EMPRESÁRIO - ASSASSINADO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "EMPRESÁRIO - ASSASSINADO"

Transcrição

1 AClD:T? Prjétil que matu sargent d 34 B IMTz estava entre s tirs de festimpágina is Cr$ ,00 MPRSÁRIO - ASSASSINADO NA FRNT DA -' - FAMÍLIA lmplsa n PMDB de Santa Terezinha de Itaipu Presidente da Câmara e ex-presidente d partid, abandnam Diretóri e acusam a prefeita Lenir S pada. Página 4 Plítics vã gastar 6 bilhões na campanha de 15 de nvembr v-.; Plícia cerca bandids, mata um e prende utr 1 Dbrandin, Térci, Ozires e Alvar iniciam a campanha para cupar a Prefeitura. Página 8 Jversi está pres. Página 15 ncntrad mrt alfaiate que denunciu a PM leições 85 A ediçã n 176 (de 5 de julh) de "Nss Temp" veiculu denúncia frmulada pel alfaiate Advald Lidi Andrade, 52 ans, mradr da rua Naipi cm rui Barbsa, de que ele fi vitima de arbitrariedades e agressões de elements da Plicia Militar (14 BPM),. Cntu alfaiate que andava na rua cm uma panela à mã, pr vlta das 10 hras da nite d dia 1 de julh, quand dele se aprximu uma viatura da Plicia Militar e estacinu. Desceram três pliciais militares, 'reclheram Lidi, puseram-n camburã, e, depis de espancá-l e de levá-l às tntas pela cidade, libeharam. O cmandante d 14 BPM, majr Cid Teixeira de Alvarenqa. determinu a apuraçã ds fats. Uma cuidadsa investigaçã levu cmand da PM à identificaçã ds pliciais respnsáveis, em acareaçã através da qual alfaiate Lidi aprtu s terrristas. N dia 15 de julh, majr Alvarenga enviu fici à direçã de "Nss Temp" cmunicand que "a respeit da matéria da página 18 da ediçã n 176. mediante cntat cm alfaiate dvald Lidi Andrade, fram identificads s pliciais militares respnsáveis pela arbitrariedade e vilência de que fi vitima referid cidadã. Identificams s infratres e s mesms serã punids e reclhids de nssa OPM". Ontóm à nite, quand esta ediçã estava send fechada, um telefnema anônim cmunicu que crp d alfaiate dvald Lidi Andrade fi encrtrad mrt na manhã de ntém na favela da Marinha, cm um balaç na bca, e que cadáver se err1rava n Institut Médic Legal da 6 9 SDP. m crtat telefônic cm plantã da Plicia Civil, jrnal se certificu de que, realmente, alfaiate fra assassinad "pr váris tirs" e seu crp estava em pder d (ML. "Durante dia, huve bastante mvimentaçã n IML", cntu plantã plicial. A assciaçã d crime cm a rircurstâncj r dr 1 idi '-. Andrade haver sfrid vilências de pliciais militares, seguida da denúncia ds fats através deste jrnal e da cnsequente puniçã ds respnsáveis, é inevitável. Sabe-se, inclusive, que as denúncias que recentemente pipcaram nas páginas de "Nss Temp" chcaram muit 141 BPM e que, em funçã diss, a crpraçã vem se esfrçand pr livrar-se ds maus pliciais. Pr utr lad, a ligaçã ds dis fats ganha frça pela frma de execuçã aplicada n alfaiate - uma bala na bca, crime tipic de pliciais, que praticam "quand sujeit abre a bca", ist é, denuncia vilências u arbitrariedades que sfreu. Cnvenções em Santa Helena e Sã Jsé apntaram candidats Página 6

2 Dc Itt 1 itt -c 1 Z 8 Nss Temp é uma publicaçã da ditra L iberaçã 1. Ida. C.G.C. N 76, Redaçã e adminitraçi: Rua dmund de Barr 830 Fne: Fz d Iguaçu - Pr. Diretres prprictér101: uvinci Maizarl Alutzi Palma, 1. Adelin de Suza ditres: is n Faxina Nelmi Osna curavel Av. Brasil, 231$ d. Trevs4. w~.%/ 404 Fne 23-67V Medianeira: Abel Fi, diretr da Sucursal Rua Paraguai 2029, próxim a fórum - Fne: 64-2 Nsss representantes: SÃO PA'LO Praça Osvald Cruz ' lei K) D JANIRO Rua Senad, Dantes cj tei CURITIBA Praça Zacarias, 80-7 CI. 708 lei PORTO ALGR Av. Brges de Medeirs. 340 CI BRAS lua dificl Venênci IV - sala Distribuiçã em Curitiba. 1 P. Distribuidra, rua Lurenç Fne: IgnD GRUPO BORD1N Prfessr universitári n é mie, nem estudante uma criança uvêni Mazzarll Quand entrei na faculdade e tive de esclher curs a seguir, fiquei na mair cnfusã. Nã sabia que queria, nem para que pdia servir cada uma das pucas alternativas que se apresentavam. xaminand a questã cm clegas d curs secundári, cnclui que curs de Letras era uma sluçã razável para meu impasse pessal. "Vai nessa. Vcê sempre se liu em literatura, livrs, leituras, redaçã. É pr a?' - acree1aram. Fi um alivi.cur- - sei Letras, assim um tant pr uma fatalidade, mas nunca sequer me perguntei se deveria ter sid diferente, nem que seria de minha vida se tivesse seguid utrs rums Ȧcnteceu, e fat se tmu irremediável. atand licenciad, tinha mesm que ir a camp e exercer a tal prfls para a qual me preparei. Trabalhei alguns ans cm prfessr de lkiguas e literatura, depis as circunstâncias me empurraram para camp d pmalism, nde tive mair aprendizad de minha vida e de nde nasceram experiências que nã têm preç, tant vistas pel led edil cante, cm pel lad trágic ds fards que atrai para meus mbrs. Agra, depis de alguns ans lnge d magistéri, sem deixar a tarefa de escrever, vlt à prfissã que cheguei a amaldiçar. Recmeç - mei cnfus sbre se fiz uma esclha acertada - a lecinar. Na próxima segunda-feira, cm alguma tremedeira nas pernas, vu reassumir a funçã dentr desse teatr envelhecid e de puc bm gst que éa escla. sõ faç prque vu experimentar a prf~ numa faculdade - a Facisa - e prque a matéria que seu curricul me destinu é a Linguistica. De maneira alguma vltaria a lecinar se fsse em utr nível de esclaridade, nem se a ciência cm que Iria lidar tsse utra. ste nv fat d meu curricuk), se me deu cert entusiasm pr um led, tem-se rendid certa angústia pr utr. Cmeç pr me perguntar se prfessr é necessári. se é, u se a mens ele pde ter alguma utilidade, qual sara seu verdadeir papel nessa encenaçã praticamente imutável da sala de aula? - AtravAs da história d ensin e da educaçã, a figura d prf~,- criu uma das pires defrmações n prcess de aprendizagem. Cstum cmparar a aprendizagem à alimentaçã. A criança demra bastante a cnseguir alimentar-se a si mesma, sem ajuda ds pais u de quem quer que seja. Ns primeirs meses de vida, se alguém nã lhe dá peit, a mamadeira u cisa que valha, ela mrre. Mas as pucs a criança cmeça a segurar ela mesma recipiente d aliment e faz devid us, até que cmeça sentar à mesa, se servir e cmer - fazend a mair e mais engraçada lambuzelra, naturalmente. Mais tarde, evlui a pnt de, além de cmer, ser capaz de cnseguir aliment, seja lã pel métd de trabalh que fr. m terms bilógics, a pessa fica Independente pendência n camp da aprendizagem quand é capaz de se alimentar pr prpria tem cndições de se dar cm rapidez cnta. O bich hmem, pel que sei, é mair que a independência n camp da animal que mais demra a cnquistar essa ahmentaça. aprender, cm cmer, nã independência - e é um ds pucs que, e tarefa para uma u utra etapa etária, se na encntra quem amer*a na,. mas de tda a vida - e de fat iss acn- tece, em virtude u apesar da escla. fância, simplesmente mrre. A independência, prém, nã chega a aqui entra a questã d prfessr. ser tã cmpleta. Nrmalmente - a me- Na verdade, a sala de aula parece que se ns dentr ds mecanisms da sciedade transfrmu, Irremediavelmente, na perpe- dependência das pessas quant de cm hje um grau -, a pessa mair u passa menr a de vida Cispeflinteira a tuaçada aprendizagem.a atitude é de respnsabidôncia de um u mais membrs da espê- idade ds prfessresedsaluns. Criucie. Alguém mais, além dindividuemsi, aprender cncrre para que este individu se ali- haver alguém que ensina, durante a vida tda, cm se para cmer huvesse nemente. Tais circunstâncias apresentam as- cessidade de uma mãe, um pai u uma hapect cnfrtável de facilitar a sbrevivêri- bá servind mamadeira na Infância, spa cia - embra seja cada vez mais cmum na adlescência e fe cm arrz na fase fat de s semelhantes da espécie -nu mana adulta. se cnstituirem em fatr que impede mui- Nesse quadr, vej prfessr cm a ts indlvkfus de se alimentarem, na medi- mãe que insiste em manter flh mamanda em que fecham prtunidades de ates- d n peit u na mamadeira, e vej alusà alimentaçã e à vida -, mas também n dependente d prfessr cm nené apresentam aspect descnfrtável de incapaz de se defender, de se manter e de Impr u apenas cndicinar a "esclha" prgredir. ds gêners alimenticis. A senda bilógica e a senda cgnitiva Cm transpr rein d bilógic só na seguem mesm curs na cnstnipara cgnitiv, mantend mesm IV- çã das pessas prque cstume da esteir em busca da independência? cla - na relaçã prfessr-alun - cassa Um prvérbi latin dizia que "mne a liberdade d aprendiz e mantém etercmparati claudlcat" (tda a cmparacã namente na infância, situaçã que ele asé cuõicante),"flas a cmparaçã entre aime, em geral cm rebeldia, daí etern da apren- cnflit direçã-alun, prfessr-alun, prcess alimentar e prcess aifl dizagem é das mais seguras. O prfessr, à medida que estudante vai adquirind desenvlviment e Vltand à criança, nta-se que pian de dependência e de prgressiva independência na questã bilógica bem pde dmini ds prcesss de aprendizagefli, tma-se prgressivamente dispensável, sar plen de dependência e de prgressi-- cm dispensável vai se tmand quem "criu" Individu. Prtant, prfessr que,na etapa etária e de nivel de cnheciment de um estudante universitári, nã passa de apenas uma entre as multas fntes de pesquisa d alun, este prfessr está send preptente; e estudante que sem prfessr nã aprende u nã quer aprender assume a cndiçã de eterna criança. va independência na questã d cnheciment. Da mesma frma cm se dá cmida, dá-se cnheciment à criança. da mesma frma cm se deixa a criança cmer pr própria cnta e risc, também se deveria deixá-la aprender pr própria cnta e nac Ėstu cnvencid, aliás, que a Inde - BOMACO BORDIN MATRIAIS D CONSTRUÇÃO LTDA xprtadra Iguaçu de materiais de cnstruçã 10 ans servind Fz d Iguaçu, Paraguai Argentina A'. enida uscelin Kubitschek Fnes: PBX j Telex O42-O4 - Caixa Pstal Fz d Iguaçu - Paraná

3 Campanha eleitral bilirúria cmeça cntagiar Fz d Iguaçu A plítica eleitral vai tmand cnta de Fz d Iguaçu, na medida em que vai se aprximand dia 15 de nvembr, data da eleiçã para prefeit municipal. Depis de estar 23 ans sem eleger sua autridade mãima, a ppulaç de Fz d Iguaçu puc a puc vai send mbilizada para a mair disputa eleitral de sua história. Acredita-se que serã mais de 70 mil vts úteis, num cntingente eleitral calculad em trn de 100 mil eleitres. N dia seis, terça-feira, t i rmr- Fiu praz para alistament e pedids de trai isferncia, cm ds cartóris eleitrais cngestinads pr uma grande multid que deixu para última hra a sua habilitaçã para vt. Segund s entendids, smente se elegerá cand tat que fizer mais de 18 mil vts. Iss indica que daqui para a frente a luta pel vt será cada vez mais intensificada. Pichações, cl gens, cmicis, reuniões, visitas dmiciliares e muitas prmessas. Ozires Sants, d' PFL, pis m api de - ba pate d empresariad, principalmente pequen cmérci lgista. xistem cmentáris de que candidat d partid de Ney Braga cnta cm três bilhões de cruzeirs piara gastar até 17, quand deve terminar a apuraçã ds vts. Dbrandin da Silva. d PMDB, tem ipi financeir de parte d jg de bich, de alguns empresáris e principalmente d gvern d stad. Alvar Albuquerque, d PDT, faz uma campanha cm puc dinheir, mas pnuc a pi c seus mpanheirs cmeç. ii, a injetar recurss em sua candidatur Tõrci. d PDS, cnta cm api da banca de bich - d mersn Wigner, d dinheir de Paul Maluf e cm a!eserva fimirte ira d sew irmã Clednn. specialistas em gasts financeirs numa campanha plítica acreditam que serã trrads mais de seis bilhões de cruzeirs ns próxims 100 dias. Iss significa 25 pr cent d rçament anual d municípi de Fz d Iguaçu. O pv sabe e tem cnsciência diss. Instintivamente e pr necessidade descbriu que a única prtunidade que pssui de tirar alguma cisa ds plítics é ns dias que antecedem pleit. Depis vlta a esqueciment. Diariamente s cmitês eleitrais recebem td tip de pedid, que vai de uma simples cnsulta médica a um barrac nv. Alguns pedem fgã, utrs eternit, mas a mairia ainda quer ernprecizé Perci e secretariad n Jardim S Paul - Mineir, dn de um armazén na Vila Maracanã, prefere pedir dinheir, e já rganizau um mviment para eleitr vender seu vt. ntretant, quem fatura mesm n períd eleitral é fams e tradicinal cab eleitral. les se dizem dns de verdadeirs "currais eleitrais". Pedem carr, gaslina e dinheir. Prmetem as candidats ris de vts, que geralmente estã n Paraguai. Nessa lucura tda, quem desempenha papel mais imprtante é Juiz leitral, dutr Rubens Bittencurt, fams pr sua rigidez n que tca a cumpriment da Lei. Ns últims dias, ele se istalu na parte térrea d Fórum para cmandar que prmete ser um grande mutirã para fiscalizar s pssíveis r cumpriments da legislaçã e evitar que crra já fams e instituit Li fraude eleitral pi nssa Crnrca.(Aluizi Palmiir) Ministr garante a prefeit: Rdvia das Cataratas será duplicada até O Ministr ds transprtes, Affns Camara.telefnu de Brasilia infrn and a prefeit i Perci que trech d tres quilómetrs da Rdvia das Cataratas, ligand centr da cidade a trev da Pnte da Fraternidade, que ligará Brasil e Argentina, será duplicad pel DNR e DR, em cnvêni, devend estar cncluida esta bra até 30 de utubr próxim, quand da inauguraçã desta segunda Pnte Internacinal n muricipi de Fz d Iguaçu. OPRAÇÃO JARDIM SÃO PAULO Depis de arrumar Rincã Sã Francisc, bairr mais carente e ppuls de Fz d Iguaçu, prefeit Perci Uma deu irici à peraçã "Jardim Sã Paul", iniciativa que irá devlver as cndições de trafegabilidade e sereament a bairr, depis de cin- - c ans, beneficiand uma ppulaçã de aprximadamente cinc mil pessas. A grande empreitada, que teve inici terça-feira última, deverá durar cerca de um mês, até que a mair parte das ruas d bairr estejam devidamente patrladas, cascalhadas e cmpactadas. Perci determinu a seu secretári de bras, Sérgi Vivian, que dê priridade às vias pr nde trafega transprte cletiv. le quer que as ruas sejam recuperadas antes de tdas as utras. A Prefeitura também está executand bras de saneament, cnstruind nvs bueirs e crrigind córregs. A mesm temp em que as máquinas d DRM executam trabalh, uma das equipes d Departament de Serviçs Urbans está fazend uma rçada cmpleta n Ical. "A integraçã d trabalh de tds s departaments resultará num serviç rápid e eficiente", afirma secretári de Obras)embrarxl que a peraçã,,-, ç,..,,.;..,...,,,., frj d sativada, pis faliam lguns trabalhs, explici Vivian. O Rincã cntinuará recebe d a at n- çã d executiv, principalmente n aspect da manutenç.'- de tud que fi feit n lcal. Durante iníci da peraçcii. "Jardim Sã Paul", prefeit criticu a frma cm as administrações anterires aprvaram s lteameris, "sem que pssuissem as mínimas cndições habitacinais". Perci ressaltu que agra terá de fazer tud que s lteadres nã fizeram, pr falta de uma atuaçã mais enérgica ds antigs prefeits. * Dbrandin quer uma campanha limpa A Crdenaçã Geral d Cmitê de Campanha ds candidats d PMDB determinu, durante reuri d Diretóri Municipal, quem está "terminantemente pribida a pichaçã de murs, tapumes e utrs lcais sem a prévia autrizaçã ds prprietáris", cm s nmes ds candidats a prefeit e vice pel PMDB, vereadres Dbrandin Gustav da Silva e Carls Rbert Campana. Segund s crdenadres (fazem parte da cmissã presidente Carls Grelmarn, prefeit Perci Lima e s própris candidats), partid pretend' realizar una "campanha de alt ri'vel" e ist significa "nã à pichaçã a esm", prque este métd de publicidade, mesm que alcance s bjetivs, "dá um mau visual à capital paranaense de turism". N entant, se a pichaçã fr autrizada pel prprietári d imóvel, Diretóri d PMDB, através da Crdenaçã Geral de Cai paeha, encamin ara uma equipe de letristas a lcal, que, munids de tinta e pincel, executarã " serviçs dentr de um padrã especializad. Cr ' ist, PMDB nã pde BAIL SCOLIjA ACUA NA BOCA DRINR'S A melhr casa nturna da regiã Shws de segunda a sábad Artistas de renme internacinal A partir da 01:00 hra Strip-Tease Av. Urds i - em frente ( si lern,lflt) ti( dl1c1' - Dbrandin: ti à pichaçã rã ser culpad pr eventuais pichações estampadas n perimetr urban de Fz d Iguaçu, já que é prvável que Outrs cncrrentes plítics, cm a finalidade de denegrir a imagem ds candidats d PMDB, pdem determinar às suas equipes que façam este tip,) de trabalh. Pr utr lad, a Crdenaçã Geral slicita às vitimas de abuss que cmuniquem á Plicia u a própri Dire'iri, cas flagrarem s pichadres "cm a mã ci massa. ds estudantes d C z,a ó'hqt dia I208.5 I3m ()k / Animaçã: cnjunt "Aquarius" Patrcíni Casas Fkrida 4,nd.:,8 n..d, c M,,. A, púb& A,nth,...' t012 c, Ar cndicinad para Autmóveis Gétautõ A marca da nssa terra Ru ' O Z

4 . Ln -c 1- z ImpIs n PMDB de Santa Terezinha O ex-presidente d Diretóri havia feit prmessa de que, se crític. Cmenta-se que atual Municipal d PMDB em Santa sua chapa ganhasse, iria perse- presidente da Câmara de Verea- Terezinha de Itaipu e delegad d guir s cmpanheirs da chapa dres irá passar para PDT, já Partid. Darci Friedrich, ficiali- vitrisa. Cm iss, ela está cas- que sua incmpatibilidade cm zu n dia ' ;segurtda-feira) seu trand a liberdade de pensamen- Lenir Spada chegu a tive) de desligamerlu ds órgãs partidá- t, tantas vezes pregad pel ruptura. Acredita-se que muits ris. PMDB em praças públicas", afr utrs plítics lcais irã se Darci, que fi presidente n mu ex-presidnete d Diretóri desligar d PMDB ns próxims biêni 83/85, em carta enviada a a senadr Alvar Dias. dias. Tud indica que racha vai senadr Alvar Dias, acusu a Darci Friedrich acusa ainda envlver muita gente, pis as diprefeita Lenir Spada (PMDB) de em sua carta a presidente esta- -'rgéncias cntinuam se aprestar perseguind seus cmpa- dual d PMDB que deputad Sér- fundand. nheirs de partid. Segund Dar- gi Spada nã está send impar- PRSIDNT DA CAMARA ci, a prefeita fi a Curitiba unica- cial na apuraçã de respnsabili- ROMP COM PMDB mente para "fazer rlar sem pie- dades pela impls d PMDB O vereadr Oscar Vn Mui-ldade" a cabeça d inspetr de em Santa Terezinha de Itaipu. len enviu crrespndência a nsin, prfessr Zacarias. Iss MAIS DSLIGAMNTOS presidente d PMDB de Santa Teteria crrid pr ter educadr A luta enre as duas facções rezinha de Itaipu, cmunicand usad participar de uma chapa d PMDB de Santa Terezinha de seu desligament d partid. A cntrária á prefeita. "A prefeita Itaipu está chegand a um nível seguir, na irlegra, a nta enviada. Sli.100. P. M. D.,. W. :AN,A ILOF.'ii.O L O Cidad OSCAR VON têjklnit, abaix cssir,adq,e,sbr efetiv d Partid d!4vi.ec,to Dcas,crtic sllair e Santa Tereeinha da Itaipu, Parani. vem pela presente e na rna a. Lei, requerer se digne saci DSIICAI*2TO d Partid.m tela, tece s mtivs a fats que passa a narrar; 01 - O P.H,D,5. a lng desses 21 ans de arbítri. em que pv brasileir teve a chefia de sua naçlt. nas,s de em gvern dltatrtal-miiitar. seipre se pdu de frma irraversivel a ccb.te as lasmands, tais na vilênci., repr.s., desempreg, crrupç, ei,,e de ter emplacad em td pata, a campanha da t esperada elelças diretas em tds es níveis. 02. Cm tda a veemência a prsctid, a lng de tds esses ans, ajudai e acmpanhei de pert, tds esses mviments pplaras, j que a prpsta de rnbnas da d.ivløj, aquela que melhr vem de encntr, as ansa (s e aspiraçet de tds s segments da nssa sciedade; 03 - Ocrre Senhr Presidente, que bserv ccc' 'malta tristeza, que as diretrizes estatutárias d nss par rid, ni v send cumprida 'a risca ase nss )-tunictpi.catisand prtant, chques de interesses particulares, me rna vis!- vai desrdem pittic-parttdsria, dantc d P75 lcal Dentre sena s.,riss de fats csprbatíri,,i. as,sintias alegaç.s pdem ser cmprvadas, pis fat d Schr Vice-Prefal.t giri Jse Viana, que em fi cs, pnheir da chapa da atuil CSrnfm d xecutiv, n ter se quer, ambiente para fazer, iam simples visita a Prefeitura, vist as rri..çes entre a Prefeita e Vice-Prc'fit, estarem rstdas h. mais de 2 (dis) ans, pr inal que est utrs cepanhe) r'. tentams reatar relacinament nire ambs, nunca btivsa sucess desejad, dad a grau de l,,transigfncia da D.D. Prefeita, que se esquiva pr tds s meis, d iam sprsimaço cem atssal Vice-Prefeit Pr utr Lad, acredit que e frma daquada para se gvernar ce a t pregada Dceacla, uvind as bases ptttic-partidaris. e n da frma esclhida pele DO. Prefeita, em que, reslva s prblemas edministrativs de trna unilateral, cm pr exempl, c da iimigraç em masca de prfissinais de utrs nsinicipin. traatds peca trab. - licr na Prefeitura, cm alts salris peg5 pel pv.enqsant equl mesw em nssa cidada, pdarmams cntar cm dits prtis '(cate, ate pr ias preç 05 tant interir Cnsider tal ceportsflts, deveras imppular e desrespeits, iasa vez que a dita Prrfeita.ti dei 'a pel vt d pv de Santa Terezinh.n de itaipu, e agra, pr r1ida pel mant d pdar e d arbítri, esquece da ppulaç, prttrrdncia para s 5V05 psrrcc;r..- n.n... cl,,l,',. c ccc,; a anrrdv e:, dcl., lv:', ' ': a ::sj.c.,:,.lt. - í'- - -, - l,ill &IACIQII Lenir retrna de Brasília A prefeita Lenir ds Reis Spada já retrnu de Brasília e vltu às suas atividades frente à Chefia d xecutiv de Sant Terezirtia. e didátics de Itaipu. Lenir ii'1j - Na Capital Federal, a prefeita fez diverss cntats de interesse Spada: à d murcipi, cm 1e ' prcura a slicitaçã de verbas para a de recurss Livrs cnstruçã de galerias de águas ffi pluviais junt a Ministeri d Intenr, É um prblema grave que I.J1 pretend sanar durante minha Materiaisgestã", explicu a prefeita. turistic, um snh ds italpueri- es 1critóriÓ Lenir Spada visitu ainda ses após enchiment d reser- Ministéri da ducaçi e De- vatóri d lag de ltaipu. partament de Desenvlviment A prefeita visitu ainda algttns Urban, nde slicitu recurss deputads da regii, a quem pepara seu muricipi. Mais tarde, diu api e também s senadres iar..,.-fcc.k-..;..'fl tràflci,4s0r.rr0 50,m.iniclpl utr fat,,sacifestamnte degradanta, fi pisi.di Zecarias, em que mesm fi demitid de sua. funçes de Inspetr ctadal de fdut.aç. pel -i-pi-4 far la ter cncrrid as eiiçe da Cnvenç d nss Oirt6r10 chapa dvarsria que.a fra encabeçada pela DO. Pr.feita.SrPr Presinte, n, just qu grande cmpanheir U!.. Dias, antig militante d nss partid, e que sa, cntribu seu frtalttlnrnt, seja agra, quand se tan t la la mm demcracia e 1 iberdad de pensament, ser vitimada c- at cuja autria e cabida pr tds, (nic de lana articulaç plitica iresada pela Senhra Prefeit, a Senhr Deputad Lat.edsial Sergi Spds, ambs d P Pica prtant Senhr Presidente, cnscat ad rvanchiss e grupisci dentr de nss partid, ta Iniciativa vem partind ds nsss lideres da mais alta rcprccsa municipal Dente r esses, e mais a e,,rie de dcc. crrnlars, "c~ que nss municípi. n cta snd gvvr nad pels diretrizes pregadas pel nss Partid em epca Ir cpanha, e estams a cada dia, incrrend ns mems errs 'l. nsss antecessres, s gvernantes d PDS, que tant crua. ns e repudiems Laemnt prfmla.sente. s nsss Lida res n term btid ate agra, meis suficiente. para sanar situaçi d partid em nss,ai4unicifi. j que se agrava dia-a. -dia, esmrecend e desmtivand sbremaneira, munícipes, til ia ds e dirigentes partidris d P ti -Quer nesse mment. eateraier a minha mais prfunda da.trç. e meu mais refinad respeit a bic lentíssim Senhr Gvernadr Jsé Richa, e a DO. Senadr Al t. Dias, pai..reinantes trabalhs de rede.crati&aç que cc realiaad em nss stad, e que faç qssti de resaltar,c,c bra da e..!. salutar eprs.. drm,crttca em td nss territri nacinal., embra alguns caheirs d P108 de S. rerecinisa da Italpu. ni est sabend dar e 10 nbre trabsiti verdadeir valr que merece Diante expst, tem seta d.cini tertar irrevgivel. e requeir a Vssa xcelência, que seja a mansa cnstad em ata na Integra d relat, assim cm tae requeir ip.a seja remetida fc;cípta autenticada,..,t1,a prese.c decis, clesida C,siss. ecutivs stadual d I'arani. Santa Tnreeinha de Itaipu, 08 d pst de fi à mbratur entregar um prje- néas Faria e Alvar Dias, que se Rija Qu nt n t detalhad d Terminal Turisti- clcaram à inteira dispsiçã de Bcaiúva, 470 c Alvrada de Itaipu. slicitand Lenir, destacand inclusive seus verbas para aplicar naquele lcal, assessres para acmpanhá-la Frte bjetivand cncluir cmplex junt as ministéris, Ô Sè44 PT lança O Partid ds Trabalhadres (PT) realizu sua Cnvençã n últim dming (dia 4), quand fi eleit Diretóri de 18 membrs. Jã Luiz Techi, Antni B. da Silva, Altair Ngueira, Caetan Garcia Vivni Ataide F. de Suza, Vilma Alves, Letícia Caniei, Jussara Waider, Flávi Izidr, Lud Mei, Artur Caldas, Rnald Paiva, Angela França, Jã Adi Perette, lzaltin Freitas e Hmer Decker sã s membrs d Diretóri. Para presidente da Cmissã xecutiva fi eleit Ji Luiz Techi, que juntamente cm seus cmpanheirs está preparand a cnvençi que irá hmlgar a candidat a prefeit pela agremia' çi liderada nacinalmente pr Lula. O indicad para cncrrer à Prefeitura de Fz d Iguaçu pel PT será Caetan Vivri e seu vice, Ataide de Suza, nmes que deverã ser hmlgads na cnvençi d próxim dia 24, das 17 às 22 hras, na sala 202 d dif i- ci Metróple, nde funcina pr- ORA ÇAO DAS 13 ALMAS Oh! Minhas 13 almas benditas, sábida e entendidas, a vós peç pel amr de Deus. Atendei meu pedid, minhas 15 almas, bendidatas, sabidas e entendidas,a vós peç pel sangue que Jesus derramu, atendei meu pedid. Pelas gtas de sur que Jesus derramu de seu sagrad crp e atendei meu pedid. Meu se- -nhr Jesus Crist, que a vssa prteçã me cubra cm s vsss braçs, me prteja cm s vsss lhs, Oh! Deus de bndade, vós sis candidat :.. visriamente a sede d partid. Caetan Vivni (25 ans) é cmerciante, dn de uma lja de cnfecções, e frmad em filsfia pela Faculdade de Taubaté. le explica que sua candidatura tem a finalidade de divulgar as prpstas d PT e aprveitar a campanha eleitral para rganizar partid e ampliar suas bases em Fz d Iguaçu. meu advgad na vida e na mrte. Peç-vs que atendeis s meus pedids e me livreis ds males e dai-me srte na vida. Segui meus inimigs; que lhs d mal 4 me vejam; crtai as frças ds meus inimigs. Minhas 13 almas benditas, sabidas e entendidas, se me fizerdes alcançar estas graças (pede-se as graças) ficarei devta de vós e mandarei publicar esta raçi, mandand também rezar uma missa, rezar 13 Pai Nss e 13 Ave Maria durante 13 dias. (T. R.) Cine Iguaçu O cinema das grandes prmções Sessões diárias às 20 e 22 hras VIDRAÇARIA CUAPOR Pirned & Cavalieri Ltda. CGC.FM lnscr, st W Vidras de tds s tips. Temperads Blindez para engenharia, Bi. Vitrines. Mdulads e Balcões de Alumini. Rua Sants Dumnt, 104 Fnes: e FOZ DO IGUAÇU Organizaçã Cntábil Deita nar Imóveis VNDA-ALUGA S eriedade em Sigilsse Precisã Deltamar Crretra de Segurs Rua Benjamin Cnstant, 49 Fne: Fz d Iguaçu Pr. Deitar VL)COMPRA - "

5 Ntícias da 2a Jrnada de 112- Slidariedade a Pv Paraguai 17 e 18 de agst,n Oeste Paraná Clube, em Fz api d pv irmã brasileir. gente pernista, representante Cnfirmada a Pel carg que cup, lamentavelmente nã me é pssível es- Matanza", Prvíncia de Buens da Agrupaçã Felípe Varela "de Ia presença de tar presente, mas tenham absluta certeza de que farei tds s Um representante d Mvi- Aires; Pérez squivei esfrçs para que as rganizações ment de Slidariedade Argentin-Paraguaia "Buens Aires, júli de stimads amigs. L muit grat para mim pder tmar nvamente cntat cm vcês, especialmente para dar uma ntícia que ns alegra a tds. Adlf Pérez squivei, Prêmi Nbel da francesas manifestem api a essa extrardinária iniciativa. Aguard cm interesse suas nticias. Mui fraternalmente". (Martin Almada, da Uniã das Nações para a duca çã, Ciência e Cultura, (MOSAP). de Bue- ns Aires; Juan Cymes - dirigente d Partid lnternsigente, de Buenc.s Aires; Dis representantes da Junta Crdenadra de Trabalhadres UNSCO) Paraguais n xíli; Paz, aceitu cnvite e participará da 2' Jrnada de Slidariedade Túli ds Sants - d Cmitê Central d Partid Cmunista a Pv Paraguai, em Fz d De Buens Iguaçu. Argentin (PCA). De minha parte, estu muit Aires, Argentina Jsé Gil enviará s nmes já cntente cm a realizaçã desta "Infrme a Cmitê Latin- cnfirmads n Uruguai. 2' Jrnada, rganizada cm American, de Fz d Iguaçu: Um grande abraç, e que mesm esfrç e dedicaçã da d an passad. Vu tratar de, Nssa delegaçã será cmpsta pr pel mens 30 pessas, tenham muita srte em tud". (Jrnalista Luis Alns, crdenadr da Jrnada em Buens Aires) pr tds s meis, assistir e clabrar n qu' fr pssível. persnalidades que já cnfirma- e envi agra a primeira lista de Um abraç fratern na luta e ram sua presença na 21 Jrnada De Campinas, na esperança da América Latina". de Slidariedade: (Pabl Frederich, respnsável pels Assunts Latinamericans mi Nbel da Paz) e espsa; "Cmpanheirs, fui infrma- Adlf Pérez squivei (Prê- Sã Paul d Serviç Paz e Justiça, presidid pr Pérez squivei) de Paz e Justiça, de Buens Aires; que ns dias 17 e 18 de agst se- Pabl Frederich - d Serviç d pr meu irmã Luiz Alns Carls Genesini - d Serviç rá realizada, em Fz d Iguaçu, a Da UNSCO, de de Paz e Justiça, de Misines; 2' Jrnada de Slidariedade a Herman Schiller - presidente Pv Paraguai. Felicit-s efusivamente pela iniciativa, que cn- Paris, França d Mviment Judeu pels Direits Humans na Argentina; tribuirá para tirar meu pais d "Senhr Juvéni Mazzarll: Depis de um lng e injustificad silênci, me é grat rensã de Familiares de Paraguais Gstaria de receber a prgra- Frederic Tatter - da Cmis- annimat. var-te minha amizade pessal e desaparecids na Argentina; maçã cmpleta e regiment a mesm temp fazer-te chegar Um representante d Mviment ds trabalhs, assim cm carta- Paraguai de Slidariedazes da Jrnada, pis sms mais minha vz de entusiasm pela frmidável cruzada de amizade de "Pátria Nva", de Buens Airesamericans na UNICAMP (Uni- de 50 paraguais e muits latin- brasileir-paraguaia que estás impulsinand desde esse lngínqu prém rmântic lugar, Fz 17 de Fevereir (Buens Aires), integrante d Cmitê de Slida- Um representante d Cmitê versidade de Campinas). Cm d Iguaçu. d Partid Revlucinári Febrerista (PRF); tina, de Campinas, é meu dever riedade as Pvs da América La- Fz d Iguaçu passará à história cm pnt de partida da Dr. Arnald Valdvins, exministr da República d Para- favr ds pvs primids. divulgar td e qualquer at em demcratizaçã d Paraguai, passand previamente pela unificaçã da família paraguaia cm Francisc Jvellans - diri- numa campanha de guai; stams também engajads slidariedade Preçs e Cndições de Pagament de Pai para Filh À VISTA: Tffil 'SlIHllI i' iiiiii ii/ :IlIU/,i ili,i"i i piitii.nn I}.-iu:i- A PRAZO Tnil pi'lii jir'yi ii s \l;l Ici,liilí';i. I1('IlllIiIll arr('sii!iiii (1 uii;i u-iilriil;i 11111, -1 SI- y.i's III.ii'. 011 q ri '1 rzi's s'i,i eriirada ira s rlu'rili'l i1uili'. Pritiçii I'lpI'lial. ld eiuxltie,h ('alçadl 'ali, I00/ lis, uniu I11Ç i'iurn,iur;ls t iia DUVIDAMOS QU ALGUÉM POSSA OFRCR CONDIÇÕS IGUAIS A STAS. í ) 1 Fuad CentJ O melhr centr de cmpras da cidade. DITAL D CONVOCAÇÃO A Assciaçã de prteçã à materrvdade e a infância de Fz d Iguaçu, cm sede e frum nesta cidade, à rua Almirante Barrs,n 1.184, centrm, vem pr mei de sua diretria atual, infra assinada, "Cnvcar" tdas as assciadas, cm base n artig 27 ds statuts Sciais, para participarem da Assembléia Geral que será realizada dia 16 d crrente, na sede da Assciaçã, às 15:00 hras, para: "Frmaçã da nva Diretria" Nã havend númer legal de assciadas para a instalaçã da Assembléia Geral, na hra acima indicada, a mesma será realizada meia hra depis, n mesm lcal e em segunda cnvcaçã, cm qualquer númer de assciadas presentes. Fz d Iguaçu, 05 de agst de VND-S Uma bem mntada lanchnete, pnt excelente, ba freguesia, 'a Av. República Argentina, centr, Fz d Iguaçu. Aceita-se carr, u casa na Vila Maracanã. Cntats: pel fne (0456) cm Sergí, u deixar recad. ma NOÇÃO CAMANA MUCIPAL 1 D S JAfr.,RC Requeir à Nela Diritt.. na fr., te qie*ntaj,,e. It faca hiqnar ns Maia drata Cal. L9.15tia Nea Nçã de ln,vor a f OAbà DR SOLIDARIDAD AO POVO P1. iaiuhl ', que r.elizaa-_n.i n. di.. 17 e li.t práste pa, de Iguaçu. DSPACHO 1 t i as, 1..ee. 1 te Os cntra arbitri, autrst.ri e e explraçã. Pssibilita,aa vali a t,oc. de xpirltnei. ntn esta. pv. ti sfrids ti in1uiti;ds pala hiatóriu, levand a ns., trep a. seneaq.e da r.per.nç. a. rt.tn 1,-in4. p.r.v1031c. i'in,?a na-ms ans d usa da. saie ru. d.itataas d cn vent. P.av,',cnn icc?t densa Cár Nunicipa iontrib.n par. O.ucrut deste nvr-mtc ti ;,ufmrativ d prpónits ti,l-,.,uv. à Nicarágua. Um grande abraç. Ns encntraréms em Fz." (Miltn Alns) De Mntevidéu, Uruguai stimads cmpanheirs: Cnfrme nsss pians de prmçã e difusã da 2' Jrnada de Slidariedade a Pv Paraguai, pass a infrmar sbre que fi feit até agra: 1. Impressã e divulgaçã ds cnvites e da prmçã d encntr; 2. Ntas pessais de cnvite para a Jrnada, dirigidas a persnalidades plíticas e entidades d Uruguai; 3. Cmunicads jrnalístics e radifônics emitids pels meis lcais sbre s temas da Jrnada. Os cnvites especiais fram entregues pessalmente as respectivs destinataris e tivems alguns encntrs cm as bancadas da Câmara de Representantes, nde tivems prtunidade de estender-ns sbre s detalhes da Jrnada. m geral, há muit ba receptividade e api as bjetivs d encntra de Fz d Iguaçu, e seguramente vams cntar cm a presença de uma delegaçã d Uruguai Imprevists surgids durante minha pemanência n Uruguai me brigam a prlngar minha ausência de Misines. De qualquer maneira, pens em vltar na primeira quinzená de agst, pari participar da Jrnada. Na área de Alt Paraná se está prmvend a prticipaçã de delegações fundamentalmente de rganisms de defesa ds direits humans. Se ainda ri entraram em cntat cm vcês, deverã fazõl ns próxims dias. Relaçã de cnvidads n Uruguai: General Liber Seregri, presidente da Frente Ampla; Senadr Jsé P. Cards, secretári geral d Partid Scialista; Senadr German Araúj, da Claudinr Pereira ds Sants extraviu s seguintes dcuments: Carteira de Identidade, Titul de leitr, Certidã de Casament, Carteira de Trabalh, 1 carnê de Pupança Bradesc, 1 Migrante paraguai e Livreta Via]. Quem encntrar favr entregar na Rádi Cultura u garagem da Princesa ds Camps. Sla d.. Sens.., de agst de loto. Ver,.dr LOI s.ntiq,ii&aa j.idr d p0? F Demcracia Avançada; Senadr duard Paz Aguirre, d Partid Cbrad; Wilsn Ferreira Aldunate, presidente d Partid Nacinal; Deputad Jsé Diaz, d Partid Scialista; Deputad Rbert Asiaim, d Partid Cbrad; Cmissã de Direits Humans d Serviç Paz e Justiça. stu tratand também de cnseguir uma delegaçã artística, mas nã é fácil, pr razões ecnômicas. Um abrac a tds". (Orland Rjas) A 2' Jrnada de Slidariedade acntecerá ns dias 17 e 18 de agst-., sábad e dming, cm inici às 14:30 hras d dia 17. O encntr está abert à participaçã de tds, indistintamente. O lcal é Oeste Paraná Clube (rua dmund de Barrs, 303 (centr). Fz d Iguaçu. A palestra inaugural será prferida pr Adlf Pérez squivei. As entidades rganizadras ferecerã as participantes alimentaçã e hspedagem, graças a cntribuições espntâneas da cmunidade de Fz d Iguaçu e de utras partes d país, bem cm das delegações que vêm de utrs países. Na nite de sábad, n lcal d encntr, a Jrnada terá um de seus mments mais vibrantes, cm a sessã artistica aberta à livre apresentaçã e assistência de tds s interessads. Cm númers de música, pesia e dança d flclre e da arte latinamericana, a Nite Artística deverá se cnstituir num espetácul inédit em Fz d Iguaçu. Os artistas que desejarem se apresentar terã plena liberdade. públic terá entrada franca, mas esperam s rganizadres cntribuições espntâneas para fazer frente as gasts da Jrnada. ntidades rganizadras da 2' Jrnada de Slidariedade: Cmitê Latin-American, jrnal "Nss Temp", Juventude Scialista dj PDT, Setr Jvem d PMDB e Diretri Acadèmic da Facisa (de Fz Iguaçu); Centr de Frças Demcráticas da América Latina e Centr de Defesa ds Direits Humans (de Curitiba); cm representantes em Assunçã, Buens Aires, Mntevidéu, Sã Paul, Ri de Janeir e Prt Alegre. es Dc Í.

6 CO ntas plíticas Teve intensa repercussã ns meis plítics de Cascavel súbit (e mal explicad) pedid de exneraçã d presidente da Cdevei, vice-prefeit Adelin Mar - cn. Oficialmente, para cnsum d públic extern, jvem viceprefeit teria se desligad d cmand da Cmpanhia de Desenvlviment de Cascavel, que entre utras cisas crdena as iniciativas na área de industrializaçã premid pr seus afazeres particulares. le, que é advgad e também preside a Cmissã Organizadra ds Jgs Aberts, nã estaria mais cnseguind cnciliar essas atividades cm a presidência da cmpanhia. OSO Cnversa fiada. A saída de Marcn cra uma série de atrits e diferenças de piniã entre ele e Tlentin, que na verdade vêm se arrastand desde inici da atual gestã. A bca pequena sã cntads váris episódis, tds de difícil cmprvaçã, mas que devem ter um fund de verdade pis, cm diz axima, nde há fumaça há fg. 060 Marcn estava se prjetand à frente da Cdevel, embra nã tivesse praticamente nenhuma autnmia financeira e dependesse, em tud, da ba vntade d chefe d xecutiv e da tesuraria municipal. ngliu uma série de saps, sem dúvida alg difícil para quem ri prima extamerte pela mdéstia e é tid cm "pavi curt", mas inegavelmente cnferiu à Cdevel uma excelente prjeçã. 050 Sua demissã, m última segunda-feira, teria se dad diante de mais um sap que ele encaru cm evidente prvcaçã. Pegu bné e se mandu. 050 PC d B realizará dia 15, na Câmara de Vereadres de Cascavel, at públic para a frmalizaçã de sua cmissã prvisória municipal. A slenidade está marcada para às 19 hras. Na mesma nite partid inaugurará sua sede, n Centr Cmercial Lime, e a Bibliteca "Mauríci Grabis". 090 O vereadr duard Fic de Castr (PMDB) pderá suceder Adelin Marcn na presidência da Cdevel. É que se cmenta em Cascavel. Fic teria cm "padrinh" deputad Mári Pereira. 050 O TC aprvu as cntas da Prefeitura de Cascavel referentes a exercíci de Pintand na praça mais uma publicaçã: a revista "Oeste", que traz em seu primeir númer uma abrangente pesquisa, realizada em Cascavel, sbre que a piniã pública pensa de seus gvernantes dis ans e mei após vendaval que renvu mapa pftic d Paraná. Alguns dads sã chcantes. Cnfira. Definiçã de candidaturas em Sã Jsé e S. Helena Os 46 cnvencinais d PMDB de Sã Jsé - Municípi recémcriad - hmlgaram dming as candidaturas de Alipi Francisc Salvadr para prefeit e ds 19 nmes que cncrrerã à Câmara de Vereadres. Os demais partids - PFL e PDT - realizarã suas cnvenções neste dming. A Frente Liberal deverá lançar a candidatura de Jsé Alves Cabral a prefeit e apresentar 22 candidats à vereança. O PDT prvavelmente apenas lançará candidats à Câmara, enquant PDS nã participará d pleit de nvembr, pis nã pssui Diretóri e tampuc cmissã prvisória cnstituida em Sã Jsé. SANTA HLNA m Santa Helena, fram duas as chapas que disputaram a cnvençã d PMDB n últim dming. Ganhu a cmpsiçã frmada pr Júli Mrandi (Landidat a prefeit) e Henrique Finger (candidat a vice). A chapa perdedra hiptecu integral Lja Dama: Av. J ucelin Kubitscheck, Fne Fz d Iguaçu - Paraná api a Mrandi, de md que PMDB de Santa Helena parte unid para a campanha eleitral. Também PDS realizu sua cnvençã n últim dming, hmlgand a candidatura d ex-prefeit nmead Francisc Muniz, que tem cm vice sr. Otávi Gutkski. M. C.RONDON m Marechal Cândid Rndn, PMDB definirá seu candidat a prefeit neste dming. Duas chapas disputarã a preferência ds cnvencinais: a primeira, encabeçada pel vereadr limar Priesnitz (vice, Ademir Bier), e a segunda liderada pel radialista Éii Winter, que tem cm vice advgad e ex-deputad gaúch Osmar Lautenschleiger. O PFL rndnense já tem seu candidat a prefeit: ldr gn Lamb, cuj vice é vereadr Éli tin Rusch. O PDS está definind em trn candidatura de Nrald Bska, enquant PDT deverá lançar cartrári Levi Martins Gmes cm candidat a Prefeitura LOJA DAMA Cmunica as seus clientes recebiment de grandes nvidades e flanelas e cnfecções, as mais inda bijterias, flóres, lãs e artigs para presentes. mais... diversas utras nvidades para a estaçã. Kirinus prevê vitória d PMDB em Marechal C. Rndn "Tal cm em 82, persiste entre a ppulaçã Municípis de frnteira ansei pr mudanças", disse em Marechal Cândid Rndn deputad Gernte Kirinus (PMDB), a prever a vitória d seu partid na eleiçã marcada para próxim dia 15 de nvembr, naquele Municípi. Segund Kirinus, sã "bas" as chances de PMDB apntar primeir prefeit eleit pel vt diret após 20 ans de interventria, "prque há entre pv um nítid desej de renvaçã". m Marechal Candid Rndn, sã dis s aspirantes a candidat, pel PMDB: radialista PIRAMID li vviruer, que tem cm vice advgad e ex-deputad Osmar Lautenshchleiger, e vereadr limar Priesnitiz, que cnvidu para vice empresári Ademir Bier, irmã d também vereadr Anvald Bier. Kirinus apia abertamente a chapa Winter/Lautenschleiger, enquant Priesnitz tem api stensiv da bancada d partid na Câmara. "Mas iss, segund Kirinus, "em nenhum mment deve ser interpretrad cm pssível 'racha' em terms partidáris u que entre deputad e s vereadres haja animsidade. Sã psicinaments demcrátics, livres, prque aqui nã tems Artes Metálicas Ltda. Fabricaçã de Tlds e esquadrias, galpões, estruturas metálicas e luminss. Av. Paraná, Fne Fz d Iguaçu - Paraná MATIZ STAMPARIA Tem as mais variadas estampas em camisetas prmcinais, esclares u cm seu ídl predilet. Para curtir cm seu jeans pssui uma linha cmpleta cm visuais incríveis. Adesivs, cartazes, flâmulas, aplicaçã em emblemas e númers em camisetas esprtivas. Agra também cm linha cmpleta de material serigráfic cm tda rientaçã técnica. Cnfecções de matrizes e criaçã de artes em geral. Cnfie em quem entende. Infrme-se pel Fne u na lja da Rua Almirante Barrs, 1121 Mais uma estrela em Fz d Iguaçu O Htel Hiliday está sb nva direçã. Fi recentemente adquirid pel casal Ciprian e Bia, que transfrmaram htel num ambiente aclhedr e familiar cm preçs acessíveis a tds O Hlliday ferece também um cmplet serviç. de lanchnete e restaurante privê, juntamente cm uma equipe de prfissinais capacitads. Htel Hl/iday. Sempre d suas rdens Quarts e apartaments Cnfrt - qualidade - assei crdialidade Rua Xavier da Silva, Maracanã Fz d lguaçu-pr. Restaurante Brit N cra ç das Cataratas - Serviç de Buffet American, cmida caseira. Venha experimentar nss tradicinal tilet de peixe a milanesa (especialidade da casa). Um ambiente aclhedr e familiar, cm uma equipe especialmente treinada para bem servir. Restaurante Brit, à sua d ispsiçã, para seu cnfrt. Vcê vai gstar ds nsss preçs: almçs de 2 1 a dming até as 14:00. Venha ns fazer uma visita sem cmprmiss. Vcê vai sentir a diferencd VND-S Um fgã Cntinental 2001 Granpix, 6 bcas, nv. Tratar fne: vt de cabrest. Meu vt na cnvençã vale tant quant de qualquer utr cnvencinal, e se clc a lad de Wirier é cm intuit de dar mair equilíbri à disputa, já que vereadr limar tem api frte ds seus clegas de câmara. A cnvençã para a esclha d candidat será realizada neste dming, e Kirinus acha que, qualquer que seja resultad, PMDB permanecerá unid: "Crei que tds estarems empenhads para que partid saia vitris na eleiçã. De minha parte envidarei tds s esfrçs para que a chapa vencida sme-se à chapa indicada na cnvençã". Técnica Iguaçu Ltda. Oficina specializada e Autrizada Remingtn - Dismac e Puf. Av. JK,417 - Fz. Fne: Htel Sã Rque Cnfrt e cmdidade a preçs ppulares. Agra vcê encntra em Fz d Iguaçu uma família. Restaurante n lcal: diariamente de 11:00 às 14:00, também servims jantar a partir das 19:00, inclusive as dmings. "Uma casa amiga n caminh das Cataratas", venha cmprvar. Av. das Cataratas 409 Fz Iguaçu Lja e Tapeçaria Hiler A última palavra em Tapeçaria. Refrmas e cnserts de estfads. Tapetes captas Av. JK.2tX - Fne: Trev Cataratas

7 tar alguns fats que acnteceram cm radialistas nã só em Fz cm em utras cidades d país. Suín pntual Quem cnta essa é Marquinhs (da Cultura FM). Diz ele que seu pai, "se" lv, estava trnsmitind um prgrama pela Rádi Guaiba e na hra da prpaganda se saiu cm esta: - "Técns, suín mais pntual d mund". Ns ídls temps... N ânus d cmandante A endssar as palavras d vereadr Severin Sacmri que denunciu uma série de arbitrariedades cmetidas pr maus elements da Plicia Militar, vereadr Jã Kuster classificu as aprntadas da P M cm "grsserias da idade da pedra" e lamentu que "fats cm esse acnteçam num pais que hje vive um clima de liberdade e demcracia". Na sequência, Kuster pediu que fsse enviad fici a gvernadr Jsé Richa e a Secretári de Segurança pedind "prvidências enérgicas n esclareciment ds fats". Pr fim, a falar sbre cas Valdemir Gaiard, disse que s vereadres deveriam chamar cmandante da PM na Câmara e acrescentu: "Aqui n iríams enfiar um cab de vassura m de pil n ânus d cmandante, mas vams recebê-l numa sala bnita e cm cafezinh". (Adelin) Sacmri vira casaca O vereadr SeverinSacmri mstru que tem mesm puca massa cinzenta. Depis de acusar ex-prefeit Wádis Benvenutti fi brigad a mijar pra trás, se retratand publicamente. Agra, pr ri cncrdar cm a candidatura de Dbrandin Silva (candidat que, sem smbra de dúvida tem grande api ppular), se abraçu cm deputad Térci Albuquerque, d PDS, ipiand uma sigla que ele semprè criticu duramente. Galinh de chaminé é iss ai. (Adelin) PRC MILAGROSA Cnfi em Deus cm tdas as minhas frças pr iss peç a Deus que ilumine meu caminh e Cnceda a Graça que tant desej. Mande publicar e bserve que acntecerá n 41 dia. (T.F.P.) Grup, heim? Tenh uma critica e um elgi a chamad Grup; (pessal riund d PP, integrad pelas famílias Bff, Rrat e Oliveira). Primeiramente vai elgi: t lg fi apurad resultad da Cnvenç de dming, quand fi eleit Dbrandin, ninguém partiu pra pancadaria, cm crreu cm a Cnvençã que elegeu Carls Grellmann presidente d Diretóri. Agra vai a critica: ringuèm deveria abandnar partid e se amasiar cm utr candidat prque a Cnvençã fi demcrátic e quem é partidári de craçã, apia candidat vencedr, seja ele quem fr. Os membrs d Grup que prmetem apiar utr candidat (dizem que Mári n vai nessa), estavam n PMDB cm a intençã ú- nica de cnquistar a prefeitura e ri mvids pr ideias partidáris. iss é fei. (Adelin). Tribuna da "Garganta d Diab" A pedid d Presidente e Vice-Presidente da "Garganta d Diab", Mári Du Trevr e Reginald Prtes, respectivamente, Prefeit Perci Lima irá cnstruir uma tribuna na calçada defrnte a cnfeitaria Beti,lugar das reuniões ds membrs da assciaçã. Semana passada, Prefeit recebeu um requeriment, cm mais de 40 assinaturas, das m dis dis representantes da "Garganta d Diab" slicitand a cnstruç da tribuna. Para quem ainda n sabe, a "Garganta d diab" é uma cnfraria que funcina a estil da "Bca Maldita", t ppular em Curitiba, nde se reúnem plítics e ffqueirs (n bm sentid, é clar). Flclre radialistic A Rádi Cultura cmemru, recentemente, seus 29 ans. Nesse temp td existe uma história que a gente pretende crtar, fazend uma entrevista cm diretr da emissra, Antôni Ciril. nquant ele n se dispõe a cnceder essa entrevista ( Trinh é muit ensabad), vams rela- Quem n se lembra d balf ex-prefeit de Cascavel, Jacy Miguel Scanagatta? Pis bem, numa entrevista que hmem cncedeu a uma emissra lcal, falu, "ipsis literis": -" Ns idls temps, quand eu pelegrinava pelas canha- - das..." le queria dizer mais u mens seguinte: Ns ids temp, quand eu peregrinava pel interir d municípi... O repórter ri aguentu e caiu na gargalhada. Araragã vadr Arag, Luiz Carls e Rgéri transmitiam, descntraida mente, uma crrida de Kart, quand um aviã fez alguns rasantes em cima d Kartódrm d Flameng. Para animar a cisa, Luiz Carls saiu-se cm esta: "stá passand aqui pr cima d Kartódrm um bjet vadr n identificad". O Rgéri emendu: "Deve ser um pé de alface u um ararag vadr". Arag, em utr micrfne, respndeu na lata: - "Ê iss mesm. Ararag está carregand a sua irmã". Quand s três chegaram na Cultura, levaram um tremend pit d Ney Btt, gerente da rádi naquela ép:"a. Abraç as mrts Quem cniu fi Anési. le diz que fat acnteceu n Nrdeste, mas eu n acredit. Deve ter sid aqui mesm. Vams à história: stava lcutr transmitind uma partida de futebl, justamente n Dia ds Mrts. Depis de muita embrmaç, entrevistas cm jgadres e prgnóstics sbre resultad d jg, lcutr falu que aquele dming era Dia ds Mrts e acrescentu: - Pr falar niss, aqui vai meu abraç a tds s mrts". "Fala, vereadr edil" O repórter chegu em Fz n final década de 70 e cmeçu a trabalhar, experimenlmente, na rádi. Sua primeira tarefa fi cbrir uma sess da Câmara de Vereadres. Huve um tremend bate-bca entre dis vereadres, e repórter acmpanhand tud. Lá pelas tantas, um ds vereadres intervei: - Vssa xcelência me cncede um aparte? - Pis nã, nbre edil - respndeu utr. - repórter se aprximu d vereadr e falu: agra, cm a palavra vereadr dil. Bmgst temnomec Tud que vcê precisa Papelaria, Livraria, Centr Cópias A'. Brasil, 80s - F ne, Fz Distribuidra de Fris [1111 Alvrada Madeireira N.Sra. Aparecida Frangs- Perus Rats- Pescads Fris em geral Rua Çkinhi,i,jrtlirn Amétit ia - tne Madeiras Brutas e Beneficiadas - Frrs, Assalhs - Marcs - Aberturas - Fabricaçã de móveis sb encmenda, Fabricaçã e mntagem de balcões e praieleiras p1 ljas. Rua Pres. Csta e Silva, 120, Fne: Fz A 500 metrs da garagem da Pluma

8 Dbrandin da Silva, Dbrandin, Térci, Alvar e Ozires sã candidats ficiais Mudanças n quadr plític indicam que a eleiçã de 15 de nvembr será memrável, O episódi eleitral de 15 de nvembr, quand será eleit pel vt diret e secret prefeit de Fz d Iguaçu, está alterand quadr plític iguaçuense e muita nvidade ainda pderá crrer ns próxims trinta dias. Os partids e candidats se mvimentam, buscand cnquistar espaçs,e cada dia nvas adesões vã surgind em cada lad. Cada api recebid pr um candidat significa pnt perdid pels utrs. Dizem que Cir Dias (PMDB), depis de andar namrand a vice d Álvar (PDT) e ambicinar ser candidat a prefeit pel PMDB, acabu se abraçand a Térci Albuquerque (PDS). Segund a ótica d vereadr, candidat pedessista pssui cndições de derrtar Dbrandin. Quase mesm caminh seguiu utr vereadr, Severin Sacmri (PMDB). stá aliad a Térci para derrtar Din. Na área d PDT, candidat ficial Alvar Albuquerque recebeu durante a semana imprteft tas adesões, clcand sua candidatura em cndições de igualdade cm s utrs candidats. A primeira fi de Vitóri Bass, indiscutivelmente uma imprtante peça de xadrês n jg eleitral d municípi. A impldir chamad "grupã", a candidatura de Alvar fi a mais beneficiada. Após a adesã de Vitóri, ri d PDT recebeu api de Albert Hiler, Líri Mezzm e Brizla,da Lja Vila Rica. Pssivelmente pela mesma trilha seguirá vereadr Cláudi Rrat e seu ti Celestin Arat, acmpanhads de Salvadr Rams. Mas na área d PFL surgiram também nvidades. Atraids pelas benesses de Itaipu e Ney Braga, candidat Ozires Sants recebeu api d inexpressiv PTB, de Arnóbi da silva e de algumas famílias que tiveram seus membrs empregads na "republiqueta d neysm". Indiferentes a tud iss, PMDB e su candidat Dbrandin da Silva mbilizaram suas bases e entraram firmes re campanha. Cnfiam na máquina d gvern d stad e da Prefeitura para segurar eleitrad. IMPLOSOS ADSÕS Cm td este dinamism típic da plítica eleitral, muitas mudanças crrerã ainda n quadr plític lcal. Nã resta dúvida que esta será a eleiçã Térci AIbuquefl7ue.4 mais disputada em tda história de Fz d lguaçu,e a candidatura que realmente estiver mais frte até final d mês servirá cm ímã atraind s plítics indeciss. Cm a implsã d PMDB, quem está td srridente é candidat d PDS, Térci Albuquerque. le acredita que sua pssibilidade aumentu cm enfraqueciment d partid situacinista e as adesões de Sacmri e Cir. Mas ns últims dias uma bmba esturu na aldeia pedessista. O suplente de vereadr Afns Brizla rmpeu definitivamente cm Térci e aderiu candidatura de Alvar Albuquerque. Tud indica que utrs suplentes seguirã mesm caminh. Outrs analistas cmentam que muits ds vereadres e suplentes ainda mudarã de psiçã até pique da campanha. Nestas mudanças repentinas d quadr, as indicações para vice-prefeit passaram a ter um papel até cert prt exagerad, mas a valrizaçã desta questã (4 ÁJv& de Albuquerque está na razã direta da necessidade que sente candidat a prefeit de receber adesões. Dbrandin, pr exempl, sai junt cm Carls Rbert Campana, na esperança de puxar eleitres d centr,já que sua psiçã na periferia é cnsiderada de ba para excelente. O mesm acntece cm Térci Albuquerque. stá bem na periferia e busca adesões n centr. O nme mais prvável para dbrar é banqueir d bich e ltéric mmersn Wagner. Ozires tem api de Itaipu (leia-se Ney Braga), de alguns cmerciantes e prcura desesperadamente penetrar na periferia. Seus assessres acreditam que muit dinheir e carrs criarã as cndições para mntar uma máquina infernal e cm iss arrebanhar eleitrad indecis, que hje anda na base de 50 pr cent. Mas, pr utr lad, s pefelistas sentem que é precis clcar um temper de apel ppular na selada elitista. Dai namr cm a legenda d PTB, de Arnóbi. Quant à candidatura a vice-.4 1# Ozires Sants prefeit, s seguidres de Ney Braga cnfessam que nã entregarã para Arnóbi, pis segund estes sua gestã frente b Cbal em Fz d Iguaçu deixu "algumas manchas escuras. Cmenta-se que a vice de Ozires será dada a médic Antóni Cruz, que já andu namrand PT, mas também acabu send seduzid pelas vantagens da ltaipu Binacinal. Na área d PDT e seu candidat Alvar Albuquerque a situaçã está mais u mens tranquila. Cntam cm uma legenda que está crescend, cm a presença nacinal de Lenel Brizla e prestigi de Alvar. stã cnquistand espaçs imprtantes n centr e entrand bem na periferia. A Cnvençã para esclha d candidat a vice-prefeit, marcada para dia 14 (quarta-feira), será um pass imprtante para PDT firmar sua tática e tônica na campanha eleitral. Os entendids em plítica iguaçuense acreditam que hje s quatr candidats estã em igualdade de cndições,cm uma pequena vantagem para Dbrandin da Silva.Mas até final de setembr muita água passará pr debaix da pnte,e s candidats acreditam que este quadr sfrerá grandes mudanças. Lgicamente cada um acredita que a virada será para seu lad. Mas tud ainda é uma incógnita. (Aluizi Palmar) '^'b OFRÇA IM PRSNT r

9 Neltn Friedrich "Pliticamente a Nva República vai bem" "Tivems várias cnquistas inimagináveis há seis meses" P Cm vêasaúde da Nva Rep ública, passads cinc meses? Vai u n vai? O pv está fend de empurrar? Neltn - Na prática, se Tartred Neves significava uma transiçã apenas, cm Jsé Sarrey estams realmente fazend a transiçã dentr da trareiçã,e é clar que ist apresenta nvs cmplicadres. Prque, de um lad, nós sabems que váris ds cmprmisss e prpstas de Tancred Neves eram guardads a sete chaves, e pr utr lad gvern Jsé Sarney fi até imprvisad. Se fizerms um balanç neste mment, ach que pderems verificar que nestes primeirs meses já alcançams cnquistas plíticas históricas. Nós já entrams numa rtina e nã ns apercebems mais que, de repente, milhões de brasileirs vã vtar nas capitais, que sã s maires centrs urbans de decisã, de piniões e até de tensões sciais. A mesm temp resgatams uma divida cm relaçã às famigeradas áreas de segurança. stá definitivamente psta a eleiçã direta para a esclha d futur presidente da República. Tems uma liberdade partidária inimaginável há seis meses, e s ex-partids clandestins estã ai, pdend defender abertamente suas idelgias, a mesm temp em que se prcessam prfundas refrmas eleitrais. Seria impssível imaginar, há seis meses,que s analfabets pudessem vtar neste País, vitimas que sã de tda uma estrutura que cria essa situaçã cnstrangedra de 30 milhões de analfabets n Brasil. P O pepin está n setr ecnômic? Neltn - Na área ecnômica a Nva República ainda nã explicitu seu caminh. ai nã existem muitas pções: u a Nva República cnstrói a sberania nacinal que fi na verdade enfraquecida, u seja, crumida pels cmprmisss e pela dependência a grande capital internacinal, u na verdade nós estarems apenas fazend perfumaria na área que é nevrálgica e decisiva. Nã se vai fazer a refrma agrária neste Pais, nã haverá prduçã de aliments dentr de um prgrama emergencial, nã se farã refrmas sciais neste Pais sem que primeir haja a cnstruçã da sberana nacinal n que diz respeit á divida. Nã haverá dinheir neste País para nenhum prgrama scial, sem que se tenha trabalhad primeiramente a questã da divida externa. ntã diríams que na área plítica sald é altamente psitiv, mas na área ecnômica há um débit presente e que pr sua vez inviabiliza pagament d débit mair, que é a divida scial. P O sr. sugere que se mande FMlás favas? Neltn - Basta executar cmprmiss de Tancred Neves: nã vams pagar a divida externa cm a fme ds brasileirs. A maneira de fazer é negciável, se cnstrói pliticamente. Cm relaçã à Nva República, deve-se bservar, entretant, que se nã puderms cnstruir essa mudança ecrs5- mica e scial, tems que cmpreender a transitriedade desse gvern. ai talvez pssams dimensinar histricamente que é muit imprtante a preservaçã ds espaçs demcrátics da Nva República, independentemente da cnclusã das saídas ecnómica e scial. Pis sã eles que vã permitir,se r através desse gvern, que uma Assembléia Nacinal Cnstituinte pssa, através d grande debate røcinnal, clarear s caminh nesse hriznte hje até cert pnt ainda nebuls. Apesar ds pesares, achams que se este nã ê gvern que snhávams, se nã sã as mudanças que realmente precnizávams n seu td, há n geral um sald psitiv. Sã esses espaçs demcrátics que estã permitind que Pais se transfrme numa grande sala de aula plítica. P Cm ana'isa recente prnunciament d presidente Sarry? Neltn - O prnunciament d presidnete Jsé Sarney tem a mens um mérit: quem lembrar ds prnunciaments ds nsss generais de ntem deve ter-se sentid aliviad a ver um prnunciament muit mais abert. Um prnunciament que dava pra assistir. Quant a cnteúd, ach que é precis cmpreender a perplexidade que vive esse gvern, diante-d surrealism que acnteceu neste Pais ns últims seis meses. Se ist cria perplexidade para s brasileirs, também T OUIPAMNTO% P1 SCRITÓRIO CONCSSIONÁRIO OLIVTTI MATRIZ:Av, Brasília Fne (0452) e Telex (0452) TP - MDIANIRA FILIAL : Av. Brasil Fne (0452) CASCAVL - FILIAL : Av. Juli Assis Cavalheir * Fne (0456) FRANCISCO BLTRÃO cria para s diretamente atingids, cm presidente Sarníey.De psitiv nesse prnunciament é que alguns cmprmisss fram reafirmads cm muita ênfase. De repente tems um presidente faland da cultura ppular, das nssas raizes, d neclnialism que afeta a Naçã... Se smarms essas precupações a cmprmiss scial, a cmprmiss cm a liberdade, vams ver que há neste prnunciament alguma cisa muit mais sólida d que estávams habituads a ver e uvir. P Mudand pra área partidária: é públic e ntóri que PMDB está sfrend um prcess de inchamenf. Para nde esse adesism está lew"id partid? Neltn - O PMDB tem uma característica muit rara, aliás, s partids na América Latim raramente carregam "ssa qualidade: PMDB se transfrmu num partid sem dn, sem aquele grande líder carismátic, que nrmalmente leva também a grandes desastres. histricamente a América Latina está cheia diss. pr ser PMDB um partid sem dn, achams que lhe está reservada uma grande funçã histórica. É evidente que nesses últims temps cmeçu um prcess de direitizaçã. Td bm médic sabe que é pssível fazer terapia num crp inchad, e é iss que ns faz ainda ter mtivações peemedebistas, de que nós pssams ser agentes terapêutics para as pucs diminuirms esse inchaç, terms realmente um crp cm saúde, sólid, despluid. clar que um partid plític se faz em cima da cerência. Prgrama partidári nós tems. Felizmente prgrama d PMDB é d um ds mais mderns da América Latina; tem prfundas prpstas sciais. Se pegarms as primeiras páginas d prgrama verificarems que lá estã cntids s princípis básics, que sã s cmprmisss cm a demcratizaçã plítica, ecnómica e scial, prque n máxim que se fala neste pais é m Cascavel, Rua lide Mai, 21, 1-une 042i Telex Cacael - Paraná tinbratur n Neftn: 8 rtina às vezes ns impede de ver as mudanças na demcratizaçã plítica. Nada se fala, se prega u se faz em terms de demcratizaçã ecnómica e scial. ste prgrama revlucinári, uma prpsta mudancista a fund. Prtant, tems um prgrama, tems um catecism, mas iss nã basta, se nã tiverms a prática, a cerência ds plítics que integram partid. Há cass de filiads que rasgam prgrama d PMDB a, pr exempl, se clcarem cntra a refrma agrária. É uma das primeiras prpstas d nss MDB de ntem e d PMDB de hje. É inadmissível terms um prgrama e alguns de seus militantes pisarem em cima desse cmprmiss. Aliás, fi iss que levu a própria Arena à falência e PDS à desarticulaçã, prque cnstavam ds seus prgramas cmprmisss que nã eram executads. N prgrama da Arena cnstava cmprmiss cm as eleições diretas, mas era sempre a Arena que n Cngress derrubava as emendas pró-diretas para s gverns ds stads e própri gvern federal. É pr iss que tenh clar seguinte: hmem públic nã vale tant pel seu discurs, mas pela prática. É ai que se diferenciam s plítics. s partids plítics se diferenciam na medida em que seus militantes sã mais cerentes cm seu prgrama. stams vivend, sim, um inchaç, mas a mesm temp nós vems e vivems uma precupaçã dentr d PMDB para evitar essa descaracterizaçã d partid. P ssa precupaçã se dá em que,iveis? Neltn - Ns meis mais cmprmetids cm s interesses ppulares e cm as mudanças sciais. Sã s níveis mais prgressistas. Particularmente defendems a institucinalizaçã das crrentes internas d partid. le nã perderia seu grande arcabuç, mas internamente seriam cmpstas as crrentes idelógicas,que teriam uma cnvivência demcrática e, nessa cvivêrcia, haveria as cligações irternas.lst permitiria uma grande experiência, que PMDB se transfrmasse num partid mdern DOCUMNTOS PRDIDOS Felipe Santiag Gnzales extraviu a Carteira de Mtrista e a Cédula de Identidade, ficand s mesms dcuments sem valr, pr haver sid requerida a 2' via. Fz d Iguaçu, 3 de agst de 198 DOCUMNTOS PRDIDOS Felipe Santiag Gnzales extraviu a Carteira de Mtrista e a Cédula de Identidade, ficand s mesms dcuments sem valr, pr haver sid requerida a 2' via. Fz d Iguaçu, 2 de agst de 19& hspede-se n QURNCIA NOTI Apartaments de lux S uite nupcial e presidencial [sticinament própri Ar cndicinad central TV a cres - Frigbar Piscinas-5 m ambiente Telefne-Serviç de bar Ln CIO Ln 1 ō Z

10 1 Dc LM Z A LI O hiat cnstitucinal em que vivems e as garantias as interesses difuss Instruments de defesa ds interesses cmuns a tda a sciedade \. ivems um hiat cnstitucinal. Há crise scial e nv pact ainda nã fi firmad. A velha Cnstituiçã está superada e já estã send cncebids nvs instruments jurídics, institucinais e administrativs. Acreditams só haver um pend equiparável a mment históric em que vivems: pend entre a Revluçã de 1930 e a Cnstituiçã de Vitrisa a Revluçã de 1930 seguiu-se um períd in'ensa atividade legislati. l "ravé', de decrets, cuj b 1etiv era a transfrmaçã d ariibiemt plitic-administrativ herdad d antig regime. Atualmente, cnji. tc, das leis está send revisad para eliminar s dispsitivs ar.'i-demcrátics, dits "entulh autritári Grandes mudanças estã send intrduzidas, cm vt d analfabet, e grandes questões levantadas, cm a refrma tributária Vivems ainda tlhids pela velha Cnstituiçã, mas pdems explrar seus vazis e missões. Tal prpsta, mais d que uma estratégia plítica, é uma tendência histórica. Os códigs revlucináris de 1930, Códig Flrestal, Códig de Caça, de Água e de Minas trnaram as flrestas bens de interesse cmum, s animais tutelads pel stad e as águas, públicas. A Lei 6938, de 31 de agst de 1981, institui Sistema Nacinal de Mei Ambiente, declarand- "patrimôni públic a ser necessariamente assegurad e prtegid, tend em vista us cletiv'; e define cm "cnjunt de cndições, leis, influências e integrações de rdem física, química e bilógica que permite, abriga e rege a vida, em tdas as suas frmas". A Revluçã de 1930 truxe as "direits difuss" a garantia da Açã Ppular a Nva República, a garantia da Açã Civil Pública, GARANTIAS D INTRSSS DIFUSOS "Interesses indispníveis da sciedade, interesses cletivs, direts de tds e interesses difuss" sã nvs direits de cidadania gerads pela crescente cmplexidade da vida scial. Para s "direits pessais" u direits própris há um titular perfeitamente identificável: é a pessa física quem tem ligitimidade para a defesa de seus direits, cm garantias institucinalizadas claramente definidas, cm "habeas crpus" e mandad de segurança. O text cnstitucinal atual nã separa claramente s direits pessais "própris" ds direits "difuss" d cidadã, "direits de tds", e tampuc estabelece direits sbre mei ambiente, sbre patrimôni históric, cultural e artístic nacinal. Direits só existem na medida de suas garantias. O brasileir é um pv em luta pela cidadania. Nvs direits e garantias estã send cnquistads, e cnslidads. Sã garantias ds direits difuss a açã ppular, prevista na Cnstituiçã, a açã penal pública e açã civil pública, prevists na lei rgânica da magistratura e em recentes leis ditas rdinárias, mas realmente estravagantes, pst que tratam de matéria cnstitucinal. AÇÃO POPULAR Açã ppular é garantia cnstitucinal psta à dispsiçã de qualquer cidadã para bter invalidaçã de ats u cntrats administrativs ilegítims u lesivs a patrimôni federal estadual u municipal, além ds ats de órgãs de administraçã pública indireta. Açã ppular é garantia utilizável pr qualquer individu mund de seu titul de eleitr. Tal açã se fundamenta n direit plític d cidadã tend pder de esclher seus gvernantes, pe também lhes fiscalizar s ats. Açã ppular tem sid aplicada para anulaçã de resluções de câmaras municipais, vendas ilegais de bens públics, na anulaçã de se'ções fiscais e também para invalidar registrs de lteaments, anulaçã de alvarás de funcinament e licenças de desmate, abrdand assim a questã ambiental. Há muit s eclgistas vêm lutand para a transfrmaçã da açã ppular numa garantia de direits difuss, através da transfrmaçã da lei 4771 (da açã ppular), que é exessivamente casuistica cntra s interesses ppulares. Pleiteams rit especial cm expressa permissã para supressã liminar d at, extensiva m apenas a ats d pder públic federal, estadual, municipal e de suas vinculadas, mas também a ats de qualquer pessa física u jurídica danss as interesses cletivs, além e principalmente de este estender direit de mver a açã ppular a assciações civis, AÇÃO CIVIL PÚBLICA Cabe a stad uma funçã junisdicinal, ist é, estabelecer a legalidade de açã pública, a defesa da rdem jurídica, a defesa ds interesses indispníveis da sciedade e a fiel bservância da cnstituiçã e das leis. Através d Ministéri Públic, integrad a nível federal pels prcuradres da República, e a nível estadual pels prcuradres da Justiça, é exercida a funçã jurisdicinal d stad. A Lei Orgânica da Magistratura estabelece a açã civil pública e a açã penal pública cm instruments pels quais é pssível velar pela bservância da Cnstituiçã e das leis. m 31 de agst de 19,1,a Lei 6938, Art. 14, regulamentu a açã civil pública e a prteçã d mei ambiente. A Lei 7347, de 24 de julh de 198b disciplinu a açã civil pública de respnsabilidade sbre mei ambiente, sbre cnsumidr e bens e direits de valr artístic, estétic, históric, turístic e paisagistic. Determina que a açã pderá ser prpsta pr assciaçã civil cnstituída na frma da lei e estabelece rit prcessual. A Lei recentemente sancinada pe presidente Sarney permite prmçã de açã civil pública cm pdi'res instrutóris ampls, -m inquérit civil, qu' repre.enta um prcediment administrativ de caráter investigatóri destinad a frnecer prvas e demais elements de cnvicçã, que fundamentem a açã d Ministéni) Públic na defesa de valres, direits e interessses meta-ir.li duais. APLICACÃO DA LI A leis que têm rigem em mensagens 1'. Pder xecutiv a Pder legislativ sã quase sempre leis tecnicamente bem elabradas e analisadas. Sã submetidas a sucessivs crivs d debate ns órgãs de rigem, nas acessrias jurídicas das secretarias u ministéris, na Casa Civil d gvernadr d estad u pres sidente da República, além d debate parlamentar. is cm a 6958, lei estravagante que trata de matéria cnstitucinal, fi amplamente expsta a debate ds funcináris da administraçã pública para criticas, sugestões e cntribuições de td tip. A prpsta inicialmente apresentada pela SMA (Secretaria special de Mei Ambiente) fi censurada ainda n Ministéri d Interir, vetada em suas garantias e mantida apenas a declaraçã ds direits. Pr um laps qualquer da Velha República, passu artig 14, que briga pluidr, independente de existência de culpa, a "indenizar u repassar s dans causads a mei ambiente e a terceirs afetads pr sua atividade". Pr esta lei Ministéri Públic fica legitimad para prpr açã de respnsabilidade civil e criminal pr dans causads a mei ambiente. ste dispsitiv despertu interesse ds prmtres de Justiça de Sã Paul e d Ri Grande d Sul, que debateram a questã em váris encntrs, principalmente n an de Ds debates ds prmtres de Justiça de Sã Paul resultu prpsta de lei retirada d cngress nacinal pel Ministéri da Justiça, que apresentu substitutiv encaminhad a Legislativ pr mensagem presidencial. O prjet nã recebeu vts cntráris nas cmissões técnicas, fi aprvad pr unanimidade n Cngress e sancinad pel presidente da República cm Integra da Lei n r 1 -'.1. rnp., , 00 (Uj00. flu.,. h,,,fl,,,,.. tuíflcf d 00 p.di... C,.. p4.n. 4. I.põA.00 t.ç. l, q, OCOOVO00 3d.,.i d.,00,,,. A. V - Ry,- pd..çd 4, p,h pp04....d. - A 00i.ln0,,04, A A.,. 40,00. d,i....a A...,.A., A. 2' -_d.pflm.um,i. A0 3' --A.,á,.,,,I pd,l O, 9., A,,. á' - rl,-,..,,,0100d...., p...,...0.,, A., bp.,d. t:.310,00, n'l-,., -''0. r., p0- r- P4,n.:,'''n n P0OPO rr,. 0O,,,, n,,,,, d 1.,, CJ. II - 1,4,,.,.0 00, hnl,dd,. uj ww,.mb,n. s, cn,ad,. w r-,.-.,on, 101,.,040%0, b,.,a.00, n,a p.,31100', 0,0040). - P., 3' - O Mln,A P4b1,00,,..14 I.,,,c ,.. 4,.I d Ai 2' - A..j,04.0 pod,, 010O,.Ç6.lOg300,0d.0 OO , 0.00, 401. d '- lo á40 4, d.00 A.,nJ.01. P.,..00,çl I,n,0400 3'1,bL.,...00.,A. -,,,.' - Q.Iq0. p ,l 9.00c ',l.,',40 9,11,1.0.,n.md-lb, 'r b.1..çá 0040,,d, nv.çl... A,,. 7' - 1., n.n,,,. à.040,nb.n., ,n 4. 10,, ll k 9.0' ,1.,.,n,nl p. 40 f-03 p.,... p,'dána..- 9,04001 no.,,n 0,004440, alguns vets. Ë esta, em síntese, a questã da nva Lei de Garantias as Direits Difuss. O próxim pass M ntl..&fl'04&* 1.0 0'.,,,, n l",,2.0 'l P.,I 1' - O M.Od d q.04q. n..-,00 p p.,.40..,.,d&,.. q.4.4 g.k. d 4..,,00,.p.00,4,i, pd,..pá ,i,.çA., h1p6. 0.l.jI ,...,,.t,d 00 0,9d. ' - A., &$ d M,,dn IVbl ng ,. d.i4400, ,,.- d..u,,. 4, 004.,0 p. pp 'CM..& p...'l.,q,.n d,,,00.d,.q..m. i, 4.. pç. d,m'... l,,,cm' j.01. p. l hç,,.dm,'' 2' - A ç., '....â d 4..q.,...00., pd'd..,d.. p, '10' 00 d...00., q,.,fl n.d. d.q..,d. á. pç. d çá d C...4. S..04 d AbOIi Pdl.h,,,,l.,, d..p.00 O - PO4 4'- D,.d. C,l3, d. h~ l..,,, 4,00.rA,d-.M d ) Pl,bl, çi. A. 10- C... n.. p.nld 4.,,hl l A 44,)..., 00.0 fl0100 4, 10 d,, O A ),,,1) pçõ,. d 7.00,. %, ORTN,.,.., ,..I 4,4.4..,éa A 9.0p00 çi l, q.d r4004d0. p.40mn..áp40& A.. II 'CI P. 4,.b,n.q0 4. A hlwn, g. d.nn,n,i p 4. p,.00çl d , ,,..çl d.n,3.d. O loa çl.ç 0.4..dp.40.. dl.0q... A. Ii - Pd8,,,....,,,0,.l.çA p01- P.U. A' - A ,04, p...,ld. 4, 4,,... 4,A A 0.00,0' pl... pdn p10j.. d,,,b.l ,,*.p.0 4,, ,0.0,,.,,,,k,,10 l , d qá 4,,, áo OJPdOO10, '0 9,0.00 4,,,n,0 4,.., pin, 4. 94, d , , ,0,010 i.,,.04 lo.0. l d,,d. 40.4, 4... q ,,.,l,g.d d...p... A. li - H.d d,.çl 4.-.,.çA pl d.,.n'l.00 I.dg,,,dp, 0.,. 3,, 140.I.P..4h, n,.d,4,, d q t O,A P1M.OO,1p m.dd.,...40,..,1,..&O00d. 01 0,04004,10,, P..A LA....q.00 ld l l, rçd.001.d, d,m ,.,.b,l,m,0 04,0.1.14,0014,- 0.0S0fl.,Om c,çi...at,. - 0, pd,,l 1nf,,100n 1.090,00 OrCw.* p4,. nit dm0 9.00' A,. 11-D,r.A0.Od,.,dO"iOqu...sO.,Ç ç,.eww..,.,.n,çl. d..1. bi-l l.l-.,fr.0 Pá- An. IA - A.0OÇ.,00l , ' 09 b. lá,.pod0.00,o 4,4,4,,,. d p bp9.. q, 09,0)4 10,n.,.- 4.,.l, ,.,,.,çl., b,,340,n..,.01d-4. d 00 A. A' -0i00d111.I , ,0.10,0,.d,,00k,..40,,.4.,01.4.4,..,A AI A, W. de ld,.'d, 'd'p.,1110 (..400A.q ,4 L'. -,. u.d. i,1,. 4t..4 1, ,l,n,n 00900A10 I. ~ d.ça ,1..,,,, O004d , 90,1004 d P. pda,d.00., A. II - N q el h.n,i.4u,.,,,, , l, p q0.d.pn.- A. 30- ApI,..-., çalipobll- 04. pm.l. k, C64,00 4, p, 4, II').,,.q,l,. q.3,,- A á, q., ,. k 8 çl...j p.l p ,,,l.in,.10,0s4 d.00 d., p.id..çi d p. -,0 dáp00,40. $ A'.,?1., 8 III' é a cnslidaçã desta garantia pel seu acinament. A lei está ai pana ser usada. Vams à luta. (Rbert A. Lanae) Venha cnhecera nva Praxis 20 A prtátil eletrônica em demstraç na f%nirvar A UUrffl^1y 1M Av. Brasil 333 ste é nv endereç d seu Cncessinári xclusiv Maquinas livetti quipaments para scritóri Ltda. Fne Fz d Iguaçu-Pr.

11 443 milhões para a melhria d transprte em Fz A Álv0011 Fts históricas H. á Prgrama "Nss" a/ter,,ativa de empreg Prgrama "nss" de Fz vende para Sã Paul A qualidade ds prduts d sável pel prgrama em Fz, " Prgrama "Nss' de Fz d aument da prduçã e cresci- Iguaçu chega a Sã Paul. Uma ment destas indústrias de fund encmenda n valr de 1,2 mi- de quintal mstram amadurelhã de cruzeirs seguiu na se- ciment da iniciativa em Fz". mana passada para a capital da- A Prefeitura Municipal de Fz quele estad. A venda envlve d Iguaçu vem incentivand cada mais de 100 bnecas de pan, vez mais as vendas n Municípi cnfeccinadas pr Neusa Gime- e fra dele, O Prefeit Perci Lima nez Silveira, uma das participan- acredita que desenvlviment tes d prgrama, que já vem pr- destas micrindústrias resultará duzind mais de duas mil peças num aument sensível da ferta pr mês em sua casa. de empregs. Cm api d "Nss", de- Fz d Iguaçu prduz hje senvlvid pela Prefeitura Muni- desde bnecas e artigs de cur cipal de Fz d Iguaçu em cnjun- e madeira, até tênis "Cataratas", t cm a Secretaria de stad da feit pela primeira indústria c- Indústria e d Cmérci, Neusa munitária da cidade, que já venvai expandir seu negóci, adquiri- deu, smente em julh, mais de d equipaments que pssibilita- 15 milhões de cruzeirs a prrã uma prduçã bem mair, grama "Nss" - u equiva- Segund Luceni Sants, respn- lente a mil pares de calçads. Secretaria de Turism n cngress da ABAV A Secretaria Municipal de Tu- Rth, Felipe Gnzales, Ltar rism e sprte deverá participar ckelberg e Marilene ckekberg. neste an d XIII Cngress da As- Segund secretári Hmer sciaçã Brasileira de Agentes de Girelli, além de divulgarms ns- Viagens, a ser realizad n Minas- sas atrações turísticas durante Centr, em Bel Hriznte, entre cngress, um ds bjetivs prins dias 20 e 24 de agst. Neste cipais desta participaçã é criar acnteciment, a Secretaria e a meis para que s empresáris de Paranatur dividirã um stand úni- Fz pssam vender seu prdut. c, nde serã feits cntats Desta frma, cm stand, Sincm agentes de viagem e exps- dicat de Htéis ganha um nv ts painéis sbre Fz d Iguaçu. espaç, nde serã fechads ne- Durante cngress serã gócis imprtantes para turisdebatids três temas distints: m lcal. turism na Nva República; a prliferaçã das agências de viagens O Prefeit Perci Lima também n mercad de turism e a legis- deverá participar da abertura d laçã d agente geral. Cngress. Fi através de sua de- A delegaçã de Fz será fr- terminaçã que a Secretaria de mada pel secretári Hmer Gi- Turism cnfirmu sua participarelli, pel presidente d Sindicat çã. Para Prefeit, stand trará de Htéis e Similares, zani Pr- benefícis cm aument d nútes, além ds empresáris Livins mer de turistas, ampliand Petsch,Nilsn de Nadai, Antôni mercad de trabalh em Fz. Casa das Meias Meias de tds s tips para crianças, senhras e hmens, malhas para J azz e Baliet Langerie em geral - Anáguas e Calcinhas - Cintas - Crpetes - Cuecas e Sutiens de tdas as marcas Preçs de tabela Rua Almirante Barrs, 806 zd Iguaçu-Pr Tapeçaria Brasil Ltda.. Á JK FOZ 00 ig.uaçu - P9 T.h. (045.5) , /' Secretaria Municipal d Planejament e Desenvlviment de Fz d Iguaçu acaba de cncluir plan de aplicaçã de uma verba de 443 milhões de cruzeirs, que será repassada a Municípi através d Prgrama de Mbilizaçã nergética, para aplicaçã na melhria da infra-estrutura d transprte d municípi. Cnfrme especificações da Secretaria, 200 milhões serã aplicads em pavimentaçã pliédrica, 30 milhões em pnts de ônibus e restante em sinalizaçã. A pavimentaçã pliédrica envlverá uma área de 17,2 mil me trs quadrads, equivalentes a 2.2 metrs de ruas cm sete metrs de largura. A td receberã pliedrs nze ruas centrais de Fz d Iguaçu. A esclher estas ruas, a Secretaria d Planejament levu em cnsideraçã s benefícis que a pavimentaçã trará a tráfeg da cidade. Pr determinaçã d prefeit Perci Lima, serã cnstruids 32 nvs pnts de ônibus ns bairrs periférics de Fz d Iguaçu. Os psts serã em pilares de cncret pré-mldads, c'berts cm telhas de fibr-ciment. les terã uma área de nve metrs quadrads, pdend acmdar cerca de 10 pessas. A Prefeitura já abriu licitaçã para que eles pssam ser cnstruíds mais breve pssível. ntre s principais benefícis que a aplicaçã destes recurss trarã está a criaçã de uma nva sinalizaçã vertical, destinada especificamente a turism. Placas indicativas, clcadas em pnts estratégics n centr da cidade, trnarã a mvimentaçã ds turistas em Fz d Iguaçu bastante facilitada. O cust estimad de aquisiçã e instalaçã destes pórtics é de 50 milhões de cruzeirs. O restante d dinheir, 163 milhões de cruzeirs, serã utilizads na sinalizaçã hrizntal da cidade, que representará a pintura de metrs quadrads de paviment, entre faixas de segurança e utrs aviss as mtristas e pedestres. As pinturas abrangerã as avenidas Paraná, JK, República Argentina, Brasil, Cataratas e Jrge Schimmelpfeng, Tdas elas receberã, agra, uma sinalizaçã adequada, que garantirá mair segurança para a ppulaçã. A execuçã cmpleta de tds estas bras dependerá da liberaçã d dinheir pel Gvern d stad. Cnfrme define cnvêni assinad cm a Prefeitura, s recurss serã repassads parceladamente, a partir deste mês de agst. DOCUMNTOS PRDIDOS Felipe Santiag Gnzales extraviu a Carteira de Mtrista e a Cédula de Identidade, ficand s mesms dcuments sem valr, pr haver sid requerida a 2 1 via. Fz d lguaçu,4 de agst de 1985 m váris lcais imprtantes da cidade existem fts históricas expstas pr Saul Martinh Brasil. Os lugares sã s seguintes: Aerprt, Varig, Transbrasil, Vasp, Wadipel, Banc d Bra - sil, Crrei, Caixa cnômica, Jóia sprte e Sm. Os interessads em adquirir cópias dessas fts devem prcurar seguinte endereç: Av. Brasil, Fne Fne Prjets e instalações elétricas, cnserts de ar cndicinads e eletrdméstics em geral. Rua Blívia, Vila Paraguaia Fz d Iguaçu - Paraná BANCA DABIA Cm vcê J rnais revistas- livrs Calçadã da Av Brasil, em frente à rdviária scritóri Jurídic Advgads Direit Civil Anadir Rute ds Sants Direit Criminal César August Zarate Direit Trabalhista Miguel Santiag Prates Direit Família TravesBa Cristian Wench, 91,30 andar, difíci Metróple sala Fne: (0455) Fz d Iguaçu-Pr letrônica Três Frnteiras Ltda. Cnserts de TV a cres e pret e branc, tca-fitas, aparelhs de sm, : venda de materiais eletrônics, instalaçã '.% j de sm em autmóveis, sm ambiente antena cletiva. Av. República Argentina, Centr - Fne: Fz d lguaçu - P. araná

12 1f Ln fe -c 1 ōli) 111 z RSTAURANT AB Aff[ l-'aeha Vjtenclana Frijtsd Mar Peixes Vatar.i Camarões Caldeirada Bacalhau Carnes Aves Ma ssas ^ l^ COZINHAI NT RNAOQNAL Fi criad cm bjetiv de satisfazer seu apurad raladar Rua Almirante Barrs, 893 Galeria Vida Fne: fz d lguaçu-pr. C H LOTI ZIN Um jeit nv de vestir Linha masculina; feminina e infantil Rua Almirante Barrs 806-A-Fne: Fz d Iguaçu-Pr. IDIVIRTA-S GANHANDO DINHFIRO A TODOS OS DIAS VOCÊ POD GANHAR 10 niiihõe BINGO DON JOSÉ 5 IS 1,\ r\ A PA R 11k DA-, NFJRôNICOI IV.u0H(RAS Av. Mnsenhr R ndriguez, 1:4 Ciudad. P.e. Stressner- Paraguai- Fne: 2544 létrica Radiante Assistência Técnica Servic Autrizad Geral Cntinental 2001 létrica de Baixa e Alta Tens-a - Padrã Cpel Cnsert de letr- Dméstics - Ar Cndicinad - Refrigeraçã - ncanament em geral - Material elétric Rua Marechal Dedr, 1285, Fne Fz d Iguaçu - Paraná Butique Vô Livre A capital da mda num "Vô Para Sucess". eans; Linh; Bijuterias e Acessóris - Feminin e Masculin A' J uscelin Kubitschek 490, (í'fltr.'m frente a Fuad Center -- Fne Fz d Iguaçu-Pr "Via Per Tutti" Butique Rupas masculinas e femininas,us Últims lançaments da cidade; venha cnhecer; vcê vai se amarrar! Av. J K., Fz d lguaçu-pr. 4/vir Preisner e espsa, em cm panhia d vereadr mersr'de/ velice e Júnir Wagner. A ft fi clhida pel ftógraf Juca, n Restaurante Abaeté -m primeira m O empresári Maur Prad, está articuland junt cm s dns de carrs antigs, para que durante mês de setembr, seja prmvida uma passeata cm veiculs d an 52 u anterir a este períd. A renda da prmçã será revertida a Asil ds Velhs de Fz d Iguaçu. Os interessads deverã ligar para , para fazer as inscrições. Garganta d Diab (Bca de Fz) está agradecend, através de seus cmandantes máxims, as dações de tijls feita pel empresári Rbert KelIer. Ë inici da crtruç da Tribuna Livre, na sede da GO. Ortém a nite na Casa da Amizade, a reuni festiva de agst d Rtary Club Fz/Prte. Ê ritm de trabalh da nva gest d clube. O empresári ióy Brandt, retrn recentemente de S Paul, de nde truxe mderna tecnlgia em ar cndicinad para autmóveis. le pretende incursinar na plítica ainda este an. m plen funcinament mdern cnsultóri de Psiclgia da Dra. Marta Damen Buzanel, n d. Metróple, em Fz. Atendiment clínic, rientaçã prfissinal, seleçã e treinament de pessal à empresas, s ã alguns ds serviçs que a clínica já está prestand. Circuland n inici da semana em Fz, s empresáris Luiz Mussi e Jsé Arrabal, acertand detalhes sbre a inauguraçã da TV. Naipi, canal 12 de nssa cidade. A seleçã d pessal que irá trabalhar na emissra cmeça ainda este mês e a inauguraçã será dia 5 de setembr, cm muita festa. O ex-prefeit Wádis Benvenutti, esteve reunid cm candidat d PDS, Térci Albuquerque e prmeteu ttal api à sua candidatura em 15 de nvembr. Seu ex-auxiliar, Vitóri Bass fechu esquema cm candidat d PDT, Alvar Albuquerque. clima esteve quente esta semana em Fz: mais assalts, mrtes e muita vilência na área plicial. O pv quer siuçõe ds Gverns e chega de impunidade. A Prvpar realizará a 1 1 prmçã assistencial n Oeste Paraná Clube. Chá e bing cm prêmis milináris e desfile de mdas da cleçã primavera verã da Chamalti Magazine. A entrada custa Cr$ 10. e pderá ser adquirida cm s vluntáris u n dia d lanche na prtaria d Clube. A Jalheria H.Stern fereceu um cquetel a imprensa, cnvidadas especiais e manequins que desfilar n dia 9108/85 n Rafain Palace. stiveram presentes, Adriana Tavares, lt Rafain, Caria Maram, Sandra e Jsé August Brit, Neci e Perci Lima, Nanci e, Vilmar Andrela, Ahalyl Séri, Nair e Jsé Fntanel, e utrs. H. Stern mstrará neste desfile a cle ç Caterine Deneuve de Jóias exclusivas cm as manequins Adriana Tavares, Caris «; Maram, Cláudia Labanca, Mõr,ca Ribeir, Patricia Csta, Wilhian, rnest, e as cnvidadas especiais Sandra Brit e Nancy Andrela. Dr. Misés Chagas Advgad Direit Civil - Direit Cmercial Direit Trabalhista - Direit Criminal Direit Família Av. ds Presidentes, Fne S anta Terezinha de Itaipu Dia 7/8/85 Irene Faccenda re - beu s amigs mais chegads em sua residência para um churrasc cmemrand mais um aniversári. Dia 9/8/85 Dalva Wagner recebeu amigs em sua cada pr mtiv de seu aniversári. Dia 10/8/85 Oeste Paraná Clube terá mais uma festa brilhante. Será a escha da Rainha ds studantes d Clégi Mnsenhr Guilherme. Já descbrims 3 jurads, N' Lima, Perci Lima e Sandra Brit. Retrnand da Disreylârdia 1-errand Miyashiki, trcu de idade re última terça-feira. O prestigi ds arquitets de Fz d lguaçu n ainda muit bem. cmenta-se que a sede d Sindicat de Htéis e Similares de Fz será prjetada pr prfissinais de fra. Mais uma vez a capacidade daqueles que aqui trabaham é clcada de lad. A ppulaçã d Jardim Sã Paul está bastante feliz cm a entrada das máquinas da Prefeitura nas ruas d bairr. O prefeit Perci Lima iniciu esta semana uma peraçã que vai deixar bairr um "brinc", cm acnteceu n Rirc. Adriana Ta vares, uma bela marr de Fz d Iguaçu em recente desfile

13 L Muit ba a mstra de pintura de Sara Nami, expsta durante Seminári da Facisa.A mça tem talent e vai lnge. Angel/Orland Brges estarã cmemrand suas Bdas de Prata" neste sábad, O cquetel, que será realizad n Rafain Palace Htel, está send muit cbissad. Dia 17 de agst n Flresta Clube terá inici a 1' Cpa de Tênis Flresta". Haverá duas mdalidades para adult, infant juvenil e,enin livre. Os encarregads d cmissinamnt das turbiras de ltaipu fizeram uma rleta gigantesca na própria turbina da unidade três. Os ganhadres. Artri Dias Rsa e Quintana, cmemraram em grande estil juntamente cm seus cmpanheirs na Churrascaria Rafain na quarta feira passada. Retrnand de férias em Bel Hriznte, a clunável Jaciara, espsa d Dr. rasm Abreu de Azeved. nquant Jaciara curtia a capital Dr. resm estava n Mat Grss caçand. Na Cnvençã d PDS de Fz, dia 4: Mazurek, Airtn, Fuad, Pimental, Térci, Bianc, Albu quer que e Gala fassi Ainda reste mês de agst estará circuland pelas ruas ds bairrs de Fz a Bibliteca Ambulante. Uma das frmas mais criativ;is que cnheç para levar cultura as bairrs. Luiz Guilherme Siqueira, ex-secretári de Turism, em Fz d Iguaçu para mntar definitivamert a sucursal da TV Cultura de Maringá. Na próxima semana ela deverá estar perand. Vams prestigiar a "Buchada d Mutirã", n próxim dia 17, a partir das 19:00 hras. Pr quinze mil cruzeirs vcê ganha a buchada, um cp de vinh e uma cartela para participar d bing. Tda a renda será revertida para cmpra de materiais de cnstruçã que serã utilizads nas casas d Prjet Mutir. O Prjet Mutirã visa cnstruir mradias para as famílias carentes e Fz d Iguaçu. É uma irciativa que vem alcançand bns resultads em td stad. Vams clabrar. Vale apenas cnferir a expsiçã de fts de Jel Petrski, n Htel lrterrecinal. Cm muita criatividade ele cnseguiu mstrar tda a beleza da Capital d Turism. Jel sfreu um acidente e encntra-se hspitalizad em Curitiba. Deverá sfrer uma peraç n jelh na próxima semana. 1 1 Prmçã "Designar Avaliadr" da H. Stern Jalheirs, entre s dias seis e nze deste mês, na lja d Aerprt Internacinal. A prmçã será cmplementada cm um jantar/desfile n Rafahin Pálace Htel, dia nve, a partir das 20 hras. Para prestigiar este event, a H. Stren truxe tda a sua equipe de jalheirs, chefiada pr liette lyas, estilista internacinal da empresa. Chegu a música que vai revlucinar as cnsciências materreis. "Mãezinha Deixe-me Viver", um lançament da LBV que vcê pde adquirir disc u fita re sede da entidade. Serec realiza curs de peradr de piscinas cm carga hrária de 12 hras. O curs é gratuit e as inscrições pderi ser feitas n Oeste Paraná Clube. '- Desfiland ø\v? hje na prmçã d Lins Club-/taipu, ivanci A. Andrelia, cm jóias exclusivas da H. Stems. A prmç cnjunta d Lins Clube Itaipu e H.Stern está mvimentad as senhras elegantes da cidade. Arlete Mtta, presidente das dmadras ns cmunicu que restam puquissims ingresss para jantar desta sexta feira. Destaque para s aniversariantes da semana: Arsnval Mtta, presidente d Lins Clube ltipu, empresári Mhamed Osman e a nssa elegante amiga Dulce Agstini. Parabéns. Quem acabu de chegar de Bajé, Ri Grande d Sul, é a "Tia Dma". Êla vei especialmente para as bdas de Orland Brges. As senhras rtarians cmunicam que as cartelas d grande Bing esti a venda re secretaria d Clube u u cm as próprias rtarianas. O bing será dia 10 às 20 hrs. n Cuntry Clube, Aniversariu n dia 5 d crrente gartinh Éder Taf-farel Chagas. A festinha d seu quint aniversári dar-se-á n próxim dia 11, na residência de seus genitres, Dr. Misés e Sônia Beatriz Chagas, em Santa Terezinha de Itaipu. Olha ai seu Orland Brges, vê se abre essa m e deixe que Nss Temp faça a cbertura de suas "Bdas de Prata". (R,) QUALIDAD XPORTAÇÃO:] GRAMARCOS PADRÃO D QUALIDAD Pst de Vendas Av. JK., próxim a Jabur Pneus Fne: CASAS PRÉ FABRICADAS M111,71-MÁ PROL)). 1 ()S DF QLAI IDADF O bem vestir da cabeça as pés Av. JK., Fz d Iguaçu DIS COTHQU O PONTO D NCONTRO DOS IGUAÇUNSS SALVATTI S HOW S DÊ ( TRÇA A DOMINGO Rua Ri Branc, Fne: Fz d Iguaçu TOMBINI QUIPAMNTOS P1 SCRITÓRIO CONCSSIONÁRIO OLIVTII MATRIZ:Av. Brasília, Fne (0452) e Telex (0452) TP MDIANIRA FILIAL Av. Brasil, Fne (0452) CASCAVL - FILIAL ' : Av. Juli Assis Cavalheir, Fne (0456) FRANCISCO BLTRÃO / fi5axur fljzaj :11 11lf'\I0.' 111 (,F:l( li Paetês Maiôs Biquinis I 1 angerie Cints B ijuterias Finas Av J 47 - F'e?3399 Pr OND VOCÊ STIVR XIJA 1..ÇAFÉ FILIAL.'d!tAPíNGÃ MPORTANT COMO VOCÊ.. 8R277Km 536- Arque ~dente Fne: Fz d Iguaçu - Paraná ir -c z

14 raia Dirceu Carneir (de pé) em cmpanhia d secretári Ne/tn Frie- Irich, Jrge Gimerez (Setr Trabalhista) e d prefeit Perci Lima Da frma cm está, a ducaçã é uma velhacaria "O prefeit nã é sábi. Sábi é pv". Assim se expressu ex-prefeit de Lages, Dirceu Carneir, durante a palestra prferida n últim sábad, a cn,ite ds setres Jvem, Trabalhista e Feminin d PMDB. Dirceu Carneir, que se ntabilizu pr fazer uma administraçã ppular, demcrática e participativa, justamente ns temps da ditadura, disse que um admir-itradr nada deve fazer sem envlver e cnsultar amplamente a cmunidade. "Cm a participaçã d pv, as chances de errar sã bem menres", enfatizu. O ex-prefeit, hje deputad federal, lembru que n irici de sua gestã frente a xecutiv de Lages, Santa Catarina, abriu a administraçã as setres rganizads e percebeu que s mais humildes r estavam rganizads. "Nós, que tínhams um cmprmiss ppular, achams que eles n pderiam ficar de fra e incentivams td tip de rgarizaç. ppular, prque enter que as pessas que detêm um carg cm esse n devem deixar que a sciedade se rganize pr si se nde existem frças t pderas que nã permitem a r rganizaç.o ds mais humildes, prque essa rganizaçã representaria uma ameaça às elites e às ligarquias, que sempre mstraram a sua cmpetência em se r-garizar a explrar s mais fracs". m sua palestra, Direceu Carneir cnsideru a ducaçã n Brasil cm uma das pires d mund. "Na frma cm está pst esse sistema é dans as segments da sciedade que r-õ é dminante, prque mesm ensin é levad a ric e a pbre, e nessa desigualdade de cndições iss é uma verdadeira velhacaria, prque pbre n vence na vida da mesma frma que ric. Pr essa razã, ensin a pbre deveria ser diferente, de frma que ele pudesse vencer as resistências que vai encntrar pela frente, sabend que terá muits inimigs". "A escla brasileira - prsseguiu Dirceu Carneir - destrói a criatividade e cria pessas individualistas. O cperativism encntra dificuldades em nsss dias prque a escla acabu espírit cletiv, valrizand a individualidade. Parece que só vale a cmpetiço e cm iss quem sai perdend s s humildes". Sindicats e cperativas da regiã alertam sbre cas na agricultura m dcument enviad a presidente da República e as ministrs da Agricultura, Fazenda e Planejament, a crdenaçõ d Mviment Nacinal pela Sbrevivência da Prduçã Rural, cm sede em Medianeira, expuseram as principais dificuldades da agricultura brasileira e apresentaram as reivindicações das cperativas, ds sindicats rurais e de trabalhadres rurais da regi d extrem-este, que inclui s municípis de Céu Azul, Matelàndia, Medianeira, Missal, S Miguel d Iguaçu, Santa Terezinha de Itaipu e Fz d iquaçu. 'Desde 1979, setr agrpecuári brasileir vem send vilentamente penalizad pela plítica ecnômica adtada n pais", afirma cument na intrduçã. Queixam-se s dirigentes cperativistas e sindicais de que "a capacidade de aut-finarciament e pder de trca d prdutr rural fi e ainda esti send drasticamente reduzids".apntam cm exempl que, enquant em 79/80 a capacidade de aut -financiamerit d prdutr de feijõ, milh e sja era e 52,49,2 e 46,5%, respectivamente, deverá atingir em 85/86 a capacidade de 22,11, 11,22 e 8, %. sse esvaziament resulta em qqe, tmand pr base algd, enquant em 79/80 agricultr precisava da 409 arrbas d prdut para adquirir uma semeadeira-adubadeira, hje sa necessárias 553 arrbas. Os agricultres mstram que prblema se revela ainda mais greve se para exempl fr tmada a sja e a clheitadeira: m 79/80, uma clheitadeira custava 3. sacas de sja, mas hje ela custa 4252, que representa um enfraqueciment d agricultr na rdem de 39,42%. Outr pnt martelad n dcument acusa que " cust financeir, smad à carga tributária, é altamente vlums, situand-se acima da capacidade de subsistência da atividade" Na sja, esses custs atingem 57,1%, n milh 50,8%, n arrz 52% e n algd 58,7%. "A prduçã diminuiu e a fme aumentu" - antams signatáris d dcument. "A agricultura, verdadeira segurança nacinal, deixu de ser priridade nas decisões de caráter deser,,lvimentista d pais. iss nã é mais suprtável" - acrescentam. XIGÊNCIAS m 5 itens, eles apresentam às autridades d gvern que entendem ser a frma de inverter esse prcess de empbreciment da agrpecuária. Pedem, em primeir lugar, "que gvern uça s agricultres, únics e fiéis baluartes da agricultura brasileira, através de seus verdadeirs e legitims representantes (assciações, sindicats e cperativas)". Querem ainda que "seja implantad, após uvir a classe prdutra, um plan nacinal para a prduçã de aliments, a fim de que elimine a fme, mair raz das cnvulsões sciais; que nã se cntinue devrcrard a refr- h.4 ma agrária da plttica agricla, u vice-versa, uma vez que uma integra e cmplementa a utra, e ambas requerem a mesma urgên-cia de implanta ç, sb pena de permitir-se a instauraçã de um verdadeir cas n setr". Segund dcument daquelas en-tidades, cas está a caminh - e ele vem a rebque da irwiabilizaç da atividade agrpecuária na regiã. Quant à refrma agrária, chamam atençã sbre perig que pde representar a distribuiçã pura e simples de terra, sem acmpanhament de medidas saneadras ds prblemas apntads. les reivindicam participaçã da agricultu ra na Assembléia Nacinal Cnstituinte e que, enquant r se crrigem as atuais distrções existentes n Setr rural, seja analisada e slucinada a questã ds sjicultres. Sauna Aquarius Hrári exclusiv para senhras: T erças das 13 às 17 hras sextas das 13 às 17 hras CONHÇA O PLANO PARA MNSALISTAS Telefne: A. UI -c c 1- c c Z As cmemrações d Dia d studante prmetem muitas nvidades neste an. Além das atividades nrmais, a inspetra estadual de ducaçã, va Terezinha Vera, está anunciand uma Tribuna Livre, que pssivelmente deverá ser pnt alt ds festejs. Será a prtunidade de s estudantes expressarem suas reivindicações as candidarnç a prefei- Assciaçã ds mtristas 1 cm nva diretria Fi eleita,n dia 28, a nva diretria da Assciaçã Prfissinal ds Trabalhadres em Transpr - tas Rdviáris de Fz d Iguaçu. Numa assembléia amplamente cncrrida e realizada n páti da Igreja Sã Jã Batista, centanas de mtristas elegeram s nvs membrs da diretria. Fram eleits Diet Vitrassi (presidente), Valdir Tmaz (vice-presidente). J Batista Ritter (secretári), Jnas Vailante (2 secretári), Octávi Marques (tesureir), AItamir Bckeid ds Sants (2 tesureir), Jsé Maria da Silva Tavares,Armand Maciel e lis Luiz Baiesle (Cnselh Fiscal). Para suplentes fram eleits: Cláudi Atenr, Drvalin da Silva e li Jsé Dandlini. Participaram da assembléia cm cnvidads s candidats a prefeit, além d deputad Sérgi Spada. Tds s candidats presentes afirmaram estar slidáris cm a luta ds trabalhadres. Têrci Albuquerque (PDS), declaru que sempre esteve a lad ds sindicats e assciações e apelu para que s mtristas r aceitassem as pressões ds patrões. Dbrandin (PMDB) crdamu s presentes para que mantivessem a uniã. Alvar Albuquerque (PDT) pediu que s mtristas n recuem diante de pressões. "Assim cm patrã se rganiza para explrar pv, este tem direit de se rganizar e lutar para vencer s explradres", disse Alvar. Tribuna Livre n Dia ds studantes t, que deverã estar presentes. As atividades cmeçarã às 18 hras d dia 12 (segunda-feira), cm a abertura slene animada pela banda ci 34 BlMz. Lg em seguida será servid rist as estudantes pelas direções das esclas. Pr vlta das 20 hras haverá Tribuna Livre, apresentações artísticas e atividades esprtivas. II! DUARDO MONTIRO, pian. 14/08-21 hras. Bach, Mzart, Vil Ia-Lbs, Prkfiev e Chpin. Htel Internacinal - Fz/Centr de Cnvenções Saladas Nações. Htel Internacinal - Fz, Lins Api: Clube - Itaipu/Cataratas. Rtary Club - Fz/Pnte. Retire seu ingress grátis na Sul América Segurs Rua Benjamim Cnstant, 112- sala 2 jujw'v 41[ SGUROS A1 : VASP Nss neg(ki() e Segur. Ha nventa A

15 Jversi mpresári assassinad 11 Z COPL na frente da familia Nesse mund c de nsss dias, mais duas pessas perderam a vida. O madeireir Valdir Vargas, empresári da cidade, fi mrt cm um tir n craçã pels marginais Jversi Francisc de Oliveira e um cert Valtair. O fat acnteceu n dia 6, terça-feira, e a história serviria perfeitamente cm tema de um rmance plicial. Jversi e VaItair, vivend há muits ans n mund d crime em Curitiba, nde só faziam pt.quens assalts, reslveram "dar a última cartada" e se dirigiram a Fz d Iguaçu decidids a praticar um grande assalt e depis fugir para Paraguai. Chegaram a Fz há cerca de 15 dias e viram que a execuçã d plan r era t fácil cm pensavam. Praticaram pequens assalts para pagar a pensã, enquant sndavam luxusas residências cm bjetiv de dar grande glpe. Após muitas sndagens, reslveram assaltar uma mam na área central da cidade, mas plan fi frustrad prque naquela nite havia uma festa que duru até altas hras da madrugada. N dia seguinte, enquant transitavam pel Prt Bel, bservaram uma luxusa residência e sentenciaram: - É esta mesm. Numa mansã assim deve ter muita grana. A residência era de Valdir Vargas. Os marginais prcuraram se IAAG.\ CON AWL )2,)1 TDA 1. F,.c j e LiJ,ca. Squrns e Ases u.lng,e P, A 8','.., / e / C P.,/, g9fl. F, d VND&S SCRITÓRIO à venda escritóri de cnta- 3de cm equipament cm-, inclusive telefna cmer- Tratar na Av. JK., r, sala 2, u pel fne aprximar pedind empreg cm jardineirs. Diante da recusa d prprietári, que "ri fi cm a cara de Jversi", s dis ficaram de "campana" bservand tds s mviments ds familiares e d guardiã. Após cuidadsas bservações e mapeamerrt da área, decidiram: - Vams fazer assalt ás 14 hras d dia 6. Quand guarda da residência abriu prtã para Valdir ir a trabalh, a dupla se aprximu, rendeu guardiã e rdenu a Valdir: - Desça d carr se n qui - ser levar chumb. Observand as pesadas armas (dis revólveres e uma escpeta), empresári bedeceu e entru em casa. Tda a Família, mais guardiã e as empregads dmésticas fram levads à sala de estar. m mens de meia hra s marginais arrecadaram 700 mil cruzeirs em dinheir e cerca de 500 milhões em jóias, além de dis revólveres. Cm a situaçã estava tranquila, abriram a geladeira, cmeram e beberam tranquilamente, prferiram "gracinhas" cm as duas empregadas e lhe passaram can d revólver pel crp. Uma das crianças ficu revltada e prnunciu algum desafrs à dupla, levand cm respsta um tir n pé. "Agra vcês viram que r estams aqui para brincadeiras", disse Jversi, que insistia em arrumar mais dinheir. Valdir Vargas se dispôs a ir a barc, mas s marginais hã cncrdaram, temend que ele fsse denunciáls à plícia. Huve discussã e madeireir acabu send friamente assassinad cm um tir de escpeta n craçã. Seu crp tmbu, estraçalhad, na frente da família. Huve grande tumult e desesper. Os marginais tentaram levar uma das empregadas cm refém, mas desistiram para que a fuga fsse mais rápida. Saíram em disparada, mas a essas alturas a plícia estava avisada e saiu em perseguiçã ds matadres. Os dis se escnderam num matagal próxim à trre da Telepar cm bjetiv de esperar anitecer e fugir tranquilamente. O delegad dval Ribeir, da 6 SDP, mntu uma cmpleta peraçã envlvend 18 agentes e mais sldads da Plicia Militar. Os pliciais abriram fg n mat e Valtair saiu atirand, send abatid cm uma certeira bala na cabeça. A trca de tirs cntinuu até que Jversi, sufcad pela fumaça, reslveu se entregar, estand até mment pres na Delegacia de Fz d Iguaçu. Fórmula um em Fz Nã é a crrida mais famsa d mund, na. Mas é a ficina mecânica mais bem aparelhada e cm pessal dtad de grande capacidade técnica. F ô# rmui Y \ ' 'Q O seu carr tratad cm carinh aix, Mal. DedrO.eSq. cm Rebuças - Fne: Z Fz d Iguaçu - Paraná duard M,eir Cncert de pian n Htel Internacinal A Sul América, em cmem- Mnteir executará cmpsiraçã as seus 90 ans, às 21 h- ções de Bach, Mzart, Vilia-Lras d próxim dia 14, apresenta- Ps, Prkfiev e Chpin. Os inrá jvem pianista duard Mn- gresss esti à dispsiçã d pú- teir, na Sala das Nações d H- blic, gratuitamente, na sede da tel Internacinal, em Fz d Igua- Sul América, à rua Benjamirr, çu. Cnstant, 112, sala 2. Prjétil que matu sargert estava entre tirs de festim Um dispar, que segund vers ficial teria sid acidental, vitimu na terça-feira 30 Sargent Rachid Jã Martins, 42 ans. A mrte cmveu ba parte da ppulaç de Fz d Iguaçu, pis sargent era pessa de grande ppularidade n municipi. Segund infrmações d 34 Batalh de Infantaria Mtrizada, acidente crreu quand Rachid e cab Jsé Vieira de França cruzaram inadvertidamente a linha de fg durante uma manbra que estava send realizada na estrada velha de Guarapuava. A trpa estava fazend uma marcha nturna e numa das armas usadas para figuraçã havia uma bala que nã era de festim. O sargent Rachid fii atingid gravemente e faleceu na Santa Casa Mnsenhr Guilherme. N acidente fi Cnvite A Assciaç Cmunitária ds Mradres da Vila Carimã e Adjacências cnvida as equipes de futebl para participarem de um trnei de futebl suiç, a se realizar n camp na Vila Carim n dia 11 de agst de 1985, a partir das 9 hras. Haverá prêmis em trféus para s 1 e 2 1 clcads nas chaves ds ganhadres e perdedres. N transcrrer d trnei haverá churrasc, bebidas e salgads. A taxa de inscriça será de ferid também Cab - Jse. t-ran-ça, que recebeu escriações n mbr esquerd. Segund fntes d 34 BlMz, sargent Rachid fi mandad acmpanhar a marcha à última hra, quand a trpa estava de saida. le inicialmente n estava escalad, já que seu serviç intern, na área de cmunicações. O cmand d 34 BIMz abriu inquérit para averiguar as respnsabilidades pel acidente. A existência de um prjétil de verdade entre s tirs d" festim está causand verdadeir,'avr entre a trpa, já que é ur cas rar. Pr enquant, a respnsabilidade está send imputada a sldad Odiln, pis prjétil que matu sargent e feriu cab teria partid de sua arma. Cr$ 30. (trinta mil cruzeirs) pr equipe. Cntand cm a presença de vssa equipe, a diretria da assciaçã cmunitária ds mradres da Vila Carim e adjacências antecipa seu agradeciment, esclarecend que trnei tem pr fim angariar funds para atingir metas beneficientes. Avis de Desligaments Para intrduçã de melhrias em redes, linhas e subestações, cmunicams que se trna necessári efetuar s seguintes desligaments: Dia 9/8/85 - Sexta leira Nva Aurra: Das 8:30 às 10:30 Afeta: usuáris da Avenida Jaime Canet Júnir Das 11:30 às 13:30 hras Afeta: Nva Aurra, Palmitópis, Marajó e rurais Céu Azul: Das 13 às 17hras Afeta: usuáris da lcalidade de Ba Vista Das 15 ás 17 hras Afeta: captaçã de água da Ctrefal, Rádi Uniã de Céu Azul e usuáris da Rua Manaus (entre as ruas Curitiba e Niterói) e prximidades. Dia 10/ Sábad Tled: Das 8 às 16 nras Afeta: usuáris da Av. Sã Jã a partir da Sadia e saída para linha Mandarina, Av. das Indústrias. Cerâmica Prata, Jardim Panr ma e rurais. Dia Dming Fz d Iguaçu: Das 7 às 10 hras Afeta: tds s usuáris de Fz d Iguaçu Cascavel: Das 8 às 13 hras Afeta: ustiá'is das ruas Pi XII (entre Plini Salgad e Sete de Setembr). Padre arthieta, Jaquim Távra, eneral Osóri, Suza Naves, Carls da Carvalh. Sete de Setembr e transversais (entre Júli Prestes e Quintin Bcaiúva), 14 de Nvembr (entre Mal. Rndn e Manel Ribas), Salgad Filh (entre Ademar Beuxae Plini Salgad). Tled.- Das 8 às 14 hras Afeta: tds s usuáris de Tled (inclusive Frigbrâs/Sadia (- Cpagr), Xaxim, Nva Cncór dia, dz de Mai, Our Verde, Cerr da Lja, Linha Sã Pedr, Sã Seb sti, Linha Sã Paul, Linha Mandarina e rurais. distribuidra de Peças Maripá Ltda. Peças, tintas e acessóris Obs.: Os desligaments acima dependem das cndições atms- féricas- PARA NA L pia i L pia il Av. República d Paraguai, 1076 Av. República Argentina, 800 Fne (0455) Fne: (0465) Fz d Iguaçu-Pr. Fz d Iguaçu-Pr. Dinheir pr telefne Chame L uiz n Lr es lrt '- Lr es -D

16 JORNADA D SOLIDARIDAD AO POVO PARAGUAIO 8 PROMOVM: Cmitê Latin-american de Fz - Setr jvem d PMDB de Fz - Partid Demcrátic Trabalhista (PDT) de Fz -Partid ds Trabalha dres - (PT) de Fz - Jrnal "Nss Temp" - Diretóri Acadêmic da Facisa AGOSTO/1985 FOZ DO IGUAÇU (PARANÁ) BRASIL LOCAL: OST PARANÁ CLUB

CÂMARA DOS DEPUTADOS Gabinete do Deputado FERNANDO JORDÃO - PMDB/RJ Brasília, 21 de março de 2011.

CÂMARA DOS DEPUTADOS Gabinete do Deputado FERNANDO JORDÃO - PMDB/RJ Brasília, 21 de março de 2011. Gabinete d Deputad FERNANDO JORDÃO - PMDB/RJ Brasília, 21 de març de 2011. Quand ingressei cm Requeriment slicitand a presença de Vssas Senhrias na Cmissã, estava assustad, cm, aliás, tda a ppulaçã, cm

Leia mais

Florianópolis, 25 de janeiro de 2016 EDITAL PARA CANDIDATURA À SEDE DO 6º ENCONTRO NACIONAL DE ESTUDANTES DE ENGENHARIA CIVIL 2017

Florianópolis, 25 de janeiro de 2016 EDITAL PARA CANDIDATURA À SEDE DO 6º ENCONTRO NACIONAL DE ESTUDANTES DE ENGENHARIA CIVIL 2017 Flrianóplis, 25 de janeir de 2016 EDITAL PARA CANDIDATURA À SEDE DO 6º ENCONTRO NACIONAL DE ESTUDANTES DE ENGENHARIA CIVIL 2017 1) Cnsiderações Gerais: A Federaçã Nacinal ds Estudantes de Engenharia Civil

Leia mais

Artigo 12 Como montar um Lava Jato

Artigo 12 Como montar um Lava Jato Artig 12 Cm mntar um Lava Jat Antigamente era cmum bservar as pessas, n final de semana, cm seus carrs, bucha e sabã nas mãs. Apesar de ainda haver pessas que preferem fazer serviç suj szinhas, s lava

Leia mais

Anexo 03 Recomendação nº 3: estatuto padrão, estatuto fundamental e contrato social

Anexo 03 Recomendação nº 3: estatuto padrão, estatuto fundamental e contrato social Anex 03 Recmendaçã nº 3: estatut padrã, estatut fundamental e cntrat scial 1. Resum 01 Atualmente, Estatut da Crpraçã da Internet para a atribuiçã de nmes e númers (ICANN) tem um mecanism únic para alterações.

Leia mais

RELATOR: Senador EUNÍCIO OLIVEIRA

RELATOR: Senador EUNÍCIO OLIVEIRA De Plenári, err1 substituiçã à COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO, JUSTIÇA E CIDADANIA, sbre Prjet de Lei da Câmara 209, de 2015, de autria d Deputad Aeltn Freitas, que altera a Lei n 8.906, de 4 de julh de 1994

Leia mais

Boletim da Vila Noca e Jardim Cecy Nº 29 04 DE DEZEMBRO DE 2008 página 1

Boletim da Vila Noca e Jardim Cecy Nº 29 04 DE DEZEMBRO DE 2008 página 1 Bletim da Vila Nca e Jardim Cecy Nº 29 04 DE DEZEMBRO DE 2008 página 1 DIA 9, PALESTRA SOBRE SEGURANÇA Dia 9 de dezembr de 2008 às 20:00 hras, na Creche Barnesa de Limeira, R Antôni de Gebara, 75, Cap

Leia mais

Manual do Rondonista 2006

Manual do Rondonista 2006 Manual d Rndnista 2006 www.defesa.gv.br/prjetrndn 1 1 ÍNDICE MANUAL DO RONDONISTA... 3 I. FINALIDADE... 3 II. O PROJETO RONDON...3 a. Missã...3 b. Objetivs...3 III. DEVERES E DIREITOS DO RONDONISTA...

Leia mais

Apresentação do Curso

Apresentação do Curso At endi m ent acl i ent e Apr es ent aç ãdc ur s Apresentaçã d Curs O curs Atendiment a Cliente fi elabrad cm bjetiv de criar cndições para que vcê desenvlva cmpetências para: Identificar s aspects que

Leia mais

Este documento tem como objetivo definir as políticas referentes à relação entre a Sioux e seus funcionários.

Este documento tem como objetivo definir as políticas referentes à relação entre a Sioux e seus funcionários. OBJETIVO Este dcument tem cm bjetiv definir as plíticas referentes à relaçã entre a Siux e seus funcináris. A Siux se reserva direit de alterar suas plíticas em funçã ds nvs cenáris da empresa sem avis

Leia mais

Art. 2º. Trata-se de uma promoção de caráter exclusivamente de estimulo cultural, profissional e acadêmico sem vínculo com sorteios.

Art. 2º. Trata-se de uma promoção de caráter exclusivamente de estimulo cultural, profissional e acadêmico sem vínculo com sorteios. Prêmi Data Pint de Criatividade e Invaçã - 2011 N an em que cmpleta 15 ans de atuaçã n mercad de treinament em infrmática, a Data Pint ferece à cmunidade a prtunidade de participar d Prêmi Data Pint de

Leia mais

Informações Importantes 2015

Informações Importantes 2015 Infrmações Imprtantes 2015 CURSOS EXTRACURRICULARES N intuit de prprcinar uma frmaçã cmpleta para alun, Clégi Vértice ferece curss extracurriculares, que acntecem lg após as aulas regulares, tant n períd

Leia mais

2. A programação completa e mais informações estarão disponíveis no site www.gar.esp.br.

2. A programação completa e mais informações estarão disponíveis no site www.gar.esp.br. REGULAMENTO 1. Sbre Event 1. A Gramad Adventure Running é uma prva de revezament junt à natureza que será realizada n dia 09/05/2015 (Sábad) em Gramad, n Estad d Ri Grande d Sul, cm participaçã de ambs

Leia mais

Passo 1 - Conheça as vantagens do employeeship para a empresa

Passo 1 - Conheça as vantagens do employeeship para a empresa Manual Cm intrduzir emplyeeship na empresa Índice Intrduçã Pass 1 - Cnheça as vantagens d emplyeeship para a empresa Pass 2 - Saiba que é a cultura emplyeeship Pass 3 - Aprenda a ter "bns" empregads Pass

Leia mais

Gabinete de Serviço Social

Gabinete de Serviço Social Gabinete de Serviç Scial Plan de Actividades 2009/10 Frmar hmens e mulheres para s utrs Despertar interesse pel vluntariad Experimentar a slidariedade Educaçã acessível a tds Precupaçã particular pels

Leia mais

Programa de coaching e inteligência relacional para mulheres Por Thirza Reis, Master Coach

Programa de coaching e inteligência relacional para mulheres Por Thirza Reis, Master Coach Vem Ser Mulher Prgrama de caching e inteligência relacinal para mulheres Pr Thirza Reis, Master Cach Sbre Thirza Reis Thirza Reis é master cach, especialista em Inteligência Relacinal; Cm mestrad em desenvlviment

Leia mais

ENCONTROCAS 2º SEMESTRE 2012 - ORIENTAÇÕES GERAIS PARA O CURSO DE PEDAGOGIA. O ENCONTROCAS é um evento semestral realizado pelo Instituto Superior de

ENCONTROCAS 2º SEMESTRE 2012 - ORIENTAÇÕES GERAIS PARA O CURSO DE PEDAGOGIA. O ENCONTROCAS é um evento semestral realizado pelo Instituto Superior de Faculdade de Ciências Sciais Aplicadas de Bel Hriznte Institut Superir de Educaçã Curs de Pedaggia ENCONTROCAS 2º SEMESTRE 2012 - ORIENTAÇÕES GERAIS PARA O CURSO DE PEDAGOGIA O ENCONTROCAS é um event semestral

Leia mais

Lições de liderança aprendidas à duras penas Bill Hybels Duração 62:34

Lições de liderança aprendidas à duras penas Bill Hybels Duração 62:34 The Glbal Leadership Summit Ntas d Facilitadr Lições de liderança aprendidas à duras penas Bill Hybels Duraçã 62:34 Resum da Sessã Lições de liderança e estratégias que geram resultads tangíveis em nssas

Leia mais

Regulamento do programa de bolsas de estudos

Regulamento do programa de bolsas de estudos Regulament d prgrama de blsas de estuds Unidades Ri de Janeir e Sã Paul Data de publicaçã: 13/05/2015 Regulament válid até 30/08/2015 1 1. Sbre prgrama Através de um prcess seletiv, prgrama de blsas de

Leia mais

1) A faculdade mediúnica é indício de algum estado patológico ou simplesmente anormal?

1) A faculdade mediúnica é indício de algum estado patológico ou simplesmente anormal? 1) A faculdade mediúnica é indíci de algum estad patlógic u simplesmente anrmal? - As vezes anrmal, mas nã patlógic. Há médiuns de saúde vigrsa. Os dentes sã pr utrs mtivs. 2) O exercíci da faculdade mediúnica

Leia mais

1 CORRIDA NOTURNA UNIMED CASCAVEL REGULAMENTO OFICIAL

1 CORRIDA NOTURNA UNIMED CASCAVEL REGULAMENTO OFICIAL 1 CORRIDA NOTURNA UNIMED CASCAVEL A 1 Crrida Nturna Unimed Cascavel é uma nva prpsta de lazer, diversã, prmçã da saúde e da qualidade de vida ds mradres de Cascavel e Regiã. O event é cmpst pr crrida,

Leia mais

Guia Prático do Estágio. Seu Estágio em 5 Passos

Guia Prático do Estágio. Seu Estágio em 5 Passos Guia Prátic d Estági Seu Estági em 5 Passs O que é Estági? A atividade de estági é um fatr significativ na frmaçã d prfissinal, pr prprcinar a interaçã d alun cm a realidade da prfissã e a cmplementaçã

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTÁGIO DE INICIAÇÃO PROFISSIONAL

REGULAMENTO DE ESTÁGIO DE INICIAÇÃO PROFISSIONAL REGULAMENTO DE ESTÁGIO DE INICIAÇÃO PROFISSIONAL Intrduçã O presente Regulament cnstitui um dcument intern d curs de Ciências Cntábeis e tem pr bjetiv reger as atividades relativas a Estági de Iniciaçã

Leia mais

Novo Sistema Almoxarifado

Novo Sistema Almoxarifado Nv Sistema Almxarifad Instruções Iniciais 1. Ícnes padrões Existem ícnes espalhads pr td sistema, cada um ferece uma açã. Dentre eles sã dis s mais imprtantes: Realiza uma pesquisa para preencher s camps

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO EVENTOS

MANUAL DO USUÁRIO EVENTOS SISTEMA DE INFORMAÇÃO E GESTÃO INTEGRADA POLICIAL Elabrad: Equipe SAG Revisad: Data: 17-09-2008 Data: Aprvad: Data: A autenticaçã d dcument cnsta n arquiv primári da Qualidade Referencia: Help_Online_Events.dc

Leia mais

REGULAMENTO DA OLIMPÍADA JURÍDICA 2014

REGULAMENTO DA OLIMPÍADA JURÍDICA 2014 1 REGULAMENTO DA OLIMPÍADA JURÍDICA 2014 PARTICIPANTES A Olimpíada Jurídica 2014 é uma cmpetiçã direcinada a aluns que estejam regularmente matriculads ns curss de graduaçã de Direit de Instituições de

Leia mais

Pessoal, vislumbro recursos na prova de conhecimentos específicos de Gestão Social para as seguintes questões:

Pessoal, vislumbro recursos na prova de conhecimentos específicos de Gestão Social para as seguintes questões: Pessal, vislumbr recurss na prva de cnheciments específics de Gestã Scial para as seguintes questões: Questã 01 Questã 11 Questã 45 Questã 51 Questã 56 Vejams as questões e arguments: LEGISLAÇÃO - GESTÃO

Leia mais

PRÊMIO INOVAÇÃO PGQP 2014

PRÊMIO INOVAÇÃO PGQP 2014 QUALIDADE RS PGQP PROGRAMA GAÚCHO DA QUALIDADE E PRODUTIVIDADE PRÊMIO INOVAÇÃO PGQP 2014 GUIA PARA CANDIDATURA SUMÁRIO 1. O PRÊMIO INOVAÇÃO PGQP... 3 1.1 Benefícis... 3 2. PREMIAÇÃO... 3 2.1 Diretrizes

Leia mais

PRÊMIO AUTOMAÇÃO - CATEGORIA DE JORNALISMO

PRÊMIO AUTOMAÇÃO - CATEGORIA DE JORNALISMO PRÊMIO AUTOMAÇÃO - CATEGORIA DE JORNALISMO REGULAMENTO 1. DOS OBJETIVOS DO PRÊMIO O PRÊMIO NA CATEGORIA DE JORNALISMO tem cm bjetiv premiar matérias veiculadas na imprensa nacinal relativas a temas ligads

Leia mais

CADASTRAMENTO 1 INTRODUÇÃO

CADASTRAMENTO 1 INTRODUÇÃO CADASTRAMENTO 1 INTRODUÇÃO O cadastrament, previst ns editais de Vestibular da UFCG, é um mecanism para garantir a timizaçã das chamadas ds candidats para a matrícula. Esse é um mecanism imprtantíssim

Leia mais

A SUPERINFLAÇÃO BRASILEIRA EM 1989: NOTAS E COMENTÁRIOS

A SUPERINFLAÇÃO BRASILEIRA EM 1989: NOTAS E COMENTÁRIOS A SUPERINFLAÇÃ BRASILEIRA EM 1989: NTAS E MENTÁRIS Gentil Crazza* "A inflaçã é uma frma de distribuir s ganhs e as perdas através das frças impessais d mercad." Charles Kindieberger Intrduçã A ecnmia e

Leia mais

Inscrição do Candidato ao Processo de Credenciamento

Inscrição do Candidato ao Processo de Credenciamento Inscriçã d Candidat a Prcess de Credenciament O link de inscriçã permitirá que candidat registre suas infrmações para participar d Prcess de Credenciament, cnfrme Edital. Após tmar ciência de td cnteúd

Leia mais

LEI Nº 8.069, DE 13 DE JULHO DE 1990.

LEI Nº 8.069, DE 13 DE JULHO DE 1990. LEI Nº 8.069, DE 13 DE JULHO DE 1990. O IASAe a Escla Municipal de SantAndré realizaram uma série de ações vltadas para a disseminaçã e efetivaçã ds Direits das Crianças e Adlescentes estabelecids pel

Leia mais

Cinco Passos para Proteger Nossas Crianças. O que é o Abuso Sexual Infantil? Base para Os Cinco Passos

Cinco Passos para Proteger Nossas Crianças. O que é o Abuso Sexual Infantil? Base para Os Cinco Passos Cinc Passs para Prteger Nssas Crianças 1º Pass: Infrme-se sbre s Fats 2º Pass: Reduza Oprtunidades 3º Pass: Cnverse sbre Assunt 4º Pass: Recnheça s Sinais 5º Pass: Reaja de Frma Respnsável Cinc Passs para

Leia mais

Poder e escola: Uma analise acerca das relações entre professor e aluno.

Poder e escola: Uma analise acerca das relações entre professor e aluno. Pder e escla: Uma analise acerca das relações entre prfessr e alun. Marcs Paul A. Rdrigues 1 Andersn Silva Nunes 2 Intrduçã: O presente trabalh expõe s tips de pder exercid pels prfessres sbre s aluns,

Leia mais

CIRCULAR. Circular nº 17/DSDC/DEPEB/2007. Gestão do Currículo na Educação Pré-Escolar. Contributos para a sua Operacionalização

CIRCULAR. Circular nº 17/DSDC/DEPEB/2007. Gestão do Currículo na Educação Pré-Escolar. Contributos para a sua Operacionalização CIRCULAR Data: 2007/10/10 Númer d Prcess: DSDC/DEPEB/2007 Assunt: GESTÃO DO CURRÍCULO NA EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR Circular nº 17/DSDC/DEPEB/2007 Para: Inspecçã-Geral de Educaçã Direcções Reginais de Educaçã

Leia mais

PROJECTO EDUCATIVO ANO LECTIVO 2007-2008

PROJECTO EDUCATIVO ANO LECTIVO 2007-2008 PROJECTO EDUCATIVO ANO LECTIVO 2007-2008 INTRODUÇÃO Prject educativ dcument que cnsagra a rientaçã educativa da escla, elabrad e aprvad pels órgãs de administraçã e gestã, n qual se explicitam s princípis,

Leia mais

Cabe destacar que todo o dinheiro obtido pela associação deve ser usado para cumprir a missão dela; não pode ser dividido entre os associados.

Cabe destacar que todo o dinheiro obtido pela associação deve ser usado para cumprir a missão dela; não pode ser dividido entre os associados. Quais sã as vantagens de criar uma assciaçã? A vantagem de criar uma assciaçã é pder agir legalmente em nme dela, mvimentand recurss e firmand cnvênis. Os cnvênis pdem ser firmads cm s órgãs públics e

Leia mais

REGULAMENTO DA PROMOÇÃO VIAGEM DOS SONHOS COM CEAV JR

REGULAMENTO DA PROMOÇÃO VIAGEM DOS SONHOS COM CEAV JR REGULAMENTO DA PROMOÇÃO VIAGEM DOS SONHOS COM CEAV JR Este srtei nã se enquadra nas dispsições da Lei 5.768/71 e suas respectivas regulamentações e, prtant, nã está sujeita as seus terms, inclusive n que

Leia mais

REGULAMENTO DA CAMPANHA DO DIA MUNDIAL DE COMBATE A PÓLIO 2015 1

REGULAMENTO DA CAMPANHA DO DIA MUNDIAL DE COMBATE A PÓLIO 2015 1 REGULAMENTO DA CAMPANHA DO DIA MUNDIAL DE COMBATE A PÓLIO 2015 1 DISPOSIÇÕES GERAIS A campanha d Dia Mundial de Cmbate à Plimielite (também cnhecida cm paralisia infantil), celebrad n dia 24 de utubr,

Leia mais

Exercícios de Java Aula 17

Exercícios de Java Aula 17 Exercícis de Java Aula 17 Link d curs: http://www.liane.cm/2013/10/curs-java-basic-java-se-gratuit/ 1. Faça um prgrama que peça uma nta, entre zer e dez. Mstre uma mensagem cas valr seja inválid e cntinue

Leia mais

METAS DE COMPREENSÃO:

METAS DE COMPREENSÃO: 1. TÓPICO GERADOR: Vivend n sécul XXI e pensand n futur. 2. METAS DE COMPREENSÃO: Essa atividade deverá ter cm meta que s aluns cmpreendam: cm se cnstrói saber científic; cm as áreas d saber estã inter-relacinadas

Leia mais

Perguntas frequentes sobre o Programa Banda Larga nas Escolas

Perguntas frequentes sobre o Programa Banda Larga nas Escolas Perguntas frequentes sbre Prgrama Banda Larga nas Esclas 1. Qual bjetiv d Prgrama Banda Larga nas Esclas? O Prgrama Banda Larga nas Esclas tem cm bjetiv cnectar tdas as esclas públicas à internet, rede

Leia mais

Prefeitura Municipal de Belo Horizonte Vox Mercado Pesquisa e Projetos Ltda. Dados da organização

Prefeitura Municipal de Belo Horizonte Vox Mercado Pesquisa e Projetos Ltda. Dados da organização Data de elabraçã da ficha: Jun 2007 Prefeitura Municipal de Bel Hriznte Vx Mercad Pesquisa e Prjets Ltda. Dads da rganizaçã Nme: Prefeitura Municipal de Bel Hriznte Endereç: Av. Afns Pena, 1212 - Cep.

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Orientações gerais MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO ESCOLA AGROTÉCNICA FEDERAL DE RIO DO SUL ESTRADA DO REDENTOR, 5665 BAIRRO CANTAGALO RIO DO SUL (SC) (47) 3521 3700 eafrs@eafrs.gv.br ORIENTAÇÕES GERAIS As rientações

Leia mais

Introdução: marco normativo internacional e nacional

Introdução: marco normativo internacional e nacional Cidade d Panamá, 21 de abril de 2014 A Assciaçã para a Prevençã da Trtura vem pr mei desta, em respsta a fíci n. 122/2014/CAO-DH enviad pel Centr de Api Operacinal das Prmtrias de Justiça de Defesa ds

Leia mais

Plano de aulas 2010 1ª série 1ª aula 2ª etapa

Plano de aulas 2010 1ª série 1ª aula 2ª etapa Plan de aulas 2010 1ª série 1ª aula 2ª etapa Escla Clégi Eng Juarez Wanderley Prfessr Fernand Nishimura de Aragã Disciplina Infrmática Objetivs Cnstruçã de um website pessal para publicaçã de atividades

Leia mais

Turismo Sénior. Outono / Inverno 2011-12. Benalmadena Benidorm Maiorca

Turismo Sénior. Outono / Inverno 2011-12. Benalmadena Benidorm Maiorca Turism Sénir Outn / Invern 2011-12 Benalmadena Benidrm Mairca Entidades envlvidas Oriznia é descbrir e desfrutar. É fazer cm a cnfiança que smente uma rganizaçã líder n sectr turístic ibéric pde ferecer.

Leia mais

Cm Criar Seu Própri Empreg em Apenas 5 Passs 1 1º Pass: A IDEIA 2º Pass: O CONTACTO COM VÁRIAS INSTITUIÇÕES E ENTIDADES 3º Pass: PLANO DE NEGÓCIOS 4º Pass: CRIAÇÃO DA EMPRESA E INÍCIO DE ACTIVIDADE 5º

Leia mais

Pesquisa Oficial de Demanda Imobiliária SINDUSCON Grande Florianópolis. NÃO ASSOCIADOS Apresentação

Pesquisa Oficial de Demanda Imobiliária SINDUSCON Grande Florianópolis. NÃO ASSOCIADOS Apresentação Pesquisa Oficial de Demanda Imbiliária SINDUSCON Grande Flrianóplis. NÃO ASSOCIADOS Apresentaçã O presente trabalh tem cm principais bjetivs identificar perfil d frequentadr d Salã d Imóvel, suas demandas

Leia mais

MTur Sistema Artistas do Turismo. Manual do Usuário

MTur Sistema Artistas do Turismo. Manual do Usuário MTur Sistema Artistas d Turism Manual d Usuári Índice 1. INTRODUÇÃO... 3 2. DESCRIÇÃO DO SISTEMA... 3 3. ACESSAR O SISTEMA... 4 4. UTILIZANDO O SISTEMA... 9 4.1. CADASTRAR REPRESENTANTE... 9 4.2. CADASTRAR

Leia mais

Agenda: 2015 Sage Software, Inc. All rights reserved. 2/1/2016 3 2015 Sage Software, Inc. All rights reserved. 2/1/2016 5

Agenda: 2015 Sage Software, Inc. All rights reserved. 2/1/2016 3 2015 Sage Software, Inc. All rights reserved. 2/1/2016 5 Agenda: Event Sage AEBB Legislaçã inventári permanente (reduçã ds limites) Cnfigurações inventári permanente (ligaçã à CTB) O inventári a 31 de dezembr (imprtância d cntrl stcks, sage inventáris cntagem

Leia mais

ISO 9001:2008 alterações à versão de 2000

ISO 9001:2008 alterações à versão de 2000 ISO 9001:2008 alterações à versã de 2000 Já passaram quase it ans desde que a versã da ISO 9001 d an 2000 fi publicada, que cnduziu à necessidade de uma grande mudança para muitas rganizações, incluind

Leia mais

OPEN CAIXA LOTERIAS DE ATLETISMO 2015 21 a 25 de Abril São Paulo, SP - Brasil INFORMAÇÕES GERAIS

OPEN CAIXA LOTERIAS DE ATLETISMO 2015 21 a 25 de Abril São Paulo, SP - Brasil INFORMAÇÕES GERAIS OPEN CAIXA LOTERIAS DE ATLETISMO 2015 21 a 25 de Abril Sã Paul, SP - Brasil INFORMAÇÕES GERAIS 1. Cmitê Organizadr Lcal Cmitê Paralímpic Brasileir (CPB) 1.1. Cntats Nme: Ricard Mel Fernand Partelli Email:

Leia mais

Programa Agora Nós Voluntariado Jovem. Namorar com Fair Play

Programa Agora Nós Voluntariado Jovem. Namorar com Fair Play Prgrama Agra Nós Vluntariad Jvem Namrar cm Fair Play INTRODUÇÃO A vilência na intimidade nã se circunscreve às relações cnjugais, estand presente quer nas relações de namr, quer nas relações juvenis casinais.

Leia mais

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO SEMESTRAL DE GEOGRAFIA

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO SEMESTRAL DE GEOGRAFIA ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO SEMESTRAL DE GEOGRAFIA Nme: Nº 8ºAn Data: / / 2015 Prfessres: Fabiana, Mayra e Olga. Nta: (valr: 1,0 para cada bimestre) 4º bimestre / 2º semestre A - Intrduçã Neste semestre, sua

Leia mais

MANUAL dos LABORATÓRIOS De INFORMÁTICA

MANUAL dos LABORATÓRIOS De INFORMÁTICA MANUAL ds LABORATÓRIOS De INFORMÁTICA Objetiv 1. Oferecer as aluns a infra-estrutura e suprte necessári à execuçã de tarefas práticas, slicitadas pels prfessres, bservand s prazs estabelecids. 2. Oferecer

Leia mais

Os novos usos da tecnologia da informação nas empresas Sistemas de Informação

Os novos usos da tecnologia da informação nas empresas Sistemas de Informação Os nvs uss da tecnlgia da infrmaçã nas empresas Sistemas de Infrmaçã Prf. Marcel da Silveira Siedler siedler@gmail.cm SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC PELOTAS Planejament

Leia mais

Resultado do Inquérito On-line aos Participantes dos Workshops Realizados pela Direção-Geral das Artes. Avaliação da Utilidade dos Workshops

Resultado do Inquérito On-line aos Participantes dos Workshops Realizados pela Direção-Geral das Artes. Avaliação da Utilidade dos Workshops Resultad d Inquérit On-line as Participantes ds Wrkshps Realizads pela Direçã-Geral das Artes Avaliaçã da Utilidade ds Wrkshps Títul: Resultad d Inquérit On-line as Participantes ds Wrkshps realizads pela

Leia mais

Ambas as provas terminam na Reitoria da Universidade de Aveiro.

Ambas as provas terminam na Reitoria da Universidade de Aveiro. REGULAMENTO CORRIDA SOLIDÁRIA BOSCH 2015 1. DENOMINAÇÃO A Bsch em Prtugal, representada pela Bsch Termtecnlgia, S.A, em Aveir, em parceria cm as Câmaras Municipais de Aveir e Ílhav, a Assciaçã Industrial

Leia mais

PROGRAMA DE AÇÃO PARA O ANO 2016

PROGRAMA DE AÇÃO PARA O ANO 2016 PROGRAMA DE AÇÃO PARA O ANO 2016 Tend presente a Missã da Federaçã Prtuguesa de Autism: Defesa incndicinal ds direits das pessas cm Perturbações d Espectr d Autism e suas famílias u representantes. Representaçã

Leia mais

CARTILHA PARA ORIENTAÇÃO ACERCA DAS OBRIGAÇÕES PREVIDENCIÁRIAS PARA O PERÍODO ELEITORAL

CARTILHA PARA ORIENTAÇÃO ACERCA DAS OBRIGAÇÕES PREVIDENCIÁRIAS PARA O PERÍODO ELEITORAL MINISTÉRIO DA PREVIDÊNCIA SOCIAL SECRETARIA DA RECEITA PREVIDENCIÁRIA - SRP DEPARTAMENTO DE FISCALIZAÇÃO - DEFIS CARTILHA PARA ORIENTAÇÃO ACERCA DAS OBRIGAÇÕES PREVIDENCIÁRIAS PARA O PERÍODO ELEITORAL

Leia mais

ORIENTAÇÕES SOBRE ESTÁGIO

ORIENTAÇÕES SOBRE ESTÁGIO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUL DE MINAS GERAIS Missã d Institut Federal de Educaçã, Ciência e Tecnlgia

Leia mais

Operação Metalose orientações básicas à população

Operação Metalose orientações básicas à população Operaçã Metalse rientações básicas à ppulaçã 1. Quem é respnsável pel reclhiment de prduts adulterads? As empresas fabricantes e distribuidras. O Sistema Nacinal de Vigilância Sanitária (Anvisa e Vigilâncias

Leia mais

Aula 11 Bibliotecas de função

Aula 11 Bibliotecas de função Universidade Federal d Espírit Sant Centr Tecnlógic Departament de Infrmática Prgramaçã Básica de Cmputadres Prf. Vítr E. Silva Suza Aula 11 Biblitecas de funçã 1. Intrduçã À medida que um prgrama cresce

Leia mais

QUATRO + PARA + DE DEUS Pr. Leandro Caiado 2012

QUATRO + PARA + DE DEUS Pr. Leandro Caiado 2012 QUATRO + PARA + DE DEUS Pr. Leandr Caiad 2012 1- + Priridade Busquem, pis, em primeir lugar Rein de Deus e a sua justiça, e tdas essas cisas lhes serã acrescentadas (Mateus 6.33). - Nã há prmessa mais

Leia mais

CURSO NOVA NBR 5419 Proteção contra Descargas Atmosféricas

CURSO NOVA NBR 5419 Proteção contra Descargas Atmosféricas CURSO NOVA NBR 5419 Prteçã cntra Descargas Atmsféricas Públic alv: Engenheirs eletricistas e eletrônics, técnics em eletricidade, prje6stas de sistemas elétrics, eletrônics, de telecmunicações e de cntrle

Leia mais

Aula 19 Brasil Império: o Primeiro Reinado (1822 1831) A monarquia autoritária

Aula 19 Brasil Império: o Primeiro Reinado (1822 1831) A monarquia autoritária Aula 19 Brasil Impéri: Primeir Reinad (1822 1831) A mnarquia autritária 1. Assembléia Cnstituinte de 1823 Já havia sid cnvcada na regência de D. Pedr (03/06/1822) Abertura da Assembléia Cnstituinte (03/05/1823)

Leia mais

PASTORAL DA JUVENTUDE ARQUIDIOCESE DE LONDRINA PROJETO ESCOLA DE COORDENADORES PASSO A PASSO

PASTORAL DA JUVENTUDE ARQUIDIOCESE DE LONDRINA PROJETO ESCOLA DE COORDENADORES PASSO A PASSO PROJETO ESCOLA DE COORDENADORES PASSO A PASSO 1) Justificativa: A lharms para a realidade ds nsss grups de Pastral de Juventude, percebems a necessidade de reafirmaçã metdlógica d pnt de vista da açã eclesial.

Leia mais

INSTITUTO SUPERIOR POLITÉCNICO DE VISEU ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE LAMEGO EDITAL

INSTITUTO SUPERIOR POLITÉCNICO DE VISEU ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE LAMEGO EDITAL EDITAL CANDIDATURA AOS CURSOS TÉCNICOS SUPERIORES PROFISSIONAIS (CTeSP) 2015 CONDIÇÕES DE ACESSO 1. Pdem candidatar-se a acess de um Curs Técnic Superir Prfissinal (CTeSP) da ESTGL tds s que estiverem

Leia mais

Escolha a data de saída de SP e a data de retorno para SP.

Escolha a data de saída de SP e a data de retorno para SP. Esclha a data de saída de SP e a data de retrn para SP. Agra vcê pde prgramar sua excursã sem precisar se precupar cm nada. Reúna mínim de 10 amigs e entre em cntat cmig através d e-mail prtalstl@gmail.cm

Leia mais

Sinopse das entrevistas realizadas aos agentes sociais ligados à velhice (Dirigentes, técnicos e auxiliares de acção directa)

Sinopse das entrevistas realizadas aos agentes sociais ligados à velhice (Dirigentes, técnicos e auxiliares de acção directa) Sinpse das entrevistas realizadas as agentes sciais ligads à velhice (Dirigentes, técnics e auxiliares de acçã directa) Dimensã 1 Experiência e trabalh n lar Prblemáticas Entrevistad A3 Análise Temp de

Leia mais

Uma nova proposta para a Agenda Ambiental Portuária

Uma nova proposta para a Agenda Ambiental Portuária Uma nva prpsta para a Agenda Ambiental Prtuária Marcs Maia Prt Gerente de Mei Ambiente O grande desafi a tratar cm as questões ambientais prtuárias é bter um resultad equilibrad que harmnize s cnflits

Leia mais

Manual. Autorizador da UNIMED

Manual. Autorizador da UNIMED Manual Prtal Autrizadr da UNIMED Pass a Pass para um jeit simples de trabalhar cm Nv Prtal Unimed 1. Períd de Atualizaçã Prezads Cperads e Rede Credenciada, A Unimed Sul Capixaba irá atualizar seu sistema

Leia mais

SELEÇÃO PARA ESPECIALIZANDO EM ORL DA CLINICA SOS OTORRINO. (Credenciada pela Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial)

SELEÇÃO PARA ESPECIALIZANDO EM ORL DA CLINICA SOS OTORRINO. (Credenciada pela Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial) SELEÇÃO PARA ESPECIALIZANDO EM ORL DA CLINICA SOS OTORRINO (Credenciada pela Assciaçã Brasileira de Otrrinlaringlgia e Cirurgia Cérvic-Facial) MANUAL DO CANDIDATO 2013 2 SOS OTORRINO Crdenadr da Residencia

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DOS ESTÁGIOS FAFIT

REGULAMENTO GERAL DOS ESTÁGIOS FAFIT O significad das cisas nã está nas cisas em si, mas sim em nssa atitude em relaçã a elas. (Antine de Saint-Exupéry, 1943) CURSOS bacharelads: Administraçã Geral Ciências Cntábeis Direit Educaçã Física

Leia mais

FESTIVAL DA CANÇÃO FRANCESA 2014 O MELHOR DA MÚSICA FRANCESA (INCLUINDO O REPERTORIO FRANCÓFONO)

FESTIVAL DA CANÇÃO FRANCESA 2014 O MELHOR DA MÚSICA FRANCESA (INCLUINDO O REPERTORIO FRANCÓFONO) FESTIVAL DA CANÇÃO FRANCESA 2014 O MELHOR DA MÚSICA FRANCESA (INCLUINDO O REPERTORIO FRANCÓFONO) CALENDÁRIO DO FESTIVAL DA CANÇÃO FRANCESA DA ALIANÇA FRANCESA 2014 13 de julh de 2014 Lançament e publicaçã

Leia mais

- COMO PROCURAR EMPREGO -

- COMO PROCURAR EMPREGO - GUIA PRÁTICO - COMO PROCURAR EMPREGO - e 1 de 7 Técnicas de Prcura de Empreg...3 1. Aut Avaliaçã...3 2. Meis de Divulgaçã de Ofertas de Empreg...3 3. Carta de Apresentaçã...4 4. Curriculum Vitae...4 4.1.1.

Leia mais

Supply Chain Game. EXERCÍCIOS PRÁTICOS DE LOGÍSTICA E CADEIA DE SUPRIMENTOS Autor: Prof. Dr. Daniel Bertoli Gonçalves

Supply Chain Game. EXERCÍCIOS PRÁTICOS DE LOGÍSTICA E CADEIA DE SUPRIMENTOS Autor: Prof. Dr. Daniel Bertoli Gonçalves Supply Chain Game EXERCÍCIOS PRÁTICOS DE LOGÍSTICA E CADEIA DE SUPRIMENTOS Autr: Prf. Dr. Daniel Bertli Gnçalves Exercíci Prátic 1 Simuland uma Cadeia e planejand seus estques Lcal: em sala de aula Material

Leia mais

Contabilidade Martins

Contabilidade Martins DOCUMENTOS PARA CONTABILIDADE Visand melhrar nss intercâmbi administrativ e s serviçs prestads pr este escritóri, remetems instruções cm relaçã a sua mvimentaçã mensal, dand ênfase a cntrle de arquivs,

Leia mais

REGULAMENTO 2015 BOLSA DE ESTUDO PARA COREIA DO SUL DENTRO DO MARCO DE COOPERAÇÃO ENTRE AS CIDADES DE SÃO PAULO E SEUL

REGULAMENTO 2015 BOLSA DE ESTUDO PARA COREIA DO SUL DENTRO DO MARCO DE COOPERAÇÃO ENTRE AS CIDADES DE SÃO PAULO E SEUL REGULAMENTO 2015 BOLSA DE ESTUDO PARA COREIA DO SUL DENTRO DO MARCO DE COOPERAÇÃO ENTRE AS CIDADES DE SÃO PAULO E SEUL SECRETARIA MUNICIPAL DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS E FEDERATIVAS DA PREFEITURA DE SÃO

Leia mais

A Aventura da Consciência Satprem 1. Sri Aurobindo

A Aventura da Consciência Satprem 1. Sri Aurobindo A Aventura da Cnsciência Satprem 1 Sri Aurbind u a Aventura da Cnsciência Satprem 1- Um Ocidental Talents Reintegrar Espírit n Hmem e na Matéria: "Os céus além sã grandes e maravilhss, mas maires e ainda

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA PREENCHIMENTO

INSTRUÇÕES PARA PREENCHIMENTO 01. Instruções para recadastrament Pessa Física IN CVM 301/2001 e 463/2008 1. Pr favr preencha tds s camps ds frmuláris, aqueles que nã frem preenchids, pr gentileza, bliterá-ls u invalidá-ls; 2. Imprima

Leia mais

Capítulo VII Projetos de eficiência energética em iluminação pública Por Luciano Haas Rosito*

Capítulo VII Projetos de eficiência energética em iluminação pública Por Luciano Haas Rosito* 20 Api O Setr Elétric / Julh de 2009 Desenvlviment da Iluminaçã Pública n Brasil Capítul VII Prjets de eficiência energética em iluminaçã pública Pr Lucian Haas Rsit* Neste capítul abrdarems s prjets de

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Escrituração Contábil Digital ECD

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Escrituração Contábil Digital ECD Parecer Cnsultria Tributária Segments Escrituraçã Cntábil Digital ECD 23/12/2013 Parecer Cnsultria Tributária Segments Títul d dcument Sumári Sumári... 2 1. Questã... 3 2. Nrmas Apresentadas Pel Cliente...

Leia mais

Plano de Assessoria de Comunicação do Projeto de Estágio e Empregabilidade - PROJEM

Plano de Assessoria de Comunicação do Projeto de Estágio e Empregabilidade - PROJEM XX Prêmi Expcm 2013 Expsiçã da Pesquisa Experimental em Cmunicaçã Plan de Assessria de Cmunicaçã d Prjet de Estági e Empregabilidade - PROJEM August Sares de Mel e SOUZA 1 Felipe de Oliveira TODESCHINI

Leia mais

Direitos e Obrigações no âmbito dos Acidentes Profissionais e Doenças Profissionais

Direitos e Obrigações no âmbito dos Acidentes Profissionais e Doenças Profissionais Cmunicaçã Direits e Obrigações n âmbit ds Acidentes Prfissinais e Denças Prfissinais Direits e Obrigações n âmbit ds Acidentes Prfissinais e Denças Prfissinais (Lei nº 98/2009 de 4 de Setembr) 1- QUEM

Leia mais

INFORMAÇÃO GAI. Apoios às empresas pela contratação de trabalhadores

INFORMAÇÃO GAI. Apoios às empresas pela contratação de trabalhadores INFORMAÇÃO GAI Apis às empresas pela cntrataçã de trabalhadres N âmbit das plíticas de empreg, Gvern tem vind a criar algumas medidas de api às empresas pela cntrataçã de trabalhadres, n entant tem-se

Leia mais

Uma leitura sobre a propriedade do conhecimento no software livre e copyleft a partir de conceitos da filosofia grega.

Uma leitura sobre a propriedade do conhecimento no software livre e copyleft a partir de conceitos da filosofia grega. XXVII Cngres de la Asciación Latinamericana de Scilgía. VIII Jrnadas de Scilgía de la Universidad de Buens Aires. Asciación Latinamericana de Scilgía, Buens Aires, 2009. Uma leitura sbre a prpriedade d

Leia mais

POR UMA GEOGRAFIA MELHOR

POR UMA GEOGRAFIA MELHOR LISTA CANDIDATA ÀS ELEIÇÕES PARA OS CORPOS SOCIAIS DA ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE GEÓGRAFOS BIÉNIO 2006-2008 POR UMA GEOGRAFIA MELHOR Assembleia Geral Presidente Jsé Albert Ri Fernandes (FL, Universidade

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO ANTECEDENTES CRIMINAIS

MANUAL DO USUÁRIO ANTECEDENTES CRIMINAIS SISTEMA DE INFORMAÇÃO E GESTÃO INTEGRADA POLICIAL Elabrad: Equipe SAG Revisad: Aprvad: Data: 11/09/2008 Data: 10/10/2008 Data: A autenticaçã d dcument cnsta n arquiv primári da Qualidade Referencia: Help_Online_Antecedentes_Criminais.dc

Leia mais

REGULAMENTO CONCURSO DE IDEIAS OESTECIM A MINHA EMPRESA

REGULAMENTO CONCURSO DE IDEIAS OESTECIM A MINHA EMPRESA 1. Intrduçã e Objetivs a) O Cncurs de Ideias OESTECIM a minha empresa pretende ptenciar apareciment de prjets invadres na regiã d Oeste sempre numa perspetiva de desenvlviment ecnómic e scial. b) O Cncurs

Leia mais

INDICE DE PREÇOS TURISTICO. Desenvolvido no quadro do Programa Comum de Estatística CPLP com o apoio técnico do INE de Portugal

INDICE DE PREÇOS TURISTICO. Desenvolvido no quadro do Programa Comum de Estatística CPLP com o apoio técnico do INE de Portugal INDICE DE PREÇOS TURISTICO Desenvlvid n quadr d Prgrama Cmum de Estatística CPLP cm api técnic d INE de Prtugal Estrutura da Apresentaçã INTRODUÇÃO. METODOLOGIA. FORMA DE CÁLCULO. PROCESSO DE TRATAMENTO.

Leia mais

Regulamento para realização do Trabalho de Conclusão de Curso

Regulamento para realização do Trabalho de Conclusão de Curso Universidade Federal d Ceará Campus de Sbral Curs de Engenharia da Cmputaçã Regulament para realizaçã d Trabalh de Cnclusã de Curs Intrduçã Este dcument estabelece as regras básicas para funcinament das

Leia mais