDROS DE GASES ESPECIAIS Jéssica Alessandra da Silva Moura, Gilvan Takeshi Yogui Para fins de referência, este documento pode ser citado como: Moura, J.A.S.; Yogui, G.T. 2013. Substituição

Leia mais

ESTERILIZAÇAO PELO CALOR

ESTERILIZAÇAO PELO CALOR Faculdade de Farmácia da UFMG ESTERILIZAÇÃO NA INDÚSTRIA FARMACÊUTICA ESTERILIZAÇAO PELO CALOR CALOR SECO Accácia Júlia Guimarães Pereira Messano ABRIL 2010 Mecanismo de destruição de microrganismos pelo

Leia mais

TM703 Ciência dos Materiais PIPE Pós - Graduação em Engenharia e Ciências de Materiais

TM703 Ciência dos Materiais PIPE Pós - Graduação em Engenharia e Ciências de Materiais TM703 Ciência dos Materiais PIPE Pós - Graduação em Engenharia e Ciências de Materiais Carlos Mauricio Lepienski Laboratório de Propriedades Nanomecânicas Universidade Federal do Paraná Aulas 7 1º sem.

Leia mais

Máquinas. Placas Vibratórias com Direção Única 54 110 kg APF 1033/1240/1250/1850. www.ammann-group.com

Máquinas. Placas Vibratórias com Direção Única 54 110 kg APF 1033/1240/1250/1850. www.ammann-group.com Máquinas Placas Vibratórias com Direção Única 54 110 kg APF 1033/1240/1250/1850 www.ammann-group.com Fácil Transporte Trabalho sem esforço O modelo APF 1033 é a unidade mais leve dentro desta gama, sendo

Leia mais

FLEXIM. FLUXUS Energy. O balanceamento de consumo e de deteção de fugas em redes de ar comprimido. Em Parceria

FLEXIM. FLUXUS Energy. O balanceamento de consumo e de deteção de fugas em redes de ar comprimido. Em Parceria FLEXIM O balanceamento de consumo e de deteção de fugas em redes de ar comprimido Em Parceria Gerencie a energia de forma eficaz usando a tecnologia de medição não invasiva FLUXUS Energy Kaeser Móvel não-invasivo.

Leia mais

White Paper sobre Antiestática

White Paper sobre Antiestática Cargas Eletrostáticas Durante a Pesagem: Medidas para a Prevenção de Erros Geração de carga eletrostática As amostras carregadas eletrostaticamente podem causar dificuldades de manuseio e erros de medição

Leia mais

Para aprendermos a combater o fogo, precisamos conhecê-lo muito bem. Fogo - É uma reação em cadeia de três elementos que produz luz e calor.

Para aprendermos a combater o fogo, precisamos conhecê-lo muito bem. Fogo - É uma reação em cadeia de três elementos que produz luz e calor. COMBATE A INCÊNDIO 116 1 Combate a incêndio Para aprendermos a combater o fogo, precisamos conhecê-lo muito bem. Fogo - É uma reação em cadeia de três elementos que produz luz e calor. Os três elementos

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA COLETA DE PREÇOS Nº IAP-HSL 013/2014

TERMO DE REFERÊNCIA COLETA DE PREÇOS Nº IAP-HSL 013/2014 TERMO DE REFERÊNCIA COLETA DE PREÇOS Nº IAP-HSL 013/2014 CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA AQUISIÇÃO DE MATERIAL DE LIMPEZA E HIGIENE PARA ATENDER TODA DEMANDA DO HOSPITAL SÃO LUCAS 1 Unidade Requisitante Instituto

Leia mais

ENG. ELVIRA LÍDIA STRAUS SETOR DE RESÍDUOS SÓLIDOS INDUSTRIAIS

ENG. ELVIRA LÍDIA STRAUS SETOR DE RESÍDUOS SÓLIDOS INDUSTRIAIS 4a Reunião Ordinária do GT Interinstitucional sobre Uso de Resíduos Industriais Indicados como Matéria-Prima para Fabricação de Produtos Fornecedores de Micronutrientes Utilizados como Insumo Agrícola

Leia mais

MEMBRANAS BETUMINOSAS

MEMBRANAS BETUMINOSAS FICHA DE SEGURANÇA DE PRODUTO (Em conformidade com o Regulamento REACH (EC) nº 1907/2006) Nº revisão: 08 Data de emissão: 24 de Janeiro de 2014 MEMBRANAS BETUMINOSAS 1. Identificação da substância/mistura

Leia mais

Grill. Detergente desincrustante alcalino para remoção de gordura carbonizada.

Grill. Detergente desincrustante alcalino para remoção de gordura carbonizada. Grill Detergente desincrustante alcalino para remoção de gordura carbonizada. Alto poder de limpeza A composição de Suma Grill confere-lhe a propriedade de remover com eficiência sujidades provenientes

Leia mais

Um avançado tratamento do câncer começa aqui.

Um avançado tratamento do câncer começa aqui. Um avançado tratamento do câncer começa aqui. Acelerador Linear Clinac CX C L I N A C C X 2 Acelerador Linear Clinac CX Acesso Expansão Transformação Um alto nível de tratamento do câncer está ao seu alcance.

Leia mais

Selo diafragma com conexão higiênica Para aplicações sanitárias Modelos 990.22, 990.52 e 990.53, conexão tipo clamp

Selo diafragma com conexão higiênica Para aplicações sanitárias Modelos 990.22, 990.52 e 990.53, conexão tipo clamp Selos diafragma Selo diafragma com conexão higiênica Para aplicações sanitárias Modelos 990.22, 990.52 e 990.53, conexão tipo clamp WIKA folha de dados DS 99.41 outras aprovações veja página 3 Aplicações

Leia mais

SÍNTESES. Francisco Roque, nº9 11ºA

SÍNTESES. Francisco Roque, nº9 11ºA SÍNTESES Francisco Roque, nº9 11ºA OBJECTIVOS A- Produzir sinteticamente sulfato de magnésio (MgSO 4 ) através da reacção entre ácido sulfúrico (H 2 SO 4 ) e carbonato de magnésio (MgCO 3 ). B- Sintetizar

Leia mais

Sistemas TECCO / SPIDER estabilizam taludes usando aço de alta resistência

Sistemas TECCO / SPIDER estabilizam taludes usando aço de alta resistência Sistemas TECCO / SPIDER estabilizam taludes usando aço de alta resistência malha de fio de arame de alta resistência (resistência à tração de pelo menos 1770 N/mm 2 ) sistema pode ser otimizado com vários

Leia mais

Sumário. BAG TÊINER OXIGEN Dispositivo de prevenção para contêiner. BERMS OXIGEN Bacia de contenção para ações rápidas

Sumário. BAG TÊINER OXIGEN Dispositivo de prevenção para contêiner. BERMS OXIGEN Bacia de contenção para ações rápidas Sumário BCP OXIGEN Bacia de contenção de papelão 03 ECOTÊINER DE INTERIOR OXIGEN Dispositivo de prevenção de vazamentos para transporte em contêineres marítimos BAG TÊINER OXIGEN Dispositivo de prevenção

Leia mais

Quem fabrica o CALMAT? CALMAT é um produto fabricado na Alemanha pela CWT Christiani Wassertechnik GmbH, empresa fundada em 1948, com sede em Berlim.

Quem fabrica o CALMAT? CALMAT é um produto fabricado na Alemanha pela CWT Christiani Wassertechnik GmbH, empresa fundada em 1948, com sede em Berlim. O que é CALMAT? CALMAT é um aparelho para tratamento físico das águas calcárias, que elimina os inconvenientes das incrustações causadas pelos sais de cálcio e magnésio. Além disso, remove as incrustações

Leia mais

Cortec VpCI - 377 / VpCI - 377 Winterized

Cortec VpCI - 377 / VpCI - 377 Winterized Cortec VpCI - 377 / VpCI - 377 Winterized Descrição do Produto VpCI - 377 é um concentrado à base de água, criado para ser um substituto completo de preventivos à base de óleo para proteção de componentes

Leia mais

SUSPENSÕES E SOLUÇÕES

SUSPENSÕES E SOLUÇÕES SUSPENSÕES E SOLUÇÕES Definições SUSPENSÃO Mistura heterogênea de substâncias Ex.: sangue (suspensão de plasma e células) água e óleo; água e areia, água e açúcar SOLUÇÃO Mistura homogênea de substâncias

Leia mais

Internacional SOLUTIONS

Internacional SOLUTIONS Internacional SOLUTIONS SILICONE NEUTRO Silicone neutro Impermeabilizante de uso profissional. Inodoro e com fungicida. ADERE EM: Madeira, concreto, tijolo, vidro, PVC, plástico, alumínio, etc. APLICAÇÃO:

Leia mais

MANUAL DE HIGIENIZAÇÃO

MANUAL DE HIGIENIZAÇÃO MANUAL DE HIGIENIZAÇÃO Como fazer a ordenha correta Para fazer a ordenha mecânica, você deve seguir os mesmos passos da ordenha manual. Siga as etapas abaixo indicadas: 1 Providencie um ambiente para a

Leia mais

SOLUÇÃO FORTLEV PARA ENGENHARIA

SOLUÇÃO FORTLEV PARA ENGENHARIA CATÁLOGO TÉCNICO SOLUÇÃO FORTLEV PARA ENGENHARIA TANQUES ESPECIAIS MUITO MAIS TECNOLOGIA E VERSATILIDADE PARA ARMAZENAR PRODUTOS ESPECIAIS. A FORTLEV é a maior empresa produtora de soluções para armazenamento

Leia mais

DNA Darwin Não Atento?

DNA Darwin Não Atento? DNA Darwin Não Atento? PÁGINA 1 DE 6 CIÊNCIAS BIOLOGIA QUÍMICA Darwin foi um dos maiores cientistas de todos os tempos. Ele percebeu que variações ocorrem nas populações ou seja, diferenças são encontradas

Leia mais

Como formar seu Gramado

Como formar seu Gramado Como formar seu Gramado Nada menos que mil pés de grama convivem em cada metro quadrado de um gramado. E, ao contrário de uma horta ou canteiro, onde o solo pode ser revolvido, corrigido e enriquecido

Leia mais

Bacharelado em Farmácia. Disciplina:Operações Unitárias em Indústria 8 Período Prof.a: Msd. Érica Muniz Filtração

Bacharelado em Farmácia. Disciplina:Operações Unitárias em Indústria 8 Período Prof.a: Msd. Érica Muniz Filtração Bacharelado em Farmácia Disciplina:Operações Unitárias em Indústria 8 Período Prof.a: Msd. Érica Muniz Filtração FILTRAÇÃO Nas indústrias de alimentos e bebidas, a filtração aparece na produção de suco

Leia mais

MATERIAIS COMPÓSITOS. Prof. Roberto Monteiro de Barros Filho. Prof. Roberto Monteiro de Barros Filho

MATERIAIS COMPÓSITOS. Prof. Roberto Monteiro de Barros Filho. Prof. Roberto Monteiro de Barros Filho MATERIAIS COMPÓSITOS Histórico Adobes reforçados com palha Egito 5000 anos. Concreto reforçado com barras de metal século XIX. Fibras de vidro 1970 Conceito São materiais formados por dois ou mais constituintes

Leia mais