"Criar a assinatura visual da JMJ Rio2013 é uma. grande honra para um designer. Não há palavras. para descrever o que é idealizar a imagem que

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download ""Criar a assinatura visual da JMJ Rio2013 é uma. grande honra para um designer. Não há palavras. para descrever o que é idealizar a imagem que"

Transcrição

1

2 "Criar a assinatura visual da JMJ Rio2013 é uma grande honra para um designer. Não há palavras para descrever o que é idealizar a imagem que ficará marcada na memória, associada a um grande encontro dos jovens com Deus na presença do Papa Bento XVI. Como é bom ser um instrumento do Senhor utilizando os talentos que Ele pode nos dar. A Jornada Mundial da Juventude em 2013 já vem transformando a minha vida e da juventude católica."

3 Introdução A identidade visual de uma organização é um de seus principais patrimônios. Com seu uso sistemático, são transmitidos visualmente os valores da instituição, o que possibilita o reconhecimento e adesão pelo seu público. Este manual tem como objetivo apresentar informações e orientações para a adequada aplicação da marca JMJ Rio2013. Princípios e normas de uso dos elementos gráficos pertencentes à identidade visual auxiliarão na aplicação em peças de comunicação, visando disseminar a marca. A implantação e unificação da identidade visual, recorrendo ao uso correto das normas presentes neste manual, ajudarão a fortalecer e fixar a imagem do evento. Ignorar estes princípios poderá causar danos à identidade. O presente documento está disponível em formato digital para download no site rio2013.com em português e nos seguintes idiomas: inglês, espanhol, italiano, francês e alemão. 3

4

5 Conteúdo do Manual A Jornada Mundial da Juventude Identidade Visual Conceito Princípios Versões da Marca Versões para Línguas Estrangeiras Aplicação de Cor Aplicação sobre Imagens Tipografia Padrão Proibições

6 A Jornada Mundial da Juventude A Jornada Mundial da Juventude mostra ao mundo o testemunho de uma fé viva, transformadora e o rosto de Cristo em cada jovem. E como protagonistas dessa festa, também, através deles, o 'rosto' jovem de Cristo se mostra ao mundo. Tudo começou quando cerca de 300 mil jovens estiveram unidos ao Papa João Paulo II na Praça de São Pedro, no Vaticano, em No ano de 1985, o Santo Padre anunciou a instituição da Jornada Mundial da Juventude. E os encontros continuaram: em Roma, (1ª JMJ Diocesana), em Buenos Aires (Argentina 1987), em Santiago de Compostela (Espanha 1989), em Czestochowa (Polônia 1991), em Denver (Estados Unidos 1993), em Manila (Filipinas 1995), em Paris (França -1997), em Roma (Itália 2000), em Toronto (Canadá 2002). Com Bento XVI em Colônia (Alemanha 2005), em Sidney (Austrália 2008) e em Madri (Espanha 2011). O próximo encontro será de 23 a 28 de julho de 2013, na cidade do Rio de Janeiro. As cidades que sediam uma Jornada ganham, de verdade, um 'colorido' diferente, com centenas de nacionalidades misturadas e integradas. São catequeses, testemunhos, partilhas, exemplos de amor ao próximo e à Igreja, festivais de música e atividades culturais. Enfim, um encontro de corações que creem, movidos pela mesma esperança de que a fraternidade na diversidade é possível. 6

7 Identidade Visual A identidade visual de uma instituição ou produto compreende o conjunto de elementos gráficos ou peças de comunicação, vinculados à sua marca, como cores, texturas, formas, grafismos e famílias tipográficas. Assinatura Visual É a representação gráfica da JMJ Rio2013, composta por símbolo e logotipo. O conceito do símbolo será apresentado nas páginas a seguir. Assinatura Visual Símbolo Logotipo 7

8 Conceito Com base no trecho da Palavra do Evangelho de São Mateus, percebese a necessidade de expressar uma referência direta à imagem de Jesus e ao sentido do discípulo. Neste episódio, Jesus se encontrou com seus discípulos em uma montanha, após sua ressurreição. Como símbolo da cidade do Rio de Janeiro, o Cristo Redentor também se encontra em uma montanha e é um monumento reconhecido no mundo inteiro. O tema é uma palavra de ordem proclamada pelo próprio Senhor Jesus, e assim a Sua imagem possui destaque no centro do símbolo. Os elementos do símbolo formam a imagem de um coração. Na fé dos povos o coração assumiu papel central, assim como o Brasil será o centro da juventude na Jornada Mundial. Também designa o homem interno por inteiro, se tornando nesta composição a referência aos discípulos que possuem Jesus em seus corações. Os braços do Cristo Redentor ultrapassam a figura do coração, como o abraço acolhedor de Deus aos povos e jovens que estarão no Brasil. Representa nossa acolhida, como povo de coração generoso e hospitaleiro. A parte superior (em verde) foi inspirada nos traços do Pão de Açúcar, símbolo universal da cidade do Rio de Janeiro, e a cruz contida nela reforça o sentido do território brasileiro conhecido por Terra de Santa Cruz. As formas que finalizam a imagem do coração possuem a cor azul, representando o litoral, somada ao verde e amarelo que transmitem a brasilidade das cores da bandeira nacional. 8

9 Princípios ŸA marca poderá ser vinculada a todo material gráfico da JMJ Rio2013, a eventos pré-jornada ou ao evento Bote Fé, a encontros com a presença dos símbolos (Cruz peregrina e ícone de Nossa Senhora), a sites e blogs de grupos participantes da Jornada. ŸA aplicação da assinatura em qualquer material gráfico que não seja produzido pelo Comitê Organizador Local da JMJ Rio2013 deverá obrigatoriamente conter a assinatura visual da instituição responsável. ŸQuando a marca for aplicada juntamente com outro elemento de identificação, como nomes de paróquias, dioceses, foranias, pastorais, movimentos, eventos ou outras instituições, deve-se garantir a integridade desses elementos para que se obtenha uma boa leitura. ŸEm casos de aplicação do símbolo isoladamente com com qualquer alteração de corte, cor ou textura, deve-se obrigatoriamente aplicar a assinatura visual completa (símbolo+logotipo) na mesma área de visualização do material gráfico. ŸPara aplicar a marca da JMJ Rio2013 em qualquer meio, solicite sempre o arquivo digital disponível pelo site ŸNão tente redesenhar a assinatura visual ou qualquer elemento, pois você estará arriscando a qualidade da imagem. 9

10 Versões da Marca VERSÃO PREFERENCIAL Composição Horizontal Símbolo ao lado esquerdo do logotipo VERSÃO SECUNDÁRIA Composição Vertical Símbolo posicionado acima do logotipo 10

11 Versões para línguas estrangeiras Português Jornada Mundial da Juventude Espanhol Jornada Mundial de la Juventud Francês Journée Mondiale De La Jeunesse Polonês Światowy Dzień Młodzieży Esloveno Svetovni dan mladih Croato Svjetski dan mladih Checo Svetové dny mládeže Italiano Giornata Mondiale della Gioventù Inglês World Youth Day Alemão Weltjugendtag Húngaro Ifjúsági Világtalálkozó 11

12 Aplicação de Cor Para auxiliar na aplicação de cores, alguns exemplos são demonstrados abaixo. 12

13 Aplicação sobre Imagens Para auxiliar na aplicação sobre imagens, alguns exemplos são demonstrados abaixo. 13

14 Tipografia Padrão A forma de apresentação de um texto também faz parte da identidade visual de uma marca. Para manter este padrão, é orientada a utilização de uma fonte principal e uma fonte secundária. Fonte Principal A fonte principal é utilizada na marca em títulos e textos que necessitam de destaque em relação ao bloco de texto e não deve ser alterada em nenhuma circunstância. O mau uso da tipografia descaracteriza a marca. A família adotada chama-se Signika. Fonte Auxiliar A fonte auxiliar é usada para blocos de textos do material gráfico oficial: impressos, papelaria, sites, etc. Pode ser substituída ou combinada com outra fonte auxiliar de acordo com a necessidade. A família adotada é a Verdana, uma fonte básica disponível na maioria dos sistemas operacionais. 14

15 Tipografia Padrão. Fonte Principal Signika Indicada para títulos Acesse o site com os arquivos desta fonte Signika Leve (light) Signika Normal Signika Seminegrito Signika Negrito (bold) 15

16 Tipografia Padrão. Fonte Auxiliar Verdana Indicada para grandes textos Verdana Normal Verdana Normal Itálico Verdana Negrito (bold) Verdana Negrito Itálico (bold italic) 16

17 Proibições Alterar posicionamento ou espaçamento do símbolo e logotipo. Alterar fonte do logotipo. Distorcer qualquer elemento. Aplicar símbolo sobre outro elemento gráfico. 17

18 Proibições Baixo contraste, prejudicando a legibilidade Aplicar em fundo da mesma cor padrão Alterar cor de qualquer elemento 18

19 Proibições Utilizar Símbolo com outro nome ou frase Utilizar nome com outro símbolo 19

20 Duvidas sobre a marca JMJ Rio2013? Fale conosco! Comitê Organizador Local (COL) JMJ Rio2013 Tel.: (21) Edifício João Paulo II Rua Benjamin Constant, 23. 7º andar Glória. Rio de Janeiro/RJ. CEP De 23 a 28 de Julho de 2013 Rio de Janeiro. Brasil

21

Manual de Identidade Visual

Manual de Identidade Visual Manual de Identidade Visual "Criar a assinatura visual da JMJ Rio2013 é uma grande honra para um designer. Não há palavras para descrever o que é idealizar a imagem que ficará marcada na memória, associada

Leia mais

Manual de Identidade Visual

Manual de Identidade Visual Manual de Identidade Visual Apresentação A Identidade Visual de uma organização é um de seus principais patrimônios. É por meio dela que uma instituição transmite visualmente seus valores e torna-se reconhecida

Leia mais

APRESENTAÇÃO. A identidade visual da Virada da Saúde foi desenvolvida para expressar o conceito do evento.

APRESENTAÇÃO. A identidade visual da Virada da Saúde foi desenvolvida para expressar o conceito do evento. APRESENTAÇÃO A identidade visual da Virada da foi desenvolvida para expressar o conceito do evento. urbanidade e saúde qualidade de vida do homem sustentabilidade como promoção de saúde protagonismo pertencimento

Leia mais

Manual de Identidade Visual

Manual de Identidade Visual Manual de Identidade Visual 02 ÍNDICE Introdução Elementos Básicos Logotipo 2. Slogan 3. Logomarca 4. Aplicações 5. Aplicações não aceitáveis 6. Versão Horizontal 7. Limites 8. Redução 9. Alfabeto Padrão

Leia mais

Manual de uso da marca do Governo Federal. SECOM / PR Janeiro de 2015

Manual de uso da marca do Governo Federal. SECOM / PR Janeiro de 2015 Manual de uso da marca do Governo Federal SECOM / PR Manual de uso da marca do Governo Federal 1.1 Introdução 3 1.2 Logomarca do Governo Federal 4 1.3 Proporções e medições 5 1.4 Zona de eclusão 6 1.5

Leia mais

ANEXO II MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL

ANEXO II MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL ANEXO II MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL 1.1. Símbolo O símbolo Infraero é um importante elemento da identidade visual da empresa, contribuindo para transmitir os atributos de sua imagem. O deseno do símbolo

Leia mais

Aplicações da Logomarca Logomarca Preferencial - Assinatura Horizontal - Secretaria Logomarca Preferencial - Assinatura Vertical - Secretaria

Aplicações da Logomarca Logomarca Preferencial - Assinatura Horizontal - Secretaria Logomarca Preferencial - Assinatura Vertical - Secretaria Índice 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 Apresentação A logomarca da Prefeitura de Palmas Proporções e medições Zona de exclusão Redução mínima Variantes de cor Cores

Leia mais

PERGUNTAS FREQUENTES

PERGUNTAS FREQUENTES PERGUNTAS FREQUENTES O que é a Jornada Mundial da Juventude (JMJ)? É o maior encontro mundial de jovens católicos com o papa. A jornada começou com o Papa João Paulo II, em 1984, no Vaticano. Desde então

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA JUVENTUDE SALESIANA

ORIENTAÇÕES PARA JUVENTUDE SALESIANA ORIENTAÇÕES PARA JUVENTUDE SALESIANA Informações para vivência da Inspetoria Salesiana do Nordeste do Brasil durante a Semana Missionária, Momentos fortes para a Articulação da Juventude Salesiana e a

Leia mais

DIA DE ORAÇÃO PELA JMJ RIO2013

DIA DE ORAÇÃO PELA JMJ RIO2013 ROTEIRO PARA O DIA DE ORAÇÃO PELA JORNADA MUNDIAL DA JUVENTUDE RIO2013 Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude - CNBB CANTO DE ENTRADA (Canto a escolha) (Este momento de oração pode ser associado

Leia mais

Manual de Identidade Visual

Manual de Identidade Visual Manual de Identidade Visual Introdução A logomarca Rio+20 - Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável - e o material de campanha foram desenhados pela Graphic Design Unit, nas Nações

Leia mais

NOVEMBRO Visita Missionária

NOVEMBRO Visita Missionária NOVEMBRO Visita Missionária No dia 03, as Irmãs da Comunidade Casa Cardeal Guarino em Madalena/CE, realizaram visita missionária em São Nicolau, interior de Madalena. Servindo-se da ocasião, as Irmãs realizaram

Leia mais

MANUAL DE USO E APLICAÇÃO DA MARCA

MANUAL DE USO E APLICAÇÃO DA MARCA MANUAL DE USO E APLICAÇÃO DA MARCA ÍNDICE 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 APRESENTAÇÃO DEFESA DA MARCA FAMÍLIA TIPOGRÁFICA PADRÃO CROMÁTICO APLICAÇÕES E VERSÕES LIMITES DE REDUÇÃO

Leia mais

Manual de Identidade Visual

Manual de Identidade Visual Manual de Identidade Visual Marca Institucional Versão Horizontal A versão horizontal se refere a versão onde o símbolo fica no lado direito do logotipo. Nas áreas onde o espaço para aplicação da marca

Leia mais

A Marca Apresentação. Símbolo. Marca. Logotipo

A Marca Apresentação. Símbolo. Marca. Logotipo MANUAL de MARCA SUMÁRIO A marca Apresentação... 03 Versões da marca... 04 Processo Criativo... 05 Cores... 07 Margem de segurança... 08 Variação de cor... 10 Tipografia... 12 Redução máxima... 13 Usos

Leia mais

SUMÁRIO INTRODUÇÃO ELEMENTOS E PROPORÇÕES DA ASSINATURA HORIZONTAL VERSÕES DA ASSINATURA HORIZONTAL SÍMBOLO CHAPADO

SUMÁRIO INTRODUÇÃO ELEMENTOS E PROPORÇÕES DA ASSINATURA HORIZONTAL VERSÕES DA ASSINATURA HORIZONTAL SÍMBOLO CHAPADO SUMÁRIO INTRODUÇÃO ELEMENTOS E PROPORÇÕES DA ASSINATURA HORIZONTAL VERSÕES DA ASSINATURA HORIZONTAL SÍMBOLO CHAPADO ELEMENTOS E PROPORÇÕES DA ASSINATURA VERTICAL VERSÕES DA ASSINATURA VERTICAL SÍMBOLO

Leia mais

manual de identidade visual

manual de identidade visual manual de identidade visual manual-perpart2.indd 1 índice 02 03 Apresentação A Marca 20 Papelaria Institucional Cartão de Visita I 04 A Marca 21 Cartão de Visita II 05 Logotipo 22 Envelope Ofício 06 Símbolo

Leia mais

Manual de Respostas do Álbum Líturgico- catequético No Caminho de Jesus [Ano B 2015]

Manual de Respostas do Álbum Líturgico- catequético No Caminho de Jesus [Ano B 2015] 1 Manual de Respostas do Álbum Líturgico- catequético No Caminho de Jesus [Ano B 2015] Página 9 Na ilustração, Jesus está sob a árvore. Página 10 Rezar/orar. Página 11 Amizade, humildade, fé, solidariedade,

Leia mais

Manual de uso da marca do Governo Federal

Manual de uso da marca do Governo Federal Manual de uso da marca do Governo Federal SECOM / PR - 2011 Manual de uso da marca do Governo Federal 1.1 Introdução 03 1.2 Logomarca do Governo Federal 04 1.3 Proporções e medições 05 1.4 Zona de eclusão

Leia mais

Manual de Identidade Visual

Manual de Identidade Visual Manual de Identidade Visual Introdução Este Manual de Identidade Visual criado para o evento Seminário de Acesso ao Ensino Superior - SAES 2009, realizado no Estado do Rio de Janeiro, tem como finalidade

Leia mais

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL INTRODUÇÃO A marca de uma empresa é seu símbolo mais importante. Através dela o público reconhece a presença da empresa, suas conquistas, sua tradição e seus ideais. Ela nos

Leia mais

Manual UnivFumec.qxd 29/10/2004 16:49 Page 1

Manual UnivFumec.qxd 29/10/2004 16:49 Page 1 Manual UnivFumec.qxd 29/10/2004 16:49 Page 1 1 Manual UnivFumec.qxd 29/10/2004 16:49 Page 2 MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL UNIVERSIDADE F U M E C 2 Manual UnivFumec.qxd 29/10/2004 16:49 Page 3 O maior patrimônio

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DA MARCA

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DA MARCA MANUAL DE UTILIZAÇÃO DA MARCA APRESENTAÇÃO E JUSTIFICATIVA A identidade visual é um importante instrumento para a construção e consolidação da imagem de uma instituição perante o público. É através dela

Leia mais

Manual da marca 2014

Manual da marca 2014 Manual da marca 2014 Índice 1. Marca 2. Elementos, versões e proporções 3. Área de reserva e redução 4. As cores da marca 4.1. Uso preferencial e versão PB 4.2. Cor complementar 5. Variação de fundos 6.

Leia mais

Manual pra quê? O que move uma marca? Ela é movida pela CONFIANÇA E PERCEPÇÃO DE VALOR POR SEUS CONSUMIDORES.

Manual pra quê? O que move uma marca? Ela é movida pela CONFIANÇA E PERCEPÇÃO DE VALOR POR SEUS CONSUMIDORES. Manual pra quê? O que move uma marca? Ela é movida pela CONFIANÇA E PERCEPÇÃO DE VALOR POR SEUS CONSUMIDORES. E a marca HEAVYLOAD transmite essa confiança e, também, cria essa percepção! Em cada momento

Leia mais

Enap. Manual de uso da marca

Enap. Manual de uso da marca Manual de uso da marca O símbolo transmite seriedade, objetividade e contemporaneidade compatíveis com a instituição e também continuidade em relação ao sinal de identificação anteriormente usado. O desenho

Leia mais

SOLENE CELEBRAÇÃO EUCARÍSTICA

SOLENE CELEBRAÇÃO EUCARÍSTICA SOLENE CELEBRAÇÃO EUCARÍSTICA Antes da Solene celebração, entregar a lembrança do centenário No Final terá um momento de envio onde cada pessoa reassumirá a missão. O sinal deste momento será a colocação

Leia mais

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL ÍNDICE 1. MARCA Definições de Interesse... 03 Conceito... 04 Desenho... 06 Cores... 07 Tipografia... 08 Uso Incorreto da Marca... 09 Redução da Marca... 10 Versões Monocromáticas...

Leia mais

guia de aplicação da marca

guia de aplicação da marca guia de aplicação da marca Sumário 03 apresentação A marca mek Usos incorretos 04 a marca principal 12 o que não fazer 05 06 07 08 09 10 11 cores da marca variações - aplicações sobre fundos nas cores

Leia mais

mil VOLUNTÁRIO Maio 2012 1ª edição volunt@ rio2013.com Parabéns! Sou voluntários. É o número que a JMJ Rio2013 vai precisar.

mil VOLUNTÁRIO Maio 2012 1ª edição volunt@ rio2013.com Parabéns! Sou voluntários. É o número que a JMJ Rio2013 vai precisar. revista VOLUNTÁRIO Maio 2012 1ª edição Revista Exclusiva dos Voluntários Sou volunt@ rio2013.com Parabéns! Você já é um de nossos voluntários selecionados! 60 mil voluntários. É o número que a JMJ Rio2013

Leia mais

Manual de uso da marca do Governo Federal

Manual de uso da marca do Governo Federal Manual de uso da marca do Governo Federal SECOM / PR - 2011 Manual de uso da marca do Governo Federal 1.1 2.2 Introdução Logomarca Governo Federal 2.1.1 Reduções Mínimas 2.1.2 Variantes do Logo 2.1.3 Cores

Leia mais

NORMAS DE APLICAÇÃO DO LOGOTIPO CENTRO HOSPITALAR DE SÃO JOÃO

NORMAS DE APLICAÇÃO DO LOGOTIPO CENTRO HOSPITALAR DE SÃO JOÃO NORMAS DE APLICAÇÃO DO LOGOTIPO CENTRO HOSPITALAR DE SÃO JOÃO IMPORTANTE O LOGOTIPO CENTRO HOSPITALAR DE SÃO JOÃO É UM SÍMBOLO PROTEGIDO LEGALMENTE. NÃO PODE SER ALTERADO EM PARTE OU NO SEU TODO. TODA

Leia mais

Manual de utilização do selo

Manual de utilização do selo Manual de utilização do selo Introdução O manual do selo Empresa Parceira da Saúde tem a função de ordenar e padronizar o signo que distingue e diferencia a parceira, compreendendo padrões e regras de

Leia mais

Manual de Identidade Visual. FACEPE Manual de Identidade Visual 1

Manual de Identidade Visual. FACEPE Manual de Identidade Visual 1 Manual de Identidade Visual FACEPE Manual de Identidade Visual 1 1. MARCA Apresentação Aplicação Cores Institucionais Família Tipográfica Reprodução da Marca Usos Incorretos Redução Área de Respiro Aplicação

Leia mais

Felizes os puros de coração porque verão a Deus (Mt 5, 8)

Felizes os puros de coração porque verão a Deus (Mt 5, 8) Janeiro e Fevereiro 2015 Editorial Esta é a Síntese dos meses de Janeiro e Fevereiro, assim como a Palavra de Vida, em que o nosso diretor espiritual, Pe. Pedro, fala sobre Felizes os puros de coração

Leia mais

A marca. Versão beta 28 / 04/ 2010

A marca. Versão beta 28 / 04/ 2010 A marca O símbolo transmite brasilidade e a fluidez da Eletrobras, além de representar a evolução constante e o movimento contínuo e dinâmico da empresa rumo ao futuro. Em suas cores, temos o azul, representando

Leia mais

PARÓQUIA SÃO CRISTÓVÃO VALINHOS, SP 1966 2016 50 ANOS DE EVANGELIZAÇÃO Arquidiocese de Campinas

PARÓQUIA SÃO CRISTÓVÃO VALINHOS, SP 1966 2016 50 ANOS DE EVANGELIZAÇÃO Arquidiocese de Campinas PARÓQUIA SÃO CRISTÓVÃO VALINHOS, SP 1966 2016 50 ANOS DE EVANGELIZAÇÃO Arquidiocese de Campinas CONCURSO: LOGOMARCA COMEMORATIVO AOS 50 ANOS DE EVANGELIZAÇÃO DA PARÓQUIA SÃO CRISTÓVÃO VALINHOS, SP INTRODUÇÃO

Leia mais

Manual de Uso da Marca do Governo Federal. SECOM / PR Novembro de 2011

Manual de Uso da Marca do Governo Federal. SECOM / PR Novembro de 2011 SECOM / PR 1.1 Introdução 3 1.2 Logomarca do Governo Federal 4 1.3 Proporções e medições 5 1.4 Zona de eclusão 6 1.5 Reduções mínimas 7 1.6 Variantes de cor 8 1.7 Cores da logomarca 9 1.8 Aplicação sobre

Leia mais

REGULAMENTO DO CONCURSO PARA A CRIAÇÃO DE CARTAZ E LOGOMARCA DO CENTENÁRIO DA PARÓQUIA DE SANT ANA SUMARÉ

REGULAMENTO DO CONCURSO PARA A CRIAÇÃO DE CARTAZ E LOGOMARCA DO CENTENÁRIO DA PARÓQUIA DE SANT ANA SUMARÉ REGULAMENTO DO CONCURSO PARA A CRIAÇÃO DE CARTAZ E LOGOMARCA DO CENTENÁRIO DA PARÓQUIA DE SANT ANA SUMARÉ Abertura: Com alegria e expectativa, estamos lançando o Concurso para a criação do cartaz e da

Leia mais

CELEBRAÇÃO PARA O DIA DO CATEQUISTA 2014

CELEBRAÇÃO PARA O DIA DO CATEQUISTA 2014 CELEBRAÇÃO PARA O DIA DO CATEQUISTA 2014 NO CAMINHO DO DISCIPULADO MISSIONÁRIO, A EXPERIÊNCIA DO ENCONCONTRO: TU ÉS O MESSIAS, O FILHO DO DEUS VIVO INTRODUÇÃO Queridos/as Catequistas! Com nossos cumprimentos

Leia mais

Apresentação. Identidade Visual

Apresentação. Identidade Visual Apresentação Identidade Visual É o conjunto de elementos gráficos que compõem o universo da marca. Neste manual, apresentamos regras e orientações para utilizá-los de maneira coerente e consistente, transmitindo

Leia mais

GUIA DE Identidade Visual

GUIA DE Identidade Visual Texto GUIA DE Identidade Visual UNA-SUS Guia de Identidade Visual 1 Index Apresentação Malha Construtiva Símbolo Tipograma Símbolo + Logotipo Arejamento Aplicações Preto e Branco Horizontais Verticais

Leia mais

manual de identidade visual instituto fonte

manual de identidade visual instituto fonte manual de identidade visual instituto fonte por quê um manual de identidade visual é importante para o instituto fonte? Por uma razão de sentido. Faz sentido para nós conseguir comunicar, em um conjunto

Leia mais

Virgem Maria. Catálogo: Difusão Permanente. Mãe da Divina Concepção da Trindade

Virgem Maria. Catálogo: Difusão Permanente. Mãe da Divina Concepção da Trindade A Voz de Deus desce através de Mim porque Eu Sou Sua Serva. Todos têm um chamado a cumprir Comigo e com o Senhor. (9 de setembro de 2011) Virgem Maria Mãe da Divina Concepção da Trindade Catálogo: Difusão

Leia mais

Código de Identidade Visual

Código de Identidade Visual Manual da Marca Apresentação O manual da marca Academia da Saúde tem a função de ordenar e padronizar o signo que distingue e diferencia o Programa, compreendendo os padrões e as regras de aplicação da

Leia mais

Plano Diocesano da Animação Bíblico-Catequética

Plano Diocesano da Animação Bíblico-Catequética Plano Diocesano da Animação Bíblico-Catequética 2 0 1 2-2 0 1 5 DIOCESE DE FREDERICO WESTPHALEN - RS Queridos irmãos e irmãs, Com imensa alegria, apresento-lhes o PLANO DIOCESANO DE ANIMAÇÃO BÍBLICO -

Leia mais

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL Objetivos Este manual estabelece as formas de comunicação e aplicação da marca Balada Segura para aumentar o seu reconhecimento e consistência para o público. A aplicação das

Leia mais

CECOM/IFC MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL CURSOS DO IFC

CECOM/IFC MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL CURSOS DO IFC CECOM/IFC MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL CURSOS DO IFC O OBJETIVO DO PROJETO A criação dos ícones dos cursos tem como objetivo construir uma identidade visual única para os cursos ofertados pelo IFC, principalmente

Leia mais

Manual de Identidade Visual Corporativa

Manual de Identidade Visual Corporativa Manual de Identidade Visual Corporativa Apresentação O Manual de Identidade Visual Corporativa, é um documento técnico que reúne as especificações, recomendações e normas essenciais para a preservação

Leia mais

OS DESAFIOS DACOMUNICAÇÃO

OS DESAFIOS DACOMUNICAÇÃO OS DESAFIOS DACOMUNICAÇÃO A contribuição das mídias. Como parte constitutiva da atual ambiência comunicacional, elas tornam-se recursos e ambientes para o crescimento pessoal e social. Constituem-se no

Leia mais

Manual de Identidade Visual Diretrizes de uso e gestão da marca

Manual de Identidade Visual Diretrizes de uso e gestão da marca Manual de Identidade Visual Diretrizes de uso e gestão da marca Manual de Identidade Visual - 1 Um projeto de identidade visual tem o propósito de desenvolver a marca e os elementos gráficos que constituem

Leia mais

INSTITUTO DOS IRMÃOS MARISTAS

INSTITUTO DOS IRMÃOS MARISTAS INSTITUTO DOS IRMÃOS MARISTAS Como líderes do instituto neste momento histórico, voltamos nosso olhar para Maria, aurora dos novos tempos, nos quais encontramos inspiração para descobrir como as atitudes

Leia mais

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL SUMÁRIO Introdução. 3 Símbolo. 4 Assinatura. 5 Malha Construtiva. 6 Padrão Tipográfico. 7 Cores. 8 Negativo e Positivo. 9 Aplicações Monocromáticas. 10 Redução. 11 Área de Proteção.

Leia mais

Internet a Serviço da Igreja Como podemos catequizar com as Redes Sociais

Internet a Serviço da Igreja Como podemos catequizar com as Redes Sociais PARÓQUIA SÃO PEDRO APÓSTOLO Internet a Serviço da Igreja Como podemos catequizar com as Redes Sociais Clayton de Almeida Souza 14/03/2015 Formação para Catequistas e auxiliares da Paróquia São Pedro Apóstolo.

Leia mais

BRAND BOOK. Locamerica 2011 TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

BRAND BOOK. Locamerica 2011 TODOS OS DIREITOS RESERVADOS BRAND BOOK Locamerica 2011 TODOS OS DIREITOS RESERVADOS BRAND BOOK Este BRAND BOOK foi criado para orientar a expressão da marca Locamerica em todos os momentos de contato com seus públicos. Seu objetivo

Leia mais

Manual de Identidade Visual. Manual de identidade 2013 - Solidariedade

Manual de Identidade Visual. Manual de identidade 2013 - Solidariedade Manual de Identidade Visual Manual de identidade 2013 - Solidariedade É com muita satisfação que apresentamos, neste Guia, a nova identidade visual do Solidariedade, contendo o logotipo e suas aplicações,

Leia mais

Manual de Uso da Identidade Visual

Manual de Uso da Identidade Visual Manual de Uso da Identidade Visual Identidade Visual é o conjunto de elementos gráficos que formam a personalidade visual de uma empresa, produto ou serviço. Para que a METISA - Metalúrgica Timboense S.

Leia mais

MANUAL DE NORMAS E IDENTIDADE

MANUAL DE NORMAS E IDENTIDADE MANUAL DE NORMAS E IDENTIDADE INDÍCE 1 IDENTIDADE - Valores - Objetivos - Conceito Visual 2 ELEMENTOS - Versões - Dimensões mínimas - Cor - Aplicações de cor e sobre fundos - Aplicações sobre imagem -

Leia mais

Sumário. conceito... apresentação... paleta de cores... escala de cinza... traço (p/b)... traço (cor)... tipologia... grid... redução máxima...

Sumário. conceito... apresentação... paleta de cores... escala de cinza... traço (p/b)... traço (cor)... tipologia... grid... redução máxima... manual da marca Sumário conceito... apresentação... paleta de cores... escala de cinza... traço (p/b)... traço (cor)... tipologia... grid... redução máxima... assinatura conjunta... aplicação sobre fundo

Leia mais

Manual de Identidade Visual

Manual de Identidade Visual Manual de Identidade Visual manual.indd 1 11/29/2012 3:56:27 PM Faculdade Senac Rio Graduação Tecnológica em Design Gráfico Projeto Integrador 01 Período: 2012.2 Turma: 2012.2 Eloana Baldo Gonçalves Estela

Leia mais

Guia de Uso DAMARCA V1.0 - Maio. 2011

Guia de Uso DAMARCA V1.0 - Maio. 2011 Guia de Uso DAMARCA V1.0 - Maio. 2011 Apresentação 3 Elementos da marca 4 Versões de uso preferencial 5 Cores 6 Aplicação em substrato metalizado 7 Versão degradê 8 Versões em P&B 9 Área de não interferência

Leia mais

Manual de Padronização

Manual de Padronização Manual de Padronização das Marcas EBC e seus veículos Novembro de 2013 1. Marca da EBC 4 1.1 Reduções mínimas 5 1.2 Aplicações da marca 6 1.3 Tipografia 7 1.4 Cor da marca 8 1.5 Usos Indevidos 9 2. Marca

Leia mais

Celebração do Dia Nacional do Catequista 30 de agosto de 2015

Celebração do Dia Nacional do Catequista 30 de agosto de 2015 Celebração do Dia Nacional do Catequista 30 de agosto de 2015 Introdução: Educar na fé, para a paz, a justiça e a caridade Este ano a Igreja no Brasil está envolvida em dois projetos interligados: a lembrança

Leia mais

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL ÍNDICE 1. MARCA Conceito... 3 Desenho da Marca... 4 Cores Institucionais... 5 Família Tipográfica... 6 Reprodução da Marca... 7 Usos Incorretos... 8 Redução Máxima da Marca...

Leia mais

4. Aplicação da Marca 22 a. O site www.umov.me 22 b. Publicidade 23 c. Estande de eventos 24 d. Flyers e lâminas 25

4. Aplicação da Marca 22 a. O site www.umov.me 22 b. Publicidade 23 c. Estande de eventos 24 d. Flyers e lâminas 25 Versão 1.0 Índice 1. Introdução 3 2. Elementos da Identidade Visual da umov.me 4 a. Logomarca 4 b. Cores e Fundos 5 c. Tipologia 12 d. Como usar a tipologia 15 e. As formas de escrita da marca umov.me

Leia mais

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL VOLUME 1 - SISTEMA BÁSICO MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL GUIA PARA APLICAÇÃO DA IDENTIDADE VISUAL DO PROJETO TARAMANDAHY - FASE 2 1 MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL SISTEMA BÁSICO 2 REDESENHO DA MARCA TARAMANDAHY

Leia mais

PROJETO AQUI TEM JOVEM

PROJETO AQUI TEM JOVEM Material de Apoio e Formação PROJETO AQUI TEM JOVEM Lista de Abreviaturas e Siglas G.O Grupo de Oração MJ Ministério Jovem PEF Pastoreio Evangelização Formação RCC Renovação Carismática Católica CONHEÇA

Leia mais

Igreja "em saída" missionária

Igreja em saída missionária Mês das Missões O mês de outubro é, para a Igreja, o período no qual são intensificadas as iniciativas de animação e cooperação em prol das Missões em todo o mundo. O objetivo é sensibilizar, despertar

Leia mais

FORA DA ESCOLA NÃO PODE. Cada criança e adolescente tem o direito de aprender. Manual de Aplicação de Marcas

FORA DA ESCOLA NÃO PODE. Cada criança e adolescente tem o direito de aprender. Manual de Aplicação de Marcas NÃO PODE Cada criança e adolescente tem o direito de aprender Manual de Aplicação de Marcas Sumário p1 Apresentação p15 Banners p2 Assinatura Principal p19 Faixa p3 Variações da Marca p20 Outdoor p4 Cores

Leia mais

IT- MKT-001-COM Data: 28/01/2015 versão: 04. Manual de aplicação da marca

IT- MKT-001-COM Data: 28/01/2015 versão: 04. Manual de aplicação da marca Manual de aplicação da marca IT- MKT-001-COM Data 15/08/2014 versão 02 SumárioApresentação 3 A marca 4 Memorial descritivo... 5 Versão preferencial... 6 Padrões cromáticos... 7 Versões positiva/negativa...

Leia mais

Sumário. Motivo 1 A fé sem obras é morta - 9. Motivo 2 A Igreja é lugar de amor e serviço - 15. Motivo 3 O mundo tem fome de santidade - 33

Sumário. Motivo 1 A fé sem obras é morta - 9. Motivo 2 A Igreja é lugar de amor e serviço - 15. Motivo 3 O mundo tem fome de santidade - 33 1 a Edição Editora Sumário Motivo 1 A fé sem obras é morta - 9 Motivo 2 A Igreja é lugar de amor e serviço - 15 Motivo 3 O mundo tem fome de santidade - 33 Santos, Hugo Moreira, 1976-7 Motivos para fazer

Leia mais

Plano Pedagógico do Catecismo 6

Plano Pedagógico do Catecismo 6 Plano Pedagógico do Catecismo 6 Cat Objetivos Experiência Humana Palavra Expressão de Fé Compromisso PLANIFICAÇÃO de ATIVIDADES BLOCO I JESUS, O FILHO DE DEUS QUE VEIO AO NOSSO ENCONTRO 1 Ligar a temática

Leia mais

Apresentação 3. Conceitos Básicos 4. Conceito da Marca 6

Apresentação 3. Conceitos Básicos 4. Conceito da Marca 6 Sumário Apresentação 3 Conceitos Básicos 4 O Clube 5 Conceito da Marca 6 Versões da Marca Assinatura Principal 7 Assinatura Secundária 8 Escala de Cinza 9 Colorida 9 Preto e Branco positivo 9 Preto e Branco

Leia mais

Bispo Sr. Dr. Gebhard Fürst. O ESPÍRITO É VIVIFICADOR Desenvolver a Igreja em muitos lugares

Bispo Sr. Dr. Gebhard Fürst. O ESPÍRITO É VIVIFICADOR Desenvolver a Igreja em muitos lugares Bispo Sr. Dr. Gebhard Fürst O ESPÍRITO É VIVIFICADOR Desenvolver a Igreja em muitos lugares Carta Pastoral dirigida às igrejas da diocese de Rotemburgo-Estugarda na Quaresma Pascal de 2015 Bispo Sr. Dr.

Leia mais

Nº 03 - Setembro/2007

Nº 03 - Setembro/2007 Nº 03 - Setembro/2007 Setembro - Mês da Bíblia Deus viu quanto havia feito e era muito bom Gn 1,31. Por que a Igreja coloca o mês de setembro como Mês da Bíblia, se todos os dias do Ano devem ser Bíblicos?

Leia mais

Manual de identidade visual

Manual de identidade visual Manual de identidade visual A empresa Chrysalis Nutri Essences nasceu de uma necessidade de atender a uma grande demanda na área de saúde, qualidade de vida e educação alimentar, com a finalidade de prestar

Leia mais

Repasse da 76a. Assembléia da CNBB Sul I Aparecida de 10 a 12/06/2013

Repasse da 76a. Assembléia da CNBB Sul I Aparecida de 10 a 12/06/2013 Repasse da 76a. Assembléia da CNBB Sul I Aparecida de 10 a 12/06/2013 1. Finalidade do Ano da Fé; 2. O que é a Fé; 3. A transmissão da Fé enquanto professada, celebrada, vivida e rezada; 4. O conteúdo

Leia mais

Caminhando para a JMJ 2013 Subsídio para Jovens 1ª Edição - 2012

Caminhando para a JMJ 2013 Subsídio para Jovens 1ª Edição - 2012 Caminhando para a JMJ 2013 Subsídio para Jovens 1ª Edição - 2012 Diretor Editorial Mons. Jamil Alves de Souza Coordenação Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude Organização Pe. Antonio Ramos do Prado,

Leia mais

Manual de Publicaça o no Blog da Aça o TRIBOS nas Trilhas da Cidadania

Manual de Publicaça o no Blog da Aça o TRIBOS nas Trilhas da Cidadania Manual de Publicaça o no Blog da Aça o TRIBOS nas Trilhas da Cidadania Sumário Objetivos do Blog... 2 Log-in... 3 Esqueci minha senha... 4 Utilizando o Blog... 5 Encontrando seu Blog... 5 Conhecendo o

Leia mais

Setembro Mês da Bíblia

Setembro Mês da Bíblia Setembro Mês da Bíblia Discípulos missionários a partir do Evangelho de João Permanecei no Meu amor, para produzir muitos frutos (Cf. Jo 15, 9-16) Retiro Espiritual Arquidiocesano AO Pe. Vânio da Silva.

Leia mais

A beleza da Jornada Mundial da Juventude no Brasil

A beleza da Jornada Mundial da Juventude no Brasil A beleza da Jornada Mundial da Juventude no Brasil Os dias da Jornada Mundial da Juventude no Brasil foram belíssimos. De 24 a 28 de julho, adultos, crianças, idosos e milhares de jovens acolheram o Papa

Leia mais

I ntrodução. Todas as versões e aplicações que não estiverem aqui contempladas devem ser submetidos à aprovação prévia.

I ntrodução. Todas as versões e aplicações que não estiverem aqui contempladas devem ser submetidos à aprovação prévia. I ntrodução O símbolo-logotipo do LNEG é a face visível da sua identidade. Este manual tem como objectivo definir um conjunto de regras e recomendações que garantam uma aplicação correcta dessa marca.

Leia mais

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL 1 MENSAGEM DA PRESIDÊNCIA O conjunto marca/logotipo é o elemento gráfico e visual pelo qual somos reconhecidos nos diversos meios em que atuamos. As suas formas foram concebidas

Leia mais

MISSA DE ABERTURA DA CATEQUESE

MISSA DE ABERTURA DA CATEQUESE MISSA DE ABERTURA DA CATEQUESE XXV domingo do tempo comum 23/09/2012 Igreja de Cedofeita ENTRADA Eu vi meu Deus e Senhor, aleluia, aleluia. Cantai ao amor, cantai, aleluia, aleluia. ADMONIÇÃO DE ENTRADA

Leia mais

Manual de Identidade Visual da Marca Fiat

Manual de Identidade Visual da Marca Fiat Manual de Identidade Visual da Marca Fiat Conceito A construção de um logo...é Em última instância o reflexo da integração da empresa que simboliza. Seu efeito depende consideravelmente da sua exposição

Leia mais

Manual de Uso da Marca do Governo Federal Patrocínio

Manual de Uso da Marca do Governo Federal Patrocínio Manual de Uso da Marca do Governo Federal Patrocínio SECOM / PR - 2011 Manual de uso da marca do Governo Federal Introdução...3 Assinatura de marcas do Governo Federal em patrocínios...4 Reserva de integridade...6

Leia mais

A Marca Internacional das Cooperativas. Guia do Usuário. Versão Brasil. Versão 1.0 Nov 2014. Guia do usuário Coop

A Marca Internacional das Cooperativas. Guia do Usuário. Versão Brasil. Versão 1.0 Nov 2014. Guia do usuário Coop A Marca Internacional das Cooperativas Versão Brasil Guia do Usuário Versão 1.0 Nov 2014 1 Sumário 1.0 Introdução 1.1 Histórico 1.2 Terminologia e elementos fundamentais 3 4 4 2.0 A marca 2.1 Por que Coop?

Leia mais

Manual de Identidade Visual

Manual de Identidade Visual Manual de Identidade Visual ÍNDICE 1. Marca 1.1 Apresentação 1.2 Versões de assinatura 1.2.1 Recomendações 1.3 Negativo e positivo 1.4 Escala de cinza 1.5 Versão não cromia 1.6 Área de proteção 1.7 Redução

Leia mais

Documento do MEJ Internacional. O coração do Movimento Eucarístico Juvenil

Documento do MEJ Internacional. O coração do Movimento Eucarístico Juvenil Documento do MEJ Internacional Para que a minha alegria esteja em vós Por ocasião dos 100 anos do MEJ O coração do Movimento Eucarístico Juvenil A O coração do MEJ é a amizade com Jesus (Evangelho) B O

Leia mais

Manual de Identidade Visual

Manual de Identidade Visual Manual de Identidade Visual A Marca Caminhos do Cuidado é a marca criada para o projeto de formação em saúde mental (ênfase em crack, álcool e outras drogas) voltado a agentes comunitários de saúde e auxiliares

Leia mais

Síntese. Coragem, filha! A tua fé te salvou. (Mt 9, 22).

Síntese. Coragem, filha! A tua fé te salvou. (Mt 9, 22). Síntese Coragem, filha! A tua fé te salvou (Mt 9, 22). Novembro de 2013 2 Editorial Caros Polens, Entramos no penúltimo mês do ano. Nossos novos irmãos se encontram cada vez mais perto de nós em suas e

Leia mais

Manual de Normas Gráficas. COMPETE - Programa Operacional Factores de Competitividade

Manual de Normas Gráficas. COMPETE - Programa Operacional Factores de Competitividade Manual de Normas Gráficas COMPETE - Programa Operacional Factores de Competitividade > Índice A Marca 05 Identidade 06. Logótipo 08. Versões 09. Margem de Segurança 10. Dimensão Mínima 11. A Cor 12 Suportes

Leia mais

Manual de Identidade Visual

Manual de Identidade Visual Manual de Identidade Visual sumário Manual de Identidade Visual EBSERH Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares 3 a marca 4 malha construtiva 5 cores institucionais 6 aplicações em fundo colorido 7

Leia mais

Tema 5: Vocação - um novo relacionamento Você também é Marista?

Tema 5: Vocação - um novo relacionamento Você também é Marista? Tema 5: Vocação - um novo relacionamento Você também é Marista? VOCÊ TAMBÉM É MARISTA? Um novo jeito de ser Marista: Na emergência de um novo tempo para o carisma Marista INTRODUÇÃO O relacionamento entre

Leia mais

a marca bematech Tudo o que você precisa para usar a marca. Dezembro de 2009

a marca bematech Tudo o que você precisa para usar a marca. Dezembro de 2009 16 a marca bematech Tudo o que você precisa para usar a marca. 17 Marca Dinâmica e evolutiva, a marca Bematech é formada pelo símbolo e logotipo. Suas elipses simbolizam a essência de uma empresa empreendedora.

Leia mais

Rita de Sá Freire. Maria: a Mãe do Eterno e Sumo Sacerdote - Homenagem ao Dia do Padre 4 de agosto

Rita de Sá Freire. Maria: a Mãe do Eterno e Sumo Sacerdote - Homenagem ao Dia do Padre 4 de agosto Rita de Sá Freire Maria: a Mãe do Eterno e Sumo Sacerdote - Homenagem ao Dia do Padre 4 de agosto No dia 4 de agosto, a Igreja comemora São João Maria Vianney, Padroeiro dos Padres. Gostaria de prestar

Leia mais

Manual de identidade visual

Manual de identidade visual Manual de identidade visual apresentação....................................3 Versões horizontal e vertical........................4 grid de construção................................5 Cores institucionais...............................6

Leia mais

INFORMATIVO Nº 1 Explicação. No próximo ano acontecerá na cidade do Rio de Janeiro o maior evento que reúne a juventude a nível mundial, que é a Jornada Mundial da Juventude (JMJ). Este evento reúne milhões

Leia mais

Manual de Marca e Identidade Visual

Manual de Marca e Identidade Visual Manual de Marca e Identidade Visual 1 MARCA Desenho da marca A marca é o elemento central de uma identidade visual. Quando bem utilizada, torna-se o item primário para o reconhecimento de qualquer produto

Leia mais