Repensando o Mercado Livre e as Regras do PLD

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Repensando o Mercado Livre e as Regras do PLD"

Transcrição

1 Repensando o Mercado Livre e as Regras do PLD 06 de Outubro de º Encontro Internacional de Energia Antônio Carlos Fraga Machado Presidente do Conselho de Administração

2 Agenda Panorama do Ambiente de Contratação Regulado Panorama do Ambiente de Contratação Livre Panorama do Mercado de Curto Prazo Mecanismo de Garantias Financeiras Processo de Formação do PLD Comentários Finais 2

3 Total negociado nos Leilões do ACR Valores atualizados pelo IPCA até agosto de Fonte: CCEE

4 Evolução dos Resultados dos Leilões de Energia Valores atualizados pelo IPCA até agosto de Fonte: CCEE

5 Total de Energia Negociado nos Leilões de Novos Empreendimentos Total Negociado: [MW Médios] 5 Fonte: CCEE

6 Agenda Panorama do Ambiente de Contratação Regulado Panorama do Ambiente de Contratação Livre Panorama do Mercado de Curto Prazo Mecanismo de Garantias Financeiras Processo de Formação do PLD Comentários Finais 6

7 Carga do SIN (MW médio) 2000 a Fonte: CCEE dados até junho de 2009

8 Consumo do Mercado Livre* e do SIN Evolução do Mercado Livre 24,0% da energia do SIN é comercializada no Mercado Livre Mercado Livre*: Consumidor Livre e Especial, Autoprodutor (APE), Eletrointensivo (CHESF, FURNAS e ELETRONORTE) 8 Fonte: CCEE - dados até julho de 2009

9 Evolução N de Consumidores Livres e Especiais Nº de Consumidores Livres e Especiais 9 Fonte: CCEE - dados até julho de 2009

10 Contratação da Energia Incentivada 10 Fonte: CCEE - dados até julho de 2009

11 Consumo por Estado Consumo em MW médio dos consumidores livres e especiais segregados por localização do ativo em julho de Submercado Estado Livre (MWmed) Especial (MWmed) Total (MWmed) Consumo por submercado AL BA CE NORDESTE PB PE RN SE MA NORTE PA DF ES GO MG SUDESTE MS MT PR RJ SP PR SUL RS SC Total geral Representatividade do consumo dos CLs SUDESTE 71% SUL 11% NORTE 15% NORDESTE 3% O consumo de CL em SP e MG corresponde a 56% do mercado brasileiro de consumidores livres. 11 Fonte: CCEE - dados de julho de 2009

12 Agenda Panorama do Ambiente de Contratação Regulado Panorama do Ambiente de Contratação Livre Panorama do Mercado de Curto Prazo Mecanismo de Garantias Financeiras Processo de Formação do PLD Comentários Finais 12

13 Mercado de Curto Prazo A contabilização da CCEE leva em consideração toda a energia contratada por parte dos Agentes e toda a energia efetivamente verificada (consumida ou gerada) Mercado Spot Energia Contratada Energia Verificada 13

14 Evolução das Sobras no Mercado de Curto Prazo por Classe dos Agentes 14 Fonte: CCEE - dados até julho de 2009

15 Evolução dos Déficits no Mercado de Curto Prazo por Classe dos Agentes 15 Fonte: CCEE - dados até julho de 2009

16 Evolução da Liquidação do Mercado de Curto Prazo 16 Fonte: CCEE - dados até julho de 2009

17 Evolução da Liquidação do Mercado de Curto Prazo 17 Fonte: CCEE - dados até julho de 2009

18 Agenda Panorama do Ambiente de Contratação Regulado Panorama do Ambiente de Contratação Livre Panorama do Mercado de Curto Prazo Mecanismo de Garantias Financeiras Processo de Formação do PLD Comentários Finais 18

19 Horizonte de Garantias (6 meses) Jan Fev Mar Abr Mai Jun M-1 M M+1 M+2 M+3 M+4 Contabilizado Não contabilizado Passado Futuro Resultado da Contabilização de Janeiro Exposição de Fevereiro X PLD médio do mês Exposição de Março X PLD Esperado para Março Exposição de Março X PLD Esperado para Abril Exposição de Março X PLD Esperado para Maio Exposição de Março X PLD Esperado para Junho Exemplo: Metodologia de Garantias Financeiras Cálculo de Garantias ex-ante às seis próximas liquidações. Jan Fev Mar Abr Mai Jun 19

20 Metodologia de Garantias Financeiras Composição das Garantias Financeiras (*) (*) Exposições involuntárias das distribuidoras / outros ajustes do cálculo (liminares etc.) 20

21 Agenda Panorama do Ambiente de Contratação Regulado Panorama do Ambiente de Contratação Livre Panorama do Mercado de Curto Prazo Mecanismo de Garantias Financeiras Processo de Formação do PLD Comentários Finais 21

22 Evolução da Geração do SIN Geração por Segurança Geração Energética por Segurança Energética 22 Fonte: Fonte: CCEE CCEE - dados dados até atéjunho maio de 2009

23 Capacidade Instalada Brasil x Europa EU27 Fonte: Eurostat (*) ANEEL

24 Modelo de Contratação utilizado na Europa Mercado Spot - Entrega física Leilão D-1 (day-ahead) produtores e compradores informam suas posições e preços para o dia seguinte Leilão do dia em curso (intraday) Leilão de produção adicional ou redução da demanda até 1 hora de antecedência Operação em tempo real - Balanço de mercado (inbalance) compra para ajuste das diferenças - novos recursos ou nova redução com custos alocados aos agentes expostos Preços refletem o custo marginal Mercado de Bolsas (PX) Contrato padrão sem identificação da contraparte (lote, duração, entrega) Preços transparentes (preço prédeterminado) Liquidação (clearing) centralizada na Bolsa Via leilão ou comercialização contínua Entrega física ou financeira Facilita a entrada ao mercado (baixo risco aos participantes, com definição de referência de preços para os contratos financeiros) Margem diária, horários rígidos de abertura e fechamento da negociação Mercado OTC Identificação da contraparte Contratação bilateral não padronizada direta ou via comercializador ou plataforma de comercialização Risco de crédito com a contraparte (limite de exposições individuais) Entrega física ou financeira Mercado a Termo (OTC) ou Futuro (PX) Entrega em algum momento no futuro (ano, trimestre, mês, patamares de base/ponta) Utilizado como hedge contra a volatilidade aos preços do mercado spot Preços refletem a expectativa dos agentes de mercado Especulação como instrumento para criar eficiência (liquidez) tomadores de risco

25 Mercado Brasileiro x Mercado Europeu - Resumo Mercado Brasileiro principais características Obrigação de contratação por parte dos consumidores Contratos financeiros, sendo o SIN responsável por atender a demanda Despacho centralizado Sistema elétrico interligado de porte continental Preço do mercado de curto prazo formado a partir de modelos computacionais Expansão calcada, principalmente, em leilões do ACR apresenta elevadas taxas de crescimento da demanda Consumidores livres podem escolher seus fornecedores e devem liquidar suas sobras contratuais no mercado de curto prazo Mercado Europeu principais características Não há obrigação de contratação Contratos podem ser físicos ou financeiros Modelo de despacho com base em curva de oferta e demanda (despacho comercial) Busca por maior integração dos sistemas elétricos de diferentes países Preço do mercado de curto prazo obtido a partir de leilões de compra e venda de energia Expansão sinalizada pelo mercado apresenta baixas taxas de crescimento da demanda Consumidores livres podem escolher seus consumidores e revender a energia contratada 25

26 Histórico do PLD 26 Fonte: CCEE - dados até junho de 2009

27 Newave e Decomp CENÁRIOS/PREVIS ÕES DE AFLUÊNCIAS PREVISÕES DE CARGA EXPANSÃO DA OFERTA CVU DA TEMELÉTRICAS LIMITES DE INTERCÂMBIO 27

28 Processo de Formação do PLD EX-ANTE PREVISÃO DE AFLUÊNCIAS SEMANAIS CARGA PREVISTA PREVISÃO DO NÍVEL DE ARMAZENAMENTO EX-POST AFLUÊNCIAS SEMANAIS VERIFICADAS CARGA VERIFICADA NÍVEL DE ARMAZENAMENTO VERIFICADO TRABALHA COM DADOS PREVISTOS EXPECTATIVA DE PREÇOS TRABALHA COM DADOS REALIZADOS PREÇOS EFETIVOS 28

29 Agenda Panorama do Ambiente de Contratação Regulado Panorama do Ambiente de Contratação Livre Panorama do Mercado de Curto Prazo Mecanismo de Garantias Financeiras Processo de Formação do PLD Comentários Finais 29

30 ACR Regime dos leilões: ambiente consolidado As questões básicas do ACR estão resolvidas, existindo a necessidade de poucos ajustes Os contratos por disponibilidade apresentaram problemas no início de sua operação, que gerou liminares (risco de inadimplência ao mercado) Esse problema está sendo corrigido, porém outros aperfeiçoamentos no tratamento dos contratos por disponibilidade podem ser desenvolvidos Cálculo do ICB Ambiente de Contratação Regulada - ACR Reajuste de combustíveis Os leilões de energia propiciaram a diversificação da matriz energética brasileira Desafio licitar novas hidrelétricas na região amazônica (Exemplo: Belo Monte) 30

31 A 1ª fase do ACL foi marcada por sua regulamentação e pela expansão desse ambiente (a partir de 2004) 2ª Fase choque de realidade: o mercado teve de aprender como comercializar Além dos preços, outras considerações são importantes: Garantias financeiras Registros dos contratos no mês de contabilização necessita de regulamentação Saneamento do mercado e busca por maior blindagem resolução de problemas do passado Arbitragem Ambiente de Contratação Livre ACL Desligamento de Agentes por parte da ANEEL Assembléia Geral aprovando os desligamentos Portanto, há um trabalho de depuração do mercado livre 31

32 Ambiente de Contratação Livre ACL 3ª Fase do ACL: Possibilidade de desenvolvimento de empresas de gerenciamento de riscos (hedge) no mercado livre de energia elétrica Busca de segurança para investimentos futuros ACL e ACR: consolidação da energia de reserva 1º leilão de Energia Eólica Aperfeiçoamento do cálculo do PLD: sinal correto para o ACL Conclui-se que o Brasil apresenta um cenário seguro para investimentos em energia elétrica 32

33 Canais de Comunicação com a CCEE Obrigado Telefone Fax Site: 33

O Papel da CCEE Para um Mercado Competitivo e com Liquidez

O Papel da CCEE Para um Mercado Competitivo e com Liquidez O Papel da CCEE Para um Mercado Competitivo e com Liquidez 29 de Setembro de 2009 6º Encontro Nacional de Agentes do Setor Elétrico ENASE 2009 Antônio Carlos Fraga Machado Presidente do Conselho de Administração

Leia mais

O Mercado Livre: situação atual, aperfeiçoamentos esperados e a proposta de comercialização de excedentes

O Mercado Livre: situação atual, aperfeiçoamentos esperados e a proposta de comercialização de excedentes O Mercado Livre: situação atual, aperfeiçoamentos esperados e a proposta de comercialização de excedentes Fórum Novas Oportunidades para os Consumidores Livres Antônio Carlos Fraga Machado Presidente do

Leia mais

VI Conferência de PCHs Mercado & Meio-Ambiente Comercialização de Energia Elétrica Proveniente de PCHs no Brasil

VI Conferência de PCHs Mercado & Meio-Ambiente Comercialização de Energia Elétrica Proveniente de PCHs no Brasil VI Conferência de PCHs Mercado & Meio-Ambiente Comercialização de Energia Elétrica Proveniente de PCHs no Brasil Antônio Carlos Fraga Machado Presidente do Conselho de Administração Câmara de Comercialização

Leia mais

Administrando Contratos e Formando Preços em um Mercado Competitivo 5º Encontro Nacional dos Agentes do Setor Elétrico ENASE 2008

Administrando Contratos e Formando Preços em um Mercado Competitivo 5º Encontro Nacional dos Agentes do Setor Elétrico ENASE 2008 Administrando Contratos e Formando Preços em um Mercado Competitivo 5º Encontro Nacional dos Agentes do Setor Elétrico ENASE 2008 Antônio Carlos Fraga Machado Presidente do Conselho de Administração da

Leia mais

Mercado de Livre Contratação de Energia de PCHs Novas Regras de Comercialização e Liquidação V Conferência de PCHs Mercado e Meio Ambiente

Mercado de Livre Contratação de Energia de PCHs Novas Regras de Comercialização e Liquidação V Conferência de PCHs Mercado e Meio Ambiente Mercado de Livre Contratação de Energia de PCHs Novas Regras de Comercialização e Liquidação V Conferência de PCHs Mercado e Meio Ambiente Leonardo Calabró Conselho de Administração 05 de agosto de 2009

Leia mais

IV Simpósio Jurídico das Empresas do Setor Elétrico Contratação no ACL e no ACR. Luiz Eduardo Barata Ferreira Presidente do Conselho de Administração

IV Simpósio Jurídico das Empresas do Setor Elétrico Contratação no ACL e no ACR. Luiz Eduardo Barata Ferreira Presidente do Conselho de Administração IV Simpósio Jurídico das Empresas do Setor Elétrico Contratação no ACL e no ACR Luiz Eduardo Barata Ferreira Presidente do Conselho de Administração Março de 2012 Agentes na CCEE Fevereiro 2012 1800 1650

Leia mais

Novas Políticas e Impactos para o Mercado ENASE º Encontro Nacional dos Agentes do Setor Elétrico

Novas Políticas e Impactos para o Mercado ENASE º Encontro Nacional dos Agentes do Setor Elétrico Novas Políticas e Impactos para o Mercado ENASE 2010 7º Encontro Nacional dos Agentes do Setor Elétrico Antônio Carlos Fraga Machado Presidente do Conselho de Administração da CCEE 29 de Setembro de 2010

Leia mais

Aprimoramentos para o Mercado de Energia Elétrica Enerlivre 2011 Encontro de Negócios entre Agentes do Mercado Livre

Aprimoramentos para o Mercado de Energia Elétrica Enerlivre 2011 Encontro de Negócios entre Agentes do Mercado Livre Aprimoramentos para o Mercado de Energia Elétrica Enerlivre 2011 Encontro de Negócios entre Agentes do Mercado Livre Antônio Carlos Fraga Machado Presidente do Conselho de Administração 12 de Abril de

Leia mais

Dinâmica da Reestruturação do Setor Elétrico O Processo de Comercialização de Energia

Dinâmica da Reestruturação do Setor Elétrico O Processo de Comercialização de Energia Dinâmica da Reestruturação do Setor Elétrico O Processo de Comercialização de Energia III Seminário Internacional do Setor de Energia Elétrica III SISEE Élbia Melo 19/10/2008 Agenda Processo de Reestruturação

Leia mais

11 de abril de Paulo Born Conselho de Administração

11 de abril de Paulo Born Conselho de Administração Operações do Mercado de Energia Evolução e Perspectiva Seminário FIEPE 11 de abril de 2013 Paulo Born Conselho de Administração Agenda Visão Geral do Mercado de Energia Governança e Ambientes de Comercialização

Leia mais

CCEE Situação Atual e Evoluções. Workshop Andrade&Canellas de agosto de Paulo Born Conselheiro de Administração - CCEE

CCEE Situação Atual e Evoluções. Workshop Andrade&Canellas de agosto de Paulo Born Conselheiro de Administração - CCEE CCEE Situação Atual e Evoluções Workshop Andrade&Canellas 2012 17 de agosto de 2012 Paulo Born Conselheiro de Administração - CCEE Responsabilidades da CCEE - Evolução 27) RRV usinas em atraso 28) Gestão

Leia mais

Encontro Nacional sobre o Futuro das PCHs. Cenário e tarifas do mercado livre e regulado

Encontro Nacional sobre o Futuro das PCHs. Cenário e tarifas do mercado livre e regulado Encontro Nacional sobre o Futuro das PCHs Cenário e tarifas do mercado livre e regulado 22 de agosto de 2013 Luiz Eduardo Barata Ferreira Presidente do Conselho de Administração Agenda Comercialização

Leia mais

Visão Geral do Modelo de Comercialização de Energia no Brasil ABINEE TEC 2007

Visão Geral do Modelo de Comercialização de Energia no Brasil ABINEE TEC 2007 Visão Geral do Modelo de Comercialização de Energia no Brasil ABINEE TEC 2007 Luiz Henrique Alves Pazzini Gerência de Acompanhamento de Mercado - GAM 25 de abril de 2007 Agenda Comercialização de Energia

Leia mais

A Inserção da Energia Eólica no Brasil Mesa Redonda: Energia Eólica

A Inserção da Energia Eólica no Brasil Mesa Redonda: Energia Eólica A Inserção da Energia Eólica no Brasil Mesa Redonda: Energia Eólica Élbia Melo 10/02/2010 Agenda Visão Geral da CCEE e do Mercado de Energia Comercialização de Energia de Eólica PROINFA ACL ACR Energia

Leia mais

2 Sistema Elétrico Brasileiro

2 Sistema Elétrico Brasileiro 2 Sistema Elétrico Brasileiro O setor elétrico brasileiro passou por diversas mudanças nos últimos anos. Tais mudanças foram necessárias para viabilizar a expansão da capacidade de geração e acompanhar

Leia mais

3º Seminário Energia +Limpa O Mercado de Energia Elétrica Brasileiro

3º Seminário Energia +Limpa O Mercado de Energia Elétrica Brasileiro 3º Seminário Energia +Limpa O Mercado de Energia Elétrica Brasileiro Alexandre Zucarato 24 de abril de 2012 Funcionamento do Sistema Físico 2 Sistema Elétrico Brasileiro 3 Sistema Elétrico Brasileiro Rede

Leia mais

XIII Fórum Nacional de Energia e Meio Ambiente no Brasil. A atuação da CCEE como operadora do mercado brasileiro. 15 de agosto de 2012

XIII Fórum Nacional de Energia e Meio Ambiente no Brasil. A atuação da CCEE como operadora do mercado brasileiro. 15 de agosto de 2012 XIII Fórum Nacional de Energia e Meio Ambiente no Brasil A atuação da CCEE como operadora do mercado brasileiro 15 de agosto de 2012 Luiz Eduardo Barata Ferreira Presidente do Conselho de Administração

Leia mais

Nº 54 Fevereiro/

Nº 54 Fevereiro/ www.ccee.org.br Nº 54 Fevereiro/212 8 1 8 O Info Mercado é uma publicação mensal que traz os principais resultados das operações contabilizadas no âmbito da CCEE. Esta edição refere-se aos dados da contabilização

Leia mais

Boletim das Usinas Eólicas

Boletim das Usinas Eólicas www.ccee.org.br Nº Abril/ O Boletim das Usinas Eólicas é uma publicação mensal que apresenta os resultados consolidados de geração, garantia física e capacidade instalada das usinas eólicas cadastradas

Leia mais

Papel e Perspectivas da CCEE para o Setor Elétrico Seminário Internacional Bolsa de Energia

Papel e Perspectivas da CCEE para o Setor Elétrico Seminário Internacional Bolsa de Energia Papel e Perspectivas da CCEE para o Setor Elétrico Seminário Internacional Bolsa de Energia ARY PINTO Conselheiro 28/02/2019 Agenda Sistema Elétrico Brasileiro e a CCEE Mercado Livre de Energia Elétrica

Leia mais

Comercialização no Novo Modelo de Energia Elétrica

Comercialização no Novo Modelo de Energia Elétrica Comercialização no Novo Modelo de Energia Elétrica Reestruturação do Setor Elétrico Seminário Internacional : Reestruturação e Regulação do Setor de Energia Elétrica e Gás Natural Antonio Carlos Fraga

Leia mais

Integração Energética e Comercialização de Energia Seminário Internacional de Integração Energética Brasil - Bolívia

Integração Energética e Comercialização de Energia Seminário Internacional de Integração Energética Brasil - Bolívia Integração Energética e Comercialização de Energia Seminário Internacional de Integração Energética Brasil - Bolívia Antônio Carlos Fraga Machado Presidente do Conselho de Administração 27 de Julho de

Leia mais

Perspectivas do Setor Elétrico 2017 a 2021 A ótica do mercado

Perspectivas do Setor Elétrico 2017 a 2021 A ótica do mercado Perspectivas do Setor Elétrico 2017 a 2021 A ótica do mercado ENASE 2017-14º Encontro Nacional de Agentes do Setor Elétrico Rui Altieri Presidente do Conselho de Administração 17/05/2017 Agenda CCEE Mercado

Leia mais

O mercado livre de energia elétrica e os aprendizados para o setor de gás

O mercado livre de energia elétrica e os aprendizados para o setor de gás O mercado livre de energia elétrica e os aprendizados para o setor de gás Seminário sobre Gás Natural e Regulação 11/12/2017 Solange David Vice-presidente do Conselho de Administração Agenda Governança

Leia mais

Antônio Carlos Fraga Machado Conselheiro de Administração - CCEE

Antônio Carlos Fraga Machado Conselheiro de Administração - CCEE Painel 3 - INTEGRAÇÃO NO MERCOSUL Seminário Internacional de Integração Elétrica da América do Sul 7 de agosto de 2012 Antônio Carlos Fraga Machado Conselheiro de Administração - CCEE Sistema Interligado

Leia mais

8 de agosto de Ricardo Lima Conselheiro de Administração - CCEE. Estrutura tarifária "ponta/fora da ponta Perspectiva dos atores

8 de agosto de Ricardo Lima Conselheiro de Administração - CCEE. Estrutura tarifária ponta/fora da ponta Perspectiva dos atores Estrutura tarifária "ponta/fora da ponta Perspectiva dos atores Seminário Autoprodução de Energia Elétrica na Ponta Impactos e Perspectivas 8 de agosto de 2012 Ricardo Lima Conselheiro de Administração

Leia mais

Boletim das Usinas Eólicas

Boletim das Usinas Eólicas www.ccee.org.br Nº 2 Março/2 O Boletim das Usinas Eólicas é uma publicação mensal que apresenta os resultados consolidados de geração, garantia física e capacidade instalada das usinas eólicas cadastradas

Leia mais

Integração Energética e Comercialização de Energia Seminário Internacional de Integração Energética Brasil - Bolívia

Integração Energética e Comercialização de Energia Seminário Internacional de Integração Energética Brasil - Bolívia Integração Energética e Comercialização de Energia Seminário Internacional de Integração Energética Brasil - Bolívia Antônio Carlos Fraga Machado Presidente do Conselho de Administração 27 de Julho de

Leia mais

5º Encontro Anual do Mercado Livre As mudanças em curso no ACL

5º Encontro Anual do Mercado Livre As mudanças em curso no ACL 5º Encontro Anual do Mercado Livre As mudanças em curso no ACL 22 de novembro de 2013 Antônio Carlos Fraga Machado Conselho de Administração VISÃO GERAL CCEE e o mercado de energia O papel da CCEE A Câmara

Leia mais

Evolução dos Contratos de Energia nas últimas décadas e os Recursos Naturais

Evolução dos Contratos de Energia nas últimas décadas e os Recursos Naturais Evolução dos Contratos de Energia nas últimas décadas e os Recursos Naturais 6º Painel - Direito da Concorrência e a Regulação Setorial harmonização e discordâncias Visão da Comercialização de Energia

Leia mais

Perspectivas do Setor de Energia Elétrica

Perspectivas do Setor de Energia Elétrica Perspectivas do Setor de Energia Elétrica Palestra Apimec RJ 19/set/2011 Leonardo Lima Gomes Agenda 1. Visão Geral do Setor 2. Mercado de Energia Elétrica 3. Perspectivas Desenvolvimento Mercado 4. Perspectivas

Leia mais

Modelos de Mercados: Experiência Brasileira e Européia

Modelos de Mercados: Experiência Brasileira e Européia Modelos de Mercados: Experiência Brasileira e Européia Encontro Brasil Europa ABRACEEL - APINE Élbia Melo 21/11/2008 Agenda Modelo de Contratação utilizado no Brasil Modelo de Contratação utilizado na

Leia mais

2 Novo Modelo do Setor Elétrico Brasileiro

2 Novo Modelo do Setor Elétrico Brasileiro 2 Novo Modelo do Setor Elétrico Brasileiro Segundo a lei federal no. 10.848, esse novo modelo tem três objetivos principais: garantir a segurança no suprimento da energia elétrica, atingir a modicidade

Leia mais

APERFEIÇOAMENTOS REGULATÓRIOS PARA O MERCADO LIVRE. 13º Encontro Internacional de Energia - FIESP. 6 de agosto de 2012

APERFEIÇOAMENTOS REGULATÓRIOS PARA O MERCADO LIVRE. 13º Encontro Internacional de Energia - FIESP. 6 de agosto de 2012 APERFEIÇOAMENTOS REGULATÓRIOS PARA O MERCADO LIVRE 13º Encontro Internacional de Energia - FIESP 6 de agosto de 2012 Ricardo Lima Conselheiro de Administração - CCEE Funcionamento do Sistema Físico Funcionamento

Leia mais

Oferta e Demanda de Energia Elétrica: Cenários. Juliana Chade

Oferta e Demanda de Energia Elétrica: Cenários. Juliana Chade Oferta e Demanda de Energia Elétrica: Cenários Juliana Chade Agenda Cenário atual Preços Afluências Reservatórios Consumo de energia elétrica Meteorologia/Clima Expansão da Oferta Projeções de PLD 2 Agenda

Leia mais

1. SUMÁRIO EXECUTIVO. O Mecanismo de Realocação de Energia (MRE) encerrou janeiro/2015 com um fator de ajuste de 80,6%.

1. SUMÁRIO EXECUTIVO. O Mecanismo de Realocação de Energia (MRE) encerrou janeiro/2015 com um fator de ajuste de 80,6%. O InfoMercado mensal apresenta os dados da prévia de medição de fevereiro/15 e os principais resultados da contabilização das operações do mercado de energia elétrica em janeiro/15. Este boletim traz um

Leia mais

1. SUMÁRIO EXECUTIVO. a. Prévia de Medição 1 fevereiro/2017. b. Contabilização Janeiro/17

1. SUMÁRIO EXECUTIVO. a. Prévia de Medição 1 fevereiro/2017. b. Contabilização Janeiro/17 O InfoMercado mensal apresenta os dados prévios da medição de fevereiro de 2017 e os principais resultados da contabilização das operações do mercado de energia elétrica em janeiro de 2017. O histórico

Leia mais

Balanço Energético. Versão 1.0

Balanço Energético. Versão 1.0 ÍNDICE BALANÇO ENERGÉTICO 4 1. Introdução 4 1.1. Lista de Termos 6 1.2. Conceitos Básicos 7 2. Detalhamento do Cálculo do 10 2.1. Cálculo do 10 2 Controle de Alterações Revisão Motivo da Revisão Instrumento

Leia mais

Tendências do Ambiente de Contratação Livre

Tendências do Ambiente de Contratação Livre Tendências do Ambiente de Contratação Livre 14º Encontro Internacional de Energia - FIESP 6 de agosto de 2013 Luciano Freire Conselho de Administração AGENDA 1. VISÃO GERAL DO MERCADO 2. AGENDA PARA O

Leia mais

Implantação de um Novo Modelo de Garantias para o Mercado Fórum Abraceel O Novo Ciclo do Mercado Livre de Energia Elétrica

Implantação de um Novo Modelo de Garantias para o Mercado Fórum Abraceel O Novo Ciclo do Mercado Livre de Energia Elétrica Implantação de um Novo Modelo de Garantias para o Mercado Fórum Abraceel O Novo Ciclo do Mercado Livre de Energia Elétrica Luciano Macedo Freire Conselho de Administração da CCEE 14 de outubro de 2008

Leia mais

SEMINÁRIO HOSPITAIS SAUDÁVEIS MERCADO LIVRE DE ENERGIA ELÉTRICA E OPORTUNIDADES

SEMINÁRIO HOSPITAIS SAUDÁVEIS MERCADO LIVRE DE ENERGIA ELÉTRICA E OPORTUNIDADES SEMINÁRIO HOSPITAIS SAUDÁVEIS MERCADO LIVRE DE ENERGIA ELÉTRICA E OPORTUNIDADES RICARDO LIMA CONSULTOR Nov/2018 MATRIZ ELÉTRICA BRASILEIRA Fonte: EPE O que é mercado livre? Adaptado de uma apresentação

Leia mais

Gestão da Comercialização na CEMIG. Bernardo Afonso Salomão de Alvarenga Diretor Comercial

Gestão da Comercialização na CEMIG. Bernardo Afonso Salomão de Alvarenga Diretor Comercial Gestão da Comercialização na CEMIG Bernardo Afonso Salomão de Alvarenga Diretor Comercial Situação atual da CEMIG no mercado de energia elétrica Recursos Próprios: Cemig GT Sá Carvalho Rosal Horizontes

Leia mais

Alternativas de Venda de Energia para CGH

Alternativas de Venda de Energia para CGH Alternativas de Venda de Energia para CGH 2 Workshop Nacional de CGH Curitiba, 28 de março de 2018 Bernardo Folly de Aguiar Superintendente de Projetos de Geração Temário As CGH no Setor Elétrico Brasileiro

Leia mais

Energia Limpa: Viabilidade e Desafios A Bioeletricidade

Energia Limpa: Viabilidade e Desafios A Bioeletricidade Energia Limpa: Viabilidade e Desafios A Bioeletricidade Zilmar José de Souza XIV CONGRESSO BRASILEIRO DE ENERGIA Rio de Janeiro 23 de outubro de 2012 A UNICA A União da Indústria de Cana-de-Açúcar (UNICA)

Leia mais

Agenda Positiva do Mercado Livre de Energia 14º Encontro Internacional de Energia - FIESP 5 de agosto de Ricardo Lima Conselho de Administração

Agenda Positiva do Mercado Livre de Energia 14º Encontro Internacional de Energia - FIESP 5 de agosto de Ricardo Lima Conselho de Administração Agenda Positiva do Mercado Livre de Energia 14º Encontro Internacional de Energia - FIESP 5 de agosto de 2013 Ricardo Lima Conselho de Administração Agenda Visão geral de mercado Dados de Comercialização

Leia mais

1. SUMÁRIO EXECUTIVO. a. Prévia de Medição setembro/2015. b. Contabilização agosto/15

1. SUMÁRIO EXECUTIVO. a. Prévia de Medição setembro/2015. b. Contabilização agosto/15 O InfoMercado mensal apresenta os dados prévios da medição de setembro/15 e os principais resultados da contabilização das operações do mercado de energia elétrica em agosto/15. O boletim traz ainda um

Leia mais

1. SUMÁRIO EXECUTIVO R$ 388,48/MWh R$ 121/MWh 369,23/MWh R$ 123 milhões R$ 536 milhões R$ 2,532 bilhões

1. SUMÁRIO EXECUTIVO R$ 388,48/MWh R$ 121/MWh 369,23/MWh R$ 123 milhões R$ 536 milhões R$ 2,532 bilhões O InfoMercado mensal apresenta os dados prévios da medição de junho/15 e os principais resultados da contabilização das operações do mercado de energia elétrica em maio/15. O boletim traz ainda um relatório

Leia mais

INFORMATIVO MENSAL FEVEREIRO Preço de Liquidação das Diferenças. Intercâmbio de Energia entre Submercados. Nordeste. Norte SE/CO.

INFORMATIVO MENSAL FEVEREIRO Preço de Liquidação das Diferenças. Intercâmbio de Energia entre Submercados. Nordeste. Norte SE/CO. JAN FEV MAR ABR MAI JUN JUL AGO SET OUT NOV DEZ JAN FEV MAR ABR MAI JUN JUL AGO SET OUT NOV DEZ JAN FEV R$/MWh R$/MWh R$/MWh Preço de Liquidação das Diferenças 600,00 PLD Médio FEV/2019 800 PLD Médio Anual

Leia mais

RESULTADOS DA CONTABILIZAÇÃO - FEV/15

RESULTADOS DA CONTABILIZAÇÃO - FEV/15 O InfoMercado mensal apresenta os dados da prévia de medição de março/15 e os principais resultados da contabilização das operações do mercado de energia elétrica em fevereiro/15. Este boletim traz um

Leia mais

Regras de Comercialização de Energia

Regras de Comercialização de Energia Regras de Comercialização de Energia Ricardo Grodzicki Agenda Medição Contratos Balanço Energético Encargos Custo devido ao descolamento entre PLD e CMO Liquidação Financeira do MCP Penalidade de Energia

Leia mais

Mesa: Especificidades dos Setores Elétricos da América Latina

Mesa: Especificidades dos Setores Elétricos da América Latina Mesa: Especificidades dos Setores Elétricos da América Latina IV Seminário Internacional do Setor de Energia Elétrica Élbia Melo Conselho de Administração da CCEE 25 de Agosto de 2009 Agenda Características

Leia mais

O Mercado Livre de Energia. Aspectos Gerais para Consumidores Livres

O Mercado Livre de Energia. Aspectos Gerais para Consumidores Livres O Mercado Livre de Energia Aspectos Gerais para Consumidores Livres Patrocinadores da Campanha 2012 Ano do Mercado Livre de Energia Agenda O Sistema Elétrico Brasileiro e suas Instituições O Modelo do

Leia mais

Estratégias de Comercialização para Integração de Mercados Workshop Integração de Mercados de Energia Elétrica e Formação de Preços

Estratégias de Comercialização para Integração de Mercados Workshop Integração de Mercados de Energia Elétrica e Formação de Preços Estratégias de Comercialização para Integração de Mercados Workshop Integração de Mercados de Energia Elétrica e Formação de Preços Antônio Carlos Fraga Machado Presidente do Conselho de Administração

Leia mais

Boletim de conjuntura do setor elétrico brasileiro

Boletim de conjuntura do setor elétrico brasileiro Junho de 2017 4ª Edição Boletim de conjuntura do setor elétrico brasileiro A energia elétrica é insumo essencial à indústria, podendo representar até 40% dos custos de produção em setores eletrointensivos.

Leia mais

O MERCADO LIVRE DE ENERGIA ELÉTRICA

O MERCADO LIVRE DE ENERGIA ELÉTRICA O MERCADO LIVRE DE ENERGIA ELÉTRICA O MODELO SETORIAL PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS AMBIENTES DE CONTRATAÇÃO: LIVRE (ACL) OU REGULADA (ACR) DESVERTICALIZAÇÃO DAS ATIVIDADES DO SETOR: GERADORES, TRANSMISSORES,

Leia mais

Perspectivas de Oferta e Preço da Energia para o Mercado Livre

Perspectivas de Oferta e Preço da Energia para o Mercado Livre Perspectivas de Oferta e Preço da Energia para o Mercado Livre Workshop Mercado Livre de Energia FIESP, 23 de agosto de 2017 José Said de Brito Presidente Conceito A expansão do mercado livre é gerada

Leia mais

Oportunidades na perspectiva da Expansão de ENERGIA ELÉTRICA NO BRASIL PDE2026

Oportunidades na perspectiva da Expansão de ENERGIA ELÉTRICA NO BRASIL PDE2026 MINISTÉRIO DE MINAS E ENERGIA Oportunidades na perspectiva da Expansão de ENERGIA ELÉTRICA NO BRASIL PDE2026 Low Carbon Business Action Brazil Ubiratan Francisco Castellano Secretaria de Planejamento e

Leia mais

O Atual Modelo do Setor Elétrico Brasileiro. Antônio Soares Diniz Superintendente

O Atual Modelo do Setor Elétrico Brasileiro. Antônio Soares Diniz Superintendente O Atual Modelo do Setor Elétrico Brasileiro Antônio Soares Diniz Superintendente Junho/2005 Agenda Base Legal 2003 / 2004 As mudanças implantadas Objetivos do Novo Modelo CCEE Comercialização de Energia

Leia mais

Info PLD. Outubro de 2013

Info PLD. Outubro de 2013 Info PLD Outubro de 2013 Objetivo do encontro Discutir tecnicamente as informações relacionadas ao PLD e publicadas no boletim; Tratar da adequabilidade dos dados, procedimentos e resultados da cadeia

Leia mais

Nº 84 Agosto/

Nº 84 Agosto/ www.ccee.org.br Nº 84 Agosto/214 8 1 8 O InfoMercado é uma publicação mensal que traz os principais resultados das operações contabilizadas no âmbito da CCEE. Esta edição refere-se aos dados da contabilização

Leia mais

Fórum de Compras e Suprimentos Hospitalares Sustentáveis

Fórum de Compras e Suprimentos Hospitalares Sustentáveis Fórum de Compras e Suprimentos Hospitalares Sustentáveis Compra de Energia no Mercado Livre Pedro Nascimento R$ 2,5 bi de Faturamento 16 anos no setor elétrico Mais de R$ 1,4 bi de investimentos em ativos

Leia mais

Perspectivas do Setor Elétrico 2018 a 2022 A ótica do Mercado

Perspectivas do Setor Elétrico 2018 a 2022 A ótica do Mercado Perspectivas do Setor Elétrico 2018 a 2022 A ótica do Mercado Reunião Plenária da ABRAGE Rui Altieri Presidente do Conselho de Administração 20/09/18 Grandes números CCEE e mercado de energia elétrica

Leia mais

Fórum de Debates CCEE-EPE Separação de lastro e energia

Fórum de Debates CCEE-EPE Separação de lastro e energia Fórum de Debates CCEE-EPE Separação de lastro e energia 26/07/2017 Agenda 1. Abertura 2. Preço de curto prazo e operação do sistema 3. Alocação de riscos e centralização de contratos 4. Financiabilidade

Leia mais

Companhia Energética de Minas Gerais. Condição Atual do Setor Elétrico. Luiz Fernando Rolla

Companhia Energética de Minas Gerais. Condição Atual do Setor Elétrico. Luiz Fernando Rolla Companhia Energética de Minas Gerais Condição Atual do Setor Elétrico Luiz Fernando Rolla Ativos de qualidade superior #1 Distribuidora de energia* + #2 Maior grupo de transmissão + #3 Maior grupo de geração

Leia mais

Bioeletricidade - a energia elétrica da cana: Evolução e perspectivas

Bioeletricidade - a energia elétrica da cana: Evolução e perspectivas Bioeletricidade - a energia elétrica da cana: Evolução e perspectivas Zilmar José de Souza Thermal Energy LatAm 2012 Rio de Janeiro RJ 31 de janeiro de 2012 A UNICA A União da Indústria de Cana-de-Açúcar

Leia mais

Contratação de energia mercado livre (ACL)

Contratação de energia mercado livre (ACL) Mercado Livre Contratação de energia mercado livre (ACL) Prazos, volumes e preço são livremente negociados entre as partes envolvidas Contratos não padronizados; maior parte das transações é selada via

Leia mais

BOLETIM: A Bioeletricidade da Cana em Números Fevereiro de 2017

BOLETIM: A Bioeletricidade da Cana em Números Fevereiro de 2017 Destaques: A capacidade instalada atualmente pela biomassa (14.619 MW) supera a capacidade instalada pela usina Itaipu. Com 9% da matriz elétrica brasileira, a fonte biomassa em geral ocupa a 2ª posição

Leia mais

Maio / CCEE Papéis e Responsabilidades

Maio / CCEE Papéis e Responsabilidades Maio / 2005 CCEE Papéis e Responsabilidades Sistema Elétrico Brasileiro (Interligado) Dimensões Continentais Sofisticado Sistema de Supervisão e Controle Integrado Capacidade Instalada (dez/03) Hidráulica:

Leia mais

INFORMATIVO MENSAL MARÇO Preço de Liquidação das Diferenças. Intercâmbio de Energia entre Submercados. Nordeste. Norte SE/CO. Sul

INFORMATIVO MENSAL MARÇO Preço de Liquidação das Diferenças. Intercâmbio de Energia entre Submercados. Nordeste. Norte SE/CO. Sul JAN FEV MAR ABR MAI JUN JUL AGO SET OUT NOV DEZ JAN FEV MAR ABR MAI JUN JUL AGO SET OUT NOV DEZ JAN FEV MAR R$/MWh R$/MWh R$/MWh Preço de Liquidação das Diferenças 400,00 PLD Médio MAR/2019 800 PLD Médio

Leia mais

Ambiente de Contratação Livre e Alternativas de Aquisição de Energia

Ambiente de Contratação Livre e Alternativas de Aquisição de Energia ENCONTRO TÉCNICO SOBRE ENERGIA ELÉTRICA Ambiente de Contratação Livre e Alternativas de Aquisição de Energia João Carlos Mello Abril 2005 O Mercado Livre no Brasil Abertura do Mercado de Energia Mercado

Leia mais

Mercado de Energia Elétrica e Formação de Preços

Mercado de Energia Elétrica e Formação de Preços Mercado de Energia Elétrica e Formação de Preços Gustavo Arfux Agenda Principais aspectos da comercialização de energia no mercado livre A cadeia de modelos matemáticos de planejamento e operação Formação

Leia mais

BIOELETRICIDADE: SITUAÇÃO ATUAL E PERSPECTIVAS. Zilmar José de Souza

BIOELETRICIDADE: SITUAÇÃO ATUAL E PERSPECTIVAS. Zilmar José de Souza BIOELETRICIDADE: SITUAÇÃO ATUAL E PERSPECTIVAS Zilmar José de Souza Câmara Consultiva do Açúcar e Etanol na BM&F-Bovespa São Paulo - 9 de setembro de 2014 Bioeletricidade: capacidade instalada (em MW)

Leia mais

Boletim de conjuntura do setor elétrico brasileiro

Boletim de conjuntura do setor elétrico brasileiro 15 de Agosto de 2016 Boletim de conjuntura do setor elétrico brasileiro A energia elétrica é insumo essencial à indústria, podendo representar até 40% dos custos de produção em setores eletrointensivos.

Leia mais

XX Simpósio Jurídico da ABCE. Os 10 anos da Lei /2004, reflexões e perspectivas.

XX Simpósio Jurídico da ABCE. Os 10 anos da Lei /2004, reflexões e perspectivas. XX Simpósio Jurídico da ABCE Os 10 anos da Lei 10.848/2004, reflexões e perspectivas. São Paulo Outubro de 2014 Ricardo Brandão Procurador-Geral da ANEEL Marcos normativos antecedentes à Lei 10.848/2004

Leia mais

Análise PLD 4ª semana operativa de outubro

Análise PLD 4ª semana operativa de outubro 37,61 13,25 19,3 28,95 67,31 38,73 125,16 97,36 7,28 29,42 35,66 3,42 37,73 49,42 135,43 75,93 61,32 83,43 166,69 115,58 147,5 263,6 287,2 213,29 214,32 193,41 165,81 395,73 689,25 www.ccee.org.br Nº 265

Leia mais

O mercado Livre de Energia Cenários e oportunidades para redução de custos

O mercado Livre de Energia Cenários e oportunidades para redução de custos O mercado Livre de Energia Cenários e oportunidades para redução de custos Bento Gonçalves Rio Grande do Sul Chapecó Santa Catarina www.ludfor.com.br 1 Institucional 2 Sistema Elétrico 3 Acontecimentos

Leia mais

A BIOELETRICIDADE SUCROENERGÉTICA

A BIOELETRICIDADE SUCROENERGÉTICA A BIOELETRICIDADE SUCROENERGÉTICA Zilmar Souza Mesa Redonda: Energia Poços de Caldas - MG 21 de maio de 2015 BIOELETRICIDADE: CAPACIDADE INSTALADA EM 2015 3 o 7% 18% 62% Fonte de Combustíveis Utilizados

Leia mais

Nº 90 Fevereiro/

Nº 90 Fevereiro/ www.ccee.org.br Nº 90 Fevereiro/2015 0800 10 00 08 O InfoMercado é uma publicação mensal que traz os principais resultados das operações contabilizadas no âmbito da Câmara de Comercialização de Energia

Leia mais

3. O Setor Elétrico Brasileiro (SEB)

3. O Setor Elétrico Brasileiro (SEB) 3. O Setor Elétrico Brasileiro (SEB) Até 1995, o Setor Elétrico Brasileiro era formado por empresas verticalizadas, predominantemente estatais, detentoras das atividades de geração, transmissão e distribuição

Leia mais

Perspectivas do Mercado de Energia

Perspectivas do Mercado de Energia Perspectivas do Mercado de Energia Tractebel Energia GDF SUEZ - todos os direitos reservados Março de 2014 1 Conjuntura do Sistema 2 Recordes de demanda mensal de energia elétrica... Fev/14 68.500 61.106

Leia mais

Info PLD. Fevereiro de 2014

Info PLD. Fevereiro de 2014 Info PLD Fevereiro de 2014 Objetivo do encontro Discutir tecnicamente as informações relacionadas ao PLD e publicadas no boletim; Tratar da adequabilidade dos dados, procedimentos e resultados da cadeia

Leia mais

Análise PLD 4ª semana operativa de agosto

Análise PLD 4ª semana operativa de agosto 37,61 13,25 19,3 28,95 67,31 38,73 125,16 97,36 7,28 29,42 35,66 3,42 37,73 49,42 135,43 75,93 61,32 83,43 166,69 117,58 117,44 115,63 94,51 263,6 287, 395,73 689,25 www.ccee.org.br Nº 255 4ª semana de

Leia mais

Visão Geral das Operações na CCEE. Junho/2015

Visão Geral das Operações na CCEE. Junho/2015 Visão Geral das Operações na CCEE Junho/2015 1. Visão do Sistema Elétrico 2. Modelo Institucional 3. Comercialização de Energia do SIN 4. Principais Regras de Comercialização 1. Visão do Sistema Elétrico

Leia mais

Obrigado! Consultoria em Energia

Obrigado! Consultoria em Energia Obrigado! Marcos Guimarães Consultoria em Energia Pedro Kurbhi Agenda 1 - Eficiência Energética x Gestão Contratual 2 - Pontos Críticos na Gestão de Energia 3- A Demanda 4 - O Consumo 5- Reativos 6 - A

Leia mais

UMA EMPRESA FORTE EM ENERGIA. Energy Expo Fórum. Estratégias Vencedoras na Compra de Energia no Mercado Livre

UMA EMPRESA FORTE EM ENERGIA. Energy Expo Fórum. Estratégias Vencedoras na Compra de Energia no Mercado Livre UMA EMPRESA FORTE EM ENERGIA Energy Expo Fórum Estratégias Vencedoras na Compra de Energia no Mercado Livre Uma Empresa Forte em Energia 24 Usinas em Operação e 5 em Construção R$ 1,4 bilhão de investimentos

Leia mais

Nº 003 Março/ Nº de usinas

Nº 003 Março/ Nº de usinas Introdução O Boletim de Operação das Usinas é uma publicação mensal que apresenta os principais resultados consolidados de capacidade, garantia física e geração das usinas, tendo como referência a contabilização

Leia mais

Perspectivas do Setor Elétrico 2016 a Comercialização

Perspectivas do Setor Elétrico 2016 a Comercialização Perspectivas do Setor Elétrico 2016 a 2020 - Comercialização ENASE 2016-13º Encontro Nacional de Agentes do Setor Elétrico Rui Altieri Presidente do Conselho de Administração 18/05/2016 Agenda CCEE Mercado

Leia mais

Análise PLD 2ª semana operativa de setembro

Análise PLD 2ª semana operativa de setembro s 125,16 395,73 37,61 13,25 19,3 28,95 67,31 97,36 135,43 38,73 7,28 29,42 166,69 263,7 688,88 387,24 369,39 24,8 145,9 274,98 245,97 www.ccee.org.br Nº 26 2ª semana de setembro/215 8 1 8 O InfoPLD é uma

Leia mais

Sistemáticas dos Leilões

Sistemáticas dos Leilões VIII Conferência Anual da RELOP Sistemáticas dos Leilões José Jurhosa Junior Diretor São Tomé 2 de setembro de 2015 Contexto atual Geração Aumento de 44% da capacidade instalada nos últimos 10 anos. Uma

Leia mais

WHITE PAPER Building a Smart Brazilian Electricity Market Construindo um Mercado Inteligente de Energia Elétrica no Brasil

WHITE PAPER Building a Smart Brazilian Electricity Market Construindo um Mercado Inteligente de Energia Elétrica no Brasil WHITE PAPER Building a Smart Brazilian Electricity Market Construindo um Mercado Inteligente de Energia Elétrica no Brasil Alexandre Nunes Zucarato Gerente de Inteligência de Mercado São Paulo, 24 de abril

Leia mais

Luiz Eduardo Barata Ferreira

Luiz Eduardo Barata Ferreira Luiz Eduardo Barata Ferreira Presidente do Conselho de Administração Câmara de Comercialização de Energia Elétrica 6 de maio de 2014 Agenda A atuação da CCEE Conta-ACR Desafios para o futuro Perguntas

Leia mais

3 Mercado Brasileiro de Energia Elétrica

3 Mercado Brasileiro de Energia Elétrica 24 3 Mercado Brasileiro de Energia Elétrica Algumas características e mecanismos do mercado de energia elétrica brasileiro precisam ser compreendidos para realizar a análise proposta neste estudo. Especialmente,

Leia mais

POSSIBILIDADES DE REDUÇÃO DO CUSTO DE ENERGIA: MICRO/MINIGERAÇÃO E MERCADO LIVRE DANIEL HOSSNI RIBEIRO DO VALLE SÃO PAULO, 30 DE JUNHO DE 2016

POSSIBILIDADES DE REDUÇÃO DO CUSTO DE ENERGIA: MICRO/MINIGERAÇÃO E MERCADO LIVRE DANIEL HOSSNI RIBEIRO DO VALLE SÃO PAULO, 30 DE JUNHO DE 2016 POSSIBILIDADES DE REDUÇÃO DO CUSTO DE ENERGIA: MICRO/MINIGERAÇÃO E MERCADO LIVRE DANIEL HOSSNI RIBEIRO DO VALLE SÃO PAULO, 30 DE JUNHO DE 2016 SUMÁRIO I. A Comercialização de Energia Elétrica - Relações

Leia mais

Comercialização de Energia ACL e ACR

Comercialização de Energia ACL e ACR Comercialização de Energia ACL e ACR Capítulo 3 Mercado, Tarifas e Preços Prof. Alvaro Augusto W. de Almeida Universidade Tecnológica Federal do Paraná Departamento Acadêmico de Eletrotécnica alvaroaugusto@utfpr.edu.br

Leia mais

Situação atual e projeções para futuro Micro e Minigeração. Novembro 2017

Situação atual e projeções para futuro Micro e Minigeração. Novembro 2017 Situação atual e projeções para futuro Micro e Minigeração Novembro 2017 Agenda - Apresentação da empresa - Evolução dos pedidos de acesso no Brasil e na AES Eletropaulo - Caracterização dos acessos -

Leia mais

O Mercado Livre de Energia

O Mercado Livre de Energia O Mercado Livre de Energia Reunião do Conselho Empresarial de Energia Elétrica do Sistema FIRJAN Rui Altieri Presidente do Conselho de Administração 13/07/2017 Agenda A CCEE: operadora do mercado brasileiro

Leia mais

O PLD da 5ª semana de Novembro foi republicado devido a um erro de entrada de dado no Modelo:

O PLD da 5ª semana de Novembro foi republicado devido a um erro de entrada de dado no Modelo: 02 2 3 PLD (Preço de Liquidação das Diferenças) PLD - ª Semana de Dezembro de 203 Dezembro (30..203 a 06.2.203) PLD médio PLD médio 2 R$/MWh Sudeste Sul Nordeste Norte Sudeste 309,49 309,33 Pesada 33,8

Leia mais

ÍNDICE. 1 Definições Gerais Objetivo Fluxo das Regras de Comercialização... 4

ÍNDICE. 1 Definições Gerais Objetivo Fluxo das Regras de Comercialização... 4 a REGRAS DE COMERCIALIZAÇÃO CONTABILIZAÇÃO MÓDULO 1 PREÇO DE LIQUIDAÇÃO DAS DIFERENÇAS DETERMINAÇÃO DO PREÇO DE LIQUIDAÇÃO DAS DIFERENÇAS (PL) Versão 2010 Resolução Normativa ANEEL n 385/2009 1 CONTABILIZAÇÃO

Leia mais

Análise PLD 3ª semana operativa de janeiro

Análise PLD 3ª semana operativa de janeiro 125,16 37,61 13,25 19,3 28,95 67,31 97,36 135,43 38,73 7,28 29,42 166,69 263,7 287,2 24,8 145,9 227,4 212,32 22,87 116,8 5,59 46,2 35,76 395,73 387,24 369,39 688,88 www.ccee.org.br Nº 224 3ª semana de

Leia mais