Atualização de Profissionais de Tecnologia da Informação: Educação Continuada e Novos Métodos

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Atualização de Profissionais de Tecnologia da Informação: Educação Continuada e Novos Métodos"

Transcrição

1 Atualização de Profissionais de Tecnologia da Informação: Educação Continuada e Novos Métodos Patrícia Lima Quintão Mestranda em Engenharia de Sistemas e Computação - COPPE/UFRJ Analista de Suporte - MetroRED Telecomunicações Ltda Lidia Micaela Segre Profª Adjunta e Coordenadora da Linha de Pesquisa Informática e Sociedade do Programa de Engenharia de Sistemas e Computação da COPPE / UFRJ. Clevi Rapkiewicz Profª do Departamento de Engenharia de Produção da UENF Resumo: Neste artigo procuramos expor os principais métodos de atualização dos profissionais atuantes na área de Tecnologia da Informação, a partir de uma pesquisa realizada no ano 2000 com 150 profissionais desta área. Em seguida, destacamos a evolução dos treinamentos dos fabricantes e uma análise dos programas de certificações. Posteriormente, apresentamos um levantamento de dados relativos ao que o mercado de trabalho considera mais importante hoje, contrapondo a formação acadêmica com as certificações. Aspectos referentes às empresas que empregam profissionais certificados e validade das certificações também são analisados. Assim, estaremos verificando que a formação acadêmica proporciona uma base formal e deve vir em primeiro plano. As certificações seriam um complemento a esta formação, para aprofundamento nas tecnologias de ponta em uso nas corporações. Palavras-chave: atualização profissional, mercado de trabalho, formação acadêmica. Abstract: In this paper we present the main methods to update the professionals from the Information Technology area, with a research carried on the year 2000 with 150 professionals. After that, we detach the evolution of the manufacturers training and an analysis of the certifications programs. Later, we present a relative data-collecting about what the market considers more important today, opposing the academic formation to the certifications. Aspects referring to the companies who employ certified professionals and certification s validity are analyzed. Thus, we will verify that the academic formation provides a formal basis and must come in the first plan. The certifications would be a complement to this formation, for deepening into the technologies in use in the corporations. Keywords: update professional, labour market, academic formation.

2 Introdução O processo de globalização econômica tem impacto direto na formação profissional dos indivíduos. Novas exigências de competências se fazem necessárias no atual quadro de busca de aumento de produtividade e flexibilidade em um mercado cada vez mais competitivo. Há que se perguntar, assim, quais as formas de atualização utilizadas pelos profissionais da área de Tecnologia da Informação (TI)? Que instituições são responsáveis por ministrar treinamentos? Há espaço para as universidades também atuarem nesta área? A elucidação dos conceitos e idéias centrais que dinamizam o tema serão detectados com maior precisão e analisados no decorrer do trabalho, mediados por dados provenientes de entrevistas, levantamentos bibliográficos e da pesquisa exploratória realizada no ano 2000, com 150 profissionais (técnicos, analistas, gerentes, professores) atuantes na área de TI. Segundo Lemos (1999:129) as altas taxas de inovações e mudanças recentes implicam, assim, uma forte demanda por capacitação para responder às necessidades e oportunidades que se abrem. Exigem, por sua vez, novos e cada vez maiores investimentos em pesquisa, desenvolvimento, educação e treinamento. Argumenta-se, dessa forma, que os instrumentos disponibilizados pelo desenvolvimento das TICs [Tecnologias de Informação e Comunicação] equipamentos, programas e redes eletrônicas de comunicação mundial podem ser inúteis se não existir uma base capacitada para utilizá-los, acessar as informações disponíveis e transformá-las em conhecimento e inovação. Os profissionais de TI, que necessitam de busca permanente do aprendizado e do aperfeiçoamento profissional, formarão a parcela importante do mercado de trabalho dos próximos anos. A atualização dos mesmos torna-se assim fundamental. Neste artigo procuramos destacar os principais métodos de atualização profissional, mencionados na pesquisa realizada, com foco nos treinamentos de fornecedores oficiais e certificações disponibilizadas aos profissionais que atuam na área de TI, analisando seus benefícios e riscos. Em seguida, buscamos contrapor a formação acadêmica dos profissionais de TI com os programas de certificação ofertados por fabricantes, além de consolidar as conclusões colhidas ao longo do trabalho. Os Métodos de Atualização De acordo com a pesquisa exploratória realizada, são vários os métodos de atualização utilizados pelos profissionais e a escolha do mais adequado vai depender do tipo da sua formação acadêmica, experiência de mercado e necessidades pessoais. As principais formas de atualização são: 1. Cursos seqüenciais: Criados para formar rapidamente profissionais em determinado campo do saber. Segundo o MEC (2001) estes cursos não devem ser considerados uma abreviação da graduação, mas uma alternativa de formação superior, para quem não deseja ou não necessita de um curso de graduação plena. 2. Cursos de pós-graduação: Cursos destinados a jovens e adultos que tenham concluído o curso superior. Podem ser: pós-graduação stricto sensu e lato sensu. 3. Auto-aprendizado: Neste método o profissional aprende utilizando-se de kits de auto-treinamento, livros, revistas, artigos, materiais em CD-ROM, dentre outros

3 recursos de aprendizagem por conta própria. 4. Troca de experiências/conhecimentos com profissionais da área: O profissional aprende participando de seminários, congressos, workshops, reuniões, como palestrante e/ou ouvinte. Este ambiente é muito propício para a troca de conhecimentos e experiências com os diversos profissionais envolvidos. 5. Treinamento à distância: Neste método, o profissional utiliza diferentes mídias como, por exemplo, sistemas de correio, TV e Web para troca de informações entre alunos e professores. O desenvolvimento das TIs e a sofisticação dos métodos de comunicação agregam recursos à modalidade de ensino a distância, tornando mais fácil a difusão do conhecimento antes centralizado em poucos locais. 6. Treinamentos ministrados pelas próprias empresas onde as pessoas trabalham: As empresas, hoje, não têm interesse de arcar com todas as necessidades de capacitação de seus profissionais, mas, por outro lado, não podem deixar esta responsabilidade toda por conta deles. A capacitação de seus funcionários é essencial em um cenário de rápidas transformações tecnológicas. Para tal, ministram alguns treinamentos internamente e terceirizam outros, de acordo com a especificidade do mesmo. Ainda, algumas empresas de maior porte (por exemplo, o Serpro) já sinalizam o interesse de criar suas próprias universidades corporativas para treinamento de seus funcionários, caracterizando-se também como um novo nicho de negócios. 7. Treinamentos ministrados por instituições/empresas que oferecem cursos livres e/ou de fornecedores oficiais: Os cursos livres são criados pela empresa que irá ministrá-los. Já os cursos de fornecedores oficiais são desenvolvidos pelos fabricantes (por ex.: Microsoft, Novell, Oracle, Cisco) e ministrados por empresas autorizadas por eles. De uma maneira geral, ambos não requerem regulamentação curricular e têm por objetivo continuar a qualificar os profissionais para os desafios do mercado. É neste tipo de curso que se fundamenta a análise, tendo-se pesquisado três atores: i) fabricantes fornecedores de cursos oficiais; ii) empresas que empregam solicitando certificação; iii) treinandos inseridos ou não no mercado de trabalho. Evolução dos Treinamentos dos Fabricantes Desde o início, os fabricantes de hardware e software tornavam disponíveis diversos treinamentos baseados na tecnologia oferecida ao mercado. Segundo Saviani (1996: 26), há cerca de 30 anos atrás, (...) os fabricantes, ou fornecedores dos equipamentos, sabedores da inexistência de profissionais conhecedores da tecnologia de ponta da época, colocavam em suas propostas o fornecimento de cursos grátis, no Brasil e no exterior, para os profissionais responsáveis de cada cliente. Neste período pode-se destacar a IBM, Burroughs e Digital como grandes formadores de mão-de-obra. Na década de 80, à medida que os fabricantes foram conseguindo mais clientes, os treinamentos gratuitos foram diminuindo e os clientes tiveram que pagar para realizarem os cursos dos fabricantes. Ainda, neste período, os profissionais da área de TI já podiam realizar diversos cursos de seu interesse para atualização na área, uma vez que os treinamentos começaram a ser direcionados também ao público externo. A partir da década de 90, os fornecedores de tecnologia passaram um período de grande competitividade, caracterizado por novos produtos, idéias e soluções. Durante

4 este período, os fabricantes viram que, com a capilaridade da informática, é cada vez maior o número de pessoas que buscam uma formação ou atualização na área de TI, e intensificaram seus investimentos no mercado de treinamento. É nesta década que ocorre a explosão deste nicho de mercado: o treinamento oficial de produtos ofertados por fabricantes. Estes pacotes de treinamento abrangiam três áreas principais: infra-estrutura, banco de dados e desenvolvimento. Mais recentemente, porém, verificaram-se algumas alterações nos tipos de treinamentos de forma que as empresas que atuam neste nicho começam a oferecer gamas mais diversificadas de cursos, os quais podem ser divididos em sete grandes áreas, a saber: Banco de dados: cursos destinados a quem deseja dedicar-se à implementação e administração de bancos de dados. Sistemas operacionais: cursos voltados para o planejamento, implantação, manutenção e suporte técnico. Linguagens de programação: estes cursos capacitam o profissional para projetos, especificações e desenvolvimento de soluções customizadas de negócios. Redes de computadores: cursos destinados ao planejamento, implantação, manutenção de redes LAN, MAN e WAN. Aplicativos: esta área engloba os treinamentos de aplicativos gerais (prateleira) e aplicativos específicos (semi-customizados/não customizados). Suporte a micros: cursos voltados à tarefa de oferecer suporte ao ambiente de microinformática, em termos de hardware e software. Outras áreas: diversos treinamentos baseados em cenários de tecnologia mais importantes do momento. Tais treinamentos podem utilizar-se de informações de diversas áreas. Cite-se como exemplo treinamentos em Sistemas de gestão integrada e Internet. Programas de Certificação As rápidas mudanças das TIs estão criando uma demanda por novas maneiras de assegurar que candidatos a emprego possuam as habilidades necessárias. Surge então a certificação - processo de treinamento e avaliação de conhecimentos e de habilidades organizado por fornecedores da indústria de software e hardware. Assim é que durante a década de 90, empresas tais como Nortel, Cisco, IBM, Microsoft, Oracle, Novell, HP, SUN e outras mais desenvolveram programas mundiais de certificação para qualificar e avaliar a excelência técnica dos profissionais que implantam e utilizam suas tecnologias. A disseminação do conhecimento de seus produtos é fator fundamental para o crescimento dessas corporações de forma que a certificação surgiu como um filão dessas empresas para aumentarem o faturamento. O marketing feito na divulgação dessas certificações sugere que as mesmas seriam uma maneira de garantir aos empregadores que os trabalhadores recentemente contratados pudessem realizar com maior desenvoltura as tarefas exigidas. Os fornecedores da indústria de hardware e software, para venderem os programas de certificação, argumentam que muitas das habilidades exigidas pelas

5 empresas são tão novas que ainda não são ensinadas nas faculdades/universidades - que freqüentemente precisam de mais tempo para alterar seus currículos. No Brasil, o conceito de certificação foi introduzido, em fins de 1992, pela Novell, quando seus treinamentos e programas de certificação começaram a ser implantados no país. Hoje, praticamente todo grande fornecedor de tecnologia da informação mantém programas de certificação profissional, mas o conceito cresceu e transcendeu as fronteiras dos fabricantes. Existem programas mantidos por entidades independentes, que têm amplo respaldo do mercado e se tornaram um padrão de excelência, como por exemplo, a certificação A+, mantida pela CompTIA 1, uma associação sem fins lucrativos. Milhares de empresas, desde as pequenas até as gigantes, nos EUA, já utilizam essa certificação como pré-requisito para contratação de técnicos em computação, diminuindo assim o custo com a avaliação técnica dos candidatos. De acordo com levantamento feito na nossa pesquisa junto a profissionais da área de TI os três fornecedores que oferecem as certificações mais valorizadas no mercado atual de TI são: Microsoft, Oracle e Cisco (vide Figura 1). Certificações Mais Procuradas Compaq IBM Sun Novell CISSP Outras Microsoft Cisco Oracle As categorias de certificações mais procuradas são listadas a seguir: Administração de redes, sistemas operacionais e servidores: permite ao profissional demonstrar seus conhecimentos na configuração e administração de redes, servidores (arquivos, impressão, etc), bem como implementar a parte de segurança da informação. Exemplos de certificações desta categoria: Cisco Certified Internetwork Expert (CCIE), Microsoft Certified Systems Engineer em Windows 2000 (MCSE). Administração e desenvolvimento de bancos de dados: permite ao profissional demonstrar seus conhecimentos no desenvolvimento e administração de bancos de dados atualmente em uso. Exemplos de certificações desta categoria: Microsoft Certified Database Administrator (MCDBA), Oracle Certified Profissional DBA. Desenvolvimento de software: permite ao profissional demonstrar conhecimentos adquiridos no uso das linguagens de programação e ferramentas voltadas para Web. Como exemplos, podemos destacar: Microsoft Certified Solution Developer (MCSD), Certified Java Developer. 1 Computer Technology Industry Association

6 Benefícios e Riscos Envolvidos nas Certificações Os principais benefícios da certificação apontados na pesquisa já mencionada são explicitados, a seguir, em ordem de prioridade: Aumenta a empregabilidade do profissional, que se torna mais capacitado a enfrentar os desafios da sua área de atuação. Tem o reconhecimento pelo mercado de trabalho, que pode contar com um profissional avaliado e aprovado pelo fabricante, dentro de um padrão mundial de excelência. Leva o profissional à aquisição de novos conhecimentos. Se empregado, melhora e aumenta a qualidade e produtividade dos serviços prestados à empresa, já que o funcionário pode operar em um ambiente com tecnologia de ponta. Se desempregado, facilita a inserção do profissional certificado no mercado de trabalho. Segundo as entrevistas, proporciona um aumento salarial ao profissional certificado, em áreas de alta demanda, que pode traduzir-se em um acréscimo de 10 a 15% na oferta salarial inicial para os empregados sendo contratados. Ainda, segundo estudos do IDC 2 reduz-se o tempo em que os computadores ficam fora do ar e os custos operacionais e de recrutamento, maximizando o retorno do investimento tecnológico da empresa. Dentre os riscos apontados na pesquisa podemos destacar: A certificação leva a um conhecimento específico de determinado assunto que pode ficar obsoleto rapidamente. A mudança da tecnologia pode tornar as habilidades específicas do fornecedor menos procuradas. Se o profissional errar na escolha do certificado, pode acabar com habilidades excelentes em uma tecnologia obsoleta. O fornecedor cria novos produtos e certificados periodicamente visando maior lucratividade. Além disso, coloca um prazo de validade na certificação. É exigido muito conhecimento teórico nas certificações de alguns fornecedores. Assim, estudando só a teoria, sem adquirir a prática, algumas vezes, a pessoa consegue obter sua certificação. A certificação nem sempre garante a qualidade do profissional, ou seja, existem também profissionais certificados pouco competentes. Para os empregadores, contratar pessoas com treinamento restrito é um risco. Podem não ser capazes de ajustar-se rapidamente à mudança de tecnologia. A certificação não é muito valorizada no meio acadêmico, é mais uma exigência das empresas (estaremos analisando estas empresas posteriormente). 2 International Data Corporation

7 Contrapontos da Certificação com Outras Formas de Atualização O que seria melhor, em termos de mercado: uma graduação sólida, um bom programa de certificação técnica ou ambos? No estudo realizado (vide Figura 2), os profissionais que consideram a formação acadêmica mais importante (33%) atuam na área acadêmica, seja como professor, estudante ou pesquisador. Os profissionais que optaram pela conjugação da formação acadêmica e certificações (54%) estão divididos entre professores universitários e, em sua grande maioria, profissionais atuantes em outras áreas do mercado, que não seja a acadêmica. Os restantes (13%) são, principalmente, profissionais de nível técnico que trabalham na área de TI. O Que é Considerado Mais Importante Hoje? 13% 54% 33% Certificação Formação Acadêmica Ambos As respostas sugerem que a certificação seja um programa complementar de formação. Note-se, no entanto, que estes programas não exigem que o aluno tenha curso superior. Enquanto formação complementar, não deveria, portanto, substituir a faculdade/universidade, devendo a educação formal vir em primeiro plano. Assim, as empresas e profissionais da área estão vendo a certificação como um complemento à formação de terceiro grau, principalmente para os profissionais que querem atuar no mercado de trabalho, uma vez que permitiria um aprofundamento nas tecnologias atuais em uso nas corporações. A formação acadêmica leva a um conhecimento mais sólido que é base para o auto-aprendizado, capacita o indivíduo a atuar em diversas áreas e em um ambiente mais dinâmico e, além disso, abre seus horizontes, enquanto a certificação é muito orientada para o mercado e/ou tecnologia, tendo um horizonte mais estreito. Há que se considerar, porém, a dificuldade que muitas vezes ocorre da formação acadêmica não dar o enfoque a certos produtos com a profundidade que o mercado exige. Segundo Duarte, o professor Carlos Lucena 3, no workshop Formação de Recursos Humanos em Tecnologias de Informação para o Estado do Rio de Janeiro da FAPERJ/RNP/IMPA, realizado em setembro de 2000, relatou que a exigência legal de um currículo mínimo na faculdade gera problemas de atualização do conhecimento adquirido pelo aluno. (...) Se você entra no ano X na universidade, não pode deixar de cursar nenhuma das matérias que existiam naquele ano na grade curricular. Só que, 3 Professor de Informática e coordenador do Laboratório de Engenharia de Software da PUC-RJ

8 daqui a cinco anos, que é quando você vai estar terminando o curso, as matérias daquela época já estarão obsoletas para o mercado analisou. O conselho do professor Lucena foi, então, procurar matérias eletivas mais atuais. Ou seja, o conteúdo de produtos poderia ser dado através de disciplinas eletivas. Ou, ainda, poderia ser dado através de programas de extensão. A pesquisa sugere que há basicamente dois tipos de empresas que se preocupam em ter profissionais certificados para atuar numa determinada tecnologia, a saber: Empresas de TI, tanto de infra-estrutura, desenvolvimento, serviços e treinamento, em que a atualização tecnológica constante é fator de competitividade e sobrevivência. Neste caso, destacamos especialmente as que são ou pretendem ser canais autorizados de um determinado fabricante e, portanto, têm a certificação de seu staff como pré-requisitos. Como exemplos temos: ATT Informática, TBA Informática, Compaq, Módulo, Multirede, Net House, Prodasen, Serpro, Unisys. Grandes ou mesmo médias empresas que sugerem que ter profissionais certificados em seus quadros agrega valor à corporação. Um exemplo desta valorização é que em algumas licitações, já existem quesitos técnicos onde as empresas pontuam o número de profissionais certificados que a empresa prestadora de serviços possui em seu quadro. Como exemplos temos: Eletrodados, Itatiaia Móveis, MetroRED, Minas Brasil Seguradora, Petrobrás, Receita Federal. No que concerne aos profissionais que buscam os programas de certificação, a pesquisa indica que para submeter-se ao teste dos fabricantes é preciso muita dedicação, preparo, leitura de manuais e livros, e outras fontes de informação. Com isto, a bagagem de conhecimento do profissional aumenta bastante na área em que está buscando a certificação. Muitas vezes, porém, a certificação em si (isto é, fazer prova relativa ao produto estudado) não é o objetivo, mas sim a busca dos conhecimentos. Até porque o maior número de sucessos na obtenção do certificado acontece quando o profissional já trabalha com a tecnologia do fabricante e pode aplicar diretamente os conhecimentos adquiridos e não através do mero treinamento. A pesquisa aponta ainda que, para os profissionais com curso superior, o fato de ser certificado oferece novas oportunidades de trabalho, além de convites para ministrar treinamentos na tecnologia em que se certificou, participação em encontros dos fabricantes, dentre outros. Considerações Finais De acordo com o resultado da pesquisa, a formação acadêmica proporciona uma base formal e os princípios que balizam as tecnologias. Sem essa formação, a certificação, que tem foco mais dirigido para o mercado empresarial tende a ficar um pouco vazia, sem embasamento. Os profissionais que atuam na área acadêmica, geralmente, desconhecem os tipos de certificações, até porque neste ambiente elas não são um diferencial positivo. Já os profissionais que atuam no ambiente corporativo tendem a valorizar bastante as certificações, após a obtenção da formação superior. Também foi verificado que as empresas estão vendo a certificação como um complemento da formação acadêmica de nível superior. Na maior parte das empresas de TI, dependendo do ramo em que o profissional atua, a certificação começa a tornar-se um pré-requisito, já que a empresa tenta vender uma imagem mais profissional aos

9 seus clientes e necessitam de um determinado número de profissionais certificados para tornarem-se parceiros dos fabricantes. Ainda, a pesquisa destaca que os profissionais da área de TI devem ter em mente que o aprendizado é contínuo e que a tecnologia está mudando tão rapidamente que aqueles que não estiverem em constante aperfeiçoamento, utilizando-se de alguns dos diversos métodos de atualização da área, estarão perdendo sua empregabilidade. Da mesma forma, as empresas e as universidades também devem estar atentas para tais transformações, a fim de evitar os riscos de ficarem à margem do mercado. Segundo Ferreira (1999) é um verdadeiro desafio para a universidade garantir a formação de um profissional que seja capaz de ingressar no mercado de trabalho e manter-se atualizado no decorrer da sua vida profissional. A universidade no Brasil parece vir sendo eficiente na formação dos seus alunos, vide esforço do MEC e SBC no sentido de atentar para a qualidade dos cursos de graduação. No entanto, há que se perguntar qual o compromisso da universidade para com os alunos no que diz respeito à atualização destes? Será que é papel dela interagir com o mercado? Neste ponto, levando-se em consideração que ensino, pesquisa e extensão formam a base da filosofia de atuação da universidade, cabe ressaltar que as oportunidades de atualização dos profissionais de TI podem também ser propiciadas pela universidade no âmbito de atividades de extensão (cursos ou atividades complementares onde os alunos manipulem produtos utilizados no mercado), tanto para complementação da formação dos alunos enquanto estão fazendo o curso e também como forma de manter laços com egressos, propiciando-lhes oportunidade de atualização a partir da própria universidade. Dessa forma, os egressos e próprios alunos teriam mais opções de atualização, com o oferecimento de alternativas de continuidade de estudo pela universidade. Referências Bibliográficas DUARTE, A. Certificação x Formação Acadêmica. 05/09/2000, 23:00h. FERREIRA, A. P. L. O projeto pedagógico como métrica de qualidade dos cursos de graduação em Informática. Anais do VII Workshop de Educação em Computação, LEMOS, C. Inovação na Era do Conhecimento in LASTRES, H.M.M.; ALBAGLI, S. Informação e globalização na era do Conhecimento. Rio de Janeiro. Editora Campus, 1999, pp MARQUES, I; SEGRE, L; RAPKIEWICZ, C. Mercado de Trabalho para T.I.C.s- Relatório Final, Workshop Formação de Recursos Humanos em Tecnologias de Informação para o Estado do Rio de Janeiro, FAPERJ/RNP/IMPA, 4 a 6 de Setembro de MEC. Cursos seqüenciais SAVIANI, J. R. O Analista de negócios e da informação: o perfil moderno de um profissional que utiliza informática para alavancar os negócios empresariais. 3.ed. São Paulo: Atlas, 1996.

Universidade. Estácio de Sá. Informática e Telecomunicações

Universidade. Estácio de Sá. Informática e Telecomunicações Universidade Estácio de Sá Informática e Telecomunicações A Estácio Hoje reconhecida como a maior instituição particular de ensino superior do país, a Universidade Estácio de Sá iniciou suas atividades

Leia mais

www.american-nc.com.br AMERICAN NETWORK COMPUTERS Tecnologia a sua disposição

www.american-nc.com.br AMERICAN NETWORK COMPUTERS Tecnologia a sua disposição www.american-nc.com.br AMERICAN NETWORK COMPUTERS Tecnologia a sua disposição A Empresa Iniciamos as operações em 1994 com foco no fornecimento de produtos e serviços de informática. Com o decorrer dos

Leia mais

1 Encontro Metropolitano de Tecnologia da Baixada Santista. Guia de Profissões - Tecnologia. Prof. Dr. Marcelo Pereira Bergamaschi

1 Encontro Metropolitano de Tecnologia da Baixada Santista. Guia de Profissões - Tecnologia. Prof. Dr. Marcelo Pereira Bergamaschi 1 Encontro Metropolitano de Tecnologia da Baixada Santista Guia de Profissões - Tecnologia Prof. Dr. Marcelo Pereira Bergamaschi Breve Currículo Marcelo Pereira Bergamaschi -> Bergamaschi Bacharelado em

Leia mais

Administração de Sistemas Operacionais Windows Server 2003. Professor Claudio Damasceno

Administração de Sistemas Operacionais Windows Server 2003. Professor Claudio Damasceno Administração de Sistemas Operacionais Windows Server 2003 Professor Claudio Damasceno Conteúdo Programático Introdução Hardware x Sistema Operacional Instalação do Windows Server 2003 Administração de

Leia mais

Área de Comunicação. Tecnologia em. Produção Multimídia

Área de Comunicação. Tecnologia em. Produção Multimídia Área de Comunicação Produção Multimídia Curta Duração Produção Multimídia Carreira em Produção Multimídia O curso superior de Produção Multimídia da FIAM FAAM forma profissionais preparados para o mercado

Leia mais

Certificação para Parceiros de Canais Axis

Certificação para Parceiros de Canais Axis Axis Communications' Academy Certificação para Parceiros de Canais Axis O mais novo requisito para Parceiros de Soluções também é um dos seus melhores benefícios. Axis Certification Program o padrão mundial

Leia mais

Corporativo. Transformar dados em informações claras e objetivas que. Star Soft. www.starsoft.com.br

Corporativo. Transformar dados em informações claras e objetivas que. Star Soft. www.starsoft.com.br Corporativo Transformar dados em informações claras e objetivas que possibilitem às empresas tomarem decisões em direção ao sucesso. Com essa filosofia a Star Soft Indústria de Software e Soluções vem

Leia mais

VANTAGENS E DIFERENCIAIS

VANTAGENS E DIFERENCIAIS A Treinar é uma escola com tradição na área de cursos de Informática, Tecnologia, Desenvolvimento Profissional e Educação à Distância. Oferece cursos do nível básico ao avançado, visando à formação completa

Leia mais

INTRODUÇÃO À GESTÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO. Adriana Beal, Eng. MBA Maio de 2001

INTRODUÇÃO À GESTÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO. Adriana Beal, Eng. MBA Maio de 2001 INTRODUÇÃO À GESTÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO, Eng. MBA Maio de 2001 Apresentação Existe um consenso entre especialistas das mais diversas áreas de que as organizações bem-sucedidas no século XXI serão

Leia mais

Área de Comunicação. Tecnologia em. Produção Publicitária

Área de Comunicação. Tecnologia em. Produção Publicitária Área de Comunicação Tecnologia em Produção Publicitária Curta Duração Tecnologia em Produção Publicitária CARREIRA EM PRODUÇÃO PUBLICITÁRIA Nos últimos anos, a globalização da economia e a estabilização

Leia mais

Atividades exercidas por diferentes profissionais da tecnologia da informação 1

Atividades exercidas por diferentes profissionais da tecnologia da informação 1 Atividades exercidas por diferentes profissionais da tecnologia da informação 1 André Luiz Faverzani Martins 2 alfmartins@inf.ufsm.br Resumo: O numero de profissões no mercado de TI (tecnologia da informação)

Leia mais

GESTÃO DE PROJETOS. Prof. Msc. David Custódio de Sena sena@ufersa.edu.br

GESTÃO DE PROJETOS. Prof. Msc. David Custódio de Sena sena@ufersa.edu.br Prof. Msc. David Custódio de Sena sena@ufersa.edu.br ORIGEM E EVOLUÇÃO DA GESTÃO DE PROJETOS Diferente do que muitos acham, o gerenciamento de projetos não propõe nada revolucionário e novo; Sua proposta

Leia mais

TALENTEDGE. Ofertas diversificadas QUEM SOMOS

TALENTEDGE. Ofertas diversificadas QUEM SOMOS TALENTEDGE QUEM SOMOS A C.T.I.C., Colégio de Tecnologias de informação e Comunicação representa a marca TALENTEDGE em Angola. A TALENTEDGE Angola é o resultado de uma franchise com a TALENTEDGE Índia,

Leia mais

MBA IBMEC 30 anos. No Ibmec, proporcionamos a nossos alunos uma experiência singular de aprendizado. Aqui você encontra:

MBA IBMEC 30 anos. No Ibmec, proporcionamos a nossos alunos uma experiência singular de aprendizado. Aqui você encontra: MBA Pós - Graduação QUEM SOMOS Para pessoas que têm como objetivo de vida atuar local e globalmente, ser empreendedoras, conectadas e bem posicionadas no mercado, proporcionamos uma formação de excelência,

Leia mais

EDUCAÇÃO EXECUTIVA PARA O MERCADO FINANCEIRO MAIO / 2005 108-TC-B4

EDUCAÇÃO EXECUTIVA PARA O MERCADO FINANCEIRO MAIO / 2005 108-TC-B4 1 EDUCAÇÃO EXECUTIVA PARA O MERCADO FINANCEIRO MAIO / 2005 108-TC-B4 NADINE WASSMER TREINA E-LEARNING treina@treina.com.br ROSANA GOMES CONTEÚDOS E HABILIDADES EDUCAÇÃO CORPORATIVA DESCRIÇÃO DE PROJETO

Leia mais

A EVOLUÇÃO DOS PROFISSIONAIS DE TI PARA ATENDER AS NECESSIDADES EMPRESARIAIS

A EVOLUÇÃO DOS PROFISSIONAIS DE TI PARA ATENDER AS NECESSIDADES EMPRESARIAIS INSTITUTO DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA PÓS-GRADUAÇÃO Gestão e Tecnologia da Informação IFTI1402 T25 A EVOLUÇÃO DOS PROFISSIONAIS DE TI PARA ATENDER AS NECESSIDADES EMPRESARIAIS Marcelo Eustáquio dos Santos

Leia mais

Simplifique: consolidando a gestão do ambiente de trabalho do usuário final

Simplifique: consolidando a gestão do ambiente de trabalho do usuário final Simplifique: consolidando a gestão do ambiente de trabalho do usuário final Para muitas organizações, a rápida proliferação das tecnologias para o usuário final tem demonstrado uma ambigüidade em seus

Leia mais

Público Alvo: Investimento: Disciplinas:

Público Alvo: Investimento: Disciplinas: A Universidade Católica Dom Bosco - UCDB com mais de 50 anos de existência, é uma referência em educação salesiana no país, sendo reconhecida como a melhor universidade particular do Centro-Oeste (IGC/MEC).

Leia mais

A escolha é sempre sua. O conhecimento é a nossa contribuição.

A escolha é sempre sua. O conhecimento é a nossa contribuição. A escolha é sempre sua. O conhecimento é a nossa contribuição. TURMA 3 Master in Business Administration Especialização Lato-Sensu GESTÃO ESTRATÉGICA DA PRODUÇÃO E QUALIDADE GESTÃO FARMACEUTICA EMPRESARIAL

Leia mais

Proposta do projeto de extensão: Inclusão digital dos softwares livres na comunidade escolar da rede pública em Aracaju SE

Proposta do projeto de extensão: Inclusão digital dos softwares livres na comunidade escolar da rede pública em Aracaju SE Proposta do projeto de extensão: Inclusão digital dos softwares livres na comunidade escolar da rede pública em Aracaju SE Resumo O projeto tem como objetivo principal promover a inclusão digital dos softwares

Leia mais

SISTEMAS INTEGRADOS P o r f.. E d E uar a d r o Oli l v i e v i e r i a

SISTEMAS INTEGRADOS P o r f.. E d E uar a d r o Oli l v i e v i e r i a SISTEMAS INTEGRADOS Prof. Eduardo Oliveira Bibliografia adotada: COLANGELO FILHO, Lúcio. Implantação de Sistemas ERP. São Paulo: Atlas, 2001. ISBN: 8522429936 LAUDON, Kenneth C.; LAUDON, Jane Price. Sistemas

Leia mais

MASTER DESIGN. 47 3026-4950 www.sustentare.net sustentare@sustentare.net

MASTER DESIGN. 47 3026-4950 www.sustentare.net sustentare@sustentare.net MASTER DESIGN Versão 003 30-Ago-13 Curso de Pós-Graduação em Nível de Especialização Lato Sensu MASTER DESIGN Sustentare Escola de Negócios tem como objetivo, desenvolver e prover permanentemente conhecimentos

Leia mais

Administração de CPD Chief Information Office

Administração de CPD Chief Information Office Administração de CPD Chief Information Office Cássio D. B. Pinheiro pinheiro.cassio@ig.com.br cassio.orgfree.com Objetivos Apresentar os principais conceitos e elementos relacionados ao profissional de

Leia mais

GRADUAÇÃO INOVADORA NA UNESP

GRADUAÇÃO INOVADORA NA UNESP PROGRAMA GRADUAÇÃO INOVADORA NA UNESP 2014 PROGRAMA GRADUAÇÃO INOVADORA NA UNESP INTRODUÇÃO A Pró-reitoria de graduação (PROGRAD), a Câmara Central de Graduação (CCG), o Núcleo de Educação à Distância

Leia mais

SISTEMAS DE GESTÃO São Paulo, Janeiro de 2005

SISTEMAS DE GESTÃO São Paulo, Janeiro de 2005 SISTEMAS DE GESTÃO São Paulo, Janeiro de 2005 ÍNDICE Introdução...3 A Necessidade do Gerenciamento e Controle das Informações...3 Benefícios de um Sistema de Gestão da Albi Informática...4 A Ferramenta...5

Leia mais

Pessoas e Negócios em Evolução

Pessoas e Negócios em Evolução Empresa: Atuamos desde 2001 nos diversos segmentos de Gestão de Pessoas, desenvolvendo serviços diferenciados para empresas privadas, associações e cooperativas. Prestamos serviços em mais de 40 cidades

Leia mais

Prof. Jefferson Costa

Prof. Jefferson Costa Prof. Jefferson Costa Desenvolve programas de computador, seguindo as especificações e paradigmas da lógica de programação e das linguagens de programação. Utiliza ambientes de desenvolvimento de sistemas,

Leia mais

Perfil. Nossa estratégia de crescimento reside na excelência operacional, na inovação, no desenvolvimento do produto e no foco no cliente.

Perfil. Nossa estratégia de crescimento reside na excelência operacional, na inovação, no desenvolvimento do produto e no foco no cliente. Institucional Perfil A ARTSOFT SISTEMAS é uma empresa Brasileira, fundada em 1986, especializada no desenvolvimento de soluções em sistemas integrados de gestão empresarial ERP, customizáveis de acordo

Leia mais

A escolha é sempre sua. O conhecimento é a nossa contribuição.

A escolha é sempre sua. O conhecimento é a nossa contribuição. A escolha é sempre sua. O conhecimento é a nossa contribuição. TURMA 3 Master in Business Administration Especialização Lato-Sensu GESTÃO ESTRATÉGICA DA PRODUÇÃO E QUALIDADE GESTÃO FARMACEUTICA EMPRESARIAL

Leia mais

2. Cursos de Extensão

2. Cursos de Extensão 2. Cursos de Extensão Instituto Internacional de Cromatografia (IIC) APRESENTAÇÃO DOS CURSOS DE EXTENSÃO DO IIC O Instituto Internacional de Cromatografia (IIC) oferecerá no ano de 2011 as seguintes atividades

Leia mais

EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA. Educação que valoriza o seu tempo: presente e futuro

EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA. Educação que valoriza o seu tempo: presente e futuro EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA Educação que valoriza o seu tempo: presente e futuro Educação a Distância Os mesmos professores. A mesma aula. O mesmo diploma. A única diferença é a sala de aula que fica em suas

Leia mais

CBA. Certification in Business Administration

CBA. Certification in Business Administration CBA Pós - Graduação QUEM SOMOS PARA PESSOAS QUE TÊM COMO OBJETIVO DE VIDA ATUAR LOCAL E GLOBALMENTE, SEREM EMPREENDEDORAS, CONECTADAS E BEM POSICIONADAS NO MERCADO, PROPORCIONAMOS UMA FORMAÇÃO DE EXCELÊNCIA

Leia mais

MÓDULO 14 Sistema de Gestão da Qualidade (ISO 9000)

MÓDULO 14 Sistema de Gestão da Qualidade (ISO 9000) MÓDULO 14 Sistema de Gestão da Qualidade (ISO 9000) Ao longo do tempo as organizações sempre buscaram, ainda que empiricamente, caminhos para sua sobrevivência, manutenção e crescimento no mercado competitivo.

Leia mais

TREINAMENTO ONLINE PARA O SISTEMA DE APOIO À GESTÃO AMBIENTAL RODOVIÁRIA FEDERAL (SAGARF)

TREINAMENTO ONLINE PARA O SISTEMA DE APOIO À GESTÃO AMBIENTAL RODOVIÁRIA FEDERAL (SAGARF) TREINAMENTO ONLINE PARA O SISTEMA DE APOIO À GESTÃO AMBIENTAL RODOVIÁRIA FEDERAL (SAGARF) Maio de 2007 Maria Rachel Barbosa Fundação Trompovsky (Apoio ao NEAD CENTRAN) rachel@centran.eb.br Vanessa Maria

Leia mais

Módulo 4. Visão geral dos controles do COBIT aplicáveis para implantação da Sarbanes, o papel de TI, a importância dos softwares e exercícios

Módulo 4. Visão geral dos controles do COBIT aplicáveis para implantação da Sarbanes, o papel de TI, a importância dos softwares e exercícios Módulo 4 Visão geral dos controles do COBIT aplicáveis para implantação da Sarbanes, o papel de TI, a importância dos softwares e exercícios Estruturas e Metodologias de controle adotadas na Sarbanes COBIT

Leia mais

EDUCAÇÃO BÁSICA E PROFISSIONAL SENAI SESI

EDUCAÇÃO BÁSICA E PROFISSIONAL SENAI SESI EDUCAÇÃO BÁSICA E PROFISSIONAL SENAI SESI SENADO FEDERAL COMISSÃO DE EDUCAÇÃO, CULTURA E ESPORTE AUDIÊNCIA PÚBLICA: IDÉIAS E PROPOSTAS PARA A EDUCAÇÃO BRASILEIRA PLANO DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO SESI

Leia mais

A reprodução desse conteúdo, em parte ou na íntegra, não é permitida sem autorização prévia da Allen.

A reprodução desse conteúdo, em parte ou na íntegra, não é permitida sem autorização prévia da Allen. Investimento contínuo para oferecer educação de qualidade UNIGRANRIO aposta na atualização e padronização de seu parque computacional a fim de propiciar aos alunos as melhores condições de ensino em pé

Leia mais

PLANO DE DESENVOLVIMENTO DE RECURSOS HUMANOS DA FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO DE CANOAS CANOASTEC

PLANO DE DESENVOLVIMENTO DE RECURSOS HUMANOS DA FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO DE CANOAS CANOASTEC PLANO DE DESENVOLVIMENTO DE RECURSOS HUMANOS DA FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO DE CANOAS CANOASTEC Institui o Plano de Desenvolvimento de Recursos Humanos criando o Quadro

Leia mais

REGULAMENTO DE CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DA FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS ESUDA. Capítulo I Das Disposições Preliminares

REGULAMENTO DE CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DA FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS ESUDA. Capítulo I Das Disposições Preliminares Capítulo I Das Disposições Preliminares Art. 1º Os cursos de Pós-Graduação Lato Sensu da Faculdade de Ciências Humanas ESUDA orientam-se pelas normas especificadas neste Regulamento e estão sujeitos ao

Leia mais

gesacad GESTÃO ACADÊMIDA DE ESCOLAS

gesacad GESTÃO ACADÊMIDA DE ESCOLAS gesacad GESTÃO ACADÊMIDA DE ESCOLAS Mais de uma década de experiência e evolução é o que dá ao sistema uma vasta gama de funcionalidades. Esse conhecimento que faz total diferença para sua empresa. xp+

Leia mais

Francisco José da Silva e Silva. fssilva@deinf.ufma.br Depto. de Informática, UFMA

Francisco José da Silva e Silva. fssilva@deinf.ufma.br Depto. de Informática, UFMA O Profissional de Informática e as Novas Exigências do Mercado de Trabalho Francisco José da Silva e Silva fssilva@deinf.ufma.br Depto. de Informática, UFMA Agenda Profissionais de informática: funções

Leia mais

Palavra chave: Capital Humano, Gestão de Pessoas, Recursos Humanos, Vantagem Competitiva.

Palavra chave: Capital Humano, Gestão de Pessoas, Recursos Humanos, Vantagem Competitiva. COMPREENDENDO A GESTÃO DE PESSOAS Karina Fernandes de Miranda Helenir Celme Fernandes de Miranda RESUMO: Este artigo apresenta as principais diferenças e semelhanças entre gestão de pessoas e recursos

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO CAIRU O QUE VOCÊ PRECISA SABER: Por que fazer uma pós-graduação?

PÓS-GRADUAÇÃO CAIRU O QUE VOCÊ PRECISA SABER: Por que fazer uma pós-graduação? PÓS-GRADUAÇÃO CAIRU O QUE VOCÊ PRECISA SABER: Por que fazer uma pós-graduação? O mercado do trabalho está cada vez mais exigente. Hoje em dia, um certificado de pós-graduação é imprescindível para garantia

Leia mais

A IFOUR ÁREAS DE ATUAÇÃO

A IFOUR ÁREAS DE ATUAÇÃO A IFOUR Fundada em 2000, a ifour Sistemas conta com sedes em Viçosa e Muriaé. Atua no desenvolvimento de soluções completas para gestão empresarial (automação), envolvendo software e equipamentos para

Leia mais

Pós-Graduação em COMUNICAÇÃO CORPORATIVA

Pós-Graduação em COMUNICAÇÃO CORPORATIVA Pós-Graduação em COMUNICAÇÃO CORPORATIVA Ingresso Março 2016 Informações: (51) 3218-1400 - www.espm.br/mba Pós-Graduação em Comunicação Corporativa O Pós em Comunicação Corporativa é um curso de Pós-Graduação

Leia mais

Sárgom Ceranto Marketing e Soluções Corporativas comercial@trecsson.com.br

Sárgom Ceranto Marketing e Soluções Corporativas comercial@trecsson.com.br PREZADO (A) SENHOR (A) Agradecemos seu interesse em nossos programas de ensino e lhe cumprimentamos pela iniciativa de buscar o seu aperfeiçoamento profissional. Você está recebendo o programa do curso

Leia mais

Sárgom Ceranto Marketing e Soluções Corporativas comercial@trecsson.com.br

Sárgom Ceranto Marketing e Soluções Corporativas comercial@trecsson.com.br PREZADO (A) SENHOR (A) Agradecemos seu interesse em nossos programas de ensino e lhe cumprimentamos pela iniciativa de buscar o seu aperfeiçoamento profissional. Você está recebendo o programa do curso

Leia mais

Planejamento Estratégico para Escritórios de Advocacia ESCOLA DE DIREITO DE SÃO PAULO DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS 1º SEMESTRE DE 2012

Planejamento Estratégico para Escritórios de Advocacia ESCOLA DE DIREITO DE SÃO PAULO DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS 1º SEMESTRE DE 2012 Planejamento Estratégico para Escritórios de Advocacia ESCOLA DE DIREITO DE SÃO PAULO DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS 1º SEMESTRE DE 2012 FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS A Fundação Getulio Vargas (FGV) deu início a

Leia mais

Docente do Curso Superior de Tecnologia em Gestão Comercial UNOESTE. E mail: joselia@unoeste.br

Docente do Curso Superior de Tecnologia em Gestão Comercial UNOESTE. E mail: joselia@unoeste.br Encontro de Ensino, Pesquisa e Extensão, Presidente Prudente, 22 a 25 de outubro, 2012 141 A LOGÍSTICA COMO DIFERENCIAL COMPETITIVO Douglas Fernandes 1, Josélia Galiciano Pedro 1 Docente do Curso Superior

Leia mais

Alexandre Borges Rinolfi. Diretor da Center Cursos Tecnologia da Informação Microsoft Gold Certified Partners Learning Solutions

Alexandre Borges Rinolfi. Diretor da Center Cursos Tecnologia da Informação Microsoft Gold Certified Partners Learning Solutions O mercado de Trabalho em TI A Nova Geração de Certificações Microsoft Alexandre Borges Rinolfi Diretor da Center Cursos Tecnologia da Informação Microsoft Gold Certified Partners Learning Solutions CENTER

Leia mais

MBA em Marketing Estratégico

MBA em Marketing Estratégico MBA em Marketing Estratégico Início em 28 de setembro de 2015 Aulas as segundas e quartas, das 19h às 22h Valor do curso: R$ 21.600,00 À vista com desconto: R$ 20.520,00 Consultar planos de parcelamento.

Leia mais

MBA em Marketing Estratégico

MBA em Marketing Estratégico MBA em Marketing Estratégico Público - alvo O MBA em Marketing Estratégico é indicado para profissionais com experiência profissional mínima de três anos, com formação universitária em qualquer área e

Leia mais

Introdução a Computação

Introdução a Computação Introdução a Computação Aula 03 Profissões de TI Prof. MSc. Edilberto Silva edilms@yahoo.com http:// Papéis... Um papel é uma definição abstrata de um conjunto de atividades executadas e dos respectivos

Leia mais

FACULDADE REDENTOR NUCLEO DE APOIO EMPRESARIAL CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

FACULDADE REDENTOR NUCLEO DE APOIO EMPRESARIAL CURSO DE ADMINISTRAÇÃO FACULDADE REDENTOR NUCLEO DE APOIO EMPRESARIAL CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Justificativa: As transformações ocorridas nos últimos anos têm obrigado as organizações a se modificarem constantemente e de forma

Leia mais

Participação de pequenas empresas nos parques tecnológicos

Participação de pequenas empresas nos parques tecnológicos Participação de pequenas empresas nos parques tecnológicos Autor: Katia Melissa Bonilla Alves 1 Co-autores: Ricardo Wargas 2 e Tomas Stroke 3 1 Mestre em Economia pela Universidade do Estado do Rio de

Leia mais

XII Encontro de Pós-Graduação e Pesquisa Universidade de Fortaleza 22 à 26 de Outubro de 2012

XII Encontro de Pós-Graduação e Pesquisa Universidade de Fortaleza 22 à 26 de Outubro de 2012 XII Encontro de Pós-Graduação e Pesquisa Universidade de Fortaleza 22 à 26 de Outubro de 2012 O PAPEL DA UNIVERSIDADE DE FORTALEZA NA PROMOÇÃO DA EDUCAÇÃO CONTINUADA COMO FERRAMENTA DE DESENVOLVIMENTO

Leia mais

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL UNIDADE SANTO AMARO São Paulo, fevereiro de 2012 NOSSA MISSÃO Proporcionar acesso a um ensino de qualidade para diferentes segmentos da população, criando vínculos fortes e duradouros

Leia mais

SAM GERENCIAMENTO DE ATIVOS DE SOFTWARE

SAM GERENCIAMENTO DE ATIVOS DE SOFTWARE SAM GERENCIAMENTO DE ATIVOS DE SOFTWARE Modelo de Otimização de SAM Controle, otimize, cresça Em um mercado internacional em constante mudança, as empresas buscam oportunidades de ganhar vantagem competitiva

Leia mais

FACULDADE ANHANGUERA DE INDAIATUBA Rua Claudio Dal Canton, 89 - Cidade Nova II - Indaiatuba -SP - CEP 13334-390 (19) 3885-6700 www.portalpos.com.

FACULDADE ANHANGUERA DE INDAIATUBA Rua Claudio Dal Canton, 89 - Cidade Nova II - Indaiatuba -SP - CEP 13334-390 (19) 3885-6700 www.portalpos.com. A pós-graduação é fundamental para manter-se bem colocado no mercado de trabalho e para aperfeiçoar competências profissionais. Além de enriquecer o currículo, este tipo de especialização ajuda a melhorar

Leia mais

Ensino Vocacional, Técnico e Tecnológico no Reino Unido

Ensino Vocacional, Técnico e Tecnológico no Reino Unido Ensino Vocacional, Técnico e Tecnológico no Reino Unido Apoiar a empregabilidade pela melhora da qualidade do ensino profissionalizante UK Skills Seminar Series 2014 15 British Council UK Skills Seminar

Leia mais

Projeto Crescer 2013/1

Projeto Crescer 2013/1 Título Tópico 1 Tópico 2 Tópico N Soluções e sistemas de TI com base nas necessidades específicas do seu negócio. Projeto Crescer 2013/1 sede Porto Caxias Alegre/RS do Sul/RS (51) 3094-8100 3535-3635 Caxias

Leia mais

Análise da vantagem de adoção e uso de sistemas ERP código aberto em relação aos sistemas ERP código fechado

Análise da vantagem de adoção e uso de sistemas ERP código aberto em relação aos sistemas ERP código fechado Análise da vantagem de adoção e uso de sistemas ERP código aberto em relação aos sistemas ERP código fechado Louis Albert Araujo Springer Luis Augusto de Freitas Macedo Oliveira Atualmente vem crescendo

Leia mais

Unidade II GERENCIAMENTO DE SISTEMAS. Prof. Roberto Marcello

Unidade II GERENCIAMENTO DE SISTEMAS. Prof. Roberto Marcello Unidade II GERENCIAMENTO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Prof. Roberto Marcello SI Sistemas de gestão A Gestão dos Sistemas Integrados é uma forma organizada e sistemática de buscar a melhoria de resultados.

Leia mais

Qualificação Profissional por Certificação Internacional Análise de Processo CMM Nível 2 na IVIA

Qualificação Profissional por Certificação Internacional Análise de Processo CMM Nível 2 na IVIA Qualificação Profissional por Certificação Internacional Análise de Processo CMM Nível 2 na IVIA Setembro de 2005 Edgy Paiva Diretor de Projetos edgy.paiva@ivia.com.br Tel: (85) 3264 47 47 Apresentação

Leia mais

MBA ESTRATÉGIAS PARA O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL. Arcos Dorados

MBA ESTRATÉGIAS PARA O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL. Arcos Dorados MBA ESTRATÉGIAS PARA O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL Arcos Dorados MBA ESTRATÉGIAS PARA O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL Sustentabilidade deixou de ser uma escolha e tornou-se premissa fundamental para a competitividade

Leia mais

MBA em Marketing Estratégico

MBA em Marketing Estratégico MBA em Marketing Estratégico Público - alvo O MBA em Marketing Estratégico é indicado para profissionais com experiência profissional mínima de três anos, com formação universitária em qualquer área e

Leia mais

Perfil do egresso dos cursos de computação da UFS no mercado de trabalho

Perfil do egresso dos cursos de computação da UFS no mercado de trabalho Perfil do egresso dos cursos de computação da UFS no mercado de trabalho SEMINFO/UFS/ITA 2012 Leonardo Nogueira Matos Outubro de 2012 Leonardo Nogueira Matos (DCOMP/UFS) Perfil do egresso dos cursos de

Leia mais

Conquistamos ao longo de nossa trajetória mais de 30.000 licenças em operação em 6.500 clientes ativos.

Conquistamos ao longo de nossa trajetória mais de 30.000 licenças em operação em 6.500 clientes ativos. Institucional Perfil A ARTSOFT SISTEMAS é uma empresa brasileira, fundada em 1986, especializada no desenvolvimento de soluções em sistemas integrados de gestão empresarial ERP, customizáveis de acordo

Leia mais

MANUAL DO CANDIDATO. Extensão

MANUAL DO CANDIDATO. Extensão MANUAL DO CANDIDATO Extensão Prezado(a) Candidato(a), Agradecemos o interesse pelos nossos cursos. Este manual contém informações básicas pertinentes ao curso, tais como: objetivos do curso e das disciplinas,

Leia mais

Solução Integrada para Gestão e Operação Empresarial - ERP

Solução Integrada para Gestão e Operação Empresarial - ERP Solução Integrada para Gestão e Operação Empresarial - ERP Mastermaq Softwares Há quase 20 anos no mercado, a Mastermaq está entre as maiores software houses do país e é especialista em soluções para Gestão

Leia mais

Empresas descobrem a importância da educação no trabalho e abrem as portas para pedagogos

Empresas descobrem a importância da educação no trabalho e abrem as portas para pedagogos Empresas descobrem a importância da educação no trabalho e abrem as portas para pedagogos Já passou a época em que o pedagogo ocupava-se somente da educação infantil. A pedagogia hoje dispõe de uma vasta

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO. Curso de Graduação Tecnológica em Marketing

PROJETO PEDAGÓGICO. Curso de Graduação Tecnológica em Marketing PROJETO PEDAGÓGICO Curso de Graduação Tecnológica em Marketing Porto alegre, 2011 1 1. Objetivos do Curso O projeto do curso, através de sua estrutura curricular, está organizado em módulos, com certificações

Leia mais

TECNOLOGIA EM REDES DE COMPUTADORES

TECNOLOGIA EM REDES DE COMPUTADORES TECNOLOGIA EM REDES DE COMPUTADORES SOBRE O CURSO Redes de computadores são fundamentais para as corporações garantirem agilidade na troca de informações e arquivos. Portanto, o tecnólogo de Rede de Computadores

Leia mais

EDUCAÇÃO CORPORATIVA EM EAD: Benefícios da modalidade e-learning.

EDUCAÇÃO CORPORATIVA EM EAD: Benefícios da modalidade e-learning. EDUCAÇÃO CORPORATIVA EM EAD: Benefícios da modalidade e-learning. Autor(a): Gliner Dias Alencar Coautor(es): Joaquim Nogueira Ferraz Filho, Marcelo Ferreira de Lima, Lucas Correia de Andrade, Alessandra

Leia mais

acesse: vouclicar.com

acesse: vouclicar.com Transforme como sua empresa faz negócios, com o Office 365. Vouclicar.com A TI chegou para as pequenas e médias empresas A tecnologia é hoje o diferencial competitivo que torna a gestão mais eficiente,

Leia mais

da mão-de-obra de TI da América Latina está no Brasil (considerado o maior empregador do setor) seguido pelo México com 23%.

da mão-de-obra de TI da América Latina está no Brasil (considerado o maior empregador do setor) seguido pelo México com 23%. Informações de Tecnologia A tecnologia virou ferramenta indispensável para as pessoas trabalharem, se comunicarem e até se divertirem. Computação é a área que mais cresce no mundo inteiro! Esse constante

Leia mais

O PAPEL DO TUTOR A DISTÂNCIA NO ENSINO DE INFORMÁTICA: A EXPERIÊNCIA DO CURSO DE TECNOLOGIA EM SISTEMAS PARA INTERNET UAB/IFSUL

O PAPEL DO TUTOR A DISTÂNCIA NO ENSINO DE INFORMÁTICA: A EXPERIÊNCIA DO CURSO DE TECNOLOGIA EM SISTEMAS PARA INTERNET UAB/IFSUL O PAPEL DO TUTOR A DISTÂNCIA NO ENSINO DE INFORMÁTICA: A EXPERIÊNCIA DO CURSO DE TECNOLOGIA EM SISTEMAS PARA INTERNET UAB/IFSUL Pelotas RS Maio 2010 Letícia Marques Vargas IFSul le.mvargas@gmail.com Gabriela

Leia mais

RESOLUÇÃO DO CONSELHO ADMINISTRATIVO Nº 001/2015, de 20 de abril de 2015.

RESOLUÇÃO DO CONSELHO ADMINISTRATIVO Nº 001/2015, de 20 de abril de 2015. RESOLUÇÃO DO CONSELHO ADMINISTRATIVO Nº 001/2015, de 20 de abril de 2015. Cria a CONEXÃO EDUCACIONAL, órgão suplementar vinculado à Coordenação Executiva. 1 O PRESIDENTE DO CONSELHO ADMINISTRATIVO DO INSTITUTO

Leia mais

As Novas Profissões em Computação. Integrantes Eder Leão Leonardo Jorente Rafael Stéfano Vinícius Akihiro Kuwabara

As Novas Profissões em Computação. Integrantes Eder Leão Leonardo Jorente Rafael Stéfano Vinícius Akihiro Kuwabara As Novas Profissões em Integrantes Eder Leão Leonardo Jorente Rafael Stéfano Vinícius Akihiro Kuwabara Tópicos Contextualização Novas Profissões Impacto Conclusões Referências Contextualização (Histórico

Leia mais

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO PLANO DO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DA Flash Lan House: FOCO NO ALINHAMENTO ENTRE CAPITAL HUMANO E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

Leia mais

Versão 006 20-mar-15

Versão 006 20-mar-15 Versão 006 20-mar-15 CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO (MBA) EM NÍVEL DE ESPECIALIZAÇÃO LATO SENSU A Sustentare Escola de Negócios tem como objetivo, desenvolver e prover permanentemente conhecimentos e práticas

Leia mais

Universidade Anhembi Morumbi On-line. Os mesmos professores. A mesma aula. O mesmo diploma. Tudo a um clique de você.

Universidade Anhembi Morumbi On-line. Os mesmos professores. A mesma aula. O mesmo diploma. Tudo a um clique de você. Universidade Anhembi Morumbi On-line. Os mesmos professores. A mesma aula. O mesmo diploma. Tudo a um clique de você. Educação a Distância Anhembi Morumbi Agora você pode estudar em uma universidade internacional

Leia mais

Uso dos computadores e a Tecnologia da informação nas empresas: uma visão geral e introdutória

Uso dos computadores e a Tecnologia da informação nas empresas: uma visão geral e introdutória Uso dos computadores e a Tecnologia da informação nas empresas: uma visão geral e introdutória Não há mais dúvidas de que para as funções da administração - planejamento, organização, liderança e controle

Leia mais

EZO Soluções Interativas

EZO Soluções Interativas EZO Soluções Interativas 01. Conceito sobre a EZO A EZO Soluções Interativas surgiu no ano de 2006 com o foco no desenvolvimento de soluções e tecnologias que aproximassem as pessoas. Em 08 anos conseguimos

Leia mais

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO SISTEMAS DE INFORMAÇÃO SOBRE O CURSO A tecnologia ocupa papel de destaque no atual cenário socioeconômico mundial, presente em todos os setores e atividades econômicas. Essa revolução transformou o mundo

Leia mais

ERP: Pacote Pronto versus Solução in house

ERP: Pacote Pronto versus Solução in house ERP: Pacote Pronto versus Solução in house Introdução Com a disseminação da utilidade e dos ganhos em se informatizar e integrar os diversos departamentos de uma empresa com o uso de um ERP, algumas empresas

Leia mais

Prof.: Roberto Franciscatto. Capítulo 1 Mercado de trabalho em TI

Prof.: Roberto Franciscatto. Capítulo 1 Mercado de trabalho em TI Introdução a Sistemas de Informação Prof.: Roberto Franciscatto Capítulo 1 Mercado de trabalho em TI Este que vos fala... Prof. Roberto Franciscatto Graduação: Informática Mestrado: Computação Aplicada

Leia mais

Sistemas Integrados de Gestão Empresarial

Sistemas Integrados de Gestão Empresarial Universidade Federal do Vale do São Francisco Curso de Administração Tecnologia e Sistemas de Informação - 05 Prof. Jorge Cavalcanti jorge.cavalcanti@univasf.edu.br www.univasf.edu.br/~jorge.cavalcanti

Leia mais

TI Aplicada. Aula 02 Áreas e Profissionais de TI. Prof. MSc. Edilberto Silva prof.edilberto.silva@gmail.com http://www.edilms.eti.

TI Aplicada. Aula 02 Áreas e Profissionais de TI. Prof. MSc. Edilberto Silva prof.edilberto.silva@gmail.com http://www.edilms.eti. TI Aplicada Aula 02 Áreas e Profissionais de TI Prof. MSc. Edilberto Silva prof.edilberto.silva@gmail.com http:// Papéis... Um papel é uma definição abstrata de um conjunto de atividades executadas e dos

Leia mais

Área de Gestão e Negócios

Área de Gestão e Negócios Área de Gestão e Negócios O Complexo Educacional FMU é uma Instituição de ensino superior com uma longa tradição de prestação de relevantes serviços educacionais a sociedade brasileira. Fundado em 1968,

Leia mais

01. O QUE É? 02. OBJETIVOS DO CURSO 03. CAMPO DE ATUAÇÃO

01. O QUE É? 02. OBJETIVOS DO CURSO 03. CAMPO DE ATUAÇÃO 01. O QUE É? O Curso de Desenvolvimento de Websites é um curso de graduação tecnológica de nível superior com duração de dois anos e meio. Este curso permite a continuidade dos estudos em nível de bacharelado

Leia mais

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO. Concepção do Curso de Administração

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO. Concepção do Curso de Administração CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Concepção do Curso de Administração A organização curricular do curso oferece respostas às exigências impostas pela profissão do administrador, exigindo daqueles que integram a instituição

Leia mais

Ficha Técnica. Apresentação

Ficha Técnica. Apresentação Ficha Técnica Apresentação O Curso Materiais Didáticos para Educação a Distância foi elaborado com o objetivo de proporcionar o conhecimento de base sobre o desenvolvimento didático dos materiais na modalidade

Leia mais

LMA, Solução em Sistemas

LMA, Solução em Sistemas LMA, Solução em Sistemas Ao longo dos anos os sistemas para gestão empresarial se tornaram fundamentais, e por meio dessa ferramenta as empresas aperfeiçoam os processos e os integram para uma gestão mais

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO DE FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA (FIC)

PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO DE FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA (FIC) SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SERTÃO PERNAMBUCANO PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO E CULTURA PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO DE FORMAÇÃO INICIAL

Leia mais

Pesquisa realizada com os participantes do 12º Seminário Nacional de Gestão de Projetos. Apresentação

Pesquisa realizada com os participantes do 12º Seminário Nacional de Gestão de Projetos. Apresentação Pesquisa realizada com os participantes do de Apresentação O perfil do profissional de Projetos Pesquisa realizada durante o 12 Seminário Nacional de, ocorrido em 2009, traça um importante perfil do profissional

Leia mais

SPEKTRUM SOLUÇÕES DE GRANDE PORTE PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS SPEKTRUM SAP Partner 1

SPEKTRUM SOLUÇÕES DE GRANDE PORTE PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS SPEKTRUM SAP Partner 1 SPEKTRUM SOLUÇÕES DE GRANDE PORTE PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS SPEKTRUM SAP Partner 1 PROSPERE NA NOVA ECONOMIA A SPEKTRUM SUPORTA A EXECUÇÃO DA SUA ESTRATÉGIA Para as empresas que buscam crescimento

Leia mais

PROPOSTA PEDAGOGICA CENETEC Educação Profissional. Índice Sistemático. Capitulo I Da apresentação...02. Capitulo II

PROPOSTA PEDAGOGICA CENETEC Educação Profissional. Índice Sistemático. Capitulo I Da apresentação...02. Capitulo II Índice Sistemático Capitulo I Da apresentação...02 Capitulo II Dos objetivos da proposta pedagógica...02 Capitulo III Dos fundamentos da proposta pedagógica...02 Capitulo IV Da sinopse histórica...03 Capitulo

Leia mais

PROJETO NOVAS FRONTEIRAS. Descrição dos processos de gerenciamento da qualidade

PROJETO NOVAS FRONTEIRAS. Descrição dos processos de gerenciamento da qualidade PROJETO NOVAS FRONTEIRAS PLANO DE GERENCIAMENTO DA QUALIDADE QUALITY MANAGEMENT PLAN Preparado por Mara Lúcia Menezes Membro do Time Versão 3 Aprovado por Rodrigo Mendes Lemos Gerente do Projeto 15/11/2010

Leia mais