Alvarás 2009/01/07 DATA EMISSÃO V-10/1 Nº ALVARÁ EMPRESA ALINEA DEC LEI SECURITAS - SERVIÇOS E TECNOLOGIA DE SEGURANÇA, SA. 22 A 231/ /03/04

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Alvarás 2009/01/07 DATA EMISSÃO V-10/1 Nº ALVARÁ EMPRESA ALINEA DEC LEI SECURITAS - SERVIÇOS E TECNOLOGIA DE SEGURANÇA, SA. 22 A 231/98 1999/03/04"

Transcrição

1 lvarás 009/0/07 V-0/ SEURITS - SERVIÇOS E TENOLOGI E SEGURNÇ, S. 999/0/04 999/0/04 999/0/04 00/0/07 E E 999/0/04 5 V-0/6 NOITE E I - VIGILÂNI L. 999/0/04 V-0/ OLHO VIVO - SEGURNÇ PRIV UNIPESSOL, L 5 000/04/9 5 00/04/6 V-0/7 SOV - SERVIÇOS E OPERÇÃO E VIGILÂNI, S /0/ /0/ /0/07 V-0/8 PRESTIEL - E SEGURNÇ, S.. 999/0/04 999/0/04 999/0/04 00/0/9 4 Pág.: / 7

2 lvarás 009/0/07 V-0/9 EUROVIGI - SERVIÇOS E SEGURNÇ, L /0/ /0/04 V-0/0 PROSEGUR - OMPNHI E SEGURNÇ, L. 4 00/0/ /0/ /0/ //7 4 E E 999/0/04 5 V-0/4 STRONG - SEGURNÇ, S // //4 4 00/09/ 4 E E 00//05 4 Pág.: / 7

3 lvarás 009/0/07 V-0/0 PROTESEGURNÇ, PROTEÇÃO E SEGURNÇ E IMÓVEIS E ENS, S /0/ /0/04 V-0/ PREVIOL - SOIEE E PREVENÇÃO E ONTROLO, L. 00/0/04 999/0/04 V-0/9 M - LRMES OMPUTORIZOS E MNUTENÇÃO, L /04/05 V-0/4 SEGURILHVO - E SEGURNÇ PRIV E ILHVO, L. 6 00/0/05 V-0/46 GRUPO 8 - VIGILÂNI E PREVENÇÃO ELETRÓNI, L /0/ /0/ /0/ /0/0 5 E E 999/0/04 5 Pág.: / 7

4 lvarás 009/0/07 V-0/5 HRON, PRESTÇÃO E SERVIÇOS E SEGURNÇ E VIGILÂNI, S.. 999/05/0 999/05/0 V-0/ E SEGURNÇ, S /0/ /0/ /0/ //0 4 V-0/55 VIPRESE - VIGILÂNI PREVENÇÃO E SEGURNÇ, L /0/ /0/5 V-0/56 GRUPEME - SERVIÇOS E SISTEMS E SEGURNÇ, L. 8 00/04/ 8 006//8 V-0/58 SEGUREZ - SEGURNÇ PRIV, L /07/ /05/ /07/04 Pág.: 4 / 7

5 lvarás 009/0/07 V-0/60 RISTEN - GESTÃO E RISO E INSTLÇÕES, L /0/04 V-0/6 INTEGRL - SERVIÇOS INTEGRIS E SEGURNÇ, L /0/04 V-0/65 4 ESSE - SERVIÇOS E SEGURNÇ, S.. 999/06/07 999/06/07 V-0/66 VIGIQUINT - PREVENÇÃO E SEGURNÇ, L /0/ /0/08 V-0/69 PROVISE - SOIEE E PROTEÇÃO VIGILÂNI E SEGURNÇ, L /06/ /06/ /0/07 Pág.: 5 / 7

6 lvarás 009/0/07 V-0/70 STR - OMPNHI E SEGURNÇ PRIV, L /08/ /0/4 V-0/7 SF - SOIEE E SERVIÇOS E VIGILÂNI E LRMES, L. 9 00/07/ //0 V-0/7 ESEGUR - E SEGURNÇ, S /0/ /0/ /0/0 7 E E 999/0/08 4 V-0/79 GOELTRÓNI - SEGURNÇ ELETRÓNI PRIV, L /07/4 V-0/80 ONSEGUR - E SEGURNÇ, L /0/0 Pág.: 6 / 7

7 lvarás 009/0/07 V-0/8 GIRPE - SEGURNÇ PRIV, L /06/ /0/ /06/05 V-0/84 OMNSEGUR - SEGURNÇ PRIV, S // /07/ // V-0/85 PROSEOM - PROTEÇÃO, SEGURNÇ E OMUNIÇÕES, S /07/ /07/ V-0/0 GUI O SUL - VIGILÂNI, SEGURNÇ E LRMES, L /04/0 V-0/05 FÉNIX INTERSEGUR - SERVIÇOS E PREVENÇÃO E SEGURNÇ, L /09/ /06/08 V-0/08 GUNNEO PORTUGL, S /04/08 Pág.: 7 / 7

8 lvarás 009/0/07 V-0/. OLIVEIR - VIGILÂNI PRIV, UNIPESSOL, L /05/ /05/09 V-0/ GÁLI - E SEGURNÇ L /05/ 67 00/05/ V-0/4 SEURVILÂNI - SEGURNÇ E VIGILÂNI, SOIEE UNIPESSOL, L /08/04 V-0/ SEGURNÇ 4, L /0/7 V-0/8 MEGSEGUR - SEGURNÇ PRIV, MONTGEM E MNUTENÇÃO, SOIEE UNIPESSOL, L /0/08 005/0/6 V-0/8 SEGURKING - SERVIÇOS E SEGURNÇ, L. 7 00//7 V-0/58 LRMÇORES - LRMES, SEGURNÇ E VIGILÂNI OS ÇORES UNIPESSOL, L 7 00/0/0 V-0/6 PRETORINOS - SEGURNÇ PRIV, L. 6 00/0/0 V-0/70 NORESTE LRME - SERVIÇOS E TENOLOGI E SEGURNÇ, L. 7 00//05 V-0/7 P - OMPNHI PRIV E LRMES, S 70 00/06/8 Pág.: 8 / 7

9 lvarás 009/0/07 V-0/8 NSP - EMI NIONL E SEGURNÇ PRIV, L. 9 00/0/ /0/06 V-0/87 FÉNIX SEURITY GROUP S /0/ 76 00/0/ V-0/0 EULEN PORTUGL E SEGURNÇ S 005/0/5 005/0/5 005/0/5 V-0/08 PROTEVIP'S - PROTEÇÃO PESSOL, L 8 00/05/6 8 00/05/6 V-0/0 PROTEÇÃO PLUS - SISTEMS E SEGURNÇ S /05/0 8 00/0/09 V-0/4 VSEGUR - TIVIES E SEGURNÇ PRIV, S /06/ /06/ /06/8 V-0/9 SEGUROG - SEGURNÇ PRIV, L /04/0 V-0/8 FIRMESEGUR - SEGURNÇ PRIV, L. 0 00/09/0 Pág.: 9 / 7

10 lvarás 009/0/07 V-0/0 G.VR - GRUPO E VIGILNI E RONS, L /07/6 V-0/ TMPER - PROTEÇÃO E SEGURNÇ L /0/8 V-0/7 VIGESTEVÃO - SEGURNÇ PRIV, L /07/4 V-0/45 MH - LRMES, SEGURNÇ PRIV, L. 0 00/09/0 V-0/47 ERERE - SEGURNÇ E VIGILÂNI, L /09/ /09/9 V-0/48 NISYH, S /08/6 V-0/6 LOOMIS PORTUGL, S.. 05 E E 004/0/6 V-0/6 SHIEL - SEGURNÇ E GRNES SUPERFÍIES, S /04/ /04/ V-0/67 VIGIEXPERT - PREVENÇÃO E VIGILÂNI PRIV L 6 005/06/0 Pág.: 0 / 7

11 lvarás 009/0/07 V-0/68 SEGURVEZ - SEGURNÇ PRIV, L /05/ /05/09 V-0/70 VIGIOESTE, SEGURNÇ PRIV, L. 005/0/5 005/0/5 005/0/5 V-0/7 ITSP-PORTUGL ONSULTORI E VIÇÃO OMERIL, S //06 V-0/7 OSP - ORGNIZÇÃO E SEGURNÇ PRIV, L //5 V-0/7 THE LUE SEURITY OMPNY - SERVIÇOS E SEGURNÇ PRIV, S /05/9 V-0/74 VERTIL - SEGURNÇ PRIV, L /0/5 V-0/75 QUTRO QUINS SEGURNÇ E VIGILÂNI, L. 006/09/9 006/09/9 V-0/77 HORIZONTE MIS - SERVIÇOS E ONTROLE E VIGILÂNI, L. 005/0/0 Pág.: / 7

12 lvarás 009/0/07 V-0/78 P. USSMNN - PRESTÇÃO E SERVIÇOS S, TERING E SEGURNÇ, UNIPESSOL,L 8 006/04/7 V-0/79 LSP - SEGURNÇ PRIV, UNIPESSOL L 9 005/08/ /04/0 V-0/80 INTERVENÇÃO 4 - SEGURNÇ PRIV, L /06/0 V-0/8 XL - SERVIÇOS E SEGURNÇ PRIV, L /07/5 V-0/87 SEURITS TRNSPORT VITION SEURITY,L 7 005/06/08 V-0/9 RONSEGUR - RONS E SEGURNÇ L. 005//0 005//0 V-0/9 GOS - GRUPO OPERIONL E SEGURNÇ, S /0/09 V-0/94 L - SEGURNÇ PRIV, UNIPESSOL, L /09/ // Pág.: / 7

13 lvarás 009/0/07 V-0/95 ONNE-SEGUR - SEGURNÇ E VIGILÂNI PRIV, L. 005//07 V-0/97 PRESTIPL - SEGURNÇ PRIV L 4 005// 4 007/0/0 V-0/00 VPROTE - SERVIÇOS E TENOLOGI E SEGURNÇ UNIPESSOL, L. 005//08 007/05/ V-0/ SEGURNÇ PRIV, L 9 006//9 V-0/0 MM SUME - SERVIÇOS E VIGILÂNI E SEGURNÇ, L. 006/05/6 V-0/05 PX PULIE - SERVIÇOS E SEGURNÇ L 7 006/0/7 V-0/06 GIS - SERVIÇOS E PORTRI UNIPESSOL L 4 006/09/ 4 006/09/ V-0/07 ÓIGO 0 - SEGURNÇ PRIV, L /0/5 Pág.: / 7

14 lvarás 009/0/07 V-0/09 SVP - SERVIÇOS E VIGILÂNI PRIV, L. 006/05/08 006/05/08 V-0/0 OS LINES - OMPNHI E SEGURNÇ PRIV, L 6 006/0/07 V-0/ LOOK HOME - SEGURNÇ PRIV, L /05/0 V-0/5 LOSE PROTETION - SEGURNÇ PRIV E FORMÇÃO, L /07/ /05/0 V-0/7 NVIMÉTOO - VIGILÂNI E SEGURNÇ, L 5 006/09/9 V-0/0 SEGURELITE - SERVIÇOS E SEGURNÇ E VIGILÂNI PRIV, UNIPESSOL Lª /09/0 006/09/0 V-0/4 SM - SEGURNÇ PRIV L /0/ V-0/6 VISÇÃO - SISTEMS E SEGURNÇ L //8 V-0/7 SEURITS IRET PORTUGL UNIPESSOL, L 8 006//8 Pág.: 4 / 7

15 lvarás 009/0/07 V-0/9 VIGIPRIV - SEGURNÇ PRIV, S /0/ //5 V-0/0 PROSEGUR - TIV PORTUGL, UNIPESSOL, L /0/ V-0/ FLON SENTINEL, L 4 007/05/0 V-0/40 KRIPTON SEURITY S /0/ V-0/4 SOSEGUR - SEGURNÇ PRIV, L /04/ /04/5 V-0/45 PREVIOL II - VIGILNI INTERTIV UNIPESSOL, L /0/ /0/7 V-0/46 WS - VNE WORL SEURITY, L //9 V-0/48 PRIVTE - PROTEÇÃO E SEGURNÇ, UNIPESSOL, L //06 V-0/50 PSG - SEGURNÇ PRIV, S /09/8 Pág.: 5 / 7

16 lvarás 009/0/07 V-0/5 LINHVELOZ - SEGURNÇ PRIV, L., 5 008/05/ 5 008/05/ 5 008/04/4 V-0/54 FIR - SEGURNÇ E VIGILÂNI, LIMIT 5 008/04/ V-0/55 J.R. - E VIGILÂNI,L /06/0 V-0/56 WORLELIT - SEGURNÇ PRIV UNIPESSOL, L /07/08 V-0/59 LEXSEGUR - SEGURNÇ PRIV, FORMÇÃO E PRESTÇÃO E SERVIÇOS, L /05/05 V-0/60 SUREV - SEGURNÇ, ONSULTORI E FORMÇÃO, L /09/6 V-0/6 VIHUME L /04/ V-0/6 PRESENÇ 4, UNIPESSOL L //9 V-0/84 LÍER - SERVIÇOS GERIS E VIGILÂNI L // Pág.: 6 / 7

17 lvarás 009/0/07 TOTL L/S ERETO LEI TOTL E ERETO LEI TOTL 09 8 TOTL GLOL 90 Pág.: 7 / 7

Alvarás DATA EMISSÃO V-10/346 DATA EMISSÃO V-10/295 DATA EMISSÃO V-10/315 DATA EMISSÃO V-10/279 DATA EMISSÃO V-10/307 DATA EMISSÃO V-10/389

Alvarás DATA EMISSÃO V-10/346 DATA EMISSÃO V-10/295 DATA EMISSÃO V-10/315 DATA EMISSÃO V-10/279 DATA EMISSÃO V-10/307 DATA EMISSÃO V-10/389 3/2004 ALINEA: A V-10/346 AWS - ADVANCED WORLD SECURITY, LDA 149 A 2007/12/19 V-10/29 BONNE-SEGUR - SEGURANÇA E VIGILÂNCIA PRIVADA, LDA. 121 A 200/11/07 V-10/31 CLOSE PROTECTION - SEGURANÇA PRIVADA E FORMAÇÃO,

Leia mais

Módulos de Formação por Empresa

Módulos de Formação por Empresa 2006/11/1 V-10/18 PRESTIBEL - EMPRESA DE SEGURANÇA, S.A. 8/2000 2000/06/19 3.º, 4.º e 7.º V-10/19 EUROVIGIA - SERVIÇOS DE SEGURANÇA, LDA. 14/2001 2001/03/14 V-10/20 PROSEGUR - COMPANHIA DE SEGURANÇA, LDA.

Leia mais

Formação TIPO FORMAÇÃO VIGILANTE PROTECÇÃO PESSOAL ARD DL35 TIPO FORMAÇÃO VIGILANTE ARD DL35 PROTECÇÃO PESSOAL TIPO FORMAÇÃO VIGILANTE

Formação TIPO FORMAÇÃO VIGILANTE PROTECÇÃO PESSOAL ARD DL35 TIPO FORMAÇÃO VIGILANTE ARD DL35 PROTECÇÃO PESSOAL TIPO FORMAÇÃO VIGILANTE 009/0/0 V-0/8 PRESTIBEL - DE SEGURANÇA, S.A. 8,4 000/06/9 8 00/06/0 8 B/0,,,4,6 00/0/0 TOTAL POR V-0/9 EUROVIGIA - SERVIÇOS DE SEGURANÇA, LDA. 4,4,,6 00/0/4 4 B/0,,,4,6 004/0/ 4 00/0/4 TOTAL POR V-0/0

Leia mais

Portugal-Alfragide: Serviços de segurança 2014/S 248-439688. Anúncio de adjudicação de contrato. Serviços

Portugal-Alfragide: Serviços de segurança 2014/S 248-439688. Anúncio de adjudicação de contrato. Serviços 1/11 O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:439688-2014:text:pt:html Portugal-Alfragide: Serviços de segurança 2014/S 248-439688 Anúncio de adjudicação de contrato

Leia mais

Formação TIPO FORMAÇÃO VIGILANTE PROTECÇÃO PESSOAL ARD DL35 TIPO FORMAÇÃO VIGILANTE ARD DL35 TIPO FORMAÇÃO VIGILANTE PROTECÇÃO PESSOAL ARD DL35

Formação TIPO FORMAÇÃO VIGILANTE PROTECÇÃO PESSOAL ARD DL35 TIPO FORMAÇÃO VIGILANTE ARD DL35 TIPO FORMAÇÃO VIGILANTE PROTECÇÃO PESSOAL ARD DL35 008/0/4 V-0/8 PRESTIBEL - DE SEGURANÇA, S.A. 8 000/06/9 8 00/06/0 8 B/0,,,6 00/0/0 V-0/9 EUROVIGIA - SERVIÇOS DE SEGURANÇA, LDA. 4,,6, 00/0/4 4 B/0,,,6 004/0/ V-0/0 PROSEGUR - COMPANHIA DE SEGURANÇA, LDA.,,6

Leia mais

Junta Comercial do Estado de Minas Gerais Certifico registro sob o nº 5512916 em 22/05/2015 da Empresa UNIMED BELO HORIZONTE COOPERATIVA DE TRABALHO

Junta Comercial do Estado de Minas Gerais Certifico registro sob o nº 5512916 em 22/05/2015 da Empresa UNIMED BELO HORIZONTE COOPERATIVA DE TRABALHO pág. 2/33 pág. 3/33 pág. 4/33 pág. 5/33 pág. 6/33 pág. 7/33 pág. 8/33 pág. 9/33 pág. 10/33 pág. 11/33 pág. 12/33 pág. 13/33 pág. 14/33 pág. 15/33 pág. 16/33 pág. 17/33 pág. 18/33 pág. 19/33 pág. 20/33

Leia mais

Certifico que este documento da empresa CELG DISTRIBUIÇÃO S.A. - CELG D, Nire: 52 30000295-8, foi deferido e arquivado na Junta Comercial do Estado

Certifico que este documento da empresa CELG DISTRIBUIÇÃO S.A. - CELG D, Nire: 52 30000295-8, foi deferido e arquivado na Junta Comercial do Estado Pág 12 de 60 Pág 13 de 60 Pág 14 de 60 Pág 15 de 60 Pág 16 de 60 Pág 17 de 60 Pág 18 de 60 Pág 19 de 60 Pág 20 de 60 Pág 21 de 60 Pág 22 de 60 Pág 23 de 60 Pág 24 de 60 Pág 25 de 60 Pág 26 de 60 Pág 27

Leia mais

Certifico que este documento da empresa COOPERATIVA DE CRÉDITO LIVRE ADMISSÃO DO VALE DO SÃO PATRÍCIO LTDA, Nire: 52 40000248-8, foi deferido e

Certifico que este documento da empresa COOPERATIVA DE CRÉDITO LIVRE ADMISSÃO DO VALE DO SÃO PATRÍCIO LTDA, Nire: 52 40000248-8, foi deferido e Pág 38 de 74 Pág 39 de 74 Pág 40 de 74 Pág 41 de 74 Pág 42 de 74 Pág 43 de 74 Pág 44 de 74 Pág 45 de 74 Pág 46 de 74 Pág 47 de 74 Pág 48 de 74 Pág 49 de 74 Pág 50 de 74 Pág 51 de 74 Pág 52 de 74 Pág 53

Leia mais

Junta Comercial do Estado de Minas Gerais Certifico registro sob o nº 5496096 em 23/04/2015 da Empresa OMEGA GERACAO S.A., Nire 31300093107 e

Junta Comercial do Estado de Minas Gerais Certifico registro sob o nº 5496096 em 23/04/2015 da Empresa OMEGA GERACAO S.A., Nire 31300093107 e pág. 1/21 pág. 2/21 pág. 3/21 pág. 4/21 pág. 5/21 pág. 6/21 pág. 7/21 pág. 8/21 pág. 9/21 pág. 10/21 pág. 11/21 pág. 12/21 pág. 13/21 pág. 14/21 pág. 15/21 pág. 16/21 pág. 17/21 pág. 18/21 pág. 19/21 pág.

Leia mais

Certifico que este documento da empresa COOPERATIVA DE CRÉDITO DOS MAGISTRADOS, SERVIDORES DA JUSTIÇA DO ESTADO DE GOIÁS E EMPREGADOS DA CELG LTDA,

Certifico que este documento da empresa COOPERATIVA DE CRÉDITO DOS MAGISTRADOS, SERVIDORES DA JUSTIÇA DO ESTADO DE GOIÁS E EMPREGADOS DA CELG LTDA, Pág 9 de 58 Pág 11 de 58 Pág 13 de 58 Pág 15 de 58 Pág 17 de 58 Pág 19 de 58 Pág 21 de 58 Pág 23 de 58 Pág 25 de 58 Pág 27 de 58 Pág 29 de 58 Pág 31 de 58 Pág 33 de 58 Pág 35 de 58 Pág 37 de 58 Pág 39

Leia mais

Junta Comercial do Estado de Minas Gerais Certifico registro sob o nº em 08/05/2015 da Empresa UNIMED JUIZ DE FORA COOPERATIVA DE TRABALHO

Junta Comercial do Estado de Minas Gerais Certifico registro sob o nº em 08/05/2015 da Empresa UNIMED JUIZ DE FORA COOPERATIVA DE TRABALHO pág. 16/49 pág. 17/49 pág. 18/49 pág. 19/49 pág. 20/49 pág. 21/49 pág. 22/49 pág. 23/49 pág. 24/49 pág. 25/49 pág. 26/49 pág. 27/49 pág. 28/49 pág. 29/49 pág. 30/49 pág. 31/49 pág. 32/49 pág. 33/49 pág.

Leia mais

Junta Comercial do Estado de Minas Gerais Certifico registro sob o nº em 21/11/2014 da Empresa ANDRADE GUTIERREZ S/A, Nire e

Junta Comercial do Estado de Minas Gerais Certifico registro sob o nº em 21/11/2014 da Empresa ANDRADE GUTIERREZ S/A, Nire e pág. 1/46 pág. 2/46 pág. 3/46 pág. 4/46 pág. 5/46 pág. 6/46 pág. 7/46 pág. 8/46 pág. 9/46 pág. 10/46 pág. 11/46 pág. 12/46 pág. 13/46 pág. 14/46 pág. 15/46 pág. 16/46 pág. 17/46 pág. 18/46 pág. 19/46 pág.

Leia mais

Junta Comercial do Estado de Minas Gerais Certifico que este documento da empresa COOPERNOVA COOPERATIVA NOVALIMENSE DE TRANSPORTE DE CARGAS E

Junta Comercial do Estado de Minas Gerais Certifico que este documento da empresa COOPERNOVA COOPERATIVA NOVALIMENSE DE TRANSPORTE DE CARGAS E pág. 1/23 pág. 2/23 pág. 3/23 pág. 4/23 pág. 5/23 pág. 6/23 pág. 7/23 pág. 8/23 pág. 9/23 pág. 10/23 pág. 11/23 pág. 12/23 pág. 13/23 pág. 14/23 pág. 15/23 pág. 16/23 pág. 17/23 pág. 18/23 pág. 19/23 pág.

Leia mais

Junta Comercial do Estado de Minas Gerais Certifico registro sob o nº em 19/10/2015 da Empresa COOPERATIVA DE CONSUMO DOS SERVIDORES DO

Junta Comercial do Estado de Minas Gerais Certifico registro sob o nº em 19/10/2015 da Empresa COOPERATIVA DE CONSUMO DOS SERVIDORES DO pág. 1/26 pág. 2/26 pág. 3/26 pág. 4/26 pág. 5/26 pág. 6/26 pág. 7/26 pág. 8/26 pág. 9/26 pág. 10/26 pág. 11/26 pág. 12/26 pág. 13/26 pág. 14/26 pág. 15/26 pág. 16/26 pág. 17/26 pág. 18/26 pág. 19/26 pág.

Leia mais

Junta Comercial do Estado de Minas Gerais Certifico registro sob o nº em 13/04/2016 da Empresa ALGAR TI CONSULTORIA S/A, Nire e

Junta Comercial do Estado de Minas Gerais Certifico registro sob o nº em 13/04/2016 da Empresa ALGAR TI CONSULTORIA S/A, Nire e pág. 1/71 pág. 2/71 pág. 3/71 pág. 4/71 pág. 5/71 pág. 6/71 pág. 7/71 pág. 8/71 pág. 9/71 pág. 10/71 pág. 11/71 pág. 12/71 pág. 13/71 pág. 14/71 pág. 15/71 pág. 16/71 pág. 17/71 pág. 18/71 pág. 19/71 pág.

Leia mais

Certifico que este documento da empresa UNIMED MONTES CLAROS COOPERATIVA DE TRABALHO MEDICO, Nire: , foi deferido e arquivado na Junta

Certifico que este documento da empresa UNIMED MONTES CLAROS COOPERATIVA DE TRABALHO MEDICO, Nire: , foi deferido e arquivado na Junta pág. 1/34 pág. 2/34 pág. 3/34 pág. 4/34 pág. 5/34 pág. 6/34 pág. 7/34 pág. 8/34 pág. 9/34 pág. 10/34 pág. 11/34 pág. 12/34 pág. 13/34 pág. 14/34 pág. 15/34 pág. 16/34 pág. 17/34 pág. 18/34 pág. 19/34 pág.

Leia mais

Documento Auxiliar do Conhecimento de Transporte Eletrônico

Documento Auxiliar do Conhecimento de Transporte Eletrônico Documento Auxiliar do Conhecimento de Transporte Eletrônico 4248 Documento Auxiliar do Conhecimento de Transporte Eletrônico 4249 Documento Auxiliar do Conhecimento de Transporte Eletrônico 4250 Documento

Leia mais

Documento Auxiliar do Conhecimento de Transporte Eletrônico

Documento Auxiliar do Conhecimento de Transporte Eletrônico Documento Auxiliar do Conhecimento de Transporte Eletrônico 5305 Documento Auxiliar do Conhecimento de Transporte Eletrônico 4897 Documento Auxiliar do Conhecimento de Transporte Eletrônico 4898 Documento

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO RADIAL DE SÃO PAULO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 MISSÃO DO CURSO

CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO RADIAL DE SÃO PAULO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 MISSÃO DO CURSO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 CURSO: TECNOLOGIA EM AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL MISSÃO DO CURSO O Curso Superior de Tecnologi em Automção Industril do Centro Universitário Estácio Rdil de São Pulo tem

Leia mais

Licenças DATA EMISSÃO V-10/40 DATA EMISSÃO V-10/41 DATA EMISSÃO V-10/67 DATA EMISSÃO V-10/86 DATA EMISSÃO V-10/87 DATA EMISSÃO V-10/88

Licenças DATA EMISSÃO V-10/40 DATA EMISSÃO V-10/41 DATA EMISSÃO V-10/67 DATA EMISSÃO V-10/86 DATA EMISSÃO V-10/87 DATA EMISSÃO V-10/88 200//9 V-0/40 ONDOMÍNIO DO ENTRO OMERIL SHOPPING ENTER DE MSSMÁ 23/98 999/0/22 V-0/4 JRDIM ZOOLÓGIO E DE LIMÇÃO EM PORTUGL S.. 2 23/98 999/0/22 V-0/6 MODELO ONTINENTE HIPERMERDOS, S.. 4 23/98 2000/09/0

Leia mais

Nota de Pagamento Realizado

Nota de Pagamento Realizado Unidade 22022 tividade SERVIÇO UTÔNOMO MUNICIPL ÁGU E ESGOTO DMINISTRDO PEL FUNDÇÃO NCIONL SÚ RU SOFI TCHINI, 237 Cep 87230000 CGC 809090960001-44 JUSSR-PR PRNÁ Fones (044) 3628-1401 Fax (044) 3628-1401

Leia mais

Gerenciamento de Aquisições em Projetos de Obras

Gerenciamento de Aquisições em Projetos de Obras Gerencimento de Aquisições em Projetos de Obrs Frhd Abdollhyn, MSc., PMP MSP & PRINCE2 Prctitioner frhd@uol.com.br Ptrocindores: Relizção: Frhd Abdollhyn, PMP PRINCE2 Prctitioner Cyrus Associdos Apoio

Leia mais

HORÁRIO DE AULAS 1º SEMESTRE DE 2015. 1.º PERÍODO TURMAS A e C: SALA 1401 TURMAS B e D: SALA 1402

HORÁRIO DE AULAS 1º SEMESTRE DE 2015. 1.º PERÍODO TURMAS A e C: SALA 1401 TURMAS B e D: SALA 1402 HORÁRIO E ULS 1º SEMESTRE E 2015 1.º PERÍOO TURMS e : SL 1401 TURMS e : SL 1402 ISIPLIN INTROUÇÃO À IÊNI O IREITO IT 038 HISTÓRI O IREITO IT 039 NTROPOLOGI JURÍI IT 040 TEORI O ESTO I IP 039 EONOMI I EN

Leia mais

Moradas de Sedes e Filiais

Moradas de Sedes e Filiais V-0/ RUA RODRIGUES LOBO, - EDIFICIO SECURITAS - LINDA -A VELHA RUA DO MEIO, Nº 4 RUA FILIPE SIMÕES, Nº 9 AVª CIDADE HAYWARD, LOTE 3 VEREDA DO MIRADOURO DAS NEVES - RIBEIRO SÊCO - SÃO GONÇALO QUINTA DO

Leia mais

A - DADOS ESTRUTURAIS DA EMPRESA E ESTRATÉGIAS DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL CONTÍNUA (FPC)

A - DADOS ESTRUTURAIS DA EMPRESA E ESTRATÉGIAS DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL CONTÍNUA (FPC) INSTRUMENTO DE NOTAÇÃO DO SISTEMA ESTATÍSTICO NACIONAL (LEI 22/2008, DE 13 DE MAIO), DE RESPOSTA OBRIGATÓRIA, REGISTADO NO INE SOB O Nº 10026 VÁLIDO ATÉ 31/12/2012 Ginete de Estrtégi e Plnemento Ministério

Leia mais

SELEÇÃO PÚBLICA SIMPLIFICADA EDITAL Nº 01 /2015

SELEÇÃO PÚBLICA SIMPLIFICADA EDITAL Nº 01 /2015 SELEÇÃO PÚBLICA SIMPLIFICADA EDITAL Nº 01 /2015 SELEÇÃO DE PROFESSOR BOLSISTA EXTERNO DO PRONATEC PARA CURSOS DE QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL A Coordenção Gerl do PRONATEC torn públic lterção do Anexo II

Leia mais

CALENDÁRIO DE JOGOS CAMPEONATO DISTRITAL DE JUVENIS DE FUTSAL MASCULINOS FASE UNICA CLUBES - - - - - - CLUBES - - - - - - N. Sportinguistas C.C.

CALENDÁRIO DE JOGOS CAMPEONATO DISTRITAL DE JUVENIS DE FUTSAL MASCULINOS FASE UNICA CLUBES - - - - - - CLUBES - - - - - - N. Sportinguistas C.C. CALENDÁRIO DE S 01 JORNADA 504. 00. 001 504. 00. 002 504. 00. 003 504. 00. 004 504. 00. 005 504. 00. 00 02 JORNADA 504. 00. 007 504. 00. 008 504. 00. 009 504. 00. 010 504. 00. 011 504. 00. 012 23/09/2012

Leia mais

EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL (DIRECÇÃO DE OBRA):

EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL (DIRECÇÃO DE OBRA): CURRICULUM VITAE Nome Ncionlidde Helder Jorge Gomes Ribeiro Portugues Dt de Nscimento 27 de Setembro de 1979 Estdo Civil Mord Solteiro Ru d Figueir d Foz nº77, 2DTO 3000-184 Coimbr Tlm: +351 916 515 477

Leia mais

Moradas de Sedes e Filiais

Moradas de Sedes e Filiais V-10/1 SECURITAS - SERVIÇOS E TECNOLOGIA DE SEGURANÇA, S.A. RUA RODRIGUES LOBO, 2 - EDIFICIO SECURITAS - LINDA -A VELHA RUA FILIPE SIMÕES, Nº 19 AVª CIDADE HAYWARD, LOTE 3 AVª. 25 DE ABRIL, - EDIFÍCIO

Leia mais

ENGINSTREL ENGEMATIC. ANUNCIADOR DE ALARME Série 84: Microprocessado CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS

ENGINSTREL ENGEMATIC. ANUNCIADOR DE ALARME Série 84: Microprocessado CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS ENGINSTREL ENGEMTI NUNIOR E LRME Série : Microprocessado ESRIÇÃO O nunciador de larme é um conjunto centralizado que possibi!ita uma supervisão das condições de seu processo industrial. Estas condições

Leia mais

Dúvida: Como estimar os pontos da avaliação curricular para o Título de Especialista em Nutrição?

Dúvida: Como estimar os pontos da avaliação curricular para o Título de Especialista em Nutrição? úvida: omo estimar os pontos da avaliação curricular para o Título de Especialista em Nutrição? Resposta: nota da avaliação curricular varia de 0 a pontos e será calculada em uma planilha eletrônica preparada

Leia mais

Plano Curricular Plano Curricular Plano Curricular

Plano Curricular Plano Curricular Plano Curricular Áre de formção 523. Eletrónic e Automção Curso de formção Técnico/ de Eletrónic, Automção e Computdores Nível de qulificção do QNQ 4 Componentes de Socioculturl Durção: 775 hors Científic Durção: 400 hors

Leia mais

GOVERNO REGIONAL SECRETARIA REGIONAL DA INCLUSÃO E ASSUNTOS SOCIAIS INSTITUTO DE EMPREGO DA MADEIRA, IP-RAM

GOVERNO REGIONAL SECRETARIA REGIONAL DA INCLUSÃO E ASSUNTOS SOCIAIS INSTITUTO DE EMPREGO DA MADEIRA, IP-RAM GOVERNO REGIONAL SECRETARIA REGIONAL DA INCLUSÃO E ASSUNTOS SOCIAIS INSTITUTO DE EMPREGO DA MADEIRA IP-RAM Proc. Nº 201 /FE/ Cndidtur o Progrm Formção Emprego (FE) (Portri 190/2014 de 6 de novembro) (O

Leia mais

ESTUDO DE REMUNERAÇÃO COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL

ESTUDO DE REMUNERAÇÃO COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL ESTUDO DE REMUNERAÇÃO 2010 CONTEÚDO INTRODUÇÃO METODOLOGIA EMPRESAS PARTICIPANTES CARACTERÍSTICAS DAS EMPRESAS CARGOS PESQUISADOS RELATÓRIOS SALARIAIS POR CARGO Resumo Análise Detalhada POLÍTICAS E PRÁTICAS

Leia mais

Serviços de Acção Social da Universidade de Coimbra

Serviços de Acção Social da Universidade de Coimbra Serviços de Acção Socil d Universidde de Coimbr Serviço de Pessol e Recursos Humnos O que é o bono de fmíli pr crinçs e jovens? É um poio em dinheiro, pgo menslmente, pr judr s fmílis no sustento e n educção

Leia mais

INDICAÇÕES - 1º ANO AxBxC

INDICAÇÕES - 1º ANO AxBxC INDICAÇÕES - 1º ANO AxBxC 1º Ano A Ens. Fundamental 1º Ano B Ens. Fundamental 1º Ano C Ens. Fundamental INDICAÇÕES - 2º ANO AxBxC 2º ANO A / ENS. FUNDAMENTAL HOUVE AVALIAÇÕES DE 2º ANO B / ENS. FUNDAMENTAL

Leia mais

1. IDENTIFICAÇÃO DO RESPONSÁVEL PELO EMPREENDIMENTO: 1.1. NOME: 1.3. CPF: 1.4. Endereço: 2.1-Razão Social: 2.2- Nome Fantasia:

1. IDENTIFICAÇÃO DO RESPONSÁVEL PELO EMPREENDIMENTO: 1.1. NOME: 1.3. CPF: 1.4. Endereço: 2.1-Razão Social: 2.2- Nome Fantasia: Cdstro de Instlções e Sistems de Armzenmento de Derivdos de Petróleo e Outros Combustíveis 1. IDENTIFICAÇÃO DO RESPONSÁVEL PELO EMPREENDIMENTO: 1.1. NOME: 1.2. Doc. Identidde: Órgão Expedidor: UF: 1.3.

Leia mais

ESCOLHAS APÓS O 9º ANO GUIA Informativo 2013

ESCOLHAS APÓS O 9º ANO GUIA Informativo 2013 Económic; Vriedde; Critividde; Trblhr com pessos; Responsbilidde; Rendimento; Reconhecimento; Independênci; Ajud os outros; Segurnç Económic; Vriedde; Critividde; Trblhr com pessos; Responsbilidde; Rendimento;

Leia mais

PROJETO INTEGRADO EM SEGURANÇA EMPRESARIAL

PROJETO INTEGRADO EM SEGURANÇA EMPRESARIAL PROJETO INTEGRDO EM SEGURNÇ EMPRESRIL CLIENTE UFPE - CIS - CENTRO INTEGRDO DE SÚDE - CT-SUDENE ESTUDO DNOS O PTRIMÔNIO Emitido em: 07/02/2013 SUMÁRIO 1. LISTGEM DOS RISCOS 2. DEFINIÇÃO DOS RISCOS 3. CLSSIFICÇÃO

Leia mais

Plano Curricular Plano Curricular Plano Curricular

Plano Curricular Plano Curricular Plano Curricular Áre de formção 523. Eletrónic e Automção Curso de formção Técnico/ de Eletrónic e Telecomunicções Nível de qulificção do QNQ 4 Componentes de Socioculturl Durção: 775 hors Científic Durção: 400 hors Plno

Leia mais

Plano Curricular Plano Curricular Plano Curricular

Plano Curricular Plano Curricular Plano Curricular Áre de formção 523. Eletrónic e Automção Curso de formção Técnico/ de Mectrónic Nível de qulificção do QNQ 4 Componentes de Socioculturl Durção: 775 hors Científic Durção: 400 hors Plno Curriculr Plno

Leia mais

Zelio Logic 2 Interface de comunicação SR2COM01 Ajuda para a utilização da pasta de exploração 11/2005

Zelio Logic 2 Interface de comunicação SR2COM01 Ajuda para a utilização da pasta de exploração 11/2005 Zelio Logi 2 Interfe e omunição SR2COM01 Aju pr utilizção pst e explorção 11/2005 1606327 Aju pr utilizção pst e explorção Desrição gerl Introução A pst e explorção é um fiheiro e texto rio pelo softwre

Leia mais

PLANILHAS DE ENQUADRAMENTO

PLANILHAS DE ENQUADRAMENTO FMÍLI 01 - ESTUDOS ESPEIIS EM SISTEMS ELÉTRIOS DE POTÊNI. TEGORI PIDDE TÉNI MÍNIM ertificado de registro no RE indicando 01 (um) engenheiro eletricista. urriculum Vitae do engenheiro eletricista, comprovando

Leia mais

TÓPICO ESPECIAL DE CONTABILIDADE: PARTICIPAÇÕES MINORITÁRIAS

TÓPICO ESPECIAL DE CONTABILIDADE: PARTICIPAÇÕES MINORITÁRIAS TÓPICO ESPECIL DE CONTILIDDE: PRTICIPÇÕES MINORITÁRIS O que é uma participação minoritária? Como calcular a participação minoritária? Francisco Cavalcante(f_c_a@uol.com.br) dministrador de Empresas graduado

Leia mais

RETIFICAÇÃO - EDITAL Nº 02 de janeiro de 2017

RETIFICAÇÃO - EDITAL Nº 02 de janeiro de 2017 RETIFICAÇÃO - EDITAL Nº de jneiro de 2017 Processo seletivo Simplificdo pr PROFESSOR pr tender o Progrm Ncionl de Acesso o Ensino Técnico e Emprego Rede e-tec Brsil O DIRETOR GERAL DO CAMPUS MUZAMBINHO

Leia mais

TÉCNICAS PARA PLANEJAMENTO DE EMPREENDIMENTOS: Conceitos e Instrumentos

TÉCNICAS PARA PLANEJAMENTO DE EMPREENDIMENTOS: Conceitos e Instrumentos U UNIVERSIE EERL HI M GERENIMENTO E ORS UNIVERSIE EERL HI ESOL POLITÉNI M GERENIMENTO E ORS TÉNIS PR PLNEJMENTO E EMPREENIMENTOS: onceitos e Instrumentos bril/07 Prof. r. José rancisco Pontes ssumpção

Leia mais

PLANOS DE LONGA DISTÂNCIA - VC2 E VC3 NOVOS VALORES VIGENTES NOVOS VALORES MÁXIMOS NOVOS VALORES PROMOCIONAIS (1) REGIÃO DO PGO

PLANOS DE LONGA DISTÂNCIA - VC2 E VC3 NOVOS VALORES VIGENTES NOVOS VALORES MÁXIMOS NOVOS VALORES PROMOCIONAIS (1) REGIÃO DO PGO EMBRATEL PREÇOS E TARIFAS DE CHAMADAS ENVOLVENDO TERMINAIS MÓVEIS TABELA REFERENTE AO COMUNICADO PUBLICADO NO JORNAL DO COMMERCIO, EM 31/03/2014 PLANOS ALTERNATIVOS DE SERVIÇOS ENVOLVENDO ACESSOS DO SMP

Leia mais

MRP / MRP II MRP MRP / MRP II 28/04/2009. www.paulorodrigues.pro.br. Material Required Planning (anos 60) Manufacturing Resource Planning (anos 80)

MRP / MRP II MRP MRP / MRP II 28/04/2009. www.paulorodrigues.pro.br. Material Required Planning (anos 60) Manufacturing Resource Planning (anos 80) MSc. Pulo Cesr C. Rodrigues pulo.rodrigues@usc.br www.pulorodrigues.pro.br Mestre em Engenhri de Produção MRP Mteril Required Plnning (nos 60) Mnufcturing Resource Plnning (nos 80) MRP = Mteril Requirement

Leia mais

P1~P18. Parafusos. Calços. Cartuchos. Grampos. Conjunto de Grampos. Pinos / Alavancas / Presilhas. Quebra-cavacos. Chaves / Chaves de Boca

P1~P18. Parafusos. Calços. Cartuchos. Grampos. Conjunto de Grampos. Pinos / Alavancas / Presilhas. Quebra-cavacos. Chaves / Chaves de Boca P1~P18 Parafusos alços artuchos rampos onjunto de rampos Pinos / lavancas / Presilhas Quebra-cavacos haves / haves de oca Molas / rruelas / spaçadores /Plugues / uchas / Punções P2~P5 P6~P9 P10 P10~P11

Leia mais

Anexo I Registo especial. Registo especial da instituição financeira

Anexo I Registo especial. Registo especial da instituição financeira Registo espeil Número Únio de Referêni (NUR): (Pr uso do BNA) Dt de entreg do Anexo: (Pr uso do BNA) Anexo I Registo espeil Registo espeil d instituição finneir De form efetur o registo espeil ds instituições

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DEMONSTRATIVO DE CREDITOS ADICIONAIS Z33NDKYP 04/03/2015 PAG. 1 03 44612 19/02/2014 135400 00059 0,00 5622.167,24 13540 20601016620910000 449000 013 0,00 44612 19/02/2014

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO RELATÓRIO MENSAL. MODALIDADE: PREGÃO ELETRÔNICO N 099/2012 Tipo Menor Preço por Item

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO RELATÓRIO MENSAL. MODALIDADE: PREGÃO ELETRÔNICO N 099/2012 Tipo Menor Preço por Item RELATÓRIO MENSAL PROCESSOS LICITATÓRIOS MÊS: FEVEREIRO 2013 Item: 001 MODALIDADE: PREGÃO ELETRÔNICO N 095/2012 Tipo Menor Preço por Item PROCESSO: 201200020013543 DATA: 28/11/2012 OBJETO: Aquisição de

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE SERVIÇO FLORESTAL BRASILEIRO ANEXO IV PLANILHA DE CUSTOS E FORMAÇÃO DE PREÇOS

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE SERVIÇO FLORESTAL BRASILEIRO ANEXO IV PLANILHA DE CUSTOS E FORMAÇÃO DE PREÇOS SRVIÇO PÚLIO RL MINISTÉRIO O MIO MINT SRVIÇO LORSTL RSILIRO NXO IV PLNILH USTOS ORMÇÃO PRÇOS Processo nº: 02209.007906/2011-13 Objeto: ontratação de pessoa jurídica especializada em: Item 01 apacitação

Leia mais

LICITAÇÕES Abril / 2013

LICITAÇÕES Abril / 2013 LICITAÇÕES Abril / 2013 Nº d At () Objeto (b) Dt de Publicção (c) Nº do Processo (d) Vigênci (e) Item Registrdo (f) Unidde (g) Vlor Unitário (h) Quntidde (i) Vlor Totl do Item (k) Empres / Nome (l) CNPJ/CPF

Leia mais

Tudo sobre TELEMEDICINA O GUIA COMPLETO

Tudo sobre TELEMEDICINA O GUIA COMPLETO Tudo sobre TELEMEDICINA O GUIA COMPLETO O QUE É TELEMEDICINA? Os recursos relacionados à Telemedicina são cada vez mais utilizados por hospitais e clínicas médicas. Afinal, quem não quer ter acesso a diversos

Leia mais

PREÇÁRIO Informação de Produtos e Serviços Aviso nº 1/95 do Banco de Portugal

PREÇÁRIO Informação de Produtos e Serviços Aviso nº 1/95 do Banco de Portugal 01-08-09 / Pág. 1/12 CRÉDITO PESSOAL CRÉDITO NO PONTO DE VENDA - PARTICULARES Crédito Lr Txs Representtivs Tx Preferencil Tx Nominl Nominl 7,500% 29,500% 18,3% CRÉDITO NO PONTO DE VENDA - EMPRESAS Crédito

Leia mais

Plano Curricular Plano Curricular Plano Curricular

Plano Curricular Plano Curricular Plano Curricular Áre de formção 523. Eletrónic e Automção Curso de formção Técnico/ de Eletrónic, Automção e Computdores Nível de qulificção do QNQ 4 Componentes de Socioculturl Durção: 775 hors Científic Durção: 400 hors

Leia mais

Sistemas Lineares Exercício de Fixação

Sistemas Lineares Exercício de Fixação Sistems Lineres Eercício de Fição Por: Griel Gutierre P Sores Instituto Federl de Educção, Ciênci e Tecnologi Prí Disciplin: Mtemátic Professor: Amrósio Elis Aluno: Mtrícul: Curso: Série: Turno: Sistems

Leia mais

TCO Total Cost of Ownership. Professor MSc Wylliams Barbosa Santos wylliamss@gmail.com h:p://about.me/wylliams Infra- Estrutura de SoCware

TCO Total Cost of Ownership. Professor MSc Wylliams Barbosa Santos wylliamss@gmail.com h:p://about.me/wylliams Infra- Estrutura de SoCware TCO Total Cost of Ownership Professor MSc Wylliams Barbosa Santos wylliamss@gmail.com h:p://about.me/wylliams Infra- Estrutura de SoCware Agenda Definição de TCO Pesquisas Recentes Estudo de Caso Exercício

Leia mais

Plano Curricular Plano Curricular Plano Curricular

Plano Curricular Plano Curricular Plano Curricular Áre de formção 523. Eletrónic e Automção Curso de formção Técnico/ de Eletrónic e Telecomunicções Nível de qulificção do QNQ 4 Componentes de Socioculturl Durção: 775 hors Científic Durção: 400 hors Plno

Leia mais

Ficha Técnica. Registros e Válvulas 2. BENEFÍCIOS: 1. CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS: ABRIL/2016 REGISTRO DE ESFERA VS

Ficha Técnica. Registros e Válvulas 2. BENEFÍCIOS: 1. CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS: ABRIL/2016 REGISTRO DE ESFERA VS Registros e Válvulas Ficha Técnica Localização no website TIGRE: Obra Predial Água Fria REGISTROS E VÁLVULS Função: Controlar o fluxo do líquido que passa pela tubulação; plicações: Barriletes de prédios,

Leia mais

MÍDIA KIT ONLINE PUBLICIDADE

MÍDIA KIT ONLINE PUBLICIDADE MÍDIA KIT ONLINE PUBLICIDADE Índice Diário de S. Paulo 04 Noticiário 04 Dia a dia - Viva - Esportes 05 Classificados 06 Suplementos 06 Noticiário 07 Classificados 08 Viajar 09 Leilão & Oportunidade 10

Leia mais

Automação e Computadores

Automação e Computadores Curso Profissionl de Técnico de Eletrónic, Automção e Computdores Ano Letivo 2015/2016 Plnificção Anul Automção e Computdores 12ºAno Frncisco Xvier Oliveir Arújo Deprtmento de Mtemátic e Ciêncis Experimentis

Leia mais

Curso Profissional de Técnico de Turismo

Curso Profissional de Técnico de Turismo Curso Profissionl de Técnico de Turismo Plnificção de Operções Técnics de Empress Turístics (OTET) 1º Ano (10º Ano) Ano Letivo 2014/2015 Nº de Auls (45m ) 1º Período 2ºPeríodo 3ºPeríodo Totl Prevists 54

Leia mais

(MANUAL OU MOTORIZADA) PARA VENTILOCONVECTORES

(MANUAL OU MOTORIZADA) PARA VENTILOCONVECTORES FIH TÉNI - EZEMRO 1 S E 2 VIS (MNUL OU MOTORIZ) PR VENTILOONVETORES ORPO plcações............... rcutos fechados; Água quente, fra (glcol até %) Pressão Nomnal.......... PN Temperatura de Fludo...... +2

Leia mais

Máquina retificadora circular para utilização universal

Máquina retificadora circular para utilização universal Máquin retifidor irulr pr utilizção universl Werkzeugmshinenfbrik Gluhu GmbH WEMA S2 S3 S6 S10 POR 2 WEMA Gluhu Soluções individuis pr retifição sem limites Utilize su máquin retifidor WEMA: Soluções à

Leia mais

Manual de Normas gráficas do site

Manual de Normas gráficas do site Manual de Normas gráficas do site pág. 1 Indice Introdução Visualização em Browser pág.3 pág.4 Estrutura Área de conteúdos - Home Área de conteúdos - Home page de Aeroportos Área de conteúdos - Página

Leia mais

9 Implementação de Relógio Digital (State Charts)

9 Implementação de Relógio Digital (State Charts) StteFlow toolox 9 Implementção e Digitl (Stte Chrts) Desrever o funionmento e um relógio igitl, om um áre e isply prinipl, e 4 áres mis pequens. O relógio ispõe e: Poe mostrr o tempo num formto e 24 hors

Leia mais

V.1.0 DD MM AAAA. Perspectivas para 2015 Paulo Gala

V.1.0 DD MM AAAA. Perspectivas para 2015 Paulo Gala V.1.0 DD MM AAAA Perspectivas para 2015 Paulo Gala 1 Exaustão do modelo CCC 1) Exaustão do modelo CCC (crédito, commodities, consumo) 2) Final do grande movimento iniciado em 2003 - Final do ciclo de crédito

Leia mais

MBA EXECUTIVO EM GESTÃO DE LOGÍSTICA E OPERAÇÕES

MBA EXECUTIVO EM GESTÃO DE LOGÍSTICA E OPERAÇÕES IDENTIFICAÇAO DO CURSO: Nome do curso: MBA Executivo em Gestão de Logístic e Operções Modlidde: distânci Áre do conhecimento Ciêncis Sociis Aplicds totl/tempo de integrlizção: 460 h/ 18 meses ou 12 meses

Leia mais

RH 2020: Valor e Inovação. Benefício Saúde: Reforma do Sistema de Saúde Americano

RH 2020: Valor e Inovação. Benefício Saúde: Reforma do Sistema de Saúde Americano RH 2020: Valor e Inovação Benefício Saúde: Reforma do Sistema de Saúde Americano Transformações recentes no mercado Americano podem ser replicadas no Brasil? Cesar Lopes 7 de maio de 2015, São Paulo Visão

Leia mais

GUIA PRÁTICO ABONO DE FAMILIA PARA CRIANÇAS E JOVENS

GUIA PRÁTICO ABONO DE FAMILIA PARA CRIANÇAS E JOVENS Mnul de GUIA PRÁTICO ABONO DE FAMILIA PARA CRIANÇAS E JOVENS INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P ISS, I.P. Deprtmento/Gbinete Pág. 1/26 FICHA TÉCNICA TÍTULO Gui Prático Abono de fmíli pr crinçs e jovens

Leia mais

PROJETO INTEGRADO EM SEGURANÇA EMPRESARIAL

PROJETO INTEGRADO EM SEGURANÇA EMPRESARIAL PROJETO INTEGRDO EM EMPRESRIL CLIENTE UFPE - QUDRNTE D ESTUDO NÁLISE DE RISCO Emitido em: 28/06/2013 SUMÁRIO 1. LISTGEM DOS RISCOS 2. DEFINIÇÃO DOS RISCOS 3. CLSSIFICÇÃO DOS RISCOS 4. IDENTIFICÇÃO FTORES

Leia mais

GE Industrial Consumer & Industrial

GE Industrial Consumer & Industrial GE Industrial Consumer & Industrial DISJUNTORES TED E THED Norma IEC Características técnicas do produto NBR IEC 609472 TIPO Nº de pólos Corrente Térmica e Nominal Ith = In () 40 C Categoria de utilização

Leia mais

PROJETO INTEGRADO EM SEGURANÇA EMPRESARIAL

PROJETO INTEGRADO EM SEGURANÇA EMPRESARIAL PROJETO INTEGRDO EM EMPRESRIL CLIENTE CCS-ECONOMI ESTUDO NÁLISE DE RISCO Emitido em: 10/07/2013 SUMÁRIO 1. LISTGEM DOS RISCOS 2. DEFINIÇÃO DOS RISCOS 3. CLSSIFICÇÃO DOS RISCOS 4. IDENTIFICÇÃO FTORES DE

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS Questões de Vestibulares. e B = 2

LISTA DE EXERCÍCIOS Questões de Vestibulares. e B = 2 LISTA DE EXERCÍCIOS Questões de Vestiulres ) UFBA 9 Considere s mtries A e B Sendo-se que X é um mtri simétri e que AX B, determine -, sendo Y ( ij) X - R) ) UFBA 9 Dds s mtries A d Pode-se firmr: () se

Leia mais

Newton Busso. Declaração de conflito de interesse

Newton Busso. Declaração de conflito de interesse Declaração de conflito de interesse Não recebi qualquer forma de pagamento ou auxílio financeiro de entidade pública ou privada para pesquisa ou desenvolvimento de método diagnóstico ou terapêutico ou

Leia mais

As provas objetivas serão realizadas no dia 31 de maio de 2009, conforme especificado a seguir: inscritos para o emprego de Analista de Sistemas

As provas objetivas serão realizadas no dia 31 de maio de 2009, conforme especificado a seguir: inscritos para o emprego de Analista de Sistemas REAL SOCIEDADE ESPANHOLA DE BENEFICÊNCIA (RSEB) HOSPITAL REGIONAL DE SANTA MARIA/DF (HRSM) SELEÇÃO PÚBLICA PARA PROVIMENTO DE VAGAS DE NÍVEL SUPERIOR, DE NÍVEL MÉDIO E DE NÍVEL FUNDAMENTAL EDITAL N.º 5/2009

Leia mais

Se padieira 135mm = 110mm COLOCAR A CURVA: -Se ombreira do lado da curva (C) é menor que 440mm: usar a cota 290mm -Se a ombreira (C) é maior que 440mm usar a cota de 45mm

Leia mais

2.1. Integrais Duplos (definição de integral duplo)

2.1. Integrais Duplos (definição de integral duplo) Análise Mtemáti II- no letivo 6/7.. Integris uplos (efinição e integrl uplo) Pr melhor ompreener efinição e integrl uplo vmos omeçr por olor o seguinte esfio: Tene eterminr o volume o sólio que está im

Leia mais

RELATÓRIO TRIMESTRAL

RELATÓRIO TRIMESTRAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE CIÊNCIAS JURÍDICAS ASSESSORIA DE SUPORTE E INFORMÁTICA RELATÓRIO TRIMESTRAL Relatório das atividades realizadas no primeiro trimestre de 2013 do Setor de Suporte

Leia mais

Tabela Preços de. Preços válidos a partir de 01 de janeiro de 2015.

Tabela Preços de. Preços válidos a partir de 01 de janeiro de 2015. Tabela Preços de 2015 SEU PORTAL DE INFORMAÇÃO E ENTRETENIMENTO. portal a tarde Mobilidade e interação. O Portal A TARDE apresenta o que há de mais novo em estruturação de conteúdos, usabilidade e tratamento

Leia mais

Nota de Pagamento Realizado

Nota de Pagamento Realizado Unidade 20001 tividade SERVIÇO UTONOMO ÁGU E ESGOTO KLORÉ CONVENIDO COM FUNDÇÃO NCIONL SÚ RODOVI PR 466 N 25 Cep 86920-000 CGC 779383890001-45 KLORE-PR PRNÁ Fones (043) 3453-1299 Fax (043) 3453-1299 1751202012002

Leia mais

GABARITO DA AVALIAÇÃO AMD

GABARITO DA AVALIAÇÃO AMD GRITO VLIÇÃO M FULS INTGRS IPIRNG OS XTRÍOS M /06/0 7:6: Turma MKN0 Semestre 0 MINISTRO SISTMS INFORMO - 60H MINISTRçãO SISTM INFORMçãO MINISTRçãO SISTM INFORMçãO MINISTRçãO SISTM INFORMçãO MINISTRçãO

Leia mais

Art. n.º Designação do artigo QE QU Preço/QU [EUR]

Art. n.º Designação do artigo QE QU Preço/QU [EUR] Tabela de preços MÜPRO Pontos de ancoragem / expansão PHONOLYT conjunto simple, galvanizado 120348 PHONOLYT conjunto simples db 27, M10, ⅜" (14-18 mm), galvanizado 1 unid. 0.944 120340 PHONOLYT conjunto

Leia mais

MÍDIA KIT 2014. Guia de Compras Celulose e Papel FABRICANTES E FORNECEDORES. 16 o Edição 2014-2015 - Rev. 001

MÍDIA KIT 2014. Guia de Compras Celulose e Papel FABRICANTES E FORNECEDORES. 16 o Edição 2014-2015 - Rev. 001 16 o Edição 2014-2015 - Rev. 001 Agora o Guia de Compras está mais completo, Catálogo de expositores ABTCP 2014 Lista de empresas de celulose e papel - Brasil Perfil Editorial Celulose e Papel 2014 O GUIA

Leia mais

SERVIÇO AUTÔNOMO MUNICIPAL DE ÁGUA E ESGOTO

SERVIÇO AUTÔNOMO MUNICIPAL DE ÁGUA E ESGOTO Unidade 22022 tividade SERVIÇO UTÔNOMO MUNICIPL ÁGU E ESGOTO DMINISTRDO PEL FUNDÇÃO NCIONL SÚ RU SOFI TCHINI, 237 Cep 87230000 CGC 809090960001-44 JUSSR-PR PRNÁ Fones (044) 3628-1401 Fax (044) 3628-1401

Leia mais

PROJETO INTEGRADO EM SEGURANÇA EMPRESARIAL

PROJETO INTEGRADO EM SEGURANÇA EMPRESARIAL PROJETO INTEGRDO EM SEGURNÇ EMPRESRIL CLIENTE UFPE ESTUDO FURTO / ROUO Emitido em: 10/05/2013 SUMÁRIO 1. LISTGEM DOS RISCOS 2. DEFINIÇÃO DOS RISCOS 3. CLSSIFICÇÃO DOS RISCOS 4. IDENTIFICÇÃO FTORES DE RISCOS

Leia mais