Programação em ASP S. P net

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Programação em ASP S. P net"

Transcrição

1 Programação em ASP.net

2 PostBacks, Round Trips A web é inerentemente desconectada O browser e o servidor estão conectados apenas durante o tempo necessário para processar o pedido Quando se faz um pedido de uma página.aspx o código da página é executado no servidor A cada pedido a página chama-se a si mesma de modo a executar o código outra vez. Como a página executa no servidor cada acção implica uma ida ao servidor. O pedido de uma página implica no servidor uma nova instância da página 1

3 Ciclo de processamento da página Round Trip O utilizador solicita a página. (A página é solicitada usando um método HTTP - GET). A página é executada pela primeira vez, executando processamentos preliminares se tiverem sido programados A página dinamicamente produz HTML para o navegador, semelhante a qualquer outra página HTML O utilizador interage com a página e submete a informação clicando num botão. A página é enviada para o servidor Web. ( O navegador executa um método HTTP - POST, que no ASP.NET é conhecido como um postback). Especificamente, a página é remetida de volta a si mesma. No servidor Web, a página executa novamente. As informações que o utilizador introduziu estão disponíveis para o código da página. A página executa o processamento que estiver programado. A página dinamicamente produz HTML para o navegador, semelhante a qualquer outra página HTML 2

4 Transferir informação (post) para outra página Usando hyperlinks na página Redireccionar programaticamente forçando o browser a pedir outra página Método Redirect -Response.Redirect(string url, ) Equivalente a um hyperlinks Comando HTTP GET Informação transferida pela QueryString Redireccionar programáticamente transferindo o control para outra página na mesma aplicação Web Método Server.Transfer Comando HTTP POST Permite à página destino ler valores dos controlos e propriedades públicas da página inicial 3

5 Cross-Page Configurar Cross-Page o que permite especificar outra página quando se faz post da corrente Cross-Page é a possibilidade de enviar informação para outras páginas Na página destino pode-se aceder às propriedades publicas da inicial e aos valores dos controlos. Definir nas propriedades do botão de submit a página destino PostBackUrl -> TargetPage.aspx 4

6 Cross-Page (cont.) 1- Aceder à informação - Controlos Propriedade Page.PreviousPage Método FindControl if (Page.PreviousPage!= null) { TextBox SourceTextBox = (TextBox)Page.PreviousPage.FindControl( tbox1"); if (SourceTextBox!= null) { Label1.Text = SourceTextBox.Text; } } 5

7 2 - Aceder à informação - Propriedades Definir propriedade publica na página inicial public string Cidade{ get { return ddlcidade.selecteditem.text; }} Definir uma referência na página destino para a página inicial PreviousPageType VirtualPath="~/SourcePage.aspx" %> Na página destino aceder à propriedade Label1.Text = PreviousPage.Cidade; 6

8 Links no MSDN: Cross-Page Posting in ASP.NET Web Pages Redirecting Users to Another Page How to: Pass Values Between ASP.NET Web Pages 7

9 Ciclo de vida da página

10 Ciclo de vida da página Modelo de compilação e classes parciais Uma Web Form deriva da classe System.Web.UI.Page Dois componentes: Code behind file- xxx.aspx.cs - contém o código para os eventos e outros métodos relacionados com a página Public parcial class _Default protected void Page_Load(object sender, EventArgs e) {if (!Page.IsPostBack) Designer file xxx.aspx que contém declarações de controlos HTML e eventos. <asp:radiobuttonlist ID="rbl" runat="server" AutoPostBack="True" OnSelectedIndexChanged="rbl_SelectedIndexChanged"> 9

11 Ciclo de vida da página Ciclo de vida da página Para cada pedido a página é instanciada de novo, perdendo todos os valores e estado anterior Para manter a informação no servidor tem de se usar um mecanismo de gestão de estado: Application, Session, Variáveis de Cache ou Cookies. A classe Page implementa o método ProcessRequest da interface IHttpHandler, responsável por todas as fases do ciclo de vida da página Durante a execução da página são lançados vários eventos. 10

12 Sequência de Eventos Sequência de Eventos 1 PreInit Todos os controlos criados no design são inicializados com os seus valores por omissão. Neste evento podem ser criados controlos dinâmicos. Pode-se fazer override do método. protected override void OnPreInit(EventArgs e) { //custom code base.onpreinit(e); } Permite a definição dinâmica da Master Page e do theme aplicado à página. 11

13 Sequência de Eventos 2 Init Os controlos da página são inicializados e a propriedade UniqueID de cada controlo é definida. Os skin são aplicados aos controlos. O ViewState dos controlos ainda não está disponível. 3 InitComplete Apenas ocorre quando é um postback e consiste na recuperação do estado interno da página através dos dados guardados no Viewstate e no ControlState. O estado interno dos controlos é actualizado com os dados provenientes do formulário enviado HTTP Post Data 4 Load Podem ser criados controlos dinâmicos e definidas propriedades dos controlos. O métod IsPostBack permite verificar se é um postback 12

14 Sequência de Eventos 4 Load (cont) São gerados os eventos servidores dos controlos. Por exemplo, o evento Click gerado pelo controlo Button. 5 PreRender Começa a fase de geração do HTML da página. É o ultimo evento onde se pode alterar o valor dos controlos. 6 SaveViewState, SaveControlState A página inicia o armazenamento dos dados internos mantidos por todos os controlos. Os dados são guardados num HTML input escondido <input type="hidden" name=" VIEWSTATE" id=" VIEWSTATE" value="/wepdwukmtk3mdmwmzewna. 13

15 Sequência de Eventos 6 - Render É gerado o HTML para todos os controlos existentes na árvore de controlos da página. O evento RenderControl é chamado recursivamente para todos os controlos. 7 UnLoad Permite efectuar a limpeza de eventuais recursos usados durante o processamento Links [ASP.NET Page Life Cycle] [ASP.NET Page Lifecycle] 14

16 Eventos Exemplo de override de um evento A master page é embebida com a página no evento PreInit. A alteração do conteúdo ou substituição da master page deve ser realizada nesse evento protected override void OnPreInit(EventArgs e) { base.onpreinit(e); //criar variáveis com o controlo da master Label lb = (Label)Page.Master.FindControl("LabelMaster"); lb.text = Texto alterado"; // pode tambem alterar a master page //Page.MasterPageFile = "~/MasterPage2.master"; } 15

17 Server Control Event Model Os eventos associados aos server control são originados nos clientes mas processados no servidor protected void Bt_Click(object sender, EventArgs e) { // código de processamento do evento } Asp.net captura o evento, transmite e interpreta o evento Apenas alguns eventos geram chamada ao servidor Button -> Click, Calendar -> SelectionChanged Para outros eventos é necessário AutoPostBack=true; CheckBox -> CheckedChange Server control não suportam eventos com grande ocorrência OnMouseOver, OnMouseOut 16

18 Argumentos dos eventos protected void Bt_Click(object sender, EventArgs e) Object sender Objecto que provocou o evento EventArgs e Objecto evento que contém informação específica sobre o evento Exemplo para um button CommandEventArgs e Propriedades: CommandName, CommandArgument protected void btsubmit_command (object sender, CommandEventArgs e) 17

19 <h3>button CommandName Example</h3> Click on one of the command buttons. <br><br> <asp:button id="button1" Text="Sort Ascending" CommandName="Sort" CommandArgument="Ascending" OnCommand="CommandBtn_Click" runat="server"/> <asp:button id="button2" Text="Sort Descending" CommandName="Sort" CommandArgument="Descending" OnCommand="CommandBtn_Click" runat="server"/> <br><br> 18

20 void CommandBtn_Click(Object sender, CommandEventArgs e) { switch(e.commandname) { case "Sort": // Call the method to sort the list. Sort_List((String)e.CommandArgument); break; case "Submit": // Display a message for the Submit button being clicked. Message.Text = "You clicked the Submit button"; // Test whether the command argument is an empty string (""). if((string)e.commandargument == "") [http://msdn2.microsoft.com/en-us/library/system.web.ui.webcontrols.commandeventargs(vs.80).aspx] 19

21 GridViewRowEventArgs RowCreated - método ocorre quando é criada uma row na gridview protected void GridDatalhesFactura_RowCreated(object sender, GridViewRowEventArgs e) { // torna invisiveis colunas da grelha e.row.cells[0].visible = false; e.row.cells[2].visible = false; e.row.cells[3].visible = false; } 20

22 Criação dinâmica de controlos protected String[] links= {"http://www.sapo.pt","http://www.tsf.pt"}; foreach (String str in links) { HyperLink hl = new HyperLink(); hl.text = str; hl.navigateurl = str; PanelLinks.Controls.Add(hl); LiteralControl lc = newliteralcontrol("<br>"); PanelLinks.Controls.Add(lc); } 21

23 Criação dinamica de uma tabela int n = 5; int k = 0; Table ta = new Table(); for (int i = 0; i < n; i++) { TableRow tr = new TableRow(); for (int j = 0; j < n; j++) { TableCell tc = new TableCell(); tc.text = k.tostring(); tr.cells.add(tc); k++; } ta.rows.add(tr); } Panel1.Controls.Add(ta); } 22

24 Trace Trace Permite detectar erros na página e ver os vários eventos que ocorrem na página Document -> Properties - > Trace = true Informação gerada: Trace Information Control Tree Session state Aplication state Request Cookie Collection Response cookie Collection Headers Collection Response headers collection Form Collection QueryString Collection Server variables 23

25 Trace Inserir Informação no Trace Trace.Warn("debugging", "Radio Button SelectedIndexChanged "); Excerto da Informação de trace aspx.page aspx.page aspx.page aspx.page aspx.page aspx.page aspx.page aspx.page debugging aspx.page End ProcessPostData Begin PreLoad End PreLoad Begin Load End Load Begin ProcessPostData Second Try End ProcessPostData Second Try Begin Raise ChangedEvents Radio Button SelectedIndexChanged End Raise ChangedEvents 24

26 Trace O trace pode ser ligado para toda a aplicação sendo mostrada a informação noutra página Link MSDN [Walkthrough: Using Tracing in Visual Web Developer to Help Find Web Page Errors] 25

Programação em ASP.net

Programação em ASP.net Programação em ASP.net Programação em ASP.net PostBacks, Round Trips Quando se faz um pedido de uma página.aspx o código da página é executado no servidor A cada pedido a página chama-se a si mesma de

Leia mais

NOTA: Neste tutorial foi utilizado o Visual Studio 2010 para criar o Projeto Web no qual iremos aplicar os temas e os skins.

NOTA: Neste tutorial foi utilizado o Visual Studio 2010 para criar o Projeto Web no qual iremos aplicar os temas e os skins. TUTORIAL 01 USANDO THEMES E SKINS EM UMA APLICAÇÃO ASP.NET ETAPA 1: Criando um novo Web Site usando o Visual Studio 2010 NOTA: Neste tutorial foi utilizado o Visual Studio 2010 para criar o Projeto Web

Leia mais

DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE PARA INTERNET. quarta-feira, 12 de setembro de 12

DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE PARA INTERNET. quarta-feira, 12 de setembro de 12 DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE PARA INTERNET 1 WEB SERVER CONTROLS 2 CONTROLE BUTTON O controle Button, muitas vezes chamado de botão de comando, é usado pelo usário em uma página ASP.NET com o intuito de

Leia mais

Aula 06 Usando controles em ASP.NET

Aula 06 Usando controles em ASP.NET Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Disciplina: Linguagem de Programação Plataforma.NET 2 Aula 06 Usando controles em ASP.NET Nas propriedades do FORM temos a opções EnableViewState. Esta

Leia mais

Repeater no GASweb. Regiões

Repeater no GASweb. Regiões Repeater no GASweb Por: Rodrigo Silva O controle de servidor Repeater é um container básico que permite a você criar uma lista de qualquer informação que deseja em uma página Web. Ele não tem uma aparência

Leia mais

DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE PARA INTERNET LABORATÓRIO 1 PROF. EMILIO PARMEGIANI

DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE PARA INTERNET LABORATÓRIO 1 PROF. EMILIO PARMEGIANI DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE PARA INTERNET LABORATÓRIO 1 PROF. EMILIO PARMEGIANI Exercício 1 Neste exercício trabalharemos com alguns web controls básicos e praticaremos os tipos de dados do C#. Vamos criar

Leia mais

LAB12: Componentes ASP.NET

LAB12: Componentes ASP.NET LAB12: Componentes ASP.NET Neste laboratório vamos criar uma aplicação ASP.NET que utiliza o componente DropDownList, diversas opções de associação de conteúdo ao componente visual, bem como o uso dos

Leia mais

Login. Criar um novo website File > New > WebSite Framework 4.5 Visual C# ASP.NET Empty Web Site Nome do projeto: WebLogin

Login. Criar um novo website File > New > WebSite Framework 4.5 Visual C# ASP.NET Empty Web Site Nome do projeto: WebLogin Login Criar um novo website File > New > WebSite Framework 4.5 Visual C# ASP.NET Empty Web Site Nome do projeto: WebLogin Estrutura do projeto Criar pastas e deixar a estrutura do projeto conforme a figura.

Leia mais

Introdução ao ASP.NET

Introdução ao ASP.NET Introdução ao ASP.NET Miguel Isidoro Agenda ASP ASP.NET Server Controls Separação de Código e Apresentação Acesso a Dados Web Services Aplicações Web ASP.NET 1 ASP Razões do Sucesso Modelo de programação

Leia mais

Consulta de endereço através do Cep

Consulta de endereço através do Cep --------------------------------------------------------------------------------------------- Por: Giancarlo Fim giancarlo.fim@gmail.com Acesse: http://giancarlofim.wordpress.com/ ---------------------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

AJAX no GASweb. Mas e afinal, para que usamos o AJAX?

AJAX no GASweb. Mas e afinal, para que usamos o AJAX? Nível - Avançado AJAX no GASweb Por: Pablo Hadler AJAX (Asynchronous Javascript and XML) foi criado com o princípio de ser uma maneira rápida e otimizada de podermos fazer requisições Web, sendo esta totalmente

Leia mais

Capítulo 4. Programação em ASP

Capítulo 4. Programação em ASP Índice: CAPÍTULO 4. PROGRAMAÇÃO EM ASP...2 4.1 REGISTRAR...2 4.1.1 Códigos para configuração do objeto...2 4.1.2 Formulário para transferir dados da impressão digital...3 4.1.3 Código Javascript para registro

Leia mais

Criando um carrinho de compras

Criando um carrinho de compras Criando um carrinho de compras Um carrinho de compras feito em ASP.NET para você adaptar ao seu negócio e incluir no seu site. Além de aprender conceitos importantes relacionados a tecnologia ASP.NET vai

Leia mais

-------------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------------- Base de Dados Sales.mdb Tabelas: Customers (CustomerID, Name, Address, PhoneNb, FaxNb, EMail) Products (ProductID, Description, UnitPrice, StockQtd) Sales (SaleID, CustomerID, DateOfSale) SaleDetails (SaleID,

Leia mais

J820. Testes de interface Web com. HttpUnit. argonavis.com.br. Helder da Rocha (helder@acm.org)

J820. Testes de interface Web com. HttpUnit. argonavis.com.br. Helder da Rocha (helder@acm.org) J820 Testes de interface Web com HttpUnit Helder da Rocha (helder@acm.org) O que é HttpUnit API Java para comunicação com servidores HTTP Permite que programas construam e enviem requisições, e depois

Leia mais

IHttpAsyncHandler. Para além destas duas interfaces, existe ainda uma outra,

IHttpAsyncHandler. Para além destas duas interfaces, existe ainda uma outra, HANDLERS E MÓDULOS As handlers e os módulos são dois dos pontos de personalização e/ou extensão mais usados nas aplicações ASP.NET. O objetivo deste capítulo é apresentar algumas das principais particularidades

Leia mais

Ajax Asynchronous JavaScript and Xml

Ajax Asynchronous JavaScript and Xml Ajax Asynchronous JavaScript and Xml Ajax permite construir aplicações Web mais interactivas, responsivas, e fáceis de usar que aplicações Web tradicionais. Numa aplicação Web tradicional quando se prime

Leia mais

Módulo 3936 ASP.NET. Financiado pelo FSE

Módulo 3936 ASP.NET. Financiado pelo FSE 2 EISnt Centro de Formação Profissional, Engenharia Informática e Sistemas, Novas Tecnologias, Lda Avª D. João I, nº 380/384 Soutelo 4435-208 Rio Tinto Portal Internet : www.eisnt.com E-Mail : formação@eisnt.com

Leia mais

Programação para Internet Avançada. 4. Web Services. Nuno Miguel Gil Fonseca nuno.fonseca@estgoh.ipc.pt

Programação para Internet Avançada. 4. Web Services. Nuno Miguel Gil Fonseca nuno.fonseca@estgoh.ipc.pt Programação para Internet Avançada 4. Web Services Nuno Miguel Gil Fonseca nuno.fonseca@estgoh.ipc.pt São módulos de aplicações de negócios que expõem as regras do negócio como serviços na Internet através

Leia mais

Não estudaremos detalhadamente todos os Server Controls.

Não estudaremos detalhadamente todos os Server Controls. 4. Controles Uma novidade do ASP.NET 2.0 foi a adição de cerca de 50 novos controles de servidor. Alguns presentes na versão 1.1, como o DataGrid, não estão mais disponíveis na caixa de ferramentas, porém

Leia mais

Acesso a Dados com Wizard (sem escrever código) e Programaticamente

Acesso a Dados com Wizard (sem escrever código) e Programaticamente Base de Dados: loja.mdb Acesso a Dados com Wizard (sem escrever código) e Programaticamente Tabelas: Categorias (IdCat, NomeCat) Produtos (IdProd, IdCat, Preço, Stock) Carrinho (ProdId, Quantidade) Clientes

Leia mais

Desenvolvimento de aplicações Web. Java Server Pages

Desenvolvimento de aplicações Web. Java Server Pages Desenvolvimento de aplicações Web Java Server Pages Hamilton Lima - athanazio@pobox.com 2003 Como funciona? Servidor web 2 Internet 1 Browser 3 Arquivo jsp 4 JSP Compilado 2 Passo a passo 1 browser envia

Leia mais

3. Desenvolvimento de Aplicações Web com ASP.net

3. Desenvolvimento de Aplicações Web com ASP.net Programação para Internet Avançada 3. Desenvolvimento de Aplicações Web com ASP.net Nuno Miguel Gil Fonseca nuno.fonseca@estgoh.ipc.pt ASP.net? Tecnologia de servidor que pode ser implementada através

Leia mais

Os objetivos indicados aplicam-se a duas linguagens de programação: C e PHP

Os objetivos indicados aplicam-se a duas linguagens de programação: C e PHP AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE SANTA COMBA DÃO CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO DE GESTÃO E PROGRAMAÇÃO DE SISTEMAS INFORMÁTICOS 2012-2015 PROGRAMAÇÃO E SISTEMAS DE INFORMAÇÃO MÓDULO 2 Mecanismos de Controlo de

Leia mais

LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO WEB

LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO WEB LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO WEB GABRIELA TREVISAN Formulários e Aula 3 Relembrando HTML 5 Tag Form o Utilizada para marcar a região do formulário. o Os atributos mais importantes são o method e o action.

Leia mais

Dando um passeio no ASP.NET

Dando um passeio no ASP.NET Dando um passeio no ASP.NET Por Mauro Sant Anna (mas_mauro@hotmail.com). Mauro é um MSDN Regional Director, consultor e instrutor. O principal objetivo da arquitetura.net é permitir ao usuário o fácil

Leia mais

1- ASP.NET - HTML Server Controls

1- ASP.NET - HTML Server Controls 1- ASP.NET - HTML Server Controls Os controles de servidor - Server Controls - HTML são tags HTML padrão, com exceção de possuirem o atributo : runat="server". Vejamos um código que ilustra isto: O atributo

Leia mais

Ajax Asynchronous JavaScript and Xml

Ajax Asynchronous JavaScript and Xml Ajax Asynchronous JavaScript and Xml Ajax permite construir aplicações Web mais interativas, responsivas, e fáceis de usar que aplicações Web tradicionais. Numa aplicação Web tradicional quando se prime

Leia mais

Criação de uma aplicação Web ASP.NET MVC usando Code First

Criação de uma aplicação Web ASP.NET MVC usando Code First Criação de uma aplicação Web ASP.NET MVC usando Code First Visual Studio > File > New Project > (Visual C#, Web) ASP.NET MVC 4 Web Application Name: MvcApplication11 Project Template: View Engine: Internet

Leia mais

Tecnologias para Web Design

Tecnologias para Web Design Tecnologias para Javascript e DOM Introdução à Scripts Um script do lado cliente é um programa que acompanha um documento HTML Pode estar incluído no próprio documento embutido ou acompanha-lo num arquivo

Leia mais

Connection String usada por uma Class Library

Connection String usada por uma Class Library Connection String usada por uma Class Library Vamos considerar uma Class Library com o modelo de dados e com acesso à base de dados através do Entity Framework. Aonde deve ser colocada a connection string

Leia mais

Scriptlets e Formulários

Scriptlets e Formulários 2 Scriptlets e Formulários Prof. Autor: Daniel Morais dos Reis e-tec Brasil Programação Avançada Para Web Página1 Meta Permitir ao aluno aprender a criar um novo projeto Java para web no Netbeans IDE,

Leia mais

Linguagem de Programação III Aula 2 Revisão Parte II

Linguagem de Programação III Aula 2 Revisão Parte II Linguagem de Programação III Aula 2 Revisão Parte II Prof. Moser Fagundes Curso Técnico em Informática (Modalidade Integrada) Instituto Federal Sul-Rio-Grandense (IFSul) Campus Charqueadas Revisão de PHP

Leia mais

Acesso a Dados: com Wizard (sem escrever código), e Programaticamente

Acesso a Dados: com Wizard (sem escrever código), e Programaticamente Acesso a Dados: com Wizard (sem escrever código), e Programaticamente Base de Dados: loja.mdb Tabelas: Categorias (IdCat, NomeCat) Produtos (IdProd, IdCat, NomeProd, Preco, Stock) Carrinho (IdCliente,

Leia mais

Passo a passo: Usando o Microsoft Azure para estudantes

Passo a passo: Usando o Microsoft Azure para estudantes Passo a passo: Usando o Microsoft Azure para estudantes Comece a usar o Microsoft Azure gratuitamente, a nova ferramenta disponível via DreamSpark. Através deste guia você irá aprender como desenvolver

Leia mais

Walkthrough: Creating a Web Site with Membership and User Login. http://msdn2.microsoft.com/en-us/library/879kf95c(vs.80).aspx

Walkthrough: Creating a Web Site with Membership and User Login. http://msdn2.microsoft.com/en-us/library/879kf95c(vs.80).aspx Membership e Login Walkthrough: Creating a Web Site with Membership and User Login http://msdn2.microsoft.com/en-us/library/879kf95c(vs.80).aspx Membership e Login Web Site Administration Tool 1 Membership

Leia mais

Programação WEB II. Formulários Em PHP. Métodos GET e POST progweb2@thiagomiranda.net. Thiago Miranda dos Santos Souza

Programação WEB II. Formulários Em PHP. Métodos GET e POST progweb2@thiagomiranda.net. Thiago Miranda dos Santos Souza Formulários Em PHP Métodos GET e POST progweb2@thiagomiranda.net Conteúdos Os materiais de aula, apostilas e outras informações estarão disponíveis em: www.thiagomiranda.net Objetivos Entender o funcionamento

Leia mais

Criando uma aplicação Web em C# usando o NHibernate

Criando uma aplicação Web em C# usando o NHibernate Criando uma aplicação Web em C# usando o NHibernate Apresento neste artigo como criar uma aplicação web totalmente orientada a objetos usando o framework NHibernate e a linguagem C#. Nossa meta é construir

Leia mais

Trabalhando com XML RENATO CORREIA DE MATOS

Trabalhando com XML RENATO CORREIA DE MATOS Trabalhando com XML RENATO CORREIA DE MATOS Para que aplicações heterogêneas possam se comunicar é necessário que haja um padrão. Uma boa escolha para a troca de mensagens seria por meio de arquivo texto,

Leia mais

Linguagem de. Aula 06. Profa Cristiane Koehler cristiane.koehler@canoas.ifrs.edu.br

Linguagem de. Aula 06. Profa Cristiane Koehler cristiane.koehler@canoas.ifrs.edu.br Linguagem de Programação IV -PHP Aula 06 Profa Cristiane Koehler cristiane.koehler@canoas.ifrs.edu.br Criação de Formulários o Um formulário consiste em uma série de campos que são preenchidos pelo usuário

Leia mais

JavaScript (Funções, Eventos e Manipulação de Formulários)

JavaScript (Funções, Eventos e Manipulação de Formulários) Linguagem de Programação para Web JavaScript (Funções, Eventos e Manipulação de Formulários) Prof. Mauro Lopes 1-31 23 Objetivos Iremos avançar um pouco mais em nosso estudo sobre o JavaScript. Iremos

Leia mais

HTML - 7. Vitor Vaz da Silva Paula Graça

HTML - 7. Vitor Vaz da Silva Paula Graça HTML - 7 Vitor Vaz da Silva Paula Graça 1 Formulários Os formulários forms no HTML, são utilizados para a introdução de dados de uma determinada aplicação Os programas JavaScript têm como um dos seus maiores

Leia mais

Meta Programming. Nelson Ferraz nferraz@gmail.com

Meta Programming. Nelson Ferraz nferraz@gmail.com Meta Programming Nelson Ferraz nferraz@gmail.com Resumo Meta Programming Code Generation AppML 23/11/07 Nelson Ferraz 2 Meta Programming Programas que manipulam programas Geração de

Leia mais

Tecnologias Web. Formulários HTML

Tecnologias Web. Formulários HTML Tecnologias Web Formulários HTML Cristiano Lehrer, M.Sc. Tag form (1/2) Todo formulário em HTML é construído usando elementos dentro de um bloco . O bloco define a URL que receberá o formulário

Leia mais

Desenvolvimento Web XHTML Formulários. Prof. Bruno E. G. Gomes

Desenvolvimento Web XHTML Formulários. Prof. Bruno E. G. Gomes Desenvolvimento Web XHTML Formulários Prof. Bruno E. G. Gomes 2014 Introdução Um recurso bastante utilizado no desenvolvimento Web é o envio de dados de uma página para o servidor quando fornecemos informações,

Leia mais

Especialização em Engenharia de Software - CEUT

Especialização em Engenharia de Software - CEUT Até aqui Programação com interfaces gráficas Sérgio Soares scbs@cin.ufpe.br Criamos a infra-estrutura para a aplicação bancária classes que representam os tipos de conta classe que implementa regras de

Leia mais

O objetivo da aula é realizar upload de arquivos com aplicação web. Será realizado o upload de duas formas:

O objetivo da aula é realizar upload de arquivos com aplicação web. Será realizado o upload de duas formas: Aula 09 FileUpload Disciplina: Programação Web Prof. Allbert Velleniche de Aquino Almeida E-mail: allbert.almeida@fatec.sp.gov.br Site: http://www.allbert.com.br /allbert.almeida Objetivo O objetivo da

Leia mais

HTML Básico Formulários. Matheus Meira

HTML Básico Formulários. Matheus Meira HTML Básico Formulários Matheus Meira 1 Objetivos Neste apresentação conheceremos os fundamentos básicos de HTML para a manipulação com servlets e jsp. Serão vistos Formulários Links Elementos de disparo

Leia mais

LAB 18: ASP.NET e Web Services

LAB 18: ASP.NET e Web Services LAB 18: ASP.NET e Web Services Este lab apresenta a criação e utilização de Web Services usando C# e aplicação em uma página web. Exercício 1 Criando um Web Service simples 1. Crie um novo projeto utilizando

Leia mais

J550. Model View Controller

J550. Model View Controller J550 Model View Controller 1 Design de aplicações JSP Design centrado em páginas Aplicação JSP consiste de seqüência de páginas (com ou sem beans de dados) que contém código ou links para chamar outras

Leia mais

C# - Conexão com MySQL

C# - Conexão com MySQL E S T A A P R E S E N T A Ç Ã O F O I E L A B O R A D A COMO M A T E R I A L DE A P O I O À A U L A DO P R O F E S S O R L E O L A R B A C K A O S A L U N O S DA E S C O L A T É C N I C A P O L I M I G.

Leia mais

Bem vindos ao Curso de ASP.NET MVC 3 Razor e C#

Bem vindos ao Curso de ASP.NET MVC 3 Razor e C# Bem vindos ao Curso de ASP.NET MVC 3 Razor e C# Pré-requisitos: O curso de C# Csharp veja aqui e o curso de ASP.NET Básico veja aqui Valor R$129.00 compre aqui Veja o video do curso aqui Aprenda ASP.NET

Leia mais

Criando variáveis via URL

Criando variáveis via URL 7 Criando variáveis via URL Prof. Autor: Daniel Morais dos Reis e-tec Brasil Programação Avançada Para Web Página1 Meta Aprender a enviar e receber dados via variáveis da barra de endereços do browser

Leia mais

2.3. PHP Tipos de dados e operadores

2.3. PHP Tipos de dados e operadores Programação para Internet II 2.3. PHP Tipos de dados e operadores Nuno Miguel Gil Fonseca nuno.fonseca@estgoh.ipc.pt Tipos de dados Embora não seja necessário declarar os tipos de dados das variáveis,

Leia mais

Validação de formulário : CEP, Email e CPF

Validação de formulário : CEP, Email e CPF Validação de formulário : CEP, Email e CPF Publicado em: 14/09/2003 A ASP.NET veio para facilitar ainda mais o desenvolvimento para WEB, trazendo consigo todo um conjunto inovações que visam facilitar

Leia mais

ASP.NET. Michael Schuenck dos Santos

ASP.NET. Michael Schuenck dos Santos ASP.NET Michael Schuenck dos Santos Curso de Sistemas de Informação Centro Universitário Luterano de Palmas (CEULP/ULBRA) Caixa Postal 15.064 91.501-970 Palmas TO Brasil michael@ulbra-to.br 1. Introdução

Leia mais

JSP e Servlet Princípio de MVC

JSP e Servlet Princípio de MVC UNIPÊ Centro Universitário de João Pessoa Desenvolvimento para Web HTTP e Servlets JSP e Servlet Princípio de MVC ducaribas@gmail.com 1 12 JSP e Servlets Desvantagens de JSP e Servlets Servlets Escrever

Leia mais

ASP.NET 2.0 - Visual Studio 2005 (Whidbey) Ramon Durães

ASP.NET 2.0 - Visual Studio 2005 (Whidbey) Ramon Durães ASP.NET 2.0 - Visual Studio 2005 (Whidbey) Ramon Durães O ASP.NET que é a camada de desenvolvimento de aplicações web da plataforma.net vem agradando em muito os desenvolvedores de todo o mundo desde o

Leia mais

Laboratórios 5, 6, 7 - Servlets

Laboratórios 5, 6, 7 - Servlets Laboratórios 5, 6, 7 - Servlets Introdução Como já deverão ter noção, uma Servlet é uma classe Java utilizada para estender as capacidades dos servidores web, utilizando para tal um modelo de pedido-resposta.

Leia mais

Validando dados de páginas WEB

Validando dados de páginas WEB Validando dados de páginas WEB Para que validar os dados? Validar os dados informados pelo usuário garante que sua aplicação funcione corretamente e as informações contidas nela tenha algum sentido. Outro

Leia mais

Resumo Aplicação MVC Contoso University

Resumo Aplicação MVC Contoso University Resumo Aplicação MVC Contoso University Parte 1. New Project MVC4: ContosoUniversity Html.ActionLink(string linktext, string actionname, string controllername) Retorna MvcHtmlString, uma string com o código

Leia mais

WEBDESIGN. Professor: Paulo Marcos Trentin - paulo@paulotrentin.com.br http://www.paulotrentin.com.br Escola CDI de Videira

WEBDESIGN. Professor: Paulo Marcos Trentin - paulo@paulotrentin.com.br http://www.paulotrentin.com.br Escola CDI de Videira WEBDESIGN Professor: Paulo Marcos Trentin - paulo@paulotrentin.com.br http://www.paulotrentin.com.br Escola CDI de Videira Formulários e JavaScript Como visto anteriormente, JavaScript pode ser usada para

Leia mais

Java II. Sérgio Luiz Ruivace Cerqueira sergioruivace@gmail.com

Java II. Sérgio Luiz Ruivace Cerqueira sergioruivace@gmail.com Java II Sérgio Luiz Ruivace Cerqueira sergioruivace@gmail.com Por quê JSP? Com Servlets é fácil Ler dados de um formulário Recuperar dados de uma requisição Gerar informação de resposta Fazer gerenciamento

Leia mais

JavaScript: Validação de Formulários. Prof. Ivanilton Polato ipolato@utfpr.edu.br ipolato@gmail.com

JavaScript: Validação de Formulários. Prof. Ivanilton Polato ipolato@utfpr.edu.br ipolato@gmail.com JavaScript: Validação de Formulários Prof. Ivanilton Polato ipolato@utfpr.edu.br ipolato@gmail.com Validação de Formulários Um dos usos mais frequentes do JS é a validação de formulários. Além de garantir

Leia mais

Seguindo o modelo descrito nas Tabelas 1 e 2, crie os arquivos utilizando a versão doo Excel que você tiver disponível.

Seguindo o modelo descrito nas Tabelas 1 e 2, crie os arquivos utilizando a versão doo Excel que você tiver disponível. Atividade 4 2013 SSIS Atenção! A atividade 4 será apresentada para toda a turma. Cada aluno terá 10 minutos para apresentação. O dia da apresentação será posteriormente marcado. Montando o cenário Para

Leia mais

Criando documentação com javadoc

Criando documentação com javadoc H Criando documentação com javadoc H.1 Introdução Neste apêndice, fornecemos uma introdução a javadoc ferramenta utilizada para criar arquivos HTML que documentam o código Java. Essa ferramenta é usada

Leia mais

Web Services Novembro de 2011

Web Services Novembro de 2011 Web Services Novembro de 2011 1. Criação do Web Service Somar na plataforma.net. Colocação do serviço na máquina Dot. 2. Criação de uma aplicação de consola para teste deste serviço. 3. Criação de um Cliente

Leia mais

0,5 pelo negrito das palavras ID, Nome, E-mail e Analisar em outro momento.

0,5 pelo negrito das palavras ID, Nome, E-mail e Analisar em outro momento. IFES - Campus Cachoeiro de Itapemirim-ES Curso Técnico em Informática Disciplina: Programação Web Professor: Flávio Izo e Rafael Vargas Data: 07/04/2015 Aluno: GABARITO Valor: 12,5 Conteúdo: HTML + Formulários

Leia mais

MÓDULO Programação para Web 2

MÓDULO Programação para Web 2 MÓDULO Programação para Web 2 USANDO O JSF Continuação Interdependência e Injeção Instâncias de Managed Beans podem conversar entre si para dividir o processamento das requisições dos usuários de acordo

Leia mais

AJaX Asy s nchronous s J avasc S ript p t a nd d XML

AJaX Asy s nchronous s J avasc S ript p t a nd d XML Asynchronous JavaScript and XML Ajax Um nome para um novo tipo de aplicações na Web Técnica de desenvolvimento de aplicações para criar páginas mais interactivas Não é uma nova tecnologia Ajax= JavaScript

Leia mais

Programação Na Web. Sessão II. Índice. Visão geral da API Sessão. Obter dados sobre uma sessão. Extrair informação sobre uma Sessão

Programação Na Web. Sessão II. Índice. Visão geral da API Sessão. Obter dados sobre uma sessão. Extrair informação sobre uma Sessão Programação Na Web Sessão II António Gonçalves Índice Visão geral da API Sessão Obter dados sobre uma sessão Extrair informação sobre uma Sessão Adicionar Dados a uma sessão 1 Programação Na Web Motivação

Leia mais

Laboratórios de Engenharia de Software. Relatório de desenvolvimento

Laboratórios de Engenharia de Software. Relatório de desenvolvimento Laboratórios de Engenharia de Software S1 - Configuração do Curso Relatório de desenvolvimento versão 1.4 Turma 4LEIC3 André Fidalgo Moniz {ei99041@fe.up.pt} José António Fonseca {ei99032@fe.up.pt} Mário

Leia mais

Módulo 3936 ASP.NET. Financiado pelo FSE

Módulo 3936 ASP.NET. Financiado pelo FSE EISnt Centro de Formação Profissional, Engenharia Informática e Sistemas, Novas Tecnologias, Lda Avª D. João I, nº 380/384 Soutelo 4435-208 Rio Tinto Portal Internet : www.eisnt.com E-Mail : formação@eisnt.com

Leia mais

Forms Authentication em ASP.NET

Forms Authentication em ASP.NET Forms Authentication em ASP.NET Em muitos sites web é necessário restringir selectivamente o acesso a determinadas áreas, ou páginas, enquanto para outras páginas pode permitir-se acesso livre. ASP.NET

Leia mais

Programação para Internet I

Programação para Internet I Programação para Internet I Aulas 09 e 10 Fernando F. Costa nando@fimes.edu.br Formulários O formulário representa o modo mais importante de interatividade que a linguagem HTML oferece. Um formulário pode

Leia mais

Programação WEB (JSP + Banco Dados) Eng. Computação Prof. Rodrigo Rocha http://www.materialdeaula.com.br

Programação WEB (JSP + Banco Dados) Eng. Computação Prof. Rodrigo Rocha http://www.materialdeaula.com.br Programação WEB (JSP + Banco Dados) Eng. Computação Prof. Rodrigo Rocha http://www.materialdeaula.com.br JSP (Java Server Pages) - JavaServer Pages (JSP) - Tecnologia de programação serverside - Permite

Leia mais

FCA - Editora de Informática

FCA - Editora de Informática , INDICE GERAL O. INTRODUÇÃO............... 1 0.1 O que posso encontrar neste livro? 1 0.2 Requisitos 1 0.3 A quem é que este livro é dirigido? 2 0.4 Código e Samples 2 0.5 Convenções 2 0.6 Organização

Leia mais

Programação Orientada pelos Objectos CodeRuler

Programação Orientada pelos Objectos CodeRuler Programação Orientada pelos Objectos CodeRuler O trabalho deste guião consiste em implementar um jogo. Os objectivos do guião são os seguintes: Perceber o que é um motor de jogo. Instalar um motor de jogo

Leia mais

JSP - JavaServer Pages

JSP - JavaServer Pages JSP - JavaServer Pages 1 Sumário O que é o JSP? Comparação com ASP, Servlets, e Javascript Disponibilidade Um exemplo simples Mais sobre Sintaxe Um pouco de JavaBeans Um exemplo mais complexo 2 O que são

Leia mais

Sistemas para internet e software livre

Sistemas para internet e software livre Sistemas para internet e software livre Metodologia de modelagem de aplicações WEB Image: FreeDigitalPhotos.net Domínio: Elementos de aplicação WEB Páginas Web Scripts Formulários Applets e ActiveX Motivação

Leia mais

Ferramentas para Multimídia e Internet - 1486

Ferramentas para Multimídia e Internet - 1486 1 Ferramentas para Multimídia e Internet - 1486 HTML BÁSICO: O que é uma página WEB? Uma página WEB, também conhecida pelo termo inglês webpage, é uma "página" na World Wide Web, geralmente em formato

Leia mais

Curso de PHP. FATEC - Jundiaí

Curso de PHP. FATEC - Jundiaí Curso de PHP FATEC - Jundiaí Cookies Cookies são arquivos texto que podem ser armazenados no computador or do usuário, para serem recuperados posteriormente pelo servidor no qual seu site está hospedado.

Leia mais

Curso De PHP. Aula 4. Formulários. Cookies. Session. Mail

Curso De PHP. Aula 4. Formulários. Cookies. Session. Mail Curso De PHP Aula 4 Formulários Cookies Session Mail Formulários Nós preenchemos diariamente diversos formulários web, seja para se logar e-mail ou criar uma conta em um site. Nesta parte do curso, vamos

Leia mais

PROGRAMAÇÃO PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS ARMAZENAMENTO EM BD NO DM. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza

PROGRAMAÇÃO PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS ARMAZENAMENTO EM BD NO DM. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza PROGRAMAÇÃO PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS ARMAZENAMENTO EM BD NO DM Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza ROTEIRO Introdução App de exemplo Implementação do exemplo Testes realizados

Leia mais

INTRODUÇÃO AO DESENVOLVIMENTO WEB

INTRODUÇÃO AO DESENVOLVIMENTO WEB INTRODUÇÃO AO DESENVOLVIMENTO WEB PROFª. M.Sc. JULIANA H Q BENACCHIO Formulários Os formulários em HTML são usados para selecionar diferentes tipos de entradas do usuário. Um formulário é uma área que

Leia mais

PROGRAMAÇÃO PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS ARMAZENAMENTO EM BD NO DM. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza

PROGRAMAÇÃO PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS ARMAZENAMENTO EM BD NO DM. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza PROGRAMAÇÃO PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS ARMAZENAMENTO EM BD NO DM Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza ROTEIRO Introdução App de exemplo Implementação do exemplo Testes realizados

Leia mais

Interfaces de Serviço na Prática. Luciano Oliveira Sr. Instructor, Consultant Global Field Services

Interfaces de Serviço na Prática. Luciano Oliveira Sr. Instructor, Consultant Global Field Services Interfaces de Serviço na Prática Luciano Oliveira Sr. Instructor, Consultant Global Field Services Antes de começarmos Iniciando do princípio 2 Antes de começarmos Let me tell you a story 3 Antes de começarmos

Leia mais

ASP.NET MVC. View Engine: linguagem usada para gerar código HTML. Duas opções: Razor View Engine ou ASPX View Engine. Selecionar Razor.

ASP.NET MVC. View Engine: linguagem usada para gerar código HTML. Duas opções: Razor View Engine ou ASPX View Engine. Selecionar Razor. ASP.NET MVC ASP.NET MVC é um framework para desenvolvimento de aplicações web que usa os padrões MVC (Model View Controller) e Convention over Configuration. O padrão MVC aplicado a aplicações web conduz

Leia mais

Podemos agora ver no IDE do Morfik os objetos que já incorporamos ao nosso projeto :

Podemos agora ver no IDE do Morfik os objetos que já incorporamos ao nosso projeto : Podemos agora ver no IDE do Morfik os objetos que já incorporamos ao nosso projeto : O form Index A tabela Fotos A query Q_seleção_de_fotos Vide figura 46. Figura 46 O próximo passo é criar um form que

Leia mais

Tarefa Orientada 2 Aplic. Manutenção de Produtos - DataGridView

Tarefa Orientada 2 Aplic. Manutenção de Produtos - DataGridView Tarefa Orientada 2 Aplic. Manutenção de Produtos - DataGridView Objectivos: Criação de fonte de dados (Data Source) a partir de base de dados. Utilização de um controlo DataGridView para visualizar dados.

Leia mais

Delphi 7 Aula 01 Área do Triângulo

Delphi 7 Aula 01 Área do Triângulo Delphi 7 Aula 01 Área do Triângulo Prof. Gilbert Azevedo da Silva I. Objetivos Conhecer o Ambiente Integrado de Desenvolvimento (IDE) do Delphi 7, Desenvolver a primeira aplicação no Delphi 7, Aprender

Leia mais

Os componentes de um formulário são: Form, Input, Select e AreaText

Os componentes de um formulário são: Form, Input, Select e AreaText HTML Formulário O elemento FORM, da HTML, é o responsável por prover documentos interativos no ambiente WWW de forma que uma pagina web exibida a um usuário possa submeter um conjunto de dados, informados

Leia mais

Projeto de Agenda Telefônica. Cleyton Tsukuda Kano (kanoct@br.ibm.com)

Projeto de Agenda Telefônica. Cleyton Tsukuda Kano (kanoct@br.ibm.com) Projeto de Agenda Telefônica Cleyton Tsukuda Kano (kanoct@br.ibm.com) Objetivo Conhecer o elemento de designs XPages, componente da ferramenta Lotus Domino Designer, através da criação de uma aplicação

Leia mais

COMO FUNCIONA UM FORMULÁRIO

COMO FUNCIONA UM FORMULÁRIO FORMULÁRIOS Constitui-se numa das formas de a máquina cliente enviar informações para que um programa no servidor receba estes dados, processe-os e devolva uma resposta ao usuário, por meio do navegador,

Leia mais

Construindo Aplicações com ASP.NET MVC 2.0 Aula 03 Luiz Alberto Ferreira Gomes. Ciência da Computação da PUC Minas

Construindo Aplicações com ASP.NET MVC 2.0 Aula 03 Luiz Alberto Ferreira Gomes. Ciência da Computação da PUC Minas Construindo Aplicações com ASP.NET MVC 2.0 Aula 03 Luiz Alberto Ferreira Gomes Ciência da Computação da PUC Minas 2 Camada responsável por armazenar em um repositório de dados e reconstituir objetos de

Leia mais

PHP. Hypertext Pre-Processor

PHP. Hypertext Pre-Processor PHP Hypertext Pre-Processor O que é o PHP? Uma linguagem de scripting é uma linguagem cujo código não tem de ser compilado para ser executado! O código escrito é interpretado em tempo de execução para

Leia mais

Uso de servlets nas aplicações web desenvolvidas para a plataforma java 1

Uso de servlets nas aplicações web desenvolvidas para a plataforma java 1 Uso de servlets nas aplicações web desenvolvidas para a plataforma java 1 Resumo Em uma interação feita em uma aplicação Web existem tarefas que devem ser executadas no servidor, tais como processamento

Leia mais

Sintaxe Geral Tipos de Dados. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc.

Sintaxe Geral Tipos de Dados. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. Sintaxe Geral Tipos de Dados Comentários Comentários: De linha: // comentário 1 // comentário 2 De bloco: /* linha 1 linha 2 linha n */ De documentação: /** linha1 * linha2 */ Programa Exemplo: ExemploComentario.java

Leia mais