PROGRAMAS DE BOLSAS DE ESTUDO E BOLSAS DE PESQUISA DO ESTADO DE SANTA CATARINA

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PROGRAMAS DE BOLSAS DE ESTUDO E BOLSAS DE PESQUISA DO ESTADO DE SANTA CATARINA"

Transcrição

1 PROGRAMAS DE BOLSAS DE ESTUDO E BOLSAS DE PESQUISA DO ESTADO DE SANTA CATARINA DA GARANTIA DOS DIREITOS CONSTITUCIONAIS AO CUMPRIMENTO DE SUAS CONDICIONALIDADES Florianópolis abril

2 Fundamentação legal e conceitual O Programa Bolsas de Estudo e de Bolsas de Pesquisa fundamenta-se no Art. 170 da Constituição do Estado de Santa Catarina e prevê a assistência financeira aos alunos matriculados nas Instituições de Educação Superior legalmente habilitadas a funcionar no Estado de Santa Catarina. Voltado para estudantes universitários é uma das ações que viabiliza a garantia do direito a educação. 2

3 O programa está regulamentado na seguinte legislação: Lei Complementar nº 281, de 20 de janeiro de 2005; Lei Complementar nº 296, de 25 de julho de 2005; Lei Complementar nº 420, de 01 de agosto de 2008; Regulamentam o preceito constitucional relativo ao auxílio que o Estado deve prestar para o desenvolvimento da educação superior. 3

4 Dentre outras disposições as leis complementares estabelecem: a forma como o Estado prestará o auxílio; os critérios para a concessão de bolsas de estudo e bolsas de pesquisa; os documentos a serem apresentados pelos candidatos que concorrem às bolsas de estudo ou às bolsas de pesquisa; a constituição de uma Equipe Técnica para proceder à análise dos documentos para a concessão de bolsas de estudo e bolsas de pesquisa; 4

5 a constituição de uma Comissão de Fiscalização, no âmbito de cada Instituição de Ensino Superior, cuja função é fiscalizar o cumprimento dos critérios para a concessão, obtenção e manutenção de bolsas de estudo e de bolsas de pesquisa e atender a denúncias de possíveis irregularidades ou equívocos cometidos no processo; o lançamento anual de Editais Públicos pelas IESs para a apresentação de Projetos de Pesquisa. o lançamento semestral/anual de Editais Públicos pelas IESs para a apresentação dos Programas de Bolsas. 5

6 ESTRUTURA: LEI COMPLEMENTAR Nº 281, de 20 de janeiro de 2005 Art. 1º -Assistência financeira de que trata o art. 170 da Constituição Estadual I 90% (noventa por cento) dos recursos financeiros às Fundações Educacionais de Ensino Superior, instituídas por lei municipal a) 60% (sessenta por cento) destinados à concessão de bolsas de estudo para alunos economicamente carentes b) 10% (dez por cento) para a concessão de bolsas de pesquisa c) 20% (vinte por cento) destinados à concessão de bolsas de estudo para alunos matriculados em Cursos de Graduação e Licenciatura em áreas estratégicas definidas pelas Instituições de Ensino Superior em conjunto com as entidades estudantis organizadas, representadas pelos acadêmicos dessas Instituições de Ensino Superior, com os Conselhos de Desenvolvimento Regional, sob a coordenação da Secretaria de Estado da Educação II 10% (dez por cento) dos recursos financeiros para as demais Instituições de Ensino Superior, legalmente habilitadas a funcionar em Santa Catarina, não mantidas com recursos públicos a) 9% (nove por cento) à concessão de bolsas de estudo b) 1% (um por cento) a bolsas de pesquisa 6

7 PROGRAMA DE BOLSAS DO ARTIGO 170 da CONSTITUÇÃO DO ESTADO DE SANTA CATARINA BOLSAS DE ESTUDO - ALUNOS ECONOMICAMENTE CARENTES BOLSAS DE PESQUISA PROGRAMA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR PARA O DESENVOLVIMENTO REGIONAL - PROESDE 7

8 BOLSAS DE ESTUDO - ALUNOS ECONOMICAMENTE CARENTES LEI COMPLEMENTAR Nº 420, de 01 de agosto de 2008 Art. 2º O Estado concederá bolsas de estudo e bolsas de pesquisa, para o pagamento total ou parcial das mensalidades dos alunos economicamente carentes, regularmente matriculados nos cursos de graduação das Instituições de Ensino Superior (...) I - benefício concedido ao aluno não será inferior a 25% (...); II - benefício poderá ser semestral ou anual (...); 8

9 III - os recursos serão destinados, proporcionalmente, de acordo com o número de alunos regularmente matriculados nos cursos de graduação (...); IV - caberá à Comissão criada no âmbito de cada Instituição de Ensino Superior, (...) avaliação do grau de carência e desempenho escolar dos candidatos às bolsas de estudo (...); V - de posse da relação dos alunos beneficiados com o pagamento de bolsas e de seus respectivos valores individuais, os recursos serão alocados em nome de cada aluno, liberados mensalmente e diretamente na conta bancária da Instituição de Ensino Superior; 9

10 VI - a obtenção ou a renovação do benefício pelo aluno ficará vinculada à participação em PROGRAMAS E PROJETOS SOCIAIS, COM VISÃO EDUCATIVA, propostos pelas universidades em seus projetos de extensão (...); VII - o aluno economicamente carente, portador de deficiência física ou que tiver atestada a sua invalidez permanente, receberá bolsa de estudo para o pagamento integral das mensalidades. (NR) 10

11 BOLSAS DE PESQUISA Diretoria de Educação Superior LEI COMPLEMENTAR Nº 296, de 25 de julho de 2005 Art. 3º editais públicos para apresentação de Projetos de Pesquisa, com base nas políticas nacional e institucional de pesquisa 1º Os projetos de pesquisa deverão ser avaliados, sob o mérito científico, por comissão interna constituída especificamente para esta finalidade ou por consultores ad-hoc. (NR) 2º Aprovado o projeto, o professor deverá fazer a indicação do bolsista que atenda aos critérios socioeconômicos estabelecidos; Art. 4º - O prazo da bolsa de pesquisa é de um ano, podendo ser renovado, desde que comprovada a carência socioeconômica do aluno. 11

12 PROGRAMA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR PARA O DESENVOLVIMENTO REGIONAL PROESDE LEI COMPLEMENTAR Nº 281, de 20 de janeiro de 2005 Recursos destinados à concessão de bolsas de estudo para alunos matriculados em Cursos de Graduação e Licenciatura em áreas estratégicas, instituído pelo Decreto nº 3.334/2005, tendo como objetivo principal vincular a formação da graduação com a realidade local, promovendo agentes para o desenvolvimento regional, com qualificação técnica e tecnológica para elaboração e execução de planejamento estratégico e participativo, buscando o desenvolvimento sustentável e definidos com os Conselhos de Desenvolvimento Regional, sob a coordenação da Secretaria de Estado da Educação. 12

13 DO PROGRAMA DE BOLSA DE ESTUDO E DE BOLSA DE PESQUISA DO ART. 170 DA C.E. Dinâmica de funcionamento: 1ª Etapa: a) Definição do Coordenador do Programa para acompanhamento e conhecimento de todos os desdobramentos necessários para sua execução. b) Espaço adequado para atendimento aos Acadêmicos participantes e interessados em participar do Programa. c) Formação da Equipe Técnica d) Formação da Comissão de Fiscalização 13

14 EQ UIPE TÉCNICA Representação: Assistente social; Representante da IES; Representante dos Acadêmicos; Fortalecimento das ações referentes ao programa e os desdobramentos dos trabalhos da Equipe Técnica com estudos, discussões, definições sobre os encaminhamentos e procedimentos legais que o Programa requer. COMISSÃO DE FISCALIZAÇÃO Representação: Coordenador do Programa; Representantes da Instituição; Representação dos Docentes; Representação dos Acadêmicos; Representante da Secretaria de Desenvolvimento Regional Supervisor de Educação Superior da região; Reuniões com definições e sistematizações dos trabalhos e atuações da Comissão; 14

15 DO PROCESSO DE SELEÇÃO: Diretoria de Educação Superior Ampla divulgação: Edital próprio com tempo hábil para divulgação e inscrição com prazo nunca inferior a quinze dias. Evidenciar como sendo um Programa Público do Estado de Santa Catarina que favorece os jovens na continuidade de seu processo educacional; Edital do Processo de Inscrição, Seleção e Concessão, assim como as responsabilidades dos beneficiados; Publicação em localização de fácil acesso e no SITE da IES, da relação dos selecionados; 15

16 2ª ETAPA a) Organização dos documentos comprobatórios da distribuição e recebimento das Bolsas pelos Acadêmicos; b) Conhecer e estar de posse dos documentos que comprovam um processo de Prestação de Contas: Recibo Coletivo com percentual da Bolsa de Estudo de cada acadêmico Recibo Coletivo com percentual da Bolsa de Pesquisa, para cada acadêmico, e de todas as parcelas (todos encaminhados pela SED aos responsáveis pelo Programa); 16

17 c) Elaboração do Parecer sempre com assinatura de todos os participantes e na dúvida, consulta ao Departamento Jurídico da Instituição; d) Espaço adequado para eventuais denúncias sobre possíveis irregularidades ou constatações de interessados; e) Cada participante do Programa não poderá receber mais que uma Bolsa ou de Estudo ou de Pesquisa; 17

18 3ª ETAPA a) Acompanhamento dos Acadêmicos para que não desistam do Curso, uma vez que a Legislação não prevê devolução dos valores aplicados, prejudicando quem não foi contemplado; b) Definição pela Instituição de todos os Projetos de Extensão para que os Acadêmicos possam se inserir c) Acompanhamento da participação obrigatória de 20 horas semestrais, em Projetos Sociais com Visão Educativa; d) Arquivamento do material do Programa que deverá ficar pelo período de no mínimo 05 (cinco) anos. Legislação disponível no seguinte endereço: - Tabela de Temporalidade - GED Gerenc. Documentos 18

19 Legislação disponível no seguinte endereço: - Tabela de Temporalidade - GED Gerenc. Documentos Endereços para eventuais dúvidas: ; Programa de Bolsa de Estudo e de Bolsa de Pesquisa (ART. 170 da CE); Gerência de Administrativa de Educação Superior Gerência de Políticas de Educação Superior 19

Programa de Bolsas do Fundo de Apoio à Manutenção e ao Desenvolvimento da Educação Superior -FUMDES

Programa de Bolsas do Fundo de Apoio à Manutenção e ao Desenvolvimento da Educação Superior -FUMDES PROGRAMA DE BOLSAS DO ARTIGO 171 DA CONSTITUIÇÃO ESTADUAL Programa de Bolsas do Fundo de Apoio à Manutenção e ao Desenvolvimento da Educação Superior -FUMDES Florianópolis abril 2011 1 FUNDAMENTAÇÃO LEGAL

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR Nº 281, de 20 de janeiro de 2005. (DOE de 20.1.2005)

LEI COMPLEMENTAR Nº 281, de 20 de janeiro de 2005. (DOE de 20.1.2005) LEI COMPLEMENTAR Nº 281, de 20 de janeiro de 2005. (DOE de 20.1.2005) Regulamenta o art. 170, os arts. 46 a 49 do Ato das Disposições Constitucionais Transitórias, da Constituição Estadual e estabelece

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR Nº 281, de 20 de janeiro de 2005

LEI COMPLEMENTAR Nº 281, de 20 de janeiro de 2005 LEI COMPLEMENTAR Nº 281, de 20 de janeiro de 2005 Procedência Governamental Natureza PLC 22/04 PCL 33/04 DO. 17.562 de 20/01/05 * Alterada pela LC 296/05 * Revogada parcialmente pela LC 296/05 Fonte ALESC/Div.

Leia mais

I - noventa por cento dos recursos financeiros às Fundações Educacionais de Ensino Superior, instituídas por lei municipal, sendo:

I - noventa por cento dos recursos financeiros às Fundações Educacionais de Ensino Superior, instituídas por lei municipal, sendo: ARTIGO 170 DA CONSTITUIÇÃO ESTADUAL/SC TEXTO DO PROJETO DE LEI RESULTANTE DE ACORDO ENTRE REPRESENTANTES DOS ESTUDANTES, DA ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA E DA SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO E INOVAÇÃO, VISANDO

Leia mais

Dias Cristiane, Gruber Vilson. Pós-Graduação em Gestão Social de Políticas Públicas Faculdade SATC. Criciúma SC Brasil

Dias Cristiane, Gruber Vilson. Pós-Graduação em Gestão Social de Políticas Públicas Faculdade SATC. Criciúma SC Brasil 1 DESCRIÇÃO DOS PROCEDIMENTOS OPERACIONAIS DE DISTRIBUIÇAO DOS RECURSOS DO PROGRAMA DE BOLSAS DE ESTUDO E BOLSAS DE PESQUISA DO ART. 170 PARA AS IES DE SANTA CATARINA Dias Cristiane, Gruber Vilson Pós-Graduação

Leia mais

REGULAMENTO. Art. 1º - O Programa de inclusão educacional BOLSAS EDUCAR tem os seguintes objetivos:

REGULAMENTO. Art. 1º - O Programa de inclusão educacional BOLSAS EDUCAR tem os seguintes objetivos: REGULAMENTO I DO PROGRAMA Art. 1º - O Programa de inclusão educacional BOLSAS EDUCAR tem os seguintes objetivos: I incentivar a aderência ao Programa de indivíduos que atendam aos requisitos exigidos neste

Leia mais

SOCIEDADE EDUCACIONAL LEONARDO DA VINCI S/S LTDA FACULDADE METROPOLITANA DE BLUMENAU

SOCIEDADE EDUCACIONAL LEONARDO DA VINCI S/S LTDA FACULDADE METROPOLITANA DE BLUMENAU EDITAL Nº 02/2014 ESTABELECE CRITÉRIOS PARA INSCRIÇÃO AO PROCESSO DE SELEÇÃO DE ACADÊMICOS DE CURSOS DE GRADUAÇÃO PARA BOLSA DE PESQUISA, INSTITUÍDA PELA LEI COMPLEMENTAR Nº 281/05 e LC 296/05, QUE REGULAMENTA

Leia mais

RESOLUÇÃO NORMATIVA Nº 32/CUn, DE 27 DE AGOSTO DE 2013.

RESOLUÇÃO NORMATIVA Nº 32/CUn, DE 27 DE AGOSTO DE 2013. SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA ÓRGÃOS DELIBERATIVOS CENTRAIS CAMPUS UNIVERSITÁRIO TRINDADE CEP: 88040-900 FLORIANÓPOLIS SC TELEFONES: (48) 3721-9522 - 3721-4916 FAX: (48)

Leia mais

ENSINO PROFISSIONALIZANTE, IDIOMAS E PREPARATÓRIO PARA CONCURSOS REGULAMENTO

ENSINO PROFISSIONALIZANTE, IDIOMAS E PREPARATÓRIO PARA CONCURSOS REGULAMENTO ENSINO PROFISSIONALIZANTE, IDIOMAS E PREPARATÓRIO PARA CONCURSOS REGULAMENTO 2014 Regulamento do Programa EDUCA MAIS BRASIL I DO PROGRAMA Art. 1.º - O Programa EDUCA MAIS BRASIL é um programa de INCLUSÃO

Leia mais

ASSITÊNCIA ESTUDANTIL

ASSITÊNCIA ESTUDANTIL ASSITÊNCIA ESTUDANTIL Apoio ao Acadêmico A Assistência Estudantil da FAMEC tem a missão de apoiar o acadêmico na busca de soluções e oportunidades que contribuam para sua permanência na faculdade e conclusão

Leia mais

Art. 18º. Cabe ao Aluno Beneficiado:

Art. 18º. Cabe ao Aluno Beneficiado: SISTEMA DE INCLUSÃO EDUCACIONAL ESTUDE JÁ BRASIL REGULAMENTO I DO SISTEMA Art. 1. - O ESTUDE JÁ BRASIL é um sistema de INCLUSÃO EDUCACIONAL e tem por objetivos: I incentivar o cadastramento de cidadãos

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL UNISC PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PROPPG REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA ENSINO MÉDIO

UNIVERSIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL UNISC PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PROPPG REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA ENSINO MÉDIO UNIVERSIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL UNISC PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PROPPG REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA ENSINO MÉDIO CAPÍTULO I DA NATUREZA DO PROGRAMA Art. 1º O Programa

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE BOLSAS DE ESTUDOS DA FDV CURSO DE GRADUAÇÃO DE DIREITO

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE BOLSAS DE ESTUDOS DA FDV CURSO DE GRADUAÇÃO DE DIREITO REGULAMENTO DO PROGRAMA DE BOLSAS DE ESTUDOS DA FDV CURSO DE GRADUAÇÃO DE DIREITO [Em vigor para os ingressos a partir de 2009/02] Aprovado pelo Conselho Acadêmico em 06 de agosto de 2009 APRESENTAÇÃO

Leia mais

REITORIA DO CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BELO HORIZONTE - UNIBH CENTRO DE EXTENSÃO E PESQUISA - CENEP EDITAL Nº 03/2012

REITORIA DO CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BELO HORIZONTE - UNIBH CENTRO DE EXTENSÃO E PESQUISA - CENEP EDITAL Nº 03/2012 REITORIA DO CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BELO HORIZONTE - UNIBH CENTRO DE EXTENSÃO E PESQUISA - CENEP EDITAL Nº 03/2012 Seleção de bolsistas e voluntários para Projetos de Extensão Universitária O Reitor do

Leia mais

PERGUNTAS MAIS FREQUENTES. Programa Auto Emprego Tecnológico, denominado de PAEtec BOLSA TECNOLÓGICA CIDADÃ 1

PERGUNTAS MAIS FREQUENTES. Programa Auto Emprego Tecnológico, denominado de PAEtec BOLSA TECNOLÓGICA CIDADÃ 1 PERGUNTAS MAIS FREQUENTES Programa Auto Emprego Tecnológico, denominado de PAEtec BOLSA TECNOLÓGICA CIDADÃ 1 01. Como posso solicitar o PAEtec BOLSA TECNOLÓGICA CIDADÃ? R: Alunos matriculados no 3º ano

Leia mais

EDITAL N 034/2014/GAB, de 18 de agosto de 2014

EDITAL N 034/2014/GAB, de 18 de agosto de 2014 EDITAL N 034/2014/GAB, de 18 de agosto de 2014 PROCESSO SELETIVO INTERNO PARA O PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INCENTIVO A QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL (PIQP) DOS SERVIDORES DO IF CATARINENSE - CAMPUS RIO DO SUL

Leia mais

RETIFICAÇÃO EDITAL N.º 01/2015/UNIVSOL SELEÇÃO DE BOLSISTAS PARA O PROJETO DE EXTENSÃO UNIVERSIDADE SOLIDÁRIA - UNIVSOL

RETIFICAÇÃO EDITAL N.º 01/2015/UNIVSOL SELEÇÃO DE BOLSISTAS PARA O PROJETO DE EXTENSÃO UNIVERSIDADE SOLIDÁRIA - UNIVSOL RETIFICAÇÃO EDITAL N.º 01/2015/UNIVSOL SELEÇÃO DE BOLSISTAS PARA O PROJETO DE EXTENSÃO UNIVERSIDADE SOLIDÁRIA - UNIVSOL O Departamento Acadêmico de do campus de Vilhena e o Projeto de Extensão Universidade

Leia mais

NORMAS PARA PROGRAMAS DE CONCESSÃO DE BOLSAS DE FORMAÇÃO, DE PESQUISA E TECNOLÓGICA - FAPEG-I

NORMAS PARA PROGRAMAS DE CONCESSÃO DE BOLSAS DE FORMAÇÃO, DE PESQUISA E TECNOLÓGICA - FAPEG-I RESOLUÇÃO N. 001/2007 ANEXO NORMAS PARA PROGRAMAS DE CONCESSÃO DE BOLSAS DE FORMAÇÃO, DE PESQUISA E TECNOLÓGICA - FAPEG-I 1. Conceituação As normas relativas à concessão de Bolsas de Formação, de Pesquisa

Leia mais

NORMAS DO SISTEMA DE MONITORIA CAPÍTULO I DO CONCEITO

NORMAS DO SISTEMA DE MONITORIA CAPÍTULO I DO CONCEITO NORMAS DO SISTEMA DE MONITORIA CAPÍTULO I DO CONCEITO Art. 1º A monitoria é uma atividade acadêmica, no âmbito da graduação, que pretende oferecer ao aluno experiência de iniciação à docência. 1º A monitoria

Leia mais

Manual de Bolsas e Financiamentos Unimonte

Manual de Bolsas e Financiamentos Unimonte Manual de Bolsas e Financiamentos Unimonte 1. FINANCIAMENTOS 1.1. PRAVALER O Crédito Universitário PRAVALER é um programa privado de financiamento de graduação presencial implantado em parceria com instituições

Leia mais

REGULAMENTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM PUBLICIDADE E PROPAGANDA

REGULAMENTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM PUBLICIDADE E PROPAGANDA REGULAMENTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM PUBLICIDADE E PROPAGANDA CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º O presente regulamento normatiza as atividades do Estágio Supervisionado em Publicidade e Propaganda

Leia mais

COMUNICADO. Assunto: Bolsas de Estudos 2015

COMUNICADO. Assunto: Bolsas de Estudos 2015 COMUNICADO Assunto: Bolsas de Estudos 2015 O Colégio Franciscano Santa Clara informa os critérios para concorrer à bolsa de estudos 2015, aos candidatos que cumprirem com as seguintes condições: 1º Requisitos:

Leia mais

EDITAL Nº 038 DE 13 DE AGOSTO DE 2014

EDITAL Nº 038 DE 13 DE AGOSTO DE 2014 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA COORDENADORIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA, TECNICA E TECNOLÓGICA COLÉGIO TÉCNICO INDUSTRIAL DE SANTA MARIA EDITAL Nº 038 DE 3 DE AGOSTO DE 204 SELEÇÃO

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE BOLSAS DE ESTUDOS DA FACULDADE SÃO VICENTE CAPITULO I DO PROGRAMA

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE BOLSAS DE ESTUDOS DA FACULDADE SÃO VICENTE CAPITULO I DO PROGRAMA FACULDADE SÃO VICENTE Mantenedora: Sociedade Educacional e Assistencial da Paróquia de Pão de Açúcar-Al TEL; FAX 82-3624-1862 E - mail: fasvipa@hotmail.com Portaria Nº 1.766/ 01 /11/2006 REGULAMENTO DO

Leia mais

PROGRAMA DE BOLSAS DE FORMAÇÃO ACADÊMICA MODALIDADE: MESTRADO E DOUTORADO

PROGRAMA DE BOLSAS DE FORMAÇÃO ACADÊMICA MODALIDADE: MESTRADO E DOUTORADO PROGRAMA DE BOLSAS DE FORMAÇÃO ACADÊMICA MODALIDADE: MESTRADO E DOUTORADO EDITAL Nº. 01/2008 O Presidente da Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico FUNCAP, Prof. Tarcísio

Leia mais

PROGRAMA DE BOLSA VIA PREFEITURA MUNICIPAL 0I - APRESENTAÇÃO

PROGRAMA DE BOLSA VIA PREFEITURA MUNICIPAL 0I - APRESENTAÇÃO PROGRAMA DE BOLSA VIA PREFEITURA MUNICIPAL 0I - APRESENTAÇÃO O Programa de Bolsas de Estudos via Prefeitura Municipal, tem por objetivo, informar e orientar alunos de 3º grau, sobre os dispositivos legais

Leia mais

E D I T A L Nº 001/2007 ARTIGO 170

E D I T A L Nº 001/2007 ARTIGO 170 E D I T A L Nº 001/2007 ARTIGO 170 Estabelece normas e critérios do processo seletivo aos alunos regularmente matriculados nesta IES para bolsas de estudo e bolsas de pesquisa, instituída pela lei complementar

Leia mais

PROGRAMAS DA POLÍTICA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL EDITAL Nº

PROGRAMAS DA POLÍTICA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL EDITAL Nº MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PARAÍBA CÂMPUS MONTEIRO PROGRAMAS DA POLÍTICA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL EDITAL

Leia mais

EDITAL Nº 39 DE 25 DE AGOSTO DE 2015 AUXÍLIO MORADIA PARA O SEGUNDO SEMESTRE DE

EDITAL Nº 39 DE 25 DE AGOSTO DE 2015 AUXÍLIO MORADIA PARA O SEGUNDO SEMESTRE DE Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul Campus Erechim EDITAL Nº 39 DE 25 DE AGOSTO DE 2015 AUXÍLIO

Leia mais

MANUAL PROPPG BOLSAS E AUXÍLIOS À PESQUISA DA UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MINAS GERAIS - UEMG

MANUAL PROPPG BOLSAS E AUXÍLIOS À PESQUISA DA UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MINAS GERAIS - UEMG MANUAL PROPPG BOLSAS E AUXÍLIOS À PESQUISA DA UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MINAS GERAIS - UEMG SUMÁRIO 1 APRESENTAÇÃO... 3 2 O MANUAL DE APOIO À PESQUISA DA UEMG... 4 3 OS PROGRAMAS... 4 3.1 Programas Financiados

Leia mais

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO CENTRO UNIVERSITÁRIO MÓDULO EDITAL 2015/2

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO CENTRO UNIVERSITÁRIO MÓDULO EDITAL 2015/2 PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO CENTRO UNIVERSITÁRIO MÓDULO EDITAL 2015/2 Abertura de Processo Seletivo para o Programa de Iniciação Científica do Universitário Módulo A Reitoria do Universitário

Leia mais

FACULDADE ESTÁCIO DE BELÉM ESTÁCIO BELÉM REGULAMENTO DE PESQUISA E INICIAÇÃO CIENTÍFICA BELÉM PARÁ

FACULDADE ESTÁCIO DE BELÉM ESTÁCIO BELÉM REGULAMENTO DE PESQUISA E INICIAÇÃO CIENTÍFICA BELÉM PARÁ FACULDADE ESTÁCIO DE BELÉM ESTÁCIO BELÉM REGULAMENTO DE PESQUISA E INICIAÇÃO CIENTÍFICA BELÉM PARÁ 1 2015 O Programa de Iniciação Científica da Faculdade Estácio de Belém, doravante denominada Estácio

Leia mais

EDITAL Nº 01/2014 ABERTURA DE INSCRIÇÃO PROCESSO DE SELEÇÃO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIÊNTIFICA DO ARTIGO 170 DO GOVERNO ESTADUAL DE SANTA CATARINA

EDITAL Nº 01/2014 ABERTURA DE INSCRIÇÃO PROCESSO DE SELEÇÃO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIÊNTIFICA DO ARTIGO 170 DO GOVERNO ESTADUAL DE SANTA CATARINA EDITAL Nº 01/2014 ABERTURA DE INSCRIÇÃO PROCESSO DE SELEÇÃO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIÊNTIFICA DO ARTIGO 170 DO GOVERNO ESTADUAL DE SANTA CATARINA A Faculdade de Tecnologia Assessoritec FTA, no uso de suas

Leia mais

EDITAL N.º 005/2015 - SE/JF Processo para participação no Fundo de Apoio à Pesquisa na Educação Básica FAPEB

EDITAL N.º 005/2015 - SE/JF Processo para participação no Fundo de Apoio à Pesquisa na Educação Básica FAPEB EDITAL N.º 005/2015 - SE/JF Processo para participação no Fundo de Apoio à Pesquisa na Educação Básica FAPEB O Secretário de Educação de Juiz de Fora, no uso de suas atribuições e nos termos da Lei n.º

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO PADRE ANCHIETA - UNIANCHIETA PROGRAMA BOLSAS IBERO-AMERICANAS SANTANDER UNIVERSIDADES DIR_GRAD 004/2015

CENTRO UNIVERSITÁRIO PADRE ANCHIETA - UNIANCHIETA PROGRAMA BOLSAS IBERO-AMERICANAS SANTANDER UNIVERSIDADES DIR_GRAD 004/2015 CENTRO UNIVERSITÁRIO PADRE ANCHIETA - UNIANCHIETA PROGRAMA BOLSAS IBERO-AMERICANAS SANTANDER UNIVERSIDADES DIR_GRAD 004/2015 O CENTRO UNIVERSITÁRIO PADRE ANCHIETA, por intermédio da Diretoria Acadêmica

Leia mais

REGULAMENTO PARA CONCESSÃO, RENOVAÇÃO, EXTENSÃO E CANCELAMENTO DE BOLSAS/TAXAS PARA OS PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU

REGULAMENTO PARA CONCESSÃO, RENOVAÇÃO, EXTENSÃO E CANCELAMENTO DE BOLSAS/TAXAS PARA OS PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU REGULAMENTO PARA CONCESSÃO, RENOVAÇÃO, EXTENSÃO E CANCELAMENTO DE BOLSAS/TAXAS PARA OS PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU (Em conformidade com a Portaria CAPES n. 181, de 18 de dezembro de 2012 e

Leia mais

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PIBID/UNIFEI

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PIBID/UNIFEI PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PIBID/UNIFEI PROCESSO SELETIVO DE BOLSISTAS DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA CRITÉRIOS E NORMAS A Coordenadora Institucional do Programa Institucional de

Leia mais

E D I T A L Nº 001/2007 ARTIGO 170

E D I T A L Nº 001/2007 ARTIGO 170 E D I T A L Nº 001/2007 ARTIGO 170 Estabelece normas e critérios do processo seletivo aos alunos regularmente matriculados nesta IES para bolsas de estudo e bolsas de pesquisa, instituída pela lei complementar

Leia mais

EDITAL FEMC N 01/2012

EDITAL FEMC N 01/2012 EDITAL FEMC N 01/2012 REGULAMENTA O PROCESSO DE CONCESSÃO DE BOLSA DE ESTUDO PARA AS UNIDADES DE ENSINO DA FUNDAÇÃO EDUCACIONAL MONTES CLAROS O Presidente do Conselho de Administração da Fundação Educacional

Leia mais

EDITAL Nº 001/2015 PROCESSO SELETIVO PARA BOLSA DE MONITORIA - UNIFEMM

EDITAL Nº 001/2015 PROCESSO SELETIVO PARA BOLSA DE MONITORIA - UNIFEMM EDITAL Nº 001/2015 PROCESSO SELETIVO PARA BOLSA DE MONITORIA - UNIFEMM Artigo Primeiro - O Centro Universitário de Sete Lagoas - UNIFEMM, informa que no período de 26 a 29/10/2015, de 09 às 18.00 horas,

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE BELÉM DO SÃO FRANCISCO GABINETE DO PREFEITO

PREFEITURA MUNICIPAL DE BELÉM DO SÃO FRANCISCO GABINETE DO PREFEITO ANEXO II DECRETO MUNICIPAL N. 011, DE 15 DE MARÇO DE 2012 Regulamenta a Lei Municipal Nº. 436/2009, que dispõe sobre a concessão de Bolsas de Estudo pelo Poder Executivo Municipal e dá outras providencias.

Leia mais

BOLSAS DE EXTENSÃO PARA PROJETOS NA ÁREA DA SAÚDE

BOLSAS DE EXTENSÃO PARA PROJETOS NA ÁREA DA SAÚDE BOLSAS DE EXTENSÃO PARA PROJETOS NA ÁREA DA SAÚDE Edital Nº 003/2013 Em consonância com a Resolução Normativa 03/CUn/09 de 8 de dezembro de 2009 e com a Resolução Normativa N.º 09/CUn/10, de 7 de dezembro

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BRUSQUE UNIFEBE PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO, PESQUISA E EXTENSÃO PROPPEX EDITAL PROPPEX N 13/2015

CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BRUSQUE UNIFEBE PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO, PESQUISA E EXTENSÃO PROPPEX EDITAL PROPPEX N 13/2015 CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BRUSQUE UNIFEBE PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO, PESQUISA E EXTENSÃO PROPPEX EDITAL PROPPEX N 13/2015 ESTABELECE CRITÉRIOS DE SELEÇÃO ÀS VAGAS PARA O CURSO DE EXTENSÃO DE DESENVOLVIMENTO

Leia mais

REUNIÃO TÉCNICA SOBRE PRESTAÇÃO DE CONTAS DOS CONVÊNIOS RELATIVOS AO PROGRAMA DE BOLSAS UNIVERSITÁRIAS DE SANTA CATARINA UNIEDU

REUNIÃO TÉCNICA SOBRE PRESTAÇÃO DE CONTAS DOS CONVÊNIOS RELATIVOS AO PROGRAMA DE BOLSAS UNIVERSITÁRIAS DE SANTA CATARINA UNIEDU REUNIÃO TÉCNICA SOBRE PRESTAÇÃO DE CONTAS DOS CONVÊNIOS RELATIVOS AO PROGRAMA DE BOLSAS UNIVERSITÁRIAS DE SANTA CATARINA UNIEDU DIES/Junho/2015 Em razão das definições para repasses relativos aos convênios

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA 2015

CHAMADA PÚBLICA 2015 EDITAL N º 13 /PRPPGI/2015 CHAMADA PÚBLICA 2015 PROGRAMA DE APOIO AO DESENVOLVIMENTO DE PROJETOS COM FINALIDADE DIDÁTICO- PEDAGÓGICA EM CURSOS REGULARES NO EXECUÇÃO: MAIO A NOVEMBRO DE 2015. A Reitora

Leia mais

REGULAMENTO BOLSA ESTÁGIO FACULDADES FUTURÃO

REGULAMENTO BOLSA ESTÁGIO FACULDADES FUTURÃO REGULAMENTO BOLSA ESTÁGIO FACULDADES FUTURÃO A Diretora Geral da Faculdades Futurão, mantida por CENTEFF Centro Técnico e Faculdades Futurão, faz saber aos interessados que a IES oferece Bolsa de Estágio

Leia mais

Edital de Seleção de Bolsistas para o Projeto Vale do Jequitinhonha 2012. Edital de 07 outubro de 2011.

Edital de Seleção de Bolsistas para o Projeto Vale do Jequitinhonha 2012. Edital de 07 outubro de 2011. Edital de Seleção de Bolsistas para o Projeto Vale do Jequitinhonha 2012. Edital de 07 outubro de 2011. ADVJ Associação de Desenvolvimento do Vale do Jequitinhonha - abre edital para seleção de bolsistas

Leia mais

DECISÃO Nº 193/2011 D E C I D E

DECISÃO Nº 193/2011 D E C I D E CONSUN Conselho Universitário DECISÃO Nº 193/2011 O CONSELHO UNIVERSITÁRIO, em sessão de 08/04/2011, tendo em vista o constante no processo nº 23078.032500/10-21, de acordo com o Parecer nº 022/2011 da

Leia mais

FACULDADE DE EDUCAÇÃO FÍSICA DA ASSOCIAÇÃO CRISTÃ DE MOÇOS DE SOROCABA GRUPO DE PESQUISAS - FEFISO REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA

FACULDADE DE EDUCAÇÃO FÍSICA DA ASSOCIAÇÃO CRISTÃ DE MOÇOS DE SOROCABA GRUPO DE PESQUISAS - FEFISO REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA FACULDADE DE EDUCAÇÃO FÍSICA DA ASSOCIAÇÃO CRISTÃ DE MOÇOS DE SOROCABA GRUPO DE PESQUISAS - FEFISO REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA O Programa de Iniciação Científica da FEFISO destina-se

Leia mais

Edital de Processo Seletivo para Concessão de Bolsas de Estudo Educação Infantil e Ensino Fundamental (1º ao 5º ano)

Edital de Processo Seletivo para Concessão de Bolsas de Estudo Educação Infantil e Ensino Fundamental (1º ao 5º ano) ENTIDADE EDUCACIONAL E FILANTRÓPICA Pioneira na Educação em Período Integral CNPJ: 84.697.341/0001-58 Joinville/SC Rua São Paulo, 1000/ Bucarein CEP 89 202-200 Fone/Fax: (47)3455-3457 / 3455-3132 / 3029-3132

Leia mais

POLÍTICA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL DO IFBA PROGRAMA DE ASSITÊNCIA E APOIO AOS ESTUDANTES EDITAL Nº 001/2015

POLÍTICA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL DO IFBA PROGRAMA DE ASSITÊNCIA E APOIO AOS ESTUDANTES EDITAL Nº 001/2015 POLÍTICA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL DO IFBA PROGRAMA DE ASSITÊNCIA E APOIO AOS ESTUDANTES EDITAL Nº 001/2015 1. ABERTURA O Diretor Geral do IFBA Campus Jacobina, no uso de suas atribuições, faz saber que,

Leia mais

MANUAL BOLSISTA. Núcleo de Atenção Solidária NAS

MANUAL BOLSISTA. Núcleo de Atenção Solidária NAS MANUAL DO BOLSISTA Núcleo de Atenção Solidária NAS Sumário 1 - Bolsa de Estudo... 2 2 - Tipos de Bolsas de Estudo... 2 - ProUni... 2 Eventuais Programas de Bolsas de Estudo:... 2 - Vestibular Social....

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA 2014

CHAMADA PÚBLICA 2014 EDITAL N º 34/PROPPI/2014 CÂMPUS URUPEMA CHAMADA PÚBLICA 2014 PROGRAMA DE APOIO AO DESENVOLVIMENTO DE PROJETOS TÉCNICOS COM FINALIDADE DIDÁTICO-PEDAGÓGICA EM CURSOS REGULARES NO CÂMPUS URUPEMA EXECUÇÃO:

Leia mais

EDITAL PROAE/UFGD Nº 70, DE 09 DE OUTUBRO DE 2013 SOLICITAÇÃO PARA PARTICIPAR DO PROGRAMA APOIO À MOBILIDADE ACADÊMICA INTERNACIONAL

EDITAL PROAE/UFGD Nº 70, DE 09 DE OUTUBRO DE 2013 SOLICITAÇÃO PARA PARTICIPAR DO PROGRAMA APOIO À MOBILIDADE ACADÊMICA INTERNACIONAL EDITAL PROAE/UFGD Nº 70, DE 09 DE OUTUBRO DE 2013 SOLICITAÇÃO PARA PARTICIPAR DO PROGRAMA APOIO À MOBILIDADE ACADÊMICA INTERNACIONAL O PRÓ-REITOR DE ASSUNTOS COMUNITÁRIOS E ESTUDANTIS DA FUNDAÇÃO (em exercício),

Leia mais

Edital 011 VV - 2015 Programa de Iniciação Científica - PIC Faculdade Estácio Vila Velha

Edital 011 VV - 2015 Programa de Iniciação Científica - PIC Faculdade Estácio Vila Velha Edital 011 VV - 2015 Programa de Iniciação Científica - PIC Faculdade Estácio Vila Velha Artigo 1º - O Programa de Iniciação Científica - PIC tem por finalidade despertar o interesse e incentivar vocações

Leia mais

Faculdade Maurício de Nassau

Faculdade Maurício de Nassau Faculdade Maurício de Nassau EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015.1 A Direção da Faculdade Maurício de Nassau de Manaus no uso de suas atribuições e com base nas disposições regimentais, no Dec. 99.490/90,

Leia mais

Clipping de Notícias Educacionais. Fontes: Agência Brasil, MEC, O Globo e UOL. Inscrições no Prouni do 2º semestre estão abertas

Clipping de Notícias Educacionais. Fontes: Agência Brasil, MEC, O Globo e UOL. Inscrições no Prouni do 2º semestre estão abertas Clipping 28/06/2012 SEMERJ www.semerj.org.br semerj@semerj.org.br Caso sua instituição ainda não seja associada ao SEMERJ, visite nosso site e descubra as vantagens em associar-se ao Sindicato das Entidades

Leia mais

PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO EDITAL DO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO TECNOLÓGICA INOVATEC/UERGS 2012

PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO EDITAL DO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO TECNOLÓGICA INOVATEC/UERGS 2012 PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO EDITAL DO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO TECNOLÓGICA INOVATEC/UERGS 2012 EDITAL PROPPG 011/2011 O Reitor da UNIVERSIDADE ESTADUAL DO RIO GRANDE DO

Leia mais

EDITAL Nº 01/2009-DPPG

EDITAL Nº 01/2009-DPPG EDITAL Nº 01/2009-DPPG A Diretoria de Pesquisa, Pós-Graduação e Extensão do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás, no uso de suas atribuições, torna público que estão abertas as

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS. EDITAL 93/2010 de 31 de agosto de 2010

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS. EDITAL 93/2010 de 31 de agosto de 2010 1. OBJETIVOS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS EDITAL 93/2010 de 31 de agosto de 2010 A Diretora de Graduação do Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO PADRE ANCHIETA - UNIANCHIETA PROGRAMA BOLSAS IBERO-AMERICANAS - SANTANDER UNIVERSIDADES

CENTRO UNIVERSITÁRIO PADRE ANCHIETA - UNIANCHIETA PROGRAMA BOLSAS IBERO-AMERICANAS - SANTANDER UNIVERSIDADES CENTRO UNIVERSITÁRIO PADRE ANCHIETA - UNIANCHIETA PROGRAMA BOLSAS IBERO-AMERICANAS - SANTANDER UNIVERSIDADES EDITAL Nº 003/2014 O CENTRO UNIVERSITÁRIO PADRE ANCHIETA, por intermediário da Diretoria de

Leia mais

EXTRATO DO EDITAL Nº 105/2012-UEPA

EXTRATO DO EDITAL Nº 105/2012-UEPA EXTRATO DO EDITAL Nº 105/2012-UEPA PROCESSO SELETIVO DE IDIOMA À DISTÂNCIA. A Universidade do Estado do Pará, em parceria com o Banco Santander-Brasil S/A, comunica aos Docentes, Discentes e Técnico-Administrativos

Leia mais

FACULDADE METROPOLITANA DE CAMAÇARI FAMEC

FACULDADE METROPOLITANA DE CAMAÇARI FAMEC REGULAMENTO DO PROGRAMA DE BOLSAS DE ESTUDO FACULDADE METROPOLITANA DE CAMAÇARI FAMEC SUMÁRIO CAPÍTULO I... 1 DO PROGRAMA DE BOLSAS... 1 CAPÍTULO II... 1 DOS OBJETIVOS DO PROGRAMA... 1 CAPÍTULO III...

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 7, DE 6 DE FEVEREIRO DE 2015.

RESOLUÇÃO Nº 7, DE 6 DE FEVEREIRO DE 2015. RESOLUÇÃO Nº 7, DE 6 DE FEVEREIRO DE 2015. O PRESIDENTE DO CONSELHO UNIVERSITÁRIO da Fundação Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, no uso de suas atribuições legais, considerando a Resolução nº

Leia mais

ALIANÇA TERESINA - MAURICIO DE NASSAU

ALIANÇA TERESINA - MAURICIO DE NASSAU ALIANÇA TERESINA - MAURICIO DE NASSAU EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015.1 A direção da Faculdade Aliança / Faculdade Maurício de Nassau no uso de suas atribuições e com base nas disposições regimentais,

Leia mais

Serviço Público Federal. Pró-Reitoria de Pós-Graduação (PROPG) da UFRGS

Serviço Público Federal. Pró-Reitoria de Pós-Graduação (PROPG) da UFRGS Pró-Reitoria de Pós-Graduação (PROPG) da UFRGS EDITAL 001/2012: Missão científica de curta duração no exterior para estudantes dos Programas de Pós-Graduação da UFRGS PROGRAMA DE ESTÍMULO À INSERÇÃO INTERNACIONAL

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 041 CONSUPER/2013

RESOLUÇÃO Nº 041 CONSUPER/2013 RESOLUÇÃO Nº 041 CONSUPER/2013 Dispõe sobre os procedimentos a serem adotados no Programa Institucional de Incentivo a Qualificação/Stricto Sensu, em nível de Mestrado e Doutorado dos Servidores do Instituto

Leia mais

Clipping de Notícias Educacionais. MEC divulga resultado da segunda chamada do Prouni

Clipping de Notícias Educacionais. MEC divulga resultado da segunda chamada do Prouni Clipping 20/07/2012 SEMERJ www.semerj.org.br semerj@semerj.org.br Caso sua instituição ainda não seja associada ao SEMERJ, visite nosso site e descubra as vantagens em associar-se ao Sindicato das Entidades

Leia mais

EDITAL ESPECIAL DE APOIO À REALIZAÇÃO DE PROJETOS TEMÁTICOS DE EXTENSÃO

EDITAL ESPECIAL DE APOIO À REALIZAÇÃO DE PROJETOS TEMÁTICOS DE EXTENSÃO EDITAL ESPECIAL DE APOIO À REALIZAÇÃO DE PROJETOS TEMÁTICOS DE EXTENSÃO JUSTIFICATIVA As atividades de extensão têm assumido no cenário universitário recente um papel fundamental para construção de novas

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO DIREITO PENAL 1º Semestre de 2016

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO DIREITO PENAL 1º Semestre de 2016 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO DIREITO PENAL 1º Semestre de 2016 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as normas para inscrição e matrícula

Leia mais

Fies - (Fundo de Financiamento Estudantil)

Fies - (Fundo de Financiamento Estudantil) Fies - (Fundo de Financiamento Estudantil) 1 - O QUE É É um programa do Ministério da Educação destinado a financiar a graduação na educação superior de estudantes matriculados em instituições não gratuitas.

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE SANTA CATARINA PRÓ-REITORIA DE ENSINO DIRETORIA DE ASSUNTOS ESTUDANTIS

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE SANTA CATARINA PRÓ-REITORIA DE ENSINO DIRETORIA DE ASSUNTOS ESTUDANTIS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE SANTA CATARINA Edital para a Participação em Eventos/Assistência Estudantil Nº 003/2015 A REITORA DO INSTITUTO FEDERAL DE SANTA CATARINA torna pública a abertura

Leia mais

EDITAL 05/2015 PROPESP/FADESP PROGRAMA DE APOIO À COOPERAÇÃO INTERINSTITUCIONAL PACI SUBPROGRAMA COOPERAÇÃO INTERNACIONAL

EDITAL 05/2015 PROPESP/FADESP PROGRAMA DE APOIO À COOPERAÇÃO INTERINSTITUCIONAL PACI SUBPROGRAMA COOPERAÇÃO INTERNACIONAL EDITAL 05/2015 PROPESP/FADESP PROGRAMA DE APOIO À COOPERAÇÃO INTERINSTITUCIONAL PACI SUBPROGRAMA COOPERAÇÃO INTERNACIONAL A Pró- Reitoria de Pesquisa e Pós- Graduação (PROPESP) e a Fundação de Amparo e

Leia mais

FACULDADE CASTANHAL-FCAT COORDENAÇÃO DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA REGULAMENTO DAS ATIVIDADES DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA FCAT

FACULDADE CASTANHAL-FCAT COORDENAÇÃO DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA REGULAMENTO DAS ATIVIDADES DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA FCAT 1 FACULDADE CASTANHAL-FCAT COORDENAÇÃO DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA REGULAMENTO DAS ATIVIDADES DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA FCAT Dispõe sobre a estruturação e operacionalização do Programa de Iniciação Científica

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL UNISC CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL REGULAMENTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM PUBLICIDADE E PROPAGANDA

UNIVERSIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL UNISC CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL REGULAMENTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM PUBLICIDADE E PROPAGANDA UNIVERSIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL UNISC CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL REGULAMENTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM PUBLICIDADE E PROPAGANDA CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º O presente regulamento

Leia mais

INFORME DO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS

INFORME DO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS INFORME DO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS FACULDADE INDEPENDENTE DO NORDESTE A Direção Geral da Faculdade Independente do Nordeste, com vistas à chamada para seleção de alunos para o Programa Ciência

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL SECRETARIA DA CIÊNCIA, INOVAÇÃO E DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO PROGRAMA UNIVERSIDADE PARA TODOS NO RIO GRANDE DO SUL PROUNI RS RESOLUÇÃO DO CONSELHO GESTOR DO PROUNI/RS Nº 03/2012

Leia mais

SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO ESCOLAR

SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO ESCOLAR PORTARIA Nº 117/2012 ESTABELECE ORIENTAÇÕES À REALIZAÇÃO DE ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO, INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID E SERVIÇO VOLUNTÁRIO NO ÂMBITO DA SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO E UNIDADES EDUCATIVAS

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE, UNICENTRO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS. Graduação Sanduíche no Exterior/CNPq (SWG)

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE, UNICENTRO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS. Graduação Sanduíche no Exterior/CNPq (SWG) Edital N o 01 SWG/UNICENTRO/CNPq A Universidade Estadual do Centro-Oeste, por meio da Coordenação Institucional do Programa Ciência sem Fronteiras, com base no Termo de Concessão 800773/2011-0 do Programa

Leia mais

EDITAL 001/2015 RENOVAÇÃO E CONCESSÃO DE BOLSA DE ESTUDO PARA O ANO LETIVO DE 2016 ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL

EDITAL 001/2015 RENOVAÇÃO E CONCESSÃO DE BOLSA DE ESTUDO PARA O ANO LETIVO DE 2016 ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL EDITAL 001/2015 RENOVAÇÃO E CONCESSÃO DE BOLSA DE ESTUDO PARA O ANO LETIVO DE 2016 ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL O - CSCJ, CNPJ 00 060 046/0005-20 situado à Rua Joaquim Pereira, 656 Centro - na cidade de Porto

Leia mais

EDITAL Nº 001 / 2014

EDITAL Nº 001 / 2014 1 EDITAL Nº 001 / 2014 O CONSELHO DELIBERATIVO DO IDEAU, no uso de suas atribuições estatutárias e regimentais, resolve tornar público os critérios de inscrição e seleção para obtenção de bolsa estudantil

Leia mais

DECRETO Nº, de de de 2010.

DECRETO Nº, de de de 2010. DECRETO Nº, de de de 2010. Regulamenta a concessão de bolsas de estudo para estudantes carentes, prevista no Art. 4º da Lei Complementar nº 633/09 de 29 de dezembro de 2009, que altera o art. 21 da Lei

Leia mais

MANUAL DO BOLSISTA FILANTROPICO

MANUAL DO BOLSISTA FILANTROPICO MANUAL DO BOLSISTA FILANTROPICO O programa de bolsas de estudos é voltado para alunos em situação de carência econômica conforme legislação vigente. É um benefício concedido na forma de desconto parcial

Leia mais

EDITAL N.º 01/2015 - CONSEPE

EDITAL N.º 01/2015 - CONSEPE EDITAL N.º 01/2015 - CONSEPE A Direção da Faculdade Herrero torna públicos os procedimentos e normas para inscrição e seleção de Projetos de Iniciação Científica 2015/16. Este Edital está em conformidade

Leia mais

REGULAMENTO DE MONITORIA

REGULAMENTO DE MONITORIA INSTITUTO EDUCACIONAL DO ESTADO DE SÃO PAULO CNPJ: 63.083.869/0001-67 FACULDADE DE TAQUARITINGA REGULAMENTO DE MONITORIA 2015 REGULAMENTO DA FUNÇÃO DE MONITORIA A função de Monitor está previsto no artigo

Leia mais

PROCESSO SELETIVO DE PROVAS E TÍTULOS PARA CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA DE DOCENTES PARA O ENSINO SUPERIOR

PROCESSO SELETIVO DE PROVAS E TÍTULOS PARA CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA DE DOCENTES PARA O ENSINO SUPERIOR PROCESSO SELETIVO DE PROVAS E TÍTULOS PARA CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA DE DOCENTES PARA O ENSINO SUPERIOR EDITAL Nº 001/2015 A Faculdade do Vale do Araranguá, pessoa jurídica de direito privado, no uso de suas

Leia mais

2.1 O PROME Internacional é destinado a estudantes de graduação da UDESC que preencham aos seguintes requisitos:

2.1 O PROME Internacional é destinado a estudantes de graduação da UDESC que preencham aos seguintes requisitos: EDITAL PROME INTERNACIONAL Nº 02/2014 O Reitor da Universidade do Estado de Santa Catarina UDESC, com base na Resolução nº 52/2014 - CONSUNI e objetivando a CHAMADA 02/2014 do Programa de Mobilidade Estudantil

Leia mais

REGULAMENTO DE BOLSAS DE ESTUDOS. Faculdade de Direito de Alta Floresta FADAF

REGULAMENTO DE BOLSAS DE ESTUDOS. Faculdade de Direito de Alta Floresta FADAF REGULAMENTO DE BOLSAS DE ESTUDOS Faculdade de Direito de Alta Floresta FADAF 2011 SUMÁRIO CAPÍTULO I... 3 DO PROGRAMA DE BOLSAS... 3 CAPÍTULO II... 3 DOS OBJETIVOS DO PROGRAMA... 3 CAPÍTULO III... 3 DAS

Leia mais

Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul

Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul EDITAL Nº 031/2015 PROCESSO CLASSIFICATÓRIO DE AFASTAMENTO DE SERVIDORES TÉCNICO-ADMINISTRATIVOS EM EDUCAÇÃO DA UNIDADE ORGANIZACIONAL CAMPUS BENTO GONÇALVES DO IFRS O Diretor-Geral da Unidade Organizacional

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Economia

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Economia EDITAL PARA O PROCESSO SELETIVO 2º/2015 Coordenador: Prof. Dr. Antônio Corrêa de Lacerda Vice-Coordenadora: Profa. Dra. Regina Maria d Aquino Fonseca Gadelha Estarão abertas, no período de 01/04/2015 a

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DOCENTE PARA O PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA CIENTÍFICA (PIBID/FAI) EDITAL N O.

EDITAL DE SELEÇÃO DOCENTE PARA O PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA CIENTÍFICA (PIBID/FAI) EDITAL N O. EDITAL DE SELEÇÃO DOCENTE PARA O PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA CIENTÍFICA (PIBID/FAI) EDITAL N O. 004/15 1. APRESENTAÇÃO A Direção-Geral das FACULDADES ADAMANTINENSES INTEGRADAS

Leia mais

DIRETORIA EDUCACIONAL COORDENAÇÃO DE PESQUISA E EXTENSÃO. EDITAL Nº 06 de 12 de maio de 2015

DIRETORIA EDUCACIONAL COORDENAÇÃO DE PESQUISA E EXTENSÃO. EDITAL Nº 06 de 12 de maio de 2015 DIRETORIA EDUCACIONAL COORDENAÇÃO DE PESQUISA E EXTENSÃO EDITAL Nº 06 de 12 de maio de 2015 PROCESSO SELETIVO INTERNO SIMPLIFICADO PARA SELEÇÃO DE BOLSISTAS DE EXTENSÃO DO INSTITUTO FEDERAL FLUMINENSE

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA EDITAL Nº 01/2012

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA EDITAL Nº 01/2012 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA EDITAL Nº 01/2012 Edital de Seleção de Bolsistas de Extensão para o Projeto de Extensão "Ações de extensão para a inclusão digital da juventude

Leia mais

Lourisvaldo Valentim da Silva Presidente do CONSU

Lourisvaldo Valentim da Silva Presidente do CONSU RESOLUÇÃO Nº 928/2012 - Aprova o Regulamento do Programa de Bolsas de Extensão (PROBEX). Pró-Reitoria de Extensão (PROEX). O CONSELHO UNIVERSITÁRIO (CONSU) da Universidade do Estado da Bahia (UNEB), no

Leia mais

SELEÇÃO DE ALUNOS PARA O PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS - GRADUAÇÃO SANDUÍCHE EDITAL INTERNO NAE-FIPA Nº. 01/2014

SELEÇÃO DE ALUNOS PARA O PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS - GRADUAÇÃO SANDUÍCHE EDITAL INTERNO NAE-FIPA Nº. 01/2014 SELEÇÃO DE ALUNOS PARA O PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS - GRADUAÇÃO SANDUÍCHE EDITAL INTERNO NAE-FIPA Nº. 01/2014 A Coordenadora Institucional das FIPA para o Programa Ciências sem Fronteiras CsF), no

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO PROGRAMA UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL/UAB UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA SELEÇÃO DE TUTOR PRESENCIAL EDITAL N.

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO PROGRAMA UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL/UAB UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA SELEÇÃO DE TUTOR PRESENCIAL EDITAL N. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO PROGRAMA UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL/UAB UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA SELEÇÃO DE TUTOR PRESENCIAL EDITAL N. 26/2011 Inscrição para tutoria presencial do Curso de Licenciatura

Leia mais

EDITAL Nº 05/2007 PRODOCÊNCIA

EDITAL Nº 05/2007 PRODOCÊNCIA EDITAL Nº 05/2007 PRODOCÊNCIA PROGRAMA DE CONSOLIDAÇÃO DAS LICENCIATURAS MEC/SESu/DEPEM 1 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO MEC SECRETARIA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR - SESu EDITAL Nº 05/2007 Brasília, 20 junho de 2007

Leia mais

INSTITUTO DE EDUCAÇÃO CONTINUADA CENTRO UNIVERSITARIO UNA EDITAL Nº 02/2015. Seleção de Bolsistas para a Una Idiomas

INSTITUTO DE EDUCAÇÃO CONTINUADA CENTRO UNIVERSITARIO UNA EDITAL Nº 02/2015. Seleção de Bolsistas para a Una Idiomas INSTITUTO DE EDUCAÇÃO CONTINUADA CENTRO UNIVERSITARIO UNA EDITAL Nº 02/2015 Seleção de Bolsistas para a Una Idiomas A Vice-Reitora do Centro Universitário Una, Carolina Marra Simões Coelho, no uso de suas

Leia mais

EDITAL PROCESSO SELETIVO DE BOLSA DE ESTUDO 2014

EDITAL PROCESSO SELETIVO DE BOLSA DE ESTUDO 2014 Bolsa de Estudos O Colégio Passionista São Paulo da Cruz oferece Bolsas de Estudos para seus educandos em todos os níveis de escolaridade, da Educação Infantil ao Ensino Médio. As Bolsas são integrais

Leia mais

REITORIA DO CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BELO HORIZONTE (UNIBH) DIRETORIA DE EDUCAÇÃO CONTINUADA E PESQUISA EDITAL Nº 03/2013

REITORIA DO CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BELO HORIZONTE (UNIBH) DIRETORIA DE EDUCAÇÃO CONTINUADA E PESQUISA EDITAL Nº 03/2013 REITORIA DO CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BELO HORIZONTE (UNIBH) DIRETORIA DE EDUCAÇÃO CONTINUADA E PESQUISA EDITAL Nº 03/2013 Seleção de Bolsistas para o programa de Extensão Escola de Idiomas UniBH O Reitor

Leia mais